Definição e monitoramento automático de estações linimétricas virtuais Definición y monitoreamento automático de estaciones limnimétricas virtuales

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Definição e monitoramento automático de estações linimétricas virtuais Definición y monitoreamento automático de estaciones limnimétricas virtuales"

Transcrição

1 Definição e monitoramento automático de estações linimétricas virtuais Definición y monitoreamento automático de estaciones limnimétricas virtuales Gérard Cochonneau (IRD, GET Brasilia, Brésil), Stéphane Calmant, Joecila Dos Santos, Frédérique Seyler, Jean-Loup Guyot, Eurides De Oliveira Ferramenta desenvolvida no ORE-HYBAM em colaboração com o projeto de cooperação ANA/IRD "Monitoramento Espacial Hidrológico da Bacia Amazônica". Hierramenta desarrollado en el ORE-HYBAM en colaboración con el proyecto en cooperación ANA / IRD "Monitoreo Espacial Hidrológico en la Cuenca Amazónica" Utilização atual (uso actual) : ORE-HYBAM, ANA, UEA, LEGOS, GET, proyecto AMESD- Congo

2 Definição e monitoramento automático de estações linimétricas virtuais Definición e monitoreamento automático de estaciones limnimétricas virtuales Uma seqüência de processamentos para utilizar os dados altimétricos fornecidos pelas agências espaciais e criar estações linimétricas virtuais complementares das redes de observação in situ. Una secuencia de procesos para el uso de los datos altimétricos proporcionados por las agencias espaciales y crear estaciones limnimétricas virtuales para complementar las redes de observación in situ.

3 Princípios da altimetria espacial Medição radar Altura do satelite Nivel da agua

4 Definição e monitoramento automático de estações linimétricas virtuais Definición e monitoreamento automático de estaciones limnimétricas virtuales Dois procedimentos: Dos procesos: -VALS, um procedimento manual interativo de seleção dos dados altimétricos brutos e extração da série cronológica de cotas do corpo d'água e disponibilização dos dados na Internet; -un proceso manual interactivo de selección de los datos de altimetría brutos y extracción de la série cronológica de niveles del cuerpo de agua e compartir los datos en la Internet; -AUTOVALS, um autômato, atento a produção de novos dados altimétricos, que, parametrado com os resultados da aprendizagem manual, produz cotas do corpo de água estudado e disponibiliza os dados na Internet. -un automata, atento a la publicación de nuevos datos altimétricos, que, parametrado con los resultados del aprendizaje manual, produce niveles del cuerpo de agua e comparte los datos en la Internet

5 VALS-ferramenta para definir estações virtuais a partir de dados de altimetria satelitária VALS-herramienta para definir estaciones virtuales con los datos de altimetría por satélite Principais funções Funciones principales (1) : -importa e gerencia numa base de dados (local ou centralizada-ana) os dadosaltimétricosdisponibilizadospelas agências espacias e fornecedores oficiais (LEGOS, CLS) -importa y gestiona en una base de datos (local o centralizada en la ANA) datos altimétricos proporcionados por las agencias espaciales y los proveedores oficiales (Legos, CLS) -utiliza Google Earth (gratuito, cobertura completa das terras emersas) -utiliza Google Earth (livre, cobertura completa de las tierras emergidas) -permite selecionar em modo interativo as medições altimétricas pertinentes na área estudada -el modo interactivo le permite seleccionar las mediciones altimétricos pertinentes en el área de estudio -extração do valor da cota do corpo de água no momento da passagem do satélite (um valor data/cota para cada passagem do satélite) -extraer el valor del nivel del cuerpo de agua en el momento de paso del satélite (un valor / nivel para cada paso del satélite)

6 Principais funções Funciones principales (2) : VALS-ferramenta para definir estações virtuais a partir de dados de altimetria satelitária VALS-herramienta para definir estaciones virtuales con los datos de altimetría por satélite -relacionar a um geóide (EGM2008) os dados de entrada e/ou as séries cronológicas produzidas nivelamento, modelização -referencia a un geoide (EGM2008) los datos de entrada y/o las séries temporais producidas nivelamento, modelación -criação do envelope (volume contendo o conjunto de medições altimétricas pertinentes para uma estação virtual) -creación del envolvente (volumen que contiene el conjunto de medidas altimétricas relevantes para una estación virtual) -criação do arquivo de definição da estação virtual, exportação da série cronológica de cotas (ou de altitudes) na estação virtual -creación del archivo de definición de la estación virtual, exportación de la serie de niveles (o de altitud) de la estación virtual

7 VALS-ferramenta para definir estações virtuais a partir de dados de altimetria satelitária VALS-herramienta para definir estaciones virtuales con los datos de altimetría por satélite Satélites altimétricos radar ou laser (Satélites altimétricos radar o láser) (Envisat, Topex/Jason, Icesat, ) Pre-processamentos Pre-procesamientos Agências espaciais Agências espaciales (ESA, NASA) Elaboração de produtos altimétricos Preparación de productos altimétricos CTOH-LEGOS,CLS Usuário Usuario (ANA, CPRM, IRD) Solicitação (pedido) Dados brutos Datos brutos (MGDR) Vals Importação Importación Bases de dados hydrológicos Bases de datos hidrológicos (Hidro, ore-hybam) Atualização Actualización Define ou atualiza estação virtual Define o actualize la estación virtual Vals B. de dados altim. brutos. B. de datos altim.brutos Estações virtuais Estaciones virtuales Retorna série cronológica de cotas e estação virtual Retorna la serie cronológica de niveles en la estación virtual

8 AUTOVALS-processo automático para conversão em tempo quase real dos dados altimétricos brutos em séries de cotas on-line AUTOVALS-proceso automático para convertir casi en tiempo real los datos brutos en series de niveles altimétricos en línea O uso do método interativo para um grande número de estações virtuais não é viável. Utilizando el método interactivo para un gran número de estaciones virtuales no es factible. Princípios de AUTOVALS Princípios de AUTOVALS : -automatizar a coleta de novos dados brutos de altimetria - automatizar la colecta de nuevos datos brutos de altimetría -utilizar um algoritmo, parametrado com ajuda dos resultados da fase manual (aprendizado), para calcular uma cota na estação virtual a partir dos dados brutos -utilizar un algoritmo, parametrado con la ayuda de los resultados de la fase manual (de aprendizaje), para el cálculo del nivel en la estación virtual con los datos brutos -alimentar a base de dados on-line, disponibilizando imediatamente a cota obtida -alimentar la base de datos en línea, pondo a disposición enseguida el nivel -informar um "observador da estação virtual" dos detalhes da aplicação do algoritmo. -informar un "observador de la estación virtual" de los detalles de la aplicación del algoritmo.

9 AUTOVALS-processo automático para conversão em tempo quase real dos dados altimétricos brutos em séries de cotas on-line AUTOVALS-proceso automático para convertir casi en tiempo real los datos brutos en series de niveles altimétricos en línea Descrição do algoritmo Descripción del algoritmo (1) : -seleção aplicando volumes convexos de inclusão ou exclusão definidos a partir do processamento manual dos dados (fase de aprendizado) -selección mediante la aplicación de volúmenes convexos de inclusión o exclusión definidos a partir de la elaboración manual de los datos (fase de aprendizaje) -busca e correção dos efeitos do "off-nadir" entre n pontos consecutivos, percorrendo a sequëncia de medições - encontrar y corregir los efectos de "off-nadir" de n puntos consecutivos en la secuencia de las mediciones -busca do melhor ajuste da mediana - búsqueda para el mejor ajuste de la mediana

10 AUTOVALS-processo automático para conversão em tempo quase real dos dados altimétricos brutos em séries de cotas on-line AUTOVALS-proceso automático para convertir casi en tiempo real los datos brutos en series de niveles altimétricos en línea Descrição do algoritmo Descripción del algoritmo (2) : -resultado : data, cota do corpo d'água -resultado : fecha, nivel del cuerpo d'agua Um aplicativo (módulo de Majhyc) permite ao observador da estação virtual : Un aplicativo (módulo de Majhyc) permite al observador de la estación virtual : -modificar os parâmetros da estação virtual (envelopes, parâmetros do algoritmo), -modificar los parámetros de la estación virtual (envolventes, parámetros del algoritmo) -criar uma nova estação virtual, -crear una nueva estación virtual -no futuro,"baixar" a estação para estudá-la com VALS (modo manual), -en el futuro, "cargar" la estación para su estudio con VALS (modo manual), -acesso reservado ao "observador". -restringir el acceso al "observador". => abertura para uma utilização mais ampla (fora do ORE) da sequência de processamentos. =>apertura para un uso más amplio (fuera del ORE) de la secuencia de procesamientos.

11 AUTOVALS-processo automático para conversão em tempo quase real dos dados altimétricos brutos em séries de cotas on-line AUTOVALS-proceso automático para convertir casi en tiempo real los datos brutos en series de niveles altimétricos en línea Satélites altimétricos radar ou laser (Satélites altimétricos radar o láser) (Envisat, Topex/Jason, Icesat, ) Pre-processamentos Pre-procesamientos Elaboração de produtos altimétricos Preparación de productos altimétricos Estações virtuais Estaçiones virtuales Agências espaciais Agências espaciales (ESA, NASA) Bases de dados hidrológicos Bases de datos hidrológicos (Hidro(?),ore-hybam) CTOH-LEGOS,CLS Aplica o algoritmo automático e atualiza a série de cotas Aplica el algoritmo automático y actualiza la série de neveles AutoVals Ajustar os parâmetros da estação Modificar los parámetros de la estación Internet Observador da estação virtual Observador de la estación virtual

12 Estaciones altimétricas virtuales disponibles en el ORE-HYBAM Limnigramme de una estación virtual Las medidas pertinentes georeferenciadas El nivel y la incertidumbre extraídos con VALS o AUTOVALS VALS : selecciona las mediciones en el área de estudio, Permite eleger las mediciones pertinentes, calcular el nivel. Cobertura ENVISAT Área de estudio para definir una estación virtual

13 Integração das estações linimétricas virtuais no site do ORE-HYBAM Integración de las estaciones limnimétricas virtuales en el site del ORE-HYBAM Estações virtuais de altimetria disponíveis no site ORE-HYBAM: Estaciones virtuales de altimetría disponibles en el ORE-HYBAM -71 estações ENVISAT (sem atualização no momento, mudança da orbita ENVISAT) -71 estaciones ENVISAT (sin actualización en este momento, cambio de órbita del ENVISAT) -48 estações JASON2 em modo automâtico (mas sem "observador") -48 estaciones JASON2 en el modo automático -ORE-HYBAM também hospeda as EV do Congo/Oubangui (projeto AMESD): -o ORE-HYBAM también hospeda las EV del Congo/Oubangui (proyecto AMESD): *28 estações JASON2 (7 em modo automático) *28 estaçiones JASON2 (7 en el modo automático)

14 Estações Jason2 Amazônia

15 Estações Jason2 Congo

16 Definição e monitoramento automático de estações linimétricas virtuais Definición y monitoreamento automático de estaciones limnimétricas virtuales Evolução, melhoramentos Evolución, mejoras -estudar o efeito dos parâmetros do algoritmo na qualidade da série de cotas gerada -estudiar el efecto de los parámetros del algoritmo en la calidad de los niveles que generan -melhorar o algoritmo de extração automática da cota, -mejorar el algoritmo para la extracción automática del nivel, -melhorar o cálculo das incertezas, -mejorar el cálculo de incertidumbres -aplicar uma crítica para identificar cotas duvidosas, -aplicar una crítica para identificar los niveles dudosos, -a consulta às estações linimétricas virtuais deve ser aberta (acesso livre)? "observador" para acompanhar a estação virtual não assumir a responsabilidade dos erros nos dados -la consulta de las estaciones linimétricas virtuales debe estar abierta (libre acceso)? "observador" para controlar la estación virtual no nos hacemos responsables de errores en los datos -a definição de novas estações virtuais deve ser aberta? mediante autorização do ORE dispor de tabelas de bacias, sub-bacias, rios de abrangência planetária -la creación de nuevas estaciones virtuales debe ser abierta? autorizada por el ORE tener tablas de cuencas, sub-cuencas, rios para todos los continentes.

MEG-HIBAM - Ferramentas

MEG-HIBAM - Ferramentas MEG-HIBAM - Ferramentas Qualidade da água GETMODIS : gerenciamento de uma base de dados de imagens MODIS para os locais estudados e das máscaras de extração da reflectância, um autômato atualiza a base

Leia mais

Novo site Internet do ORE-HYBAM

Novo site Internet do ORE-HYBAM Nuevo sitio web del ORE-HYBAM Gérard Cochonneau (LMTG/ANA Brasilia) Situação atual : Situación actual: -site do projeto HYBAM www.mpl.ird.fr/hybam (conteúdo parcialmente desatualizado); sitio del ORE HYBAM

Leia mais

Sistema de Monitoramento Hidrológico por Satélite. HidroSat. João Carlos Carvalho. Superintendência de Gestão da Rede Hidrometeorológica SGH/ANA

Sistema de Monitoramento Hidrológico por Satélite. HidroSat. João Carlos Carvalho. Superintendência de Gestão da Rede Hidrometeorológica SGH/ANA Sistema de Monitoramento Hidrológico por Satélite HidroSat João Carlos Carvalho Superintendência de Gestão da Rede Hidrometeorológica SGH/ANA Brasília, 18/08/2015 Estrutura da Apresentação Introdução Arquitetura

Leia mais

PROJETO MONITORAMENTO ESPACIAL HIDROLÓGICO EM GRANDE BACIAS MEG-HIBAM. Fase II : 2012-2015

PROJETO MONITORAMENTO ESPACIAL HIDROLÓGICO EM GRANDE BACIAS MEG-HIBAM. Fase II : 2012-2015 PROJETO MONITORAMENTO ESPACIAL HIDROLÓGICO EM GRANDE BACIAS MEG-HIBAM Fase II : 2012-2015 Contexto O alto custo envolvido na instalação e na manutenção de redes hidrométricas dificulta um nível de monitoramento

Leia mais

VALS Definição e atualização de estações virtuais.

VALS Definição e atualização de estações virtuais. VALS Definição e atualização de estações virtuais. Autores: Versão 0 (Francês): Clio Canerot Versão 1-4 (Português): Gérard Cochonneau Ultima modificação: 08/03/2011 09:03:00 Referência: VALS-Versão 4

Leia mais

Monitoreo Continuo Auditoria Contínua y a Distancia

Monitoreo Continuo Auditoria Contínua y a Distancia Monitoreo Continuo Auditoria Contínua y a Distancia Luis Pires Gerente de Auditoria e Compliance Camargo Correa Luis Pires Minibiografía Con más de 25 años de experiencia en Auditoria Interna y Externa,

Leia mais

METODOLOGIA PARA DETERMINAÇÃO DE ESTAÇÕES VIRTUAIS UTILIZANDO O PROGRAMA VALS METHODOLOGY FOR DETERMINATION OF VIRTUAL STATIONS USING THE PROGRAM VALS

METODOLOGIA PARA DETERMINAÇÃO DE ESTAÇÕES VIRTUAIS UTILIZANDO O PROGRAMA VALS METHODOLOGY FOR DETERMINATION OF VIRTUAL STATIONS USING THE PROGRAM VALS METODOLOGIA PARA DETERMINAÇÃO DE ESTAÇÕES VIRTUAIS UTILIZANDO O PROGRAMA VALS Ana Carolina Zoppas Costi Steenhagen 1, Stéphane Calmant 2, Gérard Cochonneau 3 & Achiles Eduardo Guerra de Castro Monteiro

Leia mais

PowerVIEW Software para Gerenciamento de Energia e Utilidades

PowerVIEW Software para Gerenciamento de Energia e Utilidades Imagem Ilustrativa Catálogo técnico PowerVIEW Revisão: 1.0 Jan. 2013 PowerVIEW Software para Gerenciamento de Energia e Utilidades Introdução Software para gerenciamento, controle e análise de consumo

Leia mais

idav RENAULT VERSÃO PORTUGUÊS

idav RENAULT VERSÃO PORTUGUÊS Manual de atualização do rádio Media NAV ULC Duster, 26/04/203 Page of 0 VERSÃO PORTUGUÊS O software do rádio está em constante evolução. E, como é de se esperar, as versões mais recentes corrigem alguns

Leia mais

Dispensadores seguros e modulares para uma etiquetagem conveniente e eficaz dos fármacos.

Dispensadores seguros e modulares para uma etiquetagem conveniente e eficaz dos fármacos. sociedades científicas de anestesia. Adoptado e Recomendado pelas mais importantes Sociedades de Anestesiologia. European Patent N. EP2256045 Cartucho Dispensador Modular Seguro para un conveniente y efectivo

Leia mais

Sistema de Pagamentos em Moedas Locais Sistema de Pagos en Monedas Locales S M L

Sistema de Pagamentos em Moedas Locais Sistema de Pagos en Monedas Locales S M L BANCO CENTRAL DE LA REPUBLICA ARGENTINA BANCO CENTRAL DO BRASIL Sistema de Pagamentos em Moedas Locais Sistema de Pagos en Monedas Locales S M L 1 Panorama Atual Panorama Actual Não há instrumentos financeiros

Leia mais

Projetos compartilhados

Projetos compartilhados espaço ibero-americano espacio iberoamericano Projetos compartilhados OEI inicia o Programa Arte-educação, Cultura e Cidadania e o Projeto Ibero-americano de Teatro Infantojuvenil A aprendizagem da arte

Leia mais

Guia Reseller Onbile. Plano Reseller Basic

Guia Reseller Onbile. Plano Reseller Basic Guia Reseller Onbile Estimado Reseller, tens alguma dúvida sobre o funcionamento do Painel de Administração do Plano Reseller de Onbile? Então, a Guia Reseller Onbile é o que precisas! As seguintes páginas

Leia mais

A New Payment System s Facility to Improve Brazil-Argentina Trade. Leonardo Borba Neira- BCB Luis Alberto D Orio - BCRA

A New Payment System s Facility to Improve Brazil-Argentina Trade. Leonardo Borba Neira- BCB Luis Alberto D Orio - BCRA . A New Payment System s Facility to Improve Brazil-Argentina Trade Leonardo Borba Neira- BCB Luis Alberto D Orio - BCRA Annual Payments Week, 2007 - Costa do Sauipe 1 Agenda 1. Internacionalização da

Leia mais

ohio tandem l ohio M

ohio tandem l ohio M ohio tandem l ohio M Inyectores de medio de contraste con función tándem ohio tandem Calidad por partida doble! ohio M Uno para todos! Injectores de produtos de contraste com função Tandem ohio tandem

Leia mais

Convocatoria: envío de trabajos al próximo número de la Revista Académica PROCOAS AUGM Año 2013

Convocatoria: envío de trabajos al próximo número de la Revista Académica PROCOAS AUGM Año 2013 Convocatoria: envío de trabajos al próximo número de la Revista Académica PROCOAS AUGM Año 2013 ISSN 1852 8538 El Comité de Procesos Cooperativos y Asociativos - PROCOAS -, de la Asociación de Universidades

Leia mais

Pisani Plásticos BR 116 - Km 146,3 - Nº 15.602 - C.P. 956-95059-520 - Caxias do Sul - RS - Brasil Fone: 55 54 2101.8700 - Fax: 55 54 2101.

Pisani Plásticos BR 116 - Km 146,3 - Nº 15.602 - C.P. 956-95059-520 - Caxias do Sul - RS - Brasil Fone: 55 54 2101.8700 - Fax: 55 54 2101. Pisani Plásticos BR 116 - Km 146,3 - Nº 15.602 - C.P. 956-95059-520 - Caxias do Sul - RS - Brasil Fone: 55 54 2101.8700 - Fax: 55 54 2101.8743 FILIAIS: Pindamonhangaba - SP e Recife - PE www.pisani.com.br

Leia mais

Benefícios para Laboratórios que Participam dos Programas de Ensaio de Proficiência. global trust. Testing Calibration Inspection

Benefícios para Laboratórios que Participam dos Programas de Ensaio de Proficiência. global trust. Testing Calibration Inspection Benefícios para Laboratórios que Participam dos Programas de Ensaio de Proficiência Benefícios para Laboratórios que Participam dos Programas de Ensaio de Proficiência Embora alguns laboratórios vejam

Leia mais

Guia Reseller Onbile. Plano Reseller Basic

Guia Reseller Onbile. Plano Reseller Basic Guia Reseller Onbile Estimado Reseller, tens alguma dúvida sobre o funcionamento do Painel de Administração do Plano Reseller de Onbile? Então, a Guia Reseller Onbile é o que precisas! As seguintes páginas

Leia mais

Hidrologia e Geoquímica da Bacia Amazônica EXPERIÊNCIA DA COOPERAÇÃO FRANÇA BRASIL NA PESQUISA HIDROLÓGICA DA BACIA AMAZÔNICA (RETROSPECTIVA 33 ANOS)

Hidrologia e Geoquímica da Bacia Amazônica EXPERIÊNCIA DA COOPERAÇÃO FRANÇA BRASIL NA PESQUISA HIDROLÓGICA DA BACIA AMAZÔNICA (RETROSPECTIVA 33 ANOS) Hidrologia e Geoquímica da Bacia Amazônica EXPERIÊNCIA DA COOPERAÇÃO FRANÇA BRASIL NA PESQUISA HIDROLÓGICA DA BACIA AMAZÔNICA (RETROSPECTIVA 33 ANOS) DNAEE ORSTON HIDROLOGIA S/A CNEC Hidrologia e Geoquímica

Leia mais

Ensinar com TIC: Aprendizagem disruptiva, realidade aumentada e tecnologia wearable no ensino superior

Ensinar com TIC: Aprendizagem disruptiva, realidade aumentada e tecnologia wearable no ensino superior Ensinar com TIC: Aprendizagem disruptiva, realidade aumentada e tecnologia wearable no ensino superior Curso de Março a Abril de 2015 INSCRIÇÕES aceites por ORDEM DE CHEGADA workshops presenciais: até

Leia mais

¾Calibração e validação de modelo hidrológico com observações in situ e altimetria espacial

¾Calibração e validação de modelo hidrológico com observações in situ e altimetria espacial ¾Terceira reunião científica do Observatório de Pesquisa do Meio Ambiente (ORE) HYBAM nos grandes rios Amazônicos ¾20-23 Out 2009, Tabatinga-Brasil, Leticia-Colômbia ¾Calibração e validação de modelo hidrológico

Leia mais

EL PALETIZADOR NACIDO EN EL FUTURO O PALETIZADOR NASCEU NO FUTURO [ ES PT ]

EL PALETIZADOR NACIDO EN EL FUTURO O PALETIZADOR NASCEU NO FUTURO [ ES PT ] EL PALETIZADOR NACIDO EN EL FUTURO O PALETIZADOR NASCEU NO FUTURO [ ES PT ] Griffon la tecnología ligera e integrada 2 Tecnología ligera sin límites de capacidad hasta 250 kg por bulto El nuevo paletizador

Leia mais

Boletim Técnico / Boletin Técnico

Boletim Técnico / Boletin Técnico Folha/ Hoja 1/5 Boletim Técnico / Boletin Técnico Objetivo: Atualização de projeto da unidade condensadora FRM. Ref:??? Aplicación/ Aplicação:??? Fecha/ Data: 20/08/2013 Visando a melhoria contínua de

Leia mais

Inyectores de medio de contraste

Inyectores de medio de contraste Inyectores de medio de contraste Inyectores de medio de contraste para TAC/RMI Su programa de medios de contraste! Injectores de produtos de contraste para TAC/TRM O programa de produtos de contraste!

Leia mais

HIDRO 1.2 PROCEDIMENTOS PARA ATUALIZAÇÃO E CADASTRAMENTO DE ESTAÇÕES SISTEMA DE GERENCIAMENTO DE DADOS HIDROMETEOROLÓGICOS

HIDRO 1.2 PROCEDIMENTOS PARA ATUALIZAÇÃO E CADASTRAMENTO DE ESTAÇÕES SISTEMA DE GERENCIAMENTO DE DADOS HIDROMETEOROLÓGICOS HIDRO 1.2 SISTEMA DE GERENCIAMENTO DE DADOS HIDROMETEOROLÓGICOS PROCEDIMENTOS PARA ATUALIZAÇÃO E CADASTRAMENTO DE ESTAÇÕES ANA Agência Nacional de Águas SGH Superintendência de Gestão da Rede Hidrometeorológica

Leia mais

UFRB - Universidade Federal do Recôncavo da Bahia - BRASIL Contribución al conocimiento del manejo sustenible de recursos hídricos para riego

UFRB - Universidade Federal do Recôncavo da Bahia - BRASIL Contribución al conocimiento del manejo sustenible de recursos hídricos para riego Contribución al conocimiento del manejo sustenible de recursos hídricos para riego USO APROPIADO DE LOS RECURSOS HÍDRICOS PARA RIEGO Seminario - Taller Área de Estudio UFRB Área de Estudio UFRB Brasil

Leia mais

HTC Heat Time Control Sistema de detección de temperaturas Sistema de medição de calores

HTC Heat Time Control Sistema de detección de temperaturas Sistema de medição de calores HTC Heat Time Control Sistema de detección de temperaturas Sistema de medição de calores PANAzoo HTC Sistema de control de las temperaturas Un buen sistema de supervisión de las temperaturas es importante

Leia mais

Conferencia 4 Gestión Integrada de Zonas Costeras y Cuencas Hidrográficas en Brasil

Conferencia 4 Gestión Integrada de Zonas Costeras y Cuencas Hidrográficas en Brasil CONSTRUCCIÓN DE CAPACIDADES EN EL MANEJO INTEGRADO DE AGUA Y AREAS COSTERAS (MIAAC) EN AMÉRICA LATINA Y EL CARIBE Curso Sub Regional Integrado MANEJO INTEGRADO DEL AGUA Y ÁREAS COSTERAS PARA EL DESARROLLO

Leia mais

Escritório Virtual Administrativo

Escritório Virtual Administrativo 1 Treinamento Módulos Escritório Virtual Administrativo Sistema Office Instruções para configuração e utilização do módulo Escritório Virtual e módulo Administrativo do sistema Office 2 3 1. Escritório

Leia mais

5 to Congreso Latinoamericano de Investigación Turística

5 to Congreso Latinoamericano de Investigación Turística 5 to Congreso Latinoamericano de Investigación Turística Tema: Fortalecimiento e Integración de la Investigación en Turismo en América Latina Objetivo del evento: Contribuir a estrechar los lazos entre

Leia mais

Softwares de código aberto para o setor de saneamento: um novo paradigma

Softwares de código aberto para o setor de saneamento: um novo paradigma Softwares de código aberto para o setor de saneamento: um novo paradigma Seminário Sistemas de Informação Geográfica São Paulo, 07 de Mayo de 2014 Xavier Torret Requena INDICE 1. Las características del

Leia mais

Cumbre Judicial Iberoamericana XVII Edición: Un Justicia de Futuro

Cumbre Judicial Iberoamericana XVII Edición: Un Justicia de Futuro Cumbre Judicial Iberoamericana Documento de presentación de proyectos Información del proyecto Nombre del Proyecto: País: Curso à Distância de Direito Ambiental para Juízes Ibero-americanos: Discutindo

Leia mais

Resolução da Questão 1 (Texto Definitivo)

Resolução da Questão 1 (Texto Definitivo) Questão Muito do pioneirismo das ideias de Saussure advém do fato de o autor ter sido o primeiro a mencionar a natureza social da língua, como se pode observar no seguinte excerto do Curso de Linguística

Leia mais

Aranda INVENTORY. Benefícios Estratégicos para sua Organização. (Standard & Plus Edition) Beneficios. Características V.2.0907

Aranda INVENTORY. Benefícios Estratégicos para sua Organização. (Standard & Plus Edition) Beneficios. Características V.2.0907 Uma ferramenta de inventario que automatiza o cadastro de ativos informáticos em detalhe e reporta qualquer troca de hardware ou software mediante a geração de alarmes. Beneficios Informação atualizada

Leia mais

Fortalecimento da LILACS como índice da Produção Científica e Técnica da AL&C

Fortalecimento da LILACS como índice da Produção Científica e Técnica da AL&C Fortalecimento da LILACS como índice da Produção Científica e Técnica da AL&C Reuniãopara Conformaçãode Gruposde Trabalho com a Rede LILACS BIREME/OPAS/OMS 21 Janeiro 2014 Agenda da Reunião Sobre a LILACS

Leia mais

Treinamento. Módulo. Escritório Virtual. Sistema Office. Instruções para configuração e utilização do módulo Escritório Virtual do sistema Office

Treinamento. Módulo. Escritório Virtual. Sistema Office. Instruções para configuração e utilização do módulo Escritório Virtual do sistema Office Treinamento Módulo Escritório Virtual Sistema Office Instruções para configuração e utilização do módulo Escritório Virtual do sistema Office 1. Atualização do sistema Para que este novo módulo seja ativado,

Leia mais

BRASÍLIA DF IMPLANTAÇÃO DA GESTÃO POR COMPETÊNCIA RESUMO

BRASÍLIA DF IMPLANTAÇÃO DA GESTÃO POR COMPETÊNCIA RESUMO BRASÍLIA DF 2010 IMPLANTAÇÃO DA GESTÃO POR COMPETÊNCIA RESUMO O processo de formação de pessoas é bastante complexo e difícil, pois normalmente os Lideres responsáveis pela transmissão do conhecimento,

Leia mais

ESCUELAS INTERCULTURALES BILINGUES DE FRONTERA: UNA MIRADA HACIA LA FORMACIÓN DOCENTE

ESCUELAS INTERCULTURALES BILINGUES DE FRONTERA: UNA MIRADA HACIA LA FORMACIÓN DOCENTE ESCUELAS INTERCULTURALES BILINGUES DE FRONTERA: UNA MIRADA HACIA LA FORMACIÓN DOCENTE Fabiana Perpétua Ferreira Fernandes Universidade Federal de Goiás brasucaya@yahoo.com.br A partir del primer semestre

Leia mais

1. Escritório Virtual... 5. 1.1. Atualização do sistema...5. 1.2. Instalação e ativação do sistema de Conexão...5

1. Escritório Virtual... 5. 1.1. Atualização do sistema...5. 1.2. Instalação e ativação do sistema de Conexão...5 1 2 Índice 1. Escritório Virtual... 5 1.1. Atualização do sistema...5 1.2. Instalação e ativação do sistema de Conexão...5 1.3. Cadastro do Escritório...5 1.4. Logo Marca do Escritório...6...6 1.5. Cadastro

Leia mais

Lucha contra el cambio climático: tecnologías innovadoras para un uso eficiente de recursos y energía en restauración de viviendas sociales

Lucha contra el cambio climático: tecnologías innovadoras para un uso eficiente de recursos y energía en restauración de viviendas sociales Lucha contra el cambio climático: tecnologías innovadoras para un uso eficiente de recursos y energía en restauración de viviendas sociales (LIFE10 ENV/ES/439) Desenvolvimento de uma metodologia para quantificar,

Leia mais

FIjacIóN de HerraMIeNtas: calidad en la perfección MaNdrIs para FerraMeNtas: QualIdade Na perfeição www.haimer.com

FIjacIóN de HerraMIeNtas: calidad en la perfección MaNdrIs para FerraMeNtas: QualIdade Na perfeição www.haimer.com Fijación de herramientas: calidad en la perfección MANDRIS PARA FERRAMENTAS: QUALIDADE NA PERFEIÇÃO www.haimer.com Refrigeración llevada hasta la cima REFRIGERAÇÃO DIRECIONADA AO TOPO COOL FLASH Sistema

Leia mais

Gestión y Explotación de Indicadores. Teresa Folgôa Batista

Gestión y Explotación de Indicadores. Teresa Folgôa Batista Sistema de Indicadores OTALEX. Gestión y Explotación de Indicadores Teresa Folgôa Batista Carmen Caballero Cáceres O Sistema de Indicadores OTALEX C Orientações da Estratégia para o Desenvolvimento Sustentável

Leia mais

MEDIADORES TECNOLÓGICOS E FORMAÇÃO DE PROFESSORES. CARTOGRAFIA DE UM CASO FRENTE AOS DESAFIOS NO CONTEXTO AMAZÔNICO

MEDIADORES TECNOLÓGICOS E FORMAÇÃO DE PROFESSORES. CARTOGRAFIA DE UM CASO FRENTE AOS DESAFIOS NO CONTEXTO AMAZÔNICO MEDIADORES TECNOLÓGICOS E FORMAÇÃO DE PROFESSORES. CARTOGRAFIA DE UM CASO FRENTE AOS DESAFIOS NO CONTEXTO AMAZÔNICO Jucimara Canto Gomes, Zeina Rebouças Corrêa Thomé Universidade Federal do Amazonas jucimaracanto@hotmail.com

Leia mais

INTEGRACIÓN DE LA CADENA DE VALOR INTEGRAÇÃO DA CADEIA DE VALOR

INTEGRACIÓN DE LA CADENA DE VALOR INTEGRAÇÃO DA CADEIA DE VALOR GAMA DE PRODUTOS LACTICÍNIOS O mercado dos produtos lácteos tem sido caracterizado por um grande dinamismo, apresentando grandes inovações. Os consumidores estão cada vez mais exigentes e apreciam sempre

Leia mais

PCTV Analog Stick (170e)

PCTV Analog Stick (170e) PCTV Analog Stick (170e) Guía Início Rápido 2008-2009 PCTV Systems S.à r.l. 8420-20022-01 R2 Contenido del Paquete 1 2 3 4 5 6 7 I. Instalación II. III. IV. Contenido del Paquete* Imagenes ilustrativas

Leia mais

WEB VISUALIZADOR SSD SABESP - MANANCIAIS DA REGIÃO METROPOLITANA DE SÃO PAULO

WEB VISUALIZADOR SSD SABESP - MANANCIAIS DA REGIÃO METROPOLITANA DE SÃO PAULO WEB VISUALIZADOR SSD SABESP - MANANCIAIS DA REGIÃO METROPOLITANA DE SÃO PAULO Nilzo Renê Fumes 1 ; Carlos Toshio Wada 2 Resumo - O desenvolvimento do visualizador do Sistema de Suporte a Decisões da Sabesp

Leia mais

Mensagem da VII Assembleia Geral da ALAIME e Jornadas Pedagógicas 2015 Puebla, 08-10 de Outubro de 2015 Universidade Madero (UMAD), Puebla, México

Mensagem da VII Assembleia Geral da ALAIME e Jornadas Pedagógicas 2015 Puebla, 08-10 de Outubro de 2015 Universidade Madero (UMAD), Puebla, México Mensagem da VII Assembleia Geral da ALAIME e Jornadas Pedagógicas 2015 Puebla, 08-10 de Outubro de 2015 Universidade Madero (UMAD), Puebla, México CARTA DE PUEBLA Reunidos na cidade de Puebla, México,

Leia mais

Informação. Sistema de Ensacamento em Big Bags Sistema de Ensacado en Big Bags HAVER

Informação. Sistema de Ensacamento em Big Bags Sistema de Ensacado en Big Bags HAVER Informação Sistema de Ensacamento em Big Bags Sistema de Ensacado en Big Bags HAVER Ensacadeira HAVER para Big Bag tipo - GWH Ensacador HAVER para Big Bag tipo - GWH A Ensacadeira HAVER para Big Bag tipo

Leia mais

Ficha sistematización experiencias en Educación Teológica Virtual Facultad EST, Brasil

Ficha sistematización experiencias en Educación Teológica Virtual Facultad EST, Brasil Ficha sistematización experiencias en Educación Teológica Virtual Facultad EST, Brasil 1.1.Nombre, país, sitio web 1.DATOS INSTITUCIONALES Faculdades EST, Brasil, http://www.est.edu.br 1.2.Relaciones con

Leia mais

COMPARISON OF MERGE RAINFALL AND WATER LEVEL VARIATIONS BY ENVISAT DATA IN THE RIO NEGRO BASIN

COMPARISON OF MERGE RAINFALL AND WATER LEVEL VARIATIONS BY ENVISAT DATA IN THE RIO NEGRO BASIN COMPARISON OF MERGE RAINFALL AND WATER LEVEL VARIATIONS BY ENVISAT DATA IN THE RIO NEGRO BASIN Guilherme Cordeiro Figliuolo 1 Leonardo Alves Vergasta 1 Robson Azevedo de Oliveira 1 Phillipe Arantes Pereira

Leia mais

*HUPRQGR±0DQXDOGR8VXiULR

*HUPRQGR±0DQXDOGR8VXiULR 1 of 23 *HUPRQGR±0DQXDOGR8VXiULR O manual do usuário tem como objetivo, detalhar o funcionamento do Sistema de Gerenciamento e Monitoramento On-Line de Obras, de forma clara para seus usuários. Clique

Leia mais

PLAN DE INNOVACIÓN COMPLEXO LAGUNAR MEDITERRANEO EPAGRI 0055-48-36260577-88010490

PLAN DE INNOVACIÓN COMPLEXO LAGUNAR MEDITERRANEO EPAGRI 0055-48-36260577-88010490 PLAN DE INNOVACIÓN Título Plan de Innovación LAGUNA- PROJETO DE RECUPERAÇAO E CONSERVAÇAO DO COMPLEXO LAGUNAR Nombre Rutero/Rutera ROTA INTERCOTINENTAL DE APRENDIZAGEM- TRAMO Organización o institución

Leia mais

Manual de Utilização. Sistema CotaOnline

Manual de Utilização. Sistema CotaOnline Manual de Utilização Sistema CotaOnline Versão usuário final Sistema desenvolvido pela equipe de desenvolvimento ANA/SGH/GPLAN/Telemetria. Versão 2 Agência Nacional de Águas ANA Superintendência da Gestão

Leia mais

Planejamento estratégico

Planejamento estratégico espaço ibero-americano espacio iberoamericano Planejamento estratégico Quem somos, onde queremos ir e como chegaremos lá são indagações necessárias em todas as escolas Como qualquer empresa, instituições

Leia mais

LIMITES. Sin. Sem. Revista Digital - Gratuita. idiomas Español - Português. Web. Mercobeauty Importadora e Exportadora de Produtos de Beleza Ltda.

LIMITES. Sin. Sem. Revista Digital - Gratuita. idiomas Español - Português. Web. Mercobeauty Importadora e Exportadora de Produtos de Beleza Ltda. Sin LIMITES Sem Revista Digital - Gratuita idiomas Español - Português Mercobeauty Importadora e Exportadora de Produtos de Beleza Ltda. - Desde 1997 online (+ de 18). - En idiomas español y portugués.

Leia mais

IPBeja Clipping. Junho 2013

IPBeja Clipping. Junho 2013 IPBeja Clipping Junho 2013 Índice # Orgão Título Data 1 C P Social Salvador CPSS presente na Formação Técnica de desporto ESEB-IPBeja 03-06-2013 2 Diário Online I Fórum de Educação e Formação do Algarve

Leia mais

USO DE DADOS DE GEODÉSIA ESPACIAL PARA ESTUDOS HIDROLÓGICOS NA BACIA AMAZÔNICA USE OF SPACE GEODESY DATA FOR HYDROLOGIC STUDIES IN THE AMAZON BASIN

USO DE DADOS DE GEODÉSIA ESPACIAL PARA ESTUDOS HIDROLÓGICOS NA BACIA AMAZÔNICA USE OF SPACE GEODESY DATA FOR HYDROLOGIC STUDIES IN THE AMAZON BASIN USO DE DADOS DE GEODÉSIA ESPACIAL PARA ESTUDOS HIDROLÓGICOS NA BACIA AMAZÔNICA Daniel Moreira 1,4* ; Stéphane Calmant 2 ; Félix Perosanz 3 ;Rubens Kenup 1* ; Andre Santos 1 ; Joecila Silva 5 ; Otto Corrêa

Leia mais

Vídeo Documentação do LFS 400

Vídeo Documentação do LFS 400 Vídeo Documentação do LFS 400 A video documentação permanente para uma melhor segurança no seu armazém Una documentación con videocámara completa para la máxima seguridad en el almacén Sistemas de Software

Leia mais

Uso de dados GNSS para Hidrologia: Aplicações do método PPP (Posicionamento por Ponto Preciso) para estudos hidrológicos na bacia Amazônica.

Uso de dados GNSS para Hidrologia: Aplicações do método PPP (Posicionamento por Ponto Preciso) para estudos hidrológicos na bacia Amazônica. Uso de dados GNSS para Hidrologia: Aplicações do método PPP (Posicionamento por Ponto Preciso) para estudos hidrológicos na bacia Amazônica. Daniel Moreira, Stéphane Calmant, Félix Perosanz, Andre Santos,

Leia mais

ESTADO DOS CADASTROS DE USUÁRIOS NAS BACIAS PCJ NO ANO DE 2013

ESTADO DOS CADASTROS DE USUÁRIOS NAS BACIAS PCJ NO ANO DE 2013 Primeiro Termo Aditivo Contrato nº 003/ANA/2011 INDICADOR 4 OPERACIONALIZAÇÃO DA COBRANÇA Indicador 4B Cadastro de Usuários ESTADO DOS CADASTROS DE USUÁRIOS NAS BACIAS PCJ NO ANO DE 2013 4B - Cadastro

Leia mais

HR Connect System Alert

HR Connect System Alert HR Connect System Alert To: All Employees Alert: System Downtime From November 30 December 3, the HR Connect Self-Service system will be down for maintenance. You will be unable to complete transactions

Leia mais

LA GHIACCIOLA GS1000

LA GHIACCIOLA GS1000 LA GHIACCIOLA GS1000 La Ghiacciola GS1000 es la evolución de nuestra ya famosa GS100, inventada por Vincenzo Sottile en 2004 en Italia, cubierta por dos patentes. La Ghiacciola es la única máquina automática

Leia mais

COMUNICACION " B " 5905 I 24/11/95

COMUNICACION  B  5905 I 24/11/95 BANCO CENTRAL DE LA REPUBLICA ARGENTINA COMUNICACION " B " 5905 I 24/11/95 A LAS ENTIDADES FINANCIERAS: Ref.: Circular COPEX-1 Cap. III, punto 1.3. Convenios de Pagos y Creditos Reciprocos de la ALADI

Leia mais

BASES DE PARTICIPACIÓN

BASES DE PARTICIPACIÓN BASES DE PARTICIPACIÓN La novena edición de la BAIXADA ANIMADA - MUESTRA IBEROAMERICANA DE CINE DE ANIMACIÓN, es una realización de BENGUELA PRODUÇÕES E EVENTOS CULTURAIS LTDA. La Muestra se sucederá en

Leia mais

Prova Escrita de Espanhol

Prova Escrita de Espanhol EXAME NACIONAL DO ENSINO SECUNDÁRIO Decreto-Lei n.º 74/04, de 26 de Março Prova Escrita de Espanhol 12.º ano de Escolaridade Iniciação trienal Prova 747/2.ª Fase 5 Páginas Duração da Prova: 1 minutos.

Leia mais

AVALIAÇÃO ECONÔMICA DO PROGRAMA JOVEM APRENDIZ

AVALIAÇÃO ECONÔMICA DO PROGRAMA JOVEM APRENDIZ AVALIAÇÃO ECONÔMICA DO PROGRAMA JOVEM APRENDIZ Elisângela Marinho da Silva Marina Guimarães Gondim Resumo O presente trabalho é fruto da atividade de conclusão do curso de avaliação econômica de projetos

Leia mais

Impresso em 27/08/2015 12:17:14 (Sem título)

Impresso em 27/08/2015 12:17:14 (Sem título) Aprovado ' Elaborado por Leonardo Camargo/BRA/VERITAS em 07/08/2013 Verificado por Sidney Santos em 09/12/2013 Aprovado por Sergio Suzuki/BRA/VERITAS em 09/12/2013 ÁREA LNS Tipo Instrução Administrativa

Leia mais

VII Congresso Hispano-Luso de Avaliação do Dano Corporal VII Congreso Hispano-Luso de Valoración del Daño Corporal

VII Congresso Hispano-Luso de Avaliação do Dano Corporal VII Congreso Hispano-Luso de Valoración del Daño Corporal Programa Científico VII Congresso Hispano-Luso de Avaliação do Dano Corporal VII Congreso Hispano-Luso de Valoración del Daño Corporal PROGRAMA CIENTÍFICO PRELIMINAR* * O programa científico indicado poderá

Leia mais

Home Collection. Metamorfose COLEÇÃO

Home Collection. Metamorfose COLEÇÃO Home Collection COLEÇÃO 2015/2016 A nova coleção 2015/2016 de tecidos para decoração traz referências para instigar transformação. Esta renovação também está presente nos bons momentos de decorar e reformular

Leia mais

Fontes Externas de Financiamento

Fontes Externas de Financiamento Fontes Externas de Financiamento Mobilizando Recursos Financeiros Programa Financiavel Agua Refore stação Agricultura sustentável Areas protegidas Redução da pobreza Fontes Internas MinRH + autoridad local

Leia mais

5 / LAS ASOCIACIONES PÚBLICO-PRIVADAS

5 / LAS ASOCIACIONES PÚBLICO-PRIVADAS 5 / LAS ASOCIACIONES PÚBLICO-PRIVADAS LAS ASOCIACIONES PÚBLICO-PRIVADAS - Globalización - Neoliberalismo - Plan Estratégico - APP - El Estado asume la mayoría del riesgo, el sector privado toma la mayoría

Leia mais

WORKSHOP TEAM DEVELOPER 2013 - I

WORKSHOP TEAM DEVELOPER 2013 - I WORKSHOP TEAM DEVELOPER 2013 - I Objetivo El principal Objetivo del WorkShop TD es lograr actualizar a los profesionales que trabajan con Team Developer en las nuevas opciones y funciones que permite desarrollar

Leia mais

Pontificia Universidad Católica del Ecuador

Pontificia Universidad Católica del Ecuador I 1. DADOS INFORMATIVOS FACULTAD: FCLL CARRERA: Asignatura/Módulo: PORTUGUÉS III Código:10871 Plan de estudios: Nivel: III Prerrequisitos: Aprovado nível II Correquisitos: Período académico: II SEMESTRE

Leia mais

CENTRO DE DADOS DE SENSORIAMENTO REMOTO - CDSR -

CENTRO DE DADOS DE SENSORIAMENTO REMOTO - CDSR - CENTRO DE DADOS DE SENSORIAMENTO REMOTO - CDSR - MIGUEL ZANIC CUELLAR miguel@dgi.inpe.br OBJETIVOS INTERNOS EXTERNOS OBJETIVOS INTERNOS Garantir a segurança no armazenamento dos dados de Sem. Rem. e seu

Leia mais

Consultoria para apoio ao Programa Nacional de Controle de Malária do Brasil na gestão farmacêutica. Paola Marchesini

Consultoria para apoio ao Programa Nacional de Controle de Malária do Brasil na gestão farmacêutica. Paola Marchesini Relatório de Consultoria Brasil Maio 2013 Consultoria para apoio ao Programa Nacional de Controle de Malária do Brasil na gestão farmacêutica. Paola Marchesini Maio 2013 Informe Consultoría de apoio à

Leia mais

Aprender a crescer em ambientes turbulentos. Prof. Dr. Klaus North

Aprender a crescer em ambientes turbulentos. Prof. Dr. Klaus North A PME dinamica Aprender a crescer em ambientes turbulentos Prof. Dr. Klaus North Wiesbaden Business School, Alemanha Hochschule RheinMain O DESAFIO : manter vantagens competitivas em ambientes turbulentos

Leia mais

ESPECIFICAÇÕES PARA IMPLANTAÇÃO E APOIO TOPOGRÁFICO

ESPECIFICAÇÕES PARA IMPLANTAÇÃO E APOIO TOPOGRÁFICO ESPECIFICAÇÕES PARA IMPLANTAÇÃO E APOIO TOPOGRÁFICO Versão 1.0 30 de Abril de 2003 Índice 1 INTRODUÇÃO... 1 2 SISTEMA DE COORDENADAS... 1 2.1 DESCRIÇÃO... 1 3 TRANSPORTE DE COORDENADAS PARA SISTEMAS DE

Leia mais

DISEÑO SIN LÍMITES I DESIGN ILIMITADO

DISEÑO SIN LÍMITES I DESIGN ILIMITADO DISEÑO SIN LÍMITES I DESIGN ILIMITADO Superficies individualizadas para una arquitectura excepcional. Superfícies de decoração individuais para uma arquitectura única. FACHADAS CON UN DISEÑO ÚNICO COMPOSIÇÃO

Leia mais

Estudo da cheia de 2014 na bacia do rio Madeira

Estudo da cheia de 2014 na bacia do rio Madeira Estudo da cheia de 214 na bacia do rio Madeira Philippe Vauchel (IRD, engenheiro hidrólogo do programa HYBAM) Abril 214 Estudo da cheia de 214 na bacia do rio Madeira Agradecimentos Este estudo foi realizado

Leia mais

SUMÁRIO GESTÃO DEMOCRÁTICA DA EDUCAÇÃO: UM OLHAR A PARTIR DA ADMINISTRAÇÃO... 2

SUMÁRIO GESTÃO DEMOCRÁTICA DA EDUCAÇÃO: UM OLHAR A PARTIR DA ADMINISTRAÇÃO... 2 SUMÁRIO GESTÃO DEMOCRÁTICA DA EDUCAÇÃO: UM OLHAR A PARTIR DA ADMINISTRAÇÃO... 2 A IMPORTÂNCIA DO CONTEXTO GEOECONÔMICO DE FAMÍLIAS EM SITUAÇÃO DE POBREZA PARA A GESTÃO DO PROGRAMA BOLSA-FAMÍLIA... 3 QUÉ

Leia mais

Planificación y Gestión para el Desarrollo Sostenible de la Acuicultura Costera

Planificación y Gestión para el Desarrollo Sostenible de la Acuicultura Costera Planificación y Gestión para el Desarrollo Sostenible de la Acuicultura Costera Felipe Matarazzo Suplicy, Ph. D. Centro de Desenvolvimento em Aquicultura e Pesca - CEDAP Principios de la política Garantizar

Leia mais

Gerenciamento de Traçado de Rede Rural Utilizando o Software Google Earth. Wagner Antônio Araújo Veloso CEMIG Distribuição S.A.

Gerenciamento de Traçado de Rede Rural Utilizando o Software Google Earth. Wagner Antônio Araújo Veloso CEMIG Distribuição S.A. 21 a 25 de Agosto de 2006 Belo Horizonte - MG Gerenciamento de Traçado de Rede Rural Utilizando o Software Google Earth Wagner Antônio Araújo Veloso CEMIG Distribuição S.A. wveloso@cemig.com.br RESUMO

Leia mais

Sistema de Informação Integrado

Sistema de Informação Integrado Sistema de Informação Integrado Relatório de Atividades Centro de Referência em Informação Ambiental, CRIA Novembro, 2005 Trabalho Realizado As atividades básicas previstas para o primeiro trimestre do

Leia mais

CONFECÇÃO DA BASE DE DADOS DA ATIVIDADE II.1.3

CONFECÇÃO DA BASE DE DADOS DA ATIVIDADE II.1.3 PROJETO GESTÃO INTEGRADA E SUSTENTÁVEL DOS RECURSOS HÍDRICOS TRANSFRONTEIRIÇOS NA BACIA DO RIO AMAZONAS, CONSIDERANDO A VARIABILIDADE E MUNDANÇA CLIMÁTICA OTCA/GEF/PNUMA COMPONENTE II Compreensão da base

Leia mais

Conceito de NF-e. Conexão NF-e

Conceito de NF-e. Conexão NF-e WHITE PAPER Sumário Conceito de NF-e... 3 Conexão NF-e... 3 Validador de Arquivos da Nota de Entrada... 4 Importador da Nota de Entrada Para o ERP E M S... 5 Manifesto do Destinatário Eletrônico (MD-e)...

Leia mais

Dados para mapeamento

Dados para mapeamento Dados para mapeamento Existem dois aspectos com relação aos dados: 1. Aquisição dos dados para gerar os mapas 2. Uso do mapa como fonte de dados Os métodos de aquisição de dados para o mapeamento divergem,

Leia mais

CONTRIBUIÇÕES REFERENTES À AUDIÊNCIA PÚBLICA Nº 053/2009 NOME DA INSTITUIÇÃO: CPFL GERAÇÃO AGÊNCIA NACIONAL DE ENERGIA ELÉTRICA ANEEL

CONTRIBUIÇÕES REFERENTES À AUDIÊNCIA PÚBLICA Nº 053/2009 NOME DA INSTITUIÇÃO: CPFL GERAÇÃO AGÊNCIA NACIONAL DE ENERGIA ELÉTRICA ANEEL Rod. Campinas Mogi-Mirim, km 2,5 Campinas. SP. Brasil. 13088-900 cpfl@cpfl.com.br www.cpfl.com.br CONTRIBUIÇÕES REFERENTES À AUDIÊNCIA PÚBLICA Nº 053/2009 NOME DA INSTITUIÇÃO: CPFL GERAÇÃO AGÊNCIA NACIONAL

Leia mais

FICHA DESCRITIVA DE ESTAÇÃO FLUVIOMÉTRICA

FICHA DESCRITIVA DE ESTAÇÃO FLUVIOMÉTRICA FICHA DESCRITIVA DE ESTAÇÃO FLUVIOMÉTRICA Prefeitura Porto Acre Fluviométrica 13610000 Curso d água Bacia Hidrográfica Área de Drenagem REFERÊNCIA CARTOGRÁFICA Carta Folha Escala Ano Latitude Longitude

Leia mais

y enfermeria Heimar de Fatima Marin, PhD, FACMI hfmarin@unifesp.br

y enfermeria Heimar de Fatima Marin, PhD, FACMI hfmarin@unifesp.br Informática y enfermeria Heimar de Fatima Marin, PhD, FACMI hfmarin@unifesp.br Informática em saúde Multidisciplinar Convergência de disciplinas médicas e tecnologia da informação Nasceu na área de saúde

Leia mais

UNIVERSIDADES PÚBLICAS DE LA COMUNIDAD DE MADRID PRUEBA DE ACCESO A LAS ENSEÑANZAS UNIVERSITARIAS OFICIALES DE GRADO.

UNIVERSIDADES PÚBLICAS DE LA COMUNIDAD DE MADRID PRUEBA DE ACCESO A LAS ENSEÑANZAS UNIVERSITARIAS OFICIALES DE GRADO. UNIVERSIDADES PÚBLICAS DE LA COMUNIDAD DE MADRID PRUEBA DE ACCESO A LAS ENSEÑANZAS UNIVERSITARIAS OFICIALES DE GRADO MATERIA: PORTUGUÉS Curso 2014-2015 INSTRUCCIONES Y CRITERIOS GENERALES DE CALIFICACIÓN

Leia mais

SISTEMA DE INDICADORES OTALEX (SIO)

SISTEMA DE INDICADORES OTALEX (SIO) SEMINARIO FINAL DEL PROYECTO SEMINÁRIO FINAL DO PROJETO 4 de junio de 2013 / 4 de junho de 2013 Palacio de Congresos y Exposiciones de Mérida Dirección General de Transportes, Ordenación del Territorio

Leia mais

VISÃO: VISIÓN: MISSÃO: MISIÓN: VALORES: VALORES:

VISÃO: VISIÓN: MISSÃO: MISIÓN: VALORES: VALORES: MISSÃO: MISIÓN: Oferecer inovação e conveniência para o mercado de transporte. Ofrecer innovación y conveniencia para el mercado de transporte. VISÃO: VISIÓN: Ser reconhecida na América Latina como a referência

Leia mais

Gerenciamento Automação de pesagem de veículos Controle de acesso de veículos Integração de dados

Gerenciamento Automação de pesagem de veículos Controle de acesso de veículos Integração de dados PRO TI TAG g EIXO Gerenciamento Automação de pesagem de veículos Controle de acesso de veículos Integração de dados GUARDIAN - INFORMATIVO PARA CLIENTE Rev. 02 1 / 13 1 Objetivo da solução Segurança -

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA CENTRO DE CIÊNCIAS EXATAS E DA NATUREZA DEPARTAMENTO DE GEOCIÊNCIAS

UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA CENTRO DE CIÊNCIAS EXATAS E DA NATUREZA DEPARTAMENTO DE GEOCIÊNCIAS UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA CENTRO DE CIÊNCIAS EXATAS E DA NATUREZA DEPARTAMENTO DE GEOCIÊNCIAS Laboratório de Ensino, Pesquisa e Projetos em Análise Espacial TUTORIAL DE SPRING Alexandro Medeiros

Leia mais

Manual do Usuário 2013

Manual do Usuário 2013 Manual do Usuário 2013 MANUAL DO USUÁRIO 2013 Introdução Um ambiente virtual de aprendizagem é um programa para computador que permite que a sala de aula migre para a Internet. Simula muitos dos recursos

Leia mais

A ESCOLHA DE SISTEMA PARA AUTOMAÇÃO DE BIBLIOTECAS. A decisão de automatizar

A ESCOLHA DE SISTEMA PARA AUTOMAÇÃO DE BIBLIOTECAS. A decisão de automatizar A ESCOLHA DE SISTEMA PARA AUTOMAÇÃO DE BIBLIOTECAS A decisão de automatizar 1 A decisão de automatizar Deve identificar os seguintes aspectos: Cultura, missão, objetivos da instituição; Características

Leia mais

Diretoria de Geociêcias Coordenação de Cartografia CONFEGE. Projetos Mapeamento Global e Mapeamento Global das Américas

Diretoria de Geociêcias Coordenação de Cartografia CONFEGE. Projetos Mapeamento Global e Mapeamento Global das Américas CONFEGE Projetos Mapeamento Global e Mapeamento Global das Américas Projeto Mapeamento Global Global Mapping Project O que é? Diretoria de Geociêcias Projeto que implementa diretrizes da AGENDA 21 da Organização

Leia mais

PROPOSTA PRELIMINAR PARA A ADOÇÃO DE UM REFERÊNCIAL GEOCÊNTRICO NO BRASIL

PROPOSTA PRELIMINAR PARA A ADOÇÃO DE UM REFERÊNCIAL GEOCÊNTRICO NO BRASIL PROPOSTA PRELIMINAR PARA A ADOÇÃO DE UM REFERÊNCIAL GEOCÊNTRICO NO BRASIL 1 Seminário sobre Referencial Geocêntrico no Brasil Rio de Janeiro - IBGE/CDDI 1 O que é um sistema geodésico de referência? É

Leia mais