NORMAS DE PARTICIPAÇÃO

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "NORMAS DE PARTICIPAÇÃO"

Transcrição

1 NORMAS DE PARTICIPAÇÃO 1. Participação e aceitação do evento 2. Contratação e condições de pagamento 3. Alterações e anulações 4. Montagem e desmontagem de stands 5. Seguros 6. Vigilância e segurança 7. Promoção e publicidade 8. Horários 9. Convites e Credenciais 10. Acesso aos stands de outros expositores 11. Mudança de espaço 12. Proteção de dados de carácter pessoal 13. Reclamações 14. Causas de força maior 15. Regulamento legal supletorio 16. Litígios e tribunal competente 17. Especificação contratual e aceitação das normas de participação 1. PARTICIPAÇÃO E ACEITAÇÃO DO EVENTO Ao apresentar a sua Ficha de Participação, o Expositor aceita automaticamente estas Normas de Participação, comprometendo-se a respeitá-ias, bem como as Normas Técnicas e Disposições de Segurança do Transamérica Expo. A Ficha de Participação é válida unicamente para a empresa que figura em dita Ficha e só para uma edição do evento. A Organização reserva-se o direito de reduzir, prolongar ou alterar as datas de realização do evento, em circunstancias especiais ou por causas de força maior que assim o exijam, sem que isso implique o pagamento de quaisquer indenizações às empresas expositoras. Se o evento não se realizar por causas não imputáveis à Organização, esta poderá reter das empresas expositoras o montante das quantidades recebidas como indenização pelos gastos gerais realizados. A admissão das empresas expositoras e a distribuição dos respectivos espaços é um direito exclusivo da Organização do E-Show. O expositor não tem poderes para exercer quaisquer direitos de admissão. Admite-se a participação de todas as empresas nacionais e estrangeiras, cujos produtos e serviços correspondam à oferta do evento e cuja distribuição esteja acreditada.

2 Sem a autorização prévia da Organização, não é permitida, durante a realização do evento, a venda direta de material aos consumidores. O expositor compromete-se a assegurar a presença permanente de um representante no seu stand, o qual deverá permanecer aberto durante as horas de funcionamento do evento. Não é permitida a cessão parcial ou total dos direitos a terceiros nem, portanto, a ocupação de um espaço por vários co-expositores, salvo prévia autorização escrita da organização do evento em cada caso. A superfície mínima a contratar pelas empresas co-expositoras que participarão do evento compartilhando 2 stand não poderá ser inferior a 34 m. A fatura do evento será feita a uma unica empresa, que será aquela que apareça no catálogo de expositores e em qualquer das informações relativas ao Salão. Está terminantemente proibida a ocupação e/ou a colocação de materiais do expositor fora da área contratada, nas áreas comuns, e na áreas correspondentes a outros expositores. Igualmente, está proibida a ocupação dos corredores da exposição, das portas de saída de emergência, dos acessos a extintores ou hidrantes, que devem estar sempre desimpedidos. O expositor aceita que a superfície por ele contratada possa ter variações numa percentagem de 5%, sem quaisquer variações na sua faturação. A Organização reserva-se o direito de reajustar ou modificar a planta dos stands e fazer possíveis alterações de localização dos mesmos. 2. CONTRATAÇÃO E CONDiÇÕES DE PAGAMENTO A assinatura da Ficha de Participação do expositor implica o pagamento de 25% do espaço contratado. O restante espaço contratado deverá ser pago na recepção da factura ou nos prazos acordados, e em qualquer dos casos não deve ultrapassar a data limite de 15 de Maio de A partir do dia 15 de Maio de 2012, toda a reserva de espaço deverá ser efectuada mediante o pagamento de 100% do espaço solicitado. Todos os pagamentos devem ser sempre efectuados a favor da E-SHOW MARKETING E EVENTOS LTDA, mediante transferência bancaria: CAIXA ECONOMICA FEDERAL C/C e deverá remeter uma cópia do comprovante bancário para o escritório do evento: A reserva do espaço ficará sem efeito quando no início da montagem ainda não tenha sido satisfeita a totalidade do pagamento.

3 Qualquer serviço que necessite para a sua participação no E-Show deverá contratá-lo através da opção Serviços de Expositor da página web do Salão, em ou a través da nossa Event Office: Lilian Camargo Consultora de Marketing e Eventos SP Group ( (11) ( (11) ( (11) ID 82*14786 * Os pedidos dos serviços solicitados pelo expositor durante a realização do evento deverão ser pagos contra a entrega dos mesmos. 3. ALTERAÇÕES E ANULAÇÕES Se a empresa expositora pedir uma redução do espaço, perderá o direito à totalidade do que tinha escolhido, podendo solicitar uma nova localização entre os espaços que estiverem livres no seu setor naquele momento. O cancelamento do espaço contratado implica a perda das importâncias já pagas pelo expositor e a obrigatoriedade de pagar o total do espaço facturado. 4. MONTAGEM E DESMONTAGEM DE STANDS Todos os custos que advenham da montagem de stands (no caso de construção pró pria) por carpinteiros, electricistas e pessoal em geral, assim como o montante dos danos causados pelos mesmos nas estruturas ou quaisquer elementos do Transamérica Expo são da inteira responsabilidade do expositor. O pessoal que efetuar trabalhos relacionados com a montagem ou desmontagem de stands deverá utilizar proteção contra riscos pessoais (conforme lei 6514, de 22 de Dezembro de 1977, DE SEGURANÇA E MEDICINA DO TRABALHO). O acesso ao Transamérica Expo tanto de mercadorias como de pessoas far-se-á pelas portas que são indicadas pela Organização do Evento. A carga e descarga de material, dentro e fora do recinto do Transamérica Expo, é da responsabilidade do expositor, aceitando os tempos e datas designados pela Organização do Evento. Durante todas as horas de montagem e desmontagem, deverá estar no stand uma pessoa responsável designada pelo Expositor. Os stands que não tenham sido desmontados ou os objetos de exposição que permaneçam nos mesmos depois das 22h00 do dia 15 de Junho de 2012, serão retirados pela Organização sem que esta assuma

4 quaisquer obrigações de depósito de mercadorias e materiais e quaisquer responsabilidades pela sua deterioração. Os gastos daí provenientes serão cobrados do expositor. Todas as empresas expositoras e montadoras deverão se encarregar da retirada de residuos durante a montagem de seu stand e de deixar limpo e desimpedido seu espaço uma vez concluído o prazo de desmontagem. No caso que se deixe algum tipo de residuo uma vêz finalizado o prazo de desmontagem, as empresas expositoras e montadoras deverão abonar os custos resultantes do abandono dos mesmos de acordo com as tarifas vigentes. MONTAGEM Stands próprios: 11 e 12 de Junho de 2012 das 8h00 as 22h00 Stands tipo: Os expositores com stand modular recebem a superfície contratada no día 12 de Junho de 2012 a partir das 14h00. Não poderá aceder ao Pavilhão antes dessa data e dessa hora. DESMONTAGEM 14 de Junho de 2012 das 19h00 às 22h00 15 de Junho de 2012 das 8h00 às 22h00 5. SEGUROS SEGUROS OBRIGATÓRIOS RESPONSABILIDADE CIVIL E DE DANOS MATERIAIS São obrigatórios os seguros de responsabilidade civil e de danos materiais. Pela sua participação no evento, o expositor fica obrigado a aderir aos mesmos através de uma apólice de seguro da E-Show. Para efeitos de formalizar a referida contratação e adesão à dita apólice, o expositor deverá pagar o prémio de seguro e serviços no valor de R$ 96,00 que compreende os seguintes conceitos: a) Responsabilidade Civil. Inclui os danos pessoais e/ou materiais causados a terceiros, que possam resultar da responsabilidade civil do expositor. Capital seguro: R$ ,00 b) Danos materiais, exceto furto ou roubo. Inclui os danos materiais sofridos pelos bens seguros, ou seja, pelos objetos em exposição, em consequência de um dos riscos abrangidos pela cobertura base, sendo o valor limite do capital seguro R$ ,00 para o primeiro risco. Riscos abrangidos pela Cobertura Base:

5 Incêndio, queda de raio e explosão, incluindo danos de origem eléctrica. Por cada sinistro, fica a cargo do segurado, como parte primeira de qualquer indenização por danos materiais, a franquia de 10% dos prejuízos indenizáveis. PRINCIPAIS EXCLUSÕES DE ÂMBITO OBJETIVO Todo o bem que não seja objeto em exposição, por exemplo bens particulares de propriedade do expositor, dos seus empregados e dependentes, tais como telefones móveis, computadores portáteis, veículos, etc.; DE ÂMBITO ESPACIAL Todo o bem que não se encontré dentro do recinto da feira; EM PARTICULAR Dinheiro ou seus títulos representativos, jóias e objetos preciosos em geral. PRÉMIOS E COBERTURAS Os prémios e coberturas indicados estão sujeitos à variação em função do resultado das renovações anuais ou modificações que possam sofrer as apólices de seguro e serviços contratados. 6. VIGILÂNCIA E SEGURANÇA Os serviços gerais de vigilância do recinto estão assegurados desde o início até ao fim do evento. A vigilancia exclusiva e permanente de um stand deve ser contratada à parte. 7. PROMOÇÃO E PUBLICIDADE CONTROLE DE RUÍDO O nível de ruído máximo autorizado é de 60Db, a 1,5 m do limite do stand. Todo o expositor que não cumpra esta norma será penalizado com o corte do abastecimento eléctrico. LUMINOSOS A instalação de qualquer luminoso que necessite de uma tensão especial para o seu funcionamento requer a autorização previa do Serviço de Engenharia do Transamérica Expo. PUBLICIDADE NO RECINTO Os impressos e outros meios de propaganda podem ser distribuídos na área do stand de cada expositor, mas nunca nos corredores do pavilhão nem nos terrenos do recinto do evento. Toda a publicidade do expositor limitar-se-á a temas profissionais. Está proibida a publicidade que contenha um carácter ideológico ou político, que atente contra a legalidade vigente ou que seja comparativa. A Organização está autorizada a proibir a distribuição de publicidade que tenha dado lugar a reclamações, e a reter este material até ao final do evento. Os meios publicitários ópticos, movéis ou acústicos só estão autorizados na medida em que não incomodem os expositores vizinhos.

6 No interior dos stands está proibida a publicidade de terceiros. Todo o artigo em exposição que não seja do próprio expositor ou empresas representadas, deve, para a sua exposição e publicidade, ser autorizado pela Organização. PUBLICIDADE EXTERIOR A publicidade no exterior do Transamérica Expo é regulada em exclusivo pela Organização do certame. PROMOÇÃO NO STAND As empresas expositoras que desejam realizar espectáculos e actividades do tipo lúdico acompanhadas de música devem dar conhecimento à Organização, para a sua aprovação. Tudo isto sem prejuízo das licenças e autorizações que devem ser solicitadas perante os organismos, as entidades e as administrações competentes na matéria. 8. HORÁRIOS Os expositores credenciados poderão ter acesso ao recinto 1 hora antes da hora prevista para sua abertura e não poderão permanecer no mesmo mais do que 30 minutos após o encerramento diário. O expositor que realize sessões nas salas do Auditório compromete-se a respeitar os horários marcados pelo E-Show. Horários do Salão: das 10H00 às 19H00 9. CONVITES E CREDENCIAIS CREDENCIAL DE EXPOSITOR: Cada empresa tem direito a Credenciais de Expositor para a equipe que esteja no seu stand. Essas credenciais estão exclusivamente reservadas aos expositores e são válidas desde o primeiro día até ao último dia de evento. CONVITES PARA VISITANTES : Serão colocados à disposição das empresas expositoras convites digitais, de caráter gratuito, para os seus clientes. A validade destes convites é de 13 a 14 de Junho de ACESSO AOS STANDS DE OUTROS EXPOSITORES Está proibido o acesso aos stands de outros expositores fora do horário de abertura ao público, salvo com a autorização expressa do titular do stand. 11. MUDANÇA DE ESPAÇO Pode-se dar o caso de que a Organização seja obrigada a mudar a localização dos stands já designados, transferindo-os para outro espaço ou alterando as suas dimensões, bem como os acessos, as saídas, os corredores e a configuração geral do recinto, sem que o expositor possa exigir qualquer reembolso. Se por algum motivo a Organização não puder colocar à disposição do expositor o espaço reservado, a não ser outro de características similares, embora bem mais reduzido, o expositor terá direito a que lhe

7 seja restituída a diferença entre o montante do espaço inicialmente adquirido e o montante daquele que por fim lhe foi atribuído, excluindo-se qualquer outra reivindicação da sua parte, sem que se lhe tenha de pagar quaisquer outras indenizações por perdas e danos. 12. PROTEÇÃO DE DADOS DE CARÁCTER PESSOAL Em cumprimento da Lei da Proteção de Dados Pessoais No 9.610, de 19 de Fevereiro de 1998, informa- -se ao interesado que os dados de caráter pessoal que voluntariamente forem informados, incluindo seu correio electrónico, incorporar-se-ão a um arquivo automatizado de propriedade e responsabilidade da E-Show. Ao remeter o interessado seus dados, expresamente autoriza a utilização dos mesmos para realizar comunicações periódicas, incluindo as que se realizem vía correio electrónico, que E-Show levará a cabo para informar da actividade ferial - actividades, produtos e serviços- que desenvolve. Assim mesmo fica informado de que seus dados poderão ser comunicados, com obrigação de confidencialidad, às empresas colaboradoras de E-Show exclusivamente com uma finalidade operativa e de gestão derivada de uma relação contractual, incluídos suas antecedentes, conteúdo e desenvolvimento. E-Show informa-lhe de seu direito de acesso, rectificação, oposição e cancelamento destes dados mediante dirigido a 13. RECLAMAÇÕES Com o ânimo de atender adequadamente aos Expositores, qualquer reclamação a E-Show em relação ao evento, deverá realizar-se à Direção do evento, por escrito, preferencialmente no mesmo dia em que se produzam os incidentes. 14. CAUSAS DE FORÇA MAIOR A Organização reserva-se o direito de reduzir ou prolongar a duração do evento, bem como mudar as datas de realização do mesmo sempre que circunstancias especiais ou causas de força maior assim o exijam. Tais circunstâncias não serão motivo suficiente para os expositores rescindirem o contrato nem para exigirem qualquer tipo de compensação por perdas e danos. Se o evento não se celebrar devido a causas de força maior, não imputáveis à Organização, esta poderá reter das empresas expositoras o montante das quantidades recebidas como forma de compensação pelos gastos gerais. 15. REGULAMENTO LEGAL SUPLETORIO Para os extremos não previstos nestas Normas serão de aplicação quaisquer das disposições pertinentes de ordem sustantivo reguladoras da atividade.

8 16. LITíGIOS E TRIBUNAL COMPETENTE As presentes Normas de Participação são parte integrante do contrato de cedência de espaço e de serviços entre a Organização e o expositor. Em caso de dúvidas, questões, divergências ou litígios entre o expositor e a Organização quanto à interpretação, cumprimento e execução das presentes normas, assim como todas as questões relativas à m orosidade, reclamação por falta de pagamento pelos serviços prestados e, em geral, dívidas pecuniárias que se mantenham com a Organização, as partes estipulam como competente o Foro Central da Comarca de São Paulo, com expressa renuncia a qualquer outro. A Organização reserva-se o direito de adotar qualquer outra medida conducente à melhor ordem e funcionamento do evento e à proteção dos direitos dos expositores e visitantes. 17. ESPECIFICAÇÃO CONTRATUAL E ACEITAÇÃO DAS NORMAS DE PARTICIPAÇÃO As presentes Normas de Participação constituem-se em especificações de condições de contratação. O fato de assinar o Contrato de Participação implica por parte do expositor, o compromisso de respeitar as Normas de Participação, bem como as Normas Técnicas e Disposições de segurança. Em todo o não expressamente previsto nas presentes Normas será de aplicação o Regulamento Geral de participação de expositores ao que expressamente se submetem. Em caso de contradição ou discrepância entre ambos documentos, prevalecerá o disposto nas presentes Normas.

Prove Viseu Dão Lafões 2014

Prove Viseu Dão Lafões 2014 Prove Viseu Dão Lafões 2014 FICHA DE INSCRIÇÃO ORGANIZAÇÃO APOIO INSTITUCIONAL CO-FINANCIAMENTO 1/3 Prove Viseu Dão Lafões 2014 1. CALENDÁRIO HORÁRIO DO EVENTO 4 julho / 18:00 24:00 5 julho / 12:00 24:00

Leia mais

MERCADO ABASTECEDOR DA REGIÃO DE LISBOA. Regulamento de Utilização de Espaços para Exposições

MERCADO ABASTECEDOR DA REGIÃO DE LISBOA. Regulamento de Utilização de Espaços para Exposições MERCADO ABASTECEDOR DA REGIÃO DE LISBOA Regulamento de Utilização de Espaços para Exposições Regulamento de Utilização de Espaços para Exposições Artigo 1.º (Objecto e Âmbito) 1. A MARL Mercado Abastecedor

Leia mais

REGULAMENTO GERAL DA FEIRA 1 a 99 29ª EDIÇÃO. Parte Integrante do Contrato de Participação 01) INFORMAÇÕES GERAIS:

REGULAMENTO GERAL DA FEIRA 1 a 99 29ª EDIÇÃO. Parte Integrante do Contrato de Participação 01) INFORMAÇÕES GERAIS: REGULAMENTO GERAL DA FEIRA 1 a 99 29ª EDIÇÃO Parte Integrante do Contrato de Participação 01) INFORMAÇÕES GERAIS: DATA: 20 a 23 de Outubro de 2014 LOCAL: EXPO CENTER NORTE PAVILHÃO AZUL HORÁRIO: 2ª, 3ª,

Leia mais

ficha de produto automóvel 2Rodas

ficha de produto automóvel 2Rodas ficha de produto automóvel 2Rodas O que é? O Seguro auto 2Rodas é um seguro que visa garantir o pagamento de indemnizações dos prejuízos sofridos em consequência direta das coberturas e com os limites

Leia mais

MANUAL FEIRA DE PEÇAS E ANTIGUIDADES

MANUAL FEIRA DE PEÇAS E ANTIGUIDADES Águas de Lindóia SP De 21 a 24 de abril de 2016 MANUAL FEIRA DE PEÇAS E ANTIGUIDADES I. ÁREA FÍSICA 1. É o espaço contratado sem qualquer tipo de montagem ou carpete. O expositor receberá a área locada

Leia mais

Festas do Barreiro 2015. Normas de Funcionamento da Mostra Empresarial e Institucional

Festas do Barreiro 2015. Normas de Funcionamento da Mostra Empresarial e Institucional Festas do Barreiro 2015 Normas de Funcionamento da Mostra Empresarial e Institucional As presentes normas de funcionamento dispõem sobre as regras da Mostra Empresarial e Institucional 2015, adiante designada

Leia mais

MUNICIPIO DE ALPIARÇA ALPIAGRA 2014 FEIRA AGRÍCOLA E COMERCIAL DE ALPIARÇA NORMAS

MUNICIPIO DE ALPIARÇA ALPIAGRA 2014 FEIRA AGRÍCOLA E COMERCIAL DE ALPIARÇA NORMAS MUNICIPIO DE ALPIARÇA ALPIAGRA 2014 FEIRA AGRÍCOLA E COMERCIAL DE ALPIARÇA NORMAS A Alpiagra Feira Agrícola e Comercial de Alpiarça é uma organização da Câmara Municipal de Alpiarça. Artigo 1º (Condições

Leia mais

REGULAMENTO GERAL DA FIL

REGULAMENTO GERAL DA FIL A Feira Internacional de Lisboa (FIL) constitui um departamento da Associação Industrial Portuguesa, organizado com o objectivo de proporcionar aos fabricantes, produtores e outras entidades do país e

Leia mais

MANUAL DO EXPOSITOR REGULAMENTO GERAL

MANUAL DO EXPOSITOR REGULAMENTO GERAL MANUAL DO EXPOSITOR REGULAMENTO GERAL 1.OBJETIVO O objetivo básico da Exposição é promover, através da exposição de produtos/serviços as empresas ligadas ao segmento. 1.2. PROMOÇÃO E REALIZAÇÃO A realização

Leia mais

CONTRATO DE LOCAÇÃO DE CONTENTOR MÓVEL

CONTRATO DE LOCAÇÃO DE CONTENTOR MÓVEL 1/7 CONTRATO DE LOCAÇÃO DE CONTENTOR MÓVEL ENTRE: SWEDPORT INVEST S.A., com sede no Lugar de Fontainhas, nº 189, 2950-548 Quinta doanjo, como NIPC 508 430 313, capital social no montante de 450.000,00,

Leia mais

ficha de produto automóvel

ficha de produto automóvel ficha de produto automóvel O que é? O Seguro de Automóvel é um seguro que visa garantir o pagamento de indemnizações dos prejuízos sofridos em consequência direta das coberturas e com os limites de indemnização

Leia mais

1º SALÃO INTERNATIONAL DA BICICLETA E ATLETISMO, EQUIPAMENTOS E ACESSÓRIOS

1º SALÃO INTERNATIONAL DA BICICLETA E ATLETISMO, EQUIPAMENTOS E ACESSÓRIOS GOLEGÃ RUN & BIKE GOLEGÃ 27/28/29 Março 2015 1º SALÃO INTERNATIONAL DA BICICLETA E ATLETISMO, EQUIPAMENTOS E ACESSÓRIOS Exmos. Senhores, Aproxima-se a 1ª edição do GOLEGÃ RUN & BIKE, o maior evento do

Leia mais

MANUAL DO EXPOSITOR. Atenciosamente, Comissão Organizadora

MANUAL DO EXPOSITOR. Atenciosamente, Comissão Organizadora MANUAL DO EXPOSITOR O presente manual tem o objetivo de orientar sua participação no evento 12 BEAUTY FEST". Caso persista alguma dúvida a respeito, favor nos contatarem pelo fone (51) 3710-3070 ou através

Leia mais

TASQUINHAS. Critérios de Atribuição ÂMBITO OBJECTIVOS LOCAL E HORÁRIO

TASQUINHAS. Critérios de Atribuição ÂMBITO OBJECTIVOS LOCAL E HORÁRIO TASQUINHAS Critérios de Atribuição ÂMBITO 1. A Câmara Municipal de Moura em colaboração com diversas entidades locais, pretende realizar a XI Feira Empresarial de Moura / IV Fórum das Energias Renováveis

Leia mais

MANUAL E FORMULÁRIOS DOS

MANUAL E FORMULÁRIOS DOS Senhor Expositor, O presente Manual tem o objetivo de orientar sua participação no evento 14º SALÃO SÃO PAULO DE TURISMO- 2015. Solicitamos que nos enviem os formulários constantes deste manual, caso tenham

Leia mais

Condições Gerais.03 .03 .03 .03 .03 .03 .04 .04 .04 .04 .04 .04 .04 .05 .05 .05 .05 .05 .05 .05

Condições Gerais.03 .03 .03 .03 .03 .03 .04 .04 .04 .04 .04 .04 .04 .05 .05 .05 .05 .05 .05 .05 ÍNDICE Condições Gerais.03 Artigo 1º Definições.03 Artigo 2º Objecto do Contrato.03 Artigo 3º Garantias do Contrato.03 Artigo 4º Âmbito Territorial.03 Artigo 5º Exclusões.03 Artigo 6º Início e Duração

Leia mais

ANEXO XV DIRETRIZES PARA CONTRATAÇÃO DE SEGUROS DE RESPONSABILIDADE DA CONCESSIONÁRIA

ANEXO XV DIRETRIZES PARA CONTRATAÇÃO DE SEGUROS DE RESPONSABILIDADE DA CONCESSIONÁRIA ANEXO XV DIRETRIZES PARA CONTRATAÇÃO DE SEGUROS DE RESPONSABILIDADE DA CONCESSIONÁRIA Durante o prazo da CONCESSÃO, a CONCESSIONÁRIA deverá contratar e manter em vigor no mínimo as apólices de seguro a

Leia mais

REGULAMENTO FJC PORTO DE EMPREGO 2016

REGULAMENTO FJC PORTO DE EMPREGO 2016 1 2 REGULAMENTO FJC PORTO DE EMPREGO 2016 1 Data, Local e Horário O FJC Porto de Emprego realiza-se nos dias 1, 2 e 3 de março de 2016, na Faculdade de Economia da Universidade do Porto, localizada no

Leia mais

Manual do Expositor. Informações: 11 2223-2521 operacional.decofe@apcdcentral.com.br. Prezado EXPOSITOR,

Manual do Expositor. Informações: 11 2223-2521 operacional.decofe@apcdcentral.com.br. Prezado EXPOSITOR, Prezado EXPOSITOR, Os Expositores através do CNPJ da sua empresa (conforme contrato de locação) em campo específico, acessarão os formulários para preenchimento, envio e impressão dos mesmos, on-line.

Leia mais

REGULAMENTO GERAL. Capítulo I Normas Gerais e de Participação

REGULAMENTO GERAL. Capítulo I Normas Gerais e de Participação REGULAMENTO GERAL Capítulo I Normas Gerais e de Participação Artigo 1 º - Objectivo 1.O Objectivo da UrbaVerde Feira das Cidades Sustentáveis, adiante designada apenas por UrbaVerde, é proporcionar e fomentar

Leia mais

O PROMOTOR afpop. O EVENTO Better Living in Portugal (BLiP)

O PROMOTOR afpop. O EVENTO Better Living in Portugal (BLiP) O PROMOTOR afpop afpop é uma associação sem fins lucrativos, fundada em 1987 especializada em providenciar informação detalhada sobre serviços e apoiar os estrangeiros residentes e visitantes em Portugal.

Leia mais

MANUAL EXPOSITOR Última revisão: 31 de julho de 2015

MANUAL EXPOSITOR Última revisão: 31 de julho de 2015 MANUAL EXPOSITOR Última revisão: 31 de julho de 2015 1 ORGANIZAÇÃO A administração integral do certame encontra-se a cargo da AGROS União das Cooperativas de Produtores de Leite de Entre Douro e Minho

Leia mais

Poderão contratar este seguro os colaboradores, incluindo os seus familiares directos.

Poderão contratar este seguro os colaboradores, incluindo os seus familiares directos. Ficha técnica 1. TOMADOR DO SEGURO / SEGURADO Poderão contratar este seguro os colaboradores, incluindo os seus familiares directos. São considerados familiares directos: - o cônjuge, desde que viva em

Leia mais

1.TOMADOR DO SEGURO/ SEGURADO Poderão contratar este seguro os colaboradores, incluindo os seus familiares directos.

1.TOMADOR DO SEGURO/ SEGURADO Poderão contratar este seguro os colaboradores, incluindo os seus familiares directos. Ficha técnica 1.TOMADOR DO SEGURO/ SEGURADO Poderão contratar este seguro os colaboradores, incluindo os seus familiares directos. São considerados familiares directos: - o cônjuge, desde que viva em carácter

Leia mais

REGULAMENTO. Fundação Porto Social. 12ª FEIRA DO MUNDO RURAL Na Quinta de Bonjóia. 5, 6 e 7 de junho de 2015

REGULAMENTO. Fundação Porto Social. 12ª FEIRA DO MUNDO RURAL Na Quinta de Bonjóia. 5, 6 e 7 de junho de 2015 REGULAMENTO 5, 6 e 7 de junho de 2015 12ª FEIRA DO MUNDO RURAL Na Fundação Porto Social Índice Capitulo I DISPOSIÇÕES GERAIS 1. OBJETO... 3 2. ORGANIZAÇÃO... 3 3. LOCALIZAÇÃO... 3 4. FUNCIONAMENTO... 3

Leia mais

REGRAS DE PARTICIPAÇÃO

REGRAS DE PARTICIPAÇÃO REGRAS DE PARTICIPAÇÃO 1. Condições de Participação 1. Realiza-se a 26, 27 e 28 de Junho de 2015 a recriação histórica designada Os Piratas ; 2. Podem participar no certame, artesãos e mercadores individuais,

Leia mais

Secretaria de Estado da Saúde de São Paulo ANEXO XIX. SEGUROS DE RESPONSABILIDADE DA CONCESSIONÁRIA

Secretaria de Estado da Saúde de São Paulo ANEXO XIX. SEGUROS DE RESPONSABILIDADE DA CONCESSIONÁRIA ANEXO XIX. SEGUROS DE RESPONSABILIDADE DA CONCESSIONÁRIA Durante o prazo da CONCESSÃO, a CONCESSIONÁRIA deverá contratar e manter em vigor no mínimo as apólices de seguro a seguir indicadas, nas condições

Leia mais

1 - TERMO DE UTILIZAÇÃO

1 - TERMO DE UTILIZAÇÃO 1 - TERMO DE UTILIZAÇÃO Este Termo de Utilização (doravante denominado "Termo de Utilização") regulamenta a utilização dos SERVIÇOS de envio de mensagens electrónicas - "e-mail" (doravante denominado "SERVIÇO")

Leia mais

Este Manual reúne as informações mais importantes que podem garantir uma presença na Feira o mais produtiva possível.

Este Manual reúne as informações mais importantes que podem garantir uma presença na Feira o mais produtiva possível. IMPRESCINDÍVEL SABER Caro Sr. Expositor, Este Manual reúne as informações mais importantes que podem garantir uma presença na Feira o mais produtiva possível. No entanto, por favor tenha em atenção que

Leia mais

CONTRATO DE PARCERIA PARA VENDA DE PRAZO DETERMINADO NUTRYER COMÉRCIO DE PRODUTOS NATURAIS & ESTÉTICA LTDA. - ME,

CONTRATO DE PARCERIA PARA VENDA DE PRAZO DETERMINADO NUTRYER COMÉRCIO DE PRODUTOS NATURAIS & ESTÉTICA LTDA. - ME, CONTRATO DE PARCERIA PARA VENDA DE PRAZO DETERMINADO NUTRYER COMÉRCIO DE PRODUTOS NATURAIS & ESTÉTICA LTDA. - ME, As partes abaixo identificadas têm, entre si, justo e acertado o presente Contrato de Parceria

Leia mais

ORIENTAÇÕES, REGRAS E INFORMAÇÕES AO EXPOSITOR.

ORIENTAÇÕES, REGRAS E INFORMAÇÕES AO EXPOSITOR. ORIENTAÇÕES, REGRAS E INFORMAÇÕES AO EXPOSITOR. APRESENTAÇÃO A Organizadora e Montadora Oficial vêm através deste Manual colocar à disposição, todas as informações necessárias para que você Expositor possa

Leia mais

Condições Gerais de Venda da. Rodamientos Feyc SA, Sucursal em Portugal

Condições Gerais de Venda da. Rodamientos Feyc SA, Sucursal em Portugal Condições Gerais de Venda da Rodamientos Feyc SA, Sucursal em Portugal Siglas: RF Rodamientos Feyc SA, Sucursal em Portugal CGV Condições Gerais de Veda 1. Âmbito 1.As presentes condições gerais estabelecem

Leia mais

Termos e Condições de Utilização da Plataforma ComprasPT

Termos e Condições de Utilização da Plataforma ComprasPT Termos e Condições de Utilização da Plataforma ComprasPT 1. Âmbito, objecto e legitimidade de acesso 1.1. A Infosistema, Sistemas de Informação S.A. é uma consultora de sistemas de informação que gere

Leia mais

adesão aos serviços tmn

adesão aos serviços tmn Original (Preencher em triplicado e em maiúsculas) N.º Bilhete de Identidade / Passaporte Data de Nascimento Automático + Contratual Extracto Detalhado Extracto Detalhado Factura Electrónica (a confirmação

Leia mais

CONDIÇÕES GERAIS. Protecção Vida Empresas RAMO VIDA GRUPO - TEMPORÁRIO ANUAL RENOVÁVEL

CONDIÇÕES GERAIS. Protecção Vida Empresas RAMO VIDA GRUPO - TEMPORÁRIO ANUAL RENOVÁVEL CONDIÇÕES GERAIS Protecção Vida Empresas RAMO VIDA GRUPO - TEMPORÁRIO ANUAL RENOVÁVEL CONDIÇÕES GERAIS Protecção Vida Empresas RAMO VIDA GRUPO - TEMPORÁRIO ANUAL RENOVÁVEL 3 DEFINIÇÕES DISPOSIÇÕES FUNDAMENTAIS

Leia mais

AIR LIQUIDE SOLDADURA, LDA. CONDIÇÕES GERAIS DE VENDA

AIR LIQUIDE SOLDADURA, LDA. CONDIÇÕES GERAIS DE VENDA AIR LIQUIDE SOLDADURA, LDA. CONDIÇÕES GERAIS DE VENDA Junho de 2015 Primeira.- Definições. Produtos significa todos os equipamentos, instalações, consumíveis, processos, sistemas, soluções e serviços relacionados

Leia mais

IMPRESCINDÍVEL SABER

IMPRESCINDÍVEL SABER IMPRESCINDÍVEL SABER Caro Sr. Expositor, Este Manual reúne as informações mais importantes que podem garantir uma presença na Feira o mais produtiva possível. No entanto, por favor tenha em atenção que

Leia mais

MANUAL PARA MONTADORAS

MANUAL PARA MONTADORAS 1. PERÍODO DE REALIZAÇÃO DO EVENTO: De 13 a 17 de Abril de 2015, das 08:00 às 18:00h. MANUAL PARA MONTADORAS 2. PERÍODO DE MONTAGENS E DESMONTAGENS DOS STANDS Período de montagem de stands será de 23/03/2015

Leia mais

Condição Especial. Responsabilidade Civil Profissional. Farmacêuticos

Condição Especial. Responsabilidade Civil Profissional. Farmacêuticos Condição Especial Responsabilidade Civil Profissional Farmacêuticos 1. Objectivo Esta Condição Especial destina-se a acompanhar e a clarificar as coberturas e funcionamento dos Certificados de Seguro emitidos

Leia mais

SEGUROS PATRIMONIAIS. www.sindsegsc.org.br PDES Programa de Desenvolvimento dos Executivos do Seguro Agosto/2013

SEGUROS PATRIMONIAIS. www.sindsegsc.org.br PDES Programa de Desenvolvimento dos Executivos do Seguro Agosto/2013 SEGUROS PATRIMONIAIS www.sindsegsc.org.br PDES Programa de Desenvolvimento dos Executivos do Seguro Agosto/2013 SEGUROS COMPREENSIVOS Nilso Gonçalves Membro Comissão Ramos Diversos PDES Seguros Compreensivos

Leia mais

Regulamento da Acção Promocional Ganhe 250 para tratamentos dentários por semana

Regulamento da Acção Promocional Ganhe 250 para tratamentos dentários por semana Regulamento da Acção Promocional Ganhe 250 para tratamentos dentários por semana 1- Entidade responsável e objecto da promoção A COLGATE-PALMOLIVE UNIPESSOAL, LDA., com sede no Lagoas Park, Edifício 15,

Leia mais

INSTRUMENTO PARTICULAR DE CONTRATO DE CADASTRAMENTO DE CONSULTOR(A) E CONDIÇÕES DE VENDA DIRETA

INSTRUMENTO PARTICULAR DE CONTRATO DE CADASTRAMENTO DE CONSULTOR(A) E CONDIÇÕES DE VENDA DIRETA INSTRUMENTO PARTICULAR DE CONTRATO DE CADASTRAMENTO DE CONSULTOR(A) E CONDIÇÕES DE VENDA DIRETA Pelo presente instrumento particular de contrato de cadastramento de CONSULTOR(A) e condições de venda direta,

Leia mais

CONDIÇÕES GERAIS DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇO DE ACESSO À "INTERNET" Minuta

CONDIÇÕES GERAIS DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇO DE ACESSO À INTERNET Minuta I CONDIÇÕES GERAIS DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇO DE ACESSO À "INTERNET" Minuta O PRESENTE CONTRATO FOI APROVADO PELO INSTITUTO DAS COMUNICAÇÕES DE PORTUGAL, NOS TERMOS E PARA OS EFEITOS DO ARTIGO 9/2 DO DECRETO

Leia mais

Condições Gerais do Serviço BIC Net Empresas

Condições Gerais do Serviço BIC Net Empresas Entre o Banco BIC Português, S.A., Sociedade Comercial Anónima, com sede na Av. António Augusto de Aguiar, nº132 1050-020 Lisboa, pessoa colectiva nº 507880510, matriculada na Conservatória do Registo

Leia mais

Apoio técnico e comercial

Apoio técnico e comercial Generalidades As presentes condições de venda aplicam-se a todas as vendas que venham a ser efectuadas pela empresa MOVIMAR - MÓVEIS DE COZINHA LDA., à frente referida como MOVIMAR. A MOVIMAR pode rever

Leia mais

(1) Inclui o capital de Responsabilidade Civil Obrigatória: 6.000.000 (Danos Materiais/Danos Corporais).

(1) Inclui o capital de Responsabilidade Civil Obrigatória: 6.000.000 (Danos Materiais/Danos Corporais). 1 FICHA DE PRODUTO Produtos Automóvel A N Seguros tem à sua disposição coberturas que são realmente indispensáveis para a segurança do seu Automóvel, construindo uma proteção à sua medida. Esta ficha de

Leia mais

Condições de Gerais de Utilização

Condições de Gerais de Utilização Condições de Gerais de Utilização O presente contrato estabelece condições de relacionamento comercial acordadas entre Marinartes - Artes Decorativas Online, doravante designado por Marinartes e por pessoas

Leia mais

HCE COMÉRCIOS DE CARTÕES E JÓIAS E COSMÉTICOS LTDA ME,

HCE COMÉRCIOS DE CARTÕES E JÓIAS E COSMÉTICOS LTDA ME, CONTRATO DE PARCERIA PARA VENDA DE PRAZO DETERMINADO HCE COMÉRCIOS DE CARTÕES E JÓIAS E COSMÉTICOS LTDA ME, As partes abaixo identificadas têm, entre si, justo e acertado o presente Contrato de Parceria

Leia mais

REGULAMENTO DA FEIRA DE VIATURAS USADAS DE AZAMBUJA

REGULAMENTO DA FEIRA DE VIATURAS USADAS DE AZAMBUJA MUNICÍPIO DE AZAMBUJA REGULAMENTO DA FEIRA DE VIATURAS USADAS DE AZAMBUJA Aprovado por deliberação da Assembleia Municipal de 28 de Junho de 2011. Publicado pelo Edital n.º 118/2011. Em vigor desde 19

Leia mais

REGULAMENTO HUB PORTO

REGULAMENTO HUB PORTO REGULAMENTO HUB PORTO Preâmbulo O Hub Porto é uma comunidade global, constituída por pessoas das mais diversas áreas profissionais, técnicas, culturais e/ou sociais, que procuram responder de forma inovadora

Leia mais

Allianz Saúde. Seguro Saúde. Nota de Informação Prévia - Nos termos da Lei aplicável e em vigor à data de contratação.

Allianz Saúde. Seguro Saúde. Nota de Informação Prévia - Nos termos da Lei aplicável e em vigor à data de contratação. Seguro Saúde Allianz Saúde Nota de Informação Prévia - Nos termos da Lei aplicável e em vigor à data de contratação. Informação Geral: Porquê comprar um Seguro de Saúde? Porque a saúde é a base essencial

Leia mais

PARCEIROS ESTRATÉGICOS EM PARCERIA COM: UM PROJECTO: NORMAS DE PARTICIPACÃO. Mosteiro de Santa Clara-a-Velha, coimbra

PARCEIROS ESTRATÉGICOS EM PARCERIA COM: UM PROJECTO: NORMAS DE PARTICIPACÃO. Mosteiro de Santa Clara-a-Velha, coimbra NORMAS DE PARTICIPACÃO 9, 10 e 11 de Outubro de 2015 I. EVENTO: FEIRA DO PATRIMÓNIO 2015 I.1 ORGANIZAÇÃO Spira revitalização patrimonial lda. www.spira.pt A Spira é uma empresa especializada na concepção,

Leia mais

Condições Gerais do Aditamento para Parcelamento

Condições Gerais do Aditamento para Parcelamento Condições Gerais do Aditamento para Parcelamento (Versão 05/2014) Estas são as Condições Gerais do Aditamento para Parcelamento, solicitado por você e contratado por meio de digitação de senha ou ligação

Leia mais

FUNCIONAMENTO DA EXPOSIÇÃO Dia 3 de Junho de 2015 - das 11h00 às 17h00

FUNCIONAMENTO DA EXPOSIÇÃO Dia 3 de Junho de 2015 - das 11h00 às 17h00 MONTADORA OFICIAL Metro Quadrado Estandes Rua Tenente Américo Moretti, 200 - Cep 04372-062 - São Paulo - SP Telefone: (11) 5671-2022 - E-mail: metro.quadrado@metro2.com.br HORÁRIOS DE MONTAGEM / FUNCIONAMENTO

Leia mais

CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS BUSCA DE CV

CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS BUSCA DE CV CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS BUSCA DE CV 1. PARTES 1.1. De um lado, a contratada TALENTU RECRUTAMENTO E SELEÇÃO LTDA, CNPJ 14.039.007/0001-21 com sede na Rua Doutor José Luiz Guimarães, 5 Mandaqui

Leia mais

uma vasta protecção para quem lhe exige sempre o melhor serviço serviços

uma vasta protecção para quem lhe exige sempre o melhor serviço serviços uma vasta protecção para quem lhe exige sempre o melhor serviço serviços segurtrade serviços Segurtrade - Serviços é uma solução de protecção, desenvolvida para pequenas e médias empresas que exercem

Leia mais

proposta de adesão ao serviço facturação repartida (vpn)

proposta de adesão ao serviço facturação repartida (vpn) proposta de adesão ao facturação repartida (vpn) postal - Entre a TMN - Telecomunicações Móveis, S.A., e o cliente vigora um acordo de prestação de telefónico móvel, a que corresponde o cartão do plano

Leia mais

FICHA DE ABERTURA DE CLIENTE EMPRESA

FICHA DE ABERTURA DE CLIENTE EMPRESA FICHA DE ABERTURA DE CLIENTE EMPRESA AGÊNCIA Nº DE CLIENTE/CONTA DENOMINAÇÃO SOCIAL CONDIÇÕES DE MOVIMENTAÇÃO Individual: Solidária: Conjunta: Mista: ENTIDADE TIPO DOC IDENTIFICAÇÃO Nº DOC IDENTIFICAÇÃO

Leia mais

CONTRATO DE LICENÇA DE USO

CONTRATO DE LICENÇA DE USO CONTRATO DE LICENÇA DE USO Leia o contrato de licença antes de utilizar este programa. Ao aceitar o contrato, você concorda em tornar-se o Licenciado e expressa sua total aceitação de todos os termos e

Leia mais

CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS TRACKER AUTO

CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS TRACKER AUTO Página 1 de 1 CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS TRACKER AUTO ET DO BRASIL LTDA., empresa com sede à Rua Alexandre Dumas, 2200, térreo, Chácara Santo Antônio, São Paulo/SP, doravante denominada simplesmente

Leia mais

REGULAMENTO FEIRA DO LIVRO PORTO 2015 I ORGANIZAÇÃO

REGULAMENTO FEIRA DO LIVRO PORTO 2015 I ORGANIZAÇÃO REGULAMENTO FEIRA DO LIVRO PORTO 2015 I ORGANIZAÇÃO Artigo 1.º Âmbito 1. A Feira do Livro do Porto integra um espaço de venda de publicações cuja organização compete à Porto Lazer E.M. e um Festival Literário

Leia mais

Condições gerais relativas à prestação do serviço de alojamento de sites na Internet

Condições gerais relativas à prestação do serviço de alojamento de sites na Internet 1. Objecto Condições gerais relativas à prestação do serviço de alojamento de sites na Internet As presentes condições gerais destinam-se a estabelecer os termos e as condições por que se regerá a STDesign4U.com

Leia mais

3. Suspensão do Serviço Condições Gerais de Prestação do Serviço Telefónico acessível ao público num local fixo 1. Objecto

3. Suspensão do Serviço Condições Gerais de Prestação do Serviço Telefónico acessível ao público num local fixo 1. Objecto Condições Gerais de Prestação do Serviço Telefónico acessível ao público num local fixo da PT PRIME-Soluções Empresariais de Telecomunicações e Sistemas, S.A., com sede na Av. Fontes Pereira de Melo, n.º

Leia mais

neste regulamento. 2. DOS CONCEITOS FUNDAMENTAIS

neste regulamento. 2. DOS CONCEITOS FUNDAMENTAIS 1. DAS PARTES 1.1. A constituição e o funcionamento de grupos de consórcio formados pela empresa Sponchiado Administradora de Consórcios Ltda., pessoa neste regulamento. 2. DOS CONCEITOS FUNDAMENTAIS promovida

Leia mais

Regulamento Programa Fidelidade

Regulamento Programa Fidelidade Regulamento Programa Fidelidade 1. CONDIÇÕES GERAIS 1.1. O presente instrumento tem por objetivo regulamentar a participação dos clientes das Farmácias SESI/DR/SC no Programa Fidelidade SESI Farmácia.

Leia mais

Acordo Preferencial para Prestação de Serviços de Aluguer de Automóveis sem Condutor

Acordo Preferencial para Prestação de Serviços de Aluguer de Automóveis sem Condutor PROTOCOLO COMERCIAL Acordo Preferencial para Prestação de Serviços de Aluguer de Automóveis sem Condutor ENTRE, com sede em Lj. 11 e 12 4760-014 V.N. Famalicão, pessoa colectiva 507 591 682, neste acto

Leia mais

Claustros do Convento de Santa Clara (atual edifício da Câmara Municipal de Guimarães)

Claustros do Convento de Santa Clara (atual edifício da Câmara Municipal de Guimarães) Descrição do evento A Doçaria no Convento consiste numa mostra de doces de origem conventual que decorrerá de 18 a 20 de Março de 2016. Esta iniciativa pretende reavivar a memória de outros tempos, procurando

Leia mais

Condições Gerais de Venda

Condições Gerais de Venda Condições Gerais de Venda ARTIGO 1º: DISPOSIÇÕES GERAIS 1. As presentes Condições Gerais de Venda aplicam-se às reservas individuais iguais ou inferiores a 5 quartos, efetuadas em uma única vez, concluídas

Leia mais

CIRCULAR SUSEP Nº 145, DE 07 DE NOVEMBRO DE 2.000

CIRCULAR SUSEP Nº 145, DE 07 DE NOVEMBRO DE 2.000 CIRCULAR SUSEP Nº 145, DE 07 DE NOVEMBRO DE 2.000 Dispõe sobre a estruturação mínima das Condições Contratuais e das Notas Técnicas Atuariais dos Contratos exclusivamente de Seguros de Automóvel ou dos

Leia mais

Para qualquer questão relacionada com o passatempo de EDP COOL JAZZ MELODY GARDOT: envie um e-mail para passatempos@sol.pt

Para qualquer questão relacionada com o passatempo de EDP COOL JAZZ MELODY GARDOT: envie um e-mail para passatempos@sol.pt ATENDIMENTO AO LEITOR SEMANÁRIO SOL Para qualquer questão relacionada com o passatempo de EDP COOL JAZZ MELODY GARDOT: envie um e-mail para passatempos@sol.pt ou ligue 210 434 000 Horário de Atendimento

Leia mais

REGULAMENTO GERAL DA FEIRA COMERCIAL DO III CONGRESSO DE ORTODONTIA E III CONGRESSO DE ORTOPEDIA FUNCIONAL,

REGULAMENTO GERAL DA FEIRA COMERCIAL DO III CONGRESSO DE ORTODONTIA E III CONGRESSO DE ORTOPEDIA FUNCIONAL, REGULAMENTO GERAL DA FEIRA COMERCIAL DO III CONGRESSO DE ORTODONTIA E III CONGRESSO DE ORTOPEDIA FUNCIONAL, a ser realizado no período de 17, 18 e 19 de junho de 2010, nas dependências do Centro de Convenções

Leia mais

Normas de funcionamento e utilização do Mercado de Sant Ana Centro Cultural 1

Normas de funcionamento e utilização do Mercado de Sant Ana Centro Cultural 1 1 6 Normas de funcionamento e utilização do Mercado de Sant Ana Centro Cultural 1 I Disposições Gerais 1. Objecto O presente regulamento tem por finalidade estabelecer as condições gerais a que ficam sujeitos

Leia mais

50 the International Paris Air Show

50 the International Paris Air Show Cluster Aeroespacial Nacional Pavilhão de Portugal 50 the International Paris Air Show Paris - Le Bourget 17 a 23 de Junho de 2013 www.salon-du-bourget.fr ENQUADRAMENTO e OBJECTIVO Na continuidade das

Leia mais

CIRCULAR SUSEP Nº 145, DE 07 DE NOVEMBRO DE 2000 Publicada no DOU de 09/11/2000 Dispõe sobre a estruturação mínima das Condições Contratuais e das

CIRCULAR SUSEP Nº 145, DE 07 DE NOVEMBRO DE 2000 Publicada no DOU de 09/11/2000 Dispõe sobre a estruturação mínima das Condições Contratuais e das CIRCULAR SUSEP Nº 145, DE 07 DE NOVEMBRO DE 2000 Publicada no DOU de 09/11/2000 Dispõe sobre a estruturação mínima das Condições Contratuais e das Notas Técnicas Atuariais dos Contratos exclusivamente

Leia mais

CONDIÇÕES GERAIS RESERVE CLUBCAR

CONDIÇÕES GERAIS RESERVE CLUBCAR Seja bem-vindo à Blue Service Assistance, a opção mais vantajosa em assistência e clube de vantagens. É uma enorme satisfação ter você como nosso associado. A Blue Service Assistance está cada vez mais

Leia mais

1. Titularidade do domínio www.estrelacoop.pt

1. Titularidade do domínio www.estrelacoop.pt 1. Titularidade do domínio www.estrelacoop.pt O site www. www.estrelacoop.pt encontra-se registado ao abrigo do Regulamento do registo de domínios/subdomínios de. PT", e é propriedade Estrelacoop Cooperativa

Leia mais

uma vasta protecção para quem encontra a melhor solução para as avarias motor motor

uma vasta protecção para quem encontra a melhor solução para as avarias motor motor uma vasta protecção para quem encontra a melhor solução para as avarias motor motor segurtrade motor Segurtrade - Motor é uma solução de protecção para a sua empresa, direccionada para pequenas e médias

Leia mais

REGULAMENTO 1. DATA E HORÁRIO

REGULAMENTO 1. DATA E HORÁRIO REGULAMENTO A 25ª Exposição/Feira Agrícola Comercial e Industrial de Cantanhede é uma iniciativa do Município de Cantanhede, e que é coordenada por uma Comissão Organizadora nomeada por este. A empresa

Leia mais

TERMOS E CONDIÇÕES DE UTILIZAÇÃO e CONDIÇÕES GENÉRICAS DE VENDA

TERMOS E CONDIÇÕES DE UTILIZAÇÃO e CONDIÇÕES GENÉRICAS DE VENDA pág. 1 / 5 TERMOS E CONDIÇÕES DE UTILIZAÇÃO e CONDIÇÕES GENÉRICAS DE VENDA 1. INTRODUÇÃO O site de vendas online www.fitnesshut.pt (adiante designado por site ou loja online) é um site de vendas online

Leia mais

GUIA DO CONSUMIDOR DE ELECTRICIDADE NO MERCADO LIBERALIZADO

GUIA DO CONSUMIDOR DE ELECTRICIDADE NO MERCADO LIBERALIZADO GUIA DO CONSUMIDOR DE ELECTRICIDADE NO MERCADO LIBERALIZADO RESPOSTA ÀS QUESTÕES MAIS FREQUENTES Agosto 2006 ENTIDADE REGULADORA DOS SERVIÇOS ENERGÉTICOS Rua Dom Cristóvão da Gama n.º 1-3.º 1400-113 Lisboa

Leia mais

CONTRATO DE LICENÇA DO UTILIZADOR FINAL

CONTRATO DE LICENÇA DO UTILIZADOR FINAL CONTRATO DE LICENÇA DO UTILIZADOR FINAL Leia atentamente o Contrato de Licença que se segue antes de utilizar este programa. Ao aceitar o Contrato, o Adquirente concorda em tornar-se o utilizador ou titular

Leia mais

REGULAMENTO DA ACÇÃO ACTIVAÇÃO GIFT CARD Campanha promocional denominada: Oferta de 20 em Gift Cards

REGULAMENTO DA ACÇÃO ACTIVAÇÃO GIFT CARD Campanha promocional denominada: Oferta de 20 em Gift Cards REGULAMENTO DA ACÇÃO ACTIVAÇÃO GIFT CARD Campanha promocional denominada: Oferta de 20 em Gift Cards Artº 1º (Promotora) O Centro Comercial Parque Nascente leva a cabo a campanha promocional Oferta de

Leia mais

REGULAMENTO MANUAL DO EXPOSITOR

REGULAMENTO MANUAL DO EXPOSITOR REGULAMENTO MANUAL DO EXPOSITOR Prezado Expositor: A seguir o Manual do Expositor do FEIRÃO DO IMOVEL SECOVI, no qual estão definidos todos os procedimentos e regras de participação do evento. 1. NOME

Leia mais

MUNICÍPIO DE CONDEIXA-A-NOVA

MUNICÍPIO DE CONDEIXA-A-NOVA Página 1 de 10 3/2014 CP APROV CADERNO DE ENCARGOS Concurso Público para aquisição de uma desumidificadora para as Piscinas Municipais de Condeixa-a-Nova Página 2 de 10 CADERNO DE ENCARGOS Capítulo I Disposições

Leia mais

Consulta Prévia ao Mercado 03/2012

Consulta Prévia ao Mercado 03/2012 Consulta Prévia ao Mercado 03/2012 CADERNO DE ENCARGOS Aquisição de Kits de Formação Projecto 074015/2012/23 Formações Modulares Certificadas Página 1 de 13 CADERNO DE ENCARGOS PARTE I CLÁUSULAS JURÍDICAS

Leia mais

Índice Artigo 1.º Objecto... 3. Artigo 2.º Contrato... 3. Artigo 3.º Obrigações principais do adjudicatário... 4. Artigo 4.º Prazo...

Índice Artigo 1.º Objecto... 3. Artigo 2.º Contrato... 3. Artigo 3.º Obrigações principais do adjudicatário... 4. Artigo 4.º Prazo... Concurso Público para a elaboração do Inventário de Referência das Emissões de CO2 e elaboração do Plano de Acção para a Energia Sustentável do Município do Funchal CADERNO DE ENCARGOS Índice Artigo 1.º

Leia mais

REGULAMENTO DA INCUBADORA DO TAGUSPARK

REGULAMENTO DA INCUBADORA DO TAGUSPARK REGULAMENTO DA INCUBADORA DO TAGUSPARK Data: Outubro de 2013 PARTE I Aspectos Gerais Artigo 1º (Âmbito) No presente regulamento definem-se os procedimentos de funcionamento da Incubadora do Taguspark,

Leia mais

RAMO RESPONSABILIDADE CIVIL GERAL CONDIÇÕES ESPECIAIS RESPONSABILIDADE CIVIL PROFISSIONAL MÉDICO SEGURO COLECTIVO DA ORDEM DOS MÉDICOS

RAMO RESPONSABILIDADE CIVIL GERAL CONDIÇÕES ESPECIAIS RESPONSABILIDADE CIVIL PROFISSIONAL MÉDICO SEGURO COLECTIVO DA ORDEM DOS MÉDICOS RAMO RESPONSABILIDADE CIVIL GERAL CONDIÇÕES ESPECIAIS RESPONSABILIDADE CIVIL PROFISSIONAL MÉDICO SEGURO COLECTIVO DA ORDEM DOS MÉDICOS ART 1 o OBJECTO DO SEGURO Pela presente Condição Especial fica garantida,

Leia mais

CONTRATO DE EMPRÉSTIMO DE OBRAS DE ARTE

CONTRATO DE EMPRÉSTIMO DE OBRAS DE ARTE CONTRATO DE EMPRÉSTIMO DE OBRAS DE ARTE No âmbito do projecto/exposição «.» é celebrado o presente contrato de empréstimo de obras de arte, entre: (instituição ou pessoa)..., (morada).., (tel.)., (fax)

Leia mais

ficha de produto multirriscos habitação

ficha de produto multirriscos habitação ficha de produto multirriscos habitação O que é? O Seguro de multirriscos habitação é um seguro que visa garantir os edifícios ou fracções de edifícios destinados à habitação permanente do Segurado e construídos

Leia mais

TARIFAS BANCÁRIAS. Para abrir uma conta, os bancos exigem um depósito inicial, que varia conforme a instituição.

TARIFAS BANCÁRIAS. Para abrir uma conta, os bancos exigem um depósito inicial, que varia conforme a instituição. TARIFAS BANCÁRIAS A utilização de bancos é praticamente indispensável aos cidadãos. Contas e impostos, salários e seguros-desemprego são exemplos de transferência de dinheiro normalmente intermediada por

Leia mais

STANDS TIPO IMAGENS E MEDIDAS

STANDS TIPO IMAGENS E MEDIDAS Sectores Ruas e Praças O enquadramento das entidades/empresas nas respetivas ruas/praças é meramente indicativo e tem por objetivo, dar uma lógica sustentada à cidade empresarial. Modalidades de participação

Leia mais

Agrupamento de Escolas D.Sancho I. Anexo V REGULAMENTO DE CEDÊNCIA DE INSTALAÇÕES ESCOLARES REGULAMENTO DO ALUGUER DE INSTALAÇÕES 1

Agrupamento de Escolas D.Sancho I. Anexo V REGULAMENTO DE CEDÊNCIA DE INSTALAÇÕES ESCOLARES REGULAMENTO DO ALUGUER DE INSTALAÇÕES 1 Anexo V REGULAMENTO DE CEDÊNCIA DE INSTALAÇÕES ESCOLARES REGULAMENTO DO ALUGUER DE INSTALAÇÕES 1 REGULAMENTO DE CEDÊNCIA DE INSTALAÇÕES ESCOLARES Artigo 1.º Objeto O objeto do presente regulamento consiste

Leia mais

Manual de Usuário. Seguro para Igrejas

Manual de Usuário. Seguro para Igrejas Manual de Usuário Seguro para Igrejas Seguro para Igrejas Mensagem do Diretor A Adventist Risk Management Sul-Americana é uma parceira da Divisão Sul-Americana referente à administração de riscos. Nosso

Leia mais

Estatutos para o Condomínio no Edíficio Caroni

Estatutos para o Condomínio no Edíficio Caroni 1º - OBJECTO DO REGULAMENTO 1- O presente regulamento é aplicável nas relações entre os condóminos do Edifício CARONI sito na Rua da Grécia em Vilamoura, e tem por fim estabelecer os direitos e deveres

Leia mais

REGULAMENTO GERAL DO EVENTO

REGULAMENTO GERAL DO EVENTO FEIRA DE TRANSPORTE INTERMODAL E LOGÍSTICA EDIÇÃO 2012 REGULAMENTO GERAL DO EVENTO 1 SUMÁRIO INFORMAÇÕES GERAIS-------------------------------------------------------------------------------------- 05

Leia mais