Sobre a Ideiasnet... 3 Mensagem da Gestão... 4 Ideiasnet Hoje... 5 Anexo I Officer Anexo II - Padtec Anexo III Portfólio...

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Sobre a Ideiasnet... 3 Mensagem da Gestão... 4 Ideiasnet Hoje... 5 Anexo I Officer... 27 Anexo II - Padtec... 30 Anexo III Portfólio..."

Transcrição

1 Relatório Anual Exercício

2 Agenda Sobre a Ideiasnet... 3 Mensagem da Gestão... 4 Ideiasnet Hoje... 5 Anexo I Officer Anexo II - Padtec Anexo III Portfólio Anexo IV Indicadores

3 Sobre a Ideiasnet A Ideiasnet (IDNT3:BZ) é uma Companhia de Venture Capital que investe em empresas de tecnologia em rápido crescimento nas áreas de Digital Commerce, Digital Media, SaaS - Software as a Service e Mobilidade, visando compartilhar experiências e oferecer suporte para acelerar seu desenvolvimento. Nossos investimentos são realizados através de veículos proprietários como FIPs (Fundos de Investimentos e Participações). A Companhia possui também um Fundo de Direitos Creditórios (FDIC) que oferece às empresas do portfólio uma alternativa eficiente de acesso ao capital de curto prazo. O portfólio atual consiste das seguintes empresas: Automatos, Bolsa de Mulher, imusica, Ciashop, Moip, Officer, Padtec, Pini, Softcorp e Spring Wireless, Zura! e TvAoVivo. Evolução da Ideiasnet 3

4 Mensagem da Gestão 2011 com dinâmica e foco no resultado O resultado da Ideiasnet em 2011 reflete, resumidamente, o empenho da nova equipe gestora ao longo do ano para: Adequar o portfólio à estratégia de investimentos, resultando em desinvestimentos da Media Factory, Site Blindado, TrinnPhone, Hands e Spring Wireless (parcial) e em um novo investimento na CiaShop empresa pioneira em tecnologia para o e-commerce; e Maximizar o desempenho das empresas do portfólio, elaborando estratégias e planos de investimentos claros para os próximos anos. O Lucro Líquido (depois de desinvestimentos) no ano foi de R$ 12,9 milhões enquanto o EBITDA do portfólio combinado proporcional mais que dobrou em relação ao ano anterior atingindo R$ 54,8 milhões. O cenário econômico no Brasil, mesmo com crescimento moderado do PIB de 2,7% ao longo de 2011, ajudou a sustentar o crescimento da demanda por produtos e serviços. A Internet Brasileira continuou demonstrando seu vigor com altas taxas de crescimento em e-commerce, adoção de banda larga, consumo de produtos como tablets, smartphones, PCs e games assim como a adoção de mídias sociais e digitais. O foco da Ideiasnet nestes segmentos deve permitir a sustentação de um crescimento orgânico saudável das empresas do portfólio assim como a captura de novas oportunidades de investimentos ao longo dos próximos anos. Sami A. Haddad CEO Ideiasnet S.A. 4

5 Ideiasnet Hoje Estrutura Acionária A Ideiasnet encerrou o ano com uma base acionária diversa e solidificada. Acionistas mais representativos e de longa data como Lorentzen e EBX, Truetech e Opus mantiveram suas posições. Base acionária em 29/02/2012: Outros 23,6% Lorentzen 15,3% Marlin 2,0% Liberty Media 2,1% EBX 14,9% DLM Invista 2,3% Mercatto 2,4% Teorema FIA 2,5% XP Gestão 4,0% BTG Pactual Rio 5,1% Gestão 5,7% Opus 7,8% Truetech 12,2% No 4º Trimestre de 2011, o grupo americano Liberty Media entrou na base acionária, sendo esse o primeiro investidor estrangeiro com participação relevante na Companhia. Considerando que o mercado de tecnologia, como uma tendência global, está cada vez mais conectado, o movimento da Liberty Media ratifica tal visão. Pode-se considerar que os principais motivos para que Liberty Media adquirisse uma participação de 5,1% na Ideiasnet foram: 1. Nova diretoria engajada; 2. Novo desenho estratégico da Companhia; 5

6 3. Portfólio forte e diversificado. A empresa de tecnologia Americana entrou no capital da Companhia adquirindo inicialmente 2,1% no mercado e o restante através da participação no aumento de capital da empresa, que deverá ser ratificado no final de abril e resultará na participação final de 5,1%. Outros investidores nacionais também ingressaram no capital da Companhia, caso da XP Gestão de Recursos, que atingiu 4,0% de participação acionária ao final de fevereiro. Conselho de Administração O Conselho de Administração da Companhia permaneceu estável, à exceção da nomeação do Sr. Lars Fuhrken Batista - representante da EBX - como vice-presidente do Conselho, permanecendo o mesmo com a seguinte composição: Jose Manuel O. Carregal Presidente do Conselho Lars Fuhrken Batista - Vice Presidente Carlos Eduardo Reis da Matta Conselheiro Guilherme Affonso Ferreira Conselheiro Gustavo Gomes Fernandes Conselheiro Haakon Lorentzen Conselheiro Diretoria Uma nova equipe de gestão iniciou os trabalhos na Ideiasnet a partir de Janeiro de Sami Haddad e Everson Lopes se juntaram a Alexandra de Haan e hoje, juntamente com toda equipe, compõem um time com vasta experiência e conexão com o mercado empreendedor de tecnologia e de Internet do país. Soma-se a esse time, Michael Nicklas que traz sua experiência em Venture Capital de Tecnologia aos conselhos das empresas investidas. Sami Amine Haddad CEO 6

7 Alexandra de Haan CFO Everson Lopes Diretor de Portfólio Overview do nosso mercado 2011 foi um ano dinâmico para o investimento global em tecnologia com empresas de Venture Capital e players estratégicos cada vez mais ativos e globalizados. Fundos Norte-Americanos, Europeus e Asiáticos procuraram replicar rapidamente modelos de negócios bem sucedidos em vários mercados simultaneamente. A maturação das plataformas globais como o ios, Android e Facebook consagrou o consumidor como o motor da inovação e criação de valor ditando novas tendências tecnológicas. A comoditização contínua do hardware e da infraestrutura impulsionaram a inovação em modelos de negócios especializados em serviços, na maioria das vezes ancorados em cloud computing para consumidores e empresas. O Brasil, em particular, foi o centro das atenções em 2011, sendo o grande motor da economia digital na América Latina. Investidores americanos e europeus se posicionaram de forma rápida para montar portfólios de novos investimentos na região. Vários players passaram de uma posição de investimento offshore para abrir escritórios locais com o objetivo de permitir uma melhor prospecção e supervisão nas empresas investidas. Modelos Fast-follow de e-commerce foram especialmente populares em 2011, com investidores dispostos a financiar ganhos de market-share local em detrimento de rentabilidade no curto prazo. A demanda aquecida para capital humano atraiu empreendedores experientes e desenvolvedores vindos da Europa, dos EUA e de outros países do Mercosul, bem como profissionais brasileiros que se deslocaram de volta ao Brasil. 7

8 Rápida evolução do ecossistema empreendedor A cultura empreendedora se desenvolveu no Brasil em 2011 impulsionada pela cobertura intensa da mídia local e da evolução do ecossistema local de startups e acesso a capital de risco. Aceleradoras de Internet, seguindo o exemplo da Y-Incubator, TechStars e outros floresceram no Brasil para apoiar as startups em estágio semente, enquanto novas conferências e meetups expuseram jovens empreendedores às melhores práticas e as redes de recursos e de financiamento. A adoção e uso da Internet cresceram num ritmo acelerado em 2011, com uma ênfase especial em e-commerce e em mobilidade, a tendência das compras coletivas em particular foi responsável pela iniciação de milhões de novos consumidores, muitos deles de classe C, ao comércio eletrônico. A Ideiasnet atuou ativamente no ecossistema de Venture Capital brasileiro em 2011 através da participação de eventos da LAVCA (Latin Venture Capital Association americana), promoção em conjunto com a Endeavor do "Geeks-on-aplane" (visita de investidores do Vale de Silício) e a participação em eventos como a Campus Party, TED-X e vários concursos de identificação de startups. 8

9 Nosso posicionamento A Ideiasnet encontra-se em uma posição favorecida ao oferecer a seus acionistas uma exposição diversificada com portfólio de empresas de alto crescimento em uma indústria com rápida ascensão (tecnologia) e uma região de grandes oportunidades (Brasil). A trajetória pioneira de mais de 10 anos de Venture Capital no Brasil, transparência e alto grau de Governança Corporativa do Novo Mercado colocam a Ideiasnet como uma sólida alternativa para investidores globais interessados no mercado brasileiro. A Ideiasnet busca ser reconhecida como a melhor opção para: Empreendedores que buscam capital, apoio estratégico e operacional para suas ideias e negócios existentes; Investidores buscando parcerias e oportunidades de investimento no Brasil; e Acionistas que reconhecem a capacidade da equipe em identificar e investir em empresas de tecnologia de alto potencial. 9

10 Estratégia Foco em gente e tecnologia A Companhia busca alocar novos investimentos em empresas promissoras e com alto potencial de crescimento que já estejam atuando no mercado com produtos e clientes existentes. A Ideiasnet acredita que talento e pessoas constituem a matéria prima principal do negócio. Por tal motivo, busca-se equipes e empreendedores excepcionais, com produtos e serviços altamente escaláveis diretamente expostos e ligados à tecnologia e Internet. Dentre as áreas de enfoque para novos investimentos estão Digital Commerce, Digital Media, Mobilidade, Cloud & Software as a Service e Tecnologias para o mercado de educação e saúde. Oportunidades de investimentos adicionais nas companhias do portfólio existente que demonstram um bom track Record e capacidade de crescimento são constantemente avaliadas pela Ideiasnet. 10

11 Performance 2011 Exercício findo em 31 de Dezembro de 2011 Todos os comentários feitos a seguir referem-se aos valores do Combinado Proporcional da Ideiasnet, no qual é considerado apenas a participação da Companhia nas empresas de seu portfólio, Não estão refletidas nesses números os custos operacionais da Ideiasnet como gestora de portfólio e nem os custos financeiros e operacionais da holding 5225 Participações e Ideiasnet FIP I. O objetivo de apresentar os números do Combinado Proporcional é permitir o acompanhamento da Evolução Operacional e Financeiro das Investidas. 11

12 Ações traduzidas em resultados, destaques: A Receita Líquida (combinado proporcional) alcançou R$ 1,4 bilhão no ano e R$ 442 milhões no 4T2011, um crescimento de 31,2% e 50,6%, respectivamente, em relação ao ano anterior. O EBITDA (combinado proporcional) alcançou R$ 54,8 milhões no ano e R$ 17,8 milhões no 4T2011, um crescimento de 133,8% e 48,2%, respectivamente, em relação ao ano anterior. A margem EBITDA evoluiu para 3,9%, contra 2,2% no ano anterior. O Resultado Líquido antes Desinvestimentos (combinado proporcional) alcançou R$ 3,1 milhões, revertendo a perda de R$ 12,3 milhões em O Resultado Líquido depois dos Desinvestimentos obteve melhora expressiva saindo de um prejuízo de R$ 2,9 milhões para um lucro de R$ 12,9 milhões. Liberty Media adquiriu uma participação de 5,1% na Ideiasnet, marcando a entrada do conglomerado de mídia norte-americano no mercado brasileiro. No 4T11, a Ideiasnet alienou a totalidade de sua participação na Hands para o Grupo PontoMobi, parte da holding digital do Grupo RBS. A empresa foi negociada por um valor de R$ 4 milhões. Criação da EAX que ancora nossos investimentos de Ciashop e Zura. 12

13 No 4T11, a Ideiasnet alienou 2,0% de sua participação de 7,0% na Spring Wireless para a Harvest Growth Capital. A Spring foi avaliada em R$ 308 milhões nessa transação. Resultado Financeiro Combinado Proporcional Ambos os resultados anuais e os resultados trimestrais demonstram um forte crescimento no portfólio da Ideiasnet em comparação com os mesmos períodos de Os resultados positivos do portfólio são principalmente devidos ao forte desempenho da Officer e Padtec. A Receita Líquida aumentou 31,2% no ano e 50,6% no trimestre, mas os maiores crescimentos foram realizados no EBITDA, que aumentou 133,8%, no ano e 48,2% no trimestre. Essa melhoria reflete um aumento das despesas operacionais de apenas 7,7% no ano enquanto as receitas cresceram 31,2%, impactando positivamente a margem EBITDA que aumentou de 2,2% em 2010 para 3,9% em Combinado Proporcional 4T10 4T11 3T11 4T Receita Bruta ,6% ,9% ,9% (-) Impostos e Deduções (61.796) (85.709) 38,7% (73.712) (85.709) 16,3% ( ) ( ) 35,3% Receita Líquida ,6% ,9% ,2% (-) Custos de Mercadorias Vendidas ( ) ( ) 58,2% ( ) ( ) 23,2% ( ) ( ) 33,3% Lucro Bruto ,5% ,8% ,5% % margem bruta 20,6% 16,6% -19,3% 17,5% 16,6% -5,0% 18,9% 17,6% -6,7% (-) Despesas Operacionais (48.501) (55.721) 14,9% (45.699) (55.721) 21,9% ( ) ( ) 7,7% EBITDA ,2% ,0% ,8% % margem EBITDA 4,1% 4,0% -1,6% 4,9% 4,0% -17,9% 2,2% 3,9% 78,2% (-) Amortização & Depreciação (1.105) (2.403) 117,4% (2.106) (2.403) 14,1% (4.979) (7.786) 56,4% (-) Resultado Financeiro Liquido (10.885) (7.516) -30,9% (11.578) (7.516) -35,1% (25.037) (34.374) 37,3% (-) Impostos & Contribuições Sociais (2.728) (1.563) -42,7% (2.474) (1.563) -36,8% (4.743) (7.198) 51,8% (-) Participações Não Controladas (947) (2.285) 141,3% (230) (2.285) 895,2% (947) (2.297) 142,6% Lucro Líquido antes Desinvestimentos (3.645) n.a ,9% (12.279) n.a. (+) Desinvestimentos ,6% (2.350) n.a ,7% Lucro Líquido depois Desinvestimentos ,4% (936) n.a. (2.892) n.a. No 4T11, a dívida líquida do combinado proporcional aumentou em 46,3% em comparação ao mesmo período do ano passado, porém diminuiu 7,8% em relação ao último trimestre, principalmente devido a um aumento nas 13

14 disponibilidades de caixa no grupo e repactuação com bancos e melhorias na gestão do caixa na Officer. (R$ milhares) 4T10 4T11 3T11 4T11 Emprestimos de curto prazo ,4% ,8% Emprestimos de longo prazo ,4% ,7% (-) Disponibilidades ,1% ,7% Divida líquida ,3% ,8% Resultado Financeiro Combinado Proporcional Durante 2011, houve um aumento de 37,3% no Resultado Financeiro Líquido do combinado proporcional vis-à-vis um aumento de 44,5% na dívida líquida. Entretanto, depois de ajustar por variações cambiais e tarifas vindo da Officer e Padtec, o aumento em juros bancários foi de 21,2%, demonstrando uma melhora na eficiência do endividamento das investidas. (R$ milhares) Resultado Financeiro Liquido (25.037) (34.374) 37,3% (-) Variação Cambial (2.407) (6.953) 188,9% (=) Res. Fin. Liquido Ajustado (22.631) (27.421) 21,2% Receitas e despesas administrativas da Ideiasnet Em 2011, a Ideiasnet (holding gestora) teve um Resultado Financeiro Líquido positivo de R$ 2,8 milhões em rendimentos de aplicações financeiras e FIDC. A Ideiasnet receberá R$ 6,5 milhões em dividendos e JSCP das empresas Officer, Padtec e Z Investimentos referente ao exercício de As despesas totais da Ideiasnet aumentaram em 32,8% no 4T11 em comparação ao ano passado e 44,9% vis-à-vis 2010, principalmente devido aos valores investidos na segurança e 14

15 capacidade na área de TI da empresa, reforço na equipe de gestão de portfólio e aumento de remuneração variável. (R$ milhares) 4T10 4T11 3T11 4T Despesas administrativas (i) ,4% ,5% ,9% Despesas pessoal (ii) ,5% ,0% ,9% Despesas totais ,8% ,0% ,9% (i) não inclui depreciação & amortisation, resultados de equivalencia e ganho de capital, resultados financeiros (ii) não inclui provisões de remuneração baseado em plano de opções Conciliação do Resultado Líquido do Combinado Proporcional No 4T11, a Ideiasnet auferiu um prejuízo líquido contábil de R$ 5,1 milhões, comparado ao lucro líquido do combinado proporcional de R$ 7,8 milhões. A seguir observa-se a conciliação entre o resultado do combinado proporcional e as demonstrações financeiras contábeis: Conciliação do Lucro Líquido 4T Resultados combinado proporcional Remuneração baseada em ações (111) Despesas Ideiasnet, incluindo receitas financeiras 321 (6.583) Ganho no FIDC Diferença entre regime gerencial e contábil nos desinvestimentos 0 (1.681) Despesas empresas não operacionais/holdings (3.805) (6.682) Ajustes e provisões contábeis/refazimento 2010 (8.680) (12.717) Resultados contabeís consolidado (5.166) (8.561) Dinâmica de Portfólio 2011 foi um ano em que a Ideiasnet buscou dinamismo em seu portfólio de investimentos. Oportunidades de liquidez no mercado foram exploradas resultando ao final do ano em um portfólio mais coeso e exposto à tecnologia com desinvestimento da empresa de telefonia TrinnPhone, Site Blindado e da agência de mídia Media Factory. 15

16 Em dezembro a Ideiasnet alienou a totalidade de sua participação na Hands para o Grupo PontoMobi, parte da holding digital do Grupo RBS. A empresa foi negociada por um valor de R$ 4 milhões. Investidas 3T11 4T11 Automatos 51,81% 51,81% Bolsa de Mulher 97,73% 97,73% EAX 100,00% 100,00% Hands 67,50% 0,00% imusica 95,00% 95,00% Officer 100,00% 100,00% Pini 31,06% 31,06% Adicionalmente, em dezembro, a Softcorp 100,00% 100,00% Ideiasnet alienou 2,0% de sua Spring Wireless 7,01% 4,98% participação de 7,0% na Spring Tectotal 33,02% 33,02% Wireless para a Harvest Growth Capital. A Spring foi avaliada em R$ 308 milhões nessa transação. A Ideiasnet iniciou seu investimento na Spring Wireless em 2004, e o valor recebido representa 1.9x o valor proporcionalmente investido gerando um IRR de 13.3%. A empresa também reuniu parte de seus ativos em e- Commerce como Zura! e Ciashop em uma estrutura unificada denominada EAX. Aportes nas Investidas Padtec 34,21% 34,21% No 4T11, a Ideiasnet aportou R$ 2,5 milhões no seu portfólio existente: R$ 1,4 milhão na Automatos, necessário para apoiar a reestruturação financeira da empresa; R$ 1,0 milhão para facilitar a criação da EAX e R$ 0,2 milhão na Hands para financiar a operação anterior ao desinvestimento. Em 2011, foram investidos R$ 19,6 milhões, conforme abaixo: Companhias 1T11 2T11 3T11 4T11 Total 2011 Automatos 0,0 1,7 2,8 1,4 5,9 Bolsa de Mulher 0,0 0,0 0,5 0,0 0,5 EAX 0,8 0,2 0,5 1,0 2,4 Hands 0,6 0,6 0,5 0,2 1,9 Softcorp 0,0 4,0 0,0 0,0 4,0 Trinnphone 1,0 3,9 0,0 0,0 4,9 TOTAL 2,5 10,4 4,3 2,5 19,6 16

17 Distribuição TI Overview do setor A forte demanda por produtos de computação e eletrônicos de consumo impulsionou o crescimento dos distribuidores de TI na América Latina em 2011, uma tendência que deve continuar com os incentivos do governo brasileiro para possibilitar um acesso mais amplo do consumidor a produtos eletrônicos. Adicionalmente, os distribuidores de TI registraram um aumento na demanda por serviços de valor agregado, treinamento e suporte, em complemento ao seu negócio de distribuição de produtos tradicional. Conforme as empresas migram para infra-estruturas de computação em nuvem e baseadas em SaaS, os distribuidores passaram a agrupar serviços em nuvem para fornecer novos fluxos de receita para revendedores de valor agregado (VARs). A Officer é pioneira na oferta de um serviço em nuvem no Brasil, o BlueBox, bem como em criar parcerias, como a iniciativa da Totvs e mais recentemente com a McAfee, para possibilitar o acesso de VARs para revender ofertas de SaaS. Empresas e participações: Officer 100,0%; Softcorp 100,0%; TecTotal 33,0% Resultado financeiro Distribuição TI 4T10 4T11 3T11 4T Receita Líquida ,0% ,5% ,1% EBITDA ,4% ,4% ,1% % EBITDA margem 5,0% 4,2% 4,4% 4,2% 3,0% 4,0% Lucro Líquido ,9% ,9% ,1% 17

18 Dívida líquida Distribuição TI 4T10 4T11 3T11 4T11 Empréstimos de curto-prazo ,7% ,0% Empréstimos de longo-prazo ,5% ,4% (-) Disponibilidades ,6% ,5% Dívida líquida ,8% ,2% 18

19 E-Commerce Overview do setor O rápido crescimento dos novos e-buyers entre a classe média baixa impulsionou um mercado maduro de 23 milhões de compradores on-line no Brasil em Atualmente o e- Commerce brasileiro representa uma pequena parcela do total do varejo no país, muito abaixo dos 13% de varejo registrado em mercados mais estabelecidos. O e-commerce brasileiro continua oferecendo oportunidades sólidas de crescimento conforme o aumento da população brasileira com acesso à Internet. As oportunidades específicas incluem: (1) ferramentas para possibilitar que novos vendedores acessem o e-commerce e mercados verticais de varejo; e (2) serviços de pagamento digital, possibilitando que cidadãos brasileiros sem contas bancárias acessem produtos financeiros, entre outras. O e-commerce brasileiro está cada vez mais relacionado com o cenário global. Os participantes internacionais começam a estabelecer sua presença na região, uma tendência que deverá crescer rapidamente nos próximos anos. Empresas e Participações Zura! 84,6%; Z investimentos (MoIP) 41,9%; Ciashop 50,0% Resultado financeiro E-commerce 4T10 4T11 3T11 4T Receita Líquida ,9% ,1% ,1% EBITDA (857) (851) 0,7% 165 (851) n.a. (2.553) (149) 94,2% % EBITDA margem -28,8% -24,5% 4,4% -24,5% -24,6% -1,1% Lucro Líquido (1.114) (1.063) 4,6% (32) (1.063) -3174,1% (3.675) (505) 86,3% 19

20 Dívida líquida E-commerce 4T10 4T11 3T11 4T11 Empréstimos de curto-prazo ,0% Empréstimos de longo-prazo ,3% ,3% (-) Disponibilidades ,6% ,2% Dívida líquida ,3% ,2% 20

21 Conteúdo & Mídia Digital Overview do setor A maneira na qual o conteúdo é criado, compartilhado e monetizado passou por mudanças significativas em Os consumidores adotaram estratégias multitarefa e multi-telas para assistir, ler e ouvir simultaneamente. Os agregadores foram uma tendência preponderante que afeta a maneira na qual as pessoas salvam e compartilham informações visuais (eg. Pinterest), e a maneira na qual o conteúdo é organizado em layouts estilo revista (e.g. Flipboard, Zite) nos tablets. No Brasil, o Facebook consolidou a sua liderança no campo das redes sociais enquanto os brasileiros continuam explorando e adotando novos serviços sociais como o Tumblr e Posterous. Novos serviços e produtos de dados sociais decolaram no Brasil a medida que os profissionais de marketing e publicitários buscaram engajar os usuários de maneiras mensuráveis e tangíveis. Empresas e participações: Bolsa de Mulher 97,3%; imusica 95,0%; Pini 31,1% Resultado financeiro Conteúdo / Mídia Digital 4T10 4T11 3T11 4T Receita Líquida ,5% ,1% ,7% EBITDA 329 (3.226) n.a. (2.175) (3.226) -48,4% (4.202) (7.153) -70,2% % EBITDA margem 2,4% -31,2% -23,4% -31,2% -8,4% -18,6% Lucro Líquido (4.087) n.a. (2.693) (4.087) -51,8% (1.736) n.a. 21

22 Dívida líquida Conteúdo / Mídia Digital 4T10 4T11 3T11 4T11 Empréstimos de curto-prazo ,4% ,3% Empréstimos de longo-prazo ,8% ,9% (-) Disponibilidades ,5% ,8% Dívida líquida ,3% ,8% 22

23 Cloud Computing & SaaS Overview do setor O mercado de computação em nuvem deve crescer quatro vezes mais rápido que os demais do setor de TI se tornando um mercado global de US$177 bilhões em O Brasil atualmente representa 18% do mercado mundial e está demonstrando uma capacidade cada vez maior de produzir produtos de software de padrão mundial. Os mercados globais tornaram-se mais acessíveis com a distribuição em nuvem possibilitando que as empresas atinjam novos clientes mundialmente. A rápida adoção do modelo de SaaS está trazendo mais controle e eficiências de custo para pequenas e grandes operações. Segurança, CRM e outros mercados verticais específicos de software representam oportunidades significativas de crescimento nos próximos anos. Empresas e participações: Spring Wireless 5,0%, Automatos 51,8% Resultado financeiro Cloud Computing/SaaS 4T10 4T11 3T11 4T Receita Líquida ,2% ,8% ,4% EBITDA (3.970) 824 n.a ,5% (4.868) (61) 98,8% % EBITDA margem -280,8% 14,1% 1,9% 14,1% -38,7% -0,3% Lucro Líquido (8.092) (2.026) 75,0% (273) (2.026) -643,0% (10.895) (5.640) 48,2% 23

24 Dívida líquida Cloud Computing/SaaS 4T10 4T11 3T11 4T11 Empréstimos de curto-prazo ,6% ,5% Empréstimos de longo-prazo ,1% ,1% (-) Disponibilidades ,1% ,9% Dívida líquida ,8% ,9% 24

25 Mobile & Telecom Overview do setor A utilização de smartphones e tablets cresceu de maneira explosiva em A comunicação móvel cada vez mais impulsiona novos modelos de negócio com ênfase nos aplicativos sociais e locais. Em 2011, os usuários de smartphones passaram mais tempo on-line usando aplicativos do que acessando diretamente a Internet. A Microsoft se esforçou para acompanhar os ecossistemas ios e Android e deve ser um forte concorrente esse ano. Serviços orientados para soluções móveis em áreas como pagamentos, e-learning e m-commerce estão apenas começando a atingir a etapa de adoção em massa. No Brasil, os smartphones continuaram conquistando participação de mercado e as operadoras de telecomunicação começam a introduzir planos de dados que são convenientes e acessíveis para usuários de serviços pré-pagos que ainda representam 80% dos planos de telefonia celular. Empresas e participações Padtec 34,2% Resultado financeiro Mobile / Telecom 4T10 4T11 3T11 4T Receita Líquida ,5% ,4% ,1% EBITDA ,4% ,9% ,9% % EBITDA margem 16,6% 17,1% 23,6% 17,1% 10,9% 14,7% Lucro Líquido ,6% ,4% ,8% Dívida líquida 25

26 Mobile / Telecom 4T10 4T11 3T11 4T11 Empréstimos de curto-prazo ,0% ,5% Empréstimos de longo-prazo ,2% ,6% (-) Disponibilidades ,5% ,8% Dívida líquida ,7% ,4% 26

27 Anexo I Officer Sobre a Officer CEO: Fabio Gaia 447 Headcount Com mais de 25 anos de atuação, a Officer é a maior distribuidora de consumer eletronics, software, equipamentos e suprimentos de informática do Brasil. Possui mais de 40 fornecedores entre os maiores fabricantes mundiais de TI, aproximadamente 10 mil revendas e com alta capacidade logística, atende mais da metade dos municípios brasileiros por meio de quatro centros de distribuição. Resultado Officer Para 2011, a Receita Líquida da Officer cresceu 37,1%, em comparação com 2010, devido principalmente ao forte crescimento na demanda por games, tablets e telas, evidenciado pelos produtos: X-Box e Ipad. Em setembro, a Microsoft começou a produzir o X-Box no Brasil e ajustou o preço de varejo para o mercado interno com uma redução de até 40%. (R$ mil) 4T2010 4T2011 Δ% 3T2011 4T2011 Δ% Δ% RECEITA BRUTA ,3% ,7% ,8% (-) Impostos e deduções (51.756) (77.517) 49,8% (63.933) (77.517) 21,2% ( ) ( ) 41,4% RECEITA LÍQUIDA ,6% ,2% ,1% (-) Custos de mercadorias vendidas ( ) ( ) 67,6% ( ) ( ) 24,7% ( ) ( ) 37,3% MARGEM BRUTA ,8% ,4% ,8% % margem bruta 15,5% 13,0% 13,3% 13,0% 13,5% 13,4% (-) Despesas operacionais (24.191) (32.445) 34,1% (27.485) (32.445) 18,0% (88.696) ( ) 22,6% EBITDA ,3% ,4% ,4% % margem EBITDA 5,2% 4,4% 4,3% 4,4% 3,1% 4,1% (-) Depreciação (103) (1.126) 988,3% (1.089) (1.126) 3,4% (1.503) (3.534) 135,1% (-) Resultado financeiro líquido (4.740) (3.440) -27,4% (8.541) (3.440) -59,7% (12.628) (22.262) 76,3% (-) IR & CS (1.057) (2.949) 179,1% (1.869) (2.949) 57,8% (2.562) (7.228) 182,1% (-) Participações não controladas LUCRO LÍQUIDO ,7% ,0% ,0% 27

28 (R$ mil) 31/12/10 31/12/11 Δ% Caixa e equivalentes ,6% Contas a receber ,3% Estoques ,2% Demais obrigações ,9% Permanente ,9% ATIVO ,5% Contas a pagar ,2% Empréstimos ,0% Demais obrigações ,1% Patrimônio liquido ,6% PASSIVO E P/L ,5% (R$ mil) 31/12/10 31/12/11 Δ% Empréstimos ,0% (-) Caixa e equivalentes (4.071) (17.733) 335,6% Dívida Liquida ,8% Recebimentos ,6% Estoque ,0% Pagamentos ,9% Ciclo Financeiro ,0% Capex - imobilizado ,7% Capex - intangível ,8% Capex - total ,1% A demanda por ambos os produtos também aumentou significativamente durante a época de Natal, especialmente com as vendas aos clientes de varejo. O fato desses produtos teremm margens de contribuição acima da média quando comparados aos produtos distribuídos pela Officer, isso contribuiu para a melhoria da margem EBITDA da empresa de 3,1% em 2010 para 4,1% em Maiores eficiências na estrutura de vendas da empresa também resultaram em um aumento na fatia de mercado em Esta fato impactou visivelmente alguns produtos específicos como os da HP e Samsung. Adicionalmente, houve ganhos de escala regional no sul do Brasil. Como consequência a Officer aumentará sua força de vendas e instalações de distribuição no sul em Endividamento Líquido O crescimento da dívida líquida da Officer durante o ano ocorreu principalmente devido ao aumento nos créditos fiscais. A necessidade de capital de giro diminuiu em 34,7%, demonstrando uma maior eficiência nas operações da empresa durante este período. O acúmulo de créditos fiscais a compensar na Officer tem sua origem na implementação do regime de substituição tributária de ICMS no estado de São Paulo iniciado em junho de 2009, resultando em um aumento de 114,5% nos créditos no último ano. O planejamento tributário da Officer ao longo do ano e as recentes concessões de regimes especiais indicam que o nível de créditos fiscais deve diminuir durante 2012 e O aumento na dívida líquida ajustada consiste principalmente dos 28

Sobre a Ideiasnet. Padtec 34,1% Pini 31,4% Spring Wireless 0,9% Tectotal 35,6% TVaoVivo 27,6% Investimentos Diretos

Sobre a Ideiasnet. Padtec 34,1% Pini 31,4% Spring Wireless 0,9% Tectotal 35,6% TVaoVivo 27,6% Investimentos Diretos Divulgação de Resultados 1 o trimestre de 2013 1 Agenda Sobre a Ideiasnet... 3 Destaques do trimestre... 4 Desinvestimentos... 5 Resultado do Portfolio... 6 Resultado dos Fundos... 7 Resultado da Ideiasnet

Leia mais

IDEIASNET ANUNCIA RECEITA BRUTA RECORDE EM 2005

IDEIASNET ANUNCIA RECEITA BRUTA RECORDE EM 2005 IDEIASNET ANUNCIA RECEITA BRUTA RECORDE EM 2005 Rio de Janeiro, 04 de abril de 2006 A Ideiasnet S.A. (Bovespa: IDNT3), veículo para investimento de longo prazo em Tecnologia de Informação (TI) no Brasil,

Leia mais

Relatório Analítico 27 de março de 2012

Relatório Analítico 27 de março de 2012 VENDA Código de Negociação Bovespa TGM A3 Segmento de Atuação Principal Logística Categoria segundo a Liquidez 2 Linha Valor de M ercado por Ação (R$) 29,51 Valor Econômico por Ação (R$) 32,85 Potencial

Leia mais

Resultados 1T07 10 de maio de 2007

Resultados 1T07 10 de maio de 2007 PUBLICIDADE CAIXA CRESCEU 102% BASE DE ASSINANTES BANDA LARGA CRESCEU 32% São Paulo, O UOL (BOVESPA: UOLL4) anuncia hoje os resultados do 1T07. As demonstrações financeiras da Companhia são elaboradas

Leia mais

MINISTÉRIO DA FAZENDA Secretaria de Acompanhamento Econômico. Referência: Ofício nº 303/2009/SDE/GAB, de 21 de janeiro de 2009.

MINISTÉRIO DA FAZENDA Secretaria de Acompanhamento Econômico. Referência: Ofício nº 303/2009/SDE/GAB, de 21 de janeiro de 2009. MINISTÉRIO DA FAZENDA Secretaria de Acompanhamento Econômico Parecer n o 06416/2009/RJ COGCE/SEAE/MF Referência: Ofício nº 303/2009/SDE/GAB, de 21 de janeiro de 2009. Em 23 de julho de 2009. Assunto: ATO

Leia mais

Expomoney São Paulo. Setembro de 2012

Expomoney São Paulo. Setembro de 2012 Expomoney São Paulo Setembro de 2012 Contax Visão Geral Contact Center Brasil Resultados Financeiros Contax Visão Geral GRUPO CONTAX Principais serviços: Atendimento, Cobrança, Televendas, Retenção, Trade

Leia mais

TELEFÔNICA DATA BRASIL HOLDING S.A. Resultado Consolidado para o Terceiro Trimestre de 2005 Publicação, 08 de novembro de 2005 (07 páginas)

TELEFÔNICA DATA BRASIL HOLDING S.A. Resultado Consolidado para o Terceiro Trimestre de 2005 Publicação, 08 de novembro de 2005 (07 páginas) TELEFÔNICA DATA BRASIL HOLDING S.A. Resultado Consolidado para o Terceiro Trimestre de 2005 Publicação, 08 de novembro de 2005 (07 páginas) Para maiores informações, contatar: Daniel de Andrade Gomes TELEFÔNICA

Leia mais

Apresentação dos Resultados 2T06

Apresentação dos Resultados 2T06 Apresentação dos Resultados 2T06 Aviso Legal Esta apresentação contém considerações futuras referentes às perspectivas do negócio, estimativas de resultados operacionais e financeiros, e às perspectivas

Leia mais

1T10 RESULTADOS. Fitch ratings eleva de A para A+(bra) o Rating Nacional de Longo Prazo da Algar Telecom

1T10 RESULTADOS. Fitch ratings eleva de A para A+(bra) o Rating Nacional de Longo Prazo da Algar Telecom RESULTADOS 1T10 Uberlândia MG, Maio de 2010 A Algar Telecom, Empresa integrada de telecomunicações com um portfólio completo de serviços, divulga seus resultados do 1º Trimestre de 2010 (1T10). As Informações

Leia mais

Divulgação de Resultados 2014

Divulgação de Resultados 2014 São Paulo - SP, 10 de Fevereiro de 2015. A Tarpon Investimentos S.A. ( Tarpon ou Companhia ), por meio de suas subsidiárias, realiza a gestão de fundos e carteiras de investimentos em bolsa e private-equity

Leia mais

Divulgação de Resultados 1T14

Divulgação de Resultados 1T14 Divulgação de Resultados 1T14 A Tarpon Investimentos S.A. ( Tarpon ou Companhia ), por meio de suas subsidiárias, realiza a gestão de fundos e carteiras de investimentos em bolsa e private-equity ( Fundos

Leia mais

Brasil Telecom. Café da Manhã com Investidores Unibanco. Fevereiro 2003

Brasil Telecom. Café da Manhã com Investidores Unibanco. Fevereiro 2003 Brasil Telecom Café da Manhã com Investidores Unibanco Fevereiro 2003 1 Estratégia 2 Mercado Metas Metas Garantir a liderança na Região II, focando nos clientes de alto valor. Garantir a liderança na Região

Leia mais

EARNINGS RELEASE 2T12 e 1S12

EARNINGS RELEASE 2T12 e 1S12 São Paulo, 15 de agosto de 2012 - A Inbrands S.A. ( Inbrands ou Companhia ), uma empresa de consolidação e gestão de marcas de lifestyle e moda premium do Brasil, anuncia hoje os resultados do segundo

Leia mais

2013 Relatório Anual. Sami Haddad Diretor de Relações com Investidor. Tel. 021 3906 9200 ri@ideiasnet.com.br www.ideiasnet.com.br

2013 Relatório Anual. Sami Haddad Diretor de Relações com Investidor. Tel. 021 3906 9200 ri@ideiasnet.com.br www.ideiasnet.com.br Relatório Anual Sami Haddad Diretor de Relações com Investidor Tel. 021 3906 9200 ri@ideiasnet.com.br www.ideiasnet.com.br Conteúdo Escopo do Relatório... 2 Destaques Financeiros... 3 Mensagem do CEO...

Leia mais

Divulgação de Resultados 1T15

Divulgação de Resultados 1T15 São Paulo - SP, 06 de Maio de 2015. A Tarpon Investimentos S.A. ( Tarpon ou Companhia ), por meio de suas subsidiárias, realiza a gestão de fundos e carteiras de investimentos em bolsa e private equity

Leia mais

Brasil 2011: o momento certo para promover a inovação. Antonio Carlos Valente Presidente do Grupo Telefonica no Brasil Maio, 2011

Brasil 2011: o momento certo para promover a inovação. Antonio Carlos Valente Presidente do Grupo Telefonica no Brasil Maio, 2011 Brasil 2011: o momento certo para promover a inovação Antonio Carlos Valente Presidente do Grupo Telefonica no Brasil Maio, 2011 Agenda 01 O momento certo para promover a inovação tecnológica no Brasil

Leia mais

LUCRO DO SUBMARINO SOBE 316% NO TERCEIRO TRIMESTRE 2005

LUCRO DO SUBMARINO SOBE 316% NO TERCEIRO TRIMESTRE 2005 LUCRO DO SUBMARINO SOBE 316% NO TERCEIRO TRIMESTRE 2005 São Paulo, 07 de Novembro de 2005 - O Submarino S.A. (Bovespa: SUBA3), empresa líder dentre aquelas que operam exclusivamente no varejo eletrônico

Leia mais

B2W DIGITAL ANUNCIA CRESCIMENTO DE 26% E R$ 2,7 BILHÕES EM GMV NO 3T15

B2W DIGITAL ANUNCIA CRESCIMENTO DE 26% E R$ 2,7 BILHÕES EM GMV NO 3T15 B2W DIGITAL ANUNCIA CRESCIMENTO DE 26% E R$ 2,7 BILHÕES EM GMV NO 3T15 Marketplace continua em rápido desenvolvimento, crescendo 750% e atingindo participação de 10,1% do GMV total Rio de Janeiro, 12 de

Leia mais

COMENTÁRIOS DO DESEMPENHO NO 3º TRIMESTRE E 9 MESES DE 2002

COMENTÁRIOS DO DESEMPENHO NO 3º TRIMESTRE E 9 MESES DE 2002 COMENTÁRIOS DO DESEMPENHO NO 3º TRIMESTRE E 9 MESES DE 2002 Desempenho Em ambiente de queda da atividade na indústria automobilística, a Iochpe-Maxion apresentou um crescimento de 8,4% nas vendas no terceiro

Leia mais

Apresentação Investidores

Apresentação Investidores Apresentação Investidores Abril de 2011 Aviso Importante Esse material pode conter previsões de eventos futuros.tais previsões refletem apenas expectativas dos administradores da Companhia, e envolve riscos

Leia mais

EMBRATEL PARTICIPAÇÕES TEM RECEITA LÍQUIDA DE R$ 1,5 BILHÕES NO PRIMEIRO TRIMESTRE DE 2000, 26 PORCENTO ACIMA DO PRIMEIRO TRIMESTRE DE 1999

EMBRATEL PARTICIPAÇÕES TEM RECEITA LÍQUIDA DE R$ 1,5 BILHÕES NO PRIMEIRO TRIMESTRE DE 2000, 26 PORCENTO ACIMA DO PRIMEIRO TRIMESTRE DE 1999 INFORMATIVO Silvia M.R. Pereira Relações com Investidores tel: BR 55 21 519-9662 fax: 55 21 519-6388 Wallace Borges Grecco Relações com a Imprensa tel: BR 21 519-7282 fax: 021-519-8010 EMBRATEL PARTICIPAÇÕES

Leia mais

Apresentação de Resultados

Apresentação de Resultados Apresentação 3T08 Apresentação de Resultados José Carlos Aguilera (Diretor Presidente e de RI) Eduardo de Come (Diretor Financeiro) Marcos Leite (Gerente de RI) Destaques do Período Contexto de crise no

Leia mais

EARNINGS RELEASE 2T14

EARNINGS RELEASE 2T14 Receita Bruta de R$ 241,8 milhões no e R$ 533,9 milhões no 1S14 Ebitda de R$ 21,2 milhões no e R$ 51,4 milhões no 1S14 São Paulo, 13 de agosto de 2014 - A Inbrands S.A. ( Inbrands ou Companhia ), uma empresa

Leia mais

LOJAS RENNER S.A. RESULTADOS DO PRIMEIRO TRIMESTRE DE 2015 (1T15 ) Resultados 1T15. www.lojasrenner.com.br/ri Página 0 de 9

LOJAS RENNER S.A. RESULTADOS DO PRIMEIRO TRIMESTRE DE 2015 (1T15 ) Resultados 1T15. www.lojasrenner.com.br/ri Página 0 de 9 Resultados 1T15 www.lojasrenner.com.br/ri Página 0 de 9 LOJAS RENNER S.A. Companhia constituída em 1965 e de capital aberto desde 1967. Capital totalmente pulverizado desde 2005, com 100% de free float,

Leia mais

Officer S/A Distribuidora de Produtos de Tecnologia e Controladas

Officer S/A Distribuidora de Produtos de Tecnologia e Controladas Officer S/A Distribuidora de Produtos de Tecnologia e Controladas Relatório da Administração, Demonstrações Financeiras Individuais e Consolidadas Referentes ao Exercício findo em 31 de Dezembro de 2013

Leia mais

Destaques do Período. Crescimento de dois dígitos em Reservas Confirmadas e Embarcadas, EBITDA e Lucro Líquido Ajustado no 2T15

Destaques do Período. Crescimento de dois dígitos em Reservas Confirmadas e Embarcadas, EBITDA e Lucro Líquido Ajustado no 2T15 Santo André, 05 de Agosto de 2015: CVC Brasil Operadora e Agência de Viagens S.A. (BM&FBOVESPA: CVCB3), maior operadora de turismo das Américas, informa aos seus acionistas e demais participantes do mercado

Leia mais

Agenda. Visão Geral de 2008. Resultados Financeiros e Operacionais

Agenda. Visão Geral de 2008. Resultados Financeiros e Operacionais Disclaimer Com objetivo de haver comparabilidade na análise de resultados, os comentários de desempenho apresentados não contemplam as modificações contábeis introduzidas pela lei n.º 11.638/07, analisando,

Leia mais

Lucro Líquido de R$ 239 milhões no 1T15, crescimento de 34%; Margem EBITDA de 9,6%, com aumento de 0,7 p.p.

Lucro Líquido de R$ 239 milhões no 1T15, crescimento de 34%; Margem EBITDA de 9,6%, com aumento de 0,7 p.p. Lucro Líquido de R$ 239 milhões no 1T15, crescimento de 34%; Margem EBITDA de 9,6%, com aumento de 0,7 p.p. No 1T15, a receita líquida totalizou R$ 5,388 bilhões, estável em relação ao 1T14 excluindo-se

Leia mais

Brasil Brokers divulga seus resultados do 2º Trimestre de 2010

Brasil Brokers divulga seus resultados do 2º Trimestre de 2010 Brasil Brokers divulga seus resultados do 2º Trimestre de 2010 Rio de Janeiro, 16 de agosto de 2010. A Brasil Brokers Participações S.A. (BM&FBovespa: BBRK3) uma empresa com foco e atuação no mercado de

Leia mais

Reunião Pública. Gilsomar Maia Diretor de Finanças Corporativas

Reunião Pública. Gilsomar Maia Diretor de Finanças Corporativas Reunião Pública Gilsomar Maia Diretor de Finanças Corporativas Receita Bruta (R$ Milhões) e Margem EBITDA (%) ¹ Visão Geral da Companhia - Trajetória História Fundação Fortalecimento DNA Liderança 1.557

Leia mais

Apresentação de Resultados 3T10

Apresentação de Resultados 3T10 Apresentação de Resultados 3T10 09 de Novembro de 2010 Agenda 1. Desempenho do Período 2. Evolução das Receitas e Custos Hardware Software Serviços 3. Despesas e Margens 4. Investimentos e Caixa 5. Estratégia

Leia mais

Embratel Participações S.A. (Embratel Participações ou Embrapar ) detém 99,0 porcento da Empresa Brasileira de Telecomunicações S.A. ( Embratel ).

Embratel Participações S.A. (Embratel Participações ou Embrapar ) detém 99,0 porcento da Empresa Brasileira de Telecomunicações S.A. ( Embratel ). Rio de Janeiro, RJ, Brasil, 25 de Outubro de 2005. Embratel Participações S.A. (Embratel Participações ou Embrapar ) detém 99,0 porcento da Empresa Brasileira de Telecomunicações S.A. ( Embratel ). (Os

Leia mais

Resultados 4T13_. Relações com Investidores Telefônica Brasil S.A. Fevereiro, 2014.

Resultados 4T13_. Relações com Investidores Telefônica Brasil S.A. Fevereiro, 2014. Resultados 4T13_ Fevereiro, 2014. Destaques do 4T13 e ano de 2013 DESTAQUES Móvel Fixo Operacional Sustentando o crescimento superior em adições de pós-pago resultando em uma maior adoção de dados e crescimento

Leia mais

Resultados 3T14_. Relações com Investidores Telefônica Brasil S.A. Novembro de 2014.

Resultados 3T14_. Relações com Investidores Telefônica Brasil S.A. Novembro de 2014. Resultados 3T14_ Novembro de 2014. Disclaimer Esta apresentação pode conter declarações baseadas em estimativas a respeito dos prospectos e objetivos futuros de crescimento da base de assinantes, um detalhamento

Leia mais

Contexto Operacional. Operação. Receita Líquida. 12,9 bilhões. Composição da Receita Consolidada (%)

Contexto Operacional. Operação. Receita Líquida. 12,9 bilhões. Composição da Receita Consolidada (%) 103 Contexto Operacional A seguir seguem os comentários sobre o desempenho da S.A. referentes ao exercício de 2014. Com intuito de proporcionar a visibilidade anual dos resultados, tais comentários são

Leia mais

DESTAQUES DO PERÍODO (2T11)

DESTAQUES DO PERÍODO (2T11) QUALICORP REGISTRA CRESCIMENTO DO TRIMESTRE NO NÚMERO DE BENEFICIÁRIOS DE 18,5%, RECEITA LÍQUIDA DE 43,9%, EBITDA AJUSTADO DE 36,6% EM RELAÇÃO AO 2T10 1 São Paulo, 12 de agosto de 2011. A QUALICORP S.A.

Leia mais

Economia Móvel América Latina 2013 Sumário Executivo

Economia Móvel América Latina 2013 Sumário Executivo Economia Móvel América Latina 2013 Sumário Executivo Economia Móvel América Latina 2013 A GSMA representa os interesses da indústria mundial de comunicações móveis. Presente em mais de 220 países, a GSMA

Leia mais

Apimec Florianópolis. Dezembro 2013

Apimec Florianópolis. Dezembro 2013 Apimec Florianópolis Dezembro 2013 Exoneração de Responsabilidades Esta apresentação não constitui uma oferta, convite ou pedido de qualquer forma, para a subscrição ou compra de ações ou qualquer outro

Leia mais

Resultados 2005 Resultados 2005

Resultados 2005 Resultados 2005 Resultados 2005 Resultados 2005 Resultados 1T06 Bovespa: RSID3 NYSE (ADR): RSR2Y Receita Líquida alcança R$ 85,2 milhões VGV totaliza R$ 94,3 milhões Vendas contratadas crescem 63% São Paulo, 11 de maio

Leia mais

Resultados do 1 Trimestre de 2007. GVT (Holding) S.A.

Resultados do 1 Trimestre de 2007. GVT (Holding) S.A. Resultados do 1 Trimestre de 2007 GVT (Holding) S.A. RECEITA LÍQUIDA DA GVT CRESCE 25,2% E EBITDA AJUSTADO ATINGE CRESCIMENTO DE 38,6% NO 1T07 Durante o 1T07 a GVT completou seu IPO que atingiu um acréscimo

Leia mais

Relações com Investidores

Relações com Investidores São Paulo, 14 de novembro de 2011 A Inbrands anuncia hoje os resultados do terceiro trimestre de 2011 (3T11). Bruno Medeiros CEO Relações com Investidores Arnaldo Faissol Mendes CFO e Diretor de RI Clarice

Leia mais

Reestruturação operacional reduz os custos e as despesas operacionais, proporcionando Ebitda de R$ 2,4 milhões.

Reestruturação operacional reduz os custos e as despesas operacionais, proporcionando Ebitda de R$ 2,4 milhões. Última Cotação em 30/09/2013 FBMC4 - R$ 43,90 por ação Total de Ações: 726.514 FBMC3: 265.160 FBMC4: 461.354 Valor de Mercado (30/09/2013): R$ 31.893,9 milhões US$ 14.431,7 milhões São Bernardo do Campo,

Leia mais

Teleconferência de Resultados 1T14 8 de maio de 2014

Teleconferência de Resultados 1T14 8 de maio de 2014 Teleconferência de Resultados 8 de maio de 2014 Destaques do Expressivo crescimento em vendas mesmas lojas (25,4%) com rentabilidade Crescimento da receita líquida total: 28,5% versus 1T13 R$2,3 bilhões

Leia mais

Abril Educação S.A. Informações Proforma em 30 de junho de 2011

Abril Educação S.A. Informações Proforma em 30 de junho de 2011 Abril Educação S.A. Informações Proforma em 30 de junho de 2011 RESULTADOS PRO FORMA NÃO AUDITADOS CONSOLIDADOS DA ABRIL EDUCAÇÃO As informações financeiras consolidadas pro forma não auditadas para 30

Leia mais

Apresentação a Investidores. 4 de Dezembro de 2009

Apresentação a Investidores. 4 de Dezembro de 2009 Associação com Casa Bahia Apresentação a Investidores 4 de Dezembro de 2009 1 Considerações Iniciais Esta apresentação foi preparada para permitir uma melhor compreensão dos detalhes da operação pelo mercado.

Leia mais

Planejamento e Controle do Lucro Empresas de Pequeno e Médio Porte

Planejamento e Controle do Lucro Empresas de Pequeno e Médio Porte Planejamento e Controle do Lucro Empresas de Pequeno e Médio Porte Profa. Dariane Reis Fraga Castanheira darianer@fia.com.br www.fia.com.br/proced Profa. Dariane Reis Fraga Castanheira 1 Objetivo Planejamento

Leia mais

Resultados 4T05 e 2005

Resultados 4T05 e 2005 Resultados 4T05 e 2005 LUCRO DO SUBMARINO SOBE 192% EM 2005, A COMPANHIA APRESENTOU FLUXO DE CAIXA POSITIVO NO 4T05 E REVISOU O GUIDANCE PARA 2006 São Paulo, 13 de Fevereiro de 2006 - O Submarino S.A.

Leia mais

Apresentação de Resultados 3T05

Apresentação de Resultados 3T05 Apresentação de Resultados 3T05 Destaques Crescimento do Lucro Líquido foi de 316% no Terceiro Trimestre Crescimento da Receita no 3T05 A receita bruta foi maior em 71% (3T05x3T04) e 63% (9M05x9M04) Base

Leia mais

Café da Manhã Credit Suisse. 23 de fevereiro de 2010

Café da Manhã Credit Suisse. 23 de fevereiro de 2010 Café da Manhã Credit Suisse 23 de fevereiro de 2010 Seção I Destaques do 3T09 2 Positivo Informática registra margem EBITDA de 10,2% no 3T09 Recorde histórico de volume e receita: 528,5 mil PCs e R$ 751,0

Leia mais

Earnings Release 1T15

Earnings Release 1T15 Santo André, 05 de maio de 2015: A CVC Brasil Operadora e Agência de Viagens S.A. (BM&FBOVESPA: CVCB3), maior operadora de turismo das Américas, informa aos seus acionistas e demais participantes do mercado

Leia mais

LOJAS RENNER S.A. RESULTADOS DO QUARTO TRIMESTRE DE 2013 (4T13 ) LOJAS RENNER S.A.

LOJAS RENNER S.A. RESULTADOS DO QUARTO TRIMESTRE DE 2013 (4T13 ) LOJAS RENNER S.A. LOJAS RENNER S.A. Companhia constituída em 1965 e de capital aberto desde 1967. Capital totalmente pulverizado desde 2005, com 100% de free float, sendo considerada a primeira corporação brasileira. Negociada

Leia mais

2002 - Serviços para empresas

2002 - Serviços para empresas 2002 - Serviços para empresas Grupo Telefónica Data. Resultados Consolidados 1 (dados em milhões de euros) Janeiro - Dezembro 2002 2001 % Var. Receita por operações 1.731,4 1.849,7 (6,4) Trabalho para

Leia mais

Resultados 3T12 FLRY 3. Novembro, 2012

Resultados 3T12 FLRY 3. Novembro, 2012 Resultados 3T12 FLRY 3 Novembro, 2012 ALL RIGHTS RESERVED 2012 Aviso Legal Esta apresentação pode conter informações sobre eventos futuros. Tais informações não seriam apenas fatos históricos, mas refletiriam

Leia mais

Senior Solution (SNSL3) Conhecendo a empresa

Senior Solution (SNSL3) Conhecendo a empresa Análise XP Fundamentos Senior Solution (SNSL3) Conhecendo a empresa A Empresa A Senior Solution está presente, há mais de 17 anos, no segmento de Tecnologia da Informação no mercado brasileiro, sendo uma

Leia mais

Magazine Luiza S.A. Divulgação de Resultados do 4 o Trimestre de 2011

Magazine Luiza S.A. Divulgação de Resultados do 4 o Trimestre de 2011 Magazine Luiza S.A. Divulgação de Resultados do 4 o Trimestre de 2011 São Paulo, 22 de março de 2012 - Magazine Luiza S.A. (BM&FBOVESPA: MGLU3), uma das maiores redes varejistas com foco em bens duráveis

Leia mais

Desempenho Econômico- Financeiro 1T15

Desempenho Econômico- Financeiro 1T15 Desempenho Econômico- Financeiro 1T15 Mensagem da Administração Senhores (as) Acionistas: Conforme mencionado no final do exercício de 2014, concluímos com pleno sucesso o processo que converteu em capital

Leia mais

RELEASE DE RESULTADOS 3T14 I 9M14

RELEASE DE RESULTADOS 3T14 I 9M14 RELEASE DE RESULTADOS 3T14 I 9M14 Contate RI: Adolpho Lindenberg Filho Diretor Financeiro e de Relações com Investidores Telefone: +55 (11) 3041-2700 ri@lindenberg.com.br www.grupoldi.com.br/relacao DIVULGAÇÃO

Leia mais

B2W Companhia Digital Divulgação de Resultados 1T13

B2W Companhia Digital Divulgação de Resultados 1T13 Estar Mais Próximo do Cliente B2W Companhia Digital Divulgação de Resultados 1T13 Considerações Gerais Considerações referentes às perspectivas do negócio, estimativas de resultados operacionais e financeiros,

Leia mais

Apresentação de Resultados 1T11 17 de Maio de 2011

Apresentação de Resultados 1T11 17 de Maio de 2011 Apresentação de Resultados 1T11 17 de Maio de 2011 Relações com Investidores Agenda 1. Destaques 2. Evolução das Receitas e Custos Hardware Software Serviços 3. Despesas e Margens 4. Investimentos e Caixa

Leia mais

Magazine Luiza S.A. Divulgação de Resultados do 2º Trimestre de 2013

Magazine Luiza S.A. Divulgação de Resultados do 2º Trimestre de 2013 . São Paulo, 06 de agosto de 2013 - Magazine Luiza S.A. (BM&FBOVESPA: MGLU3), uma das maiores redes varejistas com foco em bens duráveis e com grande presença nas classes populares do Brasil, divulga seus

Leia mais

Le Lis Blanc inicia o ano com crescimento de 32% nas receitas brutas, 18,5% nas vendas de lojas comparáveis e 26% em EBITDA ajustado 1

Le Lis Blanc inicia o ano com crescimento de 32% nas receitas brutas, 18,5% nas vendas de lojas comparáveis e 26% em EBITDA ajustado 1 Le Lis Blanc inicia o ano com crescimento de 32% nas receitas brutas, 18,5% nas vendas de lojas comparáveis e 26% em EBITDA ajustado 1 São Paulo, Brasil, 15 de maio de 2008 - A Le Lis Blanc Deux Comércio

Leia mais

RESULTADOS DO 1T11. Destaques do Resultado

RESULTADOS DO 1T11. Destaques do Resultado RESULTADOS DO 1T11 CAPTAÇÃO RECORDE com mais de 73 mil novos alunos (24% acima do 1T10) Aumento de 21% no EBITDA, que totalizou R$48 milhões, e ganho de 1,9 p.p. na Margem, que atingiu 17,4% no 1T11 Rio

Leia mais

4 trimestre de 2010. Sumário Executivo. Itaú Unibanco Holding S.A.

4 trimestre de 2010. Sumário Executivo. Itaú Unibanco Holding S.A. 4 trimestre de 2010 Sumário Executivo Apresentamos, abaixo, informações e indicadores financeiros do (Itaú Unibanco) do quarto trimestre de 2010 e do exercício findo em 31 de dezembro de 2010. (exceto

Leia mais

Anhanguera reporta crescimento de 139,1% na Receita Líquida e de 103,0% no EBITDA Ajustado no ano de 2008. 03 de abril de 2009 03 de abril de 2009

Anhanguera reporta crescimento de 139,1% na Receita Líquida e de 103,0% no EBITDA Ajustado no ano de 2008. 03 de abril de 2009 03 de abril de 2009 Anhanguera reporta crescimento de 139,1% na Receita Líquida e de 103,0% no EBITDA Ajustado no ano de 2008 www.unianhanguera.edu.br 4T08 Ricardo Scavazza Vice Presidente Operacional e Relações com Investidores

Leia mais

Net Serviços de Comunicação S.A Apresentação Expomoney

Net Serviços de Comunicação S.A Apresentação Expomoney Net Serviços de Comunicação S.A Apresentação Expomoney Considerações Futuras Eventuais declarações que possam ser feitas durante essa apresentação, relativas às perspectivas de negócios da Companhia, projeções

Leia mais

Apresentação de Resultados 4T11. 1º de Março de 2012

Apresentação de Resultados 4T11. 1º de Março de 2012 Apresentação de Resultados 4T11 1º de Março de 2012 Contax Visão Geral GRUPO CONTAX Operação em 4 países: Brasil, Colômbia, Argentina e Peru Líder na América Latina em serviços de relacionamento com consumidores

Leia mais

Magazine Luiza S.A. (BM&FBOVESPA: MGLU3) Divulgação de Resultados do 3º Trimestre de 2014 (em IFRS)

Magazine Luiza S.A. (BM&FBOVESPA: MGLU3) Divulgação de Resultados do 3º Trimestre de 2014 (em IFRS) São Paulo, 30 de outubro de 2014 Magazine Luiza S.A. (BM&FBOVESPA: MGLU3) (em IFRS) Lucro líquido cresce 66% no 3T14 e totaliza R$42 milhões Vendas líquidas crescem 18% no trimestre EBITDA cresce 44%,

Leia mais

ITAUTEC S.A. - GRUPO ITAUTEC RELATÓRIO DA ADMINISTRAÇÃO 31 DE MARÇO DE 2010

ITAUTEC S.A. - GRUPO ITAUTEC RELATÓRIO DA ADMINISTRAÇÃO 31 DE MARÇO DE 2010 CENÁRIO ITAUTEC S.A. - GRUPO ITAUTEC RELATÓRIO DA ADMINISTRAÇÃO 31 DE MARÇO DE 2010 A atividade econômica brasileira apresentou sinais de expansão no primeiro trimestre de 2010, com crescimento da atividade

Leia mais

Destaques do trimestre

Destaques do trimestre Resultados 3T12 Destaques do trimestre 1 Empresa integrada é líder no índice de satisfação do cliente 2 Líder indiscutível nos segmentos de maior receita com foco na geração de valor 3 Melhora sequencial

Leia mais

AVISO LEGAL. A VALID isenta-se expressamente do dever de atualizar qualquer uma das declarações e informações prospectivas.

AVISO LEGAL. A VALID isenta-se expressamente do dever de atualizar qualquer uma das declarações e informações prospectivas. APIMEC VALID 2013 AVISO LEGAL Esta apresentação pode conter declarações e informações que constituem previsões para o futuro. Tais declarações e informações prospectivas são unicamente previsões e não

Leia mais

EARNINGS RELEASE 1T12

EARNINGS RELEASE 1T12 São Paulo, 16 de maio de 2012 - A Inbrands S.A. ( Inbrands ou Companhia ), uma empresa de consolidação e gestão de marcas de lifestyle e moda premium do Brasil, anuncia hoje os resultados do 1º trimestre

Leia mais

Tendências Tecnológicas: Como monetizar em oportunidades emergentes?

Tendências Tecnológicas: Como monetizar em oportunidades emergentes? : Como monetizar em oportunidades emergentes? 23 de Julho 2013 Confidencial Mercados emergentes têm previsão de crescimento de 2-3 vezes maiores do que mercados maduros em tecnologia nos próximos 2 anos.

Leia mais

B2W DIGITAL Divulgação de Resultados 4T12/2012

B2W DIGITAL Divulgação de Resultados 4T12/2012 Estar Mais Próximo do Cliente B2W DIGITAL Divulgação de Resultados 4T12/2012 Considerações Gerais Considerações referentes às perspectivas do negócio, estimativas de resultados operacionais e financeiros,

Leia mais

Earnings Release 4T14

Earnings Release 4T14 Santo André, 05 de fevereiro de 2015: A CVC Brasil Operadora e Agência de Viagens S.A. (BM&FBOVESPA: CVCB3), maior operadora de turismo da América Latina, informa aos seus acionistas e demais participantes

Leia mais

Banco Santander (Brasil) S.A.

Banco Santander (Brasil) S.A. Banco Santander (Brasil) S.A. Resultados em BR GAAP 4T14 3 de Fevereiro de 2015 INFORMAÇÃO 2 Esta apresentação pode conter certas declarações prospectivas e informações relativas ao Banco Santander (Brasil)

Leia mais

MOBILE MARKETING. Prof. Fabiano Lobo

MOBILE MARKETING. Prof. Fabiano Lobo MOBILE MARKETING Prof. Fabiano Lobo - Conforme estipulado no Termo de Uso, todo o conteúdo ora disponibilizado é de titularidade exclusiva do IAB ou de terceiros parceiros e é protegido pela legislação

Leia mais

Teleconferência de Resultados 3T15. 10 de novembro de 2015. Magazine Luiza

Teleconferência de Resultados 3T15. 10 de novembro de 2015. Magazine Luiza Teleconferência de Resultados 3T15 10 de novembro de 2015 Magazine Luiza Destaques do 3T15 Vendas E-commerce Ganho de participação de mercado com aumento da margem bruta Receita bruta consolidada de R$2,4

Leia mais

CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS

CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS De acordo com o comando a que cada um dos itens de 51 a 120 se refira, marque, na folha de respostas, para cada item: o campo designado com o código C, caso julgue o item CERTO; ou o campo designado com

Leia mais

Anúncio de Reestruturação Financeira

Anúncio de Reestruturação Financeira Anúncio de Reestruturação Financeira 1 Considerações Futuras Algumas informações sobre o Plano de Reestruturação Financeira da Companhia apresentam nossas expectativas sobre o resultado que poderemos obter

Leia mais

Destaques do Resultado

Destaques do Resultado RESULTADOS DO 4T09 E 2009 RECEITA LÍQUIDA de R$1 bilhão; EBITDA de R$119 milhões; MARGEM EBITDA de 12%, aumento de 2 p.p.; LUCRO LÍQUIDO ajustado de R$78 milhões em 2009 Rio de Janeiro, 17 de Março de

Leia mais

Brasil Brokers divulga seus resultados do 4º Trimestre de 2009

Brasil Brokers divulga seus resultados do 4º Trimestre de 2009 Brasil Brokers divulga seus resultados do 4º Trimestre de 2009 Rio de Janeiro, 10 de março de 2010. A Brasil Brokers Participações S.A. (Bovespa: BBRK3) uma empresa com foco e atuação no mercado de intermediação

Leia mais

CONTABILIDADE GERAL E GERENCIAL

CONTABILIDADE GERAL E GERENCIAL CONTABILIDADE GERAL E GERENCIAL AULA 06: ANÁLISE E CONTROLE ECONÔMICO- FINANCEIRO TÓPICO 01: ANÁLISE POR ÍNDICES Fonte (HTTP://WWW.FEJAL.BR/IMAGES/CURS OS/CIENCIASCONTABEIS.JPG) ANÁLISE POR INTERMÉDIO

Leia mais

Comércio eletrônico 05/05/15. Objetivos de estudo. Qual o papel do e- commerce nos negócios e quais as aplicações mais importantes?

Comércio eletrônico 05/05/15. Objetivos de estudo. Qual o papel do e- commerce nos negócios e quais as aplicações mais importantes? Escola Superior de Gestão e Tecnologia Comércio eletrônico Mercados digitais, mercadorias digitais Prof. Marcelo Mar3ns da Silva Objetivos de estudo Qual o papel do e- commerce nos negócios e quais as

Leia mais

Divulgação de resultados 3T13

Divulgação de resultados 3T13 Brasil Brokers divulga seus resultados do 3º Trimestre do ano de 2013 Rio de Janeiro, 13 de novembro de 2013. A Brasil Brokers Participações S.A. (BM&FBovespa: BBRK3) uma empresa com foco e atuação no

Leia mais

Índice. 03 A Empresa. 04 Missão Visão Valores 05 Nossos Eventos 23 Corpbusiness - Patrocínio 24 Divulgação 25 Expediente

Índice. 03 A Empresa. 04 Missão Visão Valores 05 Nossos Eventos 23 Corpbusiness - Patrocínio 24 Divulgação 25 Expediente MÍDIA KIT 2014 Índice 03 A Empresa 04 Missão Visão Valores 05 Nossos Eventos 23 Corpbusiness - Patrocínio 24 Divulgação 25 Expediente A empresa Fundada em 2007, a empresa possui uma grade anual com diversos

Leia mais

Divulgação de Resultados Segundo Trimestre de 2015

Divulgação de Resultados Segundo Trimestre de 2015 Divulgação de Resultados Segundo Trimestre de 2015 Apresentação da Teleconferência 06 de agosto de 2015 Para informações adicionais, favor ler cuidadosamente o aviso ao final desta apresentação. Divulgação

Leia mais

Divulgação de Resultados - 2T15

Divulgação de Resultados - 2T15 Belo Horizonte, 5 de agosto de 2015. A Arezzo&Co (BM&FBOVESPA: ARZZ3), líder no setor de calçados, bolsas e acessórios femininos no Brasil, divulga os resultados do 2º trimestre de 2015. As informações

Leia mais

Circular de Oferta 5102/ sto Ago

Circular de Oferta 5102/ sto Ago Circular de Oferta Agosto / 2015 Índice Introdução 03 Quem Somos 04 Como funciona o negócio 05 Vantagens de ser constituir uma agência 06 Produtos e serviços 07 Ferramentas de apoio 08 Atividades desempenhadas

Leia mais

Raízen Combustíveis S.A.

Raízen Combustíveis S.A. Balanço patrimonial consolidado e condensado (Em milhares de reais, exceto quando indicado de outra forma) Ativo 30.06.2014 31.03.2014 Passivo 30.06.2014 31.03.2014 Circulante Circulante Caixa e equivalentes

Leia mais

COMÉRCIO ELETRÔNICO UM BREVE HISTÓRICO

COMÉRCIO ELETRÔNICO UM BREVE HISTÓRICO UM BREVE HISTÓRICO COMÉRCIO ELETRÔNICO O comércio sempre existiu desde que surgiram as sociedades. Ele é dito como o processo de comprar, vender e trocar produtos e serviços. Inicialmente praticado pelos

Leia mais

NAVITA SGM SERVIÇOS GERENCIADOS DE MOBILIDADE

NAVITA SGM SERVIÇOS GERENCIADOS DE MOBILIDADE White Paper NAVITA SGM SERVIÇOS GERENCIADOS DE MOBILIDADE A cada dia, o mundo da mobilidade se torna mais crítico e complexo. Por esta natureza, usuários de mobilidade necessitam cada vez mais de agilidade

Leia mais

SISTEMAS PARA INTERNET

SISTEMAS PARA INTERNET Unidade II SISTEMAS PARA INTERNET E SOFTWARE LIVRE Prof. Emanuel Matos Sumário Unidade II Comércio Eletrônico Tecnologia de Comércio Eletrônico Categorias do Comércio Eletrônico M-commerce Comércio eletrônico

Leia mais

Relatório de Resultados 2T 2015

Relatório de Resultados 2T 2015 MMX - Resultados Referentes ao 2º trimestre de 2015 Rio de Janeiro, 14 de agosto de 2015 A MMX Mineração e Metálicos S.A. ( Companhia ou MMX ) (Bovespa: MMXM3) anuncia seus resultados referentes ao 2º

Leia mais

Relações com Investidores ÁUDIO CONFERÊNCIA 1T13. Abril 2013

Relações com Investidores ÁUDIO CONFERÊNCIA 1T13. Abril 2013 Relações com Investidores ÁUDIO CONFERÊNCIA Abril 2013 1T13 Estratégia RESIDENCIAL Convergência de serviços com crescimento de Banda Larga e TV Paga MOBILIDADE PESSOAL Crescimento do pós e rentabilização

Leia mais

Apresentação dos Resultados 3T06

Apresentação dos Resultados 3T06 Apresentação dos Resultados 3T06 Aviso Legal Esta apresentação contém considerações futuras referentes às perspectivas do negócio, estimativas de resultados operacionais e financeiros, e às perspectivas

Leia mais

LOJAS COLOMBO S/A COMÉRCIO DE UTILIDADES DOMÉSTICAS E CONTROLADAS

LOJAS COLOMBO S/A COMÉRCIO DE UTILIDADES DOMÉSTICAS E CONTROLADAS 1 LOJAS COLOMBO S/A COMÉRCIO DE UTILIDADES DOMÉSTICAS E CONTROLADAS RELATÓRIO DA ADMINISTRAÇÃO Senhores acionistas: Atendendo às disposições legais e estatutárias, a administração de Lojas Colombo S/A

Leia mais

Governança Corporativa Profa. Patricia Maria Bortolon

Governança Corporativa Profa. Patricia Maria Bortolon Governança Corporativa Investidores Institucionais e Governança Corporativa Aula 11 Participação Acionária de Investidores Institucionais No Reino Unido: Tipo de Investidor 1963 % 2006 % Indivíduos 54

Leia mais

TIM Participações S.A. Resultados do 1T06. 5 de Maio de 2006

TIM Participações S.A. Resultados do 1T06. 5 de Maio de 2006 TIM Participações S.A. Resultados do 5 de Maio de 2006 1 Principais realizações Desempenho do Mercado Desempenho Financeiro 2 Status da Reestruturação Corporativa Principais realizações Melhorando a Estrutura

Leia mais

RESULTADOS 2T15 Teleconferência 10 de agosto de 2015

RESULTADOS 2T15 Teleconferência 10 de agosto de 2015 RESULTADOS 2T15 Teleconferência 10 de agosto de 2015 AVISO Nesta apresentação nós fazemos declarações prospectivas que estão sujeitas a riscos e incertezas. Tais declarações têm como base crenças e suposições

Leia mais