Linguagens compiladas: C++ Fora do livro adoptado

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Linguagens compiladas: C++ Fora do livro adoptado"

Transcrição

1 Linguagens compiladas: C++ Fora do livro adoptado

2 (rep.) Conceitos iniciais Computador Um computador é genericamente uma máquina programável capaz de receber, processar, e fornecer informação. Computador digital (de programa armazenado) Um computador digital é um dispositivo electrónico composto fundamentalmente por: Processadores: CPU = ALU + CU + Memória (primária) para processamento. Memória de massa ou secundária, para armazenamento. Mecanismos de I/O: dispositivos periféricos para comunicação com o exterior. ( Sistema Operativo: software interface utilizador-hardware + )

3 (rep.) Conceitos iniciais Algoritmo No essencial, um algoritmo é uma sequência de instruções a ser executadas mecanicamente para atingir um determinado objetivo. Linguagem de programação Uma linguagem de programação é uma linguagem bem definida, cujos elementos têm uma forma (sintaxe) e um significado (semântica) precisos, de modo a que possam ser mecanicamente traduzidos para linguagem máquina. Programa Um programa de computador é um algoritmo expresso numa linguagem de programação (código fonte), em linguagem máquina (código máquina), ou numa forma intermédia (e.g., código objecto).

4 (rep.) Conceitos iniciais Compilador/Interpretador Um compilador/interpretador é um programa que traduz código fonte (escrito numa dada linguagem de programação) para código máquina, ou para uma forma intermédia próxima do código máquina. Compilador O compilador interpreta e traduz o código fonte todo de uma só vez, produzindo um ficheiro objeto (executável) que poderá ser executado posteriormente. Interpretador O interpretador trata o código fonte "passo a passo", interpretando e avaliando (ou executando) cada instrução antes de passar à seguinte.

5 (rep.) Conceitos iniciais Programação A programação é a actividade de desenvolver programas, podendo ser dividida nas seguintes fases: Análise do problema Especificação do programa Codificação Teste Manutenção Programação em larga escala A programação em larga escala requer uma decomposição sucessiva dos problemas em problemas mais simples. Esta abordagem modular é conhecida por decomposição do topo para a base (top-down).

6 hello.cpp Code::Blocks, C++ > Base para aplicação de consola #include <iostream> using namespace std; int main() cout << "Hello world!" << endl; return 0;

7 programa_elementar.cpp C++ > Exemplo 1 /* Código C++ para ilustrar os aspectos mais elementares da linguagem. */ #include <iostream> using namespace std; int main() double x; cout << "Introduza um numero > "; cin >> x; cout << "O quadrado de " << x << "e' " << x * x << endl; return 0; // dispensável com o MinGW

8 queda_livre.cpp /* * Código C++ para ilustrar: * - Declaração com atribuição * - Atribuição */ #include <iostream> using namespace std; int main() double g = 9.81; C++ > Exemplo 2 (1/2) cout << "Introduza a velocidade inicial (m/s) > "; double v0; cin >> v0; continua

9 C++ > Exemplo 2 (2/2) cout << "Introduza o tempo decorrido (s) > "; double t; cin >> t; cout << endl << "Resultados na Terra:" << endl; cout << "A velocidade no instante " << t << " e' " << v0 - g * t << " e a altitude e' " << v0 * t - g * t * t / 2.0 << endl; g = 3.63; cout << endl << "Resultados em Marte:" << endl; cout << "A velocidade no instante " << t << " e' " << v0 - g * t << " e a altitude e' " << v0 * t - g * t * t / 2.0 << endl; ACABOU!

10 permutacoes_de_2.cpp #include <iostream> using namespace std; C++ > Exemplo 3 (1/2) int main() int liminf, limsup; cout << "Introduza os limites" << " de um intervalo de inteiros > "; cin >> liminf; cin >> limsup; cout << endl << "Listagem das permutacoes de 2 elementos" " do intervalo (com repeticoes):" << endl; continua

11 C++ > Exemplo 3 (2/2) int i = liminf; while (i <= limsup) for (int j = liminf; j <= limsup; j = j + 1) cout << "(" << i << ", " << j << ")" << endl; i = i + 1; ACABOU!

12 permutacoes_de_2_diferentes.cpp #include <iostream> using namespace std; C++ > Exemplo 4 (1/2) int main() int liminf, limsup; cout << "Introduza os limites" << " de um intervalo de inteiros > "; cin >> liminf; cin >> limsup; cout << endl << "Listagem das permutacoes de 2 elementos" " do intervalo (sem repeticoes):" << endl; continua

13 C++ > Exemplo 4 (2/2) int i = liminf; while (i <= limsup) for (int j = liminf; j <= limsup; j = j + 1) if (i!= j) cout << "(" << i << ", " << j << ")" << endl; i = i + 1; ACABOU!

14 queda_livre_decomposto.cpp #include <iostream> using namespace std; C++ > Exemplo 5 (1/3) double velocidade(double g, double v, double t) return v - g * t; double altitude(double g, double v, double t) return v * t - g * t * t * 0.5; continua

15 C++ > Exemplo 5 (2/3) int main() double gterra = 9.81; double gmarte = 3.63; cout << "Introduza a velocidade inicial (m/s) > "; double v0; cin >> v0; cout << "Introduza o tempo decorrido (s) > "; double t; cin >> t; continua

16 C++ > Exemplo 5 (3/3) cout << endl << "Resultados na Terra:" << endl; cout << "A velocidade no instante " << t << " e' " << velocidade(gterra, v0, t) << " e a altitude e' " << altitude(gterra, v0, t) << endl; cout << endl << "Resultados em Marte:" << endl; cout << "A velocidade no instante " << t << " e' " << velocidade(gmarte, v0, t) << " e a altitude e' " << altitude(gmarte, v0, t) << endl; ACABOU!

Outras Linguagens. Aulas 26 e 27. DECivil Departamento de Engenharia Civil, Arquitectura e Georrecursos

Outras Linguagens. Aulas 26 e 27. DECivil Departamento de Engenharia Civil, Arquitectura e Georrecursos DECivil Departamento de Engenharia Civil, Arquitectura e Georrecursos Outras Linguagens Aulas 26 e 27 Francisco Regateiro 1 Objetivos Revisitar os conceitos apresentados na 1ª aula. Reconhecer a aplicabilidade

Leia mais

Computação L2. Linguagem C++ Observação: Material Baseado na Disciplina Computação Eletrônica.

Computação L2. Linguagem C++ Observação: Material Baseado na Disciplina Computação Eletrônica. Computação L2 Linguagem C++ ovsj@cin.ufpe.br Observação: Material Baseado na Disciplina Computação Eletrônica. Alfabeto São os símbolos ( caracteres ) permitidos na linguagem: Letras (maiúsculas e minúsculas);

Leia mais

Aula 14: Funções Passagem de Parâmetros por Referência

Aula 14: Funções Passagem de Parâmetros por Referência CI208 - Programação de Computadores Aula 14: Funções Passagem de Parâmetros por Referência Prof. MSc. Diego Roberto Antunes diegor@inf.ufpr.br www.inf.ufpr.br/diegor Universidade Federal do Paraná Setor

Leia mais

EXERC EXAME DISCIPLINA: ALG ESTRUTURA DE DADOS I

EXERC EXAME DISCIPLINA: ALG ESTRUTURA DE DADOS I EXERC EXAME DISCIPLINA: ALG ESTRUTURA DE DADOS I CURSO: ENG CIVIL PROFESSOR: ANDRÉ LUÍS DUARTE PERÍODO 1º BIMESTRE 1 1) Identifique as afirmações como verdadeira (V) ou falsa (F): a) Existem três tipos

Leia mais

a) Computador b) Estrutura do sistema i. Hardware ii.software c) Linguagens de Programação i. Paradigmas e Programação 1.

a) Computador b) Estrutura do sistema i. Hardware ii.software c) Linguagens de Programação i. Paradigmas e Programação 1. a) Computador b) Estrutura do sistema i. Hardware ii.software c) Linguagens de Programação i. Paradigmas e Programação 1. Estruturada 2. Orientada a eventos 3. Orientada a objetos d) Sistemas Operacionais

Leia mais

Aplicação. Programa Linguagem de Alto Nível. Programa em Linguagem Assembly. Programa em Linguagem Máquina

Aplicação. Programa Linguagem de Alto Nível. Programa em Linguagem Assembly. Programa em Linguagem Máquina Níveis de Abstracção Nível 5 Nível 4 Nível 3 Nível 2 Nível 1 Nível 0 Aplicação Programa de Alto Nível Programa em Assembly Programa em Máquina Micro-programa em de Transferência de Registos Sistema Digital

Leia mais

Tópicos Avançados em Sistemas Computacionais: Infraestrutura de Hardware Aula 06

Tópicos Avançados em Sistemas Computacionais: Infraestrutura de Hardware Aula 06 Tópicos Avançados em Sistemas Computacionais: Infraestrutura de Hardware Aula 06 Prof. Max Santana Rolemberg Farias max.santana@univasf.edu.br Colegiado de Engenharia de Computação COMO UM PROGRAMA ESCRITO

Leia mais

PROGRAMAÇÃO I. Introdução

PROGRAMAÇÃO I. Introdução PROGRAMAÇÃO I Introdução Introdução 2 Princípios da Solução de Problemas Problema 1 Fase de Resolução do Problema Solução na forma de Algoritmo Solução como um programa de computador 2 Fase de Implementação

Leia mais

Fundamentos de Programação. Linguagem C++ Introdução, identificadores, tipos de dados. Prof. Bruno E. G. Gomes IFRN

Fundamentos de Programação. Linguagem C++ Introdução, identificadores, tipos de dados. Prof. Bruno E. G. Gomes IFRN Fundamentos de Programação Linguagem C++ Introdução, identificadores, tipos de dados Prof. Bruno E. G. Gomes IFRN 1 Linguagem de Programação Constituída por símbolos e por regras para combinar esses símbolos

Leia mais

Estrutura e Funcionamento dos Computadores (Conceitos Básicos)

Estrutura e Funcionamento dos Computadores (Conceitos Básicos) Estrutura e Funcionamento dos Computadores (Conceitos Básicos) Sistema Computacional Peopleware (usuário) Software (programas) Hardware (máquina) Hardware Corresponde à parte material, aos componentes

Leia mais

Professor: M. Sc. Cristiano Mariotti

Professor: M. Sc. Cristiano Mariotti Professor: M. Sc. Cristiano Mariotti http://www.mscmariotti.pro.br As informações processadas nos computadores são compostas por caracteres, sendo que cada caractere, representado por 0 ou 1, é chamado

Leia mais

Guia e Utilização do Visual Studio.NET 2003

Guia e Utilização do Visual Studio.NET 2003 Guia e Utilização do Visual Studio.NET 2003 Objectivo Este guia acompanha-o através do processo de criação de uma aplicação C++ utilizando o ambiente de desenvolvimento Visual Studio.NET 2003. Passo 1:

Leia mais

Técnico de Gestão e Programação de Sistemas Informáticos. Sistemas Operativos 10º ano

Técnico de Gestão e Programação de Sistemas Informáticos. Sistemas Operativos 10º ano Técnico de Gestão e Programação de Sistemas Informáticos Sistemas Operativos 10º ano Introdução aos Sistemas Embebidos Vivemos num mundo onde o software desempenha um papel crítico Mas a maior parte deste

Leia mais

PROGRAMAS BÁSICOS EM C++ Disciplina: Introdução à Ciência da Computação Prof. Modesto Antonio Chaves Universidade estadual do Sudoeste da Bahia

PROGRAMAS BÁSICOS EM C++ Disciplina: Introdução à Ciência da Computação Prof. Modesto Antonio Chaves Universidade estadual do Sudoeste da Bahia PROGRAMAS BÁSICOS EM C++ Disciplina: Introdução à Ciência da Computação Prof. Modesto Antonio Chaves Universidade estadual do Sudoeste da Bahia Calculo da área de um triângulo Algoritmo Área Var base,

Leia mais

Curso Profissional de Gestão e Programação de Sistemas Informáticos. Programação e Sistemas de Informação. Módulo 1. 1ª Parte Prof. Sandra Pais Soares

Curso Profissional de Gestão e Programação de Sistemas Informáticos. Programação e Sistemas de Informação. Módulo 1. 1ª Parte Prof. Sandra Pais Soares Curso Profissional de Gestão e Programação de Sistemas Informáticos Programação e Sistemas de Informação Módulo 1 1ª Parte Prof. Sandra Pais Soares Linguagens de Programação Linguagens de Programação Uma

Leia mais

Função Fundamental do SO

Função Fundamental do SO Função Fundamental do SO Gestão do Hardware Uma das funções fundamentais do sistema operativo é gerir os recursos do hardware de um modo o mais transparente possível ao utilizador Recursos principais a

Leia mais

Guia e Utilização do Visual Studio 6.0

Guia e Utilização do Visual Studio 6.0 Guia e Utilização do Visual Studio 6.0 Objectivo Este guia acompanha-o através do processo de criação de uma aplicação C++ utilizando o ambiente de desenvolvimento Visual Studio 6.0. Passo 1: Criação de

Leia mais

INFORMÁTICA APLICADA AULA 05 LINGUAGEM DE PROGRAMAÇÃO C++

INFORMÁTICA APLICADA AULA 05 LINGUAGEM DE PROGRAMAÇÃO C++ UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DO SEMI-ÁRIDO CURSO: Bacharelado em Ciências e Tecnologia INFORMÁTICA APLICADA AULA 05 LINGUAGEM DE PROGRAMAÇÃO C++ Profª ª Danielle Casillo LAÇOS Laços são comandos da linguagem

Leia mais

Tecnologias. de Informação e Comunicação. 7ºAno. 1.º Período. Aula 5, 6. 1 Magda Lopes

Tecnologias. de Informação e Comunicação. 7ºAno. 1.º Período. Aula 5, 6. 1 Magda Lopes Tecnologias de Informação e Comunicação 7ºAno 1.º Período Aula 5, 6 1 - Introdução às Tecnologias da Informação e Comunicação. 1.3 Introdução à estrutura e funcionamento de um sistema informático. informático

Leia mais

Instituto Superior de Engenharia de Lisboa

Instituto Superior de Engenharia de Lisboa Instituto Superior de Engenharia de Lisboa Introdução à Programação (PG) Docente: Pedro Viçoso Fazenda (pfazenda@cedet.isel.ipl.pt) Professor Responsável: Pedro Alexandre Pereira (palex@cc.isel.ipl.pt)

Leia mais

AGT0001 Algoritmos Aula 01 O Computador

AGT0001 Algoritmos Aula 01 O Computador AGT0001 Algoritmos Aula 01 O Computador Karina Girardi Roggia karina.roggia@udesc.br Departamento de Ciência da Computação Centro de Ciências Tecnológicas Universidade do Estado de Santa Catarina 2016

Leia mais

INTRODUÇÃO À ARQUITETURA E ORGANIZAÇÃO DE COMPUTADORES. Função e Estrutura. Introdução Organização e Arquitetura. Organização e Arquitetura

INTRODUÇÃO À ARQUITETURA E ORGANIZAÇÃO DE COMPUTADORES. Função e Estrutura. Introdução Organização e Arquitetura. Organização e Arquitetura Introdução Organização e Arquitetura INTRODUÇÃO À ARQUITETURA E ORGANIZAÇÃO DE COMPUTADORES Eduardo Max Amaro Amaral Arquitetura são os atributos visíveis ao programador. Conjunto de instruções, número

Leia mais

Introdução à Informática

Introdução à Informática Introdução à Informática Alexandre Meslin (meslin@nce.ufrj.br) Objetivo do Curso Apresentar os conceitos básicos de informática, de software e de hardware. Introduzir os conceitos relativos à representação

Leia mais

Computação e Programação

Computação e Programação Computação e Programação 4ª Aula de (Funções) Instituto Superior Técnico, Dep. de Engenharia Mecânica - Secção Sistemas, Grupo de Controlo Automação e Robótica Exercício 1 ENUNCIADO: Escreva as seguintes

Leia mais

Introdução à Programação

Introdução à Programação Introdução à Program João Manuel R. S. Tavares Sumário 1. Ciclo de desenvolvimento de um programa; 2. Descrição de algoritmos; 3. Desenvolvimento modular de programas; 4. Estruturas de controlo de um programa.

Leia mais

Compiladores. Introdução à Compiladores

Compiladores. Introdução à Compiladores Compiladores Introdução à Compiladores Cristiano Lehrer, M.Sc. Introdução (1/2) O meio mais eficaz de comunicação entre pessoas é a linguagem (língua ou idioma). Na programação de computadores, uma linguagem

Leia mais

Torneio Estudantil de Computação Multi-Linguagem de Aveiro. Escola Superior de Tecnologia e Gestão de Águeda Universidade de Aveiro TECLA 2009

Torneio Estudantil de Computação Multi-Linguagem de Aveiro. Escola Superior de Tecnologia e Gestão de Águeda Universidade de Aveiro TECLA 2009 Torneio Estudantil de Computação Multi-Linguagem de Aveiro Escola Superior de Tecnologia e Gestão de Águeda Universidade de Aveiro TECLA 2009 http://tecla.estga.ua.pt/ Exemplos W Exemplo de Leitura e Escrita

Leia mais

INFORMÁTICA APLICADA AULA 03 LINGUAGEM DE PROGRAMAÇÃO C++

INFORMÁTICA APLICADA AULA 03 LINGUAGEM DE PROGRAMAÇÃO C++ UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DO SEMI-ÁRIDO CURSO: Bacharelado em Ciências e Tecnologia INFORMÁTICA APLICADA AULA 03 LINGUAGEM DE PROGRAMAÇÃO C++ Profª ª Danielle Casillo OPERADORES Um operador é um símbolo

Leia mais

Olimpíadas de Informática

Olimpíadas de Informática Olimpíadas de Informática Aulas preparatórias Introdução a Programação em C++. Prof. Gemilson George gemilson_geo gemilson@colegiogeo.com.br (83)8792-7419 informaticageo.wordpress.com (Grupo): GEO.OBI

Leia mais

Linguagem de Programação

Linguagem de Programação Linguagem de Programação aula 4 Engenharia Elétrica e Engenharia de Automação Introdução à Computação 1.o sem/2013 Profa Suely (e-mail: smaoki@yahoo.com) Programas Programas são seqüências de instruções

Leia mais

Aula 2 Listas Lineares Sequenciais. prof Leticia Winkler

Aula 2 Listas Lineares Sequenciais. prof Leticia Winkler Aula 2 Listas Lineares Sequenciais prof Leticia Winkler 1 Conteúdo Revisão de Vetor Definição Declaração Acesso dos Elementos Inicialização dos Elementos Exemplo Vetor e Função Lista Linear Operações com

Leia mais

GABARITO Questão a b c d e

GABARITO Questão a b c d e Documento gerado por Contato: smarttest@smarttest.com.br Instituto Federal Catarinense Curso: Engenharia Mecânica Turma: 2016/Turma Extra Disciplina: Informática para Engenharia Docente: Ricardo Antonello

Leia mais

Introdução à Programação de Computadores Parte I

Introdução à Programação de Computadores Parte I Introdução à Programação de Computadores Parte I Prof. Dr. Edson Pimentel Centro de Matemática, Computação e Cognição Objetivos Compreender os componentes básicos de um programa... Objetivos Bacharelado

Leia mais

Universidade Federal do Espírito Santo. Programação II. CT IX - Sala 201 Departamento de Informática Centro Tecnológico

Universidade Federal do Espírito Santo. Programação II. CT IX - Sala 201 Departamento de Informática Centro Tecnológico Universidade Federal do Espírito Santo Programação II Prof.ª Claudia Boeres (boeres@inf.ufes.br) Filipe Mutz (filipemtz@gmail.com) CT IX - Sala 201 Departamento de Informática Centro Tecnológico Universidade

Leia mais

GFM015 Introdução à Computação

GFM015 Introdução à Computação GFM015 Introdução à Computação Noções básicas sobre os componentes de microcomputadores (cont...) - Terminologia: Sw, Hw, Programas, Bit, Byte e Códigos Ilmério Reis da Silva ilmerio@facom.ufu.br www.facom.ufu.br/~ilmerio/ic

Leia mais

Capítulo 2 Livro do Mário Monteiro Componentes Representação das informações. Medidas de desempenho

Capítulo 2 Livro do Mário Monteiro Componentes Representação das informações. Medidas de desempenho Capítulo 2 Livro do Mário Monteiro Componentes Representação das informações Bit, Caractere, Byte e Palavra Conceito de Arquivos e Registros Medidas de desempenho http://www.ic.uff.br/~debora/fac! 1 2

Leia mais

Fundamentos de Programação II. Introdução à linguagem de programação C++

Fundamentos de Programação II. Introdução à linguagem de programação C++ Fundamentos de Programação II Introdução à linguagem de programação C++ Prof. Rafael Henrique D. Zottesso Material cedido por Prof. Msc. Everton Fernando Baro Agenda IDE HelloWorld Variáveis Operadores

Leia mais

Prof. Jhonatan Fernando

Prof. Jhonatan Fernando Prof. Jhonatan Fernando Métodos Programação OO Instâncias de variáveis (objetos) Mensagens Classes Herança Polimorfismo Encapsulamento Abstração Programação Estruturada Procedimentos e funções Variáveis

Leia mais

Curso de C. Introdução by Arnaldo V. Moura e Daniel F. Ferber 3/10/ :43 AM

Curso de C. Introdução by Arnaldo V. Moura e Daniel F. Ferber 3/10/ :43 AM Curso de C Introdução 1 Introdução Roteiro: Recordando Algoritmos Linguagem de Programação O computador Instruções de Máquina Níveis de Abstração Compilação 2 Algoritmos Recordando: Algoritmo: conjunto

Leia mais

Breve Introdução aos Sistemas Operativos. Disciplina de Informática PEUS, U.Porto

Breve Introdução aos Sistemas Operativos. Disciplina de Informática PEUS, U.Porto Breve Introdução aos Sistemas Operativos Disciplina de Informática PEUS, 2006 - U.Porto Definição de Sistema Operativo Um programa que funciona como intermediário entre o utilizador do computador e os

Leia mais

Computação e Programação Aula prática nº 5. Enunciados dos problemas

Computação e Programação Aula prática nº 5. Enunciados dos problemas Enunciados dos problemas 1 1. Processador de números 1.1 Objectivos do exercício análise sequencial de um problema baseada em objectos e desenvolvimento do respectivo algoritmo; codificação do algoritmo

Leia mais

Arquitectura e Organização de Computadores

Arquitectura e Organização de Computadores Arquitectura e Organização de Computadores (micro-arquitectura) atributos visíveis ao programador: I.S.A. tamanho da palavra (bits) registos Componentes que realizam a arquitectura: organização do CPU

Leia mais

Os computadores ditigais podem ser classificados em 5 grupos distintos:

Os computadores ditigais podem ser classificados em 5 grupos distintos: Informática A informática engloba toda atividade relacionada ao uso dos computadores, permitindo aprimorar e automatizar tarefas em qualquer área de atuação da sociedade. Informática é a "Ciência do tratamento

Leia mais

Introdução ao Hardware Informática Básica e Aplicada PROFESSOR: DANIEL BRANDÃO

Introdução ao Hardware Informática Básica e Aplicada PROFESSOR: DANIEL BRANDÃO Introdução ao Hardware Informática Básica e Aplicada PROFESSOR: DANIEL BRANDÃO 1 Quem sou eu? Daniel Brandão Graduado em Sistemas para Internet Especialista em Tecnologia Para Aplicações Web Desenvolvedor

Leia mais

LISTA DE EXERCÍCIOS 01 INTRODUÇÃO À INFORMÁTICA

LISTA DE EXERCÍCIOS 01 INTRODUÇÃO À INFORMÁTICA Informática Aplicada 2009.2 Campus Angicos LISTA DE EXERCÍCIOS 01 Professor: Araken de Medeiros Santos INTRODUÇÃO À INFORMÁTICA 1. Cite alguns problemas que o uso de válvulas provocava nos computadores

Leia mais

PLANIFICAÇÃO ANUAL TECNOLOGIAS DE INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO Curso Profissional de Cozinha/Pastelaria. Competências

PLANIFICAÇÃO ANUAL TECNOLOGIAS DE INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO Curso Profissional de Cozinha/Pastelaria. Competências Agrupamento Vertical de Escolas Dr. João Lúcio Competências Tratamento de Informação Rentabilizar as Tecnologias da Informação e Comunicação nas tarefas de construção do conhecimento em diversos contextos

Leia mais

Introdução à Programação. Introdução a Linguagem C. Prof. José Honorato F. Nunes

Introdução à Programação. Introdução a Linguagem C. Prof. José Honorato F. Nunes Introdução à Programação Introdução a Linguagem C Prof. José Honorato F. Nunes honorato.nunes@ifbaiano.bonfim.edu.br Resumo da aula Introdução Variáveis Tipos de dados Operadores e Expressões: Operadores

Leia mais

Introdução à Programação em C (I)

Introdução à Programação em C (I) Introdução à Programação em C (I) IAED Tagus, 2009/2010 Organização de Ficheiros em C Organização Típica de Ficheiros em C Inclusão de bibliotecas de sistema Inclusão de bibliotecas locais Definição de

Leia mais

Introdução aos computadores, à Internet e à World Wide Web. Prof. Marcelo Roberto Zorzan

Introdução aos computadores, à Internet e à World Wide Web. Prof. Marcelo Roberto Zorzan Introdução aos computadores, à Internet e à World Wide Web Prof. Marcelo Roberto Zorzan História do Java Origem Linguagem desenvolvida pela Sun Microsystems Sintaxe similar ao C++ Inicialmente chamada

Leia mais

Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul Ciência da Computação Algoritmos e Estruturas de Dados I (AED-I) Prof. Nilton

Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul Ciência da Computação Algoritmos e Estruturas de Dados I (AED-I) Prof. Nilton Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul Ciência da Computação Algoritmos e Estruturas de Dados I (AED-I) Prof. Nilton nilton@comp.uems.br Introdução A linguagem C foi inventada por Dennis Ritchie e

Leia mais

Introdução a Computação

Introdução a Computação O que é um computador? Um computador é uma coleção de componentes que realizam operações lógicas e aritméticas sobre um grande volume de dados. (F. K. Miyazawa) Um computador é composto por: Introdução

Leia mais

Sistema Operativo: o que é?

Sistema Operativo: o que é? Sistemas Operativos Sistema Operativo: o que é? O Sistema Operativo é o programa responsável pelo controlo da actividade do computador, prevenindo falhas e erros. Ele é, assim, software fundamental para

Leia mais

Programação: Vetores

Programação: Vetores Programação de Computadores I Aula 09 Programação: Vetores José Romildo Malaquias Departamento de Computação Universidade Federal de Ouro Preto 2011-1 1/62 Motivação Problema Faça um programa que leia

Leia mais

Anhanguera Educacional S.A. Centro Universitário Ibero-Americano

Anhanguera Educacional S.A. Centro Universitário Ibero-Americano O C++ foi inicialmente desenvolvido por Bjarne Stroustrup durante a década de 1980 com o objetivo de melhorar a linguagem de programação C, mantendo a compatibilidade com esta linguagem. Exemplos de Aplicações

Leia mais

Mestrado em Matemática Financeira

Mestrado em Matemática Financeira Programação Mestrado em Matemática Financeira http://moodle.fc.ul.pt Luís Sequeira 03 de Janeiro de 2014 Bom dia! 2 Contactos......................................................... 3 Abstracção!.......................................................

Leia mais

Algoritmos e Programação

Algoritmos e Programação Universidade Federal do Vale do São Francisco Curso de Engenharia da Produção / Elétrica Parte 04 Prof. Jorge Cavalcanti jorge.cavalcanti@univasf.edu.br www.univasf.edu.br/~jorge.cavalcanti www.twitter.com/jorgecav

Leia mais

Introdução à Programação em C (I)

Introdução à Programação em C (I) Introdução à Programação em C (I) Factorial Definição de função para cálculo de factorial Scheme (define (factorial n) (if (= n 1) 1 (* n (factorial (- n 1))))) C int factorial (int n) { if (n == 1) return

Leia mais

FACULDADE PITÁGORAS PRONATEC

FACULDADE PITÁGORAS PRONATEC FACULDADE PITÁGORAS PRONATEC DISCIPLINA: ARQUITETURA DE COMPUTADORES Prof. Ms. Carlos José Giudice dos Santos carlos@oficinadapesquisa.com.br www.oficinadapesquisa.com.br Objetivos Ao final desta apostila,

Leia mais

Organização Básica de computadores e linguagem de montagem

Organização Básica de computadores e linguagem de montagem Organização Básica de computadores e linguagem de montagem Prof. Edson Borin 1 o Semestre de 2012 Regras do Curso http://www.ic.unicamp.br/~edson/disciplinas/mc404/2012-1s/ Porque Aprender Linguagem de

Leia mais

Disciplina: Arquitetura de Computadores

Disciplina: Arquitetura de Computadores Disciplina: Arquitetura de Computadores Estrutura e Funcionamento da CPU Prof a. Carla Katarina de Monteiro Marques UERN Introdução Responsável por: Processamento e execução de programas armazenados na

Leia mais

Organização e Arquitetura de Computadores

Organização e Arquitetura de Computadores Organização e Arquitetura de Computadores Hierarquia de Memória: Introdução Alexandre Amory Edson Moreno Nas Aulas Anteriores Computação Organização interna de CPU Parte operativa: Lógica combinacional

Leia mais

Agrupamento de Escolas Miradouro de Alfazina (171839) Tecnologias da Informação e Comunicação AULA 1 2

Agrupamento de Escolas Miradouro de Alfazina (171839) Tecnologias da Informação e Comunicação AULA 1 2 AULA 1 2 Os dispositivos eletrónicos que fazem o tratamento, armazenamento e a comunicação da informação. Responsáveis pela execução de cálculos e tarefas complexas em curto espaço de tempo. Uma maneira

Leia mais

Introdução à Programação

Introdução à Programação Introdução à Programação Linguagens de Programação: sintaxe e semântica de linguagens de programação e conceitos de linguagens interpretadas e compiladas Engenharia da Computação Professor: Críston Pereira

Leia mais

Fundamentos de Informática Introdução aos Conceitos Básicos

Fundamentos de Informática Introdução aos Conceitos Básicos Fundamentos de Informática Introdução aos Conceitos Básicos Professor: Luiz A. P. Neves neves@ufpr.br e lapneves@gmail.com 1 Roteiro Objetivos Conceitos Básicos Processamento de Dados Modalidade de Computadores

Leia mais

2ª Aula de Problemas. Uma nota sobre o exercício 3 da 2ª aula de problemas.

2ª Aula de Problemas. Uma nota sobre o exercício 3 da 2ª aula de problemas. 2ª Aula de Uma nota sobre o exercício 3 da 2ª aula de problemas. De seguida apresenta-se a resolução do exercício 3, considerando que não era necessário fornecer uma tolerância em baldes. Note que nesse

Leia mais

Sistemas Embebidos I , Tiago Miguel Dias ADEETC - Secção de Arquitecturas e Sistemas Operativos

Sistemas Embebidos I , Tiago Miguel Dias ADEETC - Secção de Arquitecturas e Sistemas Operativos Sistemas Embebidos I Licenciatura em Eng. de Electrónica e Telecomunicações e de Computadores Licenciatura em Engenharia Informática e de Computadores Mestrado em Engenharia Informática e de Computadores

Leia mais

Fundamentos de Programação

Fundamentos de Programação Fundamentos de Programação ET43G Aula 7 Prof. Daniel Cavalcanti Jeronymo Orientada a Objetos Polimorfismo. Polimorfismo estático e dinâmico. Métodos virtuais, interfaces. Universidade Tecnológica Federal

Leia mais

Projeto de Compiladores

Projeto de Compiladores Projeto de Compiladores FIR Faculdade Integrada do Recife João Ferreira 26 e 27 de fevereiro de 2007 Agenda da Aula Revisão Linguagem de Programação Tradutores Compilador As Fases de Um Compilador Linguagem

Leia mais

Sistemas Operativos. Objetivo. Entrega do Questionário. Exercício 1. Exercício 2. Exercício 3. Exercício 4. Grupo 1 Introdução

Sistemas Operativos. Objetivo. Entrega do Questionário. Exercício 1. Exercício 2. Exercício 3. Exercício 4. Grupo 1 Introdução Sistemas Operativos Objetivo O objetivo deste questionário é levá-lo a rever os conceitos básicos dos sistemas operativos, bem como os algoritmos de scheduling e mecanismos de sincronização estudados.

Leia mais

Apresentação da plataforma.net. Ambientes Virtuais de Execução. Semestre de Verão, 12/13

Apresentação da plataforma.net. Ambientes Virtuais de Execução. Semestre de Verão, 12/13 Apresentação da plataforma.net Ambientes Virtuais de Execução Semestre de Verão, 12/13 Desenvolvimento baseado em componentes Desenvolvimento modular funcionalidades genéricas implementadas em componentes

Leia mais

Aula 05. Fundamentos de Hardware e Software. Prof. Dr. Dilermando Piva Jr.

Aula 05. Fundamentos de Hardware e Software. Prof. Dr. Dilermando Piva Jr. 05 Aula 05 Fundamentos de Hardware e Software Prof. Dr. Dilermando Piva Jr. Site Disciplina: http://fundti.blogspot.com.br/ Fundamentos de Hardware Sistemas de Computação Sistemas de Computação Computador

Leia mais

ARQUITECTURA DE COMPUTADORES 2013/2014 2º SEMESTRE

ARQUITECTURA DE COMPUTADORES 2013/2014 2º SEMESTRE ARQUITECTURA DE COMPUTADORES 2013/2014 2º SEMESTRE Objectivos da Disciplina Príncipios gerais da arquitectura de computadores Estrutura e comportamento de um computador Programação em assembly Processadores

Leia mais

UNIVERSIDADE LUSÓFONA DE HUMANIDADES E TECNOLOGIAS 1º Semestre 2007/2008

UNIVERSIDADE LUSÓFONA DE HUMANIDADES E TECNOLOGIAS 1º Semestre 2007/2008 UNIVERSIDADE LUSÓFONA DE HUMANIDADES E TECNOLOGIAS 1º Semestre 2007/2008 Introdução à Programação em C 28/01/2008 Leia com atenção as perguntas e justifique cuidadosamente todas as respostas 1. Descreva,

Leia mais

Computação e Programação (2007/2008-1º Semestre)

Computação e Programação (2007/2008-1º Semestre) Computação e Programação (2007/2008-1º Semestre) Exame de 1ª Época: 2008-01-23 MEMec - LEAN DURAÇÃO: 3 horas Leia com atenção os pontos que se seguem: Comece por escrever o seu nome e número nesta folha,

Leia mais

Lógica de Programação Completo

Lógica de Programação Completo CONTEÚDO PROGRAMÁTICO Lógica de Programação Completo Carga horária: 40 horas TreinaWeb Tecnologia LTDA CNPJ: 06.156.637/0001-58 Av. Paulista, 1765 - Conj 71 e 72 São Paulo - SP CONTEÚDO PROGRAMÁTICO 1

Leia mais

Introdução à Programação. Vanessa Braganholo

Introdução à Programação. Vanessa Braganholo Introdução à Programação Vanessa Braganholo vanessa@ic.uff.br Processo de resolução de problemas (Princípios de Pólya) Definição dos requisitos do problema (fazer o programa certo) Entradas Cálculos Casos

Leia mais

Linguagem C. Eliane Pozzebon

Linguagem C. Eliane Pozzebon Linguagem C Eliane Pozzebon Material de Apoio de C Site da disciplina: http://www.univasf.edu.br/~eliane.pozzebon Slides de aulas Exercícios Dev-C++: um ambiente de programação interativo e gratuito para

Leia mais

LICENCIATURA EM ENGENHARIA DE REDES DE COMUNICAÇÃO E INFORMAÇÃO EQUIVALÊNCIAS ENTRE PLANOS CURRICULARES. Plano Curricular

LICENCIATURA EM ENGENHARIA DE REDES DE COMUNICAÇÃO E INFORMAÇÃO EQUIVALÊNCIAS ENTRE PLANOS CURRICULARES. Plano Curricular LICENCIATURA EM ENGENHARIA DE REDES DE COMUNICAÇÃO E INFORMAÇÃO EQUIVALÊNCIAS ENTRE PLANOS CURRICULARES Plano Curricular de 2005-2006 ECTS Plano Curricular ECTS LERCI LERC / MERC (Bolonha) Análise Matemática

Leia mais

Implementação de Linguagens

Implementação de Linguagens Implementação de Linguagens Pedro Vasconcelos DCC/FCUP 11 de Abril de 2016 Objectivos Introdução à implementação de linguagens de programação funcionais. Enfoce sobre técnicas de interpretação/compilação

Leia mais

Introdução à Programação

Introdução à Programação Introdução à Programação Leonardo Gresta Paulino Murta leomurta@ic.uff.br Processo de resolução de problemas (Princípios de Pólya) Definição dos requisitos do problema (fazer o programa certo) Entradas

Leia mais

GERENCIAMENTO DE TAREFAS. Prof. Me. Hélio Esperidião

GERENCIAMENTO DE TAREFAS. Prof. Me. Hélio Esperidião GERENCIAMENTO DE TAREFAS Prof. Me. Hélio Esperidião O CONCEITO DE TAREFA Uma tarefa pode ser definida como a execução de um fluxo sequencial de instruções para atender uma finalidade específica. Realizar

Leia mais

Arquitetura de Computadores

Arquitetura de Computadores Arquitetura de Computadores Apresentação Teóricas Prof. Helder Daniel Gab: 2.66 hdaniel@ualg.pt Práticas Prof. Amine Berquia Gab: 2.?? hdaniel@ualg.pt AA2011/2012 ArqC - DEEI - UAlg 2 / Programa Práticas

Leia mais

Programando em C++ Histórico da Linguagem C

Programando em C++ Histórico da Linguagem C Programando em C++ Joaquim Quinteiro Uchôa joukim@comp.ufla.br DCC-UFLA, 2002 Programando em C++ p.1/38 Histórico da Linguagem C Linguagem C: 1972 - Laboratório Bells, por Dennis Ritchie, a partir da linguagem

Leia mais

Exercícios Cap I. 1.1, 1.2, 1.3 (somente letras (a), (b) e (c)) , 1.8 e 1.12 IC - UFF

Exercícios Cap I. 1.1, 1.2, 1.3 (somente letras (a), (b) e (c)) , 1.8 e 1.12 IC - UFF Exercícios Cap I 1.1, 1.2, 1.3 (somente letras (a), (b) e (c)) 1.5 1.7, 1.8 e 1.12 Sistemas Operacionais Visão geral e evolução dos SOs Sistema Operacional? Um programa que controla a execução dos programas

Leia mais

Introdução à Computação: Máquinas Multiníveis

Introdução à Computação: Máquinas Multiníveis Introdução à Computação: Máquinas Multiníveis Beatriz F. M. Souza (bfmartins@inf.ufes.br) http://inf.ufes.br/~bfmartins/ Computer Science Department Federal University of Espírito Santo (Ufes), Vitória,

Leia mais

Introdução à linguagem C++

Introdução à linguagem C++ Estrutura de Dados e Algoritmos e Programação e Computadores II Aula 2: Introdução à linguagem C++ Introdução à linguagem C++ Conceitos básicos: variáveis, tipos de dados, constantes, I/O, etc. Estruturas

Leia mais

LÓGICA DE PROGRAMAÇÃO PARA ENGENHARIA AMBIENTE DE PROGRAMAÇÃO. Prof. Dr. Daniel Caetano

LÓGICA DE PROGRAMAÇÃO PARA ENGENHARIA AMBIENTE DE PROGRAMAÇÃO. Prof. Dr. Daniel Caetano LÓGICA DE PROGRAMAÇÃO PARA ENGENHARIA AMBIENTE DE PROGRAMAÇÃO Prof. Dr. Daniel Caetano 2013-1 Objetivos Entender como avaliar divisibilidade Conhecer as funções matemáticas prontas do C/C++ Capacitar o

Leia mais

Sistemas Operacionais I

Sistemas Operacionais I Sistemas Operacionais I Revisão de conceitos Sistemas Operacionais I Dionisio Gava Junior Componentes básicos Componentes Básicos da Tecnologia da Informação Hardware CPU, Memória e Periféricos de E/S.

Leia mais

Programação Básica. Estrutura de um algoritmo

Programação Básica. Estrutura de um algoritmo Programação Básica Estrutura de um algoritmo Código-fonte Como vimos na aula anterior um algoritmo pode ser representado usando um fluxograma Um algoritmo pode também ser representado usando texto Esse

Leia mais

Engenharia de Software

Engenharia de Software Engenharia de Software Objectivos Indicação onde são utilizados os computadores Primeiro programa em C++ Etapas básicas do desenvolvimento de programas Projecto centrado nos objectos Classes e programação

Leia mais

Apresentação da Disciplina

Apresentação da Disciplina Apresentação da Disciplina Laboratório de Sistemas Operacionais Prof. Fernando Nakayama de Queiroz fernando.queiroz@ifpr.edu.br Sobre o professor... Fernando Nakayama de Queiroz fernando.queiroz@ifpr.edu.br

Leia mais

Análise de Dados em Oc. Física

Análise de Dados em Oc. Física Análise de Dados em Oc. Física Aula 1 - Introdução Paulo S. Polito, Ph.D. polito@usp.br Instituto Oceanográfico da Universidade de São Paulo P. S. Polito (IOUSP) Análise de Dados em Oc. Física 1 / 26 Roteiro

Leia mais

SEMÂNTICA. Rogério Rocha. rode = program simples = var x : int := 3 in x := x + 5 end.

SEMÂNTICA. Rogério Rocha. rode = program simples = var x : int := 3 in x := x + 5 end. SEMÂNTICA program simples = var x : int := 3 in x := x + 5 end. rode =? Rogério Rocha Roteiro Introdução Sintaxe Semântica Dinâmica (Métodos formais) Operacional Axiomática Denotacional Estática Conclusão

Leia mais

12. SOBRECARGA DE OPERADOR

12. SOBRECARGA DE OPERADOR Linguagem de Programação C++ 44 12. SOBRECARGA DE OPERADOR Uma forma de C++ alcançar o polimorfismo é por meio do uso de sobrecarga de função. A sobrecarga, simplificadamente, consiste na redefinição de

Leia mais

Conceitos Básicos da Linguagem C++ Prof. Leonardo Barreto Campos 1

Conceitos Básicos da Linguagem C++ Prof. Leonardo Barreto Campos 1 Conceitos Básicos da Linguagem C++ Prof. Leonardo Barreto Campos 1 Sumário As Origens da Linguagem C++; Primeiro Programa em C++; Declaração e Leitura de Variáveis; Estruturas de Seleção; if; switch; Estruturas

Leia mais

Técnicas de Programação:

Técnicas de Programação: Técnicas de Programação: Programação Orientada a Objeto PROF. PROTÁSIO DEE-UFPB Classes e Objetos Classe É uma estrutura de dados que pode conter: Objeto Dados, e Funções. É uma instância de uma classe.

Leia mais

Módulo 4. Listas Encadeadas. Algoritmos e Estruturas de Dados II C++ (Rone Ilídio)

Módulo 4. Listas Encadeadas. Algoritmos e Estruturas de Dados II C++ (Rone Ilídio) Módulo 4 Listas Encadeadas Algoritmos e Estruturas de Dados II C++ (Rone Ilídio) 1 Ponteiro para struct Ponteiro pode apontar para qualquer tipo de dados A partir de um ponteiro para uma variável cujo

Leia mais

Algoritmos e Estruturas de Dados I. Universidade Federal de São João del-rei Pedro Mitsuo Shiroma Sala 119 Bloco 3

Algoritmos e Estruturas de Dados I. Universidade Federal de São João del-rei Pedro Mitsuo Shiroma Sala 119 Bloco 3 Algoritmos e Estruturas de Dados I Universidade Federal de São João del-rei Pedro Mitsuo Shiroma Sala 119 Bloco 3 Laboratório de AEDS 1 Aula 01 Linguagens de Programação Cada linguagem de programação obedece

Leia mais

Introdução à Computação: Máquinas Multiníveis

Introdução à Computação: Máquinas Multiníveis Introdução à Computação: Máquinas Multiníveis Beatriz F. M. Souza (bfmartins@inf.ufes.br) http://inf.ufes.br/~bfmartins/ Computer Science Department Federal University of Espírito Santo (Ufes), Vitória,

Leia mais

Introdução à Programação Aula 03. Prof. Max Santana Rolemberg Farias Colegiado de Engenharia de Computação

Introdução à Programação Aula 03. Prof. Max Santana Rolemberg Farias Colegiado de Engenharia de Computação Aula 03 Prof. Max Santana Rolemberg Farias max.santana@univasf.edu.br Colegiado de Engenharia de Computação Linguagens de Programação A primeira linguagem de programação foi criada por Ada Lovelace. Amiga

Leia mais