Como fazer o cálculo do teu preço por hora enquanto freelancer

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Como fazer o cálculo do teu preço por hora enquanto freelancer"

Transcrição

1

2 Como fazer o cálculo do teu preço por hora enquanto freelancer 1. Qual é o salário mensal que queres/precisas de ter? Calcula as tuas despesas mensais para perceberes quanto dinheiro precisas de ter por mês para estar confortável financeiramente Valor por mês Renda / Alojamento Despesas fixas (água, luz ) Comunicações (rede móvel, internet ) Impostos a pagar (ver ponto 2) Transportes Viagens Lazer (cinema, concertos, museus ) Saídas (restaurantes, amigos ) Custos diversos (roupa, viagens ) Total 2. Quanto é que vais pagar de impostos? O valor dos impostos a pagar varia consoante a tua atividade e o teu escalão. Contacta as Finanças ou a Segurança Social para dados precisos sobre os impostos. Podes também usar um simulador para fazer uma estimativa dos impostos a pagar. Este valor deve ser adicionado no cálculo do salário mensal (ponto 1). Finanças: clica aqui para informações de contacto Segurança Social: clica aqui para informações de contacto Simulador: clica aqui para acederes a um simulador 3. Férias Como freelancer, não tens subsídio de férias. As férias são algo indispensável para estares mentalmente descansado e produtivo. Para teres uma poupança que te permite desfrutar de alguns dias de descanso por ano, adiciona uma pequena percentagem de 5% a 10% ao teu preço.

3 4. Tempo de trabalho não faturado O tempo passado a procurar clientes, a criar o teu portefólio, a fazer modelos orçamentos e contratos e toda a gestão da tua marca enquanto freelancer é tempo de trabalho não faturado diretamente a nenhum cliente mas não deixa de ser tempo de trabalho! Para compensar esse tempo, adiciona uma percentagem entre 5% a 10% ao teu preço. 5. Doente, férias e falta de clientes? Tal como não tens subsídio de férias, também não tens baixa médica. No teu cálculo deve entrar essa possibilidade, de não poderes trabalhar por estar doente. Mas não só: enquanto freelancer, podes também ter algum período com menos cliente e trabalho. É importante pensar nesses dias menos bons! Determina quantos dias aproximadamente por ano vais ter de férias, mas também coloca uma pequena margem de dias em que podes estar doente ou dias em que não tenhas tanto trabalho. Dias por ano Férias Doente Menos clientes, pouca produtividade Calcular o Tempo Total Anual de Trabalho Calcular o Tempo Total Anual de Trabalho (TAT) é essencial para conseguires calcular com maior precisão o teu preço enquanto freelancer. Para qualquer o TAT precisas de ter: - uma média de dias trabalhados por ano (a média de dias trabalhados por um trabalhador tradicional é de 220 dias por ano); - um número de dias de férias por ano; - um número de dias de doença por ano; - um número de dias em que tenhas falta de clientes por ano. A fórmula resulta em: X dias de trabalho anuais - (X dias de férias - X dias doença - X dias com falta de clientes)

4 Calcular o preço por hora de trabalho Para fazer este cálculo precisas de: Valor / Salário Mensal (ponto 1) Percentagem a adicionar para férias (ponto 3) Percentagem a adicionar para o tempo de trabalho não faturado (ponto 4) Tempo Total Anual de Trabalho (TAT) Os passos para fazer este cálculo são: 1. Multiplica o valor / salário mensal por 12; 2. Adiciona a percentagem de férias e de tempo de trabalho não faturado; 3. Divide o resultado pelo número de dias de trabalho anual (TAT); 4. Divide o resultado pelo número máximo de horas que queres trabalhar por dia; 5. O valor final é o valor base para uma hora de trabalho. A fórmula resulta em: (Rendimento Mensal Necessário + X% férias + X% tempo investido na atividade) / (TTA * H) O teu resultado: Atenção: Esse é o valor base para a tua hora de trabalho: não quer dizer que seja o valor a cobrar a um cliente! O que fazer agora com esse valor? Faz uma pesquisa do preço médio praticado no mercado para o tipo de trabalho que fazes; Adequa o teu preço de trabalho por hora consoante o mercado de trabalho; Não trabalhes muito abaixo do teu valor base por hora para não arriscares a teres problemas de dinheiro no final do mês.

5 Para orçamentar trabalhos por tarefa ou serviço: Calcula quanto tempo demoras a fazer determinada tarefa, utilizando o Toggl (aplicação gratuita) Para organizares melhor as tuas finanças pessoais: Usa o Boonzi, aplicação portuguesa, que permite organizar as tuas finanças pessoais a partir do teu computador ou smartphone. Aplicação gratuita, com plano pago. Lê mais sobre esta aplicação clicando aqui e aproveita a oferta que temos para ti:

Repartição dos rendimentos

Repartição dos rendimentos Repartição dos rendimentos Repartição primária do rendimento rendimentos primários Rendimentos primários e rendimentos secundários Os rendimentos do trabalho (salários) e do capital (juros, lucros e rendas)

Leia mais

O QUE VAMOS APRENDER?

O QUE VAMOS APRENDER? Aprenda como aumentar até 80% do valor do seu Projeto modificando o seu jeito de pensar e a forma de apresentar o seu trabalho. Entenda como aplicar técnicas e fechar mais vendas. AUMENTE O SEU VALOR O

Leia mais

PLANILHA DE ORÇAMENTO FAMILIAR E PESSOAL (versão 7.0)

PLANILHA DE ORÇAMENTO FAMILIAR E PESSOAL (versão 7.0) TERMOS DE USO PLANILHA DE ORÇAMENTO FAMILIAR E PESSOAL (versão 7.0) - Defina o seu orçamento com base nas despesas fixas e/ou variáveis estimadas; - Acompanhe a movimentação entre contas, investimentos

Leia mais

GUIA PRÁTICO INCAPACIDADE TEMPORÁRIA POR DOENÇA PROFISSIONAL

GUIA PRÁTICO INCAPACIDADE TEMPORÁRIA POR DOENÇA PROFISSIONAL GUIA PRÁTICO INCAPACIDADE TEMPORÁRIA POR DOENÇA PROFISSIONAL INSTITUTO DA SEGURANÇA SOCIAL, I.P ISS, I.P. Pág. 1/10 FICHA TÉCNICA TÍTULO Guia Prático Incapacidade Temporária por Doença Profissional (N07

Leia mais

Ferramentas auxiliares em custos de produção de frango de corte. Marcelo Miele

Ferramentas auxiliares em custos de produção de frango de corte. Marcelo Miele Ferramentas auxiliares em custos de produção de frango de corte Marcelo Miele Roteiro da palestra 1. Porque calcular o custo de produção? 2. Principais indicadores 3. Dicas para medir e guardar informações

Leia mais

Índice. Conteúdo. Planilha Profissional Para Cálculo de Preços de Artesanato

Índice. Conteúdo. Planilha Profissional Para Cálculo de Preços de Artesanato Índice Conteúdo Índice... 2 A Importância do Preço Correto... 3 Como chegar ao preço de venda adequado do meu produto?... 3 Como calcular o preço de venda lucro... 5 Como vender meus produtos pela internet...

Leia mais

Tabela 2 - Economia Nacional - Contas de produção, renda e capital - 2003-2007

Tabela 2 - Economia Nacional - Contas de produção, renda e capital - 2003-2007 (continua) Produção 2 992 739 1 522 125 Consumo intermediário Impostos sobre produtos 229 673 Subsídios aos produtos (-) 339 2003 1 699 948 Produto Interno Bruto Produto interno bruto 1 699 948 671 872

Leia mais

O PLANEJAMENTO DO BRASILEIRO PARA A APOSENTADORIA

O PLANEJAMENTO DO BRASILEIRO PARA A APOSENTADORIA O PLANEJAMENTO DO BRASILEIRO PARA A APOSENTADORIA Julho 2016 Formas de preparo do brasileiro para aposentadoria: 74,1% INSS pela empresa que trabalha ou de forma autônoma Poupança Imóveis 19,2% 31,1% 6,2%

Leia mais

Finanças Pessoais 1º passo para a Cultura de Bolso. Sejam bem-vindos! Aleksander Avalca

Finanças Pessoais 1º passo para a Cultura de Bolso. Sejam bem-vindos! Aleksander Avalca Finanças Pessoais 1º passo para a Cultura de Bolso Sejam bem-vindos! Aleksander Avalca Algumas estatísticas 2011 maior nível de inadimplência nos últimos 9 anos Algumas estatísticas 2011 maior nível de

Leia mais

QuestãoFinanceira. O que deve ser prioridade na vida de uma pessoa quando se fala em dinheiro

QuestãoFinanceira. O que deve ser prioridade na vida de uma pessoa quando se fala em dinheiro O que deve ser prioridade na vida de uma pessoa quando se fala em dinheiro AlvoPrincipal Ter o suficiente para viver em paz e não dever nada a ninguém SAÍDAS ENTRADA LÍQUIDA SAÍDAS Salário do esposo Necessidades

Leia mais

INQUÉRITO. Garantimos a total confidencialidade dos dados. MUITO OBRIGADO PELA SUA COLABORAÇÃO! PARTE I

INQUÉRITO. Garantimos a total confidencialidade dos dados. MUITO OBRIGADO PELA SUA COLABORAÇÃO! PARTE I INQUÉRITO Nas páginas seguintes encontramse uma série de perguntas elaboradas no sentido de explorar as suas principais necessidades em diversas áreas da sua vida. Os dados obtidos servem então para compor

Leia mais

IRPF, IRPJ e CSLL: Tabelas Progressivas do Imposto de Renda vigentes desde 1998

IRPF, IRPJ e CSLL: Tabelas Progressivas do Imposto de Renda vigentes desde 1998 IRPF, IRPJ e CSLL: Tabelas Progressivas do Imposto de Renda vigentes desde 1998 Resumo: Neste Roteiro apresentaremos para nossos leitores as Tabelas Progressivas, anual e mensal, para cálculo do Imposto

Leia mais

Sistema Operativo em Ambiente Gráfico. Área de trabalho

Sistema Operativo em Ambiente Gráfico. Área de trabalho Sistema Operativo em Ambiente Gráfico A interação com o utilizador surge sob a forma de uma interface gráfica. O ambiente de trabalho do Windows 7 é uma área de trabalho no ecrã onde aparecem janelas,

Leia mais

Ficheiro eletrónico das Folhas de Férias

Ficheiro eletrónico das Folhas de Férias Ficheiro eletrónico das Folhas de Férias Helena Cunha Lisboa, Outubro 2016 Condições Gerais da apólice de Acidentes de Trabalho: Cláusula 24.ª Obrigações do Tomador do Seguro quanto a informação relativa

Leia mais

UWU CONSULTING - O DESAFIO DA PRODUTIVIDADE NA SUA EMPRESA 2

UWU CONSULTING - O DESAFIO DA PRODUTIVIDADE NA SUA EMPRESA 2 UWU CONSULTING - O DESAFIO DA PRODUTIVIDADE NA SUA EMPRESA 2 O DESAFIO DA PRODUTIVIDADE NA SUA EMPRESA COMO MEDI-LA E COMO AUMENTÁ-LA? O relógio do escritório marcava 21h17. Por hoje já chega! pensou Nuno.

Leia mais

MERCADO DE MEIOS ELETRÔNICOS DE PAGAMENTO ANO VI POPULAÇÃO E COMÉRCIO

MERCADO DE MEIOS ELETRÔNICOS DE PAGAMENTO ANO VI POPULAÇÃO E COMÉRCIO MERCADO DE MEIOS ELETRÔNICOS DE PAGAMENTO ANO VI POPULAÇÃO E COMÉRCIO 2013 OBJETIVO E PÚBLICO ALVO O objetivo principal deste estudo é investigar a utilização dos Meios Eletrônicos de pagamento e as percepções

Leia mais

PESQUISA MENSAL DE EMPREGO

PESQUISA MENSAL DE EMPREGO PESQUISA MENSAL DE EMPREGO ESTIMATIVAS PARA O MÊS DE J ANE I R O DE 2004 REGIÕES METROPOLITANAS DE: RECIFE, SALVADOR, BELO HORIZONTE, RIO DE JANEIRO, SÃO PAULO e PORTO ALEGRE I) INTRODUÇÃO Para o primeiro

Leia mais

Fichas técnicas das fontes de informação

Fichas técnicas das fontes de informação Fichas técnicas das fontes de informação Inquérito a Turistas Abril de 2015 Inquérito referente ao Período de Inverno, elaborado pelo Turismo de Portugal. Universo Constituído pelos turistas residentes

Leia mais

Princípio da competência O princípio da competência determina que todas as vendas, os custos e as despesas devem ser considerados na apuração do resultado da empresa no período em que ocorrerem, independentemente

Leia mais

4.3.3 Encontrando a Taxa de Juros e o Número de Períodos

4.3.3 Encontrando a Taxa de Juros e o Número de Períodos 4.3.3 Encontrando a Taxa de Juros e o Número de Períodos Por enquanto você deverá reconhecer a relação entre descontar e compor. Começamos o capítulo com uma fórmula para composição de fluxos de caixa

Leia mais

PORTARIA N.º 4 /05. de 17 de Janeiro

PORTARIA N.º 4 /05. de 17 de Janeiro MINISTÉRIO DAS FINANÇAS E PLANEAMENTO GABINETE DO MINISTRO PORTARIA N.º 4 /05 de 17 de Janeiro As alterações introduzidas no Orçamento do Estado para 2005 para vigorarem a partir de 1 de Janeiro, nomeadamente,

Leia mais

Introdução à Matemática Financeira

Introdução à Matemática Financeira Introdução à Matemática Financeira Prof. Me. Edgard Lourenço Jr. 13 de março de 2015 Assisente de Contabilidade ETEC Gustavo Teixeira São Pedro Prof. Me. Edgard Lourenço Jr. Introdução à Matemática Financeira

Leia mais

OS IMPACTOS DO CONSUMO DE BELEZA NAS FINANÇAS

OS IMPACTOS DO CONSUMO DE BELEZA NAS FINANÇAS OS IMPACTOS DO CONSUMO DE BELEZA NAS FINANÇAS Agosto 2016 OS IMPACTOS DO CONSUMO DE BELEZA NAS FINANÇAS 43,7% Admitem o hábito de gastar mais do que costumam com cuidados de beleza para se sentirem melhor,

Leia mais

COMPRAR A PORTUGAL FILEIRA TECNOLOGIAS DE INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO JAN 2016

COMPRAR A PORTUGAL FILEIRA TECNOLOGIAS DE INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO JAN 2016 COMPRAR A PORTUGAL FILEIRA TECNOLOGIAS DE INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO JAN 2016 PERFIL 3 INDICADORES CHAVE 4 VANTAGENS 5 COMPETITIVAS SETORES 6-9 DESENVOLVIMENTO DE SOFTWARE 7 TELECOMUNICAÇÕES 8 SERVIÇOS,

Leia mais

Matemática. Questão 1. Questão 2. x+2. x+2 AVALIAÇÃO DA APRENDIZAGEM EM PROCESSO

Matemática. Questão 1. Questão 2. x+2. x+2 AVALIAÇÃO DA APRENDIZAGEM EM PROCESSO AVALIAÇÃO DA APRENDIZAGEM EM PROCESSO Matemática 8ª Série / 9º ano do Ensino Fundamental Turma 2º bimestre de 2015 Data / / Escola Aluno Questão 1 A área do quadrado a seguir é 49 cm 2. O valor de X, em

Leia mais

Finanças também é coisa de criança!

Finanças também é coisa de criança! PrevEduca n.51-29/02/2016 Finanças também é coisa de criança! A primeira ideia que nos vem à cabeça, quando ouvimos a palavra finanças, é que se trata de uma coisa complicada, que envolve muito dinheiro

Leia mais

Valorıze-se, organıze-se! Cláudio Ramos

Valorıze-se, organıze-se! Cláudio Ramos Valorıze-se, organıze-se! Cláudio Ramos Índice 8 A felicidade pode estar na valorização? Pode, digo eu! 11 1. CASA 13 COMPRAS E POUPANÇA 15 DECORAÇÃO 29 2. ROUPA 40 GUARDA-ROUPA BÁSICO: O Que Todas as

Leia mais

Barómetro Férias 2016

Barómetro Férias 2016 Nº de respostas 743 Idade média do pai 42 anos Idade média da mãe 41 anos Idade média dos filhos 9,5 anos Aplicação do Inquérito Julho e Agosto de 2016 Âmbito valor médio relativo aos últimos três anos

Leia mais

RESOLUÇÃO CASO PRÁTICO Nº 1 IRS DA FAMÍLIA ANACLETO

RESOLUÇÃO CASO PRÁTICO Nº 1 IRS DA FAMÍLIA ANACLETO RESOLUÇÃO CASO PRÁTICO Nº 1 IRS DA FAMÍLIA ANACLETO 1º PASSO = DETERMINAÇÃO DE QUEM E DE O QUÊ = INCIDÊNCIA Incidência pessoal Sujeitos passivos = Sebastião e Dulce (art. 13º, nº 1 + art. 16º, nº 1, a))

Leia mais

Dicas Gerenciais Como devo definir o preço de venda de cada produto? Processo de Formação de Preços em uma Loja de Varejo de Alimentos.

Dicas Gerenciais Como devo definir o preço de venda de cada produto? Processo de Formação de Preços em uma Loja de Varejo de Alimentos. Como devo definir o preço de venda de cada produto? Processo de Formação de Preços em uma Loja de Varejo de Alimentos. O cálculo de custo de produtos em uma loja de varejo pode seguir 02 fórmulas. A 1ª

Leia mais

DIA DA SAÚDE FINANCEIRA. Despertar da Consciência Financeira. Lavínia Martins, CFP Miriam Bruno, CFP 29/10/2016

DIA DA SAÚDE FINANCEIRA. Despertar da Consciência Financeira. Lavínia Martins, CFP Miriam Bruno, CFP 29/10/2016 DIA DA SAÚDE FINANCEIRA Despertar da Consciência Financeira Lavínia Martins, CFP Miriam Bruno, CFP 29/10/2016 Finanças = Dinheiro Quais são as funções do dinheiro? Sistema de preços Meio de troca Reserva

Leia mais

Orçamento. (continuação) 06/09/2016. Orçamento de Vendas. Orçamento de Produção. Orçamento de Estoque Final

Orçamento. (continuação) 06/09/2016. Orçamento de Vendas. Orçamento de Produção. Orçamento de Estoque Final Orçamento (continuação) Vendas Estoque Final Produção matéria-prima direta mão-de-obra direta custos indiretos de fabricação Custo dos Produtos Vendidos investimentos financiamentos Caixa despesas de vendas

Leia mais

QUATRO FORMAS FÁCEIS DE PERMITIR QUE OS COLABORADORES TRABALHEM DE FORMA MAIS FLEXÍVEL

QUATRO FORMAS FÁCEIS DE PERMITIR QUE OS COLABORADORES TRABALHEM DE FORMA MAIS FLEXÍVEL QUATRO FORMAS FÁCEIS DE PERMITIR QUE OS COLABORADORES TRABALHEM DE FORMA MAIS FLEXÍVEL Leve o seu negócio mais longe Qualquer que seja o desempenho atual do seu negócio, praticamente todas as organizações

Leia mais

Grau de Alavancagem Operacional por Renan Kaminski

Grau de Alavancagem Operacional por Renan Kaminski Grau de Alavancagem Operacional por Renan Kaminski O Dicas 4blue são vídeos e mini e-books com dicas rápidas e práticas para que você e sua equipe possam aplicar no seu dia a dia. Para ter acesso a todas

Leia mais

LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O SANTANDER FIC RENDA FIXA SIMPLES 22.918.245/0001-35 Informações referentes a Maio de 2016

LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O SANTANDER FIC RENDA FIXA SIMPLES 22.918.245/0001-35 Informações referentes a Maio de 2016 LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O SANTANDER FIC RENDA FIXA SIMPLES 22.918.245/0001-35 Informações referentes a Maio de 2016 Esta lâmina contém um resumo das informações essenciais sobre o SANTANDER

Leia mais

Empresa 4 BETA Balanço Patrimonial em 31/12/X0

Empresa 4 BETA Balanço Patrimonial em 31/12/X0 1. Cenário: 1 A Empresa sec 5fabrica somente o produto. O processo orçamentário começa em outubro, antes do final do período contábil a 31 de Dezembro. Os resultados esperados no ano corrente, a se encerrar

Leia mais

Lista de exercícios 5 Microeconomia 1

Lista de exercícios 5 Microeconomia 1 Lista de exercícios 5 Microeconomia 1 Graduação em economia Exercícios para entrega 08 de junho de 2016 Exercício 1. Uma empresa produz bolas de gude e possui a seguinte função de produção: Q = 2(KL) 0.5,

Leia mais

LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O SANTANDER FIC FI FAFEM RENDA FIXA REFERENCIADO DI / Informações referentes a Outubro de 2016

LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O SANTANDER FIC FI FAFEM RENDA FIXA REFERENCIADO DI / Informações referentes a Outubro de 2016 LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O SANTANDER FIC FI FAFEM RENDA FIXA REFERENCIADO DI 67.150.417/0001-01 Informações referentes a Outubro de 2016 Esta lâmina contém um resumo das informações essenciais

Leia mais

FORMAÇÃO DO PREÇO DE VENDA.

FORMAÇÃO DO PREÇO DE VENDA. FORMAÇÃO DO PREÇO DE VENDA gleicilene@unifei.edu.br Formação do Preço de Venda Fatores que influenciam a formação de preço de um produto ou serviço: Decisões da Concorrência: preço corrente, limitação

Leia mais

1. Indica se é verdadeiro (V) ou falso (F).

1. Indica se é verdadeiro (V) ou falso (F). O teu nome é 1. Indica se é verdadeiro (V) ou falso (). a) b) c) d) e) Definir objetivos para o dinheiro que se tem disponível e cumpri-los é o primeiro passo para ter umas finanças equilibradas. Compreender

Leia mais

FLUXOS DE CAIXA PERÍODO DE 2013/04/19 A 2013/12/31. Modelo de acordo com a Instrução n.º 1/2004 do Tribunal de Contas CÓDIGO PAGAMENTOS CÓDIGO

FLUXOS DE CAIXA PERÍODO DE 2013/04/19 A 2013/12/31. Modelo de acordo com a Instrução n.º 1/2004 do Tribunal de Contas CÓDIGO PAGAMENTOS CÓDIGO Despesas de fundos próprios: Saldo da gerência anterior: Dotações orçamentais (OE): Execução orçamental - Fundos próprios: Correntes: De dotações orçamentais (OE) 137.351,67 137.351,67 De receitas próprias:

Leia mais

Checklist- Os maiores vilões da sua produtividade na internet. VIVER DE BLOG Página 1

Checklist- Os maiores vilões da sua produtividade na internet. VIVER DE BLOG Página 1 Checklist- Os maiores vilões da sua produtividade na internet VIVER DE BLOG Página 1 INTRODUÇÃO Principalmente quem trabalha em casa, através da internet, sabe a quantidade de distrações existentes à nossa

Leia mais

PLANEJAMENTO FINANCEIRO PESSOAL

PLANEJAMENTO FINANCEIRO PESSOAL PLANEJAMENTO FINANCEIRO PESSOAL Pet-Programa de Educação Tutorial Ensino, Pesquisa, Extensão; Palestras, cursos, minicursos, workshop, visitas técnicas, etc; Realização de atividades extracurriculares

Leia mais

Parabéns por você ter chegado até aqui isso mostra o seu real interesse em aprender como se ganhar dinheiro na internet logo abaixo te darei algumas

Parabéns por você ter chegado até aqui isso mostra o seu real interesse em aprender como se ganhar dinheiro na internet logo abaixo te darei algumas Parabéns por você ter chegado até aqui isso mostra o seu real interesse em aprender como se ganhar dinheiro na internet logo abaixo te darei algumas dicas! Dica 1 para Ganhar Dinheiro na Internet Com Crie

Leia mais

FEA RP - USP. Matemática Financeira 3 - Séries e Avaliação de Investimentos

FEA RP - USP. Matemática Financeira 3 - Séries e Avaliação de Investimentos FEA RP - USP Matemática Financeira 3 - Séries e Avaliação de Investimentos Prof. Dr. Daphnis Theodoro da Silva Jr. Daphnis Theodoro da Silva Jr 1 Séries uniformes - Juros Compostos Series uniformes são

Leia mais

Antes de investir, compare o fundo com outros da mesma classificação.

Antes de investir, compare o fundo com outros da mesma classificação. LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O SANTANDER FIC FI TITULOS PUBLICOS RENDA FIXA REFERENCIADO DI 04.682.022/0001-30 Informações referentes a Dezembro de 2016 Esta lâmina contém um resumo das informações

Leia mais

Curso técnico Integrado de Administração

Curso técnico Integrado de Administração Curso técnico Integrado de Administração Inflação Inflação é a queda do valor de mercado ou poder de compra do dinheiro. Porém, é popularmente usada para se referir ao aumento geral dos preços. Medir a

Leia mais

Visão Geral da Comunidade Airbnb em Lisboa e Portugal

Visão Geral da Comunidade Airbnb em Lisboa e Portugal Visão Geral da Comunidade Airbnb em Lisboa e Portugal Portugal: Comunidade Airbnb / 2 Resumo / 4 Lisboa: Comunidade Airbnb / 5 Airbnb e o Turismo / 9 Economia Local / 10 Acessibilidade Financeira da Habitação

Leia mais

Antes de investir, compare o fundo com outros da mesma classificação.

Antes de investir, compare o fundo com outros da mesma classificação. LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O SANTANDER FIC FI EMPRESAS RENDA FIXA REFERENCIADO DI 23.964.465/0001-68 Informações referentes a Dezembro de 2016 Esta lâmina contém um resumo das informações essenciais

Leia mais

GUIA PRÁTICO DOENÇA PROFISSIONAL - CERTIFICAÇÃO

GUIA PRÁTICO DOENÇA PROFISSIONAL - CERTIFICAÇÃO GUIA PRÁTICO DOENÇA PROFISSIONAL - CERTIFICAÇÃO INSTITUTO DA SEGURANÇA SOCIAL, I.P ISS, I.P. Pág. 1/12 FICHA TÉCNICA TÍTULO Guia Prático Doença Profissional - Certificação (N28 v4.06) PROPRIEDADE Instituto

Leia mais

O TOConline é uma plataforma de gestão colaborativa, da Ordem dos Técnicos Oficiais de Contas, desenvolvida em parceria com a empresa Cloudware S.A.

O TOConline é uma plataforma de gestão colaborativa, da Ordem dos Técnicos Oficiais de Contas, desenvolvida em parceria com a empresa Cloudware S.A. Vendas (faturação) O TOConline é uma plataforma de gestão colaborativa, da Ordem dos Técnicos Oficiais de Contas, desenvolvida em parceria com a empresa Cloudware S.A. Com o TOConline pode gerir a sua

Leia mais

PHC CS. Loja Web. A sua loja online integrada com o PHC CS Gestão. Aproveite todos os benefícios do seu negócio online

PHC CS. Loja Web. A sua loja online integrada com o PHC CS Gestão. Aproveite todos os benefícios do seu negócio online PHC CS Loja Web Aproveite todos os benefícios do seu negócio online Venda a qualquer hora, em qualquer local Atinja novos mercados Modernize a imagem do seu negócio Melhore o seu serviço ao cliente Evite

Leia mais

Brasileiros não fazem controle do orçamento pessoal, diz pesquisa

Brasileiros não fazem controle do orçamento pessoal, diz pesquisa Seis em cada dez consumidores têm dificuldades para fazer o controle de ganhos e gastos mensais. 49% pagam todas as contas com sobra de dinheiro mês, mas 33% usam empréstimos, cheque especial e cartão

Leia mais

GUIA PRÁTICO INSCRIÇÃO, ALTERAÇÃO E CESSAÇÃO DE SERVIÇO DOMÉSTICO INSTITUTO DA SEGURANÇA SOCIAL, I.P

GUIA PRÁTICO INSCRIÇÃO, ALTERAÇÃO E CESSAÇÃO DE SERVIÇO DOMÉSTICO INSTITUTO DA SEGURANÇA SOCIAL, I.P GUIA PRÁTICO INSCRIÇÃO, ALTERAÇÃO E CESSAÇÃO DE SERVIÇO DOMÉSTICO INSTITUTO DA SEGURANÇA SOCIAL, I.P FICHA TÉCNICA TÍTULO Guia Prático Inscrição, Alteração e Cessação do Serviço Doméstico (1003 v4.09)

Leia mais

Como destinar parte do seu Imposto de Renda a fundos e projetos sociais

Como destinar parte do seu Imposto de Renda a fundos e projetos sociais Como destinar parte do seu Imposto de Renda a fundos e projetos sociais Manual de orientação Você sabia que parte do seu Imposto de Renda (IR) pode ser destinado para fundos e programas sociais? É possível

Leia mais

"Troikas no processamento salarial"

Troikas no processamento salarial "Troikas no processamento salarial" Sónia Rebelo Consultora Senior RH Hugo Miguel Ribeiro Coordenador RH Quidgest Portugal R. Castilho n.º 63 6.º 1250-068 Lisboa Portugal tel. (+351) 213 870 563 / 652

Leia mais

GUIA PRÁTICO REDUÇÃO DE TAXA CONTRIBUTIVA PRÉ REFORMA INSTITUTO DA SEGURANÇA SOCIAL, I.P

GUIA PRÁTICO REDUÇÃO DE TAXA CONTRIBUTIVA PRÉ REFORMA INSTITUTO DA SEGURANÇA SOCIAL, I.P GUIA PRÁTICO REDUÇÃO DE TAXA CONTRIBUTIVA PRÉ REFORMA INSTITUTO DA SEGURANÇA SOCIAL, I.P FICHA TÉCNICA TÍTULO Guia Prático Redução de Taxa Contributiva Pré Reforma (2005 v5.4) PROPRIEDADE Instituto da

Leia mais

Educação Financeira para empreendedores e sua importância.

Educação Financeira para empreendedores e sua importância. Finanças Pessoais $ Educação Financeira para empreendedores e sua importância. Por meio da Educação Financeira você poderá planejar o seu negócio a curto, médio e longo prazo, sendo capaz de visualizar

Leia mais

Usos do nome de terceiros. Abril de 2016

Usos do nome de terceiros. Abril de 2016 Usos do nome de terceiros Abril de 2016 OBJETIVOS DO ESTUDO Mapear o perfil e investigar o comportamento relacionado ao pedido de empréstimo de nome de terceiros para fazer compras parceladas. METODOLOGIA

Leia mais

Unidade I Conjunto dos Números Inteiros.

Unidade I Conjunto dos Números Inteiros. A A Unidade I Conjunto dos Números Inteiros. A A Aula 8.2 Conteúdo: Problemas com divisão de inteiros. A A Habilidade: Resolver problemas que envolvam números inteiros. A A Agora iremos aprender uma forma

Leia mais

Como gerir um espaço de conversa (chat) ou uma vídeo-conferência e participar num fórum de debate (Google Hangouts)

Como gerir um espaço de conversa (chat) ou uma vídeo-conferência e participar num fórum de debate (Google Hangouts) Como gerir um espaço de conversa (chat) ou uma vídeo-conferência e participar num fórum de debate (Google Hangouts) Este módulo irá ensinar-lhe como gerir um espaço de conversa (chat) ou uma videoconferência

Leia mais

Nome do animador: B / INFORMAÇÕES ECONOMICAS. Fontes de rendimento da família: o beneficiário, o conjunto, os filhos, o apoio da família, etc.

Nome do animador: B / INFORMAÇÕES ECONOMICAS. Fontes de rendimento da família: o beneficiário, o conjunto, os filhos, o apoio da família, etc. SEGUNDA ENTREVISTA VISITA EM CASA E/OU NO LOCAL DE TRABALHO Objectivo : Conhecer em detlahes a situação familiar economica e social do beneficiario, a actividade economica jà implementada e fornecer uma

Leia mais

O meu dinheiro não manda em mim

O meu dinheiro não manda em mim O meu dinheiro não manda em mim O que se pensava que era o século XXI Os carros voam por estradas àreas O teletransporte é comum Fazem-se excursões a Marte A economia é sempre a crescer, a valorizar, a

Leia mais

MATEMÁTICA FINANCEIRA

MATEMÁTICA FINANCEIRA FACULDADE COMUNITARIA DE RIO CLARO ANHANGUERA EDUCACIONAL MATEMÁTICA FINANCEIRA Prof. Edílson Celso Luiz Domingues Junior RA 0820290 2º Semestre ADM Taxa Interna de Retorno. TAXA INTERNA DE RETORNO (TIR)

Leia mais

Uma das maiores dúvidas, principalmente para quem está iniciando no mercado de Arquitetur a

Uma das maiores dúvidas, principalmente para quem está iniciando no mercado de Arquitetur a Como cobrar por projetos (arquitetônico elétrico incêndio hidrossanitário estrutural) Uma das maiores dúvidas principalmente para quem está iniciando no mercado de Arquitetur a Engenh aria ou como projetista

Leia mais

CONSUMER PAYMENT REPORT 2015

CONSUMER PAYMENT REPORT 2015 PORTUGAL CONSUMER PAYMENT REPORT A Intrum Justitia recolheu dados de. consumidores em 1 países europeus para adquirir o conhecimento da vida quotidiana dos consumidores europeus; dos seus gastos e da sua

Leia mais

Aplicativo VP Móvel ProPontos

Aplicativo VP Móvel ProPontos Aplicativo VP Móvel ProPontos 2 A tela inicial do Monitor ProPontos exibe sempre a data atual, mas você pode checar os dias anteriores para monitorar a sua alimentação. Digamos que a sua Cota Diária seja

Leia mais

Matemática Financeira

Matemática Financeira Matemática Financeira Juros Simples Professor Edgar Abreu www.acasadoconcurseiro.com.br Matemática Financeira CAPITALIZAÇÃO SIMPLES X CAPITALIZAÇÃO COMPOSTA A definição de capitalização é uma operação

Leia mais

Administração de Finanças Pessoais e de Família. Prof. Dr. Fabio Junges - Módulo II

Administração de Finanças Pessoais e de Família. Prof. Dr. Fabio Junges - Módulo II Administração de Finanças Pessoais e de Família Prof. Dr. Fabio Junges - fabio@fabiojunges.com.br Módulo II Alguma mudança nestas últimas duas semanas em relação às suas finanças e da sua família? Módulo

Leia mais

Manual de utilizador do Sistema PUC para dispositivos móveis

Manual de utilizador do Sistema PUC para dispositivos móveis TRABALHO FINAL DE CURSO do Curso de LICENCIATURA EM ENGENHARIA INFORMÁTICA E DE COMPUTADORES (LEIC) Departamento de Engenharia Informática Ano Lectivo 2003 / 2004 Manual de utilizador do Sistema PUC para

Leia mais

Microcrédito e Comércio Justo

Microcrédito e Comércio Justo Microcrédito e Comércio Justo Antiga DIT Antiga DIT A Antiga DIT A Antiga DIT baseava-se no princípio da especialização. Os países do Sul especializavam-se em produtos de baixo valor acrescentado. Quando

Leia mais

1. As parcelas são pagas ao final de cada período. Neste caso denomina-se pagamento postecipado.

1. As parcelas são pagas ao final de cada período. Neste caso denomina-se pagamento postecipado. PARTE 5 SÉRIE UNIFORME DE PAGAMENTOS CONTEÚDO PROGRAMÁTICO 1. Introdução 2. Prestações e Valor presente 3. Prestações e Valor futuro 4. Renda perpétua 5. Exercícios Resolvidos 1. Introdução Quando se contrai

Leia mais

Código Classificação Descrição Saldo Anterior Débitos Créditos Saldo Atual 17 1 ATIVO , , , ,08

Código Classificação Descrição Saldo Anterior Débitos Créditos Saldo Atual 17 1 ATIVO , , , ,08 Folha: 1 17 1 ATIVO 863.573,71 547.285,08 533.724,71 877.134,08 23 1.1 ATIVO CIRCULANTE 603.762,30 512.060,74 533.724,71 582.098,33 30 1.1.1 DISPONIBILIDADE 472.036,78 255.694,79 264.887,26 462.844,31

Leia mais

Rosália do Vale COMO FAZER UMA FANPAGE DE SUCESSO SEM GASTAR NADA!

Rosália do Vale COMO FAZER UMA FANPAGE DE SUCESSO SEM GASTAR NADA! Rosália do Vale COMO FAZER UMA FANPAGE DE SUCESSO SEM GASTAR NADA! Sobre o e-book Antes de começar O Facebook é sem dúvida a principal rede social atualmente. Fazer uma fanpage da sua empresa ou do seu

Leia mais

7 dicas de utilização do 13 salário

7 dicas de utilização do 13 salário 7 dicas de utilização do 13 salário P O R P A L E S T R A N T E E R A S M O E V I E I R A C O A C H I N G F I N A N C E I R O "Dinheiro foi feito para Gastar! Mas principalmente para realização de seus

Leia mais

DATA 29/05/2014 Pagina 2 2.1.3.1.1.00.00.00 FORNECEDORES E CONTAS A PAGAR NACIONAIS A CURTO PR S C 0,00 582,25 3.432,21 2.849,96 C 2.1.3.1.1.01.00.00

DATA 29/05/2014 Pagina 2 2.1.3.1.1.00.00.00 FORNECEDORES E CONTAS A PAGAR NACIONAIS A CURTO PR S C 0,00 582,25 3.432,21 2.849,96 C 2.1.3.1.1.01.00.00 DATA 29/05/2014 Pagina 1 1.0.0.0.0.00.00.00 ATIVO S D 26.200,85 197.350,24 153.749,66 69.801,43 D 1.1.0.0.0.00.00.00 ATIVO CIRCULANTE S D 15.643,04 197.350,24 153.614,51 59.378,77 D 1.1.1.0.0.00.00.00

Leia mais

ARRANJO PRODUTIVO LOCAL DE DOCES EM TABULEIRO DO NORTE 1

ARRANJO PRODUTIVO LOCAL DE DOCES EM TABULEIRO DO NORTE 1 ARRANJO PRODUTIVO LOCAL DE DOCES EM TABULEIRO DO NORTE 1 1. Localização (discriminação): Município de Tabuleiro do Norte. 2. Natureza da Atividade: Produção de doces 3. Idade do arranjo A maioria das empresas

Leia mais

Introdução. à Macroeconomia. Mensuração do PIB

Introdução. à Macroeconomia. Mensuração do PIB Introdução à Macroeconomia Mensuração do PIB Microeconomia vs. Macroeconomia Microeconomia: O estudo de como famílias e empresas tomam decisões e de como interagem nos mercados. Macroeconomia: O estudo

Leia mais

ESTUDO DA SOCIEDADE PORTUGUESA- MARÇO 2016 RENDIMENTO E POUPANÇA. Rendimento e Poupança. Rendimento e poupança- Sumário

ESTUDO DA SOCIEDADE PORTUGUESA- MARÇO 2016 RENDIMENTO E POUPANÇA. Rendimento e Poupança. Rendimento e poupança- Sumário ESTUDO DA SOCIEDADE PORTUGUESA- MARÇO 2016 RENDIMENTO E POUPANÇA Rendimento e poupança- Sumário O Observatório da Sociedade Portuguesa da Católica Lisbon- School of Business and Economics (CATÓLICA-LISBON)

Leia mais

PROJECTO DE LEI N.º 447/X

PROJECTO DE LEI N.º 447/X Grupo Parlamentar PROJECTO DE LEI N.º 447/X ALTERA A LEI N.º 53-B/2006, DE 29 DE DEZEMBRO, QUE CRIA O INDEXANTE DOS APOIOS SOCIAIS E NOVAS REGRAS DE ACTUALIZAÇÃO DAS PENSÕES E OUTRAS PRESTAÇÕES SOCIAIS

Leia mais

IDENTIFICAÇÃO DA UNIDADE LOCAL PARTE A PARTE B

IDENTIFICAÇÃO DA UNIDADE LOCAL PARTE A PARTE B INSTRUMENTO DE NOTAÇÃO DO SISTEMA ESTATÍSTICO NACIONAL (LEI 22/2008, DE 13 DE MAIO), DE RESPOSTA OBRIGATÓRIA, REGISTADO NO INE SOB O Nº 10036 VÁLIDO ATÉ 31-12-2016 ANTES DE RESPONDER LEIA ATENTAMENTE AS

Leia mais

RENDIMENTOS TRIBUTÁVEIS RECEBIDOS DE PESSOA FÍSICA E DO EXTERIOR PELOS DEPENDENTES

RENDIMENTOS TRIBUTÁVEIS RECEBIDOS DE PESSOA FÍSICA E DO EXTERIOR PELOS DEPENDENTES IDENTIFICAÇÃO DO CONTRIBUINTE Nome: Cristiane Foroni Barrionuevo Data de Nascimento: 17/01/1983 Título Eleitoral: 018509301945 Houve mudança de endereço? Não Um dos declarantes é pessoa com doença grave

Leia mais

4 ApurAção InstAntâneA de resultados econômicos

4 ApurAção InstAntâneA de resultados econômicos 4 Apuração Instantânea de Resultados Econômicos Se observarmos bem, os contadores estão utilizando o computador para elaborar, não só o balancete como também outras demonstrações financeiras como a Demonstração

Leia mais

Orçamento apertado: como organizar as finanças? CONTAS EM ORDEM

Orçamento apertado: como organizar as finanças? CONTAS EM ORDEM Guia Financeiro 4 Orçamento apertado: como organizar as finanças? Alguns sinais indicam que suas finanças precisam de maior atenção: ao fechar o mês no vermelho, ao atrasar a fatura do cartão de crédito,

Leia mais

2 Guia prático de gestão financeira

2 Guia prático de gestão financeira Joaquim B. de Souza Sumário Apresentação... 3 Objetivo Principal... 4 Introdução... 6 Ferramentas do Microsoft Excel... 7 Lição I Juros Simples... 9 Incidência direta sobre o capital... 9 Lição II - Juros

Leia mais

EDUCAÇÃO E PLANEJAMENTO FINANCEIRO. Shandra Aguiar. Coordenadora do Núcleo de Educação do Consumidor- Educon UFC

EDUCAÇÃO E PLANEJAMENTO FINANCEIRO. Shandra Aguiar. Coordenadora do Núcleo de Educação do Consumidor- Educon UFC EDUCAÇÃO E PLANEJAMENTO FINANCEIRO Shandra Aguiar Coordenadora do Núcleo de Educação do Consumidor- Educon UFC PARA PENSAR... Como me vejo em 2022 Como eu vejo a minha vida de aposentada(o) Qual o significado

Leia mais

A ida ao circo MATEMÁTICA. Faz uma estimativa para o custo dos bilhetes para as seguintes famílias: Calcula, usando a calculadora, o custo certo.

A ida ao circo MATEMÁTICA. Faz uma estimativa para o custo dos bilhetes para as seguintes famílias: Calcula, usando a calculadora, o custo certo. 7. ANO TRANSPARÊNCIA 1 A ida ao circo Idade (anos) Semana Seg.-Sex. Fim-de-semana Sáb. ou Dom. Crianças < 10 1,25 Æ 1,50 Æ Jovens 10-16 2,50 Æ 3,90 Æ Adultos > 16 4,55 Æ 6,12 Æ O circo, Georges Seurat

Leia mais

Como Cadastrar Grade Horária? - FP02

Como Cadastrar Grade Horária? - FP02 Como Cadastrar Grade Horária? - FP02 Sistema: Futura Ponto Caminho: Cadastros>Empresa>Grade Horária Referencia: FP02 Versão: 2015.5.4 Como funciona: A tela Grade Horária é utilizada para registrar grades

Leia mais

Guilherme de Azevedo M. C. Guimarães. Os Diversos Tipos De Taxas

Guilherme de Azevedo M. C. Guimarães. Os Diversos Tipos De Taxas Guilherme de Azevedo M. C. Guimarães Os Diversos Tipos De Taxas 01:: Finanças para novos empreendimentos :: Guilherme de Azevedo M. C. Guimarães Meta Apresentar os diversos tipos de taxas de juro. Ensinar

Leia mais

TABELA DE PREÇOS DOS SERVIÇOS MUNICIPALIZADOS DE ÁGUA, ELECTRICIDADE E SANEAMENTO DE SANTO TIRSO

TABELA DE PREÇOS DOS SERVIÇOS MUNICIPALIZADOS DE ÁGUA, ELECTRICIDADE E SANEAMENTO DE SANTO TIRSO TABELA DE PREÇOS DOS SERVIÇOS MUNICIPALIZADOS DE ÁGUA, ELECTRICIDADE E SANEAMENTO DE SANTO TIRSO - 2014 CAPÍTULO I DISPOSIÇÕES GERAIS 1. Os Preços a cobrar pelos SMAES de Santo Tirso são os constantes

Leia mais

GUIA DO CRÉDITO CONSCIENTE

GUIA DO CRÉDITO CONSCIENTE GUIA DO 1 FAMILIAR GUIA DO 2 Existem várias maneiras de usar o dinheiro de forma consciente. Uma delas é definir suas necessidades e planejar todos os seus gastos levando em conta a renda disponível. Para

Leia mais

Seminário Mercer Resultados da Pesquisa junto aos Aposentados da Previdência Complementar (1.551 respondentes)

Seminário Mercer Resultados da Pesquisa junto aos Aposentados da Previdência Complementar (1.551 respondentes) Seminário Mercer Resultados da Pesquisa junto aos Aposentados da Previdência Complementar (1.551 respondentes) 22 DE MAIO DE 2014 Mercer São Paulo Renda familiar Idade Até R$ 4.160,00 Idade Entre R$ 4.160,00

Leia mais

Como Divulgar seu blog: O passo a passo para a divulgação efetiva de um novo artigo. VIVER DE BLOG Página 1

Como Divulgar seu blog: O passo a passo para a divulgação efetiva de um novo artigo. VIVER DE BLOG Página 1 Como Divulgar seu blog: O passo a passo para a divulgação efetiva de um novo artigo VIVER DE BLOG Página 1 INTRODUÇÃO Muitos produtores de conteúdo cometem um grave erro. Após apertarem o botão de publicação

Leia mais

REPÚBLICA DEMOCRÁTICA DE TIMOR-LESTE MINISTÉRIO DAS FINANÇAS DIRECÇÃO NACIONAL DOS IMPOSTOS DOMÉSTICOS. Guia para Empregadores e Empregados

REPÚBLICA DEMOCRÁTICA DE TIMOR-LESTE MINISTÉRIO DAS FINANÇAS DIRECÇÃO NACIONAL DOS IMPOSTOS DOMÉSTICOS. Guia para Empregadores e Empregados REPÚBLICA DEMOCRÁTICA DE TIMOR-LESTE MINISTÉRIO DAS FINANÇAS DIRECÇÃO NACIONAL DOS IMPOSTOS DOMÉSTICOS Imposto sobre Rendimentos de Vencimentos Guia para Empregadores e Empregados Guia G 02 Versão 01.12.09

Leia mais

GUIA PRÁTICO DECLARAÇÃO DE REMUNERAÇÕES POR INTERNET INSTITUTO DA SEGURANÇA SOCIAL, I.P

GUIA PRÁTICO DECLARAÇÃO DE REMUNERAÇÕES POR INTERNET INSTITUTO DA SEGURANÇA SOCIAL, I.P GUIA PRÁTICO DECLARAÇÃO DE REMUNERAÇÕES POR INTERNET INSTITUTO DA SEGURANÇA SOCIAL, I.P FICHA TÉCNICA TÍTULO Guia Prático de Declaração de Remunerações por Internet (2027 V4.14) PROPRIEDADE Instituto da

Leia mais

Poupança e Investimento

Poupança e Investimento Poupança e Investimento Davi Trindade Batista Analista de Mercado Financeiro - CVM As opiniões e conclusões externadas nesta apresentação são de inteira responsabilidade do palestrante, não refletindo,

Leia mais

O Preçário das Operações BNI pode ser consultado nos Balcões e Locais de Atendimento ao público do Banco de Negócios Internacional ou em

O Preçário das Operações BNI pode ser consultado nos Balcões e Locais de Atendimento ao público do Banco de Negócios Internacional ou em Instituição Financeira Bancária Preçário das Operações ANEXO II Tabela de Taxas de Juro DATA DE ENTRADA EM VIGOR: 12 de Janeiro de 2017 O Preçário das Operações BNI pode ser consultado nos Balcões e Locais

Leia mais

Para onde vai o meu dinheiro????? Treinamento Online com a Diretora De Vendas Ana Carolina Avelar

Para onde vai o meu dinheiro????? Treinamento Online com a Diretora De Vendas Ana Carolina Avelar Para onde vai o meu dinheiro????? Treinamento Online com a Diretora De Vendas Ana Carolina Avelar Você gostaria de: Sair do vermelho? Saber quanto você tem sobrando esse mês Não ficar mais no negativo

Leia mais

Alfabetização Matemática para professores da Educação Infantil ao 3o ano do ensino fundamental Campo Aditivo

Alfabetização Matemática para professores da Educação Infantil ao 3o ano do ensino fundamental Campo Aditivo Campo Aditivo Diante um problema do campo aditivo, pode-se dividí-lo em 3 partes Tipos de problemas do Campo Aditivo 4 situações-problema que geram 12 tipos de problema Estratégia de resolução Utilizar

Leia mais

Cartilha de Tributação 2016

Cartilha de Tributação 2016 Cartilha de Tributação 2016 Como funciona o Imposto de Renda incidente sobre Planos de Previdência Complementar *? * Na modalidade de Contribuição Definida ou Variável Conforme a legislação tributária

Leia mais