INFORMÁTICA & TELECOMUNICAÇÕES

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "INFORMÁTICA & TELECOMUNICAÇÕES"

Transcrição

1 INFORMÁTICA & TELECOMUNICAÇÕES > Wi Fi gratuito Leiria Região Digital > Democratização do armazenamento e partilha de dados online > A informática e a tecnologia no caminho da inclusão social > Redução de custos: impressoras e papel vieram para ficar DR Este suplemento faz parte integrante da edição 1502 do JORNAL DE LEIRIA, de 25 de Abril de 2013, e não pode ser vendido separadamente

2 INFORMÁTICA & TELECOMUNICAÇÕES 25 de Abril de 2013 PONTOS DE ACESSO (CONCELHO DE LEIRIA) Câmara Municipal de Leiria (3 Zonas Wireless) AMLEI - Área Metropolitana de Leiria (Espaço internet) Biblioteca Municipal de Leiria ( 2 Zonas Wireless) Mercado de Santana em Leiria (Zona Wireless) Posto de Turismo de Leiria (Espaço Internet) Praça Rodrigues Lobo - Leiria (Zona Wireless) Jardim Luís de Camões - Leiria (Zona Wireless) Fonte Luminosa - Leiria (Zona Wireless) Parque Municipal de Leiria - Esplanada Norte (Zona Wireless) Parque Municipal de Leiria - Esplanada Sul (Zona Wireless) Piscinas Municipais de Leiria (Zona Wireless) Parque Desportivo de Leiria - Zona pedonal junto das Piscinas (Zona Wireless) Largo da República em Leiria (Zona Wireless) Largo Infantaria 7 - Leiria (Zona Wireless) Centro de Interpretação Ambiental - Leiria (Zona Wireless) Largo Cândido dos Reis - Leiria (Zona Wireless) Bombeiros Voluntários da Maceira (Espaço internet) Skate Parque de Leiria (Zona Wireless) Quinta da Fábrica - Leiria Polis (Zona Wireless) Quinta da Fábrica - Leiria Polis (Zona Wireless) Parque Municipal de Leiria (S. Romão) - Parque de Estacionamento (Zona Wireless) Parque Municipal de Leiria (S. Romão) - zona pedonal (Zona Wireless) Parque Municipal em Leiria (Zona Wireless) Mercado Municipal da Praia do Pedrogão (Zona Wireless) Biblioteca de Verão na Praia do Pedrogão (Zona Wireless) Junta de Freguesia de Amor (Espaço internet) Largo da Igreja de Amor (Zona Wireless) Junta de Freguesia de Arrabal (Espaço internet) Junta de Freguesia de Azoia (Espaço internet) Junta de Freguesia de Bajouca (Espaço internet) Junta de Freguesia de Barosa (Espaço internet) Largo da Igreja da Barosa (Zona Wireless) Junta de Freguesia da Barreira (Espaço internet) Largo da Igreja de Barreira (Zona Wireless) Junta de Freguesia de Bidoeira de Cima (Espaço internet) Junta de Freguesia de Boa Vista (Espaço internet) Junta de Freguesia da Caranguejeira (Espaço internet) Junta de Freguesia de Carreira (Espaço internet) Junta de Freguesia de Carvide (Espaço internet) Junta de Freguesia de Coimbrão (Espaço internet) Largo da Igreja de Coimbrão (Zona Wireless) Junta de Freguesia de Colmeias (Espaço internet) Junta de Freguesia de Cortes (Espaço internet) Junta de Freguesia de Leiria (Espaço internet) Junta de Freguesia de Maceira (Espaço internet) Junta de Freguesia de Marrazes (Espaço internet) Jardim da Junta de Freguesia de Marrazes (Zona Wireless) Associação Viver Melhor - Marrazes (Espaço internet) Junta de Freguesia de Memória (Espaço internet) Largo da Igreja da Memória (Zona Wireless) Lar de 3ª Idade de Memória (Zona Wireless) Junta de Freguesia de Milagres (Espaço internet) Largo da Igreja de Milagres (Zona Wireless) Junta de Freguesia de Monte Real (Espaço internet) Jardim da Junta de Freguesia de Monte Real (Zona Wireless) Posto de Turismo - Monte Real (Espaço Internet) Junta de Freguesia de Monte Redondo (Espaço internet) Largo da Igreja de Monte Redondo (Zona Wireless) Junta de Freguesia de Ortigosa (Espaço internet) Junta de Freguesia de Parceiros (Espaço internet) Junta de Freguesia de Pousos Largo da Igreja de Regueira de Pontes (Zona Wireless) Junta de Freguesia de Regueira de Pontes (Espaço internet) Junta de Freguesia de Santa Catarina da Serra (Espaço internet) Largo da Igreja de Santa Catarina da Serra (Zona Wireless) Junta de Freguesia de Santa Eufémia (Espaço internet) Largo da Igreja de Santa Eufémia (Zona Wireless) Junta de Freguesia de Souto da Carpalhosa (Espaço internet) Largo da Igreja de Souto de Carpalhosa (Zona Wireless) Internet tendencialmente gratuita: redes wireless, onde e como QUER NAVEGAR SEM PAGAR? A cobertura de internet sem fios tem vindo a massificar-se, especialmente nos centros urbanos e com a crescente popularidade dos smartphones entre os utilizadores. Operadoras de telecomunicações, estabelecimentos comerciais, em particular de hotelaria e restauração, bem como serviços municipais e infra-estruturas culturais fazem com que o acesso à internet custe pouco mais que um clique RICARDO GRAÇA Com o desenvolvimento das tecnologias e a massificação do uso da internet, especialmente em computadores portáteis e smartphones, tornou-se estratégico para as operadoras de telecomunicações levar a internet também para rua. As redes wifi ou sem fios vieram assim permitir que os utilizadores possam navegar em qualquer lugar, basta que para isso tenham equipamento adequado. Estas redes que ainda há pouco tempo davam lugar ao aparecimento de negócios como ciber cafés e espaços internet são hoje tendencialmente gratuitas e com elevadas taxas de cobertura, especialmente nos centros urbanos. Na hotelaria, restauração e espaços de cultura, por exemplo, já quase não se encontra um estabelecimento ou infraestrutura sem rede wireless (sem fios), quase sempre disponível para clientes e utentes gratuitamente. As operadoras de telecomunicações também criaram redes wireless com acesso privilegiado para clientes, de que são exemplo a zon fon ou a PT wifi. Acompanhando esta tendência, também os municípios começaram a preocupar-se em disponibilizar internet gratuita no espaço público, contando Leiria com um projecto pioneiro que em 2003 dava os primeiros passos orientado para, através da utilização das tecnologias da informação e da comunicação, contribuir para o desenvolvimento regional e para a melhoria da qualidade de vida dos cidadãos. O Leiria Região Digital, resultante de uma parceria entre Associação de Municípios da Região de Leiria (AMLEI) e várias associações e instituições focadas no desenvolvimento regional, veio assim dotar os municípios de Alvaiázere, Ansião, Batalha, Leiria, Marinha Grande, Ourém, Pombal e Porto de Mós de um acesso privilegiado à informação, à cultura e ao conhecimento de cerca de 320 mil habitantes de 99 freguesias, com a instalação de 300 pontos públicos de acesso gratuito à internet. Para aceder gratuitamente à internet apenas é necessário aceitar as condições de acesso à rede, não sendo necessário efectuar nenhuma subscrição, explica o presidente do conselho executivo da AMLEI, João Salgueiro. INFOINCLUSÃO É PALAVRA DE ORDEM Com uma aposta forte na infoinclusão o Leiria Região Digital leva também a internet aos lugares mais deslocados dos centros urbanos através de dois Carros da Net, que circulam pela região ministrando acções de iniciação à informática, de forma gratuita, explica a direcção da AMLEI. Assim, o Leiria Região Digital, entre os múltiplos serviços que disponibiliza à comunidade tem trabalhado pela democratização do acesso às novas tecnologias da comunicação, de forma igualitária, procurando combater um dos maiores desafios impostos pelas actuais tendências globais, a info-exclusão. Além de ajudar a expandir a rede de utilizadores e de dotá-los de capacidade de utilização da linguagem informática o projecto tem tido um papel importante na supressão das limitações humanas por meio da tecnologia. Um trabalho que dependo de duas coisas essenciais: equipamento e acesso à rede, visando a promoção do domínio das ferramentas. Na era digital em que nos encontramos é crucial promover a democratização do acesso da população à internet para que possa ter aceder à informação, à cultura, ao conhecimento, bem como aos serviços online, disponibilizados por diversas entidades, públicas e privadas, defende João Salgueiro. Para tal torna-se necessário assegurar a existência em todo o território de locais de acesso gratuito à internet, bem como promover regularmente acções de formação com o intuito de promover a infoinclusão da população, sobretudo a que não tem acesso facilitado às novas tecnologias, salienta. De salientar que o Leiria Região Digital foi considerado um projecto de sucesso no âmbito do Quadro Comunitário de Apoio III. Com o apoio: FICHA TÉCNICA EDIÇÃO: JORLIS - EDIÇÕES E LICAÇÕES, LDA. / Director: João Nazário Redacção: Paula Lagoa / Serviços Comerciais: Rui Pereira / Paginação: Isilda Trindade e Rita Carlos/ Impressão: Grafedisport / Tiragem: exemplares / Nº de registo: / Depósito legal nº: 5628/84 / JORNAL DE LEIRIA, Edição n.º 1501, 18 de Abril de 2013

3 INFORMÁTICA & TELECOMUNICAÇÕES 18 de Abril de 2013 Dropbox, google drive, icloud ou skydrive? ARMAZENAMENTO DE DADOS NA WEB, GRATUITO E PARA TODOS Há muito que as empresas de desenvolvimento de software criaram soluções online focadas nas necessidades crescentes de armazenamento de dados das empresas. Libertar os computadores dessa função e permitir a partilha da informação em rede foram as premissas orientadoras de um serviço que hoje está também ao alcance do utilizador comum. Cloud storage e file hosting são os conceitos que designam essas plataformas onde pode guardar-se todo o tipo de ficheiros sem ocupar espaço no computador e de forma gratuita, esclarece Carlos Machado, docente do curso de Engenharia Informática no IPLeiria. Se é um utilizador regular já ouviu certamente falar na dropbox, serviço pioneiro que levou até ao utilizador comum a oportunidade de guardar informação, bem como de partilhar ficheiros, sem custos. Existe também o google drive, sky drive, icloud ou cloud PT, alguns dos serviços mais conhecidos. E qual deles escolher? Há entre as demais plataformas diferentes características que o podem ajudar a decidir. Essencialmente será importante avaliar o espaço de armazenamento gratuito que cada uma disponibiliza, se permitem a sincronização entre dispositivos e que dispositivos suportam, aconselha o docente. Se tem um telefone com tecnologia android saiba que nem todos estão preparados para estes dispositivos. Se usa Macintoch, por exemplo, há também serviços mais vocacionados para este tipo de máquina. Para usar um serviço de armazenamento e partilha de ficheiros na nuvem precisa apenas de ligação à internet e se o espaço gratuito não for suficiente pode sempre subscrever um plano pago, que todos eles disponibilizam. No que toca à segurança de utilização destes serviços, Carlos Machado esclarece que todos eles garantem confidencialidade dos dados. Salienta no entanto, que a informação lá guardada deve ser legal. Ficheiros com conteúdo pirateado como livros ou música podem dar problemas. LIREPORTAGEM Amigos do ambiente SOLUÇÕES INFORMÁTICAS DE QUALIDADE Amigos do ambiente e vocacionados para os produtos informáticos e manutenção de equipamentos, é assim que somos na XXL REFILL LEIRIA, uma empresa certificada e pioneira no mercado. O rigor na qualidade e a determinação em manter a satisfação do clientes é a nossa imagem de marca, ampliada pela nossa ampla experiência profissional que nos permite manter uma vasta carteira de clientes que procuram a qualidade dos nossos produtos. Os tinteiros e toners da XXL REFILL LEIRIA são submetidos a rigorosos testes de qualidade que garantem, a total satisfação dos nossos clientes. Comercializamos ainda consumíveis originais e compatíveis (tinteiros, toners e papel) e procedemos ao renting de impressoras e serviço de custo por cópia. XXL Refill Leiria Rua João Cabral, Lote 11, Loja Leiria Tel Tm

4 INFORMÁTICA & TELECOMUNICAÇÕES 25 de Abril de 2013 Empresas e instituições revelam preocupações ambientais e sociais DELETE À EXCLUSÃO: INFORMÁTICA E TECNOLOGIA PARA TODOS DR No mundo da tecnologia informática também há espaço para preocupações ambientais e sociais. E são cada vez mais as empresas e instituições que assumem este tipo de orientação. Para onde vai um computador quando 'morre'? Que utilidade pode ter uma máquina que já não cumpre a sua função? Como podem as pessoas com limitações físicas usar a internet? Na era digital justifica-se que alguns fiquem de parte? Há cada vez mais empresas e instituições que se dedicam a dar resposta a este tipo de perguntas. A Reci Qwerty é uma delas. Especializada na reciclagem de sucata informática e outros equipamentos inteligentes, esta empresa de Pombal transformou uma preocupação ambiental numa oportunidade de negócio através da recolha do chamado e-lixo. A empresa assume como missão tornar o planeta mais limpo e livre de sucata informática, e sobretudo incutir nas pessoas a consciência ecológica através de uma reciclagem amiga do ambiente. A sua principal actividade é a descaracterização, separação e reciclagem de lixo tecnológico, mas dentro da sua orientação de ajuda à sociedade tem procurado também integrar jovens com deficiências no mundo da informática e no mercado de trabalho. Para Paulo Gaspar, mentor do projecto Reci Qwerty não há dúvidas que as empresas devem seguir este caminho de conscientização ambiental e social. Acredita que a indústria está consciencializada para a importância de ter um papel activo na inclusão tecnológica e digital, embora reconheça que nem sempre é viável devido aos elevados custos de alguma tecnologia. No âmbito da intervenção social a empresa celebrou recentemente um protocolo com a Associação Portuguesa de Paralisia Cerebral de Leiria, com a qual está a desenvolver campanhas de recolha de e-lixo. Através da Associação Salvador a Reci Qwerty responsabiliza-se também pela recolha de material, nos distritos de Leiria e Lisboa, junto das empresas indicadas pela instituição.

5 INFORMÁTICA & TELECOMUNICAÇÕES 18 de Abril de 2013 IPL (+) INCLUSIVO Com a missão de estimular a implementação de uma política global de inclusão o Instituto Politécnico de Leiria desenvolveu o projecto IPL (+) Inclusivo dentro do qual se insere o Centro de Recursos para a Inclusão Digital (CRID). O CRID mais do que um espaço apetrechado de equipamento informático adaptado aos cidadãos com necessidades especiais, pretende ser um serviço privilegiado de utilidade pública na área das tecnologias de informação e comunicação, assumem os promotores. Dotado de recursos tecnológicos e dinamizado por técnicos qualificados, este centro pretende promover a habilitação e certificação de cidadãos com necessidades especiais na sociedade de informação, perspectivando-se o alargamento desta intervenção ao seio familiar destes destinatários. Alinhado com a missão do IPL (+) Inclusivo, o CRID funciona com objectivos muito específicos que, genericamente, visam capacitar pessoas portadoras de deficiência para a utilização da informática e das tecnologias. Bruno Rego, docente do IPLeiria e promotor do projecto IPL (+) Inclusivo, alerta para o problema da ausência de acesso à tecnologia que ainda se verifica em determinadas comunidades, o que considera que poderá constituir um factor de exclusão para o qual devemos estar atentos. Ainda assim o docente reconhece que a exploração tecnológica começa a ser transversal aos DR vários grupos etários, apesar de os níveis de utilização ainda serem bastante díspares. Mas apesar de todo o avanço tecnológico que se regista, ainda é uma utopia pensar-se em igualdade quando nos referimos a utilizadores deficientes, diz Bruno Rego, que admite que a indústria informática não dá uma resposta cabal às necessidades destas pessoas. O mercado do 'homem padrão' é e será sempre mais apetecível pelo potencial de alcance. Além disso, tudo se complica se considerarmos as variáveis no que respeita às necessidades especiais e consequentemente os diferentes tipos de adaptação que devem ser considerados para os diferentes equipamentos informáticos, diz o docente. Mesmo assim, o promotor do IPL (+) Inclusivo não baixa os braços e apesar de reconhecer que neste âmbito há um longo caminho a percorrer lembra que este será tanto mais simples quanto maior for a consciencialização social.

6 INFORMÁTICA & TELECOMUNICAÇÕES 25 de Abril de 2013 Empresas poupam com aposta em equipamento de ponta ESPAÇO VIRTUAL REDUZ CUSTOS COM PAPEL E IMPRESSÃO A internet e os demais serviços online permitem às empresas reduzir custos com armazenamento de dados e impressão, aparecendo mesmo projectos exclusivamente para o espaço virtual, com alguns exemplos na imprensa. Mas as impressoras e o papel vieram para ficar, acompanhando esta evolução na linha da frente com serviços e tecnologia de olhos postos no futuro DR Numa era cada vez mais digital, aliada a uma crescente preocupação ambiental e a uma conjuntura que obriga a repensar os custos operacionais das empresas, assiste-se a um fenómeno de poupança que passa por aproveitar ao máximo todos os recursos disponíveis na internet susceptíveis de proporcionar a tão desejada redução de custos. Alinhados com esta tendência os media são exemplo crucial de empresas que têm procurado não só aproveitar a facilidade de acesso aos seus targets pela internet, mas também baixar a factura das despesas de produção. Cada vez mais na net do que em papel, conseguem, por exemplo, os jornais e revistas adaptar-se aos desígnios da tecnologia ao mesmo tempo que poupam também no ambiente. Tanto nos grandes jornais nacionais como na imprensa regional, ou mesmo local, há uma preocupação evidente em estar presente no online e os novos projectos que surgem neste sector já Todas as empresas estão empenhadas em reduzir custos, mas será que o estão a fazer de uma forma efectiva? quase nem passam para o papel. A presença na internet permite-lhes também livrarem-se do maior custo de produção: a impressão e o papel. Por outro lado o recurso aos diversos suportes digitais existentes também tem permitido à generalidade das empresas armazenar de forma segura um número incalculável de documentos e informação que até muito pouco tempo se guardava em papel. José Carlos Violante, profissional com vasta experiência em soluções de impressão e equipamentos, admite que todas as empresas estão empenhadas em reduzir todos os seus custos, mas levanta a questão se o estarão a fazer de uma forma efectiva, lembrando ao mesmo tempo que a introdução de procedimentos que conduzam à redução de custos implica quase sempre investimento de tempo e de dinheiro na sua análise. Da sua experiência nesta área refere que é muitas vezes confrontado com consultas que apenas pretendem aferir preços da tecnologia, bem como preços unitários de impressão, consumíveis e pouco mais, o que, defende, para a poupança ser efectiva é preciso ir muito mais longe e identificar o custo total da aquisição, gestão e exploração da infra-estrutura como um todo, contemplando custos associados aos processos das compras, gestão dos activos, custo energético, política de impressão vigente, entre outros. ACOMPANHAMENTO PERSONALIZADO GERADOR DE POUPANÇA Existem no mercado soluções conjuntas, como as que são referidas acima, que visam ajudar os clientes a reduzir custos, libertando recursos para que possam reinvestir e concentrar- -se no sucesso do seu negócio, explica José Carlos Violante. Trocar uma série de pequenas impressoras de secretária por uma solução integrada de poupança pode trazer ganhos significativos. Como explica o especialista o ganho que se dá ao cliente é conseguir avaliar todos os custos relacionados com o facto de ter vários equipamentos dispersos, para várias funcionalidades, com toda a gestão inerente. Várias facturas, gestão de diferentes fornecedores, consumos adicionais de

7 INFORMÁTICA & TELECOMUNICAÇÕES 18 de Abril de 2013 papel, consumíveis, energia, entre outros. Uma das mais-valias destas soluções é exactamente levantar exaustivamente todos os custos, mesmo os que normalmente as empresas não contabilizam, e ir a detalhes como os consumos energéticos, os consumos de papel e as manchas de cobertura (manchas de impressão) que possibilitam desenhar custos de cópias diferenciados podendo chegar a ter um custo por cópia a cores ao preço de uma impressão a preto e branco. Subscrever um serviço destes é contratualizar mais do que um custo por cópia, mas uma redução global de custos, de gastos de energia, de consumos de papel e outros consumíveis, redução da emissões de gases efeito de estufa e de resíduos. Ao realizar uma análise global, é comum conseguirmos optimizar as várias necessidades de impressão, digitalização, fax e cópia num único equipamento para um grupo de trabalho alargado. Assim, melhora-se a produtividades dando acesso às mesmas funcionalidades a todos os colaboradores e unificando toda a gestão do parque, com ganhos acima dos 20%, afirma José Carlos Violante. Apesar de reconhecer que há uma crescente preocupação das empresas com a redução de custos com papel e impressões José Carlos Violante salienta que existe mais papel nas organizações do que nunca, já que apesar dos fluxos digitais estarem a crescer exponencialmente, existem também muitos processos de negócios suportados em papel, e por isso a impressão irá manter-se como pivot da gestão diária num ambiente de escritório, garante. LIREPORTAGEM Topdata Lança aplicação tablet com Windows 8 A Topdata, empresa de implementação de sistemas de informação, possui algumas parcerias estratégicas, designadamente com a PHC, para o software de Gestão. É, actualmente, um dos principais parceiros PHC no Distrito de Leiria. Fornece soluções de Hardware e Software adaptadas às necessidades de cada cliente, prestando serviços de consultoria, assistência pré e após-venda e formação personalizada. Comercializa ainda um leque muito variado de produtos e soluções informáticas, desde relógios de ponto, vídeo-vigilância, GPS e centrais telefónicas. A aposta actual da Topdata passa pelo desenvolvimento de páginas de internet integradas ou não com o PHC e lança agora uma aplicação de software de pré-venda/crm para vendedores em tablets com Windows 8, integrado ou com o PHC.

8 INFORMÁTICA & TELECOMUNICAÇÕES 25 de Abril de 2013 LIREPORTAGEM Cursos de Informática do IPLeiria apostam no saber fazer O desenvolvimento de um módulo low cost para controlo, por voz e olhar, de cadeiras de rodas convencionais e a disponibilização gratuita da aplicação para dispositivos móveis - Calendários Exames Nacionais 2013, são algumas das iniciativas de maior relevância, desenvolvidas pelo Departamento de Engenharia Informática da Escola Superior de Tecnologia e Gestão (ESTG) do IPLeiria. Através desta última aplicação, é possível ter acesso à calendarização dos exames nacionais dos 1.º, 2.º, 3.º ciclos e do secundário, bem como ao calendário de acesso ao ensino superior A versão Android está disponível online, em estando para breve a disponibilização da versão para iphone/ipad. Este envolvimento com a comunidade é vantajoso para ambas as partes, permitindo aos estudantes das licenciaturas e mestrados de Informática da ESTG desenvolverem soluções para situações reais, nos respetivos cursos. Desta forma, é reforçada a preparação e empregabilidade dos diplomados, baseando-se o ensino na componente de saber fazer bem. O Departamento de Engenharia Informática colabora, ainda, com grandes multinacionais na área da informática, tendo sido a primeira instituição de ensino superior, em Portugal, a receber um CUDA Teaching Centre da NVIDIA, para além das parcerias sob a forma de academias com a CISCO, a Oracle e a IBM. Isto, para além de estabelecer parcerias, regularmente, com várias entidades externas, a nível do desenvolvimento de soluções informáticas. É o caso da Associação Bem Estar dos Parceiros, da Juventude Vidigalense, da Junta de Freguesia da Memória, do Clube do Bairro dos Anjos e da Cruz Vermelha Portuguesa de Leiria, entre outras.

9

SISTEMATIZAÇÃO DAS PROPOSTAS... 2

SISTEMATIZAÇÃO DAS PROPOSTAS... 2 ÍNDICE SISTEMATIZAÇÃO DAS PROPOSTAS... 2 PROGRAMA DE EXECUÇÃO... 8 PLANO DE FINANCIAMENTO... 10 1 SISTEMATIZAÇÃO DAS PROPOSTAS Interessa sistematizar as medidas previstas no âmbito da Proposta de Reordenamento

Leia mais

DOSSIER FRANCHISING 3iNFOR

DOSSIER FRANCHISING 3iNFOR DOSSIER FRANCHISING 3iNFOR Rua Henrique Bravo, 6929 e 6967 4465-167 S. Mamede de Infesta Portugal 1 Filosofia/Historial A 3infor é uma empresa especializada em software profissional, com um produto inovador

Leia mais

BREVE MANUAL WIRELESS

BREVE MANUAL WIRELESS BREVE MANUAL WIRELESS Introdução O Projecto Municipal Seixal Digital pretende dotar o município do Seixal de equipamentos e infraestruturas que permitam o acesso às tecnologias de informação e comunicação.

Leia mais

PROGRAMAeducativoLEIRIAprogram aeducativoleiriaprogramaeducat ivoleiriaprogramaeducativoleiria. PROGRAMAeducativoÇEIRIAprogram

PROGRAMAeducativoLEIRIAprogram aeducativoleiriaprogramaeducat ivoleiriaprogramaeducativoleiria. PROGRAMAeducativoÇEIRIAprogram CORPO NACIONAL DE ESCUTAS - ESCUTISMO CATÓLICO PORTUGUÊS PROGRAMAeducativoÇEIRIAprogram JUNTA REGIONAL DE LEIRIA EQUIPA REGIONAL DO PROGRAMA EDUCATIVO PLANO DE ACÇÃO 2010-X-14 EQUIPA REGIONAL DO PROGRAMA

Leia mais

O RELACIONAMENTO COM O CIDADÃO A importância do Território

O RELACIONAMENTO COM O CIDADÃO A importância do Território Conferência Ibero-Americana WWW/Internet 2004 7/8 Outubro, Madrid, Espanha O RELACIONAMENTO COM O CIDADÃO A importância do Território Jorge Xavier Aluno de Mestrado DEGEI UA Campus Universitário de Santiago.

Leia mais

CRID - Centro de Recursos para a Inclusão Digital

CRID - Centro de Recursos para a Inclusão Digital CRID - Centro de Recursos para a Inclusão Digital Célia Sousa Coordenadora Técnica Escola Superior de Educação e Ciências Sociais Instituto Politécnico de Leiria Campus 1 R. Dr. João Soares Apartado 4045

Leia mais

Dualinfor Formação e Serviços Informáticos, Lda.

Dualinfor Formação e Serviços Informáticos, Lda. Dualinfor Formação e Serviços Informáticos, Lda. Sobre Nós Estamos no mercado desde 1998 e temos registado um crescimento sustentado, alavancado por uma equipa que integra profissionais com muitos anos

Leia mais

Section 01. Letter. Preliminary. Y Proyecto. PLAKO Título: WAPPY

Section 01. Letter. Preliminary. Y Proyecto. PLAKO Título: WAPPY Section 01 Letter Preliminary Y Proyecto PLAKO Título: WAPPY Section 01 Letter Preliminary BY PLAKO ALL RIGHTS RESERVED Section 01 Letter Preliminary Enriquecemos aos nossos clientes com produtos e tecnologia.

Leia mais

Case study. II Encontro de Parceiros Sociais Microsoft CAMINHOS PARA A SUSTENTABILIDADE EMPRESA

Case study. II Encontro de Parceiros Sociais Microsoft CAMINHOS PARA A SUSTENTABILIDADE EMPRESA Case study 2009 II Encontro de Parceiros Sociais Microsoft CAMINHOS PARA A SUSTENTABILIDADE EMPRESA Microsoft Corporation fundada em 1975, líder mundial em software, serviços e soluções, que apoiam as

Leia mais

JOHN DOE INC. ENJOYS TRUSTFUL KONICA MINOLTA

JOHN DOE INC. ENJOYS TRUSTFUL KONICA MINOLTA USUFRUA DE UMA FORMA DE TRABALHO FLEXÍVEL COM JOHN DOE INC. ENJOYS TRUSTFUL RELATIONSHIP IMPRESSÃO MÓVEL WITH KONICA MINOLTA Global technology leader profits from document security, lower costs, greener

Leia mais

ARTIGO: SOLUÇÕES PARA O SECTOR AUTARQUIAS in IGOV Maio 2010

ARTIGO: SOLUÇÕES PARA O SECTOR AUTARQUIAS in IGOV Maio 2010 CÂMARA MUNICIPAL DE SANTARÉM - R EVOLUÇÃO ADMINISTRATIVA A Autarquia de Santarém, em parceria com a PT Prime, desenvolveu um sistema de soluções integradas e inter-operantes que lhe possibilitaram operacionalizar

Leia mais

3. Caracterização e cadastro do Movimento Associativo do concelho

3. Caracterização e cadastro do Movimento Associativo do concelho De : DCED/DICUL Carlos Anjos Proc. Nº Para : ANA JOSÉ CARVALHO, CHEFE DA DICUL Assunto : PROPOSTA DE PLANO DE ACTIVIDADES DO GRUPO DE TRABALHO PARA O MOVIMENTO ASSOCIATIVO - 2011 Para os efeitos tidos

Leia mais

» apresentação. WORKFLOW que significa?

» apresentação. WORKFLOW que significa? » apresentação WORKFLOW que significa? WORKFLOW não é mais que uma solução que permite sistematizar de forma consistente os processos ou fluxos de trabalho e informação de uma empresa, de forma a torná-los

Leia mais

SISTEMAS DE INCENTIVOS ÀS EMPRESAS

SISTEMAS DE INCENTIVOS ÀS EMPRESAS SISTEMAS DE INCENTIVOS ÀS EMPRESAS Sistema de Incentivos às Empresas O que é? é um dos instrumentos fundamentais das políticas públicas de dinamização económica, designadamente em matéria da promoção da

Leia mais

O seu escritório na nuvem - basta usar o browser.

O seu escritório na nuvem - basta usar o browser. 02 O seu escritório na nuvem - basta usar o browser. As soluções tecnológicas que encontra para melhorar a colaboração na sua empresa são muito caras e complexas? Pretende tornar as suas equipas mais ágeis

Leia mais

Projectar o Algarve no Futuro

Projectar o Algarve no Futuro Projectar o Algarve no Futuro Os Novos Desafios do Algarve Região Digital paulo.bernardo@globalgarve.pt 25 Maio 2007 Auditório Portimão Arena Um mundo em profunda mudança O Mundo enfrenta hoje um processo

Leia mais

ARQUIVO DIGITAL e Gestão de Documentos

ARQUIVO DIGITAL e Gestão de Documentos ARQUIVO DIGITAL e Gestão de Documentos TECNOLOGIA INOVAÇÃO SOFTWARE SERVIÇOS A MISTER DOC foi constituída com o objectivo de se tornar uma referência no mercado de fornecimento de soluções de gestão de

Leia mais

GUIA INFORMATIVO PARA ORGANIZAÇÕES

GUIA INFORMATIVO PARA ORGANIZAÇÕES GUIA INFORMATIVO PARA ORGANIZAÇÕES FICHA TÉCNICA Organização: Câmara Municipal da Amadora, Gabinete de Acção Social Equipa Técnica: Ana Costa, Rute Gonçalves e Sandra Pereira Design/Paginação: Estrelas

Leia mais

A nossa população alvo são crianças e jovens com problemas comportamentais que condicionam as aprendizagens formais e não formais, assim como uma

A nossa população alvo são crianças e jovens com problemas comportamentais que condicionam as aprendizagens formais e não formais, assim como uma Apresentação A nossa população alvo são crianças e jovens com problemas comportamentais que condicionam as aprendizagens formais e não formais, assim como uma plena integração social e profissional; Crianças

Leia mais

Plano Municipal de Promoção das Acessibilidades (PMPA)

Plano Municipal de Promoção das Acessibilidades (PMPA) Plano Municipal de Promoção das Acessibilidades (PMPA) Definições O Plano Municipal de Promoção das Acessibilidades irá conter um programa das intenções necessárias para assegurar a acessibilidade física

Leia mais

PLANO TIC PLANO DE AÇÃO ANUAL PARA A UTILIZAÇÃO DAS TIC COMO APOIO AO ENSINO E À APRENDIZAGEM

PLANO TIC PLANO DE AÇÃO ANUAL PARA A UTILIZAÇÃO DAS TIC COMO APOIO AO ENSINO E À APRENDIZAGEM PLANO TIC PLANO DE AÇÃO ANUAL PARA A UTILIZAÇÃO DAS TIC COMO APOIO AO ENSINO E À APRENDIZAGEM Ano Letivo 2011/2012 Marinha Grande, Setembro de 2011 1. Índice: Índice 2 1. Introdução 3 2. Caracterização

Leia mais

SOLUÇÕES DE SOFTWARE PARA RESTAURAÇÃO, RETALHO E MOBILIDADE. Jan 2015

SOLUÇÕES DE SOFTWARE PARA RESTAURAÇÃO, RETALHO E MOBILIDADE. Jan 2015 SOLUÇÕES DE SOFTWARE PARA RESTAURAÇÃO, RETALHO E MOBILIDADE Jan 2015 Sumário Executivo A Zone Soft é uma empresa que opera no setor da restauração e retalho, com mais de 23.000 clientes ativos e a crescer

Leia mais

Plano Tecnológico da Educação: um meio para a melhoria do desempenho escolar dos alunos

Plano Tecnológico da Educação: um meio para a melhoria do desempenho escolar dos alunos Plano Tecnológico da Educação Plano Tecnológico da Educação: um meio para a melhoria do desempenho escolar dos alunos 23 de Jun de 2008 O Plano Tecnológico da Educação constitui-se como um poderoso meio

Leia mais

Sistema de Incentivos à Inovação e I&DT (Sector Automóvel) Quadro de Referência Estratégico Nacional [QREN]

Sistema de Incentivos à Inovação e I&DT (Sector Automóvel) Quadro de Referência Estratégico Nacional [QREN] Sistema de Incentivos à Inovação e I&DT (Sector Automóvel) Quadro de Referência Estratégico Nacional [QREN] Frederico Mendes & Associados Sociedade de Consultores Lda. Frederico Mendes & Associados é uma

Leia mais

ONLINE. www.leiriareg iaodig ital.p t. Serviços on-line para cidadãos e empresas. Nerlei

ONLINE. www.leiriareg iaodig ital.p t. Serviços on-line para cidadãos e empresas. Nerlei www.leiriareg iaodig ital.p t U M ONLINE COM A R E G I Ã O A VIDA Leiria Região Digital Serviços on-line para cidadãos e empresas Nerlei Sumário Parceiros do Leiria Região Digital (LRD) Zona de abrangência

Leia mais

XOPVision Cloud Digital Signage

XOPVision Cloud Digital Signage XOPVision Cloud Digital Signage O que é o Digital Signage? Conceito O XOPVISION é uma ferramenta de comunicação que utiliza televisores, monitores, smartphones ou tablet s, estrategicamente localizados

Leia mais

A Internet nas nossas vidas

A Internet nas nossas vidas Economia Digital A Internet nas nossas vidas Nos últimos anos a internet revolucionou a forma como trabalhamos, comunicamos e até escolhemos produtos e serviços Economia Digital Consumidores e a Internet

Leia mais

Teolinda Portela Directora da Forino

Teolinda Portela Directora da Forino PROJECTO FSE: FORTIC (Associação para a Escola de Novas Tecnologias FORINO) APOIO FSE ATRAVÉS DA: Iniciativa Comunitária EQUAL Capacitar pessoas Capacitar pessoas com problemas motores para a vida activa,

Leia mais

CURRICULUM VITAE JOSÉ GABRIEL PAIXÃO CALIXTO

CURRICULUM VITAE JOSÉ GABRIEL PAIXÃO CALIXTO CURRICULUM VITAE JOSÉ GABRIEL PAIXÃO CALIXTO ECONOMISTA Janeiro, 2006 Rua Marquês de Pombal, Nº 17 7200-389 Reguengos de Monsaraz Telemóvel: +351 964 895 518 jose.calixto@netcabo.pt C URRICULUM VITAE JOSÉ

Leia mais

Tinteiros Express. Imprima com Qualidade a Baixo Custo

Tinteiros Express. Imprima com Qualidade a Baixo Custo Tinteiros Express Imprima com Qualidade a Baixo Custo Tinteiros Express 2 ÍNDICE I. Sumário Executivo Pág. 3 II. Apresentação da Empresa Pág. 4 III. Análise do meio envolvente Pág. 5 IV. Análise do mercado

Leia mais

Certificação da Qualidade numa Empresa a nível Nacional

Certificação da Qualidade numa Empresa a nível Nacional Certificação da Qualidade numa Empresa a nível Nacional Quem somos Origem, posição actual Actividade iniciada em 1952. O prestígio de meio século de presença no mercado, A Qualidade dos produtos que comercializa

Leia mais

FICHA DE CURSO. 1. Designação do Curso: 2. Denominação do Diploma ou Certificado. 3. Objectivos Gerais e Enquadramento: 4.

FICHA DE CURSO. 1. Designação do Curso: 2. Denominação do Diploma ou Certificado. 3. Objectivos Gerais e Enquadramento: 4. 1. Designação do Curso: Curso de Especialização Pós-Graduada em Computação Móvel Aplicada 2. Denominação do Diploma ou Certificado Diploma de Pós-Graduação em Computação Móvel Aplicada 3. Gerais e Enquadramento:

Leia mais

Serviços. Conquistar. quando identificou a oportunidade de negócio que constituía a Internet enquanto meio para agilizar

Serviços. Conquistar. quando identificou a oportunidade de negócio que constituía a Internet enquanto meio para agilizar Serviços Conquistar um lugar à mesa nas reservas on-line Até há bem pouco tempo Portugal não contava com um serviço especializado para reservar mesas em restaurantes através da Internet. Este ano ganhou

Leia mais

Guia de Aplicações da Lexmark ESF T3 2012

Guia de Aplicações da Lexmark ESF T3 2012 Aplicações Lexmark Ajude os seus clientes a explorar todo o potencial das respectivas impressoras simples e multifuncionais compatíveis com as soluções da Lexmark As Aplicações Lexmark foram concebidas

Leia mais

21º Congresso Quantificar o Futuro. Venture Lounge 23 e 24 de Novembro - CCL

21º Congresso Quantificar o Futuro. Venture Lounge 23 e 24 de Novembro - CCL 21º Congresso Quantificar o Futuro Venture Lounge 23 e 24 de Novembro - CCL Programa Data Hora Actividade 23/Nov. 11:30 Inauguração Oficial Innovation Lounge Visita efectuada ao Venture Lounge por Sua

Leia mais

Sistema de Incentivos à Qualificação e Internacionalização de PME CONDIÇÕES DE ENQUADRAMENTO

Sistema de Incentivos à Qualificação e Internacionalização de PME CONDIÇÕES DE ENQUADRAMENTO Sistema de Incentivos à Qualificação e Internacionalização de PME CONDIÇÕES DE ENQUADRAMENTO Aviso para apresentação de candidaturas Nº 04/SI/2012 Índice Condições de Elegibilidade do Promotor... 3 Condições

Leia mais

Estratégia Nacional de Educação para o Desenvolvimento. (2010-2015) ENED Plano de Acção

Estratégia Nacional de Educação para o Desenvolvimento. (2010-2015) ENED Plano de Acção Estratégia Nacional de Educação para o Desenvolvimento (2010-2015) ENED Plano de Acção Estratégia Nacional de Educação para o Desenvolvimento (2010-2015) ENED Plano de Acção 02 Estratégia Nacional de

Leia mais

Agenda 21 Local de Arganil 3ª Sessão do Fórum Participativo

Agenda 21 Local de Arganil 3ª Sessão do Fórum Participativo Agenda 21 Local de Arganil 3ª Sessão do Fórum Participativo 22 de Fevereiro 2010 Índice Índice PARTE I SÍNTESE DO 2º FÓRUM PARTICIPATIVO (10 minutos) PARTE II SÍNTESE DA ESTRATÉGIA DE SUSTENTABILIDADE

Leia mais

3.4. EDUCAÇÃO. Problemas Sociais Identificados. Problemas Sociais Priorizados. 3.4.1. Educação: Enquadramento: Alunos sem projecto de vida

3.4. EDUCAÇÃO. Problemas Sociais Identificados. Problemas Sociais Priorizados. 3.4.1. Educação: Enquadramento: Alunos sem projecto de vida 3.4. EDUCAÇÃO Problemas Sociais Identificados Insucesso escolar Falta de expectativas socioprofissionais Alunos sem projecto de vida Expectativas inadequadas para famílias Problemas Sociais Priorizados

Leia mais

A PHC atingiu recentemente os 400 clientes Licença Garantida. No mercado há pouco mais de um ano, a modalidade que permite os clientes PHC renovarem a licença do seu software por três anos já representa

Leia mais

Programa da Rede Social CLAS Mesão Frio. Plano de Acção. O Plano de Acção do CLAS de Mesão Frio é a componente do Plano de

Programa da Rede Social CLAS Mesão Frio. Plano de Acção. O Plano de Acção do CLAS de Mesão Frio é a componente do Plano de O do CLAS de Mesão Frio é a componente do Plano de Desenvolvimento Social, onde estão definidos alguns Projectos (com o desejo de uma projecção num futuro próximo), a serem desenvolvidos para se concretizarem

Leia mais

PUBLICADO NA EDIÇÃO IMPRESSA SEGUNDA-FEIRA, 18 DE JUNHO DE 2012 POR JM. Energia sustentável

PUBLICADO NA EDIÇÃO IMPRESSA SEGUNDA-FEIRA, 18 DE JUNHO DE 2012 POR JM. Energia sustentável PUBLICADO NA EDIÇÃO IMPRESSA SEGUNDA-FEIRA, 18 DE JUNHO DE 2012 POR JM Energia sustentável A ONU declarou 2012 como o Ano Internacional da Energia Sustentável para Todos. Esta iniciativa pretende chamar

Leia mais

COMISSÃO. 1. Introdução

COMISSÃO. 1. Introdução COMISSÃO Convite à apresentação de candidaturas para a constituição de uma lista de peritos encarregados de avaliar as propostas recebidas no âmbito do programa eten, projectos de interesse comum no domínio

Leia mais

PHC dcrm. Aumente o potencial da força de vendas da sua empresa ao aceder remotamente à informação comercial necessária à sua actividade

PHC dcrm. Aumente o potencial da força de vendas da sua empresa ao aceder remotamente à informação comercial necessária à sua actividade PHC dcrm DESCRITIVO O módulo PHC dcrm permite aos comerciais da sua empresa focalizar toda a actividade no cliente, aumentando a capacidade de resposta aos potenciais negócios da empresa. PHC dcrm Aumente

Leia mais

Apresentação da empresa

Apresentação da empresa Apresentação da empresa A SOFTIMPULSE é uma nova empresa de tecnologias de informática criada para dar resposta ao desenvolvimento da sua empresa. A SOFTIMPULSE integra soluções revolucionárias e tecnologicamente

Leia mais

Diretrizes de Sustentabilidade Carelink

Diretrizes de Sustentabilidade Carelink 1 Para a, o que é sustentabilidade? É a forma mais eficaz para alcançarmos resultados consistentes, buscando soluções integradas que envolvam aspectos sociais, tecnológicos, econômicos e ambientais, de

Leia mais

Os Sistemas de Informação Regionais das Cidades e Regiões Digitais na vertente Infraestrutural

Os Sistemas de Informação Regionais das Cidades e Regiões Digitais na vertente Infraestrutural Os Sistemas de Informação Regionais das na vertente Infraestrutural 1, 2 1 Instituto Politécnico de Tomar Tomar, Portugal 2 Centre of Human Language Tecnnology and Bioinformatics Universidade da Beira

Leia mais

Relatório de Responsabilidade Social da SOLFUT

Relatório de Responsabilidade Social da SOLFUT 1 Janeiro de 2014 a 31 de Dezembro de 2014 Construir um mundo melhor começa num Sonho. Quem sonha, partilha o sonho e envolve os outros para agirem. E como diz o poeta a obra nasce! 2 Índice 1. Introdução

Leia mais

Cursos de Formação Financiados

Cursos de Formação Financiados Cursos de Financiados Modular - Nível III Pós-Laboral Porto Área 213 - Audiovisuais e Produção dos Média Bem-Vindo/a à FLAG! A FLAG é uma empresa prestadora de serviços de formação profissional, especializada

Leia mais

PHC Mensagens SMS CS

PHC Mensagens SMS CS PHC Mensagens SMS CS O potencial das comunicações imediatas com mensagens SMS PHC O envio de mensagens a múltiplos destinatários em simultâneo. Uma comunicação com sucesso: ganhos de tempo e de dinheiro

Leia mais

Regulamento do Espaço Internet de RESENDE

Regulamento do Espaço Internet de RESENDE Regulamento do Espaço Internet de RESENDE Nota Justificativa A aposta da Câmara Municipal de Resende nas novas tecnologias de informação, tem sido uma constante ao longo dos últimos anos. Ciente da importância

Leia mais

O aumento da força de vendas da empresa

O aumento da força de vendas da empresa PHC dcrm O aumento da força de vendas da empresa O enfoque total na actividade do cliente, através do acesso remoto à informação comercial, aumentando assim a capacidade de resposta aos potenciais negócios

Leia mais

A gestão completa dos seus recursos humanos

A gestão completa dos seus recursos humanos PHC Recursos Humanos CS DESCRITIVO Optimize a selecção e recrutamento, proceda à correcta descrição de funções, execute as avaliações de desempenho e avalie as acções de formação. PHC Recursos Humanos

Leia mais

Empresa de Projecto e Desenvolvimento de. Engenharia Civil - EPDEC

Empresa de Projecto e Desenvolvimento de. Engenharia Civil - EPDEC Empresa de Projecto e Desenvolvimento de Engenharia Civil - EPDEC Pedido de Proposta para Implementação da Rede Informática Projecto: Rede Informática da EPDEC Novembro de 2007 Índice 1 Introdução...1

Leia mais

EDP. PREPARAR A ECONOMIA DO CARBONO Eficiência energética em alerta vermelho EMPRESA

EDP. PREPARAR A ECONOMIA DO CARBONO Eficiência energética em alerta vermelho EMPRESA EDP PREPARAR A ECONOMIA DO CARBONO Eficiência energética em alerta vermelho EMPRESA O Grupo EDP Energias de Portugal centra as suas actividades na produção, distribuição e comercialização de energia eléctrica,

Leia mais

PLANO TIC 2009-2010. O Coordenador TIC Virgílio Freitas [1]

PLANO TIC 2009-2010. O Coordenador TIC Virgílio Freitas [1] PLANO TIC 2009-2010 O Coordenador TIC Virgílio Freitas [1] ESCOLA EB1/PE Visconde Cacongo URL: http://escolas.madeira-edu.pt/eb1pevcacongo Email: eb1pevcacongo@madeira-edu.pt IDENTIFICAÇÃO DO COORDENADOR

Leia mais

APCV - Associação de Paralisia Cerebral de Viseu. Manual de Gestão da Qualidade

APCV - Associação de Paralisia Cerebral de Viseu. Manual de Gestão da Qualidade APCV - Associação de Paralisia Cerebral de Viseu Manual de Gestão da Qualidade I ÍNDICE I - Índice 2 II - Lista de revisões efetuadas 3 III - Lista de abreviaturas 4 IV - Introdução 5 1. Confidencialidade

Leia mais

MANUAL WIRELESS DOS PONTOS MUNICIPAIS DE BANDA LARGA

MANUAL WIRELESS DOS PONTOS MUNICIPAIS DE BANDA LARGA MANUAL WIRELESS DOS PONTOS MUNICIPAIS DE BANDA LARGA Introdução O Projecto Municipal dos Pontos Municipais de Banda Larga (PMBL) pretende dotar o Município de Almeida de equipamentos e infra-estruturas

Leia mais

Grupo Pestana. suporta crescimento da área de venda directa no CRM. O Cliente

Grupo Pestana. suporta crescimento da área de venda directa no CRM. O Cliente Grupo Pestana suporta crescimento da área de venda directa no CRM. O trabalho de consolidação de informação permitiu desde logo abrir novas possibilidades de segmentação, com base num melhor conhecimento

Leia mais

PUB. Interface. Banca &Seguros

PUB. Interface. Banca &Seguros Interface Banca &Seguros PUB DOSSIER Marketing Bancário: focos em tempo de crise RADAR Sistema financeiro no triângulo estratégico DOSSIER Tecnologias de informação e gestão de fraude Tendências Mobilidade

Leia mais

indiferenca.com Índice Empresa Pág. 3 Valores Pág. 3 Mercado Pág. 4 Serviços Pág. 4 Marcas Pág. 6 Protocolo Pág. 7 Vantagens

indiferenca.com Índice Empresa Pág. 3 Valores Pág. 3 Mercado Pág. 4 Serviços Pág. 4 Marcas Pág. 6 Protocolo Pág. 7 Vantagens Página2 Índice Empresa Valores Mercado Serviços Marcas Protocolo Vantagens a. Alunos / Docentes / Funcionários Contrapartidas Pág. 3 Pág. 3 Pág. 4 Pág. 4 Pág. 6 Pág. 7 Pág. 7 Pág. 8 Pág. 8 4440-650 Valongo

Leia mais

Conferência. As TIC e a Saúde no Portugal de 2012. APDSI avalia impacto das TIC no setor da Saúde

Conferência. As TIC e a Saúde no Portugal de 2012. APDSI avalia impacto das TIC no setor da Saúde APDSI avalia impacto das TIC no setor da Saúde Lisboa, 11 de dezembro - As oportunidades criadas e os desafios que o futuro apresenta em virtude da aplicação das novas tecnologias à área da Saúde foram

Leia mais

Serviço Cloud. Sustentabilidade

Serviço Cloud. Sustentabilidade Sustentabilidade 2013 AGENDA ENQUADRAMENTO SERVIÇO CLOUD ENQUADRAMENTO Chegou a era do Data tsunami À medida que os equipamentos suportam e integram novas funcionalidades e as redes têm uma resposta mais

Leia mais

PROJECTO DE RESOLUÇÃO N.º 255/IX RECOMENDA AO GOVERNO A TOMADA DE MEDIDAS COM VISTA AO DESENVOLVIMENTO DO SOFTWARE LIVRE EM PORTUGAL

PROJECTO DE RESOLUÇÃO N.º 255/IX RECOMENDA AO GOVERNO A TOMADA DE MEDIDAS COM VISTA AO DESENVOLVIMENTO DO SOFTWARE LIVRE EM PORTUGAL PROJECTO DE RESOLUÇÃO N.º 255/IX RECOMENDA AO GOVERNO A TOMADA DE MEDIDAS COM VISTA AO DESENVOLVIMENTO DO SOFTWARE LIVRE EM PORTUGAL 1 O software desempenha, cada vez mais, um papel fulcral nas actividades

Leia mais

PRIMAVERA BUSINESS SOFTWARE SOLUTIONS, SA

PRIMAVERA BUSINESS SOFTWARE SOLUTIONS, SA PRIMAVERA BUSINESS SOFTWARE SOLUTIONS, SA Introdução Nesta edição do Catálogo de Serviços apresentamos os vários tipos de serviços que compõe a actual oferta da Primavera na área dos serviços de consultoria.

Leia mais

Lexmark Print Management

Lexmark Print Management Lexmark Print Management O Lexmark Print Management permite-lhe optimizar a impressão em rede e criar uma vantagem informativa com uma solução que pode ser implementada localmente ou através da nuvem.

Leia mais

PHC dcrm. Aumente o potencial da força de vendas da sua empresa, ao aceder remotamente à informação comercial necessária à sua actividade

PHC dcrm. Aumente o potencial da força de vendas da sua empresa, ao aceder remotamente à informação comercial necessária à sua actividade O módulo PHC dcrm permite aos comerciais da sua empresa focalizar toda a actividade no cliente, aumentando a capacidade de resposta aos potenciais negócios da empresa. PHC dcrm Aumente o potencial da força

Leia mais

ISAL INSTITUTO SUPERIOR DE ADMINISTRAÇÃO E LÍNGUAS PLANO DE ATIVIDADES

ISAL INSTITUTO SUPERIOR DE ADMINISTRAÇÃO E LÍNGUAS PLANO DE ATIVIDADES ISAL INSTITUTO SUPERIOR DE ADMINISTRAÇÃO E LÍNGUAS PLANO DE ATIVIDADES 2015 2 Formar gestores e quadros técnicos superiores, preparados científica e tecnicamente para o exercício de funções na empresa

Leia mais

Capítulo Descrição Página

Capítulo Descrição Página MANUAL DA QUALIIDADE ÍNDICE Capítulo Descrição Página 1 Apresentação da ILC Instrumentos de Laboratório e Científicos, Lda Dados sobre a ILC, sua história, sua organização e modo de funcionamento 2 Política

Leia mais

Um espaço para a Inclusão Social. Rui Marques ( ACIME )

Um espaço para a Inclusão Social. Rui Marques ( ACIME ) Um espaço para a Inclusão Social Rui Marques ( ACIME ) CID@NET Um espaço para a Inclusão Social O Escolhas O Programa Escolhas visa promover a inclusão social de crianças e jovens provenientes de contextos

Leia mais

APRESENTAÇÃO DO GRUPO INCENTEA

APRESENTAÇÃO DO GRUPO INCENTEA APRESENTAÇÃO DO GRUPO INCENTEA Quem Somos Somos um grupo de empresas de prestação de serviços profissionais nas áreas das Tecnologias de Informação, Comunicação e Gestão. Estamos presente em Portugal,

Leia mais

Memória descritiva do projecto Sanjonet Rede de Inovação e Competitividade

Memória descritiva do projecto Sanjonet Rede de Inovação e Competitividade Memória descritiva do projecto Sanjonet Rede de Inovação e Competitividade Candidatura aprovada ao Programa Política de Cidades - Redes Urbanas para a Competitividade e a Inovação Síntese A cidade de S.

Leia mais

Neves & Freitas Consultores, Lda.

Neves & Freitas Consultores, Lda. A gerência: Cristian Paiva Índice 1. Introdução... 3 2. Apresentação... 4 2.2 Missão:... 4 2.3 Segmento Alvo... 4 2.4 Objectivos... 5 2.5 Parceiros... 5 2.6 Organização... 5 3. Organigrama da empresa...

Leia mais

Senhor Presidente do Instituto da Mobilidade e dos. Senhor Vereador da Câmara Municipal de Lisboa. Senhor Vereador da Câmara Municipal do Porto

Senhor Presidente do Instituto da Mobilidade e dos. Senhor Vereador da Câmara Municipal de Lisboa. Senhor Vereador da Câmara Municipal do Porto Senhor Presidente do Instituto da Mobilidade e dos Transportes Terrestres Senhor Vereador da Câmara Municipal de Lisboa Senhor Vereador da Câmara Municipal do Porto Senhores representantes das associações

Leia mais

A NOVA AGENDA DO DESENVOLVIMENTO URBANO SUSTENTÁVEL E OS NOVOS INSTRUMENTOS 2014-2020

A NOVA AGENDA DO DESENVOLVIMENTO URBANO SUSTENTÁVEL E OS NOVOS INSTRUMENTOS 2014-2020 ENCONTRO TEMÁTICO DESENVOLVIMENTO URBANO SUSTENTÁVEL 28 de Fevereiro de 2014, Espaço Jovem, Porto de Mós. Grupo de Trabalho Desenvolvimento Urbano Sustentável A NOVA AGENDA DO DESENVOLVIMENTO URBANO SUSTENTÁVEL

Leia mais

Competitividade e Inovação

Competitividade e Inovação Competitividade e Inovação Evento SIAP 8 de Outubro de 2010 Um mundo em profunda mudança Vivemos um momento de transformação global que não podemos ignorar. Nos últimos anos crise nos mercados financeiros,

Leia mais

Apresentação. Serviço de Apoio às Bibliotecas Escolares. Oliveira de Azeméis Novembro 2007

Apresentação. Serviço de Apoio às Bibliotecas Escolares. Oliveira de Azeméis Novembro 2007 Apresentação Serviço de Apoio às Bibliotecas Escolares Oliveira de Azeméis Novembro 2007 Apresentação SABE 12-11-2007 2 Apresentação O conceito de Serviço de Apoio às Bibliotecas Escolares (SABE) que se

Leia mais

Desenvolva o potencial das comunicações imediatas com mensagens SMS PHC

Desenvolva o potencial das comunicações imediatas com mensagens SMS PHC PHC Mensagens SMS CS DESCRITIVO O módulo PHC Mensagens SMS CS permite o envio de mensagens a múltiplos destinatários em simultâneo, sem ser necessário criar e enviar uma a uma. Comunique com mais sucesso:

Leia mais

Agenda: Regime de Bens em Circulação Soluções de Mobilidade RIC -Regime de IVA de Caixa Alterações na relação com a AT (DPIVA, SAFT) Organização:

Agenda: Regime de Bens em Circulação Soluções de Mobilidade RIC -Regime de IVA de Caixa Alterações na relação com a AT (DPIVA, SAFT) Organização: A SAGE e a Microlagoscom o apoio da ACRAL e da Câmara Municipal de Lagos,agradecem a sua presença nesta sessão de esclarecimentos, onde serão abordados os seguintes temas da actualidade empresarial. Agenda:

Leia mais

Projecto REDE CICLÁVEL DO BARREIRO Síntese Descritiva

Projecto REDE CICLÁVEL DO BARREIRO Síntese Descritiva 1. INTRODUÇÃO Pretende-se com o presente trabalho, desenvolver uma rede de percursos cicláveis para todo o território do Município do Barreiro, de modo a promover a integração da bicicleta no sistema de

Leia mais

PHC Mensagens SMS. Desenvolva o potencial das comunicações imediatas com mensagens SMS PHC

PHC Mensagens SMS. Desenvolva o potencial das comunicações imediatas com mensagens SMS PHC PHCMensagens SMS DESCRITIVO O módulo PHC Mensagens SMS permite o envio de mensagens a múltiplos destinatários em simultâneo, sem ser necessário criar e enviar uma a uma. Comunique com mais sucesso: ganhe

Leia mais

Aumente o potencial da força de vendas da empresa ao fornecer-lhe o acesso em local remoto à informação comercial necessária á à sua actividade.

Aumente o potencial da força de vendas da empresa ao fornecer-lhe o acesso em local remoto à informação comercial necessária á à sua actividade. Descritivo completo PHC dcrm Aumente o potencial da força de vendas da empresa ao fornecer-lhe o acesso em local remoto à informação comercial necessária á à sua actividade. Benefícios Acesso aos contactos

Leia mais

Inquérito à Utilização de Tecnologias da Informação e da Comunicação pelas Famílias BANDA LARGA

Inquérito à Utilização de Tecnologias da Informação e da Comunicação pelas Famílias BANDA LARGA 03 DE DEZZEMBRO 2007 Sociedade da Informação e do Conhecimento Inquérito à Utilização de Tecnologias da Informação e da Comunicação pelas Famílias 2007 77% DOS AGREGADOS DOMÉSTICOS COM LIGAÇÃO À INTERNET

Leia mais

ESTUDO IDC O papel das tecnologias de informação na produtividade e redução de custos nas organizações nacionais

ESTUDO IDC O papel das tecnologias de informação na produtividade e redução de custos nas organizações nacionais ESTUDO IDC O papel das tecnologias de informação na produtividade e redução de custos nas organizações nacionais Patrocinado por: Microsoft Versão Preliminar - Março 2013 SUMÁRIO EXECUTIVO IDC Portugal:

Leia mais

O aumento da qualidade e eficiência das vendas

O aumento da qualidade e eficiência das vendas PHC dfront O aumento da qualidade e eficiência das vendas A solução Business-to-Business que permite a introdução das encomendas directamente no próprio sistema, bem como a consulta, pelo cliente, de toda

Leia mais

Plano de Prevenção de Riscos de Gestão. Incluindo os de Corrupção e Infracções Conexas

Plano de Prevenção de Riscos de Gestão. Incluindo os de Corrupção e Infracções Conexas Plano de Prevenção de Riscos de Gestão Incluindo os de Corrupção e Infracções Conexas Introdução No âmbito da sua actividade, o Conselho de Prevenção da Corrupção (CPC), aprovou a Recomendação n.º 1/2009,

Leia mais

Case study 100R RECICLAGEM 100% GARANTIDA EMPRESA ENVOLVIMENTO

Case study 100R RECICLAGEM 100% GARANTIDA EMPRESA ENVOLVIMENTO Case study 2010 100R RECICLAGEM 100% GARANTIDA EMPRESA A Sociedade Ponto Verde é uma entidade privada sem fins lucrativos que tem por missão organizar e gerir a retoma e valorização de resíduos de embalagens

Leia mais

GUIA PARA COMPRA ONLINE

GUIA PARA COMPRA ONLINE GUIA PARA COMPRA ONLINE www.tipsal.pt QUEM SOMOS A TIPSAL - Técnicas Industriais de Protecção e Segurança, Lda foi fundada em 1980. Somos uma empresa de capitais exclusivamente nacionais com sede social

Leia mais

ZS Rest. Manual Avançado. Instalação em Rede. v2011

ZS Rest. Manual Avançado. Instalação em Rede. v2011 Manual Avançado Instalação em Rede v2011 1 1. Índice 2. Introdução... 2 3. Hardware... 3 b) Servidor:... 3 c) Rede:... 3 d) Pontos de Venda... 4 4. SQL Server... 5 e) Configurar porta estática:... 5 5.

Leia mais

Pós-Graduação em. MARKETING E GESTÃO COMERCIAL de Serviços Financeiros INSTITUTO SUPERIOR DE GESTÃO BANCÁRIA

Pós-Graduação em. MARKETING E GESTÃO COMERCIAL de Serviços Financeiros INSTITUTO SUPERIOR DE GESTÃO BANCÁRIA BSUPERIOR DE GESTÃO INSTITUTO Pós-Graduação em MARKETING E GESTÃO COMERCIAL de Serviços Financeiros 2005 2006 Associação Portuguesa de Bancos INSTITUTO SUPERIOR DE GESTÃO B ISGB THE PORTUGUESE SCHOOL OF

Leia mais

Formação em Gestão de Fundos de Investimento Imobiliário 2009. 28 e 29 de Outubro Hotel Trópico, Luanda

Formação em Gestão de Fundos de Investimento Imobiliário 2009. 28 e 29 de Outubro Hotel Trópico, Luanda Formação em Gestão de Fundos de Investimento Imobiliário 2009 28 e 29 de Outubro Hotel Trópico, Luanda Formação em Gestão de Fundos Imobiliários A formação em Gestão de Fundos de Investimento Imobiliário

Leia mais

Seminário de apresentação da Rede Gestus

Seminário de apresentação da Rede Gestus Seminário de apresentação da Rede Gestus Rede Gestus O LOGOTIPO Rede Gestus Internacionalização Zona 4 Gestus Compras Cartão ECOTUR Portal Gestus Cartão Gestus Contact Center CRM Zona 4 O LOGOTIPO Características:

Leia mais

APRESENTAÇÃO AEFCUP. Informações. AEFCUP Associação de Estudantes da Faculdade de Ciências da Universidade do Porto

APRESENTAÇÃO AEFCUP. Informações. AEFCUP Associação de Estudantes da Faculdade de Ciências da Universidade do Porto APRESENTAÇÃO AEFCUP Informações AEFCUP Associação de Estudantes da Faculdade de Ciências da Universidade do Porto Rua do Campo Alegre, 1021 4150 180 Porto GPS: 41º 11'10.25'' N 8º41'25.32''W Tlf. AEFCUP

Leia mais

Relatório de atribuição do Certificado off7. Observatório Português de Boas práticas Laborais

Relatório de atribuição do Certificado off7. Observatório Português de Boas práticas Laborais Relatório de atribuição do Certificado off7 Observatório Português de Boas práticas Laborais Ano: 2011 1. Índice 1. ÍNDICE... 2 2. SUMÁRIO EXECUTIVO... 3 3. INTRODUÇÃO... 5 4. MEDIR... 8 4.1. METODOLOGIA

Leia mais

PHC TeamControl CS. A gestão de equipas e de departamentos

PHC TeamControl CS. A gestão de equipas e de departamentos PHC TeamControl CS A gestão de equipas e de departamentos A solução que permite concretizar projectos no tempo previsto e nos valores orçamentados contemplando: planeamento; gestão; coordenação; colaboração

Leia mais

2011/07/07 MQ-01/02 01/02-2011/07/07

2011/07/07 MQ-01/02 01/02-2011/07/07 MQ-01/02 01/02-2011/07/07 2011/07/07 NOTA: No caso de imprimir este documento, o mesmo passa automaticamente a Cópia Não Controlada ; a sua utilização implica a confirmação prévia de que corresponde à

Leia mais

PHC dfront. A solução Business-to-Business que permite aumentar a qualidade e eficiência das suas vendas bem como a satisfação dos seus clientes

PHC dfront. A solução Business-to-Business que permite aumentar a qualidade e eficiência das suas vendas bem como a satisfação dos seus clientes PHC dfront DESCRITIVO O módulo PHC dfront permite, não só a introdução das encomendas directamente no próprio sistema, bem como a consulta, pelo cliente, de toda a informação financeira que lhe diz respeito.

Leia mais

Paulo Alves / CEO. paulo.alves@proside.pt

Paulo Alves / CEO. paulo.alves@proside.pt Paulo Alves / CEO paulo.alves@proside.pt Sistemas Integrados de Atendimento O que fazemos A Empresa Concepção, Arquitectura e Implementação de Sistemas de Informação; Consultoria Tecnológica de Sistemas

Leia mais

PHC Clínica CS. A Gestão operacional total da clínica ou consultório

PHC Clínica CS. A Gestão operacional total da clínica ou consultório PHCClínica CS DESCRITIVO O módulo PHC Clínica permite a gestão da informacão interna em duas vertentes: por um lado a informação confidencial sobre cada Paciente e o seu historial, por outro, se integrado

Leia mais

Sociedade da Informação e do Conhecimento Inquérito à Utilização de Tecnologias da Informação e da Comunicação pelas Famílias 2007

Sociedade da Informação e do Conhecimento Inquérito à Utilização de Tecnologias da Informação e da Comunicação pelas Famílias 2007 03 de Dezembro de 2007 Sociedade da Informação e do Conhecimento Inquérito à Utilização de Tecnologias da Informação e da Comunicação pelas Famílias 2007 77% DOS AGREGADOS DOMÉSTICOS COM LIGAÇÃO À INTERNET

Leia mais