Repense Mobilidade. Seminário Rio Metropolitano: Desafios Compartilhados, O Futuro da Mobilidade na Metrópole

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Repense Mobilidade. Seminário Rio Metropolitano: Desafios Compartilhados, O Futuro da Mobilidade na Metrópole"

Transcrição

1

2 Repense Mobilidade Seminário Rio Metropolitano: Desafios Compartilhados, O Futuro da Mobilidade na Metrópole Willian Alberto de Aquino Pereira Sinergia Estudos e Projetos Ltda de maio de 2015

3 Repense Mobilidade A Cidade mudou A População mudou A Economia mudou Os Meios de Transporte mudaram A Sociedade mudou E nós. Ainda pensamos igual ao passado?

4 Transporte não é um fim em si mesmo, mas só uma forma da população atingir seus interesses econômicos e sociais

5 Ai como dói! Trabalhar em Madureira, viajar na Cantareira e morar em Niterói! Quando o apito da fábrica de tecidos vem ferir os meus ouvidos, eu me lembro de você!

6 Geração de Viagens habitantes / domicílio habitantes totais Produção renda idade sexo

7 A estrutura da população está diferente

8 Geração de Viagens empregos lazer tipologia eficiência automação Atração comércio estudo serviços

9 A tecnologia se reflete nos empregos

10 Estrutura de Empregos Indústria Serviços Informais Internet

11 Distribuição de Viagens Produção de Viagens Atração de Viagens O/D Impedância Uso do solo Dispersão Expansão Mudança de Hábitos

12 Evolução dos indicadores do PDTU RMRJ Viagens por habitante por modo de transporte 2003 x 2012 Modos de transporte Quantidade de viagens por habitante Taxa de crescimento ao ano (%) transporte coletivo 0,82 0,93 1,33 Motorizado transporte individual 0,29 0,37 2,87 TOTAL 1,11 1,3 1,75 a pé 0,6 0,56-0,74 Não motorizado Bicicleta 0,06 0,05-2,41 TOTAL 0,65 0,6-0,88 TOTAL GERAL 1,77 1,9 0,84

13 Evolução dos indicadores do PDTU RMRJ Comparativo 2003 x viagens diárias segundo o modo motorizado e não motorizado (em milhares) MODO DE TRANSPORTE Viagens diárias realizadas em milhares % do total geral Taxa de crescimento ao ano (%) transporte coletivo ,7 48,8 1,91 Motorizado transporte individual ,3 19,5 3,46 Não motorizado TOTAL ,9 68,2 2,33 a pé ,8 29,4-0,18 bicicleta ,2 2,4-1,85 TOTAL ,1 31,8-0,31 TOTAL GERAL ,41

14 Evolução dos indicadores do PDTU RMRJ Comparativo 2003 x 2012 todas as viagens realizadas, por modo de transporte (em milhares) Viagens diárias Taxa de MODO % do total realizadas em milhares crescimento ao ano PRINCIPAL (%) a pé ,8 29,4-0,18 Bicicleta ,2 2,4-1,84 condutor de auto ,6 11,2 2,1 Passageiro de auto ,3 5,4 3,97 Táxi ,7 1,1 7,01 Motocicleta ,5 0,8 5,96 moto-táxi ,2 - Caminhão 29-0,1 - - Outros ,7 - Trem ,5 2,5 7,21 Metrô ,8 2,9 7,21 barcas/catamarã ,4 0,5 2,77 Bonde ônibus intermunicipal ,7 7,9 3,28 ônibus municipal ,4 29,5 2,69 ônibus executivo ,2 0,3 4,47 transporte alternativo ,2 2,9-9,59 ônibus pirata ,1 - transporte fretado ,5 0,2-5,57 transporte escolar ,9 9,43 TOTAL ,41

15 Evolução dos indicadores do PDTU RMRJ Distribuição percentual de viagens por modo de transporte para cada município da RMRJ Município da RMRJ Transporte motorizado Transporte não Coletivo (%) Individual (%) motorizado (%) Belford Roxo 50,5 43,8 6,5 7, Duque de Caxias 46,4 47, ,6 42,7 42,3 Guapimirim 18,2 43,7 4,5 6,2 77,3 50,1 Itaboraí 40,8 56,1 10,4 5,9 48,9 38 Itaguaí 31,2 27,1 16, ,1 56,9 Japeri 38,6 49,7 6,6 6,7 54,8 43,6 Magé 26,3 33 4,2 16,5 69,5 50,5 Mangaratiba 27, ,6 5, ,7 Maricá 45,8 42,2 12,8 35,3 41,4 22,5 Mesquita 58,3 45,6 9,3 25,3 32,5 29,1 Nilópolis 55,8 40,8 10, ,4 49,2 Niterói 42,2 44,8 27,8 24, ,9 Nova Iguaçu 52 52,1 12 5, ,6 Paracambi 24,8 54,5 9,9 18,6 65,3 26,9 Queimados 41,1 48,1 7,1 11,8 51,8 40,1 Rio de Janeiro 47,5 51,1 19,7 22,8 32,9 26,1 São Gonçalo 43,8 48,3 15,1 23, ,6 São João de Meriti 50,3 33,1 9,8 14,7 39,9 52,2 Seropédica 29, ,5 3,8 59,1 52,2 Tanguá 31,7 26,4 11, ,5 55,6

16 Evolução dos indicadores do PDTU RMRJ Tempos médios de viagem por modo agregado de transporte (em minutos) Modos de transporte Tempo médio de viagem Motorizado Transporte coletivo 54,8 41,8 Transporte individual 34 33,1 Não motorizado 17,4 (a pé) 14,4

17 Evolução dos indicadores do PDTU RMRJ Quantidade de Viagens em milhares Quantidade de Viagens em milhares Distribuição Horária Modo motorizado transporte individual coletivo x2012 Distribuição das Viagens por Modo motorizado - transporte coletivo e Distribuição das Viagens por Modo Hora de motorizado Início - transporte individual e Hora de Início :00 0:00 2:00 2:00 4:00 4:00 6:00 6:00 8:00 8:00 10:00 10:00 12:00 12:00 14:00 14:00 16:00 16:00 18:00 18:00 Faixa Horária do Início da Viagem Faixa Horária do Início da Viagem 20:00 20:00 22:00 22:

18 Análise da Evolução e Tendências Futuras do Uso do Solo Zonas de tráfego por município na RMRJ Abrangência com foco em Transportes Local PDTU 2003 PDTU 2013 Capital Toda a RMRJ

19 Linhas de Desejo Somatório todos os motivos Transporte Individual Coletivo Baixada 1A 1A (Pico (Pico da da Manhã)

20 Lei da Mobilidade Urbana Lei da Mobilidade Urbana: Lei nº , de 03 de janeiro de 2012, que instituiu as diretrizes da Política Nacional de Mobilidade Urbana. Prioridade

21 Escolha da Modalidade custo tempo conforto segurança Seleção por comparação outros

22 ????

23 Escolha Modal 25 R$? R$ 15, R$ 3,00 5 A pé Espera A pé R$ 3,00 A pé Espera Espera

24 Resultados das Pesquisas Modos motorizados por classe de renda para viagens motivo trabalho

25 Resultados das Pesquisas Tarifa de ônibus x renda média x população por área BU

26 Planejamento de Transporte e Cenários Futuros

27 Falar de mobilidade e igualdade social não é mais limitar-se aos deslocamentos, mas questionar globalmente a política de habitação, a sociologia urbana, as opções a longo prazo de desenvolvimento...

VISÕES DE FUTURO mobilidade urbana na Região Metropolitana do Rio de Janeiro

VISÕES DE FUTURO mobilidade urbana na Região Metropolitana do Rio de Janeiro 13/05/2015 VISÕES DE FUTURO mobilidade urbana na Região Metropolitana do Rio de Janeiro Divisão de Competitividade Industrial e Investimentos Gerência de Competitividade Industrial e Investimentos Diretoria

Leia mais

GERAÇÃO DE EMPREGO VIA CONSTRUÇÃO CIVIL NA REGIÃOMETROPOLITANA DO RIO DE JANEIRO

GERAÇÃO DE EMPREGO VIA CONSTRUÇÃO CIVIL NA REGIÃOMETROPOLITANA DO RIO DE JANEIRO SEMINÁRIO MENOS GARGALOS E MAIS EMPREGOS. O QUE FAZER PARA RETOMAR AS OBRAS DE INFRAESTRUTURA NO RIO? GERAÇÃO DE EMPREGO VIA CONSTRUÇÃO CIVIL NA REGIÃOMETROPOLITANA DO RIO DE JANEIRO VICENTE DE PAULA LOUREIRO

Leia mais

A A Pesquisa Origem e Destino O O se recupera frente ao O O por segmentos da população O O ao longo do dia O O por motivos de viagem O O por regiões d

A A Pesquisa Origem e Destino O O se recupera frente ao O O por segmentos da população O O ao longo do dia O O por motivos de viagem O O por regiões d 15ª SEMANA DE TECNOLOGIA METROFERROVIÁRIA TRANSPORTE COLETIVO NA REGIÃO METROPOLITANA DE SÃO PAULO A RECUPERAÇÃO DO MODO COLETIVO FRENTE AO MODO INDIVIDUAL A A Pesquisa Origem e Destino O O se recupera

Leia mais

Seminário Rio Metropolitano: Desafios Compartilhados - SEGURANÇA. Pedro Strozenberg Maio

Seminário Rio Metropolitano: Desafios Compartilhados - SEGURANÇA. Pedro Strozenberg Maio Seminário Rio Metropolitano: Desafios Compartilhados - SEGURANÇA Pedro Strozenberg (pedro@iser.org.br) Maio - 2015 Prevenção das Violências contra a Juventude e Mulheres Desafio Metropolitano com o exemplo

Leia mais

X Seminário Nacional Metroferroviário Projetos em implantação

X Seminário Nacional Metroferroviário Projetos em implantação X Seminário Nacional Metroferroviário Projetos em implantação Jurandir Fernandes Secretário dos Transportes Metropolitanos Estado de São Paulo ANTP Rio de Janeiro, 12/03/2014 Rede metropolitana em andamento

Leia mais

ARCO METROPOLITANO. Ordenamento urbano e desenvolvimento social na Baixada Fluminense. Roberto Kauffmann Conselho Empresarial da Construção Civil

ARCO METROPOLITANO. Ordenamento urbano e desenvolvimento social na Baixada Fluminense. Roberto Kauffmann Conselho Empresarial da Construção Civil ARCO METROPOLITANO Ordenamento urbano e desenvolvimento social na Baixada Fluminense Roberto Kauffmann Conselho Empresarial da Construção Civil 29 de setembro de 2015 Baixada Fluminense I & II Municípios:

Leia mais

Novas linhas hidroviárias uma alternativa para a mobilidade urbana no Rio de Janeiro

Novas linhas hidroviárias uma alternativa para a mobilidade urbana no Rio de Janeiro Esta publicação contempla os seguintes temas: Agosto/2015 Novas linhas hidroviárias uma alternativa para a mobilidade urbana no Rio de Janeiro A Região Metropolitana do Rio de Janeiro (RMRJ) enfrenta um

Leia mais

6/8/14. Estratégia e Polí/cas para a Região Metropolitana do Rio de Janeiro 14/05/2014. Mauro Osorio

6/8/14. Estratégia e Polí/cas para a Região Metropolitana do Rio de Janeiro 14/05/2014. Mauro Osorio Estratégia e Polí/cas para a Região Metropolitana do Rio de Janeiro 14/05/2014 Mauro Osorio 1 Variação do número de empregos formais nos municípios da Periferia da Região Metropolitana do ERJ, das periferias

Leia mais

SISTEMA TAQUARIL ÁGUA PARA A REGIÃO METROPOLITANA DO RIO DE JANEIRO. Apresentação: Prof. Jorge Rios

SISTEMA TAQUARIL ÁGUA PARA A REGIÃO METROPOLITANA DO RIO DE JANEIRO. Apresentação: Prof. Jorge Rios SISTEMA TAQUARIL ÁGUA PARA A REGIÃO METROPOLITANA DO RIO DE JANEIRO Apresentação: Prof. Jorge Rios A CRISE DE PLANEJAMENTO, A CRISE DA ÁGUA E A UTILIZAÇÃO DOS MANANCIAIS Estudo de 1973 do Massachusetts

Leia mais

Transporte Coletivo: Chegando mais rápido ao futuro. Repensar Mobilidade em Transporte Coletivo

Transporte Coletivo: Chegando mais rápido ao futuro. Repensar Mobilidade em Transporte Coletivo Repensar Mobilidade em Transporte Coletivo As Cidades mudaram População mudou A Economia mudou Os Meios de Transportes mudaram E nós? Ainda pensamos igual ao passado? Em TRANSPORTE COLETIVO chega-se ao

Leia mais

IMPE INDICADORES DAS MICRO E PEQUENAS EMPRESAS DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO RESULTADOS DE MAIO DE 2007

IMPE INDICADORES DAS MICRO E PEQUENAS EMPRESAS DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO RESULTADOS DE MAIO DE 2007 IMPE INDICADORES DAS MICRO E PEQUENAS EMPRESAS DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO RESULTADOS DE MAIO DE 2007 Rio de Janeiro, 10 de julho de 2007 ÍNDICE ÍNDICE...1 1 Introdução...2 2 Índice de Desempenho (IDES)

Leia mais

RESULTADOS E DISCUSSÃO

RESULTADOS E DISCUSSÃO RESULTADOS E DISCUSSÃO 72 O baixo número de indicadores nas dimensões espacial e ecológica reflete a pouca disponibilidade de dados relacionados. Contudo, os temas analisados nessas dimensões estão estritamente

Leia mais

JORGE LUIZ GONÇALVES DE ALMEIDA Presidente Nacional da Comissão Organizadora DIRETORIA:

JORGE LUIZ GONÇALVES DE ALMEIDA Presidente Nacional da Comissão Organizadora DIRETORIA: Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos Administração Central Processo seletivo para o Programa Jovem Aprendiz dos Correios Inscrição Indeferida Edital Nº 125/2014 A Empresa Brasileira de Correios

Leia mais

UMA ANÁLISE DA MOBILIDADE URBANA NA REGIÃO METROPOLITANA DO RIO DE JANEIRO A PARTIR DO CENSO DEMOGRÁFICO DE 2010

UMA ANÁLISE DA MOBILIDADE URBANA NA REGIÃO METROPOLITANA DO RIO DE JANEIRO A PARTIR DO CENSO DEMOGRÁFICO DE 2010 UMA ANÁLISE DA MOBILIDADE URBANA NA REGIÃO METROPOLITANA DO RIO DE JANEIRO A PARTIR DO CENSO DEMOGRÁFICO DE 2010 Rafaela Soares Bueno 1 Ana Carolina Soares Bertho 2 Palavras-chave: Deslocamento pendular,

Leia mais

Seminário Planejamento Estratégico do IFRJ. Trajetória e perspectiva econômica do Estado do Rio de Janeiro: Suas macrorregiões e o papel dos APLs

Seminário Planejamento Estratégico do IFRJ. Trajetória e perspectiva econômica do Estado do Rio de Janeiro: Suas macrorregiões e o papel dos APLs Seminário Planejamento Estratégico do IFRJ Trajetória e perspectiva econômica do Estado do Rio de Janeiro: Suas macrorregiões e o papel dos APLs Variação da participação relativa das unidades federativas

Leia mais

Companhia de Engenharia de Tráfego CET

Companhia de Engenharia de Tráfego CET Secretaria Municipal de Transporte SMT Sec e a a u cpa de a spo e S Companhia de Engenharia de Tráfego CET Anhanguera Bandeirantes Fernão Dias Presidente Dutra Ayrton Senna MAIRIPORÃ Castello Branco CAIEIRAS

Leia mais

PLANO DIRETOR DE TRANSPORTE DA REGIÃO METROPOLITANA DO RIO DE JANEIRO - PDTU AGOSTO - 2014

PLANO DIRETOR DE TRANSPORTE DA REGIÃO METROPOLITANA DO RIO DE JANEIRO - PDTU AGOSTO - 2014 PLANO DIRETOR DE TRANSPORTE DA REGIÃO METROPOLITANA DO RIO DE JANEIRO - PDTU AGOSTO - 2014 NO PAÍS, OS INCIPIENTES SISTEMAS PÚBLICOS DE PLANEJAMENTO FORAM DESMOBILIZADOS, SEUS QUADROS FUNCIONAIS SÃO MÍNIMOS.

Leia mais

Indicadores das Micro e Pequenas Empresas do Estado do Rio de Janeiro - IMPE

Indicadores das Micro e Pequenas Empresas do Estado do Rio de Janeiro - IMPE Indicadores das Micro e Pequenas Empresas do Estado do Rio de Janeiro - IMPE Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas no Estado do Rio de Janeiro SEBRAE/RJ Divulgação dos Resultados de Janeiro de

Leia mais

SECRETARIA DE TRANSPORTES

SECRETARIA DE TRANSPORTES XIII CONFERÊNCIA DAS CIDADES CÂMARA DOS DEPUTADOS COMISSÃO DE DESENVOLVIMENTO URBANO TRANSPORTE E INTEGRAÇÃO SOCIAL TELEFÉRICO DO COMPLEXO DO ALEMÃO Julio Lopes Secretário de Transportes do Estado do Rio

Leia mais

para uma cidade melhor

para uma cidade melhor PLANO DE MOBILIDADE URBANA DE SÃO CARLOS A participação da sociedade A participação da sociedade para uma cidade melhor Problemas urbanos Perda de tempo e dinheiro Viagens sem conforto Maior risco de

Leia mais

MANUAL NOVA GUIA DE POSTAGEM

MANUAL NOVA GUIA DE POSTAGEM MANUAL NOVA GUIA DE POSTAGEM O presente manual tem como finalidade adequar o Sitema DCP (Projeto Comarca) as novas modalidades postais a serem utilizadas no Poder Judiciário do Estado do Rio de Janeiro,

Leia mais

Síntese das Informações Pesquisa Domiciliar. Dezembro de 2013

Síntese das Informações Pesquisa Domiciliar. Dezembro de 2013 Síntese das Informações Pesquisa Domiciliar Dezembro de 2013 PESQUISA DE MOBILIDADE 2012 REGIÃO METROPOLITANA DE SÃO PAULO SÍNTESE DAS INFORMAÇÕES PESQUISA DOMICILIAR DEZEMBRO DE 2013 DIRETORIA DE PLANEJAMENTO

Leia mais

VI CONGRESSO ABAR Rio de Janeiro

VI CONGRESSO ABAR Rio de Janeiro VI CONGRESSO ABAR Rio de Janeiro - 2009 Estabelecimento de Critérios e de Mecanismos para Regulação da Situação atual da destinação final de resíduos no Estado do Rio de Janeiro 92 Municípios Aproximadamente

Leia mais

ANÁLISE COMPARATIVA MODO DE TRANSPORTE COLETIVO E INDIVIDUAL PESQUISAS ORIGEM-DESTINO 1997 E 2002

ANÁLISE COMPARATIVA MODO DE TRANSPORTE COLETIVO E INDIVIDUAL PESQUISAS ORIGEM-DESTINO 1997 E 2002 ANÁLISE COMPARATIVA MODO DE TRANSPORTE COLETIVO E INDIVIDUAL PESQUISAS ORIGEM-DESTINO 1997 E 2002 Carlos Paiva paivacardoso@yahoo.com.br 1. INTRODUÇÃO Dando continuidade ao estudo iniciado no artigo Escolha

Leia mais

ESTIMATIVAS DAS COTAS DO FPM RIO DE JANEIRO

ESTIMATIVAS DAS COTAS DO FPM RIO DE JANEIRO ESTIMATIVAS DAS COTAS DO FPM RIO DE JANEIRO Agosto, Setembro e Outubro de François E. J. de Bremaeker Rio de Janeiro, agosto de ESTIMATIVAS DAS COTAS DO FPM RIO DE JANEIRO Agosto, Setembro e Outubro de

Leia mais

ESTIMATIVAS DAS COTAS DO FPM RIO DE JANEIRO

ESTIMATIVAS DAS COTAS DO FPM RIO DE JANEIRO ESTIMATIVAS DAS COTAS DO FPM RIO DE JANEIRO Dezembro de, Janeiro e Fevereiro de François E. J. de Bremaeker Rio de Janeiro, dezembro de ESTIMATIVAS DAS COTAS DO FPM RIO DE JANEIRO Dezembro de, Janeiro

Leia mais

PLANO DIRETOR DE TRANSPORTE DA REGIÃO METROPOLITANA DO RIO DE JANEIRO - PDTU - SETEMBRO - 2014

PLANO DIRETOR DE TRANSPORTE DA REGIÃO METROPOLITANA DO RIO DE JANEIRO - PDTU - SETEMBRO - 2014 PLANO DIRETOR DE TRANSPORTE DA REGIÃO METROPOLITANA DO RIO DE JANEIRO - PDTU - SETEMBRO - 2014 Os Relatórios Técnicos emitidos encontram-se disponíveis no site da Secretaria de Estado de Transportes: www.rj.gov.br/web/setrans

Leia mais

1ª PESQUISA OD NA BAIXADA. Estudo sobre a mobilidade da população:

1ª PESQUISA OD NA BAIXADA. Estudo sobre a mobilidade da população: 1 1ª PESQUISA OD NA BAIXADA Estudo sobre a mobilidade da população: 2 PESQUISA OD VIAGEM MODO MOTIVO Informações adicionais: Tempo de viagem Características socioeconômicas Localização dos pólos de produção

Leia mais

INFORMAÇÕES SOCIOECONÔMICAS DO MUNICÍPIO DE MESQUITA

INFORMAÇÕES SOCIOECONÔMICAS DO MUNICÍPIO DE MESQUITA INFORMAÇÕES SOCIOECONÔMICAS DO MUNICÍPIO DE MESQUITA Rio de Janeiro - 2010 SEBRAE/RJ 1 Sumário Apresentação 1 - Perfil da Localidade.... 4 1.1 Demografia e Território.... 4 1.1.1 Informações Socioeconômicas

Leia mais

ATENÇÃO PSICOS. EXTRA-HOSP. ATENÇÃO PSICOS. EXTRA- HOSP res.235 PORTARIAS SIA

ATENÇÃO PSICOS. EXTRA-HOSP. ATENÇÃO PSICOS. EXTRA- HOSP res.235 PORTARIAS SIA 1 PROGRAMAÇÃO PACTUADA E INTEGRADA DA ASSISTÊNCIA À SAÚDE NO ESTADO DO RIO DE JANEIRO LIMITES FINANCEIROS GLOBAIS MENSAIS DOS MUNICÍPIOS DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO - TETO ABRIL DE 2009 APROVADO EM REUNIÃO

Leia mais

CUSTEIO 339093. Total: 12.860,57. Total: 6.513,13. Total: 8.272,46. Total: 10.317,23 33909302 RESTITUIÇÕES

CUSTEIO 339093. Total: 12.860,57. Total: 6.513,13. Total: 8.272,46. Total: 10.317,23 33909302 RESTITUIÇÕES CREDORES - R.P. e Realizadas - /INVESTIMENTO - Página: Page 1 of 16 02 RESTITUIÇÕES 2º DISTRITO DA COMARCA DE CAMPOS DOS GOYTACAZES CNPJ/CPF: 23064378000154 2º RCPN DA COMARCA DA CAPITAL CNPJ/CPF: 23407222000129

Leia mais

ANO 15 CISBAF. 15 anos de união na saúde

ANO 15 CISBAF. 15 anos de união na saúde CISBAF 15 anos de união na saúde 1- Substituição plena dos recursos próprios pelo MAIS Médicos com aporte de 670 profissionais até 2016. 2- Manutenção do repasse integral dos recursos por equipe (R$ 7.130,00)

Leia mais

Sumário. Introdução 3 Educação Superior: Brasil 5. Educação Superior: Rio de Janeiro 13. Perfil das Regiões Administrativas: Região Metropolitana 21

Sumário. Introdução 3 Educação Superior: Brasil 5. Educação Superior: Rio de Janeiro 13. Perfil das Regiões Administrativas: Região Metropolitana 21 Sumário Introdução 3 Educação Superior: Brasil 5 Número de Instituições de Ensino Superior no Brasil 6 Distribuição de Matrículas por Estado Cursos de Graduação Presenciais nas Redes Privada e Pública

Leia mais

O impacto da integração tarifária na mobilidade urbana da RMSP. Lucas Alonso 21ª AEAMESP SEMANA DE TECNOLOGIA METROFERROVIÁRIA

O impacto da integração tarifária na mobilidade urbana da RMSP. Lucas Alonso 21ª AEAMESP SEMANA DE TECNOLOGIA METROFERROVIÁRIA O impacto da integração tarifária na mobilidade urbana da RMSP Lucas Alonso 21ª SEMANA DE TECNOLOGIA METROFERROVIÁRIA AEAMESP O impacto da integração tarifária na mobilidade urbana da RMSP 2 Análise da

Leia mais

Movimento Pendular, principais destinos e tempo de deslocamento para o trabalho na Região Metropolitana do Rio de Janeiro

Movimento Pendular, principais destinos e tempo de deslocamento para o trabalho na Região Metropolitana do Rio de Janeiro Movimento Pendular, principais destinos e tempo de deslocamento para o trabalho na Região Metropolitana do Rio de Janeiro Ulisses Carlos Silva Ferreira1, ENCE, ulisses.uff@gmail.com. 1 Ulisses Carlos Silva

Leia mais

INFORMAÇÕES SOCIOECONÔMICAS DO MUNICÍPIO DE BELFORD ROXO

INFORMAÇÕES SOCIOECONÔMICAS DO MUNICÍPIO DE BELFORD ROXO INFORMAÇÕES SOCIOECONÔMICAS DO MUNICÍPIO DE BELFORD ROXO Rio de Janeiro - 2010 SEBRAE/RJ 1 Sumário Apresentação 1-Perfil da Localidade.... 4 1.1 Demografia e Território.... 4 1.1.1 Informações Socioeconômicas

Leia mais

Sindicato das Misericórdias e Entidades Filantrópicas e Beneficentes do Estado do Rio de Janeiro.

Sindicato das Misericórdias e Entidades Filantrópicas e Beneficentes do Estado do Rio de Janeiro. Circular 11/2016 Rio de Janeiro, 29 de março de 2016. Ref: Desconto da Contribuição Sindical Ilmo Provedor / Presidente / Diretor Novamente estamos no período do desconto da Contribuição Sindical, anteriormente

Leia mais

Câmara Metropolitana de Integração Governamental

Câmara Metropolitana de Integração Governamental Câmara Metropolitana de Integração Governamental Grupo Executivo de Gestão Metropolitana LINHA DO TEMPO - RMRJ 1974 1975 1989 1997 2014 2014 RETOMADA DO PROCESSO CÂMARA METROPOLITANA GOVERNADOR + 21 PREFEITOS

Leia mais

Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais Coordenador: Ignacio Cano Co-coordenador: João Trajano Sento-Sé

Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais Coordenador: Ignacio Cano Co-coordenador: João Trajano Sento-Sé Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais Coordenador: Ignacio Cano Co-coordenador: João Trajano Sento-Sé www.lav.uerj.br Rua São Francisco Xavier 524, 9 andar - Bloco F - Sala 9103 Maracanã - Rio

Leia mais

A REGIÃO METROPOLITANA DO RIO DE JANEIRO. Informações gerais

A REGIÃO METROPOLITANA DO RIO DE JANEIRO. Informações gerais A REGIÃO METROPOLITANA DO RIO DE JANEIRO Informações gerais EQUIPE TÉCNICA Manuel Thedim Samuel Pessoa Danielle Santos do Nascimento Tatiana Amaral João Manoel Nonato REALIZAÇÃO PATROCÍNIO PARCERIA INSTITUCIONAL

Leia mais

Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos Administração Central Processo Seletivo Simplificado para o Programa Jovem Aprendiz dos Correios

Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos Administração Central Processo Seletivo Simplificado para o Programa Jovem Aprendiz dos Correios Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos Administração Central Processo Seletivo Simplificado para o Programa Jovem Aprendiz dos Correios COMUNICADO A Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos ECT,

Leia mais

Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais Coordenador: Ignacio Cano Co-coordenador: João Trajano Sento-Sé

Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais Coordenador: Ignacio Cano Co-coordenador: João Trajano Sento-Sé Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais Coordenador: Ignacio Cano Co-coordenador: João Trajano Sento-Sé www.lav.uerj.br Rua São Francisco Xavier 524, 9 andar - Bloco F - Sala 9103 Maracanã - Rio

Leia mais

Dados dos Distritos do Estado do Rio de Janeiro

Dados dos Distritos do Estado do Rio de Janeiro Dados dos Distritos do Estado do Rio de Janeiro Mapa Social Ranking Anos Médios de Estudo Os cinco mais Niterói i (Niterói) i) 7,94 Itaipu (Niterói) i) 7,78 Rio de Janeiro (Rio de Janeiro) 6,87 Unidade

Leia mais

Laboratório de Análise da Violência

Laboratório de Análise da Violência Laboratório de Análise da Violência Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais Coordenador: João Trajano Sento-Sé Co-coordenador: Ignácio Cano www.lav.uerj.br Rua São Francisco Xavier 524, 9 andar -

Leia mais

IBEU Local da Região Metropolitana do Rio de Janeiro

IBEU Local da Região Metropolitana do Rio de Janeiro IBEU Local da Região Metropolitana do Rio de Janeiro Por Raquel de Lucena Oliveira e João Luis Nery A publicação do Índice de Bem estar Urbano (IBEU), elaborado no âmbito do INCT Observatório das Metrópoles

Leia mais

SIMAPAN PLANO DE AÇÃO

SIMAPAN PLANO DE AÇÃO PLANO DE AÇÃO ANO 2016/2018 1 PLANO DE AÇÃO 2016/2018 ABRANGÊNCIA: MUNICÍPIOS DUQUE DE CAXIAS BELFORD ROXO ITAGUAÍ NOVA IGUAÇU JAPERI MESQUITA NILÓPOLIS MANGARATIBA PARACAMBI QUEIMADOS SEROPÉDICA SÃO JOÃO

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL REGIONAL ELEITORAL DO RIO DE JANEIRO RESOLUÇÃO Nº 864/2014

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL REGIONAL ELEITORAL DO RIO DE JANEIRO RESOLUÇÃO Nº 864/2014 PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL REGIONAL ELEITORAL DO RIO DE JANEIRO Texto compilado RESOLUÇÃO Nº 864/2014 Cria Pólos de Cargas das Urnas Eletrônicas e designa os Juízos responsáveis para as eleições de 2014.

Leia mais

EVOLUÇÃO DAS VIAGENS COM UTILIZAÇÃO DE METRÔ E TREM METROPOLITANO RESULTADOS DA PESQUISA DE MOBILIDADE 2012

EVOLUÇÃO DAS VIAGENS COM UTILIZAÇÃO DE METRÔ E TREM METROPOLITANO RESULTADOS DA PESQUISA DE MOBILIDADE 2012 EVOLUÇÃO DAS VIAGENS COM UTILIZAÇÃO DE METRÔ E TREM METROPOLITANO RESULTADOS DA PESQUISA DE MOBILIDADE 2012 Maria Cecilia Masagão Andreoli de Oliveira 20ª SEMANA DE TECNOLOGIA METROFERROVIÁRIA CATEGORIA

Leia mais

BOLETIM EPIDEMIOLÓGICO 010/2014

BOLETIM EPIDEMIOLÓGICO 010/2014 SECRETARIA DE ESTADO DE SAÚDE DO RIO DE JANEIRO SUBSECRETARIA DE VIGILÂNCIA EM SAÚDE SUPERINTENDÊNCIA DE VIGILÂNCIA EPIDEMIOLÓGICA E AMBIENTAL GERÊNCIA DE DOENÇAS TRANSMITIDAS POR VETORES E ZOONOSES -

Leia mais

Modelar a Metrópole Gov o e v r e no n o d o d o E s E t s ad a o d d o R i R o o d e d e Ja J n a e n i e ro

Modelar a Metrópole Gov o e v r e no n o d o d o E s E t s ad a o d d o R i R o o d e d e Ja J n a e n i e ro Modelar a Metrópole Plano Estratégico de Desenvolvimento Urbano Integrado Governo do Estado do Rio de Janeiro Contexto Histórico Criada em 1974 após a fusão dos antigos Estados do Rio de Janeiro e da Guanabara,

Leia mais

RETRATO DA QUALIDADE DA ENERGIA NO ESTADO DO RIO DE JANEIRO

RETRATO DA QUALIDADE DA ENERGIA NO ESTADO DO RIO DE JANEIRO Julho/2017 RETRATO DA QUALIDADE DA ENERGIA NO ESTADO DO RIO DE JANEIRO Energia elétrica é um insumo fundamental para o desenvolvimento socioeconômico e industrial. O acesso a esse insumo com qualidade,

Leia mais

INFORMAÇÕES SOCIOECONÔMICAS DO MUNICÍPIO DO RIO DE JANEIRO

INFORMAÇÕES SOCIOECONÔMICAS DO MUNICÍPIO DO RIO DE JANEIRO INFORMAÇÕES SOCIOECONÔMICAS DO MUNICÍPIO DO RIO DE JANEIRO Rio de Janeiro - 2010 Sumário Apresentação 1 - Perfil da Localidade.... 4 1.1 Demografia e Território.... 4 1.1.1 Informações Socioeconômicas

Leia mais

Case Capacitação e Desenvolvimento Melhores Práticas Gestão de Pessoas 2012

Case Capacitação e Desenvolvimento Melhores Práticas Gestão de Pessoas 2012 Case Capacitação e Desenvolvimento Melhores Práticas Gestão de Pessoas 2012 A UNIMED NOVA IGUAÇU Abrangência Nova Iguaçu Belford Roxo Japeri Mesquita Nilópolis São João de Meriti Queimados Paracambi Posição

Leia mais

Porto Maravilha do Rio de Janeiro

Porto Maravilha do Rio de Janeiro Porto Maravilha do Rio de Janeiro Participação, Transparência e Projeto 26/09/2013 Pedro da Luz Moreira Arquiteto e Urbanista Professor Adjunto da Eau-Uff Vice presidente do IAB Por uma Cidade Densa, com

Leia mais

Mobilidade. Secretaria Municipal de Transporte, Trânsito e Mobilidade Urbana. Prefeitura de Nova Iguaçu SEMTMU

Mobilidade. Secretaria Municipal de Transporte, Trânsito e Mobilidade Urbana. Prefeitura de Nova Iguaçu SEMTMU Mobilidade Secretaria Municipal de Transporte, Trânsito e Mobilidade Urbana Prefeitura de Nova Iguaçu Principais Ações Criação do Centro de Operações de Nova Iguaçu CONIG 76 câmeras Principais Ações Centralização

Leia mais

PLANO ESTADUAL DE HABITAÇÃO DE INTERESSE SOCIAL DO RIO DE JANEIRO

PLANO ESTADUAL DE HABITAÇÃO DE INTERESSE SOCIAL DO RIO DE JANEIRO PLANO ESTADUAL DE HABITAÇÃO DE INTERESSE SOCIAL DO RIO DE JANEIRO Encontro Técnico PLANOS ESTADUAIS DE HABITAÇÃO Clique 25 para E 26 editar agosto o de estilo 2011do subtítulo mestre Secretaria de Habitação

Leia mais

Mobilidade Urbana: tendências e desafios Apresentador: Carlos Henrique Ribeiro de Carvalho Pesquisador do IPEA.

Mobilidade Urbana: tendências e desafios Apresentador: Carlos Henrique Ribeiro de Carvalho Pesquisador do IPEA. Brasilia, Novembro/2013 Mobilidade Urbana: tendências e desafios Apresentador: Carlos Henrique Ribeiro de Carvalho Pesquisador do IPEA. Alterações do padrão de mobilidade urbana no Brasil Milhões de viagens/ano

Leia mais

Sistema de Informações da Mobilidade Urbana. Relatório Comparativo

Sistema de Informações da Mobilidade Urbana. Relatório Comparativo Sistema de Informações da Mobilidade Urbana Relatório Comparativo 2003-2012 Julho de 2014 Relatório comparativo 2003/2012 Comentários sobre o período de 10 anos considerado Este relatório apresenta os

Leia mais

SuperVia Concessionária de Transporte Ferroviário S.A. SUPERVIA

SuperVia Concessionária de Transporte Ferroviário S.A. SUPERVIA SuperVia Concessionária de Transporte Ferroviário S.A. SUPERVIA REGIÃO METROPOLITANA DO RIO DE JANEIRO Maior taxa de urbanização do Brasil (99,3%) Maior índice de concentração populacional do Brasil (1.909,75

Leia mais

ASPECTOS EPIDEMIOLÓGICOS

ASPECTOS EPIDEMIOLÓGICOS Aedes aegypti, Zika vírus e Microcefalia epidêmica ASPECTOS EPIDEMIOLÓGICOS Alexandre Otavio Chieppe Aedes aegypti Aedes albopictus Indicadores Entomológicos LIRAa de outubro de 2015 Mapa: IIP para Aedes

Leia mais

Transporte na Ilha do Fundão Aprimorando a sustentabilidade Pesquisa origem-destino VLT e Barcas na Ilha do Fundão

Transporte na Ilha do Fundão Aprimorando a sustentabilidade Pesquisa origem-destino VLT e Barcas na Ilha do Fundão Transporte na Ilha do Fundão Aprimorando a sustentabilidade Pesquisa origem-destino VLT e Barcas na Ilha do Fundão Márcio D Agosto, Marcelino Aurélio Silva, Cintia Oliveira, Lino Marujo Beatriz Ferreira,

Leia mais

INTEGRAÇÃO DO TRANSPORTE PÚBLICO. Emiliano Affonso Presidente AEAMESP Associação dos Engenheiros e Arquitetos de Metrô Salvador, Agosto de 2015

INTEGRAÇÃO DO TRANSPORTE PÚBLICO. Emiliano Affonso Presidente AEAMESP Associação dos Engenheiros e Arquitetos de Metrô Salvador, Agosto de 2015 INTEGRAÇÃO DO TRANSPORTE PÚBLICO Emiliano Affonso Presidente AEAMESP Associação dos Engenheiros e Arquitetos de Metrô Salvador, Agosto de 2015 ASPECTOS A SEREM ABORDADOS 1. A Mobilidade na RMSP 2. Integração

Leia mais

PAINEL REGIONAL RIO DE JANEIRO

PAINEL REGIONAL RIO DE JANEIRO PAINEL REGIOL B A I X A D A F L U M I N E N S E RIO DE JANEIRO PAINEL REGIOL BAIXADA FLUMINENSE RIO DE JANEIRO 2013 SEBRAE/RJ Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas do Estado do Rio do Janeiro

Leia mais

Realizado de 25 a 31 de julho de Porto Alegre - RS, ISBN

Realizado de 25 a 31 de julho de Porto Alegre - RS, ISBN Metrópole Versus Interior: as transformações regiões geoeconomias Fluminense no século XXI. Autor: Felipe Fernandes de Azevedo Souza (graduação UFF) felipefernandes18@yahoo.com.br Introdução O processo

Leia mais

Item Item

Item Item EDITAL DE CREDENCIAMENTO N.º 2010/000179(7421)SL ERRATA, de 07/11/2011 OBJETO: Constitui objeto do presente credenciamento administrativo credenciar Pessoa Jurídica, inclusive empresa Individual, devidamente

Leia mais

O mercado de trabalho na metrópole do Rio de Janeiro: a periferia que virou centro

O mercado de trabalho na metrópole do Rio de Janeiro: a periferia que virou centro O mercado de trabalho na metrópole do Rio de Janeiro: a periferia que virou centro Palavras-chave: mercado de trabalho periferia mobilidade pendular Resumo Luciana Corrêa do Lago O texto inscreve-se no

Leia mais

52% dos moradores acreditam

52% dos moradores acreditam MOOCA 1 52% dos moradores acreditam que seu bairro é muito melhor que os demais bairros da cidade. Para 37% dos moradores, o bairro em que ele mora simplesmente não tem problemas. Para 16% dos moradores,

Leia mais

SECRETARIA DE INFRAESTRUTURA. Síntese dos Resultados Pesquisa de Mobilidade na Região Metropolitana de Feira de Santana

SECRETARIA DE INFRAESTRUTURA. Síntese dos Resultados Pesquisa de Mobilidade na Região Metropolitana de Feira de Santana Pesquisa de Mobilidade na Região Metropolitana de Feira de Santana PESQUISA DE MOBILIDADE NA REGIÃO METROPOLITANA DE FEIRA DE SANTANA - 2014 SÍNTESE DOS RESULTADOS DAS PESQUISAS SEINFRA Secretaria de Infraestrutura

Leia mais

SEFAZ-RJ NOTA TÉCNICA. Receita Declarada e Informada: Análise de uma Amostra de Estabelecimentos do Estado do Rio de Janeiro

SEFAZ-RJ NOTA TÉCNICA. Receita Declarada e Informada: Análise de uma Amostra de Estabelecimentos do Estado do Rio de Janeiro SEFAZ-RJ NOTA TÉCNICA Receita Declarada e Informada: Análise de uma Amostra de Estabelecimentos do Estado do Rio de Janeiro 13 de Novembro de 2007 Receita Declarada e Informada: Análise de uma Amostra

Leia mais

ESTADO DO RIO DE JANEIRO: PANORAMA ECONÔMICO

ESTADO DO RIO DE JANEIRO: PANORAMA ECONÔMICO SOMANDO FORÇAS Secretaria de Estado de Desenvolvimento Econômico, Energia, Indústria e Serviços ESTADO DO RIO DE JANEIRO: PANORAMA ECONÔMICO Localização: Região Sudeste 57% do PIB Nacional Área: 43.696

Leia mais

Tarifa do Serviço de Transporte Complementar. 10% acima do serviço de transporte regular

Tarifa do Serviço de Transporte Complementar. 10% acima do serviço de transporte regular Tarifa do Serviço de Transporte Complementar. 10% acima do serviço de transporte regular REGIÃO METROPOLITANA LINHA: M500 ALCÂNTARA - ALDEIA DA PRATA TARIFA BILHETE ÚNICO R$ 2,75 LINHA: M501 ALCÂNTARA

Leia mais

NOVAS TECNOLOGIAS: OPORTUNIDADES OU DESAFIOS PARA O SEU NEGÓCIO?

NOVAS TECNOLOGIAS: OPORTUNIDADES OU DESAFIOS PARA O SEU NEGÓCIO? NOVAS TECNOLOGIAS: OPORTUNIDADES OU DESAFIOS PARA O SEU NEGÓCIO? Conceitos e entendimento dos sistemas ofertados atualmente Livia Pereira Tortoriello Willian Aquino 25/11/2016 14:00 horas PASSADO RECENTE

Leia mais

PLANO MUNICIPAL DE MOBILIDADE URBANA DE VOTORANTIM / SP

PLANO MUNICIPAL DE MOBILIDADE URBANA DE VOTORANTIM / SP PLANO MUNICIPAL DE MOBILIDADE URBANA DE VOTORANTIM / SP 1ª Conferência - março de 2016 tema: lançamento do processo de elaboração do Plano O QUE É MOBILIDADE URBANA? Mobilidade é a forma de deslocamento

Leia mais

Alan Jeferson de Oliveira da Silva

Alan Jeferson de Oliveira da Silva BILHETE ÚNICO INTERMUNICIPAL: PROPOSTA DE MODELO UTILIZANDO TÉCNICA DE REGRESSÃO, SISTEMA DE INFORMAÇÕES GEOGRÁFICAS, REGRESSÃO GEOGRAFICAMENTE PONDERADA E ANÁLISE DE COMPONENTES PRINCIPAIS Alan Jeferson

Leia mais

Mobilidade urbana na Região Metropolitana do Rio de Janeiro: causas e impactos

Mobilidade urbana na Região Metropolitana do Rio de Janeiro: causas e impactos Riley Rodrigues de Oliveira -73 Mobilidade urbana na Região Metropolitana do Rio de Janeiro: causas e impactos Riley Rodrigues de Oliveira * Os artigos apresentados neste número da Revista Econômica trazem

Leia mais

Região Metropolitana do Rio de Janeiro

Região Metropolitana do Rio de Janeiro RORAIMA AMAPÁ AMAZONAS PARÁ MARANHÃO CEARÁ RIO GRANDE DO N ORTE PARAÍBA PIAUÍ PERNAMBUCO ACRE TOCANTINS ALA GOAS RONDÔNIA SERGIPE MATO G ROSSO BAHIA GOIÁS DF MINAS GERAIS MATO G ROSSO DO S UL E SPÍRITO

Leia mais

PLANO DE MOBILIDADE URBANA DE SÃO PAULO

PLANO DE MOBILIDADE URBANA DE SÃO PAULO PLANO DE MOBILIDADE URBANA DE SÃO PAULO setembro 2014 Plano de Mobilidade Urbana de São Paulo Documentos de referência referências Plano Municipal de Circulação Viária e de Transporte - 2003 Consolidou

Leia mais

O impacto econômico do roubo de cargas no estado do Rio de Janeiro

O impacto econômico do roubo de cargas no estado do Rio de Janeiro Fevereiro/2017 O impacto econômico do roubo de cargas no estado do Rio de Janeiro A economia brasileira tem sido fortemente afetada pelo aumento do número de roubos de cargas no país. Este crime afeta

Leia mais

LEI Nº DE 19 DE JUNHO DE 2015.

LEI Nº DE 19 DE JUNHO DE 2015. LEI Nº 2.594 DE 19 DE JUNHO DE 2015. Regulamenta a concessão de diárias e cotas de traslado aos servidores (as) ou ocupantes de cargo comissionado da Câmara Municipal de Sapucaia, Estado do Rio de Janeiro,

Leia mais

INTRODUÇÃO A ENGENHARIA DE TRANSPORTE

INTRODUÇÃO A ENGENHARIA DE TRANSPORTE Capítulo 1 INTRODUÇÃO A ENGENHARIA DE TRANSPORTE Tecnologia dos Transportes 2 SISTEMAS DE TRANSPORTE E SOCIEDADE De extrema importância para o desenvolvimento de uma sociedade O desenvolvimento está diretamente

Leia mais

01 - Sede Estadual 02 - Sede Barra da Tijuca

01 - Sede Estadual 02 - Sede Barra da Tijuca 01 - Sede Estadual 02 - Sede Barra da Tijuca Av. Vicente de Carvalho, 1121 Vila da Penha - Rio de Janeiro - RJ CEP: 21210-623 (21) 3013-2245 S.O.S Oração: (21) 3391-0707 Pr. Neilton Rocha Av. do Pepê 842

Leia mais

SUPERVIA EM TRANSFORMAÇÃO

SUPERVIA EM TRANSFORMAÇÃO SUPERVIA EM TRANSFORMAÇÃO 1 SUPERVIA EM TRANSFORMAÇÃO Força trabalho 3.835 profissionais Frota atual Operacional: 163 Abrangência 12 Municípios Operação Pontualidade: > 92% Com ar condicionado: 59 270

Leia mais

SECRETARIA DE TRANSPORTES

SECRETARIA DE TRANSPORTES SECRETARIA DE TRANSPORTES Minuta do Relatório 4 Planejamento e Execução das Pesquisas: Parte 2 PLANO DIRETOR DE TRANSPORTE URBANO DA REGIÃO METROPOLITANA DO RIO DE JANEIRO 09 de Junho de 2014 Minuta do

Leia mais

PESQUISA DE MOBILIDADE URBANA

PESQUISA DE MOBILIDADE URBANA PESQUISA DE MOBILIDADE URBANA A Pesquisa de Mobilidade Urbana teve como objetivo levantar a opinião da população, para avaliar a situação da mobilidade urbana em Florianópolis, e dessa forma, auxiliar

Leia mais

Custo Econômico do Tempo de Deslocamento para o Trabalho na Região Metropolitana do Rio de Janeiro

Custo Econômico do Tempo de Deslocamento para o Trabalho na Região Metropolitana do Rio de Janeiro Carlos Eduardo Frickmann Young, Camilla Aguiar, Elisa Possas - 9 Custo Econômico do Tempo de Deslocamento para o Trabalho na Região Metropolitana do Rio de Janeiro Carlos Eduardo Frickmann Young* Camilla

Leia mais

MOBILIDADE URBANA. Mauricio Muniz Barretto de Carvalho Secretário do PAC

MOBILIDADE URBANA. Mauricio Muniz Barretto de Carvalho Secretário do PAC MOBILIDADE URBANA Mauricio Muniz Barretto de Carvalho Secretário do PAC O QUE O GOVERNO FEDERAL JÁ FEZ Sanção da Política Nacional de Mobilidade Urbana (Lei 12.587/2012) Desoneração das tarifas do transporte

Leia mais

SECRETARIA DE TRANSPORTES

SECRETARIA DE TRANSPORTES SECRETARIA DE TRANSPORTES Major Events Grandes Eventos 2013 Copa das Confederações 2013 Jornada Mundial da Juventude Católica 2014 Copa do Mundo de Futebol 2016 Jogos Olímpicos Soluções de Mobilidade para

Leia mais

I. INTRODUÇÃO OUTRAS INFORMAÇÕES

I. INTRODUÇÃO OUTRAS INFORMAÇÕES 1 SUMÁRIO I. Introdução... 3 II. Informações Gerais... 3 Público Alvo... 3 Matrícula (Informatizada)... 3 Matrícula (Direto na escola)... 3 Outras Informações...3 III. Acessando o sistema... 5 IV. Como

Leia mais

Válida a partir de 16 de abril de 2016

Válida a partir de 16 de abril de 2016 Válida a partir de 16 de abril de 2016 Jornais de Bairro (Preços por cm/col) Segmento: Pequenos Negócios Bairro Noticiário Guia Baixada 45,00 24,00 Barra Domingo 71,00 42,00 Barra Quinta 60,00 28,00 Mais

Leia mais

Introdução ao Mundo Cicloviário. Parte II Dados e Infra-estrutura. São Paulo, Novembro de 2008.

Introdução ao Mundo Cicloviário. Parte II Dados e Infra-estrutura. São Paulo, Novembro de 2008. Introdução ao Mundo Cicloviário. Parte II Dados e Infra-estrutura. São Paulo, Novembro de 2008. A Bicicleta hoje no Mundo: Europa África Ásia Américas PRODUÇÃO MUNDIAL DE BICICLETAS (em milhões de unidades

Leia mais

Resultado da Pesquisa Origem/Destino

Resultado da Pesquisa Origem/Destino GOVERNO DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO SECRETARIA DE ESTADO DE TRANSPORTES COMPANHIA ESTADUAL DE ENGENHARIA DE TRANSPORTE E LOGÍSTICA Plano Diretor de Transporte Urbano da Região Metropolitana do Estado do

Leia mais

NORMATIVA DE VENDAS 14/2015

NORMATIVA DE VENDAS 14/2015 1 NORMATIVA DE VENDAS 14/2015 Esta normativa tem a finalidade de informar e normatizar as condições comerciais e operacionais referente aos projetos de adesão do período de 16/06/2015 a 30/06/2015 para

Leia mais

INFORMAÇÕES SOCIOECONÔMICAS DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO

INFORMAÇÕES SOCIOECONÔMICAS DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO INFORMAÇÕES SOCIOECONÔMICAS DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO Rio de Janeiro - 2007 Lista de Abreviaturas e Siglas FOB Significa livre a bordo (free on board) o vendedor encerra suas obrigações quando a mercadoria

Leia mais

GEOGRAFIA - 1 o ANO MÓDULO 45 BRASIL: REGIÃO SUDESTE

GEOGRAFIA - 1 o ANO MÓDULO 45 BRASIL: REGIÃO SUDESTE GEOGRAFIA - 1 o ANO MÓDULO 45 BRASIL: REGIÃO SUDESTE Como pode cair no enem? (UNICAMP) Segundo a base de dados internacional sobre desastres, da Universidade Católica de Louvain, Bélgica, entre 2000

Leia mais

A ocupação urbana da RMB, sobretudo da capital, é de concentração de serviços e infraestrutura nas regiões centrais que, consequentemente, também são

A ocupação urbana da RMB, sobretudo da capital, é de concentração de serviços e infraestrutura nas regiões centrais que, consequentemente, também são A Região Metropolitana de Belém é composta por sete municípios e tem cerca de 2,1 milhões de habitantes, de acordo com o Censo 2010, sendo a maior da região Norte. Belém e Ananindeua integram a RMB desde

Leia mais

MOSTRA DE FOTOGRAFIA E POESIA OLHARES SOBRE O PATRIMÔNIO FLUMINENSE 2016 REGULAMENTO

MOSTRA DE FOTOGRAFIA E POESIA OLHARES SOBRE O PATRIMÔNIO FLUMINENSE 2016 REGULAMENTO MOSTRA DE FOTOGRAFIA E POESIA OLHARES SOBRE O PATRIMÔNIO FLUMINENSE 2016 REGULAMENTO A Mostra de fotografia e poesia Olhares sobre o Patrimônio Fluminense 2016 integra a programação da VI Semana Fluminense

Leia mais

Oportunidades para concessões e parcerias públicoprivadas no estado e nos municípios do Rio de Janeiro

Oportunidades para concessões e parcerias públicoprivadas no estado e nos municípios do Rio de Janeiro Oportunidades para concessões e parcerias públicoprivadas no estado e nos municípios do Rio de Janeiro As crises fiscal, econômica, política e de confiança pelas quais passa o Brasil, os estados e a maioria

Leia mais

Figura 2.1: Espaço viário ocupado por pessoas em ônibus, automóvel e motocicleta. Fonte: Vasconcellos (2008), adaptado.

Figura 2.1: Espaço viário ocupado por pessoas em ônibus, automóvel e motocicleta. Fonte: Vasconcellos (2008), adaptado. Vantagens diretas para a sociedade 2.1.1 Economia de espaço viário O uso de qualquer veículo de transporte coletivo traz vantagens na ocupação do espaço viário disponível, em relação aos automóveis e às

Leia mais

IFGF 2016 Análise Especial Rio de Janeiro

IFGF 2016 Análise Especial Rio de Janeiro IFGF 2016 Análise Especial Rio de Janeiro A edição 2016 do Índice FIRJAN de Gestão Fiscal (IFGF) mais uma vez joga luz sobre a situação das contas públicas municipais. Construído exclusivamente com base

Leia mais

MOBILIDADE URBANA. Miriam Belchior Ministra de Estado do Planejamento, Orçamento e Gestão

MOBILIDADE URBANA. Miriam Belchior Ministra de Estado do Planejamento, Orçamento e Gestão MOBILIDADE URBANA Miriam Belchior Ministra de Estado do Planejamento, Orçamento e Gestão MOBILIDADE URBANA RECURSO DISPONÍVEL 143 bilhões ANTES DO PACTO R$ 93 bilhões 62% das obras concluídas ou em execução

Leia mais