TRIBUNAL DE JUSTIÇA PODER JUDICIÁRIO São Paulo

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "TRIBUNAL DE JUSTIÇA PODER JUDICIÁRIO São Paulo"

Transcrição

1 Registro: XXXXX ACÓRDÃO Vistos, relatados e discutidos estes autos do Apelação nº XXXXXX , da Comarca de, em que são apelantes CARLOS EDUARDO (OMITIDO) e RENATA (OMITIDO), é apelada HESA 61 - INVESTIMENTOS IMOBILIÁRIOS LTDA. (HELBOR EMPREENDIMENTOS S/A.). ACORDAM, em 1ª Câmara de Direito Privado do Tribunal de Justiça de, proferir a seguinte decisão: "Deram provimento em parte ao recurso. V. U.", de conformidade com o voto do Relator, que integra este acórdão. O julgamento teve a participação dos Exmos. Desembargadores LUIZ ANTONIO DE GODOY (Presidente) e RUI CASCALDI., 11 de agosto de 2015 AUGUSTO REZENDE RELATOR Assinatura Eletrônica

2 Apelação nº XXXXXX Apelantes: CARLOS EDUARDO (OMITIDO) e RENATA (OMITIDO) Apelada: HESA 61 - INVESTIMENTOS IMOBILIÁRIOS LTDA. (HELBOR EMPREENDIMENTOS S/A.) Comarca: Voto nº 264 Contrato Compromisso de compra e venda Rescisão contratual cumulada com devolução de valores Comissão de corretagem atribuída ao comprador Impossibilidade Restituição determinada Legitimidade passiva configurada Prescrição para cobrança não consumada Aplicação do artigo 205, do Código Civil Imóvel que não chegou a ser entregue - Retenção de 20% das quantias pagas Cabimento Valor que se mostra suficiente para ressarcimento dos prejuízos operacionais e administrativos da ré Sentença reformada em parte Recurso dos autores provido em parte. Relatório Trata-se de recurso de apelação interposto em VOTO Nº 264 2/13

3 face da r. sentença de fls. 475/479, cujo relatório se adota, que julgou parcialmente procedente os pedidos iniciais para: a) declarar rescindido o contrato; b) condenar a requerida a restituir 80% das parcelas pagas pelos autores, valor que deve sofrer prévio abatimento da quantia de R$5.286,48 necessário à reversão da personalização da planta que os autores contrataram, com correção a contar dos respectivos desembolso e juros de mor de 1% ao mês a partir da citação; c) custas, despesas processuais e honorários advocatícios arbitrados em 10% sobre o total que restar apurado, a cargo da parte requerida. Em seu recurso de fls.484/514, os autores/apelantes requerem a reforma parcial da sentença no sentido da procedência total dos pedidos iniciais, alegando, em suma: a inocorrência de prescrição para restituição dos valores pagos a título de corretagem; ser cabível a condenação de restituição de 90% dos valores pagos, por ter sido requerida a rescisão enquanto em fase de obras. O recurso foi processado regularmente, sendo recebido em seu duplo efeito (fls. 517). A fls. 518/520 a empresa ré opôs embargos de declaração, rejeitados a fls Foram apresentadas contrarrazões. É o relatório. VOTO Nº 264 3/13

4 Argumentação e dispositivo Os autores celebraram com a ré o compromisso de compra e venda (fls. 37/71), envolvendo o apartamento nº 101, torre 01, Terraços Jardim das Colinas, em construção na Rua Laurentz Martins, 529, em São José dos Campos/SP. Por ocasião da negociação, efetuou o pagamento da quantia de R$ ,77 referente ao empreendimento, e R$ ,52 a título de comissão de corretagem, que alegam que nunca tiveram a intenção de contratar, uma vez que a aquisição se deu em stand montado pela própria vendedora. A parte autora ajuizou a presente ação para rescindir o contrato avençado por motivo de dificuldades financeiras, requerendo ainda a condenação da ré na restituição de 90% dos valores pagos, bem como a restituição do valor referente a taxa de corretagem e SATI. Inicialmente cumpre dizer que deve ser afastada a preliminar de prescrição para a cobrança dos valores referentes a comissão de corretagem e SATI, visto que o prazo prescricional aplicável é de dez anos, como previsto no artigo 208, do Código Civil. Neste sentido o entendimento desta Câmara: CONTRATO - Compra e venda de imóvel - Devolução das quantias desembolsadas a título de corretagem - VOTO Nº 264 4/13

5 Aplicação do prazo prescricional de dez anos - Art. 205 do Código Civil - Prescrição afastada - Incidência do art. 515, 3º, do Código de Processo Civil - Atraso da entrega da obra - Inobservância da data aprazada para a conclusão da obra - Danos materiais verificados - Impossibilidade, entretanto, de cumulação da indenização por perdas e danos com a multa contratual, pois implicaria verdadeiro "bis in idem" - Prevalência da multa contratual - Art. 416, parágrafo único, do Código Civil - Incidência no período estabelecido na sentença - Termo final do período de atraso da obra - Data da entrega das chaves - Devolução das despesas de corretagem - Responsabilidade solidária da construtora e intermediadora - Devolução determinada - Dano moral - Inadimplemento contratual que não gera, por si só, dano moral - Indenização indevida - Recursos providos em parte (TJ/SP, Apelação nº , 1ª Câmara de Direito Privado, j , rel. Des. Luiz Antonio de Godoy). Grifei. Assim, verifica-se que, tendo o pagamento sido efetuado em junho de 2011 (fls. 5/6) e ação proposta em janeiro de 2015, não transcorreu o lapso prescricional decenal. Também deve ser afastado o argumento de ilegitimidade passiva para a cobrança dos valores referentes a corretagem e SATI. Segundo ensinamento do jurista Cândido Rangel Dinamarco, a legitimidade das partes é: VOTO Nº 264 5/13

6 Legitimidade 'ad causam' é qualidade para estar em juízo, como demandante ou demandado, em relação a determinado conflito trazido ao exame do juiz. Ela depende sempre de uma necessária relação entre o sujeito da causa e traduz-se na relevância que o resultado desta virá a ter sobre sua esfera de direitos, seja para favorecê-la ou para restringi-la. Sempre que a procedência de uma demanda seja apta a melhorar o patrimônio ou a vida do autor, ele será parte legítima; sempre que ela for apta a atuar sobre a vida ou patrimônio do réu, também esse será parte legítima. Daí a conceituar-se essa condição da ação como relação de legítima adequação entre o sujeito e a causa (Instituições de Direito Processual Civil, vol. II, Malheiros Editores,, 2001, p. 303). Ademais, a compra e venda de imóvel constitui relação nitidamente de consumo, caracterizando-se, portanto, a responsabilidade solidária de todos os fornecedores participantes da cadeia de consumo, estabelecida no artigo 7º, parágrafo único, e o 25 1º, ambos do Código de Defesa do Consumidor. Neste sentido o entendido deste Tribunal, circunstância, presente tanto em relação ao 'SATI Serviço de Assessoria Técnico-Imobiliária', quanto no tocante aos 'serviços de VOTO Nº 264 6/13

7 análise de crédito', de haverem sido os pagamentos destinados a pessoas jurídicas diversas, nada diz para com o pedido de repetição. Na medida em que quitados na mesma ocasião da compra e no interior do próprio estante de vendas da ré, presumemse os beneficiários prepostos da apelada, a quem cabe, eventualmente, promover as medidas de regresso em ação própria (Apelação nº , 6ª. Câmara de Direito Privado, Rel. Des. Vito Gugliemi, j. em ). Por essas razões, reconhece-se a legitimidade passiva da ré Helbor Empreendimentos S/A para que restitua os valores indevidamente cobrados a título de comissão de corretagem e SATI. No mérito, a sentença comporta parcial reforma. Quanto a verba de corretagem e taxa SATI temse que sua cobrança dos adquirentes foi indevida. Os corretores são prepostos da empresa de corretagem contratada pela própria dona do empreendimento, trabalham no stand de vendas desta, e ali atendem os potenciais compradores. Não foram os compromissários compradores que quiseram contratar a corretagem ou qualquer tipo de assessoria técnica ou de intermediação na contratação do compromisso de VOTO Nº 264 7/13

8 compra e venda do imóvel. Claro, portanto, que a parte ré abusivamente repassou aos consumidores autores as despesas que são suas, visto que à evidência quem contratou a corretagem e a assessoria técnica imobiliária, e naturalmente se beneficiou com tal serviço, foi ela fornecedora para promover o empreendimento e a venda das unidades. Verifica-se a ocorrência de venda casada (a não aceitação da comissão de corretagem e dos Serviços de Assessoria Técnica Imobiliária SATI implicava naturalmente na não contratação, que se dava no stand de vendas), vedada pelo Código do Consumidor (art. 39, I). À evidência os compradores assumiram tal obrigação por inequívoca imposição da construtora vendedora quando da negociação do imóvel. Nesse sentido a jurisprudência: Compromisso de compra e venda. Atraso injustificado na entrega do imóvel. Inexistência de causa eximente da responsabilidade da alienante. Mora configurada, não disponibilizado o imóvel ao promissário após o prazo estendido. Lucros cessantes consistentes na impossibilidade de fruição do bem. Indenização cabível. Fixação de aluguel mensal, devido durante o período do atraso da obra, mas contado do término do prazo de carência e até a efetiva entrega das chaves.

9 Ressarcimento dos valores pagos pelo serviço de assessoria técnico-imobiliária (SATI) e corretagem, cuja responsabilidade, no caso, é da promitente, tratando-se de despesas para comercialização em massa de imóveis. Abusividade do repasse, tal como procedido, ao consumidor. Venda casada e falta de adequada informação. Devolução devida, mas de forma simples. Prescrição inocorrida. Inaplicabilidade do prazo prescricional trienal. Inteligência dos incisos IV e V do 3º do art. 206 do Código Civil. Danos morais ausentes. Sentença revista em parte. Recurso principal desprovido e parcialmente provido o adesivo (Apelação nº / , Relator Claudio Godoy, Comarca de, 1ª Câmara de Direito Privado, Julgado de 14/04/2015, Registrado em 15/04/2015.In tjsp.jus.br.). Claro, portanto, que rescindido o contrato deve mesmo ser feita a devolução das verbas de comissão de Corretagem e da taxa SATI (corrigidas monetariamente desde o desembolso e acrescidas de juros de 1% ao mês, desde a citação). Em seguida deve ser apurado o montante a ser restituído em decorrência da rescisão do contrato, salientando-se que são verbas diferentes. A de comissão de corretagem e taxa SATI eram indevidas, e por isso serão restituídas. O saldo do valor pago era devido e, por força da rescisão haverá a devolução de 80% dele aos autores. Conforme aceito pelas partes, o contrato foi rescindido mediante decisão monocrática, insurgindo-se a parte autora apenas no tocante ao valor a ser restituído. VOTO Nº 264 9/13

10 Ressalta-se que, com a rescisão do contrato de venda e compra as partes devem ser restituídas à situação que se encontravam antes da celebração do negócio jurídico, autorizada a retenção pela vendedora de parte do valor pago pelos compradores. Neste sentido, a súmula 01 deste Egrégio Tribunal de Justiça: O compromissário comprador de imóvel, mesmo inadimplente, pode pedir a rescisão do contrato e reaver as quantias pagas, admitida a compensação com gastos próprios de administração e propaganda feitos pelo compromissário vendedor, assim como com o valor que se arbitrar pelo tempo de ocupação do bem. Nota-se que as deduções previstas no subtítulo 12.5 e seus subítens do contrato firmado entre as partes (fls. 65) representam 20% do valor total das prestações efetuadas, o que não demonstra a colocação em desvantagem exagerada dos promitentes compradores. A jurisprudência do Colendo Superior Tribunal de Justiça é pacífica no sentido que, no caso de inadimplência do comprador é possível a retenção pela vendedora do percentual entre 10% e 25% a título de indenização com as despesas decorrentes do negócio. No caso, o juízo a quo determinou a retenção de 20% dos valores pagos pelos autores, a qual fica mantida por se mostrar em conformidade com o entendimento do Superior Tribunal de Justiça. VOTO Nº /13

11 Neste sentido: Processual civil. Agravo regimental no agravo em recurso especial. Contrato de compra e venda de imóvel. Rescisão contratual. Inadimplência. Restituição da quantia paga. Circunstância do caso. Revisão do percentual. Enunciados 5e7do STJ. Agravo improvido. 1. Segundo a orientação jurisprudencial desta Corte Superior, em caso de extinção do contrato de promessa de compra e venda por inadimplência justificada do devedor, deve-se estabelecer em casos tais o quantitativo entre 10 e 25% a título de indenização da promitente vendedora com as despesas decorrentes do negócio, por ser o percentual mais adequado. Precedentes. 2. Além disso, os argumentos utilizados para fixar o percentual a ser retido somente poderiam ter sua procedência verificada mediante reexame das circunstâncias fáticas e diante da análise das cláusulas contratuais pactuadas entre as partes, não podendo a questão ser revista em âmbito de recurso especial, conforme dispõem os enunciados n. 5 e 7 da Súmula desta Corte. 3. Agravo regimental a que se nega provimento (AgRg. no Agravo em Recurso Especial Nº /SE, 3ª Turma, j , Relator Ministro Marco Aurélio Bellizze).

12 Grifei. Observe-se que dentro da percentagem de 20% já consta o valor devido à empresa empreendedora no que se refere aos gastos administrativos a que a parte autora deu causa. Desta forma, se mostra abusivo o repasse do valor de R$5.286,48, referente a reversão da personalização da planta. Neste sentido o entendimento desta Câmara: COMPROMISSO DE COMPRA E VENDA DE IMÓVEL - Imóvel adquirido na planta - Cessão dos direitos do compromisso a terceiros, com anuência da ré - Cláusula que estabelece que os cessionários assumem todos os direitos, prerrogativas, vantagens e consequentes obrigações e ônus, inerentes ou derivados do Instrumento Particular de Promessa de Compra e Venda Serviços de modificação de acabamento no imóvel - Contrato de personalização do imóvel que é derivado do compromisso de compra e venda de imóvel - Débito decorrente destes serviços deve ser declarado inexigível perante o autor - Negativação indevida - Desnecessidade da prova do prejuízo conforme julgados do STJ - VOTO Nº /13

13 Dano moral configurado com a negativação do nome nos órgãos de proteção ao crédito Indenização de R$ 5.000,00 bem fixada na sentença, merecendo ser mantida, vez que consentânea com a extensão do dano - Ausência de recurso do autor para majorar a verba indenizatória - Ação ordinária de declaração de inexistência de débito cc. indenização por dano moral procedente Recurso improvido (TJ/SP, Apelação nº , 1ª Câmara de Direito Privado, j , rel. Des. Paulo Eduardo Razuk). Grifei. Por essas razões, a sentença é reformada em parte para condenar a parte ré a restituir os valores pagos a título de corretagem e SATI e declarar inexigível a cobrança de valores a título de gastos com personalização da planta. Ressalta-se que eventual crédito a favor dos autores deverá ser apurado por cálculo em fase de cumprimento de sentença. Ante o exposto, dá-se parcial provimento ao recurso de apelação. É o meu voto. Augusto Rezende Relator VOTO Nº /13

ACÓRDÃO , da Comarca de São Paulo, em que é. apelante OLGA MARIA VIEIRA CARDENAS MARIN, são apelados

ACÓRDÃO , da Comarca de São Paulo, em que é. apelante OLGA MARIA VIEIRA CARDENAS MARIN, são apelados Registro: 2014.0000441744 ACÓRDÃO Vistos, relatados e discutidos estes autos do Apelação nº 1063218-25.2013.8.26.0100, da Comarca de São Paulo, em que é apelante OLGA MARIA VIEIRA CARDENAS MARIN, são apelados

Leia mais

ACÓRDÃO. O julgamento teve a participação dos Desembargadores CLAUDIO GODOY (Presidente), ALCIDES LEOPOLDO E SILVA JÚNIOR E AUGUSTO REZENDE.

ACÓRDÃO. O julgamento teve a participação dos Desembargadores CLAUDIO GODOY (Presidente), ALCIDES LEOPOLDO E SILVA JÚNIOR E AUGUSTO REZENDE. Registro: 2016.0000644381 ACÓRDÃO Vistos, relatados e discutidos estes autos de Apelação nº 1012494-92.2015.8.26.0602, da Comarca de Sorocaba, em que é apelante SABRINA TOME ANDREAZZA (JUSTIÇA GRATUITA),

Leia mais

APELAÇÃO CÍVEL Nº , DA 9ª VARA CÍVEL DO FORO CENTRAL DA COMARCA DA REGIÃO METROPOLITANA DE CURITIBA.

APELAÇÃO CÍVEL Nº , DA 9ª VARA CÍVEL DO FORO CENTRAL DA COMARCA DA REGIÃO METROPOLITANA DE CURITIBA. APELAÇÃO CÍVEL Nº 1.401.899-0, DA 9ª VARA CÍVEL DO FORO CENTRAL DA COMARCA DA REGIÃO METROPOLITANA DE CURITIBA. APELANTE: CONDOMÍNIO RESIDENCIAL SCHOENSTATT. APELADO: LUIZ ADRIANO DE VEIGA BOABAID. RELATOR:

Leia mais

Registro: ACÓRDÃO

Registro: ACÓRDÃO Registro: 2014.0000255943 ACÓRDÃO Vistos, relatados e discutidos estes autos do Apelação nº 0344158-58.2009.8.26.0000, da Comarca de Guarulhos, em que é apelante IMOBILIARIA E CONSTRUTORA CONTINENTAL LTDA,

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE SÃO PAULO ACÓRDÃO

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE SÃO PAULO ACÓRDÃO fls. 1 ACÓRDÃO Registro: 2014.0000152439 Vistos, relatados e discutidos estes autos de Apelação nº 1012212-76.2013.8.26.0100, da Comarca de São Paulo, em que é apelante NAIARA SOARES DOS SANTOS (JUSTIÇA

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE SÃO PAULO ACÓRDÃO

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE SÃO PAULO ACÓRDÃO Registro: 2016.0000154523 ACÓRDÃO Vistos, relatados e discutidos estes autos de Apelação nº 1014781-98.2014.8.26.0008, da Comarca de São Paulo, em que são apelantes FABIO JESUS MARCATTO e SIMONE VITTI

Leia mais

Apelação Cível n , de Videira Relator: Des. Joel Dias Figueira Júnior

Apelação Cível n , de Videira Relator: Des. Joel Dias Figueira Júnior Apelação Cível n. 2010.078282-8, de Videira Relator: Des. Joel Dias Figueira Júnior APELAÇÃO CÍVEL. AÇÃO DE COBRANÇA SECURITÁRIA C/C COMPENSAÇÃO POR DANOS MORAIS. CONTRATO DE SEGURO DE VIDA EM GRUPO. PRESCRIÇÃO.

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DE SÃO PAULO

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DE SÃO PAULO PODER JUDICIÁRIO DE SÃO PAULO DE SÃO PAULO ACÓRDÃO/DECISÃO MONOCRÁTICA 154 7 REGISTRADO(A) SOB N {r\ ACÓRDÃO!! 1 *03498880* Vistos, relatados e discutidos estes autos de Apelação n 0110976-27.2007.8.26.0003,

Leia mais

SEGUNDA CÂMARA CÍVEL RECURSO DE APELAÇÃO CÍVEL Nº 8785/2004 CLASSE II COMARCA DE SINOP APELANTE: BRASIL TELECOM S. A.

SEGUNDA CÂMARA CÍVEL RECURSO DE APELAÇÃO CÍVEL Nº 8785/2004 CLASSE II COMARCA DE SINOP APELANTE: BRASIL TELECOM S. A. APELANTE: BRASIL TELECOM S. A. APELADO: STELA MARIS SCHUTZ Número do Protocolo : 8785/2004 Data de Julgamento : 29-6-2004 EMENTA APELAÇÃO CÍVEL DECLARATÓRIA DE INEXISTÊNCIA DE DÉBITO TELEFÔNICO COMBINADA

Leia mais

EMENTA: CONSÓRCIO - DEVOLUÇÃO DE PARCELAS PAGAS - CORREÇÃO MONETÁRIA - JUROS - TERMO INICIAL.

EMENTA: CONSÓRCIO - DEVOLUÇÃO DE PARCELAS PAGAS - CORREÇÃO MONETÁRIA - JUROS - TERMO INICIAL. EMENTA: CONSÓRCIO - DEVOLUÇÃO DE PARCELAS PAGAS - CORREÇÃO MONETÁRIA - JUROS - TERMO INICIAL. - O Consorciado desistente tem o direito de obter a devolução do que pagou, devidamente corrigido, nos termos

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE SÃO PAULO. Registro: 2015.000096XXX ACÓRDÃO

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE SÃO PAULO. Registro: 2015.000096XXX ACÓRDÃO Registro: 2015.000096XXX ACÓRDÃO Vistos, relatados e discutidos estes autos de Apelação nº 1015XXX- XX.2014.8.26.0576, da Comarca de São José do Rio Preto, em que é apelante MRV ENGENHARIA E PARTICIPAÇÕES

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE SÃO PAULO ACÓRDÃO

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE SÃO PAULO ACÓRDÃO fls. 1 ACÓRDÃO Registro: 2014.0000569257 Vistos, relatados e discutidos estes autos de Apelação nº 0043066-51.2012.8.26.0053, da Comarca de São Paulo, em que é apelante FAZENDA DO ESTADO DE SÃO PAULO,

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE SÃO PAULO. Registro: XX ACÓRDÃO

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE SÃO PAULO. Registro: XX ACÓRDÃO Registro: 2015.0000315XX ACÓRDÃO Vistos, relatados e discutidos estes autos de Apelação nº XXXXXX-69.2012.8.26.0602, da Comarca de Sorocaba, em que é apelante VOSSOROCA EMPREENDIMENTOS IMOBILIARIOS SPE

Leia mais

TRIBUNAL DE JUSTIÇA PODER JUDICIÁRIO São Paulo

TRIBUNAL DE JUSTIÇA PODER JUDICIÁRIO São Paulo fls. 3 Registro: 2015.0000367711 ACÓRDÃO Vistos, relatados e discutidos estes autos do Apelação nº 0029261-67.2011.8.26.0602, da Comarca de Sorocaba, em que é apelante BANCO VOLKSWAGEN S/A, é apelado EXPRESSO

Leia mais

C O N C L U S Ã O SENTENÇA

C O N C L U S Ã O SENTENÇA C O N C L U S Ã O Em 10 de dezembro de 2015, faço estes autos conclusos à MM. Juíza de Direito da 15ª Vara Cível Central, Dra. CELINA DIETRICH TRIGUEIROS TEIXEIRA PINTO. Eu, Renata Martins Pavesi Gonçalves,

Leia mais

SENTENÇA. Ribeirao Niterói Empreendimentos Imobiliários Spe Ltda e outro

SENTENÇA. Ribeirao Niterói Empreendimentos Imobiliários Spe Ltda e outro fls. 1 SENTENÇA Processo Físico nº: 0050964-80.2013.8.26.0506 - Controle nº 2161/13 Classe - Assunto Procedimento Ordinário - Indenização por Dano Moral Requerente: Ana Paula Ikuma Requerido: Ribeirao

Leia mais

TRIBUNAL DE JUSTIÇA PODER JUDICIÁRIO São Paulo

TRIBUNAL DE JUSTIÇA PODER JUDICIÁRIO São Paulo Registro: 2014.0000566560 ACÓRDÃO Vistos, relatados e discutidos estes autos do Apelação nº 9295174-21.2008.8.26.0000, da Comarca de Guarulhos, em que são apelantes ADRIANA PAULINO COSTA (JUSTIÇA GRATUITA),

Leia mais

TRIBUNAL DE JUSTIÇA PODER JUDICIÁRIO São Paulo

TRIBUNAL DE JUSTIÇA PODER JUDICIÁRIO São Paulo fls. 238 Registro: 2014.0000492060 ACÓRDÃO Vistos, relatados e discutidos estes autos do Apelação nº 1005329-60.2013.8.26.0053, da Comarca de, em que é apelante PREFEITURA MUNICIPAL DE SÃO PAULO, é apelado.

Leia mais

ENERGIA E SERVICOS S A MUNICIPIO DE PETROPOLIS

ENERGIA E SERVICOS S A MUNICIPIO DE PETROPOLIS Tribunal de Justiça 12ª Câmara Cível Apelação Cível nº 0045893-97.2011.8.19.0042 Apelantes: AMPLA ENERGIA E SERVICOS S A MUNICIPIO DE PETROPOLIS Apelado: IZABEL DE AZEVEDO SILVA Relator: Desembargador

Leia mais

TRIBUNAL DE JUSTIÇA DE SÃO PAULO. 2 9a Câmara APELAÇÃO S/ REVISÃO N /4. Comarca de SÃO JOSÉ DO RIO PRETO 4. V.

TRIBUNAL DE JUSTIÇA DE SÃO PAULO. 2 9a Câmara APELAÇÃO S/ REVISÃO N /4. Comarca de SÃO JOSÉ DO RIO PRETO 4. V. TRIBUNAL DE JUSTIÇA DE SÃO PAULO 2 9a Câmara APELAÇÃO S/ REVISÃO N 1 2 4 1 4 9 0-0/4 Comarca de SÃO JOSÉ DO RIO PRETO 4. V. CÍVEL P r o c e s s o 38380/08 APTE RAIMUNDA AUGUSTA LIMA ALVES APDO MARÍTIMA

Leia mais

TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE SÃO PAULO

TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE SÃO PAULO fls. 395 SENTENÇA Processo n.: 1022491-19.2015.8.26.0564 Requerente (s): Requerido (s): Neusa Gomez Quintino e outro ACS BETA EMPREENDIMENTOS IMOBILIARIOS LTDA. MAGISTRADO: SERGIO HIDEO OKABAYASHI Vistos.

Leia mais

TRIBUNAL DE JUSTIÇA PODER JUDICIÁRIO São Paulo

TRIBUNAL DE JUSTIÇA PODER JUDICIÁRIO São Paulo fls. 125 Registro: 2016.0000104672 ACÓRDÃO Vistos, relatados e discutidos estes autos de Apelação nº 1029695-32.2014.8.26.0053, da Comarca de, em que é apelante, é apelado FAZENDA DO ESTADO DE SÃO PAULO.

Leia mais

TRIBUNAL DE JUSTIÇA PODER JUDICIÁRIO São Paulo

TRIBUNAL DE JUSTIÇA PODER JUDICIÁRIO São Paulo Registro: 2013.0000585081 ACÓRDÃO Vistos, relatados e discutidos estes autos do Apelação nº 0031938-38.2009.8.26.0506, da Comarca de Ribeirão Preto, em que é apelante PEDRO JOSÉ ONI CASTRO SHIRAI (JUSTIÇA

Leia mais

Superior Tribunal de Justiça

Superior Tribunal de Justiça AgRg no AGRAVO EM RECURSO ESPECIAL Nº 600.887 - PE (2014/0225154-0) RELATOR : MINISTRO RAUL ARAÚJO XXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXX XX X : XXXXXXXXXXXXXXXXXXXX XXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXX XXXXXXXXXXXXXXXXXXXX EMENTA

Leia mais

TRIBUNAL DE JUSTIÇA PODER JUDICIÁRIO São Paulo

TRIBUNAL DE JUSTIÇA PODER JUDICIÁRIO São Paulo fls. 1 TRIBUNAL DE JUSTIÇA São Paulo ACÓRDÃO Registro: 2015.0000075074 Vistos, relatados e discutidos estes autos de Apelação nº 0055307-76.2012.8.26.0564, da Comarca de São Bernardo do Campo, em que é

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE SÃO PAULO. Registro: 2015.0000421989 ACÓRDÃO

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE SÃO PAULO. Registro: 2015.0000421989 ACÓRDÃO fls. 243 Registro: 2015.0000421989 ACÓRDÃO Vistos, relatados e discutidos estes autos de Apelação nº 1114351-72.2014.8.26.0100, da Comarca de São Paulo, em que é apelante BROOKFIELD SÃO PAULO EMPREENDIMENTOS

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO DO ESTADO DA PARAÍBA TRIBUNAL DE JUSTIÇA GAB. DES. ROMERO MARCELO DA FONSECA OLIVEIRA

PODER JUDICIÁRIO DO ESTADO DA PARAÍBA TRIBUNAL DE JUSTIÇA GAB. DES. ROMERO MARCELO DA FONSECA OLIVEIRA PODER JUDICIÁRIO DO ESTADO DA PARAÍBA TRIBUNAL DE JUSTIÇA GAB. DES. ROMERO MARCELO DA FONSECA OLIVEIRA ACÓRDÃO APELAÇÃO CÍVEL N. 200.2011.033535-9/001 ORIGEM : I l Vara Cível da Comarca da Capital. RELATOR

Leia mais

TRIBUNAL DE JUSTIÇA DÉCIMA OITAVA CÂMARA CÍVEL

TRIBUNAL DE JUSTIÇA DÉCIMA OITAVA CÂMARA CÍVEL TRIBUNAL DE JUSTIÇA DÉCIMA OITAVA CÂMARA CÍVEL APELAÇÃO CÍVEL Nº 0001290-15.2010.8.19.0028 APELANTE: AMPLA ENERGIA E SERVIÇOS S.A. APELADOS: R.S.R. DE MACAÉ EMPREENDIMENTOS E PARTICIPAÇÕES IMOBILIÁRIAS

Leia mais

SEGUNDA CÂMARA CÍVEL DO TRIBUNAL DE JUSTIÇA

SEGUNDA CÂMARA CÍVEL DO TRIBUNAL DE JUSTIÇA SEGUNDA CÂMARA CÍVEL DO TRIBUNAL DE JUSTIÇA APELAÇÃO CÍVEL Nº 0014628-88.2009.8.19.0061 Ação Declaratória 2.ª Vara Cível da Comarca de Teresópolis APELANTE: VANIA DOS SANTOS APELADO: DETRAN- DEPARTAMENTO

Leia mais

RELATÓRIO. TRF/fls. E:\acordaos\ _ doc

RELATÓRIO. TRF/fls. E:\acordaos\ _ doc *AC 305947-AL (20028000001001-9) APTE: INSS - INSTITUTO NACIONAL DO SEGURO SOCIAL ADV: MARIA DE FATIMA FALCÃO ALBUQUERQUE E OUTROS APDO: OTACILIA RAMOS DUARTE ADV: RAIMUNDA MOREIRA AZEVEDO E OUTROS REMTE:

Leia mais

129 TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO ÓRGÃO ESPECIAL CONFLITO DE COMPETÊNCIA

129 TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO ÓRGÃO ESPECIAL CONFLITO DE COMPETÊNCIA TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO ÓRGÃO ESPECIAL CONFLITO DE COMPETÊNCIA nº 0001916-79.2014.8.19.0000 (5) Suscitante: EGRÉGIA 14ª CÂMARA CÍVEL DO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE SÃO PAULO

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE SÃO PAULO fls. 1 Registro: 2012.0000438839 ACÓRDÃO Vistos, relatados e discutidos estes autos do Apelação nº 0145458-59.2011.8.26.0100, da Comarca de São Paulo, em que são apelantes ED COSTA MUSIC COMÉRCIO DE ARTIGOS

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE SÃO PAULO. Registro: 2016.0000101332 ACÓRDÃO

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE SÃO PAULO. Registro: 2016.0000101332 ACÓRDÃO fls. 2 Registro: 2016.0000101332 ACÓRDÃO Vistos, relatados e discutidos estes autos de Apelação nº 0102423-13.2004.8.26.0547, da Comarca de Santa Rita do Passa Quatro, em que são apelantes RENILSON AUGUSTO

Leia mais

Vistos. Trata-se de ação declaratória de rescisão contratual proposta por PEDRO T. S. e ROSANA A. D. S. em face de JAUPERI INCORPORADORA LTDA.

Vistos. Trata-se de ação declaratória de rescisão contratual proposta por PEDRO T. S. e ROSANA A. D. S. em face de JAUPERI INCORPORADORA LTDA. fls. 242 Processo Digital nº: Classe - Assunto Requerente: Requerido: SENTENÇA 10803XX-72.2015.8.26.0100 Procedimento Ordinário - Rescisão do contrato e devolução do dinheiro Pedro T. S. e outro Jauaperi

Leia mais

Com a petição inicial foram juntados documentos (fls. 21/122).

Com a petição inicial foram juntados documentos (fls. 21/122). fls. 384 SENTENÇA Processo Digital nº: 1031834-73.2015.8.26.0100 Classe - Assunto Procedimento Ordinário - Rescisão do contrato e devolução do dinheiro Requerente: Adler Chichetti de Oliveira Requerido:

Leia mais

TRIBUNAL DE JUSTIÇA PODER JUDICIÁRIO São Paulo. Voto nº 23951

TRIBUNAL DE JUSTIÇA PODER JUDICIÁRIO São Paulo. Voto nº 23951 10ª Câmara Seção de Direito Privado Apelação com Revisão n 4002213-20.2013.8.26.0562 Comarca: Santos Ação: Compromisso de Venda e Compra e Repetição de indébito Apte(s).: API Assessoria Consultoria e Intermediação

Leia mais

DECISÃO. Juiz(a) de Direito: Dra. Juliana Amato Marzagão. Vistos.

DECISÃO. Juiz(a) de Direito: Dra. Juliana Amato Marzagão. Vistos. fls. 363 DECISÃO Processo Digital nº: 1037009-48.2015.8.26.0100 Classe - Assunto Procedimento Comum - Rescisão do contrato e devolução do dinheiro Requerente: Aline Mary do Nascimento e outro Requerido:

Leia mais

Superior Tribunal de Justiça

Superior Tribunal de Justiça RECURSO ESPECIAL Nº 1.247.606 - SP (2011/0081765-9) RELATOR RECORRENTE RECORRIDO ADVOGADO : MINISTRO MAURO CAMPBELL MARQUES : UNIÃO : JOSÉ FERREIRA DE SOUZA : CARLOS ALBERTO SILVA E OUTRO(S) RELATÓRIO

Leia mais

SENTENÇA Procedimento Ordinário. Vero Santa Isabel Empreendimentos Imobiliários Ltda

SENTENÇA Procedimento Ordinário. Vero Santa Isabel Empreendimentos Imobiliários Ltda fls. 282 C O N C L U S Ã O Em 26 de novembro de 2015, faço estes autos conclusos à Exma. Sra. Dra. PRISCILLA BITTAR NEVES NETTO, MMª. Juíza de Direito. Eu,, escrevente, subscrevi. Processo nº: Requerente:

Leia mais

Sumário PARTE I ASPECTOS PROCESSUAIS GERAIS

Sumário PARTE I ASPECTOS PROCESSUAIS GERAIS Sumário PARTE I ASPECTOS PROCESSUAIS GERAIS 1 Jurisdição 1.1 Introdução 1.2 Conceito e características 1.3 Divisão da jurisdição 1.4 Organização judiciária 2 Direito Processual Civil 2.1 Conceito e delimitação

Leia mais

151 VIGÉSIMA SEXTA CÂMARA CÍVEL / CONSUMIDOR APELAÇÃO CÍVEL PROCESSO Nº APELANTE: NASCIMENTO TURISMO LTDA

151 VIGÉSIMA SEXTA CÂMARA CÍVEL / CONSUMIDOR APELAÇÃO CÍVEL PROCESSO Nº APELANTE: NASCIMENTO TURISMO LTDA VIGÉSIMA SEXTA CÂMARA CÍVEL / CONSUMIDOR APELAÇÃO CÍVEL APELANTE: NASCIMENTO TURISMO LTDA. APELADO: JOSÉ CARLOS VARANDA DOS SANTOS RELATOR: DES. ANA MARIA PEREIRA DE OLIVEIRA Responsabilidade Civil. Ação

Leia mais

RECURSO INOMINADO (CRIME CAPITAL/CÍVEL E CRIME INT.) 0328/2008

RECURSO INOMINADO (CRIME CAPITAL/CÍVEL E CRIME INT.) 0328/2008 TRIBUNAL DE JUSTIÇA DE SERGIPE ACÓRDÃO: 862/2008 RECURSO INOMINADO (CRIME CAPITAL/CÍVEL E CRIME INT.) 0328/2008 PROCESSO: 2008900809 RECORRENTE SUL AMERICA CIA. NACIONAL DE SEGUROS VANESSA RODRIGUES DE

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO DO ESTADO DE RONDÔNIA Tribunal de Justiça 1ª Câmara Especial

PODER JUDICIÁRIO DO ESTADO DE RONDÔNIA Tribunal de Justiça 1ª Câmara Especial 1 PODER JUDICIÁRIO DO ESTADO DE RONDÔNIA Tribunal de Justiça 1ª Câmara Especial Data de distribuição : 12/12/2008 Data de julgamento : 20/05/2009 100.001.2008.016120-0 Apelação Origem : 00120080161200

Leia mais

TRIBUNAL DE JUSTIÇA PODER JUDICIÁRIO São Paulo

TRIBUNAL DE JUSTIÇA PODER JUDICIÁRIO São Paulo Registro: 2012.0000004310 ACÓRDÃO Vistos, relatados e discutidos estes autos do Apelação nº 0117478-25.2006.8.26.0000, da Comarca de, em que é apelante G G F COMERCIO DE ALIMENTOS LTDA sendo apelado CASSIANO

Leia mais

TRIBUNAL DE JUSTIÇA PODER JUDICIÁRIO São Paulo

TRIBUNAL DE JUSTIÇA PODER JUDICIÁRIO São Paulo fls. 473 Registro: 2015.0000798098 ACÓRDÃO Vistos, relatados e discutidos estes autos de Embargos de Declaração nº 1003251-59.2014.8.26.0053/50000, da Comarca de, em que é embargante SINDICATO DOS TRABALHADORES

Leia mais

Vistos, relatados e discutidos estes autos de. APELAÇÃO CÍVEL SEM REVISÃO n /2-00, da Comarca de

Vistos, relatados e discutidos estes autos de. APELAÇÃO CÍVEL SEM REVISÃO n /2-00, da Comarca de TRIBUNAL DE JUSTIÇA DE SÃO PAULO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DE SÃO PAULO ACÓRDÃO/DECISÃO MONOCRÁTICA ACÓRDÃO REGISTRADO(A) SOB N *01809142* Vistos, relatados e discutidos estes autos de APELAÇÃO CÍVEL SEM REVISÃO

Leia mais

ACÓRDÃO. O julgamento teve a participação dos Desembargadores LUIS MARIO GALBETTI (Presidente sem voto), MIGUEL BRANDI E RÔMOLO RUSSO.

ACÓRDÃO. O julgamento teve a participação dos Desembargadores LUIS MARIO GALBETTI (Presidente sem voto), MIGUEL BRANDI E RÔMOLO RUSSO. fls. 300 Registro: 2015.0000529177 ACÓRDÃO Vistos, relatados e discutidos estes autos de Apelação nº 1106882-72.2014.8.26.0100, da Comarca de São Paulo, em que é apelante ANA LIGIA PAES NASCIMENTO, é apelado

Leia mais

Supremo Tribunal Federal

Supremo Tribunal Federal RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO 781.250 RIO GRANDE DO SUL RELATORA RECTE.(S) ADV.(A/S) RECDO.(A/S) ADV.(A/S) : MIN. CÁRMEN LÚCIA :ASSOCIAÇÃO DOS SERVIDORES DA JUSTIÇA DO RIO GRANDE DO SUL - ASJ : JOSÉ

Leia mais

TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ACRE. Acórdão n. : Classe : Apelação Cível (Sumário) n Origem : Rio Branco. Órgão : Câmara Cível

TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ACRE. Acórdão n. : Classe : Apelação Cível (Sumário) n Origem : Rio Branco. Órgão : Câmara Cível TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ACRE Acórdão n. : 5.663 Classe : Apelação Cível (Sumário) n. 2008.003054-0 Origem : Rio Branco Órgão : Câmara Cível Relator : Des. Adair Longuini Apelante : Mapfre Vera Cruz Seguradora

Leia mais

TRIBUNAL DE JUSTIÇA PODER JUDICIÁRIO São Paulo

TRIBUNAL DE JUSTIÇA PODER JUDICIÁRIO São Paulo Registro: 2016.0000482731 ACÓRDÃO Vistos, relatados e discutidos estes autos de Apelação nº 1025263-86.2015.8.26.0100, da Comarca de, em que é apelado EBC - SOLUÇÕES IMOBILIÁRIAS LTDA, são apelantes AKIYOSHI

Leia mais

ACÓRDÃO. O julgamento teve a participação dos Desembargadores JAMES SIANO (Presidente), MOREIRA VIEGAS E FÁBIO PODESTÁ.

ACÓRDÃO. O julgamento teve a participação dos Desembargadores JAMES SIANO (Presidente), MOREIRA VIEGAS E FÁBIO PODESTÁ. fls. 251 Registro: 2015.0000972248 ACÓRDÃO Vistos, relatados e discutidos estes autos de Apelação nº 106032794.2014.8.26.0100, da Comarca de São Paulo, em que são apelantes/apelados MICHELE FARDINI SOARES

Leia mais

Vistos. Regularmente citada, a ré deixou de contestar a ação no prazo legal. R E L A T A D O S. D E C I D O

Vistos. Regularmente citada, a ré deixou de contestar a ação no prazo legal. R E L A T A D O S. D E C I D O fls. 74 SENTENÇA Processo Digital nº: 1007365-29.2016.8.26.0002 Classe - Assunto Procedimento Comum - Rescisão do contrato e devolução do dinheiro Requerente: Elcio Felix Cardoso e outro Requerido: Jetirana

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE SÃO PAULO. Registro: 2015.0000029594 ACÓRDÃO

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE SÃO PAULO. Registro: 2015.0000029594 ACÓRDÃO fls. 242 Registro: 2015.0000029594 ACÓRDÃO Vistos, relatados e discutidos estes autos de Apelação nº 1033459-16.2013.8.26.0100, da Comarca de São Paulo, em que é apelante CALGARY INVESTIMENTOS IMOBILIÁRIOS

Leia mais

TRIBUNAL DE JUSTIÇA PORTARIA Nº 1250-D.M

TRIBUNAL DE JUSTIÇA PORTARIA Nº 1250-D.M TRIBUNAL DE JUSTIÇA PORTARIA Nº 1250-D.M O PRESIDENTE DO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO PARANÁ, no uso das atribuições que lhe são conferidas por lei e tendo em vista o contido no protocolado sob nº

Leia mais

i iiiiii um um um um um mu mu m mi

i iiiiii um um um um um mu mu m mi TRIBUNAL DE JUSTIÇA DE SÃO PAULO ACÓRDÃO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DE SÃO PAULO ACÓRDÃO/DECISÃO MONOCRÁTICA REGISTRADO(A) SOB N i iiiiii um um um um um mu mu m mi *03119670* Vistos, relatados e discutidos estes

Leia mais

TRIBUNAL DE JUSTIÇA VIGÉSIMA QUINTA CÂMARA CÍVEL/CONSUMIDOR

TRIBUNAL DE JUSTIÇA VIGÉSIMA QUINTA CÂMARA CÍVEL/CONSUMIDOR TRIBUNAL DE JUSTIÇA VIGÉSIMA QUINTA CÂMARA CÍVEL/CONSUMIDOR AGRAVO INTERNO NA APELAÇÃO CÍVEL Nº 0247406-11.2012.8.19.0001 AGRAVANTE: RODNEY NIEGESKI MONSAO AGRAVADO: BANCO SANTANDER BRASIL S/A RELATORA:

Leia mais

AGRAVANTE: BANCO FIAT S/A

AGRAVANTE: BANCO FIAT S/A AGRAVO N.º 1269433-8/01, DE FOZ DE IGUAÇU 3ª VARA CÍVEL AGRAVANTE: BANCO FIAT S/A AGRAVADO: MARLI ANA DESORDI RELATOR: DES. VITOR ROBERTO SILVA AGRAVO. AGRAVO DE INSTRUMENTO. BUSCA E APREENSÃO. DEVOLUÇÃO

Leia mais

SENTENÇA. Processo Digital nº: 1059894-56.2015.8.26.0100 Classe - Assunto Procedimento Ordinário - Rescisão do contrato e devolução do dinheiro

SENTENÇA. Processo Digital nº: 1059894-56.2015.8.26.0100 Classe - Assunto Procedimento Ordinário - Rescisão do contrato e devolução do dinheiro fls. 332 SENTENÇA Processo Digital nº: 1059894-56.2015.8.26.0100 Classe - Assunto Procedimento Ordinário - Rescisão do contrato e devolução do dinheiro Requerente: Marcelo Monea e outro Requerido: Vila

Leia mais

R E L A T Ó R I O O EXMO. SR. DESEMBARGADOR FEDERAL LÁZARO

R E L A T Ó R I O O EXMO. SR. DESEMBARGADOR FEDERAL LÁZARO R E L A T Ó R I O GUIMARÃES (RELATOR): O EXMO. SR. DESEMBARGADOR FEDERAL LÁZARO Trata-se de agravo inominado interposto ante decisão que negou seguimento ao recurso, impugnando decisum proferido pelo MM.

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE SÃO PAULO. Registro: 2015.000045XXX ACÓRDÃO

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE SÃO PAULO. Registro: 2015.000045XXX ACÓRDÃO ACÓRDÃO Registro: 2015.000045XXX Vistos, relatados e discutidos estes autos de Apelação nº XXXXXX-68.2011.8.26.0564, da Comarca de São Bernardo do Campo, em que é apelante BROOKFIELD SÃO PAULO EMPREENDIMENTOS

Leia mais

ACÓRDÃO. O julgamento teve a participação dos Exmos. Desembargadores ANDRADE NETO (Presidente) e ORLANDO PISTORESI. São Paulo, 30 de maio de 2012.

ACÓRDÃO. O julgamento teve a participação dos Exmos. Desembargadores ANDRADE NETO (Presidente) e ORLANDO PISTORESI. São Paulo, 30 de maio de 2012. Registro: 2012.0000252889 ACÓRDÃO Vistos, relatados e discutidos estes autos de Apelação nº 0339919-02.2009.8.26.0100, da Comarca de, em que é apelante ALGARISMOS BRINQUEDOS LTDA sendo apelado VIAÇÃO AÉREA

Leia mais

TRIBUNAL DE JUSTIÇA PODER JUDICIÁRIO São Paulo

TRIBUNAL DE JUSTIÇA PODER JUDICIÁRIO São Paulo Registro: 2014.0000638904 ACÓRDÃO Vistos, relatados e discutidos estes autos do Apelação nº 4010718-83.2013.8.26.0114, da Comarca de Campinas, em que é apelante ALVARO JACO KICE (JUSTIÇA GRATUITA), é apelado

Leia mais

SOBRESTAMENTO RICARF ART. 62-A, 1º

SOBRESTAMENTO RICARF ART. 62-A, 1º RICARF Art. 62-A Art. 62-A. As decisões definitivas de mérito, proferidas pelo Supremo Tribunal Federal e pelo Superior Tribunal de Justiça em matéria infraconstitucional, na sistemática prevista pelos

Leia mais

Supremo Tribunal Federal

Supremo Tribunal Federal RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO 900.389 RIO GRANDE DO SUL RELATORA : MIN. CÁRMEN LÚCIA RECTE.(S) :DEPARTAMENTO ESTADUAL DE TRÂNSITO DO RIO GRANDE DO SUL - DETRAN/RS PROC.(A/S)(ES) :PROCURADOR-GERAL DO

Leia mais

TRIBUNAL DE JUSTIÇA PODER JUDICIÁRIO São Paulo

TRIBUNAL DE JUSTIÇA PODER JUDICIÁRIO São Paulo Registro: 2012.0000111145 ACÓRDÃO Vistos, relatados e discutidos estes autos do Agravo de Instrumento nº 0260447-87.2011.8.26.0000, da Comarca de, em que são agravantes DENISSON MOURA DE FREITAS e MARIA

Leia mais

Vistos lauda 1

Vistos lauda 1 fls. 1 SENTENÇA Processo Físico nº: 0003214-82.2013.8.26.0506 Classe - Assunto Procedimento Ordinário - Indenização por Dano Moral Requerente: Ana Laudelina Lino dos Reis Requerido: Cebrac Consultoria

Leia mais

CARLOS ALBERTO GARBI

CARLOS ALBERTO GARBI fls. 270 Registro: 2015.0000842129 ACÓRDÃO Vistos, relatados e discutidos estes autos de Apelação nº 1121140-87.2014.8.26.0100, da Comarca de São Paulo, em que é apelante TIBERIO NISS EMPREENDIMENTOS E

Leia mais

TRIBUNAL DE JUSTIÇA PODER JUDICIÁRIO São Paulo

TRIBUNAL DE JUSTIÇA PODER JUDICIÁRIO São Paulo Registro: 2014.0000422XXX ACÓRDÃO Vistos, relatados e discutidos estes autos do Apelação nº XXXXXX- XX.2008.8.26.0000, da Comarca de, em que são apelantes GUILHERME (Omitido) e outras, são apelados KLASELL

Leia mais

RELATÓRIO A EXMA. SRA. DESEMBARGADORA FEDERAL LEIDE POLO:

RELATÓRIO A EXMA. SRA. DESEMBARGADORA FEDERAL LEIDE POLO: APELAÇÃO/REEXAME NECESSÁRIO Nº 2005.61.23.001640-5/SP RELATORA : Desembargadora Federal LEIDE POLO APELANTE : SEBASTIAO ANTONIO DE LIMA (= ou > de 65 anos) ADVOGADO : EVELISE SIMONE DE MELO e outro APELANTE

Leia mais

Odson Cardoso Filho RELATOR

Odson Cardoso Filho RELATOR Apelação Cível n. 2011.072197-1, de São José Relator: Desembargador Substituto Odson Cardoso Filho APELAÇÃO CÍVEL. AÇÃO DE COBRANÇA DE SEGURO DE RESPONSABILIDADE CIVIL MOVIDA PELO SEGURADO EM FACE DA SEGURADORA.

Leia mais

AGRAVO DE INSTRUMENTO. PEDIDO LIMINAR. DESCONTO EM FOLHA DE PAGAMENTO PACTUADO CONTRATUALMENTE. CONTRATO BANCÁRIO. LIMITE DE 30%.

AGRAVO DE INSTRUMENTO. PEDIDO LIMINAR. DESCONTO EM FOLHA DE PAGAMENTO PACTUADO CONTRATUALMENTE. CONTRATO BANCÁRIO. LIMITE DE 30%. AGRAVO DE INSTRUMENTO. PEDIDO LIMINAR. DESCONTO EM FOLHA DE PAGAMENTO PACTUADO CONTRATUALMENTE. CONTRATO BANCÁRIO. LIMITE DE 30%. É válido o desconto em folha para pagamento de empréstimo bancário livremente

Leia mais

VIGÉSIMA CÂMARA CÍVEL - TRIBUNAL DE JUSTIÇA

VIGÉSIMA CÂMARA CÍVEL - TRIBUNAL DE JUSTIÇA VIGÉSIMA CÂMARA CÍVEL - TRIBUNAL DE JUSTIÇA APELAÇÃO CÍVEL n.º 0251889-84.2012.8.19.0001 E Ação Ordinária APELANTE: EDEZIO JOSE DOS SANTOS APELADOS : FUNDAÇÃO REDE FERROVIARIA DE SEGURIDADE SOCIAL REFER

Leia mais

Turma Julgadora: Desª. Maria Filomena de Almeida Buarque (Relatora), Desª. Edinea Oliveira Tavares (Presidente) e a Desª. Nadja Nara Cobra Meda.

Turma Julgadora: Desª. Maria Filomena de Almeida Buarque (Relatora), Desª. Edinea Oliveira Tavares (Presidente) e a Desª. Nadja Nara Cobra Meda. ACÓRDÃO - DOC: Nº 156934 ACÓRDÃO Nº SECRETARIA DA 3ª CÂMARA CÍVEL ISOLADA ORIGEM: JUÍZO DE DIREITO DA 9ª VARA CÍVEL DE AGRAVO DE INSTRUMENTO N. 0014703-47.2015.814.0000 AGRAVANTE: ASACORP EMPREENDIMENTOS

Leia mais

CONCLUSÃO. Em 24 de maio de 2013, faço estes autos conclusos ao MM. Juiz de Direito, Dr. RODRIGO GARCIA MARTINEZ. Eu,, escr. subscr.

CONCLUSÃO. Em 24 de maio de 2013, faço estes autos conclusos ao MM. Juiz de Direito, Dr. RODRIGO GARCIA MARTINEZ. Eu,, escr. subscr. fls. 1 CONCLUSÃO Em 24 de maio de 2013, faço estes autos conclusos ao MM. Juiz de Direito, Dr. RODRIGO GARCIA MARTINEZ. Eu,, escr. subscr. SENTENÇA Processo nº: 0134301-55.2012.8.26.0100 Classe - Assunto

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO JUSTIÇA DO TRABALHO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 15ª REGIÃO 2ª Vara do Trabalho de Sorocaba

PODER JUDICIÁRIO JUSTIÇA DO TRABALHO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 15ª REGIÃO 2ª Vara do Trabalho de Sorocaba PODER JUDICIÁRIO JUSTIÇA DO TRABALHO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 15ª REGIÃO 2ª Vara do Trabalho de Sorocaba PODER JUDICIÁRIO FEDERAL Justiça do Trabalho - 15ª Região 2ª Vara do Trabalho de Sorocaba

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO RS

PODER JUDICIÁRIO RS Número do processo: 70066740119 Comarca: Comarca de Porto Alegre Data de Julgamento: 29/10/2015 Relator: Pedro Celso Dal Pra PODER JUDICIÁRIO ---------- RS ---------- ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL PODER

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL REGIONAL FEDERAL DA PRIMEIRA REGIÃO SEÇÃO JUDICIÁRIA DO DISTRITO FEDERAL

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL REGIONAL FEDERAL DA PRIMEIRA REGIÃO SEÇÃO JUDICIÁRIA DO DISTRITO FEDERAL Sentença 2014 tipo B Processo nº 45312-96.2012.4.01.3400 Ação Ordinária Autora: Associação Nacional dos Delegados de Polícia Federal - ADPF Ré: União 096.01.004-B SENTENÇA 1. RELATÓRIO Trata-se de ação

Leia mais

ACÓRDÃO. O julgamento teve a participação dos Exmos. Desembargadores FELIPE FERREIRA (Presidente sem voto), RENATO SARTORELLI E VIANNA COTRIM.

ACÓRDÃO. O julgamento teve a participação dos Exmos. Desembargadores FELIPE FERREIRA (Presidente sem voto), RENATO SARTORELLI E VIANNA COTRIM. 1 Registro: 2016.0000888926 ACÓRDÃO Vistos, relatados e discutidos estes autos do Agravo de Instrumento nº 2223275-04.2016.8.26.0000, da Comarca de Santa Bárbara D Oeste, em que é agravante ELZA DOMINGOS

Leia mais

IV - APELACAO CIVEL

IV - APELACAO CIVEL RELATOR APELANTE ADVOGADO APELANTE ADVOGADO APELADO ORIGEM : JUIZ FEDERAL CONVOCADO JOSÉ ANTONIO LISBOA NEIVA : COOK ELECTRIC TELECOMUNICACOES S/A : MARIA DE LOURDES JORGE ESTEVES : CAIXA ECONOMICA FEDERAL

Leia mais

QUARTA CÂMARA CÍVEL RECURSO DE APELAÇÃO CÍVEL Nº 23079/ CLASSE II COMARCA CAPITAL

QUARTA CÂMARA CÍVEL RECURSO DE APELAÇÃO CÍVEL Nº 23079/ CLASSE II COMARCA CAPITAL APELANTE: APELADAS: SUL AMÉRICA TERRESTRES MARÍTIMOS E ACIDENTES CIA. DE SEGUROS ALTINA PEREIRA DA SILVA E TRANSPORTES NOVA ERA LTDA. Número do Protocolo: 23079/2004 Data de Julgamento: 14-3-2005 EMENTA

Leia mais

18 a CÂMARA CÍVEL DO TRIBUNAL DE JUSTIÇA APELAÇÃO CÍVEL N o 11496/08 RELATOR : DES.JORGE LUIZ HABIB

18 a CÂMARA CÍVEL DO TRIBUNAL DE JUSTIÇA APELAÇÃO CÍVEL N o 11496/08 RELATOR : DES.JORGE LUIZ HABIB 18 a CÂMARA CÍVEL DO TRIBUNAL DE JUSTIÇA APELAÇÃO CÍVEL N o 11496/08 RELATOR : DES.JORGE LUIZ HABIB APELAÇÃO CÍVEL. MANDADO DE SEGURANÇA. A Lei 7347/85, com a inovação trazida pela lei 11448/07, prevê,

Leia mais

TRIBUNAL DE JUSTIÇA PODER JUDICIÁRIO São Paulo

TRIBUNAL DE JUSTIÇA PODER JUDICIÁRIO São Paulo fls. 1 Registro: 2014.0000669915 ACÓRDÃO Vistos, relatados e discutidos estes autos do Apelação nº 0007471-13.2013.8.26.0002, da Comarca de, em que são apelantes ODEBRECHT REALIZAÇÕES IMOBILIÁRIAS E PARTICIPAÇÕES

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE SÃO PAULO

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE SÃO PAULO Registro: 2014.0000113011 ACÓRDÃO Vistos, relatados e discutidos estes autos do Apelação nº 0016739-69.2012.8.26.0053, da Comarca de São Paulo, em que são apelantes FAZENDA DO ESTADO DE SÃO PAULO (E OUTROS(AS))

Leia mais

Poder Judiciário do Estado do Rio de Janeiro Tribunal de Justiça Vigésima Primeira Câmara Cível

Poder Judiciário do Estado do Rio de Janeiro Tribunal de Justiça Vigésima Primeira Câmara Cível Apelação cível nº: 0379418-52.2013.8.19.0001 Apelante: FRANCISCO DE PAULA MUNIZ FREIRE BARBOSA Apelado: RONALDO GANON Relatora: DES. MÁRCIA CUNHA SILVA ARAÚJO DE CARVALHO APELAÇÃO CÍVEL. EMBARGOS Á EXECUÇÃO.

Leia mais

TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO DISTRITO FEDERAL. Órgão: 3ª Turma Cível. Processo N.: Apelação Cível APC. Apelante(s): JOSÉ VIEIRA DE SÁ

TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO DISTRITO FEDERAL. Órgão: 3ª Turma Cível. Processo N.: Apelação Cível APC. Apelante(s): JOSÉ VIEIRA DE SÁ TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO DISTRITO FEDERAL Órgão: 3ª Turma Cível Processo N.: Apelação Cível 20080510067475APC Apelante(s): JOSÉ VIEIRA DE SÁ Apelado(s): BRADESCO SEGUROS S/A Relator: Desembargador JOÃO MARIOSI

Leia mais

28/10/2014 PRIMEIRA TURMA : MIN. DIAS TOFFOLI EMENTA

28/10/2014 PRIMEIRA TURMA : MIN. DIAS TOFFOLI EMENTA Ementa e Acórdão Inteiro Teor do Acórdão - Página 1 de 8 28/10/2014 PRIMEIRA TURMA AG.REG. NO RECURSO EXTRAORDINÁRIO 736.365 SÃO PAULO RELATOR AGTE.(S) PROC.(A/S)(ES) AGDO.(A/S) PROC.(A/S)(ES) : MIN. DIAS

Leia mais

I iiim uni mil mil um um um um mi m

I iiim uni mil mil um um um um mi m PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DE SÃO PAULO ACÓRDÃO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DE SÃO PAULO ACÓRDÃO/DECISÃO MONOCRÁTICA REGISTRADO(A) SOB N I iiim uni mil mil um um um um mi m Vistos, relatados e discutidos

Leia mais

23 a Câmara Cível / Consumidor do Tribunal de Justiça

23 a Câmara Cível / Consumidor do Tribunal de Justiça Apelação nº 0001627-29.2010.8.19.0052 Apelante: MARCIO LUIS DE SOUSA Apelado: RAINBOW HOLDINGS DO BRASIL Relator Des. SÉRGIO RICARDO DE ARRUDA FERNANDES AÇÃO DE RITO SUMÁRIO. DIREITO DO CONSUMIDOR. CONSUMIDOR

Leia mais

C O N C L U S Ã O S E N T E N Ç A

C O N C L U S Ã O S E N T E N Ç A fls. 360 C O N C L U S Ã O Em 31 de agosto de 2015 faço estes autos conclusos ao(à) MM(a). Juiz(a) de Direito Dr(a). Eduardo Palma Pellegrinelli. Eu (Eduardo Palma Pellegrinelli), Juiz de Direito, subscrevi.

Leia mais

TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO DÉCIMA OITAVA CÂMARA CÍVEL

TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO DÉCIMA OITAVA CÂMARA CÍVEL Agravo Interno nos autos da Apelação Cível nº 0021985-23.2011.8.19.0038 Agravante: ITAÚ UNIBANCO S.A. Agravado: JAVERT DO CARMO AZEVEDO FILHO Relator: DES. EDUARDO DE AZEVEDO PAIVA. AGRAVO INTERNO NOS

Leia mais

RECURSO EXTRAORDINÁRIO E RECURSO ESPECIAL I e II Nº

RECURSO EXTRAORDINÁRIO E RECURSO ESPECIAL I e II Nº RECURSO EXTRAORDINÁRIO N 0029634-19.2012.8.19.0001 Recorrente: ESTADO DO RIO DE JANEIRO Recorridos: FARID HABIB E OUTRO RECURSO ESPECIAL Nº 0029634-19.2012.8.19.0001 Recorrente: ESTADO DO RIO DE JANEIRO

Leia mais

SEXTA CÂMARA CÍVEL APELAÇÃO Nº / CLASSE CNJ COMARCA DE COLÍDER RELATOR: DES. RUBENS DE OLIVEIRA SANTOS FILHO

SEXTA CÂMARA CÍVEL APELAÇÃO Nº / CLASSE CNJ COMARCA DE COLÍDER RELATOR: DES. RUBENS DE OLIVEIRA SANTOS FILHO APELANTE(S): GENISLEI MARTINS DE OLIVEIRA BARRETO APELADO(S): SISTEMA EDUCACIONAL INTEGRADO - CENTRO DE ESTUDOS UNIVERSITÁRIOS DE COLIDER Número do Protocolo: 119314/2016 Data de Julgamento: 14-09-2016

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO ESTADO DO RIO DE JANEIRO TRIBUNAL DE JUSTIÇA Vigésima Sétima Câmara Cível/Consumidor

PODER JUDICIÁRIO ESTADO DO RIO DE JANEIRO TRIBUNAL DE JUSTIÇA Vigésima Sétima Câmara Cível/Consumidor APELAÇÃO CÍVEL nº 0002795-29.2007.8.19.0066 APELANTE : LABORATÓRIO VOLTA REDONDA (ANACLIN LABORATÓRIO MÉDICO) APELADA : JÉSSICA DE JESUS CHAVES RELATOR : DES. ANTONIO CARLOS DOS SANTOS BITENCOURT E M E

Leia mais

(7) Agravo de Instrumento nº

(7) Agravo de Instrumento nº TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO VIGÉSIMA SEXTA CÂMARA CÍVEL/CONSUMIDOR AGRAVO DE INSTRUMENTO Nº 0003412-46.2014.8.19.0000 JUÍZO DE ORIGEM: VARA ÚNICA DA COMARCA DE IGUABA GRANDE AGRAVANTE:

Leia mais

TRIBUNAL DE JUSTIÇA PODER JUDICIÁRIO São Paulo

TRIBUNAL DE JUSTIÇA PODER JUDICIÁRIO São Paulo Registro: 2015.0000125298 ACÓRDÃO Vistos, relatados e discutidos estes autos do Agravo de Instrumento nº 2162013-24.2014.8.26.0000, da Comarca de Jundiaí, em que é agravante MARCOS ANDRADE DA SILVA, são

Leia mais

PROCESSO: RO

PROCESSO: RO A C Ó R D Ã O 5ª T U R M A PLANO DE SAÚDE. DIREITO ADQUIRIDO. AUXÍLIO-DOENÇA. O cancelamento abrupto do plano de saúde caracteriza-se como violação ao direito adquirido do reclamante, que é detentor do

Leia mais

Classificação regimental: 1

Classificação regimental: 1 Sétima Câmara Cível Apelação Cível nº 2008.001.33979 Apelante: Ministério Público Apelada(1): Gol Transportes Aéreos S.A. Apelada(2): S.A. Viação Aérea Rio Grandense (em recuperação judicial) Apelada(3):

Leia mais

LFF Nº /CÍVEL

LFF Nº /CÍVEL AÇÃO DE REPARAÇÃO DE DANOS. CONSUMIDOR. AQUISIÇÃO DE BICICLETA ELÉTRICA. RÉ QUE INFORMA AO AUTOR SER DESNECESSÁRIA HABILITAÇÃO E REGISTRO. VIOLAÇÃO DO DEVER DE INFORMAR. DESFAZIMENTO DO NEGÓCIO. 1. A norma

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO. Gabinete do Desembargador Orloff Neves Rocha PRIMEIRA CÂMARA CÍVEL AGRAVO DE INSTRUMENTO Nº ( )

PODER JUDICIÁRIO. Gabinete do Desembargador Orloff Neves Rocha PRIMEIRA CÂMARA CÍVEL AGRAVO DE INSTRUMENTO Nº ( ) PRIMEIRA CÂMARA CÍVEL AGRAVO DE INSTRUMENTO Nº 222331-78.2014.8.09.0000 (201492223310) COMARCA AGRAVANTE AGRAVADO RELATOR :GOIÂNIA :BANCO BRADESCO FINANCIAMENTOS S/A :JESSYCA DE ALMEIDA SILVA :Desembargador

Leia mais

TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE SÃO PAULO

TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE SÃO PAULO Registro: 2015.0000329XX ACÓRDÃO Vistos, relatados e discutidos estes autos de Apelação nº XXXXXX-42.2014.8.26.0565, da Comarca de São Caetano do Sul, em que é apelante LIBERTY INCORPORADORA LTDA, são

Leia mais