Evoluindo para uma Rede em Malha Sem Fio

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Evoluindo para uma Rede em Malha Sem Fio"

Transcrição

1 Evoluindo para uma Rede em Malha Sem Fio Programa de Pós-Graduação em Engenharia Elétrica, UFMG Linnyer Beatrys Ruiz Departamento de Engenharia Elétrica, UFMG

2 IEEE : Wi-Fi Popularização do padrão IEEE Surgimento: 1998 Freqüência de operação: ISM, 2,4 GHz (802.11b/g) 13 canais disponíveis 03 canais ortogonais Taxas de transmissão: Taxa ajustável Limite superior b: 11 Mbps g: 54 Mbps (somente modo infra-estrutura) Dois modos de operação: infra-estrutura e ad hoc 2

3 IEEE : Wi-Fi Infra-estrutura Ad hoc 3

4 IEEE : Wi-Fi Infra-estrutura Estrutura centralizada Topologia em estrela Rede limitada ao alcance do ponto de acesso Velocidade máxima: 54 Mbps (802.11g) Popular! Ad hoc Sem infra-estrutura Topologia em malha Rede formada conforme alcance dos nós Velocidade máxima: 11 Mbps Raro! 4

5 IEEE : Wi-Fi Infra-estrutura Ad hoc Ad multi-salto hoc 5

6 IEEE : Wi-Fi Infra-estrutura Estrutura centralizada Rede limitada ao alcance do ponto de acesso Velocidade máxima: 54 Mbps (802.11g) Ad hoc multi-salto Sem infra-estrutura Rede expansiva com introdução de novos nós Requer protocolo de roteamento de multisalto Velocidade máxima: 11 Mbps (802.11g) 6

7 Ad hoc multi-salto Como aumentar a cobertura da rede? Nó sem conectividade com a rede 7

8 Ad hoc multi-salto Como aumentar a cobertura da rede? Antenas direcionais Barreira que impede visada direta 8

9 Ad hoc multi-salto Roteador sem fio 9

10 Ad hoc multi-salto Roteadores Aumentam a cobertura Podem reduzir saltos Formam um backbone sem fio 10

11 Ad hoc multi-salto Wi-Fi WiMax Roteadores Aumentam a cobertura Podem reduzir saltos Formam um backbone sem fio Podem ter multiplasantenas e multiplastecnologias 11

12 Ad hoc multi-salto E as demais redes? Internet Rede cabeada da empresa Rede sem infra-estrutura, mas isolada. 12

13 Ad hoc multi-salto Ponto de acesso 13

14 Ad hoc multi-salto Pontos de acesso Formam o backhaul sem fio Integram a rede sem fio com a rede cabeada 14

15 Rede em malha sem fio Backbone cabeado de Internet Pontos de acesso Backhaul sem fio Roteadores sem fio Backbone sem fio Nós móveis 15

16 Rede em malha sem fio Backbone cabeado de Internet Pontos de acesso Backhaul sem fio Roteadores sem fio Backbone sem fio MANETs Wi-Fi Rede de Sensores Sem Fio 16

17 Rede em malha sem fio Desafios Backbone de grande capacidade Grande número de clientes Grande densidade 17

18 Rede em malha sem fio Desafios Backbone de grande capacidade Rede heterogênea Escalonamento Muitos caminhos Diferentes tráfegos Presença de nós com e sem fio 18

19 Rede em malha sem fio Desafios Backbone de grande capacidade Rede heterogênea Auto-gerenciamento Compartilhamento justo de recursos da rede Variações nas condições de canais, padrões de tráfego, contenção do canal... 19

20 Rede em malha sem fio Benefícios Redução de custo Wi-Fi Todo ponto de acesso requer cabeamento Alcance: ~ 100m (sem obstáculos) Cobertura aumentada com introdução de novos nós (inclusive clientes) 20

21 Rede em malha sem fio Benefícios Redução de custo Maior escalabilidade Roteadores energizados Multi-salto pode reduzir probabilidade de perdas 21

22 Rede em malha sem fio 22

23 Rede em malha sem fio Relação entrega por velocidade* Pacotes/segundo * Experimento realizado com interfaces b Par de nós Fonte: Aguayo et al,

24 Rede em malha sem fio Benefícios Redução de custo Maior escalabilidade Maior confiabilidade Eliminação de pontos únicos de falha Eliminação de gargalos 24

25 Rede em malha sem fio Wi-Fi - Infra-estrutura Rede em malha s/ fio 25

26 Rede em malha sem fio Wi-Fi - Infra-estrutura Ponto único de falha Apenas um único caminho entre pares de nós Ponto de acesso é o gargalo da rede 54 Mbps compartilhados com todos os nós atendidos pelo PA Rede em malha s/ fio Auto-reparo Vários caminhos disponíveis entre pares de nós Distribuição de tráfego Tráfego pode ser distribuído por diferentes caminhos 26

27 Rede em malha sem fio Benefícios Redução de custo Maior escalabilidade Maior confiabilidade Transparência Auto-configuração 27

28 Mercado Tropos MeshNetworks LocustWorld 28

29 Mercado Tropos MeshNetworks LocustWorld 300 ônibus conectados 29

30 Mercado Tropos MeshNetworks LocustWorld 30

31 Mercado Tropos MeshNetworks LocustWorld Características Rádio proprietário 6 Mbps Protocolo proprietário Incorporada à Motorola 31

32 Mercado Tropos MeshNetworks LocustWorld Crítica Maior parte das soluções são baseadas em Wi-Fi Wi-Fi não permite o potencial máximo de uma rede em malha sem fio 32

33 IEEE : Wi-Fi alcance interferência 33

34 IEEE : Wi-Fi Ad hoc multi-salto é ineficiente para multi-salto Definição de ad hoc para o padrão: Rede composta somente por estações no alcance de comunicação mútua entre cada um via meio sem fio. 34

35 Academia MIT MIT Roofnet Microsoft Rede mesh sobre b Composta por ~ 50 casas Antenas omni-direcionais Gateways com antenas direcionais Métrica especial: Caminhos com links de boa qualidade 35

36 Academia MIT Microsoft 36

37 Redes comunitárias Conexões estabelecidas entre vizinhos Surgimento em 1998 utilizando Wi-Fi Toronto Wireless Community Network 37

38 38

39 Padrões IEEE s (Wi-Fi, LAN) Conexão sem fio entre pontos de acesso IEEE TG5 (WPAN) Rede em malha com clusters IEEE a (WiMax, Broadband) Único padrão já definido! IEEE (Mobile Broadband) Banda larga com mobilidade e ubiqüidade Acima de 250 km/h 39

40 Evoluindo para uma Rede em Malha Sem Fio Programa de Pós-Graduação em Engenharia Elétrica, UFMG Linnyer Beatrys Ruiz Departamento de Engenharia Elétrica, UFMG

41 Bibliografia Akyildiz, I. e Wang, X.. A survey on wireless mesh networks. Em IEEE Communications Magazine, Set Aguayo, D. et al. MIT Roofnet: Construction of a Community Wireless Network. Em MIT LCS/AI Student Oxygen Worshop Aguayo, D. et al. Link-level Measurements from an b Mesh Network. Em SIGCOMM'04, Ago. 2004, Portland, EUA. Manna Racing Team Bruno, R., Conti, M. e Gregori, E.. Mesh Saiba Networks: mais: Commodity Multihop Ad hoc Networks. Em IEEE Communications Magazine, Mar Microsoft Networking Research Group. Contato: MIT Roofnet. mailto: 41

Wireless Mesh Networks

Wireless Mesh Networks Wireless Mesh Networks Redes Mesh se configuram e se organizam automaticamente, com seus nós estabelecendo uma conexão ad hoc e mantendo a conectividade em malha. Isanio Lopes Araujo Santos Paradoxo: pontos

Leia mais

Redes sem Fio Redes Locais Wireless (WLANs) Ricardo Kléber. Ricardo Kléber

Redes sem Fio Redes Locais Wireless (WLANs) Ricardo Kléber. Ricardo Kléber Redes sem Fio 2016.1 Redes Locais Wireless (WLANs) 802.11 Curso Superior de Tecnologia em Sistemas para Internet Turma: TEC.SIS.5M Redes sem Fio Conteúdo Programático Sistemas de comunicação wireless Redes

Leia mais

INF-111 Redes Sem Fio Aula 06 Tecnologias para WMAN Prof. João Henrique Kleinschmidt

INF-111 Redes Sem Fio Aula 06 Tecnologias para WMAN Prof. João Henrique Kleinschmidt INF-111 Redes Sem Fio Aula 06 Tecnologias para WMAN Prof. João Henrique Kleinschmidt Santo André, março de 2016 Roteiro WMAN WiMAX Arquitetura Sistemas de Telefonia Celular Evolução dos Sistemas Celulares

Leia mais

Tecnologias e Componentes de Redes

Tecnologias e Componentes de Redes Tecnologias e Componentes de Redes Material de apoio Redes sem fio Cap.13 19/01/2012 2 Esclarecimentos Esse material é de apoio para as aulas da disciplina e não substitui a leitura da bibliografia básica.

Leia mais

Rede de Computadores Redes sem fio e comunicações móveis: introdução. Prof. Dr. Ruy de Oliveira IFMT

Rede de Computadores Redes sem fio e comunicações móveis: introdução. Prof. Dr. Ruy de Oliveira IFMT Rede de Computadores Redes sem fio e comunicações móveis: introdução Prof. Dr. Ruy de Oliveira IFMT Histórico Hertz iniciou demonstrações práticas de comunicação por rádio em 1880 Guglielmo Marconi inventou

Leia mais

Meios de Comunicação de Dados.

Meios de Comunicação de Dados. Meios de Comunicação de Dados www.profjvidal.com Redes sem Fio: - Com infraestrutura - Sem infraestrutura ou AD-HOC Introdução As redes de computadores vieram para revolucionar a forma como nos comunicamos

Leia mais

Meios Físicos Cont. Espectro Eletromagnético

Meios Físicos Cont. Espectro Eletromagnético Meios Físicos Cont. Pares Metálicos Cabo coaxial Par Trançado Condutores Óticos Fibra Rádio Microondas Satélites Infravermelho Espectro Eletromagnético 1 Espectro Eletromagnético Frequências 30MHz to 1GHz

Leia mais

Tecnologias Atuais de Redes

Tecnologias Atuais de Redes GOVERNO DO ESTADO DE PERNAMBUCO ESCOLA TÉCNICA ESTADUAL MARIA EDUARDA RAMOS DE BARROS Tecnologias Atuais de Redes Redes Wireless Curso Técnico em Redes de Computadores Professor Emerson Felipe Módulo II

Leia mais

Redes sem Fio WPANs (IEEE ) Wireless Personal Area Networks. Ricardo Kléber. Ricardo Kléber

Redes sem Fio WPANs (IEEE ) Wireless Personal Area Networks. Ricardo Kléber. Ricardo Kléber Redes sem Fio 2016.1 WPANs (IEEE 802.15) Wireless Personal Area Networks Curso Superior de Tecnologia em Sistemas para Internet Turma: TEC.SIS.5M Redes sem Fio Onde Estamos? Sistemas de comunicação wireless

Leia mais

REDES DE SENSORES SEM FIO

REDES DE SENSORES SEM FIO REDES DE SENSORES SEM FIO Redes de Computadores I UFRJ Vinicius Cunha Cruz Plácido Gabriel Arruda Evangelista Sidney Kolás Principe Junior AGENDA INTRODUÇÃO APLICAÇÕES ESTRUTURA PROTOCOLOS SEGURANÇA DESAFIOS

Leia mais

Sistemas Distribuídos

Sistemas Distribuídos Sistemas Distribuídos Definição Sistema Distribuído é aquele onde os componentes de software e hardware localizados em redes de computadores comunicam-se e coordenam suas ações apenas por passagem de mensagens.

Leia mais

Capítulo 6 Redes sem fio e redes móveis

Capítulo 6 Redes sem fio e redes móveis Capítulo 6 Redes sem fio e redes móveis Todo o material copyright 1996-2009 J. F Kurose e K. W. Ross, Todos os direitos reservados slide 1 2010 2010 Pearson Prentice Hall. Hall. Todos Todos os os direitos

Leia mais

Aula 2 Topologias de rede

Aula 2 Topologias de rede Aula 2 Topologias de rede Redes e Comunicação de Dados Prof. Mayk Choji UniSALESIANO Araçatuba 13 de agosto de 2016 Sumário 1. Topologias de Rede 2. Topologias Físicas Ponto-a-Ponto Barramento BUS Anel

Leia mais

Capítulo 1 Introdução

Capítulo 1 Introdução Capítulo 1 Introdução 1.1. Acesso sem fio Existem diversos tipos de acesso sem fio [1], dependendo do tipo de aplicação implementada. Sistemas sem fios podem ser usados de forma a permitir mobilidade ao

Leia mais

Simuladores para Redes Móveis

Simuladores para Redes Móveis Simuladores para Redes Móveis Universidade de São Paulo USP Instituto de Matemática e Estatística IME Programa de Pós-graduação em Computação Apresentado por Maciel Calebe Vidal calebe@ime.usp.br Computação

Leia mais

Redes de Computadores

Redes de Computadores Redes de Computadores por fldotti@inf.pucrs.br Redes de Computadores Nível de Rede Algoritmos de Roteamento Redes de Computadores 2 1 Nível de Rede Roteamento ligação entre redes é realizada por estações

Leia mais

Building a Trusted Community for Mobile Ad Hoc Networks Using Friend Recommendation

Building a Trusted Community for Mobile Ad Hoc Networks Using Friend Recommendation Building a Trusted Community for Mobile Ad Hoc Networks Using Friend Recommendation Construindo uma Comunidade de Confiança para Redes Ad Hoc Móveis Utilizando Recomendações de Amigos Shukor Abd Razak,

Leia mais

Aula 3 Redes de Interconexão

Aula 3 Redes de Interconexão Aula 3 Redes de Interconexão As redes de interconexão são de fundamental importância nas arquiteturas paralelas Não importa o tipo da arquitetura, todo computador paralelo necessita de uma rede de interconexão

Leia mais

Redes Móveis. Redes sem fio e redes móveis Introdução. Prof. Jó Ueyama Agosto/2010 SSC

Redes Móveis. Redes sem fio e redes móveis Introdução. Prof. Jó Ueyama Agosto/2010 SSC Redes Móveis Redes sem fio e redes móveis Introdução Prof. Jó Ueyama Agosto/2010 SSC0548 2010 1 Baseado no Capítulo 6 do 6.1 Introdução Redes Sem fio 6.2 Enlaces sem fio, características 6.3 IEEE 802.11

Leia mais

Topologias e abrangência de redes de computadores

Topologias e abrangência de redes de computadores Topologias e abrangência de redes de computadores Aula 10 1º semestre Prof. Nataniel Vieira nataniel.vieira@gmail.com Objetivos Tornar os estudantes capazes de reconhecer os tipos de topologias de redes

Leia mais

Laboratório de Redes I. 1º Semestre Aula 05. Hubs e Switches. Prof. Nataniel Vieira

Laboratório de Redes I. 1º Semestre Aula 05. Hubs e Switches. Prof. Nataniel Vieira Laboratório de Redes I 1º Semestre Aula 05 Hubs e Switches Prof. Nataniel Vieira nataniel.vieira@gmail.com Objetivos Identificar as características básicas e técnicas para emprego de Hubs e switches em

Leia mais

- Curso: ANÁLISE E DESENVOLVIMENTO DE SISTEMAS Redes de Computadores Lista de Exercício I

- Curso: ANÁLISE E DESENVOLVIMENTO DE SISTEMAS Redes de Computadores Lista de Exercício I 1- Um dos componentes de um a Rede de Teleprocessamento que tem a função de compatibilizar o sinal digital de dados ao sinal analógico para uso da Rede Pública de Telefonia é: a) UNIDADE CONTROLADORA DE

Leia mais

Curso de Redes Computadores de Longa Distância (Redes WAN - Wide Area Networking)

Curso de Redes Computadores de Longa Distância (Redes WAN - Wide Area Networking) Curso de Redes Computadores de Longa Distância (Redes WAN - Wide Area Networking) Prof. Ademar Felipe Fey Prof. Raul Ricardo Gauer V1.3 - fevereiro de 2011 Capítulo 1 Introdução às redes de computadores

Leia mais

Planeamento de uma Rede sem Fios IEEE e no Concelho da Covilhã

Planeamento de uma Rede sem Fios IEEE e no Concelho da Covilhã Universidade da Beira Interior Planeamento de uma Rede sem Fios IEEE 802.16e no Concelho da Covilhã Rui Marcos Dany Santos Covilhã, 7 de Novembro de 2005 Resumo Objectivo Planeamento Celular Análise de

Leia mais

Nasceu para atendimento demanda interna comunicação de dados usinas e telefonia. Anos 70, 80 - comunicação por rádio. Anos 90 - Sistema UHF/microondas

Nasceu para atendimento demanda interna comunicação de dados usinas e telefonia. Anos 70, 80 - comunicação por rádio. Anos 90 - Sistema UHF/microondas Sobre a COPEL Telecom Nasceu para atendimento demanda interna comunicação de dados usinas e telefonia 1970 - inicialmente uma Divisão subordinada ao Departamento de Engenharia da Copel Anos 70, 80 - comunicação

Leia mais

REDES LOCAIS. Quando você precisar ir além do computador em cima de sua mesa, esta na hora de instalar uma rede local.

REDES LOCAIS. Quando você precisar ir além do computador em cima de sua mesa, esta na hora de instalar uma rede local. 1. Introdução 1.1. - Conceitos REDES LOCAIS Quando você precisar ir além do computador em cima de sua mesa, esta na hora de instalar uma rede local. 1 1.2. Tipos de Aplicações As Redes Locais têm em geral

Leia mais

CPE Roteamento em Redes de Computadores

CPE Roteamento em Redes de Computadores Programa de Engenharia de Sistemas e Computação Instituto Alberto Luiz Coimbra de Pós-Graduação e Pesquisa de Engenharia Universidade Federal do Rio de Janeiro Por Tiago Azevedo 1 - Especificação ZigBee

Leia mais

Aplicando Gestão de Energia ao Protocolo de Roteamento para Redes Ad Hoc Móveis VRP

Aplicando Gestão de Energia ao Protocolo de Roteamento para Redes Ad Hoc Móveis VRP Aplicando Gestão de Energia ao Protocolo de Roteamento para Redes Ad Hoc Móveis VRP Orientando: Angelo Bannack Orientador: Prof. Dr. Luiz Carlos Pessoa Albini 25 de Agosto de 2008 Roteiro Introdução; Técnicas

Leia mais

Terminal Ad Hoc para viabilizar a comunicação das aplicações de automação das Utilities

Terminal Ad Hoc para viabilizar a comunicação das aplicações de automação das Utilities Terminal Ad Hoc para viabilizar a comunicação das aplicações de automação das Utilities Iran Lima Gonçalves * / Fabrício Lira Figueiredo Álvaro A. M. de Medeiros Agenda O que são Redes Ad Hoc sem Fio?

Leia mais

12/08/2014. Prof. Marcel Santos Silva. Redes Wireless 3. Redes Wireless 4. Redes Wireless 5. Redes Wireless 6

12/08/2014. Prof. Marcel Santos Silva. Redes Wireless 3. Redes Wireless 4. Redes Wireless 5. Redes Wireless 6 Prof. Marcel Santos Silva A distância de comunicação entre estações de rede sem fio está diretamente relacionada com a potência de transmissão, a sensibilidade do receptor e o caminho por onde a onda se

Leia mais

CARLOS RAFAEL GUERBER. Wireless Mesh Network SUMÁRIO

CARLOS RAFAEL GUERBER. Wireless Mesh Network SUMÁRIO CARLOS RAFAEL GUERBER SUMÁRIO 1 REDES MESH SEM FIO...2 1.1 CENÁRIOS DE UTILIZAÇÃO...3 1.2 CLASSIFICAÇÃO MESH...4 1.3 TOPOLOGIA MESH...6 1.3.1 Topologia de Comunicação com Múltiplos Rádios...7 1.4 MESH

Leia mais

FORMULÁRIO PARA APRESENTAÇÃO DE PROJETO DE PESQUISA - PIBIC Análise de Protocolos de Roteamento para Redes Mesh Glaucia Melissa Medeiros Campos

FORMULÁRIO PARA APRESENTAÇÃO DE PROJETO DE PESQUISA - PIBIC Análise de Protocolos de Roteamento para Redes Mesh Glaucia Melissa Medeiros Campos Governo do Estado do Rio Grande do Norte Secretariado de Estado da Educação e Cultura - SEEC UNIVERSIDADE DO ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE - UERN Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação PROPEG Departamento

Leia mais

Comunicação de Dados IV

Comunicação de Dados IV Departamento de Engenharia de Telecomunicações - UFF Bibliografia Redes de Computadores Andrew S. Tanenbaum Tradução da Quarta Edição Editora Campus Profa. Débora Christina Muchaluat Saade deborams@telecom.uff.br

Leia mais

Redes Mesh: uma aplicação no município de Santarém/Pa.

Redes Mesh: uma aplicação no município de Santarém/Pa. Redes Mesh: uma aplicação no município de Santarém/Pa. Camila Queiroz Bessa milabessa24@hotmail.com Instituto de Estudos Superiores da Amazônia - IESAM Endereço: Avenida Gov. José Malcher, 1148 - Nazaré

Leia mais

II Workshop do Grupo de Pesquisa em Prototipagem Rápida de Soluções para Comunicação (GppCom)

II Workshop do Grupo de Pesquisa em Prototipagem Rápida de Soluções para Comunicação (GppCom) II Workshop do Grupo de Pesquisa em Prototipagem Rápida de Soluções para Comunicação (GppCom) Universidade Federal do Rio Grande do Norte Departamento de Engenharia de Comunicação (DCO) Network Simulator

Leia mais

Objetivo: Destacar principais fundamentos das redes Wireless

Objetivo: Destacar principais fundamentos das redes Wireless Objetivo: Destacar principais fundamentos das redes Wireless Os sistemas Wireless - sem fio - foram conhecidos publicamente através do Rádio no entorno de 1900. Os sistemas móveis celulares completaram

Leia mais

Topologias e Classificação das RC. Prof. Eduardo

Topologias e Classificação das RC. Prof. Eduardo Topologias e Classificação das RC Prof. Eduardo Introdução As redes de computadores de modo geral estão presentes em nosso dia-a-dia. Estamos tão acostumados a utilizá-las que não nos damos conta da sofisticação

Leia mais

Redes de Comunicações 2. Redes sem Fio e Mobilidade

Redes de Comunicações 2. Redes sem Fio e Mobilidade Capítulo 1 N O T A S D E A U L A, R E V 2.0 U E R J 2 0 1 5 F L Á V I O A L E N C A R D O R Ê G O B A R R O S Redes de Comunicações 2 Redes sem Fio e Mobilidade Flávio Alencar do Rego Barros Universidade

Leia mais

REDE SEM FIO (WIRELESS)

REDE SEM FIO (WIRELESS) REDE SEM FIO (WIRELESS) Palavra Wireless, provém do inglês: wire (fio, cabo); less (sem); ou seja: sem fios. Wireless então caracteriza qualquer tipo de conexão para transmissão de informação sem a utilização

Leia mais

FDDI (Fiber Distributed Data Interface)

FDDI (Fiber Distributed Data Interface) Funcionamento Da Topologia FDDI FDDI (Fiber Distributed Data Interface) rffelix70@yahoo.com.br FDDI O padrão FDDI (Fiber Distributed Data Interface) foi estabelecido pelo ANSI (American National Standards

Leia mais

Redes de Computadores

Redes de Computadores Redes de Computadores Camada de Enlace Parte III Prof. Thiago Dutra Agenda Camada de Enlace n Introdução ndetecção e Correção de Erros n Protocolos de Acesso Múltiplo n Endereçamento

Leia mais

Redes Ad-Hoc FEUP MPR. » DNS, routing pouco adequados, actualmente» IP Móvel requer rede infraestruturada; HomeAgent na rede fixa

Redes Ad-Hoc FEUP MPR. » DNS, routing pouco adequados, actualmente» IP Móvel requer rede infraestruturada; HomeAgent na rede fixa AdHoc 1 Redes Ad-Hoc FEUP MPR AdHoc 2 Redes Móveis Ad-Hoc Mobilidade IP» DNS, routing pouco adequados, actualmente» IP Móvel requer rede infraestruturada; HomeAgent na rede fixa Pode, no entanto, não haver

Leia mais

Sistemas de redes sem fio são classificadas nas categorias de móveis ou fixas:

Sistemas de redes sem fio são classificadas nas categorias de móveis ou fixas: Redes Sem Fio Sistemas de redes sem fio são classificadas nas categorias de móveis ou fixas: Redes sem fio fixa são extremamente bem adequado para implantar rapidamente uma conexão de banda larga, para

Leia mais

Rede de Transporte das Operadoras Regionais e de Longa Distância Inclui backbones, entroncamentos secundários e acesso tanto para troncos de longa

Rede de Transporte das Operadoras Regionais e de Longa Distância Inclui backbones, entroncamentos secundários e acesso tanto para troncos de longa 1 Rede de Transporte das Operadoras Regionais e de Longa Distância Inclui backbones, entroncamentos secundários e acesso tanto para troncos de longa distância como para redes metropolitanas. Rede de Transporte

Leia mais

WPAN ZigBee & Bluetooth SDIC Cap6. Redes Sem Fios

WPAN ZigBee & Bluetooth SDIC Cap6. Redes Sem Fios Redes Sem Fios As recomendações do IEEE (Institute of Electrical and Eletronics Engineers), particularmente as recomendações da série IEEE 802.11, são os exemplos mais conhecidos para os padrões de redes

Leia mais

Objetivos. Objetivos (cont.) Definição. LANs. Distribuição Geográfica 27/11/2008. Redes de computadores. Diego Noble Rafael Cardona

Objetivos. Objetivos (cont.) Definição. LANs. Distribuição Geográfica 27/11/2008. Redes de computadores. Diego Noble Rafael Cardona Redes de computadores Aspectos básicos Objetivos Apresentar conceitos básicos em redes, abordando: Definição Distribuição Geográfica Topologias Meios de Transmissão Diego Noble Rafael Cardona Nov/2008

Leia mais

TVWS para Inclusão Digital no Brasil

TVWS para Inclusão Digital no Brasil TVWS para Inclusão Digital no Brasil Prof. Dr. Francisco Rodrigo P. Cavalcanti (rodrigo@gtel.ufc.br), Matheus F. S. do Nascimento, Raphael Braga Evangelista, e Carlos F. M. e Silva Universidade Federal

Leia mais

REDE DE COMPUTADORES

REDE DE COMPUTADORES SERVIÇO NACIONAL DE APRENDIZAGEM COMERCIAL REDE DE COMPUTADORES Tecnologias de Rede Arquitetura Padrão 802.11 Prof. Airton Ribeiro de Sousa E-mail: airton.ribeiros@gmail.com 1 Arquitetura Wireless Wi-Fi

Leia mais

IEEE a, b, g, n

IEEE a, b, g, n IEEE 802.11 a, b, g, n Redes de Computadores I Professor Otto Carlos Muniz Bandeira Barreto Felipe Martins Athayde Alves Thiago de Lima Vasconcelos Sumário 1. IEEE 802.11 2. Perguntas 1.1 IEEE 802.11 a

Leia mais

Visão geral das redes sem fio

Visão geral das redes sem fio Visão geral das redes sem fio 1 - Introdução O termo redes de dados sem fio pode ser utilizado para referenciar desde dispositivos de curto alcance como o Bluetooth à sistemas de altas taxas de transmissão

Leia mais

Redes em Malha Tipo 78XX

Redes em Malha Tipo 78XX UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO DE JANEIRO Departamento de Engenharia Eletrônica e Computação EEL879 Redes de Computadores II - 2006/2 Redes em Malha Tipo 78XX Autor: Felipe Ortigão Sampaio Buarque Schiller

Leia mais

Redes de Computadores Prof. Fred Sauer

Redes de Computadores Prof. Fred Sauer Redes de Computadores Prof. Fred Sauer http://www.fredsauer.com.br fsauer@gmail.com Quem sou eu... Prof. Frederico Sauer (Fred) Mestre e Doutor UFRJ com dissertação e tese em Segurança e Gerenciamento

Leia mais

Capítulo 8. a) Em uma exposição de informática, na qual não existe infraestrutura pronta para um cabeamento normal.

Capítulo 8. a) Em uma exposição de informática, na qual não existe infraestrutura pronta para um cabeamento normal. Redes sem fio Capítulo 8 Aplicações das redes sem fio Redes sem fio (wireless) utilizam ondas de rádio, luz infravermelha ou a laser para transmitir dados pelo ar. É difícil dizer com certeza absoluta

Leia mais

Cap. 1 Introdução. Redes sem Fio e Sistemas Móveis de Computação. Prof. Eduardo Barrére. Material Base: Marcelo Moreno. eduardo.barrere@ice.ufjf.

Cap. 1 Introdução. Redes sem Fio e Sistemas Móveis de Computação. Prof. Eduardo Barrére. Material Base: Marcelo Moreno. eduardo.barrere@ice.ufjf. Redes sem Fio e Sistemas Móveis de Computação Cap. 1 Introdução Prof. Eduardo Barrére eduardo.barrere@ice.ufjf.br Material Base: Marcelo Moreno Dep. Ciência da Computação 1 Computação Móvel Computação

Leia mais

Tipos de Sistemas Distribuídos (Pervasivos)

Tipos de Sistemas Distribuídos (Pervasivos) Tipos de Sistemas Distribuídos (Pervasivos) Sistemas Distribuídos Mauro Lopes Carvalho Silva Professor EBTT DAI Departamento de Informática Campus Monte Castelo Instituto Federal de Educação Ciência e

Leia mais

Redefinindo Economia da WLAN com Smart Mesh Networking

Redefinindo Economia da WLAN com Smart Mesh Networking Redefinindo Economia da WLAN com Smart Networking White Paper da Ruckus Wireless O Smart Networking autootimizado, Smart RF e 82.11n abrem as portas para um novo mundo de LANs sem fio conectáveis e completas.

Leia mais

6. Redes sem fios. Redes de Computadores

6. Redes sem fios. Redes de Computadores 6. Redes sem fios Redes de Computadores Objetivos Estudar os desafios das redes sem fios, de forma a entender que o problema de comunicação é distinto das redes com fios Examinar com algum detalhe a camada

Leia mais

Redes de Sensores. Rodrigo Santos de Souza. Abril de / 17

Redes de Sensores. Rodrigo Santos de Souza. Abril de / 17 Redes de Sensores Rodrigo Santos de Souza Abril de 2008 1 / 17 Redes de Sensores Conceitos Redes de Sensores: conjunto de sensores interligados através de uma rede de comunicação Sensor: dispositivo que

Leia mais

Possui design diferenciado e formato reduzido, características desenvolvidas para aplicações indoor.

Possui design diferenciado e formato reduzido, características desenvolvidas para aplicações indoor. Vagalume Lite Modelo: VG-AP-2x2G-0 A crescente demanda de comunicação sem fio e popularização dos dispositivos móveis exige cada vez mais desempenho da infraestrutura de rede. O uso de dispositivos profissionais

Leia mais

ANÁLISE DE REDES HIERÁRQUICAS PARA ATENDIMENTO DE LOCAIS REMOTOS

ANÁLISE DE REDES HIERÁRQUICAS PARA ATENDIMENTO DE LOCAIS REMOTOS ANÁLISE DE REDES HIERÁRQUICAS PARA ATENDIMENTO DE LOCAIS REMOTOS Fabiana da Silva Podeleski Faculdade de Engenharia Elétrica CEATEC podeleski@yahoo.com.br Prof. Dr. Omar Carvalho Branquinho Grupo de Pesquisa

Leia mais

Redes sem Fio Sistemas de Telefonia Celular Características. Ricardo Kléber. Ricardo Kléber

Redes sem Fio Sistemas de Telefonia Celular Características. Ricardo Kléber. Ricardo Kléber Redes sem Fio 2016.1 Sistemas de Telefonia Celular Curso Superior de Tecnologia em Sistemas para Internet Turma: TEC.SIS.5M Redes sem Fio Onde Estamos? Sistemas de comunicação wireless Redes locais wireless

Leia mais

Mídias Físicas Utilizadas Cabo Coaxial e Par Trançado. Prof. Alexandre Beletti Ferreira. Cabo Coaxial

Mídias Físicas Utilizadas Cabo Coaxial e Par Trançado. Prof. Alexandre Beletti Ferreira. Cabo Coaxial Mídias Físicas Utilizadas Cabo Coaxial e Par Trançado Prof. Alexandre Beletti Ferreira COMPOSTO POR: Cabo Coaxial Fio de cobre rígido que forma o núcleo Envolto por um material isolante, O isolante, por

Leia mais

Informática. Rede Wireless. Professor Márico Hunecke.

Informática. Rede Wireless. Professor Márico Hunecke. Informática Rede Wireless Professor Márico Hunecke www.acasadoconcurseiro.com.br Informática REDES WIRELESS A tecnologia Wireless (sem fio) permite a conexão entre diferentes pontos sem a necessidade

Leia mais

Redes sem fio e redes móveis. Redes Móveis. Prof. Jó Ueyama SSC0748

Redes sem fio e redes móveis. Redes Móveis. Prof. Jó Ueyama SSC0748 Redes sem fio e redes móveis Redes Móveis Prof. Jó Ueyama 1 Redes sem fio e redes móveis 6.1 Introdução Sem fio 6.2 Enlaces sem fio, características CDMA 6.3 IEEE 802.11 LANs sem fio ( wi-fi ) 6.4 Acesso

Leia mais

Redes de Computadores. Topologias

Redes de Computadores. Topologias Redes de Computadores Topologias Sumário! Topologia Tipo de topologias 2 Topologia Configuração dos cabos, computadores e outros equipamentos 3 Topologia de cablagem! Topologia física Localização real

Leia mais

Topologias de Redes. Professor Leonardo Larback

Topologias de Redes. Professor Leonardo Larback Topologias de Redes Professor Leonardo Larback Topologias de Redes A topologia de rede descreve o modo como todos os dispositivos estão ligados entre si e a forma como se processa a troca de informação

Leia mais

RUCA Rede Um Computador por Aluno. Liane Tarouco UFRGS

RUCA Rede Um Computador por Aluno. Liane Tarouco UFRGS RUCA Rede Um Computador por Aluno Liane Tarouco UFRGS Projeto Rede Um Computador por Aluno Coordenação: RNP Rede Nacional de Pesquisa Luiz Claudio Schara Magalhães - UFF Participantes: UFF UFPB UFAM UFRGS

Leia mais

Rede Mesh: topologia e aplicação

Rede Mesh: topologia e aplicação Rede Mesh: topologia e aplicação Tatiana Medeiros Cardoso, Paulo César Furlanetto Marques Faculdade Cenecista de Osório (FACOS) Rua 24 de maio, 141 95520-000 Osório RS Brasil tati.info@gmail.com,pcesar.marques@terra.com.br

Leia mais

Redes para Automação Industrial: Introdução às Redes de Computadores Luiz Affonso Guedes

Redes para Automação Industrial: Introdução às Redes de Computadores Luiz Affonso Guedes Redes para Automação Industrial: Introdução às Redes de Computadores Luiz Affonso Guedes Conteúdo Definição Classificação Aplicações típicas Software de rede Modelos de referências Exemplos de redes Exemplos

Leia mais

Redes de Computadores. Disciplina: Informática Prof. Higor Morais

Redes de Computadores. Disciplina: Informática Prof. Higor Morais Redes de Computadores Disciplina: Informática Prof. Higor Morais 1 Agenda Sistemas de Comunicação Histórico das Redes de Comunicação de Dados Mídias de Comunicação Meios de Transmissão Padrões e Protocolos

Leia mais

CURSO DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO/ PROCESSAMENTO DE DADOS DISCIPLINA: ADM e PROJETO DE REDES PROFESSOR: Msc Walter Augusto Varella

CURSO DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO/ PROCESSAMENTO DE DADOS DISCIPLINA: ADM e PROJETO DE REDES PROFESSOR: Msc Walter Augusto Varella CURSO DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO/ PROCESSAMENTO DE DADOS DISCIPLINA: ADM e PROJETO DE REDES PROFESSOR: Msc Walter Augusto Varella Lista de Exercícios 1 1. Diga com suas palavras o que vem a ser uma rede

Leia mais

Liderando a Evolução para Redes Mesh

Liderando a Evolução para Redes Mesh Tendências do mercado A realidade do século 21 A conectividade em Banda Larga tem se transformado numa utilidade tão básica quanto a a eletricidade e o gás As redes mesh wireless fazem hoje, desta tecnologia,

Leia mais

Figura 1. Arquitetura da rede em malha sem fio. Fonte: Akyildiz et al. (2005)

Figura 1. Arquitetura da rede em malha sem fio. Fonte: Akyildiz et al. (2005) UMA ABORDAGEM BASEADA EM SIMULAÇÃO PARA O PLANEJAMENTO DE REDES EM MALHA SEM FIO Gleicy Aparecida Cabral, Geraldo Robson Mateus Departamento de Ciência da Computação Universidade Federal de Minas Gerais

Leia mais

Introdução às Redes de Computadores. Prof. Leonardo Barreto Campos

Introdução às Redes de Computadores. Prof. Leonardo Barreto Campos Introdução às Redes de Computadores 1 Sumário Redes de Computadores; Usos de Redes de Computadores; Classificações de Rede; Topologias de Rede; Técnicas de Comutação; Bibliografia. 2/30 Redes de Computadores

Leia mais

SYMBOL AP 6521E PONTO DE ACESSO SEM FIO A/B/G/N DE UM SÓ RÁDIO BASTANTE VERSÁTIL

SYMBOL AP 6521E PONTO DE ACESSO SEM FIO A/B/G/N DE UM SÓ RÁDIO BASTANTE VERSÁTIL FOLHA DE ESPECIFICAÇÕES DE PRODUTO SYMBOL AP 6521E SYMBOL AP 6521E PONTO DE ACESSO SEM FIO 802.11A/B/G/N DE UM SÓ RÁDIO BASTANTE VERSÁTIL O AP 6521E é um ponto de acesso versátil que oferece a rentabilidade

Leia mais

Redes de Comunicação de Dados

Redes de Comunicação de Dados Redes de Comunicação de Dados 1 - Objetivo O grande objetivo é a formação geral de um especialista capaz de projetar redes de computadores, tanto sob o aspecto de software quanto de hardware, a partir

Leia mais

SISTEMAS DISTRIBUÍDOS

SISTEMAS DISTRIBUÍDOS Introdução www.pearson.com.br capítulo 1 slide 1 O que são Sistemas Distribuídos? Um sistema distribuído é um conjunto de computadores independentes que se apresenta a seus usuários como um sistema único

Leia mais

Um esquema de otimização do protocolo RLSMP usando broadcast atômico na atualização de células líderes

Um esquema de otimização do protocolo RLSMP usando broadcast atômico na atualização de células líderes Um esquema de otimização do protocolo RLSMP usando broadcast atômico na atualização de células líderes A scheme for optimizing the protocol RLSMP using atomic broadcast in updating cell leaders Cristiane

Leia mais

CCT0023 INFRAESTRUTURA DE REDES DE COMPUTADORES Aula 10: Topologia Hierárquica

CCT0023 INFRAESTRUTURA DE REDES DE COMPUTADORES Aula 10: Topologia Hierárquica CCT0023 INFRAESTRUTURA DE REDES DE COMPUTADORES Aula 10: Topologia Hierárquica Topologias Topologia Como você conecta os switches para formar sua LAN é chamado de Topologia de Rede, que no caso do switch

Leia mais

Redes de Sensores sem Fio: conceitos e aplicações. Prof. Ivan Müller

Redes de Sensores sem Fio: conceitos e aplicações. Prof. Ivan Müller Redes de Sensores sem Fio: conceitos e aplicações Prof. Ivan Müller Tópicos O que são as Redes de Sensores Sem Fio Principaiscaracterísticas Aplicações 2 Redes de Sensores sem Fio São sistemas embarcados

Leia mais

Placa de Rede. Rede de Computadores. Tipos de Redes LAN (Local Area Network) Rede local. Placa de Rede

Placa de Rede. Rede de Computadores. Tipos de Redes LAN (Local Area Network) Rede local. Placa de Rede Rede de Computadores Prof. André Cardia Email: andre@andrecardia.pro.br MSN: andre.cardia@gmail.com Placa de Rede Uma placa de rede (NIC), ou adaptador de rede, oferece capacidades de comunicações nos

Leia mais

O papel do satélite no PNBL SGDC

O papel do satélite no PNBL SGDC O papel do satélite no PNBL SGDC Artur Coimbra Diretor do Departamento de Banda Larga Presidente do Comitê Diretor do Projeto do SGDC As comunicações satelitais no contexto do PNBL Telebrás expansão da

Leia mais

Redes de Computadores. Tecnologias de Redes de Área Local

Redes de Computadores. Tecnologias de Redes de Área Local Redes de Computadores Tecnologias de Redes de Área Local Tecnologias de redes locais! Arquitecturas específicas para redes locais abrange os dois níveis inferiores do modelo OSI! Normalizadas: IEEE ISO

Leia mais

Explorando a visão do setor privado brasileiro sobre o potencial e possibilidades de projetos governamentais de Banda Larga no Brasil

Explorando a visão do setor privado brasileiro sobre o potencial e possibilidades de projetos governamentais de Banda Larga no Brasil TIM BRASIL Salvador, 22 de Fevereiro de 2016 Painel: Iniciativas de Projetos de Banda Larga: Experiências brasileiras e britânicas Explorando a visão do setor privado brasileiro sobre o potencial e possibilidades

Leia mais

INF-111 Redes Sem Fio Aula 01 Introdução Prof. João Henrique Kleinschmidt

INF-111 Redes Sem Fio Aula 01 Introdução Prof. João Henrique Kleinschmidt INF-111 Redes Sem Fio Aula 01 Introdução Prof. João Henrique Kleinschmidt Santo André, setembro de 2014 Roteiro PARTE I Apresentação da Disciplina PARTE II Introdução à Redes Sem Fio Apresentação do Professor

Leia mais

Introdução às Redes de Computadores. Prof. M.e Helber Wagner da Silva

Introdução às Redes de Computadores. Prof. M.e Helber Wagner da Silva Introdução às Redes de Computadores Prof. M.e Helber Wagner da Silva helber.silva@ifrn.edu.br 1 O que é uma rede? Rede de computadores é a interconexão de computadores e equipamentos que usa fios ou ondas

Leia mais

Roteiro I Redes WiMAX. WiMAX, de onde deriva a tecnologia e perspectivas de evolução. Taxas de transferência, características quanto a mobilidade.

Roteiro I Redes WiMAX. WiMAX, de onde deriva a tecnologia e perspectivas de evolução. Taxas de transferência, características quanto a mobilidade. Curso: Curso Superior de Tecnologia em Redes de Computadores Disciplina: Redes I Professor: Marco Câmara Aluno: Guilherme Machado Ribeiro Turma: 12 matutino Roteiro I Redes WiMAX 1-Histórico WiMAX, de

Leia mais

Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial. E.E.P. Senac Pelotas Centro Histórico. Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego

Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial. E.E.P. Senac Pelotas Centro Histórico. Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial E.E.P. Senac Pelotas Centro Histórico Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego Curso Técnico em Informática NAIELEM BITENCOURTE DE FREITAS MEIOS

Leia mais

PLANO DE ATUALIZAÇÃO E MANUTENÇÃO DOS EQUIPAMENTOS

PLANO DE ATUALIZAÇÃO E MANUTENÇÃO DOS EQUIPAMENTOS PLANO DE ATUALIZAÇÃO E MANUTENÇÃO DOS EQUIPAMENTOS 1. INTRODUÇÃO A Faculdade Fleming dispõe atualmente de infraestrutura de Tecnologia da Informação com rede de computadores que interliga em torno de 300

Leia mais

Rede Corporativa INTRODUÇÃO. Tutorial 10 mar 2009 Fabio Montoro

Rede Corporativa INTRODUÇÃO. Tutorial 10 mar 2009 Fabio Montoro Tutorial 10 mar 2009 Fabio Montoro Rede Corporativa INTRODUÇÃO Rede corporativa é um sistema de transmissão de dados que transfere informações entre diversos equipamentos de uma mesma corporação, tais

Leia mais

SUMÁRIO. UNIVERSIDADE DO CONTESTADO UnC CURSO DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO LABORATÓRIO DE REDES

SUMÁRIO. UNIVERSIDADE DO CONTESTADO UnC CURSO DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO LABORATÓRIO DE REDES UNIVERSIDADE DO CONTESTADO UnC CURSO DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO LABORATÓRIO DE REDES CARLOS RAFAEL GUERBER SUMÁRIO 1 AMBIENTE SEM FIO...3 1.1 CATEGORIAS, ALCANCE E APLICAÇÕES...3 1.1.1 Padrões IEEE...5

Leia mais

Testando a RUCA Rede Um Computador por Aluno. Apresentação por Liane Tarouco UFRGS

Testando a RUCA Rede Um Computador por Aluno. Apresentação por Liane Tarouco UFRGS Testando a RUCA Rede Um Computador por Aluno Apresentação por Liane Tarouco UFRGS Projeto Rede Um Computador por Aluno Coordenação: RNP Rede Nacional de Pesquisa Luiz Claudio Schara Magalhães - UFF Participantes:

Leia mais

Graduação Tecnológica em Redes de Computadores. Fundamentos de Redes II

Graduação Tecnológica em Redes de Computadores. Fundamentos de Redes II Graduação Tecnológica em Redes de Computadores Fundamentos de Redes II Euber Chaia Cotta e Silva euberchaia@yahoo.com.br Site da disciplina http://echaia.com Ementa: Camada física do modelo OSI; Camada

Leia mais

Informática. Transferência de Arquivos e Dados. Professor Márcio Hunecke.

Informática. Transferência de Arquivos e Dados. Professor Márcio Hunecke. Informática Transferência de Arquivos e Dados Professor Márcio Hunecke www.acasadoconcurseiro.com.br Informática TRANSFERÊNCIA DE ARQUIVOS E DADOS Upload e Download Em tecnologia, os termos download e

Leia mais

ÍNDICE CAPÍTULO 1 INTRODUÇÃO... 6 O QUE É UMA REDE E PARA QUE SERVE?... 7 O PORQUE DE UMA REDE... 9

ÍNDICE CAPÍTULO 1 INTRODUÇÃO... 6 O QUE É UMA REDE E PARA QUE SERVE?... 7 O PORQUE DE UMA REDE... 9 Redes -1- ÍNDICE CAPÍTULO 1 INTRODUÇÃO... 6 O QUE É UMA REDE E PARA QUE SERVE?... 7 O PORQUE DE UMA REDE... 9 CAPÍTULO 2 ARQUITETURAS... 12 MEIOS DE TRANSMISSÃO... 12 TIPOS DE TRANSMISSÃO... 14 CAPÍTULO

Leia mais

CCNA 1 Conceitos de Rede. Kraemer

CCNA 1 Conceitos de Rede. Kraemer CCNA 1 Conceitos de Rede Conceitos de Rede Breve história das redes de dados Dispositivos de rede Topologias Protocolos de rede Redes locais Redes de longa distância Redes metropolitanas Redes de área

Leia mais

REDES DE COMPUTADORES

REDES DE COMPUTADORES Elementos de um Sistema Aberto de Automação REDES DE COMPUTADORES Estágios da Informatização Empresas com larga experiência em informática, que utilizavam computadores de grande porte e passaram a utilizar

Leia mais

Plano de Trabalho Docente Ensino Técnico

Plano de Trabalho Docente Ensino Técnico Etec Dr. José Luiz Viana Coutinho Plano de Trabalho Docente 2014 Ensino Técnico Etec Etec: Escola Técnica Estadual Dr. José Luiz Viana Coutinho Código: 073 Município: Jales - SP Eixo Tecnológico: Informação

Leia mais

12/08/2014. Esclarecimentos quanto às condições de uso de RF na subfaixa de ,5 MHz por transceptores de radiação restrita

12/08/2014. Esclarecimentos quanto às condições de uso de RF na subfaixa de ,5 MHz por transceptores de radiação restrita No Brasil a utilização das Frequências Wireless é regulamentada pela ANATEL (Agência Nacional de Telecomunicações), atualmente regida pela Resolução 365/2004. Prof. Marcel Santos Silva Redes Wireless 2

Leia mais

APPRESENTAÇÃO PARA A FACULDADE LOURENÇO FILHO O NOVO MUNDO DO TRABALHO

APPRESENTAÇÃO PARA A FACULDADE LOURENÇO FILHO O NOVO MUNDO DO TRABALHO APPRESENTAÇÃO PARA A FACULDADE LOURENÇO FILHO O NOVO MUNDO DO TRABALHO Ivonísio Mosca de Carvalho Filho Copyleft 2004 by Ivonísio Mosca de C. Filho - SINDICATO 1. Reengenharia de Processos. 2. Infra-estrutura

Leia mais