Questões de Paradigmas de Programação Matéria: Prova 1 4ª EDIÇÃO

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Questões de Paradigmas de Programação Matéria: Prova 1 4ª EDIÇÃO"

Transcrição

1 Questões de Paradigmas de Programação Matéria: Prova 1 4ª EDIÇÃO QUESTÃO 1 : Enviada por: Francisco Carlos Moraes Junior Duvidas: Thaise Domínios de programação são áreas onde os computadores são usados. Cada área tem necessidades especificas. Com base no enunciado acima e em seus conhecimentos julgue as afirmações : ( )Aplicações científicas necessitam de grande quantidade de operações aritméticas. Software para web devem ser transferido via rede. ( )Aplicação comercial precisa lidar com usuário de baixo conhecimento sobre seu funcionamento, portanto não exige usabilidade. ( )Inteligencia artificial usa computação numérica ao invés de simbólica. ( )Programação de S.O não precisa de grande interação com o hardware já que diz respeito ao software. ( )Programas que usam linguagem fora do seu próprio domínio de programação podem gerar dificuldade na leitura do algoritmo e entendimento. A)V-F-V-F-F B)F-F-V-F-V C)V-F-F-F-F D)V-V-F-F-F E)V-F-F-F-V E QUESTÃO 2: Enviada por: Rick Duvidas: Fábio Augusto Algumas linguagens possuem mais do que um ambiente de desenvolvimento. Sabendo que a Engenharia da Software recomenda o uso de ambientes avançados, escolha qual a alternativa que possui os ambientes mais indicados para programar na linguagem Java: A) Eclipse e bloco de notas; B) NetBeans e WordPad; C) Bloco de Notas e JBuilder; D) Eclipse e NetBeans; E) Nenhuma das anteriores; D

2 QUESTÃO 3: Enviada por/duvidas: Rick/Fábio Augusto Sobre a Categoria de Linguagens, é sabido que C, Pascal e Fortran podem ser agrupadas, assim como Java e C++. Dada estas informações, julgue as frases abaixo e assinale a alternativa correta: ( ) Java e C++ utilizam o conceito de herança e pertencem a categoria Orientada a Objetos ; ( ) Linguagem baseada na computação de função ou regra de inferência podem ser agrupadas na categoria Funcional ; ( ) A categoria da linguagem imperativa leva em consideração a ordem específica das instruções, como exemplo temos a linguagem C, Pascal e Fortran; ( ) XHTML pode ser agrupada em Orientada a Objetos, pois não utiliza conceitos de classe e herança. A) V-F-V-V B) F-V-F-V C) V-V-V-V D) V-V-V-F E) V-F-F-F D QUESTAO 4: Enviada por: Rick Duvidas: Fábio Augusto Relacione os critérios de Avaliação das linguagens de programação as definições da coluna abaixo: I Capacidade de Escrita II Custo III Confiabilidade IV Portabilidade V Boa definição VI Existência de boa Ferramenta ( ) Treinar programadores; ( ) Forma de encarar um problema de forma natural; ( ) Compiladores e Debugger; ( ) Significa escrever o programa garantindo que ele atinja o efeito desejado; ( ) Quão facilmente um programa pode ser movido de uma implementação a outra; ( ) A precisão e a completeza da linguagem. A) IV-V IV II I III B) II I VI IV III V C) I II III VI V IV D) II I III VI IV V E) II I VI III IV V E

3 QUESTÃO 5: Enviada por/duvidas: Fernanda Relacione as duas colunas: I - Critério de avaliação: Confiabilidade II - Paradigma Imperativo III - Paradigma Lógico IV Metalinguagem V Gramática VI - Interpretação pura VII - Atributos intrínsecos VI IV III VII V II-I ( ) O programa é lido e interpretado por outro programa. ( ) Linguagem usada para descrever outra linguagem. ( ) É baseado em regras que são especificados sem ordem predeterminada. ( ) Aqueles cujos valores são determinados fora da árvore sintática de uma gramática de atributos ( ) Descreve uma linguagem utilizando uma coleção não vazia de regras. ( ) A ordem específica das instruções do programa são importante. ( ) O programa escrito garante que se atinja o efeito desejado.

4 QUESTÃO 6: Enviada por: Marcréu Duvidas: Thaise Considerando que os principais componentes de uma linguagem são: Normas de Comunicação Ambiente de Programação Compilador / Interpretador Bibliotecas Analise as afirmações (se verdadeiro ou falso) e escolha a alternativa correta: ( )Normas de Comunicação é sinônimo de gramática e envolve questões de vocabulário e sintaxe. ( )Um Ambiente de Programação é uma linguagem de programação que caiu em desuso. ( )Compilador / Interpretador traduz uma linguagem para outra (linguagem de alto nível para linguagem de máquina). ( )Bibliotecas podem estender uma linguagem de programação, mas não constituemse em uma linguagem de programação. a) V-F-V-V b) V-V-F-F c) V-F-F-V d) F-F-F-F e) V-F-F-F A

5 QUESTÃO 7: Enviada por/duvidas: Fábio Augusto Um dos critérios de avaliação das Linguagens de programação é a Legibilidade. Associe as características que contribuem para a Legibilidade às afirmações da coluna ao lado : I Simplicidade Global ( ) Linguagens com poucos componentes básicos são mais fáceis de aprender II Ortogonalidade ( ) A presença de tipos adequados de dados facilitam a leitura III Instruções de Controle ( ) A forma dos elementos de dados, ou seja, como eles devem ser escritos pode afetar a legibilidade IV Tipo de Dados e Estrutura ( ) Diz respeito à combinação de tipos e operadores por exemplo. V Sintaxe ( ) Devem ser evitados comandos como saltos para áreas não adjacentes do código. A) I V II IV III B) I V IV II III C) I IV V II III D) I II III IV V E) V IV III I II C QUESTÃO 8: Enviada por/duvidas: Fábio Augusto Relacione os exemplos de lexemas abaixo (associe coluna da direita a da esquerda): 1 - Identificadores ( ) for, begin, end 2 - Literais ( ) constantes e strings 3 - Operadores ( ) nomes de variáveis e funções 4 - Palavras Reservadas ( ) simbolos *, +, [, ] a) b) c) d) e) C

6 QUESTÃO 9: Enviada por/duvidas: Thaise Uma linguagem de programação deve ser descrita de forma concisa e inteligível. Julgue as afirmações abaixo e escolha a opção correta dentre as alternativas, sendo F - falso e V - verdadeiro: ( )Sintaxe é responsável pela forma das expressões; ( )É mais difícil descrever a forma ou estrutura de programas do que o seu significado; ( )Existe notação concisa para a sintaxe BNF; ( )Semântica ignora o efeito pretendido de uma dada instrução ( )Sobre o exemplo: if (<expr>)<instr> podemos dizer que se o valor atual (significado) da expressão expr for verdadeiro então a instrução instr será executada, sendo esta descrição uma visão da semântica da instrução if da linguagem C. A) F-V-F-F-V B) V-F-V-V-V C) F-V-F-V-F D) V-F-V-F-V E) V-F-V-V-F D QUESTÃO 10: Enviada por: Salety Duvidas: Fábio Augusto Assinale o esquema correto: A) Interpretação pura: Programa fonte -> Compilador -> Resultados B) Compilação pura: Programa fonte -> Interpretador -> Resultados C) Análise pura: Programa fonte -> Analisador Java -> Compilador de Análise -> Resultados D) Sistemas de Implementação Híbridos: Programa fonte -> Analisador Léxico -> Analisador sintático -> Gerador de código intermediário -> Interpretador -> Resultados E) Sistemas de Implementação Híbridos: Programa fonte -> Analisador léxico -> Java bytecode -> Analisador sintático -> Java virtual Machine -> Gerador de código intermediário -> Compilador Java -> Resultados -> Interpretador -> Dicionário de Sintaxe -> Biblioteca final D

7 QUESTÃO 11: Enviada por/duvidas: Luis Tacioli Assinale V para alternativas corretas e F para falsas : Geradores de Linguagem consistem em: ( ) Dispositivos que pode ser usado para gerar sentenças na Linguagem ( ) Pouca pratica para definir linguagem: submete-se a instrução ao reconhecedor para saber se a sintaxe está correta ( ) Construção de um mecanismo ( ) Determinar se a sintaxe de uma sentença em particular está correta comparando-a com a estrutura do gerador ( ) Definição de linguagem: submete-se a instrução ao reconhecedor para saber se a sintaxe está correta V V F V F QUESTÃO 12: Enviada por/duvidas: Gustavo Lopes Indique os critérios de avaliação de uma linguagem: (V) verdadeiro, (F) Falso; ( )Portabilidade ( )Arquitetura do Computador ( )Metodologias de programação ( )Generalidade ( )Boa definição ( )Dados do programa ( )Existência de boas ferramentas ( )Custo V-F-F-V-V-F-V-V

8 QUESTÃO 13: Enviada por/duvidas: Tiagão Relacione as categorias de linguagens às suas respectivas descrições ou exemplos: (1) Imperativa (2) Orientada à objetos (3) Funcional (4) Lógica (5) Marcação ( 1) Características centrais: variáveis, estruturas de atribuição e Iteração. ( ) HTML ( ) Baseada na computação de funções ou regras de inferência. ( ) Possui hierarquização e extrema modularização. ( ) Prolog QUESTÃO 14: Enviada por/duvidas: Juliano Um paradigma de programação surgiu da necessidade do processamento de listas, essa necessidade surgiu a partir das primeiras aplicações na área de Inteligencia Artificial(IA), o interesse nessa área surgiu em meados da década de 50, perto do final dessa década John McCarthy e Marvin Minsky formaram o MIT AI Project, cujo primeiro esforço importante foi produzir um sistema de processamento de listas. Posteriormente foi desenvolvida uma linguagem de programação de processamento de listas.[pontuação: 1 ou 0.5(em caso de muitos exercecios)] Qual o paradigma de programação e a linguagem ao qual o trecho acima se refere? A) Programação Esotérico e FALSE B) Programação Orienta a Objeto(O.O.) e java C) Programação Funcional e LISP D) Programação Lógica e Prolog E) Programação Imperativa e C C

9 QUESTÃO 15: Enviadas por/duvidas: Helder Celso Calcule a pré-condição mais fraca (valor de b) para as seguintes instruções: a) a= 6 + 7*(b-1)/4 + b/6 + 4*(2b+2) {a>49/4} <=> 6 + 7b/4-7/4 + b/6 + 8b + 8 > 49/4 <=> 14-7/4 + 7b/4 + b/6 + 8b > 49/4 <=> 49/ b/12 > 49/4 <=> 119b/12 > 0 <=> b>0 b) a = 3b + b/3-10 {a>0} <=> (9b + b)3-10 > 0 <=> 10b/3 > 10 <=> 10b > 30 <=> b > 3 c) a = 2b + 12*(b - 1/4) {a>25} <=> 2b + 12b - 3 > 25 <=> 14b > 28 <=> b > 2 QUESTÃO 16: Enviada por: Victor Presumido Duvidas: Fábio Assinale a alternativa que melhor completa as definições abaixo: O apresenta as palavras reservadas da linguagem (if,else,while,etc) A diz respeito a como são escritos cada um dos elementos da linguagem ("{ }", ";", " ") A diz respeito ao significado de cada um dos elementos da linguagem A) Vocabulário, semântica, sintaxe B) Vocabulário, sintaxe, semântica C) Programador, sintaxe, semântica D) Fluxo de controle, filosofia de dados, sintaxe E) Compilador, semântica, biblioteca Respsosta: B

10 QUESTÃO 17: Enviada por: Gustavo Rosolen Duvidas: Thaise Associe as características descritas sobre o processo de compilação: I - Análise Lexica II - Compilação III - Análise Semantica IV - Análise Sintatica V - Geração de Código ( )parte final do processo de compilação, onde um cógido de máquina foi criado. ( )tradução de programas em alto nível em código de máquina. ( )verifica os tokens na gramatica. Exemplo: verifica se abre e fecha chaves em linguagem C. ( )separa em palavras (tokens) montando um dicionário. ( )verifica se o sentido atribuído a expressão é válido. V-II-IV-I-III QUESTÃO 18: Enviada por/duvidas: Raissa Classifique as linguagens abaixo em: 1- FORTEMENTE TIPADAS (1); 2- NÃO FORTEMENTE TIPADAS (2); 3- QUASE FORTEMENTE TIPADAS (3): ( ) C; ( ) C++; ( ) PASCAL; ( ) JAVA; ( ) FORTRAN; ( ) ADA; ( ) Modula-3; ( )ML;

Introdução à Programação Aula 03. Prof. Max Santana Rolemberg Farias Colegiado de Engenharia de Computação

Introdução à Programação Aula 03. Prof. Max Santana Rolemberg Farias Colegiado de Engenharia de Computação Aula 03 Prof. Max Santana Rolemberg Farias max.santana@univasf.edu.br Colegiado de Engenharia de Computação Linguagens de Programação A primeira linguagem de programação foi criada por Ada Lovelace. Amiga

Leia mais

Introdução à Programação

Introdução à Programação Introdução à Programação Linguagens de Programação: sintaxe e semântica de linguagens de programação e conceitos de linguagens interpretadas e compiladas Engenharia da Computação Professor: Críston Pereira

Leia mais

Aula 1 Java Prof. Dr. Sylvio Barbon Junior

Aula 1 Java Prof. Dr. Sylvio Barbon Junior 5COP101 Linguagens de Programação Aula 1 Java Prof. Dr. Sylvio Barbon Junior Sylvio Barbon Jr barbon@uel.br 1 Sumário 1) Razões para Estudar Conceitos de LP; 2) Domínios das Linguagens de Programação 3)

Leia mais

Linguagens de Programação Aula 3

Linguagens de Programação Aula 3 Aula 3 Celso Olivete Júnior olivete@fct.unesp.br Na aula passada... Classificação das LPs (nível, geração e paradigma) Paradigmas Imperativo, OO, funcional, lógico e concorrente 2/33 Na aula de hoje...

Leia mais

Paradigmas de Programação

Paradigmas de Programação Paradigmas de Programação Sintaxe e semântica Aula 4 Prof.: Edilberto M. Silva http://www.edilms.eti.br Prof. Edilberto Silva / edilms.eti.br Sintaxe A sintaxe de uma linguagem de programação é a forma

Leia mais

Como construir um compilador utilizando ferramentas Java

Como construir um compilador utilizando ferramentas Java Como construir um compilador utilizando ferramentas Java p. 1/2 Como construir um compilador utilizando ferramentas Java Aula 1 - Introdução Prof. Márcio Delamaro delamaro@icmc.usp.br Como construir um

Leia mais

Linguagens de Programação Conceitos e Técnicas. Introdução

Linguagens de Programação Conceitos e Técnicas. Introdução Linguagens de Programação Conceitos e Técnicas Introdução Razões para Estudar LPs Maior capacidade de desenvolver soluções computacionais para problemas Maior habilidade ao usar uma LP Maior capacidade

Leia mais

Projeto de Compiladores

Projeto de Compiladores Projeto de Compiladores FIR Faculdade Integrada do Recife João Ferreira 26 e 27 de fevereiro de 2007 Agenda da Aula Revisão Linguagem de Programação Tradutores Compilador As Fases de Um Compilador Linguagem

Leia mais

Compiladores. Introdução à Compiladores

Compiladores. Introdução à Compiladores Compiladores Introdução à Compiladores Cristiano Lehrer, M.Sc. Introdução (1/2) O meio mais eficaz de comunicação entre pessoas é a linguagem (língua ou idioma). Na programação de computadores, uma linguagem

Leia mais

DESENVOLVIMENTO DO COMPILADOR PARA A LINGUAGEM SIMPLE

DESENVOLVIMENTO DO COMPILADOR PARA A LINGUAGEM SIMPLE DESENVOLVIMENTO DO COMPILADOR PARA A LINGUAGEM SIMPLE Jeferson MENEGAZZO 1, Fernando SCHULZ 2, Munyque MITTELMANN 3, Fábio ALEXANDRINI 4. 1 Aluno 5ª fase do Curso de Ciência da Computação do Instituto

Leia mais

As fases de um compilador

As fases de um compilador As fases de um compilador Compilando um programa simples estrutura de um compilador formas de organização de um compilador processo de execução de uma linguagem de alto-nível Compilando um programa simples

Leia mais

As fases de um compilador

As fases de um compilador As fases de um compilador Paradigmas de LP Métodos de Implementação de LP Compilando um programa simples estrutura de um compilador formas de organização de um compilador processo de execução de uma linguagem

Leia mais

PROGRAMAÇÃO I. Introdução

PROGRAMAÇÃO I. Introdução PROGRAMAÇÃO I Introdução Introdução 2 Princípios da Solução de Problemas Problema 1 Fase de Resolução do Problema Solução na forma de Algoritmo Solução como um programa de computador 2 Fase de Implementação

Leia mais

Compiladores I Prof. Ricardo Santos (cap 1)

Compiladores I Prof. Ricardo Santos (cap 1) Compiladores I Prof. Ricardo Santos (cap 1) Compiladores Linguagens de programação são notações que permitem descrever como programas devem executar em uma máquina Mas, antes do programa executar, deve

Leia mais

SEMÂNTICA. Rogério Rocha. rode = program simples = var x : int := 3 in x := x + 5 end.

SEMÂNTICA. Rogério Rocha. rode = program simples = var x : int := 3 in x := x + 5 end. SEMÂNTICA program simples = var x : int := 3 in x := x + 5 end. rode =? Rogério Rocha Roteiro Introdução Sintaxe Semântica Dinâmica (Métodos formais) Operacional Axiomática Denotacional Estática Conclusão

Leia mais

Linguagens de Programação. Marco A L Barbosa

Linguagens de Programação. Marco A L Barbosa Expressões e sentença de atribuição Linguagens de Programação Marco A L Barbosa cba Este trabalho está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição-CompartilhaIgual 4.0 Internacional. http://github.com/malbarbo/na-lp-copl

Leia mais

Algoritmos e Programação

Algoritmos e Programação Universidade Federal do Vale do São Francisco Curso de Engenharia da Produção / Elétrica Parte 04 Prof. Jorge Cavalcanti jorge.cavalcanti@univasf.edu.br www.univasf.edu.br/~jorge.cavalcanti www.twitter.com/jorgecav

Leia mais

Introdução aos computadores, à Internet e à World Wide Web. Prof. Marcelo Roberto Zorzan

Introdução aos computadores, à Internet e à World Wide Web. Prof. Marcelo Roberto Zorzan Introdução aos computadores, à Internet e à World Wide Web Prof. Marcelo Roberto Zorzan História do Java Origem Linguagem desenvolvida pela Sun Microsystems Sintaxe similar ao C++ Inicialmente chamada

Leia mais

Sintaxe e Semântica. George Darmiton da Cunha Cavalcanti.

Sintaxe e Semântica. George Darmiton da Cunha Cavalcanti. Sintaxe e Semântica George Darmiton da Cunha Cavalcanti (gdcc@cin.ufpe.br) Tópicos Introdução O problema de descrever a sintaxe Métodos formais para descrever a sintaxe Gramáticas de atributos Descrevendo

Leia mais

Prof. Adriano Maranhão COMPILADORES

Prof. Adriano Maranhão COMPILADORES Prof. Adriano Maranhão COMPILADORES LINGUAGENS: INTERPRETADAS X COMPILADAS Resumo: Linguagem compilada: Se o método utilizado traduz todo o texto do programa, para só depois executar o programa, então

Leia mais

Fundamentos de Sistemas Operacionais

Fundamentos de Sistemas Operacionais Fundamentos de Sistemas Operacionais Aula 2 Princípios de Programação Prof. Belarmino Linguagem de Computadores Internamente os computadores usam instruções e armazenam os dados no formato numérico binário

Leia mais

INE5622 INTRODUÇÃO A COMPILADORES

INE5622 INTRODUÇÃO A COMPILADORES INE5622 INTRODUÇÃO A COMPILADORES PLANO DE ENSINO Objetivo geral Conhecer o processo de especificação e implementação de linguagens de programação, a partir do estudo dos conceitos, modelos, técnicas e

Leia mais

Implementação de Linguagens

Implementação de Linguagens Implementação de Linguagens Pedro Vasconcelos DCC/FCUP 11 de Abril de 2016 Objectivos Introdução à implementação de linguagens de programação funcionais. Enfoce sobre técnicas de interpretação/compilação

Leia mais

Capítulo 7. Expressões e Sentenças de Atribuição

Capítulo 7. Expressões e Sentenças de Atribuição Capítulo 7 Expressões e Sentenças de Atribuição Introdução Expressões são os meios fundamentais de especificar computações em uma linguagem de programação Para entender a avaliação de expressões, é necessário

Leia mais

Tratamento dos Erros de Sintaxe. Adriano Maranhão

Tratamento dos Erros de Sintaxe. Adriano Maranhão Tratamento dos Erros de Sintaxe Adriano Maranhão Introdução Se um compilador tivesse que processar somente programas corretos, seu projeto e sua implementação seriam grandemente simplificados. Mas os programadores

Leia mais

QUESTÃO 1 (0,6 ponto) Classifique os processadores de linguagens com relação aos tipos das linguagens-fonte e objeto.

QUESTÃO 1 (0,6 ponto) Classifique os processadores de linguagens com relação aos tipos das linguagens-fonte e objeto. COMPILADORES Prof. Marcus Ramos Prova 1 07 de março de 2012 QUESTÃO 1 (0,6 ponto) Classifique os processadores de linguagens com relação aos tipos das linguagens-fonte e objeto. Tanto a linguagem-fonte

Leia mais

Curso Profissional de Gestão e Programação de Sistemas Informáticos. Programação e Sistemas de Informação. Módulo 1. 1ª Parte Prof. Sandra Pais Soares

Curso Profissional de Gestão e Programação de Sistemas Informáticos. Programação e Sistemas de Informação. Módulo 1. 1ª Parte Prof. Sandra Pais Soares Curso Profissional de Gestão e Programação de Sistemas Informáticos Programação e Sistemas de Informação Módulo 1 1ª Parte Prof. Sandra Pais Soares Linguagens de Programação Linguagens de Programação Uma

Leia mais

Paradigmas de Linguagens

Paradigmas de Linguagens Paradigmas de Linguagens Aula 1: Introdução e Conceitos Básicos Professora Sheila Cáceres O que é um paradigma??? Paradigmas de Linguagens - Sheila Cáceres 2 O que é um paradigma??? Paradigmas de Linguagens

Leia mais

Linguagens de Programação Conceitos e Técnicas. Amarrações

Linguagens de Programação Conceitos e Técnicas. Amarrações Linguagens de Programação Conceitos e Técnicas Amarrações Conceituação Amarração (ou binding) é uma associação entre entidades de programação, tais como entre uma variável e seu valor ou entre um identificador

Leia mais

Introdução à Computação: Máquinas Multiníveis

Introdução à Computação: Máquinas Multiníveis Introdução à Computação: Máquinas Multiníveis Beatriz F. M. Souza (bfmartins@inf.ufes.br) http://inf.ufes.br/~bfmartins/ Computer Science Department Federal University of Espírito Santo (Ufes), Vitória,

Leia mais

Linguagem Técnica I. Prof. Jonatas Bastos

Linguagem Técnica I. Prof. Jonatas Bastos Linguagem Técnica I Prof. Jonatas Bastos Email: jonatasfbastos@gmail.com 1 Objetivo da Disciplina p Entender os conceitos da programação orientada a objetos; p Aplicar conceitos básicos relativos a objetos

Leia mais

Abaixo iremos pormenorizar cada um de seus atributos:

Abaixo iremos pormenorizar cada um de seus atributos: 1 PYTHON Python é uma linguagem de programação de alto nível, interpretada, de script, imperativa, orientada a objetos, funcional, de tipagem dinâmica e forte. A linguagem foi projetada com a filosofia

Leia mais

Analisador Léxico parte II

Analisador Léxico parte II Analisador Léxico parte II Compiladores Mariella Berger Sumário Definições Regulares Gerador de Analisador Léxico Flex Exemplos As fases de um Compilador Análise Léxica Análise Sintática ANÁLISE Análise

Leia mais

Introdução a Ciência da Computação

Introdução a Ciência da Computação Ministério da Educação Universidade Tecnológica Federal do Paraná Câmpus Santa Helena Introdução a Ciência da Computação Bacharelado em Ciência da Computação Professor : Agnaldo da Costa 1 Camadas do Usuário

Leia mais

Linguagens Formais e Autômatos P. Blauth Menezes

Linguagens Formais e Autômatos P. Blauth Menezes Linguagens Formais e Autômatos P. Blauth Menezes blauth@inf.ufrgs.br Departamento de Informática Teórica Instituto de Informática / UFRGS Matemática Discreta para Ciência da Computação - P. Blauth Menezes

Leia mais

Compiladores. Análise lexical. Plano da aula. Motivação para análise lexical. Vocabulário básico. Estrutura de um compilador

Compiladores. Análise lexical. Plano da aula. Motivação para análise lexical. Vocabulário básico. Estrutura de um compilador Estrutura de um compilador programa fonte Compiladores Análise lexical () Expressões Regulares analisador léxico analisador sintático analisador semântico análise gerador de código intermediário otimizador

Leia mais

Linguagens de Programação

Linguagens de Programação Linguagens de Programação Celso Olivete Júnior olivete@fct.unesp.br Na aula passada Expressões Precedência e associatividade de operador Sobrecarga de operador Expressões de modo misto Várias formas de

Leia mais

Introdução à Computação: Máquinas Multiníveis

Introdução à Computação: Máquinas Multiníveis Introdução à Computação: Máquinas Multiníveis Beatriz F. M. Souza (bfmartins@inf.ufes.br) http://inf.ufes.br/~bfmartins/ Computer Science Department Federal University of Espírito Santo (Ufes), Vitória,

Leia mais

Software: na visão da ES

Software: na visão da ES Software: na visão da ES É um produto transformador de informações De acordo com a semiótica: dados são símbolos com uma determinada sintaxe e informação são dados com uma determinada semântica Veículo

Leia mais

a) Computador b) Estrutura do sistema i. Hardware ii.software c) Linguagens de Programação i. Paradigmas e Programação 1.

a) Computador b) Estrutura do sistema i. Hardware ii.software c) Linguagens de Programação i. Paradigmas e Programação 1. a) Computador b) Estrutura do sistema i. Hardware ii.software c) Linguagens de Programação i. Paradigmas e Programação 1. Estruturada 2. Orientada a eventos 3. Orientada a objetos d) Sistemas Operacionais

Leia mais

Projeto de Algoritmos

Projeto de Algoritmos Projeto de Algoritmos Introdução aos Sistemas Computacionais Prof. Ernani Viriato de Melo / Reginaldo Costa http://www.ernani.eti.br http://reginaldofazu.blogspot.com 2º Semestre - 2008 Conceitos Básicos

Leia mais

Conceitos de Linguagens de Programação

Conceitos de Linguagens de Programação Conceitos de Linguagens de Programação Aula 04 Sintaxe e Semântica Edirlei Soares de Lima Sintaxe e Semântica A descrição de uma linguagem de programação envolve dois aspectos principais:

Leia mais

Linguagem Haskell. Riocemar S. de Santana

Linguagem Haskell. Riocemar S. de Santana Linguagem Haskell Riocemar S. de Santana Haskell, o que é? É uma linguagem de programação puramente funcional, de propósito geral. Nomeada em homenagem ao matemático americano Haskell B. Curry (1900 1982).

Leia mais

Introdução à Programação. Introdução a Linguagem C. Prof. José Honorato F. Nunes

Introdução à Programação. Introdução a Linguagem C. Prof. José Honorato F. Nunes Introdução à Programação Introdução a Linguagem C Prof. José Honorato F. Nunes honorato.nunes@ifbaiano.bonfim.edu.br Resumo da aula Introdução Variáveis Tipos de dados Operadores e Expressões: Operadores

Leia mais

Algoritmos Fundamento e Prática

Algoritmos Fundamento e Prática Everton Coimbra de Araújo Algoritmos Fundamento e Prática 3 a Edição Ampliada e Atualizada Visual Books Sumário Prefácio... 15 Introdução... 17 Capítulo 1 - Os Cursos de Informática e Computação... 23

Leia mais

LISTA DE EXERCÍCIOS 01 INTRODUÇÃO À INFORMÁTICA

LISTA DE EXERCÍCIOS 01 INTRODUÇÃO À INFORMÁTICA Informática Aplicada 2009.2 Campus Angicos LISTA DE EXERCÍCIOS 01 Professor: Araken de Medeiros Santos INTRODUÇÃO À INFORMÁTICA 1. Cite alguns problemas que o uso de válvulas provocava nos computadores

Leia mais

CONCEITOS DE ALGORITMOS

CONCEITOS DE ALGORITMOS CONCEITOS DE ALGORITMOS Fundamentos da Programação de Computadores - 3ª Ed. 2012 Editora Prentice Hall ISBN 9788564574168 Ana Fernanda Gomes Ascênsio Edilene Aparecida Veneruchi de Campos Algoritmos são

Leia mais

Descrição da Linguagem Pascal Jr.

Descrição da Linguagem Pascal Jr. Descrição da Linguagem Pascal Jr. Características gerais PascalJr possui convenções de tipos igual a linguagem Pascal PascalJr suporta definições de funções Com passagem de parâmetros por valor e por referência

Leia mais

Licenciatura em Informática

Licenciatura em Informática Licenciatura em Informática Unidade Curricular Programação I Programming I Objetivos -Técnicas Fundamentais de Programação; -A linguagem C e C++: fundamentos; -Aplicações em linguagem C; -Aplicações em

Leia mais

Estrutura e Funcionamento dos Computadores (Conceitos Básicos)

Estrutura e Funcionamento dos Computadores (Conceitos Básicos) Estrutura e Funcionamento dos Computadores (Conceitos Básicos) Sistema Computacional Peopleware (usuário) Software (programas) Hardware (máquina) Hardware Corresponde à parte material, aos componentes

Leia mais

Apostila de Fortran. É uma pseudo-linguagem a qual oferece recursos para que o programador possa codificar e testar os seus algoritmos.

Apostila de Fortran. É uma pseudo-linguagem a qual oferece recursos para que o programador possa codificar e testar os seus algoritmos. Apostila de Fortran Fortran Uma das linguagens de programação mais velhas, o FORTRAN foi desenvolvido por uma equipe de programadores conduzida por John Backus na IBM, e foi primeiramente publicada em

Leia mais

Python - Variáveis e expressões

Python - Variáveis e expressões Python - e expressões Prof. Paulo H R Gabriel (com base no material do Prof. André Backes) Linguagem de Máquina Computador entende apenas pulsos elétricos Presença ou não de pulso 1 ou 0 Tudo no computador

Leia mais

Instituto Superior de Engenharia de Lisboa

Instituto Superior de Engenharia de Lisboa Instituto Superior de Engenharia de Lisboa Introdução à Programação (PG) Docente: Pedro Viçoso Fazenda (pfazenda@cedet.isel.ipl.pt) Professor Responsável: Pedro Alexandre Pereira (palex@cc.isel.ipl.pt)

Leia mais

Linguagem de Programação

Linguagem de Programação Linguagem de Programação aula 4 Engenharia Elétrica e Engenharia de Automação Introdução à Computação 1.o sem/2013 Profa Suely (e-mail: smaoki@yahoo.com) Programas Programas são seqüências de instruções

Leia mais

CAP. VI ANÁLISE SEMÂNTICA

CAP. VI ANÁLISE SEMÂNTICA CAP. VI ANÁLISE SEMÂNTICA VI.1 Introdução Semântica SIGNIFICADO, SENTIDO LÓGICO, COERÊNCIA,... Diferença entre SINTAXE e SEMÂNTICA Sintaxe : descreve as estruturas de uma linguagem; Semântica : descreve

Leia mais

Introdução. Tradutores de Linguagens de Programação

Introdução. Tradutores de Linguagens de Programação Introdução Compiladores 1 Linguagens de programação são notações para se descrever computações para pessoas e para máquinas. Todo software executado em todos os computadores foi escrito em alguma linguagem

Leia mais

Programação de Computadores:

Programação de Computadores: Instituto de C Programação de Computadores: Introdução a Algoritmos (Parte II) Luis Martí Instituto de Computação Universidade ederal luminense lmarti@ic.uff.br - http://lmarti.com Roteiro da Aula de Hoje

Leia mais

Universidade Federal de Uberlândia Faculdade de Computação. Linguagem C: Operadores relacionais e lógicos estruturas condicionais If...

Universidade Federal de Uberlândia Faculdade de Computação. Linguagem C: Operadores relacionais e lógicos estruturas condicionais If... Universidade Federal de Uberlândia Faculdade de Computação Linguagem C: Operadores relacionais e lógicos estruturas condicionais If... Else Switch Prof. Renato Pimentel 1 Operações relacionais Operações

Leia mais

100 Exercícios Teóricos não resolvidos

100 Exercícios Teóricos não resolvidos 1 GUIA DE ESTUDO LINGUAGEM DE PROGRAMAÇÃO C++ 100 Exercícios Teóricos não resolvidos Prof. Universitário e Consultor Silva Quiala Msc, Bsc, HND Uso exclusivo para estudantes ( Versão Adaptada) 21 de Setembro

Leia mais

Conceitos básicos de programação

Conceitos básicos de programação Para aprender uma linguagem de programação podemos começar por conhecer os vocábulos ou símbolos que formam o seu léxico e depois aprender como esses vocábulos integram as instruções (frases) que compõe

Leia mais

Construção de Compiladores

Construção de Compiladores Construção de Compiladores Parte 1 Introdução Linguagens e Gramáticas F.A. Vanini IC Unicamp Klais Soluções Motivação Porque compiladores? São ferramentas fundamentais no processo de desenvolvimento de

Leia mais

Teoria da computabilidade Indecidíveis Decidíveis

Teoria da computabilidade Indecidíveis Decidíveis Bacharelado em Ciência da Computação Disciplina: Algoritmos e Estruturas de Dados I Professor: Mário Luiz Rodrigues Oliveira Teoria da computabilidade Indecidíveis Decidíveis Teoria da complexidade Intratáveis:

Leia mais

Programação: Vetores

Programação: Vetores Programação de Computadores I Aula 09 Programação: Vetores José Romildo Malaquias Departamento de Computação Universidade Federal de Ouro Preto 2011-1 1/62 Motivação Problema Faça um programa que leia

Leia mais

Prof. Luiz A. Nascimento

Prof. Luiz A. Nascimento Prof. Luiz A. Nascimento Qual a importância da Engenharia de Software? O desenvolvimento de um software envolve processos muitos complexos. A engenharia de software estabelece um modelo para se construir

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CENTRO FEDERAL DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA DE MINAS GERAIS DIRETORIA DE GRADUAÇÃO

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CENTRO FEDERAL DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA DE MINAS GERAIS DIRETORIA DE GRADUAÇÃO DISCIPLINA: Linguagens de Programação CÓDIGO: 2ECOM.031 Data de Elaboração: Janeiro/2012 Carga Horária: Total: 30 h/a; Semanal: 02 aulas; Créditos: 02 Modalidade: Prática Classificação do Conteúdo pelas

Leia mais

Introdução à Programação de Computadores Parte I

Introdução à Programação de Computadores Parte I Introdução à Programação de Computadores Parte I Prof. Dr. Edson Pimentel Centro de Matemática, Computação e Cognição Objetivos Compreender os componentes básicos de um programa... Objetivos Bacharelado

Leia mais

Ciência da Computação. Prof. Dr. Leandro Alves Neves Prof. Dr. Adriano M. Cansian

Ciência da Computação. Prof. Dr. Leandro Alves Neves Prof. Dr. Adriano M. Cansian Algoritmos e Programação Informática II Ciência da Computação Prof. Dr. Leandro Alves Neves Prof. Dr. Adriano M. Cansian 1 Sumário Tipos de Dados Variáveis Modelo esquemático Características e Regras para

Leia mais

ALGORITMOS 3ª Aula. 3. Introdução Tipos de dados, variáveis e operadores Tipos de dados

ALGORITMOS 3ª Aula. 3. Introdução Tipos de dados, variáveis e operadores Tipos de dados 3. Introdução Segundo alguns especialistas, qualquer programa de computador pode ser escrito utilizando apenas três estruturas básicas: Seqüência, Condição e Repetição. Isto significa que, na construção

Leia mais

Informática I. Aula 19. http://www.ic.uff.br/~bianca/informatica1/ Aula 19-20/06/06 1

Informática I. Aula 19. http://www.ic.uff.br/~bianca/informatica1/ Aula 19-20/06/06 1 Informática I Aula 19 http://www.ic.uff.br/~bianca/informatica1/ Aula 19-20/06/06 1 Ementa Histórico dos Computadores Noções de Hardware e Software Microprocessadores Sistemas Numéricos e Representação

Leia mais

Estudos de Linguagens de Programação - Revisão

Estudos de Linguagens de Programação - Revisão Estudos de Linguagens de Programação - Revisão (marinho.mlm@gmail.com) O que é uma Linguagem de Programação? Linguagem usada por uma pessoa para expressar um processo através do qual um computador pode

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DO SEMI-ÁRIDO CURSO: CIÊNCIA DA COMPUTAÇÃO 9º PERÍODO. Profª Danielle Casillo

UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DO SEMI-ÁRIDO CURSO: CIÊNCIA DA COMPUTAÇÃO 9º PERÍODO. Profª Danielle Casillo UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DO SEMI-ÁRIDO CURSO: CIÊNCIA DA COMPUTAÇÃO 9º PERÍODO Profª Danielle Casillo Programável - CLP 2 Compactos Modulares Programável - CLP 3 Possuem incorporados em uma única unidade

Leia mais

Profª. Juliana Pinheiro Campos ENG10082 Programação II Créditos: Prof. Gustavo Willam Pereira e Prof.

Profª. Juliana Pinheiro Campos   ENG10082 Programação II Créditos: Prof. Gustavo Willam Pereira e Prof. 1 Profª. Juliana Pinheiro Campos E-mail: jupcampos@gmail.com ENG10082 Programação II Créditos: Prof. Gustavo Willam Pereira e Prof. Clayton Vieira Fraga Filho 2 Paradigmas de programação Paradigmas de

Leia mais

INTRODUÇÃO À COMPUTAÇÃO - EPET006 Aula 3

INTRODUÇÃO À COMPUTAÇÃO - EPET006 Aula 3 INTRODUÇÃO À COMPUTAÇÃO - EPET006 Aula 3 Heleno Pontes Bezerra Neto - helenopontes@lccv.ufal.br 2.3 Linguagem de Programação 2.4. Introdução ao MATLAB 2. NOÇÕES DE LÓGICA E ALGORITMOS Exercícios Escrever

Leia mais

CAPÍTULO 3 INSTRUÇÕES BÁSICAS

CAPÍTULO 3 INSTRUÇÕES BÁSICAS CAPÍTULO 3 INSTRUÇÕES BÁSICAS Guilherme da Cunha Fonseca FEPI Centro Universitário de Itajubá Curso de Tecnologia em Fabricação Mecânica 1 INTRODUÇÃO As instruções ou comandos básicos são o conjunto de

Leia mais

Implementação do Analisador Léxico

Implementação do Analisador Léxico Implementação do Analisador Léxico Ricardo Mendes do Nascimento Universidade Regional Integrada do Alto Uruguai e das Missões (URI) Santo Ângelo RS Brasil rnascom@urisan.tche.br Resumo. Este artigo tem

Leia mais

S12 - Software e Engenharia de Software

S12 - Software e Engenharia de Software S12 - Software e Engenharia de Software ENGENHARIA DE SOFTWARE PRESSMAN, 2011 Gilberto Wolff UTFPR Introdução Introdução Introdução Introdução Busquem respostas para: 1. Há diferença entre Software e Programa?

Leia mais

Programação de Computadores I Dados, Operadores e Expressões PROFESSORA CINTIA CAETANO

Programação de Computadores I Dados, Operadores e Expressões PROFESSORA CINTIA CAETANO Programação de Computadores I Dados, Operadores e Expressões PROFESSORA CINTIA CAETANO Dados em Algoritmos Quando escrevemos nossos programas, trabalhamos com: Dados que nós fornecemos ao programa Dados

Leia mais

Algoritmos e Programação

Algoritmos e Programação Universidade Federal do Vale do São Francisco Curso de Engenharia da Produção / Elétrica Parte 02 Prof. Jorge Cavalcanti jorge.cavalcanti@univasf.edu.br www.univasf.edu.br/~jorge.cavalcanti www.twitter.com/jorgecav

Leia mais

Este conceito é bastante simples e será útil e conveniente nos itens seguintes, na definição das estruturas básicas de controle de execução.

Este conceito é bastante simples e será útil e conveniente nos itens seguintes, na definição das estruturas básicas de controle de execução. Capítulo 7 Controle de Fluxo de Execução Até o momento os algoritmos estudados utilizam apenas instruções primitivas de atribuição, e de entrada e saída de dados. Qualquer conjunto de dados fornecido a

Leia mais

Linguagem C: Introdução

Linguagem C: Introdução Linguagem C: Introdução Linguagem C É uma Linguagem de programação genérica que é utilizada para a criação de programas diversos como: Processadores de texto Planilhas eletrônicas Sistemas operacionais

Leia mais

HORÁRIO ESCOLAR - CIÊNCIA DA COMPUTAÇÃO 2016 Atualizado 26/01/2016 INGRESSANTES A PARTIR DE 2010

HORÁRIO ESCOLAR - CIÊNCIA DA COMPUTAÇÃO 2016 Atualizado 26/01/2016 INGRESSANTES A PARTIR DE 2010 HORÁRIO ESCOLAR - CIÊNCIA DA COMPUTAÇÃO 2016 Atualizado 26/01/2016 INGRESSANTES A PARTIR DE 2010 1 0 ANO - 1 0. SEMESTRE (Grade Curricular Nova) Vespertino Lógica Matemática Discreta Integral I (Almir

Leia mais

Análise Sintática. Eduardo Ferreira dos Santos. Outubro, Ciência da Computação Centro Universitário de Brasília UniCEUB 1 / 18

Análise Sintática. Eduardo Ferreira dos Santos. Outubro, Ciência da Computação Centro Universitário de Brasília UniCEUB 1 / 18 Análise Sintática Eduardo Ferreira dos Santos Ciência da Computação Centro Universitário de Brasília UniCEUB Outubro, 2016 1 / 18 Sumário 1 Introdução 2 Derivações 2 / 18 1 Introdução 2 Derivações 3 /

Leia mais

Arquitetura e Organização de computadores

Arquitetura e Organização de computadores Arquitetura e Organização de computadores Aula 1: Organização e evolução de computador, parte 2 Prof. MSc. Pedro Brandão Neto, pedroobn@gmail.com Sistemas de Informação - UNDB Introdução 2 Máquinas Multiníveis

Leia mais

Capítulo III - Linguagens de Programação

Capítulo III - Linguagens de Programação Capítulo III - Linguagens de Programação Porque Estudar Ling. de Programação? Quais são as formas de classificar Linguagens? Quais são os Conceitos Fundamentais de Linguagens de Programação? Como Avaliar/Projetar

Leia mais

EXERC EXAME DISCIPLINA: ALG ESTRUTURA DE DADOS I

EXERC EXAME DISCIPLINA: ALG ESTRUTURA DE DADOS I EXERC EXAME DISCIPLINA: ALG ESTRUTURA DE DADOS I CURSO: ENG CIVIL PROFESSOR: ANDRÉ LUÍS DUARTE PERÍODO 1º BIMESTRE 1 1) Identifique as afirmações como verdadeira (V) ou falsa (F): a) Existem três tipos

Leia mais

Conteúdo. Introdução a compiladores Tradução x Interpretação Processo de Compilação

Conteúdo. Introdução a compiladores Tradução x Interpretação Processo de Compilação Compiladores Conteúdo Introdução a compiladores Tradução x Interpretação Processo de Compilação Quando se inventou o computador criou se uma máquina a mais, quando se criou o compilador criou se uma nova

Leia mais

Apêndice A. Pseudo-Linguagem

Apêndice A. Pseudo-Linguagem Apêndice A. Pseudo-Linguagem Apostila de Programação I A.1 Considerações Preliminares Os computadores convencionais se baseiam no conceito de uma memória principal que consiste de células elementares,

Leia mais

Programação Orientada a Objetos. Manipulação de Exceções

Programação Orientada a Objetos. Manipulação de Exceções Programação Orientada a Objetos Manipulação de Exceções Cristiano Lehrer, M.Sc. Introdução à Manipulação de Exceções (1/2) Em uma linguagem sem manipulação de exceção: Quando ocorre uma exceção, o controle

Leia mais

Aula 01 Conceito de Banco de Dados e SGBD

Aula 01 Conceito de Banco de Dados e SGBD Aula 01 Conceito de Banco de Dados e SGBD Dado: conjunto de símbolos arranjados a fim de representar a informação fora da mente humana. Elemento de Dado: subconjunto de símbolos que compõem um dado com

Leia mais

Material Didático Proposto

Material Didático Proposto Universidade Federal de Ouro Preto - UFOP Departamento de Computação - DECOM Comissão para Coordenação das Atividades Pedagógicas da Disciplina BCC701 CAP-BCC701 www.decom.ufop.br/bcc701 2014-1 Material

Leia mais

Programação Estruturada Comandos Condicionais (Decisão) Operadores Relacionais

Programação Estruturada Comandos Condicionais (Decisão) Operadores Relacionais Universidade Federal de Ouro Preto - UFOP Departamento de Computação - DECOM Comissão para Coordenação das Atividades Pedagógicas da Disciplina BCC701 CAP-BCC701 www.decom.ufop.br/bcc701 2014-1 Material

Leia mais

Computação I: Linguagem de Programação Python

Computação I: Linguagem de Programação Python Computação I: Linguagem de Programação Python reginaldo.re@utfpr.edu.br * Parte da apresentação foi gentilmente cedida pelo prof. Igor Steinmacher Agenda Objetivos Python: conceitos básicos O Ambiente

Leia mais

Introdução ao Pascal. Computação I. Níveis de Linguagens de Programação. Níveis de Linguagens de Programação. Como um Programa é Executado?

Introdução ao Pascal. Computação I. Níveis de Linguagens de Programação. Níveis de Linguagens de Programação. Como um Programa é Executado? Computação I Introdução ao Pascal Prof. Miguel Elias Mitre Campista http://www.gta.ufrj.br/~miguel Linguagens de Programação DEL-Poli/UFRJ Níveis de Linguagens de Programação Linguagens declarativas Linguagens

Leia mais

Capítulo 2 Operadores. A função scanf()

Capítulo 2 Operadores. A função scanf() Capítulo 2 Operadores A função scanf() A função scanf() é outra das funções de E/S implementadas em todos os compiladores e nos permite ler dados formatados da entrada padrão (teclado). Sintaxe: scanf(

Leia mais

Linguagens Formais e Autômatos

Linguagens Formais e Autômatos Linguagens Formais e Autômatos Prof. Yandre Maldonado - 1 Prof. Yandre Maldonado e Gomes da Costa Introdução Problema: definir um conjunto de cadeias de símbolos; Prof. Yandre Maldonado - 2 Exemplo: conjunto

Leia mais

PROCESSO DE DESENVOLVIMENTO DE SOFTWARE

PROCESSO DE DESENVOLVIMENTO DE SOFTWARE PROCESSO DE DESENVOLVIMENTO DE SOFTWARE Luiz Leão luizleao@gmail.com http://www.luizleao.com Questão 1 Para Sommerville a arquitetura de sistemas descreve o sistema em termos de um conjunto de unidades

Leia mais

Introdução à Computação

Introdução à Computação Introdução à Computação INTRODUÇÃO AOS ALGORITMOS E À PROGRAMAÇÃO DE COMPUTADORES PARTE 3 Renato Dourado Maia Universidade Estadual de Montes Claros Engenharia Civil Linguagens de Programação Uma linguagem

Leia mais

Aula 11 Introdução ao Java Script

Aula 11 Introdução ao Java Script Aula 11 Introdução ao Java Script Java Script é uma linguagem que permite trabalhar com a Lógica em páginas escritas em HTML (HiperText Mark-up Language). As páginas HTML podem ser escritas utilizando-se

Leia mais

Linguagem de Montagem do NeanderX

Linguagem de Montagem do NeanderX Universidade Estácio de Sá Curso de Informática Arquitetura de Computadores Linguagem de Montagem do NeanderX 11.5.2006 Geração Programa Executável Linguagens de Programação As linguagens de programação

Leia mais

Infra-Estrutura de Hardware

Infra-Estrutura de Hardware Infra-Estrutura de Hardware Prof. Wilton O. Ferreira Universidade Federal Rural de Pernambuco UFRPE 1 Semestre/2012 Conjunto de Instruções Conteúdo Operações do Hardware do Computador Representando Instruções

Leia mais