SACRAMENTO DO MATRIMÔNIO

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "SACRAMENTO DO MATRIMÔNIO"

Transcrição

1 SACRAMENTO DO MATRIMÔNIO

2 Objetivo geral do encontro: Ao final deste encontro, o grupo deverá ser capaz de compreender o Matrimônio como uma instituição elevada à categoria de Sacramento por Jesus Cristo, reconhecendo suas dimensões bíblico-sacramental, canônica, jurídica e litúrgica, identificando suas propriedades essenciais e finalidades, bem como as graças advindas dele.

3 O que é um Sacramento? - Compreensão do plano de Deus - Significado da palavra: ação ou celebração sagrada - O que significa: chamado à santificação e comunhão de fé - O que realiza: a graça (vida divina)

4 Os Sacramentos Os 7 sacramentos: - Batismo - Crisma ou confirmação - Eucaristia - Penitência ou Reconciliação - Unção dos Enfermos - Ordem - Matrimônio

5 Os 7 Sacramentos Situações fundamentais da vida humana - 5 individuais: nascer, crescer, alimentar-se, falhar, adoecer - 2 sociais: o casamento e a família, em função da sociedade e o ministério, em função da Igreja

6 Os 7 Sacramentos Outra forma de agrupá-los - Sacramentos da iniciação: fazer o cristão de forma mais plena;

7 Os 7 Sacramentos - Sacramentos de cura: sanar deficiências de ordem moral e corporal;

8 Os 7 Sacramentos - Sacramentos do serviço e da comunhão: existem em função do serviço às pessoas (sociedade) e à Igreja.

9 CASAMENTO (compromisso social e constituição de uma nova casa) X MATRIMÔNIO (união dos cônjuges diante de Deus e da sociedade) X ALIANÇA (pacto, união por casamento)

10 CONCEITO - Matrimônio = ofício ou tarefa da mãe: cuidar do lar e dos filhos - Patrimônio = ofício do pai: prover o sustento da família - Cônjuge = estar sob o mesmo jugo - Consorte = participam do mesmo destino (promessa de ser fiéis na saúde e na doença)

11 Mt 7,24-27: edificar a casa sobre a rocha

12 DIMENSÕES 1. Teológico-bíblica 2. Sacramental 2. Canônica 3. Jurídica 4. Litúrgica

13 DIMENSÕES TEOLÓGICO-BÍBLICA - Gn 1-2: O projeto original de Deus - Gn 3: O Matrimônio na realidade de pecado

14 O projeto original de Deus: a Deus, que criou o homem por amor, também o chamou para o amor, vocação fundamental e inata de todo ser humano. Pois o homem foi criado à imagem e semelhança de Deus, que é Amor (CIC 1604)

15 A vocação para o Amor Que o homem e a mulher tenham sido criados um para o outro, a Sagrada Escritura o afirma: Não é bom que o homem esteja só.

16 A vocação para o Amor A mulher, carne da sua carne, isto é, seu próprio rosto, igual a ele, bem próxima dele, lhe foi dada por Deus como um auxílio ; assim, ela representa Deus, em quem está o nosso socorro.

17 A vocação para o Amor Por isso um homem deixa seu pai e sua mãe, se une à sua mulher, e eles se tornam uma só carne" (Gn 2, 18-25, aqui 24). (CIC 1602 a 1605).

18 A vocação para o Matrimônio está inscrita na própria natureza do homem e da mulher, conforme saíram da mão do Criador. O casamento não é uma instituição simplesmente humana. Ainda que a dignidade desta instituição não transpareça em toda parte com a mesma clareza, existe contudo, em todas as culturas, um certo sentido da grandeza da união matrimonial.

19 - ICor 13,1-13: Graças do Matrimônio compreensão e ajuda mútua; generosidade e paciência; fidelidade e fortaleza; aceitação e valorização do sofrimento participação ativa na comunidade

20 DIMENSÃO SACRAMENTAL - É uma aliança pela qual o homem e a mulher constituem entre si uma comunhão da vida toda, tendo como objetivos o bem do marido e da mulher e a geração e educação de filhos. Aliança essa que foi elevada por Jesus à dignidade de sacramento. (Cân 1055, 1)

21 DIMENSÃO SACRAMENTAL - Portanto, entre batizados não pode haver contrato matrimonial válido que não seja, ao mesmo tempo, sacramento. (Cân 1055, 2)

22 O Matrimônio não é tido apenas como lícito; é, ademais, celebrado no Senhor, daí seu caráter sagrado.

23 DIMENSÃO CANÔNICA O Código de Direito canônico define o MATRIMÔNIO como consórcio totius vitae (cân ), apontando rumo a uma integração do homem e da mulher que transcenda o puramente corporal, postulando uma união total e plena, baseada na doação recíproca entre os cônjuges. (Júlio César Capparelli)

24 DIMENSÃO JURÍDICA A doutrina do Código de Direito continua considerando o matrimônio in fieri como um contrato. Se entendemos por contrato o ato jurídico bilateral destinado a regular os direitos das partes, veremos que esse conceito se aplica num sentido muito amplo. Está presente o acordo de vontades de um homem e uma mulher. Esse acordo dá origem a uma série de efeitos jurídicos. (Júlio César Capparelli)

25 DIMENSÃO JURÍDICA Ato jurídico familiar é o ato voluntário, lícito, que tem por finalidade imediata estabelecer entre as pessoas relações jurídicas familiares, bem como criar, modificar, transferir, conservar ou extinguir direitos subjetivos familiares. É um ato jurídico complexo pois é o ato plurilateral para cuja consecução concorrem o consentimento recíproco dos nubentes e o ato de vontade do notário público. (Júlio César Capparelli)

26 DIMENSÃO LITÚRGICA Diz respeito à celebração do Sacramento do Matrimônio, cujas normas estão contidas no Ritual do Matrimônio. A liturgia é a fé celebrada.

27 PASTORAL MATRIMONIAL NA SECRETARIA 1-Instrução da importância do casamento religioso aos noivos que se apresentam 2- Apresentação clara e objetiva da documentação prevista. 3-Catequese e formação nos cursos de noivos 4- Preparação pessoal dos noivos 5-Devida preparação da celebração matrimonial (cân. 1063) 6- Devem ser levados em consideração as disposições da CNBB em seu documento n. 12 ( )

28 AS PROPRIEDADES DO MATRIMÔNIO As propriedades ou características que se referem à natureza do matrimônio são: - a UNIDADE: indica que a união dos cônjuges é de natureza exclusiva. - a INDISSOLUBILIDADE: se refere à união perpétua, independentemente da vontade dos cônjuges ou de outra autoridade.opõe-se ao divórcio.

29 AS FINALIDADES DO MATRIMÔNIO As finalidades o matrimônio são:. 1- No Matrimônio, o homem e a mulher, vivendo em mútua comunhão, completam-se psicológica, espiritual e carnalmente. Cria-se aquela unidade de pessoas que a Bíblia chama de uma só carne, mas que é muito mais do que só união carnal. (I Cor 7, 1-9)

30 AS FINALIDADES DO MATRIMÔNIO As finalidades o matrimônio são: 2- Pelo Matrimônio, o Criador se serve do homem e da mulher para transmitir a vida; por isso, a geração de filhos é parte essencial dele. De fato, Deus disse a Adão e Eva: Crescei e multiplicai-vos, enchei a terra. ( Gên 1,28; 9,1)

31 O SACRAMENTO DO MATRIMÔNIO Representa a união de Cristo com a Igreja Núpcias de Cristo com a Igreja/Humanidade = Mistério (Ef 5,32)

32 Dimensão Pastoral "A salvação da pessoa e da sociedade está estreitamente ligada ao bem-estar da comunidade conjugal e familiar.

33 A santificação em Cristo No plano de Deus, o matrimônio - o matrimônio indissolúvel - é o fundamento de uma família sadia e responsável. A aliança conjugal tem sua origem no Verbo eterno de Deus. Nele, foi criada a família. Nele, a família é eternamente pensada por Deus, imaginada e realizada. Por Cristo, ela adquire seu caráter sacramental, a sua santificação. A santificação do matrimônio foi realizada por Cristo com o preço de sua paixão e cruz. E a santificação da família tem a sua fonte no caráter sacramental do matrimônio. Aquele que santifica - isto é, Cristo - e todos aqueles que devem ser santificados - vós, pais e mães; vós, famílias - vos apresentais juntos diante de Deus-Pai com esta súplica ardente, que Ele abençoe o que realizou em vós mediante o sacramento do matrimônio (João Paulo II, Rio de Janeiro, 5 de outubro de 1997).

34 Conclusão O matrimônio, como um desejo de Deus desde a criação, é uma das mais belas vocações dadas por Deus, que criou e chama constantemente à felicidade e à santidade o homem e a mulher. Vamos encerrar aqui este nosso encontro tão rico e proveitoso, pedindo a Deus que nos dê a graça de sermos fiéis à nossa vocação para o Amor e a força necessária para não desanimarmos diante das dificuldades.

35

(ANÁMNESIS) ATUALIZAÇÃO DA GRAÇA - SETENÁRIO SACRAMENTAL

(ANÁMNESIS) ATUALIZAÇÃO DA GRAÇA - SETENÁRIO SACRAMENTAL SACRAMENTOS - III (ANÁMNESIS) ATUALIZAÇÃO DA GRAÇA - SETENÁRIO SACRAMENTAL - 1 COMO OS SACRAMENTOS ATUALIZAM A GRAÇA NAS DIVERSAS SITUAÇÕES DA VIDA 2 1. O QUE ACONTECE NO BATISMO? 3 NO BATISMO, A PESSOA

Leia mais

CATECISMO DA IGREJA CATÓLICA COMPÊNDIO

CATECISMO DA IGREJA CATÓLICA COMPÊNDIO CATECISMO DA IGREJA CATÓLICA COMPÊNDIO CATECISMO DA IGREJA CATÓLICA COMPÊNDIO Copyright 2005 - Libreria Editrice Vaticana «Motu Proprio» Introdução PRIMEIRA PARTE - A PROFISSÃO DA FÉ Primeira Secção: «Eu

Leia mais

o sacramento do matrimônio e as causas de nulidade

o sacramento do matrimônio e as causas de nulidade o sacramento do matrimônio e as causas de nulidade Coleção Sacramentos hoje O Sacramento da Confirmação Perspectivas teológico-pastorais, V. M. Goedert Sacramentos da iniciação cristã, Félix Moracho Galindo

Leia mais

A natureza do Casamento

A natureza do Casamento A natureza do Casamento Rev. Rogério Ferreira de Almeida Baseado no livro: Deus Casamento e Família - Andreas J. Köstenberger Casamento como Sacramento Introdução O Conceito de casamento como sacramento

Leia mais

Teologicamente, o Matrimónio é considerado como Sacramento porque é a imagem da união de Cristo com a Sua Igreja.

Teologicamente, o Matrimónio é considerado como Sacramento porque é a imagem da união de Cristo com a Sua Igreja. A Instituição do Matrimónio foi oficialmente reconhecida como um dos Sacramentos da Igreja no Concílio de Latrão IV (1215). Antes desta data ele foi sempre considerado como uma realidade religiosa distintamente

Leia mais

ENSINO RELIGIOSO REVISÃO GERAL III TRIMESTRE 6ºs ANOS

ENSINO RELIGIOSO REVISÃO GERAL III TRIMESTRE 6ºs ANOS COLÉGIO SALESIANO DOM BOSCO. ENSINO RELIGIOSO REVISÃO GERAL III TRIMESTRE 6ºs ANOS TEMA: OS RITOS E OS RITUAIS : OS SETE SACRAMENTOS DA IGREJA. CAPÍTULOS 9 AO 12 DO LIVRO DIDÁTICO (RSE). Professor: Roberto

Leia mais

Sacramento do Matrimônio. Cap. 03 Dom Manoel João Francisco

Sacramento do Matrimônio. Cap. 03 Dom Manoel João Francisco Sacramento do Matrimônio Cap. 03 Dom Manoel João Francisco A aliança matrimonial, pela qual o homem e a mulher constituem entre si uma comunhão para toda a vida, recebe da criação seu vigor e sua força,

Leia mais

4.1 IDENTIFICAÇÃO DA ORIGEM DOS SACRAMENTOS Autoria de Luiz Tadeu Dias de Medeiros

4.1 IDENTIFICAÇÃO DA ORIGEM DOS SACRAMENTOS Autoria de Luiz Tadeu Dias de Medeiros 4.1 IDENTIFICAÇÃO DA ORIGEM DOS SACRAMENTOS Autoria de Luiz Tadeu Dias de Medeiros Ser CRISTÃO -> significa acreditar no Deus de Jesus Cristo; mas não é só acreditar -> é esforçar-se para vivenciar: a)

Leia mais

Coleção Chamados à Vida Chamados À Vida, Chamados À Vida Em Jesus Cristo,

Coleção Chamados à Vida Chamados À Vida, Chamados À Vida Em Jesus Cristo, Coleção Chamados à Vida Em preparação à Eucaristia 1ª Etapa: Chamados à vida 2ª Etapa: Chamados à vida em Jesus Cristo 3ª Etapa: Chamados à vida em Comunidade. 4ª Etapa: Chamados à vida para amar e servir.

Leia mais

Oração Inicial: Leitura: Lucas 22, 7-20.

Oração Inicial: Leitura: Lucas 22, 7-20. Oração Inicial: Leitura: Lucas 22, 7-20. Objetivo do encontro: Despertar amor a Eucaristia e a participação da santa missa, onde o sacramento é oferecido. Texto: Ë o sacramento pelo qual participamos,

Leia mais

INTRODUÇÃO AOS SACRAMENTOS E SACRAMENTO DO BATISMO

INTRODUÇÃO AOS SACRAMENTOS E SACRAMENTO DO BATISMO INTRODUÇÃO AOS SACRAMENTOS E SACRAMENTO DO BATISMO (PARÓQUIA DE SANTA SUZANA - ESCOLA SANTO AGOSTINHO) O QUE É SACRAMENTO? 1 IDÉIA BÁSICA DEUS NÃO QUER VIVER LONGE DO HOMEM; AO CONTRÁRIO, QUER FICAR UNIDO

Leia mais

ITINERÁRIO CATEQUÉTICO. Iniciação à vida cristã: Um processo de inspiração catecumenal

ITINERÁRIO CATEQUÉTICO. Iniciação à vida cristã: Um processo de inspiração catecumenal ITINERÁRIO CATEQUÉTICO Iniciação à vida cristã: Um processo de inspiração catecumenal COMO É PROPOSTO O PROCESSO CATEQUÉTICO NO ITINERÁRIO? O Itinerário orienta a construção do processo catequético conforme

Leia mais

ORAÇÃO UNIVERSAL. Os modelos I VII são retirados do Ritual do Matrimónio da Conferência Episcopal Portuguesa. MODELO I

ORAÇÃO UNIVERSAL. Os modelos I VII são retirados do Ritual do Matrimónio da Conferência Episcopal Portuguesa. MODELO I ORAÇÃO UNIVERSAL Os modelos I VII são retirados do Ritual do Matrimónio da Conferência Episcopal Portuguesa. MODELO I Celebrando o especial dom da graça e da caridade, com que Deus Se dignou consagrar

Leia mais

Encontros com pais e padrinhos Batismo

Encontros com pais e padrinhos Batismo ARQUIDIOCESE DE TERESINA Batismo PASTORAL DO BATISMO 3º Momento Palavra de Deus (Leitura na Bíblia) Mt. 28,18-20 MISSÃO UNIVERSAL. Jesus aproximando-se deles, falou: Toda a autoridade sobre o céu e sobre

Leia mais

Os Sacramentos estão presentes em cada fase da vida do Cristão

Os Sacramentos estão presentes em cada fase da vida do Cristão Os Sacramentos estão presentes em cada fase da vida do Cristão A vida litúrgica começa muito cedo. Os Sacramentos são conhecidos como encontros pessoais com Cristo. Também são vistos como sinais da salvação.

Leia mais

A ALIANÇA MATRIMONIAL

A ALIANÇA MATRIMONIAL A ALIANÇA MATRIMONIAL Introdução Debates sobre casamento estão sempre entre os mais acaloradas. Os fariseus perguntam a Jesus sobre o divórcio e recebem como resposta uma referência ao princípio. Mc 10.2-9

Leia mais

«Jesus, lembra-te de mim quando entrares no Teu reino». Ele respondeu-lhe : «Em verdade te digo : Hoje estarás comigo no Paraíso».(Lc.23,42-43).

«Jesus, lembra-te de mim quando entrares no Teu reino». Ele respondeu-lhe : «Em verdade te digo : Hoje estarás comigo no Paraíso».(Lc.23,42-43). «Jesus, lembra-te de mim quando entrares no Teu reino». Ele respondeu-lhe : «Em verdade te digo : Hoje estarás comigo no Paraíso».(Lc.23,42-43). ********************** Como definição simples, a Graça é

Leia mais

A Santa Sé SANTA MISSA PARA AS FAMÍLIAS HOMILIA DO PAPA JOÃO PAULO II. 12 de Outubro de 1980

A Santa Sé SANTA MISSA PARA AS FAMÍLIAS HOMILIA DO PAPA JOÃO PAULO II. 12 de Outubro de 1980 A Santa Sé SANTA MISSA PARA AS FAMÍLIAS HOMILIA DO PAPA JOÃO PAULO II 12 de Outubro de 1980 Dilectos Irmãos e Irmãs: 1. Grande alegria enche hoje os nossos corações, pela oportunidade que nos é dada de

Leia mais

CREIO NA SANTA IGREJA CATÓLICA

CREIO NA SANTA IGREJA CATÓLICA CREIO NA SANTA IGREJA CATÓLICA 17-03-2012 Catequese com adultos 11-12 Chave de Bronze A Igreja no desígnio de Deus O que significa a palavra Igreja? Designa o povo que Deus convoca e reúne de todos os

Leia mais

Os Outros Seis Dias. Aula 05/07/2015 Prof. Lucas Rogério Caetano Ferreira

Os Outros Seis Dias. Aula 05/07/2015 Prof. Lucas Rogério Caetano Ferreira Os Outros Seis Dias Aula 05/07/2015 Prof. Lucas Rogério Caetano Ferreira Recapitulando Nas aulas passadas vimos que muitas vezes a fé tem horário e local específico, na Igreja, no domingo, e no horário

Leia mais

Módulo III O que anuncia a Catequese?

Módulo III O que anuncia a Catequese? Módulo III O que anuncia a Catequese? Diocese de Aveiro Objectivos Tomar consciência da realidade complexa do ser humano a quem levamos, hoje, uma Boa Nova. Compreender a importância da Sagrada Escritura

Leia mais

O BATISMO NÃO TEM FINALIDADE EM SI MESMO. (Proposição 38 do Sínodo)

O BATISMO NÃO TEM FINALIDADE EM SI MESMO. (Proposição 38 do Sínodo) I - OS SACRAMENTOS DE INICIAÇÃO CRISTÃ O que se realiza nos sacramentos da iniciação com o ser humano se dá pela graça de Deus Diante destas constatações podemos dizer que a teologia dos sacramentos de

Leia mais

Explicação das leituras nas. Eucaristia. Crisma ou. Sacramento da Ordem

Explicação das leituras nas. Eucaristia. Crisma ou. Sacramento da Ordem 25 de dezembro Unção dos enfermos Explicação das leituras nas Eucaristias Não furtar Ave-Maria Credo Não levantar falsos testemunhos Jordão bendita sois Vós entre as mulheres e bendito é o fruto do vosso

Leia mais

Solenidade de Nosso Pai São Bento 11 de lulho de 2107

Solenidade de Nosso Pai São Bento 11 de lulho de 2107 Solenidade de Nosso Pai São Bento 11 de lulho de 2107 Caríssimos Irmãos e Irmãs: Celebrar a festa de São Bento é para todos nós uma oportunidade a mais para refletir se, de fato, vivemos com seriedade

Leia mais

A família foi pensada e criada no coração de Deus!

A família foi pensada e criada no coração de Deus! A família foi pensada e criada no coração de Deus! Não foi uma iniciativa humana, mas o próprio Deus a desejou e a constituiu. Quando o homem foi criado, em seu coração foi colocada uma solidão que o fez

Leia mais

A Liturgia como comunicação do Amor de Deus

A Liturgia como comunicação do Amor de Deus A Liturgia como comunicação do Amor de Deus A Liturgia - O Que é a Liturgia - Quem se comunica pela Liturgia. Como comunicação do amor de Deus - Como se deu essa comunicação de Amor. - Como ela se realiza.

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 011/2007-PROEC/UNICENTRO

RESOLUÇÃO Nº 011/2007-PROEC/UNICENTRO RESOLUÇÃO Nº 011/2007-PROEC/UNICENTRO Aprova o projeto de extensão Escola de Teologia para Leigos Nossa Senhora das Graças, na modalidade de curso de extensão, na categoria de projeto de extensão permanente,

Leia mais

Diocese de Criciúma. Plano. Diocesano. de Pastoral

Diocese de Criciúma. Plano. Diocesano. de Pastoral Diocese de Criciúma Plano Diocesano de Pastoral 2012-2016 OBJETIVO GERAL Nós, povo de Deus da Diocese de Criciúma, animados pela Santíssima Trindade, queremos: Evangelizar vivendo em comunidade, como Igreja

Leia mais

SOLA SCRIPTURA A Reforma, a Bíblia e a Familia Cristã. AULA 5: A FAMILIA DA ALIANÇA Pb. José Cordeiro

SOLA SCRIPTURA A Reforma, a Bíblia e a Familia Cristã. AULA 5: A FAMILIA DA ALIANÇA Pb. José Cordeiro SOLA SCRIPTURA A Reforma, a Bíblia e a Familia Cristã. AULA 5: A FAMILIA DA ALIANÇA Pb. José Cordeiro Qual o significado bíblico de Familia da ALIANÇA? O casamento é um sacramento, um contrato ou uma

Leia mais

O Matrimónio, uma vocação A família, lugar vocacional. Maio-2011 Vocação Matrimonial e Familiar 1

O Matrimónio, uma vocação A família, lugar vocacional. Maio-2011 Vocação Matrimonial e Familiar 1 O Matrimónio, uma vocação A família, lugar vocacional Maio-2011 Vocação Matrimonial e Familiar 1 Sumário O que é vocação Matrimónio, sinal e missão Matrimónio, aliança e compromisso Missão em casal Missão

Leia mais

Ano Jubilar e suas graças

Ano Jubilar e suas graças Ano Jubilar e suas graças O Jubileu é uma comemoração religiosa da Igreja Católica, celebrada dentro de um Ano Santo, mas o que difere deste é que a celebração jubilar é feita de 25 em 25 anos. A celebração

Leia mais

Universidade Estadual do Centro-Oeste Reconhecida pelo Decreto Estadual nº 3.444, de 8 de agosto de 1997

Universidade Estadual do Centro-Oeste Reconhecida pelo Decreto Estadual nº 3.444, de 8 de agosto de 1997 RESOLUÇÃO Nº 033-PROEC/UNICENTRO, DE 15 DE MARÇO DE 2011. Altera o art. 3º e os anexos I e II da Resolução nº053-proec/unicentro, de 5 de maio de 2009 e aprova o Relatório Final. O PRÓ-REITOR DE EXTENSÃO

Leia mais

XXVII Domingo do Tempo Comum Ano B 27 de setembro de 2015

XXVII Domingo do Tempo Comum Ano B 27 de setembro de 2015 XXVII Domingo do Tempo Comum Ano B 27 de setembro de 2015 Caríssimos Irmãos e Irmãs: Da Primeira Leitura escutamos: Não é bom que o homem esteja só... ; do Evangelho: O homem não separe o que Deus uniu.

Leia mais

OS SACRAMENTOS. O que é um Sacramento?

OS SACRAMENTOS. O que é um Sacramento? OS SACRAMENTOS Os sacramentos da nova lei foram instituídos por Cristo e são sete, a saber: o Batismo, a Crisma ou Confirmação, a Eucaristia, a Penitência, a Unção dos Enfermos, a Ordem e o Matrimônio.

Leia mais

Mater Ecclesiae. Liturgia 2 Aula 4 Confirmação

Mater Ecclesiae. Liturgia 2 Aula 4 Confirmação Mater Ecclesiae Liturgia 2 Aula 4 Confirmação Fundamentação Bíblica O Espírito de Deus é um dom transformador Juízes são fortalecidos Jz 6,34 Reis são consagrados para governar 1Sm 10,1; 16,13 Profetas

Leia mais

Mater Ecclesiae. Liturgia 2 Aula 12 Matrimônio fatores de nulidade

Mater Ecclesiae. Liturgia 2 Aula 12 Matrimônio fatores de nulidade Mater Ecclesiae Liturgia 2 Aula 12 Matrimônio fatores de nulidade Introdução Nulidade matrimonial Impedimentos (ou impedimentos dirimentes) são proibições legais em circunstâncias objetivas de caráter

Leia mais

PROGRAMA DA SEMANA DA FAMÍLIA 07 a 14 de agosto de 2011

PROGRAMA DA SEMANA DA FAMÍLIA 07 a 14 de agosto de 2011 Sábado Políticas Públicas que valorizam a Família Vamos fazer uma partilha sobre o que achamos dos projetos existentes que dizem priorizar a família: Quais são eles? Pontos positivos e negativos. (ex:

Leia mais

Celebração Dominical da Palavra. Cap. 07 Ione Buyst

Celebração Dominical da Palavra. Cap. 07 Ione Buyst Celebração Dominical da Palavra Cap. 07 Ione Buyst A Igreja de Cristo, desde o dia de Pentecostes, após a descida do Espírito Santo, sempre se reuniu fielmente para celebrar o mistério pascal, no dia que

Leia mais

A ALIANÇA MATRIMONIAL

A ALIANÇA MATRIMONIAL A ALIANÇA MATRIMONIAL Introdução Mc 10.2-9 - A pergunta sobre divórcio recebe como resposta uma referência ao princípio. Jesus apontou o correto entendimento de Gênesis 2.23-24 como resposta à questão

Leia mais

Sacramentos. Aula 23/03/2014 Prof. Lucas Rogério Caetano Ferreira

Sacramentos. Aula 23/03/2014 Prof. Lucas Rogério Caetano Ferreira Sacramentos Aula 23/03/2014 Prof. Lucas Rogério Caetano Ferreira Sacramentos O que são os sacramentos? Sacramento é derivado do latim sacramentum, era utilizado no meio militar correspondendo a juramento

Leia mais

A Santa Sé SANTA MISSA NO DIA CONSAGRADO AOS JOVENS CASAIS DO ANO SANTO DA REDENÇÃO HOMILIA DO PAPA JOÃO PAULO II

A Santa Sé SANTA MISSA NO DIA CONSAGRADO AOS JOVENS CASAIS DO ANO SANTO DA REDENÇÃO HOMILIA DO PAPA JOÃO PAULO II A Santa Sé SANTA MISSA NO DIA CONSAGRADO AOS JOVENS CASAIS DO ANO SANTO DA REDENÇÃO HOMILIA DO PAPA JOÃO PAULO II Basílica de São Pedro Domingo, 9 de outubro de 1983 1. "Façamos o homem à Nossa imagem,

Leia mais

o Sacrifício de Jesus

o Sacrifício de Jesus A Santa Missa o Sacrifício de Jesus Curso de Teologia Paróquia de Nossa Senhora da Assunção «A Liturgia é o cume para o qual se dirige a atividade da Igreja e, ao mesmo tempo, a fonte de onde provém toda

Leia mais

Teologia Sistemática

Teologia Sistemática Teologia Sistemática Patriarcado de Lisboa Instituto Diocesano de Formação Cristã Escola de Leigos 1º Semestre 2014/2015 Docente: Juan Ambrosio Fernando Catarino Tema da sessão Lumen Gentium 1. Aspetos

Leia mais

José Jacinto Ferreira de Farias, scj. A Unção dos Doentes. O Sacramento do Conforto e da Consolação

José Jacinto Ferreira de Farias, scj. A Unção dos Doentes. O Sacramento do Conforto e da Consolação José Jacinto Ferreira de Farias, scj A Unção dos Doentes O Sacramento do Conforto e da Consolação UNIVERSIDADE CATÓLICA EDITORA Lisboa, 2010 In t ro d u ç ã o No conjunto dos manuais que a Faculdade de

Leia mais

Ano Jubilar e suas graças

Ano Jubilar e suas graças Ano Jubilar e suas graças O Jubileu é uma comemoração religiosa da Igreja Católica, celebrada dentro de um Ano Santo, mas o que difere deste é que a celebração jubilar é feita de 25 em 25 anos. A celebração

Leia mais

Capítulo XXV da Confissão de Fé de Westminster DA IGREJA

Capítulo XXV da Confissão de Fé de Westminster DA IGREJA REVISTA PALAVRA VIVA Apoio didático Lição 3 Capítulo XXV da Confissão de Fé de Westminster DA IGREJA I. A Igreja Católica ou Universal, que é invisível, consiste do número total dos eleitos que já foram,

Leia mais

CURSO DE FORMAÇÃO DE OBREIRO ON LINE

CURSO DE FORMAÇÃO DE OBREIRO ON LINE CURSO DE FORMAÇÃO DE OBREIRO ON LINE AULA 5: O CRISTÃO E O DIVÓRCIO Baseado em Jeremias 9: 24, a Igreja Pentecostal Deus é Amor oferece a você, obreiro, a oportunidade aprofundar seu conhecimento na palavra

Leia mais

Paróquia Nossa Senhora do Perpétuo Socorro

Paróquia Nossa Senhora do Perpétuo Socorro Paróquia Nossa Senhora do Perpétuo Socorro I Semana de Liturgia 21 a 25 de setembro de 2015. Sacrosanctum Concilium 50 anos depois. Por uma participação ativa, consciente e plena. Abertura Solo: Abrirei

Leia mais

ADMA FAMÍLIA Família no carisma de Dom Bosco

ADMA FAMÍLIA Família no carisma de Dom Bosco ADMA FAMÍLIA Família no carisma de Dom Bosco UM CAMINHO NA MEDIDA DE FAMÍLIA Um caminho na medida de família com particular atenção às famílias jovens, é esta a experiência que se vê no seio da Família

Leia mais

Planificação Anual 10º ano da catequese

Planificação Anual 10º ano da catequese Finalidade: Descobrir-se Cristão : Participar na eucaristia Concretizar projecto comunitário (partilha fraterna) Planificação Anual 10º ano da 1º Creio em Conhecer Confrontar com valores de caridade, amor,

Leia mais

O Milagre de Dunquerque

O Milagre de Dunquerque O Milagre de Dunquerque A esperança para a família hoje? Um resgate, uma redenção de indivíduos e famílias, uma de cada vez (reavivamento verdadeiro) A Redenção da Imagem de Deus 2 Co 5.17 Se alguém está

Leia mais

A família constituída por um homem, uma mulher e eventuais filhos, fundada sobre o um vínculo indissolúvel do

A família constituída por um homem, uma mulher e eventuais filhos, fundada sobre o um vínculo indissolúvel do DESAFIOS E POSSIBILIDADES DA FAMÍLIA NO LIMIAR DO NOVO MILÊNIO Dom João Carlos Petrini, Bispo de Camaçari e Presidente da Comissão Episcopal Pastoral Vida e Família Introdução A família constituída por

Leia mais

MINISTÉRIOS DO POVO DE DEUS

MINISTÉRIOS DO POVO DE DEUS MINISTÉRIOS DO POVO DE DEUS Novas condições eclesiais A Igreja é como uma família, a filha da mãe Maria. A Igreja, de fato, não é uma instituição fechada em si mesma ou uma associação privada, uma ONG,

Leia mais

Pe. Ronaldo Sabino de Pádua, CSsR

Pe. Ronaldo Sabino de Pádua, CSsR 59 16 OS SACRAMENTOS DA CURA E DA MISSÃO Os sacramentos da cura são a confissão e a unção dos enfermos. Os sacramentos da missão são o matrimônio e a ordem 16.1 - O SACRAMENTO DA PENITÊNCIA OU DA RECONCILIAÇÃO

Leia mais

Itinerários e catequese Itinerário de conversão e de crescimento

Itinerários e catequese Itinerário de conversão e de crescimento Itinerários e catequese Itinerário de conversão e de crescimento Imersão progressiva na onda do Espírito, acompanhada por testemunhas feita de escuta, encontros e experiências no coração do REINO/COMUNIDADE

Leia mais

NOSSO DESTINO: A RESSURREIÇÃO DO CORPO.

NOSSO DESTINO: A RESSURREIÇÃO DO CORPO. NOSSO DESTINO: A RESSURREIÇÃO DO CORPO. O CÉU É UMA EXPERIÊNCIA CORPÓREA Mt 22, 23-32 I COR 2, 9-10 É como está escrito: Coisas que os olhos não viram, nem os ouvidos ouviram, nem o coração humano imaginou

Leia mais

5 º ANO Unidade Letiva 1 - Viver juntos METAS OBJETIVOS CONTEÚDOS B. Construir uma chave de leitura religiosa da pessoa, da vida e da história.

5 º ANO Unidade Letiva 1 - Viver juntos METAS OBJETIVOS CONTEÚDOS B. Construir uma chave de leitura religiosa da pessoa, da vida e da história. AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE ÁGUEDA Escola Básica Fernando Caldeira Departamento de Ciências Humanas e Sociais Educação Moral e Religiosa Católica - 5º ano Ano letivo 2016/2017 5 º ANO Unidade Letiva 1 -

Leia mais

I - Conceito e dimensões:

I - Conceito e dimensões: I - Conceito e dimensões: 1. O sacramento da Confirmação que imprime caráter e pelo qual os batizados, continuando o caminho da iniciação cristã são enriquecidos com o dom do Espírito Santo e vinculados

Leia mais

( A. C. C. ) DIRETRIZES BÁSICAS

( A. C. C. ) DIRETRIZES BÁSICAS ALIANÇA DE CASAIS COM CRISTO ( A. C. C. ) SUMÁRIO APRESENTAÇÃO DIRETRIZES BÁSICAS 1ª. PARTE 2ª. PARTE NORMAS DE FUNCIONAMENTO 3ª. PARTE ESQUEMAS DAS PALESTRAS 4ª. PARTE ANEXOS É com satisfação pastoral

Leia mais

JANEIRO DE 2016 FEVEREIRO DE 2016

JANEIRO DE 2016 FEVEREIRO DE 2016 JANEIRO DE 2016 1/1/2016 -- Santa Maria 1/3/2016 -- Epifania 1/5/2016 21 horas Chegada da Imagem Peregrina de Aparecida Catedral Metropolitana de Vitória Arquidiocese de Vitória 1/8/2016 19h - 23h Luau

Leia mais

Catálogo. de Publicações. Secretariado Nacional de Liturgia

Catálogo. de Publicações. Secretariado Nacional de Liturgia Catálogo de Publicações Secretariado Nacional de Liturgia Todos os preços indicados incluem IVA à taxa legal em vigor. Fátima, Janeiro de 2013 missais missal romano Formato: 175X255 mm 1.408 páginas Dourado

Leia mais

Plano de Pastoral da Arquidiocese de São Salvador da Bahia

Plano de Pastoral da Arquidiocese de São Salvador da Bahia Arquidiocese de São Salvador da Bahia Plano de Pastoral da Arquidiocese de São Salvador da Bahia 2015 2019 O Filho do Homem não veio para ser servido, mas para servir e dar a sua vida como resgate em favor

Leia mais

Solenidade de Pentecostes 04 de junho de 2017

Solenidade de Pentecostes 04 de junho de 2017 Solenidade de Pentecostes 04 de junho de 2017 Caríssimos Irmãos e Irmãs: Hoje chegamos ao término do ciclo litúrgico pascal com a solenidade de Pentecostes. Após 50 dias, o Espírito Santo prometido por

Leia mais

I. CASAMENTO - Uma Aliança Instituída Por Deus

I. CASAMENTO - Uma Aliança Instituída Por Deus 1 de 7 PASTORAL DO CASAMENTO 1 A própria percepção humana entende que a família tradicional se origina e se fundamenta no casamento. Esta realidade sociológica é expressa na Bíblia Sagrada da seguinte

Leia mais

Enfim, casados... Mas de papel passado. Amigado com fé casado é. Romanos 7.1-3

Enfim, casados... Mas de papel passado. Amigado com fé casado é. Romanos 7.1-3 18/03/2012 Enfim, casados... Mas de papel passado Amigado com fé casado é. Romanos 7.1-3 Pr. Fernando Fernandes PIB em Penápolis, 17/03/2012 Este dito popular, mesmo que sob as vendas da Justiça Brasileira,

Leia mais

Neste estudo veremos que a igreja é como a noiva de Cristo.

Neste estudo veremos que a igreja é como a noiva de Cristo. 0-4 agosto 2013 A Noiva de Cristo A Bíblia usou várias figuras de para ilustrar o significado igreja. A igreja é apresentada como um reino para enfatizar o seu governo e domínio; Cada figura enfatiza um

Leia mais

Universidade Estadual do Centro-Oeste Reconhecida pelo Decreto Estadual nº 3.444, de 8 de agosto de 1997

Universidade Estadual do Centro-Oeste Reconhecida pelo Decreto Estadual nº 3.444, de 8 de agosto de 1997 RESOLUÇÃO Nº 049-PROEC/UNICENTRO, DE 27 DE MARÇO DE 2014. Altera o anexo I E II da Resolução nº035- PROEC/UNICENTRO, de 06 de maio de 2013 e aprova o Relatório Final. O PRÓ-REITOR DE EXTENSÃO E CULTURA

Leia mais

Crisma 2010/2011 Encontro 29 Tempo Liturgico e Quaresma 10/02/2011. Crisma 2010/2011. Encontro 29 Tempo Liturgico e Quaresma

Crisma 2010/2011 Encontro 29 Tempo Liturgico e Quaresma 10/02/2011. Crisma 2010/2011. Encontro 29 Tempo Liturgico e Quaresma Crisma 2010/2011 Encontro 29 Tempo Liturgico e Quaresma O Ano litúrgico é o período de doze meses, divididos em tempos litúrgicos, onde se celebram como memorial, os mistérios de Cristo, assim como a memória

Leia mais

Mater Ecclesiae. Liturgia 2 Aula 14 Sacramentais

Mater Ecclesiae. Liturgia 2 Aula 14 Sacramentais Mater Ecclesiae Liturgia 2 Aula 14 Sacramentais Definição À imitação dos Sacramentos A santa mãe Igreja instituiu os sacramentais, que são sinais sagrados pelos quais, à imitação dos sacramentos, são significados

Leia mais

Quais os Sacramentos de iniciação cristã? Batismo Confirmação Eucaristia

Quais os Sacramentos de iniciação cristã? Batismo Confirmação Eucaristia Quais os Sacramentos de iniciação cristã? Batismo Confirmação Eucaristia Batismo O que é o Batismo? O Batismo é o caminho do reino da morte para a Vida, a porta da Igreja e o começo de uma comunhão duradoira

Leia mais

Catequese Paroquial e CNE Escutismo Católico Português

Catequese Paroquial e CNE Escutismo Católico Português 1º Ano Paroquial e CNE Escutismo Católico Português JESUS GOSTA DE MIM Proporcionar às crianças um bom acolhimento eclesial, pelos catequistas e por toda a comunidade cristã (cf CT 16 e 24). Ajudá-las

Leia mais

O Sacramento da Ordem - V Seg, 29 de Dezembro de :26 - Pe. Henrique Soares da Costa

O Sacramento da Ordem - V Seg, 29 de Dezembro de :26 - Pe. Henrique Soares da Costa Pe. Henrique Soares da Costa No artigo passado vimos em que sentido o sacramento da Ordem confere um modo especial de participar do único sacerdócio de Cristo. Veremos, agora como é celebrado este sacramento,

Leia mais

Celebração do Mês de Maria

Celebração do Mês de Maria Celebração do Mês de Maria Quarta-feira, 22 de maio de 2013 Pais e Padrinhos das Crianças da Catequese Ritos Iniciais Pres. Em nome do Pai e do Filho e do Espírito Santo Pres. A graça de nosso Senhor

Leia mais

SACRAMENTOS II APROFUNDAMENTOS

SACRAMENTOS II APROFUNDAMENTOS SACRAMENTOS II APROFUNDAMENTOS 1 1. COMO SE DISTINGUE UM SINAL SACRAMENTAL DE UM SINAL NATURAL? 2 OS SACRAMENTOS CRIAM O QUE ELES SIGNIFICAM, ASSIM COMO AS PALAVRAS E AÇÕES DE NOSSO SENHOR TINHAM UM EFEITO

Leia mais

Quaresma. Tempo de Misericórdia. QUANDO ELE NOS ABRE AS ESCRITURAS Domingo após Domingo - Uma leitura bíblica do lecionário - Ano C

Quaresma. Tempo de Misericórdia. QUANDO ELE NOS ABRE AS ESCRITURAS Domingo após Domingo - Uma leitura bíblica do lecionário - Ano C QUANDO ELE NOS ABRE AS ESCRITURAS Domingo após Domingo - Uma leitura bíblica do lecionário - Ano C Quaresma Este livro apresenta as reflexões de D. António Couto biblista e bispo de Lamego sobre os textos

Leia mais

VIVER A CATEQUESE BATISMAL. Arquidiocese de Ribeirão Preto

VIVER A CATEQUESE BATISMAL. Arquidiocese de Ribeirão Preto VIVER A CATEQUESE BATISMAL Arquidiocese de Ribeirão Preto O que é Catequese Batismal? A preparação para o Sacramento do Batismo, sem dúvida, é uma tarefa fascinante e necessária à vida pastoral de nossas

Leia mais

O Espírito Santo. Ontem e Hoje

O Espírito Santo. Ontem e Hoje O Espírito Santo Ontem e Hoje E eu rogarei ao Pai, e ele vos dará outro Consolador, a fim de que esteja para sempre convosco, o Espírito da verdade, que o mundo não pode receber, porque não no vê, nem

Leia mais

CASAL CRISTÃO, DOM DE DEUS PARA OS FILHOS

CASAL CRISTÃO, DOM DE DEUS PARA OS FILHOS CASAL CRISTÃO, DOM DE DEUS PARA OS FILHOS D. Tarcisio Nascentes dos Santos Homilia 18 de julho de 2009 Introdução Os filhos são, sem dúvida, o maior dom do matrimônio e constituem um benefício máximo para

Leia mais

BREVE CATECISMO DE WESTMINSTER PERGUNTA 35

BREVE CATECISMO DE WESTMINSTER PERGUNTA 35 BREVE CATECISMO DE WESTMINSTER PERGUNTA 35 PERGUNTA 35: Que é regeneração? RESPOSTA: É a obra da livre graça de Deus, pela qual somos conservados pelo Espírito Santo na perseverança da fé em Cristo, adquirindo,

Leia mais

COMUM DOS SANTOS E DAS SANTAS

COMUM DOS SANTOS E DAS SANTAS 279 I rmãs e irmãos: Ao celebrar a solenidade de São N. (de Santa N.), nosso irmão (nossa irmã) na fé e no Baptismo, oremos a Deus Pai todo-poderoso, dizendo (ou: cantando): R. Deus, fonte de toda a santidade,

Leia mais

Solenidade de Corpus Christi Junho de 2017

Solenidade de Corpus Christi Junho de 2017 Solenidade de Corpus Christi Junho de 2017 Caríssimos Irmãos e Irmãs: Temos, com muita frequência, insistido sobre a realidade do espaço eclesial que cada batizado ocupa na Igreja. Porém, não obstante

Leia mais

FUNDAMENTOS DA FÉ CATÓLICA

FUNDAMENTOS DA FÉ CATÓLICA FUNDAMENTOS DA FÉ CATÓLICA 1 Deus quer nos tornar sagrados. Ele nos chama para crescer em santidade. Em sua providência, ele nos deu uma maneira de triunfar: a Sociedade de São Vicente de Paulo. 2 A Sociedade

Leia mais

CT 18 -Globalmente, pode-se partir da noção de que a catequese é uma educação da fé das crianças, dos jovens e

CT 18 -Globalmente, pode-se partir da noção de que a catequese é uma educação da fé das crianças, dos jovens e MÓDULO V ITINERÁRIO do Acto CATEQUÉTICO = COMO Fazer Catequese Recordar: CT 18 -Globalmente, pode-se partir da noção de que a catequese é uma educação da fé das crianças, dos jovens e dos adultos, a qual

Leia mais

Homilia para Quinta-Feira santa 24 de março de 2016

Homilia para Quinta-Feira santa 24 de março de 2016 Homilia para Quinta-Feira santa 24 de março de 2016 Muitas vezes e em diversas ocasiões a Igreja tem manifestado sua indignação e preocupação pastoral a respeito do estado de violência instalado em nossa

Leia mais

ORIENTAÇÕES PARA A PASTORAL DO DÍZIMO

ORIENTAÇÕES PARA A PASTORAL DO DÍZIMO ORIENTAÇÕES PARA A PASTORAL DO DÍZIMO Sumário Introdução 1. A compreensão do dízimo 1.1 Os fundamentos do dízimo 1.2 O que é o dízimo? 1.3 As dimensões do dízimo 1.4 As finalidades do dízimo 2. Orientações

Leia mais

XVIII DOMINGO DO TEMPO COMUM 02 de agosto de 2015

XVIII DOMINGO DO TEMPO COMUM 02 de agosto de 2015 XVIII DOMINGO DO TEMPO COMUM 02 de agosto de 2015 Caríssimos Irmãos e Irmãs: Hoje, muitos cristãos têm a Bíblia em mão e lêem-na com freqüência. Essa realidade acontece, também, entre os católicos, cuja

Leia mais

MARÇO ABRIL SEMANA SANTA:

MARÇO ABRIL SEMANA SANTA: MARÇO 01 Quarta-Feira de Cinzas e Abertura da Campanha da Fraternidade: Missa na Matriz: 9h 19h30 Missa na Comunidade São Sebastião: Fátima: 18h Confissão na Matriz: 15h 03 Inicio da Via Sacra 03 Reunião

Leia mais

O ANO LITÚRGICO. Quando se inicia o Ano Litúrgico?

O ANO LITÚRGICO. Quando se inicia o Ano Litúrgico? O ANO LITÚRGICO Chama-se Ano Litúrgico o tempo em que a Igreja celebra todos os feitos salvíficos operados por Deus em Jesus Cristo. "Através do ciclo anual, a Igreja comemora o mistério de Cristo, desde

Leia mais

O matrimônio na ordem da criação

O matrimônio na ordem da criação Pe. Henrique Soares da Costa É surpreendente e admirável que o amor humano, o amor entre um homem e uma mulher amor que envolve doação, carinho, carícias, intimidade sexual e erótica! seja marcado por

Leia mais

1º REVEZAMENTO TEMÁTICO NA E.B.Q. JANEIRO E FEVEREIRO DE 2013 TEMA: ORIENTAÇÃO FAMILIAR

1º REVEZAMENTO TEMÁTICO NA E.B.Q. JANEIRO E FEVEREIRO DE 2013 TEMA: ORIENTAÇÃO FAMILIAR 1º REVEZAMENTO TEMÁTICO NA E.B.Q. JANEIRO E FEVEREIRO DE 2013 TEMA: ORIENTAÇÃO FAMILIAR PROFESSORES: Davi Mendes e Cristiane Marinho FAMÍLIA ¹Família 1. Conjunto de pessoas do mesmo sangue. 2. Conjunto

Leia mais

Foi com um gesto semelhante ao que o nosso Bispo vai utilizar, que os Apóstolos comunicaram aos primeiros cristãos o Espírito de Deus:

Foi com um gesto semelhante ao que o nosso Bispo vai utilizar, que os Apóstolos comunicaram aos primeiros cristãos o Espírito de Deus: CRISTELO 24 de Maio de 2009 Foi com um gesto semelhante ao que o nosso Bispo vai utilizar, que os Apóstolos comunicaram aos primeiros cristãos o Espírito de Deus: Pedro e João impuseram-lhes as mãos e

Leia mais

Vivendo a Vida Santa

Vivendo a Vida Santa Livrinho 2 Pàgina 35 Lição Cinco Vivendo a Vida Santa Pode você descrever numa só palavra a qualidade de vida que procura levar? Muitas e variadas respostas são dadas a essa pergunta. Mas, da perspectiva

Leia mais

Um Exame das Doutrinas da Bíblia

Um Exame das Doutrinas da Bíblia Um Exame das Doutrinas da Bíblia 1A-Introdução à Doutrina 1- A Doutrina dos Apóstolos Atos 2:42 2-Heresia Tito 3:10 3-Dupla Verificação João 21:18 4-Fé-Definição Romanos 1:17 5-Negligência da Fé Romanos

Leia mais

1.1 Recuperar a comunidade (Base do Antigo Israel); 1.2 A nova experiência de Deus: o Abbá (Oração e escuta comunitária da Palavra);

1.1 Recuperar a comunidade (Base do Antigo Israel); 1.2 A nova experiência de Deus: o Abbá (Oração e escuta comunitária da Palavra); Uma nova paróquia Introdução DA: Conversão Pastoral Escolha de outro caminho; Transformar a estrutura paroquial retorno a raiz evangélica; Jesus: modelo (vida e prática); Metodologia: Nele, com Ele e a

Leia mais

NOSSA SENHORA APARECIDA

NOSSA SENHORA APARECIDA NOSSA SENHORA APARECIDA Denilson Aparecido Rossi Nossa Senhora Aparecida 1 REFLETINDO No corrente ano de 2017, estamos celebrando os 300 anos da aparição de Nossa Senhora Aparecida. Lembramos que essa

Leia mais

José Fernando Caldas Esteves José Manuel Garcia Cordeiro. Liturgia da Igreja

José Fernando Caldas Esteves José Manuel Garcia Cordeiro. Liturgia da Igreja José Fernando Caldas Esteves José Manuel Garcia Cordeiro Liturgia da Igreja UNIVERSIDADE CATÓLICA EDITORA Lisboa, 2008 In t ro d u ç ã o Liturgia da Igreja é o título que nos foi confiado para apresentar

Leia mais

calendário pastoral calendário pastoral

calendário pastoral calendário pastoral calendário calendário JANEIRO 01/01/ -- Santa Maria 03/01/ -- Epifania 05/01/ 21 horas Chegada da Imagem Peregrina de Aparecida Catedral Metropolitana de Vitória Arquidiocese de Vitória 08/01/ 19h - 23h

Leia mais

EM RESUMO, QUE LUZES NOS TRAZ O DOCUMENTO DE APARECIDA?

EM RESUMO, QUE LUZES NOS TRAZ O DOCUMENTO DE APARECIDA? EM RESUMO, QUE LUZES NOS TRAZ O DOCUMENTO DE APARECIDA? O documento Conclusivo da V Conferência contém inúmeras e oportunas indicações pastorais, motivadas por ricas reflexões à luz da fé e do atual contexto

Leia mais

Gên 1:26 E disse Deus: Façamos o homem à nossa imagem, conforme a nossa semelhança; domine ele sobre os peixes do mar, sobre as aves do céu, sobre os

Gên 1:26 E disse Deus: Façamos o homem à nossa imagem, conforme a nossa semelhança; domine ele sobre os peixes do mar, sobre as aves do céu, sobre os Retomando a Série Gên 1:26 E disse Deus: Façamos o homem à nossa imagem, conforme a nossa semelhança; domine ele sobre os peixes do mar, sobre as aves do céu, sobre os animais domésticos, e sobre toda

Leia mais

SETOR PRÉ-MATRIMONIAL / FORMAÇÃO

SETOR PRÉ-MATRIMONIAL / FORMAÇÃO O QUE DIZ A IGREJA O trabalho Pastoral Familiar divide-se em 3 setores: PRÉ MATRIMONIAL PÓS MATRIMONIAL CASOS ESPECIAIS OS SETORES SÃO...... uma combinação dos três fatores apresentados: CÍCLICO PRÉ PARALELISMO

Leia mais