Pagadores de Dívidas. Job: 12/1274

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Pagadores de Dívidas. Job: 12/1274"

Transcrição

1 Pagadores de Dívidas Job: 12/1274

2 ritério de lassificação Adimplentes e Inadimplentes ADIMPLENTES INADIMPLENTES Mencionou que está em dia com todas as despesas descritas Mencionou que não está em dia com o pagamento do último mês de qualquer uma das despesas descritas no questionário 77% 23% 3

3 Fluxo dos Resultados Perfil da Amostra Situação Financeira Uso de rédito e Despesas Fixas Dívidas Nova Política de Juros onclusões 4

4 Perfil da Amostra Sexo lasse Perfil Total Total Adimplente Adimplente Inadimplente Inadimplente Masculino Feminino Idade Média 95% de confiança Total % de confiança Adimplente Inadimplente a 24 anos 25 a 29 anos 30 a 39 anos 40 a 49 anos 50 a 59 anos Base Amostra: Total (1008) / Adimplentes (778) / Inadimplentes (230) F1. SEXO / F2. IDADE / A. LASSE 5

5 Perfil da Amostra Perfil Região Total Adimplente Inadimplente Sudeste Sul Nordeste entro-oeste Norte Base Amostra: Total (1008) / Adimplentes (778) / Inadimplentes (230) ESOLARIDADE 6

6 Fluxo dos Resultados Perfil da Amostra Situação Financeira Uso de rédito e Despesas Fixas Dívidas Nova Política de Juros onclusões 7

7 Situação Financeira Situação financeira nos últimos 2 anos Melhorou Piorou Escala de 5 pontos: 5=Melhorou muito / 1= Piorou muito Base Amostra Total Geral (1008) Adimplentes (778) (371) (333) (74) Inadimplentes (230) (85) (120) (25)* Dados Ibope/NI (últ. 3 meses) Set/2012: Melhorou 37% Piorou 12% Piorou muito ontinuou a mesma Melhorou muito Piorou um pouco Melhorou um pouco 95% de confiança 90% de confiança * Base pequena 6) Pensando nos últimos 2 anos, você acha que a sua situação financeira:(ru) 8

8 Situação Financeira Razões da melhora na situação financeira Principais menções PROMOÇÃO NO EMPREGO Total 24% Adimplentes 26% Inadimplentes 17% MUDANÇA DE EMPREGO Total 20% Adimplentes 20% Inadimplentes 20% OMEEI A ONTROLAR GASTOS Total 15% Adimplentes 15% Inadimplentes 14% ONQUISTA DE EMPREGO Total 10% Adimplentes 8% Inadimplentes 19% A EONOMIA DO PAÍS MELHOROU Total 10% Adimplentes 9% Inadimplentes 13% TRABALHO EXTRA Total 7% Adimplentes 7% Inadimplentes 3% Base Amostra: Total (522) / Adimplentes (426) / Inadimplentes (96) 8) (APENAS PARA P6= ÓD 4 OU 5) O que você acha que fez melhorar a sua situação? (RM) (ESPONTANEO) 9

9 Situação Financeira Razões da piora na situação financeira Principais menções PERDA DE EMPREGO Total 36% Adimplentes 32% Inadimplentes 41% DESONTROLE NOS GASTOS DA ASA Total 19% Adimplentes 18% Inadimplentes 21% AUMENTO NO USTO DE VIDA/ INFLAÇÃO Total 10% Adimplentes 13% Inadimplentes 6% DESPESAS OM REFORMA, FINANIAMENTO DE ARRO E IMÓVEL Total 8% Adimplentes 3% Inadimplentes 15% Base Amostra: Total (165) / Adimplentes (97) / Inadimplentes (68) 7) (APENAS PARA P6 = ÓD. 1 ou 2) O que você acha que fez piorar sua situação? (RM) Espontâneo) 10

10 Situação Financeira Razões da melhora na situação financeira OMEEI A ONTROLAR GASTOS Total 15% Adimplentes 15% Inadimplentes 14% O que faz para controlar os gastos Principais menções Base Amostra: Total (522) / Adimplentes (426) / Inadimplentes (96) 31% Pesquisar preços antes de comprar 18% Juntar dinheiro para comprar a vista 15% Identificar quais gastos podem ser cortados/ reduzidos 13% Reduzir despesas com cartão de crédito Base Amostra: Total (78) 9) (APENAS PARA P8=ÓD9) O que você fez para conseguir controlar mais seus gastos? (RM) (ESPONTANEO) 11

11 Situação Financeira Total Geral Falta ou sobra dinheiro no final do mês Base Amostra (1008) Adimplentes (778) (371) (333) (74) Inadimplente (230) (85) (120) (25)* Normalmente Falta Normalmente Sobra Tem mês que falta e tem mês que sobra Prefiro não responder / Recusa Não sabe * Base pequena 95% de confiança 90% de confiança 10) Pensando em seu orçamento doméstico, após o pagamento das despesas básicas mensais, normalmente: falta dinheiro no fim do mês ou sobra dinheiro no final do mês? (LER ALTERNATIVAS) (RU) 12

12 Situação Financeira O que faz quando falta dinheiro ORTA OU EONOMIZA EM ALGUMAS DESPESAS Total 56% Adimplentes 61% Inadimplentes 41% PEDE AJUDA A FAMILIARES/ AMIGOS Total 14% Adimplentes 14% Inadimplentes 13% NÃO PAGA O TOTAL DA FATURA DO ARTÃO Total 5% Adimplentes 4% Inadimplentes 9% USA O ARTÃO DE RÉDITO Total 8% Adimplentes 8% Inadimplentes 6% ONTINUA A ONSUMIR E DEIXA DE PAGAR ALGUMAS ONTAS Total 4% Adimplentes 2% Inadimplentes 8% ENTRA NO HEQUE ESPEIAL Total 5% Adimplentes 3% Inadimplentes 12% Base Amostra: Total (735) / Adimplentes (535) / Inadimplentes (200) 11) (LER) Dentre estas opções que eu vou ler, qual é a que você normalmente faz quando falta dinheiro? 13 (RU)

13 Situação Financeira Gastos que não poderia atrasar de jeito nenhum Principais Menções Total geral Adimplentes Inadimlentes Base Amostra: (1008) (778) (230) % % % Luz Água ompras de Supermercado para a casa Gás (de rua ou botijão) Telefone fixo Fatura do cartão de crédito Aluguel elular (pré ou pós pago), Financiamento de automóveis Remédio Escola ou faculdade/ pós-graduação Plano de saúde/ convênio Transporte (ônibus, metro ou combustível) Banda Larga (internet), Financiamento de casa/ imóvel ondomínio Fatura do artão de loja TV por assinatura Empréstimo consignado (que é descontado diretamente do holerite ou aposentadoria) Financiamento para estudos universitários Roupas e acessórios ) De todos os tipos de gastos que falamos aqui nessa pesquisa, gastos financeiros, gastos da casa, da família, gastos pessoais, QUALOU QUAIS DELES você acredita que não poderia atrasar de jeito nenhum? Mais algum? (ESPONTÂNEO RM) 14

14 Fluxo dos Resultados Perfil da Amostra Situação Financeira Uso de rédito e Despesas Fixas Dívidas Nova Política de Juros onclusões 15

15 Uso de rédito e Despesas Fixas Produtos/ serviços financeiros que está utilizando atualmente Total Geral Adimplente Inadimplente artão de crédito artão de lojas ou supermercados arnê de loja, isto é, você tem atualmente algum parcelamento com carnê de loja Financiamento de automóvel lasse AB heque especial / Limite de conta corrente lasse AB Empréstimo pessoal em banco lasse AB rédito consignado heque Pré-datado, tem algum parcelamento atual feito com cheque pré-datado rédito Pré-aprovado em banco Empréstimo de familiares/colegas Financiamento de imóvel Financiamento para estudos universitários Empréstimo pessoal em financeira Empréstimo fora do mercado de crédito legítimo/ agiotas Nenhuma Base Amostra: (1008) (778) (230) 12) Vou ler uma lista de produtos, serviços financeiros e outras alternativas que podem ser necessárias para manter a vida financeira, e gostaria de saber quais deles você está utilizando atualmente? (LER LISTA) Alguma outra alternativa que eu não tenha mencionado? (RM) 16

16 Uso de rédito e Despesas Fixas artão de rédito omportamento com artão de rédito Total Adimplente Inadimplente (1008) (778) (230) Base: Utilizam cartão de crédito/loja/super. Média de cartões crédito + loja/supermercado (614) (482) (132) 2,4 2,4 2,5 Paga fatura integral? Sim 42% Não 58% Sim 45% Não 55% Sim 33% Não 67% Valor próximo a total 49% 48% 54% Valor mínimo 16% 12% 28% Parcela a fatura 13% 12% 18% Base: Utilizam cartão de crédito Está pagando parcelas do cartão de crédito Base: Utilizam cartão de loja/ superm. Está pagando parcelas do cartão de loja/ sup. (544) (426) (118) 71% 70% 75% (287) (226) (61) 55% 55% 56% 17

17 Uso de rédito e Despesas Fixas artão de rédito Sabe qual a taxa de juros cobrada ao mês (entre aqueles que não pagam o valor integral) Sobre o saldo não pago da fatura (para quem não pagou integral última fatura) Souberam dizer qual a taxa de juros 25% 25% 25% Em média, qual a taxa de juros? 11, Total Geral Adimplente Inadimplente (334) (250) (84) Sobre o parcelamento da fatura (para quem parcelou última fatura) Souberam dizer qual a taxa de juros Em média, qual a taxa de juros? 36% 39% 29% 10,7 10,8 10,5 Total Geral Adimplente Inadimplente (81) (57) (24*) 95% de confiança 90% de confiança * Base pequena 22) (SOMENTE SE RESPONDEU ÓD.1 SIM EM P17 OU P18) Você sabe qual é a taxa de juros cobrada ao mês sobre o saldo não pago da fatura do cartão de crédito? Se sim, qual é a taxa de juros? (RU) ESPONTANEO 23) (SOMENTE SE RESPONDEU ÓD.1 SIM EM P19) Você sabe qual é a taxa de juros cobrada ao mês sobre o parcelamento da fatura do cartão de crédito? Se sim, qual é a taxa de juros? (RU) ESPONTANEO18

18 Uso de rédito e Despesas Fixas heque Especial Uso do heque Especial Souberam dizer qual a taxa de juros Em média, qual é a taxa? Total Geral % 8,5% (160) Adimplente Adimplentes (102) % 9,3% Inadimplentes (58) % 7,5% Raramente, apenas em emergências Às vezes, quando preciso complementar minha renda Sempre ou quase sempre 95% de confiança 90% de confiança * Base pequena 28) Quando você utiliza o cheque especial/ limite de conta corrente? (LEIA) (RU) 27) Você mencionou que utiliza o cheque especial/ limite da sua conta corrente. Você sabe qual é a taxa de juros cobrada no heque especial? Se sim, qual é a taxa de juros? (RU) ESPONTANEO 19

19 Uso de rédito e Despesas Fixas Empréstimos e Financiamentos O que leva em conta para decidir onde pedir o empréstimo Total de menções Total geral Adimplentes Inadimplentes Base Respondente: (168) (106) (62) % % % Taxa de juros Rapidez na liberação do crédito Prazo (número de parcelas) Valor de cada parcela Instituição estável / sólida Instituição onde tenho conta há mais tempo Bom atendimento Instituição onde recebo salário/ pensão/ aposentadoria Relacionamento com o gerente Instituição onde tenho maior limite de crédito Instituição com a qual me identifico Indicação de amigo/ familiar sobre os empréstimos neste banco % de confiança 90% de confiança * Base pequena APLIAR P33 SOMENTE SE MENIONOU ÓD. 5 OU 6 NA P12 33) Você comentou que possui empréstimo pessoal. O que você leva em conta na hora de decidir onde pedir o empréstimo em 1º lugar? E em 2º lugar? (ESPONTANEO) (RU) 20

20 Uso de rédito e Despesas Fixas Emprestou o nome para empréstimo/ financiamento para terceiros Empréstimos e Financiamentos Empréstimo Financiamento Base Amostra Base Amostra Total Geral (1008) Total Geral 9 91 (1008) Adimplentes (778) Adimplentes 7 93 (778) (371) 8 92 (371) 8 93 (333) 3 97 (333) (74) 1 99 (74) Inadimplente (230) Inadimplente (230) (85) (85) (120) (120) 4 96 (25)* 4 96 (25)* Sim Não Recusa Sim Não Recusa * Base pequena 95% de confiança 90% de confiança 35) Você já pediu empréstimo em seu nome para terceiros? (RU) ESPONTANEO 36) Você já pediu financiamento em seu nome para terceiros? (RU) ESPONTANEO 21

21 Fluxo dos Resultados Perfil da Amostra Situação Financeira Uso de rédito e Despesas Fixas Dívidas Nova Política de Juros onclusões 22

22 Dívidas Sabe o valor total das parcelas que você tem que pagar todo mês independente de estar em dia ou não? onhecimento valor das parcelas mensais e do total de contas pendentes Base Amostra Total Geral (1008) Adimplentes (778) (371) (333) (74) Sabe o valor total das suas contas ou parcelas pendentes? Base Respondente Inadimplentes (230) Inadimplente (230) (85) (85) (120) (120) Sim, sei o valor exato Sim, sei aproximadamente Não sei qual é o valor total das parcelas por mês (25)* Sim, sei o valor exato Sim, tenho uma idéia do valor Não tenho noção do valor (25)* 95% de confiança 90% de confiança 37) onsiderando todos os seus pagamentos parcelados que você tem atualmente (financiamentos, consórcios, * Base pequena parcelamento em cheque ou cartão de crédito), independentemente de estar em dia ou não com os pagamentos, você sabe o valor total das parcelas que você tem que pagar todo mês? (RU) APLIAR P38 A P51 APENAS PARA QUEM MENIONOU ÓD.2 NÃO PARA QUAISQUER ITENS EM P13 OU P16 / 38) Você sabe o valor total das suas contas ou parcelas pendentes de pagamento/dívidas? 23 (RU)

23 Dívidas Tem em mente quanto da renda mensal está comprometida com o pagamento de dívidas? Total Geral Adimplente Inadimplente (1008) (778) (371) (333) (70) (230) (85) (120) (25)* Sim Não Em média, qual o % da renda é comprometida? 47% 47% 47% 46% 56% 46% 48% 44% 45% Total Geral Adimplente Inadimplente (545) (421) (231) (168) (22)* (124) (50) (62) (12)* * Base pequena 52) onsiderando sua renda em um mês normal, você tem em mente quanto mais ou menos seria o nível máximo para você comprometer com pagamentos de dívidas/financiamentos/ prestações? SE SIM: em torno de quantos por cento da sua renda mensal? 24

24 Dívidas Já atrasou alguma conta/parcela no passado, mas atualmente já regularizou a situação? Total Total Geral Geral Base Amostra (1008) Adimplentes (778) (371) (333) (74) Inadimplentes (230) (85) (120) (25)* Sim Não 95% de confiança 90% de confiança * Base pequena 53) No passado você já atrasou alguma conta ou parcela de qualquer tipo de pagamento, mas atualmente já está com essa situação regularizada? (RU) ESPONTANEO 25

25 Dívidas O que fez para resolver pagamentos pendentes Total geral Adimplentes Inadimplentes Base Respondente: (606) (445) (161) % % % Negociei a dívida Juntei dinheiro para efetuar pagamento/ Economizou para fazer pagamentos omplementei minha renda com outros trabalhos Peguei dinheiro emprestado com parentes Peguei dinheiro emprestado num banco Esperei um pouco para que a instituição propusesse um valor menor Peguei dinheiro emprestado com amigos Vendi alguns bens para conseguir dinheiro Nada Estou pagando as contas aos poucos Peguei dinheiro emprestado numa financeira * Base pequena 95% de confiança 90% de confiança 54) O que você fez para resolver o(s) pagamento(s) pendente(s)? (RM) ESPONTANEO 26

26 Dívidas Negociação da dívida/ empréstimo/ financiamento Já negociou alguma dívida, empréstimo ou financiamento? Procurou ou foi procurado pela Instituição para a negociação? Base Amostra Base Respondente Total Geral (1008) Total Geral (438) Adimplentes (778) Adimplentes (308) (371) (160) (333) (125) (74) (23)* Inadimplente (230) Inadimplente (130) (85) (56) (120) (64) (25)* Sim Não Não sabe/ não lembra 95% de confiança 90% de confiança Procurei a instituição Fui procurado pela instituição Não sabe/ não lembra * Base pequena 58) Você já negociou alguma dívida, empréstimo ou financiamento? (RU) 59) Primeiramente, foi você quem procurou a instituição para esta negociação ou foi a instituição que lhe 27 procurou?

27 Dívidas Opção escolhida na negociação Base Respondente Total Geral (438) Adimplentes (308) (160) (125) (23)* Inadimplentes (130) (56) (64) Parcelamento do saldo devedor/ Refinanciamento Desconto para viabilizar o pagamento (Isenção de multa, juros encargos de cobrança) ondições de quitar o saldo devedor de uma só vez (campanhas especiais) A data exigida para o primeiro pagamento adequada às suas necessidades * Base pequena 64) (PROGRAMADOR TRAZER RESPOSTAS DE P64) Entre essas opções que foram oferecidas, qual delas você escolheu? (RU) 28

28 Dívidas Já teve contato com empresas de cobrança Base Amostra Total Total Geral Geral (1008) Adimplentes (778) (371) (333) (74) Inadimplentes (230) (85) (120) (25)* Sim Não 65) Você já teve contato com empresas de cobrança? (RU) 95% de confiança 90% de confiança * Base pequena 29

29 Dívidas Avaliação de aspectos das empresas de cobrança Escala de 10 pontos: 10=Excelente / 1= Muito ruim Total geral Adimplentes Inadimplentes Base Respondente: (357) (237) (120) % % % TOP 2 BOXES (notas ) A simpatia no geral destas empresas A disposição em negociar a dívida A cordialidade do funcionário / atendente A preocupação demonstrada por essas empresas pela situação em que as pessoas com dívidas se encontram A disposição em ajudar a resolver o problema MÉDIAS A simpatia no geral destas empresas 5,9 5,9 5,8 A disposição em negociar a dívida 6,0 6,1 5,9 A cordialidade do funcionário / atendente 5,9 6 5,7 A preocupação demonstrada por essas empresas pela situação em que as pessoas com dívidas se encontram 5,1 5 5,1 A disposição em ajudar a resolver o problema 5,6 5,6 5,5 66) (APENAS PARA P65=1) Gostaria de saber sua opinião sobre essas empresas. Por favor, dê uma nota de 0 a 10, sendo 0 muito ruim, e 10 excelente. onsiderando o contato que você já teve com empresas de cobrança, como você avalia: * Base pequena 30

30 Dívidas Avisos sobre pagamentos em aberto Recebeu algum aviso sobre pagamento em aberto? Base Respondente Inadimplente (230) (85) (120) (25)* Sim Não Não me lembro 95% de confiança 90% de confiança 40) Você chegou a receber algum aviso sobre algum pagamento em aberto? (RU) 41) De qual empresa você recebeu esse aviso? (RM) (ESPONTANEO) 31

31 Dívidas Informações sobre pendências Buscou informações sobre pendências? Base Respondente Inadimplente (230) (85) (120) (25)* Sim Não 95% de confiança 90% de confiança * Base pequena 44) Você buscou informações sobre essa(s) pendência(s)? (RU) 45) (SOMENTE SE ÓD. 1 NA P44.) Onde você buscou informações sobre essa(s) pendência(s)? (ESPONTÂNEO - RM) 32

32 Dívidas O que pretende fazer para resolver pagamentos pendentes (Principais Menções) Inadimplentes Base Respondente: (230) (85) (120) (25)* % % % % Vou negociar a dívida Ainda não sei como vou resolver esse problema Vou pagar quando receber pagamento Vou complementar minha renda com outros trabalhos Economizar dinheiro para pagar Não farei nada para resolver o pagamento pendente omeçar a trabalhar/ onseguir emprego Vou pegar dinheiro emprestado com parentes Vou pegar dinheiro emprestado numa financeira Vou esperar a dívida caducar / vencer / desaparecer Vou pegar dinheiro emprestado com amigos Vou esperar um pouco para que eles proponham um valor menor % de confiança 90% de confiança * Base pequena 46) O que você pretende fazer para resolver o(s) pagamento(s) pendente(s)? (RM) ESPONTANEO 33

33 Dívidas onta que pagaria em 1º lugar entre as que deixou de pagar no último mês (Principais Menções) Inadimplente Luz heque Especial / Limite de conta corrente Telefone fixo arnê de loja Agua ompras de Supermercado para a casa elular (pré ou pos-pago) Empréstimo pessoal em banco Base Respondente: Inadimplentes (230) / (85) / (120) / (25)* * Base pequena 50) Entre as contas e parcelas que você deixou de pagar no último mês (LER ITENS QUE TIVERAM RESPOSTA NÃO NA P13 E P16), qual você pagaria em 1º lugar? (RU) 34

34 Fluxo dos Resultados Perfil da Amostra Situação Financeira Uso de rédito e Despesas Fixas Dívidas Nova Política de Juros onclusões 35

35 Nova Política de Juros Opinião sobre as novas políticas de redução de juros Base Respondente Total Geral Total (71) Adimplente (44) Inadimplente (27) As condições eram mais difíceis do que eu esperava As condições estavam de acordo com o que eu esperava As condições eram melhores do que eu esperava 71) Qual das seguintes frases melhor descrevem a sua opinião sobre as condições das novas políticas de redução de juros após tomar conhecimento delas? (RU) 36

36 Nova Política de Juros A conversa com o banco levou a fazer empréstimo/ financiamento Base Respondente Total Geral Total (71) Adimplente (44) Inadimplente (27) Sim Não 72) E esta conversa com o banco levou você a fazer um empréstimo/ financiamento sob estas novas políticas de juros? (RU) 37

Como o consumidor brasileiro paga as contas (consumidores) Outubro 2012

Como o consumidor brasileiro paga as contas (consumidores) Outubro 2012 Como o consumidor brasileiro paga as contas (consumidores) Outubro 2012 METODOLOGIA Plano amostral Público alvo: Consumidores de todas as Capitais do Brasil. Tamanho amostral da Pesquisa Perfil Adimplente

Leia mais

Uso do Crédito (consumidores) Setembro 2012

Uso do Crédito (consumidores) Setembro 2012 Uso do Crédito (consumidores) Setembro 2012 METODOLOGIA Plano amostral Público alvo: Consumidores de todas as Capitais do Brasil. Tamanho amostral da Pesquisa: 623 casos, gerando um erro máximo de 3,9%

Leia mais

Guia do uso consciente do crédito. O crédito está aí para melhorar sua vida, é só se planejar que ele não vai faltar.

Guia do uso consciente do crédito. O crédito está aí para melhorar sua vida, é só se planejar que ele não vai faltar. Guia do uso consciente do crédito O crédito está aí para melhorar sua vida, é só se planejar que ele não vai faltar. Afinal, o que é crédito? O crédito é o meio que permite a compra de mercadorias, serviços

Leia mais

M = C. (1 + (i. T)) Juros compostos:- Como calcular juros compostos: montante, capital inicial, fórmula, taxa, tempo, etc.

M = C. (1 + (i. T)) Juros compostos:- Como calcular juros compostos: montante, capital inicial, fórmula, taxa, tempo, etc. Material de Estudo para Recuperação 9 ano. Juros Simples O regime de juros será simples quando o percentual de juros incidirem apenas sobre o valor principal. Sobre os juros gerados a cada período não

Leia mais

O Financiamento dos Pequenos Negócios no Brasil em 2014

O Financiamento dos Pequenos Negócios no Brasil em 2014 O Financiamento dos Pequenos Negócios no Brasil em 2014 Novembro 2014 1 Introdução Objetivos: - Avaliar as principais características do universo dos Pequenos Negócios no Brasil, quanto à questão do seu

Leia mais

capítulo 8 Fontes de renda e percepções da aposentadoria

capítulo 8 Fontes de renda e percepções da aposentadoria capítulo Fontes de renda e percepções da aposentadoria _ NO BRASIL > vivências, desafios e expectativas na ª idade. Fontes de renda (Espontânea e múltipla, em %] POR SEXO Base: Amostras A+B A posentadoria

Leia mais

Guia do uso consciente do crédito. Dicas e informações para você usar o crédito sem perder o sono.

Guia do uso consciente do crédito. Dicas e informações para você usar o crédito sem perder o sono. Guia do uso consciente do crédito Dicas e informações para você usar o crédito sem perder o sono. Afinal, o que é crédito? O crédito é o meio que permite a compra de mercadorias, serviços ou obtenção e

Leia mais

Pesquisa de Orçamento Doméstico

Pesquisa de Orçamento Doméstico Fonte: Sistema Fecomércio MG EE A Pesquisa de Orçamento Doméstico de Belo Horizonte é um balizador do comportamento das famílias, relativo aos seus compromissos correntes e financeiros. A falta de planejamento,

Leia mais

Educação Financeira PASSATEMPOS. O Paraná Banco traz o assunto de forma divertida para você BOM PRA CABEÇA. Diretox Dominox caça-palavra

Educação Financeira PASSATEMPOS. O Paraná Banco traz o assunto de forma divertida para você BOM PRA CABEÇA. Diretox Dominox caça-palavra Educação Financeira O Paraná Banco traz o assunto de forma divertida para você BOM PRA CABEÇA PASSATEMPOS Diretox Dominox caça-palavra 2 O Paraná Banco propõe um desafio consciente a você! O Paraná Banco,

Leia mais

O FINANCIAMENTO DOS PEQUENOS NEGÓCIOS NO BRASIL

O FINANCIAMENTO DOS PEQUENOS NEGÓCIOS NO BRASIL O FINANCIAMENTO DOS PEQUENOS NEGÓCIOS NO BRASIL Abril/2014 2014 Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas Sebrae Todos os direitos reservados A reprodução não autorizada desta publicação,

Leia mais

Mensagem do Administrador

Mensagem do Administrador Educação Financeira Índice 1. Mensagem do administrador... 01 2. O Cartão de crédito... 02 3. Conhecendo sua fatura... 03 4. Até quanto gastar com seu cartão... 07 5. Educação financeira... 08 6. Dicas

Leia mais

Atividade extra. Exercício 1. Exercício 2. Exercício 3. Matemática e suas Tecnologias Matemática

Atividade extra. Exercício 1. Exercício 2. Exercício 3. Matemática e suas Tecnologias Matemática Atividade extra Exercício 1 Um microondas custa R$ 300,00 e possui um desconto de 15% no pagamento à vista. Qual o valor do microondas à vista? (a) R$ 285,00 (b) R$ 255,00 (c) R$ 270,00 (d) R$ 215,00 Exercício

Leia mais

ANEFAC Associação Nacional dos Executivos de Finanças Administração e Contabilidade

ANEFAC Associação Nacional dos Executivos de Finanças Administração e Contabilidade PESQUISA DE UTILIZAÇÃO DO 13º SALÁRIO A Associação Nacional dos Executivos de Finanças Administração (ANEFAC) realizou durante o mês de outubro de a 15ª edição da Pesquisa de Utilização do 13º salário.

Leia mais

Análise de Endividamento do Consumidor

Análise de Endividamento do Consumidor Belo Horizonte - 2015 A Análise Mensal do Endividamento do Consumidor traça o quadro de endividamento e inadimplência dos consumidores da capital. Essas informações são importantes porque englobam dados

Leia mais

Projeto: O Crédito & o Endividamento do Consumidor de Baixa Renda. (Oportunidades & Riscos)

Projeto: O Crédito & o Endividamento do Consumidor de Baixa Renda. (Oportunidades & Riscos) Projeto: O Crédito & o Endividamento do Consumidor de Baixa Renda (Oportunidades & Riscos) 1 Histórico A TNS Interscience desenvolve regularmente Estudos Institucionais cujo objetivo é o de identificar

Leia mais

INFORMAÇÕES BÁSICAS SOBRE CRÉDITO. Programa de Remessas e Capacitação para Emigrantes Brasileiros e seus Beneficiários no Brasil

INFORMAÇÕES BÁSICAS SOBRE CRÉDITO. Programa de Remessas e Capacitação para Emigrantes Brasileiros e seus Beneficiários no Brasil INFORMAÇÕES BÁSICAS SOBRE CRÉDITO Programa de Remessas e Capacitação para Emigrantes Brasileiros e seus Beneficiários no Brasil Programa de Remessas e Capacitação para Emigrantes Brasileiros e seus Beneficiários

Leia mais

O melhor crédito para você

O melhor crédito para você 1016324-4 - abr/2012 Quer saber mais sobre como usar melhor o seu dinheiro? No site www.itau.com.br/usoconsciente, você encontra vídeos, testes e informações para uma gestão financeira eficiente. Acesse

Leia mais

COMO LIDAMOS COM O NOSSO DINHEIRO? FINANÇAS PESSOAIS COMO LIDAMOS COM O DIHEIRO DOS OUTROS?

COMO LIDAMOS COM O NOSSO DINHEIRO? FINANÇAS PESSOAIS COMO LIDAMOS COM O DIHEIRO DOS OUTROS? 1 COMO LIDAMOS COM O NOSSO DINHEIRO? FINANÇAS PESSOAIS COMO LIDAMOS COM O DIHEIRO DOS OUTROS? 2 ALGUNS CONCEITOS 3 CONCEITOS ECONÔMICO PATRIMÔNIO FINANCEIRO RECEITAS/DESPESAS DE PATRIMÔNIO CAPITAL FÍSICO

Leia mais

A Baixa Renda & O Crédito. (Oportunidades & Riscos)

A Baixa Renda & O Crédito. (Oportunidades & Riscos) A Baixa Renda & O Crédito (Oportunidades & Riscos) Mar / 2006 Histórico A TNS Interscience desenvolve regularmente Estudos Institucionais cujo objetivo é o de identificar tendências que estimulem o pensamento

Leia mais

Orçamento Use o Dinheiro com Sabedoria

Orçamento Use o Dinheiro com Sabedoria Orçamento Use o Dinheiro com Sabedoria Use o Dinheiro com Sabedoria Serasa Experian e Educação Financeira O Programa Serasa Experian de Educação Financeira Sonhos Reais é uma iniciativa que alia o conhecimento

Leia mais

BANRIDICAS FINANCEIRAS. A sua cartilha sobre Educação Financeira

BANRIDICAS FINANCEIRAS. A sua cartilha sobre Educação Financeira BANRIDICAS FINANCEIRAS A sua cartilha sobre Educação Financeira Planejando seu orçamento Traçar planos e colocar tudo na ponta do lápis - não é tarefa fácil, mas também não é impossível. O planejamento

Leia mais

Conceitos e princípios básicos de Matemática Financeira aplicada à vida cotidiana do cidadão

Conceitos e princípios básicos de Matemática Financeira aplicada à vida cotidiana do cidadão Conceitos e princípios básicos de Matemática Financeira aplicada à vida cotidiana do cidadão Aula 6 Técnico em Saúde Bucal Matéria: Administração de Serviços em Saúde Bucal Dr. Flavio Pavanelli CROSP 71347

Leia mais

CARTILHA EDUCAÇÃO FINANCEIRA

CARTILHA EDUCAÇÃO FINANCEIRA CARTILHA EDUCAÇÃO FINANCEIRA ÍNDICE PLANEJANDO SEU ORÇAMENTO Página 2 CRÉDITO Página 12 CRÉDITO RESPONSÁVEL Página 16 A EDUCAÇÃO FINANCEIRA E SEUS FILHOS Página 18 PLANEJANDO SEU ORÇAMENTO O planejamento

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DA BAHIA DEPARTAMENTO DE MATEMÁTICA MATEMÁTICA FINANCEIRA MAT 191 PROFESSORES: ENALDO VERGASTA, GLÓRIA MÁRCIA, JODÁLIA ARLEGO

UNIVERSIDADE FEDERAL DA BAHIA DEPARTAMENTO DE MATEMÁTICA MATEMÁTICA FINANCEIRA MAT 191 PROFESSORES: ENALDO VERGASTA, GLÓRIA MÁRCIA, JODÁLIA ARLEGO UNIVERSIDADE FEDERAL DA BAHIA DEPARTAMENTO DE MATEMÁTICA MATEMÁTICA FINANCEIRA MAT 191 PROFESSORES: ENALDO VERGASTA, GLÓRIA MÁRCIA, JODÁLIA ARLEGO LISTA 2 1) Um título, com valor de face igual a $1.000,00,

Leia mais

1 USE SUA RAZÃO E DEIXE AS EMOÇÕES POR ÚLTIMO

1 USE SUA RAZÃO E DEIXE AS EMOÇÕES POR ÚLTIMO BEM VINDO AO GUIA DE 10 PASSOS DE COMO MELHORAR MUITO A SUA VIDA FINANCEIRA! APROVEITE! 1 USE SUA RAZÃO E DEIXE AS EMOÇÕES POR ÚLTIMO Quando se trata do nosso dinheiro, a emoção sempre tende a ser um problema.

Leia mais

Guia do Crédito Certo. Para entender e usar corretamente.

Guia do Crédito Certo. Para entender e usar corretamente. Guia do Crédito Certo Para entender e usar corretamente. Índice 1 2 3 4 5 6 7 8 9 Conhecendo o crédito. 1 \ O que fazer para ter uma vida financeira saudável? 2 Para que serve o crédito? 5 O Crédito Certo

Leia mais

Pesquisa Hábitos do Consumidor da Classe C. 2014 Copyright Boa Vista Serviços 1

Pesquisa Hábitos do Consumidor da Classe C. 2014 Copyright Boa Vista Serviços 1 Pesquisa Hábitos do Consumidor da Classe C 2014 Copyright Boa Vista Serviços 1 Índice Objetivo, metodologia e amostra... 03 Perfil dos Respondentes... 04 Principais constatações sobre os hábitos de consumo

Leia mais

1) Você tem conta bancária?

1) Você tem conta bancária? 1) Você tem conta bancária? Sim 33 37 Não 67 63 2) Você sabe quanto paga de tarifas bancárias? Sim 36 33 Não 64 67 3) O custo das tarifas bancárias influi (ou influiria) na sua escolha de qual banco tornar-se

Leia mais

ANEFAC IMA Institute of Management Accountants 1

ANEFAC IMA Institute of Management Accountants 1 ANEFAC IMA Institute of Management Accountants 1 PESQUISA DE JUROS As taxas de juros das operações de crédito voltaram a ser elevadas em janeiro/2015. Estas elevações podem ser atribuídas aos seguintes

Leia mais

Pesquisa de Opinião do Consumidor Orçamento Doméstico. Abril 2013

Pesquisa de Opinião do Consumidor Orçamento Doméstico. Abril 2013 Pesquisa de Opinião do Consumidor Abril Belo Horizonte MG Abril de Apresentação Acompanhar o consumidor através da organização de seu orçamento doméstico é uma ferramenta valiosa para auxiliar a tomada

Leia mais

Módulo 2 Pr T odít ut U os L e O S erx viços Financeiros

Módulo 2 Pr T odít ut U os L e O S erx viços Financeiros Módulo 2 Produtos TÍTULO e Serviços X Financeiros CRÉDITO PESSOAL Olá! Neste módulo, vamos aprofundar nossos conhecimentos sobre os produtos e serviços financeiros que podemos oferecer aos nossos clientes.

Leia mais

PESQUISA DE JUROS. As taxas de juros das operações de crédito voltaram a ser elevadas em dezembro/2013 sendo esta a sétima elevação do ano.

PESQUISA DE JUROS. As taxas de juros das operações de crédito voltaram a ser elevadas em dezembro/2013 sendo esta a sétima elevação do ano. PESQUISA DE JUROS As taxas de juros das operações de crédito voltaram a ser elevadas em dezembro/2013 sendo esta a sétima elevação do ano. Esta elevação é reflexo da elevação da Taxa Básica de Juros (Selic)

Leia mais

Mundo das Especialidades Orçamento Familiar - Habilidades Domésticas - 06

Mundo das Especialidades Orçamento Familiar - Habilidades Domésticas - 06 Mundo das Especialidades Orçamento Familiar - Habilidades Domésticas - 06 Texto: Khelven Klay e Diagramação: Ranmaildo Revorêdo, Quem sabe você ainda não esteja muito habituado a ouvir palavras ligadas

Leia mais

Veja dicas para se livrar das dívidas e usar bem o crédito

Veja dicas para se livrar das dívidas e usar bem o crédito Veja dicas para se livrar das dívidas e usar bem o crédito Especialistas dão dicas para sair do vermelho. É fundamental planejar gastos e usar bem o crédito. Por Anay Cury e Gabriela Gasparin Do G1, em

Leia mais

I CONTROLE DA PESQUISA E IDENTIFICAÇÃO DO QUESTIONÁRIO. NIS: ou CPF: - do Responsável. Bairro. DDD: Fone: / RECADO - DDD: Fone:

I CONTROLE DA PESQUISA E IDENTIFICAÇÃO DO QUESTIONÁRIO. NIS: ou CPF: - do Responsável. Bairro. DDD: Fone: / RECADO - DDD: Fone: PROJETO MDS EDUCAÇÃO E INCLUSÃO FINANCEIRA PESQUISA SOBRE CONHECIMENTOS, ATITUDES E PRÁTICAS FINANCEIRAS DAS FAMÍLIAS INSCRITAS NO CADASTRO ÚNICO PARA PROGRAMAS SOCIAIS QUESTIONÁRIO - CÔNJUGE APRESENTAÇÃO:

Leia mais

ANEFAC IMA Institute of Management Accountants 1

ANEFAC IMA Institute of Management Accountants 1 ANEFAC IMA Institute of Management Accountants 1 PESQUISA DE JUROS As taxas de juros das operações de crédito ficaram praticamente estáveis em janeiro/2013 frente a dezembro/2012. Pessoa Física Das seis

Leia mais

Recupere a saúde financeira e. garanta um futuro tranquilo Reitoria da UNESP, 13/05/2015

Recupere a saúde financeira e. garanta um futuro tranquilo Reitoria da UNESP, 13/05/2015 Recupere a saúde financeira e garanta um futuro tranquilo Reitoria da UNESP, 13/05/2015 Objetivo geral Disseminar conhecimento financeiro e previdenciário dentro e fora da SP-PREVCOM buscando contribuir

Leia mais

PESQUISA DE JUROS. As taxas de juros das operações de crédito apresentaram em agosto/2014 comportamentos distintos.

PESQUISA DE JUROS. As taxas de juros das operações de crédito apresentaram em agosto/2014 comportamentos distintos. PESQUISA DE JUROS As taxas de juros das operações de crédito apresentaram em agosto/2014 comportamentos distintos. Na pessoa física as taxas de juros tiveram uma pequena elevação sendo esta a décima quinta

Leia mais

Educação Financeira. Crédito Consignado. Módulo 3: Gerenciamento de dívidas

Educação Financeira. Crédito Consignado. Módulo 3: Gerenciamento de dívidas Educação Financeira Crédito Consignado Módulo 3: Gerenciamento de dívidas Objetivo Auxiliar no gerenciamento de dívidas e de como quitá-las, conscientizando as pessoas da importância em diminui-las e de

Leia mais

Hábitos de Consumo e Compras Fim de ano e Natal 2015. Perspectivas da economia / Comprometimento de renda. Novembro/2015. Copyright Boa Vista SCPC 1

Hábitos de Consumo e Compras Fim de ano e Natal 2015. Perspectivas da economia / Comprometimento de renda. Novembro/2015. Copyright Boa Vista SCPC 1 Hábitos de Consumo e Compras Fim de ano e Natal 2015 Perspectivas da economia / Comprometimento de renda Novembro/2015 Copyright Boa Vista SCPC 1 Objetivo, metodologia e amostra o Objetivo: Pesquisa para

Leia mais

EXERCÍCIOS IV SÉRIES DE PAGAMENTOS IGUAIS E CONSECUTIVOS 1. Calcular o montante, no final de 2 anos, correspondente à aplicação de 24 parcelas iguais

EXERCÍCIOS IV SÉRIES DE PAGAMENTOS IGUAIS E CONSECUTIVOS 1. Calcular o montante, no final de 2 anos, correspondente à aplicação de 24 parcelas iguais IGUAIS E CONSECUTIVOS 1. Calcular o montante, no final de 2 anos, correspondente à aplicação de 24 parcelas iguais e mensais de $ 1.000,00 cada uma, dentro do conceito de termos vencidos, sabendo-se que

Leia mais

PESQUISA DE JUROS. Estas reduções podem ser atribuídas aos fatores abaixo:

PESQUISA DE JUROS. Estas reduções podem ser atribuídas aos fatores abaixo: PESQUISA DE JUROS Após longo período de elevação das taxas de juros das operações de crédito, as mesmas voltaram a ser reduzidas em setembro/2014 interrompendo quinze elevações seguidas dos juros na pessoa

Leia mais

ANEFAC IMA Institute of Management Accountants 1

ANEFAC IMA Institute of Management Accountants 1 ANEFAC IMA Institute of Management Accountants 1 PESQUISA DE JUROS As taxas de juros das operações de crédito voltaram a ser elevadas em fevereiro/2015. Estas elevações podem ser atribuídas aos seguintes

Leia mais

Seu maior bem é o seu nome. Cuide dele.

Seu maior bem é o seu nome. Cuide dele. Seu maior bem é o seu nome. Cuide dele. Saiba como limpar o nome. E mantê-lo limpo. Todos sabemos como é precioso o nosso nome e que dificuldades aparecem para todo mundo. Em muitos momentos da vida nos

Leia mais

IMA Institute of Management Accountants PESQUISA DE JUROS

IMA Institute of Management Accountants PESQUISA DE JUROS PESQUISA DE JUROS As taxas de juros das operações de crédito voltaram a ser elevadas em outubro/2013, sendo esta a sexta elevação no ano. Esta elevação pode ser atribuída à última elevação da Taxa de Juros

Leia mais

www.anefac.com.br Rua 7 de abril. 125 - conj. 405 - CEP 01043-000 República - São Paulo-SP - Telefone: 11 2808-320 PESQUISA DE JUROS

www.anefac.com.br Rua 7 de abril. 125 - conj. 405 - CEP 01043-000 República - São Paulo-SP - Telefone: 11 2808-320 PESQUISA DE JUROS PESQUISA DE JUROS As taxas de juros das operações de crédito voltaram a ser elevadas em maio/2014, sendo esta a décima segunda elevação seguida, quinta elevação no ano. Estas elevações podem ser atribuídas

Leia mais

MERCADO DE MEIOS ELETRÔNICOS DE PAGAMENTO POPULAÇÃO E COMÉRCIO - ANO V. Indicador de atividade da micro e pequena indústria de São Paulo.

MERCADO DE MEIOS ELETRÔNICOS DE PAGAMENTO POPULAÇÃO E COMÉRCIO - ANO V. Indicador de atividade da micro e pequena indústria de São Paulo. 1 MERCADO DE MEIOS ELETRÔNICOS DE PAGAMENTO POPULAÇÃO E COMÉRCIO - ANO V Indicador de atividade da micro e pequena indústria de São Paulo Maio/ 2014 Metodologia 2 Metodologia 3 Técnica Pesquisa quantitativa,

Leia mais

Orientação Financeira

Orientação Financeira Orientação Financeira AGENDA Objetivo Finanças do brasileiro Planejamento Financeiro Consumo Consciente O que os bancos oferecem Leituras e Sites Sugeridos 3 4 10 20 24 36 3 OBJETIVO Orientar e Estimular

Leia mais

Manual de. Educação Financeira. Dicas para planejar e poupar seu dinheiro. Cecreb MANUAL DE EDUCAÇÃO FINANCEIRA

Manual de. Educação Financeira. Dicas para planejar e poupar seu dinheiro. Cecreb MANUAL DE EDUCAÇÃO FINANCEIRA Manual de Educação Financeira MANUAL DE EDUCAÇÃO FINANCEIRA Dicas para planejar e poupar seu dinheiro 1 A filosofia da Manual de Educação Financeira 2 Um dos princípios básicos das Cooperativas de Crédito

Leia mais

P185. O(A) sr.(a) tem ou já teve cota em banco? Base: Total da Amostra C

P185. O(A) sr.(a) tem ou já teve cota em banco? Base: Total da Amostra C DISCRIMINAÇÃO RACIAL E PRECONCEITO DE COR NO BRASIL CONTA BANCÁRIA: (Espontânea e única, em %) 35% 44% 21% 51 Tem Não tem, mas já teve Nunca teve 39 40 41 36 34 43 21 28 20 24 23 Branca Parda Preta Indígena

Leia mais

Crédito Consignado II. Job 511/05 Agosto de 2005 1

Crédito Consignado II. Job 511/05 Agosto de 2005 1 Crédito Consignado II Job 511/05 Agosto de 2005 1 Background O empréstimo consignado ao INSS é uma modalidade de crédito que vem ganhando espaço no mercado, desde que foi aprovada pelo Governo Federal.

Leia mais

Educação Financeira. Crédito Consignado. Módulo 2: Como Poupar

Educação Financeira. Crédito Consignado. Módulo 2: Como Poupar Educação Financeira Crédito Consignado Módulo 2: Como Poupar Objetivo Dar dicas importantes para que nossos clientes consigam ter uma poupança e vivam com mais segurança e tranquilidade O conteúdo deste

Leia mais

FACULDADES ALVES FARIA - ALFA

FACULDADES ALVES FARIA - ALFA FACULDADES ALVES FARIA - ALFA CENTRO DE PESQUISAS ECONÔMICAS E MERCADOLÓGICAS CDL/ALFA PESQUISA : ENDIVIDAMENTO DO CONSUMIDOR GOIANIENSE 2013-1 GOIÂNIA 2013 1. INTRODUÇÃO. Este trabalho apresenta os resultados

Leia mais

Fique tranqüilo e. pague menos. Dicas para você saber como usar sua conta corrente e economizar no dia-a-dia.

Fique tranqüilo e. pague menos. Dicas para você saber como usar sua conta corrente e economizar no dia-a-dia. Fique tranqüilo e pague menos Dicas para você saber como usar sua conta corrente e economizar no dia-a-dia. Controle seu orçamento Evite gastar mais do que você possui na conta corrente, incluindo seu

Leia mais

Investimento para Mulheres

Investimento para Mulheres Investimento para Mulheres Sophia Mind A Sophia Mind Pesquisa e Inteligência de Mercado é a empresa do grupo de comunicação feminina Bolsa de Mulher voltada para pesquisa e inteligência de mercado. Cem

Leia mais

O uso do Crédito por consumidores que não possuem conta corrente

O uso do Crédito por consumidores que não possuem conta corrente O uso do Crédito por consumidores que não possuem conta corrente Maio de 2015 Slide 1 OBJETIVOS DO ESTUDO Mapear atitudes e comportamentos das pessoas que não possuem conta corrente em banco com relação

Leia mais

SIPS- BASE SOBRE BANCOS

SIPS- BASE SOBRE BANCOS SIPS- BASE SOBRE BANCOS Nome Campo Descrição Valores atribuídos Local de Moradia REGI Região 1.Região Sul 2.Região Sudeste 3.Região Centro-Oeste 4.Região Nordeste 5.Região Norte ESTA Estado Não identificado

Leia mais

Breves Considerações sobre o Superendividamento

Breves Considerações sobre o Superendividamento 116 Breves Considerações sobre o Superendividamento Luiz Eduardo de Castro Neves 1 O empréstimo de valores é realizado com a cobrança de juros, de forma a permitir uma remuneração pelo valor emprestado.

Leia mais

Pesquisa de Endividamento do Consumidor (PEC) de Belo Horizonte

Pesquisa de Endividamento do Consumidor (PEC) de Belo Horizonte Pesquisa de Endividamento do Consumidor (PEC) de Belo Horizonte Setembro 2013 Apresentação A Pesquisa de Endividamento do Consumidor (PEC) traça o quadro de endividamento e inadimplência dos consumidores.

Leia mais

SECRETARIA DA JUSTIÇA E DA DEFESA DA CIDADANIA FUNDAÇÃO DE PROTEÇÃO E DEFESA DO CONSUMIDOR DIRETORIA DE ESTUDOS E PESQUISAS

SECRETARIA DA JUSTIÇA E DA DEFESA DA CIDADANIA FUNDAÇÃO DE PROTEÇÃO E DEFESA DO CONSUMIDOR DIRETORIA DE ESTUDOS E PESQUISAS Resultados dos estudos sobre a redução de taxas de juros praticadas por bancos públicos e privados. Orientações aos consumidores. Face aos diversos anúncios de redução de juros veiculados na mídia a partir

Leia mais

Fidelização dos consumidores aos planos de saúde e grau de interesse por quem não possui o benefício

Fidelização dos consumidores aos planos de saúde e grau de interesse por quem não possui o benefício 1 Fidelização dos consumidores aos planos de saúde e grau de interesse por quem não possui o benefício 2013 Índice 2 OBJETIVO E PÚBLICO ALVO METODOLOGIA PLANO DE SAÚDE O MERCADO DE PLANO DE SAÚDE PERFIL

Leia mais

ANEFAC IMA Institute of Management Accountants 1

ANEFAC IMA Institute of Management Accountants 1 ANEFAC IMA Institute of Management Accountants 1 PESQUISA DE JUROS As taxas de juros das operações de crédito voltaram a ser elevadas em setembro/2013, sendo esta a quinta elevação no ano. Esta elevação

Leia mais

Use bem o seu dinheiro

Use bem o seu dinheiro 1016323-6 - abr/2012 Quer saber mais sobre como usar melhor o seu dinheiro? No site www.itau.com.br/usoconsciente, você encontra vídeos, testes e informações para uma gestão financeira eficiente. Acesse

Leia mais

A Mulher como Consumidora

A Mulher como Consumidora A Mulher como Consumidora Março 2013 Apresentação A Pesquisa A Mulher como Consumidora traça o quadro e o perfil financeiro feminino em Belo Horizonte. Além disso, esta pesquisa engloba informações que

Leia mais

Aprenda como renegociar suas dívidas e A TER

Aprenda como renegociar suas dívidas e A TER Aprenda como renegociar suas dívidas e VOLTAR A TER CRÉDITO O PROBLEMA FINANCEIRO PODE LEVAR SUA FAMÍLIA À RUÍNA. A dívida entra pela porta da frente e o amor sai pela porta dos fundos. É fácil identificar

Leia mais

EXERCÍCIOS PROF. SÉRGIO ALTENFELDER

EXERCÍCIOS PROF. SÉRGIO ALTENFELDER 1- Uma dívida no valor de R$ 60.020,54 deve ser paga em sete prestações postecipadas de R$ 10.000,00, a uma determinada taxa de juros. Considerando esta mesma taxa de juros, calcule o saldo devedor imediatamente

Leia mais

Produção paulista de roupas diminui 40%

Produção paulista de roupas diminui 40% Boletim 795/2015 Ano VII 20/07/2015 Produção paulista de roupas diminui 40% A desaceleração do varejo fez a produção de roupas do Estado de São Paulo cair cerca de 40% no primeiro semestre deste ano na

Leia mais

QUEDA NO NÍVEL DE ENDIVIDAMENTO DO CATARINENSE É ACOMPANHADA POR PEQUENA DETERIORAÇÃO DA QUALIDADE DAS DÍVIDAS

QUEDA NO NÍVEL DE ENDIVIDAMENTO DO CATARINENSE É ACOMPANHADA POR PEQUENA DETERIORAÇÃO DA QUALIDADE DAS DÍVIDAS QUEDA NO NÍVEL DE ENDIVIDAMENTO DO CATARINENSE É ACOMPANHADA POR PEQUENA DETERIORAÇÃO DA QUALIDADE DAS DÍVIDAS O percentual de famílias endividadas em Santa Catarina caiu de 93% em julho para 90% em agosto.

Leia mais

Indicadores do Mercado de Meios Eletrônicos de Pagamento

Indicadores do Mercado de Meios Eletrônicos de Pagamento Indicadores do Mercado de Meios Eletrônicos de Pagamento Agosto de 2008 Apresentado por Fernando Chacon Diretor de Marketing do Banco Itaú Indicadores de Mercado 2 Mercado de Cartões 2008 Indicadores de

Leia mais

Informações básicas sobre crédito

Informações básicas sobre crédito Coleção Educação Financeira Informações básicas sobre crédito O crédito é um instrumento poderoso para viabilizar sonhos e projetos, sejam eles pessoais ou empresariais. É útil também nas horas de aperto,

Leia mais

cartilha educação financeira

cartilha educação financeira cartilha educação financeira cartilha educação financeira A IMPORTÂNCIA DA EDUCAÇÃO FINANCEIRA A educação financeira é decisiva para o bem-estar presente e futuro das famílias, contudo, ela nem sempre

Leia mais

08 Capital de giro e fluxo de caixa

08 Capital de giro e fluxo de caixa 08 Capital de giro e fluxo de caixa Qual o capital que sua empresa precisa para funcionar antes de receber o pagamento dos clientes? Como calcular os gastos, as entradas de dinheiro, e as variações de

Leia mais

Empréstimo. Pagamento em até 30 meses; Sem taxa de abertura de crédito; Parcelas debitadas em conta; Limites analisados pela renda.

Empréstimo. Pagamento em até 30 meses; Sem taxa de abertura de crédito; Parcelas debitadas em conta; Limites analisados pela renda. Produtos Conta Corrente Com isenção de tarifas de manutenção, dez folhas cheques, quatro extratos mensais, emissão de extratos on-line, tarifas reduzidas, só na Credlíder. Conta Poupança A Poupança Credlider

Leia mais

PESQUISA DE EDUCAÇÃO FINANCEIRA SPC BRASIL. Janeiro 2014

PESQUISA DE EDUCAÇÃO FINANCEIRA SPC BRASIL. Janeiro 2014 PESQUISA DE EDUCAÇÃO FINANCEIRA SPC BRASIL Janeiro 2014 PESQUISA DO SPC BRASIL REVELA QUE 81% DOS BRASILEIROS SABEM POUCO OU NADA SOBRE SUAS FINANÇAS PESSOAIS Os brasileiros ainda estão muito distantes

Leia mais

Recupere a saúde financeira e garanta um futuro tranquilo. Campus da UNESP de São José do Rio Preto, 30/09/2015

Recupere a saúde financeira e garanta um futuro tranquilo. Campus da UNESP de São José do Rio Preto, 30/09/2015 Recupere a saúde financeira e garanta um futuro tranquilo Campus da UNESP de São José do Rio Preto, 30/09/2015 Objetivo geral Disseminar conhecimento financeiro e previdenciário dentro e fora da SP-PREVCOM

Leia mais

CNC - Divisão Econômica Rio de Janeiro

CNC - Divisão Econômica Rio de Janeiro CNC - Divisão Econômica Rio de Janeiro Março de 2015 PEIC Síntese dos Resultados Síntese dos Resultados Total de Endividados Dívidas ou Contas em Atrasos Não Terão Condições de Pagar mar/14 61,0% 20,8%

Leia mais

Novembro é um mês de reestruturação do padrão do endividamento e da inadimplência das famílias: uma preparação para o salto das vendas em dezembro

Novembro é um mês de reestruturação do padrão do endividamento e da inadimplência das famílias: uma preparação para o salto das vendas em dezembro Novembro é um mês de reestruturação do padrão do endividamento e da inadimplência das famílias: uma preparação para o salto das vendas em dezembro Na comparação mensal entre outubro e novembro, o percentual

Leia mais

Oficina Porcentagem e Juros

Oficina Porcentagem e Juros Oficina Porcentagem e Juros Esta oficina está dividida em duas partes. A primeira consiste em uma revisão do conceito de porcentagem. Na segunda parte, os alunos deverão aplicar os conceitos vistos na

Leia mais

Bom Crédito. Lembre-se de que crédito é dinheiro. Passos

Bom Crédito. Lembre-se de que crédito é dinheiro. Passos Bom Crédito Lembre-se de que crédito é dinheiro É. Benjamin Franklin, Político Americano e inventor quase impossível passar a vida sem pedir dinheiro emprestado. Seja algo básico como usar um cartão de

Leia mais

IMIGRANTES E SERVIÇOS FINANCEIROS QUESTIONÁRIO. N questionário. Cidade em que habita:. Sexo: M F Idade:

IMIGRANTES E SERVIÇOS FINANCEIROS QUESTIONÁRIO. N questionário. Cidade em que habita:. Sexo: M F Idade: IMIGRANTES E SERVIÇOS FINANCEIROS QUESTIONÁRIO N questionário Cidade em que habita:. Sexo: M F Idade: Grau de Ensino: 1. Nenhum 2. Escola primária ou ciclo preparatório 3. Escola Secundária/qualificações

Leia mais

O C artão d o S ervidor PR P E R F E EI E TUR U A R A MU M N U I N CI C PA P L A L DE D E LOND N R D I R NA N

O C artão d o S ervidor PR P E R F E EI E TUR U A R A MU M N U I N CI C PA P L A L DE D E LOND N R D I R NA N O Cartão do Servidor PREFEITURA MUNICIPAL DE LONDRINA Cartão BMG Card O BMG Card é um cartão de crédito com bandeira MasterCard, direcionado aos Servidores Públicos Estatutários do Governo de Santa Catarina,

Leia mais

PRODUTOS E SERVIÇOS BANCÁRIOS. Programa de Remessas e Capacitação para Emigrantes Brasileiros e seus Beneficiários no Brasil

PRODUTOS E SERVIÇOS BANCÁRIOS. Programa de Remessas e Capacitação para Emigrantes Brasileiros e seus Beneficiários no Brasil PRODUTOS E SERVIÇOS BANCÁRIOS Programa de Remessas e Capacitação para Emigrantes Brasileiros e seus Beneficiários no Brasil Programa de Remessas e Capacitação para Emigrantes Brasileiros e seus Beneficiários

Leia mais

Taxas de juros das operações de crédito têm terceira elevação no ano, constata ANEFAC

Taxas de juros das operações de crédito têm terceira elevação no ano, constata ANEFAC Taxas de juros das operações de crédito têm terceira elevação no ano, constata ANEFAC Todas as linhas de crédito para pessoas jurídicas subiram. Para pessoas físicas, houve aumento nos juros do comércio,

Leia mais

Planejamento Financeiro Pessoal

Planejamento Financeiro Pessoal Planejamento Financeiro Pessoal 1 Porque pensar no assunto? Você é uma pessoa livre? Tem certeza? De acordo com o dicionário, a palavra liberdade significa: Possibilidade que tem o indivíduo de exprimir-se

Leia mais

A relação dos portugueses com o dinheiro e o crédito. 2 de Abril de 2008

A relação dos portugueses com o dinheiro e o crédito. 2 de Abril de 2008 A relação dos portugueses com o dinheiro e o crédito 2 de Abril de 2008 Caracterização dos inquiridos Sexo 37% 63% Feminino Masculino Idade 12% 18-25 anos 18% 26-35 anos 36-45 anos 54% 16% > de 45 anos

Leia mais

Educação Financeira e Orçamento Doméstico

Educação Financeira e Orçamento Doméstico Objetivo de hoje... Sensibilizar os participantes da importância do planejamento e controle financeiro para educação financeira e melhores praticas do orçamento doméstico. Dinheiro pode proporcionar coisas

Leia mais

PESQUISA DE ENDIVIDAMENTO E INADIMPLÊNCIA DO CONSUMIDOR - PEIC PALMAS - TO

PESQUISA DE ENDIVIDAMENTO E INADIMPLÊNCIA DO CONSUMIDOR - PEIC PALMAS - TO PESQUISA DE ENDIVIDAMENTO E INADIMPLÊNCIA DO CONSUMIDOR - PEIC PALMAS - TO DEZEMBRO/2012 SUMÁRIO Histórico da PEIC... 3 Tabela 1 - Nível de endividamento... 4 Tabela 2 - Tipo de dívida... 5 Tabela 3 -

Leia mais

Amigos, amigos, negócios à parte!

Amigos, amigos, negócios à parte! Reforço escolar M ate mática Amigos, amigos, negócios à parte! Dinâmica 4 2º Série 2º Bimestre Aluno DISCIPLINA Ano CAMPO CONCEITO Matemática Ensino Médio 2ª Numérico Aritmético Matemática Financeira Primeira

Leia mais

PESQUISA DE ENDIVIDAMENTO E INADIMPLÊNCIA DO CONSUMIDOR - PEIC PALMAS - TO

PESQUISA DE ENDIVIDAMENTO E INADIMPLÊNCIA DO CONSUMIDOR - PEIC PALMAS - TO PESQUISA DE ENDIVIDAMENTO E INADIMPLÊNCIA DO CONSUMIDOR - PEIC PALMAS - TO ABRIL/2013 SUMÁRIO Histórico da PEIC... 3 Tabela 1 - Nível de endividamento... 4 Tabela 2 - Tipo de dívida... 5 Tabela 3 - Famílias

Leia mais

E m p r é s t i m o E cartão consignado direcionados a aposentados E pensionistas

E m p r é s t i m o E cartão consignado direcionados a aposentados E pensionistas Empréstimo e ca rt ã o c o n s i g n a d o d irec io na do s a apos e nta do s e pe ns io nis ta s Todo aquele que recebe benefícios de aposentadoria ou pensão por morte pagos pela Previdência Social,

Leia mais

Planejamento Financeiro

Planejamento Financeiro Maio 2009 ... O Brasil é onde mais pessoas se preocupam com o futuro e onde menos se faz poupança Pesquisa realizada em 12 países, pelo Principal Financial Group (03/2004) ... Famílias se endividam mais

Leia mais

PESQUISA DE ENDIVIDAMENTO E INADIMPLÊNCIA DO CONSUMIDOR - PEIC GOIÂNIA - GO

PESQUISA DE ENDIVIDAMENTO E INADIMPLÊNCIA DO CONSUMIDOR - PEIC GOIÂNIA - GO PESQUISA DE ENDIVIDAMENTO E INADIMPLÊNCIA DO CONSUMIDOR - PEIC GOIÂNIA - GO JUNHO/2013 SUMÁRIO Histórico da PEIC... 3 Tabela 1 - Nível de endividamento... 4 Tabela 2 - Tipo de dívida... 5 Tabela 3 - Famílias

Leia mais

Centro Universitário Católico Salesiano Auxilium. Séries Uniformes de Pagamento

Centro Universitário Católico Salesiano Auxilium. Séries Uniformes de Pagamento Centro Universitário Católico Salesiano Auxilium Disciplina: Matemática Financeira I Prof.: Marcos José Ardenghi Séries Uniformes de Pagamento As séries uniformes de pagamentos, anuidades ou rendas são

Leia mais

Administrando o Fluxo de Caixa

Administrando o Fluxo de Caixa Administrando o Fluxo de Caixa O contexto econômico do momento interfere no cotidiano das empresas, independente do seu tamanho mercadológico e, principalmente nas questões que afetam diretamente o Fluxo

Leia mais

RETRATOS DA SOCIEDADE BRASILEIRA: INCLUSÃO FINANCEIRA JUNHO/2012

RETRATOS DA SOCIEDADE BRASILEIRA: INCLUSÃO FINANCEIRA JUNHO/2012 RETRATOS DA SOCIEDADE BRASILEIRA: INCLUSÃO FINANCEIRA JUNHO/2012 Pesquisa CNI-IBOPE CONFEDERAÇÃO NACIONAL DA INDÚSTRIA - CNI Presidente: Robson Braga de Andrade DIRETORIA DE POLÍTICAS E ESTRATÉGIA José

Leia mais

AVALIAÇÃO DOS PLANOS DE SAÚDE PELOS USUÁRIOS ANO II SÃO PAULO 2013

AVALIAÇÃO DOS PLANOS DE SAÚDE PELOS USUÁRIOS ANO II SÃO PAULO 2013 1 AVALIAÇÃO DOS PLANOS DE SAÚDE PELOS USUÁRIOS ANO II SÃO PAULO Temas 2 Objetivo e metodologia Utilização dos serviços do plano de saúde e ocorrência de problemas Reclamação ou recurso contra o plano de

Leia mais

PESQUISA DE ENDIVIDAMENTO E INADIMPLÊNCIA DO CONSUMIDOR - PEIC

PESQUISA DE ENDIVIDAMENTO E INADIMPLÊNCIA DO CONSUMIDOR - PEIC PESQUISA DE ENDIVIDAMENTO E INADIMPLÊNCIA DO CONSUMIDOR - PEIC PORTO ALEGRE - RS JULHO/2014 SUMÁRIO Histórico da PEIC... 3 Tabela 1 - Nível de endividamento... 4 Tabela 2 - Tipo de dívida... 5 Tabela 3

Leia mais

PESQUISA DE ENDIVIDAMENTO E INADIMPLÊNCIA DO CONSUMIDOR - PEIC

PESQUISA DE ENDIVIDAMENTO E INADIMPLÊNCIA DO CONSUMIDOR - PEIC PESQUISA DE ENDIVIDAMENTO E INADIMPLÊNCIA DO CONSUMIDOR - PEIC CAMPO GRANDE - MS JANEIRO/2015 SUMÁRIO Histórico da PEIC... 3 Tabela 1 - Nível de endividamento... 4 Tabela 2 - Tipo de dívida... 5 Tabela

Leia mais

SUPERENDIVIDAMENTO. Saiba planejar seus gastos e evite dívidas.

SUPERENDIVIDAMENTO. Saiba planejar seus gastos e evite dívidas. SUPERENDIVIDAMENTO Saiba planejar seus gastos e evite dívidas. Nos últimos anos, houve um crescimento significativo de endividados no Brasil. A expansão da oferta de crédito e a falta de controle do orçamento

Leia mais

CAPÍTULO 4 Sabe quanto você vai poder pagar? É hora de sentar na mesa com o credor.

CAPÍTULO 4 Sabe quanto você vai poder pagar? É hora de sentar na mesa com o credor. E-BOOK COMO SE PREPARAR PARA A NEGOCIAÇÃO DE DÍVIDAS CAPÍTULO 4 Sabe quanto você vai poder pagar? É hora de sentar na mesa com o credor. Com dívidas em quase 20 instituições diferentes, Joana fez uma lista

Leia mais