Assessoria Técnica de Tecnologia da Informação - ATTI. Projeto de Informatização da. Secretaria Municipal de Saúde do. Município de São Paulo

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Assessoria Técnica de Tecnologia da Informação - ATTI. Projeto de Informatização da. Secretaria Municipal de Saúde do. Município de São Paulo"

Transcrição

1 Assessoria Técnica de Tecnologia da Informação - ATTI Projeto de Informatização da Secretaria Municipal de Saúde do Município de São Paulo Manual de Configuração da Agenda Local Manual de Operação Novembro/2011

2 Conteúdo Sumário...3 Agenda Local...4 Inclusão por Horário...5 Inclusão por Vaga Análise Consulta e Manutenção Impedimento Adicionar Impedimento Alterar Impedimento Excluir Impedimento Renovação da Agenda Observações Gerais SIGA Manual de Operação (Novembro/2011) Pág. 2 / 38

3 Sumário O SIGA-Saúde é um projeto da Secretaria Municipal de Saúde de São Paulo que visa prover um Sistema de Informação integrado e distribuído, voltado para a Gestão Plena do SUS. Entre os módulos que compõem o SIGA-Saúde, o módulo Agenda é um dos mais utilizados e mais importantes, por isso é de extrema importância o conhecimento desta ferramenta para a configuração das agendas dos profissionais de Saúde. Tendo isso em mente, a SMS ATTI desenvolveu este manual para o auxílio dos profissionais de Saúde, na criação, manutenção e análise de agendas locais, bem como a renovação e impedimentos. SIGA Manual de Operação (Novembro/2011) Pág. 3 / 38

4 Agenda Local Antes de realizar qualquer tipo de operação no SIGA, o profissional deverá estar cadastrado e vinculado ao Estabelecimento e possuir permissão de acesso. Para solicitar o login de acesso ao Sistema, o Gerente ou o Responsável pelo Estabelecimento deverá enviar um para: com o nome do profissional, número do CNS (Definitivo), CPF, função que exerce na Unidade e quais módulos terá acesso. A permissão para realizar a criação e manutenção de agendas locais é atribuída aos Gerentes ou Responsáveis pela Unidade. Para configurar uma agenda local, é necessário definir se o agendamento será feito por um período específico para atendimento, com horário inicial e final já configurado (Inclusão por Horário) ou por demanda (Inclusão por Vaga). A criação de Atividades Coletivas não será abordada neste manual. Todos os módulos para a configuração e manutenção de agendas locais estão disponíveis no menu CONFIGURAÇAO / Prog. Ag. Local. SIGA Manual de Operação (Novembro/2011) Pág. 4 / 38

5 Inclusão por Horário Acesse o menu CONFIGURAÇÃO / Prog. Ag. Local / Inclusão por Horário. A seguinte tela será exibida: Na seção Perfil de Agenda, selecione o tipo de agendamento. Para inclusões por horário, o sistema exibe as seguintes opções: Profissional; Equipamento; Atividade Coletiva. Por padrão, a opção selecionada é Profissional, caso queira selecionar um perfil diferente, clique na bolinha ao lado de cada perfil. Todos os três campos têm a mesma forma para consultas, descritas abaixo: SIGA Manual de Operação (Novembro/2011) Pág. 5 / 38

6 Informe o nome do profissional, equipamento ou atividade coletiva, e clique em outro ponto da tela para que o sistema efetue a consulta. Se o campo ficar com as bordas vermelhas, pode ser que o sistema não tenha encontrado nenhum registro ou encontrou mais de um, neste caso, clique na lupa. Utilizaremos como exemplo a inclusão por vaga de uma agenda de profissional. A agenda de equipamento seguirá o mesmo padrão de criação, somente a Atividade Coletiva possui alguns conceitos diferentes. Para criar uma agenda de profissionais, este deverá estar devidamente vinculado ao estabelecimento e com vínculo vigente. Efetue a consulta utilizando o CNS ou o Nome do Profissional, ou se preferir clique na lupa. Se o profissional possuir mais de um vínculo no estabelecimento, selecione o correto e clique em confirmar. O sistema retornará para a tela anterior, nesta etapa, o campo da especialidade (campo obrigatório) será habilitado. Selecione a Especialidade da agenda. Preste bastante atenção na hora da escolha, pois este campo não poderá ser editado após a gravação da agenda. Lembre-se também que a especialidade tem que estar relacionada (mapeada) com o SIGA Manual de Operação (Novembro/2011) Pág. 6 / 38

7 CBO do profissional (CBO escolhido para a criação da agenda). Informe o Período de Vigência da agenda (Data Inicial e Final). Insira a data com atenção, pois, após gravar a agenda, a data inicial não poderá ser alterada. Na seção Configurações para geração da grade, informe o Horário, inicial e final da grade. Selecione os dias da semana em que haverá grade disponível para agendamento (clique nos quadradinhos ao lado dos dias da Semana). Esta etapa terá impacto na tela seguinte. Informe o Período de Liberação de Vagas. O campo Quantidade de dias para o Bloqueio no Agendamento de Pacientes bloqueia apenas vagas de Primeira Vez. (Posterior ao dia corrente) Informe o Período de Reposição de Vagas. Observação: A soma dos períodos dos campos de Liberação e Reposição de Vagas determina o período que a agenda estará visível para marcação de consultas. Por exemplo: Uma grade é criada com a vigência de um ano, e são definidos 30 dias de Liberação de Vagas e 30 de Reposição, isto indica que será possível agendar por um período de dois meses (30+30). Após este período, a agenda irá expirar e não SIGA Manual de Operação (Novembro/2011) Pág. 7 / 38

8 será mais possível visualizar as vagas para agendamento. O fato de a agenda expirar não indica que ela acabou, ela deverá ser renovada. Esta agenda será exibida no módulo Renovação da Agenda por um período anterior à data de expiração, este período é indicado na Liberação de Vagas, ou seja, a data de expiração menos o período de Liberação é igual a quantidade de dias que a Unidade terá para renovar a agenda antes que ela expire. Os campos Observação e Recomendações não são de preenchimento obrigatório. A informação inserida no campo de observação estará disponível apenas para quem realiza manutenções na agenda. Já as informações inseridas no campo de recomendações, serão exibidas no comprovante de agendamento, ou seja, são recomendações para o paciente. Se preferir, defina um período de tolerância de antecedência. Selecione esta opção e informe tempo (min). Preenchendo este campo, será informado ao paciente, através do comprovante de agendamento, o período de antecedência que ele deve comparecer na Unidade para a realização do seu atendimento. SIGA Manual de Operação (Novembro/2011) Pág. 8 / 38

9 Como esta configuração é por horário, é possível definir a duração de cada consulta. Na seção Tempos médios por atendimento, informe o período para as consultas de PRIMEIRA VEZ, RETORNO e RESERVA TÉCNICA. Este período não poderá ultrapassar 120 min. Após preencher todos os campos, clique em [Gerar grade de Horários]. Se algum dado obrigatório (destacado em vermelho) não for preenchido, será exibida uma mensagem no topo da tela indicando qual campo está em branco. A tela seguinte é onde será criada a grade de horários. Há uma mensagem em vermelho no topo da tela, que se refere à carga horária do profissional. Leia com atenção, pois ela informa o tempo disponível ou o que excedeu da carga horária definida no vínculo (CMES). SIGA Manual de Operação (Novembro/2011) Pág. 9 / 38

10 Todas as informações inseridas na tela anterior, bem com informações relacionadas ao vínculo do profissional no CMES também estarão contidas nesta tela. Para começar a configurar a grade, clique no dia da semana desejado. Lembrando que só estarão disponíveis os dias selecionados na tela anterior. Será aberta uma janela com as opções para configuração da grade para este dia. SIGA Manual de Operação (Novembro/2011) Pág. 10 / 38

11 Primeiro, selecione o procedimento, para tal, clique na lupa. Na tela seguinte, consulte pelo código ou utilizando o nome do procedimento. Quando o sistema carregar o resultado, selecione e clique em [Confirmar]. SIGA Manual de Operação (Novembro/2011) Pág. 11 / 38

12 O próximo passo será definir o tipo de atendimento (Primeira vez, retorno e reserva técnica). O horário inicial virá preenchido com o primeiro horário da agenda, altere se necessário. SIGA Manual de Operação (Novembro/2011) Pág. 12 / 38

13 No campo Quant. Atendimento, defina quantos atendimentos você deseja inserir com as configurações acima e clique em incluir. O sistema irá carregar as informações para a linha de baixo. SIGA Manual de Operação (Novembro/2011) Pág. 13 / 38

14 Por se tratar de uma agenda por horário, o sistema calcula automaticamente o horário final de cada consulta, baseado no tempo definido para cada tipo de atendimento. Caso haja algum equívoco na linha adicionada, é possível alterar o tipo de atendimento, quantidade de consultas e o horário inicial. Para tal, informe os novos dados e clique em alterar, ou se preferir excluir esta linha e criar uma nova configuração, clique em excluir. É possível inserir mais de um procedimento na criação da agenda, basta executar os passos acima com um novo procedimento. Observação: O número de consultas para cada dia não poderá extrapolar o período configurado. O sistema exibe um alerta caso isso aconteça e não será possível gerar a grade. Se a grade for a mesma para toda a agenda ou para outro dia, no campo Copiar para, selecione o dia da semana e clique em ok. Nesta lista, serão exibidos os dias disponíveis para agendamento (configurado na primeira tela). SIGA Manual de Operação (Novembro/2011) Pág. 14 / 38

15 Uma janela (pop-up) com a confirmação da cópia será exibida, clique em [OK] para fechá-la. Quando terminar, clique em [Continuar] para que o sistema efetue a criação da grade de horários. A grade será exibida conforme a configuração. Caso não tenha copiado a grade para os demais dias, efetue os passos novamente para cada dia. SIGA Manual de Operação (Novembro/2011) Pág. 15 / 38

16 O tempo total da agenda será debitado da carga horária do profissional. Este tempo também não pode ser extrapolado, o sistema exibirá uma mensagem caso isto aconteça. Posicione o cursor do mouse (a setinha ) em cada dia da semana para ver o procedimento. Os campos acima dos dias da semana servem para preenchimento de alguma observação, que ficará disponível apenas para quem efetua a manutenção das agendas. Confira todos os dados inseridos e verifique se não há nenhum problema e se a configuração está correta e clique em [Gravar]. SIGA Manual de Operação (Novembro/2011) Pág. 16 / 38

17 Se ainda assim, houver alguma irregularidade, não será permitido gravar, caso contrário, será exibida uma mensagem de confirmação da criação da grade. Inclusão por Vaga A inclusão por vaga segue os mesmos padrões para criação da grade, com algumas diferenças. Acesse o menu CONFIGURAÇÃO / Prog. Ag. Local / Inclusão por Vaga. Observe que a tela está reduzida, pois algumas opções não estão disponíveis para agendamento por vaga, tais como a criação de Atividades Coletivas, o horário final da programação e a configuração do tempo de cada consulta. Na seção Perfil de Agenda, selecione o tipo de agendamento. Para inclusões por vaga, o sistema exibe as seguintes opções: Profissional; Equipamento; Por padrão, a opção selecionada é Profissional, caso queria selecionar um perfil diferente, clique na bolinha ao lado de cada perfil. Os dois campos têm a mesma forma para consultas, informe o nome do profissional ou equipamento e clique em outro ponto da tela para que o sistema efetue a consulta, se o SIGA Manual de Operação (Novembro/2011) Pág. 17 / 38

18 campo ficar com as bordas vermelhas, pode ser que o sistema não tenha encontrado nenhum registro ou encontrou mais de um, neste caso, clique na lupa. Efetue a consulta utilizando o CNS ou o Nome do Profissional, ou se preferir clique na lupa. Se o profissional possuir mais de um vínculo no estabelecimento, selecione o correto e clique em confirmar. O sistema retornará para a tela anterior, nesta etapa, o campo da especialidade (campo obrigatório) será habilitado. Selecione a Especialidade da agenda. Preste bastante atenção na hora da escolha, pois este campo não poderá ser editado após a gravação da agenda. Lembre-se também que a especialidade tem que estar relacionada (mapeada) com o CBO do profissional (CBO escolhido para a criação da agenda). Informe o Período de Vigência da agenda (Data Inicial e Final). Insira a data com atenção, pois, após gravar a agenda, a data inicial não poderá ser alterada. Na seção Configurações para geração da grade, informe o Horário inicial. Informe o Total previsto de horas trabalhadas. Este valor será o total de horas semanais que será utilizada na agenda. SIGA Manual de Operação (Novembro/2011) Pág. 18 / 38

19 Selecione os dias da semana em que haverá grade disponível para agendamento (clique nos quadradinhos ao lado dos dias da Semana). Esta etapa terá impacto na tela seguinte. Informe o Período de Liberação de Vagas. O campo Quantidade de dias para o Bloqueio no Agendamento de Pacientes bloqueia apenas vagas de Primeira Vez. Informe o Período de Reposição de Vagas. Observação: A soma dos períodos dos campos de Liberação e Reposição de Vagas determina o período que a agenda estará visível para marcação de consultas. Por exemplo: Uma grade é criada com a vigência de um ano, e são definidos 30 dias de Liberação de Vagas e 30 de Reposição, isto indica que será possível agendar por um período de dois meses (30+30). Após este período, a agenda irá expirar e não será mais possível visualizar as vagas. O fato desta grade expirar não indica que ela acabou, ela deverá ser renovada. Esta agenda será exibida no módulo Renovação da Agenda por um período anterior à data de expiração, este período é indicado na Liberação de Vagas, ou seja, a data de expiração menos o período de Liberação é igual a quantidade de dias que a Unidade terá para renovar a agenda antes que ela expire. SIGA Manual de Operação (Novembro/2011) Pág. 19 / 38

20 Os campos Observação e Recomendações não são de preenchimento obrigatório. A informação inserida no campo de observação estrará disponível apenas para quem realiza manutenções na agenda. Já as informações inseridas no campo de recomendações, serão exibidas no comprovante de agendamento, ou seja, são recomendações para o paciente. Após o preenchimento dos dados, clique em [Gerar grade de horários]. A tela seguinte é a mesma utilizada para criação das inclusões por horário. Para começar a configurar a grade, clique no dia da semana desejado. Lembrando que só estarão disponíveis os dias selecionados na tela anterior. Será aberta uma janela com as opções para configuração da grade para este dia. Primeiro, selecione o procedimento, para tal, clique na lupa. SIGA Manual de Operação (Novembro/2011) Pág. 20 / 38

21 Selecione o Tipo de Atendimento. Informe o Horário Inicial da consulta. Informe a quantidade de atendimentos para aquele horário e clique em incluir. Esta primeira configuração será exibida na linha abaixo, sem o horário final definido. Para configurar outros tipos de atendimento, siga os mesmos passos acima. Se necessário, é possível inserir outro procedimento para esta grade, mas preste atenção nestas etapas para evitar problemas futuros, pois o procedimento tem que ter relação com a Especialidade da agenda e o Profissional da agenda deverá ter vínculo válido para executálo. Nas Inclusões por Vaga, para dividir os horários será necessário informar a cada consulta um horário inicial novo, se necessário. Caso queira copiar configuração para os demais dias da semana ou para um dia específico, selecione o dia e clique em ok. Será exibida uma janela (pop-up) com uma mensagem de confirmação de cópia, clique em [OK]. SIGA Manual de Operação (Novembro/2011) Pág. 21 / 38

22 Após terminar a configuração para o dia, cliquem em [Continuar] para que o sistema gere a grade de horários. Mas uma vez, verifique se a configuração está correta. Se não houver nenhum problema, clique em [Gravar]. Análise Após a criação da Agenda, é necessário que a grade seja avaliada (aprovada) para que as vagas sejam disponibilizadas para agendamentos. Acesse o menu CONFIGURAÇÃO / Prog. Ag. Local / Análise. Por padrão, o perfil de agenda selecionado é o de agendas por Profissional. Para escolher outra opção, clique na bolinha ao lado de cada tipo de agenda (Equipamento ou Atividade Coletiva) Utilize o campo para pesquisar, inserindo o nome e clicando em outro ponto da tela ou utilizando a lupa. SIGA Manual de Operação (Novembro/2011) Pág. 22 / 38

23 No geral, todos os campos desta tela são filtros de pesquisa. Nenhum deles é de preenchimento obrigatório, porém, quanto mais filtros forem utilizados, mais rápida e precisa será a pesquisa. Preencha um ou mais deles e clique em [Consultar]. SIGA Manual de Operação (Novembro/2011) Pág. 23 / 38

24 O resultado será exibido em linhas, cada uma correspondendo a uma agenda criada. Ao clicar no nome do profissional, uma janela será exibida com a grade do dia (em agendas já aprovadas) com a opção para impressão. Para exibir a grade configurada, clique no botão que é parecido com um calendário para saber se a grade está correta e auxiliar na aprovação. SIGA Manual de Operação (Novembro/2011) Pág. 24 / 38

25 Nesta tela de resultado é possível saber que tipo de agenda foi criada! Observe as colunas Hora Inicial e Hora Final. Se só o horário inicial estiver preenchido, é porque a agenda é por vaga. Se, abaixo da coluna estiverem os dois horários, trata-se de uma inclusão por vaga. Na coluna Situação, é indicado o status da agenda, que poderá ser: Aprovada: agenda já avaliada, livre para agendamentos; SIGA Manual de Operação (Novembro/2011) Pág. 25 / 38

26 Pendente: pendente de avaliação, não será possível agendar pacientes; Cancelada: agendas canceladas, também não será possível agendar pacientes; Rejeitada: agendas rejeitadas, que podem ser alteradas e reavaliadas. No caso, assim que uma grade é criada, ela deverá ser aprovada. Para tal, selecione a linha correspondente e clique em [Aprovar]. É possível aprovar mais de uma agenda, basta selecionar os quadradinhos ao lado de cada linha. Observe atentamente a tela. Na primeira aprovação de uma agenda, só será exibida uma opção, que não permite alteração, dizendo que a nova configuração terá efeito a partir do início da vigência (data inicial). Clique em [Gravar] para aprovar a agenda. SIGA Manual de Operação (Novembro/2011) Pág. 26 / 38

27 Ao aprovar a agenda pela segunda vez (após alguma alteração), aparecerá uma nova opção, preste bastante atenção. A primeira opção, que vem selecionada por padrão, diz que as alterações só serão efetivadas na próxima renovação. A segunda opção permite antecipar as alterações para a data atual, preenchida por padrão, ou para uma data indicada pelo operador. Selecione a opção desejada e clique em [Gravar]. Em outra tela, será exibida uma mensagem de confirmação. A agenda ficará em processamento e estará disponível para agendamento no dia seguinte. Acesse novamente o menu CONFIGURAÇÃO / Prog. Ag. Local / Análise, efetue novamente a consulta da agenda. Após o sistema carregar o resultado, note que na coluna Operação em Andamento aparecerá um sim na linha da agenda aprovada (cancelada ou rejeitada). SIGA Manual de Operação (Novembro/2011) Pág. 27 / 38

28 Ao clicar neste link, o sistema exibe uma nova tela com a informação da operação que está sendo executada (aprovando, cancelando, rejeitando ou renovando a grade). O método para cancelar e rejeitar a agenda segue o mesmo padrão de funcionamento, basta selecionar a agenda e clicar na operação desejada. O processo será efetivado no dia seguinte. Consulta e Manutenção Utilize o módulo Consulta e Manutenção para realizar alterações na agenda. Acesse o menu CONFIGURAÇÃO / Prog. Ag. Local / Consulta e Manutenção. O método para pesquisar as agendas é o mesmo utilizado no módulo de Análise. SIGA Manual de Operação (Novembro/2011) Pág. 28 / 38

29 Preencha algum filtro de pesquisa e clique em [Consultar]. O sistema armazena um histórico de alterações da agenda. Para visualizá-lo, selecione a agenda e clique em [Log]. Nesta janela, serão exibidas as seguintes informações separadas em colunas: Profissional Operador: profissional ( logado no sistema) que efetuou as operações; SIGA Manual de Operação (Novembro/2011) Pág. 29 / 38

30 Data da Operação: data em que a operação foi executada; Horário da Operação: hora em que a operação foi executada; Tipo de Registro: o tipo da operação que foi realizada (aprovação, alteração). Clique em [Voltar] para retornar para a tela anterior. Para alterar a agenda, selecione a linha correspondente e clique em [Alterar]. Com exceção do Profissional, Especialidade e Período Inicial de Vigência da agenda, todos os demais campos podem ser alterados. SIGA Manual de Operação (Novembro/2011) Pág. 30 / 38

31 Efetue as alterações necessárias nesta página e clique em [Gerar grade de horários]. Na tela seguinte é possível modificar toda a grade da agenda. As operações para essas alterações são os mesmo passos utilizados na criação da agenda. Após as modificações, clique em [Gravar]. A agenda retornará para o status PENDENTE, sendo necessário que a mesma seja aprovada novamente. Impedimento Para criar impedimento para os perfis de agenda (Profissional / Equipamento ou Atividade Coletiva) ou para Todo o estabelecimento, acesse o menu CONFIGURAÇÃO / Prog. Ag. Local / Impedimento. A primeira tela é apenas para consulta e o método para pesquisa dos perfis de agenda é o mesmo dos módulos anteriores, escreva o nome no campo e clique em outro ponto da tela ou utilize a Lupa. SIGA Manual de Operação (Novembro/2011) Pág. 31 / 38

32 Escolha o filtro de pesquisa desejado e clique em [Consultar]. São exibidos 20 registros por página, se houver um número maior de registros, utilize a paginação para verificar os demais. Adicionar Impedimento Clique em [Adicionar] para criar um impedimento. SIGA Manual de Operação (Novembro/2011) Pág. 32 / 38

33 Na tela seguinte, selecione o perfil desejado para a criação do impedimento. Clique na bolinha ao lado de cada nome para ativar o campo e efetue a pesquisa. O campo Especialidade não é obrigatório, mas, se utilizá-lo, tenha certeza de que a especialidade escolhida seja a mesma configurada na grade da agenda, caso contrário, mesmo com o impedimento criado, as vagas continuarão disponíveis. Utilize a especialidade para casos em que o profissional tenha mais de uma agenda configurada e seja necessário impedir apenas uma, por exemplo. Deixando o campo em branco, todas as grades que ele possui serão bloqueadas. Preste bastante atenção! Informe o Motivo do Impedimento. Escreva uma descrição para este impedimento. Indique o período em que as agendas, ou o estabelecimento ficarão impedidos (Data Inicia e Final). Se preferir, clique no botão ao lado de cada campo para que seja exibido um pequeno calendário com o mês corrente, basta selecionar o dia. Se o impedimento for para todo o dia, clique na bolinha ao lado desta opção. Se for para um horário específico, selecione a opção de baixo e informe horário inicial e final. Clique em [Gravar]. SIGA Manual de Operação (Novembro/2011) Pág. 33 / 38

34 O sistema retorna para a tela anterior e exibe uma mensagem de confirmação no topo da tela. Alterar Impedimento Consulte o impedimento que deseja alterar. Selecione a linha correspondente e clique no botão [Alterar]. É possível apenas alterar a descrição, o período e o horário do impedimento. Efetue as alterações necessárias e clique em [Gravar]. SIGA Manual de Operação (Novembro/2011) Pág. 34 / 38

35 Observação: Só é permitido alterar impedimentos que ainda estão vigentes. Excluir Impedimento O sistema permite a exclusão de impedimentos que não estão vigentes. Consulte o impedimento que deseja excluir. Selecione a linha correspondente e clique em [Excluir]. Uma janela (pop-up) aparecerá questionando se deseja mesmo excluir o impedimento, clique em [Ok] para confirmar. Observação: Ao criar impedimento para Todo o Estabelecimento, serão canceladas todas as agendas locais. Renovação da Agenda Uma agenda expira quando a soma dos períodos de Liberação e Reposição da agenda termina. Para fins de agendamento, as vagas não serão mais exibidas. Nesses casos, se a agenda configurada ainda estiver dentro do período de vigência (data inicial e final), será possível renovála. Acesse o menu CONFIGURAÇÃO / Prog. Ag. Local / Renovação da Agenda. SIGA Manual de Operação (Novembro/2011) Pág. 35 / 38

36 A primeira tela é apenas para consulta e o método para pesquisa dos perfis de agenda é o mesmo dos módulos anteriores, escreva o nome no campo e clique em outro ponto da tela ou utilize a Lupa. Pode acontecer de, ao acessar o módulo, algumas agendas que não estão expiradas serem exibidas. Estas agendas estão em um período próximo à data de expiração e poderão ser renovadas. Para saber o período disponível para renovação, veja a observação no tópico de inclusão por horário na página 7 deste manual. SIGA Manual de Operação (Novembro/2011) Pág. 36 / 38

37 Para renovar a agenda, selecione a linha correspondente (é possível selecionar mais de uma agenda) e clique em [Renovar]. Será exibida uma tela com uma mensagem de confirmação da renovação da agenda. Acesse novamente o menu CONFIGURAÇÃO / Prog. Ag. Local / Renovação da Agenda. Note que na coluna Operação em Andamento aparecerá um sim na linha da agenda em renovação. O processo de renovação, assim como a aprovação da agenda, só será efetivado no dia seguinte. SIGA Manual de Operação (Novembro/2011) Pág. 37 / 38

38 Observações Gerais EVITE ALTERAR A GRADE DE AGENDAS QUE JÁ POSSUEM AGENDAMENTO MARCADO. Qualquer tipo de alteração na grade irá cancelar todos os pacientes. O sistema não permite que sejam criadas, para o mesmo profissional, duas agendas com o mesmo período de vigência e horário. Evite criar agendas com períodos muito longos. Há casos de Unidades que criaram agendas para mais de três anos, e no meio do caminho tiveram que trocar as configurações. É preferível que se configure uma agenda com um período pequeno e, conforme a necessidade vá aumentando o período final. Esta pequena atitude pode evitar muitos problemas. Suponha que uma agenda foi configurada com vigência de dois anos a partir da data de hoje, e foram agendados pacientes em três meses de agenda, só que, no segundo mês houve mudanças no cronograma e a grade da agenda será alterada. Ao realizar esta operação todos os agendamentos para os pacientes que foram marcados (muitos pacientes) para o mês seguinte serão cancelados! Profissionais com número do CNS provisório também não podem ter agendas com períodos longos, pois, ao chegar o número definitivo, a agenda para este profissional deverá ser finalizada para que seja criar outra com o número do CNS definitivo. Ao cancelar uma agenda que não será mais utilizada, diminua a data final até a data atual para que, ao criar uma nova, não haja nenhuma possibilidade de duplicação de vagas ou problemas com períodos de vigência. E não se esqueça de antecipar as alterações (vide Análise). Parte dos problemas nas agendas são falhas no gerenciamento das mesmas. Preste bastante atenção ao realizar qualquer operação, nos alertas que o sistema emite e faça alterações somente se necessário. Não confunda agenda LOCAL com agenda REGULADA. SIGA Manual de Operação (Novembro/2011) Pág. 38 / 38

Assessoria Técnica de Tecnologia da Informação - ATTI. Projeto de Informatização da. Secretaria Municipal de Saúde do. Município de São Paulo

Assessoria Técnica de Tecnologia da Informação - ATTI. Projeto de Informatização da. Secretaria Municipal de Saúde do. Município de São Paulo Assessoria Técnica de Tecnologia da Informação - ATTI Projeto de Informatização da Secretaria Municipal de Saúde do Município de São Paulo Agenda Local Agendamento Manual de Operação Conteúdo Sumário...

Leia mais

Assessoria Técnica de Tecnologia da Informação - ATTI. Projeto de Informatização da. Secretaria Municipal de Saúde do. Município de São Paulo

Assessoria Técnica de Tecnologia da Informação - ATTI. Projeto de Informatização da. Secretaria Municipal de Saúde do. Município de São Paulo Assessoria Técnica de Tecnologia da Informação - ATTI Projeto de Informatização da Secretaria Municipal de Saúde do Município de São Paulo Módulo Fila de Espera Manual de Operação Conteúdo Sumário... 3

Leia mais

Assessoria Técnica de Tecnologia da Informação - ATTI. Projeto de Informatização da Secretaria Municipal de Saúde do Município de São Paulo

Assessoria Técnica de Tecnologia da Informação - ATTI. Projeto de Informatização da Secretaria Municipal de Saúde do Município de São Paulo Assessoria Técnica de Tecnologia da Informação - ATTI Projeto de Informatização da Secretaria Municipal de Saúde do Município de São Paulo Programa Bolsa Família Manual de Operação 10/Abril/2011 Aplicado

Leia mais

Instruções para utilização da Agenda Médica Eletrônica

Instruções para utilização da Agenda Médica Eletrônica Instruções para utilização da Agenda Médica Eletrônica Sumá rio 1. Acesso aos Serviços Exclusivos...3 2. Acesso à Agenda...4 3. Inclusão de Horários de Atendimento...6 4. Informação de Ausência...10 5.

Leia mais

Assessoria Técnica de Tecnologia da Informação - ATTI. Projeto de Informatização da. Secretaria Municipal de Saúde do. Município de São Paulo

Assessoria Técnica de Tecnologia da Informação - ATTI. Projeto de Informatização da. Secretaria Municipal de Saúde do. Município de São Paulo Assessoria Técnica de Tecnologia da Informação - ATTI Projeto de Informatização da Secretaria Municipal de Saúde do Município de São Paulo Programa Bolsa Família Manual de Operação Conteúdo Sumário...

Leia mais

Projeto de Implantação do Sistema Siga Saúde. Guia pratico Agenda Local

Projeto de Implantação do Sistema Siga Saúde. Guia pratico Agenda Local Projeto de Implantação do Sistema Siga Saúde Guia pratico Agenda Local HISTÓRICO DE REVISÕES Data Versão Descrição das alterações realizadas 03/08/015 1.0 Versão inicial 07/10/015 1.1 Revisão SUMÁRIO SUMÁRIO...

Leia mais

Agendamento de Entregas

Agendamento de Entregas Agendamento de Entregas MT-212-00143 - 2 Última Atualização 24/11/2014 I. Objetivos Após este módulo de capacitação você será capaz de: Solicitar um Agendamento de Entregas de Materiais; Acompanhar o andamento

Leia mais

C A R T I L H A. - Recursos Humanos Cargos

C A R T I L H A. - Recursos Humanos Cargos C A R T I L H A - Recursos Humanos Cargos Elaborada por: DIRPD Diretoria de Processamento de Dados Universidade Federal de Uberlândia Maio/2009 Apresentação Esta cartilha foi elaborada para auxiliar os

Leia mais

Manual Operacional SIGA

Manual Operacional SIGA SMS - ATTI Junho -2014 Conteúdo Sumário... 2 Cadastro de Usuários... 3 Completude do Cadastro... 4 Criar novo Cartão SUS... 7 Seção Dados Pessoais... 10 Seção Dados de Contato... 12 Seção Endereço... 13

Leia mais

Manual do Usuário. Requisições

Manual do Usuário. Requisições Manual do Usuário Requisições Projeto SIGA-EPT Manual do Usuário Módulo Requisições SISTEMA INTEGRADO DE GESTÃO ACADÊMICA Versão outubro/2010 Sumário 1 Introdução 4 2 Requisição de Compra de Consumo 5

Leia mais

CONSULTAS E EXAMES. Executante Consultas

CONSULTAS E EXAMES. Executante Consultas CONSULTAS E EXAMES Executante Consultas SUMÁRIO 1. EXECUTANTE CONSULTAS... 3 2. TELA DE ACESSO AO SISTEMA... 3 3. REGISTRO DE ATENDIMENTO... 5 4. SOLICITAÇÃO DE RETORNO E/OU ENCAMINHAMENTO... 6 Dezembro/2015

Leia mais

Esse manual visa fornecer orientações às instituições concedentes de estágios. Após

Esse manual visa fornecer orientações às instituições concedentes de estágios. Após Esse manual visa fornecer orientações às instituições concedentes de estágios. Após acessar o endereço www.sigaa.ufs.br, você deve clicar no botão ENTRAR NO SISTEMA Obs.: Os dados utilizados nos exemplos

Leia mais

e-sus Atenção Básica Manual de utilização do sistema Prontuário Eletrônico do Cidadão - PEC

e-sus Atenção Básica Manual de utilização do sistema Prontuário Eletrônico do Cidadão - PEC e-sus Atenção Básica Manual de utilização do sistema Prontuário Eletrônico do Cidadão - PEC PERFIL COORDENADOR 1. INTRODUÇÃO... 4 2. ORIENTAÇÕES GERAIS... 5 3. ADMINISTRAÇÃO... 7 3.1 Cadastrar perfis...

Leia mais

Guia Operacional do Sistema IHS. Assembleia de grupos exclusivos on-line

Guia Operacional do Sistema IHS. Assembleia de grupos exclusivos on-line Internet Honda System Guia Operacional do Sistema IHS Assembleia de grupos exclusivos on-line Como acessar o módulo de assembleia no IHS Acesse o site do IHS: https://ihs.honda.com.br Faça o seu login

Leia mais

Guia de Treinamento. SIPAC Módulo Almoxarifado. Requisitante de Material

Guia de Treinamento. SIPAC Módulo Almoxarifado. Requisitante de Material Guia de Treinamento SIPAC Módulo Almoxarifado Requisitante de Material Fevereiro 2014 SIPAC - Almoxarifado - Requisitante de Material O Sistema Integrado de Patrimônio, Administração e Contratos (SIPAC)

Leia mais

Gerabyte AFV (Automação de Força de Venda) Manual do Aplicativo

Gerabyte AFV (Automação de Força de Venda) Manual do Aplicativo Gerabyte AFV (Automação de Força de Venda) Manual do Aplicativo Versão do Manual: 2.4 Versão do Aplicativo: 2.17.2 Conteúdo 1. Instalação do AFV...03 2. Configurações...04 3. Recebendo as tabelas...05

Leia mais

Sumário 1. Inicializando o Sistema Arquitetura do Sistema Consulta Rápida de Veículos Informações Gerais...

Sumário 1. Inicializando o Sistema Arquitetura do Sistema Consulta Rápida de Veículos Informações Gerais... 1 Sumário 1. Inicializando o Sistema... 3 2. Arquitetura do Sistema... 5 2.1. Menu... 5 2.1.1. Detalhamento do Menu e Submenu... 5 2.2. Barra de Ferramentas... 6 2.2.1. Ações... 6 2.2.2. Crédito Disponível...

Leia mais

MANUAL VTWEB CLIENT URBANO

MANUAL VTWEB CLIENT URBANO MANUAL VTWEB CLIENT URBANO Conteúdo... 2 1. Descrição... 3 2. Cadastro no sistema... 3 2.1. Pessoa Jurídica... 3 2.2. Pessoa Física... 5 2.3. Concluir o cadastro... 6 3. Acessar o sistema... 6 3.1. Autenticar

Leia mais

Instruções de Acesso: Eventos Científicos. Departamento de TI da FACTHUS (Atualizado: 22/09/2016)

Instruções de Acesso: Eventos Científicos. Departamento de TI da FACTHUS (Atualizado: 22/09/2016) Instruções de Acesso: Eventos Científicos Primeiro Acesso No primeiro acesso informe os números do CPF e depois selecione a opção Prosseguir Se você for aluno da FACTHUS ao clicar na opção prosseguir preencha

Leia mais

Como realizar o Cadastramento de Usuários - Cartão Nacional de Saúde

Como realizar o Cadastramento de Usuários - Cartão Nacional de Saúde Como realizar o Cadastramento de Usuários - Cartão Nacional de Saúde Fluxo para digitação do Cadastro Territorial no E-SUS... 2 Etapa 1 - Pesquisa do cidadão na base local do E-SUS:... 3 Etapa 2 - Cadastro

Leia mais

Para cadastrar um novo funcionário passe o mouse em Funcionários no menu superior da Intranet, em seguida, Cadastro de Funcionários

Para cadastrar um novo funcionário passe o mouse em Funcionários no menu superior da Intranet, em seguida, Cadastro de Funcionários Cadastro de Funcionários Como cadastrar um funcionário Para cadastrar um novo funcionário passe o mouse em Funcionários no menu superior da Intranet, em seguida, Cadastro de Funcionários 1 1 Cadastre as

Leia mais

Orientações ao Administrador Regional

Orientações ao Administrador Regional Orientações ao Administrador Regional Antes de iniciarmos a Formação do Administrador Regional é importante lembrarmos que o mesmo deverá ser cadastrado por um Administrador Geral (SEDUC). Para realizar

Leia mais

Gestão do Depósito Público GDP

Gestão do Depósito Público GDP Centro de Tecnologia da Informação e Comunicação do Estado do Rio de Janeiro - PRODERJ Gestão do Depósito Público GDP Índice Seja Bem-Vindo 3 Sobre o Sistema 4 1. Calendário 5 1.1.Descrição... 5 1.2.Procedimentos

Leia mais

Dupla Regência Manual para a Administração da Escola

Dupla Regência Manual para a Administração da Escola Dupla Regência Manual para a Administração da Escola Versão 1.0 Conteúdo Administração da Escola Cenário de Uso I Central de Vagas... 4 1. Cadastro de Vagas... 4 2. Consultar vagas cadastradas... 5 3.

Leia mais

TOTVS Gestão Hospitalar Manual Ilustrado - Agendamento. 11.8x. março de Versão: 2.00

TOTVS Gestão Hospitalar Manual Ilustrado - Agendamento. 11.8x. março de Versão: 2.00 TOTVS Gestão Hospitalar Manual Ilustrado - Agendamento 11.8x março de 2015 Versão: 2.00 1 Sumário 1 Agendamento... 3 1.1. Critérios para elaboração de agendas... 3 1.2. Informações gerais sobre a agenda...

Leia mais

1 GLOSSÁRIO Área de TI Catálogo de serviços de TI Solicitante Chamado Formulário...

1 GLOSSÁRIO Área de TI Catálogo de serviços de TI Solicitante Chamado Formulário... Pág.: 1 de 21 SUMÁRIO 1 GLOSSÁRIO... 3 1.1 Área de TI... 3 1.2 Catálogo de serviços de TI... 3 1.3 Solicitante... 3 1.4 Chamado... 3 1.5 Formulário... 3 1.6 Situação do Chamado... 3 2 CATALOGO DE SERVIÇOS

Leia mais

GUIA DO USUÁRIO Gerenciar CND

GUIA DO USUÁRIO Gerenciar CND GUIA DO USUÁRIO Gerenciar CND 1 Índice Introdução... 3 Gerenciar CND... 4 Agendar CND...5 Relação de CND...6 Download...7 Publicar...7 Excluir...8 Visualizar...8 Inclusão Manual...8 Emissão Rápida...9

Leia mais

Treinamento do Sistema SIGRH Módulo Férias Perfil: Solicitação de agendamento de férias

Treinamento do Sistema SIGRH Módulo Férias Perfil: Solicitação de agendamento de férias 1 Treinamento do Sistema SIGRH Módulo Férias Perfil: Solicitação de agendamento de férias Maceió, setembro de 2012. 2 Histório de versões Versão 1.0-14/09/2012 Descrição: Versão inicial 3 Conteúdo 1.Conhecendo

Leia mais

Manual de Instruções. Cadastro de Contribuinte e Configuração de usuário para emissão de NFS-e. SapiturISSQN Versão 1.0 1

Manual de Instruções. Cadastro de Contribuinte e Configuração de usuário para emissão de NFS-e. SapiturISSQN Versão 1.0 1 Manual de Instruções Cadastro de Contribuinte e Configuração de usuário para emissão de NFS-e 1 1. Cadastro de Novo Prestador de Serviço. Quando o usuário acessar o sistema de NFS-e Sapitur ISSQN, vai

Leia mais

MANUAL DE UTILIZAÇÃO PORTAL DO CLIENTE MAN ATD 001 VERSÃO 07

MANUAL DE UTILIZAÇÃO PORTAL DO CLIENTE MAN ATD 001 VERSÃO 07 MANUAL DE UTILIZAÇÃO PORTAL DO CLIENTE MAN ATD 001 VERSÃO 07 ÍNDICE PORTAL DE CLIENTES Selecione o tópico desejado para obter ajuda Esqueci minha senha Alterar idioma Alterar senha Acessar portal Como

Leia mais

Manual Gerenciador de Aprendizagem Papel Professor Versão 2.5.3

Manual Gerenciador de Aprendizagem Papel Professor Versão 2.5.3 Manual GA, Papel Professor / 37 Manual Gerenciador de Aprendizagem Papel Professor Versão 2.5.3 Manual GA, Papel Professor 2/ 37 Manual Gerenciador de Aprendizagem ACESSAR O GERENCIADOR DE APRENDIZAGEM...

Leia mais

COMO CRIAR PEDIDOS A PARTIR DA CESTA DE PRODUTOS

COMO CRIAR PEDIDOS A PARTIR DA CESTA DE PRODUTOS Esse guia considera que o catálogo já esteja atualizado, caso haja dúvidas de como atualizar o catálogo favor consultar o Guia de Atualização do Catálogo. Abra o programa e clique no botão Clique aqui

Leia mais

Manual de utilização sistema Comtele SMS

Manual de utilização sistema Comtele SMS Manual de utilização sistema Comtele SMS MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO SISTEMA SMS COMTELE Login... 3 Dashboard... 4 Envio instantâneo... 5 Requisições de envio instantâneo para contatos ou grupos.... 5 Agendamento

Leia mais

SAC Sistema de Acompanhamento de Concessões Manual do Usuário

SAC Sistema de Acompanhamento de Concessões Manual do Usuário 70040-020 Brasília - DF SAC Manual do Usuário Sumário Assunto PÁGINA 1. Objetivos do Manual 3 2. Perfil do Usuário 3 2.1 Coordenador Institucional 3 3. Acesso ao Sistema SAC 3 3.1 Endereço de acesso 3

Leia mais

Manual Balcão de Negócios para Usuários Administradores. Manual Balcão de Negócios para Usuários Administradores

Manual Balcão de Negócios para Usuários Administradores. Manual Balcão de Negócios para Usuários Administradores Manual Balcão de Negócios para AmazonIT Soluções em Tecnologia da Informação amazonit@amazonit.com.br (92) 3216-3884 3884 1 Funcionamento do Balcão de Negócios 2 Como entrar no balcão Para entrar no balcão

Leia mais

MANUAL TERMINAL DE CIRCULAÇÃO (BILIOTECA) Este tutorial irá servir como base para o uso do Terminal de Circulação.

MANUAL TERMINAL DE CIRCULAÇÃO (BILIOTECA) Este tutorial irá servir como base para o uso do Terminal de Circulação. MANUAL TERMINAL DE CIRCULAÇÃO (BILIOTECA) Este tutorial irá servir como base para o uso do Terminal de Circulação. 1. Para acesso ao terminal basta acessar as guias Biblioteca > Circulação > Terminal de

Leia mais

SAÚDE CONNECT FATURAMENTO ODONTOLOGIA

SAÚDE CONNECT FATURAMENTO ODONTOLOGIA SAÚDE CONNECT 3.010 FATURAMENTO ODONTOLOGIA FATURAMENTO ODONTOLOGIA... 3 1. DIGITAR GUIAS... 3 1.1 GUIA DE TRATAMENTO ODONTOLÓGICO... 4 1.2 CONSULTAR OU ALTERAR GUIA... 5 2. LOTE DE GUIAS... 7 2.1 ENVIAR

Leia mais

TUTORIAL PLATAFORMA PHILA - ALUNO CURSOS NESCON / GRUPO A

TUTORIAL PLATAFORMA PHILA - ALUNO CURSOS NESCON / GRUPO A TUTORIAL PLATAFORMA PHILA - ALUNO CURSOS NESCON / GRUPO A Tutorial Plataforma Phila Curso Nescon / Grupo A Sumário 1 Acessar Plataforma Phila... 1 1.1 Autenticação... 2 1.2 Nescon... 3 1.3 Criar conta...

Leia mais

versão /10/14

versão /10/14 versão 11.82-16/10/14 ACESSANDO O PORTAL ACADÊMICO Manual do Professor Para acessar o Portal Acadêmico da PUC-SP, digite em seu browser o endereço Será necessário utilizar as informações de login e senha

Leia mais

FUNCIONALIDADES DA ABA CEP NA PLATBR

FUNCIONALIDADES DA ABA CEP NA PLATBR FUNCIONALIDADES DA ABA CEP NA PLATBR Versão 1.1 Histórico de Versão Versão Autor Data Descrição Equipe suporte Criação do 1.0 Plataforma Brasil 14/09/2012 Documento 1.1 Equipe suporte Plataforma Brasil

Leia mais

SISTEMA DE DESEMPENHO DA NAVEGAÇÃO - SDN

SISTEMA DE DESEMPENHO DA NAVEGAÇÃO - SDN AGÊNCIA NACIONAL DE TRANSPORTES AQUAVIÁRIOS SUPERINTENDÊNCIA DE NAVEGAÇÃO INTERIOR Gerência de Desenvolvimento e Regulação da Navegação Interior SISTEMA DE DESEMPENHO DA NAVEGAÇÃO - SDN MANUAL DO USUÁRIO

Leia mais

Manual do Sistema PUSH

Manual do Sistema PUSH Manual do Usuário Manual do Sistema PUSH PUSH Template Versão 1.1 SUMÁRIO 1. Introdução... 3 2. Criação de Conta... 4 3. Incluindo Processos... 6 4. Consultar/Excluir Processo... 7 Consulta... 7 Exclusão...

Leia mais

Caderneta Eletrônica. Manual do Docente

Caderneta Eletrônica. Manual do Docente Manual do Docente Histórico do Documento Data/Hora Autor Unidade/Orgão Observação 2016/Jan/07 12:00 Aurenéia Santana CNS/NTI Versão Inicial 2016/Jan/08 11:21 Marlos Ribeiro CNS/NTI Diagramação em ODT 2016-Jan-11

Leia mais

1.Introdução. 2.Aéreo. 2.1 Solicitação de Aéreo Online.

1.Introdução. 2.Aéreo. 2.1 Solicitação de Aéreo Online. 1.Introdução Pensando em otimizar o serviço oferecido ao cliente, foi disponibilizado uma nova interface, onde houve uma renovação na navegabilidade do usuário, agregando serviços e facilitadores conforme

Leia mais

RENOVAÇÃO DE MATRÍCULAS

RENOVAÇÃO DE MATRÍCULAS RENOVAÇÃO DE MATRÍCULAS O processo de renovação de matrículas passará a ocorrer em 3 fases. Todos os alunos devem acessar o sistema em cada fase para elaborar e revisar seu plano de estudos. Cada fase

Leia mais

3/7/2010 MANUAL COMPRAS SHP. PPEDIDOS v Help Desk

3/7/2010 MANUAL COMPRAS SHP. PPEDIDOS v Help Desk 3/7/2010 SHP MANUAL COMPRAS PPEDIDOS v.3.2.5.99 Help Desk Conteúdo Editando permissões de usuário:... 3 A geração de Requisição de compras... 6 Aprovação da Requisição... 9 Gerar o pedido.... 12 Trabalhando

Leia mais

MANUAL PARA CADASTRO DE PRODUTOS

MANUAL PARA CADASTRO DE PRODUTOS MANUAL PARA CADASTRO DE PRODUTOS Este manual tem o objetivo de orientar o procedimento de cadastro de Produtos. Sempre que se fizer um destes procedimentos, os passos abaixo devem ser seguidos. AS CORES

Leia mais

Manual Pessoa Jurídica DATAPROM DATAPROM. Sistema de Bilhetagem Eletrônica. Revisão 01 / Março Manual de Pessoa Jurídica. Pág.

Manual Pessoa Jurídica DATAPROM DATAPROM. Sistema de Bilhetagem Eletrônica. Revisão 01 / Março Manual de Pessoa Jurídica. Pág. Manual de Pessoa Jurídica Sistema de Bilhetagem Eletrônica DATAPROM Manual Pessoa Jurídica DATAPROM Revisão 01 / Março 2015 www.dataprom.com Pág. 1 Índice Introdução... 3 1. Login, Senha e Cadastro...

Leia mais

Manual Gestão Garantias

Manual Gestão Garantias Manual Gestão Garantias OUTUBRO/2013 Sumário Sumário... 2 1. Introdução... 3 2. Funcionalidade... 3 3. Navegação no Sistema... 3 4. Configuração... 6 4.1. Garantias... 6 4.1.1. Cadastrar... 7 4.1.2. Validar...

Leia mais

[PÚBLICA] Manual Operacional. Sistema GEUI Gestão de Usuários da Internet. Produto: Veículos

[PÚBLICA] Manual Operacional. Sistema GEUI Gestão de Usuários da Internet. Produto: Veículos 1 [PÚBLICA] Manual Operacional Sistema GEUI Gestão de Usuários da Internet Produto: Veículos ÍNDICE 1. INTRODUÇÃO... 3 1.1. Objetivo do Manual... 3 1.2. Público Alvo... 3 1.3. Conteúdo do Manual... 3 2.

Leia mais

Procedimentos para a realização da matrícula

Procedimentos para a realização da matrícula Atualização dos dados do discente Seleção de turmas Ajuda para matrícula Buscar turmas abertas Adicionar turmas Procedimentos para a realização da matrícula Confirmar matrícula Flexibilização de pré-requisito

Leia mais

Confirmação de Cadastro 2010

Confirmação de Cadastro 2010 Confirmação de Cadastro 2010 Passo a Passo simplificado para acesso e utilização Introdução: Este passo a passo tem por objetivo informar objetivamente como acessar o site do Programa de Volta para Casa

Leia mais

SAÚDE CONNECT AUTORIZAÇÃO ODONTOLOGIA

SAÚDE CONNECT AUTORIZAÇÃO ODONTOLOGIA SAÚDE CONNECT 3.010 AUTORIZAÇÃO ODONTOLOGIA AUTORIZAÇÃO ODONTOLOGIA... 2 1. GUIA DE TRATAMENTO ODONTOLÓGICO... 2 2. ENCERRAMENTO DE TRATAMENTO ODONTOLÓGICO... 7 3. PLANO DE TRATAMENTO ODONTOLÓGICO... 9

Leia mais

DIAGRAMA DE ATIVIDADES PARA CADASTRO INICIAL

DIAGRAMA DE ATIVIDADES PARA CADASTRO INICIAL DIAGRAMA DE ATIVIDADES PARA CADASTRO INICIAL MANTER PESSOA MANTER SERVIDOR MANTER A INSTITUIÇÃO MANTER ELEMENTO ORGANIZACIONAL Cadastrar Pessoa Cadastrar Servidor Cadastrar a Instituição Cadastrar o Elemento

Leia mais

Projeto de Implantação do Sistema Siga Saúde. Guia pratico CMES

Projeto de Implantação do Sistema Siga Saúde. Guia pratico CMES Projeto de Implantação do Sistema Siga Saúde Guia pratico CMES HISTÓRICO DE REVISÕES Data Versão Descrição das alterações realizadas 03/08/20 1.0 Versão inicial /10/20 1.1 Revisão SUMÁRIO SUMÁRIO... 3

Leia mais

Serão listadas as disciplinas de sua responsabilidade no período selecionado

Serão listadas as disciplinas de sua responsabilidade no período selecionado Lançamento de Frequências e Notas 1. Para acessar o SISTEMA ACADÊMICO, abra o navegador Mozilla Firefox ou Google Chrome. 2. Digite na barra de endereços: acadêmico.unemat.br Após aperte a tecla

Leia mais

PDE INTERATIVO 2013 MANUAL DE CADASTRO E GERENCIAMENTO DE USUÁRIOS

PDE INTERATIVO 2013 MANUAL DE CADASTRO E GERENCIAMENTO DE USUÁRIOS PDE INTERATIVO 2013 MANUAL DE CADASTRO E GERENCIAMENTO DE USUÁRIOS O cadastro dos usuários é a etapa que antecede a elaboração do PLANO DE DESENVOLVIMENTO DA ESCOLA, no PDE Interativo e precisa ser feito

Leia mais

SISTEMA AUTOMÁTICO DE BILHETAGEM ELETRÔNICA PROCEDIMENTOS VTWEB CLIENT PROCEDIMENTOS

SISTEMA AUTOMÁTICO DE BILHETAGEM ELETRÔNICA PROCEDIMENTOS VTWEB CLIENT PROCEDIMENTOS SISTEMA AUTOMÁTICO DE BILHETAGEM ELETRÔNICA PROCEDIMENTOS VTWEB CLIENT PROCEDIMENTOS Origem: ProUrbano Data de Criação: 22/03/2010 Ultima alteração: Versão: 1.3 Tipo de documento: PRO-V1. 0 Autor: Adriano

Leia mais

Sub-rogação de Proponente

Sub-rogação de Proponente MINISTÉRIO DO PLANEJAMENTO ORÇAMENTO E GESTÃO SECRETARIA DE LOGÍSTICA E TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO DEPARTAMENTO DE GESTÃO ESTRATÉGICA DA INFORMAÇÃO Portal dos Convênios SICONV Sub-rogação de Proponente Perfil

Leia mais

Sumário REGISTRADOR ELETRÔNICO DE PONTO - REP-1000 REGISTRADOR ELETRÔNICO DE PONTO - REP-1000

Sumário REGISTRADOR ELETRÔNICO DE PONTO - REP-1000 REGISTRADOR ELETRÔNICO DE PONTO - REP-1000 Versão 1.04 Março de 2010. Sumário As informações contidas neste manual estão sujeitas a alterações sem prévio aviso e não representam compromisso por parte do fabricante. As imagens aqui reproduzidas

Leia mais

MANUAL DO KIT ON-LINE

MANUAL DO KIT ON-LINE MANUAL DO KIT ON-LINE Criado em: Novembro/2006 Alteração realizada: 15/12/2006 Versão do Manual: 1.0 Alteração realizada: 08/07/2009 Versão do Manual: 2.0 Alteração realizada: 27/01/2010 Versão do Manual:

Leia mais

Tutorial para lançamento de notas pela secretaria

Tutorial para lançamento de notas pela secretaria Tutorial para lançamento de notas pela secretaria Conteúdo 1 Lançamento de nota e falta manualmente pela secretaria... 2 2 - Calcular a média das notas e faltas digitas pelos professores... 4 3 Alteração

Leia mais

Sistema Hospitalar - Prescrição Eletrônica v4.0

Sistema Hospitalar - Prescrição Eletrônica v4.0 Sistema Hospitalar - Prescrição Eletrônica v4.0 Manual do Usuário - Médico Versão 0.0 Histórico da Revisão DATA VERSÃO DESCRIÇÃO AUTOR 23/0/202 0.00 Criação do manual Silvio Zequinão 25/02/204 0.0 Revisão

Leia mais

MANUAL DE ORIENTAÇÃO PARA SOLICITAÇÃO DE CERTIDÃO DE ADIMPLEMENTO SGPCCEE

MANUAL DE ORIENTAÇÃO PARA SOLICITAÇÃO DE CERTIDÃO DE ADIMPLEMENTO SGPCCEE MANUAL DE ORIENTAÇÃO PARA SOLICITAÇÃO DE CERTIDÃO DE ADIMPLEMENTO SGPCCEE Câmara de Comercialização de Energia Elétrica CCEE Setembro de 2014 SUMÁRIO 1. Apresentação... 3 1.1. Propósito... 3 1.2. Público

Leia mais

Sistema de Gestão do Processo de Certificação ABNT (CERTO) Guia do Auditor

Sistema de Gestão do Processo de Certificação ABNT (CERTO) Guia do Auditor Pag. Nº 1/23 SUMÁRIO 1 Comentários Gerais 2 Login 3 Segurança do Sistema 4 Área Principal 5 Ferramentas de comunicação 6 Solicitação de serviço: identificação da auditoria 7 Solicitação de serviço: documentos

Leia mais

Manual de utilização sistema Comtele SMS

Manual de utilização sistema Comtele SMS Manual de utilização sistema Comtele SMS Login... 3 Dashbord... 4 Envio instantâneo de mensagem SMS... 5 Requisições de envio instantâneo para contatos ou grupos... 5 Agendamento de envio... 7 Requisições

Leia mais

MANUAL de Ofertas SIGAA

MANUAL de Ofertas SIGAA MANUAL de Ofertas SIGAA Sumário Manual Portal do Docente 1. APRESENTAÇÃO...3 2. Chefia - Criação de Turmas sem Solicitação...4 PASSO 1: DADOS GERAIS DA TURMA... 5 PASSO 2: DEFINIR HORÁRIOS... 6 PASSO 3:

Leia mais

GESTÃO PARA EXCELÊNCIA, ESSE É O CAMINHO.

GESTÃO PARA EXCELÊNCIA, ESSE É O CAMINHO. GESTÃO PARA EXCELÊNCIA, ESSE É O CAMINHO. Tutorial Capacitação de Avaliadores Voluntários do Prêmio MPE Brasil Inscrição Acesso Certificado e Histórico de Aproveitamento do Teste Inscrição Em primeiro

Leia mais

Manual. S.I.A Sistema Integrado de Avaliação. PARÂMETROS PE (Parâmetros Curriculares)

Manual. S.I.A Sistema Integrado de Avaliação. PARÂMETROS PE (Parâmetros Curriculares) Manual S.I.A Sistema Integrado de Avaliação PARÂMETROS PE (Parâmetros Curriculares) S.I.A Sistema Integrado de Avaliação Introdução O S.I.A. (Sistema Integrado de Avaliação) é o sistema desenvolvido pelo

Leia mais

Gerenciamento de Contratos

Gerenciamento de Contratos Gerenciamento de Contratos O objetivo deste módulo é ajudar a gerenciar com mais eficiência o processo de elaboração, assinatura e renovação de cada contrato. Como configurar este módulo? Como utilizar

Leia mais

Manual de Procedimentos para Cadastro do Plano de Ensino via Portal AVA - Moodle Versão 1.0. Sumário

Manual de Procedimentos para Cadastro do Plano de Ensino via Portal AVA - Moodle Versão 1.0. Sumário Sumário Informações Iniciais Login no Portal AVA e acesso a disciplina Plano de Ensino Perfil Professor (AVA) Cadastro do Plano de Ensino Correção do Plano de Ensino Plano de Ensino Perfil Coordenador

Leia mais

Manual do Usuário. Sistema de Notas Fiscais Produtor/Avulsa. Módulo NFPA - e

Manual do Usuário. Sistema de Notas Fiscais Produtor/Avulsa. Módulo NFPA - e Secretaria de Estado de Fazenda de Mato Grosso Superintendência do Sistema Administrativo Fazendário Superintendência Adjunta de Gerenciamento de Tecnologia da Informação Manual do Usuário Sistema de Notas

Leia mais

Manual do Portal do Prestador. Autorização e Faturamento Online

Manual do Portal do Prestador. Autorização e Faturamento Online Manual do Portal do Prestador Autorização e Faturamento Online 1 ÍNDICE Cap. Assunto Pág. Informações preliminares 3 1 Autorização de Consultas 4 2 Autorização de Procedimentos Ambulatoriais e Sessões

Leia mais

Índice. Como acessar o sistema?...3. Painel...3. Nova Solicitação...4. Prazos...5. Anexar Arquivos...5. Ícones...6

Índice. Como acessar o sistema?...3. Painel...3. Nova Solicitação...4. Prazos...5. Anexar Arquivos...5. Ícones...6 Nova Versão Índice Como acessar o sistema?...3 Painel...3 Nova Solicitação...4 Prazos...5 Anexar Arquivos...5 Ícones...6 Notificação de alteração de status...6 Status...6 Enviando uma Mensagem...7 Avaliação...7

Leia mais

Concessão - Aposentadoria

Concessão - Aposentadoria Concessão - Aposentadoria 1. Módulo Cadastro 1.1. Cadastro de Pessoa Acesse o menu Cadastro/Pessoa/Informações Gerais. A seguinte janela se abrirá. Para incluir uma nova pessoa, vá paraa a primeira aba,

Leia mais

1. Selecione a linha que deseja excluir a declaração na coluna Ação, do painel Declarações. Após isso, clique sobre o botão "Excluir".

1. Selecione a linha que deseja excluir a declaração na coluna Ação, do painel Declarações. Após isso, clique sobre o botão Excluir. Declarações O que é isto? O que isto faz? Esta página tem por objetivo auxiliá-lo na localização de declarações já cadastradas, bem como na criação de novas declarações. Saiba que, uma vez localizada,

Leia mais

Manual Emissor Legal Atualizado 10/08/2016. Cadastro de Clientes

Manual Emissor Legal Atualizado 10/08/2016. Cadastro de Clientes Manual Emissor Legal Atualizado 10/08/2016 1.0 Menu superior Para utilizar o menu superior, clique com o mouse em cima da palavra que deseja abrir. No exemplo acima foi clicado na palavra cadastros, assim

Leia mais

DO USUÁRIO. Relatórios de Atividades da Lei Pilhas e Baterias Fabricante Nacional

DO USUÁRIO. Relatórios de Atividades da Lei Pilhas e Baterias Fabricante Nacional MANUAL DO USUÁRIO Relatórios de Atividades da Lei 10.165 Pilhas e Baterias Fabricante Nacional IBAMA INSTITUTO BRASILEIRO DO MEIO AMBIENTE E DOS RECURSOS NATU- RAIS RENOVAVÉIS Elaborado por Priscila Pivante

Leia mais

MANUAL DE INSTRUÇÕES CLARO TORPEDO EQUIPE

MANUAL DE INSTRUÇÕES CLARO TORPEDO EQUIPE Claro S.A MANUAL DE INSTRUÇÕES CLARO TORPEDO EQUIPE São Paulo 05/08/2014 Versão 3 1. Acesso à ferramenta O acesso poderá ser feito pelo link https://torpedoequipe.claro.com.br/torpedoequipe Ou também acessando

Leia mais

Material de Apoio. Portal de Atendimento Betha Sistemas

Material de Apoio. Portal de Atendimento Betha Sistemas Material de Apoio Portal de Atendimento Betha Sistemas Sumário 1. Portal de Atendimento Cliente Betha 1.1. Como realizar o acesso ao novo Portal de Atendimento 1.2. Como abrir um chamado pelo Portal de

Leia mais

PDE INTERATIVO CADASTRO E GERENCIAMENTO DE USUÁRIOS

PDE INTERATIVO CADASTRO E GERENCIAMENTO DE USUÁRIOS PDE INTERATIVO CADASTRO E GERENCIAMENTO DE USUÁRIOS O cadastro dos usuários é a etapa que antecede a elaboração do PLANO DE DESENVOLVIMENTO DA ESCOLA no módulo do SIMEC chamado de PDE Interativo e precisa

Leia mais

RENOVAÇÃO DE MATRÍCULAS

RENOVAÇÃO DE MATRÍCULAS RENOVAÇÃO DE MATRÍCULAS O processo de renovação de matrículas ocorrerá em 3 fases. Todos os alunos devem acessar o sistema para elaborar e revisar seu plano de estudos. Cada fase possuirá a estrutura a

Leia mais

GUIA DE UTILIZAÇÃO PORTAL DE FORNECEDORES TOSHIBA 1. ACESSANDO O PORTAL 2. ACESSANDO E VISUALIZANDO OS PEDIDOS DE COMPRA

GUIA DE UTILIZAÇÃO PORTAL DE FORNECEDORES TOSHIBA 1. ACESSANDO O PORTAL 2. ACESSANDO E VISUALIZANDO OS PEDIDOS DE COMPRA A TOSHIBA está lançando um portal de integração com os seus fornecedores para gerenciar os pedidos de compras e notas fiscais eletrônicas com o objetivo de melhorar seu processo de follow- up das entregas

Leia mais

Instalação e utilização do Software Pináculo SMS

Instalação e utilização do Software Pináculo SMS Instalação e utilização do Software Pináculo SMS Características do produto Pináculo SMS: Sem limite de quantidade de envios de SMS; Limite de 140 caracteres por mensagem; Histórico de mensagens enviadas

Leia mais

TUTORIAL Comissão Julgadora Municipal

TUTORIAL Comissão Julgadora Municipal TUTORIAL Comissão Julgadora Municipal Na 4ª edição da Olimpíada de Língua Portuguesa Escrevendo o Futuro, os textos selecionados pela Comissão Julgadora Municipal deverão ser enviados para a etapa estadual

Leia mais

MANUAL Pedidos On-Line

MANUAL Pedidos On-Line MANUAL Pedidos On-Line ÍNDICE INTRODUÇÃO... 3 O QUE É PEDIDOS ON-LINE... 3 QUEM PODE UTILIZAR... 3 COMO OBTER AUTORIZAÇÃO PARA ACESSO... 4 ACESSANDO O PEDIDOS ON-LINE... 5 COMO REGISTRAR UM PEDIDO... 7

Leia mais

Cadastro do novo Bilhete Único - SPTRANS

Cadastro do novo Bilhete Único - SPTRANS Sumário 1. Objetivo... 2 2. Cadastro para emissão do NOVO Bilhete Único... 3 3. Sessão Expirada... 111 4. Etapas do Cadastro... 144 5. Finalização do Cadastro... 166 6. Pesquisa de Satisfação...18 1 1.

Leia mais

MANUAL de Ofertas SIGAA

MANUAL de Ofertas SIGAA MANUAL de Ofertas SIGAA Sumário Manual Portal do Docente 1. APRESENTAÇÃO...3 2. Chefia - Criação de Turmas sem Solicitação...4 PASSO 1: DADOS GERAIS DA TURMA... 5 PASSO 2: DEFINIR HORÁRIOS... 6 PASSO 3:

Leia mais

Manual Telemetria - Horímetro

Manual Telemetria - Horímetro Sumário Apresentação... 2 Home... 2 Definição do Idioma... 3 Telemetria Horímetro... 4 Sensores... 5 Faixas Horímetro... 5 Configura Faixa Sensor... 14 Detalhado Período... 21 Consolidado Dia... 26 Consolidado

Leia mais

NOVO PORTAL DA UFS EDITOR

NOVO PORTAL DA UFS EDITOR NOVO PORTAL DA UFS EDITOR Universidade Federal de Sergipe Núcleo de Tecnologia da Informação 2016 www.manuais.ufs.br NTI - 2105-6583 / 2105-6584 ASCOM 2105-6433 / comunica@ufs.br Novo portal Editor. Objetivo

Leia mais

Movimento do Caixa

Movimento do Caixa Movimento do Caixa http://www.controlenanet.com.br Este manual é parte integrante do Software On-line Movimento do Caixa Concebido pela equipe técnica de ControleNaNet. http://www.controlenanet.com.br

Leia mais

Emissão de Recibos. Copyright ControleNaNet

Emissão de Recibos. Copyright ControleNaNet Este manual é parte integrante do Software On-line Recibos Concebido pela equipe técnica de ControleNaNet. http://www.controlenanet.com.br Todos os direitos reservados. Copyright 2016 - ControleNaNet Conteúdo

Leia mais

e-sus Atenção Básica Manual de Utilização do Sistema Prontuário Eletrônico do Cidadão - PEC

e-sus Atenção Básica Manual de Utilização do Sistema Prontuário Eletrônico do Cidadão - PEC e-sus Atenção Básica Manual de Utilização do Sistema Prontuário Eletrônico do Cidadão - PEC PERFIL ODONTÓLOGO INTRODUÇÃO... 3 2. CIDADÃO... 6 2.1 Visualizar prontuário... 6 2.2 Adicionar um cidadão...

Leia mais

MANUAL DO PORTAL ALUNO

MANUAL DO PORTAL ALUNO MANUAL DO PORTAL ALUNO http://portal.ibta.edu.br Sumário 1. Acesso... 3 1.1. Esqueci Minha Senha... 4 2. Contexto... 7 2.1. Alterar Contexto... 8 3. Contrato / Comunicados... 9 4. Menu Acadêmico... 10

Leia mais

USO INTERNO. SGT Sistema de Gerenciamento de Treinamentos

USO INTERNO. SGT Sistema de Gerenciamento de Treinamentos Sistema de Gerenciamento de Treinamentos CONFIDENCIAL SISTEMA DE GESTÃO DE TREINAMENTOS Sistema corporativo criado para gerenciamento e interface das evidências dos treinamentos da UNF, com foco nas empresas

Leia mais

Sicoobnet Empresarial

Sicoobnet Empresarial Sicoobnet Empresarial Manual do Usuário Versão 1.0 Por meio do menu FOLHA DE PAGAMENTO é possível realizar os procedimentos que seguem: Adesão Cancelamento Cadastro/Consultas Cancelamento de agendamento

Leia mais

Manual Para incluir Equipe Editorial no Sistema

Manual Para incluir Equipe Editorial no Sistema Sistema Eletrônico de Editoração de Revistas (SEER) Manual Para incluir Equipe Editorial no Sistema Equipe de Apoio às Publicações Digitais Pró-Reitoria de Pós-Graduação da PUC-SP 2012 Para incluir Equipe

Leia mais

Criar Usuário no sistema e-cidade

Criar Usuário no sistema e-cidade PROCEDIMENTO Código do Projeto Criar Usuário no Sistema e-cidade Cliente DTSMUNI-0001 Projeto: e-cidade Municípios Baianos Criar Usuário no sistema e-cidade Gestor do documento: Célula e-cidade 1/23 Sumário:

Leia mais

PROJETO DE PESQUISA SIGAA

PROJETO DE PESQUISA SIGAA PROJETO DE PESQUISA SIGAA Universidade Federal de Sergipe Núcleo de Tecnologia da Informação 2016 www.ufs.br NTI - 2105-6583 / 2105-6584 COPES- 2105-6511 / copes@ufs.br CINTEC- 2105-6865 / cintec.ufs@gmail.com

Leia mais

Este manual contém as principais funcionalidades e explicações a respeito do funcionamento do portal de vendas PULVITEC.

Este manual contém as principais funcionalidades e explicações a respeito do funcionamento do portal de vendas PULVITEC. Este manual contém as principais funcionalidades e explicações a respeito do funcionamento do portal de vendas PULVITEC. É recomendado a utilização do browser Google Chrome e Firefox por questões de compatibilização

Leia mais