FACULDADE DE TECNOLOGIA SENAC SEGURANÇA DA INFORMAÇÃO. PROFESSORA: Marissol Martins

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "FACULDADE DE TECNOLOGIA SENAC SEGURANÇA DA INFORMAÇÃO. PROFESSORA: Marissol Martins"

Transcrição

1 FACULDADE DE TECNOLOGIA SENAC SEGURANÇA DA INFORMAÇÃO PROFESSORA: Marissol Martins AUTENTICAÇÃO DE MAQUINAS USANDO SERVIDOR FREERADIUS ALEXANDRE WILLIE EDER VERISSIMO HANANNY GIANINNY Goiânia GO Dezembro/2014

2 2 SÚMARIO Introdução Protocolo 802.1x Anexos Conclusão Bibliografia

3 3 Introdução FREERADIUS Remote Authentication Dial In User Service é um protocolo de rede que provê de forma centralizada autenticação, autorização e contabilização no processo de gerenciar computadores que estarão se conectando e usando um determinado serviço de rede. Por causa do amplo apoio e da forte presença do protocolo RADIUS, ele é muito usado por ISP's nas empresas no gerenciamento de acesso a internet ou intranet, e também é integrado a serviços de . Algumas dessas redes podem incorporar o protocolo em suas implementações. Como por exemplo modens, DSL, ponto de acesso wireless que será o nosso foco, VPN's, servidores WEB e etc... RADIUS é um protocolo do tipo cliente/servidor que roda como um protocolo da camada de aplicação, usa como apoio o protocolo de transferência UDP. Tanto Servidores de Acesso Remoto, como servidores de Redes Virtuais Privadas e Servidores de Acesso a Rede, e todos os gateways que controlam o acesso a rede possuem um componente cliente do protocolo RADIUS que se comunica com o servidor RADIUS. Este servidor normalmente é um processo de background rodando no UNIX ou Microsoft Windows server.

4 4 PROCOTOLO 802.1x IEEE 802.1X é um padrão IEEE para controle de acesso à rede com base em portas; faz parte do grupo IEEE de protocolos de redes de computadores. Provê um mecanismo de autenticação para dispositivos que desejam juntar-se à uma porta na LAN, seja estabelecendo uma conexão ponto-a-ponto ou prevenindo acesso para esta porta se a autenticação falhar. É usado para a maioria dos Access points sem fio e é baseado no Protocolo de Autenticação Extensiva. Precisa autenticar-se antes de poder ter acesso aos recursos da LAN X provê autenticação baseada em portas, que envolve comunicação entre o requisitante, o autenticador e o servidor de autenticação. O requisitante é comumente o software em um dispositivo cliente, como um laptop, o autenticador é um Switch Ethernet ou Access Point sem fio, e a autenticação geralmente uma base de dados RADIUS. O autenticador atua como uma proteção secundária à rede. Uma analogia a isso é prover um passaporte válido em um aeroporto antes de ser permitida a passagem pela segurança até o terminal. Com a autenticação baseada em portas 802.1x, o requisitante provê credenciais como nome de usuário / senha ou certificado digital, ao autenticador, e ele encaminha as credenciais até o servidor de autenticação para verificação. Se as credenciais são válidas (na base de dados do servidor de autenticação), o requisitante (dispositivo cliente) é permitido acessar os recursos localizados no lado protegido da rede, em seguida vamos ser o processo de configuração no CentOS.

5 5 ANEXOS Demonstração das telas de configurações: Arquivo: clients.conf Arquivo de configuração do AP que fará autenticação com o servidor Freeradius. Arquivo: users Cadastrado dos usuários que terão acesso ao Freeradius:

6 Arquivo: eap.conf Editando o módulo EAP

7 Arquivo: mschap Configurando o protocolo mschap-v2 Programa: Wireshark Na imagem mostra a conexão com o servidor Freeradius

8 IP'S SERVIDOR : AP: CELULAR:

9 6 CONCLUSÃO Após realizar esse projeto aprendemos que a utilização de servidor Radius em uma rede pode ser interessante. Porém podemos detectar uma pequena desvantagem na utilização do servidor, que é o fato de sua conexão não ser criptografada. Para resolvermos isso, implementamos o protocolo de rede 802.1x no qual criptografa todas as conexões. A autenticação do Radius em uma rede corporativa, garante um nível de segurança maior para a rede, porque não será qualquer maquina que irá conectar na rede. Coseguimos realizar a autenticação de usuário logo ao ingressar uma maquina qualquer na rede. Caso, não possua login e senha, será impossível ingressar na rede que possui servidor Radius rodando. Na verdade é um servidor open-source e fácil de configuração e manutenção. É um tipo de serviço que se adéqua bem a uma rede corporativa de qualquer porte, garantirá uma segurança maior, claro, se for usado em conjunto com o protocolo de rede 802.1x.

10 7 BIBLIOGRAFIA

Projeto de Redes de Computadores. Servidor Radius

Projeto de Redes de Computadores. Servidor Radius Faculdade de Tecnologia Senac Goiás Projeto de Redes de Computadores Servidor Radius Alunos: Fabio Henrique, Juliano Pirozzelli, Murillo Victor, Raul Rastelo Goiânia, Dezembro de 2014 Radius Remote Authentication

Leia mais

Projeto Integrador - Projeto de Redes de Computadores

Projeto Integrador - Projeto de Redes de Computadores FACULDADE DE TECNOLOGIA SENAC GOIÁS SEGURANÇA DA INFORMAÇÃO Projeto Integrador - Projeto de Redes de Computadores AYLSON SANTOS EDFRANCIS MARQUES HEVERTHON LUIZ THIAGO SHITINOE AYLSON SANTOS EDFRANCIS

Leia mais

PROTOCOLO 802.1X COM FRERADIUS FACULDADE DE TECNOLOGIA SENAC GOIÁS GESTÃO EM TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO

PROTOCOLO 802.1X COM FRERADIUS FACULDADE DE TECNOLOGIA SENAC GOIÁS GESTÃO EM TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO FACULDADE DE TECNOLOGIA SENAC GOIÁS GESTÃO EM TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO WISLIY LOPES JULIANO PIROZZELLI TULIO TSURUDA LUIZ GUILHERME MENDES PROTOCOLO 802.1X COM FRERADIUS GOIÂNIA JUNHO DE 2014 Sumário 1.

Leia mais

Projeto Integrador Projeto de Redes de Computadores

Projeto Integrador Projeto de Redes de Computadores Projeto Integrador Projeto de Redes de Computadores IMPLEMENTAÇÃO DO PROTOCOLO 802.1x UTILIZANDO SERVIDOR DE AUTENTICAÇÃO FREERADIUS Aluno: Diego Miranda Figueira Jose Rodrigues de Oliveira Neto Romário

Leia mais

Implementação do Protocolo 802.1x. Utilizando Servidor de Autenticação FreeRadius. Discentes: Luiz Guilherme Ferreira. Thyago Ferreira Almeida

Implementação do Protocolo 802.1x. Utilizando Servidor de Autenticação FreeRadius. Discentes: Luiz Guilherme Ferreira. Thyago Ferreira Almeida Implementação do Protocolo 802.1x Utilizando Servidor de Autenticação FreeRadius. Discentes: Luiz Guilherme Ferreira Thyago Ferreira Almeida Vilmar de Sousa Junior Projeto de Redes de Computadores Professor

Leia mais

FACULDADE DE TECNOLOGIA SENAC GOIÁS PROJETO INTEGRADOR. Projeto de Redes de Computadores. 5º PERÍODO Gestão da Tecnologia da Informação GOIÂNIA 2014-1

FACULDADE DE TECNOLOGIA SENAC GOIÁS PROJETO INTEGRADOR. Projeto de Redes de Computadores. 5º PERÍODO Gestão da Tecnologia da Informação GOIÂNIA 2014-1 FACULDADE DE TECNOLOGIA SENAC GOIÁS PROJETO INTEGRADOR Projeto de Redes de Computadores 5º PERÍODO Gestão da Tecnologia da Informação Henrique Machado Heitor Gouveia Gabriel Braz GOIÂNIA 2014-1 RADIUS

Leia mais

Protocolo Rede 802.1x

Protocolo Rede 802.1x FACULDADE DE TECNOLOGIA SENAC GOIÁS Segurança da Informação Protocolo Rede 802.1x Leonardo Pereira Debs Luis Henrique Ferreira Portilho Wallacy Reis Goiânia 2014 SUMÁRIO 1: Introdução... 3 2: O que é...

Leia mais

TECNOLOGIA WEB INTERNET PROTOCOLOS

TECNOLOGIA WEB INTERNET PROTOCOLOS INTERNET PROTOCOLOS 1 INTERNET Rede mundial de computadores. Também conhecida por Nuvem ou Teia. Uma rede que permite a comunicação de redes distintas entre os computadores conectados. Rede WAN Sistema

Leia mais

Descrição da UnB Wireless

Descrição da UnB Wireless Descrição da UnB Wireless Descrição A rede UNB Wireless é um serviço da UnB que disponibiliza rede sem fio corporativa utilizando as melhores técnicas de segurança e privacidade aos usuários de Matricula

Leia mais

LIGANDO MICROS EM REDE

LIGANDO MICROS EM REDE LAÉRCIO VASCONCELOS MARCELO VASCONCELOS LIGANDO MICROS EM REDE Rio de Janeiro 2007 ÍNDICE Capítulo 1: Iniciando em redes Redes domésticas...3 Redes corporativas...5 Servidor...5 Cliente...6 Estação de

Leia mais

ESTUDO DE CASO: AUTENTICAÇÃO IEEE 802.1X BASEADA NO PROTOCOLO RADIUS E SERVIÇO DE DIRETÓRIO LDAP APLICADO A REDE GIGAUFOPNET

ESTUDO DE CASO: AUTENTICAÇÃO IEEE 802.1X BASEADA NO PROTOCOLO RADIUS E SERVIÇO DE DIRETÓRIO LDAP APLICADO A REDE GIGAUFOPNET ESTUDO DE CASO: AUTENTICAÇÃO IEEE 802.1X BASEADA NO PROTOCOLO RADIUS E SERVIÇO DE DIRETÓRIO LDAP APLICADO A REDE GIGAUFOPNET Tiago Rodrigues Chaves Orientador: Ricardo Augusto Rabelo de Oliveira 16 de

Leia mais

Manual de configuração da rede sem fio da UDESC Joinville / CCT

Manual de configuração da rede sem fio da UDESC Joinville / CCT Manual de configuração da rede sem fio da UDESC Joinville / CCT Windows 7 1. Em Iniciar > Painel de Controle >Central de Rede e Compartilhamento 2. Selecionar opção Configurar uma nova conexão ou rede,

Leia mais

Prof. Edson Maia Graduado em Web Design e Programação Bacharel e Licenciado em Geografia Especialista em Gestão Ambiental Complementação para

Prof. Edson Maia Graduado em Web Design e Programação Bacharel e Licenciado em Geografia Especialista em Gestão Ambiental Complementação para Prof. Edson Maia Graduado em Web Design e Programação Bacharel e Licenciado em Geografia Especialista em Gestão Ambiental Complementação para Magistério Superior Especialista em Docência para Educação

Leia mais

Configuração dos clientes da rede sem fio cefetmg_aluno

Configuração dos clientes da rede sem fio cefetmg_aluno Configuração dos clientes da rede sem fio cefetmg_aluno Para realizar as configurações do cliente, é necessário que o mesmo possua conta na base institucional de autenticação de usuários de sistemas de

Leia mais

LIGANDO MICROS EM REDE

LIGANDO MICROS EM REDE LAÉRCIO VASCONCELOS MARCELO VASCONCELOS LIGANDO MICROS EM REDE Rio de Janeiro 2007 LIGANDO MICROS EM REDE Copyright 2007, Laércio Vasconcelos Computação LTDA DIREITOS AUTORAIS Este livro possui registro

Leia mais

Unidade 1. Conceitos Básicos

Unidade 1. Conceitos Básicos Unidade 1 Conceitos Básicos 11 U1 - Conceitos Básicos Comunicação Protocolo Definição de rede Rede Internet 12 Comunicação de dados Comunicação de dados comunicação de informação em estado binário entre

Leia mais

Unidade Curricular Laboratório de Redes III Prof. Eduardo Maroñas Monks Roteiro de Laboratório Funcionalidades de Switches Gerenciáveis

Unidade Curricular Laboratório de Redes III Prof. Eduardo Maroñas Monks Roteiro de Laboratório Funcionalidades de Switches Gerenciáveis Unidade Curricular Laboratório de Redes III Prof. Eduardo Maroñas Monks Roteiro de Laboratório Funcionalidades de Switches Gerenciáveis Objetivo: Analisar as funcionalidades avançadas de switches gerenciáveis.

Leia mais

CENTRO DE INFORMATICA CCNA. Cisco Certified Network Associate

CENTRO DE INFORMATICA CCNA. Cisco Certified Network Associate CENTRO DE INFORMATICA CCNA Cisco Certified Network Associate E ste currículo ensina sobre redes abrange conceitos baseados em tipos de redes práticas que os alunos podem encontrar, em redes para residências

Leia mais

Rede Segura - UNIVATES Centro Universitário UNIVATES Lajeado RS

Rede Segura - UNIVATES Centro Universitário UNIVATES Lajeado RS Rede Segura - UNIVATES Centro Universitário UNIVATES Lajeado RS Luis Antônio Schneiders A UNIVATES Laboratórios, museus e salas especiais: 107 Número de alunos: Graduação: 7.398 Técnicos: 872 Extensão:

Leia mais

Projeto de Redes de Computadores. Desenvolvimento de Estratégias de Segurança e Gerência

Projeto de Redes de Computadores. Desenvolvimento de Estratégias de Segurança e Gerência Desenvolvimento de Estratégias de Segurança e Gerência Segurança e Gerência são aspectos importantes do projeto lógico de uma rede São freqüentemente esquecidos por projetistas por serem consideradas questões

Leia mais

Administração de Sistemas de Informação I

Administração de Sistemas de Informação I Administração de Sistemas de Informação I Prof. Farinha Aula 03 Telecomunicações Sistemas de Telecomunicações 1 Sistemas de Telecomunicações Consiste de Hardware e Software transmitindo informação (texto,

Leia mais

Procedimento para configuração de rede sem fio: Windows 8 e 8.1

Procedimento para configuração de rede sem fio: Windows 8 e 8.1 Procedimento para configuração de rede sem fio: Windows 8 e 8.1 Para conectar-se a rede sem fio no Windows 8 e 8.1 siga as orientações abaixo: 1. Habilite a placa de rede (adaptador) caso não esteja ativado.

Leia mais

Procedimento para configuração de rede sem fio: Windows 7 e Vista Para conectar-se a rede sem fio no Windows 7 e Seven siga as orientações abaixo:

Procedimento para configuração de rede sem fio: Windows 7 e Vista Para conectar-se a rede sem fio no Windows 7 e Seven siga as orientações abaixo: Procedimento para configuração de rede sem fio: Windows 7 e Vista Para conectar-se a rede sem fio no Windows 7 e Seven siga as orientações abaixo: 1. Habilite a placa de rede (adaptador) caso não esteja

Leia mais

Remote Authentication Dial in User Service (RADIUS) Rômulo Rosa Furtado

Remote Authentication Dial in User Service (RADIUS) Rômulo Rosa Furtado Remote Authentication Dial in User Service (RADIUS) Rômulo Rosa Furtado O que é RADIUS: RADIUS é uma rede de protocolo que fornece Autorização, Autenticação e Contabilidade (AAA). Para que serve? Ele serve

Leia mais

Transferindo a carga da autenticação remota dos servidores

Transferindo a carga da autenticação remota dos servidores Transferindo a carga da autenticação remota dos servidores Visão Geral Há três etapas usadas pela maioria dos computadores para proteger o acesso a operações, aplicativos e dados sensíveis: A identificação

Leia mais

Manual de configuração de Clientes

Manual de configuração de Clientes Manual de configuração de Clientes INSTITUTO FEDERAL GOIÁS DIRETORIA DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO E D U R O A M O QUE É EDUROAM? O eduroam (education roaming) é um serviço de acesso sem fio seguro, desenvolvido

Leia mais

Radius Autenticando sua equipe nos equipamentos de maneira simples, segura e barata. MUM Brasil Novembro de 2012 Lacier Dias

Radius Autenticando sua equipe nos equipamentos de maneira simples, segura e barata. MUM Brasil Novembro de 2012 Lacier Dias Radius Autenticando sua equipe nos equipamentos de maneira simples, segura e barata. MUM Brasil Novembro de 2012 Lacier Dias Natal, November 26-27, 2012 Nome: Lacier Dias Introdução Formado em Segurança

Leia mais

Domín í io d e C onhecimento t 2 : Se S gurança e m C omunicações Carlos Sampaio

Domín í io d e C onhecimento t 2 : Se S gurança e m C omunicações Carlos Sampaio Domínio de Conhecimento 2: Segurança em Comunicações Carlos Sampaio Agenda Segurança de acesso remoto 802.1x (Wireless) VPN RADIUS e TACACS+ PPTP e L2TP SSH IPSec Segurança de E-Mail MIME e S/MIME PGP

Leia mais

Tutorial Wireless para Windows 7 IA UNESP V5

Tutorial Wireless para Windows 7 IA UNESP V5 Tutorial Wireless para Windows 7 IA UNESP V5 1 Baixe do site o programa wireless-unesp em : http://www.wifi.ia.unesp.br Clique com o botão direito sobre ele, e selecione Executar como administrador Coloque

Leia mais

VPN. Desempenho e Segurança de Sistemas de Informação

VPN. Desempenho e Segurança de Sistemas de Informação VPN Desempenho e Segurança de Sistemas de Informação Conceito Vantagens Tipos Protocolos utilizados Objetivos VPN (Virtual Private Network) Rede Privada Virtual - uma conexão onde o acesso e a troca de

Leia mais

FACSENAC. SISGEP SISTEMA GERENCIADOR PEDAGÓGICO DRP (Documento de Requisitos do Projeto de Rede)

FACSENAC. SISGEP SISTEMA GERENCIADOR PEDAGÓGICO DRP (Documento de Requisitos do Projeto de Rede) FACSENAC SISTEMA GERENCIADOR PEDAGÓGICO Versão: 1.2 Data: 25/11/2011 Identificador do documento: Documento de Visão V. 1.7 Histórico de revisões Versão Data Descrição Autor 1.0 03/10/2011 Primeira Edição

Leia mais

Sniffers de Rede e Kismet

Sniffers de Rede e Kismet Sniffers de Rede e Kismet Prof. Rafael Guimarães Redes sem Fio Aula 12 Aula 12 Rafael Guimarães 1 / 21 Sumário Sumário 1 Motivação e Objetivos 2 Wireshark 3 Kismet Aula 12 Rafael Guimarães 2 / 21 Motivação

Leia mais

ADMINISTRAÇÃO DE SISTEMAS OPERACIONAIS SERVIÇOS DE ACESSO REMOTO (TELNET E TERMINAL SERVICES) Professor Carlos Muniz

ADMINISTRAÇÃO DE SISTEMAS OPERACIONAIS SERVIÇOS DE ACESSO REMOTO (TELNET E TERMINAL SERVICES) Professor Carlos Muniz ADMINISTRAÇÃO DE SISTEMAS OPERACIONAIS SERVIÇOS DE ACESSO REMOTO (TELNET E O que é roteamento e acesso remoto? Roteamento Um roteador é um dispositivo que gerencia o fluxo de dados entre segmentos da rede,

Leia mais

Prof. Roberto Franciscatto 4º Semestre - TSI - CAFW. Free Powerpoint Templates Page 1

Prof. Roberto Franciscatto 4º Semestre - TSI - CAFW. Free Powerpoint Templates Page 1 Segurança na Web Cap. 5: VPN Prof. Roberto Franciscatto 4º Semestre - TSI - CAFW Page 1 Introdução VPN (Virtual Private Network, ou rede virtual privada) criada para interligar duas redes distantes, através

Leia mais

Segurança de Redes de Computadores

Segurança de Redes de Computadores Segurança de Redes de Computadores Aula 10 Segurança na Camadas de Rede Redes Privadas Virtuais (VPN) Prof. Ricardo M. Marcacini ricardo.marcacini@ufms.br Curso: Sistemas de Informação 1º Semestre / 2015

Leia mais

REDE PRIVADA VIRTUAL (VPN)

REDE PRIVADA VIRTUAL (VPN) MINISTÉRIO DA DEFESA EXÉRCITO BRASILEIRO DEPARTAMENTO DE CIÊNCIA E TECNOLOGIA CENTRO INTEGRADO DE TELEMÁTICA DO EXÉRCITO (CITEX) REDE PRIVADA VIRTUAL (VPN) Manual do Usuário - Versão 2.0 Acesso Remoto

Leia mais

CONTROLE DE ACESSO EM SEGMENTOS DE REDE PARA USUÁRIOS AUTORIZADOS EM UM AMBIENTE CORPORATIVO 1

CONTROLE DE ACESSO EM SEGMENTOS DE REDE PARA USUÁRIOS AUTORIZADOS EM UM AMBIENTE CORPORATIVO 1 CONTROLE DE ACESSO EM SEGMENTOS DE REDE PARA USUÁRIOS AUTORIZADOS EM UM AMBIENTE CORPORATIVO 1 Luciano Antonio Wolf Verônica Conceição Oliveira da Silva 2

Leia mais

Guia de conexão na rede wireless

Guia de conexão na rede wireless 1 Guia de conexão na rede wireless Este documento tem por objetivo orientar novos usuários, não ambientados aos procedimentos necessários, a realizar uma conexão na rede wireless UFBA. A seguir, será descrito

Leia mais

Introdução. O que é Serviços de Terminal

Introdução. O que é Serviços de Terminal Introdução Microsoft Terminal Services e Citrix MetaFrame tornaram-se a indústria padrões para fornecer acesso de cliente thin para rede de área local (LAN), com base aplicações. Com o lançamento do MAS

Leia mais

Capítulo 2 - Conceitos Básicos de Redes. Associação dos Instrutores NetAcademy - agosto de 2007 - Página

Capítulo 2 - Conceitos Básicos de Redes. Associação dos Instrutores NetAcademy - agosto de 2007 - Página Capítulo 2 - Conceitos Básicos de Redes 1 Redes de Dados Inicialmente o compartilhamento de dados era realizado a partir de disquetes (Sneakernets) Cada vez que um arquivo era modificado ele teria que

Leia mais

A solução objetiva conjugar a operação dos mecanismos internos do Padrão IEEE 802.11b com uma autenticação externa, utilizando o Padrão IEEE 802.1x.

A solução objetiva conjugar a operação dos mecanismos internos do Padrão IEEE 802.11b com uma autenticação externa, utilizando o Padrão IEEE 802.1x. 1 Introdução A comunicação de dados por redes sem fio (Wireless Local Area Network - WLAN - Padrão IEEE 802.11b) experimenta uma rápida expansão tecnológica, proporcionando novas soluções para serem implementadas

Leia mais

Orientações para implantação e uso de redes sem fio

Orientações para implantação e uso de redes sem fio Orientações para implantação e uso de redes sem fio Define requisitos e orientações técnicas para implantação e uso de redes sem fio na Universidade Estadual de Campinas. I. Introdução Este documento apresenta

Leia mais

Aula 5 Aspectos de controle de acesso e segurança em redes sem fio 57

Aula 5 Aspectos de controle de acesso e segurança em redes sem fio 57 Aula 5 Aspectos de controle de acesso e segurança em redes sem fio Objetivos Descrever como funciona o controle de acesso baseado em filtros de endereços; Definir o que é criptografia e qual a sua importância;

Leia mais

Sistema de Gerenciamento de Redes Wireless na UFRGS

Sistema de Gerenciamento de Redes Wireless na UFRGS Sistema de Gerenciamento de Redes Wireless na UFRGS Rafael Tonin, Caciano Machado, Eduardo Postal, Leandro Rey, Luís Ziulkoski Universidade Federal do Rio Grande do Sul Centro de Processamento de Dados

Leia mais

Redes de Computadores

Redes de Computadores Redes de Computadores Introdução Redes de Computadores é um conjunto de equipamentos que são capazes de trocar informações e compartilhar recursos entre si, utilizando protocolos para se comunicarem e

Leia mais

SSH Secure Shell Secure Shell SSH

SSH Secure Shell Secure Shell SSH SSH SSH Secure Shell O protocolo Secure Shell, é um popular e poderoso, software baseado na abordagem de segurança de rede. Quando os dados são enviados por um computador para a rede, SSH criptografálos

Leia mais

Capítulo 1: Introdução às redes de computadores

Capítulo 1: Introdução às redes de computadores ÍNDICE Capítulo 1: Introdução às redes de computadores Redes domésticas... 3 Redes corporativas... 5 Servidor... 5 Cliente... 7 Estação de trabalho... 8 As pequenas redes... 10 Redes ponto-a-ponto x redes

Leia mais

CONFIGURANDO O SERVIÇO DE VPN NO WINDOWS SERVER 2008 R2

CONFIGURANDO O SERVIÇO DE VPN NO WINDOWS SERVER 2008 R2 CONFIGURANDO O SERVIÇO DE VPN NO WINDOWS SERVER 2008 R2 1. Antes de começar A tabela a seguir lista as informações que você precisa saber antes de configurar um servidor VPN de acesso remoto. Antes de

Leia mais

REDE PRIVADA VIRTUAL (VPN)

REDE PRIVADA VIRTUAL (VPN) MINISTÉRIO DA DEFESA EXÉRCITO BRASILEIRO D E PA R TA M E N T O D E C I Ê N C I A E T E C N O L O G I A CENTRO INTEGRADO DE TELEMÁTICA DO EXÉRCITO ( CITEX ) REDE PRIVADA VIRTUAL (VPN) Manual do Usuário

Leia mais

Autenticação IEEE 802.1x em Redes de Computadores Utilizando TLS e EAP

Autenticação IEEE 802.1x em Redes de Computadores Utilizando TLS e EAP Autenticação IEEE 802.1x em Redes de Computadores Utilizando TLS e EAP Luiz Gustavo Barros (UEPG) luizgb@uepg.br Dierone César Foltran Junior (UEPG) foltran@uepg.br Resumo: As tecnologias de redes de computadores

Leia mais

TCP/IP TCP UDP IP HTTP HTTPS FTP TFTP TELNET POP3 IMAP SMTP SNMP DHCP

TCP/IP TCP UDP IP HTTP HTTPS FTP TFTP TELNET POP3 IMAP SMTP SNMP DHCP TCP/IP TCP UDP IP HTTP HTTPS FTP TFTP TELNET POP3 IMAP SMTP SNMP DHCP HTTP (Hypertext Transfer Protocol ) Protocolo usado na Internet para transferir as páginas da WWW (WEB). HTTPS (HyperText Transfer

Leia mais

Sistemas Operacionais II. Prof. Gleison Batista de Sousa

Sistemas Operacionais II. Prof. Gleison Batista de Sousa Sistemas Operacionais II Prof. Gleison Batista de Sousa Objetivos de aprendizagem Conhecer o funcionamento dos sistemas operacionais para redes de computadores. Aprender como é feito o gerenciamento do

Leia mais

Ilustração 1: Componentes do controle de acesso IEEE 802.1x

Ilustração 1: Componentes do controle de acesso IEEE 802.1x Laboratório de IER 8 o experimento Objetivos: i) Configurar o controle de acesso IEEE 802.1x em uma LAN ii) Usar VLANs dinâmicas baseadas em usuário Introdução A norma IEEE 802.1x define o controle de

Leia mais

Aula Prática 10 - Configuração Básica de Rede Wi-Fi

Aula Prática 10 - Configuração Básica de Rede Wi-Fi Aula Prática 10 - Configuração Básica de Rede Wi-Fi Equipamento: O equipamento utilizado nesta demonstração é um roteador wireless D-Link modelo DI-524, apresentado na figura abaixo. A porta LAN desse

Leia mais

Procedimentos para configuração em modo WDS

Procedimentos para configuração em modo WDS Procedimentos para configuração em modo WDS 1- WDS (Wireless Distribution System) permite o acesso de um DAP-1353 com o outro DAP-1353 de um modo padronizado. Dessa forma pode simplificar a infraestrutura

Leia mais

Sistema Operacional Unidade 12 Comandos de Rede e Acesso Remoto

Sistema Operacional Unidade 12 Comandos de Rede e Acesso Remoto Sistema Operacional Unidade 12 Comandos de Rede e Acesso Remoto Curso Técnico em Informática SUMÁRIO INTRODUÇÃO... 3 Protocolo de rede... 3 Protocolo TCP/IP... 3 Máscara de sub-rede... 3 Hostname... 3

Leia mais

Guia p/ acesso Rede WiFi

Guia p/ acesso Rede WiFi Guia p/ acesso Rede WiFi Campus VIII Desenvolvido pela equipe de Tecnologia da Informação e Comunicação do Campus VIII: Franciscarlos Nascimento de Ávila Técnico em Tecnologia da Informação. Rodrigo Franklin

Leia mais

Características de Firewalls

Características de Firewalls Firewall Firewall é um sistema de proteção de redes internas contra acessos não autorizados originados de uma rede não confiável (Internet), ao mesmo tempo que permite o acesso controlado da rede interna

Leia mais

Prática de Redes Wireless. Criando rede modo INFRAESTRUTURA

Prática de Redes Wireless. Criando rede modo INFRAESTRUTURA Prática de Redes Wireless Criando rede modo INFRAESTRUTURA Introdução INFRAESTRTURA: existe um equipamento capaz de gerenciar as conexões de rede sem fio dos clientes. As tarefas de gerenciamento podem

Leia mais

EIXO TECNOLÓGICO: INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO. Relação de Títulos Informação e Comunicação. Aprendizagem

EIXO TECNOLÓGICO: INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO. Relação de Títulos Informação e Comunicação. Aprendizagem EIXO TECNOLÓGICO: INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO Relação de s Informação e Comunicação Aprendizagem Código Capacitação 252 Administrador de Banco de Dados 253 Administrador de Redes 1195 Cadista 1291 Desenhista

Leia mais

Licenciatura em Eng.ª Informática Complementos de Redes - 3º Ano - 2º Semestre. Trabalho Nº 3 - Redes WiFi e RADIUS

Licenciatura em Eng.ª Informática Complementos de Redes - 3º Ano - 2º Semestre. Trabalho Nº 3 - Redes WiFi e RADIUS Trabalho Nº 3 - Redes WiFi e RADIUS 1. Introdução A instalação de redes WiFi em ambiente institucional deve obedecer a padrões de segurança elevados, nomeadamente na forma como são trocadas e obtidas as

Leia mais

Planejando uma política de segurança da informação

Planejando uma política de segurança da informação Planejando uma política de segurança da informação Para que se possa planejar uma política de segurança da informação em uma empresa é necessário levantar os Riscos, as Ameaças e as Vulnerabilidades de

Leia mais

WebZine Manager. Documento de Projeto Lógico de Rede

WebZine Manager. Documento de Projeto Lógico de Rede WebZine Manager Documento de Projeto Lógico de Rede Versão:1.0 Data: 10 de Setembro de 2012 Identificador do documento: WebZine Manager Versão do Template Utilizada na Confecção: 1.0 Localização: SoftSolut,

Leia mais

Aula Prática Wi-fi Professor Sérgio Teixeira

Aula Prática Wi-fi Professor Sérgio Teixeira Aula Prática Wi-fi Professor Sérgio Teixeira INTRODUÇÃO Os Access Points ou ponto de acesso wi-fi são os equipamentos empregados na função de interconexão das redes sem fio e com fio (infraestrutura).

Leia mais

Segurança em Redes Sem Fio

Segurança em Redes Sem Fio Segurança em Redes Sem Fio Nós finalmente podemos dizer que as redes sem fio se tornaram padrão para a conexão de computadores. Placas de rede sem fio já são um acessório padrão nos notebooks há algum

Leia mais

UTILIZAÇÃO DE RECURSOS DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO TIC

UTILIZAÇÃO DE RECURSOS DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO TIC Código: NO01 Tribunal Regional do Trabalho da 18ª Região Comissão de Segurança da Informação Núcleo de Governança Corporativa de TIC Setor de Segurança da Informação Revisão: 1.1 Vigência: 12/02/2016 Classificação:

Leia mais

Descrição da atividade: elaborar um relatório sobre Prova de Conceito de ataque Man in the Middle (MITM) através do transbordamento da tabela MAC.

Descrição da atividade: elaborar um relatório sobre Prova de Conceito de ataque Man in the Middle (MITM) através do transbordamento da tabela MAC. Tecnologia de Redes - Marissol Descrição da atividade: elaborar um relatório sobre Prova de Conceito de ataque Man in the Middle (MITM) através do transbordamento da tabela MAC. Definições e Conceitos

Leia mais

Wireless LAN (IEEE 802.11x)

Wireless LAN (IEEE 802.11x) Wireless LAN (IEEE 802.11x) WLAN: Wireless LAN Padrão proposto pela IEEE: IEEE 802.11x Define duas formas de organizar redes WLAN: Ad-hoc: Sem estrutura pré-definida. Cada computador é capaz de se comunicar

Leia mais

Autenticação e VPN rede sem fio PPGIA - Windows 7

Autenticação e VPN rede sem fio PPGIA - Windows 7 Autenticação e VPN rede sem fio PPGIA - Windows 7 1. Configuração autenticação wireless rede PPGIA Estão sendo incorporadas novas bases wireless na infra-estrutura do PPGIA. As mesmas permitem integrar

Leia mais

Tutorial Rede sem Fio - WFU para Windows 7 Ia UNESP V7

Tutorial Rede sem Fio - WFU para Windows 7 Ia UNESP V7 Tutorial Rede sem Fio - WFU para Windows 7 Ia UNESP V7 1 Baixe do site o programa wireless-unesp em: http://www.ia.unesp.br/home/redesemfio/wireless-unesp_.exe Clique com o botão direito sobre ele, e selecione

Leia mais

ALTERNATIVA PARA CONEXÃO VIA INTERNET DE IP MASCARADO A IP REAL

ALTERNATIVA PARA CONEXÃO VIA INTERNET DE IP MASCARADO A IP REAL Documento: Tutorial Autor: Iuri Sonego Cardoso Data: 27/05/2005 E-mail: iuri@scripthome.cjb.net Home Page: http://www.scripthome.cjb.net ALTERNATIVA PARA CONEXÃO VIA INTERNET DE IP MASCARADO A IP REAL

Leia mais

WiFi.UFSM. Projeto Básico

WiFi.UFSM. Projeto Básico WiFi.UFSM Projeto Básico Sistema Básico de Acesso Wireless Rede Institucional Acesso à internet Serviço LDAP Serviço de 802.1x UFSM INTERNET Portal de PONTO DE ACESSO Acesso limitado à internet Rede Pública

Leia mais

Acesso a Rede sem fio UTFPRADM

Acesso a Rede sem fio UTFPRADM Acesso a Rede sem fio UTFPRADM Antes de mais nada, se você não realizou alteração de sua senha de e-mail a pouco tempo ou nunca alterou a senha, o procedimento de recadastramento de senha deverá ser efetuado

Leia mais

Política de Utilização da Rede Sem Fio (Wireless)

Política de Utilização da Rede Sem Fio (Wireless) Política de Utilização da Rede Sem Fio (Wireless) UNISC Setor de Informática/Redes Atualizado em 22/07/2008 1. Definição Uma rede sem fio (Wireless) significa que é possível uma transmissão de dados via

Leia mais

3 SERVIÇOS IP. 3.1 Serviços IP e alguns aspectos de segurança

3 SERVIÇOS IP. 3.1 Serviços IP e alguns aspectos de segurança 3 SERVIÇOS IP 3.1 Serviços IP e alguns aspectos de segurança Os serviços IP's são suscetíveis a uma variedade de possíveis ataques, desde ataques passivos (como espionagem) até ataques ativos (como a impossibilidade

Leia mais

Firewall. Professor: João Paulo de Brito Gonçalves Disciplina: Serviços de Redes. Campus Cachoeiro Curso Técnico em Informática

Firewall. Professor: João Paulo de Brito Gonçalves Disciplina: Serviços de Redes. Campus Cachoeiro Curso Técnico em Informática Firewall Professor: João Paulo de Brito Gonçalves Disciplina: Serviços de Redes Campus Cachoeiro Curso Técnico em Informática Firewall (definições) Por que do nome firewall? Antigamente, quando as casas

Leia mais

Soluções de Segurança em ambientes heterogêneos

Soluções de Segurança em ambientes heterogêneos 2013 Soluções de Segurança em ambientes heterogêneos Protocolos de Segurança de Redes WI-FI Este documento destina-se a ser uma resenha crítica tendo como base o texto Entenda WEP e WPA, protocolos de

Leia mais

Campus Virtuais. Arquitectura de Roaming Nacional. Nuno Gonçalves, Pedro Simões FCCN

Campus Virtuais. Arquitectura de Roaming Nacional. Nuno Gonçalves, Pedro Simões FCCN Campus Virtuais Arquitectura de Roaming Nacional Nuno Gonçalves, Pedro Simões FCCN Versão 2.0 03 de Julho de 2009 Requisitos de uma solução nacional de roaming A implementação de uma solução de nacional

Leia mais

GUIA RÁPIDO. COMO ACESSAR A INTERNET PELA REDE SEM FIO (Wi-Fi) ADMINISTRATIVO. Sumário

GUIA RÁPIDO. COMO ACESSAR A INTERNET PELA REDE SEM FIO (Wi-Fi) ADMINISTRATIVO. Sumário GUIA RÁPIDO COMO ACESSAR A INTERNET PELA REDE SEM FIO (Wi-Fi) ADMINISTRATIVO Sumário 1. Introdução...2 2. Dispositivo Android...3 3. Dispositivo iphone / ipad...7 4. Sistema Operacional Microsoft Windows

Leia mais

Lista de Erros Discador Dial-Up

Lista de Erros Discador Dial-Up Lista de Erros Discador Dial-Up Erro Código Descrição Ok 1 Usuário autenticado com sucesso e conexão encerrada pelo usuário OK 11 Usuário autenticado com sucesso e discador terminado pelo usuário OK 21

Leia mais

Introdução. Disciplina: Suporte Remoto Prof. Etelvira Leite

Introdução. Disciplina: Suporte Remoto Prof. Etelvira Leite Introdução Disciplina: Suporte Remoto Prof. Etelvira Leite Os Benefícios do Trabalho Remoto O mundo assiste hoje à integração e à implementação de novos meios que permitem uma maior rapidez e eficácia

Leia mais

Faculdade SENAC DF Pós-Graduação em Segurança da Informação. Controles da ABNT NBR ISO/IEC 27002:2005. Autores RESUMO. Brasília-DF 2012 ABSTRACT

Faculdade SENAC DF Pós-Graduação em Segurança da Informação. Controles da ABNT NBR ISO/IEC 27002:2005. Autores RESUMO. Brasília-DF 2012 ABSTRACT Faculdade SENAC DF Pós-Graduação em Segurança da Informação Implementação de Controle de Acesso em uma Rede WLAN: Protocolos IEEE 802.1x, Radius e Controles da Autores Yury Hans Kelsen Soares de Andrade

Leia mais

L.F.I Tecnologia e Inovação. Projeto de Redes de Computadores

L.F.I Tecnologia e Inovação. Projeto de Redes de Computadores L.F.I Tecnologia e Inovação Projeto de Redes de Computadores 1 Histórico de alterações do documento Versão Alteração efetuada Responsável Data 1.0 Versão inicial Fabiano Dias 25/05/15 1.1 Atualização nos

Leia mais

Guia de Prática. Windows 7 Ubuntu 12.04

Guia de Prática. Windows 7 Ubuntu 12.04 Guia de Prática Windows 7 Ubuntu 12.04 Virtual Box e suas interfaces de rede Temos 04 interfaces de rede Cada interface pode operar nos modos: NÃO CONECTADO, que representa o cabo de rede desconectado.

Leia mais

Rotina de Discovery e Inventário

Rotina de Discovery e Inventário 16/08/2013 Rotina de Discovery e Inventário Fornece orientações necessárias para testar a rotina de Discovery e Inventário. Versão 1.0 01/12/2014 Visão Resumida Data Criação 01/12/2014 Versão Documento

Leia mais

Sistemas Distribuídos

Sistemas Distribuídos Faculdades SENAC Análise e Desenvolvimento de Sistemas 12 de agosto de 2010 Um sistema no qual componentes localizados em redes, se comunicam e coordenam suas ações somente por passagem de mensagens. Características:

Leia mais

CADERNO DE TI HOSPITAL DAS CLINICAS DA FACULDADE DE MEDICINA DA UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO CAPITULO X AEROHIVE

CADERNO DE TI HOSPITAL DAS CLINICAS DA FACULDADE DE MEDICINA DA UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO CAPITULO X AEROHIVE HOSPITAL DAS CLINICAS DA FACULDADE DE MEDICINA DA NÚCLEO ESPECIALIZADO EM TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO CADERNO DE TI CAPITULO X AEROHIVE Data Versão Descrição Autor 21/02/2013 1.0 AEROHIVE CIS NÚCLEO ESPECIALIZADO

Leia mais

4 Metodologia e Implementação

4 Metodologia e Implementação 4 Metodologia e Implementação Como estudado no capítulo 3, as redes IEEE 802.11b possuem diversas vulnerabilidades decorrentes da fragilidade dos mecanismos de autenticação, confidencialidade e integridade

Leia mais

Serviços Prestados Infovia Brasília

Serviços Prestados Infovia Brasília Serviços Prestados Infovia Brasília Vanildo Pereira de Figueiredo Brasília, outubro de 2009 Agenda I. INFOVIA Serviços de Voz Softphone e Asterisk INFOVIA MINISTÉRIO DO PLANEJAMENTO INFOVIA MINISTÉRIO

Leia mais

Manual de Instalação ( Client / Server ) Versão 1.0

Manual de Instalação ( Client / Server ) Versão 1.0 1 pág. PROCEDIMENTO DE INSTALAÇÃO DO SGCOM ATENÇÃO: É OBRIGATÓRIO UMA CONEXÃO COM A INTERNET PARA EXECUTAR A INSTALAÇÃO DO SGCOM. Após o Download do instalador do SGCOM versão Server e Client no site www.sgcom.inf.br

Leia mais

Visão geral híbrida de Serviços Corporativos de Conectividade do SharePoint 2013

Visão geral híbrida de Serviços Corporativos de Conectividade do SharePoint 2013 Visão geral híbrida de Serviços Corporativos de Conectividade do SharePoint 2013 Christopher J Fox Microsoft Corporation Novembro de 2012 Aplica-se a: SharePoint 2013, SharePoint Online Resumo: Um ambiente

Leia mais

MÓDULO I - INTERNET APRESENTAÇÃO DO CURSO. Prof. BRUNO GUILHEN. Prof. BRUNO GUILHEN. O processo de Navegação na Internet. Aula 01

MÓDULO I - INTERNET APRESENTAÇÃO DO CURSO. Prof. BRUNO GUILHEN. Prof. BRUNO GUILHEN. O processo de Navegação na Internet. Aula 01 APRESENTAÇÃO DO CURSO Prof. BRUNO GUILHEN Prof. BRUNO GUILHEN MÓDULO I - INTERNET O processo de Navegação na Internet Aula 01 O processo de Navegação na Internet. USUÁRIO A CONEXÃO PROVEDOR On-Line EMPRESA

Leia mais

WINDOWS NT SERVER 4.0

WINDOWS NT SERVER 4.0 Características WINDOWS NT SERVER 4.0 O NT Server suporta redes maiores organizadas em torno de servidores e domínios. É um sistema operacional para organizações que necessitem implementar aplicações críticas,

Leia mais

Segurança em Redes IEEE 802.11. Ienne Lira Flavio Silva

Segurança em Redes IEEE 802.11. Ienne Lira Flavio Silva Segurança em Redes IEEE 802.11 Ienne Lira Flavio Silva REDES PADRÃO IEEE 802.11 O padrão IEEE 802.11 define as regras relativas à subcamada de Controle de Acesso ao Meio (MAC) e camada física (PHY). Da

Leia mais

ESCOLA DE ENSINO PROFISSIONAL SENAC CENTRO HISTÓRIOCO PRONATEC RELATÓRIO TÉCNICO PROJETO DE INFRAESTRUTURA

ESCOLA DE ENSINO PROFISSIONAL SENAC CENTRO HISTÓRIOCO PRONATEC RELATÓRIO TÉCNICO PROJETO DE INFRAESTRUTURA ESCOLA DE ENSINO PROFISSIONAL SENAC CENTRO HISTÓRIOCO PRONATEC RELATÓRIO TÉCNICO PROJETO DE INFRAESTRUTURA Ana Castilhos Fabrício Raquel Shaiane Pelotas, 2013 1 Ana Castilhos Fabrício Raquel Shaiane PROJETO

Leia mais

Professor(es): Fernando Pirkel. Descrição da(s) atividade(s):

Professor(es): Fernando Pirkel. Descrição da(s) atividade(s): Professor(es): Fernando Pirkel Descrição da(s) atividade(s): Definir as tecnologias de redes necessárias e adequadas para conexão e compartilhamento dos dados que fazem parte da automatização dos procedimentos

Leia mais

Desculpe, mas este serviço (jogo) encontra se em manutenção.

Desculpe, mas este serviço (jogo) encontra se em manutenção. Estrutura de servidor e banco de dados para multijogadores massivos Marcelo Henrique dos Santos marcelosantos@outlook.com Desculpe, mas este serviço (jogo) encontra se em manutenção. São Paulo SP, Fevereiro/2013

Leia mais

Como conectar-se à rede Sem Fio (Wireless) da UNISC. Pré-Requisitos:

Como conectar-se à rede Sem Fio (Wireless) da UNISC. Pré-Requisitos: Setor de Informática UNISC Manual Prático: Como conectar-se à rede Sem Fio (Wireless) da UNISC Pré-Requisitos: O Notebook deve possuir adaptador Wireless instalado (drivers) e estar funcionando no seu

Leia mais

PROTOCOLO PPP. Luciano de Oliveira Mendes 1 Ricardo dos Santos 2

PROTOCOLO PPP. Luciano de Oliveira Mendes 1 Ricardo dos Santos 2 PROTOCOLO PPP Luciano de Oliveira Mendes 1 Ricardo dos Santos 2 RESUMO Neste trabalho é apresentado o Protocolo PPP, Suas principais características e seu funcionamento. Suas variações também são enfocadas

Leia mais

O processo de Navegação na Internet APRESENTAÇÃO DO CURSO. Prof. BRUNO GUILHEN. O Internet Explorer. www.brunoguilhen.com.br 1 INFORMÁTICA BÁSICA

O processo de Navegação na Internet APRESENTAÇÃO DO CURSO. Prof. BRUNO GUILHEN. O Internet Explorer. www.brunoguilhen.com.br 1 INFORMÁTICA BÁSICA APRESENTAÇÃO DO CURSO Prof. BRUNO GUILHEN O processo de Navegação na Internet INFORMÁTICA BÁSICA A NAVEGAÇÃO Programas de Navegação ou Browser : Internet Explorer; O Internet Explorer Netscape Navigator;

Leia mais