PREFEITURA MUNICIPAL DE VILA VELHA Secretaria Municipal de Administração SEMAD Central de Compras DECISÃO

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "PREFEITURA MUNICIPAL DE VILA VELHA Secretaria Municipal de Administração SEMAD Central de Compras DECISÃO"

Transcrição

1 DECISÃO Trata-se de resposta à impugnação ao Edital PREGÃO ELETRÕNICO Nº 009/ Processo Licitatório nº 38142/2013, interposta pela empresa AGA LIMPEZA E CONSERVAÇÃO LTDA - EPP através do processo 04688/2014 encaminhado à Comissão de Licitação nº 03. DAS RAZÕES DE IMPUGNAÇÃO: A empresa AGA LIMPEZA E CONSERVAÇÃO LTDA EPP requer a alteração do Edital nº 009/2014 sob o argumento de que o certame traz consigo cláusulas que comprometem o caráter competitivo no que se refere aos itens da qualificação técnica. Argumenta ainda que o certame limita a participação apenas a um grupo seleto do seguimento de apenas 04 (quatro) empresas, em detrimento de inúmeras outras capacitadas. Alega também que o item 14, em especial os subitens e , do Edital nº 009/2014 contém algumas exigências e determinações que não só restringem o universo de possíveis competidores, como estão a comprometer a legalidade do certame, senão vejamos: Apresentação de no mínimo 01 (um) atestado de aptidão da empresa licitante para execução de serviços compatíveis com o objeto desta licitação em características, quantidades e prazo,que permitam o ajuizamento da capacidade de atendimento, fornecidos por pessoa jurídica de direito público ou privado, devidamente registrado no CRA Conselho Regional de Administração (atividade de limpeza predial e de reservatórios de água potável) Será exigida a comprovação de aptidão técnica para todo o escopo da prestação de serviços, a saber: a) Limpeza predial: A empresa deverá comprovar aptidão técnica de, no mínimo, 50% (cinquenta por cento) da quantidade total de Colaboradores, ou seja 230 Auxiliares de Serviços Gerais e 07 Encarregados;

2 b) Limpeza de Reservatórios de Água Potável (Caixa D água e Cisterna): A empresa deverá comprovar aptidão técnica de, no mínimo, 50% (cinquenta por cento) do quantitativo total de reservatórios de água potável, ou seja, 153 reservatórios de água potável. c) Desinsetização e desratização: A empresa deverá comprovar aptidão técnica pela execução destes serviços num período não inferior a 12 (doze) meses. Em síntese, esse é o principal tópico da impugnação interposta. A Impugnante afirma que a exigência quanto aos itens , e , possuem o condão de restringir, comprometer e frustrar o caráter competitivo do certame, trazendo à baila o rol as exigências de profissionais registrados no CREA e declaração de que a empresa providenciará no ato da assinatura do contrato certificado de participação da empresa no curso de Segurança em confronto com a prestação de serviços a ser contratada pela Administração Pública. Em análise das razões demonstradas na presente impugnação, a Secretaria Municipal de Comunicação apresentou a seguinte resposta: Diante dos questionamentos ao Pregão Eletrônico nº 014/2014 Sistema de Registro de Preços, em seus itens e , a Secretaria de Comunicação esclarece que, a Norma Regulamentadora 35 (em anexo), considera que trabalho em altura é toda atividade executada acima de 2,00 m (dois metros) do nível inferior, onde haja risco de queda. O lote IV refere-se à montagem de estrutura Q-30, com medição de 10 m x 3 m (dez metros por três metros). Logo pressupõem-se trabalho em altura. A mesma norma afirma faz-se necessário capacitação e treinamento para realização de trabalho em altura, conforme redações que seguem abaixo e em anexo: NR-35 TRABALHO EM ALTURA Objetivo e Campo de Aplicação

3 Esta Norma estabelece os requisitos mínimos e as medidas de proteção para o trabalho em altura, envolvendo o planejamento, a organização e a execução, de forma a garantir a segurança e a saúde dos trabalhadores envolvidos direta ou indiretamente com esta atividade Considera-se trabalho em altura toda atividade executada acima de 2,00 m (dois metros) do nível inferior, onde haja risco de queda Capacitação e Treinamento O empregador deve promover programa para capacitação dos trabalhadores à realização de trabalho em altura Considera-se trabalhador capacitado para trabalho em altura aquele que foi submetido e aprovado em treinamento, teórico e prático, com carga horária mínima de oito horas, cujo conteúdo programático deve, no mínimo, incluir: a) Normas e regulamentos aplicáveis ao trabalho em altura; b) Análise de Risco e condições impeditivas; c) Riscos potenciais inerentes ao trabalho em altura e medidas de prevenção e controle; d) Equipamentos de Proteção Individual para trabalho em altura: seleção, inspeção, conservação e limitação de uso; e) Acidentes típicos em trabalhos em altura; f) Condutas em situações de emergência, incluindo noções de técnicas de resgate e de primeiros socorros O empregador deve realizar treinamento periódico bienal e sempre que ocorrer quaisquer das seguintes situações: a) mudança nos procedimentos, condições ou operações de trabalho; b) evento que indique a necessidade de novo treinamento; c) retorno de afastamento ao trabalho por período superior a noventa dias; d) mudança de empresa.

4 O treinamento periódico bienal deve ter carga horária mínima de oito horas, conforme conteúdo programático definido pelo empregador Nos casos previstos nas alíneas a, b, c e d, a carga horária e o conteúdo programático devem atender a situação que o motivou Os treinamentos inicial, periódico e eventual para trabalho em altura podem ser ministrados em conjunto com outros treinamentos da empresa A capacitação deve ser realizada preferencialmente durante o horário normal de trabalho O tempo despendido na capacitação deve ser computado como tempo de trabalho efetivo O treinamento deve ser ministrado por instrutores com comprovada proficiência no assunto, sob a responsabilidade de profissional qualificado em segurança no trabalho Ao término do treinamento deve ser emitido certificado contendo o nome do trabalhador, conteúdo programático, carga horária, data, local de realização do treinamento, nome e qualificação dos instrutores e assinatura do responsável O certificado deve ser entregue ao trabalhador e uma cópia arquivada na empresa A capacitação deve ser consignada no registro do empregado Em relação ao item , o objetivo da medida é garantir segurança para o cidadão, uma vez que a montagem de Q- 30 será feita em locais que, frequentemente, apresentam grande aglomeração de pessoas. A Festa da Penha, por exemplo, recebe por dia mais de 1 milhão de pessoas. Uma estrutura de um evento deste porte tem que ser feita com total segurança para a população, inclusive esta é uma exigência do Corpo de Bombeiros. O órgão, frequentemente, exige a Anotação de Responsabilidade

5 Técnica, assinada por um engenheiro e avalizada pelo Conselho Regional de Engenharia, Arquitetura e Agronomia (CREA). Por isso, a Prefeitura quer ter a garantia de um profissional qualificado junto ao CREA de que o material está tecnicamente apropriado para ser colocado nos locais de eventos. Responsabilidade Vale ressaltar que mesmo o contrato prevendo a responsabilidade da contratada pela segurança e qualidade dos serviços, o fato não exime o município de consequências desastrosas junto à credibilidade da população em caso de acidentes, principalmente quando se referem a vidas humanas. O município também, de acordo com Supremo Tribunal Federal, pode ser responsabilizado por danos a terceiros, conforme decisão que segue abaixo: TJ-SC - Apelação Cível : AC SC ACIDENTE DE TRABALHO. DIREITO COMUM. RESPONSABILIDADE OBJETIVA DO MUNICÍPIO. PRECEDENTES DO STF. "O entendimento do Supremo Tribunal Federal é no sentido de que descabe ao intérprete fazer distinções quanto ao vocábulo"terceiro"contido no 6º do art. 37 da Constituição Federal, devendo o Estado responder pelos danos causados por seus agentes qualquer que seja a vítima, servidor público ou não. Precedente."No mesmo sentido, vejam-se os REs , da relatoria do ministro Março Aurélio; , da relatoria do ministro Ricardo Lewandowski; e , da relatoria do ministro Cezar Peluso"(RE n /SP, julgado em ). PRESSUPOSTOS. NEXO DE CAUSALIDADE ENTRE A CONDUTA OMISSIVA DO ENTE PÚBLICO, CONSISTENTE NO NÃO FORNECIMENTO DE EQUIPAMENTO DE SEGURANÇA, E O DANO SOFRIDO PELO SERVIDOR DEVIDAMENTE CARACTERIZADO. DISCUSSÃO A RESPEITO DA TEORIA DE RESPONSABILIDADE CIVIL APLICÁVEL À HIPÓTESE QUE SE TORNA INÓCUA, PORQUANTO IGUALMENTE COMPROVADA A CULPA DA MUNICIPALIDADE. OBRIGAÇÃO DE INDENIZAR DEVIDAMENTE CARACTERIZADA. Hipótese em que o

6 autor tem atingido o seu olho esquerdo por ferramenta, lesionando-o gravemente, tanto que resultou em perda da acuidade visual total do membro. Acervo probatório que demonstra a negligência da Administração, por não garantir aos servidores condições seguras de trabalho."com o advento da Carta Federal de 1988, mercê da norma insculpida em seu art. 7º, item XXVIII, a culpa do empregador para a ocorrência de sinistro laborativo, sem que importe o seu grau, acarreta-lhe o dever de prestar ao obreiro por si contratado indenização de acordo com as normas do direito comum, independentemente da cobertura acidentária. Aos empregadores, hodiernamente, impõe-se a obrigação de assegurar a seus empregados a mais completa segurança no trabalho que desenvolvem. Se assim não agem, descurando-se desse dever, permitindo que seus empregados prestem serviços arriscados, sem a menor garantia de segurança, são eles responsáveis perante o trabalhador e, no óbito deste, perante seus dependentes"(ap. Cív. n. n., Des. Trindade dos Santos). VERBAS INDENIZATÓRIAS. ARBITRAMENTO, EM MONTANTES DISTINTOS, DE INDENIZAÇÕES POR DANOS ESTÉTICOS E MORAIS. NÃO CABIMENTO, NO CASO. UNIFICAÇÃO QUE SE IMPÕE. QUANTUM INDENIZATÓRIO MANTIDO, PORQUANTO RAZOÁVEL E COMPATÍVEL COM A EXTENSÃO DO DANO E A CULPA DA ADMINISTRAÇÃO, CONSISTENTE NA AUSÊNCIA DE FORNECIMENTO DE EQUIPAMENTOS DE SEGURANÇA. CRITÉRIOS DE CORREÇÃO MONETÁRIA E JUROS DE MORA." Perda visual de obreiro, decorrente de acidente de trabalho causado por omissão de empregadora, afeta a integridade física de trabalhador, obrigando seu ofensor a reparar o dano moral " (Apelação Cível n., de Concórdia, rel. Des. Monteiro Rocha). Diante do exposto acima, opinamos por manter os requisitos exigidos na qualificação técnica. Em análise das razões demonstradas na presente impugnação, bem como posicionamento da Secretaria Municipal de Comunicação, apresentamos ainda as jurisprudências adotadas pelo Tribunal de Contas da União, in verbis: TCU:

7 Relata o Tribunal de Contas de São Paulo, in verbis: Análise: Conforme jurisprudência do TCU, do TSJ e do TRF 1ª. Região, a existência de registro em entidade de fiscalização profissional deve limitar-se ao conselho que fiscalize a atividade básica ou o serviço preponderante objeto da licitação (decisão TCU n 450/2001-PL, R O /MG TRF 1ª. Região, AC /MG TRF 1ª. Região, Resp n /SP STJ). Lo go, não cabe exigirnum edital de contratação de serviços de zeladoria, limpeza, conservação e dedetização inscrição no conselho regional de química, apesar de haver a utilização de produtos químicos. Ademais, também é irregular a exigência de comprovantes de pagamento de anuidade, ainda que tais valores tenhamj natureza tributária, pois não estão abrangidos pelo art. 30, inciso I, da Lei n 8.666/93. SÚMULA N 28 Em procedimento licitatório, é vedada a exigência de comprovação de quitação de anuidade junto a entiades de classe como condição de participação. Desta mesma forma citamos o art. 30, inciso I, da Lei n 8.666/93, in verbis: Art. 30. A documentação relativa à qualificação técnica limitar-se-á a: I - registro ou inscrição na entidade profissional competente; Em análise das razões demonstradas na presente impugnação, bem como posicionamentos jurisprudenciais adotados pelo Tribunal de Contas da União, Tribunal de Contas de São Paulo bem como art. 30, inciso I, da Lei n 8.666/93, decidimos por acolher parcialmente a presente impugnação, alterando somente o item , conforme nova redação abaixo: Comprovante de Registro em nome dos responsáveis técnicos, junto ao Conselho Regional de Engenharia, Arquitetura e Agronomia CREA: engenheiro elétrico e/ou técnico em eletrotécnica e engenheiro civil; aplica-se somente ao Lote IV.

8 Diante do exposto, julgamos parcialmente procedentes as razões apontadas na peça impugnatória. Vila Velha/ES, 07 de março de Fabiola Ferreira Pedrini Pregoeira PMVV 1. De acordo. 2. Julgo procedente a resposta formulada à presente Impugnação interposta pela empresa MAIS ESTRUTURA LOCAÇÃO DE TENDAS E BRINQUEDOS LTDA-ME. 3. Comunique-se à impugnante, bem como às demais interessadas no certame. Em: 07 de março de Rogério Augusto Mendes de Mattos Secretário Municipal de Administração

PREFEITURA MUNICIPAL DE VILA VELHA Secretaria Municipal de Administração SEMAD Central de Compras DECISÃO

PREFEITURA MUNICIPAL DE VILA VELHA Secretaria Municipal de Administração SEMAD Central de Compras DECISÃO DECISÃO Trata-se de resposta à impugnação ao Edital PREGÃO ELETRÕNICO Nº 014/2014 - Processo Licitatório nº 35055/2013, interposta pela empresa MAIS ESTRUTURA LOCAÇÃO DE TENDAS E BRINQUEDOS LTDA-ME através

Leia mais

NR 35 Trabalho em Altura

NR 35 Trabalho em Altura Professor Flávio Nunes NR 35 Trabalho em Altura CLT: Art.200 www.econcursando.com.br 1 35.1. Objetivo e Campo de Aplicação 35.1.1 Esta Norma estabelece os requisitos mínimos e as medidas de proteção para

Leia mais

Parecer Consultoria Tributária Segmentos Obrigatoriedade de capacitação e autorização para trabalhos em altura e com eletricidade

Parecer Consultoria Tributária Segmentos Obrigatoriedade de capacitação e autorização para trabalhos em altura e com eletricidade Obrigatoriedade de capacitação e autorização para trabalhos em altura e com eletricidade 08/05/2014 Sumário Título do documento 1. Questão... 3 2. Normas apresentadas pelo cliente... 3 3. Análise da Legislação...

Leia mais

NR-35 TRABALHO EM ALTURA

NR-35 TRABALHO EM ALTURA 35.1. Objetivo e Campo de Aplicação NR-35 TRABALHO EM ALTURA Publicação D.O.U. Portaria SIT n.º 313, de 23 de março de 2012 27/03/12 35.1.1 Esta Norma estabelece os requisitos mínimos e as medidas de proteção

Leia mais

Rotinas de Pessoal & Recursos Humanos www.sato.adm.br - sato@sato.adm.br - fone (11) 4742-6674

Rotinas de Pessoal & Recursos Humanos www.sato.adm.br - sato@sato.adm.br - fone (11) 4742-6674 Rotinas de Pessoal & Recursos Humanos www.sato.adm.br - sato@sato.adm.br - fone (11) 4742-6674 1987-2012 legislação consultoria assessoria informativos treinamento auditoria pesquisa qualidade Legislação

Leia mais

SERVIÇO DE APOIO ÀS MICRO E PEQUENAS EMPRESAS DO TOCANTINS EDITAL PREGÃO PRESENCIAL 008/2015 ASSUNTO:

SERVIÇO DE APOIO ÀS MICRO E PEQUENAS EMPRESAS DO TOCANTINS EDITAL PREGÃO PRESENCIAL 008/2015 ASSUNTO: SERVIÇO DE APOIO ÀS MICRO E PEQUENAS EMPRESAS DO TOCANTINS EDITAL PREGÃO PRESENCIAL 008/2015 ASSUNTO: Impugnação ao Edital oferecida pela empresa QATIVE TECNOLOGIA E EVENTOS LTDA. DECISÃO DA COMISSÃO PERMANENTE

Leia mais

APRESENTAÇÃO: JOSÉ VIEIRA CABRAL CPF: 031395948-01 ENCARREGADO DE OBRAS CIVIS: MESTRE DE OBRA CERTIFICADO Nº 118-01/0299-153.

APRESENTAÇÃO: JOSÉ VIEIRA CABRAL CPF: 031395948-01 ENCARREGADO DE OBRAS CIVIS: MESTRE DE OBRA CERTIFICADO Nº 118-01/0299-153. APRESENTAÇÃO: JOSÉ VIEIRA CABRAL CPF: 031395948-01 ENCARREGADO DE OBRAS CIVIS: MESTRE DE OBRA CERTIFICADO Nº 118-01/0299-153.092/00453-01-01 INSCRITO PELA A EMPRESA SINDOSCON SINDICATO DA INDÚSTRIA DE

Leia mais

NR-35 TRABALHO EM ALTURA

NR-35 TRABALHO EM ALTURA NORMA REGULAMENTADORA - NR 35 Trabalho em Altura 35.1. Objetivo e Campo de Aplicação 35.1.1 Esta Norma estabelece os requisitos mínimos e as medidas de proteção para o trabalho em altura, envolvendo o

Leia mais

MINISTÉRIO PÚBLICO DA UNIÃO AUDITORIA INTERNA SECRETARIA DE ORIENTAÇÃO E AVALIAÇÃO PARECER SEORI/AUDIN-MPU Nº 2.266/2014

MINISTÉRIO PÚBLICO DA UNIÃO AUDITORIA INTERNA SECRETARIA DE ORIENTAÇÃO E AVALIAÇÃO PARECER SEORI/AUDIN-MPU Nº 2.266/2014 MINISTÉRIO PÚBLICO DA UNIÃO AUDITORIA INTERNA SECRETARIA DE ORIENTAÇÃO E AVALIAÇÃO PARECER SEORI/AUDIN-MPU Nº 2.266/2014 Referência : Ofício nº 056/2014-AJC-PRT/8ª. Protocolo AUDIN-MPU 1306/2014. Assunto

Leia mais

IMPUGNAÇÃO AO INSTRUMENTO CONVOCATÓRIO

IMPUGNAÇÃO AO INSTRUMENTO CONVOCATÓRIO ILUSTRÍSSIMO SENHOR ABDIAS DA SILVA OLIVEIRA DESIGNADO PREGOEIRO PARA O PREGÃO ELETRÔNICO Nº 4/2015 DO MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO, INDÚSTRIA E COMÉRCIO EXTERIOR PREGÃO ELETRÔNICO: 4/2015 COQUEIRO &

Leia mais

3. Após análise das razões apresentadas pela impugnante, consignamos o seguinte:

3. Após análise das razões apresentadas pela impugnante, consignamos o seguinte: Decisão de Pregoeiro n /2009-SLC/ANEEL Em 03 de julho de 2009. Processo nº: 48500.007998/2008-24 Licitação: Pregão Eletrônico nº 08/2009 Assunto: Análise da IMPUGNAÇÃO AO EDITAL apresentada pela empresa

Leia mais

NR-35 TRABALHO EM ALTURA

NR-35 TRABALHO EM ALTURA 35.1. Objetivo e Campo de Aplicação NR-35 TRABALHO EM ALTURA Publicação D.O.U. Portaria SIT n.º 313, de 23 de março de 2012 27/03/12 Alterações/Atualizações D.O.U. Portaria MTE n.º 593, de 28 de abril

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MJ - DEPARTAMENTO DE POLÍCIA FEDERAL COORDENAÇÃO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO ANÁLISE DO PEDIDO DE IMPUGNAÇÃO

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MJ - DEPARTAMENTO DE POLÍCIA FEDERAL COORDENAÇÃO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO ANÁLISE DO PEDIDO DE IMPUGNAÇÃO SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MJ - DEPARTAMENTO DE POLÍCIA FEDERAL COORDENAÇÃO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO ANÁLISE DO PEDIDO DE IMPUGNAÇÃO Brasília DF, 03 de agosto de 2010. Ref.: Pregão Eletrônico nº 06/2010

Leia mais

NORMA REGULAMENTADORA Nº 35 - NR35 TRABALHO EM ALTURA

NORMA REGULAMENTADORA Nº 35 - NR35 TRABALHO EM ALTURA NORMA REGULAMENTADORA Nº 35 - NR35 TRABALHO EM ALTURA Obs: 1- A Portaria MTE 593/2014 entra em vigor na data de sua publicação(28.04.2014), com exceção dos itens 2.1, alínea "b", e 3.2 do Anexo I - Acesso

Leia mais

Ata de julgamento de Impugnação ao Pregão Eletrônico AA 37/2007

Ata de julgamento de Impugnação ao Pregão Eletrônico AA 37/2007 Ata de julgamento de Impugnação ao Pregão Eletrônico AA 37/2007 COMBRAS ENGENHARIA LTDA. apresentou Impugnação ao Edital do Pregão Eletrônico AA nº 37/2007, que tem por objeto a contratação de empresa

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE TEOFILÂNDIA ESTADO DA BAHIA

PREFEITURA MUNICIPAL DE TEOFILÂNDIA ESTADO DA BAHIA Processo n.º 170/2015 PREFEITURA MUNICIPAL DE TEOFILÂNDIA Referência: Pregão n.º 009/2015 Assunto: Impugnação aos Termos do Edital DECISÃO Trata-se de IMPUGNAÇÃO AO EDITAL interposta pela empresa PLUS

Leia mais

MINISTÉRIO DO TRABALHO E EMPREGO SECRETARIA DE INSPEÇÃO DO TRABALHO DEPARTAMENTO DE SEGURANÇA E SAÚDE NO TRABALHO

MINISTÉRIO DO TRABALHO E EMPREGO SECRETARIA DE INSPEÇÃO DO TRABALHO DEPARTAMENTO DE SEGURANÇA E SAÚDE NO TRABALHO MINISTÉRIO DO TRABALHO E EMPREGO SECRETARIA DE INSPEÇÃO DO TRABALHO DEPARTAMENTO DE SEGURANÇA E SAÚDE NO TRABALHO Trata-se de proposta de texto para criação de Norma Regulamentadora sobre Trabalho em Altura

Leia mais

Qualificação técnica. A documentação relativa à qualificação técnica limita-se a:

Qualificação técnica. A documentação relativa à qualificação técnica limita-se a: Observe, quando da contratação de empresas para realização de obras e/ou prestação de serviços, o disposto na Lei 8.212/91, que determina a exigência da Certidão Negativa de Débito da empresa na contratação

Leia mais

RESPOSTA À IMPUGNAÇÃO

RESPOSTA À IMPUGNAÇÃO Processo n.º: 08008.000216/2014-11 Interessado: COSEG Assunto: Resposta à Impugnação do Sindicato das Empresas de Asseio, Conservação, Trabalho Temporário e Serviços Terceirizáveis do DF SEAC/DF, ao Pregão

Leia mais

PARECER JURÍDICO N 110/2014 - ASJUR

PARECER JURÍDICO N 110/2014 - ASJUR PROCESSO(S) N(S)º : 56356509/2014 e 57368845/2014 INTERESSADO : L. D. Equipamentos Profissionais Ltda. ASSUNTO : Impugnação Pregão Presencial n 019/2014 PARECER JURÍDICO N 110/2014 - ASJUR Os autos aportaram

Leia mais

Especificações Técnicas

Especificações Técnicas ANEXO IV Referente ao Edital de Pregão nº. 010/2015 Especificações Técnicas 1. OBJETIVO 1.1. A presente licitação tem como objeto a prestação de serviços para realização de cursos para os colaboradores

Leia mais

ESTADO DA PARAÍBA TRIBUNAL DE JUSTIÇA Gabinete do Des. José Di Lorenzo Serpa

ESTADO DA PARAÍBA TRIBUNAL DE JUSTIÇA Gabinete do Des. José Di Lorenzo Serpa e ESTADO DA PARAÍBA TRIBUNAL DE JUSTIÇA Gabinete do Des. José Di Lorenzo Serpa ACÓRDÃO AGRAVO INTERNO N 009.2008.001331-5/001. Relator: Dr. Aluízio Bezerra Filho, Juiz de Direito Convocado em substituição

Leia mais

ATA DE JULGAMENTO DE IMPUGNAÇÃO AO EDITAL DO PREGÃO ELETRÔNICO AA Nº 36/2012

ATA DE JULGAMENTO DE IMPUGNAÇÃO AO EDITAL DO PREGÃO ELETRÔNICO AA Nº 36/2012 ATA DE JULGAMENTO DE IMPUGNAÇÃO AO EDITAL DO PREGÃO ELETRÔNICO AA Nº 36/2012 Aos 4 dias do mês de outubro de 2012, reuniram-se o Pregoeiro e os integrantes da Equipe de Apoio para análise e julgamento

Leia mais

Decisão de Pregoeiro n /2009-SLC/ANEEL. Em 03 de julho de 2009.

Decisão de Pregoeiro n /2009-SLC/ANEEL. Em 03 de julho de 2009. Decisão de Pregoeiro n /2009-SLC/ANEEL Em 03 de julho de 2009. Processo nº: 48500.007998/2008-24 Licitação: Pregão Eletrônico nº 08/2009 Assunto: Análise da IMPUGNAÇÃO AO EDITAL apresentada pela empresa

Leia mais

CENTRAIS ELÉTRICAS DE RONDÔNIA S/A COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÃO. Recorrente: SELL COMÉRCIO SERVIÇOS E CONSTRUÇÕES LTDA.

CENTRAIS ELÉTRICAS DE RONDÔNIA S/A COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÃO. Recorrente: SELL COMÉRCIO SERVIÇOS E CONSTRUÇÕES LTDA. Processo: CONVITE N.º 007/2008 Assunto: JULGAMENTO RECURSO ADMINISTRATIVO Recorrente: SELL COMÉRCIO SERVIÇOS E CONSTRUÇÕES LTDA. A Comissão Permanente de Licitação - CPL da Centrais Elétricas de Rondônia

Leia mais

Qualificação e capacitação dos trabalhadores em Segurança do Trabalho na Indústria da Construção. 17 de agosto de 2012

Qualificação e capacitação dos trabalhadores em Segurança do Trabalho na Indústria da Construção. 17 de agosto de 2012 Qualificação e capacitação dos trabalhadores em Segurança do Trabalho na Indústria da Construção 17 de agosto de 2012 Capacitação Habilitação O que é previsto nas normas e requisitos de segurança no trabalho

Leia mais

CENTRAIS ELÉTRICAS DE RONDÔNIA S.A. - CERON

CENTRAIS ELÉTRICAS DE RONDÔNIA S.A. - CERON Processo: PREGÃO ELETRÔNICO N.º 060/2008 Objeto: Contratação de Empresa Especializada para a Prestação de Serviços de Comunicação de Dados/Voz/lmagens, serviços que englobam a conservação da Intranet baseada

Leia mais

ACÓRDÃO. Rio de Janeiro, 05 de outubro de 2010. Desembargador ROBERTO FELINTO Relator

ACÓRDÃO. Rio de Janeiro, 05 de outubro de 2010. Desembargador ROBERTO FELINTO Relator DÉCIMA OITAVA CÂMARA CÍVEL Apelação Cível nº 0355516-46.2008.8.19.0001 Apelante 1 : AZZURRA PARIS VEÍCULOS LTDA. Apelante 2 : SUL AMÉRICA COMPANHIA NACIONAL DE SEGUROS Apelados 1 : OS MESMOS Apelado 2

Leia mais

INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA

INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA AO DD. Pregoeiro Hamilton Vasconcelos Gadelha INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO AMAZONAS Pregão Eletrônico nº 30/2011 FOCCUS ADMINISTRADORA DE SERVIÇOS LTDA, pessoa jurídica de direito

Leia mais

SECRETARIA DE ADMINISTRAÇÃO COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÃO

SECRETARIA DE ADMINISTRAÇÃO COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÃO Referência: Processo n.º 0.00.002.001198/2014-32 Edital do Pregão Eletrônico nº 43/2014 Contratação de serviços técnicos continuados de operação do sistema de automação, remanejamento e instalação de equipamentos

Leia mais

OFÍCIO N. 46/2013 - TERMO DE REMESSA DOS PRESENTES AUTOS COM RELATÓRIO AO GABINETE DA PREFEITA DO MUNICÍPIO DE JEQUIÉ- BAHIA

OFÍCIO N. 46/2013 - TERMO DE REMESSA DOS PRESENTES AUTOS COM RELATÓRIO AO GABINETE DA PREFEITA DO MUNICÍPIO DE JEQUIÉ- BAHIA Jequié-Bahia, 13 de maio de 2013. OFÍCIO N. 46/2013 - TERMO DE REMESSA DOS PRESENTES AUTOS COM RELATÓRIO AO GABINETE DA PREFEITA DO MUNICÍPIO DE JEQUIÉ- BAHIA EXMA. SRA. DRA. TÂNIA DINIZ CORREIA LEITE

Leia mais

ATA DE JULGAMENTO DE IMPUGNAÇÃO AO EDITAL DO PREGÃO ELETRÔNICO AA Nº 27/2011

ATA DE JULGAMENTO DE IMPUGNAÇÃO AO EDITAL DO PREGÃO ELETRÔNICO AA Nº 27/2011 ATA DE JULGAMENTO DE IMPUGNAÇÃO AO EDITAL DO PREGÃO ELETRÔNICO AA Nº 27/2011 Aos treze dias do mês de julho de 2011, reuniram-se a Pregoeira e os membros integrantes da Equipe de Apoio para análise e julgamento

Leia mais

A Empresa SPRINK SEGURANÇA CONTRA INCÊNDIO LTDA. interpõe tempestivamente impugnação ao Edital de Pregão supra referenciado pelos motivos a seguir:

A Empresa SPRINK SEGURANÇA CONTRA INCÊNDIO LTDA. interpõe tempestivamente impugnação ao Edital de Pregão supra referenciado pelos motivos a seguir: PROCURADORIA-GERAL DA REPÚBLICA SECRETARIA DE ADMINISTRAÇÃO Referência: Pregão nº 17/2009 Processo: 1.00.000.000102/2009-16, Fase: Impugnação de Edital A Empresa SPRINK SEGURANÇA CONTRA INCÊNDIO LTDA.

Leia mais

Conforme previsto no item VIII do edital de Pregão nº 44/2009, apresentamos nosso pedido de esclarecimentos sobre a licitação, conforme segue:

Conforme previsto no item VIII do edital de Pregão nº 44/2009, apresentamos nosso pedido de esclarecimentos sobre a licitação, conforme segue: Quanto aos questionamentos apresentados pela empresa LORENO, passamos a responder o seguinte: Conforme previsto no item VIII do edital de Pregão nº 44/2009, apresentamos nosso pedido de esclarecimentos

Leia mais

SANÇÕES ADMINISTRATIVAS E RESCISÕES CONTRATUAIS

SANÇÕES ADMINISTRATIVAS E RESCISÕES CONTRATUAIS (41) 3087-6666 www.licidata.com.br SANÇÕES ADMINISTRATIVAS E RESCISÕES CONTRATUAIS PENALIDADES, PROCEDIMENTOS E ASPECTOS POLÊMICOS 11 e 12 de Dezembro de 2014 - Vitória - ES Apresentação: As hipóteses

Leia mais

Informação nº 095/2014 Porto Alegre, 28 de julho de 2014.

Informação nº 095/2014 Porto Alegre, 28 de julho de 2014. Informação nº 095/2014 Porto Alegre, 28 de julho de 2014. Ref.: Pregão Eletrônico 36/2014 Processo nº 1632-0900/14-9 - Julgamento do Recurso Administrativo interposto por Intellisistemas Sistemas de Automação

Leia mais

FUNDAÇÃO DE AMPARO À PESQUISA DO ESTADO DE SÃO PAULO. Contratação de Empresa Especializada na Prestação de Serviços de Limpeza na Sede da FAPESP

FUNDAÇÃO DE AMPARO À PESQUISA DO ESTADO DE SÃO PAULO. Contratação de Empresa Especializada na Prestação de Serviços de Limpeza na Sede da FAPESP 1 Processo: A 06/018 Interessado: Assunto: Gerência Administrativa Contratação de Empresa Especializada na Prestação de Serviços de Limpeza na Sede da FAPESP Referência: Impugnação ao Edital do Pregão

Leia mais

MINISTÉRIO PÚBLICO FEDERAL PROCURADORIA DA REPÚBLICA NO ESTADO DO RIO DE JANEIRO

MINISTÉRIO PÚBLICO FEDERAL PROCURADORIA DA REPÚBLICA NO ESTADO DO RIO DE JANEIRO 15 de F E REP ÚB LIC A D ER ATIV A DOB R A SI L Nove mbro de 1889 MINISTÉRIO PÚBLICO FEDERAL PROCURADORIA DA REPÚBLICA NO ESTADO DO RIO DE JANEIRO Processo n.º 1.30.001.001312/2005-59 Referência: Pregão

Leia mais

MINISTÉRIO DO PLANEJAMENTO, ORÇAMENTO E GESTÃO Secretaria de Planejamento e Investimentos Estratégicos - SPI Central de Compras e Contratações - CCC

MINISTÉRIO DO PLANEJAMENTO, ORÇAMENTO E GESTÃO Secretaria de Planejamento e Investimentos Estratégicos - SPI Central de Compras e Contratações - CCC MINISTÉRIO DO PLANEJAMENTO, ORÇAMENTO E GESTÃO Secretaria de Planejamento e Investimentos Estratégicos - SPI Central de Compras e Contratações - CCC RESPOSTA À IMPUGNAÇÃO" DA EMPRESA LIGGO INFORMÁTICA

Leia mais

Tribunal Regional Eleitoral de São Paulo

Tribunal Regional Eleitoral de São Paulo Processo Administrativo Digital 1 n. 5.414/2014 Assunto: Pregão Eletrônico Federal n. 15/2015, referente ao registro de preços para contratação de serviços de manutenção de extintores de incêndio. Impugnante:

Leia mais

Julgamento de Recurso Administrativo

Julgamento de Recurso Administrativo Julgamento de Recurso Administrativo Tomada de Preço nº.: 001/2014 Recorrente: G.M. ENGENHARIA CONSTRUÇÕES E COMÉRCIO LTDA 1. Trata-se, em síntese, de recurso administrativo interposto pela sociedade empresária

Leia mais

Superior Tribunal de Justiça

Superior Tribunal de Justiça RECURSO ESPECIAL Nº 963.454 - SC (2007/0143805-5) RELATOR RECORRENTE ADVOGADOS RECORRIDO PROCURADOR INTERES. : MINISTRO PAULO DE TARSO SANSEVERINO : LIBERTY PAULISTA SEGUROS S/A : SÉRGIO ALEXANDRE SODRÉ

Leia mais

M I N I S T É R I O P Ú B L I C O

M I N I S T É R I O P Ú B L I C O MANIFESTAÇÃO DE RECURSO ADMINISTRATIVO PREGÃO ELETRÔNICO Nº 075/2012-MP/PA PREGOEIRA: ANDRÉA MARA CICCIO EMPRESA RECORRENTE: PREMIUM SERVICE LTDA CONTRARRAZÕES: TREVO COMERCIO E SERVICO LTDA - ME OBJETO:

Leia mais

EDITAL DE SELEÇÃO DE PROJETOS PARA O PROGRAMA SERVIDOR MULTIPLICADOR EDITAL EGP Nº 002/2015

EDITAL DE SELEÇÃO DE PROJETOS PARA O PROGRAMA SERVIDOR MULTIPLICADOR EDITAL EGP Nº 002/2015 EDITAL DE SELEÇÃO DE PROJETOS PARA O PROGRAMA SERVIDOR MULTIPLICADOR EDITAL EGP Nº 002/2015 A Secretaria Municipal de Administração e Recursos Humanos, por meio da Escola de Gestão Pública de Palmas, torna

Leia mais

TUXON SOLUÇÕES EM TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO LTDA ME

TUXON SOLUÇÕES EM TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO LTDA ME ILUSTRÍSSIMO SENHOR PREGOEIRO MARCOS RODRIGO LIMA DO NASCIMENTO GOMES DO PREGÃO ELETRÔNICO Nº 04/2015 DO MINISTÉRIO DO PLANEJAMENTO, ORÇAMENTO E GESTÃO PREGÃO ELETRÔNICO Nº 04/2014 TUXON SOLUÇÕES EM TECNOLOGIA

Leia mais

INSTRUÇÃO DE TRABALHO

INSTRUÇÃO DE TRABALHO PÁG. 1/11 1. OBJETIVO Sistematizar os procedimentos de execução de trabalho em altura acima de 2,00 m (dois metros) do nível inferior, onde haja risco de queda. 2. ÁREA DE ABRANGÊNCIA Esta instrução de

Leia mais

IMPUGNAÇÃO AO EDITAL. Ilmº Senhor HENRIQUE MARTINS FARIAS Gerente de Administração Conselho de Arquitetura e Urbanismo do Brasil CAU/BR

IMPUGNAÇÃO AO EDITAL. Ilmº Senhor HENRIQUE MARTINS FARIAS Gerente de Administração Conselho de Arquitetura e Urbanismo do Brasil CAU/BR Ilmº Senhor HENRIQUE MARTINS FARIAS Gerente de Administração Conselho de Arquitetura e Urbanismo do Brasil CAU/BR REF.: Pregão Eletrônico nº 019/2015 A empresa Cabral Consultoria em Recursos Humanos Ltda,

Leia mais

Decisão de Pregoeiro n 0039/2009-SLC/ANEEL. Em 4 de setembro de 2009.

Decisão de Pregoeiro n 0039/2009-SLC/ANEEL. Em 4 de setembro de 2009. Decisão de Pregoeiro n 0039/2009-SLC/ANEEL Em 4 de setembro de 2009. Processo nº: 48500.000496/2009-53 Licitação: Pregão Eletrônico nº 49/2009 Assunto: Análise do recurso interposto pela Ductbusters Engenharia

Leia mais

a) garantir a efetiva implementação das medidas de proteção estabelecidas nesta Norma;

a) garantir a efetiva implementação das medidas de proteção estabelecidas nesta Norma; TRABALHO EM ALTURA 36.1 Objetivo e Campo de Aplicação 36.1 Objetivo e Definição 36.1.1 Esta Norma tem como objetivo estabelecer os requisitos mínimos e as medidas de proteção para o trabalho em altura,

Leia mais

Entidade: Órgão de Origem: Estado Maior das Forças Armadas - EMFA (extinto)

Entidade: Órgão de Origem: Estado Maior das Forças Armadas - EMFA (extinto) Tribunal de Contas da União Número do documento: DC-0450-28/01-P Identidade do documento: Decisão 450/2001 - Plenário Ementa: Representação formulada por licitante. Possíveis irregularidades praticadas

Leia mais

11/12/2011 MINISTÉRIO DO TRABALHO E EMPREGO. 08/12/2011 São Paulo

11/12/2011 MINISTÉRIO DO TRABALHO E EMPREGO. 08/12/2011 São Paulo MINISTÉRIO DO TRABALHO E EMPREGO 08/12/2011 São Paulo 1 CAUSAS DE ACIDENTES GRAVES E FATAIS Queda é a uma das principais p causas acidentes fatais no Brasil eno mundo. de Início da queda Fases de uma queda

Leia mais

DECISÃO SOBRE A IMPUGNAÇÃO AO EDITAL DO PREGÃO ELETRÔNICO Nº 019/2015-EMAP, APRESENTADA PELA EMPRESA HAPVIDA ASSISTÊNCIA MÉDICA LTDA.

DECISÃO SOBRE A IMPUGNAÇÃO AO EDITAL DO PREGÃO ELETRÔNICO Nº 019/2015-EMAP, APRESENTADA PELA EMPRESA HAPVIDA ASSISTÊNCIA MÉDICA LTDA. DECISÃO SOBRE A IMPUGNAÇÃO AO EDITAL DO PREGÃO ELETRÔNICO Nº 019/2015-EMAP, APRESENTADA PELA EMPRESA HAPVIDA ASSISTÊNCIA MÉDICA LTDA. Impugnação: Trata-se de Impugnação a itens do Termo de Referência e

Leia mais

Tribunal Regional Eleitoral de Santa Catarina

Tribunal Regional Eleitoral de Santa Catarina Fl. Tribunal Regional Eleitoral de Santa Catarina PREGÃO N. 86/2011 PROTOCOLO N. 53.405/2011 ASSUNTO: Contratação de empresa especializada para execução dos serviços de desinsetização e desratização dos

Leia mais

TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DA PARAÍBA GAB. DES. ROMERO MARCELO DA FONSECA OLIVEIRA

TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DA PARAÍBA GAB. DES. ROMERO MARCELO DA FONSECA OLIVEIRA ACÓRDÃO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DA PARAÍBA GAB. DES. ROMERO MARCELO DA FONSECA OLIVEIRA APELAÇÃO CÍVEL N. 001.2005.033850-6/001 - r Vara Cível da Comarca de Campina Grande -PB. RELATOR 1 APELANTE

Leia mais

JULGAMENTO DE RECURSOS

JULGAMENTO DE RECURSOS JULGAMENTO DE RECURSOS PROCESSO ADMINISTRATIVO Nº 138/2014 EDITAL: TOMADA DE PREÇOS Nº 002/2014 OBJETO: CONSTRUÇÃO DE UNIDADE ESCOLAR COM 6(SEIS) SALAS DE AULA NO MUNICÍPIO DE UBATÃ-BA Recorrentes: STC

Leia mais

TURMA RECURSAL ÚNICA J. S. Fagundes Cunha Presidente Relator

TURMA RECURSAL ÚNICA J. S. Fagundes Cunha Presidente Relator RECURSO INOMINADO Nº 2006.3281-7/0, DO JUIZADO ESPECIAL CÍVEL DA COMARCA DE FAZENDA RIO GRANDE RECORRENTE...: EDITORA ABRIL S/A RECORRIDO...: RAFAELA GHELLERE DAL FORNO RELATOR...: J. S. FAGUNDES CUNHA

Leia mais

O QUE É A NR 35? E-Book

O QUE É A NR 35? E-Book Nós da DPS Consultoria e Assessoria em Segurança do Trabalho, queremos inicialmente manifestar nossa satisfação pelo seu interesse em nosso E-book. Nossa meta é proporcionar a você um material para auxiliar

Leia mais

ILUSTRÍSSIMO SENHOR PREGOEIRO DO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 18ª REGIÃO

ILUSTRÍSSIMO SENHOR PREGOEIRO DO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 18ª REGIÃO ILUSTRÍSSIMO SENHOR PREGOEIRO DO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 18ª REGIÃO Ref.: Pregão Eletrônico N 096/2015 A PORTAL TURISMO E SERVIÇOS LTDA EPP, pessoa jurídica de direito privado, inscrita no CNPJ

Leia mais

D E C I S Ã O. Contra-razões ofertadas as fls. 176/184 em total prestígio a. sentença.

D E C I S Ã O. Contra-razões ofertadas as fls. 176/184 em total prestígio a. sentença. TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO DÉCIMA QUARTA CÂMARA CÍVEL APELAÇÃO CÍVEL Nº 0168239-18.2007.8.19.0001 APELANTE: BRADESCO VIDA E PREVIDÊNCIA S/A APELADO: CATIA MARIA DA SILVA COUTO RELATOR:

Leia mais

TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO DÉCIMA NONA CÂMARA CÍVEL

TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO DÉCIMA NONA CÂMARA CÍVEL TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO DÉCIMA NONA CÂMARA CÍVEL APELAÇÃO CÍVEL Nº 0014455-71.2010.8.19.0209 APELANTE 1: UNIMED RIO COOPERATIVA DE TRABALHO MÉDICO DO RIO DE JANEIRO LTDA. APELANTE

Leia mais

EXMO SENHOR PREGOEIRO DA COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÃO DO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO AMAZONAS

EXMO SENHOR PREGOEIRO DA COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÃO DO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO AMAZONAS 1 EXMO SENHOR PREGOEIRO DA COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÃO DO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO AMAZONAS PREGÃO ELETRÔNICO Nº. 30/2011 PROCESSO Nº. 23042.000448/2011-01 M. DO ESPIRITO

Leia mais

TRIBUNAL DE CONTAS DO ESTADO DE RORAIMA COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÃO

TRIBUNAL DE CONTAS DO ESTADO DE RORAIMA COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÃO TRIBUNAL DE CONTAS DO ESTADO DE RORAIMA COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÃO Assunto: Interposição de recurso administrativo impetrado pela empresa MENDONÇA & CIA LTDA, CNPJ 05.624.684/0001-16, situada a Av.

Leia mais

PROCESSO ADMINISTRATIVO (NUP) Nº 64592.000304/2011-06 PREGÃO ELETRÔNICO N 016/2011

PROCESSO ADMINISTRATIVO (NUP) Nº 64592.000304/2011-06 PREGÃO ELETRÔNICO N 016/2011 MINISTERIO DA DEFESA EXERCITO BRASILEIRO HOSPITAL DE GUARNIÇÃO DE NATAL (H Mil Natal/1941) PROCESSO ADMINISTRATIVO (NUP) Nº 64592.000304/2011-06 PREGÃO ELETRÔNICO N 016/2011 Senhor Ordenador de Despesas,

Leia mais

Ilustríssima Senhora Norma Jeane Garcia Pregoeira Pregão Eletrônico Registro de Preços n. 02/2009 MTE

Ilustríssima Senhora Norma Jeane Garcia Pregoeira Pregão Eletrônico Registro de Preços n. 02/2009 MTE Ilustríssima Senhora Norma Jeane Garcia Pregoeira Pregão Eletrônico Registro de Preços n. 02/2009 MTE NCT INFORMÁTICA LTDA., pessoa jurídica de direito privado, inscrita no CNPJ sob o nº 03.017.428/0001-35,

Leia mais

TRIBUNAL DE JUSTIÇA PODER JUDICIÁRIO São Paulo

TRIBUNAL DE JUSTIÇA PODER JUDICIÁRIO São Paulo fls. 5 TRIBUNAL DE JUSTIÇA São Paulo ACÓRDÃO Registro: 2014.0000527400 Vistos, relatados e discutidos estes autos de Apelação nº 0010031-52.2012.8.26.0554, da Comarca de Santo André, em que é apelante

Leia mais

CENTRAIS ELÉTRICAS DE RONDÔNIA S/A CERON

CENTRAIS ELÉTRICAS DE RONDÔNIA S/A CERON Processo: CONCORRÊNCIA N.º 006/2006 Assunto: JULGAMENTO RECURSO ADMINISTRATIVO - HABILITAÇÃO Recorrente: ATLAS CONSTRUÇÕES ELÉTRICOS LTDA - EPP. A Comissão Permanente de Licitação - CPL da Centrais Elétricas

Leia mais

Informamos que os documentos exigidos no Termo de Referência deverão ser apresentados, visto que o mesmo é parte integrante do Edital.

Informamos que os documentos exigidos no Termo de Referência deverão ser apresentados, visto que o mesmo é parte integrante do Edital. Senhor Licitante, Informamos que os documentos exigidos no Termo de Referência deverão ser apresentados, visto que o mesmo é parte integrante do Edital. Atenciosamente, Vera Lucia M. de Araujo Pregoeira

Leia mais

Sentença. 1. Relatório. Relatório dispensado (artigo 38 da Lei 9.099/95). 2. Fundamentação

Sentença. 1. Relatório. Relatório dispensado (artigo 38 da Lei 9.099/95). 2. Fundamentação Processo : 2013.01.1.151018-6 Classe : Procedimento do Juizado Especial Cível Assunto : Contratos de Consumo Requerente : CELSO VIEIRA DA ROCHA JUNIOR Requerido : EMPRESA EBAZAR Sentença 1. Relatório Relatório

Leia mais

:João Batista Barbosa - Juiz Convocado. Apelante :Unibanco AIG Seguros S/A (Adv. Vanessa Cristina de Morais Ribeiro e outros).

:João Batista Barbosa - Juiz Convocado. Apelante :Unibanco AIG Seguros S/A (Adv. Vanessa Cristina de Morais Ribeiro e outros). APELAÇÃO CÍVEL N 200.2008.032.045-61 001. Relator :João Batista Barbosa - Juiz Convocado. Apelante :Unibanco AIG Seguros S/A (Adv. Vanessa Cristina de Morais Ribeiro e outros). Apelado :Evaldo de Lima

Leia mais

PREGÃO PRESENCIAL N 07/2011-PR/PB PEDIDO DE ESCLARECIMENTO Nº 3

PREGÃO PRESENCIAL N 07/2011-PR/PB PEDIDO DE ESCLARECIMENTO Nº 3 MINISTÉRIO PÚBLICO FEDERAL Procuradoria da República na Paraíba PREGÃO PRESENCIAL N 07/2011-PR/PB PEDIDO DE ESCLARECIMENTO Nº 3 Referência: Processo n.º 1.24.000.001591/2011-14. Interessado: OMEGATI COMÉRCIO

Leia mais

Departamento Regional Minas Gerais ERRATA Nº 01/2014

Departamento Regional Minas Gerais ERRATA Nº 01/2014 Serviço Social do Comércio Departamento Regional Minas Gerais Processo nº 14595/2012 Folha nº Informações e/ou despachos ERRATA Nº 01/2014 Nº do edital: Pregão Presencial nº 0054/2014 Área Técnica Responsável:

Leia mais

Vigésima Sétima Câmara Cível do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro

Vigésima Sétima Câmara Cível do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro APELAÇÃO CÍVEL Nº 2216384-69.2011.8.19.0021 APELANTE: TERESA RAMOS DE SANTANA APELADO: RICARDO ELETRO DIVINOPOLIS LTDA APELADO: ZTE DO BRASIL COMERCIO SERVIÇOS E PARTICIPAÇÕES LTDA RELATOR: DES. FERNANDO

Leia mais

CONSELHO REGIONAL DE ADMINISTRAÇÃO DE MINAS GERAIS AUTARQUIA CRIADA PELA LEI Nº 4.769, DE 09/09/1965

CONSELHO REGIONAL DE ADMINISTRAÇÃO DE MINAS GERAIS AUTARQUIA CRIADA PELA LEI Nº 4.769, DE 09/09/1965 COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÃO Referência : Processo n.º 6/2014 Carta Convite nº 01/2014 Ementa: Análise do recurso administrativo apresentado pela licitante Borges 2 Borges Consultoria e Treinamento

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE SÃO PAULO ACÓRDÃO

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE SÃO PAULO ACÓRDÃO ACÓRDÃO Registro: 2011.0000299990 Vistos, relatados e discutidos estes autos de Apelação nº 9000322-04.2010.8.26.0037, da Comarca de Araraquara, em que é apelante/apelado DORIVAL CAVICHIONI JUNIOR (JUSTIÇA

Leia mais

DECISÃO DE JULGAMENTO DE IMPUGNAÇÃO AO EDITAL DAS RAZÕES DO IMPUGNANTE

DECISÃO DE JULGAMENTO DE IMPUGNAÇÃO AO EDITAL DAS RAZÕES DO IMPUGNANTE Pregão Eletrônico 002/2012-SRP. DECISÃO DE JULGAMENTO DE IMPUGNAÇÃO AO EDITAL Aos vinte dias do mês de agosto de 2012, horas, reuniram-se a Pregoeira, os Integrantes da Equipe de Apoio e o Responsável

Leia mais

ILUSTRÍSSIMA SENHORA PREGOEIRA DO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO AMAZONAS

ILUSTRÍSSIMA SENHORA PREGOEIRA DO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO AMAZONAS ILUSTRÍSSIMA SENHORA PREGOEIRA DO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO AMAZONAS REF. Pregão Eletrônico Sistema de Registro de Preços 002/2012, sediada a Rua Vicentina Coutinho Camargos,

Leia mais

Poder Judiciário Tribunal de Justiça do Estado da Paraíba Gabinete do Desembargador José Ricardo Porto

Poder Judiciário Tribunal de Justiça do Estado da Paraíba Gabinete do Desembargador José Ricardo Porto Poder Judiciário Tribunal de Justiça do Estado da Paraíba Gabinete do Desembargador José Ricardo Porto DECISÃO MONOCRÁTICA APELAÇÃO CÍVEL N. 001.2010.019169-9/001 CAMPINA GRANDE RELATOR : Des. José Ricardo

Leia mais

EXCELENTÍSSIMO (A) SENHOR (A) PRESIDENTE DA COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÕES - CONSELHO FEDERAL DE CONTABILIDADE.

EXCELENTÍSSIMO (A) SENHOR (A) PRESIDENTE DA COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÕES - CONSELHO FEDERAL DE CONTABILIDADE. EXCELENTÍSSIMO (A) SENHOR (A) PRESIDENTE DA COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÕES - CONSELHO FEDERAL DE CONTABILIDADE. AO CONSELHO FEDERAL DE CONTABILIDADE CPL - Comissão Permanente de Licitação SAS Quadra

Leia mais

NR.35 TRABALHO EM ALTURA

NR.35 TRABALHO EM ALTURA NR.35 TRABALHO EM ALTURA Objetivo e Campo de Aplicação Esta Norma estabelece os requisitos mínimos e as medidas de proteção para o trabalho em altura, envolvendo o planejamento, a organização e a execução,

Leia mais

AGENDA PROTEÇÃO DE QUEDAS NR35 TRABALHO EM ALTURA 21/05/2014

AGENDA PROTEÇÃO DE QUEDAS NR35 TRABALHO EM ALTURA 21/05/2014 PROTEÇÃO DE QUEDAS NR35 TRABALHO EM ALTURA Eng. Alberto Delgado Gerente de Treinamento Região América Latina 2 AGENDA Estatísticas dos Acidentes no Trabalho Riscos típicos de Trabalhos em Altura Revisão

Leia mais

PODER JUDICIáRIO TRIBUNAL REGIONAL FEDERAL DA 5ª REGIÃO GABINETE DO JUIZ FRANCISCO CAVALCANTI

PODER JUDICIáRIO TRIBUNAL REGIONAL FEDERAL DA 5ª REGIÃO GABINETE DO JUIZ FRANCISCO CAVALCANTI APELAÇÃO / REEXAME NECESSÁRIO Nº 26674 PB (0000052-38.2012.4.05.8200) APELANTE : CONSELHO FEDERAL DE BIOMEDICINA - CFBM ADV/PROC : AUGUSTO CESAR DE ARAUJO APELADO : UFPB - UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA

Leia mais

DECISÃO DE IMPUGNAÇÃO AO EDITAL PREGÃO PRESENCIAL Nº 05/2011

DECISÃO DE IMPUGNAÇÃO AO EDITAL PREGÃO PRESENCIAL Nº 05/2011 DECISÃO DE IMPUGNAÇÃO AO EDITAL PREGÃO PRESENCIAL Nº 05/2011 Impugnação ao edital da licitação em epígrafe, proposta por NORTH SEGURANÇA LTDA, mediante protocolo nº 2011/004806, datado de 06/09/2011. 1

Leia mais

ILUSTRÍSSIMA SENHORA ANA PAULA BORGES

ILUSTRÍSSIMA SENHORA ANA PAULA BORGES ILUSTRÍSSIMA SENHORA ANA PAULA BORGES DE MORAIS PREGOEIRA DA COORDENADORIA MUNICIPAL DE LICITAÇÕES - EDITAL DE PREGÃO ELETRÔNICO SISTEMA DE REGISTRO DE PREÇOS N 047/2015 PROCESSO ADMINISTRATIVO Nº 07.01511/2015

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO DA UNIÃO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 18ª REGIÃO

PODER JUDICIÁRIO DA UNIÃO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 18ª REGIÃO 1 Ref.: PA Nº 1255/2012 Manifestação da Pregoeira em face da Impugnação apresentada pela empresa EMPRESA BRASILEIRA DE TELECOMUNICAÇÕES S.A. - EMBRATEL, referentes ao Edital do Pregão Eletrônico nº 069/2012.

Leia mais

ATA DE JULGAMENTO DA IMPUGNAÇÃO PREGÃO ELETRÔNICO Nº 030/2010 PROCESSO Nº E-18/001.673 /2010 PRESTAÇÃO DE SERVIÇO DE CONSERVAÇÃO, LIMPEZA E HIGIENE.

ATA DE JULGAMENTO DA IMPUGNAÇÃO PREGÃO ELETRÔNICO Nº 030/2010 PROCESSO Nº E-18/001.673 /2010 PRESTAÇÃO DE SERVIÇO DE CONSERVAÇÃO, LIMPEZA E HIGIENE. AO ORDENADOR DE DESPESAS GOVERNO DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO ATA DE JULGAMENTO DA IMPUGNAÇÃO PREGÃO ELETRÔNICO Nº 030/2010 PROCESSO Nº E-18/001.673 /2010 PRESTAÇÃO DE SERVIÇO DE CONSERVAÇÃO, LIMPEZA E

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE CAMPINAS SECRETARIA DE ADMINISTRAÇÃO DEPARTAMENTO CENTRAL DE COMPRAS

PREFEITURA MUNICIPAL DE CAMPINAS SECRETARIA DE ADMINISTRAÇÃO DEPARTAMENTO CENTRAL DE COMPRAS Processo Administrativo nº 14/10/02.867 Interessado: Secretaria Municipal de Administração Assunto: Pregão Presencial nº 256/2014 Objeto: Contratação de empresa para a prestação de serviços através de

Leia mais

GOUVÊA FRANCO ADVOGADOS

GOUVÊA FRANCO ADVOGADOS O DIREITO DE REGRESSO DO INSS: ACIDENTES DE TRABALHO E A LEI Nº 8.213/91 Introdução: Recentemente, por todo o Brasil, constata-se na Justiça Federal o crescente aumento de ações regressivas propostas pelo

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL REGIONAL FEDERAL DA 3ª REGIÃO

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL REGIONAL FEDERAL DA 3ª REGIÃO PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL REGIONAL FEDERAL DA 3ª REGIÃO APELAÇÃO CÍVEL Nº 0006418 17.2004.4.03.6103/SP 2004.61.03.006418 7/SP RELATOR APELANTE : No. ORIG. : Desembargador Federal FABIO PRIETO Conselho

Leia mais

Nº 70034654392 COMARCA DE NOVO HAMBURGO BRUNA MACHADO DE OLIVEIRA

Nº 70034654392 COMARCA DE NOVO HAMBURGO BRUNA MACHADO DE OLIVEIRA AGRAVO DE INSTRUMENTO. DECISÃO MONOCRÁTICA. AÇÃO DE COBRANÇA DE SEGURO OBRIGATÓRIO. DPVAT. LEGITIMIDADE PASSIVA. RESPONSABILIDADE DE QUALQUER SEGURADORA INTEGRANTE DO CONSÓRCIO. INCLUSÃO DA SEGURADORA

Leia mais

Vigésima Sétima Câmara Cível do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro

Vigésima Sétima Câmara Cível do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro APELAÇÃO CÍVEL Nº 0035092-08.2012.8.19.0004 APELANTE: BANCO BRADESCO S/A APELADO: BRUNO GARCIA DE SÁ RELATOR: DES. FERNANDO ANTONIO DE ALMEIDA APELAÇÃO CÍVEL DIREITO DO CONSUMIDOR AÇÃO SOB O RITO SUMÁRIO

Leia mais

COMISSÃO DE CONSTITUIÇÃO E JUSTIÇA E CIDADANIA

COMISSÃO DE CONSTITUIÇÃO E JUSTIÇA E CIDADANIA COMISSÃO DE CONSTITUIÇÃO E JUSTIÇA E CIDADANIA PROJETO DE LEI N o 5.423, DE 2009 Acrescenta dispositivo à Consolidação das Leis do Trabalho, aprovada pelo Decreto-lei nº 5.452, de 1º de maio de 1943, estabelecendo

Leia mais

ESTADO DO ESPÍRITO SANTO PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA GAB. DESEMB - CARLOS SIMÕES FONSECA 11 de dezembro de 2012

ESTADO DO ESPÍRITO SANTO PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA GAB. DESEMB - CARLOS SIMÕES FONSECA 11 de dezembro de 2012 ESTADO DO ESPÍRITO SANTO PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA GAB. DESEMB - CARLOS SIMÕES FONSECA 11 de dezembro de 2012 AGRAVO DE INSTRUMENTO Nº 0902402-16.2012.8.08.0000 (048129002084) - SERRA - 4ª VARA

Leia mais

: MIN. GILMAR MENDES S/A

: MIN. GILMAR MENDES S/A AGRAVO DE INSTRUMENTO 825.956 SANTA CATARINA RELATOR AGTE.(S) ADV.(A/S) AGDO.(A/S) ADV.(A/S) : MIN. GILMAR MENDES :COMPANHIA DE SEGUROS ALIANÇA DO BRASIL S/A :JEAN ANDRADE DOS SANTOS :PAULO ROBERTO FABRE

Leia mais

DECISÃO Nº 0001/2015 DE IMPUGNAÇÃO DE LICITAÇÃO

DECISÃO Nº 0001/2015 DE IMPUGNAÇÃO DE LICITAÇÃO DECISÃO Nº 0001/2015 DE IMPUGNAÇÃO DE LICITAÇÃO PROCESSO nº: 0012/2015 REFERÊNCIA: PREGÃO PRESENCIAL nº 04/2015 OBJETO: CONTRATAÇÃO DE EMPRESA ESPECIALIZADA PARA ORGANIZAÇÃO E REALIZAÇÃO DA SEMANA SERGIPANA

Leia mais

PODER EXECUTIVO. A Prefeitura Municipal de Cruz das Almas, Estado Da Bahia, Visando a Transparência dos Seus Atos Vem PUBLICAR.

PODER EXECUTIVO. A Prefeitura Municipal de Cruz das Almas, Estado Da Bahia, Visando a Transparência dos Seus Atos Vem PUBLICAR. ANO. 2015 Prefeitura Municipal de Cruz das Almas-BA DO MUNICÍPIO DE CRUZ DAS ALMAS - BAHIA 1 A Prefeitura Municipal de Cruz das Almas, Estado Da Bahia, Visando a Transparência dos Seus Atos Vem PUBLICAR.

Leia mais