A toda a minha família e amigos que, cada um com a sua particularidade, me foi relevante e importante com todo o seu carinho e apoio emocional.

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "A toda a minha família e amigos que, cada um com a sua particularidade, me foi relevante e importante com todo o seu carinho e apoio emocional."

Transcrição

1 AGRADECIMENTOS A realização desta investigação e dissertação não teria sido possível sem o auxílio e apoio de determinadas pessoas, as quais merecem toda a minha gratidão: Ao Professor Doutor João Justo, por toda a sua permanente disponibilidade, orientação e apoio com toda a sua incansável assistência, estou-lhe profundamente grata e devo-lhe tudo o que aprendi sobre as fases de realização de uma investigação e sua redacção. A todas as pessoas da Maternidade Dr. Alfredo da Costa que me permitiram a recolha de amostra para a minha investigação e que me acolheram no decorrer da mesma nessa instituição de saúde. Às mães que tão amável e atenciosamente se dispuseram a ajudar-me na recolha de dados para a execução desta investigação, a qual sem a sua colaboração não teria sido possível expresso o meu profundo agradecimento a todas elas. A toda a minha família e amigos que, cada um com a sua particularidade, me foi relevante e importante com todo o seu carinho e apoio emocional. À Carla, ao Luís e ao Bruno, por toda a vossa colaboração e disponibilidade fundamentais, assim como o vosso apoio físico e emocional, sem vocês esta dissertação não seria possível e devo-vos todo o meu agradecimento do fundo do meu coração. Ao meu namorado, por toda a sua força essencial, todo o seu apoio indispensável, por acreditar sempre em mim e nas minhas capacidades, por todo o seu amparo e ânimo nos momentos mais difíceis, por todo o seu carinho e amor, sempre. Estou-te profundamente agradecida por tudo, meu amor. I

2 RESUMO: Este estudo tem como objectivo aprofundar o conhecimento relativo: 1) à possível influência do tipo de parto-anestesia na avaliação da experiência de parto; 2) à possível influência da percepção materna acerca do parto na confiança para cuidar do seu bebé. 120 puérperas utentes da Maternidade Dr. Alfredo da Costa com idades compreendidas entre os 20 e 39 anos de idade, participaram nesta investigação no período compreendido entre 3 de Agosto e 4 de Setembro de Após consentimento informado, as participantes preencheram os seguintes questionários: Questionário sócio-demográfico, Questionário de Experiência e Satisfação com o Parto (QESP) (Costa, Figueiredo, Pacheco, Marques & Pais, 2004) e Mother and Baby Scales (MABS) (Wolke, 1995). Os resultados indicam que: a) as mulheres com parto eutócico e anestesia epidural conseguem um maior grau de relaxamento e experienciam de modo mais positivo o parto, em comparação com as mulheres com parto eutócico sem anestesia epidural, não tendo sido possível verificar se o mesmo acontece em relação às condições e cuidados prestados, à experiência positiva, ao suporte social, às preocupações e à vivência pós-parto, b) as mulheres com parto distócico por via instrumental e anestesia epidural experimentaram mais sentimentos negativos durante o trabalho de parto e parto, como medo, mal-estar e dor, mas consideram-se mais satisfeitas com a sua experiência de parto, de uma forma global, avaliandoo como mais positivo do que as mulheres com parto distócico por cesariana e anestesia epidural, c) tanto as mulheres com parto eutócico com anestesia epidural como as mulheres com parto eutócico sem anestesia epidural se sentem igualmente confiantes para cuidarem dos seus bebés e d) as mulheres com parto distócico por via instrumental com anestesia epidural sentem-se mais confiantes para cuidarem dos seus bebés, em comparação com as mulheres com parto distócico por cesariana com anestesia epidural. Verificou-se, também, a existência de uma correlação positiva entre a avaliação da experiência e satisfação da mulher com o parto e a confiança global da mãe para cuidar do seu bebé. Palavras-chave: Experiência de parto, satisfação, confiança nos cuidados maternais, tipo de parto e anestesia epidural. II

3 ABSTRACT: This study aims to deepen knowledge on: 1) the possible influence of the type of anesthesia in labor-evaluation of the experience of childbirth, 2) the possible influence of maternal perceptions about the birth upon the trust to take care of the baby. 120 newly mothers of the Maternity Dr. Alfredo da Costa aged between 20 and 39 years old, participated in this research in the period between Aug. 3 and Sept. 4, After informed consent, participants filled out questionnaires: the socio-demographic Questionnaire, the Childbirth Experience and Satisfaction Questionnaire (QESP) (Costa, Figueiredo,Pacheco & Pais, 2004) and the Mother and Baby Scales (MABS) (Wolke, 1995). Results indicate: a) women with eutocic childbirth and epidural anesthesia will present a greater degree of relaxation and a more positive experience of childbirth compared with women with eutocic childbirth without epidural anesthesia (it was not possible to verify if the same happens about conditions and care, positive experience, social support, concerns and experience postpartum), b) women with distocic childbirth through instrumental and epidural anesthesia experienced more negative feelings during labor and childbirth, fear, malaise and pain, but considered to be more satisfied with their experience of childbirth, overall, assessing it as more positive than women with distocic childbirth by caesarean section and epidural anesthesia, c) both women with eutocic childbirth with epidural anesthesia and women eutocic childbirth without epidural anesthesia feel equily confident to take care of their babies and d) women with distocic childbirth through instrumental and epidural anesthesia feel more confident to take care of your babies, when compared with women with distocic childbirth by caesarean section and epidural anesthesia. There was a positive correlation between the assessment of women's experience and satisfaction with the childbirth and overall confidence of the mother to take care of the baby. Key words: Experience of childbirth, satisfaction and confidence in mothering, type of childbirth and epidural anesthesia. III

4 Índice Assunto Página I. Introdução I.1 A experiência de parto 1 1 I.2 Factores que influenciam a avaliação da experiência de parto 2 I.2.1 A idade 2 I.2.2 A paridade... 2 I.2.3 O tipo de parto e de anestesia administrada 3 I Parto eutócico com anestesia epidural versus Parto por cesariana com anestesia epidural 3 I Parto eutócico sem analgesia epidural versus Parto eutócico com analgesia epidural 5 I Parto distócico por via instrumental com anestesia epidural versus Parto distócico por cesariana com anestesia geral ou epidural... 6 I.3 A qualidade da experiência de parto e ajustamento emocional da mulher após o parto... 6 I.4 A influência do suporte familiar e profissional na experiência de parto.. 7 I.5 Experiência de parto e comportamento materno.. 8 I.6 Objectivos, hipóteses e definição de variáveis. 9 II. Método.. 11 II.1 Amostras. II.1.1 Amostra II.1.2 Amostra II.1.3 Amostra II.1.4 Amostra 4. II.2 Material II.3 Procedimentos IV

5 III. Resultados. 19 IV. Discussão dos resultados 29 V. Conclusão VI. Referências bibliográficas VII. Anexos Anexo I Tabelas respeitantes à caracterização sóciodemográfica das puérperas e dos seus companheiros, e das características relativas à gravidez, paridade e amamentação, para cada amostra (1, 2, 3 e 4) Anexo II Outputs dos Testes da Normalidade Anexo III Outputs dos Testes da Homogeneidade das Variâncias Anexo IV Outputs dos Testes t-student Anexo V Outputs da Análise de Consistência Interna Anexo VI Outputs da Frequência de Itens das subescalas 1 e 6 do MABS V

1.1 A paternidade como uma etapa de desenvolvimento para o homem no contexto da família

1.1 A paternidade como uma etapa de desenvolvimento para o homem no contexto da família INDICE pp. INTRODUÇÃO 1 CAPÍTULO I - A TRANSIÇÃO PARA A PATERNIDADE 1. A parentalidade 1.1 A paternidade como uma etapa de desenvolvimento para o homem no contexto da família 10 10 14 1.2 O desejo de paternidade

Leia mais

Se é possível cuidar, recuperar e integrar as pessoas internadas, dependentes com incapacidade funcional, sem a ENFERMAGEM DE REABILITAÇÃO?

Se é possível cuidar, recuperar e integrar as pessoas internadas, dependentes com incapacidade funcional, sem a ENFERMAGEM DE REABILITAÇÃO? Se é possível cuidar, recuperar e integrar as pessoas internadas, dependentes com incapacidade funcional, sem a ENFERMAGEM DE REABILITAÇÃO? É, mas não com a mesma qualidade.. (Mark Twain) AGRADECIMENTOS

Leia mais

Mestrado em Cuidados Paliativos (5ª edição) Factores que influenciam a vivência do processo terminal e de luto: Perspectiva do cuidador principal

Mestrado em Cuidados Paliativos (5ª edição) Factores que influenciam a vivência do processo terminal e de luto: Perspectiva do cuidador principal Universidade de Lisboa Faculdade de Medicina de Lisboa Mestrado em Cuidados Paliativos (5ª edição) Factores que influenciam a vivência do processo terminal e de luto: Perspectiva do cuidador principal

Leia mais

Estudo da pré-disposição para doar sangue segundo uma perspetiva de Marketing social na Ilha da Madeira

Estudo da pré-disposição para doar sangue segundo uma perspetiva de Marketing social na Ilha da Madeira Maria Francisca G. Nóbrega Freitas Estudo da pré-disposição para doar sangue segundo uma perspetiva de Marketing social na Ilha da Madeira Orientadora: Denise Capela dos Santos Departamento de Ciências

Leia mais

EFEITO DA ESTIMULAÇÃO VESTIBULAR NO PERFIL SENSORIAL DE CRIANÇAS COM PARALISIA CEREBRAL: ENSAIO CLÍNICO RANDOMIZADO ALEATORIZADO

EFEITO DA ESTIMULAÇÃO VESTIBULAR NO PERFIL SENSORIAL DE CRIANÇAS COM PARALISIA CEREBRAL: ENSAIO CLÍNICO RANDOMIZADO ALEATORIZADO 1 UNIVERSIDADE DE BRASÍLIA-UnB FACULDADE DE CEILÂNDIA-FCE CURSO DE FISIOTERAPIA YASMIN SANTANA MAGALHÃES EFEITO DA ESTIMULAÇÃO VESTIBULAR NO PERFIL SENSORIAL DE CRIANÇAS COM PARALISIA CEREBRAL: ENSAIO

Leia mais

RAFAELA PONTES ANDRADE O AROMA E O COMPORTAMENTO DO CONSUMIDOR: ESTRATÉGIAS NO PONTO DE VENDA SCENT AND CONSUMER BEHAVIOR: AN IN- STORE STRATEGY

RAFAELA PONTES ANDRADE O AROMA E O COMPORTAMENTO DO CONSUMIDOR: ESTRATÉGIAS NO PONTO DE VENDA SCENT AND CONSUMER BEHAVIOR: AN IN- STORE STRATEGY Universidade de Aveiro 2013 Instituto Superior de Contabilidade e Administração de Aveiro RAFAELA PONTES ANDRADE O AROMA E O COMPORTAMENTO DO CONSUMIDOR: ESTRATÉGIAS NO PONTO DE VENDA SCENT AND CONSUMER

Leia mais

Quero agradecer à minha família e amigos, por todo o apoio, incentivo e compreensão ao longo desta etapa, marcada por muitos sacrifícios e angústias.

Quero agradecer à minha família e amigos, por todo o apoio, incentivo e compreensão ao longo desta etapa, marcada por muitos sacrifícios e angústias. Agradecimentos Quero agradecer à minha família e amigos, por todo o apoio, incentivo e compreensão ao longo desta etapa, marcada por muitos sacrifícios e angústias. Um agradecimento muito especial à minha

Leia mais

ORIENTAÇÃO PARA A TAREFA E ORIENTAÇÃO PARA O EGO: A OPINIÃO DOS ATLETAS DA SELECÇÃO PORTUGUESA DE ANDEBOL SUB-20

ORIENTAÇÃO PARA A TAREFA E ORIENTAÇÃO PARA O EGO: A OPINIÃO DOS ATLETAS DA SELECÇÃO PORTUGUESA DE ANDEBOL SUB-20 ORIENTAÇÃO PARA A TAREFA E ORIENTAÇÃO PARA O EGO: A OPINIÃO DOS ATLETAS DA SELECÇÃO PORTUGUESA DE ANDEBOL SUB-20 (2009) Susana Isabel Vicente Ramos Professora na Faculdade de Ciências do Desporto e Educação

Leia mais

INSTITUTO POLITÉCNICO DA GUARDA. Escola Superior de Tecnologia e Gestão

INSTITUTO POLITÉCNICO DA GUARDA. Escola Superior de Tecnologia e Gestão INSTITUTO POLITÉCNICO DA GUARDA Escola Superior de Tecnologia e Gestão SISTEMAS DE INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO NOS INSTITUTOS DE EMPREGO. ESTUDO DE CASO: IEFP DA GUARDA PROJETO APLICADO DO MESTRADO EM GESTÃO

Leia mais

Criatividade, Autoconceito e Desempenho Académico em Estudantes Universitários de Artes e Ciências

Criatividade, Autoconceito e Desempenho Académico em Estudantes Universitários de Artes e Ciências UNIVERSIDADE DA BEIRA INTERIOR Ciências Sociais e Humanas Criatividade, Autoconceito e Desempenho Académico em Estudantes Universitários de Artes e Ciências Sara Daniela da Silva Santos Dissertação para

Leia mais

MAUS TRATOS NA POPULAÇÃO IDOSA INSTITUCIONALIZADA

MAUS TRATOS NA POPULAÇÃO IDOSA INSTITUCIONALIZADA Universidade de Lisboa Faculdade de Medicina de Lisboa MAUS TRATOS NA POPULAÇÃO IDOSA INSTITUCIONALIZADA Catarina Isabel Fonseca Paulos Mestrado em Medicina Legal e Ciências Forenses 2005 Esta dissertação

Leia mais

UNIVERSIDADE DE TRÁS-OS-MONTES E ALTO DOURO VERSUS. Dissertação de Mestrado em Ciências do Desporto - Especialização em Actividades de Academia

UNIVERSIDADE DE TRÁS-OS-MONTES E ALTO DOURO VERSUS. Dissertação de Mestrado em Ciências do Desporto - Especialização em Actividades de Academia UNIVERSIDADE DE TRÁS-OS-MONTES E ALTO DOURO QUALIDADE DE SERVIÇO E AUTO-PERCEPÇÃO FÍSICA VERSUS RETENÇÃO E FIDELIZAÇÃO DE CLIENTES Dissertação de Mestrado em Ciências do Desporto - Especialização em Actividades

Leia mais

A c o m u n i c a ç ã o m a t e m á t i c a e m c r i a n ç a s c o m N E E. Dedicatória

A c o m u n i c a ç ã o m a t e m á t i c a e m c r i a n ç a s c o m N E E. Dedicatória Dedicatória Às minhas filhas, meus anjos de luz, e ao meu marido, por todo o apoio e compreensão indispensáveis para a elaboração deste trabalho, mas também para a realização deste meu sonho: Concluir

Leia mais

!" # "$ %!" &" ' ( & )!" & )# * # +, & & ), % ) % " -' )#, ( ". %(,,$ " / ) 0 ( %" % &". "/ " "( " 1, % ( " $" * 2(,3" & 4564

! # $ %! & ' ( & )! & )# * # +, & & ), % ) %  -' )#, ( . %(,,$  / ) 0 ( % % &. /  (  1, % (  $ * 2(,3 & 4564 !"#"$%!"&"'(&)!"&)#*#+,&&),%)%"-')#, (".%(,,$"/)0(%" %&"."/""("1,%(" $"*2(,3"&4564 A dissertação foi elaborada de acordo com o novo acordo ortográfico. 2 Agradecimentos Quero agradecer à professora Doutora

Leia mais

SÍNDROME DE DOWN: A HORA DA NOTÍCIA. Isaías Emilio da Silva

SÍNDROME DE DOWN: A HORA DA NOTÍCIA. Isaías Emilio da Silva SÍNDROME DE DOWN: A HORA DA NOTÍCIA Isaías Emilio da Silva UM MOMENTO QUE NUNCA SERÁ ESQUECIDO Por Ana Beduschi Nahas, enfermeira e mãe de um rapaz com síndrome de Down Menino ou menina?" É a primeira

Leia mais

Análise do Perfil do Investidor: Desenvolvimento e Validação de Questionário Padrão

Análise do Perfil do Investidor: Desenvolvimento e Validação de Questionário Padrão Luiza Nolasco Vieira de Castro Análise do Perfil do Investidor: Desenvolvimento e Validação de Questionário Padrão Dissertação de Mestrado Dissertação apresentada ao Programa de Pósgraduação em Administração

Leia mais

O PROCESSO DO ALEITAMENTO MATERNO EM RECÉM-NASCIDO DE BAIXO PESO

O PROCESSO DO ALEITAMENTO MATERNO EM RECÉM-NASCIDO DE BAIXO PESO Karina Cristina Sousa Macedo Michelle Rigamonte Bulk Alves Selma Aparecida Cardoso O PROCESSO DO ALEITAMENTO MATERNO EM RECÉM-NASCIDO DE BAIXO PESO Bragança Paulista 2007 Karina Cristina Sousa Macedo Michelle

Leia mais

Questionário de Dados Sociais Demográficos e Obstétricos

Questionário de Dados Sociais Demográficos e Obstétricos Nome: Questionário de Dados Sociais Demográficos e Obstétricos I. Dados Demográficos 1 Idade: 2 Profissão: 3 - Profissão do Companheiro 4 Está empregada Desempregada 5 - O seu companheiro está empregado

Leia mais

Folha de Informação à Participante

Folha de Informação à Participante Folha de Informação à Participante A investigadora: Patrícia Mendes Lourenço Maltez Costa Tese de Mestrado Integrado em Psicologia, Faculdade de Psicologia da Universidade de Lisboa O meu nome é Patrícia

Leia mais

Fatores relacionados a prevalência e exclusividade do Aleitamento Materno em Portugal nos primeiros 6 meses de vida

Fatores relacionados a prevalência e exclusividade do Aleitamento Materno em Portugal nos primeiros 6 meses de vida Fatores relacionados a prevalência e exclusividade do Aleitamento Materno em Portugal nos primeiros 6 meses de vida Alarcão V, Ferreira I, Simões R, Fernandes M, Nicola P 17 de Outubro de 2012 Projeto

Leia mais

Anexo E. Pedido e Autorização da Direcção Geral de Inovação e Desenvolvimento Curricular (DGIDC) para realizar a investigação

Anexo E. Pedido e Autorização da Direcção Geral de Inovação e Desenvolvimento Curricular (DGIDC) para realizar a investigação Anexo E Pedido e Autorização da Direcção Geral de Inovação e Desenvolvimento Curricular (DGIDC) para realizar a investigação Identificação da Entidade / Interlocutor Nome da entidade: Karina Formiga Luís

Leia mais

Metodologia CAPITULO III METODOLOGIA

Metodologia CAPITULO III METODOLOGIA CAPITULO III METODOLOGIA 1. AMOSTRA Com o objectivo de identificar as habilidades psicológicas e avaliar a ansiedade traço, participaram neste estudo 69 praticantes federados de Futebol com idades compreendidas

Leia mais

Anexo A. Protocolo do Estudo de Caso

Anexo A. Protocolo do Estudo de Caso Anexo A Protocolo do Estudo de Caso 140 Protocolo do Estudo de Caso - Especificação do Processo de Recolha de Informação O processo de recolha de informação no decorrer do estudo de caso respeita a três

Leia mais

TIPOS DE ESTUDOS PARTE 2 PROFA. DRA. MARIA MEIMEI BREVIDELLI

TIPOS DE ESTUDOS PARTE 2 PROFA. DRA. MARIA MEIMEI BREVIDELLI TIPOS DE ESTUDOS PARTE 2 PROFA. DRA. MARIA MEIMEI BREVIDELLI CLASSIFICAÇÃO DOS ESTUDOS (LOBIONDO- WOOD, HABER, 2001) Experimentais Experimento clássico Experimento apenas depois Quase- Experimentais Grupo

Leia mais

UNIVERSIDADE CATÓLICA PORTUGUESA Escola das Artes

UNIVERSIDADE CATÓLICA PORTUGUESA Escola das Artes UNIVERSIDADE CATÓLICA PORTUGUESA Escola das Artes A Técnica de Respiração nos Instrumentos Musicais de Sopro: Estudo de Caso na Escola Profissional Artística do Vale do Ave - Artave Dissertação apresentada

Leia mais

Luís Miguel Pereira Freitas. Mudança Conceptual no Tema Terra no Espaço com base na Interdisciplinaridade em Ciências Físicas e Naturais no 3º Ciclo

Luís Miguel Pereira Freitas. Mudança Conceptual no Tema Terra no Espaço com base na Interdisciplinaridade em Ciências Físicas e Naturais no 3º Ciclo Universidade do Minho Instituto de Educação e Psicologia Luís Miguel Pereira Freitas Mudança Conceptual no Tema Terra no Espaço com base na Interdisciplinaridade em Ciências Físicas e Naturais no 3º Ciclo

Leia mais

Pesquisa de opinião Você está satisfeito com a sua vida conjugal?

Pesquisa de opinião Você está satisfeito com a sua vida conjugal? Outubro, 2016 Pesquisa de opinião Você está satisfeito com a sua vida conjugal? Outubro, 2016 Introdução O Instituto do Casal realizou uma pesquisa online com 510 pessoas, entre homens e mulheres, entre

Leia mais

INFLUÊNCIA DA CONDUTA DO PEDIATRA NO COMPORTAMENTO DE AMAMENTAR NOS PRIMEIROS SEIS MESES DE VIDA ESTUDO TRANSVERSAL EM UM MUNICÍPIO DO ESTADO DE GOIÁS

INFLUÊNCIA DA CONDUTA DO PEDIATRA NO COMPORTAMENTO DE AMAMENTAR NOS PRIMEIROS SEIS MESES DE VIDA ESTUDO TRANSVERSAL EM UM MUNICÍPIO DO ESTADO DE GOIÁS INFLUÊNCIA DA CONDUTA DO PEDIATRA NO COMPORTAMENTO DE AMAMENTAR NOS PRIMEIROS SEIS MESES DE VIDA ESTUDO TRANSVERSAL EM UM MUNICÍPIO DO ESTADO DE GOIÁS Sandra Valéria Martins Pereira Marcela de Andrade

Leia mais

Michel Lacerda Baitelli. Posicionamento Competitivo dentro dos Grupos Estratégicos da Indústria de Higiene Pessoal e Cosméticos

Michel Lacerda Baitelli. Posicionamento Competitivo dentro dos Grupos Estratégicos da Indústria de Higiene Pessoal e Cosméticos Michel Lacerda Baitelli Posicionamento Competitivo dentro dos Grupos Estratégicos da Indústria de Higiene Pessoal e Cosméticos Dissertação de Mestrado Dissertação apresentada como requisito parcial para

Leia mais

A Influência do Risco-País no Custo de Captação Externo de Empresas com Grau de Investimento Um Estudo de Caso do Brasil

A Influência do Risco-País no Custo de Captação Externo de Empresas com Grau de Investimento Um Estudo de Caso do Brasil Camila Hersbach Nagem de Moraes A Influência do Risco-País no Custo de Captação Externo de Empresas com Grau de Investimento Um Estudo de Caso do Brasil Dissertação de Mestrado Dissertação apresentada

Leia mais

PALAVRAS-CHAVE Obstetrícia. Educação em saúde. Consulta de enfermagem.

PALAVRAS-CHAVE Obstetrícia. Educação em saúde. Consulta de enfermagem. 14. CONEX Apresentação Oral Resumo Expandido - ISSN 2238-9113 1 ISSN 2238-9113 ÁREA TEMÁTICA: (marque uma das opções) ( ) COMUNICAÇÃO ( ) CULTURA ( ) DIREITOS HUMANOS E JUSTIÇA ( ) EDUCAÇÃO ( ) MEIO AMBIENTE

Leia mais

Palavras chave: trabalho colaborativo, desenvolvimento profissional, articulação curricular, tarefas de investigação e exploração.

Palavras chave: trabalho colaborativo, desenvolvimento profissional, articulação curricular, tarefas de investigação e exploração. RESUMO Esta investigação, tem como objectivo perceber como é que o trabalho colaborativo pode ajudar a melhorar as práticas lectivas dos professores, favorecendo a articulação curricular entre ciclos na

Leia mais

Sistemas e Serviços de Saúde Plano Nacional de Saúde, Dados Isabel de Souza 2. Isabel de Souza 09 às 13

Sistemas e Serviços de Saúde Plano Nacional de Saúde, Dados Isabel de Souza 2. Isabel de Souza 09 às 13 Posgraduação em Fisioterapia na Saúde da mulher_015 Ano 015 Inicio 16 de janeiro Fim 8 de novembro Mês Dias Introdução e Temas Complementar es à Saúde da Mulher : Sistemas de saúde, Gestão e marketing

Leia mais

UNIVERSIDADE METODISTA DE SÃO PAULO FACULDADE DE FILOSOFIA E CIÊNCIAS DA RELIGIÃO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM CIÊNCIAS DA RELIGIÃO

UNIVERSIDADE METODISTA DE SÃO PAULO FACULDADE DE FILOSOFIA E CIÊNCIAS DA RELIGIÃO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM CIÊNCIAS DA RELIGIÃO UNIVERSIDADE METODISTA DE SÃO PAULO FACULDADE DE FILOSOFIA E CIÊNCIAS DA RELIGIÃO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM CIÊNCIAS DA RELIGIÃO CONVERSÃO AO ISLÃ: UMA ANÁLISE SOCIOLÓGICA DA ASSIMILAÇÃO DO ETHOS RELIGIOSO

Leia mais

Estratégias para a Promoção e Melhoria da Competência Escrita em Língua Portuguesa e Espanhol Língua Estrangeira, por Alunos Portugueses

Estratégias para a Promoção e Melhoria da Competência Escrita em Língua Portuguesa e Espanhol Língua Estrangeira, por Alunos Portugueses Estratégias para a Promoção e Melhoria da Competência Escrita em Língua Portuguesa e Espanhol Língua Estrangeira, por Alunos Portugueses Maria Luiza do Vale Jerónimo Relatório de Estágio de Mestrado em

Leia mais

As provas da existência de Deus nas Meditações Metafísicas de René Descartes

As provas da existência de Deus nas Meditações Metafísicas de René Descartes João André Fernandes da Silva As provas da existência de Deus nas Meditações Metafísicas de René Descartes Dissertação de Mestrado Dissertação apresentada ao Programa de Pós-graduação em Filosofia da PUC-Rio

Leia mais

NORMAS DE FUNCIONAMENTO DOS CURSOS DE LÍNGUAS (TURMAS REGULARES E INTENSIVAS) 2015/2016

NORMAS DE FUNCIONAMENTO DOS CURSOS DE LÍNGUAS (TURMAS REGULARES E INTENSIVAS) 2015/2016 NORMAS DE FUNCIONAMENTO DOS CURSOS DE LÍNGUAS (TURMAS REGULARES E INTENSIVAS) 2015/2016 1. Tipos de turma e duração: O CLECS oferece dois tipos de turma: regular e intensivo. Além destas turmas, o CLECS

Leia mais

A Importância do Apoio do Pai do. adequado na Gravidez de Adolescentes

A Importância do Apoio do Pai do. adequado na Gravidez de Adolescentes A Importância do Apoio do Pai do Recém-nascido na Realização de um Pré-natal adequado na Gravidez de Adolescentes Vania Cristina Costa Chuva Silvana Granado Nogueira da Gama Ana Glória Godói Vasconcelos

Leia mais

AVALIAÇÃO DO CURSO DE COMUNICAÇÃO ORGANIZACIONAL

AVALIAÇÃO DO CURSO DE COMUNICAÇÃO ORGANIZACIONAL AVALIAÇÃO DO CURSO DE COMUNICAÇÃO ORGANIZACIONAL Outubro 2009 ÍNDICE 1. Introdução 3 2. População e Amostra 3 3. Apresentação de Resultados 4 3.1. Opinião dos alunos de Comunicação Organizacional sobre

Leia mais

RELATÓRIO DE ESTÁGIO

RELATÓRIO DE ESTÁGIO UNIVERSIDADE DE LISBOA FACULDADE DE PSICOLOGIA E DE CIÊNCIAS DA EDUCAÇÃO RELATÓRIO DE ESTÁGIO A Componente de Apoio à Família no Jardim-de-Infância de Alcabideche Linda France Alonso Duque CICLO DE ESTUDOS

Leia mais

Isabela Ferreira da Costa. Benefícios do Método Pilates na Gestação

Isabela Ferreira da Costa. Benefícios do Método Pilates na Gestação Isabela Ferreira da Costa Benefícios do Método Pilates na Gestação Londrina 2011 Isabela Ferreira da Costa Benefícios do Método Pilates na Gestação Monografia apresentada ao Curso de Especialização, em

Leia mais

Questionário de avaliação diagnóstica / Preliminary questionnaire

Questionário de avaliação diagnóstica / Preliminary questionnaire Este questionário foi aplicado durante o mês de Outubro a 105 alunos do 7º e 8º ano e pretende avaliar o nível de conhecimento que os alunos têm sobre Direitos da Criança. This questionnaire has been applied

Leia mais

VERSÃO PORTUGUESA DO HEARING HANDICAP INVENTORY FOR ADULTS DADOS PRELIMINARES

VERSÃO PORTUGUESA DO HEARING HANDICAP INVENTORY FOR ADULTS DADOS PRELIMINARES Vasco de Oliveira 1,2,4 & Paulo Cardoso do Carmo 1,3 1 - Escola Superior de Tecnologia da Saúde do Porto IPP 2 - Hospital Militar Regional Nº1 Porto 3 - Centro Hospitalar do Tâmega e Sousa Hospital Padre

Leia mais

DADOS DEMOGRÁFICOS: Favor complete os dados à seguir, para que possamos conhecer um pouco sobre você e sobre sua relação com o paciente.

DADOS DEMOGRÁFICOS: Favor complete os dados à seguir, para que possamos conhecer um pouco sobre você e sobre sua relação com o paciente. Numero de identificação: : local no pac. Satisfação da família com os cuidados na Unidade de Terapia Intensiva FS-ICU (24) Como vocês estão indo? Suas opiniões sobre a estadia recente de seu familiar na

Leia mais

A gestão dos dinheiros públicos e a política Teodora Cardoso 11 Julho 2013

A gestão dos dinheiros públicos e a política Teodora Cardoso 11 Julho 2013 A gestão dos dinheiros públicos e a política Teodora Cardoso 11 Julho 2013 O Enquadramento Institucional do sector público e o desenvolvimento económico Um texto recente do Banco Mundial sobre gestão financeira

Leia mais

299 Centro de Estudos em Educação, Tecnologias e Saúde

299 Centro de Estudos em Educação, Tecnologias e Saúde 299 CUIDADOS NO ALÍVIO DA DOR: PERSPECTIVA DA PARTURIENTE ANA MARIA ROCHA* CLÁUDIA SOFIA C. B. C. MONTEIRO * MANUELA FERREIRA ** JOÃO DUARTE ** * Enfermeira do Hospital São Teotónio de Viseu. ** Docente

Leia mais

"Imagens de Vida Mulheres submetidas à Interrupção Voluntária da Gravidez: um estudo sobre Estratégias de Coping"

Imagens de Vida Mulheres submetidas à Interrupção Voluntária da Gravidez: um estudo sobre Estratégias de Coping Sandra Maria Carvalho Maia "Imagens de Vida Mulheres submetidas à Interrupção Voluntária da Gravidez: um estudo sobre Estratégias de Coping" Dissertação apresentada no Instituto Superior de Ciências da

Leia mais

3.1 FUNDAMENTOS BIOLÓGICOS DA MORALIDADE: AGRESSIVIDADE E EMPATIA A ÉTICA EVOLUCIONÁRIA A PRODUÇÃO CULTURAL DA MORALIDADE

3.1 FUNDAMENTOS BIOLÓGICOS DA MORALIDADE: AGRESSIVIDADE E EMPATIA A ÉTICA EVOLUCIONÁRIA A PRODUÇÃO CULTURAL DA MORALIDADE ÍNDICE AGRADECIMENTOS XV PREÂMBULO XIX INTRODUÇÃO XXIII SER MORAL É A ESSÊNCIA DA CONDIÇÃO HUMANA XXIII ESTRUTURA DA DISSERTAÇÃO XXVI PARTE I PSICOLOGIA DA MORALIDADE: REVISÃO E CRÍTICA CAPÍTULO 1. GÉNESE

Leia mais

Características da gestante adolescente em estudo prospectivo de 4 anos: realidade em Teresópolis

Características da gestante adolescente em estudo prospectivo de 4 anos: realidade em Teresópolis Características da gestante adolescente em estudo prospectivo de 4 anos: realidade em Teresópolis VASCONCELOS, Marcos. Docente do curso de graduação em Medicina. SOUZA, Nathalia Vital. Discente do curso

Leia mais

Parto Normal. A importância de conhecer as vantagens.

Parto Normal. A importância de conhecer as vantagens. Parto Normal A importância de conhecer as vantagens. PARTO NORMAL Ser mãe é ter o prazer de se sentir especial não só durante os nove meses de gestação, mas pelo resto da vida. O momento do nascimento

Leia mais

WHOQOL-100 Versão em português ORGANIZAÇÃO MUNDIAL DA SAÚDE AVALIAÇÃO DE QUALIDADE DE VIDA

WHOQOL-100 Versão em português ORGANIZAÇÃO MUNDIAL DA SAÚDE AVALIAÇÃO DE QUALIDADE DE VIDA WHOQOL-100 Versão em português ORGANIZAÇÃO MUNDIAL DA SAÚDE AVALIAÇÃO DE QUALIDADE DE VIDA Coordenação do Grupo WHOQOL no Brasil Dr. Marcelo Pio de Almeida Fleck Departamento de Psiquiatria e Medicina

Leia mais

UNIVERSIDADE DO ALGARVE FACULDADE DE CIÊNCIAS HUMANAS E SOCIAIS

UNIVERSIDADE DO ALGARVE FACULDADE DE CIÊNCIAS HUMANAS E SOCIAIS UNIVERSIDADE DO ALGARVE FACULDADE DE CIÊNCIAS HUMANAS E SOCIAIS Impacto do Cancro da Mama no Casal: análise em espelho das perspectivas de ambos os cônjuges Alexandra Isabel Cabrita Martins Orientador:

Leia mais

Cynthia R. Matos Silva

Cynthia R. Matos Silva Cynthia R. Matos Silva EFEITO DA SUPLEMENTAÇÃO DE VITAMINA C SOBRE AS ALTERAÇÕES NUTRICIONAIS DECORRENTES DA CIRROSE BILIAR SECUNDÁRIA Estudo experimental em ratos jovens Botucatu SP 2002 Cynthia R. Matos

Leia mais

MÉTODOS. portuguesas; apresentar as variáveis obstétricas que caracterização a gravidez e o parto hospitalar;

MÉTODOS. portuguesas; apresentar as variáveis obstétricas que caracterização a gravidez e o parto hospitalar; 167 Nascer em Portugal: estudo nacional descritivo Rui Loureiro 1, João Bernardes 2, Manuela Ferreira 3, Paula Freitas 4 RESUMO Introdução: As transformações das últimas décadas têm influenciado as circunstâncias

Leia mais

LIMITES DA AUTONOMIA SINDICAL FRENTE AOS DIREITOS INDIVIDUAIS

LIMITES DA AUTONOMIA SINDICAL FRENTE AOS DIREITOS INDIVIDUAIS FACULDADE DE DIREITO DO RECIFE UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO - UFPE Fernanda Viana Lima LIMITES DA AUTONOMIA SINDICAL FRENTE AOS DIREITOS INDIVIDUAIS Recife 2002 FERNANDA VIANA LIMA LIMITES DA AUTONOMIA

Leia mais

Rosa Maria Fernandes Silva. O Insucesso Escolar e Estratégias para o Minorar

Rosa Maria Fernandes Silva. O Insucesso Escolar e Estratégias para o Minorar Rosa Maria Fernandes Silva DESENVOLVIMENTO PROFISSIONAL DE PROFESSORES DE MATEMÁTICA DO 2º CICLO DO ENSINO BÁSICO O Insucesso Escolar e Estratégias para o Minorar DISSERTAÇÃO DE MESTRADO EM EDUCAÇÃO Supervisão

Leia mais

JAMES MAXWELL FERNANDES ARAUJO. A COMUNICAÇÃO INTERPESSOAL NA SAÚDE O direito à informação na interação entre o médico e o paciente

JAMES MAXWELL FERNANDES ARAUJO. A COMUNICAÇÃO INTERPESSOAL NA SAÚDE O direito à informação na interação entre o médico e o paciente JAMES MAXWELL FERNANDES ARAUJO A COMUNICAÇÃO INTERPESSOAL NA SAÚDE O direito à informação na interação entre o médico e o paciente Universidade Metodista de São Paulo Programa de Pós-Graduação em Comunicação

Leia mais

UNIVERSIDADE DO ESTADO DE SANTA CATARINA UDESC CENTRO DE CIÊNCIAS DA ADMINISTRAÇÃO ESAG CURSO DE MESTRADO PROFISSIONAL EM ADMINISTRAÇÃO

UNIVERSIDADE DO ESTADO DE SANTA CATARINA UDESC CENTRO DE CIÊNCIAS DA ADMINISTRAÇÃO ESAG CURSO DE MESTRADO PROFISSIONAL EM ADMINISTRAÇÃO UNIVERSIDADE DO ESTADO DE SANTA CATARINA UDESC CENTRO DE CIÊNCIAS DA ADMINISTRAÇÃO ESAG CURSO DE MESTRADO PROFISSIONAL EM ADMINISTRAÇÃO FABIANO LEHMKUHL GERBER O PÓS-VENDA COMO PREMISSA DO MARKETING DE

Leia mais

ASSISTÊNCIA PRÉ-NATAL. Centro de Saúde de Serpa

ASSISTÊNCIA PRÉ-NATAL. Centro de Saúde de Serpa ASSISTÊNCIA PRÉ-NATAL Centro de Saúde de Serpa Justificação: Incube aos serviços de saúde Assegurar as actividades necessárias para uma assistência eficiente e humanizada, na preparação e no acompanhamento

Leia mais

OBRA SOCIAL PAULO VI. Vou ter um irmão. - Orientações para os pais

OBRA SOCIAL PAULO VI. Vou ter um irmão. - Orientações para os pais OBRA SOCIAL PAULO VI Vou ter um irmão - Orientações para os pais Introdução O nascimento de um irmão é um acontecimento de vida muito stressante para a criança pequena e as suas reacções a este acontecimento

Leia mais

Projecto Ciência Viva. 25/7 a 29/7 de 2011 Estágio realizado na FCM-UNL por: Ana Mafalda Duarte Fábio Simões

Projecto Ciência Viva. 25/7 a 29/7 de 2011 Estágio realizado na FCM-UNL por: Ana Mafalda Duarte Fábio Simões Projecto Ciência Viva 25/7 a 29/7 de 2011 Estágio realizado na FCM-UNL por: Ana Mafalda Duarte Fábio Simões Introdução O Diabetes mellitus é uma doença metabólica caracterizada por um aumento anormal do

Leia mais

DINÂMICA DO SISTEMA CARRO-PÊNDULO

DINÂMICA DO SISTEMA CARRO-PÊNDULO DINÂMICA DO SISTEMA CARRO-PÊNDULO Rafael Alves Figueiredo 1 Universidade Federal de Uberlândia Av. João Naves de Ávila, 2121, Santa Mônica, Uberlândia, MG, Brasil. rafamatufu@yahoo.com.br Márcio José Horta

Leia mais

Mariana Figueiredo de Castro Pereira

Mariana Figueiredo de Castro Pereira Mariana Figueiredo de Castro Pereira POLÍTICA SOCIOAMBIENTAL: Construindo o conceito através do Projeto EcoBarreiras Dissertação de Mestrado Dissertação apresentada ao Programa de Pós- Graduação em Serviço

Leia mais

ESCOLA NAVAL DEPARTAMENTO DE ARMAS E ELETRÓNICA

ESCOLA NAVAL DEPARTAMENTO DE ARMAS E ELETRÓNICA ESCOLA NAVAL DEPARTAMENTO DE ARMAS E ELETRÓNICA APLICABILIDADE DE REDES TOLERANTES A ATRASOS (DTN) NAS FORÇAS NAVAIS DA MARINHA PORTUGUESA Tiago Nunes Mendes Moço MESTRADO EM CIÊNCIAS MILITARES NAVAIS

Leia mais

Análise da Performance dos Fundos Mútuos de Investimento em Empresas Emergentes no Brasil entre 1994 e 2004

Análise da Performance dos Fundos Mútuos de Investimento em Empresas Emergentes no Brasil entre 1994 e 2004 Leonardo Alvim de C. Ayres Análise da Performance dos Fundos Mútuos de Investimento em Empresas Emergentes no Brasil entre 1994 e 2004 DISSERTAÇÃO DE MESTRADO DEPARTAMENTO DE ADMINISTRAÇÃO DE EMPRESAS

Leia mais

Gravidez: Cuidados e Emoções

Gravidez: Cuidados e Emoções Gravidez: Cuidados e Emoções Como são os cuidados do começo ao fim da gravidez, e quais são as emoções mais comuns entre as mamães. Há muitas dúvidas que cercam as mamães de primeira viagem, ou até mesmo

Leia mais

Vivência Holística da Gravidez e Parto

Vivência Holística da Gravidez e Parto Vivência Holística da Gravidez e Parto Preparação para o Nascimento Acreditamos que existem outras formas de olhar para a chegada de um novo Ser, de vivenciar a gravidez e de experienciar o parto de forma

Leia mais

PARTE I 1. Capítulo 1 3

PARTE I 1. Capítulo 1 3 Agradecimentos... Prefácio... Maria José Morgado Sobre o Livro... XIII XV XVII PARTE I 1 Enquadramento e Fundamentação Teórica Capítulo 1 3 Introdução Profiling... 3 Abordagens metodológicas... 4 Recolha

Leia mais

Instituto Superior Politécnico de Viseu. Escola Superior de Saúde de Viseu. I Mestrado em Enfermagem de Reabilitação

Instituto Superior Politécnico de Viseu. Escola Superior de Saúde de Viseu. I Mestrado em Enfermagem de Reabilitação Instituto Superior Politécnico de Viseu Escola Superior de Saúde de Viseu I Mestrado em Enfermagem de Reabilitação DOR NO IDOSO SATISFAÇÃO COM O TRATAMENTO Trabalho realizado no âmbito do Mestrado em Enfermagem

Leia mais

Promoção do sucesso escolar na transição do 1º para o 2º ciclo: Apresentação de um programa de ajustamento social e escolar em contexto rural

Promoção do sucesso escolar na transição do 1º para o 2º ciclo: Apresentação de um programa de ajustamento social e escolar em contexto rural Promoção do sucesso escolar na transição do 1º para o 2º ciclo: Apresentação de um programa de ajustamento social e escolar em contexto rural Vitor Coelho Introdução Do que se trata? O Projecto Atitude

Leia mais

ADAB-Lisboa Factores de Adesão à Terapêutica Antibiótica numa População do Concelho de Lisboa

ADAB-Lisboa Factores de Adesão à Terapêutica Antibiótica numa População do Concelho de Lisboa Faculdade de Medicina de Lisboa Instituto de Medicina Preventiva Unidade de Epidemiologia 12º Programa Educação pela Ciência Dezembro 2009 ADAB-Lisboa Factores de Adesão à Terapêutica Antibiótica numa

Leia mais

CAPITULO III METODOLOGIA

CAPITULO III METODOLOGIA CAPITULO III METODOLOGIA A metodologia seguida neste trabalho é referente a um estudo descritivo e quantitativo. Isto porque a natureza do trabalho desenvolve-se na correlação e comparação entre as diferentes

Leia mais

DEDICATÓRIA (12) Espaço 2.0

DEDICATÓRIA (12) Espaço 2.0 ii DEDICATÓRIA (12) Espaço 2.0 Na maioria das vezes a dedicatória está relacionada a vínculos emocionais familiares ou de amigos próximos. Tem como objetivo destacar a relação afetuosa e de dedicação por

Leia mais

O PAPEL DA ENFERMAGEM NO PARTO HUMANIZADO NURSING ROLE OF NON-DELIVERY HUMANIZED

O PAPEL DA ENFERMAGEM NO PARTO HUMANIZADO NURSING ROLE OF NON-DELIVERY HUMANIZED REVISTA GESTÃO & SAÚDE (ISSN 1984-8153) 34 O PAPEL DA ENFERMAGEM NO PARTO HUMANIZADO NURSING ROLE OF NON-DELIVERY HUMANIZED RESUMO Gabriela Pinheiro BRANDT 1 Fabiula ROESNER 1 Higor Pacheco PEREIRA¹ Iliane

Leia mais

Detecção Precoce do HIV/Aids nos Programas da

Detecção Precoce do HIV/Aids nos Programas da Detecção Precoce do HIV/Aids nos Programas da Atenção BásicaB Características Atuais do Diagnóstico do HIV/AIDS Predomina o diagnóstico tardio da infecção pelo HIV e Aids (43,6% dos diagnósticos) ( sticos

Leia mais

Conhecimentos adquiridos pelo Pai nas Classes de Preparação para o Nascimento

Conhecimentos adquiridos pelo Pai nas Classes de Preparação para o Nascimento Seminário de Monografia I e II Ano Letivo 2011/2012 4º ano Conhecimentos adquiridos pelo Pai nas Classes de Preparação para o Nascimento Projeto Final de Licenciatura Elaborado por Sónia Filipa Candeias

Leia mais

A INFLUÊNCIA DA PRÁTICA REGULAR DE EXERCÍCIO FÍSICO NA PERCEPÇÃO DA QUALIDADE DE VIDA DE IDOSOS DO GÉNERO FEMININO

A INFLUÊNCIA DA PRÁTICA REGULAR DE EXERCÍCIO FÍSICO NA PERCEPÇÃO DA QUALIDADE DE VIDA DE IDOSOS DO GÉNERO FEMININO Universidade de Coimbra Faculdade de Ciências do Desporto e Educação Física A INFLUÊNCIA DA PRÁTICA REGULAR DE EXERCÍCIO FÍSICO NA PERCEPÇÃO DA QUALIDADE DE VIDA DE IDOSOS DO GÉNERO FEMININO Dissertação

Leia mais

Ana Cláudia Martinez Pinheiro. Que crianças são estas? Retratos de infância a partir de cadernos de texto. Dissertação de Mestrado

Ana Cláudia Martinez Pinheiro. Que crianças são estas? Retratos de infância a partir de cadernos de texto. Dissertação de Mestrado Ana Cláudia Martinez Pinheiro Que crianças são estas? Retratos de infância a partir de cadernos de texto Dissertação de Mestrado Dissertação apresentada como requisito parcial para obtenção do grau de

Leia mais

Educação em saúde no Aleitamento Materno - Consulta Puerperal de Enfermagem (CPE) CIEPG 4º Congresso Internacional de Educação

Educação em saúde no Aleitamento Materno - Consulta Puerperal de Enfermagem (CPE) CIEPG 4º Congresso Internacional de Educação Educação em saúde no Aleitamento Materno - Consulta Puerperal de Enfermagem (CPE) CIEPG 4º Congresso Internacional de Educação Caroline de Oliveira Pedroso (Universidade Estadual de Ponta Grossa) caiol.pedroso@hotm

Leia mais

O relatório em Análise Sensorial Estilo e conteúdo. O relatório em Análise Sensorial. O relatório em Análise Sensorial. Background e objectivos

O relatório em Análise Sensorial Estilo e conteúdo. O relatório em Análise Sensorial. O relatório em Análise Sensorial. Background e objectivos Estilo e conteúdo A quem se destina o relatório? O relatório deve ser claro e facilmente compreendido pelo cliente. Que tipo de relatório é necessário? É conveniente começar com um resumo (sumário) Relatório

Leia mais

GISELE QUEIROZ CARVALHO

GISELE QUEIROZ CARVALHO GISELE QUEIROZ CARVALHO ESTUDO DE ALGUNS MARCADORES INFLAMATÓRIOS E DE SÍNDROME METABÓLICA EM ADOLESCENTES COM SOBREPESO E NAQUELAS METABOLICAMENTE OBESAS DE PESO NORMAL. Dissertação apresentada à Universidade

Leia mais

CURSO DE FISIOTERAPIA. Karen Beckenkamp

CURSO DE FISIOTERAPIA. Karen Beckenkamp 0 CURSO DE FISIOTERAPIA Karen Beckenkamp AVALIAÇÃO DE SATISFAÇÃO DA ASSISTÊNCIA FISIOTERAPÊUTICA NO PRÉ-PARTO NO CENTRO OBSTÉTRICO DO HOSPITAL SANTA CRUZ Santa Cruz do Sul 2015 1 Karen Beckenkamp AVALIAÇÃO

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DA BAHIA ESCOLA DE ADMINISTRAÇÃO NÚCLEO DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ADMINISTRAÇÃO MESTRADO ACADÊMICO EM ADMINISTRAÇÃO

UNIVERSIDADE FEDERAL DA BAHIA ESCOLA DE ADMINISTRAÇÃO NÚCLEO DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ADMINISTRAÇÃO MESTRADO ACADÊMICO EM ADMINISTRAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DA BAHIA ESCOLA DE ADMINISTRAÇÃO NÚCLEO DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ADMINISTRAÇÃO MESTRADO ACADÊMICO EM ADMINISTRAÇÃO CLEYTON MIRANDA BARROS SISTEMA NACIONAL DE EMPREGO NA BAHIA: Funcionamento,

Leia mais

QUESTIONÁRIO SOBRE OS VALORES PESSOAIS

QUESTIONÁRIO SOBRE OS VALORES PESSOAIS QUESTIONÁRIO SOBRE OS VALORES PESSOAIS Shalom H. Schwartz; Tradução e Adaptação: Menezes & Campos, 989 Recriação: Prioste, Narciso, & Gonçalves (00) Neste questionário deve perguntar-se a si próprio: "Que

Leia mais

Universidade Federal de Uberlândia PRGRA Pró-Reitoria de Graduação DIRPS Diretoria de Processos Seletivos

Universidade Federal de Uberlândia PRGRA Pró-Reitoria de Graduação DIRPS Diretoria de Processos Seletivos LÍNGUA INGLESA Gabarito Final - Questão 1 O candidato deverá redigir uma resposta considerada correta, contemplando os formatos ou itens abaixo: It means that success generates/produces/engenders more

Leia mais

Diferenças assistenciais no pré-natal, parto e puerpério entre as mulheres que utilizaram Plano de Saúde x SUS Dados da PNDS 2006

Diferenças assistenciais no pré-natal, parto e puerpério entre as mulheres que utilizaram Plano de Saúde x SUS Dados da PNDS 2006 Diferenças assistenciais no pré-natal, parto e puerpério entre as mulheres que utilizaram Plano de Saúde x SUS Dados da PNDS 2006 José Cechin Superintendente Executivo Francine Leite Carina Martins Esse

Leia mais

JOSÉ CARLOS DE ALMEIDA PERNAMBUCO

JOSÉ CARLOS DE ALMEIDA PERNAMBUCO JOSÉ CARLOS DE ALMEIDA PERNAMBUCO ARTROPATIA INFLAMATÓRIA HANSÊNICA ESTUDO CLÍNICO - EVOLUTIVO, LABORATORIAL E RADIOGRÁFICO Dissertação apresentada à Escola Paulista de Medicina para obtenção do título

Leia mais

English version at the end of this document

English version at the end of this document English version at the end of this document Ano Letivo 2016-17 Unidade Curricular ENFERMAGEM DE SAÚDE MATERNA E OBSTETRÍCIA Cursos ENFERMAGEM (1.º ciclo) Unidade Orgânica Escola Superior de Saúde Código

Leia mais

Pesquisa em. propaganda. Faccat Profª Me. Taís Vieira

Pesquisa em. propaganda. Faccat Profª Me. Taís Vieira Pesquisa em propaganda Faccat Profª Me. Taís Vieira Tipos de pesquisa - Na escolha da melhor metodologia para uma investigação, tudo depende do que se deseja conhecer: o que e quanto ou como e por quê?

Leia mais

Introdução ao Discipulado aos alunos do programa Desafio Jovem com respostas Senhor, me ajude, eu sou novo na equipe!

Introdução ao Discipulado aos alunos do programa Desafio Jovem com respostas Senhor, me ajude, eu sou novo na equipe! Introdução ao Discipulado aos alunos do programa Desafio Jovem com respostas Senhor, me ajude, eu sou novo na equipe! Por Dave Batty Visão Geral 1. Quais são os maiores desafios encarados pelos novos membros

Leia mais

ANÁLISE DA PRECIPITAÇÃO NA REGIÃO DO SUB-MÉDIO SÃO FRANCISCO EM EVENTOS CLIMÁTICOS DE EL NIÑO E LA NIÑA

ANÁLISE DA PRECIPITAÇÃO NA REGIÃO DO SUB-MÉDIO SÃO FRANCISCO EM EVENTOS CLIMÁTICOS DE EL NIÑO E LA NIÑA ANÁLISE DA PRECIPITAÇÃO NA REGIÃO DO SUB-MÉDIO SÃO FRANCISCO EM EVENTOS CLIMÁTICOS DE EL NIÑO E LA NIÑA. Ana Paula Lima Marques da Silva 1 ; Otto Corrêa Rotunno Filho 2 ; Isimar de Azevedo Santos 3, Cláudio

Leia mais

Efeito da variável preparação para o parto na antecipação do parto pela grávida: estudo comparativo

Efeito da variável preparação para o parto na antecipação do parto pela grávida: estudo comparativo ARTIGO DE INVESTIGAÇÃO Efeito da variável preparação para o parto na antecipação do parto pela grávida: estudo comparativo The effect of the variable preparation for childbirth on anticipating the childbirth

Leia mais

INSTITUTO SUPERIOR MIGUEL TORGA ESCOLA SUPERIOR DE ALTOS ESTUDOS

INSTITUTO SUPERIOR MIGUEL TORGA ESCOLA SUPERIOR DE ALTOS ESTUDOS INSTITUTO SUPERIOR MIGUEL TORGA ESCOLA SUPERIOR DE ALTOS ESTUDOS Envolvimento parental e nível sociocultural das famílias: Estudo comparativo num agrupamento escolar Marco Sérgio Gorgulho Rodrigues Dissertação

Leia mais

O COMPORTAMENTO DO CONSUMIDOR. As etapas anteriores à compra

O COMPORTAMENTO DO CONSUMIDOR. As etapas anteriores à compra O COMPORTAMENTO DO CONSUMIDOR As etapas anteriores à compra INTEGRANTES Evandro Santana Felippe Dantas Icaro Righeti Matheus Lameu Etapas anteriores à compra 1. Experiências Situações ao longo da vida

Leia mais

Stresse pode ser positivo

Stresse pode ser positivo Stresse pode ser positivo Diferença entre stresse e burnout. Conceito de burnout -frustração do sujeito pelo não alcance dos resultados para os quais se empenhou (Freudenberger, 1974) -sentimento do sujeito

Leia mais