Passive House examples around the world

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Passive House examples around the world"

Transcrição

1 Passive House examples around the world Camille Sifferlen

2 Passive House Worldwide Passive House Institute Climate No Region Heating climate Cooling climate 1 Arctic 2 Cold 3 Cool-temperate 4 Warm-temperate 5 Warm 6 Hot 7 Very hot Climate independent definition based on physical laws A Passive House is a building in which thermal comfort [ISO 7730] can be guaranteed by post-heating or post-cooling the fresh-air flow required for a good indoor air quality. Component requirements for each climate zone

3 Mexico City (warm) First Passive without heat recovery 2014 Mexico City, Mexico INHAB ID 2959 Moritz Bernoully

4 Mexico City - Details Taller Passivhaus México, S.A. de C.V. U-value wall = 0.37 W/(m 2 K) U-value slab = 0.33 W/(m 2 K) U-value roof = 0.36 W/(m 2 K) Double low-e glazing U w -value = 2.12 W/(m 2 K) g -value = 38 % ID 2959 Moritz Bernoully Exhaust ventilation Cross natural ventilation Heating demand: 15 kwh/(m 2 a) Heating load 18 W/m 2 Overheating frequency 5.7% (T > 25 C) Airtightness n 50 = 0.59 /h ID 2959 Moritz Bernoully Primary energy requirement 113 kwh /(m 2 a)

5 SEEDpass project Authors: Petra Kondres Tomažić, OIKON Ileana Iannone & Francesco Nesi, ZEPHIR Stefan Pallantzas, HPHI Wolfgang Hasper, PHI All rights reserved. Croatia Italy Greece

6 Castiglione (warm-temperate) CASA CAROSSO 150m² Source: Studio Carosso

7 Castiglione U values U-value wall = W/(m 2 K) Thermal envelope Airtightness layer U-value roof = W/(m 2 K) U-value slab = W/(m 2 K) Source: Studio Carosso

8 Castiglione Details Triple low-e glazing Uf= 0,82 W/(m2K) U w -value = 0.86 W/(m 2 K) g -value = 58 % Ventilation efficiency 84% Heat Pump + Radiant Floor Heating Heating demand: 11 kwh /(m 2 a) Heating load 12 W/m 2 Cooling demand: 5 kwh /(m 2 a) Cooling load 11 W/m 2 Airtightness n 50 = 0,5 / h (interior plaster) Primary energy requirement 72 kwh /(m 2 a) Source: Studio Carosso

9 Athens (warm) 115m² Stefan Pallantzas Msc. Civil Engineer NTUA President of HPHI CPHD, Building Certifier

10 Athens Envelope BEFORE U-value wall = W/(m 2 K) U-value slab = W/(m 2 K) U-value roof = W/(m 2 K) AFTER U-value wall = W/(m 2 K) U-value slab = W/(m 2 K) U-value roof = W/(m 2 K) Limit existing thermal bridges! Ψ old = W/(mK) Ψ= W/(mK) Ψ= W/(mK) Stefan Pallantzas

11 Athens - Windows Before Stefan Pallantzas BEFORE Single glazing After Stefan Pallantzas AFTER Triple glazing U w -value = 0.92 W/(m 2 K) g -value = 54 % Stefan Pallantzas Stefan Pallantzas

12 Athens - Ventilation Stefan Pallantzas Stefan Pallantzas Stefan Pallantzas Ventilation efficiency 93% Subsoil Heat Exchanger with Effective efficiency = 64% Direct electrical heating installation

13 Athens - Conclusion BEFORE Heating demand 301 kwh/(m2a) Heating load 129 W/m2 Cooling demand 77 kwh/(m2a) Cooling load 68 W/m2 Estimated airtightness n50 = 5.00 /h

14 Athens - Alternatives 15 kwh/(m²a) 10 W/m² 10 cm of external insulation + double-glazed windows 20 cm of external insulation + double-glazed windows with a high g-value 15 cm of external insulation + triple-glazing Ug = 0.5 W/(m2K) g-value of 0.54

15 Athens Air quality Monitoring & public info Give the users the data they need! Stefan Pallantzas

16 Athens - Monitoring Measurement results: PHPP is right FINAL ENERGY CONSUMPTION DEC 2015-JULY 2016 (KWh) Month PHPP MEASURED HEATING PHPP HEATING MEASURED COOLING PHPP COOLING MEASURED DHW PHPP DHW MEASURED DEC 589,07 414,96 294,00 263,82 114,14 96,24 JAN 677,07 602,35 414,00 367,45 82,35 50,34 FEB 625,39 339,80 393,00 206,57 63,56 57,87 MAR 379,07 339,80 184,00 141,35 14,12 12,08 APR 197,23 151,35 22,00 5, MAY 181,63 205, , JUNE 221,90 197, ,67 35, JULY 316,07 246, ,00 55, SUM 3.187, , ,00 979,19 183,67 91,46 274,17 216,53 KWh/m2 TFA 27,81 21,80 11,40 8,54 1,60 0,80 2,39 1,89 Euros/day 2,35 1,84 0,96 0,72 0,14 0,07 0,20 0,16 Total Winter Cost 122,14 Total Heating Cost 88,13 0,72 PER DAY Total Cooling Cost 8,23 Total Summer Cost 39,98

17 Athens Cost-effectiveness TFA 115 m² Energy price 1st year 0,172 /kwh Annual cost increase 5,00 %year Inflation 1,00 %/year Real annual cost increase 3,96 %/year Time period 10 years It is cost-effective! energy consumption for heating of existing house per m2 300 kwh/(m²year) Total Energy Consumption kwh/year energy costs 1st year /year energy consumption for heating after retrofit 11 kwh/(m²year) Total energy consumption kwh/year energy costs 1st year 218 /year Stefan Pallantzas Additional Retrofit Costs /m2 400 /m² Total costs Financing the additional cost Time Period 10,00 years nominal annual interesr rate 4,00 %/year real interest rate 2,97 %/year Annuity a 11,71 %/year Annual costs of financing 5.403,16 /year Old building PH Retrofit (loan+energy costs) PH Retrofit (energy costs)

18 englisch Vienna Austria April 2017 with exhibition, workshops and excursions WienTourismus MAXUM, Hofburg Heldenplatz Speaker: Camille Sifferlen 4 th Passivhaus Portugal Conference

19 16 18 June 2017 MID-YEAR PASSIVE HOUSE DAYS PASSIVE HOUSE DAYS November 2017 Passive House residents open their homes worldwide! www. passivehouse-international.org Speaker: Camille Sifferlen 4 th Passivhaus Portugal Conference

Energia e Sustentabilidade A Eficiência Energética na Indústria

Energia e Sustentabilidade A Eficiência Energética na Indústria Energia e Sustentabilidade A Eficiência Energética na Indústria Henrique Matos Associate Professor with Habiliation (henrimatos@tecnico.ulisboa.pt) CERENA / Chemical Eng. Department / IST/ ULisboa Instrumentos

Leia mais

Edifícios de Balanço Zero

Edifícios de Balanço Zero Edifícios de Balanço Zero Net Zero Energy Buildings NZEB Helder Gonçalves 6 de Maio de 2011 1. Directivas Europeia EPBD 2. Conceito de NZEB 3. Como Atingir o NZEB 4. Exemplos 2 Keep Cool II Resultados

Leia mais

nearly Zero Energy Buildings Laura Aelenei 23 de Março 2012

nearly Zero Energy Buildings Laura Aelenei 23 de Março 2012 nearly Zero Energy Buildings Laura Aelenei 23 de Março 2012 Tópicos a abordar... Contexto actual NZEB/nZEB - definição, conceito Como alcançar o estatuto NZEB/nZEB? Edifício SOLAR XXI: um edifício nzeb

Leia mais

3ª CONFERÊNCIA PASSIVHAUS PORTUGAL

3ª CONFERÊNCIA PASSIVHAUS PORTUGAL 27 NOV 2015, Aveiro Workshops Passive House para especialistas Expert Passive House Workshops 10:00-12:00 Introdução à Norma Passive House O 15:00-17:00 TADEnvolvente do edifício 3ª Introduction to Passive

Leia mais

Estratégias para o controlo da qualidade do ar interior - Ventilação

Estratégias para o controlo da qualidade do ar interior - Ventilação MIT Portugal Program Sustainable Energy Systems Focus Area Estratégias para o controlo da qualidade do ar interior - Ventilação Seminário Qualidade do Ar interior Novas Problemáticas Novas Políticas Novas

Leia mais

ENA Energia e Ambiente da Arrábida

ENA Energia e Ambiente da Arrábida ENA Energia e Ambiente da Arrábida Parceiros internacionais: Agência de Energia da Província de Cosenza, Itália Agência de Energia da Província de Catanzaro, Itália Fundada em 2006 Com o apoio: Área de

Leia mais

NZEB: Iniciativas Internacionais

NZEB: Iniciativas Internacionais NZEB: Iniciativas Internacionais Daniel Aelenei Coimbra, 07 de Dezembro de 2011 Índice Introdução - iniciativas internacionais IEA Joint SHC Task 40/ECBCS Annex 52 - Towards Net Zero Energy Solar Buildings

Leia mais

ANÁLISE COMPARATIVA ENTRE OS RESULTADOS DE SIMULAÇÕES TERMOENERGÉTICAS DE EDIFICAÇÕES SOB DIFERENTES CONDIÇÕES DE ENTRADA DAS PROPRIEDADES DOS VIDROS

ANÁLISE COMPARATIVA ENTRE OS RESULTADOS DE SIMULAÇÕES TERMOENERGÉTICAS DE EDIFICAÇÕES SOB DIFERENTES CONDIÇÕES DE ENTRADA DAS PROPRIEDADES DOS VIDROS http://doi.org/10.17012/entac2014.33 ANÁLISE COMPARATIVA ENTRE OS RESULTADOS DE SIMULAÇÕES TERMOENERGÉTICAS DE EDIFICAÇÕES SOB DIFERENTES CONDIÇÕES DE ENTRADA DAS PROPRIEDADES DOS VIDROS SORGATO, Marcio

Leia mais

Eficiência Energética nos Edifícios

Eficiência Energética nos Edifícios Eficiência Energética nos Edifícios Helder Gonçalves 9 de Fevereiro de 2010 Eficiência Energética, Que desafios e que futuro? 1. Situação Actual o Onde estamos e para onde vamos. Prof.E.Oliveira Fernandes-

Leia mais

Bem-vindos ao Congresso de. na América Latina 2010

Bem-vindos ao Congresso de. na América Latina 2010 Bem-vindos ao Congresso de Negociação Eletrônica da FPL na América Latina 2010 Negociação algorítmica: quais são as opções disponíveis para o operador latino-americano? americano? Negociação algorítmica:

Leia mais

Future Trends: Global Perspective. Christian Kjaer Chief Executive Officer European Wind Energy Association

Future Trends: Global Perspective. Christian Kjaer Chief Executive Officer European Wind Energy Association Future Trends: Global Perspective Christian Kjaer Chief Executive Officer European Wind Energy Association Brazil Wind Power 2010 Rio de Janeiro 1 September 2010 Members include the following leading players:

Leia mais

MERCHANDISE ORDER FORM

MERCHANDISE ORDER FORM MERCHANDISE ORDER FORM Items and Prices Effective February 10th, 2016 and Are Subject to Change Without Notice BILLING INFORMATION NAME (Club or Individual) US Figure Skating ID# ADDRESS CITY STATE ZIP

Leia mais

Sino-Italian Ecological and Energy Efficient Building - SIEEB

Sino-Italian Ecological and Energy Efficient Building - SIEEB Sino-Italian Ecological and Energy Efficient Building - SIEEB SIMULAÇÃO DE EFICIÊNCIA ENERGÉTICA INTRODUÇÃO AO DESIGNBUILDER Dr. Antônio César Silveira Baptista da Silva Dr. Eduardo Grala da Cunha UFPEL/FAUrb/LABCEE

Leia mais

Lecture 10: Air-sea fluxes, mixed layer dynamics, and water mass formation. Atmosphere, Ocean, Climate Dynamics EESS 146B/246B

Lecture 10: Air-sea fluxes, mixed layer dynamics, and water mass formation. Atmosphere, Ocean, Climate Dynamics EESS 146B/246B Lecture 10: Air-sea fluxes, mixed layer dynamics, and water mass formation Atmosphere, Ocean, Climate Dynamics EESS 146B/246B Review of the wind-driven gyres The thermohaline circulation It seems most

Leia mais

Em direcção aos Edifícios de Balanço Energetico Zero

Em direcção aos Edifícios de Balanço Energetico Zero Em direcção aos Edifícios de Balanço Energetico Zero Jornadas de Climatização Ordem dos Engenheiros 13 de Outubro de 2011 Helder Gonçalves Tópicos a abordar... Contexto actual NZEB - definição, conceito

Leia mais

PROJETO DE UMA RESIDÊNCIA ENERGÉTICAMENTE EFICIÊNTE EM FOZ DO IGUAÇU

PROJETO DE UMA RESIDÊNCIA ENERGÉTICAMENTE EFICIÊNTE EM FOZ DO IGUAÇU STC/ 17 à 22 de outubro de 1999 Foz do Iguaçu Paraná - Brasil SESSÃO TÉCNICA ESPECIAL: CONSERVAÇÃO DE ENERGIA ELÉTRICA (STC) PROJETO DE UMA RESIDÊNCIA ENERGÉTICAMENTE EFICIÊNTE EM FOZ DO IGUAÇU Álvaro

Leia mais

Utilização de Electricidade nos Serviços

Utilização de Electricidade nos Serviços Utilização de Electricidade nos Serviços Electricity end uses in services Método desenvolvido por: Cálculo das Economias de Energia através de uma análise TD Identificar e seleccionar os indicadores e

Leia mais

Avaliação de ciclo de vida (ACV) Metodologia e Aplicações

Avaliação de ciclo de vida (ACV) Metodologia e Aplicações Avaliação de ciclo de vida (ACV) Metodologia e Aplicações Fausto Freire fausto.freire@dem.uc.pt com a colaboração dos investigadores do Centro para a Ecologia Industrial, Universidade de Coimbra http://www2.dem.uc.pt/centerindustrialecology/

Leia mais

Energia Solar Fotovoltaica, MC Brito Sizing PV Systems 3/11/1009

Energia Solar Fotovoltaica, MC Brito Sizing PV Systems 3/11/1009 Define load, location, inclination Determine irradiation Calculate installed power to fulfil load Calculate number of modules Define system specs (battery, charge regulator, inverter) Example Stand alone

Leia mais

Large Valorisation on Sustainability of Steel Structures EFICIÊNCIA ENERGÉTICA DE EDIFÍCIOS COM ESTRUTURA METÁLICA

Large Valorisation on Sustainability of Steel Structures EFICIÊNCIA ENERGÉTICA DE EDIFÍCIOS COM ESTRUTURA METÁLICA Large Valorisation on Sustainability of Steel Structures EFICIÊNCIA ENERGÉTICA DE EDIFÍCIOS COM ESTRUTURA METÁLICA Dezembro 2014 Estrutura da apresentação: Introdução Localização do edifício e clima Método

Leia mais

USO DE VIDRO DUPLO E VIDRO LAMINADO NO BRASIL: AVALIAÇÃO DO DESEMPENHO ENERGÉTICO E CONFORTO TÉRMICO POR MEIO DE SIMULAÇÃO COMPUTACIONAL

USO DE VIDRO DUPLO E VIDRO LAMINADO NO BRASIL: AVALIAÇÃO DO DESEMPENHO ENERGÉTICO E CONFORTO TÉRMICO POR MEIO DE SIMULAÇÃO COMPUTACIONAL USO DE VIDRO DUPLO E VIDRO LAMINADO NO BRASIL: AVALIAÇÃO DO DESEMPENHO ENERGÉTICO E CONFORTO TÉRMICO POR MEIO DE SIMULAÇÃO COMPUTACIONAL Priscila Besen (1) ; Fernando Simon Westphal (2) (1) Universidade

Leia mais

REAL ESTATE MARKET IN BRAZIL

REAL ESTATE MARKET IN BRAZIL REAL ESTATE MARKET IN BRAZIL JOÃO CRESTANA President of Secovi SP and CBIC National Commission of Construction Industry SIZE OF BRAZIL Population distribution by gender, according to age group BRAZIL 2010

Leia mais

Summer Course C O U R S E S IN PORTUGUESE L A N G U A G E AND C U L T URE. F o r f o r e i g n e r s. 30 of June to 25 of July 2014

Summer Course C O U R S E S IN PORTUGUESE L A N G U A G E AND C U L T URE. F o r f o r e i g n e r s. 30 of June to 25 of July 2014 C O U R S E S IN PORTUGUESE L A N G U A G E AND C U L T URE F o r f o r e i g n e r s Summer Course 30 of June to 25 of July 2014 www.fcsh.unl.pt/clcp Courses The Faculty of Social Sciences and Humanities

Leia mais

DIAGNÓSTICO DE MATEMÁTICA

DIAGNÓSTICO DE MATEMÁTICA Não esqueça de se cadastrar no site. Não utilize nenhum rascunho, deixe todas as suas anotações registradas e informe o tempo utilizado na resolução. NOME: TEL: TEMPO UTILIZADO NA RESOLUÇÃO: 1. Macey is

Leia mais

ADJUSTMENTS IN BRAZIL S ECONOMIC POLICY IN 2015 WILL LIKELY PRODUCE MORE SUSTAINABLE GDP GROWTH RATES GOING FORWARD

ADJUSTMENTS IN BRAZIL S ECONOMIC POLICY IN 2015 WILL LIKELY PRODUCE MORE SUSTAINABLE GDP GROWTH RATES GOING FORWARD PRESENTATION APIMEC BRASÍLIA ADJUSTMENTS IN BRAZIL S ECONOMIC POLICY IN 2015 WILL LIKELY PRODUCE MORE SUSTAINABLE GDP GROWTH RATES GOING FORWARD 1 1 Brasília, February, 5th 2015 Ellen Regina Steter WORLD

Leia mais

Peter Øye, CEO & President, Markleen AS. Response and Containment systems

Peter Øye, CEO & President, Markleen AS. Response and Containment systems Peter Øye, CEO & President, Markleen AS Response and Containment systems What we do: Markleen supplies complete Oil Spill Response Systems for PSVs to NOFO and Petrobras standards. Oil Booms Skimmer Fast

Leia mais

Implementation of BE requirements: Brazilian Experience

Implementation of BE requirements: Brazilian Experience 13 th ICDRA Implementation of BE requirements: Brazilian Experience RODRIGO CRISTOFOLETTI Head of Department of Bioequivalence Brazilian National Health Surveillance Agency (ANVISA) Historical view Future

Leia mais

GROUND source heat pumps of HIgh Technology project. Projeto GROUNDHIT

GROUND source heat pumps of HIgh Technology project. Projeto GROUNDHIT GROUND source heat pumps of HIgh Technology project Projeto GROUNDHIT Luis Coelho, João Garcia, Rita Cerdeira, Nelson Tavares Instituto Politécnico de Setúbal, ESTSetúbal, Portugal GROUNDHIT Ground Coupled

Leia mais

Distribuição urbana de calor e frio

Distribuição urbana de calor e frio URBAN WORLD 1980 Distribuição urbana de calor e frio André Pina IN+,, Universidade de Lisboa andre.pina@tecnico.ulisboa.pt 1 http://www.unicef.org/sowc2012/urbanmap/# 2 URBAN WORLD 2010 URBAN WORLD 2050

Leia mais

Tese apresentada para obtenção do grau de Mestre em Engenharia Civil pela Universidade da Beira Interior, sobre a orientação de:

Tese apresentada para obtenção do grau de Mestre em Engenharia Civil pela Universidade da Beira Interior, sobre a orientação de: Tese apresentada para obtenção do grau de Mestre em Engenharia Civil pela Universidade da Beira Interior, sobre a orientação de: Prof. Doutor. João Carlos Gonçalves Lanzinha Prof. Auxiliar do Departamento

Leia mais

GLP + Renováveis A combinação Híbrida Perfeita GLOTEC

GLP + Renováveis A combinação Híbrida Perfeita GLOTEC GLP + Renováveis A combinação Híbrida Perfeita GLOTEC 1 Exemplos de Instalações Híbridas de GLP LPG Hybrid heat pump - Compact module Combines an efficient condensing boiler and a powerful AHP in a single

Leia mais

ATLAS DE ACUPUNTURA VETERINáRIA. CãES E GATOS (EM PORTUGUESE DO BRASIL) BY CHOO HYUNG KIM

ATLAS DE ACUPUNTURA VETERINáRIA. CãES E GATOS (EM PORTUGUESE DO BRASIL) BY CHOO HYUNG KIM Read Online and Download Ebook ATLAS DE ACUPUNTURA VETERINáRIA. CãES E GATOS (EM PORTUGUESE DO BRASIL) BY CHOO HYUNG KIM DOWNLOAD EBOOK : ATLAS DE ACUPUNTURA VETERINáRIA. CãES E GATOS Click link bellow

Leia mais

A AUSTERIDADE CURA? A AUSTERIDADE MATA?

A AUSTERIDADE CURA? A AUSTERIDADE MATA? A AUSTERIDADE CURA? A AUSTERIDADE MATA? 29.Nov.2013 Financiamento Sector público é a principal fonte de financiamento de cuidados de saúde. Apenas EUA e México apresentam menos de 50% de financiamento

Leia mais

INVESTIR EM QAI MELHORA A PRODUTIVIDADE? LEONARDO COZAC (11) 97611-8548 LEONARDO@CONFORLAB.COM.BR 23/09/2015 16:30HS

INVESTIR EM QAI MELHORA A PRODUTIVIDADE? LEONARDO COZAC (11) 97611-8548 LEONARDO@CONFORLAB.COM.BR 23/09/2015 16:30HS INVESTIR EM QAI MELHORA A PRODUTIVIDADE? LEONARDO COZAC (11) 97611-8548 LEONARDO@CONFORLAB.COM.BR 23/09/2015 16:30HS Qualidade do ar interno é custo ou investimento para as empresas? .. Projetistas, incorporadores

Leia mais

CONTRIBUIÇÃO DA COR DA COBERTURA NA MELHORIA DO DESEMPENHO TÉRMICO DE HABITAÇÃO NO PERÍODO DE VERÃO

CONTRIBUIÇÃO DA COR DA COBERTURA NA MELHORIA DO DESEMPENHO TÉRMICO DE HABITAÇÃO NO PERÍODO DE VERÃO XIII Encontro Nacional e IX Encontro Latino-americano de Conforto no Ambiente Construído CONTRIBUIÇÃO DA COR DA COBERTURA NA MELHORIA DO DESEMPENHO TÉRMICO DE HABITAÇÃO NO PERÍODO DE VERÃO Adriana Camargo

Leia mais

Introdução à Engenharia Civil e Ambiente

Introdução à Engenharia Civil e Ambiente Licenciatura em Engenharia Civil 1º Ano / 1º Semestre - 2010-11 Introdução à Engenharia Civil e Ambiente AMBIENTE Prof. Doutora Maria do Rosário Partidário Sistema de indicadores Modelo DPSIR - OCDE D:

Leia mais

A Aviação no Comércio Europeu de Licenças de Emissão Especificidades para pequenos emissores

A Aviação no Comércio Europeu de Licenças de Emissão Especificidades para pequenos emissores A Aviação no Comércio Europeu de Licenças de Emissão Especificidades para pequenos emissores Departamento de Alterações Climáticas, Ar e Ruído (DACAR) Divisão de Poluição Atmosférica e Alterações Climáticas

Leia mais

Afumex Solar. 0,6/1 kv A.C. / 0,9/1,8 kv D.C.

Afumex Solar. 0,6/1 kv A.C. / 0,9/1,8 kv D.C. Aplicação: Prysmian Afumex Solar é destinado ao uso em Sistemas de Fornecimento de Energia Fotovoltaica: Indoor e/ou Outdoor, em áreas industriais e agrícolas. Podem ser aplicados em equipamentos com proteção

Leia mais

AVALIAÇÃO DO IMPACTO DE SUBCOBERTURAS NO DESEMPENHO TÉRMICO DE UMA EDIFICAÇÃO RESIDENCIAL

AVALIAÇÃO DO IMPACTO DE SUBCOBERTURAS NO DESEMPENHO TÉRMICO DE UMA EDIFICAÇÃO RESIDENCIAL AVALIAÇÃO DO IMPACTO DE SUBCOBERTURAS NO DESEMPENHO TÉRMICO DE UMA EDIFICAÇÃO RESIDENCIAL PIRES, Maíra (1); WESTPHAL, Fernando (2) (1) Universidade Federal de Santa Catarina, maira.opires@gmail.com (2)

Leia mais

Climate Change - Coal Overview

Climate Change - Coal Overview CSLF : Capacity Building Climate Change - Coal Overview Fernando Luiz Zancan President - Associação Brasileira do Carvão Mineral - ABCM Salvador - 08 September 2008 BRAZILIAN COAL INDUSTRY Resources: 31,7

Leia mais

NORMAS PORTUGUESAS PARA AR CONDICIONADO E REFRIGERAÇÃO ITEM NORMA STATUS

NORMAS PORTUGUESAS PARA AR CONDICIONADO E REFRIGERAÇÃO ITEM NORMA STATUS NORMAS PORTUGUESAS PARA AR CONDICIONADO E REFRIGERAÇÃO O INSTITUTO PORTUGUÊS DA QUALIDADE TEM POR MISSÃO A COORDENAÇÃO DO SISTEMA PORTUGUÊS DA QUALIDADE. AS COMISÕES ÉCNICAS DE ORMALIZAÇÃO (CT) SÃO ORGÃOS

Leia mais

www.chacon.be Software de gestão de energia Modo de utilização Ref. 54385 MINIMAL CONFIGURATION Hotline : hotline@chacon.be

www.chacon.be Software de gestão de energia Modo de utilização Ref. 54385 MINIMAL CONFIGURATION Hotline : hotline@chacon.be MINIMAL CONFIGURATION Hardware: CPU compatible with: Intel Pentium (Pentium 4 and above) Intel Celeron Intel Xeon Intel Core AMD Athlon 64 AMD Opteron AMD Sempron Memory: + 256 Mega bytes. Free space:

Leia mais

Gestão de Energia: 2012/2013

Gestão de Energia: 2012/2013 Gestão de Energia: 2012/2013 Introduction & Review of Thermodynamics Class # 1 Prof. Tânia Sousa taniasousa@ist.utl.pt Docentes Tânia Sousa taniasousa@ist.utl.pt André Pina andre.pina@ist.utl.pt Objectivo

Leia mais

Felipe Beltrán Rodríguez 1, Eng., Master Student Prof. Erlon Cristian Finardi 1, D. Eng., Advisor Welington de Oliveira 2, D.Sc.

Felipe Beltrán Rodríguez 1, Eng., Master Student Prof. Erlon Cristian Finardi 1, D. Eng., Advisor Welington de Oliveira 2, D.Sc. Felipe Beltrán Rodríguez 1, Eng., Master Student Prof. Erlon Cristian Finardi 1, D. Eng., Advisor Welington de Oliveira 2, D.Sc., Co-Advisor 1-UFSC 2-IMPA (Dec. 2013) N NE 90 Demand of Electricity (GW)

Leia mais

TÍTULO DA APRESENTAÇÃO

TÍTULO DA APRESENTAÇÃO UniversityofMinho 1974 (39 years) 2 Campi Campus de Gualtar (380.000 m 2 ) Braga Campus de Azurém (270.000 m 2 ) Guimarães Teaching 53 graduate courses 130 masters courses 22 PhD courses 18.500 students

Leia mais

Uma empresa do grupo:

Uma empresa do grupo: Rua Horta dos Bacelos, Lt. 18, 3º - 2690-390 Santa Iria de Azóia T: +351 219 533130 F: +351 219 533131 info@hseabra.seabraglobal.com www.seabraglobal.com Uma empresa do grupo: 02 03 Icestop é um sistema

Leia mais

APLICAÇÕES : Plástico Reforçado Isolamentos Térmicos (altas temp. e substituição de amianto) Fibra de Vidro e Aramida (Twaron)

APLICAÇÕES : Plástico Reforçado Isolamentos Térmicos (altas temp. e substituição de amianto) Fibra de Vidro e Aramida (Twaron) APLICAÇÕES : Plástico Reforçado Isolamentos Térmicos (altas temp. e substituição de amianto) Fibra de Vidro e Aramida (Twaron) Isolamentos Acústicos Isolamentos Elétricos Filtragens (metais fundidos, gases,

Leia mais

SECRETARIA DO ESTADO DE EDUCAÇÃO DE MINAS GERAIS Superintendência Regional de Ensino de Curvelo Acesse: pipcbccurvelo.blogspot.com

SECRETARIA DO ESTADO DE EDUCAÇÃO DE MINAS GERAIS Superintendência Regional de Ensino de Curvelo Acesse: pipcbccurvelo.blogspot.com SECRETARIA DO ESTADO DE EDUCAÇÃO DE MINAS GERAIS Superintendência Regional de Ensino de Curvelo Acesse: pipcbccurvelo.blogspot.com Avaliação de Língua Inglesa 8º ano Nome: Data: / / Questão Gabarito Habilidades

Leia mais

Álcool e Saúde Pública nas Americas Dr Maristela G. Monteiro Assessora Principal Controle de Tabaco, Álcool e Outras Drogas OPAS/OMS

Álcool e Saúde Pública nas Americas Dr Maristela G. Monteiro Assessora Principal Controle de Tabaco, Álcool e Outras Drogas OPAS/OMS .. Álcool e Saúde Pública nas Americas Dr Maristela G. Monteiro Assessora Principal Controle de Tabaco, Álcool e Outras Drogas OPAS/OMS Modelo causal de consumo de alcool, mecanismos intermediarios e consequencias:

Leia mais

URBAN AGE SOUTH AMERICA CONFERENCE DECEMBER 2008

URBAN AGE SOUTH AMERICA CONFERENCE DECEMBER 2008 URBAN AGE SOUTH AMERICA CONFERENCE DECEMBER 2008 Maria Ruth Amaral de Sampaio Winner of the Urban Age Deutsche Bank Award From the Slum Tenement of Solon Street to the Union Building All rights are reserved

Leia mais

Adinoél Sebastião /// Inglês Tradução Livre 49/2013

Adinoél Sebastião /// Inglês Tradução Livre 49/2013 TEXTO Brazilian Central Bank Increases Interest Rates Third Consecutive Time In another step to combat high inflation, yesterday the Brazilian Central Bank raised interest rates for the third time in a

Leia mais

Viabilidade da Geração Própria de Energia Elétrica em Unidades de Beneficiamento de Madeira de Pequeno Porte

Viabilidade da Geração Própria de Energia Elétrica em Unidades de Beneficiamento de Madeira de Pequeno Porte Scientific Electronic Archives Volume 5 p. 57-62 2014 Viabilidade da Geração Própria de Energia Elétrica em Unidades de Beneficiamento de Madeira de Pequeno Porte Availability of Own Electricity Generation

Leia mais

Preposições em Inglês: www.napontadalingua.hd1.com.br

Preposições em Inglês: www.napontadalingua.hd1.com.br Preposições na língua inglesa geralmente vem antes de substantivos (algumas vezes também na frente de verbos no gerúndio). Algumas vezes é algo difícil de se entender para os alunos de Inglês pois a tradução

Leia mais

HISTOLOGIA E BIOLOGIA CELULAR. UMA INTRODUçãO À PATOLOGIA (EM PORTUGUESE DO BRASIL) BY ABRAHAM L. KIERSZENBAUM

HISTOLOGIA E BIOLOGIA CELULAR. UMA INTRODUçãO À PATOLOGIA (EM PORTUGUESE DO BRASIL) BY ABRAHAM L. KIERSZENBAUM Read Online and Download Ebook HISTOLOGIA E BIOLOGIA CELULAR. UMA INTRODUçãO À PATOLOGIA (EM PORTUGUESE DO BRASIL) BY ABRAHAM L. KIERSZENBAUM DOWNLOAD EBOOK : HISTOLOGIA E BIOLOGIA CELULAR. UMA INTRODUçãO

Leia mais

New town hall of Garnich

New town hall of Garnich New town hall of Garnich Roger Pitt Resumo O projecto para o novo edifício municipal de Garnich, no Luxemburgo, compreende a renovação de uma antiga casa agrícola e um novo acrescento. O edifício situa-se

Leia mais

2 BR APART. Área Bruta / Total Area: 100.49m2 Estacionamento / Parking Arrecadação / Storage Room

2 BR APART. Área Bruta / Total Area: 100.49m2 Estacionamento / Parking Arrecadação / Storage Room T2+1 Área Bruta / Total Area: 100.49m2 T2 Área Bruta / Total Area: 95,80m2 T2+1 Área Bruta / Total Area: 115,40m2 T3 3 BR Área Bruta / Total Area: 123,71m2 T3 +1 3 BR Área Bruta / Total Area: 142,26m2

Leia mais

MOBILITY AND SUSTAINABILITY Rosario, May 9th 14th, 2011. jaime lerner arquitetos associados

MOBILITY AND SUSTAINABILITY Rosario, May 9th 14th, 2011. jaime lerner arquitetos associados MOBILITY AND SUSTAINABILITY Rosario, May 9th 14th, 2011 STRATEGIC VISION AND URBAN STRUCTURE VITA, THE TURTLE OTTO, THE AUTOMOBILE ACCORDION, THE FRIENDLY BUS DRAWING THE CITIES... URBAN STRUCTURE OF

Leia mais

Large Valorisation on Sustainability of Steel Structures

Large Valorisation on Sustainability of Steel Structures Large Valorisation on Sustainability of Steel Structures MACRO-COMPONENTES: APLICAÇÕES PARA O IPHONE E IPAD Dezembro 2014 Agenda Algoritmo para análise do ciclo de vida baseado em macro componentes Descrição

Leia mais

VOUCHERS POUSADAS DE PORTUGAL

VOUCHERS POUSADAS DE PORTUGAL 2 presentes em 1 2 gifts in 1 Válidos para 2 pessoas / Valid for 2 people Válido 1 ano após a data de compra / Valid until 1 year after purchased date CENTRAL DE RESERVAS CONTACT CENTER FOR RESERVATIONS

Leia mais

COMO ESCREVER PARA O ENEM: ROTEIRO PARA UMA REDAçãO NOTA (PORTUGUESE EDITION) BY ARLETE SALVADOR

COMO ESCREVER PARA O ENEM: ROTEIRO PARA UMA REDAçãO NOTA (PORTUGUESE EDITION) BY ARLETE SALVADOR Read Online and Download Ebook COMO ESCREVER PARA O ENEM: ROTEIRO PARA UMA REDAçãO NOTA 1.000 (PORTUGUESE EDITION) BY ARLETE SALVADOR DOWNLOAD EBOOK : COMO ESCREVER PARA O ENEM: ROTEIRO PARA UMA SALVADOR

Leia mais

O EFEITO DA AMPLITUDE DIÁRIA DA TEMPERATURA DO AR EXTERIOR E DO RESFRIAMENTO NOTURNO NA INÉRCIA TÉRMICA DE HABITAÇÃO

O EFEITO DA AMPLITUDE DIÁRIA DA TEMPERATURA DO AR EXTERIOR E DO RESFRIAMENTO NOTURNO NA INÉRCIA TÉRMICA DE HABITAÇÃO O EFEITO DA AMPLITUDE DIÁRIA DA TEMPERATURA DO AR EXTERIOR E DO RESFRIAMENTO NOTURNO NA INÉRCIA TÉRMICA DE HABITAÇÃO CASTRO, Guilherme Molnar (1); BRITO, Adriana Camargo de (2); AKUTSU, Maria (3); VITTORINO,

Leia mais

MASTER S DEGREE IN INTELLECTUAL PROPERTY ADMISSION EXAM

MASTER S DEGREE IN INTELLECTUAL PROPERTY ADMISSION EXAM CADERNO DE QUESTÕES NOTA FINAL MASTER S DEGREE IN INTELLECTUAL PROPERTY ADMISSION EXAM Before reading the text, pay attention to these important and essential remarks. All the answers must be written in

Leia mais

GUIA DE ESTUDOS 5º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL / 2015 Semana de 26 de outubro a 30 de outubro

GUIA DE ESTUDOS 5º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL / 2015 Semana de 26 de outubro a 30 de outubro GUIA DE ESTUDOS 5º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL / 2015 Semana de 26 de outubro a 30 de outubro Última semana para apresentar a poesia! Estude! Língua Portuguesa Matemática História Tema: Tipos de sujeito

Leia mais

B A T T L E M c C A R T H Y Sustainable Consulting Engineers & Landscape Architects. 30/10/2009 Presentation title 1

B A T T L E M c C A R T H Y Sustainable Consulting Engineers & Landscape Architects. 30/10/2009 Presentation title 1 30/10/2009 Presentation title 1 Design Integrado de Engenharia Predial (Mecânica Mecânica, Elétria e Hidro-sanitária) Integração de Vegetação aos sistemas de engenharia. a BATTLE McCARTHY Quem Somos? Empresa

Leia mais

Using Numerical Simulations in the Evaluation of Food Thermal Process

Using Numerical Simulations in the Evaluation of Food Thermal Process Using Numerical Simulations in the Evaluation of Food Thermal Process Pedro E. D. Augusto COTUCA, FEA UNICAMP Marcelo Cristianini FEA UNICAMP Thermal Process The most effective and used method for guarantee

Leia mais

YORK Modelo YVWA Velocidade Variável, Unidade com compressores parafusos resfriados a água 200 a 300 Tons

YORK Modelo YVWA Velocidade Variável, Unidade com compressores parafusos resfriados a água 200 a 300 Tons Unidade com Infinitas Configurações para ajudar na sua melhor escolha YORK Modelo YVWA Velocidade Variável, Unidade com compressores parafusos resfriados a água 200 a 300 Tons YVWA YORK Unidades Compressores

Leia mais

October, 2013. Um Olhar Estratégico para o Setor de Seguros de Automóvel no Brasil

October, 2013. Um Olhar Estratégico para o Setor de Seguros de Automóvel no Brasil October, 2013 Um Olhar Estratégico para o Setor de Seguros de Automóvel no Brasil AGENDA Visão da Industria de Seguros (Brasil x Mundo) Drivers que movem a Indústria Análise da Penetração da Indústria

Leia mais

Eficiência Energética: Cidades e Indústrias conectando redes inteligentes

Eficiência Energética: Cidades e Indústrias conectando redes inteligentes Eficiência Energética: Cidades e Indústrias conectando redes inteligentes 11/11/2015 Hitachi South America, Ltda. Agenda 1. Cenário Mundial e Brasil 2. Tendências em Energia, Renováveis e Eficiência 3.

Leia mais

User Guide Manual de Utilizador

User Guide Manual de Utilizador 2400 DPI OPTICAL GAMING MOUSE User Guide Manual de Utilizador 2014 1Life Simplify it All rights reserved. www.1-life.eu 2 2400 DPI OPTICAL GAMING MOUSE ENGLISH USER GUIDE...4 MANUAL DE UTILIZADOR PORTUGUÊS...18

Leia mais

Brazilian Coal Industry Overview and Perspectives

Brazilian Coal Industry Overview and Perspectives INTERNATIONAL WORKSHOP ON COAL TECHNOLOGY PETROBRAS/ABCM Brazilian Coal Industry Overview and Perspectives Eng. Fernando Luiz Zancan Brazilian Coal Association ABCM Rio de Janeiro, 14 March 2007 Brazilian

Leia mais

WWW-YES-2009-Brazil: Water survey summary

WWW-YES-2009-Brazil: Water survey summary Survey area Area de enquetes WWW-YES Brazil 2009 Mexico France Portugal Italy Water Survey Questionário sobre «águas» Costa Rica Colombia Brazil Uruguay Cameroon Countries and cities Países e cidades 9

Leia mais

Mil-Spec Numbering System Defined

Mil-Spec Numbering System Defined Mil-Spec Numbering System Defined Non-Wirewound RJ s MIL-RF-22097 RJ24 F W 103 Temperature Coefficient Max. ±100 ppm/ c Contact Resistance Variation Max. 1 % Thermal Shock 1 % Humidity 1 % Shock 1 % Vibration

Leia mais

A Qualidade do Ambiente Interior e a Eficiência Energética nas Escolas

A Qualidade do Ambiente Interior e a Eficiência Energética nas Escolas Apresentação do Manual nº 13 da REHVA A Qualidade do Ambiente Interior e a Eficiência Energética nas Escolas Manuel Gameiro da Silva 10.as Jornadas de Climatização da Ordem dos Engenheiros 14 de Outubro

Leia mais

Annual planning NEW GETTING ON 7

Annual planning NEW GETTING ON 7 EB 1,2,3 /JI DE ANGRA DO HEROÍSMO Departamento de Línguas Estrangeiras INGLÊS- NÍVEL 3 Annual planning NEW GETTING ON 7 Ano lectivo 2011/2012 Docente: Carlos Leite 1st TERM 19 de Setembro de 2011 16 de

Leia mais

Estratégias Bioclimáticas no Desenho Urbano

Estratégias Bioclimáticas no Desenho Urbano Conferência Internacional CIDADES E ALTERAÇÕES CLIMÁTICAS. QUE FUTURO? Estratégias Bioclimáticas no Desenho Urbano Paula San Payo Cadima Professora Auxiliar Faculdade de Arquitectura da UTL Centro de Estudos

Leia mais

P O R T U G A L L I S B O A

P O R T U G A L L I S B O A PORTUGAL LISBOA CONCEITO CONCEPT Em paralelo com a história... Localizados numa zona histórica de Lisboa, em Belém, os 9 apartamentos com tipologias que variam entre o T1+1 e o T2+1 têm uma relação de

Leia mais

APLICAÇÃO DO DESIGNBUILDER À

APLICAÇÃO DO DESIGNBUILDER À APLICAÇÃO DO DESIGNBUILDER À AVALIAÇÃO DE SOLUÇÕES DE AQUECIMENTO E ARREFECIMENTO DE EDIFÍCIOS PARA DIFERENTES ZONAS CLIMÁTICAS PORTUGUESAS MANUEL FRANCISCO CARDOSO COELHO DA COSTA Dissertação submetida

Leia mais

Problemas ambientais urbanos

Problemas ambientais urbanos MEC, 4º ano, 2º sem, 2008-09 Desafios Ambientais e de Sustentabilidade em Engenharia Problemas ambientais urbanos 3ª aula Maria do Rosário Partidário CITIES ENVIRONMENT Inputs Outputs Energy Food Water

Leia mais

DATE July 04 th and 05 th, 2009. VENUE Ginásio Gilberto Cardoso Maracanãzinho Rua Professor Eurico Rabelo, S/Nr. Rio de Janeiro/RJ Brasil

DATE July 04 th and 05 th, 2009. VENUE Ginásio Gilberto Cardoso Maracanãzinho Rua Professor Eurico Rabelo, S/Nr. Rio de Janeiro/RJ Brasil DATE July 04 th and 05 th, 2009. VENUE Ginásio Gilberto Cardoso Rua Professor Eurico Rabelo, S/Nr Rio de Janeiro RJ Brazil ORGANIZER Confederação Brasileira de Judô Aeroporto Internacional do Rio de Janeiro

Leia mais

EGAN. FUNDAMENTOS DA TERAPIA RESPIRATÓRIA (EM PORTUGUESE DO BRASIL) BY CRAIG L. SCANLAN

EGAN. FUNDAMENTOS DA TERAPIA RESPIRATÓRIA (EM PORTUGUESE DO BRASIL) BY CRAIG L. SCANLAN RESPIRATÓRIA (EM PORTUGUESE DO BRASIL) BY CRAIG L. SCANLAN DOWNLOAD EBOOK : EGAN. FUNDAMENTOS DA TERAPIA BY CRAIG L. SCANLAN PDF Click link below and free register to download ebook: EGAN. FUNDAMENTOS

Leia mais

CONSTRUÍDO NO INÍCIO DO SÉCULO XX

CONSTRUÍDO NO INÍCIO DO SÉCULO XX CONSTRUÍDO NO INÍCIO DO SÉCULO XX O edifício Square 53 foi construído no princípio do século XX, no que costumava ser conhecido como o Passeio Público de Lisboa, mais concretamente na zona que ligava a

Leia mais

Table of Contents. Table of Contents Automobilística Segurança e conforto Airbag UniTrain-I Airbags, pré-tensores de cinto e comportamento de colisão

Table of Contents. Table of Contents Automobilística Segurança e conforto Airbag UniTrain-I Airbags, pré-tensores de cinto e comportamento de colisão Table of Contents Table of Contents Automobilística Segurança e conforto Airbag UniTrain-I Airbags, pré-tensores de cinto e comportamento de colisão 1 2 2 3 4 4 Lucas Nülle GmbH Página 1/6 www.lucas-nuelle.com.br

Leia mais

A ENTREVISTA COMPREENSIVA: UM GUIA PARA PESQUISA DE CAMPO (PORTUGUESE EDITION) BY JEAN-CLAUDE KAUFMANN

A ENTREVISTA COMPREENSIVA: UM GUIA PARA PESQUISA DE CAMPO (PORTUGUESE EDITION) BY JEAN-CLAUDE KAUFMANN Read Online and Download Ebook A ENTREVISTA COMPREENSIVA: UM GUIA PARA PESQUISA DE CAMPO (PORTUGUESE EDITION) BY JEAN-CLAUDE KAUFMANN DOWNLOAD EBOOK : A ENTREVISTA COMPREENSIVA: UM GUIA PARA CLAUDE KAUFMANN

Leia mais

Schmidt, Valois, Miranda, Ferreira & Agel - Advogados

Schmidt, Valois, Miranda, Ferreira & Agel - Advogados Schmidt, Valois, Miranda, Ferreira & Agel - Advogados Deuxièmes rencontres Franco - Brésiliennes de la Société de Législation Comparée Contractual Renegotiation with Public Entities June - 2010 Index Principles

Leia mais

Normalização e interoperabilidade da informação geográfica

Normalização e interoperabilidade da informação geográfica Normalização e interoperabilidade da informação geográfica perspetivas para a formação em Engenharia Geográfica João Catalão Departamento de Engenharia Geográfica, Geofísica e Energia Faculdade de Ciências

Leia mais

APARTMENTS APARTAMENTOS LIVING ROOM. Solid wood flooring. Solid wood or MDF enameled white rulers. Painted in white satin paint

APARTMENTS APARTAMENTOS LIVING ROOM. Solid wood flooring. Solid wood or MDF enameled white rulers. Painted in white satin paint MAPA DE ACABAMENTOS FINISHING LIST APARTAMENTOS APARTMENTS SALA LIVING ROOM Tecto / Ceiling Caixilharia / Windows Réguas de madeira maciça ou MDF esmaltadas com tinta branca Solid wood or MDF enameled

Leia mais

Economia de Energia. José Carlos de Aguiar Automação & Software Vale do Paraíba 18/02/2015

Economia de Energia. José Carlos de Aguiar Automação & Software Vale do Paraíba 18/02/2015 Economia de Energia José Carlos de Aguiar Automação & Software Vale do Paraíba 18/02/2015 Agenda W.A.G.E.S. presente no nosso dia a dia Integrando energias ao longo do tempo Medição de fluxo de fluidos

Leia mais

Vantagens Competitivas que Geram Resultados

Vantagens Competitivas que Geram Resultados Vantagens Competitivas que Geram Resultados Visão LG Electronics Expansão dos negócios de Ar Condicionado Missão LG Electronics Contribuir para o enriquecimento da vida humana e da natureza Criar ambientes

Leia mais

iluminação interior MONTAGEM ENCASTRADA interior lighting RECESSED MOUNTED

iluminação interior MONTAGEM ENCASTRADA interior lighting RECESSED MOUNTED iluminação interior MONTAGEM ENCASTRADA interior lighting RECESSED MOUNTED Na gama de Encastrar da Exporlux, a luminária fica geralmente oculta por trás do seu efeito luminoso. Este tipo de luminárias

Leia mais

TEK Biomasse P20 NOVA GERAÇÃO DE CALDEIRAS A BIOMASSA NEW BIOMASS BOILERS GENERATION

TEK Biomasse P20 NOVA GERAÇÃO DE CALDEIRAS A BIOMASSA NEW BIOMASS BOILERS GENERATION TEK Biomasse P20 NOVA GERAÇÃO DE CALDEIRAS A BIOMASSA NEW BIOMASS BOILERS GENERATION NOVA GERAÇÃO DE CALDEIRAS A BIOMASSA NEW BIOMASS BOILERS GENERATION TEK BIOMASSE P20 TEK BIOMASS P20 95 % 21 kw rendimento

Leia mais

Prova de Seleção Mestrado LINGUA INGLESA 15/02/2016

Prova de Seleção Mestrado LINGUA INGLESA 15/02/2016 Prova de Seleção Mestrado LINGUA INGLESA 15/02/2016 Instruções aos candidatos: (1) Preencher somente o número de inscrição em todas as folhas. (2) Usar caneta preta ou azul. 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12

Leia mais

PREÇÁRIO 2015/ 2016 PRICELIST 2015/ 2016

PREÇÁRIO 2015/ 2016 PRICELIST 2015/ 2016 PREÇÁRIO 2015/ 2016 PRICELIST 2015/ 2016 ALOJAMENTO/ LODGE Tarifas/ Rates* Alojamento/ Lodge Época baixa Low season Época alta** High Season** Época extra*** Peak Season*** Deluxe Suite Double/ Twin 75

Leia mais

2008 Abril I abril TABELA DE EVENTOS. 03 / 05 BNF FIRA BARCELONA Barcelona, Negócios y Franquias

2008 Abril I abril TABELA DE EVENTOS. 03 / 05 BNF FIRA BARCELONA Barcelona, Negócios y Franquias Abril I abril 03 / 05 BNF FIRA BARCELONA Barcelona, Negócios y Franquias 04 / 05 FUTURA Saló dels Màsters i Postgraus FIRA BARCELONA Fórum del Treball 06 / 09 BIOENERGY: CHALLENGES AND CAMPUS DE AZURÉM

Leia mais

ESPECIFICAÇÃO DE PROCESSOS DE CONTROLE AVANÇADOS PARA SISTEMAS DE TRATAMENTO DE AR. Eng. Mauricio de Barros mbarros@consultar.eng.

ESPECIFICAÇÃO DE PROCESSOS DE CONTROLE AVANÇADOS PARA SISTEMAS DE TRATAMENTO DE AR. Eng. Mauricio de Barros mbarros@consultar.eng. ESPECIFICAÇÃO DE PROCESSOS DE CONTROLE AVANÇADOS PARA SISTEMAS DE TRATAMENTO DE AR Eng. Mauricio de Barros mbarros@consultar.eng.br XV Encontro Nacional de Projetistas e Consultores da ABRAVA 23/09/2015

Leia mais

PTTMetro BRAZIL - IXP - Update

PTTMetro BRAZIL - IXP - Update PTTMetro BRAZIL - IXP - Update LACNIC XIII NAPLA 2010 Antonio Galvão de Rezende Eduardo Ascenço May / 2010 PTTMetro IXP Brazil The PTTMetro (PTT- Internet Exchange Point)

Leia mais

Painel da Construção Civil FEIPLAR-2014

Painel da Construção Civil FEIPLAR-2014 Painel da Construção Civil FEIPLAR-2014 Presença da TEXIGLASS no mundo 3 APLICAÇÕES : Plástico Reforçado Isolamentos Térmicos (altas temp. e substituição de amianto) Fibra de Vidro e Aramida (Twaron)

Leia mais

A Integração de Energias Renováveis nos Edifícios Conceito de NZEB e Smart Cities. Helder Gonçalves e Laura Aelenei 26 de Março de 2012

A Integração de Energias Renováveis nos Edifícios Conceito de NZEB e Smart Cities. Helder Gonçalves e Laura Aelenei 26 de Março de 2012 A Integração de Energias Renováveis nos Edifícios Conceito de NZEB e Smart Cities Helder Gonçalves e Laura Aelenei 26 de Março de 2012 1. Energias Renováveis no Contexto de Produção Centralizada 2. Energias

Leia mais

January/2013. FipeZap House Asking Price Index

January/2013. FipeZap House Asking Price Index January/2013 FipeZap House Asking Price Index METHODOLOGY 2 Introduction Housing is the most relevant item in household budget (32% in Brasil, according to POF/IBGE) Information on real estate prices is

Leia mais

Moçambique: Análise Conjunta FMI/Banco Mundial da Sustentabilidade da Dívida. Março de 2013

Moçambique: Análise Conjunta FMI/Banco Mundial da Sustentabilidade da Dívida. Março de 2013 Moçambique: Análise Conjunta FMI/Banco Mundial da Sustentabilidade da Dívida Março de 213 Resumo Stocks da dívida actual e pressupostos sobre a contratação de empréstimos Resultados da ASD Opções para

Leia mais