COMPANHIA DE DESENVOLVIMENTO DE CAXIAS DO SUL EDITAL PÚBLICO Nº 001/2003 PROVA DE SELEÇÃO Nº 001/2003

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "COMPANHIA DE DESENVOLVIMENTO DE CAXIAS DO SUL EDITAL PÚBLICO Nº 001/2003 PROVA DE SELEÇÃO Nº 001/2003"

Transcrição

1 COMPANHIA DE DESENVOLVIMENTO DE CAXIAS DO SUL EDITAL PÚBLICO Nº 001/2003 PROVA DE SELEÇÃO Nº 001/2003 A Companhia de Desenvolvimento de Caxias do Sul CODECA, através de sua Comissão Especial de Provas e Seleção, torna público, que estarão abertas as inscrições para PROVA DE SELEÇÃO, no período de 27/10/2003 a 06/11/2003, para provimento nos cargos de Almoxarife, Assistente Administrativo, Advogado, Assistente Social, Borracheiro, Contador, Eletricista de Veículos, Encanador, Engenheiro de Segurança do Trabalho, Lavador, Marteleteiro, Mecânico de Caminhões, Mecânico de Máquinas Pesadas, Operador de Motoniveladora, Operador de Quadro de Comando de Usina de Asfalto, Operador de Retroescavadeira, Operador de Rolo Compactador, Operador de Vibro Acabadora de Asfalto, Pedreiro, Servente para Construção Civil, Técnico em Eletrônica, Técnico em Informática, Técnico de Segurança do Trabalho, Técnico em Enfermagem, Telefonista, Varredor. 1. DAS NORMAS QUE REGEM O PROCESSAMENTO DESTA PROVA DE SELEÇÃO 1.1. Esta Prova de Seleção reger-se-á pelas normas deste Edital e pelas disposições legais referidas A Comissão que elaborará, aplicará e examinará as Provas e Recursos, será constituída pela Fundação Universidade de Caxias do Sul UCS. 2. DA DIVULGAÇÃO 2.1. A divulgação oficial das informações referentes a esta Prova de Seleção dar-se-á através de publicação de Editais ou avisos no site jornal local de grande circulação, da afixação do mesmo na Portaria do Centro Administrativo Municipal e na Portaria de pessoal da CODECA. 3. DA INSCRIÇÃO 3.1. Local, Período e Horário: As inscrições serão efetuadas nos Pavilhões da Festa da Uva, junto ao restaurante, sito à Rua Ludovico Cavinatto, s/nº Nossa Senhora da Saúde Caxias do Sul RS, no período de 27/10/2003 a 06/11/2003, no horário das 13:30 horas às 21:00 horas Requisitos para inscrição : a) Ser brasileiro ou gozar das prerrogativas contidas no parágrafo 1º do art. 12, da Constituição Federal; b) Estar quites com o Serviço Militar, quando do sexo masculino; c) Estar em dia com as obrigações eleitorais; d) Possuir idade mínima de 18 (dezoito) anos completos, até a data do encerramento das inscrições; e) A exigência contida neste item foi excluída f) Não registrar sentença criminal transitada julgada e não cumprida, achando-se em pleno gozo dos direitos civis e políticos; g) Conhecer e estar de acordo com as exigências contidas neste Edital; 1

2 h) Possuir registro em Conselho ou Órgão de classe, quando o cargo o exigir, no ato da admissão; i) Não ser ex-funcionário da CODECA demitido por JUSTA CAUSA; j) Aos funcionários da CODECA que desejarem prestar Prova de Seleção, não será permitida a inscrição e/ou efetivação em cargo com padrão salarial inferior ao padrão percebido atualmente pelo mesmo. k) Possuir Certificado de Conclusão de Curso Técnico (quando for o caso) emitido por instituição reconhecida pelo MEC Documentos a serem apresentados no ato da inscrição (para os que optarem pela realização da inscrição nos Pavilhões da Festa da Uva): a) Carteira de Identidade e/ou Carteira Profissional do Ministério do Trabalho, devendo ser apresentado o original, em perfeitas condições; b) Procuração, se for o caso, conforme previsto no subitem Procedimento para as Inscrições: As inscrições para o Concurso poderão ser realizadas via Internet no endereço eletrônico ou nos Pavilhões da Festa da Uva, junto ao restaurante, sito à Rua Ludovico Cavinatto, s/nº Nossa Senhora da Saúde Caxias do Sul RS, (iniciando às 13:30 horas de 27 de outubro de 2003 e terminando às 21:00 horas de 06 de novembro de 2003) Das Inscrições via Internet Será admitida a inscrição via Internet, no endereço eletrônico solicitada no período entre às 13:30 horas de 27 de outubro de 2003 e às 21:00 horas de 06 de novembro de 2003, observado o horário oficial de Brasília/DF A Companhia de Desenvolvimento de Caxias do Sul CODECA não se responsabilizará pelas inscrições realizadas através da Internet que não forem recebidas por motivos de ordem técnica alheias ao âmbito de atuação, tais como falhas de telecomunicações, falhas nos computadores nos provedores de acesso e quaisquer outros fatores exógenos que impossibilitem a correta transferência dos dados dos candidatos para a Organização do Concurso O candidato que desejar realizar sua inscrição via Internet poderá efetuar o pagamento da taxa de inscrição da seguinte forma: a) por meio de boleto bancário, pagável em qualquer agência da CAIXA ECONÔMICA FEDERAL e nas agências lotéricas credenciadas da CEF O boleto bancário estará disponível no endereço eletrônico da CODECA, e deve ser impresso para o pagamento da taxa de inscrição após a conclusão do preenchimento da ficha de solicitação de inscrição on-line Das Inscrições no local (Pavilhões da Festa da Uva) PERÍODO: De 27 de outubro a 06 de novembro de HORÁRIO: 13h e 30min às 21 horas VALOR DAS INSCRIÇÕES Escolaridade Valor da Inscrição (R$) Ensino Fundamental Completo 15,00 Ensino Médio Completo 25,00 Ensino Superior Completo 55,00 2

3 Para efetuar a inscrição nos pavilhões da festa da uva o candidato deverá: a) Apresentar o documento originar de identidade. b) Escolher o cargo para ao qual vai candidatar-se. c) Dirigir-se a área de inscrições e realizar junto ao operador a inscrição, retirando o boleto bancário para recolhimento da taxa de inscrição. d) Pagar o boleto bancário em qualquer agência da Caixa Econômica Federal ou agência lotérica credenciada da CEF Os demais documentos comprobatórios do atendimento aos requisitos fixados nos subitem 3.2 deste Edital, não apresentados no ato da inscrição, serão exigidos dos candidatos classificados no momento de sua convocação para assumir à sua vaga Das disposições gerais sobre a inscrição O valor relativo à inscrição não será devolvido, salvo no caso de cancelamento do certame por conveniência da Administração da CODECA O comprovante de pagamento da inscrição deverá ser mantido em poder do candidato e apresentado juntamente com documento de identificação no local de realização das provas Não será aceita inscrição por via postal, por fac-simile, e ou por outra forma que não estabelecida neste Edital O Candidato terá sua inscrição homologada somente após o recebimento, pela CAIXA ECONÔMICA FEDERAL, da confirmação do pagamento bancário de sua taxa de inscrição A inscrição poderá ser efetuada por procuração Deverá ser anexado, no caso da letra b além dos documentos exigidos no subitem 3.3 a procuração, devidamente reconhecida em cartório, acompanhado do documento de identidade do procurador O candidato ou seu procurador são responsáveis pelas informações prestadas na ficha de inscrição, arcando o candidato com as conseqüências de eventuais erros de preenchimento desse documento Efetivada a inscrição, não serão aceitos pedidos de alteração de cargo Não haverá devolução, em qualquer hipótese dos documentos entregues na inscrição O candidato assinará declaração na ficha de inscrição de que conhece e concorda com as exigências e condições previstas neste edital O candidato poderá inscrever-se para mais de um cargo oferecido, desde que possua a escolaridade requerida e que a data e/ou horário da prova não coincidam Homologação das inscrições As inscrições efetuadas de acordo com o disposto no item 3.6 do presente Edital serão homologadas pela CODECA, significando tal ato que o candidato está habilitado para participar das demais fases do Concurso A não apresentação do recurso no prazo estabelecido ou o indeferimento do mesmo, acarretará no cancelamento do pedido de inscrição e na conseqüente eliminação do candidato do presente Concurso Para aqueles cuja inscrição for homologada,e para aqueles cujo recurso for deferido, a CODECA publicará aviso em jornal local de grande circulação e afixado na portaria do Centro Administrativo Municipal e na Portaria de Pessoal da CODECA. Da não homologação cabe recurso, que deverá ser formulado no prazo máximo de 48 horas, a contar da publicação do Edital. 3

4 3.8. Das vagas para deficientes Do total de vagas que vieram a ser oferecidas durante o prazo de validade desta prova de seleção, 5 % serão reservadas a portadores de deficiência, de acordo com Art.37, VII da Constituição Federal, distribuídas conforme o item Os candidatos portadores de deficiência participarão do Concurso em igualdade de condições com os demais candidatos no que se refere a conteúdo, avaliação, duração, local e horário de realização da prova Não ocorrendo a aprovação de candidatos portadores de deficiência para o preenchimento das vagas previstas, estas serão preenchidas pelos demais aprovados Os candidatos deficientes aprovados no Concurso deverão, antes de serem admitidos, submeterem-se a exame médico para verificação da compatibilidade entre sua deficiência e o exercício das atribuições específicas do cargo pretendido. Caso o laudo médico emitido pela junta médica nomeada pela CODECA conclua pela inexistência da deficiência, o candidato permanecerá no Concurso, concorrendo em igualdade de condições com os demais. Sendo o laudo médico pela incompatibilidade da deficiência com as atribuições do cargo, o candidato será automaticamente eliminado do Concurso Até 3 (três dias) úteis, a contar do término das inscrições, os candidatos portadores de deficiência física que optarem por concorrer às vagas destinadas à portadores destas deficiências, deverão dirigir-se ao setor de Protocolo da CODECA, no endereço RST 543 km 11(rota do Sol), S/N, bairro centenário (em frente ao Posto São Luis), Caxias do Sul, RS, para preencher o Requerimento de Candidato Portador de Deficiência Física, referente à respectiva deficiência, deverá apresentar nesta ocasião um Atestado Médico contendo, no mínimo, as seguintes informações: a) Identificação da Deficiência de que é portador o candidato, em consonância com a legislação vigente e com a Classificação Internacional de Doenças (CID); b) Que as atribuições previstas para o cargo para o qual o candidato concorre são compatíveis com a deficiência da qual é portador e que essa situação está de acordo com a legislação Os candidatos portadores de deficiência que necessitem de condições especiais para a realização das provas, tais como acesso especial aos locais das provas, provas com letras maiores que as convencionais, entre outras, deverão comunicar essa necessidade formalmente à CODECA dentro de três dias úteis do término das inscrições. A não manifestação dos candidatos dentro desse prazo desobriga a CODECA do atendimento dessas condições especiais As vagas reservadas para portadores de deficiência estarão assim distribuídas: Cargo de Almoxarife 1 (uma) vaga; Cargo de Varredor(a) 3 (três) vagas; Cargo de Assistente Administrativo 1 (uma) vaga. 4. DAS PROVAS a) A prova escrita será aplicada a todos os candidatos, tendo caráter classificatório e eliminatório; b) Os inscritos para os cargos de Operador de Motoniveladora, Operador de Quadro de Comando de Usina, Operador de Retroescadeira, Operador de Rolo Compactador, Operador de Vibro Acabadora de Asfalto, Mecânico de Caminhões, Mecânico de Máquinas Pesadas e Técnico em Informática, e aprovados na prova escrita, deverão prestar prova prática de caráter eliminatório, com operações básicas da função; c) Os inscritos para os cargos de Borracheiro, Lavador, Varredor e Servente para Construção Civil, e aprovados na prova escrita, deverão prestar teste físico de caráter físico de caráter eliminatório; d) Será considerado aprovado na prova escrita o candidato que obtiver nota igual ou superior a 50 (cinqüenta) pontos; e) As perguntas poderão ser organizadas de forma a perquirir qualquer conteúdo, enfatizando qualitativamente os aspectos que devem ser questionados junto ao candidato, desde que formulados a partir do programa constantes neste Edital. 4

5 4.1. Da prova escrita: Da pontuação da prova A Prova de Seleção constará de uma prova escrita com questões objetivas, envolvendo conhecimentos de acordo com o cargo, como consta na tabela: Cargos Nível Port. Peso Mat peso Inf peso Borracheiro Lavador Varredor Conh Cargo peso Fundamental 10 2,2 10 1,8-20 3,0 40 Fundamental 10 2,2 10 1,8-20 3,0 40 Fundamental 10 2,2 10 1,8-20 3,0 40 Tot. Prova Especial Teste Físico Teste Físico Teste Físico Marteleteiro Fundamental 10 2,2 10 1,8-20 3,0 40 Pedreiro Fundamental 10 2,2 10 1,8-20 3,0 40 Servente para Teste Fundamental 10 2,2 10 1,8-20 3,0 40 Construção Físico Civil Eletricista de Veículo Fundamental 7 2,0 13 2,0-20 3,0 40 Mecânico de Caminhão Fundamental 7 2,0 13 2,0-20 3,0 40 Prática Mecânico de Máquinas Pesadas Fundamental 7 2,0 13 2,0-20 3,0 40 Prática Encanador Fundamental 10 2,2 10 1,8-20 3,0 40 Op. De Motonivela Fundamental 10 2,2 10 1,8-20 3,0 40 Prática dora Op. Quadro de Comando de Usina Fundamental 10 2,2 10 1,8-20 3,0 40 Prática Op. De Retroescava deira Op. De Rolo Compactador Op.de Vibro Acabadora de Asfalto Fundamental 10 2,2 10 1,8-20 3,0 40 Prática Fundamental 10 2,2 10 1,8-20 3,0 40 Prática Fundamental 10 2,2 10 1,8-20 3,0 40 Prática Almoxarife Médio 7 2,2 13 2,0 5 3,0 15 3,0 40 Telefonista Médio 10 2,2 10 1,8 5 3,0 15 3,0 40 Técnico em Eletrônica Técnico em Informática Técnico de Segurança do Trabalho Médio 7 2,0 13 2,0-20 3,0 40 Médio 7 2,0 13 2,0-20 3,0 40 Prática Médio 10 2,2 10 1,8-20 3,0 40 5

6 Técnico em Enfermagem Assistente Administrativo Médio 10 2,0 10 2,0-20 3,0 40 Médio 7 2,0 13 2,0 5 3,0 15 3,0 40 Assistente Social Superior 10 2, ,6 40 Contador Superior 10 2, ,6 40 Engenheiro de Segurança do Trabalho Superior 10 2, ,6 40 Advogado Superior 10 2, , Das condições para a realização da prova objetiva A prova objetiva terá os eventos divulgados de acordo com a tabela abaixo: DATA HORÁRIO FORMAÇÃO 16/11 13h e 30min Prova para candidatos com o Ensino Fundamental 21/11 23/11 13h e 30min 24/11 27/11 08/12 Identificação de provas para os candidatos com o Ensino Fundamental. Prova para candidatos com Ensino Médio e/ou Superior Divulgação dos aprovados na prova do Ensino Fundamental e divulgação de data, local e horário das provas práticas e teste físico. Divulgação dos aprovados na prova do Ensino Médio/Superior Divulgação da Classificação Final para todos os níveis de ensino O candidato deverá comparecer ao local da prova com antecedência mínima de 01 (uma) hora do horário estabelecido para o início da mesma, com documento de identificação com foto, comprovante de pagamento, caneta esferográfica de cor azul ou preta O ingresso na sala de prova só será permitido ao candidato que apresentar documento de identificação (Cédula de Identidade ou Carteira Profissional), em perfeitas condições, de forma a permitir, com clareza, a identificação do candidato e a comprovação de pagamento da inscrição Não será permitida a entrada no prédio de realização da prova do candidato que se apresentar depois de dado o sinal sonoro indicativo de início da prova Não será permitida a entrada, na sala de prova, do candidato que se apresentar após o sinal sonoro indicativo de início da prova, salvo se acompanhado pelo Fiscal da Coordenação do Concurso Em nenhuma hipótese haverá segunda chamada, seja qual for o motivo alegado. Também não será aplicada prova fora do local e horário estabelecido por Edital Durante a realização da prova não será permitido: I comunicar-se com os demais candidatos ou pessoas estranhas ao concurso, bem como utilizar instrumentos, publicações, apontamentos, etc, salvo os expressamente permitidos; 6

7 II ausentar-se do recinto, momentaneamente, a não ser em casos especiais e na companhia de um fiscal; III portar-se inconvenientemente, perturbando de qualquer forma o andamento dos trabalhos; IV ato de descortesia ou ameaça a qualquer dos examinadores, executores, fiscais ou autoridades presentes; V - utilizar de quaisquer recursos ilícitos ou fraudulentos, em qualquer etapa da realização das provas; VI ausentar-se do recinto antes de 01 (uma) hora do início da prova; VII permanecer com a prova mais tempo que o máximo estabelecido no Edital. VIII a permanência de acompanhante do candidato, ou pessoas estranhas a Prova de Seleção, nas dependências do local da aplicação da prova. IX utilizar telefone celular, gravador, receptor, pagers, notebook e/ou equipamento similar Em qualquer das hipóteses do item anterior será lavrado Ato de Apreensão de Prova e Exclusão do Candidato, diretamente em ata, devendo anexar-se a esta a prova e o cartão de respostas O candidato deverá assinalar suas respostas na grade de respostas com caneta esferográfica de cor azul ou preta Não serão consideradas as questões não assinaladas na grade de resposta e as questões que contenham mais de uma resposta, emenda ou rasura Será de inteira responsabilidade do candidato o preenchimento correto da grade de respostas Prova Escrita terá a duração de 03 (três) horas O candidato ao término da prova, entregará ao fiscal da sala a grade de respostas preenchida(conforme o caso) Sigilo quanto a identidade dos candidatos será assegurado pelo ato solene público de identificação das provas, a ser realizado: I a identificação das provas em 21 de novembro de 2003 II será anulada a prova que apresentar sinais ou contiver expressões que possibilitem sua identificação O candidato somente poderá retirar-se do local de realização das provas, levando o caderno de provas, após a primeira hora do início das mesmas A prova objetiva terá a duração de 3 horas, iniciando às 13h e 30 min, e encerrando às 16h e 30 min Do conteúdo programático Português (nível superior) Interpretação de texto Significado de palavras do texto Ortografia oficial Encontros vocálicos e consonantais, tonicidade e divisão silábica Emprego de pronomes oblíquos e de tratamento Plural dos substantivos Regras de acentuação Crase Flexão dos substantivos e adjetivos Concordância verbal e nominal Regência verbal Pontuação Casos especiais: porque, que, se (emprego e função) Classes gramaticais 7

8 Sintaxe Português (nível médio) Interpretação de texto Significado de palavras do texto Ortografia oficial Encontros vocálicos e consonantais, tonicidade e divisão silábica Emprego de pronomes oblíquos e de tratamento Plural dos substantivos Regras de acentuação Crase Flexão dos substantivos e adjetivos Concordância verbal e nominal Regência verbal Pontuação Casos especiais: porque, que, se (emprego e função) Classes gramaticais Sintaxe Português (nível fundamental) Ortografia Gênero: masculino e feminino Número: singular e plural Grau aumentativo e diminutivo Classe: substantivo e adjetivo Pronomes pessoais Artigo: definido e indefinido Verbos regulares Concordância verbal e nominal Acentuação Pontuação Formação e complementação de frases Matemática (nível médio) Nível de conjunto Grandezas proporcionais Razão e proporções Divisão proporcional Regras de três simples e compostas Percentagem Desconto sucessivo Juros simples Progressão aritmética e geométrica Coordenados cartesianos Equação do 1.º e 2.º graus Sistemas de equação Conceitos fundamentais: reta, plano ângulo Operações com ângulos Área das principais figuras planas 8

9 Área lateral e área total do paralelepípedo, cilindro e cone Volume do paralelepípedo, cilindro e cone Matemática (nível fundamental) Noções de dobro, triplo e dúzia Problemas com números inteiros Operações com números fracionários Sistema de medidas Grandezas proporcionais Razões e proporções Regra de sociedade Percentagem Juro simples Regra de três simples e composta Equações de 1.º e 2.º graus Sistema de equações Conhecimentos do cargo De acordo com o cargo escolhido e as descrições contidas neste edital (item 5) Informática (apenas para os cargos de almoxarife, telefonista e assistente administrativo) Conhecimentos básicos: ligar e desligar o microcomputador. WINDOWS: Fundamentos do Windows: Operações com janelas, menus, barra de tarefas, área de trabalho; Trabalho com pasta e arquivos: localização de arquivos e pastas; movimentação e cópia de arquivos e pastas; criação e exclusão de arquivos e pastas; Configurações Básicas do Windows: resolução da tela, cores, fontes, impressoras, aparência, segundo plano, protetor de tela; Windows Explorer. (Será tomada como base a versão do Windows em Português, com as características a partir do Windows 95). WORD: Área de trabalho, barras de ferramentas, botões e menus do WORD; Formatação de documentos: recursos de margens, tabulação, recuo e espaçamento horizontal, espaçamento vertical, fontes, destaque (negrito, sublinhado, itálico, subscrito, sobrescrito, etc); Organização do texto em listas e colunas; Tabelas; Estilos e Modelos; Cabeçalhos e Rodapés; Configuração de Página(Será tomada como base a versão do WORD e EXCEL em Português, com características a partir do WORD 97 e EXCEL 97). EXCEL: Área de trabalho, barras de ferramentas, botões e menus do EXCEL; Deslocamento do cursor na planilha, seleção de células, linhas e colunas; Introdução de números, textos, fórmulas e datas na planilha, referência absoluta e relativa; Principais funções do Excel: matemáticas, estatísticas, data-hora, financeiras e de texto; Formatação de planilhas: número, alinhamento, borda, fonte, padrões; Edição da planilha: operações de copiar, colar, recortar, limpar, marcar, etc; Classificação de dados nas planilhas; Gráficos.(Será tomada como base a versão do WORD e EXCEL em Português, com as características a partir do WORD 97 e EXCEL 97). Acesso a Redes de Computadores: Estrutura de Redes de Computadores: Redes Locais e Internet; Mecanismos de cadastramento e acesso à redes: LOGIN, Username, Senha; Protocolos e Serviços de Internet:: Mail, Http, News; Correio Eletrônico: Endereços, utilização de recursos típicos; World Wide Web: Browsers e serviços típicos, mecanismos de busca ( Será tomado como base os recursos mais gerais e comuns do browser Internet Explorer 5.x ou superior e para correio eletrônico recursos mais comuns do Outlook) Da prova prática e teste físico eliminatórios 9

10 A prova Prática é eliminatória e será realizada para os candidatos aprovados na prova escrita para os cargos de Operador de Motoniveladora, Operador de Quadro de Comando de Usina, Operador de Retroescavadeira, Operador de Rolo Compactador e Operador de Vibro Acabadora de Asfalto, Mecânico de Caminhões, Mecânico de Máquinas Pesadas e Técnico em Informática O Teste Físico é eliminatório e será realizado para os candidatos aprovados na prova escrita para os cargos de Varredor, Borracheiro, Lavador e Servente para Construção Civil O Teste Físico constará das seguintes modalidades: Teste de capacidade aeróbica - (corrida a pé): consistirá em percorrer uma distância mínima de 1600 (hum mil e seiscentos) metros para candidatos do sexo masculino, e 1300 (hum mil e trezentos) metros para candidatos do sexo feminino, no tempo máximo de 10 (dez) minutos (para ambos os sexos), em uma única tentativa. Somente serão considerados aptos os candidatos que atingirem a distância estabelecida no tempo máximo estipulado. Teste de equilíbrio dinâmico: deverá o candidato transpor (caminhar por cima) de uma trave de 5 (três) metros de extensão e 13 (treze) centímetros de largura, colocada horizontalmente a uma altura de 30 (trinta) centímetros do chão. O deslocamento deverá ser feito em pé, sempre caminhando com um pé a frente do outro, podendo o candidato ter direito a duas tentativas (se cair na primeira tentativa deverá reiniciar o exercício do ponto inicial, se cair na segunda tentativa o candidato será eliminado). O candidato, sem correr, deverá realizar o percurso de ida e volta na trave mantendo o equilíbrio, ou seja, sem cair de cima da trave. Somente serão considerados aptos os candidatos que executarem o exercício na forma estipulada. Não haverá contagem de tempo. Teste de resistência muscular abdominal: deverá o candidato, partindo da posição decúbito dorsal (deitado de costas para o chão), pernas flexionadas, plantas dos pés no solo, pés fixados pelo avaliador, com a mão direita no ombro esquerdo e mão esquerda no ombro direito, realizar a flexão da coluna até encostar os cotovelos nos joelhos, voltando à posição inicial até que o dorso toque no solo. Deverão ser executadas 20 (vinte) repetições pelo candidato do sexo masculino e 15 (quinze) repetições pelo candidato do sexo feminino, no tempo máximo de 1 (um) minuto (para ambos os sexos), em uma única oportunidade. Somente serão considerados aptos os candidatos que realizarem corretamente o exercício no tempo máximo e quantidade mínima exigida. Só serão computadas as flexões realizadas corretamente Os candidatos que não atingirem o mínimo exigido em cada um dos testes de condicionamento físico, serão eliminados do Concurso Se habilitado na prova de condicionamento físico, esta terá caráter exclusivamente habilitatório, não interferindo na classificação do candidato Na prova de condicionamento físico, o candidato não receberá nota, sendo considerado apto se for aprovado em cada um dos testes acima descritos Não haverá repetição na execução dos testes conforme estipulado, exceto nos casos em que a Banca Examinadora concluir pela ocorrência de fatores de ordem técnica, não provocados pelo candidato, que tenha prejudicado seu desempenho Em razão de condições climáticas, a critério da Banca Examinadora e da Comissão de Concursos, a prova de condicionamento físico poderá ser cancelada ou interrompida, acarretando o adiamento da prova para nova data, estipulada e divulgada através de edital, conforme subitem 2.1 deste Edital Os casos de alterações psicológicas ou fisiológicas, não sendo estas enquadradas como deficiência física, que impossibilitem o candidato de submeter-se aos testes, ou de neles prosseguir ou que lhe diminuam a capacidade físico-orgânica, não serão considerados para fins de tratamento diferenciado ou feitura de nova prova O aquecimento e preparação para a prova, são de responsabilidade do próprio candidato, não podendo interferir no andamento do concurso. 10

11 O candidato deverá comparecer ao local destinado à realização das provas com antecedência mínima de 60 (sessenta) minutos do horário previsto para seu início, munido de documento de identidade O candidato convocado para a prova de condicionamento físico, deverá apresentar-se com roupa apropriada para a prática desportiva, ou seja, basicamente calção e camiseta ou agasalhos e calçando tênis Para participar da prova de condicionamento físico é obrigatório o candidato apresentar-se munido de documento de identidade, e comparecer com exame médico expedido no período de até 30 (trinta) dias da aplicação da prova, que certifique especificamente estar apto para o esforço físico. O candidato que não apresentar o atestado médico não prestará prova. 5. DOS CARGOS 5.1. ALMOXARIFE: a) Instrução: Ensino Médio Completo (2º Grau completo) Recepcionar, conferir e armazenar produtos e materiais no almoxarifado e depósitos. Fazer os lançamentos da movimentação de entradas e saídas e controlar os estoques. Distribuir produtos e materiais a serem expedidos. Organizar o almoxarifado para facilitar a movimentação dos itens armazenados e a armazenar. Receber materiais; organizar e repor estoques; preparar fluxo de utilização de materiais, a fim de garantir a manutenção do nível dos estoques; emitir as necessidades de estoques para atender as demandas; estabelecer estoque de segurança para garantir o abastecimento de demandas urgentes; administrar todos os procedimentos de materiais no almoxarifado; planejar e estabelecer métodos, processos, controles, trânsito e consumo de materiais em geral, buscando racionalizar o emprego, de forma a maximizar o aproveitamento e reduzir períodos de estocagem; orientar o trabalho de auxiliares; contribuir para a definição de procedimentos e normas do almoxarifado; planejar projetos e cálculos de estoque mínimo e máximo; fazer inventário, realizar balanço mensal; Conhecer peças de veículos leves (VW, Fiat, GM) e de caminhões (M Benz e VW). Conhecimentos de EPI S. Realizar serviços seguindo as normas de segurança, meio ambiente e saúde ocupacional; Manter atualizadas as descrições dos materiais e fornecedores da empresa; executar outras tarefas afins, conforme necessidade. Equipamentos de informática; máquina de calcular; arquivos; gaveteiros; etiquetas. a) Horário: Período normal de 44 (Quarenta e quatro) horas semanais b) Vagas: 02 (duas) vagas c) Vencimento básico mensal: R$ 650, BORRACHEIRO a) Instrução: Ensino Fundamental Completo (1º Grau completo) Realizar manutenção de equipamentos, montagem e desmontagem de pneus e alinhamento. Controlar vida útil e utilização do pneu. Trocar e ressulcar pneus. Consertar pneus a frio e a quente, reparar câmara de ar e balancear conjunto de roda e pneu. Prestar socorro a veículos e lavar chassi e peças. Trabalhar seguindo normas de segurança, higiene, qualidade e proteção ao meio ambiente. 11

12 Verificar vazamentos do macaco hidráulico; Repor óleo do macaco hidráulico; Selecionar macaco hidráulico de acordo com peso a ser levantado; Manter válvula de alívio fechada após uso; Esgotar água do compressor; Verificar óleo do compressor; Trocar água de caixa d'água; Limpar ferramentas; Marcar pneus; Preencher ficha de controle de uso de pneus; Controlar o envio e retorno de pneus para recapagem; Realizar e controlar o rodízio de pneus no veículos da empresa; Manter calibragem dos pneus; Controlar número de reformas sofridas pelo pneu; Examinar estado de carcaça do pneu; Separar pneus por medidas; Retirar núcleo de válvula; Descolar talões do pneu; Retirar friso; Retirar pneu da roda; Retirar protetor da câmara de ar; Retirar câmara de ar do pneu; Escovar roda e friso da roda; Limpar parte interna do pneu; Aplicar talco grafite ou pasta entre as regiões de contato da câmara e pneu; Colocar câmara no pneu; Colocar conjunto protetor, câmara e pneu na roda; Aplicar lubrificante no talão (linha do pneu); Assentar friso na roda; Fixar válvula na câmara; Calçar rodas dianteiras e traseiras; Afrouxar porcas; Posicionar macaco na base do carro; Erguer veículos; Posicionar cavalete de segurança; Retirar cônicos e porcas; Retirar conjunto pneu e roda do carro; Colocar roda nos prisioneiros dos cubos; Colocar cônicos e porcas no prisioneiro; Fixar rodas com parafusos; Localizar furo; Retirar objeto perfurante; Escarear local do remendo; Descontaminar local do conserto; Aplicar cimento vulcanizante; Escolher remendo adequado de acordo com local danificado; Fixar manchão no pneu; Fixar remendo com rolete no pneu; Introduzir refil de vedação no furo; Retirar agulha do refil; Aparar refil rente ao pneu; Examinar pneu; Inflar pneu ou câmara com ar comprimido; Vulcanizar pneu; Verificar vazamentos; Calibrar pneu Inflar câmara de ar com a válvula; Mergulhar câmara de ar em uma caixa d água; Localizar vazamento na câmara de ar; Secar câmara de ar; Lixar câmara de ar com esmeril ao redor do furo; Passar cola no local do furo; Fixar borracha de ligação; Cobrir remendo com papel celofane; Colocar câmara na máquina vulcanizadora; Retirar câmara de ar da máquina vulcanizadora; Resfriar câmaras de ar em temperatura ambiente ou na água; Verificar se o vazamento foi vedado Levantar informações sobre o local; Levantar informações sobre o acontecido; Informar sobre ano e modelo do carro; Informarse sobre dimensão e medidas do pneu; Levantar informações sobre tipo de roda (raiada ou disco); Dirigir-se ao local com os equipamentos necessários; Sinalizar pista. Chave de roda; Espátulas; Compressor de ar; Esmeril; Calibrador; Torquês; Alicate; Máquina vulcanizadora; Máquina hidráulica de desmontagem e montagem; Chave de fenda; Macaco hidráulico; Chave combinada; Rolete; Agulha ; Furador ; Refil; Manchão; Borracha de ligação; Remendo a frio; Cola; Grafite; Cavalete; Talco; Macaco; Caixa d'água e banheira; Pincel; Máscara; Protetor auricular; Óculos; Luva; Adaptador; Calço; Marreta; Cunha; Saca válvula; Tarraxa. b) Vagas: 03 (três) vagas c) Vencimento básico mensal: R$ 480, ELETRICISTA DE VEÍCULOS a) Instrução: Ensino Fundamental Completo (1.º Grau Completo) Executar serviços de instalação e reparos em equipamentos elétricos de veículos, máquinas e equipamentos em geral. Executar serviços de instalação e reparos em equipamentos elétricos de veículos, máquinas e equipamentos em geral; Instalar, inspecionar, regular e reparar diferentes tipos de aparelhos elétricos; desmontar, ajustar, limpar e montar geradores, motores elétricos, dínamos, etc; Reparar, revisar e fazer teste em motores de partida, buzinas, interruptores, reles, reguladores de tensão, instrumentos de painel e acumuladores; fazer e reparar instalações elétricas em veículos automotores; executar e conservar redes de iluminação em geral e sinalização; providenciar o 12

13 suprimento de peças e materiais para execução de seus serviços; orientar e supervisionar trabalhos auxiliares; executar tarefas afins, conforme necessidade; Executar instalação eletroeletrônica e manutenção preventiva em veículos (leves, caminhões e máquinas rodoviárias). Realizar testes e medições. Obedecer a normas técnicas. Listar equipamentos. Inspecionar sensitivamente máquinas e equipamentos. Avaliar as necessidades de manutenção. Diagnosticar defeitos eletrônicos. Reparar equipamentos eletrônicos. Substituir/ajustar componentes e dispositivos elétricos. Lubrificar componentes eletroeletrônicos. Testar o funcionamento dos componentes e equipamentos. Limpar máquinas, equipamentos e local de trabalho. Esquema elétrico; Gerador de sinais; Multímetro; Ferro de Solda; Kit de Ferramentas Padrão; Testadores Elétricos. b) Vagas: 02 (duas) vagas c) Vencimento básico mensal: R$ 720, LAVADOR a) Instrução: Ensino Fundamental Completo (1.º Grau Completo) Efetuar lavagem e limpeza de veículos e equipamentos. Lavar carros, caminhões e equipamentos da empresa, encerar e polir veículos, escovar, lavar, varrer e remover detritos do local de lavagem dos veículos. Fazer a limpeza interna e externa de veículos e máquinas da empresa, removendo detritos, lavar, encerar, polir, escovar estofamentos e varrer, utilizando equipamentos adequados; Lavar equipamentos, especialmente baús dos caminhões de coleta, utilizando equipamentos e produtos químicos adequados para deixá-los limpos; Aspirar bancos e porta malas, Lavar área externa dos veículos, Limpar pegadores, Escovar caixilhos, Limpar portas, Limpar janelas e vidros, Lavar pára-brisas, Operar elevadores hidráulicos, Lavar assoalho externo do veículo, Esfregar motor, Lavar rodas, caixa e pára-lamas, Aplicar xampu automotivo, Enxaguar veículo, Aspirar resíduos e água, Secar área externa e interna do veículo, Secar motor, Polir, lustrar, encerar automóvel, Limpar cantos de portas, Limpar painéis, Limpar tapetes; Manter limpas máquinas, equipamentos e local de trabalho; Acompanhar e realizar o plano de trabalho estabelecido e realizar os registros necessários. Executar outras atividades afins, conforme necessidade. Lava jato com água quente, bombas de águas de alta pressão, bomba de lubrificação, bicos aspersores, ar comprimido. b) Vagas: 02 (duas) vagas c) Vencimento básico mensal: R$ 480, MECÂNICO DE CAMINHÕES a) Instrução: Ensino Fundamental Completo (1.º Grau Completo) Executar os serviços de manutenção mecânica, sistemas e partes de veículos automotores (caminhões); Substituir peças, reparar e testar o desempenho de componentes e sistemas de 13

14 veículos, visando o seu perfeito funcionamento e prolongamento de sua vida útil; Trabalhar em conformidade com normas e procedimentos técnicos, de qualidade, de segurança e de preservação do meio ambiente. Efetuar as inspeções de rotina para diagnosticar o estado de conservação e funcionamento dos caminhões da empresa. Executar serviços de manutenção mecânica preventiva e corretiva em todos os caminhões e respectivos acessórios, assegurando o seu adequado funcionamento. Executar a lubrificação, regulagens e calibragens de todos os equipamentos mecânicos e pneumáticos, conforme especificações de cada caminhão, utilizando os instrumentos apropriados. Acompanhar os testes de produção, verificando o adequado funcionamento das máquinas. Identificar e informar sobre falhas operacionais verificadas. Verificar a necessidades de reparos nas ferramentas utilizadas no processo de trabalho. Anotar os reparos feitos, peças trocadas, para efeito de controle. Verificar o estado de rolamentos, trocando-os se necessário, de acordo com padrões estabelecidos. Manter dados e referencias dos equipamentos e peças de reposição. Executar a manutenção de motores. Desmontar e montar motores diesel Cumins, Mercedes Benz, Scania e Perkins, corrigindo os defeitos encontrados. Identificar e corrigir defeitos em caixas de câmbio EATON-FS ou RT ZF G 36 - G3/60 Desmontar e montar eixo traseiro de 1 e 2 velocidades Mercedes Benz, Arvimeritos, Braseixos e VW Trabalhar com sistemas de freio a óleo e pneumáticos. Substituir buchas de mancais; ajustar anéis de segmentos; socorrer veículos da empresa com problemas; fazer testes de campo para verificar a condição de veículos; interpretar manômetros; termômetros e instrumentos de aferição, paquímetros e micrômetros. Martelos, marretas, talhas, chaves de aperto de parafusos e porcas, máquina de lavar de alta pressão, bombas de lubrificação, calibradores de folga, carregador e testador de baterias, elevadores, morsas, macaco hidráulico, alicates, equipamentos de solda, prensa hidráulica manual, mesa de lavagem de peças, máquina de solda elétrica eixiacetelenica e aparelho oxicorte, rosqueadeiras, furadeira, moto esmeril; instrumentos de medição e aferição e demais acessórios necessários. b) Vagas: 01 (uma) vaga c) Vencimento básico mensal: R$ 720, MECÂNICO DE MÁQUINAS PESADAS a) Instrução: Ensino Fundamental Completo (1.º Grau Completo) Executar os serviços de manutenção mecânica, montar e desmontar motores de máquinas, sistemas hidráulicos, sistemas de freios e sistemas de caixas de câmbio, reparando ou substituindo partes e peças, visando o seu perfeito funcionamento e prolongamento de sua vida útil. Efetuar as inspeções de rotina para diagnosticar o estado de conservação e funcionamento das máquinas da empresa. Executar serviços de manutenção mecânica preventiva e corretiva em todos as máquinas e respectivos acessórios, assegurando o seu adequado funcionamento. Executar a lubrificação, regulagens e calibragens de todos os equipamentos mecânicos, pneumáticos e hidráulicos, conforme especificações de cada máquina, utilizando os instrumentos apropriados. 14

15 Acompanhar os testes de produção, verificando o adequado funcionamento das máquinas. Verificar e ajustar o alinhamento, centralização e nivelamento de todos os equipamentos e acessórios. Identificar e informar sobre falhas operacionais verificadas. Verificar a necessidades de reparos nas ferramentas utilizadas no processo de trabalho. Anotar os reparos feitos, peças trocadas, para efeito de controle. Verificar o estado de rolamentos, trocando-os se necessário, de acordo com padrões estabelecidos. Manter dados e referencias dos equipamentos e peças de reposição. Executar a manutenção de motores, corrigindo os defeitos encontrados. Martelos, marretas, talhas, chaves de aperto de parafusos e porcas, máquina de lavar de alta pressão, bombas de lubrificação, calibradores de folga, carregador e testador de baterias, elevadores, morsas, macaco hidráulico, alicates, equipamentos de solda, guindastes, prensas, furadeiras, rosqueadeiras, instrumentos de medição e aferição e demais acessórios. b) Vagas: 01 (uma) vaga c) Vencimento básico mensal: R$ 720, VARREDOR a) Instrução: Ensino Fundamental Completo (1.º Grau Completo) Conservam a limpeza de ruas e logradouros públicos por meio de varrições. Varrer as ruas e logradouros públicos; Limpar as lixeiras; acondicionar o lixo em sacos de lixo de 100 litros; Varrer, escovar, remover o lixo e detritos das ruas e próprios municipais; Amontoar detritos e fragmentos; Vassoura; vassourinha; faixa luminosa; pazinha; luvas; chapéu; carrinho de coleta; uniforme. b) Vagas: 15 (quinze) vagas c) Vencimento básico mensal: R$ 513, TÉCNICO EM ELETRÔNICA a) Instrução: Ensino Médio Completo (2.º Grau Completo) Consertar e instalar aparelhos eletrônicos, desenvolver dispositivos de circuitos eletrônicos, fazer manutenções corretivas, preventivas e preditivas, sugerir mudanças no processo de produção, criar e implementar dispositivos de automação. Treinar, orientar e avaliar o desempenho de operadores. Estabelecer comunicação oral e escrita para agilizar o trabalho, redigir documentação técnica e organizar o local de trabalho. Avaliar o funcionamento dos aparelhos conforme padrões de desempenho; Identificar defeitos em equipamentos eletrônicos; Interpretar esquemas elétricos; Identificar as causas dos defeitos; Identificar componentes eletrônicos; Substituir componentes danificados, se necessário; Modificar circuitos eletrônicos; Fazer calibração de aparelhos eletrônicos; Testar aparelhos eletrônicos com instrumentos de precisão; 15

16 Avaliar ambiente e condições de instalação do equipamento e ou aparelho; Inspecionar equipamento e ou aparelho visualmente; Verificar ajustes em equipamentos e ou aparelhos eletrônicos conforme parâmetros; Calibrar os equipamentos e ou aparelhos eletrônicos; Simular testes em condições diversas; Identificar a alteração ou mudança do dispositivo; Especificar componentes eletrônicos; Calcular custos de dispositivos eletrônicos; Demonstrar benefícios do dispositivo para a empresa; Montar circuitos eletrônicos; Testar circuitos eletrônicos; Deslocar-se para manutenção in loco; Levantar dados sobre o problema com o usuário; Avaliar o funcionamento do equipamento conforme especificações; Identificar os defeitos e ou problemas dos equipamentos; Analisar o esquema elétrico do equipamento; Analisar causa do defeito e ou problema do equipamento; Corrigir o defeito e ou problema apresentado no equipamento; Testar o equipamento; Identificar necessidade de realizar manutenção; Cumprir plano de manutenções preventiva e preditiva; Trocar peças conforme vida útil preestabelecida; Conferir os ajustes conforme o padrão; Testar o funcionamento do equipamento; Descrever procedimento de trabalho; Preencher laudos técnicos; Emitir relatórios técnicos; Elaborar gráficos de resultados positivos e negativos; Registrar ocorrências; Preencher formulário de reposição de peças rejeitadas. Esquema elétrico; Gerador de sinais; Multímetro; Ferro de Solda; Kit de Ferramentas Padrão. b) Vagas: 01 (uma) vaga c) Vencimento básico mensal: R$ 650, TÉCNICO EM INFORMÁTICA a) Instrução: Ensino Médio Completo (2.º Grau Completo) Desenvolver atividades de apoio na área de informática de maneira a auxiliar os usuários na resolução de problemas de hardware e software, além de orientar e oferecer suporte a tudo que envolver os recursos de informática e tecnologia da informação disponibilizados pela empresa. -Verificar o correto funcionamento dos equipamentos e softwares do sistema de informatização, interpretando orientações e manuais. - Organizar atividades de entrada e saída de dados de sistemas de informação. - Analisar os serviços de funções de sistemas operacionais, utilizando suas ferramentas e recursos em atividades de configuração, manipulação de arquivos, segurança. - Identificar a origem de falhas no funcionamento de computadores, periféricos e softwares básicos, avaliando seus efeitos. - Realizar atividades de garantia da segurança dos dados armazenados em sistemas computacionais. - Descrever características técnicas de equipamentos e componentes de acordo com parâmetros de custos e benefícios, atendendo às necessidades do usuário. - Aplicar as técnicas de programação, utilizando editores de testos, planilhas, gerenciadores de dados, compiladores e ambientes de desenvolvimento na elaboração de programas. - Interpretar e avaliar o resultado da modelagem de dados. - Utilizar ambientes/linguagens para manipulação de dados nos diversos modelos de sistemas gerenciadores de banco de dados, incluindo aplicações. - Interpretar e avaliar documentação de análise e projeto de sistemas e modelos de dados. - Identificar e analisar as características dos meios físicos disponíveis e as técnicas de transmissão digitais e analógicas fazendo relação entre os dois. 16

17 - Utilizar eficientemente aplicativos para utilização dos principais recursos e serviços oferecidos pela Internet. - Executar a configuração básica de equipamentos de comunicação, seguindo orientações dos manuais. - Identificar e caracterizar os processos que ocorrem na empresa. - Conhecer serviços e funções de servidores da rede. - Instalar e configurar protocolos e softwares de rede. - Aplicar as técnicas de documentação de sistemas e programas. - Organizar e apresentar, de maneira didática, os conteúdos e procedimentos de qualificação e treinamento. - Prestar assistência aos usuários no uso de programas aplicativos instalados. - Identificar as necessidades dos usuários quanto ao suporte. Computador; Ferro de Solda; limpador de Cabos de Rede; Testador de Cabos; Kit de Ferramentas; Multímetro. b) Vagas: 01 (uma) vaga c) Vencimento básico mensal: R$ 650, ENCANADOR a) Instrução: Ensino Fundamental Completo (1.º Grau Completo) Operacionalizar projetos de instalações de tubulações, definir traçados e dimensionar tubulações; especificar, quantificar e inspecionar materiais; preparar locais para instalações, realizar prémontagem e instalar tubulações. Realizar testes operacionais de pressão de fluidos e testes de estanqueidade. Proteger instalações e fazer manutenções em equipamentos e acessórios. Estudar projetos; Definir traçados das tubulações; Identificar pressão do fluído; Dimensionar tubulações; Especificar materiais; Quantificar materiais; Executar projetos; Separar materiais conforme medidas e tipos; Conferir validade dos materiais;0 Inspecionar materiais visualmente; Isolar local de trabalho; Abrir paredes, lajes, pisos ou valas; Acondicionar materiais no local de instalação; Executar ligações de água e esgoto; Fazer instalações de encanamentos em geral; Fixar suportes; Cortar tubos; Assentar manilhas; Instalar condutores de água e esgoto; Abrir roscas nas tubulações; Alinhar tubos conforme ângulo especificado; Encaixar conexões; Encurvar tubos; Colar tubulações; Identificar tubulações; Efetuar consertos em aparelhos sanitários, tais como caixas de descarga, vasos sanitários, chuveiros e pias; Desobstruir e consertar instalações hidro-sanitárias; Reparar cabos e mangueiras; Orientar o trabalho de auxiliares; Prevenir-se com material necessário, solicitando a seu superior sempre que necessário; Identificar falhas ou defeitos; Analisar causa das falhas ou defeitos; Desativar sistemas de distribuição; Identificar materiais, equipamentos e instrumentos utilizados na solução das falhas ou defeitos; Substituir acessórios e equipamentos defeituosos ou fora do prazo de validade; Testar reparos dos acessórios ou equipamentos; Preencher relatórios de solicitação de materiais e de controle de reparos; Executar tarefas afins, conforme a necessidade. Furadeira, Kit de chaves, Kit de alicates, Arco de serra, Cortador de tubo, Manômetro, Compressor, Bomba submersa, Policorte, Chave de corrente, Talhadeira, Lanterna, Tesoura, Talha, Martelete, Máquina de abrir roscas, Kits de brocas de vídea, Tarrachas, Marretas, Torno mecânico. 17

18 b) Vagas: 03 (três) vagas c) Vencimento básico mensal: R$ 480, MARTELETEIRO a) Instrução: Ensino Fundamental Completo (1.º Grau Completo) Operar equipamentos de perfuração e de corte de rochas e equipamentos de escavação. Inspecionar as condições operacionais dos equipamentos e preparar o local de trabalho.. Efetuar manutenção de primeiro nível, limpando o martelete e afiar suas haste. Realizar perfurações. Interpretar informações sobre plano de perfuração; Marcar furos de perfuração; Posicionar equipamentos de perfuração; Monitorar perfuração de rochas; Medir desgaste de insumos de perfuração (brocas, hastes, martelos, "bits", buchas, punhos, estabilizadores); Relatar interferências operacionais; Sinalizar área perfurada; Retirar equipamentos de perfuração; Inspecionar visualmente condições operacionais dos equipamentos; Conferir painel de controle dos equipamentos; Avaliar visualmente desgaste de componentes; Solicitar manutenção corretiva dos equipamentos; Executar trabalhos de perfuração em solo ou rocha, operando os comandos do martelete, afim de realizar abertura para a execução de detonações; Limpar valas para perfuração e detonação; Efetuar a limpeza e conservação do martelete e afiar sua haste. Martelete, Equipamento de Proteção Individual b) Vagas: 01 (uma) vaga c) Vencimento básico mensal: R$ 480, OPERADOR DE MOTONIVELADORA a) Instrução: Ensino Fundamental Completo (1.º Grau Completo) Operar a motoniveladora nos serviços de regularização do leito e sub-leito para confecção da pavimentação; Executar serviços de nivelamento de pistas; Conservar estradas e caminhos de serviço. Conferir níveis de óleos, combustíveis e de água do equipamento; Completar nível de água da máquina; Verificar as condições do material rodante; Drenar água dos reservatórios (ar e combustível); Verificar o funcionamento do sistema hidráulico; Verificar o funcionamento elétrico; Verificar a condição dos acessórios; Verificar condições das lâminas; Limpar máquina; Relatar problemas detectados; Substituir acessórios; Identificar corretamente pontos de lubrificação; Completar o volume de graxa nas articulações; Analisar o serviço proposto; Estabelecer seqüência de atividades; Definir etapas de serviço; Estimar tempo de duração do serviço; Definir acessórios; Selecionar equipamentos de proteção individual (EPI); Selecionar sinalização de segurança; Acionar a máquina; Interpretar corretamente as informações do painel da máquina; Mudar marcha 18

CONCURSO PÚBLICO DA SUPERINTENDÊNCIA DOS SERVIÇOS PENITENCIÁRIOS DO RS - SUSEPE - EDITAL Nº 86/2006 DO CONCURSO 01/2006

CONCURSO PÚBLICO DA SUPERINTENDÊNCIA DOS SERVIÇOS PENITENCIÁRIOS DO RS - SUSEPE - EDITAL Nº 86/2006 DO CONCURSO 01/2006 CONCURSO PÚBLICO DA SUPERINTENDÊNCIA DOS SERVIÇOS PENITENCIÁRIOS DO RS - SUSEPE - EDITAL Nº 86/2006 DO CONCURSO 01/2006 CONVOCAÇÃO PARA REALIZAÇÃO DO EXAME DE APTIDÃO FÍSICA O Superintendente dos Serviços

Leia mais

SERVIÇO AUTÁRQUICO DE OBRAS E PAVIMENTAÇÃO - SAOP CONCURSO PÚBLICO - EDITAL Nº 001/2001-SAOP

SERVIÇO AUTÁRQUICO DE OBRAS E PAVIMENTAÇÃO - SAOP CONCURSO PÚBLICO - EDITAL Nº 001/2001-SAOP SERVIÇO AUTÁRQUICO DE OBRAS E PAVIMENTAÇÃO - SAOP CONCURSO PÚBLICO - EDITAL Nº 001/2001-SAOP O Serviço Autárquico de Obras e Pavimentação do Município de Maringá, Estado do Paraná, faz saber a quem interessar

Leia mais

COMDICA - Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente de LAJEADO - RS

COMDICA - Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente de LAJEADO - RS EDITAL Nº 06/2012 NORMAS E CONDIÇÕES DA REALIZAÇÃO DA PROVA ESCRITA PARA CONSELHEIRO TUTELAR GESTÃO 2013/2015. O CONSELHO MUNICIPAL DOS DIREITOS DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE, do Município de LAJEADO, Estado

Leia mais

EDITAL Nº 08/16- CMRV, de 29/07/2016 CAMPUS MINISTRO REIS VELLOSO

EDITAL Nº 08/16- CMRV, de 29/07/2016 CAMPUS MINISTRO REIS VELLOSO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO PIAUÍ CAMPUS MINISTRO REIS VELLOSO Av. São Sebastião, nº 2819. Bairro São Benedito. CEP 64.202-020 Parnaíba-PI Fone: (86) 3323-5408 E-mail: cmatematica@ufpi.edu.br

Leia mais

Catálogo de Cursos TAL/MECÂNICA SENAI, SUA CONQUISTA PROFISSIONAL

Catálogo de Cursos TAL/MECÂNICA SENAI, SUA CONQUISTA PROFISSIONAL TAL/MECÂNICA SENAI, SUA CONQUISTA PROFISSIONAL ORGANIZAÇÃO CURRICULAR DOS CURSOS 1. TÍTULO ALINHAMENTO E BALANCEAMENTO DE RODAS Preparar profissionais a identificar os ângulos da geometria da direção e

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO PIAUÍ CAMPUS MINISTRO REIS VELLOSO. EDITAL Nº 05/2016, de 11/05/2016 CURSO DE GRADUAÇÃO EM ECONOMIA

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO PIAUÍ CAMPUS MINISTRO REIS VELLOSO. EDITAL Nº 05/2016, de 11/05/2016 CURSO DE GRADUAÇÃO EM ECONOMIA MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO PIAUÍ CAMPUS MINISTRO REIS VELLOSO EDITAL Nº 05/2016, de 11/05/2016 CURSO DE GRADUAÇÃO EM ECONOMIA Por delegação de competência do Magnífico Reitor da Universidade

Leia mais

Edital de Abertura de Inscrições para Concurso Público de Provas e Títulos Nº. 01/2016 VERSÃO RESUMIDA

Edital de Abertura de Inscrições para Concurso Público de Provas e Títulos Nº. 01/2016 VERSÃO RESUMIDA Edital de Abertura de Inscrições para Concurso Público de Provas e Títulos Nº. 01/2016 VERSÃO RESUMIDA O Presidente da FUNDAÇÃO MUNICIPAL DE SAÚDE DE RIO CLARO-SP, usando das atribuições legais, faz saber

Leia mais

2. DO CARGO Os interessados em prestar serviços no Programa Emergencial de Segunda Licenciatura deverão observar os seguintes Requisitos:

2. DO CARGO Os interessados em prestar serviços no Programa Emergencial de Segunda Licenciatura deverão observar os seguintes Requisitos: EDITAL Nº 057/2016 O REITOR DA UNIVERSIDADE ESTADUAL DE RORAIMA, no uso das atribuições que lhe confere o Estatuto da UERR e atendendo ao disposto no Termo de Adesão do Plano Nacional de Formação dos Professores

Leia mais

CODECA Companhia de Desenvolvimento de Caxias do Sul

CODECA Companhia de Desenvolvimento de Caxias do Sul ASSISTENTE SOCIAL Instrução: Ensino Superior Completo (3º grau Completo) com formação em Serviço Social e registro no Conselho Regional de Serviço Social CRESS. Carteira Nacional de Habilitação categoria

Leia mais

EDITAL 21/2016 TRANSFERÊNCIA EXTERNA

EDITAL 21/2016 TRANSFERÊNCIA EXTERNA EDITAL 21/2016 TRANSFERÊNCIA EXTERNA Dispõe sobre a Transferência Externa para cursos de graduação da Faculdade Guanambi. A Direção Acadêmica e Administrativa da Faculdade Guanambi, no uso de suas atribuições

Leia mais

EDITAL Nº 124, DE 30 DE AGOSTO DE 2016 CONCURSO PÚBLICO DE PROVAS E TITULOS TÉCNICOS ADMINISTRATIVOS EM EDUCAÇÃO RETIFICAÇÃO Nº 05

EDITAL Nº 124, DE 30 DE AGOSTO DE 2016 CONCURSO PÚBLICO DE PROVAS E TITULOS TÉCNICOS ADMINISTRATIVOS EM EDUCAÇÃO RETIFICAÇÃO Nº 05 EDITAL Nº 124, DE 30 DE AGOSTO DE 2016 CONCURSO PÚBLICO DE PROVAS E TITULOS TÉCNICOS ADMINISTRATIVOS EM EDUCAÇÃO RETIFICAÇÃO Nº 05 O EDITAL nº 124/2016 de 30 de Agosto de 2016 CONCURSO PÚBLICO DE PROVAS

Leia mais

UNIVERSIDADE CIDADE DE SÃO PAULO - UNICID CURSO DE GRADUAÇÃO EM MEDICINA PROCESSO SELETIVO PARA TRANSFERÊNCIA ANO LETIVO 2017 EDITAL DE INSCRIÇÃO

UNIVERSIDADE CIDADE DE SÃO PAULO - UNICID CURSO DE GRADUAÇÃO EM MEDICINA PROCESSO SELETIVO PARA TRANSFERÊNCIA ANO LETIVO 2017 EDITAL DE INSCRIÇÃO UNIVERSIDADE CIDADE DE SÃO PAULO - UNICID CURSO DE GRADUAÇÃO EM MEDICINA PROCESSO SELETIVO PARA TRANSFERÊNCIA ANO LETIVO 2017 EDITAL DE INSCRIÇÃO A Coordenação do Curso de Medicina da Universidade de São

Leia mais

UNIVERSIDADE CATÓLICA DE PELOTAS PRÓ-REITORIA ACADÊMICA COMISSÃO PERMANENTE DO PROCESSO SELETIVO EDITAL Nº 002/2016 PROVA DE PROFICIÊNCIA JULHO/2016

UNIVERSIDADE CATÓLICA DE PELOTAS PRÓ-REITORIA ACADÊMICA COMISSÃO PERMANENTE DO PROCESSO SELETIVO EDITAL Nº 002/2016 PROVA DE PROFICIÊNCIA JULHO/2016 UNIVERSIDADE CATÓLICA DE PELOTAS PRÓ-REITORIA ACADÊMICA COMISSÃO PERMANENTE DO PROCESSO SELETIVO EDITAL Nº 002/2016 PROVA DE PROFICIÊNCIA JULHO/2016 A Pró-Reitoria Acadêmica da Universidade Católica de

Leia mais

EDITAL DE CONVOCAÇÃO DO EXAME DE SUFICIÊNCIA CATEGORIA ESPECIAL PARA OBTENÇÃO DO TÍTULO DE ESPECIALISTA EM OFTALMOLOGIA

EDITAL DE CONVOCAÇÃO DO EXAME DE SUFICIÊNCIA CATEGORIA ESPECIAL PARA OBTENÇÃO DO TÍTULO DE ESPECIALISTA EM OFTALMOLOGIA EDITAL DE CONVOCAÇÃO DO EXAME DE SUFICIÊNCIA CATEGORIA ESPECIAL PARA OBTENÇÃO DO TÍTULO DE ESPECIALISTA EM OFTALMOLOGIA Pelo presente edital, o Conselho Brasileiro de Oftalmologia CBO informa que estarão

Leia mais

SELEÇÃO COMPETITIVA PÚBLICA Nº 001/2016 EDITAL Nº 008/2017

SELEÇÃO COMPETITIVA PÚBLICA Nº 001/2016 EDITAL Nº 008/2017 SELEÇÃO COMPETITIVA PÚBLICA Nº 001/2016 EDITAL Nº 008/2017 Dispõe sobre a alteração do requisito de admissão e funções do emprego de Auxiliar de, reabre o prazo de inscrições para este emprego e prorroga

Leia mais

EDITAL Nº 09, DE 28 DE MAIO DE 2013

EDITAL Nº 09, DE 28 DE MAIO DE 2013 MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO PIAUÍ CAMPUS UNIVERSITÁRIO MINISTRO REIS VELLOSO CURSO DE FISIOTERAPIA EDITAL Nº 09, DE 28 DE MAIO DE 2013 Por delegação de competência do Magnífico Reitor

Leia mais

Edital 009-junho/2013 para contratação de Téc. de Enfermagem, Ofic. de Portaria e Aux. Administrativo

Edital 009-junho/2013 para contratação de Téc. de Enfermagem, Ofic. de Portaria e Aux. Administrativo Edital de Convocação Processo Seletivo Santa Casa Mococa faz pública para conhecimento dos interessados a abertura de inscrições para o Processo Seletivo Simplificado para contratação de Técnico de Enfermagem,

Leia mais

AMBULATÓRIO MÉDICO DE ESPECIALIDADES DE FRANCA Organização Social de Saúde Fundação Santa Casa de Mis. De Franca

AMBULATÓRIO MÉDICO DE ESPECIALIDADES DE FRANCA Organização Social de Saúde Fundação Santa Casa de Mis. De Franca PROCESSO SELETIVO 06/2015 EDITAL DE PROCESSO SELETIVO PARA CONTRATAÇÃO DE PESSOAL AMBULATÓRIO MÉDICO DE ESPECIALIDADES DE FRANCA - AME FRANCA A Fundação Santa Casa de Misericórdia de Franca torna pública

Leia mais

NÍVEL FUNDAMENTAL COMPLETO Jornada de Trabalho Semanal. Vagas Ampla Concorrência. NÍVEL FUNDAMENTAL INCOMPLETO Jornada de Trabalho Semanal

NÍVEL FUNDAMENTAL COMPLETO Jornada de Trabalho Semanal. Vagas Ampla Concorrência. NÍVEL FUNDAMENTAL INCOMPLETO Jornada de Trabalho Semanal PREFEITURA MUNICIPAL DE CARACARAIRR CONCURSO PÚBLICO PARA PROVIMENTO DE VAGAS E CADASTRO DE RESERVA EM CARGOS DE NÍVEL SUPERIOR, TÉCNICO, MÉDIO E FUDAMENTAL. CONCURSO PÚBLICO 001/16 EDITAL N.º 005 /116

Leia mais

NORMAS DE UTILIZAÇÃO DO LABORATÓRIO DIDÁTICO DE ELETRÔNICA /01

NORMAS DE UTILIZAÇÃO DO LABORATÓRIO DIDÁTICO DE ELETRÔNICA /01 NORMAS DE UTILIZAÇÃO DO LABORATÓRIO DIDÁTICO DE ELETRÔNICA 2016.1/01 QUANTO A MISSÃO DO LDE Art.01º A missão do LDE é oferecer aos alunos infraestrutura de suporte à execução das tarefas práticas exigidas

Leia mais

Prefeitura Municipal de Ribeirão Preto Estado de São Paulo Secretaria Municipal da Administração

Prefeitura Municipal de Ribeirão Preto Estado de São Paulo Secretaria Municipal da Administração Prefeitura Municipal de Ribeirão Preto Estado de São Paulo Secretaria Municipal da Administração CONCURSO PÚBLICO Nº 002/2016 EDITAL DE CONVOCAÇÃO PARA AS PROVAS OBJETIVAS E TÍTULOS A Secretaria Municipal

Leia mais

REGULAMENTO GERAL DE MONITORIA

REGULAMENTO GERAL DE MONITORIA CENTRO UNIVERSITÁRIO FUNDAÇÃO SANTO ANDRÉ REGULAMENTO GERAL DE MONITORIA FAFIL/FAECO/FAENG Índice Capítulo I Das Finalidades 3 Capítulo II - Das Inscrições dos Alunos 3 Capítulo III - Dos critérios de

Leia mais

ERRATA EDITAL DE CONCURSO PÚBLICO Nº 1/2009 DA FUNDAÇÃO HOSPITAL MATERNIDADE SANTA TEREZINHA

ERRATA EDITAL DE CONCURSO PÚBLICO Nº 1/2009 DA FUNDAÇÃO HOSPITAL MATERNIDADE SANTA TEREZINHA ERRATA EDITAL DE CONCURSO PÚBLICO Nº 1/2009 DA FUNDAÇÃO HOSPITAL MATERNIDADE SANTA TEREZINHA ONDE SE LÊ LÊ-SE O Diretor de administração no uso das suas atribuições legais A Comissão de Concurso Público

Leia mais

NORMAS DE UTILIZAÇÃO DO LABORATÓRIO DIDÁTICO DE AUTOMAÇÃO E MODELAGEM DE SISTEMAS /01

NORMAS DE UTILIZAÇÃO DO LABORATÓRIO DIDÁTICO DE AUTOMAÇÃO E MODELAGEM DE SISTEMAS /01 NORMAS DE UTILIZAÇÃO DO LABORATÓRIO DIDÁTICO DE AUTOMAÇÃO E MODELAGEM DE SISTEMAS 2016.1/01 QUANTO A MISSÃO DO LADAMS Art.01º A missão do LADAMS é oferecer aos alunos infraestrutura de suporte à execução

Leia mais

CONCURSO PÚBLICO PARA PROVIMENTO DE CARGOS E CADASTRO DE RESERVA PARA A PREFEITURA MUNICIPAL DE BOA ESPERANÇA EDITAL Nº 002, DE 24/01/2012.

CONCURSO PÚBLICO PARA PROVIMENTO DE CARGOS E CADASTRO DE RESERVA PARA A PREFEITURA MUNICIPAL DE BOA ESPERANÇA EDITAL Nº 002, DE 24/01/2012. CONCURSO PÚBLICO PARA PROVIMENTO DE CARGOS E CADASTRO DE RESERVA PARA A PREFEITURA MUNICIPAL DE BOA ESPERANÇA EDITAL Nº 002, DE 24/01/2012. ANEXO V CRITÉRIOS PARA O TESTE DE APTIDÃO FÍSICA RETIFICADO EM

Leia mais

Edital de Educação Profissional

Edital de Educação Profissional N.º 01/2012 PROCESSO SELETIVO PARA O CURSO DE AUXILIAR ADMINISTRATIVO NA MODALIDADE DE APRENDIZAGEM INDUSTRIAL BÁSICO -MA : - Imperatriz Endereço: Rua Y S/N Bairro: Nova Imperatriz Fone/Fax: (99)3523-2454

Leia mais

EDITAL PROCESSO SELETIVO PARA MOTORISTA SORRI-BAURU SETEMBRO/2016

EDITAL PROCESSO SELETIVO PARA MOTORISTA SORRI-BAURU SETEMBRO/2016 EDITAL PROCESSO SELETIVO PARA MOTORISTA SORRI-BAURU SETEMBRO/2016 A SORRI BAURU, por meio de sua Diretoria Executiva convoca os interessados a participar do processo seletivo para a contratação de Motorista.

Leia mais

3. O Cronograma válido é o constante no Anexo II da presente Deliberação.

3. O Cronograma válido é o constante no Anexo II da presente Deliberação. PREFEITURA MUNICIPAL DE PRESIDENTE PRUDENTE SECRETARIA MUNICIPAL DE ASSISTÊNCIA SOCIAL CONSELHO MUNICIPAL DOS DIREITOS DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE DE PRESIDENTE PRUDENTE DELIBERAÇÃO CMDCA Nº 024/2012 O

Leia mais

AMBULATÓRIO MÉDICO DE ESPECIALIDADES DE FRANCA Organização Social de Saúde Fundação Santa Casa de Mis. de Franca

AMBULATÓRIO MÉDICO DE ESPECIALIDADES DE FRANCA Organização Social de Saúde Fundação Santa Casa de Mis. de Franca PROCESSO SELETIVO 04/2015 EDITAL DE PROCESSO SELETIVO PARA CONTRATAÇÃO DE PESSOAL AMBULATÓRIO MÉDICO DE ESPECIALIDADES DE FRANCA - AME FRANCA A Fundação Santa Casa de Misericórdia de Franca torna pública

Leia mais

EDITAL Nº 04/ CAMPUS PARNAÍBA, DE 30 DE MAIO DE 2013 PROCESSO DE SELEÇÃO PARA CONTRATAÇÃO DE PROFESSOR SUBSTITUTO

EDITAL Nº 04/ CAMPUS PARNAÍBA, DE 30 DE MAIO DE 2013 PROCESSO DE SELEÇÃO PARA CONTRATAÇÃO DE PROFESSOR SUBSTITUTO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÂO UNIVERSIDADE FEDERAL DO PIAUÍ CAMPUS PARNAÍBA Av. S. Sebastião, nº. 2.819. Bairro São Benedito. Parnaíba, Piauí, Brasil, CEP 64202-020 Telefone: (86) 3323 5271 Internet: www.ufpi.br

Leia mais

TABELA DE CARGOS CARGOS DE NÍVEL MÉDIO VENCIMENTO BASE CARGA HORÁRIA SINTESE DAS ATIVIDADES TOTAL DE VAGAS REQUISITO

TABELA DE CARGOS CARGOS DE NÍVEL MÉDIO VENCIMENTO BASE CARGA HORÁRIA SINTESE DAS ATIVIDADES TOTAL DE VAGAS REQUISITO TABELA DE CARGOS CARGOS DE NÍVEL MÉDIO CARGO Assistente Operacional Assistente Administrativo PRÉ- REQUISITO completo completo TOTAL DE VAGAS VENCIMENTO BASE CARGA HORÁRIA 01 R$ 1.813,45 40 horas 02 R$

Leia mais

PROCESSO DE ADMISSÃO DE NOVOS ALUNOS PARA O ANO LETIVO DE 2015

PROCESSO DE ADMISSÃO DE NOVOS ALUNOS PARA O ANO LETIVO DE 2015 PROCESSO DE ADMISSÃO DE NOVOS ALUNOS PARA O ANO LETIVO DE 2015 O Colégio Recanto, em conformidade com os dispositivos legais vigentes, torna público o edital que estabelece as normas relativas à realização

Leia mais

EDITAL DE ABERTURA DO PROCESSSO SELETIVO Nº 01/2013

EDITAL DE ABERTURA DO PROCESSSO SELETIVO Nº 01/2013 EDITAL DE ABERTURA DO PROCESSSO SELETIVO Nº 01/2013 A PREFEITURA MUNICIPAL DE PINHALÃO ESTADO DO PARANÁ, no uso de suas atribuições legais, conforme o Artigo 37, Inciso IX da Constituição Federal, em caráter

Leia mais

TEC 339, Nutricionista TEC 978,70 Registro no CRN 20 hs 01 Assistente Social TEC 2.580,00 Registro no CRESS 40 hs TEC 339,30 TEC 339,30

TEC 339, Nutricionista TEC 978,70 Registro no CRN 20 hs 01 Assistente Social TEC 2.580,00 Registro no CRESS 40 hs TEC 339,30 TEC 339,30 EDITAL DE TESTE SELETIVO N. 0/2009 Abre inscrições para o teste seletivo destinado a prover vagas de cargos temporários, da Prefeitura Municipal de Jupiá - SC, define suas normas e dá outras providências.

Leia mais

VAGAS SUJEITAS A ALTERAÇÃO!!!!!!!

VAGAS SUJEITAS A ALTERAÇÃO!!!!!!! 10/01/2017 VAGAS SUJEITAS A ALTERAÇÃO!!!!!!! Ocupação Descrição Experiência Escolaridade Cursos Nº da Vaga Qtde. Vagas Ajudante de Pintor necessário possuir vivência em ambiente industrial, noções de normas

Leia mais

PERFIL PROFISSIONAL TÉCNICO/A DE INSTALAÇÕES ELÉTRICAS

PERFIL PROFISSIONAL TÉCNICO/A DE INSTALAÇÕES ELÉTRICAS PERFIL PROFISSIONAL TÉCNICO/A DE INSTALAÇÕES ELÉTRICAS Publicado no Despacho n.º13456/2008, de 14 de Maio, que aprova a versão inicial do Catálogo Nacional de Qualificações. 1ª Actualização publicada no

Leia mais

COMUNICADO DE PROCESSO SELETIVO Assistente I Teófilo Otoni Código da vaga: EX037/16

COMUNICADO DE PROCESSO SELETIVO Assistente I Teófilo Otoni Código da vaga: EX037/16 COMUNICADO DE PROCESSO SELETIVO Assistente I Teófilo Otoni Código da vaga: EX037/16 Documento publicado em: 25/11/2016 O Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas de Minas Gerais SEBRAE - MG, CNPJ

Leia mais

ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA MUNICIPAL DE SAGRES ANEXO II DOS PRINCÍPIOS DE QUE TRATA O EDITAL

ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA MUNICIPAL DE SAGRES ANEXO II DOS PRINCÍPIOS DE QUE TRATA O EDITAL ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA MUNICIPAL DE SAGRES ANEXO II DOS PRINCÍPIOS DE QUE TRATA O EDITAL EMPREGO Nº. de Questões 01. Ajudante de Serviços Gerais 40 02. Atendente Administrativo 40 03. Auxiliar de Administração

Leia mais

Termo de Referência 15/2016

Termo de Referência 15/2016 (ISO Em Processo de Implantação) Itapira, 23 de março de 2016. Termo de Referência 15/2016 1. OBJETO Contratação de empresa especializada para a realização de serviços de manutenção eletromecânica preventiva

Leia mais

EDITAL PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO EM CARÁTER TEMPORÁRIO Nº 001/2015

EDITAL PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO EM CARÁTER TEMPORÁRIO Nº 001/2015 EDITAL PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO EM CARÁTER TEMPORÁRIO Nº 001/2015 O Prefeito Municipal de Cabo Verde-MG. e a Secretária de Educação, no uso de suas atribuições legais, que lhe são conferidas pela

Leia mais

VAGAS SUJEITAS A ALTERAÇÃO!!!!!!!

VAGAS SUJEITAS A ALTERAÇÃO!!!!!!! 17/01/2017 VAGAS SUJEITAS A ALTERAÇÃO!!!!!!! Ocupação Descrição Experiência Escolaridade Cursos Nº da Vaga Qtde. Vagas Atendente de Balcão #VAGA DE ATENDENTE DE LOJA JUNIOR# IMPRESCINDÍVEL 6 MESES DE EXPERIÊNCIA

Leia mais

EDITAL DE SELEÇÃO DE PESSOAL Nº 16/2014

EDITAL DE SELEÇÃO DE PESSOAL Nº 16/2014 EDITAL DE SELEÇÃO DE PESSOAL Nº 16/2014 PROCESSO DE SELEÇÃO Nº 16/2014 PREÂMBULO A Confederação Nacional de Municípios CNM, inscrita no CNPJ/MF sob o nº 00.703.157/0001-83, com sede no SCRS 505, Bloco

Leia mais

BANCO DO ESTADO DO ESPIRITO SANTO BANESTES S.A.

BANCO DO ESTADO DO ESPIRITO SANTO BANESTES S.A. 1 Comunicado do Processo Seletivo Simplificado de Estagiários 01/2015 O Banco do Estado do Espírito Santo Banestes S/A, em parceria com o Centro de Integração Empresa Escola CIEE-ES, divulga a abertura

Leia mais

EDITAL DE SELEÇÃO DE PESSOAL Nº 16/2014

EDITAL DE SELEÇÃO DE PESSOAL Nº 16/2014 EDITAL DE SELEÇÃO DE PESSOAL Nº 16/2014 PROCESSO DE SELEÇÃO Nº 16/2014 PREÂMBULO A Confederação Nacional de Municípios CNM, inscrita no CNPJ/MF sob o nº 00.703.157/0001-83, com sede no SCRS 505, Bloco

Leia mais

2.2 - São condições para nomeação:

2.2 - São condições para nomeação: A Prefeitura Municipal de Matão Estado de São Paulo, usando de suas atribuições legais nos termos do artigo 37, inciso IX, da Constituição Federal, sob a organização da empresa Instituto Excelência Ltda

Leia mais

PROCESSO SELETIVO 2013 EDITAL N. 023/2012 CURSO DE NÍVEL SUPERIOR RETIFICAÇÃO Nº 01

PROCESSO SELETIVO 2013 EDITAL N. 023/2012 CURSO DE NÍVEL SUPERIOR RETIFICAÇÃO Nº 01 PROCESSO SELETIVO 2013 EDITAL N. 023/2012 CURSO DE NÍVEL SUPERIOR RETIFICAÇÃO Nº 01 O DIRETOR GERAL SUBSTITUTO DO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO TOCANTINS (IFTO) - Campus Gurupi,

Leia mais

DIRETORIA DE ENSINO REGIÃO SÃO BERNARDO Processo Seletivo Simplificado de Agente de Organização Escolar Edital de Abertura de Inscrição

DIRETORIA DE ENSINO REGIÃO SÃO BERNARDO Processo Seletivo Simplificado de Agente de Organização Escolar Edital de Abertura de Inscrição DIRETORIA DE ENSINO REGIÃO SÃO BERNARDO Processo Seletivo Simplificado de Agente de Organização Escolar Edital de Abertura de Inscrição O Dirigente Regional de Ensino da Diretoria de Ensino - Região São

Leia mais

As vagas/áreas, com seus requisitos, estão apresentados a seguir:

As vagas/áreas, com seus requisitos, estão apresentados a seguir: EDITAL DE PROCESSO SELETIVO 001/2016 A Guarda Mirim de Londrina, visando garantir os princípios de legalidade, impessoalidade, moralidade e publicidade, objetivando suprir necessidades de pessoal, TORNA

Leia mais

PROCESSO SELETIVO PARA PROFESSOR DA ESCOLA BARÃO DO RIO BRANCO ANO LETIVO DE 2017 EDITAL Nº. 01/2016

PROCESSO SELETIVO PARA PROFESSOR DA ESCOLA BARÃO DO RIO BRANCO ANO LETIVO DE 2017 EDITAL Nº. 01/2016 PROCESSO SELETIVO PARA PROFESSOR DA ESCOLA BARÃO DO RIO BRANCO ANO LETIVO DE 2017 EDITAL Nº. 01/2016 A Direção da Escola Barão do Rio Branco, no uso de suas atribuições legais, através deste edital, torna

Leia mais

EDITAL DE SELEÇÃO DE PESSOAL Nº 09/2016

EDITAL DE SELEÇÃO DE PESSOAL Nº 09/2016 EDITAL DE SELEÇÃO DE PESSOAL Nº 09/2016 PROCESSO DE SELEÇÃO Nº 09/2016 PREÂMBULO A Confederação Nacional de Municípios CNM, inscrita no CNPJ/MF sob o nº 00.703.157/0001-83, com sede no SCRS 505, Bloco

Leia mais

MINISTÉRIO DA JUSTIÇA POLÍCIA RODOVIÁRIA FEDERAL DIREÇÃO-GERAL

MINISTÉRIO DA JUSTIÇA POLÍCIA RODOVIÁRIA FEDERAL DIREÇÃO-GERAL MINISTÉRIO DA JUSTIÇA POLÍCIA RODOVIÁRIA FEDERAL DIREÇÃO-GERAL CONCURSO PÚBLICO PARA PROVIMENTO DE VAGAS NO CARGO DE POLICIAL RODOVIÁRIO FEDERAL - EDITAL Nº 01/2009 EDITAL Nº 007/2015 PRF, 14 DE JULHO

Leia mais

ESTADO DE SANTA CATARINA PREFEITURA MUNICIPAL DE PALHOÇA SECRETARIA DE ASSISTÊNCIA SOCIAL

ESTADO DE SANTA CATARINA PREFEITURA MUNICIPAL DE PALHOÇA SECRETARIA DE ASSISTÊNCIA SOCIAL ESTADO DE SANTA CATARINA PREFEITURA MUNICIPAL DE PALHOÇA SECRETARIA DE ASSISTÊNCIA SOCIAL EDITAL N 004/SMAS/2015 O Prefeito Municipal de Palhoça, no uso de suas atribuições legais, abre inscrições e baixa

Leia mais

EDITAL PARA O PROCESSO SELETIVO DE APRENDIZAGEM - JANEIRO 2017 CSN-VOLTA REDONDA

EDITAL PARA O PROCESSO SELETIVO DE APRENDIZAGEM - JANEIRO 2017 CSN-VOLTA REDONDA EDITAL PARA O PROCESSO SELETIVO DE APRENDIZAGEM - JANEIRO 2017 CSN-VOLTA REDONDA O presente edital destina-se ao preenchimento de 133 (cento e trinta e três) vagas para Jovens Aprendizes nos Cursos do

Leia mais

*Imagens meramente ilustrativas LIXADEIRA ORBITAL. Manual de Instruções

*Imagens meramente ilustrativas LIXADEIRA ORBITAL. Manual de Instruções *Imagens meramente ilustrativas LIXADEIRA ORBITAL Manual de Instruções www.v8brasil.com.br 1. DADOS TÉCNICOS LIXADEIRA ORBITAL 1200 Modelo Velocidade sem carga Pressão de ar Entrada de ar 1/4 V8-LX-1200

Leia mais

EDITAL DO PROCESSO SELETIVO CURSOS DE CURTA DURAÇÃO 1º SEMESTRE/2017

EDITAL DO PROCESSO SELETIVO CURSOS DE CURTA DURAÇÃO 1º SEMESTRE/2017 EDITAL DO PROCESSO SELETIVO CURSOS DE CURTA DURAÇÃO 1º SEMESTRE/2017 ABERTURA A Escola de Direito de São Paulo da Fundação Getulio Vargas (FGV DIREITO SP) torna pública a abertura das inscrições para os

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA CENTRO DE CIÊNCIAS DA EDUCAÇÃO COLÉGIO DE APLICAÇÃO. EDITAL DE SORTEIO Nº. 01/CA/2013 de 08 de outubro de 2013

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA CENTRO DE CIÊNCIAS DA EDUCAÇÃO COLÉGIO DE APLICAÇÃO. EDITAL DE SORTEIO Nº. 01/CA/2013 de 08 de outubro de 2013 UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA CENTRO DE CIÊNCIAS DA EDUCAÇÃO COLÉGIO DE APLICAÇÃO EDITAL DE SORTEIO Nº. 01/CA/2013 de 08 de outubro de 2013 O Diretor do Colégio de Aplicação da UFSC, no uso de

Leia mais

EDITAL DE SELEÇÃO DE PESSOAL Nº 10/2014

EDITAL DE SELEÇÃO DE PESSOAL Nº 10/2014 EDITAL DE SELEÇÃO DE PESSOAL Nº 10/2014 PROCESSO DE SELEÇÃO Nº 10/2014 PREÂMBULO A Confederação Nacional de Municípios CNM, inscrita no CNPJ/MF sob o nº 00.703.157/0001-83, com sede no SCRS 505, Bloco

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO PIAUI

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO PIAUI MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO PIAUI Centro de Ciências da Saúde Avenida Frei Serafim, 2280 CEP: 64001-020 Teresina/PI- Brasil Telefone 3215 5696 E-mail: ccsdiretoria@ufpi.edu.br Internet:

Leia mais

EDITAL DO PROCESSO SELETIVO CURSOS DE CURTA DURAÇÃO 1º SEMESTRE/2017

EDITAL DO PROCESSO SELETIVO CURSOS DE CURTA DURAÇÃO 1º SEMESTRE/2017 EDITAL DO PROCESSO SELETIVO CURSOS DE CURTA DURAÇÃO 1º SEMESTRE/2017 ABERTURA A Escola de Direito de São Paulo da Fundação Getulio Vargas (FGV DIREITO SP) torna pública a abertura das inscrições para os

Leia mais

2.1. A divulgação oficial das etapas deste Processo Seletivo dar-se-á através do portal ou telefone/ .

2.1. A divulgação oficial das etapas deste Processo Seletivo dar-se-á através do portal  ou telefone/ . EDITAL DE PROCESSO SELETIVO INTERNO Nº. 01/2016 AUXILIAR DE SERVIÇOS GERAIS O Centro de Estudos e Pesquisas Dr. João Amorim CEJAM torna público o processo seletivo externo edital nº. 01/2016, com seleção

Leia mais

Utilizar adequadamente os Epis. Participar da implantação de programas de gestão da qualidade e gestão ambiental.

Utilizar adequadamente os Epis. Participar da implantação de programas de gestão da qualidade e gestão ambiental. : Técnico em Mecânica Descrição do Perfil Profissional: Profissional com habilitação Técnica em Mecânica, com competências múltiplas e diversificadas nas esferas tecnológicas e de gestão, com habilidade

Leia mais

EDITAL DO PROCESSO SELETIVO PARA O CURSO DE APERFEIÇOAMENTO E FORMAÇÃO EM RADIOLÓGICA E DIAGNÓSTICO POR IMAGEM

EDITAL DO PROCESSO SELETIVO PARA O CURSO DE APERFEIÇOAMENTO E FORMAÇÃO EM RADIOLÓGICA E DIAGNÓSTICO POR IMAGEM EDITAL DO PROCESSO SELETIVO PARA O CURSO DE APERFEIÇOAMENTO E FORMAÇÃO EM RADIOLÓGICA E DIAGNÓSTICO POR IMAGEM O Médico-Coordenador do Serviço de Radiologia e Diagnóstico por imagem do Hospital Bandeirantes

Leia mais

INSTITUTO FLORENCE DE ENSINO SUPERIOR. Edital do Vestibular Tradicional Semestre

INSTITUTO FLORENCE DE ENSINO SUPERIOR. Edital do Vestibular Tradicional Semestre INSTITUTO FLORENCE DE ENSINO SUPERIOR Edital do Vestibular Tradicional Semestre 2014.2 EDITAL VESTIBULAR TRADICIONAL SEMESTRE LETIVO 2014.2 EDITAL N 08 2014 PROCESSO SELETIVO 2014.2 A Diretora Geral do

Leia mais

EDITAL DE SELEÇÃO DE PESSOAL Nº 01/2017

EDITAL DE SELEÇÃO DE PESSOAL Nº 01/2017 EDITAL DE SELEÇÃO DE PESSOAL Nº 01/2017 PROCESSO DE SELEÇÃO Nº 01/2017 PREÂMBULO A Confederação Nacional de Municípios CNM, inscrita no CNPJ/MF sob o nº 00.703.157/0001-83, com sede no SCRS 505, Bloco

Leia mais

PERFIL PROFISSIONAL TÉCNICO/A DE REFRIGERAÇÃO E CLIMATIZAÇÃO 1 / 6

PERFIL PROFISSIONAL TÉCNICO/A DE REFRIGERAÇÃO E CLIMATIZAÇÃO 1 / 6 PERFIL PROFISSIONAL TÉCNICO/A DE REFRIGERAÇÃO E CLIMATIZAÇÃO Publicação e actualizações Publicado no Despacho n.º13456/2008, de 14 de Maio, que aprova a versão inicial do Catálogo Nacional de Qualificações.

Leia mais

Edital 001/2016 do Processo Seletivo para o Programa de Especialização em Cardiologia da SBC

Edital 001/2016 do Processo Seletivo para o Programa de Especialização em Cardiologia da SBC Programa de Especialização em Cardiologia regulamentado pela SOCIEDADE BRASILEIRA DE CARDIOLOGIA SBC Edital 001/2016 do Processo Seletivo para o Programa de Especialização em Cardiologia da SBC - 2017

Leia mais

EDITAL DE ACESSO POR TRANSFERÊNCIA CURSO DE MEDICINA ENTRADA

EDITAL DE ACESSO POR TRANSFERÊNCIA CURSO DE MEDICINA ENTRADA EDITAL DE ACESSO POR TRANSFERÊNCIA CURSO DE MEDICINA ENTRADA 2014.2 A Faculdade Pernambucana de Saúde FPS, no uso de suas atribuições declara aberto processo seletivo para preenchimento de 09 (nove) vagas

Leia mais

EDITAL DE SELEÇÃO DE PESSOAL Nº 10/2016

EDITAL DE SELEÇÃO DE PESSOAL Nº 10/2016 EDITAL DE SELEÇÃO DE PESSOAL Nº 10/2016 PROCESSO DE SELEÇÃO Nº 10/2016 PREÂMBULO A Confederação Nacional de Municípios CNM, inscrita no CNPJ/MF sob o nº 00.703.157/0001-83, com sede no SCRS 505, Bloco

Leia mais

Concurso de Bolsas de Estudo Edital n 0 01/2017

Concurso de Bolsas de Estudo Edital n 0 01/2017 Concurso de Bolsas de Estudo Edital n 0 01/2017 Dezembro de 2016. 0 I- Da Participação 1.1 - Poderá concorrer ao Concurso de Bolsas de Estudos do DIFERENCIAL SISTEMA DE ENSINO, qualquer CANDIDATO INSCRITO

Leia mais

EDITAL PARA O PROCESSO SELETIVO DE APRENDIZAGEM JUNHO 2016 CSN VOLTA REDONDA

EDITAL PARA O PROCESSO SELETIVO DE APRENDIZAGEM JUNHO 2016 CSN VOLTA REDONDA EDITAL PARA O PROCESSO SELETIVO DE APRENDIZAGEM JUNHO 2016 CSN VOLTA REDONDA O presente edital destina-se ao preenchimento de 139 (cento e trinta e nove) vagas para Jovens Aprendizes nos Cursos do Programa

Leia mais

PROCESSO SELETIVO 1. INFORMAÇÕES SOBRE A VAGA. 1.1. O SESC/PR está recrutando candidatos para provimento da vaga a seguir discriminada:

PROCESSO SELETIVO 1. INFORMAÇÕES SOBRE A VAGA. 1.1. O SESC/PR está recrutando candidatos para provimento da vaga a seguir discriminada: PROCESSO SELETIVO O SERVIÇO SOCIAL DO COMÉRCIO SESC, ADMINISTRAÇÃO REGIONAL NO ESTADO DO PARANÁ, pessoa jurídica de direito privado, Entidade de Educação e Assistência Social sem fins lucrativos, serviço

Leia mais

EDITAL Nº 08/2015, de 23 de fevereiro de 2015

EDITAL Nº 08/2015, de 23 de fevereiro de 2015 EDITAL Nº 08/2015, de 23 de fevereiro de 2015 SELEÇÃO DE ESTUDANTES PARA A REALIZAÇÃO DE ESTÁGIO NÃO OBRIGAGÓRIO NO INSTITUTO FEDERAL FARROUPILHA O DO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA

Leia mais

EDITAL N 001/ NEDIJ

EDITAL N 001/ NEDIJ EDITAL N 001/2016 - NEDIJ A Coordenadora do NÚCLEO DE ESTUDOS E DEFESA DE DIREITOS DA INFÂNCIA E DA JUVENTUDE da UNIVERSIDADE ESTADUAL DE MARINGÁ - na Cidade de Maringá-PR, NO USO DE SUAS ATRIBUiÇÕES e

Leia mais

EDITAL DO PROCESSO SELETIVO CLASSIFICATÓRIO ENEM ESPM-Sul

EDITAL DO PROCESSO SELETIVO CLASSIFICATÓRIO ENEM ESPM-Sul EDITAL DO PROCESSO SELETIVO CLASSIFICATÓRIO ENEM 2017-1 - ESPM-Sul O Diretor Geral da Escola Superior de Propaganda e Marketing - Unidade Porto Alegre, em consonância com o regimento da instituição, torna

Leia mais

Universidade Federal do Pará Instituto de Ciências Exatas e Naturais Programa de Pós-Graduação em Ciência da Computação

Universidade Federal do Pará Instituto de Ciências Exatas e Naturais Programa de Pós-Graduação em Ciência da Computação Universidade Federal do Pará Instituto de Ciências Exatas e Naturais Programa de Pós-Graduação em Ciência da Computação EDITAL DE SELEÇÃO TURMA 2016 DOUTORADO 1. DISPOSIÇÕES PRELIMINARES 1.1. A Universidade

Leia mais

EDITAL DO PROCESSO SELETIVO CLASSIFICATÓRIO ENEM ESPM Sul

EDITAL DO PROCESSO SELETIVO CLASSIFICATÓRIO ENEM ESPM Sul EDITAL DO PROCESSO SELETIVO CLASSIFICATÓRIO ENEM 2017 1 ESPM Sul O Diretor Geral da Escola Superior de Propaganda e Marketing Unidade Porto Alegre, em consonância com o regimento da instituição, torna

Leia mais

*Sexo *Idade Escolaridade Cursos Nº da

*Sexo *Idade Escolaridade Cursos Nº da 28/03/2014 Ocupação Descrição Experiência Ajudante de padeiro Para trabalhar com a elaboração de pães diversos 3 meses a Pedido do *Sexo *Idade Escolaridade Cursos Nº da Vaga Qtde. Vagas M 20-55 Não exigido

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE UBERLÂNDIA ESCOLA DE EDUCAÇÃO BÁSICA

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE UBERLÂNDIA ESCOLA DE EDUCAÇÃO BÁSICA EDITAL Nº 001/2016/SE PARA INSCRIÇÃO E SELEÇÃO DE CANDIDATOS AO INGRESSO NA DA /ESEBA/UFU O Diretor da Escola de Educação Básica da Universidade Federal de Uberlândia, no uso de suas atribuições e tendo

Leia mais

EDITAL DO PROCESSO SELETIVO CURSOS DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU 1º SEMESTRE/2017

EDITAL DO PROCESSO SELETIVO CURSOS DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU 1º SEMESTRE/2017 EDITAL DO PROCESSO SELETIVO CURSOS DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU 1º SEMESTRE/2017 ABERTURA A Escola de Direito de São Paulo da Fundação Getulio Vargas (FGV DIREITO SP) torna pública a abertura das inscrições

Leia mais

COMUNICADO DE SELEÇÃO INTERNA

COMUNICADO DE SELEÇÃO INTERNA COMUNICADO DE SELEÇÃO INTERNA I INFORMAÇÕES GERAIS 1 VAGA Cargo: ORIENTADOR EDUCACIONAL Salário: R$ 4.259,76 Local de Trabalho: CFP 4.03 - Alumínio Carga Horária: 40h semanais. De segunda-feira: 07h30min

Leia mais

CONCURSO PÚBLICO C-86

CONCURSO PÚBLICO C-86 GOVERNO DO ESTADO DO PARÁ SECRETARIA EXECUTIVA DE ESTADO DE ADMINISTRAÇÃO (SEAD) ESCOLA DE GOVERNO DO ESTADO DO PARÁ (EGPA) CONCURSO PÚBLICO PARA PROVIMENTO DE VAGAS EM CARGOS DE NÍVEL SUPERIOR, DE NÍVEL

Leia mais

II DOS REQUISITOS PARA INVESTIDURA DOS CARGOS III DA SOLICITAÇÃO DE ISENÇÃO DO PAGAMENTO DO VALOR DE INSCRIÇÃO

II DOS REQUISITOS PARA INVESTIDURA DOS CARGOS III DA SOLICITAÇÃO DE ISENÇÃO DO PAGAMENTO DO VALOR DE INSCRIÇÃO O Prefeito do Município de Itapecerica da Serra, Senhor AMARILDO GONÇALVES, por meio do Instituto Qualicon, TORNA PÚBLICO o Edital de Retificação - Prorrogação das Inscrições e do Capítulo II Dos Requisitos

Leia mais

PREFEITURA DE JUIZ DE FORA

PREFEITURA DE JUIZ DE FORA ANEXO II MODELO DE ATESTADO MÉDICO (Em papel timbrado) Declaro, a fim de realizar prova junto ao DEMLURB, que (nome do candidato), identidade/ctps, está em pleno gozo de saúde física para ser submetido

Leia mais

SECRETARIA DE SAÚDE DO ESTADO DE PERNAMBUCO EDITAL PARA PROCESSO SELETIVO PARA A RESIDÊNCIA MÉDICA.

SECRETARIA DE SAÚDE DO ESTADO DE PERNAMBUCO EDITAL PARA PROCESSO SELETIVO PARA A RESIDÊNCIA MÉDICA. SECRETARIA DE SAÚDE DO ESTADO DE PERNAMBUCO - 2016 EDITAL PARA PROCESSO SELETIVO PARA A RESIDÊNCIA MÉDICA. ÁREAS DE ACESSO DIRETO: CIRURGIA GERAL e MEDICINA DE FAMILIA E COMUNIDADE ÁREAS COM PRE REQUISITO

Leia mais

Com experiência em eletricidade predial de baixa/alta tensão e comandos elétricos.

Com experiência em eletricidade predial de baixa/alta tensão e comandos elétricos. EDITAL DE PROCESSO SELETIVO INTERNO Nº. 10/2016 ELETRICISTA O Centro de Estudos e Pesquisas Dr. João Amorim CEJAM torna público o processo seletivo externo edital nº. 10/2016, com seleção de currículos

Leia mais

EDITAL DE TRANSFERÊNCIA EXTERNA, PORTADOR DE DIPLOMA E ALUNO ESPECIAL. SEMESTRE

EDITAL DE TRANSFERÊNCIA EXTERNA, PORTADOR DE DIPLOMA E ALUNO ESPECIAL. SEMESTRE EDITAL DE TRANSFERÊNCIA EXTERNA, PORTADOR DE DIPLOMA E ALUNO ESPECIAL. SEMESTRE 2015-2 O Diretor Geral da Católica do Tocantins no uso de suas atribuições torna público que estarão abertas as inscrições

Leia mais

EDITAL Nº 31/2016. Para o segundo semestre letivo de 2016, o Campus Pouso Alegre disponibilizará 126 vagas nos seguintes cursos:

EDITAL Nº 31/2016. Para o segundo semestre letivo de 2016, o Campus Pouso Alegre disponibilizará 126 vagas nos seguintes cursos: MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO SUL DE MINAS GERAIS EDITAL Nº 31/2016 PROCESSO DE TRANSFERÊNCIA PARA PREENCHIMENTO

Leia mais

EDITAL DO PROCESSO SELETIVO CURSOS DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU 1º SEMESTRE/2017

EDITAL DO PROCESSO SELETIVO CURSOS DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU 1º SEMESTRE/2017 EDITAL DO PROCESSO SELETIVO CURSOS DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU 1º SEMESTRE/2017 ABERTURA A IBE-FGV, em parceria com o programa de Pós Graduação GVlaw pós graduação lato sensu FGV DIREITO SP (GVlaw) torna

Leia mais

Manutenção Eletromecânica de Equipamentos de Mina e Usina

Manutenção Eletromecânica de Equipamentos de Mina e Usina 1 a ETAPA DO PROCESSO SELETIVO PARA O CURSO DE APRENDIZAGEM INDUSTRIAL 2015 FUNDAÇÃO CSN PARA O DESENVOLVIMENTO SOCIAL E A CONSTRUÇÃO DA CIDADANIA - FUNDAÇÃO CSN, através da Direção do Centro de Educação

Leia mais

Faculdade de Gestão e Negócios de Salvador

Faculdade de Gestão e Negócios de Salvador Faculdade de Gestão e Negócios de Salvador Edital 02/2016 Processo Seletivo 2016.2 O Diretor da Faculdade de Gestão e Negócios (FGN) Unidade Salvador, no uso de suas atribuições e demais disposições legais,

Leia mais

PORTARIA GAPRE Nº 006/2013

PORTARIA GAPRE Nº 006/2013 PORTARIA GAPRE Nº 006/2013 O PREFEITO MUNICIPAL DE LAURO DE FREITAS, Estado da Bahia, no uso de suas atribuições legais e, de acordo com o disposto no Decreto nº 3.566 de 26 de Outubro de 2012, onde retifica

Leia mais

na CBR Aperfeiçoamento (Subespecialização) em Radiologia e Diagnóstico por / A4 Credenciado

na CBR Aperfeiçoamento (Subespecialização) em Radiologia e Diagnóstico por / A4 Credenciado EDITAL DE PROCESSO SELETIVO PARA CURSO DE APERFEIÇOAMENTO (SUBESPECIALIZAÇÃO) EM NÍVEL DE A4 EM RADIOLOGIA E DIAGNÓSTICO POR IMAGEM DA SANTA CASA DE MISERICÓRDIA DE VOTUPORANGA E CENTRO UNIVERSITÁRIO DE

Leia mais

SANEBAVI SANEAMENTO BÁSICO VINHEDO AUTARQUIA MUNICIPAL CONCURSO PÚBLICO Nº 001/2010. Edital de Convocação para Provas Objetivas

SANEBAVI SANEAMENTO BÁSICO VINHEDO AUTARQUIA MUNICIPAL CONCURSO PÚBLICO Nº 001/2010. Edital de Convocação para Provas Objetivas SANEBAVI SANEAMENTO BÁSICO VINHEDO AUTARQUIA MUNICIPAL CONCURSO PÚBLICO Nº 001/2010 Edital de Convocação para Provas Objetivas O Superintendente da SANEBAVI Saneamento Básico Vinhedo, no uso de suas atribuições,

Leia mais

COMUNICADO DE PROCESSO SELETIVO Analista Técnico I - Araçuaí Código da vaga: EX033/16

COMUNICADO DE PROCESSO SELETIVO Analista Técnico I - Araçuaí Código da vaga: EX033/16 COMUNICADO DE PROCESSO SELETIVO Analista Técnico I - Araçuaí Código da vaga: EX033/16 O Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas de Minas Gerais SEBRAE - MG, CNPJ nº 16.589.137/0001-63, inscrição

Leia mais

CÂMARA MUNICIPAL DE CAMPINAS Estado de São Paulo

CÂMARA MUNICIPAL DE CAMPINAS Estado de São Paulo CÂMARA MUNICIPAL DE CAMPINAS Estado de São Paulo www.campinas.sp.leg.br CONCURSO PÚBLICO EDITAL Nº 001/2014 Edital de convocação para realização das provas objetivas A Câmara Municipal de Campinas torna

Leia mais

COMUNICADO DE PROCESSO SELETIVO Analista Técnico I Belo Horizonte Código da vaga: EX026/16

COMUNICADO DE PROCESSO SELETIVO Analista Técnico I Belo Horizonte Código da vaga: EX026/16 COMUNICADO DE PROCESSO SELETIVO Analista Técnico I Belo Horizonte Código da vaga: EX026/16 O Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas de Minas Gerais SEBRAE - MG, CNPJ nº 16.589.137/0001-63, inscrição

Leia mais

EDITAL Nº 06/2016 SELEÇÃO INTERNA PARA ENCAMINHAMENTO DE ESTAGIÁRIOS

EDITAL Nº 06/2016 SELEÇÃO INTERNA PARA ENCAMINHAMENTO DE ESTAGIÁRIOS MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE PERNAMBUCO CAMPUS PALMARES DIVISÃO DE PESQUISA E EXTENSÃO COORDENAÇÃO DE

Leia mais

ANEXO V AO EDITAL CBMERJ Nº 001/2015 TESTE DE CAPACIDADE FÍSICA E TESTE DE HABILIDADE ESPECÍFICA

ANEXO V AO EDITAL CBMERJ Nº 001/2015 TESTE DE CAPACIDADE FÍSICA E TESTE DE HABILIDADE ESPECÍFICA ANEXO V AO EDITAL CBMERJ Nº 001/2015 TESTE DE CAPACIDADE FÍSICA E TESTE DE HABILIDADE ESPECÍFICA Os Teste de Capacidade Física e de Habilidade Específica têm o objetivo de selecionar os candidatos cuja

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE LAURO DE FREITAS

PREFEITURA MUNICIPAL DE LAURO DE FREITAS EDITAL DE CONVOCAÇÃO DE PROVAS O MUNICÍPIO DE, por meio de sua Prefeita, no uso das atribuições legais, e mediantes as condições estipuladas nos Editais e Comunicados oficiais publicados nos sites www.laurodefreitas.ba.gov.bre

Leia mais

EDITAL Nº 04/2013 SELEÇÃO PARA INGRESSO NO PROGRAMA MULHERES MIL DO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO PIAUÍ

EDITAL Nº 04/2013 SELEÇÃO PARA INGRESSO NO PROGRAMA MULHERES MIL DO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO PIAUÍ 1 SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO PIAUÍ - IFPI CAMPUS DE PICOS EDITAL Nº 04/2013

Leia mais