Português - Adjetivos: grau normal e comparativo. 2. Das palavras seguintes, rodeia as que pertencem à classe dos adjetivos.

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Português - Adjetivos: grau normal e comparativo. 2. Das palavras seguintes, rodeia as que pertencem à classe dos adjetivos."

Transcrição

1 A1 O que são adjetivos? 2. Das palavras seguintes, rodeia as que pertencem à classe dos adjetivos. alegre colorido alegria cor elegância claridade elegante clara rápido rapidez A1R Adjetivos são palavras que indicam caraterísticas de pessoas, animais ou objetos. 2. alegre colorido alegria cor elegância claridade elegante clara rápido rapidez

2 A2 Os adjetivos podem aparecer em diferentes graus. Regista as palavras chave dos graus seguintes. Grau comparativo de inferioridade. Grau comparativo de igualdade Grau comparativo de igualdade A2R Grau comparativo de inferioridade. menos do que Grau comparativo de igualdade tão como Grau comparativo de superioridade mais do que

3 A3 Lê a frase e rodeia o adjetivo. O meu computador é rápido. 2. Completa a frase: O adjetivo está no grau 3. Modifica a frase, modificando o adjetivo para o grau indicado. Gau comparativo de inferioridade. Gau comparativo de igualdade Gau comparativo de superioridade A3R O meu computador é rápido. 2. O adjetivo está no grau normal. 3. Gau comparativo de inferioridade. O meu computador é menos rápido do que o teu. Gau comparativo de igualdade O meu computador é tão rápido como o teu. Gau comparativo de superioridade O meu computador é mais rápido do que o teu.

4 A4 Identifica os graus dos adjetivos nas seguintes frases. Ontem o céu estava mais limpo do que hoje. Ontem o céu estava limpo. Ontem o céu estava tão limpo como hoje. Ontem o céu estava menos limpo do que hoje. Quando me levantei, estava tão ensonado como tu. A4R Ontem o céu estava mais limpo do que hoje. Grau comparativo de superioridade. Ontem o céu estava limpo. Grau normal. Ontem o céu estava tão limpo como hoje. Grau comparativo de igualdade Ontem o céu estava menos limpo do que hoje. Grau comparativo de Inferioridade Quando me levantei, estava tão ensonado como tu. Grau comparativo de igualdade.

5 A5 Completa as frases, colocando o adjetivo rápido no grau indicado. O avião é. (Grau normal) A égua é o cavalo. (grau comparativo de igualdade) A égua é o cavalo. (grau comparativo de superioridade) A égua é o cavalo. (grau comparativo de inferioridade) A5R O avião é rápido. (Grau normal) A égua é tão rápida como o cavalo. (grau comparativo de igualdade) A égua é mais rápida do que o cavalo. (grau comparativo de superioridade) A égua é menos rápida do que o cavalo. (grau comparativo de inferioridade)

6 A6 Sublinha e identifica os graus em que se encontram os adjetivos das frases seguintes. A Marta tem uns olhos lindos. O João é mais louro do que o Pedro. Ela foi tão ingénua como o amigo. Ela foi menos egoísta do que os outros. Este aluno é o menos trabalhador do que aquele. O meu cabelo é menos liso que o teu. O Alberto é simpático. A Marina é mais alta do que a Joana. A Marta tem uns olhos lindos. Grau normal. A6R O João é mais louro do que o Pedro. Ela foi tão ingénua como o amigo. Ela foi menos egoísta do que os outros. Este aluno é o menos trabalhador do que aquele. O meu cabelo é menos liso que o teu. O Alberto é simpático. A Marina é mais alta do que a Joana. Grau comparativo de superioridade. Grau comparativo de igualdade. Grau comparativo de inferioridade. Grau comparativo de inferioridade. Grau comparativo de inferioridade. Grau normal. Grau comparativo de superioridade.

7 A7 Lê a frase. Ela parecia mais forte do que as irmãs. Reescreve a frase, colocando o adjetivo «forte» no grau comparativo de igualdade. Reescreve a frase, colocando o adjetivo «forte» no grau normal. Reescreve a frase, colocando o adjetivo «forte» no grau comparativo de inferioridade. A7R Ela parecia mais forte do que as irmãs. Reescreve a frase, colocando o adjetivo «forte» no grau comparativo de igualdade. Ela parecia tão forte como as irmãs. Reescreve a frase, colocando o adjetivo «forte» no grau normal. Ela parecia forte. Reescreve a frase, colocando o adjetivo «forte» no grau comparativo de inferioridade. Ela parecia menos forte do que as irmãs.

8 A8 Lê a frase. A menina, que parecia uma princesa, dormia sobre algodão branco e fofo. Preenche o quadro, copiando da frase duas palavras de cada uma das classes. Nomes Verbos Adjetivos A8R A menina, que parecia uma princesa, dormia sobre algodão branco e fofo. Nomes Verbos Adjetivos menina parecia branco princesa dormia fofo

9 A9 Lê a frase. O Homem ia muito pesado, porque levou para a Lua o seu fato espacial, oxigénio e outro equipamento. Preenche os quadros, transcrevendo da frase duas palavras para cada uma das classes indicadas. Nomes Verbos Adjetivos A9R O Homem ia muito pesado, porque levou para a Lua o seu fato espacial, oxigénio e outro equipamento. Nomes Homem fato/lua/oxigénio Verbos ia levou Adjetivos pesado espacial

10 A10 Lê a frase. O senhor Joaquim era velhinho e habilidoso. Em que grau se encontram os adjetivos que caraterizam o senhor Joaquim? 2. Lê a seguinte frase. A saúde é mais importante do que a diversão. Assinala o grau em que se encontra o adjetivo importante na frase. Grau comparativo de inferioridade Grau normal. Grau comparativo de superioridade A10R Encontram-se no grau normal. 2. A saúde é mais importante do que a diversão. Grau comparativo de inferioridade Grau normal. X Grau comparativo de superioridade

11 A11 Lê a frase. Espreitou e viu, pousada numa flor, uma borboleta linda como um arco-íris, mas ainda mais colorida e luminosa. Copia, da frase acima, os três adjetivos que caracterizam a borboleta. 2. Em que grau estão os adjetivos da frase? A11R Linda, colorida, luminosa. 2. Estão no grau normal.

12 A12 Assinala a classe a que pertencem as palavras sublinhadas nas frases. O computador da sala é preto. O meu, o teu e o dele são brancos. Nomes Adjetivos Verbos Pronomes 2. Oriana era bonita, boa e alegre. Adjetivos Verbos Determinantes A12R O computador da sala é preto. O meu, o teu e o dele são brancos. Nomes Adjetivos Verbos X Pronomes 2. Oriana era bonita, boa e alegre. X Adjetivos Verbos Determinantes

13 A13 A13R

14 A14 Português - Adjetivos Grau normal e comparativo A14R

15 A15 Português - Adjetivos Grau normal e comparativo A15R

16 A16 A16R

17 A17 A17R

18 A18 A18R

19 A19 A19R

20 A20 A20R

21

Disciplina: Matemática Data da realização: 12/09/2016

Disciplina: Matemática Data da realização: 12/09/2016 Ficha da semana 4º ano A e B. Instruções: 1. Cada atividade terá uma data de realização e deverá ser entregue à professora no dia seguinte. 2. As atividades deverão ser copiadas e respondidas no caderno

Leia mais

EDMCB - Língua Portuguesa - 8º ano /2012- Profs Mª do Céu V. e Fernanda F.

EDMCB - Língua Portuguesa - 8º ano /2012- Profs Mª do Céu V. e Fernanda F. QUAL DELES NÃO É UM ADJETIVO? A a Uniforme ou biforme? (género) Forte Criativo Crente Comilão Feliz alegre Sensível Simpático Bom Sonhador Estudioso Fácil Uniforme ou biforme? (género) Uniforme Forte Crente

Leia mais

INSTITUTO DOS PUPILOS DO EXÉRCITO - CONCURSO DE ADMISSÃO - ANO LETIVO DE 2016/2017 2ª FASE

INSTITUTO DOS PUPILOS DO EXÉRCITO - CONCURSO DE ADMISSÃO - ANO LETIVO DE 2016/2017 2ª FASE INSTITUTO DOS PUPILOS DO EXÉRCITO - CONCURSO DE ADMISSÃO - ANO LETIVO DE 2016/2017 2ª FASE Candidato Nº Nº CONVENCIONAL Nome 5º ANO PROVA DE PORTUGUÊS (Duração da prova: 50 minutos) Classificação: ( )

Leia mais

Adjetivo. Por que não usamos o meu celular? Telefones celulares não devem ser usados em aula.

Adjetivo. Por que não usamos o meu celular? Telefones celulares não devem ser usados em aula. Nome: Nº: Turma: Português 2º ano Adjetivo Mérope Abr/09 Adjetivo Por que não usamos o meu celular? Telefones celulares não devem ser usados em aula. Se o substantivo é definido pelas gramáticas como a

Leia mais

CENTRO DE ESTUDOS SOMA

CENTRO DE ESTUDOS SOMA FICHA DE TRABALHO FUNÇÕES SINTÁTICAS E SUBCLASSE DOS VERBOS 1. Identifica as funções sintáticas presentes nas frases, usando os números apresentados: 1- sujeito 2- predicado 3-complemento direto 4 - complemento

Leia mais

Professor Marlos Pires Gonçalves

Professor Marlos Pires Gonçalves ADJETIVO Ayrton Senna foi um excelente piloto. A moça do quadro é belíssima. O pitbull é um cão bravo. Excelente, belíssima e bravo estão expressando qualidades e características dos seres. Essas palavras

Leia mais

A menina Gotinha de Água. Papiniano Carlos. Fichas de leitura. Criação intelectual: Fátima Patronilho

A menina Gotinha de Água. Papiniano Carlos. Fichas de leitura. Criação intelectual: Fátima Patronilho A menina Gotinha de Água Papiniano Carlos Fichas de leitura Criação intelectual: Fátima Patronilho Fichas de leitura Ficha 1 Lê até ao fim da página 9. Depois da leitura, responde às questões. 1. Qual

Leia mais

Escola EB1 de Ficha de Avaliação Final de Língua Portuguesa 3º ano Nome: Data: / /2011

Escola EB1 de Ficha de Avaliação Final de Língua Portuguesa 3º ano Nome: Data: / /2011 Escola EB1 de Ficha de Avaliação Final de Língua Portuguesa 3º ano Nome: Data: / /2011 1 - Lê o texto com atenção. A Fada Oriana 1 5 10 15 20 25 Era uma vez uma fada chamada Oriana. Era uma fada boa e

Leia mais

CENTRO EDUCACIONAL NOVO MUNDO LÍNGUA PORTUGUESA

CENTRO EDUCACIONAL NOVO MUNDO  LÍNGUA PORTUGUESA CENTRO EDUCACIONAL NOVO MUNDO www.cenm.com.br 3 o DESAFIO CENM - 2013 LÍNGUA PORTUGUESA Direção: ANO: 4 EF 1. Leia a história a seguir. A) O que deixa este texto engraçado é: (a) o fato do supermercado

Leia mais

Data: / /2013. Identifique os artigos que aparecem na tira e escreva a sua classificação.

Data: / /2013. Identifique os artigos que aparecem na tira e escreva a sua classificação. Colégio João Paulo I Porque pensar diferente faz bem Nome: Data: / /2013 REVISÃO DE PORTUGUÊS 5º Ano 3 Bimestre 1ª Questão: Leia a tira: Identifique os artigos que aparecem na tira e escreva a sua classificação.

Leia mais

Aquela nuvem e outras. Eugénio de Andrade. Fichas de leitura. Criação intelectual: Fátima Patronilho

Aquela nuvem e outras. Eugénio de Andrade. Fichas de leitura. Criação intelectual: Fátima Patronilho Aquela nuvem e outras Eugénio de Andrade Fichas de leitura Criação intelectual: Fátima Patronilho Fichas de leitura Ficha 1 1. Lê os seguintes poemas: Adivinha, O gato, O burro de Loulé e O pastor. No

Leia mais

Avaliação Final - 3º Ano. Língua Portuguesa O SONHO

Avaliação Final - 3º Ano. Língua Portuguesa O SONHO Agrupamento de Escolas de Revelhe EB1 de Boavista Vila Cova Informação Avaliação Final - 3º Ano Língua Portuguesa Nome Data I- Leitura do texto O SONHO Eu não estava a perceber nada, mas agradava-me ouvir

Leia mais

Conteúdos: O gênero dos substantivos. Substantivos comuns de dois gêneros.

Conteúdos: O gênero dos substantivos. Substantivos comuns de dois gêneros. Conteúdos: O gênero dos substantivos. Substantivos comuns de dois gêneros. Habilidades: - Identificar os elementos para a construção da forma feminina dos substantivos. - Classificar e reconhecer as características

Leia mais

Ser capaz de flexionar em grau, género e número um nome. Grau

Ser capaz de flexionar em grau, género e número um nome. Grau OBJECTIVO Ser capaz de flexionar em grau, género e número um nome Grau 1) Atenta nas seguintes frases: Normal Diminutivo Aumentativo a) João reencontrou o homem que lhe salvara a vida. b) João reencontrou

Leia mais

LÍNGUA PORTUGUESA 6º ano 2º Trimestre / 2016 BATERIA DE EXERCÍCIOS COMPLEMENTARES

LÍNGUA PORTUGUESA 6º ano 2º Trimestre / 2016 BATERIA DE EXERCÍCIOS COMPLEMENTARES LÍNGUA PORTUGUESA 6º ano 2º Trimestre / 2016 BATERIA DE EXERCÍCIOS COMPLEMENTARES Leia este poema: 1. Nos trechos a seguir, quais são as palavras que possuem encontros consonantais? a) Troca o certo pelo

Leia mais

Unidade Portugal. Ribeirão Preto, de de 2011. Nome: 3 o ano (2ª série) Tarde. AVALIAÇÃO DO CONTEÚDO DO GRUPO VII 3 o BIMESTRE DE HORA EM HORA...

Unidade Portugal. Ribeirão Preto, de de 2011. Nome: 3 o ano (2ª série) Tarde. AVALIAÇÃO DO CONTEÚDO DO GRUPO VII 3 o BIMESTRE DE HORA EM HORA... Unidade Portugal Ribeirão Preto, de de 2011. Nome: 3 o ano (2ª série) Tarde AVALIAÇÃO DO CONTEÚDO DO GRUPO VII 3 o BIMESTRE Eixo temático Culturas nativas Leia o texto a seguir. Disciplina/Valor Português

Leia mais

2. Separa as sílabas das seguintes palavras, rodeia a silaba tónica e classifica-as quanto ao número de sílabas:

2. Separa as sílabas das seguintes palavras, rodeia a silaba tónica e classifica-as quanto ao número de sílabas: 1. Escreve o antónimo das palavras: a) interior b) princípio c) altas d) desconhecido 2. Separa as sílabas das seguintes palavras, rodeia a silaba tónica e classifica-as quanto ao número de sílabas: a)

Leia mais

1. A língua portuguesa é viva. Palavras e expressões surgem, outras são esquecidas e algumas até somem.

1. A língua portuguesa é viva. Palavras e expressões surgem, outras são esquecidas e algumas até somem. NOME: TURMA: UNIDADE: NOTA: DATA DE ENTREGA: 15 / 06 / 2016 TEXTO I MEU AMIGO MAIS ANTIGO Meu pai e minha mãe acreditavam que presente bom para o filho era livro. Meus colegas de grupo escolar era assim

Leia mais

COLÉGIOO NOSSA SENHORA DE SION. O reizinho mandão

COLÉGIOO NOSSA SENHORA DE SION. O reizinho mandão COLÉGIOO NOSSA SENHORA DE SION Troca do livro Segunda-feira Curitiba, 5 de maio de 2014. Leia o texto abaixo: Lições de Língua Portuguesa, História e Vivência Religiosa- 4º ano Eu vou contar pra vocês

Leia mais

GRAU DOS ADJETIVOS Para expressar as variações de intensidade, o adjetivo apresenta-se em dois graus: comparativo e superlativo.

GRAU DOS ADJETIVOS Para expressar as variações de intensidade, o adjetivo apresenta-se em dois graus: comparativo e superlativo. GRAU DOS ADJETIVOS Para expressar as variações de intensidade, o adjetivo apresenta-se em dois graus: comparativo e superlativo. 1. Grau comparativo O grau comparativo estabelece uma comparação entre dois

Leia mais

A maior flor do mundo

A maior flor do mundo Nome: Data: / / - Parte A - A maior flor do mundo 1 5 10 15 20 Logo na primeira página, sai o menino pelos fundos do quintal, e, de árvore em árvore, como um pintassilgo, desce ao rio e depois por ele

Leia mais

Ex: João bebe menos do que Maria. -> A conjunção DO QUE indica que João bebe uma quantidade inferior à Maria.

Ex: João bebe menos do que Maria. -> A conjunção DO QUE indica que João bebe uma quantidade inferior à Maria. Comparativas Introduzem uma ideia de comparação. Esta comparação pode ser de superioridade, igualdade ou inferioridade. As conjunções mais comuns são (DO) QUE, COMO, CONFORME. Ex.: Agi conforme você agiu.

Leia mais

Língua Por. ortuguesa. As Vontades

Língua Por. ortuguesa. As Vontades Nome: Ensino: F undamental 4 o ano urma: T Data: 10/8/2009 Língua Por ortuguesa As Vontades Eu tenho que achar um lugar pra esconder minhas vontades. Não digo vontade magra, pequenininha, que nem tomar

Leia mais

Constituintes da Frase

Constituintes da Frase Constituintes da Frase As frases são constituídas por conjuntos de palavras que se relacionam entre si e formam uma unidade de sentido. A tua irmã Marta ofereceu-te um xaile. Grupos Frásicos 2 Grupos Frásicos

Leia mais

Departamento do 1.º Ciclo Português 2.º Ano. Agrupamento de Escolas Silves Sul. PGA - Prova Global do Agrupamento. Direção de Serviços Região Algarve

Departamento do 1.º Ciclo Português 2.º Ano. Agrupamento de Escolas Silves Sul. PGA - Prova Global do Agrupamento. Direção de Serviços Região Algarve Direção de Serviços Região Algarve Agrupamento de Escolas Silves Sul PGA - Prova Global do Agrupamento Departamento do 1.º Ciclo Português 2.º Ano Prova: A Nome: Ano: Turma: Nº.: Data: Assinatura do Professor

Leia mais

LÍNGUA PORTUGUESA 6 ANO ENSINO FUNDAMENTAL PROF.ª DINANCI SILVA PROF. MARIO PAIXÃO

LÍNGUA PORTUGUESA 6 ANO ENSINO FUNDAMENTAL PROF.ª DINANCI SILVA PROF. MARIO PAIXÃO LÍNGUA PORTUGUESA 6 ANO ENSINO FUNDAMENTAL PROF.ª DINANCI SILVA PROF. MARIO PAIXÃO CONTEÚDOS E HABILIDADES Unidade II Cultura: a pluralidade na expressão humana. 2 CONTEÚDOS E HABILIDADES Aula 11.1 Conteúdos

Leia mais

Projeto Pitanguá Sugestão de Avaliação de Português 1ª série (2º ano) 4º bimestre

Projeto Pitanguá Sugestão de Avaliação de Português 1ª série (2º ano) 4º bimestre Projeto Pitanguá 1 Projeto Pitanguá Sugestão de Avaliação de Português 1ª série (2º ano) 4º bimestre Interpretação de Texto Professor: fazer a leitura do texto e o entendimento oral antes da aplicação

Leia mais

01- Qual era o nome completo de Monteiro Lobato? R.: 02- Onde e quando ele nasceu? R.:

01- Qual era o nome completo de Monteiro Lobato? R.: 02- Onde e quando ele nasceu? R.: PROFESSOR: EQUIPE DE PORTUGUÊS BANCO DE QUESTÕES - LÍNGUA PORTUGUESA - 2 ANO - ENSINO FUNDAMENTAL ==================================================================== TEXTO 1 UM ESCRITOR E AS CRIANÇAS

Leia mais

A PREENCHER PELO ALUNO

A PREENCHER PELO ALUNO Prova Final do 1.º e do 2.º Ciclos do Ensino Básico PLNM (A2) Prova 43 63/2.ª Fase/2015 Decreto-Lei n.º 139/2012, de 5 de julho A PREENCHER PELO ALUNO Nome completo Documento de identificação Assinatura

Leia mais

EXERCÍCIO COMPLEMENTAR

EXERCÍCIO COMPLEMENTAR COLÉGIO DE APLICAÇÃO DOM HÉLDER CÂMARA EXERCÍCIOS COMPLEMENTARES III DATA DE ENTREGA: / /2017 DISCIPLINA: PORTUGUÊS PROFESSOR(A): ALUNO (A):. SÉRIE: 4º ANO EXERCÍCIO COMPLEMENTAR 1. Leia o texto e depois

Leia mais

Português - Sinónimos e antónimos. 1. Dos apontamentos, copia a definição de sinónimos. 2. Dos apontamentos, copia a definição de antónimos.

Português - Sinónimos e antónimos. 1. Dos apontamentos, copia a definição de sinónimos. 2. Dos apontamentos, copia a definição de antónimos. A1 Dos apontamentos, copia a definição de sinónimos. 2. Dos apontamentos, copia a definição de antónimos. A1R Sinónimos são palavras que têm um sentido semelhante. 2. Antónimos são palavras que têm um

Leia mais

Novo Programa de Português do Ensino Básico

Novo Programa de Português do Ensino Básico Etapa 1 Para aprenderes mais sobre alguns elementos da língua de que precisas para emitir uma apreciação ou expressar uma opinião, vamos começar por rever os conhecimentos que já possuis acerca de um dos

Leia mais

Fonte:intervox.nce.ufrj.br/~diniz/d/direito/ ouapostila_portugues_varlinguistica_2.pdf

Fonte:intervox.nce.ufrj.br/~diniz/d/direito/ ouapostila_portugues_varlinguistica_2.pdf Sobre Variação Linguística Você já conversou com uma pessoa simples, que vive na roça? Teve oportunidade de observar como essa pessoa fala? Leia o texto a seguir: Texto I Seu dotô me conhece? Patativa

Leia mais

Exemplos de exercícios

Exemplos de exercícios Sintaxe Exemplos de exercícios Complemento oblíquo Percurso: 1. Constatação da existência de constituintes do GV selecionados pelo verbo (complemento direto, indireto e oblíquo). 2. Treino de reconhecimento

Leia mais

AVALIAÇÃO FORMATIVA A GRAMÁTICA NOS EXAMES. 1. A seguinte lista de palavras inclui quatro conjunções. Assinala-as com X. enquanto

AVALIAÇÃO FORMATIVA A GRAMÁTICA NOS EXAMES. 1. A seguinte lista de palavras inclui quatro conjunções. Assinala-as com X. enquanto Ano Lectivo 2008 / 2009 AVALIAÇÃO FORMATIVA LÍNGUA PORTUGUESA 9ºANO A GRAMÁTICA NOS EXAMES 1. A seguinte lista de palavras inclui quatro conjunções. Assinala-as com X. isto ou por portanto quase de tudo

Leia mais

C 1. 45 minutos. Prova de Aferição de Língua Portuguesa. 1.º Ciclo do Ensino Básico 16 Páginas. Língua Portuguesa/2012

C 1. 45 minutos. Prova de Aferição de Língua Portuguesa. 1.º Ciclo do Ensino Básico 16 Páginas. Língua Portuguesa/2012 PROVA DE AFERIÇÃO DO 1.º CICLO DO ENSINO BÁSICO Língua Portuguesa/2012 Decreto-Lei n.º 6/2001, de 18 de janeiro A PREENCHER PELO ALUNO Rubrica do Professor Aplicador Nome completo A PREENCHER PELO AGRUPAMENTO

Leia mais

Henrique era um menino de oito anos de idade...

Henrique era um menino de oito anos de idade... 1 Henrique era um menino de oito anos de idade... Havia muita tristeza no ar por causa da doença de Henrique. Pessoas iam e vinham trazendo água fresca e toalhas limpas para passarem em seu rosto e corpo

Leia mais

rase Profª.: Kalyne Varela Revorêdo

rase Profª.: Kalyne Varela Revorêdo rase Profª.: Kalyne Varela Revorêdo Crase É a fusão (junção) da preposição a exigida pela regência do verbo ou do nome mais o artigo definido a, os pronomes demonstrativos aquele(s), aquela(s), aquilo

Leia mais

Português - Nomes próprios e nomes comuns. Português - Nomes próprios e nomes comuns

Português - Nomes próprios e nomes comuns. Português - Nomes próprios e nomes comuns A1 1. Lê e transcreve a definição dos conceitos de nome próprio e nome comum. Nomes próprios são nomes que designam uma entidade particular (pessoa, animal, lugar). Nomes comuns são nomes que designam

Leia mais

Avaliação: 1.ª Parte. Lê o texto atentamente. Unidade Didáctica Língua Portuguesa. Nome: Data: / / A Salta-Pocinhas

Avaliação: 1.ª Parte. Lê o texto atentamente. Unidade Didáctica Língua Portuguesa. Nome: Data: / / A Salta-Pocinhas Avaliação: Unidade Didáctica Língua Portuguesa Nome: Data: / / 1.ª Parte Lê o texto atentamente A Salta-Pocinhas Havia três dias e três noites que a Salta-Pocinhas, raposa matreira, fagueira e lambisqueira

Leia mais

1 - Escreva que tipo de transporte são estes.

1 - Escreva que tipo de transporte são estes. 1 - Escreva que tipo de transporte são estes. 2 - Coloque (C) se o transporte for coletivo ou (P) se for de uso pessoal. 3 - Classifique as comunicações colocando os números correspondentes em: (1) falada,

Leia mais

Com Amor João Câmara e Nilde Câmara

Com Amor João Câmara e Nilde Câmara Com mor INTROD: D /D C#m F#m m ( m 7 ) D /D C#m F#m m C#m D D /D Com amor Deus criou C#m F#m O céu e o mar m Criou também as estrelas O sol e o ar D /D C#m F#m este amor predomina C#m F#m m todo o meu

Leia mais

PORTUGUÊS 4 o BIMESTRE

PORTUGUÊS 4 o BIMESTRE PORTUGUÊS 4 o BIMESTRE Leia o trecho com atenção. Vicente era um menino pobre que tinha um pangaré. O pangaré era preto, bem feio, bem magro e bem velho. O cavalo servia para puxar a carroça do pai de

Leia mais

Ano: 8 Turma: 81 / 82

Ano: 8 Turma: 81 / 82 COLÉGIO NOSSA SENHORA DA PIEDADE Programa de Recuperação Paralela 1ª Etapa 2013 Disciplina:Português Professor (a): Cris Souto Ano: 8 Turma: 81 / 82 Caro aluno, você está recebendo o conteúdo de recuperação.

Leia mais

Muito prazer Curso de português do Brasil para estrangeiros

Muito prazer Curso de português do Brasil para estrangeiros Muito prazer Curso de português do Brasil para estrangeiros Exercícios de gramática do uso da língua portuguesa do Brasil Sugestão: estes exercícios devem ser feitos depois de estudar a Unidade 12 por

Leia mais

LÍNGUA PORTUGUESA 7º ano 2º Trimestre / 2015 BATERIA DE EXERCÍCIOS COMPLEMENTARES

LÍNGUA PORTUGUESA 7º ano 2º Trimestre / 2015 BATERIA DE EXERCÍCIOS COMPLEMENTARES 1. Você aprendeu que o sujeito é o termo da oração que informa de que ou de quem se fala e que o predicado é o termo que contém uma informação sobre o sujeito. Nas orações abaixo, transcreva e classifique

Leia mais

LÍNGUA PORTUGUESA 6 ANO ENSINO FUNDAMENTAL PROF.ª DINANCI SILVA PROF. MÁRIO PAIXÃO

LÍNGUA PORTUGUESA 6 ANO ENSINO FUNDAMENTAL PROF.ª DINANCI SILVA PROF. MÁRIO PAIXÃO LÍNGUA PORTUGUESA 6 ANO ENSINO FUNDAMENTAL PROF.ª DINANCI SILVA PROF. MÁRIO PAIXÃO CONTEÚDOS E HABILIDADES Unidade III Trabalho: a trajetória humana, suas produções e manifestações. 2 CONTEÚDOS E HABILIDADES

Leia mais

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE VILA VIÇOSA Ficha de Avaliação de Língua Portuguesa 4º Ano Nome: Data: Resultado: Professor:

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE VILA VIÇOSA Ficha de Avaliação de Língua Portuguesa 4º Ano Nome: Data: Resultado: Professor: AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE VILA VIÇOSA Ficha de Avaliação de Língua Portuguesa 4º Ano Nome: Data: Resultado: Professor: Era uma velha muito velha que vivia numa casa velhíssima. E dentro da casa só havia

Leia mais

Bloco de Recuperação Paralela DISCIPLINA: Língua Portuguesa

Bloco de Recuperação Paralela DISCIPLINA: Língua Portuguesa COLÉGIO NOSSA SENHORA DA PIEDADE Bloco de Recuperação Paralela DISCIPLINA: Língua Portuguesa Nome: Ano: 4º Ano 2º Etapa 2014 Colégio Nossa Senhora da Piedade Área do Conhecimento: Códigos e Linguagens

Leia mais

Aluno(a): Nº. Pré Universitário Uni-Anhanguera. Lista de Exercícios

Aluno(a): Nº. Pré Universitário Uni-Anhanguera. Lista de Exercícios Lista de Exercícios Pré Universitário Uni-Anhanguera Aluno(a): Nº. Professor: Patrícia Série: 3º Ano Disciplina: Português Data da prova: 1. Na oração "Ninguém está perdido se der amor...", a palavra grifada

Leia mais

Aluno: Nº: 1) Os termos destacados da fábula a seguir são adjuntos adverbiais. Identifique as circunstâncias que cada um deles expressa.

Aluno: Nº: 1) Os termos destacados da fábula a seguir são adjuntos adverbiais. Identifique as circunstâncias que cada um deles expressa. TER 7ºAno 4º Bimestre 2014 Aluno: Nº: Vamos rever Adjunto Adverbial Adjunto Adverbial é o termo que exprime circunstâncias de modo, lugar, tempo, intensidade... modificando o verbo e, mais raramente, o

Leia mais

QUESTÃO 02 a- Caracterize psicologicamente o eu-lírico, a partir do texto em estudo. Fundamente sua resposta com base no texto.

QUESTÃO 02 a- Caracterize psicologicamente o eu-lírico, a partir do texto em estudo. Fundamente sua resposta com base no texto. ATIVIDADE IV Ensino Fundamental 6º ou 7º anos Língua Portuguesa Conteúdo: Avaliação do processo do trabalho com os livros Bisa Bia e Meu avô e eu Leia o texto abaixo e responda ao que se pede logo depois.

Leia mais

Ensino Português no Estrangeiro Nível A1 Prova A (13A1AE) 60 minutos

Ensino Português no Estrangeiro Nível A1 Prova A (13A1AE) 60 minutos Ensino Português no Estrangeiro Nível A1 Prova A (13A1AE) 60 minutos Prova de certificação de nível de proficiência linguística no âmbito do Quadro de Referência para o Ensino Português no Estrangeiro,

Leia mais

Sistema COC de Educação Unidade Portugal

Sistema COC de Educação Unidade Portugal Sistema COC de Educação Unidade Portugal Ribeirão Preto, de de 009. Nome: 3 o ano ( a série) AVALIAÇÃO DE CONTEÚDO DO GRUPO VII 3 o BIMESTRE Eixo temático Culturas nativas Disciplina/Valor Português 4,0

Leia mais

Cópia autorizada. II

Cópia autorizada. II II Sugestões de avaliação Português Gramática e Ortografia 4 o ano Unidade 6 5 Unidade 6 Gramática e Ortografia Nome: Data: 1. Preencha as lacunas das frases, usando os pronomes pessoais do quadro. os

Leia mais

Português. e) Não conheço a pessoa de * você falou. f) Você é tudo * sonhei! Respostas

Português. e) Não conheço a pessoa de * você falou. f) Você é tudo * sonhei! Respostas Português Página 71 3. Complete as frases no caderno com pronomes relativos. a) O livro * peguei da biblioteca é ótimo. b) Os doces de * mais gosto estão fresquinhos! c) A escola * estudo fica perto de

Leia mais

Verbos, verbos e mais

Verbos, verbos e mais Verbos, verbos e mais verbos CONHECIMENTO EXPLÍCITO DA LÍNGUA Indicações para utilização dos materiais Foi nossa intenção, ao produzir estes materiais, abordar de forma integrada diferentes domínios do

Leia mais

LABORATÓRIO GRAMATICAL

LABORATÓRIO GRAMATICAL Nome Ano Turma O que já sabes: LABORATÓRIO GRAMATICAL Os sinais de pontuação permitem reproduzir, no texto escrito, as pausas e a entoação da fala. São absolutamente indispensáveis à clareza do texto.

Leia mais

A estrutura dos conteúdos curriculares

A estrutura dos conteúdos curriculares A estrutura dos conteúdos curriculares conteúdos da Escola Virtual 4.º ano abrangem todo o programa curricular e estão distribuídos em cinco temas, sendo cada um deles constituído por um conjunto de unidades

Leia mais

PROVA BIMESTRAL Língua portuguesa

PROVA BIMESTRAL Língua portuguesa 7 o ano 2 o bimestre PROVA BIMESTRAL Língua portuguesa Escola: Nome: Turma: n o : Sotaque mineiro: é ilegal, imoral ou engorda? Gente, simplificar é um pecado. Se a vida não fosse tão corrida, se não tivesse

Leia mais

TEXTO I Embaixo da ponte, sem número

TEXTO I Embaixo da ponte, sem número NOME: TURMA: UNIDADE: NOTA: DATA DE ENTREGA: 18 / 05 / 2016 TEXTO I Embaixo da ponte, sem número O endereço das famílias R. e S. é um buraco que fica embaixo de um viaduto sem nome, ao lado da ponte da

Leia mais

MORFOLOGIA CLASSE GRAMATICAL. SUBSTANTIVO: é o que dá nome a todos os seres: vivos, inanimados, racionais, irracionais a fim de identificação.

MORFOLOGIA CLASSE GRAMATICAL. SUBSTANTIVO: é o que dá nome a todos os seres: vivos, inanimados, racionais, irracionais a fim de identificação. MORFOLOGIA CLASSE GRAMATICAL SUBSTANTIVO: é o que dá nome a todos os seres: vivos, inanimados, racionais, irracionais a fim de identificação. PREPOSIÇÃO É a classe de palavras que liga palavras entre si;

Leia mais

13) As expressões perto de e cerca de levam o verbo a concordar com o numeral. Ex.: Cerca de vinte pessoas estavam na loja.

13) As expressões perto de e cerca de levam o verbo a concordar com o numeral. Ex.: Cerca de vinte pessoas estavam na loja. 13) As expressões perto de e cerca de levam o verbo a concordar com o numeral. Ex.: Cerca de vinte pessoas estavam na loja. 14) Concordância com mais de e menos de. * Com numeral um: verbo no singular.

Leia mais

CONCURSO DE ADMISSÃO 2012/2013 PROVA DE LÍNGUA PORTUGUESA (Prova 3) 6º Ano / Ensino Fundamental

CONCURSO DE ADMISSÃO 2012/2013 PROVA DE LÍNGUA PORTUGUESA (Prova 3) 6º Ano / Ensino Fundamental Leia atentamente todas as questões e assinale a única alternativa correta. Texto 1 A menina que desenhava 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 31 32 33 34 35

Leia mais

Rafa olhou para a bola que tinha levado. Ele ainda tinha uma bola novinha em folha em casa. Se desse esta ao Dani e a seus amigos, ele os faria

Rafa olhou para a bola que tinha levado. Ele ainda tinha uma bola novinha em folha em casa. Se desse esta ao Dani e a seus amigos, ele os faria Ame o seu Próximo Parabéns Rafa. Muitas felicidades, muitos anos de vida! Era o aniversário do Rafa, ele estava fazendo seis anos. Há tempos esperava ansioso por esse dia. Dani, seu melhor amigo, tinha

Leia mais

Sophia de Mello Breyner Andersen

Sophia de Mello Breyner Andersen Sophia de Mello Breyner Andersen Autora: H. F. Publicado em http://www.escolovar.org 1 A menina do mar A. Lê a pág. 5 e responde 1. Descreve a casa. 2. Que plantas cresciam no jardim? 3. Quem morava nessa

Leia mais

Nome: Número: Data: / / 2011 Série: 5ª Turma: Disciplina: Língua Portuguesa Professora: Inês Pinheiro

Nome: Número: Data: / / 2011 Série: 5ª Turma: Disciplina: Língua Portuguesa Professora: Inês Pinheiro Nome: Número: Data: / / 2011 Série: 5ª Turma: Disciplina: Língua Portuguesa Professora: Inês Pinheiro Exercícios preparatórios com respostas para o exame de Língua Portuguesa Texto 01: Leia a tirinha a

Leia mais

Adjetivos. COMPOSTOS azul-claro, político-social, afrobrasileiro. DERIVADOS escadas rolantes, árvores frutíferas.

Adjetivos. COMPOSTOS azul-claro, político-social, afrobrasileiro. DERIVADOS escadas rolantes, árvores frutíferas. Classes Gramaticais Adjetivos SIMPLES grande, belo, manso, leal. COMPOSTOS azul-claro, político-social, afrobrasileiro. PRIMITIVOS bom, humano, fácil. DERIVADOS escadas rolantes, árvores frutíferas. Gêneros

Leia mais

Aula 52 Conteúdos: Artigo: definido e indefinido. Expressão numérica com adição, subtração e multiplicação. Corpos celestes. LINGUAGENS MAT., C. HUM.

Aula 52 Conteúdos: Artigo: definido e indefinido. Expressão numérica com adição, subtração e multiplicação. Corpos celestes. LINGUAGENS MAT., C. HUM. 2 CONTEÚDO E HABILIDADES FORTALECENDO SABERES DESAFIO DO DIA DINÂMICA LOCAL INTERATIVA Aula 52 Conteúdos: Artigo: definido e indefinido. Expressão numérica com adição, subtração e multiplicação. Corpos

Leia mais

INSTRUÇÕES GERAIS SOBRE A PROVA. Esta prova é constituída por duas partes, separadas por um intervalo de 30 minutos. 1.ª Parte (45 minutos)

INSTRUÇÕES GERAIS SOBRE A PROVA. Esta prova é constituída por duas partes, separadas por um intervalo de 30 minutos. 1.ª Parte (45 minutos) PA-LP 3 INSTRUÇÕES GERAIS SOBRE A PROVA Esta prova é constituída por duas partes, separadas por um intervalo de 30 minutos. 1.ª Parte (45 minutos) Durante este tempo, vais ler, com muita atenção, um texto

Leia mais

CENTRO EDUCACIONAL NOVO MUNDO LÍNGUA PORTUGUESA

CENTRO EDUCACIONAL NOVO MUNDO  LÍNGUA PORTUGUESA CENTRO EDUCACIONAL NOVO MUNDO www.cenm.com.br 3 o DESAFIO CENM - 2015 LÍNGUA PORTUGUESA 1. Explique o uso do pronome demonstrativo na tira abaixo. Direção: ANO : 5 EF Complete as frases usando adequadamente

Leia mais

CURSO TJMG Nível Médio Oficial de Apoio Judiciário Nº

CURSO TJMG Nível Médio Oficial de Apoio Judiciário Nº CURSO TJMG Nível Médio Oficial de Apoio Judiciário Nº DATA 14/06/2016 DISCIPLINA Português - Gramática PROFESSOR Ricardo Erse MONITOR Paula Moura AULA 01/07 Ementa 1 Concordância... 2 a) Concordância nominal:...

Leia mais

COLÉGIO MARQUES RODRIGUES - SIMULADO

COLÉGIO MARQUES RODRIGUES - SIMULADO COLÉGIO MARQUES RODRIGUES - SIMULADO Estrada da Água Branca, 2551 Realengo RJ Tel: (21) 3462-7520 PROFESSOR ALUNO ÉRICA PINHEIRO DISCIPLINA Português TURMA SIMULADO: P3 301 Questão 1 Substantivos são palavras

Leia mais

Apellidos Calificación

Apellidos Calificación Examen 2011-12 /SEP Plan: [G25 ACCESO A MAYORES DE 25] Asignatura: [540] Portugués Profesor: Olga Martínez Moure Fecha: 08/09/2012 Horario peninsular 19:30-21:00 Modelo 1 Datos del Estudiante (letras mayúsculas)

Leia mais

I. Complete o texto seguinte com as formas correctas dos verbos ser ou estar. (5 pontos)

I. Complete o texto seguinte com as formas correctas dos verbos ser ou estar. (5 pontos) I. Complete o texto seguinte com as formas correctas dos verbos ser ou estar. Hoje. domingo e o tempo. bom. Por isso nós. todos fora de casa.. a passear à beira-mar.. agradável passar um pouco de tempo

Leia mais

A Morfologia é o estudo da palavra e sua função na nossa língua. Na língua portuguesa, as palavras dividem-se nas seguintes categorias:

A Morfologia é o estudo da palavra e sua função na nossa língua. Na língua portuguesa, as palavras dividem-se nas seguintes categorias: MORFOLOGIA A Morfologia é o estudo da palavra e sua função na nossa língua. Na língua portuguesa, as palavras dividem-se nas seguintes categorias: 1. SUBSTANTIVO Tudo o que existe é ser e cada ser tem

Leia mais

5. Podemos considerar que uma pessoa seja melhor do que outra? Justifique sua resposta..

5. Podemos considerar que uma pessoa seja melhor do que outra? Justifique sua resposta.. Português NOTA Profª Prova bimestral Aluno: nº Data: Turma: 4º ano 1º bimestre Todo mundo é igual Existem algumas pessoas que acham que uns são melhores que os outros por causa da cor de pele. Aí maltratam

Leia mais

Extensivo Aula 4 Apostila 1. Classes de Palavras 1: Artigo e Numeral

Extensivo Aula 4 Apostila 1. Classes de Palavras 1: Artigo e Numeral Extensivo Aula 4 Apostila 1 Classes de Palavras 1: Artigo e Numeral As Dez Classes Gramaticais Esquemas 1) Substantivo aula 2 2) Verbo aula 6 Determinantes nominais aula 4 3) Artigo 4) Adjetivo 5) Pronome

Leia mais

Lucyana Mutarelli. O Livro 3 em 1

Lucyana Mutarelli. O Livro 3 em 1 O Livro 3 em 1 Lucyana Mutarelli O Livro 3 em 1 1 Edição Abril de 2013 Introdução Este livro chama-se 3 em 1, pois é a junção das três primeiras obras já publicadas da autora Lucyana Mutarelli. Ele contém

Leia mais

PREDICADO. Profª Fernanda Colcerniani

PREDICADO. Profª Fernanda Colcerniani PREDICADO Profª Fernanda Colcerniani PREDICADO É o termo que expressa aquilo que se afirma a respeito do sujeito: 1. Jardineiros diplomados regam flores [...] sujeito predicado 2. A luz da tua poesia é

Leia mais

Conteúdos Curriculares 2.º ano PORTUGUÊS

Conteúdos Curriculares 2.º ano PORTUGUÊS PORTUGUÊS 1.º Período Consciência fonémica Manipulação fonémica Alfabeto e grafemas Alfabeto (consolidação) Correspondências grafofonémicas (grafemas com diacrítico, dígrafos e ditongos) Correspondências

Leia mais

Conteúdos: Pronomes possessivos e demonstrativos

Conteúdos: Pronomes possessivos e demonstrativos Conteúdos: Pronomes possessivos e demonstrativos Habilidades: Reconhecer os pronomes demonstrativos como marca em relação à posição, ao espaço e ao tempo no texto; Habilidades: Compreender os pronomes

Leia mais

Roteiro de estudo da recuperação de Gramática/Texto

Roteiro de estudo da recuperação de Gramática/Texto Roteiro de estudo da recuperação de Gramática/Texto Professora da Disciplina: Maria Inez Data: /05/14 1º TRIMESTRE Aluno (a): Nº: Ano: 6º Ensino Fundamental Período: Matutino 1) Leia o recado da Turma

Leia mais

COLÉGIO MARQUES RODRIGUES - SIMULADO

COLÉGIO MARQUES RODRIGUES - SIMULADO COLÉGIO MARQUES RODRIGUES - SIMULADO PROFESSOR ELIANE GONÇALVES DISCIPLINA PORTUGUÊS SIMULADO: P4 Estrada da Água Branca, 2551 Realengo RJ Tel: (21) 3462-7520 www.colegiomr.com.br ALUNO TURMA 401 Questão

Leia mais

LÍNGUA PORTUGUESA 7 ANO ENSINO FUNDAMENTAL PROF.ª SHEILA RODRIGUES PROF.ª SHIRLEY VASCONCELOS

LÍNGUA PORTUGUESA 7 ANO ENSINO FUNDAMENTAL PROF.ª SHEILA RODRIGUES PROF.ª SHIRLEY VASCONCELOS LÍNGUA PORTUGUESA 7 ANO ENSINO FUNDAMENTAL PROF.ª SHEILA RODRIGUES PROF.ª SHIRLEY VASCONCELOS CONTEÚDOS E HABILIDADES Unidade IV Ciência- O homem na construção do conhecimento 2 CONTEÚDOS E HABILIDADES

Leia mais

Revisão para 2ª série. Profª Sueli Oliveira Nobre Fazenda Rio Grande

Revisão para 2ª série. Profª Sueli Oliveira Nobre Fazenda Rio Grande Revisão para 2ª série p2 Profª Sueli Oliveira Nobre Fazenda Rio Grande O que é? Aquela que exerce a função sintática de um adjetivo. Os pronomes relativos (que, o qual, a qual, os quais, as quais, quem,

Leia mais

CENTRO EDUCACIONAL SIGMA

CENTRO EDUCACIONAL SIGMA 1ºano 1.1 HISTÓRIA E GEOGRAFIA 1º período 8 de abril de 2015 1. LEIA O TEXTO COM A AJUDA DA SUA PROFESSORA. LIVRO DA FAMÍLIA ALGUMAS FAMÍLIAS SÃO GRANDES. ALGUMAS FAMÍLIAS SÃO PEQUENAS. EM ALGUMAS FAMÍLIAS,

Leia mais

GUIA DE ESTUDOS 5º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL I /2013 Semana de 25/11 a 29/11

GUIA DE ESTUDOS 5º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL I /2013 Semana de 25/11 a 29/11 GUIA DE ESTUDOS 5º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL I /2013 Semana de 25/11 a 29/11 Língua Portuguesa Matemática Temas: leitura e interpretação, análise morfológica com Temas: Operações com números decimais,

Leia mais

ESCOLA MUNICIPAL ANÁPOLIS, PROFESSORA: ALUNO (A): ANO: MÊS: DOMINGO SEGUNDA TERÇA QUARTA QUINTA SEXTA SÁBADO

ESCOLA MUNICIPAL ANÁPOLIS, PROFESSORA: ALUNO (A): ANO: MÊS: DOMINGO SEGUNDA TERÇA QUARTA QUINTA SEXTA SÁBADO PREENCHA O CALENDÁRIO ABAIXO: MÊS: DOMINGO SEGUNDA TERÇA QUARTA QUINTA SEXTA SÁBADO AGORA, RESPONDA: A) QUANTOS DIAS TÊM NO MÊS? B) QUE DIA DA SEMANA COMEÇOU O MÊS? C) QUE DIA DA SEMANA TERMINOU O MÊS?

Leia mais

ARTIGO. PROFESSORES: Karen(PUXA-SAKÚ) CARLOS(HOBBIT) MONITOR: leonardo(du-contra)

ARTIGO. PROFESSORES: Karen(PUXA-SAKÚ) CARLOS(HOBBIT) MONITOR: leonardo(du-contra) ARTIGO PROFESSORES: Karen(PUXA-SAKÚ) CARLOS(HOBBIT) MONITOR: leonardo(du-contra) ARTIGO Artigo é a palavra que precede o substantivo, servindo para classificá-lo quanto ao gênero e ao número. O artigo

Leia mais

Termos ligados ao nome. adnominal e aposto) e o vocativo. Apostila 2, Capítulo 4 Unidades 21 a 24 (pág. 407 a 417) Professora Simone

Termos ligados ao nome. adnominal e aposto) e o vocativo. Apostila 2, Capítulo 4 Unidades 21 a 24 (pág. 407 a 417) Professora Simone Termos ligados ao nome (complemento nominal, adjunto adnominal e aposto) e o vocativo Apostila 2, Capítulo 4 Unidades 21 a 24 (pág. 407 a 417) Professora Simone 2 Regência Nominal Designa a relação existente

Leia mais

ATIVIDADES PARA RECUPERAÇÃO PARALELA LÍNGUA PORTUGUESA PROFESSOR (A): Juliana B. Stoll TURMA: 2ª Série EM

ATIVIDADES PARA RECUPERAÇÃO PARALELA LÍNGUA PORTUGUESA PROFESSOR (A): Juliana B. Stoll TURMA: 2ª Série EM ATIVIDADES PARA RECUPERAÇÃO PARALELA LÍNGUA PORTUGUESA PROFESSOR (A): Juliana B. Stoll TURMA: 2ª Série EM REVISÃO 1) Relacione cada uma das frases que se seguem a um dos contextos explicativos abaixo:

Leia mais

3 o ano Ensino Fundamental Data: / / Revisão de Língua Portuguesa Nome: CONHEÇA A HISTÓRIA DO PAPAI NOEL

3 o ano Ensino Fundamental Data: / / Revisão de Língua Portuguesa Nome: CONHEÇA A HISTÓRIA DO PAPAI NOEL 3 o ano Ensino Fundamental Data: / / Revisão de Língua Portuguesa Nome: Leia este texto para resolver as questões propostas. CONHEÇA A HISTÓRIA DO PAPAI NOEL Era uma vez um menino chamado Nicolau. Os pais

Leia mais

) ) .,. MEB- 50 ANOS ";.. QUANTO AFETO, QUANTA ALEGRIA RENOVADA EM CADA ENCONTRO... VIVA A VIDA! " MARIA ALICE ~ )

) ) .,. MEB- 50 ANOS ;.. QUANTO AFETO, QUANTA ALEGRIA RENOVADA EM CADA ENCONTRO... VIVA A VIDA!  MARIA ALICE ~ ) ) 1 ) ) ).,. I ) I MEB- 50 ANOS ";.. QUANTO AFETO, QUANTA ALEGRIA RENOVADA EM CADA ENCONTRO... VIVA A VIDA! " MARIA ALICE ) ) ~ ) ( ' A MUSICA DA CAMPANHA DAS ESCOLAS RADIOFONICAS LEVANTO JUNTO COM O SOL

Leia mais

Agrupamento Vertical de Escolas do Viso. Escola E. B. 2.3 do Viso. A vida é uma folha de papel

Agrupamento Vertical de Escolas do Viso. Escola E. B. 2.3 do Viso. A vida é uma folha de papel 1.º Prémio A vida é uma folha de papel A vida pode ser Escura como a noite, Ou clara como as águas cristalinas Que brilham ao calor do sol. A vida pode ser Doce como o mel Ou amarga como o fel. A vida

Leia mais

O Pai Nosso Explorando Mateus 6:9 13

O Pai Nosso Explorando Mateus 6:9 13 O Pai Nosso Explorando Mateus 6:9 13 Mestre, por favor, nos ensine a orar. Quando os discípulos de Jesus Lhe perguntaram como deveriam orar, Jesus lhes ensinou esta oração. Todas as citações bíblicas usadas

Leia mais

A folha e o pirilampo

A folha e o pirilampo Ficha de Avaliação Trimestral (dezembro) PORTUGUÊS Nome Data 10.dez.2013 Classificação O Professor Enc. de Educação I PARTE Lê, com muita atenção, o texto seguinte: A folha e o pirilampo 5 10 15 20 25

Leia mais

Prova Escrita de Português Língua Não Materna

Prova Escrita de Português Língua Não Materna EXAME NACIONAL DO ENSINO BÁSICO E DO ENSINO SECUNDÁRIO Prova 28 739 /1.ª Chamada 1.ª Fase / 2008 Decreto-Lei n.º 6/2001, de 18 de Janeiro e Decreto-Lei n.º 74/2004, de 26 de Março A PREENCHER PELO ESTUDANTE

Leia mais

ESCOLA SECUNDÁRIA JOÃO GONÇALVES ZARCO. (A preencher pelo aluno) (A preencher pelo professor) Nível:

ESCOLA SECUNDÁRIA JOÃO GONÇALVES ZARCO. (A preencher pelo aluno) (A preencher pelo professor) Nível: ESCOLA SECUNDÁRIA JOÃO GONÇALVES ZARCO Teste de Diagnóstico PPT (Português para Todos) 8 Páginas Duração: 90 minutos janeiro de 2016 (A preencher pelo aluno) Nome: (Indique o seu nome e apelido) Data:

Leia mais

Adelante... 1. ARTIGOS. -el = o. - la = a. - los = os. - las = as. -uno / una = um / uma. - unos / unas = uns / umas

Adelante... 1. ARTIGOS. -el = o. - la = a. - los = os. - las = as. -uno / una = um / uma. - unos / unas = uns / umas Tenho percebido que o problema maior nas provas de espanhol é a senhora gramática, essa nossa velha companheira. E como nem todos vocês têm acesso a uma boa gramática espanhola, resolvi fazer uma pequena

Leia mais