Workshop Internacionalização - Angola e Moçambique. Moçambique: Caracterização do Mercado e Oportunidades de Negócio

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Workshop Internacionalização - Angola e Moçambique. Moçambique: Caracterização do Mercado e Oportunidades de Negócio"

Transcrição

1 Workshop Internacionalização - Angola e Moçambique Moçambique: Caracterização do Mercado e Oportunidades de Negócio 6 de Março de

2 Agenda Dados Demográficos dados Sociais dados Políticos dados Económicos Principais Indicadores Económicos Evolução das taxas de juro moeda nacional Contribuição dos sectores no PIB Balança Comercial de Moçambique Comércio Externo Exportações e Importações Investimento Directo Estrangeiro em Moçambique Balança comercial Bilateral Portugal Moçambique Comércio Externo com Portugal Exportações e Importações Oportunidades de Mercado / Negócio Vantagens e dificuldades para as Empresas Portuguesas Entidades / Instituições 2

3 Moçambique 3

4 Moçambique (Dados Demográficos e Sociais 2011) Área: Km 2 População: Capital: Maputo Fuso horário: GMT+2 Língua Oficial: Português Esperança Média de Vida: 42 anos Taxa de Alfabetização: 39% Religião: Católica (25%), Protestantes (22%), Muçulmanos (20%) Fonte: Instituto Nacional de Estatística (INE) de Moçambique 4

5 Moçambique (Dados Políticos 2011) Governo: Frente de Libertação de Moçambique (FRELIMO) Presidente actual: Armando Guebuza Primeiro-Ministro: Aires Ali Partido mais significativo da Oposição Resistência Nacional Moçambicana (RENAMO) Próximas Eleições Parlamentares Fonte: Instituto Nacional de Estatística (INE) de Moçambique 5

6 Moçambique (Dados Económicos 2011) Moeda: Metical (Mt) 1 USD = 27 Mt 1 EUR = 35 Mt Fonte: Banco de Moçambique, PIB: M USD (7.500 M EUR) PIB per capita: 423 USD (325 EUR) Crescimento PIB: 6,7% Inflação: 11,17% Organizações Internacionais ONU Commonwealth SADC (Comunidade para o Desenvolvimento da África Austral) União Africana CPLP (Comunidade dos Países de Língua Portuguesa) PALOP (Países Africanos de Língua Oficial Portuguesa) Fonte: Instituto Nacional de Estatística (INE) de Moçambique 6

7 Moçambique: evolução dos principais Indicadores Económicos Crescimento PIB (%) 7,4 6,8 6 8,5 6,7 Inflação (%) 10,3 6,2 11,7 9,1 11,17 Taxa Cambio (1 USD = x Mt) 23,8 25,5 24, Fonte: Instituto Nacional de Estatística (INE) de Moçambique 7

8 Moçambique: evolução dos principais Indicadores Económicos (cont.) Salário Mínimo Nacional (Sector de Actividade) Sector agricultura e indústria extractiva Mt (48 Eur) Sector actividades financeiras Mt (100 Eur) Sector energia Mt (75 Eur) Sector função pública Mt (65 Eur) Taxa sobre o Rendimento de Pessoas Colectivas (IRPC) 32% Fonte: Instituto Nacional de Estatística (INE) de Moçambique 8

9 Moçambique: evolução das taxas de juro em Moeda Nacional NATIONAL CURRENCY - BANKS LENDING MATURITY Dez-07 Dez-08 Dez-09 Dez-10 Jan-11 Fev-11 Mar-11 Abr-11 Mai-11 Jun-11 Jul-11 Ago-11 Set-11 Out ,18 19,50 17,85 22,63 24,76 25,21 25,18 25,18 25,19 23,33 25,61 25,14 25,14 25, ,98 18,80 16,84 20,87 24,31 24,78 24,10 25,19 22,89 24,61 24,68 24,85 24,43 24, ,26 19,54 15,07 20,68 23,70 24,12 24,22 25,53 23,43 25,62 24,26 22,98 22,76 23, ,70 19,33 15,69 22,05 24,62 24,65 24,68 24,81 24,66 24,40 24,80 24,27 24,12 23, ,95 19,83 15,78 20,84 22,67 21,79 22,47 23,04 22,18 23,37 24,04 22,75 22,26 22, ,13 21,33 19,33 21,46 22,87 22,94 23,11 24,29 23,58 24,59 24,03 24,53 24,17 24, ,03 21,97 18,64 21,96 23,26 23,34 23,34 23,55 23,26 24,14 24,28 24,39 24,54 24,50 1 year 22,16 21,85 19,21 21,67 23,13 23,59 23,38 23,46 23,46 23,49 23,87 23,72 23,74 23,72 2 year 22,13 20,69 18,78 22,56 24,01 23,67 23,88 24,43 23,86 24,46 24,87 25,05 25,10 25,03 more than 2 year 20,91 21,47 19,30 22,84 22,92 23,03 23,30 22,79 23,15 23,78 24,73 23,63 23,55 23,57 NATIONAL CURRENCY - ON DEPOSITS MATURITY Dez-07 Dez-08 Dez-09 Dez-10 Jan-11 Fev-11 Mar-11 Abr-11 Mai-11 Jun-11 Jul-11 Ago-11 Set-11 Out ,41 9,67 6,59 9,20 10,25 10,37 9,66 10,45 10,46 11,18 10,16 10,11 10,42 10, ,90 11,20 7,54 12,32 12,24 13,19 13,47 12,43 13,36 12,96 13,19 12,94 11,65 13, ,31 10,62 6,89 10,64 10,19 10,63 11,22 11,15 11,15 11,79 11,43 12,25 12,04 12, ,99 10,63 8,25 11,12 11,24 12,03 12,29 12,67 12,24 11,40 12,12 12,23 12,21 12, ,14 11,21 8,76 11,54 12,63 12,67 12,77 13,30 13,49 13,09 13,28 13,27 12,76 13,13 1 year 12,66 11,64 10,15 12,18 12,61 13,03 13,01 13,14 13,28 13,21 13,31 13,07 13,01 13,18 more than 1 year 12,17 11,07 9,36 14,28 14,36 14,49 14,48 14,45 14,31 14,30 14,75 14,58 14,18 14,08 Fonte: Banco de Moçambique 9

10 Moçambique: contribuição dos sectores no PIB III Trimestre 2011 Outros 26% Agro-pecuário 21% Aluguer de imobiliário e prestação de serviços 6% Indústria transformadora 12% Serviços financeiros 6% Electricidade e água 5% Fonte: Instituto Nacional de Estatística (INE) de Moçambique Transportes e comunicações 12% Serviços de comércio e reparação 12% 10

11 Moçambique: evolução da Balança Comercial E Exportações FOB (M USD) Importações FOB (M USD) Saldo Balança Comercial (M USD) Fonte: Instituto Nacional de Estatística (INE) de Moçambique 11

12 Moçambique: principais produtos exportados (dados mais recentes ) Alumínio (40,4%) Energia Eléctrica (12,8%) Tabaco (8,4%) Gás Natural (3,6%) Acúcar (2,7%) Camarão (2,5) Algodão (1,4%) Madeira (1,4%) Amêndoa de caju (1%) Fonte: Instituto Nacional de Estatística (INE) de Moçambique Instituto para a Promoção de Exportações (IPEX) 12

13 Moçambique: destino das Exportações (dados mais recentes ) Holanda (41,6%) África do Sul (21,4%) China (3,5%) Zimbabwe (3,4%) Índia (2,6%) Malawi (2,2%) Outros (25,3%) Fonte: Instituto Nacional de Estatística (INE) de Moçambique 13

14 Moçambique: principais produtos importados (dados mais recentes ) Maquinaria (16%) Derivados do petróleo (15,5%) MOZAL (12,4%) Veículos automóveis (8,8%) Cereais (7,3%) Outros (40%) Fonte: Instituto Nacional de Estatística (INE) de Moçambique 14

15 Moçambique: origem das Importações (dados mais recentes ) África do Sul (35,5%) Holanda (13%) Índia (6,5%) China (4,6%) Portugal (3,8%) Japão (3,8%) Outros (32,8%) Fonte: Instituto Nacional de Estatística (INE) de Moçambique 15

16 Moçambique: Investimento Directo Estrangeiro - IDE (M USD) E Fonte: Instituto Nacional de Estatística (INE) de Moçambique 16

17 Balança Comercial Bilateral de Portugal com Moçambique (M EUR) Exportações Importações Saldo da Balança Comercial Bilateral Fonte: Instituto Nacional de Estatística (INE) de Moçambique 17

18 Moçambique: Exportações Portuguesas (dados 2010) Plásticos e borrachas 5,3% Produtos químicos 7,1% Metais comuns 7,1% Veículos e material de transporte 7,9% Pastas e papel 10,6% Produtos alimentares 11,0% Maquinas e aparelhos 29,1% Fonte: Instituto Nacional de Estatística (INE) de Moçambique 18

19 Moçambique: Importações Portuguesas (dados 2010) Materiais texteis (algodão) 2,0% Produtos agrícolas (açúcar) 24,7% Produtos alimentares (camarão) 72,0% Fonte: Instituto Nacional de Estatística (INE) de Moçambique 19

20 Moçambique: Oportunidades do Mercado Agricultura e florestas Produção alimentar (irrigação, sementes, mecanização) Produção florestal (plantação, exploração florestal) Indústrias extractivas Areias pesadas de Chibuto (produção de titânio) Carvão de Benga (carvão metalúrgico e térmico) Minas de carvão de Moatize (exploração) Minas de grafites de Ancuabe (exploração) Construção de fábricas de cimento Exploração de ouro, pedras preciosas Exploração de calcário, ferro, aço, mármore, gesso Gás natural (exploração) Petróleo (exploração e produção) 20

21 Moçambique: Oportunidades do Mercado (continuação) Indústria transformadora Energia Produção de pasta de papel Fábrica de sulfato de alumínio Central Hidroeléctrica de Mphada Nkuwa (construção) Hidroeléctrica de Cahora Bassa (aumento de capacidade) Central Termoeléctrica de Moamba (construção) Central Térmica de Moatize (construção) Linha de transporte de energia Tete - Maputo (construção) 21

22 22

23 Moçambique: Oportunidades do Mercado (continuação) Transportes e comunicações Linha férrea Norte-Sul (construção) Linha férrea Tete Nacala (construção) Aeroporto de Vilankulos (construção) Aeroporto de Xai-Xai (construção) Hubs Aeroportuários em Tete, Nacala e Pemba (construção) Construção do Porto Dobela (complementar a Maputo) Ponte Maputo - Catembe (construção) Estrada Maputo Catembe Ponta do Ouro (construção) Estrada Milange Mocuba (construção) Estrada Nampula Cuamba (construção) 23

24 Moçambique: Oportunidades do Mercado (continuação) Água e saneamento Outros Barragem de Moamba Maior abastecimento Maputo / Beluane (construção) Barragem de Monapo abastecimento doméstico / industrial (construção) Barragem de Moeda abastecimento doméstico / irrigação (construção) Barragem de Mapai irrigação Chókuè / Massingir (construção) Barragem de Pavué irrigação/produção energia/abastecimento Beira (construção) Zona Económica Especial de Nacala (consultoria, engenharia) Ordenamento zonas de potencial turístico (consultoria, engenharia) 24

25 Moçambique: principais sectores de oportunidade Infra-estruturas de transportes (construção e gestão) aéreo marítimo terrestre Infra-estruturas de energia e água (construção e gestão) Construção de terminais portuários Operação de terminais portuários Dragagem Construção de escritórios e habitação Máquinas e aparelhos Produtos alimentares e bebidas (produtos de qualidade) Vestuário e calçado de qualidade Livros e material didáctico Produtos farmacêuticos Educação e formação profissional Tecnologias de informação e comunicação Indústria transformadora (alimentar, materiais de construção, têxtil) Turismo, hotelaria e restauração 25

26 Investir em Moçambique: vantagens das Empresas Portuguesas Língua Ligação histórica e cultural Excelentes relações institucionais e diplomáticas Presença consolidada de empresas portuguesas no mercado Moçambicano Reconhecida qualidade de serviços e produtos Portugueses Reconhecida qualidade de quadros técnicos Portugueses Marcas conhecidas Instrumentos de apoio financeiro à internacionalização (linhas de crédito) 26

27 Investir em Moçambique: dificuldades das Empresas Portuguesas Distância geográfica Custos elevados na deslocação Forte concorrência de África do Sul e países asiáticos Grande dimensão dos projectos Existência de concorrência desleal (comércio informal) Dificuldade de acesso à terra Existência de regime de quotas para quadros técnicos estrangeiros 5% (empresas com mais de 100 colaboradores) 8% (empresas com mais de 10 e até 100 colaboradores) 10% (empresas até 10 colaboradores) 27

28 Entidades / instituições ANJE (Associação Nacional de Jovens Empresários) Câmara de Comércio Portugal Moçambique (Portugal delegação em Moçambique) AICEP (Agência para o Investimento e Comércio Externo de Portugal Portugal delegação em moçambique) SOFID (Sociedade para o Financiamento do Desenvolvimento) InvestimoZ (Fundo Português de Apoio ao Investimento público ou privado em Moçambique) Embaixada / Consulado de Moçambique em Portugal Embaixada / Consulado de Portugal em Moçambique CPI (Centro de Promoção e Investimento - Moçambique) GAZEDA (Gabinete das Zonas Económicas de Desenvolvimento Acelerado - Moçambique) 28

29 ? Francisco Fonte Advisory & Consulting Manager phone: (+)

30 Obrigado Francisco Fonte Advisory & Consulting Manager phone: (+)

MINISTÉRIO DA INDÚSTRIA E COMÉRCIO INSTITUTO PARA A PROMOÇÃO DE EXPORTAÇÕES - IPEX

MINISTÉRIO DA INDÚSTRIA E COMÉRCIO INSTITUTO PARA A PROMOÇÃO DE EXPORTAÇÕES - IPEX 1 MINISTÉRIO DA INDÚSTRIA E COMÉRCIO INSTITUTO PARA A PROMOÇÃO DE EXPORTAÇÕES - IPEX MOÇAMBIQUE Informação Geral IPEX Instituto para a Promoção de Exportações POTENCIAIS SECTORES DE EXPORTAÇÃO Por Provincia

Leia mais

PORTUGAL - INDICADORES ECONÓMICOS. Evolução 2005-2011 Actualizado em Setembro de 2011. Unid. Fonte 2005 2006 2007 2008 2009 2010 2011 Notas 2011

PORTUGAL - INDICADORES ECONÓMICOS. Evolução 2005-2011 Actualizado em Setembro de 2011. Unid. Fonte 2005 2006 2007 2008 2009 2010 2011 Notas 2011 Evolução 2005-2011 Actualizado em Setembro de 2011 Unid. Fonte 2005 2006 2007 2008 2009 2010 2011 Notas 2011 População a Milhares Hab. INE 10.563 10.586 10.604 10.623 10.638 10.636 10.643 2º Trimestre

Leia mais

de Investimento em Angola e Cabo Verde

de Investimento em Angola e Cabo Verde Conferência Client Perspectivas name appearse Oportunidades here de Investimento em Angola e Cabo Verde PwC Conferência Estruturas de Investimento: Cabo Verde Leendert Verschoor Agenda Introdução 1 Ficha

Leia mais

ÁFRICA DO SUL AERLIS - Oeiras 31.03.2011

ÁFRICA DO SUL AERLIS - Oeiras 31.03.2011 ÁFRICA DO SUL AERLIS - Oeiras 31.03.2011 Alguns factos históricos 1487 Bartolomeu Dias chega ao Cabo da Boa Esperança 1652 Holandeses, ao serviço da Dutch East India Company, instalam-se no Cabo. Colónia

Leia mais

Angola Breve Caracterização. Julho 2007

Angola Breve Caracterização. Julho 2007 Breve Caracterização Julho 2007 I. Actividade e Preços. Após o final da guerra civil em 2002, e num contexto de relativa estabilidade política, tornou-se numa das economias de mais elevado crescimento

Leia mais

EVOLUÇÃO DA ATIVIDADE ECONÓMICA... 2. Atividade global... 2. Atividade setorial... 3. - Produção... 3. - Volume de negócios... 5

EVOLUÇÃO DA ATIVIDADE ECONÓMICA... 2. Atividade global... 2. Atividade setorial... 3. - Produção... 3. - Volume de negócios... 5 SÍNTESE DE CONJUNTURA Mensal fevereiro 2015 - Newsletter ÍNDICE EVOLUÇÃO DA ATIVIDADE ECONÓMICA... 2 Atividade global... 2 Atividade setorial... 3 - Produção... 3 - Volume de negócios... 5 Comércio internacional...

Leia mais

Em maio de 2014, o indicador de sentimento económico aumentou quer na União Europeia (+0.2 pontos) quer na Área Euro (+0.7 pontos).

Em maio de 2014, o indicador de sentimento económico aumentou quer na União Europeia (+0.2 pontos) quer na Área Euro (+0.7 pontos). Mai-04 Mai-05 Mai-06 Mai-07 Mai-08 Mai-09 Mai-10 Mai-11 Mai-12 Análise de Conjuntura Junho 2014 Indicador de Sentimento Económico Em maio de 2014, o indicador de sentimento económico aumentou quer na União

Leia mais

EVOLUÇÃO DA ATIVIDADE ECONÓMICA... 2. Atividade global... 2. Atividade setorial... 3. - Produção... 3. - Volume de negócios... 4

EVOLUÇÃO DA ATIVIDADE ECONÓMICA... 2. Atividade global... 2. Atividade setorial... 3. - Produção... 3. - Volume de negócios... 4 SÍNTESE DE CONJUNTURA Mensal janeiro 2015 - Newsletter ÍNDICE EVOLUÇÃO DA ATIVIDADE ECONÓMICA... 2 Atividade global... 2 Atividade setorial... 3 - Produção... 3 - Volume de negócios... 4 Comércio internacional...

Leia mais

O indicador de sentimento económico melhorou em Novembro, quer na União Europeia (+2.0 pontos), quer na Área Euro (+1.4 pontos).

O indicador de sentimento económico melhorou em Novembro, quer na União Europeia (+2.0 pontos), quer na Área Euro (+1.4 pontos). Nov-02 Nov-03 Nov-04 Nov-05 Nov-06 Nov-07 Nov-08 Nov-09 Nov-10 Nov-12 Análise de Conjuntura Dezembro 2012 Indicador de Sentimento Económico O indicador de sentimento económico melhorou em Novembro, quer

Leia mais

ASSOCIAÇÃO INDUSTRIAL PORTUGUESA CCI/Câmara de Comércio e Indústria

ASSOCIAÇÃO INDUSTRIAL PORTUGUESA CCI/Câmara de Comércio e Indústria ASSOCIAÇÃO INDUSTRIAL PORTUGUESA CCI/Câmara de Comércio e Indústria Análise de Conjuntura Maio 2011 Indicador de Sentimento Económico Os indicadores de sentimento económico da União Europeia e da Área

Leia mais

Moçambique 07-12-2010. Missão Empresarial Novembro 2010 PRESENÇA INTERNACIONAL

Moçambique 07-12-2010. Missão Empresarial Novembro 2010 PRESENÇA INTERNACIONAL PRESENÇA INTERNACIONAL Moçambique Portugal Espanha Benelux Suécia Dinamarca Noruega Finlândia Países Bálticos Polónia Hungria Bulgária Rússia Ucrânia Cazaquistão Turquia Irão Argentina Brasil México Estados

Leia mais

2011 / Portugal 2012 / Brasil. 2013 / Angola. 2014 / Cabo Verde

2011 / Portugal 2012 / Brasil. 2013 / Angola. 2014 / Cabo Verde 2011 / Portugal 2012 / Brasil 2013 / Angola 2014 / Cabo Verde Índice: - Porquê GetOut? - O Congresso do Empreendedor Lusófono - Angola - Missão ao Congresso Porquê GetOut? Portugal: Crescimento económico

Leia mais

Desafios da Internacionalização O papel da AICEP. APAT 10 de Outubro, 2015

Desafios da Internacionalização O papel da AICEP. APAT 10 de Outubro, 2015 Desafios da Internacionalização O papel da AICEP APAT 10 de Outubro, 2015 Internacionalização - Desafios Diversificar Mercados Alargar a Base Exportadora 38º PORTUGAL TEM MELHORADO A SUA COMPETITIVIDADE

Leia mais

EMPRESAS DE BRASIL E CHINA NA ÁFRICA Parceria, Concorrência e Desenvolvimento

EMPRESAS DE BRASIL E CHINA NA ÁFRICA Parceria, Concorrência e Desenvolvimento EMPRESAS DE BRASIL E CHINA NA ÁFRICA Parceria, Concorrência e Desenvolvimento O CASO DE MOÇAMBIQUE Por Cardoso T. Muendane, Ph.D. sics@sics.co.mz 2010 LAY OUT Breve apresentação de Moçambique IDE em Moçambique

Leia mais

O indicador de sentimento económico em Junho manteve-se inalterado na União Europeia e desceu 0.6 pontos na Área Euro.

O indicador de sentimento económico em Junho manteve-se inalterado na União Europeia e desceu 0.6 pontos na Área Euro. Julho 2012 Jun-02 Jun-03 Jun-04 Jun-05 Jun-06 Jun-07 Jun-08 Jun-09 Jun-10 Jun-11 Jun-12 Indicador de Sentimento Económico O indicador de sentimento económico em Junho manteve-se inalterado na União Europeia

Leia mais

A SUA EMPRESA PRETENDE EXPORTAR? - CONHEÇA O ESSENCIAL E GARANTA O SUCESSO DA ABORDAGEM AO MERCADO EXTERNO

A SUA EMPRESA PRETENDE EXPORTAR? - CONHEÇA O ESSENCIAL E GARANTA O SUCESSO DA ABORDAGEM AO MERCADO EXTERNO A SUA EMPRESA PRETENDE EXPORTAR? - CONHEÇA O ESSENCIAL E GARANTA O SUCESSO DA ABORDAGEM AO MERCADO EXTERNO PARTE 03 - MERCADOS PRIORITÁRIOS Introdução Nas últimas semanas dedicamos a nossa atenção ao

Leia mais

República de Moçambique Ministério das Finanças SISTAFE

República de Moçambique Ministério das Finanças SISTAFE República de Moçambique Ministério das Finanças SISTAFE Data de Geração: 01/10/2012 Orçamento do Estado para Ano de 2013 Código Designação 0101 Presidência da República 150,000.00 0.00 150,000.00 0105

Leia mais

Em Janeiro de 2014, o indicador de sentimento económico aumentou +0.9 pontos na UE e +0.5 pontos na Área Euro 1.

Em Janeiro de 2014, o indicador de sentimento económico aumentou +0.9 pontos na UE e +0.5 pontos na Área Euro 1. Jan-04 Jan-05 Jan-06 Jan-07 Jan-08 Jan-09 Jan-10 Jan-11 Jan-12 Análise de Conjuntura Fevereiro 2014 Indicador de Sentimento Económico Em Janeiro de 2014, o indicador de sentimento económico aumentou +0.9

Leia mais

Análise de Conjuntura

Análise de Conjuntura Análise de Conjuntura Novembro 2006 Associação Industrial Portuguesa Confederação Empresarial Indicador de Sentimento Económico O indicador de sentimento económico de Outubro de 2006 apresenta uma melhoria

Leia mais

Missão Empresarial a Moçambique. O financiamento para as empresas em Moçambique

Missão Empresarial a Moçambique. O financiamento para as empresas em Moçambique Missão Empresarial a Moçambique O financiamento para as empresas em Moçambique Maio de 2013 Enquadramento Macroeconómico Financiamento Bancário: - Tipos de Crédito; - Riscos de Crédito Água: Tipos de negócio

Leia mais

POLÓNIA Relações bilaterais Polónia - Portugal

POLÓNIA Relações bilaterais Polónia - Portugal POLÓNIA Relações bilaterais Polónia - Portugal Visita da missão de PPP do Ministério da Economia da Polónia a Portugal Bogdan Zagrobelny Primeiro Conselheiro EMBAIXADA DA POLÓNIA DEPARTAMENTO DE PROMOÇÃO

Leia mais

ASSOCIAÇÃO INDUSTRIAL PORTUGUESA CCI/Câmara de Comércio e Indústria

ASSOCIAÇÃO INDUSTRIAL PORTUGUESA CCI/Câmara de Comércio e Indústria ASSOCIAÇÃO INDUSTRIAL PORTUGUESA CCI/Câmara de Comércio e Indústria Análise de Conjuntura Abril 2012 Indicador de Sentimento Económico Após uma melhoria em Janeiro e Fevereiro, o indicador de sentimento

Leia mais

Diversificação e articulação da base produtiva e comercial em Moçambique

Diversificação e articulação da base produtiva e comercial em Moçambique Diversificação e articulação da base produtiva e comercial em Moçambique "Tendências do Investimento Privado em Moçambique: questões para reflexão" Nelsa Massingue da Costa Maputo, Setembro 2013 TENDÊNCIAS

Leia mais

Internacionalização de PME. Mercado de MOÇAMBIQUE

Internacionalização de PME. Mercado de MOÇAMBIQUE Internacionalização de PME Mercado de MOÇAMBIQUE 12 de Junho de 2013 Mercado de MOÇAMBIQUE ÍNDICE Índice Introdução MOÇAMBIQUE Sociedades Comerciais e Representações Comerciais Estrangeiras Lei de Investimentos

Leia mais

Em Abril de 2014, o indicador de sentimento económico aumentou 0.9 pontos na União Europeia e diminuiu, 0.5 pontos, na Área Euro.

Em Abril de 2014, o indicador de sentimento económico aumentou 0.9 pontos na União Europeia e diminuiu, 0.5 pontos, na Área Euro. Abr-04 Abr-05 Abr-06 Abr-07 Abr-08 Abr-09 Abr-10 Abr-11 Abr-12 Análise de Conjuntura Maio 2014 Indicador de Sentimento Económico Em Abril de 2014, o indicador de sentimento económico aumentou 0.9 pontos

Leia mais

Centro de Promoção de Investimentos. Rafique Jusob

Centro de Promoção de Investimentos. Rafique Jusob Centro de Promoção de Investimentos Rafique Jusob CPI - Centro de Promoção de Investimentos O CPI oferece um pacote de serviços para assistência aos investidores nacionais e estrangeiros facilitando o

Leia mais

PORTUGAL Comércio Exterior

PORTUGAL Comércio Exterior Ministério das Relações Exteriores - MRE Departamento de Promoção Comercial e Investimentos - DPR Divisão de Inteligência Comercial - DIC PORTUGAL Comércio Exterior Abril de 2015 Principais Indicadores

Leia mais

Políticas Públicas. Lélio de Lima Prado

Políticas Públicas. Lélio de Lima Prado Políticas Públicas Lélio de Lima Prado Política Cambial dez/03 abr/04 ago/04 dez/04 abr/05 ago/05 Evolução das Reservas internacionais (Em US$ bilhões) dez/05 abr/06 ago/06 dez/06 abr/07 ago/07 dez/07

Leia mais

Investimento Privado em Angola

Investimento Privado em Angola Abril 2013 Investimento Privado em Angola Sectores Económicos Prioritários Investimento Privado em Angola Sectores Económicos Prioritários Sectores económicos prioritários Agricultura e Pecuária Indústria

Leia mais

O papel da AICEP na Internacionalização das Empresas Portuguesas

O papel da AICEP na Internacionalização das Empresas Portuguesas O papel da AICEP na Internacionalização das Empresas Portuguesas 7 de Novembro de 2014 Internacionalização - Desafios Diversificar Mercados Alargar a Base Exportadora Enquadramento Evolução Recente Comércio

Leia mais

BANCO POPULAR. Parceiro na Internacionalização

BANCO POPULAR. Parceiro na Internacionalização BANCO POPULAR Parceiro na Internacionalização Um Banco Ibérico com Presença Internacional Escritórios de representação Banco Popular Genebra Milão Munique Santiago do Chile Xangai Banco Pastor Buenos Aires

Leia mais

BANGLADESH Comércio Exterior

BANGLADESH Comércio Exterior Ministério das Relações Exteriores - MRE Departamento de Promoção Comercial e Investimentos - DPR Divisão de Inteligência Comercial - DIC BANGLADESH Comércio Exterior Fevereiro de 2015 Índice. Dados Básicos.

Leia mais

Uma das maiores áreas territoriais de Portugal, com uma fronteira terrestre internacional de 568 km e um perímetro da linha de costa de 142 km

Uma das maiores áreas territoriais de Portugal, com uma fronteira terrestre internacional de 568 km e um perímetro da linha de costa de 142 km As Regiões de - Região O Território Porquê o? Uma das maiores áreas territoriais de, com uma fronteira terrestre internacional de 568 km e um perímetro da linha de costa de 142 km Area (km 2 ): 21.286

Leia mais

A expansão dos recursos naturais de Moçambique Quais são os Potenciais Impactos na Competitividade da Agricultura?

A expansão dos recursos naturais de Moçambique Quais são os Potenciais Impactos na Competitividade da Agricultura? A expansão dos recursos naturais de Moçambique Quais são os Potenciais Impactos na Competitividade da Agricultura? Outubro 2014 A agricultura é um importante contribuinte para a economia de Moçambique

Leia mais

INTERNACIONALIZAÇÃO MOÇAMBIQUE E ANGOLA TESTEMUNHO. Moçambique FREDERICO MAGALHÃES CEO TEXTÁFRICA, CHIMOIO, MOÇAMBIQUE

INTERNACIONALIZAÇÃO MOÇAMBIQUE E ANGOLA TESTEMUNHO. Moçambique FREDERICO MAGALHÃES CEO TEXTÁFRICA, CHIMOIO, MOÇAMBIQUE INTERNACIONALIZAÇÃO MOÇAMBIQUE E ANGOLA TESTEMUNHO Moçambique FREDERICO MAGALHÃES CEO TEXTÁFRICA, CHIMOIO, MOÇAMBIQUE Moçambique PONTOS FORTES Moçambique está entre os 10 países do mundo que mais cresceram

Leia mais

DIÁRIO ECONÓMICO Calendário Projectos Especiais

DIÁRIO ECONÓMICO Calendário Projectos Especiais DIÁRIO ECONÓMICO Calendário Projectos Especiais 2012 JAN 19 Prémio Excelência Revista 30 Propriedade Intelectual 31 Industria Farmacêutica de Genéricos 2 Energia: Painéis Solares 7 Desafios de Portugal:

Leia mais

PORTUGAL: RELACIONAMENTO ECONÓMICO COM A ALEMANHA

PORTUGAL: RELACIONAMENTO ECONÓMICO COM A ALEMANHA Expedições 4.646.753 4.957.528 4.954.299 4.099.667 4.771.584 1,4 16,4 Chegadas 8.054.468 8.367.508 8.594.931 6.813.091 7.886.527 0,4 15,8 Saldo -3.407.716-3.409.980-3.640.632-2.713.423-3.114.943 -- --

Leia mais

ROSÁRIO MARQUES Internacionalizar para a Colômbia Encontro Empresarial GUIMARÃES 19/09/2014

ROSÁRIO MARQUES Internacionalizar para a Colômbia Encontro Empresarial GUIMARÃES 19/09/2014 ROSÁRIO MARQUES Internacionalizar para a Colômbia Encontro Empresarial GUIMARÃES 19/09/2014 REPÚBLICA DA COLÔMBIA POPULAÇÃO 48 Milhões SUPERFÍCIE 1.141.748 Km2 CAPITAL Bogotá 7,3 milhões PRINCIPAIS CIDADES

Leia mais

REPÚBLICA DE MOÇAMBIQUE MINISTÉRIO DA ECONOMIA E FINANÇAS CENTRO DE PROMOÇÃO DE INVESTIMENTOS CLIMA DE INVESTIMENTOS EM MOÇAMBIQUE

REPÚBLICA DE MOÇAMBIQUE MINISTÉRIO DA ECONOMIA E FINANÇAS CENTRO DE PROMOÇÃO DE INVESTIMENTOS CLIMA DE INVESTIMENTOS EM MOÇAMBIQUE REPÚBLICA DE MOÇAMBIQUE MINISTÉRIO DA ECONOMIA E FINANÇAS CENTRO DE PROMOÇÃO DE INVESTIMENTOS CLIMA DE INVESTIMENTOS EM MOÇAMBIQUE CONTEÚDO 1 Razões para investir em Moçambique 2 Evolução do Investimento

Leia mais

Análise Macroeconômica Projeto Banco do Brasil

Análise Macroeconômica Projeto Banco do Brasil Análise Macroeconômica Projeto Banco do Brasil Segundo Trimestre de 2013 Energia Geração, Transmissão e Distribuição Conjuntura Projeto Banco Macroeconômica do Brasil Energia Geração, Transmissão e Distribuição

Leia mais

Missão Conjunta Portugal - Brasil. a Moçambique. 23 a 30 Agosto. 50ª FACIM 2014 Feira Internacional de Maputo

Missão Conjunta Portugal - Brasil. a Moçambique. 23 a 30 Agosto. 50ª FACIM 2014 Feira Internacional de Maputo 50ª FACIM 2014 Feira Internacional de Maputo Missão Conjunta Portugal - Brasil a Moçambique 23 a 30 Agosto Enquadramento económico Moçambique A atual estabilidade política de Moçambique, aliada a práticas

Leia mais

CONDIÇÕES FAVORÁVEIS À PROMOÇÃO DO INVESTIMENTO PRIVADO NA AGRICULTURA. Lisboa, 20-21 de Janeiro de 20111

CONDIÇÕES FAVORÁVEIS À PROMOÇÃO DO INVESTIMENTO PRIVADO NA AGRICULTURA. Lisboa, 20-21 de Janeiro de 20111 CONDIÇÕES FAVORÁVEIS À PROMOÇÃO DO INVESTIMENTO PRIVADO NA AGRICULTURA Lisboa, 20-21 de Janeiro de 20111 Por: António Prata, Director do Departamento de Informação e Relações Internacionais Objectivos

Leia mais

Workshop sobre o Investimento Responsável no Sector Agrário

Workshop sobre o Investimento Responsável no Sector Agrário REPÚBLICA DE MOÇAMBIQUE MINISTÉRIO DA ECONOMIA E FINANÇAS CENTRO DE PROMOÇÃO DE INVESTIMENTOS Workshop sobre o Investimento Responsável no Sector Agrário Cidade Maputo, 23 de Abril de 2015 CONTEÚDO Papel

Leia mais

M A C R O C H I N A Ano 2 Nº 4 11 de maio de 2006

M A C R O C H I N A Ano 2 Nº 4 11 de maio de 2006 M A C R O C H I N A Ano Nº 11 de maio de 6 Síntese gráfica trimestral do comércio bilateral e do desempenho macroeconômico chinês - Primeiro trimestre de 6. Para surpresa de muitos analistas, o Banco Central

Leia mais

PAÍSES BAIXOS Comércio Exterior

PAÍSES BAIXOS Comércio Exterior Ministério das Relações Exteriores - MRE Departamento de Promoção Comercial e Investimentos - DPR Divisão de Inteligência Comercial - DIC PAÍSES BAIXOS Comércio Exterior Outubro de 2014 Índice. Dados Básicos.

Leia mais

Cenário Econômico de Curto Prazo O 2º Governo Lula

Cenário Econômico de Curto Prazo O 2º Governo Lula Cenário Econômico de Curto Prazo O 2º Governo Lula Esta apresentação foi preparada pelo Grupo Santander Banespa (GSB) e o seu conteúdo é estritamente confidencial. Essa apresentação não poderá ser reproduzida,

Leia mais

ARGENTINA Comércio Exterior

ARGENTINA Comércio Exterior Ministério das Relações Exteriores - MRE Departamento de Promoção Comercial e Investimentos - DPR Divisão de Inteligência Comercial - DIC ARGENTINA Comércio Exterior Agosto de 2014 Índice. Dados Básicos.

Leia mais

FICHA DE MERCADO - MOÇAMBIQUE

FICHA DE MERCADO - MOÇAMBIQUE FICHA DE MERCADO - MOÇAMBIQUE DADOS SOBRE O PAÍS Moçambique República de Moçambique Área: 799.380 km2 População: 24,5 milhões de habitantes Bandeira/Flag Capital: Maputo (1,967 milhões de habitantes) Outras

Leia mais

17 a 24 JANEIRO DE 2016 FICHA DE MERCADO FICHA DE MERCADO CARACTERÍSTICAS GERAIS NOME OFICIAL: República Socialista do Vietname ÁREA: 331.210 km2 LIMITES: Faz fronteira com a República Popular da China

Leia mais

Plano de Desenvolvimento na Área da Energia em Moçambique

Plano de Desenvolvimento na Área da Energia em Moçambique Plano de Desenvolvimento na Área da Energia em Moçambique A. de Sousa Fernando asousa@edm.co.mz 1 Principais Operadores do Sector Eléctrico Electricidade de Moçambique (EDM) Empresa Nacional de Electricidade,

Leia mais

MERCADO ECONÓMICO EM ANGOLA PERSPECTIVA DE EVOLUÇÃO

MERCADO ECONÓMICO EM ANGOLA PERSPECTIVA DE EVOLUÇÃO MERCADO ECONÓMICO EM ANGOLA PERSPECTIVA DE EVOLUÇÃO Mercado Economico em Angola - 2015 Caracterização Geográfica de Angola Caracterização da economia Angolana Medidas para mitigar o efeito da redução do

Leia mais

PRESIDÊNCIA DO CONSELHO DE MINISTROS Alto Comissariado para a Imigração e Diálogo Intercultural, I.P. Índice

PRESIDÊNCIA DO CONSELHO DE MINISTROS Alto Comissariado para a Imigração e Diálogo Intercultural, I.P. Índice Índice Desemprego Registado de Estrangeiros por Continente de Origem e Principais Nacionalidades - Situação no fim do mês de Dezembro, de 2003 a 2009... 2 Desemprego Registado de Estrangeiros por Continente

Leia mais

COREIA DO NORTE Comércio Exterior

COREIA DO NORTE Comércio Exterior Ministério das Relações Exteriores - MRE Departamento de Promoção Comercial e Investimentos - DPR Divisão de Inteligência Comercial - DIC COREIA DO NORTE Comércio Exterior Dezembro de 2014 Índice. Dados

Leia mais

VANUATU Comércio Exterior

VANUATU Comércio Exterior Ministério das Relações Exteriores - MRE Departamento de Promoção Comercial e Investimentos - DPR Divisão de Inteligência Comercial - DIC VANUATU Comércio Exterior Abril de 2014 Índice. Dados Básicos.

Leia mais

REPÚBLICA DE MOÇAMBIQUE MINISTÉRIO DA ECONOMIA E FINANÇAS DIRECÇÃO NACIONAL DE PLANIFICAÇÃO E ORÇAMENTO ORÇAMENTO CIDADÃO

REPÚBLICA DE MOÇAMBIQUE MINISTÉRIO DA ECONOMIA E FINANÇAS DIRECÇÃO NACIONAL DE PLANIFICAÇÃO E ORÇAMENTO ORÇAMENTO CIDADÃO REPÚBLICA DE MOÇAMBIQUE MINISTÉRIO DA ECONOMIA E FINANÇAS DIRECÇÃO NACIONAL DE PLANIFICAÇÃO E ORÇAMENTO ORÇAMENTO CIDADÃO 5ᵃ Edição ORÇAMENTO CIDADÃO 2016 Visão: Assegurar a participação do Cidadão em

Leia mais

VISABEIRA GLOBAL > Telecomunicações Energia Tecnologia Construção. VISABEIRA INDÚSTRIA > Cerâmica e Cristal Cozinhas Recursos Naturais

VISABEIRA GLOBAL > Telecomunicações Energia Tecnologia Construção. VISABEIRA INDÚSTRIA > Cerâmica e Cristal Cozinhas Recursos Naturais 1 VISABEIRA GLOBAL > Telecomunicações Energia Tecnologia Construção VISABEIRA INDÚSTRIA > Cerâmica e Cristal Cozinhas Recursos Naturais VISABEIRA TURISMO > Hotelaria Entretenimento & Lazer Restauração

Leia mais

Alemanha - Síntese País

Alemanha - Síntese País Informação Geral sobre a Alemanha Área (km 2 ): 356 970 km 2 Chanceler Federal: Angela Merkel População (milhões hab.): 81 (estimativa 2014) Risco de crédito (*): Capital: Berlim Risco do país: A (AAA

Leia mais

França - Síntese País

França - Síntese País Informação Geral sobre França Área (km 2 ): 543 965 Primeiro-Ministro: Manuel Valls População (milhões hab.): 66,3 (estimativa janeiro ) - Insee Risco de crédito: (*) Capital: Paris Risco do país: A (AAA=risco

Leia mais

Portugal Leaping forward

Portugal Leaping forward Portugal Leaping forward Dr. Pedro Reis Presidente da AICEP Lisboa, 16 de Março 2012 Enquadramento internacional Fonte: EIU (Fev 2012) Nota: PIB a preços de mercado Variação (%) Enquadramento internacional

Leia mais

Estrutura da apresentação. 1. Apresentação Mercado Cabo Verde; 7. Oportunidades e dificuldades do mercado;

Estrutura da apresentação. 1. Apresentação Mercado Cabo Verde; 7. Oportunidades e dificuldades do mercado; ABC Mercado de Cabo Verde Portugal Constrói, ABC Mercado de Cabo Verde Estrutura da apresentação 1. Apresentação Mercado Cabo Verde; 2. Novo Governo e as suas prioridades; 3. Como abordar o mercado? 4.

Leia mais

RÚSSIA Comércio Exterior

RÚSSIA Comércio Exterior Ministério das Relações Exteriores - MRE Departamento de Promoção Comercial e Investimentos - DPR Divisão de Inteligência Comercial - DIC RÚSSIA Comércio Exterior Dezembro de 2014 Índice. Dados Básicos.

Leia mais

GPEARI Gabinete de Planeamento, Estratégia, Avaliação e Relações Internacionais. Boletim Mensal de Economia Portuguesa. Nº 2 Fevereiro 2009

GPEARI Gabinete de Planeamento, Estratégia, Avaliação e Relações Internacionais. Boletim Mensal de Economia Portuguesa. Nº 2 Fevereiro 2009 Boletim Mensal de Economia Portuguesa Nº 2 Fevereiro 2009 Gabinete de Estratégia e Estudos Ministério da Economia e da Inovação GPEARI Gabinete de Planeamento, Estratégia, Avaliação e Relações Internacionais

Leia mais

Estratégia de Especialização Inteligente para a Região de Lisboa

Estratégia de Especialização Inteligente para a Região de Lisboa Diagnóstico do Sistema de Investigação e Inovação: Desafios, forças e fraquezas rumo a 2020 FCT - A articulação das estratégias regionais e nacional - Estratégia de Especialização Inteligente para a Região

Leia mais

MISSÃO EMPRESARIAL À TUNÍSIA

MISSÃO EMPRESARIAL À TUNÍSIA MISSÃO EMPRESARIAL À TUNÍSIA 03 A 06 DE NOVEMBRO DE 2008 RELATÓRIO FINAL MISSÃO EMPRESARIAL À TUNÍSIA 03 A 06 DE NOVEMBRO DE 2008 1. Introdução À semelhança de iniciativas anteriores, a Nersant organizou

Leia mais

Bahamas Comércio Exterior

Bahamas Comércio Exterior Ministério das Relações Exteriores - MRE Departamento de Promoção Comercial e Investimentos - DPR Divisão de Inteligência Comercial - DIC Bahamas Comércio Exterior Novembro de 215 Tabela 1 Principais Indicadores

Leia mais

O incumprimento entre empresas aumenta, em comparação com 2011

O incumprimento entre empresas aumenta, em comparação com 2011 Lisboa, 29 de Maio de 2013 Estudo revela que os atrasos nos pagamentos entre empresas na região da Ásia - Pacífico se agravaram em 2012 - As empresas estão menos optimistas relativamente à recuperação

Leia mais

CABO VERDE COMO PLATAFORMA PARA ENTRADA EM OUTROS MERCADOS. Agencia Cabo Vendeana de Promoção de Investimentos

CABO VERDE COMO PLATAFORMA PARA ENTRADA EM OUTROS MERCADOS. Agencia Cabo Vendeana de Promoção de Investimentos CABO VERDE COMO PLATAFORMA PARA ENTRADA EM OUTROS MERCADOS Agencia Cabo Vendeana de Promoção de Investimentos SUMARIO 1-Quem somos, onde estamos -localização geoestratégica, CV em números 2-Nossa economia

Leia mais

EMIRADOS ÁRABES UNIDOS

EMIRADOS ÁRABES UNIDOS EMIRADOS ÁRABES UNIDOS Para os empresários portugueses Ajman Fujairah Sharjah Dubai Ras Al-Khaimah Umm Al Qaiwain O País Designação Oficial: Emirados Árabes Unidos Forma de Estado: Federação de sete Emirados

Leia mais

Dimensões multifacetadas de ligações em economia extractiva e política pública

Dimensões multifacetadas de ligações em economia extractiva e política pública Dimensões multifacetadas de ligações em economia extractiva e política pública Carlos Nuno Castel-Branco carlos.castelbranco@gmail.com Carlos Muianga Epifânia Langa Fernanda Massarongo Nelsa Massingue

Leia mais

Venezuela. Dossier de Mercado. Maio 2008

Venezuela. Dossier de Mercado. Maio 2008 Venezuela Dossier de Mercado Maio 2008 Venezuela Dossier de Mercado (Maio 2008) Índice 1. O País...3 1.1 Venezuela em Ficha...3 1.2 Organização Política e Administrativa...4 1.3 Situação Económica...5

Leia mais

AEROPORTOS DE MOÇAMBIQUE, E.P

AEROPORTOS DE MOÇAMBIQUE, E.P AEROPORTOS DE MOÇAMBIQUE, E.P 1. PROGRAMA DE INVESTIMENTOS 2. AEROPORTO INTERNACIONAL DE MAPUTO Maputo, 30 Nov 2010 INTRODUÇÃO Devido a dinâmica de desenvolvimento dos últimos tempos, algumas unidades

Leia mais

CAZAQUISTÃO Comércio Exterior

CAZAQUISTÃO Comércio Exterior Ministério das Relações Exteriores - MRE Departamento de Promoção Comercial e Investimentos - DPR Divisão de Inteligência Comercial - DIC CAZAQUISTÃO Comércio Exterior Agosto de 2014 Índice. Dados Básicos.

Leia mais

M A C R O C H I N A Ano 2 Nº 8 15 de maio de 2007

M A C R O C H I N A Ano 2 Nº 8 15 de maio de 2007 M A C R O C H I N A Ano 2 Nº 8 1 de maio de 27 Síntese gráfica trimestral do comércio bilateral e do desempenho macroeconômico chinês Primeiro trimestre de 27 No primeiro trimestre de 27, a economia chinesa

Leia mais

Kiluange Tiny/ Rute Martins Santos. Maio, 2007.

Kiluange Tiny/ Rute Martins Santos. Maio, 2007. JURISTEP OPORTUNIDADES DE NEGÓCIOS EM SÃO TOMÉ E PRÍNCIPE Kiluange Tiny/ Rute Martins Santos Maio, 2007. Este documento está protegido pelo direito de autor nos termos da lei portuguesa, do direito comunitário

Leia mais

Brasil Transacções Comerciais & Financeiras

Brasil Transacções Comerciais & Financeiras Pq do Ibirapuera, São Paulo/ SP Brasil Transacções Comerciais & Financeiras Banco Caixa Geral Brasil S.A. /Grupo Caixa Geral de Depósitos Out/2009 A Economia Brasileira 2 A Economia Brasileira SEDE BCG-Brasil:

Leia mais

Area (km 2 ): 31.604,9 Hab/Km 2 : 23,7 População (Nº): 749.055 (2010)

Area (km 2 ): 31.604,9 Hab/Km 2 : 23,7 População (Nº): 749.055 (2010) As Regiões de - Região O Território Porquê? Com a maior área territorial de Continental 31.605,2 km2 (1/3 do território nacional) a região do apresenta 179 km de perímetro de linha de costa e 432 km de

Leia mais

América Latina. Diferentes oportunidades

América Latina. Diferentes oportunidades América Latina Diferentes oportunidades Casa da América Latina Missão: estreitar relações culturais, cientificas e económicas entre AL e Portugal e vice-versa. Fundada em 1998, como uma divisão da Câmara

Leia mais

Investimento estrangeiro em Moçambique: garantias e incentivos

Investimento estrangeiro em Moçambique: garantias e incentivos 1 /9 Investimento estrangeiro em Moçambique: garantias e incentivos Moçambique tem efectuado um esforço de desenvolvimento muito significativo, procurando fundar sustentadamente o seu processo de crescimento.

Leia mais

Região Autónoma da Madeira

Região Autónoma da Madeira Região Autónoma da Madeira Área () km 2 801,0 Densidade populacional () Hab/Km 2 309,0 População residente (31.12.) Nº 247.568 População < 15 anos Nº 42.686 População > 65 anos Nº 32.188 Taxa conclusão

Leia mais

L I S B O A, 2 D E M A R Ç O D E 2 0 1 5 C E N T R O D E C O N G R E S S O S D E L I S B O A

L I S B O A, 2 D E M A R Ç O D E 2 0 1 5 C E N T R O D E C O N G R E S S O S D E L I S B O A L I S B O A, 2 D E M A R Ç O D E 2 0 1 5 C E N T R O D E C O N G R E S S O S D E L I S B O A QUEM SOMOS? Associação sem fins lucrativos / Entidade de Utilidade Pública, Fundada em 1977 Liga dos Estados

Leia mais

Bélgica - Síntese País

Bélgica - Síntese País Informação Geral sobre a Bélgica Área (km 2 ): 30 528 Primeiro-Ministro: Charles Michel População (milhões hab.): 11,1 (estimativa 2014) Risco de crédito: (*) Capital: Bruxelas Risco do país: A2 (AAA =

Leia mais

Plano de Desenvolvimento na Área da Energia em Moçambique

Plano de Desenvolvimento na Área da Energia em Moçambique Plano de Desenvolvimento na Área da Energia em Moçambique Augusto de Sousa Fernando asousa@edm.co.mz 1 Electricidade de Moçambique (EDM) Empresa Nacional de Electricidade, responsável pela Produção, Transporte,

Leia mais

REINO UNIDO Comércio Exterior

REINO UNIDO Comércio Exterior Ministério das Relações Exteriores - MRE Departamento de Promoção Comercial e Investimentos - DPR Divisão de Inteligência Comercial - DIC REINO UNIDO Comércio Exterior Setembro de 2014 Índice. Dados Básicos.

Leia mais

Unidade de Gestão Estratégica. Perfil Socioeconômico. Regional Centro

Unidade de Gestão Estratégica. Perfil Socioeconômico. Regional Centro Unidade de Gestão Estratégica Perfil Socioeconômico Regional Centro Sebrae em Conselho Deliberativo Pedro Alves de Oliveira Presidente Diretoria Executiva Igor Montenegro Diretor Superintendente Wanderson

Leia mais

República de Moçambique Ministério das Obras Públicas e Habitação. ABASTECIMENTO DE ÁGUA NAS PRINCIPAIS CIDADES Projectos e Cooperação

República de Moçambique Ministério das Obras Públicas e Habitação. ABASTECIMENTO DE ÁGUA NAS PRINCIPAIS CIDADES Projectos e Cooperação República de Moçambique Ministério das Obras Públicas e Habitação ABASTECIMENTO DE ÁGUA NAS PRINCIPAIS CIDADES Projectos e Cooperação Pedro Paulino Maio 2013 CONTEÚDO 1. CONTEXTO INSTITUCIONAL: Quadro

Leia mais

HAITI Comércio Exterior

HAITI Comércio Exterior Ministério das Relações Exteriores - MRE Departamento de Promoção Comercial e Investimentos - DPR Divisão de Inteligência Comercial - DIC HAITI Comércio Exterior Outubro de 2015 Tabela 1 Principais Indicadores

Leia mais

OPORTUNIDADES DE INVESTIMENTO NO AGRONEGÓCIO EM MOÇAMBIQUE

OPORTUNIDADES DE INVESTIMENTO NO AGRONEGÓCIO EM MOÇAMBIQUE REPÚBLICA DE MOÇAMBIQUE MINISTÉRIO DA AGRICULTURA E SEGURANÇA ALIMENTAR OPORTUNIDADES DE INVESTIMENTO NO AGRONEGÓCIO EM MOÇAMBIQUE ABRIL, 2015 Estrutura da Apresentação 2 I. Papel do CEPAGRI II. III. IV.

Leia mais

gabinete de estratégia e estudos

gabinete de estratégia e estudos Gabinete de Estratégia e Estudos Síntese Estatística gabinete de estratégia e estudos INVESTIMENTO DIRECTO Exterior em Portugal e Portugal no Exterior Agosto de 26 Índice Tratamento e análise dos dados

Leia mais

Mercado em números. Israel. Designação oficial: Estado de Israel. Capital: Jerusalém. Localização: Médio Oriente

Mercado em números. Israel. Designação oficial: Estado de Israel. Capital: Jerusalém. Localização: Médio Oriente Designação oficial: Estado de Capital: Jerusalém Localização: Médio Oriente Fronteiras terrestres: 1.068 km com o Egipto (208 km), Faixa de Gaza (59 km), Jordânia (307 km), Líbano (81 km), Síria (83 km)

Leia mais

Xai-Xai, 28 de Agosto de 2009 Rogério P. Ossemane (IESE)

Xai-Xai, 28 de Agosto de 2009 Rogério P. Ossemane (IESE) Xai-Xai, 28 de Agosto de 2009 Rogério P. Ossemane (IESE) Países em recessão oficial (dois trimestres consecutivos) Países em recessão não-oficial (um trimestre) Países com desaceleração econômica de mais

Leia mais

40 Anos de Internacionalização A Experiência de uma Empresa de Engenharia

40 Anos de Internacionalização A Experiência de uma Empresa de Engenharia A Experiência de uma Empresa de Engenharia Victor Carneiro Presidente da Comissão Executiva da COBA www.coba.pt Fundada em 1962, a COBA, S.A0 é hoje uma das maiores empresas de Consultores de Engenharia

Leia mais

Breve síntese sobre os mecanismos financeiros de apoio à internacionalização e cooperação

Breve síntese sobre os mecanismos financeiros de apoio à internacionalização e cooperação Breve síntese sobre os mecanismos financeiros de apoio à internacionalização e cooperação 1 Incentivos financeiros à internacionalização Em 2010 os incentivos financeiros à internacionalização, não considerando

Leia mais

Oportunidades de internacionalização do sector dos materiais da construção da Euro-região em Moçambique

Oportunidades de internacionalização do sector dos materiais da construção da Euro-região em Moçambique Oportunidades de internacionalização do sector dos materiais da construção da Euro-região em Moçambique Oportunidades para o sector dos materiais da construção da Euro-região em Moçambique Índice de conteúdos

Leia mais

Brasil 2007 2010: BRIC ou não BRIC?

Brasil 2007 2010: BRIC ou não BRIC? Brasil 27 21: BRIC ou não BRIC? Conselho Regional de Economia, 3 de outubro de 26 Roberto Luis Troster robertotroster@uol.com.br BRIC Brasil, Rússia, Índia e China BRIC Trabalho de 23 da GS Potencial de

Leia mais

Chave para Negócios. em Moçambique por Diogo Gomes de Araújo

Chave para Negócios. em Moçambique por Diogo Gomes de Araújo Case study SOFID: Chave para Negócios em Moçambique por Diogo Gomes de Araújo Business Roundtable: Moçambique Lisboa, 1 de Abril de 2011 1. O que é a SOFID? 2. O que oferece? 3. Onde actua? 4. Para quê?

Leia mais

BULGÁRIA DADOS BÁSICOS E PRINCIPAIS INDICADORES ECONÔMICO-COMERCIAIS

BULGÁRIA DADOS BÁSICOS E PRINCIPAIS INDICADORES ECONÔMICO-COMERCIAIS Ministério das Relações Exteriores - MRE Departamento de Promoção Comercial e Investimentos - DPR Divisão de Inteligência Comercial - DIC DADOS BÁSICOS E PRINCIPAIS INDICADORES ECONÔMICO-COMERCIAIS BULGÁRIA

Leia mais

RADAR COMERCIAL Análise do Mercado de Luxemburgo. 1 Panorama do País

RADAR COMERCIAL Análise do Mercado de Luxemburgo. 1 Panorama do País Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior - MDIC Secretaria de Comércio Exterior SECEX Departamento de Planejamento e Desenvolvimento do Comércio Exterior DEPLA Coordenação Geral de

Leia mais

SETOR FINANCEIRO BRASIL MOÇAMBIQUE UM LONGO HISTORIAL DE EMPREENDEDORISMO

SETOR FINANCEIRO BRASIL MOÇAMBIQUE UM LONGO HISTORIAL DE EMPREENDEDORISMO SETOR FINANCEIRO 2014 SETOR FINANCEIRO BRASIL MOÇAMBIQUE UM LONGO HISTORIAL DE EMPREENDEDORISMO Tendo reestruturado recentemente o seu portefólio no setor financeiro, o Grupo Américo Amorim concentra

Leia mais

Espanha - Síntese País e Relacionamento Bilateral

Espanha - Síntese País e Relacionamento Bilateral Informação Geral sobre Espanha Área (km 2 ): 504 880 Primeiro-Ministro: Mariano Rajoy População (milhões hab.): 47,1 (estimativa ) Risco de crédito: (*) Capital: Madrid Risco do país: BBB (AAA = risco

Leia mais

Formação e Tendências de Mercado da Formação Graduada e Pós graduada 1

Formação e Tendências de Mercado da Formação Graduada e Pós graduada 1 Número de Alunos Formação e Tendências de Mercado da Formação Graduada e Pós graduada 1 Susana Justo, Diretora Geral da Qmetrics 1. Formação em ensino superior, graduada e pós graduada. Em Portugal continua

Leia mais