4 O que é uma igreja baseada em princípios?

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "4 O que é uma igreja baseada em princípios?"

Transcrição

1

2 4 O que é uma igreja baseada em princípios? Essa igreja é uma comunidade local onde todos os membros, vivenciando os princípios apresentados na Palavra de Deus, têm por objetivo glorificar a Deus e cumprir a Grande Comissão presente em Mateus

3 Vejamos algumas características de uma igreja assim. Em primeiro lugar, o líder é um homem de oração, servo e treinador. - Homem de oração: Líderes de uma igreja que vivencia os princípios bíblicos, antes de motivarem os que estão ao seu redor a terem uma vida de oração, são os maiores exemplos.

4 - O ser Servo: Ao contrário de alguém que quer ser servido por outros. - Treinador: Não temos dúvida de que a função pastoral também compreende proteger, alimentar e edificar.

5 Outra característica forte de uma igreja movida por princípios é a prática do sacerdócio universal do crente. Dizer que um batista é um sacerdote soa muito estranho para algumas pessoas. Mas esse é um princípio bíblico muito importante em nossa história. Nós batistas, cremos que todas as pessoas salvas por Jesus se tornam sacerdotes. Agora, precisamos trabalhar arduamente para que essa crença se torne uma realidade na prática em nossas igrejas.

6 Mesmo na antiga aliança, podemos enxergar alguns textos que nos dão lampejos de um sacerdócio para as nações. Por exemplo, Êxodo 19.5,6: Agora, portanto, se ouvirdes atentamente a minha voz e guardardes a minha aliança, sereis minha propriedade exclusiva dentre todos os povos, porque toda a terra é minha; mas vós sereis para mim reino de sacerdotes e nação santa. Ainda, Isaias 61.6: Mas vós sereis chamados sacerdotes do SENHOR, e vos chamarão ministros do nosso Deus.

7 No Novo Testamento este conceito foi aperfeiçoado radicalmente com a vida morte e ressureição de Jesus. Ele é o Sumo Sacerdote, que veio até nós e se tornou o único representante diante de Deus. Ele é ao mesmo tempo o sacerdote e o sacrifício. Jesus é o cordeiro de Deus que tira o pecado do mundo (Jo 1.36). Na crucificação, o véu do templo se rasgou, de alto a baixo (Mt 27.51), nos mostrando que Jesus é o Grande Sumo Sacerdote, único mediador entre Deus e os homens (1Tm 2.5). Foi um ato de uma vez por todas.

8 1Pedro 2.9 nos traz essa preciosa declaração: Mas vós sois geração eleita, sacerdócio real, nação santa, povo de propriedade exclusiva de Deus, para que anuncieis as grandezas daquele que vos chamou das trevas para sua maravilhosa luz.

9 Embora o Senhor chame pessoas para uma função diferenciada de liderança no corpo de Cristo, pastores e membros são iguais em valor diante dele e perante o mundo. Há apenas um Sumo Sacerdote, que é Jesus (Hb 7.23).

10 Além disso, uma igreja baseada em princípios tem o ser como mais importante que o ter. Uma igreja baseada em princípios não se deixa levar pelos valores do mundo, mas prossegue pautada na Palavra. Em Cristo, ser (adorador, discípulo, servo) sempre será muito, mas muito superior ao ter.

11 A valorização do ser servo é uma das principais características de uma igreja que vive os princípios de Jesus. Serviço é uma palavrachave para compreensão do evangelho e de quem é Jesus. Ele foi enfático: Não será assim entre vós; pelo contrário, quem quiser tornar-se poderoso entre vós, seja esse o que vos sirva; e quem entre vós quiser ser o primeiro, será vosso servo, a exemplo do Filho do homem, que não veio para ser servido, mas para servir e para dar a vida em resgate de muitos (Mt ).

12 O pastor deve ser o primeiro discípulo multiplicador da igreja. Por meio do exemplo diário, os novos discípulos verão sua liderança em busca de pessoas para Cristo e serão motivados a fazerem o mesmo.

13 Outro ponto fundamental na diferença entre uma igreja baseada em programa e uma igreja baseada em princípios é a sua compreensão sobre o que é discipulado. Por muito tempo temos entendido discipulado apenas como estudos bíblicos doutrinários para novos crentes, enquanto, biblicamente, discipulado é o processo inteiro de fazer discípulos por meio de relacionamentos.

14 Discipulado é andar lado a lado de outro discípulo, demonstrando de forma prática o que é seguir a Jesus. É convidá-lo para passar tempo com você enquanto você serve aos outros. É leva-lo a fazer o que você faz em sua caminhada com Cristo.

15 Caminhar juntos e viver a mutualidade cristã é o que Jesus espera de nós como discipuladores. Essa mutualidade é a prática do uns aos outros, expressão essa que de tão importante é repetida várias vezes no Novo Testamento.

16 Quando pensamos em relacionamentos discipuladores, pensamos na prática dessa mutualidade como geradora de verdadeira comunhão e edificação na vida da igreja.

17 Ter foco nas pessoas e não nas coisas também é uma característica de uma igreja baseada em princípios bíblicos. O ministério de Jesus foi todo voltado para vidas; assim também deve ser o nosso.

18 Conclusão Ao encerrarmos este capítulo, a pergunta inevitável é: as nossas igrejas geralmente estão mais voltadas para programas ou princípios?

19 Creio que, como eu, você chegou à conclusão de que estamos muito mais voltados para os programas. Mas isso não deve nos desanimar. Pelo contrário, devemos nos sentir encorajados a mudar, a ir além de uma vida cristã dominical. Veja que novo horizonte se abre à nossa frente quando pensamos em uma igreja que acontece todos os dias! O nosso jeito de ser igreja pode ser diferente. Deus está nos dando mais uma oportunidade de voltarmos ao Novo Testamento. Vamos fazer isso juntos?

20 Referência Freitas, Fabrício De volta aos princípios: vivendo o jeito bíblico de ser igreja / Fabrício Freitas. 2. ed. Rio de Janeiro: Convicção, 2016.

DECLARAÇÃO DE FÉ. CONPLEI Conselho Nacional de Pastores e Líderes Evangélicos Indígenas

DECLARAÇÃO DE FÉ. CONPLEI Conselho Nacional de Pastores e Líderes Evangélicos Indígenas DECLARAÇÃO DE FÉ CONPLEI Conselho Nacional de Pastores e Líderes Evangélicos Indígenas DAI-AMTB Departamento de Assuntos Indígenas, Associação de Missões Transculturais Brasileiras Campo Grande, MS: 2016

Leia mais

Valores de uma Igreja RELACIONAL

Valores de uma Igreja RELACIONAL Valores de uma Igreja RELACIONAL O que já aprendemos... A Igreja deve valorizar e incentivar os relacionamentos Os que criam mantinham-se unidos e tinham tudo em comum... Da multidão dos que creram, uma

Leia mais

Jesus ensinou seus discípulos a servir

Jesus ensinou seus discípulos a servir Jesus ensinou seus discípulos a servir Mateus 20:25-28 Jesus os chamou e disse: Vocês sabem que os governantes das nações as dominam, e as pessoas importantes exercem poder sobre elas. Não será assim entre

Leia mais

Abraão Moisés Davi. Jesus

Abraão Moisés Davi. Jesus A natureza missionária da igreja Derivada da promessa de Deus de criar um Povo para Si dada para cada uma das três principais figuras : Abraão Moisés Davi Cumprida e exemplificada na pessoa de Jesus CTC

Leia mais

DOMINGO V 215 DOMINGO V DA PÁSCOA. LEITURA I Actos 6,1-7. «Escolheram sete homens cheios do Espírito Santo...»

DOMINGO V 215 DOMINGO V DA PÁSCOA. LEITURA I Actos 6,1-7. «Escolheram sete homens cheios do Espírito Santo...» DOMINGO V 215 DOMINGO V DA PÁSCOA LEITURA I Actos 6,1-7 «Escolheram sete homens cheios do Espírito Santo...» Leitura dos Actos dos Apóstolos Naqueles dias, aumentando o número dos discípulos, os helenistas

Leia mais

Também por nós foi crucificado

Também por nós foi crucificado Também por nós foi crucificado Uma morte diferente Conhecemos muitos factos importantes da vida de Jesus. Hoje vamos reflectir melhor no facto mais importante: a Sua Morte! Porque é assim tão importante

Leia mais

1. CHAMADOS COMO FILHOS DE DEUS PARA CUMPRIRMOS O PROPÓSITO

1. CHAMADOS COMO FILHOS DE DEUS PARA CUMPRIRMOS O PROPÓSITO AMPLIANDO A VISÃO ESPIRITUAL TEXTO: MATEUS Jo 15 1. CHAMADOS COMO FILHOS DE DEUS PARA CUMPRIRMOS O PROPÓSITO Imagine um pai que faz muitos investimentos na família, Ele é alguém muito interessado nos filhos.

Leia mais

CREMOS NA NECESSIDADE DO NOVO NASCIMENTO CURSO DE FORMAÇÃO DE LÍDERANÇA IGREJA EVANGÉLICA ASSEMBLEIA DE DEUS EM MOSSORÓ

CREMOS NA NECESSIDADE DO NOVO NASCIMENTO CURSO DE FORMAÇÃO DE LÍDERANÇA IGREJA EVANGÉLICA ASSEMBLEIA DE DEUS EM MOSSORÓ IGREJA EVANGÉLICA ASSEMBLEIA DE DEUS EM MOSSORÓ CREMOS NA NECESSIDADE DO NOVO CURSO DE FORMAÇÃO DE LÍDERANÇA NASCIMENTO Pb. Márcio Tarcísio Mendonça Ferreira 5º) NA NECESSIDADE ABSOLUTA DO PELA GRAÇA DE

Leia mais

A vontade de Deus agora é que esse mesmo Reino que entrou na sua vida alcance todos os homens.

A vontade de Deus agora é que esse mesmo Reino que entrou na sua vida alcance todos os homens. Lição 05 A VISÃO DA IGREJA Introdução Você já entrou no. Satanás e seu domínio foram derrotados pela morte e ressurreição de Jesus. Os seus pecados foram perdoados, pois você os confessou e o Senhor Jesus

Leia mais

NO PERDÃO DOS PECADOS

NO PERDÃO DOS PECADOS CREMOS IEADEM NO PERDÃO DOS PECADOS, NA SALVAÇÃO PRESENTE E PERFEITA E NA ETERNA JUSTIFICAÇÃO DA ALMA RECEBIDOS GRATUITAMENTE DE DEUS PELA FÉ NO SACRIFÍCIO EFETUADO POR JESUS CRISTO EM NOSSO FAVOR (AT

Leia mais

10 PALAVRAS ESSENCIAIS DE CRISTO PARA OS PASTORES. Por Robert W. Kellemen.

10 PALAVRAS ESSENCIAIS DE CRISTO PARA OS PASTORES. Por Robert W. Kellemen. 10 PALAVRAS ESSENCIAIS DE CRISTO PARA OS PASTORES Por Robert W. Kellemen. www.santoevangelho.com.br Quando eu faço aconselhamentos em igrejas locais, eu repetidamente ouço a preocupação de que nossa igreja

Leia mais

Lição 16. É um sábado. de descanso. para vós, e afligireis as. vossas almas; isto é. estatuto perpétuo

Lição 16. É um sábado. de descanso. para vós, e afligireis as. vossas almas; isto é. estatuto perpétuo Os Mistérios de Deus Estudo Bíblico Lição 16 É um sábado de descanso para vós, e afligireis as vossas almas; isto é estatuto perpétuo Levíticos 16:31 Esta publicação não é para ser vendida ou negociada

Leia mais

Tema: A importância da maturidade cristã EFÉSIOS PR. PAULO ALESSANDRO

Tema: A importância da maturidade cristã EFÉSIOS PR. PAULO ALESSANDRO Tema: A importância da maturidade cristã EFÉSIOS 4.12-16 PR. PAULO ALESSANDRO INTRODUÇÃO! Pr. Paulo Alessandro Mensagem passada: Refere-se ao texto trabalhado anteriormente! 4.7-12 Deus concedeu Graça,

Leia mais

O segredo além do segredo: uma questão missional

O segredo além do segredo: uma questão missional O segredo além do segredo: uma questão missional 1. A urgência da missão 2. O princípio da missão 3. Perigos da missão 4. A prática da missão 1. A urgência da missão Uma questão... Existencial Poder Investimento

Leia mais

Diaconia e a Cidade. jovens;

Diaconia e a Cidade. jovens; Diaconia e a Cidade (Pastor Carlos Alberto Radinz, UP de São Paulo) Auxílio para a preparação do encontro de jovens; A nossa Igreja, neste ano, escolheu como tema ViDas em Comunhão, tendo como motivação

Leia mais

Conferência Doutrinária, Pastoral e Teológica 20º Concílio Geral. Palavra do Bispo Roberto Alves de Souza Bispo da 4ª Região Eclesiástica

Conferência Doutrinária, Pastoral e Teológica 20º Concílio Geral. Palavra do Bispo Roberto Alves de Souza Bispo da 4ª Região Eclesiástica Conferência Doutrinária, Pastoral e Teológica 20º Concílio Geral Palavra do Bispo Roberto Alves de Souza Bispo da 4ª Região Eclesiástica julho de 2016 Teresópolis RJ Bispo Roberto: Bom dia Bispo Adonias

Leia mais

OS TRÊS OFÍCIOS DE CRISTO

OS TRÊS OFÍCIOS DE CRISTO VASOS DE OURO Antes crescei na graça e conhecimento de nosso Senhor e Salvador, Jesus Cristo. A ele seja dada a glória, assim agora, como no dia da eternidade. Amém. 2 Pe. 3:18 CRISTOLOGIA OS TRÊS OFÍCIOS

Leia mais

O QUE DEUS QUER DE MIM? 09 de Dezembro de 2011 Ministério Loucura da Pregação. "ELE te declarou, ó homem, o que é bom;

O QUE DEUS QUER DE MIM? 09 de Dezembro de 2011 Ministério Loucura da Pregação. ELE te declarou, ó homem, o que é bom; O QUE DEUS QUER DE MIM? 09 de Dezembro de 2011 Ministério Loucura da Pregação "ELE te declarou, ó homem, o que é bom; e que é o que o SENHOR requer de ti, 1 / 6 senão que pratiques a justiça, e ames a

Leia mais

O grande guia do mundo é o que está na moda e o seu deus é a respeitabilidade dois fantasmas de quem os homens valentes riem! Quantos de vocês olham

O grande guia do mundo é o que está na moda e o seu deus é a respeitabilidade dois fantasmas de quem os homens valentes riem! Quantos de vocês olham O grande guia do mundo é o que está na moda e o seu deus é a respeitabilidade dois fantasmas de quem os homens valentes riem! Quantos de vocês olham em volta na sociedade para saber o que fazer? Vocês

Leia mais

Assessoria de Educação. Pastor Joel Nascimento Congresso Renovação Ministerial Fev/2016 Avivamento Bíblico - Jaçanã

Assessoria de Educação. Pastor Joel Nascimento Congresso Renovação Ministerial Fev/2016 Avivamento Bíblico - Jaçanã Assessoria de Educação Pastor Joel Nascimento Congresso Renovação Ministerial Fev/2016 Avivamento Bíblico - Jaçanã Agenda O que é a EBD? Considerações sobre o Ensino Algumas recomendações para os professores

Leia mais

O que significa discipular? E disse-lhes: Vinde após mim, e eu vos farei pescadores de homens. (Mt 4:19)

O que significa discipular? E disse-lhes: Vinde após mim, e eu vos farei pescadores de homens. (Mt 4:19) O que significa discipular? E disse-lhes: Vinde após mim, e eu vos farei pescadores de homens. (Mt 4:19) OBJETIVO Conscientizar o aluno da Escola Bíblica sobre o significado de discipular, mostrando-lhe

Leia mais

Preparado por: Pr. Wellington Almeida LIÇÃO. O Evangelho. Mateus

Preparado por: Pr. Wellington Almeida LIÇÃO. O Evangelho. Mateus Preparado por: Pr. Wellington Almeida JERUSALÉM10 LIÇÃO JESUS EM O Evangelho Mateus de LIÇÃO - II TRI 2016 10 INTRODUÇÃO esboço Os títulos de cada dia foram ajustados a proposta de termos uma idéia essencial

Leia mais

Síntese do Novo Testamento (Curso de Formação Ministerial, 2014) Prof. Marco Aurélio Correa

Síntese do Novo Testamento (Curso de Formação Ministerial, 2014) Prof. Marco Aurélio Correa 1 Evangelho de João Este evangelho tem 21 capítulos. Evangelho do Filho de Deus / Divino. 1 - Autor: João, o apóstolo, ele foi o último dos apóstolos a morrer. 2 - Data: Alguns escritores acreditam que

Leia mais

DAVE Certo. Bem, temos dois erros opostos que podemos cair quando falamos de batalha espiritual. Um erro é ignorá-la. O outro é focar somente nela.

DAVE Certo. Bem, temos dois erros opostos que podemos cair quando falamos de batalha espiritual. Um erro é ignorá-la. O outro é focar somente nela. BATALHA ESPIRITUAL Mateus 6:13, Efésios 6:11, Romanos 8:37 Em nossos últimos encontros, estivemos falando sobre oração e sobre as duas áreas críticas o ser perdoado, e o perdoar outras pessoas. Agora,

Leia mais

DISCIPULADO DE BATISMO I.P. A MENSAGEM DA ULTIMA HORA

DISCIPULADO DE BATISMO I.P. A MENSAGEM DA ULTIMA HORA DISCIPULADO DE BATISMO I.P. A MENSAGEM DA ULTIMA HORA LIÇÃO N 01 Batismo nas Águas O batismo nas águas não é opcional: é um mandamento deixado por Jesus. Aquele que aceita Jesus como Senhor e Salvador

Leia mais

O Propósito de Deus na Igreja Local atual. Pr. Geraldo Batista

O Propósito de Deus na Igreja Local atual. Pr. Geraldo Batista O Propósito de Deus na Igreja Local atual Pr. Geraldo Batista Que darei ao Senhor por todos os seus benefícios para comigo? (Sl 116:12). Salmo133 e o SENHOR disse: Eis que o povo é um, e todos têm a mesma

Leia mais

ESCOLA BÍBLICA DOMINICAL

ESCOLA BÍBLICA DOMINICAL ESCOLA BÍBLICA DOMINICAL ESTUDO 7 satanás como acusador O mundo, a carne e o diabo Palavra Viva O mundo, a carne e o diabo SANTIFICAÇÃO Nossos três grandes inimigos: O M U N D O A C A R N E O D I A B O

Leia mais

UMA IGREJA SUBMISSA À PALAVRA DE DEUS

UMA IGREJA SUBMISSA À PALAVRA DE DEUS UMA IGREJA SUBMISSA À PALAVRA DE DEUS Introdução IBFé 33 anos. Uma igreja reconhecida pela seriedade com a Palavra de Deus. Um momento próprio para o autoexame de nossa postura diante da Palavra de Deus.

Leia mais

A REVELAÇÃO E A MISSÃO DE DEUS (MISSIO DEI)

A REVELAÇÃO E A MISSÃO DE DEUS (MISSIO DEI) A REVELAÇÃO E A MISSÃO DE DEUS (MISSIO DEI) Teologia Bíblica da Missão de Deus Paulo Adolfo O problema do mal O problema do mal Precisamos, minimamente, pincelar sobre o Problema do Mal (ou pelo menos

Leia mais

Venha, e veja... o desafio entre o que se fala e o que se faz

Venha, e veja... o desafio entre o que se fala e o que se faz Venha, e veja... o desafio entre o que se fala e o que se faz ... estava João (Batista) outra vez na companhia de dois dos seus discípulos e, vendo Jesus passar, disse: Eis o Cordeiro de Deus! Os dois

Leia mais

Quem somos e no que cremos?

Quem somos e no que cremos? Vivendo e compartindo o caminho de Jesús Quem somos e no que cremos? Igreja Evangélica Paseo de Extremadura 179 Tel: 91 813 67 05; 626 468 629 http://www.comuniondelagracia.es E-mail: iduespana@yahoo.es

Leia mais

IGREJA. Sua Natureza

IGREJA. Sua Natureza IGREJA Sua Natureza A igreja é a comunidade de todos os cristãos de todos os tempos. Wayne Grudem A igreja é o novo Israel de Deus que revela nesse tempo Sua glória Thiessen A igreja é a a assembléia dos

Leia mais

Qual é o Evangelho Completo?

Qual é o Evangelho Completo? Qual é o Evangelho Completo? "Evangelho" significa boa notícia! Cristo é a Boa Nova de Deus para o homem. Assim, Cristo é o Evangelho. O anúncio de Cristo plenamente com todas as Suas bênçãos é mensagem

Leia mais

A BELA HISTORIA DE JESUS DE NAZARÉ

A BELA HISTORIA DE JESUS DE NAZARÉ A BELA HISTORIA DE JESUS DE NAZARÉ AS PARABOLAS: A OVELHA PERDIDA Volume 14 Escola: Nome: Professor (a): Data: / / EU SOU O BOM PASTOR; O BOM PASTOR DÁ A SUA VIDA PELAS OVELHAS. 11 NUMERE AS OVELHINHAS

Leia mais

- Santificação - Uma Realidade ao Alcance de todos. Pr. Evanildo Ferreira da Silva

- Santificação - Uma Realidade ao Alcance de todos. Pr. Evanildo Ferreira da Silva - Santificação - Uma Realidade ao Alcance de todos I Pedro 1:14-16 Como filhos da obediência, não vos amoldeis às paixões que tínheis anteriormente na vossa ignorância; (I Pedro 1:14) pelo contrário, segundo

Leia mais

SOMOS VENCEDORES EM CRISTO JESUS. Quero usar a figura de um atleta - é alguém que sabe que tem um potencial pra vencer.

SOMOS VENCEDORES EM CRISTO JESUS. Quero usar a figura de um atleta - é alguém que sabe que tem um potencial pra vencer. SOMOS VENCEDORES EM CRISTO JESUS Quero usar a figura de um atleta - é alguém que sabe que tem um potencial pra vencer. Você sabia que no Reino de Deus todos nós somos atletas de Cristo? Paulo usa essa

Leia mais

EVANGELHO DO DIA E HOMILIA (LECTIO DIVINA) REFLEXÕES DE FREI CARLOS MESTERS,, O. CARM REFLEXÕES E ILUSTRAÇÕES DE PE. LUCAS DE PAULA ALMEIDA, CM

EVANGELHO DO DIA E HOMILIA (LECTIO DIVINA) REFLEXÕES DE FREI CARLOS MESTERS,, O. CARM REFLEXÕES E ILUSTRAÇÕES DE PE. LUCAS DE PAULA ALMEIDA, CM EVANGELHO DO DIA E HOMILIA (LECTIO DIVINA) REFLEXÕES DE FREI CARLOS MESTERS,, O. CARM REFLEXÕES E ILUSTRAÇÕES DE PE. LUCAS DE PAULA ALMEIDA, CM 1) Oração Sexta-feira da 18ª Semana do Tempo Comum Manifestai,

Leia mais

A Igreja. Ellen White

A Igreja. Ellen White A igreja é um instrumento apontado por Deus para a salvação de homens. Foi organizada para servir e sua missão é levar o evangelho ao mundo... Maravilhosa é a obra que o Senhor se propõe a realizar por

Leia mais

CANTOS DA PRIMEIRA EUCARISTIA - SANTA ROSA 2014

CANTOS DA PRIMEIRA EUCARISTIA - SANTA ROSA 2014 CANTOS DA PRIMEIRA EUCARISTIA - SANTA ROSA 2014 CANTO DE ENTRADA: E B7 Dentro de mim existe uma luz/ Que me mostra por onde deverei andar F#m B7 E Dentro de mim também mora Jesus/ que me ensina buscar

Leia mais

www.comunidadepedraviva.com.br TRILHO PEDRA VIVA

www.comunidadepedraviva.com.br TRILHO PEDRA VIVA TRILHO PEDRA VIVA ROTEIRO PARA PLANTAÇÃO DE VIDAS Um provérbio chinês nos lembra : se sua visão é para um ano, plante trigo; se sua visão é para uma década, plante árvores; se sua visão é para toda a vida,

Leia mais

Devocional. Céus Abertos Pastor Carlito Paes

Devocional. Céus Abertos Pastor Carlito Paes BÍBLIA Devocional Céus Abertos Pastor Carlito Paes 2 ROTEIRO BÍBLIA: ENTENDENDO A PALAVRA DE DEUS O que devo conhecer sobre a bíblia? Diversidade dos Autores Condições de alguns autores quando foram inspirados

Leia mais

BÊNÇÃOS DECORRENTES DO MINISTÉRIO PASTORAL

BÊNÇÃOS DECORRENTES DO MINISTÉRIO PASTORAL Lição nº 11 BÊNÇÃOS DECORRENTES DO MINISTÉRIO PASTORAL Pr. Roberto Monteiro Castro 14 DE JUNHO 2015 Texto Áureo Obedecei a vossos pastores, e sujeitai-vos a eles; porque velam por vossas almas, como aqueles

Leia mais

DOMINGO VI DA PÁSCOA

DOMINGO VI DA PÁSCOA 237 DOMINGO VI DA PÁSCOA LEITURA I Actos 10, 25-26.34-35.44-48 «O Espírito Santo difundia-se também sobre os pagãos» Leitura dos Actos dos Apóstolos Naqueles dias, Pedro chegou a casa de Cornélio. Este

Leia mais

ANIMAÇÃO BÍBLICA DA PASTORA: uma nova mentalidade

ANIMAÇÃO BÍBLICA DA PASTORA: uma nova mentalidade ANIMAÇÃO BÍBLICA DA PASTORA: uma nova mentalidade Tanto o Documento de Aparecida (248) como a Exortação Apostólica Verbum Domini (73) se referem à uma nova linguagem e a um novo passo na questão bíblica:

Leia mais

PROJETO MANÁ. Maná, cada dia, cada um, cada manhã, alimento para a vida.

PROJETO MANÁ. Maná, cada dia, cada um, cada manhã, alimento para a vida. PROJETO MANÁ Maná, cada dia, cada um, cada manhã, alimento para a vida. Faça com que esse propósito seja uma realidade em sua igreja! Dicas para a implantação com êxito do Projeto Maná em sua igreja: 1.

Leia mais

RELACIONAMENTO DISCIPULADOR

RELACIONAMENTO DISCIPULADOR RELACIONAMENTO DISCIPULADOR O QUE É DISCIPULO? Dicionário Aprendiz, aluno receptivo a ensinamentos, seguidor devotado e/ou disposto a dar prosseguimento ao trabalho (de seu mestre) DISCIPULOS DE QUEM?

Leia mais

1 Coríntios 15,4: E, se Cristo não ressuscitou, é vã a nossa pregação, e vã, a vossa fé.

1 Coríntios 15,4: E, se Cristo não ressuscitou, é vã a nossa pregação, e vã, a vossa fé. BREVE CATECISMO DE WESTMINSTER PERGUNTA 30 PERGUNTA 30: Como nos aplica o Espírito a redenção adquirida por Cristo? Resposta: O Espírito aplica-nos a redenção adquirida por Cristo pelo chamado eficaz,

Leia mais

MDA - Tadel. Treinamento Avançado de Líderes. Sidnei Souza [Digite o nome da empresa] 01/01/2015

MDA - Tadel. Treinamento Avançado de Líderes. Sidnei Souza [Digite o nome da empresa] 01/01/2015 2015 MDA - Tadel Treinamento Avançado de Líderes Sidnei Souza [Digite o nome da empresa] 01/01/2015 Lição 1 O Coração do Pastor Introdução Apesar dos milhares de líderes que respondem pelo título de Pastor

Leia mais

A capacitação de Deus.

A capacitação de Deus. A capacitação de Deus. Atos 17: 24 ao 28 O apostolo Paulo depois de ter feito uma peregrinação pela Grécia chegou a seguinte conclusão de que a idolatria tinha tomado de forma contundente a cultura daqueles

Leia mais

CREIO NA SANTA IGREJA CATÓLICA

CREIO NA SANTA IGREJA CATÓLICA CREIO NA SANTA IGREJA CATÓLICA 17-03-2012 Catequese com adultos 11-12 Chave de Bronze A Igreja no desígnio de Deus O que significa a palavra Igreja? Designa o povo que Deus convoca e reúne de todos os

Leia mais

SUMÁRIO. 1 Pressupostos bíblicos Escala de vitalidade Análise de vitalidade Diagnóstico Plano de ação...

SUMÁRIO. 1 Pressupostos bíblicos Escala de vitalidade Análise de vitalidade Diagnóstico Plano de ação... SUMÁRIO Agradecimentos...9 Apresentação...11 1 Pressupostos bíblicos... 17 2 Escala de vitalidade... 27 3 Análise de vitalidade... 39 4 Diagnóstico... 55 5 Plano de ação... 59 Considerações finais... 71

Leia mais

Romanos, Paulo diz qual a motivação que o levou a escrever a epístola à igreja em Roma. visando evangelizar o ocidente do Império Romano.

Romanos, Paulo diz qual a motivação que o levou a escrever a epístola à igreja em Roma. visando evangelizar o ocidente do Império Romano. O No capítulo 15 da carta aos Romanos, Paulo diz qual a motivação que o levou a escrever a epístola à igreja em Roma. O Paulo escreve a carta aos Romanos visando evangelizar o ocidente do Império Romano.

Leia mais

É TEMPO DE RESTAURAR. Efésios Pra. Deisy Costa

É TEMPO DE RESTAURAR. Efésios Pra. Deisy Costa É TEMPO DE RESTAURAR Efésios 5.1-16 Pra. Deisy Costa v.1 Portanto, sede imitadores de Deus, como filhos amados... Qual era a missão de Jesus na terra? I Timóteo 2:4 que, deseja que todos os homens sejam

Leia mais

EXAME UNIDADE 1: Maturidade Cristã

EXAME UNIDADE 1: Maturidade Cristã EXAME UNIDADE 1: Maturidade Cristã Nome: As seguintes afirmações ou são verdadeiras ou falsas. Indique com V ou F. 1. Um crente cresce em maturidade cristã mesmo que este não queira. 2. Deus tem um plano

Leia mais

1ª Leitura - Ml 3,1-4

1ª Leitura - Ml 3,1-4 1ª Leitura - Ml 3,1-4 O Senhor a quem buscais, virá ao seu Templo. Leitura da Profecia de Malaquias 3,1-4 Assim diz o Senhor: 1Eis que envio meu anjo, e ele há de preparar o caminho para mim; logo chegará

Leia mais

A Igreja que Cristo está Edificando. Pr. Evanildo Ferreira da Silva

A Igreja que Cristo está Edificando. Pr. Evanildo Ferreira da Silva A Igreja que Cristo está Edificando MATEUS 16:18 Também eu te digo que tu és Pedro, e sobre esta pedra edificarei a minha igreja, e as portas do inferno não prevalecerão contra ela. (MATEUS 16:18) A Igreja

Leia mais

MINISTÉRIO PESSOAL (1) TEXTO BASE 1PEDRO 4:10-11. Rev. Helio Sales Rios Igreja Presbiteriana do Jardim Brasil Estudo Bíblico Quartas-Feiras

MINISTÉRIO PESSOAL (1) TEXTO BASE 1PEDRO 4:10-11. Rev. Helio Sales Rios Igreja Presbiteriana do Jardim Brasil Estudo Bíblico Quartas-Feiras MINISTÉRIO PESSOAL (1) TEXTO BASE 1PEDRO 4:10-11 Rev. Helio Sales Rios Igreja Presbiteriana do Jardim Brasil Estudo Bíblico Quartas-Feiras INTRODUÇÃO O grande problema que a igreja enfrenta hoje, para

Leia mais

Carta de Princípios e Valores

Carta de Princípios e Valores Carta de Princípios e Valores CRER SER FAZER Nossa confissão de fé é de natureza reformada: Sola fide (somente a fé); Sola scriptura (somente a Escritura); Solus Christus (somente Cristo); Sola gratia

Leia mais

José Elias Gomes A ÚLTIMA UNÇÃO. 2ª Edição

José Elias Gomes A ÚLTIMA UNÇÃO. 2ª Edição A ÚLTIMA UNÇÃO 1 A ÚLTIMA UNÇÃO 2 José Elias Gomes A ÚLTIMA UNÇÃO 2ª Edição PerSe Volta Redonda, RJ Fevereiro 2013 3 A ÚLTIMA UNÇÃO Título A ÚLTIMA UNÇÃO Todos os direitos reservados; É proibida a reprodução

Leia mais

Lições do 3º Trimestre 2015

Lições do 3º Trimestre 2015 Ev. Jacson Austragésilo 05/07/2015 1 Lições do 3º Trimestre 2015 205/07/2015 Ev. Jacson Austragésilo 05/07/2015 3 405/07/2015 505/07/2015 Ev. Jacson Austragésilo 05/07/2015 6 Objetivo Geral 705/07/2015

Leia mais

P S A T S ORAL DA AC A OLHID OLHID

P S A T S ORAL DA AC A OLHID OLHID PASTORAL DA ACOLHIDA Paróquia Sagrada Família Itajubá 06 05 2012 PASTORAL DA ACOLHIDA Todos são de suma importância na comunidade paroquial A acolhida de vocês deve ser como a acolhida de Jesus que acolhe

Leia mais

Sexta-feira 1. Definições: 2. Salvação: Casamento é uma maquete de uma realidade maior 3. Santificação: 4. Perseverança:

Sexta-feira 1. Definições: 2. Salvação: Casamento é uma maquete de uma realidade maior 3. Santificação: 4. Perseverança: Sexta-feira 1. Definições: Casamento regido pela graça 2. Salvação: Casamento é uma maquete de uma realidade maior 3. Santificação: Casamento é um palco onde a transformação acontece 4. Perseverança: Casamento

Leia mais

Introdução: Cristão Hoje!?!?! Tomás Kempis (1380 à 1471):

Introdução: Cristão Hoje!?!?! Tomás Kempis (1380 à 1471): Introdução: Cristão Hoje!?!?! Projeção 55 milhões... União de Pastores Gays... Sonegação Impostos... Carteira identidade falsa... Co-inerência e vitalidade.. Introdução: Cristão Hoje!?!?! Tomás Kempis

Leia mais

Paróquia missionária comunidades de comunidades. Animada pela Palavra de Deus

Paróquia missionária comunidades de comunidades. Animada pela Palavra de Deus Paróquia missionária comunidades de comunidades Animada pela Palavra de Deus Renovação paroquial Toda paróquia é chamada a ser o espaço onde se recebe e se acolhe a Palavra (172). Sua própria renovação

Leia mais

O Que é Tipologia Bíblica?

O Que é Tipologia Bíblica? O Que é Tipologia Bíblica? Muitos pregadores tem se utilizado da tipologia bíblica nos cultos, para falar de Jesus Cristo, da Igreja e outras questões. O problema é que as pregações acabam sendo incompreendidas

Leia mais

Curso Bíblico. Lição 6. Autoridade e Submissão

Curso Bíblico. Lição 6. Autoridade e Submissão Curso Bíblico Lição 6 Se quisermos expressar nossa submissão ao Senhor, fazemos isso sendo submissos às pessoas que Ele colocou sobre nós. Lembre-se que submissão não é uma obediência obrigatória, mas

Leia mais

EVANGELHO DO DIA E HOMILIA (LECTIO DIVINA) REFLEXÕES DE FREI CARLOS MESTERS,, O. CARM REFLEXÕES E ILUSTRAÇÕES DE PE. LUCAS DE PAULA ALMEIDA, CM

EVANGELHO DO DIA E HOMILIA (LECTIO DIVINA) REFLEXÕES DE FREI CARLOS MESTERS,, O. CARM REFLEXÕES E ILUSTRAÇÕES DE PE. LUCAS DE PAULA ALMEIDA, CM EVANGELHO DO DIA E HOMILIA (LECTIO DIVINA) REFLEXÕES DE FREI CARLOS MESTERS,, O. CARM REFLEXÕES E ILUSTRAÇÕES DE PE. LUCAS DE PAULA ALMEIDA, CM Segunda-feira da 12ª Semana do Tempo Comum 1) Oração Senhor,

Leia mais

Nessa mensagem vamos tratar da Igreja única. É uma instituição decretada por Deus, a fim de representá-lo na terra.

Nessa mensagem vamos tratar da Igreja única. É uma instituição decretada por Deus, a fim de representá-lo na terra. Pr. Cantoca Carta 1 Pedro Cap 2.1-10 Sermão manhã IBFé 29Nov2015 Introdução: Nessa mensagem vamos tratar da Igreja única. É uma instituição decretada por Deus, a fim de representá-lo na terra. O Senhor

Leia mais

Deus tem um plano para cada um de nós, com propósitos bem definidos (Pv 16.4).

Deus tem um plano para cada um de nós, com propósitos bem definidos (Pv 16.4). Leitura: Romanos 12.1-8 Deus tem um plano para cada um de nós, com propósitos bem definidos (Pv 16.4). O plano é perfeito e inclui a salvação em Cristo (2 Ts 2.13) e a capacitação para lhe servirmos (2

Leia mais

DESENVOLVENDO MEMBROS MADUROS

DESENVOLVENDO MEMBROS MADUROS DESENVOLVENDO MEMBROS MADUROS Movendo Pessoas da Congregação para os Comprometidos para que não mais sejamos como meninos Mas, seguindo a verdade em amor, cresçamos em tudo naquele que é a cabeça, Cristo.

Leia mais

ASCENSÃO DO SENHOR. LEITURA I Actos 1, Leitura dos Actos dos Apóstolos. No meu primeiro livro, ó Teófilo,

ASCENSÃO DO SENHOR. LEITURA I Actos 1, Leitura dos Actos dos Apóstolos. No meu primeiro livro, ó Teófilo, ASCENSÃO DO SENHOR LEITURA I Actos 1, 1-11 Leitura dos Actos dos Apóstolos No meu primeiro livro, ó Teófilo, narrei todas as coisas que Jesus começou a fazer e a ensinar, até ao dia em que foi elevado

Leia mais

Por que e para que Jesus morreu na cruz? Evangelho de João

Por que e para que Jesus morreu na cruz? Evangelho de João Por que e para que Jesus morreu na cruz? Evangelho de João 3.16-17 INTRODUÇÃO Do texto lido, faço à igreja duas perguntas: Por quejesus morreu na cruz? Para que Jesus morreu na cruz? O por que e o para

Leia mais

NOSSA SENHORA APARECIDA

NOSSA SENHORA APARECIDA NOSSA SENHORA APARECIDA Denilson Aparecido Rossi Nossa Senhora Aparecida 1 REFLETINDO No corrente ano de 2017, estamos celebrando os 300 anos da aparição de Nossa Senhora Aparecida. Lembramos que essa

Leia mais

O Homem é capaz de Deus. Chave da semana

O Homem é capaz de Deus. Chave da semana O Homem é capaz de Deus Chave da semana Catequese com adultos 11-12 Chave de bronze 15-10-2011 DEUS VEM AO ENCONTRO DO HOMEM 22-10-2011 Catequese com adultos 11-12 Chave de Bronze Quem somos? Revelamo-nos

Leia mais

EVANGELHO DO DIA E HOMILIA

EVANGELHO DO DIA E HOMILIA EVANGELHO DO DIA E HOMILIA (LECTIO DIVINA) REFLEXÕES DE FREI CARLOS MESTERS, O.CARM REFLEXÕES E ILUSTRAÇÕES DE PE. LUCAS DE PAULA ALMEIDA, CM Terça-feira da 3ª Semana do Tempo Comum 1) Oração Ó Deus, sempre

Leia mais

I Ts. 5: PRECEITOS ou INSTRUÇÕES FINAIS

I Ts. 5: PRECEITOS ou INSTRUÇÕES FINAIS PRECEITOS ou INSTRUÇÕES FINAIS I Ts. 5:12-24 TESSALÔNICA: Capital da província romana da Macedônia. IGREJA DE TESSALÔNICA=>Carta escrita pelo Apóstolo Paulo para ANIMAR os cristãos de Tessalônica a continuarem

Leia mais

LINHA DE AÇÃO 1 - IGREJA QUE SAI PARA SERVIR Ícone Bíblico - A Parábola do Bom Samaritano (Lc 10,25-37):

LINHA DE AÇÃO 1 - IGREJA QUE SAI PARA SERVIR Ícone Bíblico - A Parábola do Bom Samaritano (Lc 10,25-37): LINHA DE AÇÃO 1 - IGREJA QUE SAI PARA SERVIR Ícone Bíblico - A Parábola do Bom Samaritano (Lc 10,25-37): Quem é o meu próximo? perguntou o Doutor da Lei a Jesus, que em seguida lhe contou a Parábola do

Leia mais

Leitura do Livro do Êxodo

Leitura do Livro do Êxodo 339 DOMINGO XXX LEITURA I Ex 22, 20-26 Leitura do Livro do Êxodo «Se fizerdes algum mal à viúva e ao órfão, inflamar-se-á a minha ira contra vós» Eis o que diz o Senhor: «Não prejudicarás o estrangeiro,

Leia mais

O Custo de Ser Discípulo

O Custo de Ser Discípulo A cada dia que passa, cresce em meu coração a certeza de que ser membro da Igreja do Senhor Jesus tem sido uma grande bênção em minha vida! - Ser Igreja mudou a minha história de vida. - Ser Igreja, é

Leia mais

TERMO DE COMPROMISSO 2011

TERMO DE COMPROMISSO 2011 TERMO DE COMPROMISSO 2011 Responsabilidades da PALAVRA DA VIDA 1. TREINAMENTOS Orientação inicial (Treinamento Básico) de aproximadamente 12 horas aos líderes da igreja local. Acompanhamento por meio de

Leia mais

Pensamento básico a) Origem no Antigo Testamento

Pensamento básico a) Origem no Antigo Testamento IGREJA Origem Pensamento básico a) Origem no Antigo Testamento - O Tabernáculo prefigura a Igreja; - O sistema sacrificial dá base para as relações e culto da Igreja; - O sacerdócio origina o ministério.

Leia mais

Plano de Pastoral da Arquidiocese de São Salvador da Bahia

Plano de Pastoral da Arquidiocese de São Salvador da Bahia Arquidiocese de São Salvador da Bahia Plano de Pastoral da Arquidiocese de São Salvador da Bahia 2015 2019 O Filho do Homem não veio para ser servido, mas para servir e dar a sua vida como resgate em favor

Leia mais

A boca do justo é fonte de vida (...) as palavras dos justos dão sustento a muitos (...). Provérbios 10: 11 e 21

A boca do justo é fonte de vida (...) as palavras dos justos dão sustento a muitos (...). Provérbios 10: 11 e 21 A boca do justo é fonte de vida (...) as palavras dos justos dão sustento a muitos (...). Provérbios 10: 11 e 21 Eu acredito fielmente no que Salomão afirma. Sim, há um poder quando exercermos o nosso

Leia mais

Desça da Arquibancada...

Desça da Arquibancada... Desça da Arquibancada... como Família! Desça da Arquibancada... Portanto, também nós, visto que temos a rodear-nos tão grande nuvem de testemunhas... corramos com perseverança a carreira que nos está proposta

Leia mais

Sejam bem-vindos a nossa série de mensagens baseada no Evangelho de Jesus, narrado pelo evangelista João.

Sejam bem-vindos a nossa série de mensagens baseada no Evangelho de Jesus, narrado pelo evangelista João. Série: Encontros com Jesus O ENCONTRO DE JESUS COM OS DISCÍPULOS (06/07) Sejam bem-vindos a nossa série de mensagens baseada no Evangelho de Jesus, narrado pelo evangelista João. Aqui no Evangelho original

Leia mais

Carta aos Filipenses. Carta aos Filipenses:

Carta aos Filipenses. Carta aos Filipenses: : Filipos: cidade na Macedônia que recebeu seu nome de Filipe II, pai de Alexandre o Grande, que a conquistou no 4 século a.c. Tornou-se colônia romana no 2 século a.c. A segunda das chamadas Cartas da

Leia mais

EVANGELHO DO DIA E HOMILIA (LECTIO DIVINA) REFLEXÕES DE FREI CARLOS MESTERS,, O. CARM REFLEXÕES E ILUSTRAÇÕES DE PE. LUCAS DE PAULA ALMEIDA, CM

EVANGELHO DO DIA E HOMILIA (LECTIO DIVINA) REFLEXÕES DE FREI CARLOS MESTERS,, O. CARM REFLEXÕES E ILUSTRAÇÕES DE PE. LUCAS DE PAULA ALMEIDA, CM EVANGELHO DO DIA E HOMILIA (LECTIO DIVINA) REFLEXÕES DE FREI CARLOS MESTERS,, O. CARM REFLEXÕES E ILUSTRAÇÕES DE PE. LUCAS DE PAULA ALMEIDA, CM Fes ta de São Barnabé 1) Oração Ó Deus, que designastes são

Leia mais

LIÇÃO 1 A LEI E A ALIANÇA Êxodo 19

LIÇÃO 1 A LEI E A ALIANÇA Êxodo 19 LIÇÃO 1 A LEI E A ALIANÇA Êxodo 19 1. Antes de entregar a lei, Deus já havia feito uma aliança com o povo. Em Êxodo 19.1-4, Deus lembra o povo do seu pacto, confirmado demonstrado em um fato. Qual é o

Leia mais

A Liturgia como comunicação do Amor de Deus

A Liturgia como comunicação do Amor de Deus A Liturgia como comunicação do Amor de Deus A Liturgia - O Que é a Liturgia - Quem se comunica pela Liturgia. Como comunicação do amor de Deus - Como se deu essa comunicação de Amor. - Como ela se realiza.

Leia mais

CURSO BÍBLICO A CRIAÇÃO E A QUEDA DO HOMEM

CURSO BÍBLICO A CRIAÇÃO E A QUEDA DO HOMEM 1 CURSO BÍBLICO Através deste Curso Bíblico você descobrirá, na Bíblia, o sentido e objetivo da existência da criação e do homem. Leia com atenção cada texto bíblico e responda as questões de acordo com

Leia mais

ENCONTRAMOS O SENHOR! VEM E VÊ!

ENCONTRAMOS O SENHOR! VEM E VÊ! ENCONTRAMOS O SENHOR! VEM E VÊ! CATEQUESE: PERSPECTIVA CRISTOLÓGICO-BÍBLICA 1 Viram o Senhor e conheceram coisas maravilhosas: que coisas são estas? A catequese visa ajudar outros a encontrarem o Senhor

Leia mais

A REPRODUÇÃO DO CARÁTER DE CRISTO

A REPRODUÇÃO DO CARÁTER DE CRISTO A REPRODUÇÃO DO CARÁTER DE CRISTO Meu primeiro discipulado na IBCU Edivaldo Fabio Welbe Fernando Definindo discipulado Discípulo é o aluno que aprende as palavras, os atos e o estilo de vida de seu mestre

Leia mais

O Jesus da Bíblia Ele não está mais na cruz 2014 de Jair Alves 1 Edição/ 2014 Todos os direitos reservados por: Jair Alves de Sousa

O Jesus da Bíblia Ele não está mais na cruz 2014 de Jair Alves 1 Edição/ 2014 Todos os direitos reservados por: Jair Alves de Sousa O Jesus da Bíblia Ele não está mais na cruz 2014 de Jair Alves 1 Edição/ 2014 Todos os direitos reservados por: Jair Alves de Sousa Nenhuma parte desta publicação poderá ser utilizada ou reproduzida -

Leia mais

POR QUE EVANGELIZAR? O amor de Deus A ordem de Jesus. O Dom do Espírito Santo. O clímax da história. A responsabilidade da Igreja.

POR QUE EVANGELIZAR? O amor de Deus A ordem de Jesus. O Dom do Espírito Santo. O clímax da história. A responsabilidade da Igreja. POR QUE EVANGELIZAR? Existem oito razões para incomodar as pessoas com a pregação do evangelho: 1. O amor de Deus. Evangelismo é um ato de amor (João 3:16, Mt. 5:45-44). 2. A ordem de Jesus. Evangelizar

Leia mais

www.picasa.com/girassol_984_1600x1200.jpg www.borda.org.br Baixe as aulas e mensagens! Átila da Silva 19 de outubro de 2013 19/10/2013 www.borda.org.br 4 atila@borda.org.br http://www.cbc.ca/news/business/smallbusiness/story/2011/09/27/f-smallbiz-big-numbers.html

Leia mais

Ano Litúrgico Ano C

Ano Litúrgico Ano C Ano Litúrgico 2009-2010 Ano C TEMPO DO ADVENTO 29/11 1º Domingo do Advento A redenção está próxima. Jeremias 33,14-16; Salmo 25(24); 1 Tessalonicenses 3,12-4,2; Lucas 21,25-28. 34-36 6/12 2º Domingo do

Leia mais

LIÇÃO 1 Por que liderança masculina? Atos 14.23; Tito 1.5-9

LIÇÃO 1 Por que liderança masculina? Atos 14.23; Tito 1.5-9 LIÇÃO 1 Por que liderança masculina? Atos 14.23; Tito 1.5-9 1. Considerando as grandes mudanças ocorridas na sociedade, como a igreja deve responder a elas à luz do ensino do NT? A resposta é se adequar

Leia mais

Treinamento de Instrutores Bíblicos. Princípios de Testemunho Pessoal

Treinamento de Instrutores Bíblicos. Princípios de Testemunho Pessoal North American Division Portuguese Ministry Treinamento de Instrutores Bíblicos Princípios de Testemunho Pessoal Princípios de Testemunho Pessoal CRESCIMENTO DA IGREJA NO NOVO TESTAMENTO - Atos 1:15 -

Leia mais

Festa da Vida - V Domingo Páscoa A

Festa da Vida - V Domingo Páscoa A Festa da Vida - V Domingo Páscoa A Admonição inicial Nós, os jovens do 8º ano, estamos hoje em festa. O nosso catecismo tem como titulo SOMOS + e serviu para crescermos na fé (o jovem deve mostrar o catecismo).

Leia mais

CONHECER A DEUS Texto. Jeremias 9. 23,24.

CONHECER A DEUS Texto. Jeremias 9. 23,24. CONHECER A DEUS Texto. Jeremias 9. 23,24. Durante os últimos 5 anos a nossa igreja foi regida pelo Projeto Centenário. Nossa visão e nossas ações foram delineadas por este plano. O slogan que nos moveu

Leia mais