A TRANSIÇÃO DO CURSO DE HISTÓRIA ANTIGO PARA O CURSO DE HISTÓRIA ADEQUADO A BOLONHA. 1º CICLO DE ESTUDOS (Licenciatura)

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "A TRANSIÇÃO DO CURSO DE HISTÓRIA ANTIGO PARA O CURSO DE HISTÓRIA ADEQUADO A BOLONHA. 1º CICLO DE ESTUDOS (Licenciatura)"

Transcrição

1 A TRANSIÇÃO DO CURSO DE HISTÓRIA ANTIGO PARA O CURSO DE HISTÓRIA A BOLONHA 1º CICLO DE ESTUDOS (Licenciatura) O presente regime de transição para o curso de História em funcionamento na Universidade Aberta entrará em vigor no ano lectivo Os estudantes que estão ao abrigo de regime de transição só precisam de completar o número de créditos necessário para concluir a licenciatura (180 ECTS) e realizar as unidades curriculares que são consideradas obrigatórias, devidamente assinaladas. Por isso, podem inscrever-se nas unidades curriculares do maior e dos vários minores que estão em oferta, não sendo obrigados a realizar todas as suas unidades curriculares. Ao estudante que transitar do antigo para o novo elenco curricular será conferido um diploma onde se averbarão as disciplinas realizadas com sucesso do antigo plano de estudos, bem como as unidades curriculares do novo plano de estudos, com as respectivas designações. Todas as dúvidas devem ser colocadas, de forma clara e concisa, a UM dos elementos da Equipa de Coordenação do Curso, através do endereço electrónico: Doutor João Luís Cardoso Doutora Mª Alexandra Gago da Câmara Doutora Maria João Branco Doutora Rosário Bastos Tenha em atenção as unidades curriculares que não vão funcionar este ano lectivo de , assinaladas com #, e os semestres em que funcionam (Cf. Guia Informativo, logo que esteja online).

2 Para determinar a sua situação, observe os passos que se seguem: 1. Some as unidades de crédito das disciplinas que já realizou com sucesso. 2. Veja se no elenco dessas disciplinas já feitas constam as que a seguir se indicam no Quadro nº 1, as quais são obrigatórias para concluir o grau de licenciado. QUADRO Nº 1 DISCIPLINA UNIDADES DE CRÉDITO 278 Pré-História 430 Proto-História** Portugal Romano* História de Portugal Medieval 414 (Economia e Sociedade) História de Portugal Medieval 415 História de Portugal Moderno 416 (Político e Institucional História de Portugal Moderno (Economia e Sociedade)** 417 História de Portugal Contemporâneo 418 História de Portugal Contemporâneo (Economia e Sociedade)** 427 História dos Descobrimentos e da Expansão Portuguesa 520 Geografia de Portugal (Meio Físico e Recursos Naturais) 518 Geografia Humana de Portugal 532 Civilizações Pré-Clássicas 558 Civilizações Clássicas I Grécia Civilizações Clássicas II - Roma História da Idade Média 535 História da Idade Moderna 536 História da Idade Contemporânea * Esta disciplina não tem correspondência no novo plano de estudos, por isso não é obrigatória para a conclusão do curso. ** No caso das disciplinas que funcionam em alternativa basta o estudante ter realizado com sucesso uma delas. 3. Se possuir, no mínimo, 215 unidades de crédito e já tiver realizado com sucesso todas as disciplinas indicadas no Quadro nº 1, com a ressalva da nota anterior, a sua licenciatura está concluída e pode solicitar o diploma ao abrigo do Regime de Transição Normas Regulamentares (Cf. Artigo 6º 1.). 4. Porém, tem de transitar para o novo currículo, adequado a Bolonha, se não preencher os requisitos referidos no ponto 3.

3 Neste caso, observe os seguintes passos: Verifique na tabela de conversão das unidades de crédito antigas em ECTS qual o número de ECTS correspondentes às unidades de crédito já obtidas e o número de disciplinas (=unidades curriculares) em que terá ainda de se matricular para concluir o curso. TABELA DE CONVERSÃO DAS UNIDADES DE CRÉDITO ANTIGAS EM ECTS A Quantidade de unidades de crédito que já obteve B Quantidade de ECTS a que o nº de unidades de crédito de A corresponde C Quantidade de ECTS que falta para a conclusão do Curso D Quantidade de unidades curriculares (= disciplinas) semestrais a que correspondem os ECTS em C

4 Consulte o Quadro nº 2 para determinar qual(ais) a(s) disciplina(s) obrigatória(s), assinaladas com asterisco, no plano de estudos adequado, que ainda tem que realizar, caso não tenha feito as correspondentes no plano de estudos antigo. Seleccione no Quadro nº 2 as unidades curriculares do plano de estudos adequado, em que ainda tenha que se inscrever para completar o curso, até ao limite máximo de 72 ECTS. Chama-se a atenção para o facto de não poder inscrever-se nas unidades curriculares que sejam correspondentes às que já realizou com sucesso. QUADRO nº 2 Lista comparada do antigo e do adequado plano de estudos ANTIGO Licenciatura em História MAIOR EM HISTÓRIA Problemática do 313 Conhecimento Histórico Património Histórico e 310 Artístico Temas de Cultura Pré-História *Pré e Proto-História de 430 Proto-História 1 Portugal Portugal Romano Civilizações Pré-Clássicas *História das Civilizações 348 Pré-Clássicas 558 Civilizações Clássicas I. Grécia * História das Civilizações 559 Civilizações Clássicas II. Roma 1 Clássicas História da Idade Média *História da Idade Média História de Portugal Medieval 414 História de Portugal Medieval (Economia e Sociedade) 1 *História de Portugal Medieval História da Idade Moderna *História da Idade Moderna História de Portugal Moderno 416 História de Portugal Moderno (Economia e Sociedade) História dos Descobrimentos e da Expansão Portuguesa *História de Portugal Moderno *História dos Descobrimentos e da Expansão Portuguesa 536 História da Idade Contemporânea *História da Idade Contemporânea História de Portugal 417 Contemporâneo

5 418 História de Portugal Contemporâneo (Economia e Sociedade) 1 História de Portugal Contemporâneo Teorias e Correntes Historiográficas Seminário Seminário Língua Estrangeira I (Opcional) Língua Estrangeira II (Opcional) Língua Estrangeira III (Opcional)# Língua Estrangeira IV (Opcional)# Tópicos de Informática (Opcional) Tecnologias da Informação e Internet (Opcional)# Geografia de Portugal (Meio Físico *Geografia Física e 325 e Recursos Naturais) Ambiente (Opcional)# 518 Geografia Humana de Portugal *Geografia Humana de 326 Portugal (Opcional) Notas: 1 No caso das disciplinas que funcionam em alternativa basta o estudante ter realizado com sucesso uma delas, o que significa que se o estudante já concluiu com sucesso uma delas não se pode inscrever na correspondente no novo plano de estudos, adequado a Bolonha. 2 Os estudantes integrados no ponto 4 não se encontram abrangidos pela foram de organização curricular em maior/minor, não podendo, por isso, inscrever-se no Seminário. 3 Em todas as unidades curriculares de Língua Estrangeira é adoptado o regime de precedências. Caso o estudante pretenda iniciar o seu percurso nos níveis II a IV de Língua Estrangeira deve realizar um exame que determine o nível de ingresso. QUADRO nº 3 Lista comparada do antigo e do novo plano de estudos (Continuação) ANTIGO PLANO DE ESTUDOS (disciplinas de opção) MINOR ARTES E PATRIMÓNIO 720 Estética e Teoria da Arte Estética e Teoria da Arte História Geral da Arte I 719 História Geral da Arte II* Arte do Ocidente Europeu História da Arte Portuguesa História da Arte Portuguesa I 328 Época Medieval 446 História da Arte Portuguesa 592 Época Moderna História da Arte Portuguesa História da Arte Portuguesa II 329

6 Época Contemporânea* 154 Iniciação à Museologia Iniciação à Museologia Salvaguarda do Património Construído em Portugal Sociologia da Arte Sociologia da Arte Artes Decorativas em Portugal História do Teatro História do Teatro I 518 História do Teatro II História da Música História da Música Portuguesa 345 Portuguesa História do Cinema Património Industrial em 311 Portugal História da Fotografia em Portugal 332 * No caso das disciplinas que funcionam em alternativa basta o estudante ter realizado com sucesso uma delas, o que significa que se o estudante já concluiu com sucesso uma delas não se pode inscrever na correspondente no novo plano de estudos, adequado a Bolonha. ANTIGO PLANO DE ESTUDOS (disciplinas de opção) MINOR CULTURA E RELIGIÃO Cultura e Mitologias na 341 Antiguidade Temas de Cultura e Religião Idade Média Temas de Cultura e Religião Idade Moderna Temas de Cultura e Religião Idade Contemporânea 3933 Antropologia das Religiões Antropologia das Religiões Arte e Património Religioso Cristãos-novos no Espaço 313 Peninsular * Missionação no Império 398 # Religiões Helenísticas # História do Judaísmo * História do Islamismo * História do Cristianismo* Filosofia da Religião # 318 *No caso das unidades curriculares opcionais, a Universidade Aberta reserva-se o direito de não as oferecer, sempre que o número de inscrições assim o obrigue.

7 ANTIGO PLANO DE ESTUDOS (disciplinas de opção) 341 Introdução aos Estudos Linguísticos MINOR Língua, Literatura e Cultura Portuguesas Introdução aos Estudos Linguísticos I Introdução aos Estudos Linguísticos II Fonética e Fonologia do Fonética e Fonologia do Morfologia do Morfologia do Sintaxe e Semântica do Sintaxe do 565 I 4555 Sintaxe e Semântica do Semântica e Pragmática do 563 II 180 Introdução aos Estudos Introdução aos Estudos 523 Literários Literários I Introdução aos Estudos 524 Literários II 504 Teoria e Metodologias Teoria e Metodologia Literárias 571 Literárias I Teoria e Metodologia Literárias 572 II 505 Literatura Portuguesa Literatura Portuguesa I 544 Medieval 506 Literatura Portuguesa Literatura Portuguesa II 545 Clássica 507 Literatura Portuguesa Literatura Portuguesa III 546 Moderna e Contemporânea Cultura Portuguesa História da Língua História da Língua Portuguesa 515 Portuguesa I História e Periodização 520 Literária 277 História do Teatro História do Teatro I 518 História do Teatro II Latim Elementar I Latim Elementar II Latim I (Língua e Cultura) Língua e Cultura Latinas I 530 Língua e Cultura Latinas II Latim II (Língua e Cultura) Língua e Cultura Latinas III 532 Língua e Cultura Latinas IV 533

Doutora Isabel Barros Dias Doutora Maria do Rosário Lupi Bello

Doutora Isabel Barros Dias   Doutora Maria do Rosário Lupi Bello TRANSIÇÃO DO CURSO DE LICENCIATURA EM LÍNGUAS E LITERATURAS MODERNAS VARIANTE DE ESTUDOS PORTUGUESES PARA O CURSO DE LICENCIATURA EM LÍNGUAS, LITERATURAS E CULTURAS ESTUDOS PORTUGUESES (MAIOR EM ESTUDOS

Leia mais

REGIME DE TRANSIÇÃO. Normas regulamentares. Artigo 1º Objecto

REGIME DE TRANSIÇÃO. Normas regulamentares. Artigo 1º Objecto REGIME DE TRANSIÇÃO Do Curso de Licenciatura em Línguas e Literaturas Modernas variante Estudos Portugueses e Ingleses para o Curso de Licenciatura em Línguas, Literaturas e Culturas Estudos Portugueses

Leia mais

Doutora Isabel Barros Dias e-mail: isabelbd@univ-ab.pt Doutora Maria do Rosário Lupi Bello e-mail: rosario@univ-ab.pt

Doutora Isabel Barros Dias e-mail: isabelbd@univ-ab.pt Doutora Maria do Rosário Lupi Bello e-mail: rosario@univ-ab.pt TRANSIÇÃO DO CURSO DE LICENCIATURA EM LÍNGUAS E LITERATURAS MODERNAS VARIANTE DE ESTUDOS PORTUGUESES E INGLESES PARA O CURSO DE LICENCIATURA EM LÍNGUAS, LITERATURAS E CULTURAS ESTUDOS PORTUGUESES (MAIOR

Leia mais

Exames da Universidade Aberta - Julho 2010

Exames da Universidade Aberta - Julho 2010 ESCOLA SUPERIOR DE EDUCAÇÃO DO INSTITUTO POLITÉCNICO DE SETÚBAL Data 02-Jul 06-Jul 07-Jul Horário Exames da Universidade Aberta - Julho 2010 Disciplinas Cód. Descrição 11009 Conhecimento do Mundo Social

Leia mais

ARTES E HUMANIDADES Instruções para as Inscrições 2014/2015 (2.º ANO e 3.º ANO)

ARTES E HUMANIDADES Instruções para as Inscrições 2014/2015 (2.º ANO e 3.º ANO) ARTES E HUMANIDADES Instruções para as Inscrições 2014/2015 (2.º ANO e 3.º ANO) Cumprido o tronco comum, para perfazer os 180 créditos ECTS, o aluno pode optar por um ou dois majors, por um major e dois

Leia mais

Doutora Isabel Barros Dias e-mail: isabelbd@univ-ab.pt Doutora Maria do Rosário Lupi Bello e-mail: rosario@univ-ab.pt

Doutora Isabel Barros Dias e-mail: isabelbd@univ-ab.pt Doutora Maria do Rosário Lupi Bello e-mail: rosario@univ-ab.pt TRANSIÇÃO DO CURSO DE LICENCIATURA EM LÍNGUAS E LITERATURAS MODERNAS VARIANTE DE ESTUDOS PORTUGUESES E ALEMÃES PARA O CURSO DE LICENCIATURA EM LÍNGUAS, LITERATURAS E CULTURAS ESTUDOS PORTUGUESES (MAIOR

Leia mais

Licenciatura em ESTUDOS EUROPEUS

Licenciatura em ESTUDOS EUROPEUS Licenciatura em ESTUDOS EUROPEUS Regime de transição para o novo plano de estudos da licenciatura em Estudos Europeus No ano letivo de 2016-2017, todos os estudantes matriculados/inscritos na licenciatura

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE OURO PRETO PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO

UNIVERSIDADE FEDERAL DE OURO PRETO PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO LICENCIATURA EM LÍNGUA PORTUGUESA EDU236 Fundamentos da Educação: Sociologia - 30 36 2 0 3º EDU237 Fundamentos da Educação: Filosofia - 30 36 2 0 3º LET812 Estudos de Leitura - 60 72 2 2 3º LET872 Teoria

Leia mais

FACULDADE INTERDISCIPLINAR DE HUMANIDADES CURSO: BACHARELADO EM HUMANIDADES CURSOS: LICENCIATURAS GEOGRAFIA, HISTÓRIA, LETRAS PORTUGUÊS/INGLÊS,

FACULDADE INTERDISCIPLINAR DE HUMANIDADES CURSO: BACHARELADO EM HUMANIDADES CURSOS: LICENCIATURAS GEOGRAFIA, HISTÓRIA, LETRAS PORTUGUÊS/INGLÊS, FACULDADE INTERDISCIPLINAR DE HUMANIDADES CURSO: BACHARELADO EM HUMANIDADES CURSOS: LICENCIATURAS GEOGRAFIA, HISTÓRIA, LETRAS PORTUGUÊS/INGLÊS, LETRAS PORTUGUÊS/ESPANHOL, PEDAGOGIA EIXO DE FORMAÇÃO DE

Leia mais

MAPA DE EXAMES CONVENCIONAIS MÊS DE JANEIRO 2011

MAPA DE EXAMES CONVENCIONAIS MÊS DE JANEIRO 2011 MP DE EXMES CONVENCIONIS MÊS DE JNEIRO 0.00h DT DI PERÍODO COD DISCIPLINS Nº LUNOS LOCL Salas 0/0 ªf 0 Educação e Sociedade 0/0 ªf 0 Gestão de Conflitos na Escola 0/0 ªªf 0 Práticas e Tecnologias da Informação

Leia mais

UNIVERSIDADE DA MADEIRA DEPARTAMENTO DE ARTE E DESIGN

UNIVERSIDADE DA MADEIRA DEPARTAMENTO DE ARTE E DESIGN UNIVERSIDADE DA MADEIRA DEPARTAMENTO DE ARTE E DESIGN REGULAMENTO DA TRANSIÇÃO CURRICULAR ENTRE O CURSO DE LICENCIATURA EM DESIGN / PROJECTAÇÃO (Publicado no Diário da República II Série, nº159 1 de Julho

Leia mais

GUIA DA REESTRUTURAÇÃO CURRICULAR DAS LICENCIATURAS

GUIA DA REESTRUTURAÇÃO CURRICULAR DAS LICENCIATURAS GUIA DA REESTRUTURAÇÃO CURRICULAR DAS LICENCIATURAS 2016-17 LÍNGUAS, LITERATURAS E CULTURAS Estudos Portugueses e Alemães Estudos Portugueses e Espanhóis Estudos Portugueses e Franceses Estudos Portugueses

Leia mais

Códigos Disciplinas Carga Horária. LEC050 Linguística I 60 horas --- LEC091 Estudos Literários I 60 horas ---

Códigos Disciplinas Carga Horária. LEC050 Linguística I 60 horas --- LEC091 Estudos Literários I 60 horas --- LICENCIATURA EM LETRAS: PORTUGUÊS E RESPECTIVAS LITERATURAS MATRIZ CURRICULAR Habilitação em Português e respectivas literaturas o Ciclo Básico: LEC050 Linguística I 60 horas --- LEC091 Estudos Literários

Leia mais

Currículo - Versão para Imprimir

Currículo - Versão para Imprimir Currículo BACHARELADO EM FILOSOFIA s Obrigatorios: 144 s Eletivos: 28 s Complementares: 6 Semestre selecionado: 2013/1 Etapa 1 HUM01059 HUM01502 HUM01060 HISTÓRIA DA FILOSOFIA GREGA LÓGICA I - A Etapa

Leia mais

Perguntas Frequentes sobre o Regime de Transição. Introdução

Perguntas Frequentes sobre o Regime de Transição. Introdução Perguntas Frequentes sobre o Regime de Transição Introdução O Decreto-Lei n.º 74/2006, de 24 de março, estabelece um procedimento de acreditação de todos os ciclos de estudos ministrados no ensino superior.

Leia mais

Currículo do Curso de História

Currículo do Curso de História Currículo do Curso de História Licenciatura ATUAÇÃO O licenciado em História formado na UFV poderá atuar no ensino fundamental (séries finais: 5ª a 8ª séries), ensino médio e universitário. O curso está

Leia mais

18926 Diário da República, 2.ª série N.º de junho de 2013

18926 Diário da República, 2.ª série N.º de junho de 2013 18926 Diário da República, 2.ª série N.º 111 11 de junho de 2013 Unidades Curriculares do Plano de Estudos anterior Unidades Curriculares do Plano de Estudos agora publicado Optativa**......................

Leia mais

CURSO DE HISTÓRIA - LICENCIATURA

CURSO DE HISTÓRIA - LICENCIATURA ICHLA INSTITUTO DE CIÊNCIAS HUMANAS, LETRAS E ARTES CURSO DE HISTÓRIA - LICENCIATURA Currículo Novo - 2010/02 - Noturno. RECONHECIMENTO RENOVADO PELA PORTARIA Nº 1.657, DE 07/10/2010 - D.O.U. DE 08/10/2010

Leia mais

MATRIZ CURRICULAR. Os Eixos Temáticos que organizam os Componentes Curriculares são:

MATRIZ CURRICULAR. Os Eixos Temáticos que organizam os Componentes Curriculares são: MATRIZ CURRICULAR Os Eixos Temáticos que organizam os Componentes Curriculares são: EIXO TEMÁTICO I: Compreendendo os Diferentes Usos de Linguagens EIXO TEMÁTICO II: Compreendendo e Refletindo a Teoria:

Leia mais

161-1 LICENCIATURA PLENA EM PEDAGOGIA Regime Regular NÚMERO MÍNIMO DE PERÍODOS 1 DISCIPLINA CARGA HORÁRIA TIPO

161-1 LICENCIATURA PLENA EM PEDAGOGIA Regime Regular NÚMERO MÍNIMO DE PERÍODOS 1 DISCIPLINA CARGA HORÁRIA TIPO PÁGINA: 1 INGRESSOS DE 20041 161-1 LICENCIATURA PLENA EM PEDAGOGIA Regime Regular NÚMERO MÍNIMO DE PERÍODOS 1 NÚMERO MÁXIMO DE PERÍODOS 9 CARGA HORÁRIA 3640 1 132 FUNDAMENTOS ÉTICOS DE EDUCAÇÃO 30 OBRIGATORIA

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE OURO PRETO PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE OURO PRETO PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO CURSO DE LETRAS (BACHARELADO) - 216/2(currículo 4) CAMPUS MARIANA CÓDIGO DISCIPLINAS OBRIGATÓRIAS PRÉ-REQUISITO CHS CHA AULAS LET71 ESTUDOS CLASSICOS 6 72 4 1 LET711 I 6 72 4 1 LET712 PRODUCAO DE TEXTOS

Leia mais

DIURNO I SEMESTRE HORAS EIXO: FALAR/OUVIR CÓDIGO ATIVIDADES/COMPONENTES CURRICULARES C.H.

DIURNO I SEMESTRE HORAS EIXO: FALAR/OUVIR CÓDIGO ATIVIDADES/COMPONENTES CURRICULARES C.H. Universidade Estadual da Paraíba Monteiro - Campus VI Curso de Graduação em Letras - Licenciatura Plena - Habilitação: Língua Espanhola Resolução de Aprovação do Projeto Pedagógico UEPB/CONSEPE/002/2009

Leia mais

CURSO DE GRADUAÇÃO EM LETRAS PORTUGUÊS E ESPANHOL

CURSO DE GRADUAÇÃO EM LETRAS PORTUGUÊS E ESPANHOL CURSO DE GRADUAÇÃO EM LETRAS PORTUGUÊS E ESPANHOL MATRIZ CURRICULAR NOTURNO Fase Nº. Ordem Código COMPONENTE CURRICULAR Créditos Horas 1. Leitura e produção textual I 4 60 2. Introdução a informática 4

Leia mais

Universidade do Minho, 20 de maio de 2014.

Universidade do Minho, 20 de maio de 2014. Reitoria despacho RT/C-62/2014 Considerando: - A acreditação preliminar pela Agência de Avaliação e Acreditação do Ensino Superior (A3ES), em 5 de abril de 2011, do Mestrado Integrado em Arquitetura, registado

Leia mais

MATRIZ CURRICULAR DO CURSO DE GRADUAÇÃO EM LETRAS PORTUGUÊS E ESPANHOL - LICENCIATURA

MATRIZ CURRICULAR DO CURSO DE GRADUAÇÃO EM LETRAS PORTUGUÊS E ESPANHOL - LICENCIATURA MATRIZ CURRICULAR DO CURSO DE GRADUAÇÃO EM LETRAS PORTUGUÊS E ESPANHOL - LICENCIATURA Campus de Realeza Turno Noturno Fase Nº. Ordem Código COMPONENTE CURRICULAR Créditos Horas Pré Requisito 1. GLA001

Leia mais

20992 Diário da República, 2.ª série N.º de agosto de 2014

20992 Diário da República, 2.ª série N.º de agosto de 2014 20992 Diário da República, 2.ª série N.º 155 13 de agosto de 2014 Promoções para as categoria da Assistente Administrativo Principal (2000) e assistente administrativo especialista (2004), mantendo -se

Leia mais

horário sala atribuída (GAE) atribuído (GAE) 2h00 14:00 CP h00 09:00 CP h00 11:00 CP h00 11:00 CP h00 11:00 CP1-208

horário sala atribuída (GAE) atribuído (GAE) 2h00 14:00 CP h00 09:00 CP h00 11:00 CP h00 11:00 CP h00 11:00 CP1-208 Nome do Curso: Licenciatura Arqueologia Civilização Grega Introdução à Arqueologia Civilizações Antigas Arqueologia da Pré-História Recente e da proto-história Introdução à Informática Pré-História Arte

Leia mais

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS PROF. PAULA NOGUEIRA - OLHÃO DEPARTAMENTO DE CIÊNCIAS SOCIAS E HUMANAS PROGRAMA CURRICULAR HISTÓRIA 7º ANO

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS PROF. PAULA NOGUEIRA - OLHÃO DEPARTAMENTO DE CIÊNCIAS SOCIAS E HUMANAS PROGRAMA CURRICULAR HISTÓRIA 7º ANO AGRUPAMENTO DE ESCOLAS PROF. PAULA NOGUEIRA - OLHÃO DEPARTAMENTO DE CIÊNCIAS SOCIAS E HUMANAS PROGRAMA CURRICULAR HISTÓRIA 7º ANO DOMÍNIOS DE CONTEÚDO DOMÍNIO / TEMA A Das Sociedades Recolectoras às Primeiras

Leia mais

DISCIPLINAS OBRIGATÓRIAS

DISCIPLINAS OBRIGATÓRIAS RESOLUÇÃO N. 163/2011 EMENTA: Estabelece o Currículo do Curso de Graduação em História - Titulação: Licenciatura O CONSELHO DE ENSINO E PESQUISA DA UNIVERSIDADE FEDERAL FLUMINENSE, no uso de suas atribuições

Leia mais

Normas regulamentares. Artigo 1º. Objecto

Normas regulamentares. Artigo 1º. Objecto UNIVERSIDADE ABERTA Nos termos da deliberação nº 13/07 do Senado Universitário, aprovada em sessão de 31 de Maio, de 2007, e ao abrigo do disposto no artigo 43º do Decreto-Lei nº 42/2005, de 22 de Fevereiro,

Leia mais

CURSO DE ARTES CÊNICAS 2007/2 BACHARELADO EM INTERPRETAÇÃO

CURSO DE ARTES CÊNICAS 2007/2 BACHARELADO EM INTERPRETAÇÃO CURSO DE ARTES CÊNICAS 2007/2 BACHARELADO EM INTERPRETAÇÃO CÓDIGO DISCIPLINAS OBRIGATÓRIAS PRÉ-REQUISITO CR CHS AULAS PR ART501 Jogos Teatrais I - 3 60 2 2 1º ART503 Expressão Vocal I - 3 60 2 2 1º ART507

Leia mais

LICENCIATURA EM ESTUDOS ASIÁTICOS LÍNGUAS ASIÁTICAS CIÊNCIAS SOCIAIS E HUMANAS OPÇÕES LIVRES

LICENCIATURA EM ESTUDOS ASIÁTICOS LÍNGUAS ASIÁTICAS CIÊNCIAS SOCIAIS E HUMANAS OPÇÕES LIVRES LICENCIATURA EM ESTUDOS ASIÁTICOS LÍNGUAS ASIÁTICAS CIÊNCIAS SOCIAIS E HUMANAS OPÇÕES LIVRES FACULDADE DE LETRAS DA UNIVERSIDADE DE LISBOA SEMANA DE ACOLHIMENTO AOS NOVOS ALUNOS 13 17 Setembro 2010 Licenciatura

Leia mais

Ano Lectivo 2014/ ºCiclo 7 ºAno. 7.º Ano 1º Período. Domínios / subdomínios Ojetivos Gerais / Metas Competências Específicas Avaliação

Ano Lectivo 2014/ ºCiclo 7 ºAno. 7.º Ano 1º Período. Domínios / subdomínios Ojetivos Gerais / Metas Competências Específicas Avaliação ESCOLA BÁSICA E SECUNDÁRIA DR. VIEIRA DE CARVALHO Planificação HISTÓRIA Ano Lectivo 2014/2015 3 ºCiclo 7 ºAno 7.º Ano 1º Período Domínios / subdomínios Ojetivos Gerais / Metas Competências Específicas

Leia mais

EXAMES ÉPOCA RECURSO E MELHORIA

EXAMES ÉPOCA RECURSO E MELHORIA Artes Visuais e Tecnologias Artísticas Dia Hora Ano Unidade Curricular Sala 09.30 h 2º HA: do Renascimento ao Barroco 3 1º Desenho e Imagem por Computador 16 14.30 h 3º Educação e Dinâmicas Sociais 3 14.30

Leia mais

LICENCIATURA EM CINEMA E AUDIOVISUAL

LICENCIATURA EM CINEMA E AUDIOVISUAL LICENCIATURA EM CINEMA E AUDIOVISUAL NORMAS REGULAMENTARES Curso do 1º ciclo de estudos do ensino superior, de cariz universitário, conferente do grau de licenciado, adequado ao Processo de Bolonha, constante

Leia mais

LICENCIATURA EM ARTES VISUAIS FOTOGRAFIA

LICENCIATURA EM ARTES VISUAIS FOTOGRAFIA LICENCIATURA EM ARTES VISUAIS FOTOGRAFIA NORMAS REGULAMENTARES Curso do 1.º ciclo de estudos do ensino superior, de cariz universitário, conferente do grau de licenciado, adequado ao Processo de Bolonha,

Leia mais

sala atribuída (GAE) nome da UC comum "mãe" ou "filha" sala atribuída (GAE) nome da UC comum "mãe" ou "filha" sala atribuída (GAE)

sala atribuída (GAE) nome da UC comum mãe ou filha sala atribuída (GAE) nome da UC comum mãe ou filha sala atribuída (GAE) Calendário de Exames 1º Ciclo ICS 2015/2016-2º Semestre 13 junho a 2 julho Nome do Curso: Licenciatura em Arqueologia 13-jun Arte Clássica 09:00/11:30 CP1/A3 Arte Clássica 16-jun Civilização Romana 09:00/11:30

Leia mais

Licenciaturas e Cursos Técnicos Superiores Profissionais

Licenciaturas e Cursos Técnicos Superiores Profissionais Renovações de Matrícula/Inscrições Ano letivo: 2016/2017 Licenciaturas e Cursos Técnicos Superiores Profissionais Neste manual, apresentamos todos os passos que deverá seguir para realizar com sucesso

Leia mais

Currículos dos Cursos UFV. GEOGRAFIA Bacharelado e Licenciatura. COORDENADOR Leonardo Civale

Currículos dos Cursos UFV. GEOGRAFIA Bacharelado e Licenciatura. COORDENADOR Leonardo Civale 150 Currículos dos Cursos UFV GEOGRAFIA Bacharelado e Licenciatura COORDENADOR Leonardo Civale civale@ufv.br UFV Catálogo de Graduação 2013 151 Bacharelado ATUAÇÃO O profissional de Geografia deve ter

Leia mais

Resolução nº 01/06. Implementação do Processo de Bolonha: Regras de Transição

Resolução nº 01/06. Implementação do Processo de Bolonha: Regras de Transição Resolução nº 01/06 Implementação do Processo de Bolonha: Regras de Transição O Decreto-Lei n.º 74/2006, dos graus e diplomas do ensino superior, define limites temporais para a coexistência entre a nova

Leia mais

MATRIZ CURRICULAR - UFF

MATRIZ CURRICULAR - UFF Curso: LETRAS Titulação: LICENCIADO Habilitação: PORT-LITERATURAS Enfâse: - Linha de Formação: - Currículo: 87.01.001 Versão: 2 Turno: (OB) Carga horária obrigatória: 2515 (O) Carga horária optativa: 120

Leia mais

[REGULAMENTO DE UNIDADES CURRICULARES ISOLADAS]

[REGULAMENTO DE UNIDADES CURRICULARES ISOLADAS] 2015-16 Escola Superior de Educação Jean Piaget/Almada [REGULAMENTO DE UNIDADES CURRICULARES ISOLADAS] REGULAMENTO PARA A INSCRIÇÃO E FREQUÊNCIA DE UNIDADES CURRICULARES ISOLADAS 2015/2016 Artigo 1º Destinatários

Leia mais

LICENCIATURA EM ASSESSORIA E TRADUÇÃO PLANO DE TRANSIÇÃO ENTRE O PLANO DE ESTUDOS EM VIGOR ATÉ AO ANO LETIVO 2015/2016 E O NOVO PLANO

LICENCIATURA EM ASSESSORIA E TRADUÇÃO PLANO DE TRANSIÇÃO ENTRE O PLANO DE ESTUDOS EM VIGOR ATÉ AO ANO LETIVO 2015/2016 E O NOVO PLANO LICENCIATURA EM ASSESSORIA E TRADUÇÃO PLANO DE TRANSIÇÃO ENTRE O PLANO DE ESTUDOS EM VIGOR ATÉ AO ANO LETIVO 2015/2016 E O NOVO PLANO Artigo 1º (Âmbito) O presente plano regula o processo de transição

Leia mais

Regulamento do 1º ciclo de estudos da Universidade da Madeira

Regulamento do 1º ciclo de estudos da Universidade da Madeira Regulamento do 1º ciclo de estudos da Universidade da Madeira Artigo 1.º Enquadramento jurídico O presente Regulamento visa desenvolver e complementar o regime jurídico instituído pelo Decreto-Lei n.º

Leia mais

GEOGRAFIA BACHARELADO E LICENCIATURA. COORDENADOR Eduardo José Pereira Maia

GEOGRAFIA BACHARELADO E LICENCIATURA. COORDENADOR Eduardo José Pereira Maia GEOGRAFIA BACHARELADO E LICENCIATURA COORDENADOR Eduardo José Pereira Maia eduardomaia@ufv.br UFV Catálogo de Graduação 2009 333 Bacharelado ATUAÇÃO O profissional de Geografia deve ter um perfil que o

Leia mais

Matrículas no 12.º ano- Ano letivo 2014/2015 Elencos de disciplinas. Curso científico-humanístico de Ciências e Tecnologias

Matrículas no 12.º ano- Ano letivo 2014/2015 Elencos de disciplinas. Curso científico-humanístico de Ciências e Tecnologias Matrículas no 1.º ano- Ano letivo 014/015 Elencos de disciplinas Curso científico-humanístico de Ciências e Tecnologias Alunos do 11.º Ano -Turmas 1,, 3, 4, 5, 6, 7, 8, 9, 10, 11, 1,5 Matemática A 3,5

Leia mais

9.º ano, o ano antes da grande mudança! O que ter em conta antes de escolher! Maio, 2014

9.º ano, o ano antes da grande mudança! O que ter em conta antes de escolher! Maio, 2014 9.º ano, o ano antes da grande mudança! O que ter em conta antes de escolher! Maio, 2014 Percursos possíveis para o ensino secundário O Cursos científico-humanísticos Vocacionados para o prosseguimento

Leia mais

Oferta Formativa Ensino Secundário

Oferta Formativa Ensino Secundário Oferta Formativa 2012017 Ensino Secundário Que caminho seguir Cursos gerais Cursos profissionais INTERESSES APTIDÕES EMPREGABILIDDAE O teu futuro profissional começa agora Faz uma escolha ponderada e consciente

Leia mais

Sistema de Controle Acadêmico. Grade Curricular. Curso : CIÊNCIAS ECONÔMICAS. CRÉDITOS Obrigatórios: 152 Optativos: 24.

Sistema de Controle Acadêmico. Grade Curricular. Curso : CIÊNCIAS ECONÔMICAS. CRÉDITOS Obrigatórios: 152 Optativos: 24. Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro Pró-reitoria de Graduação - DAARG DRA - Divisão de Registros Acadêmicos Sistema de Controle Acadêmico Grade Curricular 30/01/2014-13:11:59 Curso : CIÊNCIAS

Leia mais

Organização Curricular do curso de Licenciatura em Física modalidade a distância

Organização Curricular do curso de Licenciatura em Física modalidade a distância Organização Curricular do curso de Licenciatura em Física modalidade a distância A organização Curricular do curso de Licenciatura em Física modalidade a distância, tem duração de oito períodos. É apresentada

Leia mais

TRANSIÇÃO DO CURSO DE LICENCIATURA EM CIÊNCIAS SOCIAIS PARA O CURSO DE CIÊNCIAS SOCIAIS (1º CICLO), ADEQUADO A BOLONHA

TRANSIÇÃO DO CURSO DE LICENCIATURA EM CIÊNCIAS SOCIAIS PARA O CURSO DE CIÊNCIAS SOCIAIS (1º CICLO), ADEQUADO A BOLONHA TRANSIÇÃO DO CURSO DE LICENCIATURA EM CIÊNCIAS SOCIAIS PARA O CURSO DE CIÊNCIAS SOCIAIS (1º CICLO), ADEQUADO A BOLONHA O presente de regime de transição entrará em vigor, na Universidade Aberta, no ano

Leia mais

M I N I S T É R I O DA EDUCACÃO CONSELHO F E D E R A L DE INTERESSADO/MANTENEDORA INSTITUIÇÃO TOLEDO DE ENSINO

M I N I S T É R I O DA EDUCACÃO CONSELHO F E D E R A L DE INTERESSADO/MANTENEDORA INSTITUIÇÃO TOLEDO DE ENSINO M I N I S T É R I O DA EDUCACÃO CONSELHO F E D E R A L DE EDUCACÃO INTERESSADO/MANTENEDORA INSTITUIÇÃO TOLEDO DE ENSINO UF SP ASSUNTO: Aprovação das Alterações Curriculares dos cursos de Direito, Pedagogia,

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO E PESQUISA RESOLUÇÃO N.º 3.588, DE 04 DE SETEMBRO DE 2007

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO E PESQUISA RESOLUÇÃO N.º 3.588, DE 04 DE SETEMBRO DE 2007 SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO E PESQUISA RESOLUÇÃO N.º 3.588, DE 04 DE SETEMBRO DE 2007 Homologa o Parecer nº 034/07-CEG, que aprova o Projeto Político

Leia mais

FAM - FACULDADE METROLITANA DE PETROLINA MATRIZ CURRICULAR DE SERVIÇO SOCIAL /

FAM - FACULDADE METROLITANA DE PETROLINA MATRIZ CURRICULAR DE SERVIÇO SOCIAL / FAM - FACULDADE METROLITANA DE PETROLINA MATRIZ CURRICULAR DE SERVIÇO SOCIAL / 2016.2 COMPONENTE CURRICULAR TEÓRICA PRÁTICA CRÉDITOS Ciência Política 30 0 2 Leitura e Produção de textos 60 0 4 Metodologia

Leia mais

MATRIZ CURRICULAR - LICENCIATURA EM PEDAGOGIA

MATRIZ CURRICULAR - LICENCIATURA EM PEDAGOGIA MATRIZ CURRICULAR - LICENCIATURA EM PEDAGOGIA 1 a FASE CÓD DISCIPLINAS EIXO C/H Créditos Filosofia da I Epistemologia Introdução à Ciência Epistemologia Científica educativa Português Comunicação e expressão

Leia mais

Mestrado Integrado em Engenharia Física

Mestrado Integrado em Engenharia Física DGES DIRECÇÃO GERAL DO ENSINO SUPERIOR MINISTÉRIO DA CIÊNCIA, TECNOLOGIA E ENSINO SUPERIOR 1 Mestrado Integrado em Engenharia Física Faculdade de Ciências e Tecnologia Universidade Nova de Lisboa 1 DGES

Leia mais

Instituto Politécnico de Setúbal. O Conhecimento como Paixão. A Engenharia como Profissão!

Instituto Politécnico de Setúbal. O Conhecimento como Paixão. A Engenharia como Profissão! O Conhecimento como Paixão A Engenharia como Profissão! Cursos de Engenharia Cursos de Tecnologia Engenharia do Ambiente Engenharia de Automação, Controlo e Instrumentação Engenharia Electrotécnica e de

Leia mais

DELIBERAÇÃO N.º 3/2008

DELIBERAÇÃO N.º 3/2008 DELIBERAÇÃO N.º 3/2008 Ao abrigo do disposto no n.º 1 do artigo 21.º do Decreto-Lei n.º 296-A/98, de 25 de Setembro, alterado pelos Decretos-Lei n. os 99/99, de 30 de Março, 26/2003, de 7 de Fevereiro,

Leia mais

Currículo do Curso de Geografia

Currículo do Curso de Geografia Currículo do Curso de Geografia Bacharelado ATUAÇÃO O profissional de Geografia deve ter um perfil que o capacite a compreender os elementos e processos concernentes ao espaço natural e ao espaço construído,

Leia mais

PÓS-GRADUAÇÃO EM ARTE EM ESPAÇO PÚBLICO

PÓS-GRADUAÇÃO EM ARTE EM ESPAÇO PÚBLICO PÓS-GRADUAÇÃO EM ARTE EM ESPAÇO PÚBLICO Normas regulamentares Artigo 1.º Grau A Escola Superior Artística do Porto confere a Pós-Graduação em Arte em Espaço Público. Artigo 2.º Objectivos do curso 1. A

Leia mais

CCAS CENTRO DE CIÊNCIAS APLICAS E DA SAUDE

CCAS CENTRO DE CIÊNCIAS APLICAS E DA SAUDE CCAS CENTRO DE CIÊNCIAS APLICAS E DA SAUDE CURSO DE ENFERMAGEM 1.º PERÍODO Determinantes Históricos, Sociais, Políticos e Culturais da Saúde e da Enfermagem I 6 0 6 108 Morfologia I 2 4 4 108 Fisiologia

Leia mais

LICENCIATURA EM TRADUÇÃO

LICENCIATURA EM TRADUÇÃO LICENCIATURA EM TRADUÇÃO Ano lectivo 2016-2017 Horário-modelo 1ºano (todas as variantes de língua) Nota: Antes de compor o seu horário, que deverá imprimir e apresentar no dia do aconselhamento para verificação

Leia mais

2. São igualmente fixados: Universidade do Minho, 5 de Setembro de O Reitor, A. Guimarães Rodrigues

2. São igualmente fixados: Universidade do Minho, 5 de Setembro de O Reitor, A. Guimarães Rodrigues Divisão Académica despacho RT/C-211/2006 A Resolução SU-3/06, de 13 de Março, aprovou a adequação do Curso de Licenciatura em Engenharia BIológica, agora designado por Mestrado em Engenharia Biológica.

Leia mais

Índice. Página 1 de 32 :: https://fenix.iscte.pt/ C7.01 (ext )

Índice. Página 1 de 32 :: https://fenix.iscte.pt/ C7.01 (ext ) Índice 1 1. Operações de Alunos... 3 1.1. Matricular aluno... 3 1.2. Visualizar alunos... 7 1.2.1. Visualizar dados pessoais... 8 1.3. Matrículas do aluno... 9 1.3.1. Detalhes da matrícula... 9 1.3.1.1.

Leia mais

Matrículas/Inscrições Ano letivo: 2016/2017

Matrículas/Inscrições Ano letivo: 2016/2017 Matrículas/Inscrições Ano letivo: 2016/2017 Caso ocorra algum problema técnico no decurso do processo solicitamos que envie uma mensagem eletrónica para, com descrição pormenorizada, para: svga.expediente@uac.pt.

Leia mais

MATRIZ PROVA EXTRAORDINÁRIA DE AVALIAÇÃO HISTÓRIA Maio de º Ano 3.º Ciclo do Ensino Básico

MATRIZ PROVA EXTRAORDINÁRIA DE AVALIAÇÃO HISTÓRIA Maio de º Ano 3.º Ciclo do Ensino Básico MATRIZ PROVA EXTRAORDINÁRIA DE AVALIAÇÃO HISTÓRIA Maio de 2016 Prova de 2016 7.º Ano 3.º Ciclo do Ensino Básico 1. Introdução O presente documento visa divulgar as caraterísticas da prova extraordinária

Leia mais

Em atendimento ao art. 32 da Portaria MEC 40/2007, publicamos as condições de oferta do Curso de Licenciatura em Sociologia, conforme segue:

Em atendimento ao art. 32 da Portaria MEC 40/2007, publicamos as condições de oferta do Curso de Licenciatura em Sociologia, conforme segue: Em atendimento ao art. 32 da Portaria MEC 40/2007, publicamos as condições de oferta do Curso de Licenciatura em Sociologia, conforme segue: I Ato autorizativo, expedido pelo MEC, com a data de publicação

Leia mais

2015- University of Roehampton (Através da atribuição de uma Vice-Chancellor scholarship) MPhil/PhD Classical Civilisation

2015- University of Roehampton (Através da atribuição de uma Vice-Chancellor scholarship) MPhil/PhD Classical Civilisation CURRICULUM VITAE JOSÉ MALHEIRO MAGALHÃES INVESTIGADOR DO CENTRO DE HISTÓRIA DA UNIVERSIDADE DE LISBOA INFORMAÇÃO PESSOAL Nome Morada Telefone Correio electrónico Naturalidade Nacionalidade Data de nascimento

Leia mais

GRADE HORÁRIA 1º SEMESTRE DE 2016

GRADE HORÁRIA 1º SEMESTRE DE 2016 1º PERÍODO/SEMESTRE # TURNO Noite_ Sociologia Geral e Ciência Política e Sociologia Geral e Língua Portuguesa Língua Portuguesa Jurídica Teoria Geral do Estado Jurídica Sociologia Geral e Jurídica Ciência

Leia mais

PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM CIÊNCIAS SOCIAIS - CURSO DE DOUTORADO - E D I T A L 2009

PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM CIÊNCIAS SOCIAIS - CURSO DE DOUTORADO - E D I T A L 2009 PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM CIÊNCIAS SOCIAIS - CURSO DE DOUTORADO - E D I T A L 2009 O da Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro torna pública a abertura das inscrições para as provas de seleção

Leia mais

COMISSÃO NACIONAL DE ACESSO AO ENSINO SUPERIOR DELIBERAÇÃO

COMISSÃO NACIONAL DE ACESSO AO ENSINO SUPERIOR DELIBERAÇÃO DELIBERAÇÃO Ao abrigo do disposto no n.º 1 do artigo 21.º do Decreto-Lei n.º 296-A/98, de 25 de Setembro, alterado pelos Decretos-Lei n. os 99/99, de 30 de Março, 26/2003, de 7 de Fevereiro, 76/2004, de

Leia mais

PLANO DE ESTUDOS E CURRICULAR

PLANO DE ESTUDOS E CURRICULAR PLANO DE ESTUDOS E CURRICULAR ENSINO SECUNDÁRIO 1 CURRICULO E PLANO DE ESTUDOS DO 1º CICLO DO ENSINO SECUNDÁRIO Atendendo que o ano lectivo regular é de 30 semanas, cada disciplina terá a carga horária

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 32/06-CEPE

RESOLUÇÃO Nº 32/06-CEPE RESOLUÇÃO Nº 32/06-CEPE Aprova o Ajuste Curricular no Curso de Engenharia Elétrica, aplicável à Resolução 78/02-CEPE. O CONSELHO DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO, órgão normativo, consultivo e deliberativo

Leia mais

HORÁRIO DE PROVA NAS

HORÁRIO DE PROVA NAS DE PROVA NAS DIREITO DIREITO ADMINISTRATIVO II DIREITO CIVIL IV DIREITO EMPRESARIAL IV DIREITO PROCESSUAL CIVIL III DIREITO DO TRABALHO I DIREITO INTERNACIONAL PÚBLICO DIREITO TRIBUTÁRIO I DIREITO CIVIL

Leia mais

ANEXO III REGULAMENTO DE ATIVIDADE DE CONCLUSÃO DE CURSO DO CURSO DE GRADUAÇÃO EM SOCIOLOGIA - LICENCIATURA

ANEXO III REGULAMENTO DE ATIVIDADE DE CONCLUSÃO DE CURSO DO CURSO DE GRADUAÇÃO EM SOCIOLOGIA - LICENCIATURA ANEXO III REGULAMENTO DE ATIVIDADE DE CONCLUSÃO DE CURSO DO CURSO DE GRADUAÇÃO EM SOCIOLOGIA - LICENCIATURA REGULAMENTO DE ATIVIDADE DE CONCLUSÃO DE CURSO SEÇÃO I DAS DISPOSIÇÕES GERAIS Art. 1º. Este dispositivo

Leia mais

UNIVERSIDADE DO ESTADO DO AMAZONAS CONSELHO UNIVERSITÁRIO RESOLUÇÃO Nº 66/2014 CONSUNIV Aprova o Projeto Pedagógico do Curso de História Segunda

UNIVERSIDADE DO ESTADO DO AMAZONAS CONSELHO UNIVERSITÁRIO RESOLUÇÃO Nº 66/2014 CONSUNIV Aprova o Projeto Pedagógico do Curso de História Segunda UNIVERSIDADE DO ESTADO DO AMAZONAS CONSELHO UNIVERSITÁRIO RESOLUÇÃO Nº 66/2014 CONSUNIV Aprova o Projeto Pedagógico do Curso de História Segunda Licenciatura, oferecido pela UEA por meio do Centro de Estudos

Leia mais

INSTITUIÇÃO DE ENSINO SUPERIOR SANT ANA

INSTITUIÇÃO DE ENSINO SUPERIOR SANT ANA INSTITUIÇÃO DE ENSINO SUPERIOR SANT ANA FACULDADE SANT ANA Credenciada pela Portaria MEC nº 594 de 28 de fevereiro de 2005 INSTITUTO SUPERIOR DE EDUCAÇÃO SANT ANA Credenciado pela Portaria MEC nº 2812

Leia mais

MESTRADO EM AGRICULTURA BIOLÓGICA Edição

MESTRADO EM AGRICULTURA BIOLÓGICA Edição INSTITUTO POLITÉCNICO DE COIMBRA EDITAL (EDIÇÃO 2016-2018) Nos termos do Decreto-Lei nº42/2005, de 22 de fevereiro e do Decreto-Lei nº74/2006, de 24 de março, com as alterações que lhes foram introduzidas

Leia mais

UFV Catálogo de Graduação DANÇA Bacharelado e Licenciatura. COORDENADORA Rosana Aparecida Pimenta

UFV Catálogo de Graduação DANÇA Bacharelado e Licenciatura. COORDENADORA Rosana Aparecida Pimenta UFV Catálogo de Graduação 2013 115 DANÇA Bacharelado e Licenciatura COORDENADORA Rosana Aparecida Pimenta rosana.pimenta@ufv.br 116 Currículos dos Cursos UFV Bacharelado ATUAÇÃO O Curso de Bacharelado

Leia mais

CURSO DE PEDAGOGIA (currículo em implantação progressiva a parir de )

CURSO DE PEDAGOGIA (currículo em implantação progressiva a parir de ) CURSO DE PEDAGOGIA (currículo em implantação progressiva a parir de 2009.1) CRIAÇÃO DO CURSO DECRETO 476/60, DE 19/01/60 PARECER 579/CNE/59, 02/12/59 RECONHECIMENTO DO CURSO DECRETO 75590/75, DE 10/04/75

Leia mais

PROJETO PEDAGÓGICO DO CURSO DE GRADUAÇÃO EM LETRAS - PORTUGUÊS/FRANCÊS BACHARELADO PROFA. DRA. SORAYA SOUBHI SMAILI REITORA

PROJETO PEDAGÓGICO DO CURSO DE GRADUAÇÃO EM LETRAS - PORTUGUÊS/FRANCÊS BACHARELADO PROFA. DRA. SORAYA SOUBHI SMAILI REITORA PROJETO PEDAGÓGICO DO CURSO DE GRADUAÇÃO EM LETRAS - PORTUGUÊS/FRANCÊS BACHARELADO PROFA. DRA. SORAYA SOUBHI SMAILI REITORA PROF. DR. DANIEL ARIAS VAZQUEZ DIRETOR ACADÊMICO DA ESCOLA DE FILOSOFIA, LETRAS

Leia mais

1. Prova Teórica de Avaliação de História Contemporânea. 2. Prova Teórica de Avaliação de História das Artes Visuais

1. Prova Teórica de Avaliação de História Contemporânea. 2. Prova Teórica de Avaliação de História das Artes Visuais Índice 1. Prova Teórica de Avaliação de História Contemporânea 2. Prova Teórica de Avaliação de História das Artes Visuais 3. Prova Teórica de Avaliação de Língua Portuguesa 4. Prova Teórica de Avaliação

Leia mais

1.ª FASE (JUNHO) EXAMES A NÍVEL DE ESCOLA PARA N.E.E.

1.ª FASE (JUNHO) EXAMES A NÍVEL DE ESCOLA PARA N.E.E. 1.ª FASE (JUNHO) EXAMES A NÍVEL DE ESCOLA PARA N.E.E. quarta, 15 de junho 09:30 h 529 PLNM intermédio -NE 527 Português -NE 14:00 h 225 Filosofia -NE sexta, 17 de junho 09:30 h 325 Física e Química A -NE

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE - FURG SECRETARIA EXECUTIVA DOS CONSELHOS

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE - FURG SECRETARIA EXECUTIVA DOS CONSELHOS SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE - FURG SECRETARIA EXECUTIVA DOS CONSELHOS DELIBERAÇÃO Nº 016/2014 CONSELHO DE ENSINO, PESQUISA, EXTENSÃO E ADMINISTRAÇÃO

Leia mais

GRADE HORÁRIA 2º SEMESTRE DE 2016

GRADE HORÁRIA 2º SEMESTRE DE 2016 1º PERÍODO/SEMESTRE # TURNO Noite # SALA # Nº DE ALUNOS Sociologia e Sociologia e Jurídica Jurídica Língua Portuguesa História do Língua Portuguesa Sociologia e Jurídica Sociologia e Jurídica Língua Portuguesa

Leia mais

REGIME DE TRANSIÇÃO DO CURSO DE LICENCIATURA EM MATEMÁTICA APLICADA PARA O CURSO DE LICENCIATURA EM ESTATÍSTICA E APLICAÇÕES

REGIME DE TRANSIÇÃO DO CURSO DE LICENCIATURA EM MATEMÁTICA APLICADA PARA O CURSO DE LICENCIATURA EM ESTATÍSTICA E APLICAÇÕES REGIME DE TRANSIÇÃO DO CURSO DE LICENCIATURA EM MATEMÁTICA APLICADA PARA O CURSO DE LICENCIATURA EM ESTATÍSTICA E APLICAÇÕES Normas regulamentares Artigo 1º Objecto O presente documento apresenta as normas

Leia mais

Curso: LICENCIATURA EM PEDAGOGIA Curriculo: /13 DISCIPLINAS EM OFERTA 2ºº Semestre de NOTURNO

Curso: LICENCIATURA EM PEDAGOGIA Curriculo: /13 DISCIPLINAS EM OFERTA 2ºº Semestre de NOTURNO GR01156 GR01443 GR02648 GR01560 GR02671 GR01195 1º PERÍODO Carga Horária Docentes Biologia Educacional 36.00 Não ofertada no 2º semestre de 2016 Didática 72.00 Não ofertada no 2º semestre de 2016 Estudo

Leia mais

EDITAL MESTRADO EM BIOMECÂNICA. (edição 2010 2012)

EDITAL MESTRADO EM BIOMECÂNICA. (edição 2010 2012) EDITAL MESTRADO EM BIOMECÂNICA (edição 2010 2012) Nos termos do Decreto Lei n.º 42/2005, de 22 de Fevereiro, do Decreto Lei n.º 74/2006 de 24 de Março, com as alterações introduzidas pelo Decreto Lei n.º

Leia mais

DISCIPLINAS/ATIVIDADES OBRIGATÓRIAS

DISCIPLINAS/ATIVIDADES OBRIGATÓRIAS MEC - UNIVERSIDADE FEDERAL FLUMINENSE CONSELHO DE ENSINO E PESQUISA RESOLUÇÃO N.º 103/2010 EMENTA: Estabelece o Currículo do Curso de Graduação em Direito - Macaé. O CONSELHO DE ENSINO E PESQUISA DA UNIVERSIDADE

Leia mais

Centro Universitário Adventista de São Paulo - Campus EC Matriz Curricular do Curso de Letras - Licenciatura

Centro Universitário Adventista de São Paulo - Campus EC Matriz Curricular do Curso de Letras - Licenciatura Centro Universitário Adventista de São Paulo - Campus EC Matriz Curricular do Curso de Letras - Licenciatura Início: 2013 - CONSU 2012-41 de 29/11/2012 I Ano, I Semestre I Ano, II Semestre Teoria e Prática

Leia mais

Regulamento da Candidatura através dos Regimes de Reingresso, Mudança de Curso ou Transferência. Ano Letivo 2013/2014

Regulamento da Candidatura através dos Regimes de Reingresso, Mudança de Curso ou Transferência. Ano Letivo 2013/2014 Regulamento da Candidatura através dos Regimes de Reingresso, Mudança de Curso ou Transferência (Portaria nº401/2007, de 5 de abril) Ano Letivo 2013/2014 A Portaria nº401/2007, de 5 de abril, aprova o

Leia mais

EDITAL MESTRADO EM AUDIOLOGIA (edição )

EDITAL MESTRADO EM AUDIOLOGIA (edição ) EDITAL MESTRADO EM AUDIOLOGIA (edição -) Nos termos do Decreto-Lei n.º 42/2005, de 22 de fevereiro, do Decreto-Lei n.º 74/2006 de 24 de março, com as alterações introduzidas pelo Decreto-Lei n.º 107/2008

Leia mais

Orientações de Inscrição nas Unidades Curriculares. da Licenciatura em Informática

Orientações de Inscrição nas Unidades Curriculares. da Licenciatura em Informática SIFT/DCeT Orientações de Inscrição nas Unidades Curriculares da Licenciatura em Informática Versão 2016-07-14 Introdução Este documento pretende servir de guia de aconselhamento aos estudantes para a inscrição

Leia mais

Sistema Educativo Português 2011/2012

Sistema Educativo Português 2011/2012 Sistema Educativo Português 011/01 Objectivos Promover a auto - exploração (interesses, capacidades e valores profissionais) Auto Conhecimento; Explorar o Mundo das Profissões; Explorar as oportunidades

Leia mais

Escola Superior de Música e das Artes do Espectáculo.

Escola Superior de Música e das Artes do Espectáculo. Escola Superior de Música e das Artes do Espectáculo. 2º ciclo Especialidade em Música Grau Mestre 120 créditos / 4 semestres Especialidade Composição e Teoria Musical Áreas Obrigatórias: Área Cientifica

Leia mais

MATRIZ CURRICULAR DO CURSO DE MÚSICA Ênfase Práticas Interpretativas

MATRIZ CURRICULAR DO CURSO DE MÚSICA Ênfase Práticas Interpretativas Ministério da Educação Universidade Federal da Integração Latino-Americana Pró-Reitoria de Graduação MATRIZ CURRICULAR DO CURSO DE MÚSICA Ênfase Práticas Interpretativas COMPONENTES CURRICULARES PRÉ-REQUISITOS

Leia mais

Ensino Técnico Integrado ao Médio

Ensino Técnico Integrado ao Médio Ensino Técnico Integrado ao Médio FORMAÇÃO GERAL Ensino Médio Etec Plano de Curso nº 116 aprovado pela portaria Cetec nº 68 de 14 / 10 /2010 Etec: Tiquatira Código: 208 Município: São Paulo Eixo Tecnológico:

Leia mais

A Câmara Superior de Ensino do Conselho Universitário da Universidade Federal de Campina Grande, no uso de suas atribuições;

A Câmara Superior de Ensino do Conselho Universitário da Universidade Federal de Campina Grande, no uso de suas atribuições; SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DE CAMPINA GRANDE CONSELHO UNIVERSITÁRIO CÂMARA SUPERIOR DE ENSINO RESOLUÇÃO Nº 08/2012 Aprova a estrutura curricular contida no Projeto Pedagógico do Curso

Leia mais

Fase Fase 02 2 CURRÍCULO DO CURSO. Currículo: Habilitação: Núcleo Fundamental - Bacharelado e Licenciatura em Filosofia 0

Fase Fase 02 2 CURRÍCULO DO CURSO. Currículo: Habilitação: Núcleo Fundamental - Bacharelado e Licenciatura em Filosofia 0 Habilitação: Núcleo Fundamental Bacharelado e Licenciatura em Filosofia 0 Documentação: jetivo: Titulação: Diplomado em: Curso reconhecido pelo Decreto Federal 6266, de 26/06/1959, publicado no Diário

Leia mais

INSTITUTO DE GEOGRAFIA E ORDENAMENTO DO TERRITÓRIO Regulamento dos regimes de Reingresso e Mudança de Par Instituição/ Curso

INSTITUTO DE GEOGRAFIA E ORDENAMENTO DO TERRITÓRIO Regulamento dos regimes de Reingresso e Mudança de Par Instituição/ Curso INSTITUTO DE GEOGRAFIA E ORDENAMENTO DO TERRITÓRIO Regulamento dos regimes de Reingresso e Mudança de Par Instituição/ Curso A Portaria nº 181-D/2015, de 19 de junho, aprova o Regulamento Geral dos Regimes

Leia mais