Samba como PDC de um domínio Windows

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Samba como PDC de um domínio Windows"

Transcrição

1 Relatório do Trabalho Prático nº 3 Samba como PDC de um domínio Windows Documento elaborado pela equipa: Jorge Miguel Morgado Henriques Ricardo Nuno Mendão da Silva Data de entrega:

2 Índice Índice... 1 Introdução... 2 Configuração do Samba... 3 Justificação de parametros de configuração... 4 Testes e resultados... 7 Funcionalidades não cumpridas Conclusão Bibliografia

3 Introdução Pretende-se configurar o samba como Controlador de um domínio Windows. O Samba irá desta forma assegurar algumas das funcionalidades habitualmente desempenhadas por um PDC Windows Server. O Servidor Samba deverá assumir o papel de PDC do dom ínio G SRXY (onde XY corresponde ao número de ordem da máquina no LSGR, de 01 a 12); deve suportar perfis móveis (roving profiles); deve permitir o acesso apenas a máquinas da rede /24; e deve também funcionar como Servidor WINS (Windows Internet Naming Service). Os utilizadores do domínio deverão possuir uma conta na máquina Linux onde o Samba reside. Os utilizadores deverão poder utilizar a mesma password nos acessos ao Linux e nos acessos ao domínio Windows controlado pelo Samba. Essa password deverá poder ser alterada pelo utilizador no sistema Linux ou a partir do desktop do Windows. Após o Log In, o utilizador deve poder aceder à drive U :. Esta drive deverá permitir o acesso aos ficheiros do utilizador na sua directoria de trabalho do servidor. Para além da drive referida anteriorm ente os utilizadores pedro e rtiago deverão ter acesso à drive Y:. Esta drive permitirá o acesso apenas de leitura aos ficheiros na directoria /usr/local/docs do servidor. 2

4 Configuração do Samba Pretende-se configurar no Samba as funcionalidades de PDC (Primary Domain Controller) de modo a funcionar como controlador de um domínio Windows. Desta forma controlador suportará os habituais mecanismos encontrados em domínios Windows como sejam as políticas de domínio ou os perfis de utilizadores móveis (roaming profiles). O ficheiro de configuração do Samba é o ficheiro smb.conf situado na pasta /etc/samba, e foi configurado da seguinte forma: [global] netbios name = GSR06 workgroup = GSR06 server string = GSR06 security = user hosts allow = log file = /var/log/samba/%m.log max log size = 50 local master = yes os level = 33 domain master = yes preferred master = yes domain logons = yes logon drive = U: logon script = %U.bat logon path = \\%L\Profiles\%U wins support = yes dns proxy = no smb passwd file = /etc/samba/smbpasswd encrypt passwords = yes keep alive = 20 debug level = 3 null passwords = no [homes] comment = Home Directories browseable = no writeable = yes [netlogon] comment = Network Logon Service path = /usr/local/samba/lib/netlogon share modes = no browseable = no [Profiles] path = /home/%u browseable = no guest ok = yes writeable = yes create mask = 0600 directory mask = 0700 [privatedir] 3

5 comment = path = /usr/local/docs public = no valid users = pedro rtiago writeable = no read only = yes Justificação de parametros de configuração security = user Este parâmetro define o nível de segurança. Com esta opção, sempre que um utilizador pede uma ligação a uma share, o Samba vai autenticar esse utilizado validando um username e uma password com os utilizadores presentes no ficheiro de configuração e com as passwords existentes na base de dados de passwords do Samba. hosts allow = Este parâmetro permite limitar os clientes que efectuam Log In no domínio GSR06 aos clientes da rede /24 e ao localhost. wins support = yes Este parâmetro faz com que o servidor Samba passe a ser também servidor WINS. os level = 33 Este parâmetro permite garantir que este servidor seja PDC mesmo com um servidor Windows 2000 Advanced Server na rede. local master = yes domain master = yes preferred master = yes Estes três parâmetros asseguram que o servidor será master browser a nível de domínio e a nível local. Será neste servidor que se encontra a lista de browse e é este servidor que irá responder aos pedidos de browsing dos clientes. O parâmetro preferred master activa o preferred master bit aquando da participação numa eleição. Esta característica dá ao servidor um status de preferência no workgroup sobre outros eventuais servidores em concorrência. 4

6 logon path = \\%L\Profiles\%U Este parâmetro define onde são guardados os perfis móveis para clientes Windows NT/2000/XP. logon script = %U.bat Este parâmetro define que um script cujo nome é baseado no nome do utilizador (%U) será executado aquando do Log On do mesmo. Esse script estará na directoria definida na share [netlogon]. logon drive = U: Este parâmetro define a drive onde será mapeada a directoria de trabalho do utilizador no servidor. smb passwd file = /etc/samba/smbpasswd Este parâmetro define a localização do ficheiro de passwords do samba (smbpasswd). encrypt passwords = yes Este parâmetro active a utilização de passwords cifradas. De seguida foram criadas duas contas de utilizadores na máquina Linux para os utilizadores pedro e rtiago e para a máquina KMOBILE02 que se pretendia juntar ao domínio GSR06. 5

7 Figura 1 Criação de contas de utilizador e de máquina Estes utilizadores foram também adicionados ao ficheiro smbpasswd, bem como a máquina. Figura 2 Criação de contas de utilizador e de máquina 6

8 Testes e resultados Para começar testou-se se as duas máquinas comunicariam estando na rede /24, através do comando ping. Figura 3 Ping do servidor para o cliente XP Figura 4 Ping do cliente XP para o servidor 7

9 Em seguida adicionou-se o cliente XP ao domínio GSR06 através da opção Propriedades de O Meu Computador (separador Computer Name), como ilustra a seguinte figura. Figura 5 Associação do cliente XP ao domínio GSR06 Em seguida tentou-se efectuar um log in com o utilizador maria (que foi outro utilizador criado na mesma forma que o pedro e o rtiago demonstrados anteriormente). Acção essa que decorreu com sucesso. 8

10 Figura 6 Log In do utilizador maria Figura 7 Log da máquina no servidor 9

11 Figura 8 - Drive U: mapeada após o Log In do utilizador maria 10

12 Figura 9 Conteúdo da drive U: Nas imagens acima podemos observar o log do samba bem como a unidade U: que foi montada automaticamente e que permite o acesso aos ficheiros do utilizador na sua directoria de trabalho no servidor. De seguida procedeu-se da mesma forma mas com o utilizador pedro. Assim podemos observar que foi montada uma unidade Y: que permite o acesso aos ficheiros localizados na pasta /usr/local/docs no servidor. 11

13 Figura 10 Log In do utilizador pedro Figura 11 Log da máquina no servidor 12

14 Figura 12 Drives U: e Y: mapeadas após o utilizador pedro ter efectuado Log In no cliente XP 13

15 Depois foi testada a funcionalidade dos perfis móveis (roaming profiles) e foi testado criando uma pasta no Desktop do utilizador pedro. De seguida efectuámos log off com esse mesmo utilizador e pudemos observar que no servidor foi criada essa mesma pasta. De seguida voltámos a efectuar log in com o utilizador pedro e a pasta criada anteriorm ente foi carregada para o Desktop conforme o perfil o indicava no servidor. As figuras seguintes ilustram precisamente estes passos. Figura 13 Criação de uma pasta no Desktop do cliente XP com a conta do utilizador pedro Figura 14 Ficheiros do utilizador pedro na sua directoria de trabalho no servidor 14

16 Funcionalidades não cumpridas A única funcionalidade não cumprida prende-se com o mapeamento da drive Y: para a pasta /usr/local/docs do servidor de modo automático. Esta funcionalidade foi implementada através de um script que seria executado no acto de Log In. O que acontece é que este script, perante o nosso cenário e durante todos os testes não funcionou de forma automática. Manualmente, o script corre e faz o mapeamento pretendido mas tal não acontece de forma automática, no Log In. Foi adicionada a share Netlogon no smb.conf de modo a indicar a pasta onde estariam os scripts de logon. É também adicionada no smb.conf a informação sobre o script de Log On através do parâmetro logon script. Seria de esperar que o mecanismo de Netlogon se encarregasse do script de logon. A figura seguinte mostra que o script foi feito em MS-DOS para que não houvesse problema de codificação. F Figura 15 Edição do script logon.bat em DOS Quando, nos testes, aparece a drive Y:, o script foi inserido manualmente no startup do Windows. 15

17 Foi também visto o aspecto de sincronização dos relógios pois pensámos que o problema poderia residir nesse factor mas também não foi por aí que resolvemos o nosso problema. Um aspecto que gostaríamos de chamar a atenção é para o facto de em alguns snapshots aparecer o cliente XP com o nome KMOBILE02 e noutros o nome CLIENTXP. Isso fica a dever-se ao facto de termos começado a testar com uma máquina e depois termos sido obrigados a efectuar alguns testes em outra máquina devido a problemas que tivemos na máquina KMOBILE02. Contudo todo o trabalho funciona integralmente com a máquina CLIENTXP no cenário (para o caso de o professor pretender ver o trabalho a funcionar). 16

18 Conclusão Após a conclusão deste trabalho podemos constatar que foi um trabalho importante na nossa formação. Já tínhamos de alguma forma utilizado o samba mas nunca desta forma (como PDC de um domínio Windows). O trabalho contribuiu para a nossa familiarização com esta vertente do samba que ainda não tínhamos experimentado. Acabámos por sentir algumas dificuldades à volta da questão que mencionámos nas Funcionalidades não cumpridas, enquanto que as restantes componentes do trabalho não se revelaram tão trabalhosas. Foi um trabalho, mais uma vez, enriquecedor visto que se trata de mais um aspecto de gestão de redes que é uma área que nos interessa a ambos, e pensamos que atingimos os objectivos pretendidos com esta actividade. 17

19 Bibliografia Using Samba, 2 nd Edition,O Reily, February 2003 The Official Samba 3 HOW TO and Reference guide [http://samba.org/samba/docs/man/samba-howto-collection/ ] 18

Arquivo smb.conf comentado

Arquivo smb.conf comentado Arquivo smb.conf comentado ######## Seção global #### Define configurações como nome do servidor, grupo de trabalho, e outras. #### Opções definidas aqui tem efeito em todos compartilhamentos, exceto quando

Leia mais

Redes de Computadores

Redes de Computadores Redes de Computadores Samba Gustavo Reis gustavo.reis@ifsudestemg.edu.br 1 Conhecido também como servidor de arquivos; Consiste em compartilhar diretórios do Linux em uma rede Windows e visualizar compartilhamentos

Leia mais

NBT - é o protocolo que faz o mapeamento entre nomes (de computadores ) e IP s.

NBT - é o protocolo que faz o mapeamento entre nomes (de computadores ) e IP s. Capítulo 9 Serviços de ficheiros em rede Microsoft (SMB) Introdução Em 1984 a Microsoft fez uma API (Application Programming Interface) para que as suas aplicações pudessem partilhar dados numa rede. Esta

Leia mais

Capítulo 9. SMB (Server Message Block) Serviços de ficheiros em rede Microsoft. Gestão de Redes e Serviços (GRS) Capítulo 9 1/1

Capítulo 9. SMB (Server Message Block) Serviços de ficheiros em rede Microsoft. Gestão de Redes e Serviços (GRS) Capítulo 9 1/1 Capítulo 9 Serviços de ficheiros em rede Microsoft SMB (Server Message Block) Gestão de Redes e Serviços (GRS) Capítulo 9 1/1 Introdução Em 1984 a Microsoft fez uma API (Application Programming Interface)

Leia mais

Linux Network Servers

Linux Network Servers Configuração do Servidor Samba como controlador primário de domínio (PDC). O objetivo desse roteiro é mostrar como configurar um servidor Samba PDC compartilhando o diretório home, impressora e um diretório

Leia mais

Após salvar, execute o comando testparm e ele deverá exibir a mensagem Server role: ROLE_DOMAIN_PDC".

Após salvar, execute o comando testparm e ele deverá exibir a mensagem Server role: ROLE_DOMAIN_PDC. Samba como Servidor de Domínio Ubuntu Server 14.04 1. Passo - Instalação do pacote: #apt-get install samba 2. Passo - Edição do smb.conf Após instalar o samba delete o arquivo padrão smb.conf. #rm /etc/samba/smb.conf

Leia mais

Utilizando o SAMBA - Parte I

Utilizando o SAMBA - Parte I Utilizando o SAMBA - Parte I Por: Victor Zucarino ( 28/03/2001 ) Introdução Antes de começar vamos entender o que é o Samba. Em uma rede é necessário compartilhar dados, por isso temos que pensar em obter

Leia mais

Referências: http://www.debian.org/doc/manuals/reference/ch-tips.pt-br.html#s-cronjob

Referências: http://www.debian.org/doc/manuals/reference/ch-tips.pt-br.html#s-cronjob 1 Temas abordados: Escalonamento de tarefas Configuração do SAMBA Certificados de chave pública (OPENSSL) Escalonamento de tarefas Referências: http://www.debian.org/doc/manuals/reference/ch-tips.pt-br.html#s-cronjob

Leia mais

Administração de Sistemas

Administração de Sistemas Administração de Sistemas Orlando Sousa Aula 11 Partilha de ficheiros e impressoras: SAMBA SAMBA Serviço que permite: Partilhar um directório com computadores Windows ou Linux Partilhar um directório de

Leia mais

Compartilhamento de arquivos e diretórios

Compartilhamento de arquivos e diretórios Compartilhamento de arquivos e diretórios O compartilhamento de arquivos e diretórios foi uma das aplicações que motivou o desenvolvimento inicial da rede de computadores. 19 E xistem dois protocolos de

Leia mais

Instalação e Configuração Servidor Samba

Instalação e Configuração Servidor Samba Instalação e Configuração Servidor Samba Pág - 1 Instalação e Configuração Servidor Samba O Samba é o servidor que permite compartilhar arquivos e acessar compartilhamentos em máquinas Windows. Ele é dividido

Leia mais

Linux Network Servers

Linux Network Servers Samba como compartilhador de arquivos & impressora O Samba surgiu da necessidade de integrar redes mistas (Windows com Linux). No Linux, há duas maneiras de se fazer isso, que é pelo uso do NFS e Samba.

Leia mais

Samba PDC no Debian com Clamwin antivírus

Samba PDC no Debian com Clamwin antivírus Samba PDC no Debian com Clamwin antivírus Artigo extraído do link http://www.guiadohardware.net/artigos/pdc debian clamwin estacoes/ Introdução Esse artigo o guiará passo a passo na montagem de um servidor

Leia mais

Administração de Redes SAMBA

Administração de Redes SAMBA Administração de Redes SAMBA Rafael S. Guimarães IFES - Campus Cachoeiro de Itapemirim Baseado no material de João Paulo de Brito Gonçalves SAMBA SAMBA A finalidade do serviço Samba é permitir que estações

Leia mais

Aula 06 Servidor de Arquivos e Impressora (SaMBa)

Aula 06 Servidor de Arquivos e Impressora (SaMBa) Aula 06 Servidor de Arquivos e Impressora (SaMBa) Prof. Roitier Campos Gonçalves Introdução O servidor de arquivos fornece um ponto centralizado na rede para armazenamento e compartilhamento de arquivos

Leia mais

Aula 9 Servidor Samba Linux

Aula 9 Servidor Samba Linux 1 Aula 9 Servidor Samba Linux Samba é o protocolo responsável pela integração de máquinas Linux com Windows, permitindo assim a criação de redes mistas utilizando servidores Linux e clientes Windows. Samba,

Leia mais

O que é e o que faz o samba?

O que é e o que faz o samba? Tutorial samba como controlador de domínio para Ubuntu ou Debian. Os procedimentos foram testados no ubuntu 10.04, em caso do debian ou outra versão pode mudar alguns detalhes ou algum procedimento como

Leia mais

Daniel Darlen. daniel.correa@planejamento.gov.br. IV SDSL Brasília DF Dezembro de 2004

Daniel Darlen. daniel.correa@planejamento.gov.br. IV SDSL Brasília DF Dezembro de 2004 Introdução ao Samba Daniel Darlen daniel.correa@planejamento.gov.br IV SDSL Brasília DF Dezembro de 2004 Introdução ao Samba p.1/65 Introdução Introdução ao Samba p.2/65 Introdução SAMBA é um conjunto

Leia mais

CONFIGURANDO O SAMBA

CONFIGURANDO O SAMBA 1 CONFIGURANDO O SAMBA escrito por: Bruno T. Russo brusso@mackenzie.com.br http://www.btr.hpg.com.br criado com OpenOffice 1.0 Janeiro / 2003 2 SUMÁRIO 1. Introdução 3 2. Instalação 3 3. Configuração 3

Leia mais

Configuração do Samba

Configuração do Samba LinuxFocus article number 177 http://linuxfocus.org Configuração do Samba by Éric Seigne About the author: Trabalho para o mundo de software livre e, entre outras coisas, desenvolvo

Leia mais

Escola de Educação Profissional SENAC-PELOTAS Centro Histórico PRONATEC. Jonathan Silveira Leandro Stein RELATÓRIO TÉCNICO PROJETO INTERDICIPLINAR

Escola de Educação Profissional SENAC-PELOTAS Centro Histórico PRONATEC. Jonathan Silveira Leandro Stein RELATÓRIO TÉCNICO PROJETO INTERDICIPLINAR Escola de Educação Profissional SENAC-PELOTAS Centro Histórico PRONATEC Jonathan Silveira Leandro Stein RELATÓRIO TÉCNICO PROJETO INTERDICIPLINAR PELOTAS/RS 2013 1 Jonathan Silveira, Leandro Stein Relatório

Leia mais

Samba - Aspectos Avançados

Samba - Aspectos Avançados Samba - Aspectos Avançados Por Conectiva Informática e Time de Desenvolvimento do Samba Certamente, no momento em que iniciamos a implantação de uma rede, nos deparamos com diversos aspectos não previstos,

Leia mais

ActiveInfo. Treinamento GNU/Linux Servidores

ActiveInfo. Treinamento GNU/Linux Servidores ActiveInfo Treinamento GNU/Linux Servidores http://www.samba.org André Luiz andreluizsp@gmail.com 1 Conteúdo programático O que é SAMBA? Instalando o SAMBA Verificando o serviço SWAT - Samba Web Administrator

Leia mais

Como padrão o usuário root vem bloqueado por padrão, habilite o usuário root com os seguintes comandos:

Como padrão o usuário root vem bloqueado por padrão, habilite o usuário root com os seguintes comandos: Samba como controlador de domínio no Ubuntu Nesse artigo estaremos configurando o SAMBA, que consiste em um software que faz a comunicação entre Windows e Linux, sendo utilizado para compartilhar arquivos

Leia mais

Integração Windows e Linux com Samba

Integração Windows e Linux com Samba Integração Windows e Linux com Samba Session Message Block - SMB Software livre, que permite que máquinas Unix/Linux e Windows convivam harmoniosamente em uma mesma rede Sistemas Windows em geral e OS/2

Leia mais

GLEYSON RODRIGUES JORGE. Manual de Configuração de um Servidor SAMBA: Compartilhamento, Autenticação e Construção de Scripts.

GLEYSON RODRIGUES JORGE. Manual de Configuração de um Servidor SAMBA: Compartilhamento, Autenticação e Construção de Scripts. GLEYSON RODRIGUES JORGE Manual de Configuração de um Servidor SAMBA: Compartilhamento, Autenticação e Construção de Scripts. Palmas 2006 GLEYSON RODRIGUES JORGE Manual de Configuração de um Servidor SAMBA:

Leia mais

Sistema Operacional Unidade 13 Servidor Samba. QI ESCOLAS E FACULDADES Curso Técnico em Informática

Sistema Operacional Unidade 13 Servidor Samba. QI ESCOLAS E FACULDADES Curso Técnico em Informática Sistema Operacional Unidade 13 Servidor Samba Curso Técnico em Informática SUMÁRIO INTRODUÇÃO... 3 INSTALANDO O SAMBA... 3 Verificando a versão... 3 Criando uma cópia do servidor samba original... 3 COMPARTILHAMENTOS

Leia mais

AULA 6. Bruno L. Albrecht Felipe A. Chies Lucas F. Zawacki. PET Computação UFRGS

AULA 6. Bruno L. Albrecht Felipe A. Chies Lucas F. Zawacki. PET Computação UFRGS M i n i - C u r s o d e I n t r o d u ç ã o a o G N U / L i n u x AULA 6 Bruno L. Albrecht Felipe A. Chies Lucas F. Zawacki PET Computação UFRGS Março/Abril 2008 A d m i n i s t r a c a o B á s i c a Arquivos

Leia mais

=======================================================

======================================================= Tipo de Configurações Samba ======================================================= Grupo de Trabalho com acesso público Este exemplo pode ser usado de modelo para construir uma configur baseada no con

Leia mais

Relatório SQUID e SAMBA. Instalação e Configuração de Servidores de Rede

Relatório SQUID e SAMBA. Instalação e Configuração de Servidores de Rede Relatório SQUID e SAMBA INSTITUTO POLITÉCNICO DE BEJA ESCOLA SUPERIOR DE TECNOLOGIA E GESTÃO Instalação e Configuração de Servidores de Rede Trabalho realizado por: Tiago Conceição Nº 11903 Tiago Maques

Leia mais

Linux Caixa Mágica. Documentos Técnicos CM. Configurar a partilha de directorias Windows / Linux Caixa Mágica

Linux Caixa Mágica. Documentos Técnicos CM. Configurar a partilha de directorias Windows / Linux Caixa Mágica Linux Caixa Configurar a partilha de directorias Windows / Linux Caixa Date: Pages: Issue: State: Access: Reference: 01612/2003 16 Instalar e Configurar Final Público CM2003-2001 i Approved Version: RR

Leia mais

Instalação de Configuração do servidor SAMBA Rede TerraLAB

Instalação de Configuração do servidor SAMBA Rede TerraLAB Instalação de Configuração do servidor SAMBA Rede TerraLAB Igor Muzetti Pereira igormuzetti@gmail.com Tiago Garcia de Senna Carneiro tiago@iceb.ufop.br Departamento de Computação Universidade Federal de

Leia mais

Integrando OpenLDAP e Samba no Fedora 7 como servidor de autenticacao

Integrando OpenLDAP e Samba no Fedora 7 como servidor de autenticacao Integrando OpenLDAP e Samba no Fedora 7 como servidor de autenticacao A primeira coisa a se fazer e instalar os softwares necessarios para o precedimento. Como root, digite em um terminal: # yum update

Leia mais

Apresentação de SISTEMAS OPERATIVOS

Apresentação de SISTEMAS OPERATIVOS Apresentação de SISTEMAS OPERATIVOS Curso Profissional de Técnico de Gestão e Programação de Sistemas Informáticos MÓDULO V Configuração Avançada de Sistemas Operativos Servidores Duração: 42 tempos Conteúdos

Leia mais

JOSÉ ELIAS DA SILVA JUSTO

JOSÉ ELIAS DA SILVA JUSTO JOSÉ ELIAS DA SILVA JUSTO SERVIDOR DE ARQUIVOS LINUX PARA CLIENTES WINDOWS UM ESTUDO DE CASO SOBRE A IMPLANTAÇÃO DO SAMBA NA FACULDADE DE MEDICINA DE CAMPOS Monografia apresentada ao Departamento de Ciência

Leia mais

Instalação de um Cliente Linux em um domínio de rede Microsoft Windows NT4

Instalação de um Cliente Linux em um domínio de rede Microsoft Windows NT4 Instalação de um Cliente Linux em um domínio de rede Microsoft Windows NT4 Projeto Libertas-BR http://www.libertasbr.org.br 8 de setembro de 2005 1 Introdução Esta documentação orienta a integração de

Leia mais

Linux Caixa Mágica. Documentos Técnicos CM. Instalação por Rede e/ou Desacompanhada. Date: Pages: Issue: State: Access: Reference:

Linux Caixa Mágica. Documentos Técnicos CM. Instalação por Rede e/ou Desacompanhada. Date: Pages: Issue: State: Access: Reference: Linux Caixa Instalação por Rede e/ou Desacompanhada Date: Pages: Issue: State: Access: Reference: 02207/2005 15 Instalar e Configurar Final Público CM2005-2001 i Approved Version: RR Name Function Signature

Leia mais

INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA CATARINENSE CAMPUS SOMBRIO RONALDO BORGES DE QUADROS SERVIÇOS DE REDE

INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA CATARINENSE CAMPUS SOMBRIO RONALDO BORGES DE QUADROS SERVIÇOS DE REDE INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA CATARINENSE CAMPUS SOMBRIO RONALDO BORGES DE QUADROS SERVIÇOS DE REDE Sombrio (SC) 2011 INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA CATARINENSE

Leia mais

Solução linux para compartilhamento de arquivos

Solução linux para compartilhamento de arquivos Solução linux para compartilhamento de arquivos Nataniel da Silva Vieira 1, André Moraes 1 1 Tecnologia em Redes de Computadores Faculdade de Tecnologia Senac Pelotas RS Brasil nataniel@pelotas.com.br,

Leia mais

Curso Profissional de Técnico de Gestão e Programação de Sistemas Informáticos. Sistemas Operativos - 2º Ano

Curso Profissional de Técnico de Gestão e Programação de Sistemas Informáticos. Sistemas Operativos - 2º Ano Curso Profissional de Técnico de Gestão e Programação de Sistemas Informáticos Sistemas Operativos - 2º Ano 2012/2013 O Windows Server 2003 surgiu em 2003 e substituiu o Windows Server 2000. O Windows

Leia mais

A grosso modo, é um servidor de arquivos que usa o mesmo protocolo de máquinas Windows para se comunicar.

A grosso modo, é um servidor de arquivos que usa o mesmo protocolo de máquinas Windows para se comunicar. 1 of 19 23/6/2010 22:45 Autor: Paulo Roberto Junior - WoLF Data: 15/10/2008 Introdução Servidor Samba A grosso modo, é um servidor de arquivos que usa o mesmo protocolo de máquinas

Leia mais

Formador: Paulo Ramos IGRI13: Rui Bárcia Nº15. Windows 2008 Server. Módulo 16. Instalação e configuração

Formador: Paulo Ramos IGRI13: Rui Bárcia Nº15. Windows 2008 Server. Módulo 16. Instalação e configuração Formador: Paulo Ramos IGRI13: Rui Bárcia Nº15 Módulo 16 Windows 2008 Server Instalação e configuração Roles DNS Nº 001 Começamos por selecionar o Server Manager. Roles DNS Nº 002 Visualização da janela

Leia mais

Administração de Sistemas 2008/2009 (Trabalho de Administração de Sistemas) Docente: Armando Ventura

Administração de Sistemas 2008/2009 (Trabalho de Administração de Sistemas) Docente: Armando Ventura Administração de Sistemas 2008/2009 (Trabalho de Administração de Sistemas) Docente: Armando Ventura Introdução Pretende-se com este trabalho que os alunos criem alguma autonomia na implementação de alguns

Leia mais

Sistemas Distribuídos Aula-6

Sistemas Distribuídos Aula-6 6 SAMBA Histórico: O Samba foi criado por Andrew Tridgell. Ele precisava montar um espaço em disco em seu PC para um servidor Unix. Esse PC rodava DOS e, inicialmente, foi utilizado o sistema de arquivos

Leia mais

O que um Servidor Samba faz?

O que um Servidor Samba faz? O que é o Samba? O Samba é um "software servidor" para Linux (e outros sistemas baseados em Unix) que permite o gerenciamento e compartilhamento de recursos em redes formadas por computadores com o Windows

Leia mais

Realizado por: Fábio Rebeca Nº6. Iuri Santos Nº8. Telmo Santos Nº23

Realizado por: Fábio Rebeca Nº6. Iuri Santos Nº8. Telmo Santos Nº23 Realizado por: Fábio Rebeca Nº6 Iuri Santos Nº8 Telmo Santos Nº23 1 Tutorial de instalação e partilha de ficheiros na Caixa Mágica Índice Índice... 1 Introdução... 2 Material que iremos utilizar... 3 Instalação

Leia mais

Manual. Configuração do. Samba. Compartilhamento e Servidor Samba Linux. Produzido por: Sergio Graças Desenvolvedor do Projeto GNU/Linux VRlivre

Manual. Configuração do. Samba. Compartilhamento e Servidor Samba Linux. Produzido por: Sergio Graças Desenvolvedor do Projeto GNU/Linux VRlivre Manual Configuração do Samba Compartilhamento e Servidor Samba Linux Produzido por: Sergio Graças Desenvolvedor do Projeto GNU/Linux VRlivre Manual Configuração do Samba Compartilhamento e Servidor Samba

Leia mais

TUTORIAL: CONFIGURAÇÃO DO SERVIDOR SAMBA

TUTORIAL: CONFIGURAÇÃO DO SERVIDOR SAMBA UNIVERSIDADE FEDERAL DO CEARÁ - UFC CURSO DE TECNOLOGIA EM REDES DE COMPUTADORES ADMINISTRAÇÃO DE SISTEMAS OPERACIONAIS LINUX Antonio Janael Pinheiro Maria Atrícia Sabino Maciel Luclécia Correia Lopes

Leia mais

Realizado por: Fábio Rebeca Nº6. Iuri Santos Nº8. Telmo Santos Nº23

Realizado por: Fábio Rebeca Nº6. Iuri Santos Nº8. Telmo Santos Nº23 Realizado por: Fábio Rebeca Nº6 Iuri Santos Nº8 Telmo Santos Nº23 1 Tutorial de instalação e partilha de ficheiros no Ubuntu Índice Índice... 1 Introdução... 2 Material que iremos utilizar... 3 Instalação

Leia mais

Suporte de Servidores Linux. Ezequiel Mendes Duque

Suporte de Servidores Linux. Ezequiel Mendes Duque Suporte de Servidores Linux Ezequiel Mendes Duque SAMBA Acidente?? O projeto nasceu no final de 1991, de forma acidental. O criador foi: Andrew Tridgell, um australiano que na época era estudante do curso

Leia mais

Licenciatura em Eng.ª Informática Complementos de Redes - 3º Ano - 2º Semestre. Trabalho Nº 4 - VoIP

Licenciatura em Eng.ª Informática Complementos de Redes - 3º Ano - 2º Semestre. Trabalho Nº 4 - VoIP Trabalho Nº 4 - VoIP 1. Introdução A utilização de tecnologia VoIP como alternativa às redes telefónicas tradicionais está a ganhar cada vez mais a aceitação junto dos utilizadores, e está sobretudo em

Leia mais

edgebox - PTEDU edgebox como servidor de autenticação nas escolas Copyright @ 2009 Critical Links S.A. All rights reserved. Saturday, July 18, 2009

edgebox - PTEDU edgebox como servidor de autenticação nas escolas Copyright @ 2009 Critical Links S.A. All rights reserved. Saturday, July 18, 2009 edgebox - PTEDU edgebox como servidor de autenticação nas escolas 1 Agenda Introdução 802.1x Cenários eradmanager Clientes 802.1x Q & A Introdução 3 O que é o edgebox? Um equipamento de rede com uma interface

Leia mais

1. O DHCP Dynamic Host Configuration Protocol

1. O DHCP Dynamic Host Configuration Protocol CURSO DE EDUCAÇÃO E FORMAÇÃO TIPO 5 2º ANO TÉCNICO DE INFORMÁTICA/INSTALAÇÃO E GESTÃO DE REDES 2008/2009 INSTALAÇÃO REDES CLIENTE SERVIDOR WINDOWS SERVER 2003 Após a instalação Instalação de serviços de

Leia mais

LEARNING NETWORK MANAGER 2007 MANUAL DE INSTALAÇÃO

LEARNING NETWORK MANAGER 2007 MANUAL DE INSTALAÇÃO LEARNING NETWORK MANAGER 2007 MANUAL DE INSTALAÇÃO Preâmbulo No âmbito do Plano Tecnológico para a Educação considera-se de especial importância a actualização tecnológica dos espaços escolares, traduzindo-se

Leia mais

Capítulo 1 DATAPREV DATAPREV. 1.1 Servidores de arquivos. www.dataprev.gov.br

Capítulo 1 DATAPREV DATAPREV. 1.1 Servidores de arquivos. www.dataprev.gov.br Capítulo 1 DATAPREV Instituição: Sítio: Caso: Responsável: Palavras- Chave: DATAPREV www.dataprev.gov.br Procedimentos adotados pela Dataprev na migração dos servidores Netware (Novell) para servidores

Leia mais

Equipa de Informática. E-mail

Equipa de Informática. E-mail Equipa de Informática E-mail Conteúdo - Serviço de Email Página a. E-mail ESEL (utilizador@esel.pt) i. Outlook. Computadores da ESEL.... Computadores fora da ESEL..6. Enviar um E-mail pesquisando um contacto

Leia mais

Squid autenticado no Active Directory com Winbind

Squid autenticado no Active Directory com Winbind 1 de 5 4/2/2007 14:40 Squid autenticado no Active Directory com Winbind Autor: Anderson Leite Data: 30/08/2006 Introdução Este é um artigo bem resumido, entrando em detalhes somente

Leia mais

Prof. Samuel Henrique Bucke Brito

Prof. Samuel Henrique Bucke Brito Sistema Operacional Linux > Servidor de Arquivos (NFS) www.labcisco.com.br ::: shbbrito@labcisco.com.br Prof. Samuel Henrique Bucke Brito Introdução ao NFS O NFS (Network File System) é um sistema de arquivos

Leia mais

Compartilhando arquivos com o samba

Compartilhando arquivos com o samba Compartilhando arquivos com o samba Para compartilhar arquivos em uma rede local windows, a microsoft utiliza o protocolo smb (server message block). O samba foi criado para que máquinas linux possam compartilhar

Leia mais

IFSULDEMINAS - REITORIA - DIRETORIA DE GESTÃO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO DEPARTAMENTO DE INFRAESTRUTURA E REDES

IFSULDEMINAS - REITORIA - DIRETORIA DE GESTÃO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO DEPARTAMENTO DE INFRAESTRUTURA E REDES IFSULDEMINAS - REITORIA - DIRETORIA DE GESTÃO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO DEPARTAMENTO DE INFRAESTRUTURA E REDES TUTORIAL EXPRESSO LIVRE COM SAMBA MARCIO FELICIANO DO PRADO POUSO ALEGRE 2012 SUMÁRIO 1

Leia mais

Introdução ------------------------------------------------------------

Introdução ------------------------------------------------------------ Manual de Configuração do SAMBA Por: Victor Zucarino / Atualização 7.0 - Agosto de 2002 Introdução Instalação Configuração Conhecendo os Parâmetros Seção [global] Seção [homes] Demais Seções Testando o

Leia mais

/LQX[:LQGRZV 6DPED. Para executar os procedimentos abaixo você precisa estar logado como root. $YLVR

/LQX[:LQGRZV 6DPED. Para executar os procedimentos abaixo você precisa estar logado como root. $YLVR /LQX[:LQGRZV 6DPED (GLomR Autor E-mail Home-page Coadjuvante 'DQLHO3HUHLUD*XLPDUmHV WHPS#WHFQRE\WHFRPEU ZZZWHFQRE\WHFRPEU $QW{QLR3HUHLUD*XLPDUmHV,QWURGXomR Não podemos negar que a maior parte dos usuários

Leia mais

Manual de Configuração do SAMBA

Manual de Configuração do SAMBA Manual de Configuração do SAMBA Manual de Configuração do SAMBA Por: Victor Zucarino / Atualização 7.0a - Agosto de 2002 Tel: 219765-5230 vffzbr@yahoo.com.br -------------------------------------------------------------------

Leia mais

Bases de Dados. Lab 1: Introdução ao ambiente. Figura 1. Base de dados de exemplo

Bases de Dados. Lab 1: Introdução ao ambiente. Figura 1. Base de dados de exemplo Departamento de Engenharia Informática 2012/2013 Bases de Dados Lab 1: Introdução ao ambiente 1º semestre O ficheiro bank.sql contém um conjunto de instruções SQL para criar a base de dados de exemplo

Leia mais

Manual de Instalação Solução Alinex Salas TIC Pág. 1/32

Manual de Instalação Solução Alinex Salas TIC Pág. 1/32 Í n d i c e 1) Pré-requisitos...5 2) Apresentação da solução...5 3) Instruções Passo a Passo de instalação da Solução...6 4) Primeiros passos...7 a) Preparar o equipamento...7 b) Configuração RAID em Servidores

Leia mais

FIGURA 3.1 Transporte de dados através da tecnologia MIMO

FIGURA 3.1 Transporte de dados através da tecnologia MIMO COMUNICAÇÃO SEM FIOS 43 65 Mbps e os 600 Mbps, posicionando-se assim como a solução wireless para distribuição de conteúdos multimédia. Através do sistema MIMO (Multiple Input, Multiple Output), a área

Leia mais

Instalando e configurando o Active Directory Windows Server 2008 R2 em ambiente virtual (VirtualBox)

Instalando e configurando o Active Directory Windows Server 2008 R2 em ambiente virtual (VirtualBox) Instalando e configurando o Active Directory Windows Server 2008 R2 em ambiente virtual (VirtualBox) Objetivo: Instalar e configurar o serviço de diretório da Microsoft AD DS (Active Directory Domain Services).

Leia mais

SMB vs NFS. Técnico Integrado em Telecomunicações turma 6080822

SMB vs NFS. Técnico Integrado em Telecomunicações turma 6080822 MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA CAMPUS SÃO JOSÉ SANTA CATARINA SMB vs NFS Técnico Integrado em Telecomunicações

Leia mais

TeamWork. Manual do Utilizador. Para Windows Vista

TeamWork. Manual do Utilizador. Para Windows Vista TeamWork Manual do Utilizador Para Windows Vista V3.2_Vista Fevereiro 2008 ÍNDICE TeamWork Para que serve... 3 TeamWork Como instalar e configurar... 4 TeamWork Como utilizar... 4 Apoio para instalação

Leia mais

Mini Roteiro - Samba integrado ao LDAP

Mini Roteiro - Samba integrado ao LDAP Mini Roteiro - Samba integrado ao LDAP Procedimento de Instalação e configuração Procedimento baseado em DEBIAN, pode ser adaptado facilmente para outras distribuições. autor: e-mail: André Alexandre Gaio

Leia mais

Projeto e Instalação de Servidores Servidores Linux Aula 7 Samba, SSH e Backup

Projeto e Instalação de Servidores Servidores Linux Aula 7 Samba, SSH e Backup Projeto e Instalação de Servidores Servidores Linux Aula 7 Samba, SSH e Prof.: Roberto Franciscatto Samba Samba Samba Samba Servidor de compartilhamento de arquivos e recursos de rede É compatível com

Leia mais

Relatório do Trabalho Prático nº 1. DNS e DHCP. Documento elaborado pela equipa: Jorge Miguel Morgado Henriques Ricardo Nuno Mendão da Silva

Relatório do Trabalho Prático nº 1. DNS e DHCP. Documento elaborado pela equipa: Jorge Miguel Morgado Henriques Ricardo Nuno Mendão da Silva Relatório do Trabalho Prático nº 1 DNS e DHCP Documento elaborado pela equipa: Jorge Miguel Morgado Henriques Ricardo Nuno Mendão da Silva Data de entrega: 22.10.2006 Indíce Introdução... 2 Configuração

Leia mais

Rafael Nink de Carvalho

Rafael Nink de Carvalho Rafael Nink de Carvalho Conteúdos a serem trabalhados: Software de Matemática Math; Inserção de vídeos do YouTube no BrOffice.org Impress; Inserção de som no Impress; Converter cd de áudio; Instalar programas;

Leia mais

TeamWork. Manual do Utilizador. Para Windows XP

TeamWork. Manual do Utilizador. Para Windows XP TeamWork Manual do Utilizador Para Windows XP V3.2_XP Fevereiro 2008 ÍNDICE TeamWork Para que serve... 3 TeamWork Como instalar e configurar... 4 TeamWork Como utilizar... 4 Apoio para instalação e configuração.

Leia mais

Configuração Definitiva do Samba

Configuração Definitiva do Samba Configuração Definitiva do Samba 1 2 Sumário 1. Vantagens... 5 2. Desvantagem... 5 3. Conclusão Final... 5 4. Vamos botar a mão na massa!... 6 5. Instalação... 6 6. Configuração Parte 1 (Criando os diretórios)...

Leia mais

Configurar ligação VPN a rede do CIIMAR 2010

Configurar ligação VPN a rede do CIIMAR 2010 O Centro de Informática vem assim demonstrar o processo de configuração da ligação VPN a rede do CIIMAR. O que preciso? O utilizador só precisa de fazer o download do software Cisco VPN Client e o certificado

Leia mais

Data de Aplicação. Rede Local e Segurança Informática Básica

Data de Aplicação. Rede Local e Segurança Informática Básica FICHA TÉCNICA Exercício nº 9 NOME DO EXERCÍCIO DESTINATÁRIOS Duração Pré Requisitos Recursos / Equipamentos Orientações Pedagógicas OBJECTIVOS Resultado Esperado Rede Local e Segurança Informática Básica

Leia mais

KTI - TECHNOLOGY AND INNOVATION

KTI - TECHNOLOGY AND INNOVATION Configuração escâner via rede Brother Família 8000 1 Crie na área de trabalho, a pasta que recebera os escâneres, e compartilhe-a com todas as permissões: 1.1 Windows XP, Server 2003: Na área de trabalho,

Leia mais

ZS Rest. Manual Avançado. Instalação em Rede. v2011

ZS Rest. Manual Avançado. Instalação em Rede. v2011 Manual Avançado Instalação em Rede v2011 1 1. Índice 2. Introdução... 2 3. Hardware... 3 b) Servidor:... 3 c) Rede:... 3 d) Pontos de Venda... 4 4. SQL Server... 5 e) Configurar porta estática:... 5 5.

Leia mais

Relató rió LikeWise, FTP e DHCP. Instalação e Configuração de Servidores de Rede

Relató rió LikeWise, FTP e DHCP. Instalação e Configuração de Servidores de Rede Relató rió LikeWise, FTP e DHCP INSTITUTO POLITÉCNICO DE BEJA ESCOLA SUPERIOR DE TECNOLOGIA E GESTÃO Instalação e Configuração de Servidores de Rede Trabalho realizado por: Tiago Conceição Nº 11903 Índice

Leia mais

ADMINISTRAÇÃO DE SISTEMAS OPERACIONAIS

ADMINISTRAÇÃO DE SISTEMAS OPERACIONAIS ADMINISTRAÇÃO DE SISTEMAS OPERACIONAIS FUNDAMENTOS DE Visão geral sobre o Active Directory Um diretório é uma estrutura hierárquica que armazena informações sobre objetos na rede. Um serviço de diretório,

Leia mais

Configuração do acesso à rede wireless, utilizando o modo de autenticação 802.1x no Sistema Operativo Windows XP

Configuração do acesso à rede wireless, utilizando o modo de autenticação 802.1x no Sistema Operativo Windows XP Configuração do acesso à rede wireless, utilizando o modo de autenticação 802.1x no Sistema Operativo Windows XP As imagens que são mostradas foram retiradas de um computador com o Windows XP Service Pack

Leia mais

Algumas informações sobre a rede informática do ISA

Algumas informações sobre a rede informática do ISA Algumas informações sobre a rede informática do ISA Fernanda Valente Graça Abrantes A grande maioria dos computadores do Instituto Superior de Agronomia estão ligados entre si constituindo uma Intranet,

Leia mais

Redes de Computadores. Trabalho de Laboratório Nº8

Redes de Computadores. Trabalho de Laboratório Nº8 Redes de Computadores Curso de Eng. Informática Curso de Eng. de Electrónica e Computadores Trabalho de Laboratório Nº8 Configuração e utilização do FTP 2004/2005 1 Objectivo Configuração de um servidor

Leia mais

CENTRALIZAÇÃO DOS SERVIÇOS DE INTRANET EM UMA REDE COM SISTEMAS OPERACIONAIS HETEROGÊNEOS

CENTRALIZAÇÃO DOS SERVIÇOS DE INTRANET EM UMA REDE COM SISTEMAS OPERACIONAIS HETEROGÊNEOS UniCEUB Centro Universitário de Brasília FATECS Faculdade de Tecnologia e Ciências Sociais Aplicadas Curso de Engenharia da Computação Projeto Final CENTRALIZAÇÃO DOS SERVIÇOS DE INTRANET EM UMA REDE COM

Leia mais

Extracto on Line Aplicação Local Guia do Administrador

Extracto on Line Aplicação Local Guia do Administrador Extracto on Line Aplicação Local Guia do Administrador 1 Índice 1. Sobre o Guia... 3 1.1 Objectivo... 3 1.2 Conceitos e Termos... 3 1.2 Utilização do Guia... 3 2. Ferramentas de Administração... 4 2.1

Leia mais

http://www.uarte.mct.pt

http://www.uarte.mct.pt ws-ftp 1 sobre o programa...... pag.. 2 descarregar o programa a partir do site da uarte... pag.. 3 instalar o programa...... pag.. 4 a 6 iniciar o programa...... pag.. 7 interface dpo programa... pag..

Leia mais

manual instalação e configuração v13 1

manual instalação e configuração v13 1 manual instalação e configuração v13 1 Conteúdo Introdução... 3 Conteúdo do DVD:... 3 Instalação e configuração do ERP... 4 Instalação do ERP... 4 Configuração do ERP... 6 Como actualização de versão...

Leia mais

Firewall e Proxy. Relatório do Trabalho Prático nº 2. Segurança em Sistemas de Comunicação

Firewall e Proxy. Relatório do Trabalho Prático nº 2. Segurança em Sistemas de Comunicação Segurança em Sistemas de Comunicação Relatório do Trabalho Prático nº 2 Firewall e Proxy Documento elaborado pela equipa: Jorge Miguel Morgado Henriques Ricardo Nuno Mendão da Silva Data de entrega: 07.11.2006

Leia mais

Digitalis Informática, Lda. Configuração LDAP SSL DOCUMENTO TÉCNICO Revisão 1

Digitalis Informática, Lda. Configuração LDAP SSL DOCUMENTO TÉCNICO Revisão 1 Configuração LDAP SSL DOCUMENTO TÉCNICO Revisão 1 João Carlos Galaio da Silva Documento criado em: 22 de Janeiro de 2007 Este documento é da exclusiva propriedade da Digitalis Informática, Lda, encontrando

Leia mais

Tutorial para Instalação do Ubuntu Server 10.04

Tutorial para Instalação do Ubuntu Server 10.04 Tutorial para Instalação do Ubuntu Server 10.04 Autor: Alexandre F. Ultrago E-mail: ultrago@hotmail.com 1 Infraestrutura da rede Instalação Ativando o usuário root Instalação do Webmin Acessando o Webmin

Leia mais

MANUAL DO UTILIZADOR DE REDE

MANUAL DO UTILIZADOR DE REDE MANUAL DO UTILIZADOR DE REDE Guardar o registo de impressão na rede Versão 0 POR Definições de notas Ao longo do Manual do utilizador, é utilizado o seguinte ícone: Notas sobre como enfrentar situações

Leia mais

R: Insira a seguinte linha no arquivo /etc/hosts das estações:

R: Insira a seguinte linha no arquivo /etc/hosts das estações: Apendice I - DNS 1ª Etapa - Inicialmente, iremos compreender o conceito de resolução a partir do arquivo /etc/hosts de nomes e a utilização dos comandos de clientes para consulta em uma base DNS. 1- Vamos

Leia mais

SAMBA3 e LDAP. Base sólida para redes heterogêneas. Felipe Augusto van de Wiel (faw) Brasil, São Paulo, 06 de novembro de 2004. 06.novembro.

SAMBA3 e LDAP. Base sólida para redes heterogêneas. Felipe Augusto van de Wiel (faw) Brasil, São Paulo, 06 de novembro de 2004. 06.novembro. SAMBA3 e LDAP Base sólida para redes heterogêneas. Felipe Augusto van de Wiel (faw) Brasil, São Paulo, 06 de novembro de 2004. 06.novembro.2004 1 Quem sou eu? No mundo Admin. Redes e Sistemas Instrutor

Leia mais

Reestruturação Lógica da Rede do Instituto Federal do Paraná IFPR Campus Paranaguá

Reestruturação Lógica da Rede do Instituto Federal do Paraná IFPR Campus Paranaguá Reestruturação Lógica da Rede do Instituto Federal do Paraná IFPR Campus Paranaguá Diego Jonathan Hoss Curso de Redes e Segurança de Sistemas Semi-presencial Pontifícia Universidade Católica do Paraná

Leia mais

Ligação com Sage Retail XDPEOPLE

Ligação com Sage Retail XDPEOPLE Ligação com Sage Retail XDPEOPLE Introdução A partir da versão 2014.26 o software XD passa a incluir sincronização de dados com o Sage Retail para todos os clientes com Active Protection, sendo possível

Leia mais

FACULDADE CAMPO REAL ESTER DE ARRUDA CAMPOS LUCAS PAULO ZUKOVSKI

FACULDADE CAMPO REAL ESTER DE ARRUDA CAMPOS LUCAS PAULO ZUKOVSKI FACULDADE CAMPO REAL ESTER DE ARRUDA CAMPOS LUCAS PAULO ZUKOVSKI AUDITORIAS E LIXEIRAS USANDO O SAMBA: compartilhamento de arquivos com acesso total em redes mistas GUARAPUAVA 2008 ESTER DE ARRUDA CAMPOS

Leia mais

STK (Start Kit DARUMA) Conectando-se diretamente a sua aplicação via TS com o MT1000 Daruma

STK (Start Kit DARUMA) Conectando-se diretamente a sua aplicação via TS com o MT1000 Daruma STK (Start Kit DARUMA) Conectando-se diretamente a sua aplicação via TS com o MT1000 Daruma Neste STK apresentaremos como configurar seu servidor Windows 2008 R2 para abrir diretamente sua aplicação ao

Leia mais

ADMINISTRAÇÃO DE SISTEMAS OPERACIONAIS SISTEMA DE ARQUIVOS

ADMINISTRAÇÃO DE SISTEMAS OPERACIONAIS SISTEMA DE ARQUIVOS ADMINISTRAÇÃO DE SISTEMAS OPERACIONAIS SISTEMA DE ARQUIVOS DISTRIBUÍDOS (DFS) Visão geral sobre o Sistema de Arquivos Distribuídos O Sistema de Arquivos Distribuídos(DFS) permite que administradores do

Leia mais

BACKUP S IBERWEB MANUAL DE INSTALAÇÃO. Manual de Instalação Backup s IBERWEB (Versão1.0) 2008 IBERWEB, LDA. Todos os direitos reservados.

BACKUP S IBERWEB MANUAL DE INSTALAÇÃO. Manual de Instalação Backup s IBERWEB (Versão1.0) 2008 IBERWEB, LDA. Todos os direitos reservados. BACKUP S IBERWEB MANUAL DE INSTALAÇÃO INTRODUÇÃO Aproveitamos desde já para agradecer a sua adesão ao serviço de Backup s da IBERWEB. De seguida iremos apresentar as principais funcionalidades de um dos

Leia mais