Indução e crescimento de calos em explantes foliares de hortelã-docampo

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Indução e crescimento de calos em explantes foliares de hortelã-docampo"

Transcrição

1 Indução e crescimento de calos em explantes foliares de hortelã-docampo Priscila P. Botrel ; Juliana F. Sales,2 ; José E. B. P. Pinto ; Fabiano G. Silva,3 ; Vivian E. Nascimento ; Suzan K. V. Bertolucci. UFLA/DAG - Laboratório de Cultura de Tecidos e Plantas Medicinais. Lavras MG FESURV (Universidade de Rio Verde, GO) CEFET Laboratório de Cultura de Tecidos. Rio Verde GO RESUMO Com o objetivo de desenvolver um protocolo para indução e crescimento de calos de H. marrubioides foi desenvolvido o presente trabalho. Como explantes, utilizou-se folhas de plântulas germinadas in vitro. O meio de cultura foi o MS com 5% da concentração dos sais, suplementados com a interação de,;,; ; 5,;, e 2, M de 2,4-D com,; e, M de benzilaminopurina (BAP), 6 g.l - de ágar, suplementado com 3 g.l - de sacarose. A incubação aconteceu em sala de crescimento a 25 ºC±, em presença de 5 mol.m -2.s -, fotoperíodo de 6 horas. Verificou-se que em ausência de suplementação do meio de cultura com 2,4 não foi constatada indução de calos. Na ausência de 2,4-D e BAP ocorreu apenas formação de raízes. Concentrações de 2,4-D entre e 5, M se mostraram eficientes na indução de calos de coloração mais clara. Apenas o meio contendo 5, M de 2,4-D suportou o crescimento de calos a partir dos 2 dias após indução. Palavras-chave: Hyptis marrubioides, planta medicinal. ABSTRACT Callus induction and growth in foliar explant of Hyptis marrubioides The goal of this work was evaluating one protocol to callus induction and growth with leaves germinated in vitro. The culture medium was MS with 5% halfstrength, supplemented with interaction of 2,4-D (.;.; 2.5; 5.;. and 2. M) and BAP (.; 2.5; and. M), 6 g.l - agar, 3 g.l - sucrose. The explant was incubated growth room at 25 ºC±, 5 mol.m - 2.s - irradiation, 6 hs photoperiod. It has verified that without growth regulation did not have callus induction only roots. The concentration of. M and 5. M of 2,4-D the explant showed callus induction with light color. Only in the medium with 5. M of 2,4-D have callus growth until 2 days of culture. Keywords: Hyptis marrubioides, medicinal plant.

2 O gênero Hyptis possuindo mais de 3 espécies, exibe a maior diversidade morfológica na região de cerrado brasileiro (Harley, 988). Estas espécies são bastante aromáticas e são freqüentemente usadas para o tratamento de infecções gastrointestinais, cãimbras, dores e no tratamento de infecções de pele. Calogênese é uma cultura de massa celular, com crescimento desordenado e certo grau de diferenciação (Torres et al., 2), em resposta a uma injúria química, como concentração de sais e fitorreguladores, ou injúria física, como ferimentos nos tecidos. O presente trabalho teve como objetivo estudar condições hormonais para maximizar a produção de calos friáveis, visando futuro estudo de produção de princípios ativos desta espécie, mediante a cultura de calos e suspensão celular. MATERIAL E MÉTODOS Material vegetal e meio de cultura A partir de plântulas germinadas in vitro como descrito por Sales et al (23), foi implantado o presente trabalho. As folhas foram seccionadas e inoculadas em meio de cultura com 5% da concentração dos sais MS (Murashige e Skoog, 962), suplementados com a interação de,;,; ; 5,;, e 2, M de ácido 2,4-diclorofenoxiacético (2,4- D) com,; e, M de benzilaminopurina (BAP). Em cada frasco foram adicionados ml de meio, solidificado com 6 g.l - de ágar, suplementado com 3 g.l - de sacarose. A incubação aconteceu em sala de crescimento a 25 ºC±, em presença de 5 mol.m -2.s -, fotoperíodo de 6 horas. Após 3 dias, o experimento foi avaliado através da área do explante original coberta com calos. Os calos formados foram repicados para o mesmo meio de cultura, onde permaneceram por mais 3 dias. Parte dos calos foram utilizados para determinar a fitomassa. Outra parte, foi repicada nos meios suplementados com e 5, M de 2,4-D. Delineamento experimental O experimento foi implantado no delineamento inteiramente cazualisado em esquema fatorial 6x3, com 3 repetições por tratamento, perfazendo 54 unidades experimentais. RESULTADOS E DISCUSSÃO Em ausência de suplementação do meio de cultura com 2,4 não foi constatada indução de calos (Figura ). Na ausência de 2,4-D e BAP verificou-se apenas formação de raízes. Relacionado a indução de calos, concentrações de 2,4-D entre e 5, M se mostraram eficientes, apesar de não diferirem em termos de formação de calos, das

3 concentrações de e 2 M (Figura 2). Por outro lado, estas concentrações mais elevadas apresentaram indução de calos mais escurecidos. Na segunda repicagem, o maior escurecimento dos calos em concentrações de e 2 M de 2,4-D descritos anteriormente, foi refletida no acúmulo de fitomassa, onde nestas concentrações de 2,4-D, independente da concentração de BAP utilizada, foi demonstrada redução significativa (Figura 3). Maiores acúmulos de fitomassa ocorreram em e M de 2,4-D, independente da concentração de BAP e 5, M de 2,4-D sem BAP. A partir da segunda repicagem, os calos foram cultivados nos meios suplementados com e 5, M de 2,4-D. Estes dois meios, apesar de não ter proporcionado os maiores acúmulos de fitomassa (Figura 3), apresentaram calos de coloração mais clara. Verificou-se a partir da quarta repicagem, aos 2 dias após indução dos calos, que o único balanço de fitorregulador eficiente na manutenção dos calos, foi 5, M de 2,4-D (Figura 4). 2,4-D ( M) 5 2 BAP ( M) Figura : Visão geral da interação de diferentes concentrações de 2,4-D x BAP em explantes foliares de Hyptis marrubioides.

4 9 Formação de calo (%) Figura 2: 2,4-D (mm) 5 2 BAP (mm) Porcentagem de explantes foliares com formação de calos após 3 dias de cultivo em meio MS, com 5% da concentração de sais, suplementados com diferentes combinações de 2,4- D/BAP.,3,25,2,5,,5 2,4-D ( M ) 5 2 Figura 2: Fitomassa fresca de calos de Hyptis marrubioides após segunda repicagem no mesmo meio de indução. Z Médias seguidas pela mesma letra maiúscula entre concentrações de 2,4-D e minúscula entre concentrações de BAP, não diferem entre si pelo teste de Tukey ao nível de 5% de probabilidade. LITERATURA CITADA HARLEY, R.M. Evolution and distribution of Eriope (Labiatae) and its relatives in Brasil. In- Vanzolini, P.E. and Heyer, W.R. (eds). Proceedings Patterns. Academia Brasileira de Ciências. Rio de Janeiro, p.7-8, 988.

5 MURASHIGE, T.; SKOOG, F. A revised medium for rapid growth and biossays with tobacco tissue cultures. Physiology Plantarum, v.5, p , 962. SALES, J.F; PINTO, J.E.B.P; BOTREL, P.P; SILVA, F.G; BERTOLUCCI, S.K.V. I Anais do Congresso Brasileiro de Cultura de Tecidos, p. x, 23. TORRES, A.C.; FERREIRA, A.T.; SÁ, F.G.; BUSO, J.A.; CALDAS, L.S.; NASCIMENTO, A.S.; BRÍGIDO, M.M.; ROMANO, E. Glossário de biotecnologia vegetal. Brasília: Ministério da Ciência e Tecnologia, 2. 28p.

ESTABELECIMENTO IN VITRO

ESTABELECIMENTO IN VITRO ESTABELECIMENTO IN VITRO DE CANA-DE-AÇÚCAR. Paulo Sérgio Gomes da Rocha 1 ; Antonio Sergio do Amaral 1 ; Amito José Teixeira 1, Mayara Luana Coser Zonin 2 ; Sergio Delmar dos Anjos 3. INTRODUÇÃO O estabelecimento

Leia mais

EFEITO DA BENZILAMINOPURINA (BAP) NA MICROPROPAGAÇÃO DA VARIEDADE CURIMENZINHA (BGM 611) DE MANDIOCA (Manihot esculenta Crantz)

EFEITO DA BENZILAMINOPURINA (BAP) NA MICROPROPAGAÇÃO DA VARIEDADE CURIMENZINHA (BGM 611) DE MANDIOCA (Manihot esculenta Crantz) EFEITO DA BENZILAMINOPURINA (BAP) NA MICROPROPAGAÇÃO DA VARIEDADE CURIMENZINHA (BGM 611) DE MANDIOCA (Manihot esculenta Crantz) Mariane de Jesus da Silva de Carvalho 1, Antônio da Silva Souza 2, Karen

Leia mais

ESTABELECIMENTO IN VITRO DE AROEIRA-VERMELHA EM DIFERENTES CONCENTRAÇÕES DE BENZILAMINOPURINA E ACIDO NAFTALENO ACÉTICO 1

ESTABELECIMENTO IN VITRO DE AROEIRA-VERMELHA EM DIFERENTES CONCENTRAÇÕES DE BENZILAMINOPURINA E ACIDO NAFTALENO ACÉTICO 1 ESTABELECIMENTO IN VITRO DE AROEIRA-VERMELHA EM DIFERENTES CONCENTRAÇÕES DE BENZILAMINOPURINA E ACIDO NAFTALENO ACÉTICO 1 DE SOUZA, Letiele Bruck 2 ; LUCHO, Simone Ribeiro 2 ; GINDRI, Amanda Leitão 3 ;

Leia mais

20º Seminário de Iniciação Científica e 4º Seminário de Pós-graduação da Embrapa Amazônia Oriental ANAIS. 21 a 23 de setembro

20º Seminário de Iniciação Científica e 4º Seminário de Pós-graduação da Embrapa Amazônia Oriental ANAIS. 21 a 23 de setembro 20º Seminário de Iniciação Científica e 4º Seminário de Pós-graduação ANAIS 21 a 23 de setembro 2016 Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária Embrapa Amazônia Oriental Ministério da Agricultura, Pecuária

Leia mais

Produção de Mudas de Abacaxizeiro Pérola Utilizando a Técnica do Estiolamento In Vitro

Produção de Mudas de Abacaxizeiro Pérola Utilizando a Técnica do Estiolamento In Vitro 61 Produção de Mudas de Abacaxizeiro Pérola Utilizando a Técnica do Estiolamento In Vitro Aparecida Gomes de Araujo¹, Milena M. de J. Ribeiro 2, Zilna B. de R. Quirino 3, Ana da S. Lédo 4, Jaci L. Vilanova-Neta

Leia mais

INFLUÊNCIA DO MEIO DE CULTURA E DE UM FERTILIZANTE SOLÚVEL NA MICROPROPAGAÇÃO DA MANDIOCA (Manihot esculenta Crantz)

INFLUÊNCIA DO MEIO DE CULTURA E DE UM FERTILIZANTE SOLÚVEL NA MICROPROPAGAÇÃO DA MANDIOCA (Manihot esculenta Crantz) INFLUÊNCIA DO MEIO DE CULTURA E DE UM FERTILIZANTE SOLÚVEL NA MICROPROPAGAÇÃO DA MANDIOCA (Manihot esculenta Crantz) Mariane de Jesus da Silva de Carvalho 1, Antônio da Silva Souza 2, Mariana Conceição

Leia mais

CRESCIMENTO in vitro DE PLÂNTULAS DE ORQUÍDEAS SUBMETIDAS A DIFERENTES PROFUNDIDADES DE INOCULAÇÃO E CONSISTÊNCIA DO MEIO DE CULTURA

CRESCIMENTO in vitro DE PLÂNTULAS DE ORQUÍDEAS SUBMETIDAS A DIFERENTES PROFUNDIDADES DE INOCULAÇÃO E CONSISTÊNCIA DO MEIO DE CULTURA CRESCIMENTO in vitro DE PLÂNTULAS DE ORQUÍDEAS SUBMETIDAS A DIFERENTES PROFUNDIDADES DE INOCULAÇÃO E CONSISTÊNCIA DO MEIO DE CULTURA Jéssica A. BATISTA 1; Priscila P. BOTREL 2 ; Felipe C. FIGUEIREDO 3

Leia mais

Analista da Embrapa Mandioca e Fruticultura, Caixa Postal 007, , Cruz das Almas, BA. 2

Analista da Embrapa Mandioca e Fruticultura, Caixa Postal 007, , Cruz das Almas, BA.   2 ANÁLISE COMPORTAMENTAL DE UM ACESSO DE MANDIOCA (Manihot esculenta Crantz) EM RELAÇÃO A DOIS TIPOS DE MEIO DE CULTURA E DOSES DE UM FERTILIZANTE SOLÚVEL COMERCIAL Karen Cristina Fialho dos Santos 1, Antônio

Leia mais

Franca, Mariana Almeida Micropropagação de cana-de-açúcar cultivar RB Mariana Almeida Franca. Curitiba: f. il.

Franca, Mariana Almeida Micropropagação de cana-de-açúcar cultivar RB Mariana Almeida Franca. Curitiba: f. il. F814 Franca, Mariana Almeida Micropropagação de cana-de-açúcar cultivar RB966928. Mariana Almeida Franca. Curitiba: 2016. 64 f. il. Orientador: João Carlos Bespalhok Filho Dissertação (Mestrado) Universidade

Leia mais

XIX CONGRESSO DE PÓS-GRADUAÇÃO DA UFLA 27 de setembro a 01 de outubro de 2010

XIX CONGRESSO DE PÓS-GRADUAÇÃO DA UFLA 27 de setembro a 01 de outubro de 2010 AVALIAÇÃO DE DIFERENTES TEMPOS DE IMERSÃO E S DA SOLUÇÃO DE HIPOCLORITO DE SÓDIO NA ASSEPSIA DE EXPLANTES FOLIARES DE ATROVERAN Ocimum selloi Benth. LUCILA ELIZABETH FRAGOSO MONFORT 1 ; CAROLINA MARIANE

Leia mais

INFLUENCIA DE BAP E ANA NA FORMAÇÃO DE CALOS DE Jatropha curcas L. INTRODUÇÃO

INFLUENCIA DE BAP E ANA NA FORMAÇÃO DE CALOS DE Jatropha curcas L. INTRODUÇÃO Página 270 INFLUENCIA DE BAP E ANA NA FORMAÇÃO DE CALOS DE Jatropha curcas L. Wesley Machado 1, Andréa Almeida Carneiro 2 e Gracielle Teodora da Costa Pinto Coelho 3 1 Agrônomo, Pós-graduando em Biotecnologia,

Leia mais

IN VITRO DE AMOREIRA-PRETA CV. TUPY

IN VITRO DE AMOREIRA-PRETA CV. TUPY CLORETO DE Cloreto POTÁSSIO de potássio E e FOSFATO fosfato de sódio DE na multiplicação SÓDIO NA in vitro... MULTIPLICAÇÃO 37 IN VITRO DE AMOREIRA-PRETA CV. TUPY Effect of KCl and NaH 2 O on in vitro

Leia mais

Produção de Batata-Semente em Sistema de Canteiros.

Produção de Batata-Semente em Sistema de Canteiros. Produção de Batata-Semente em Sistema de Canteiros. Ricardo Monteiro Corrêa 1 ; José Eduardo Brasil Pereira Pinto 1 ; Érika Soares Reis 1, Aline Beraldo Monteiro 1 ; Jorge Henrique Chagas 1 ; Hellen Cristina

Leia mais

PROPAGAÇÃO DO MANGOSTÃO ATRAVÉS DO CULTIVO IN VITRO. Acadêmico PVIC/UEG do Curso de Agronomia, UnU Ipameri - UEG.

PROPAGAÇÃO DO MANGOSTÃO ATRAVÉS DO CULTIVO IN VITRO. Acadêmico PVIC/UEG do Curso de Agronomia, UnU Ipameri - UEG. PROPAGAÇÃO DO MANGOSTÃO ATRAVÉS DO CULTIVO IN VITRO Valter de Oliveira Neves Júnior1; Zélio de Lima Vieira 1; Leandro Martins Prudente1; Rafael Benetti1; Sebastião Pedro da Silva Neto 2 1 Acadêmico PVIC/UEG

Leia mais

GERMINAÇÃO E INDUÇÃO DA CALOGÊNESE IN VITRO DE COPAÍBA. - UNIVERSIDADE FEDERAL DE VIÇOSA Viçosa - MG CEP: )

GERMINAÇÃO E INDUÇÃO DA CALOGÊNESE IN VITRO DE COPAÍBA. - UNIVERSIDADE FEDERAL DE VIÇOSA Viçosa - MG CEP: ) GERMINAÇÃO E INDUÇÃO DA CALOGÊNESE IN VITRO DE COPAÍBA Rafael Fonsêca Zanotti 1*, Fernanda Raquel Sartor 1, Kátia Ferreira Pôssa 2, Anderson Martins Pilon 1, Claudio Hiroshi Fukushima 1 1 Av. Oraida Mendes

Leia mais

Comparação de Diferentes Sistemas de Cultivo in vitro na Multiplicação e Alongamento de Eucalyptus Saligna Smith

Comparação de Diferentes Sistemas de Cultivo in vitro na Multiplicação e Alongamento de Eucalyptus Saligna Smith Comparação de Diferentes Sistemas de Cultivo in vitro na Multiplicação e Alongamento de Eucalyptus Saligna Smith Caroline Ribeiro Tunes 1 e Gessiel Newton Scheidt 2 1 Aluno do Curso de Biotecnologia; Campus

Leia mais

ESTABELECIMENTO DE CÉLULAS EMBRIOGÊNICAS PARA REGENERAÇÃO DO ALGODOEIRO *

ESTABELECIMENTO DE CÉLULAS EMBRIOGÊNICAS PARA REGENERAÇÃO DO ALGODOEIRO * ESTABELECIMENTO DE CÉLULAS EMBRIOGÊNICAS PARA REGENERAÇÃO DO ALGODOEIRO * Julita Maria Frota Chagas Carvalho (Embrapa Algodão / julita@cnpa.embrapa.br ), Maria Jaislanny Lacerda e Medeiros (Universidade

Leia mais

Desenvolvimento in vitro de Ocimum selloi

Desenvolvimento in vitro de Ocimum selloi Desenvolvimento in vitro de Ocimum selloi em diferentes variações do meio de cultivo MS Lucila Elizabeth Fragoso Monfort 1 ; Ivan Caldeira Almeida Alvarenga 1 ; Carolina Mariane Moreira 1 ; José Eduardo

Leia mais

Desinfestação de alecrim-pimenta utilizando hipoclorito de sódio.

Desinfestação de alecrim-pimenta utilizando hipoclorito de sódio. Desinfestação de alecrim-pimenta utilizando hipoclorito de sódio. Verônica F. Amancio 1 ; Aline B. de Mendonça 1 *; Maria de F. Arrigoni-Blank 1 ; Arie F. Blank 1 ; Ana da S. Ledo 2 ; Renato Innecco 3.

Leia mais

Efeito das concentrações de vitaminas e reguladores de crescimento no superbrotamento da cultivar BRS-verde

Efeito das concentrações de vitaminas e reguladores de crescimento no superbrotamento da cultivar BRS-verde REVISTA DE BIOLOGIA E CIÊNCIAS DA TERRA ISSN 1519-5228 Volume 8 - Número 2-2º Semestre 2008 Efeito das concentrações de vitaminas e reguladores de crescimento no superbrotamento da cultivar BRS-verde Nara

Leia mais

Indução de brotação in vitro em curauá: sistema de cultivo e concentrações de BAP

Indução de brotação in vitro em curauá: sistema de cultivo e concentrações de BAP Indução de brotação in vitro em curauá: sistema de cultivo e concentrações de BAP Carolina Mariane Moreira 1 ; Helena Botelho de Andrade 1 ; Lucila Elizabeth F. Monfort 1 ; José Eduardo Brasil Pereira

Leia mais

Efeito de hipoclorito de sódio na desinfestação de meristemas de bastão-do-imperador

Efeito de hipoclorito de sódio na desinfestação de meristemas de bastão-do-imperador Seminário de Iniciação Científica e Tecnológica, 10., 2013, Belo Horizonte Efeito de hipoclorito de sódio na desinfestação de meristemas de bastão-do-imperador Sueli Lourdes Ferreira Tarôco (1), Erivelton

Leia mais

Estabelecimento in vitro de aroeira da praia (Schinus terebinthifolius Raddi) em diferentes concentrações de 6-benzilaminopurina (BAP)

Estabelecimento in vitro de aroeira da praia (Schinus terebinthifolius Raddi) em diferentes concentrações de 6-benzilaminopurina (BAP) 300 Estabelecimento in vitro de aroeira da praia (Schinus terebinthifolius Raddi) em diferentes concentrações de 6-benzilaminopurina (BAP) PAIVA, A.M.S. * ; ALOUFA, M.A.I. Universidade Federal do Rio Grande

Leia mais

Comparação de Diferentes Sistemas de Cultivo in vitro de Jatropha curcas Rosetânia Neves da Conceição 1 e Gessiel Newton Scheidt 2

Comparação de Diferentes Sistemas de Cultivo in vitro de Jatropha curcas Rosetânia Neves da Conceição 1 e Gessiel Newton Scheidt 2 Comparação de Diferentes Sistemas de Cultivo in vitro de Jatropha curcas Rosetânia Neves da Conceição 1 e Gessiel Newton Scheidt 2 1 Aluna do Curso de Biotecnologia; Campus de Gurupi; e-mail: rncrose@hotmail.com

Leia mais

REGENERAÇÃO IN VITRO DE Oncidium leucochilum BATEM. EX LINDL. (ORCHIDACEAE).

REGENERAÇÃO IN VITRO DE Oncidium leucochilum BATEM. EX LINDL. (ORCHIDACEAE). REGENERAÇÃO IN VITRO DE Oncidium leucochilum BATEM. EX LINDL. (ORCHIDACEAE). ALESSANDRO IGLIKOSKI BERNARDI 1, RODRIGO CAETANO DA SILVA 1, ANDRÉ LUÍS LOPES DA SILVA 2, AUREA PORTES FERRIANI 3. 1- Acadêmico

Leia mais

MICROPROPAGAÇÃO E ACLIMATAÇÃO DE PLÂNTULAS DE MORANGUEIRO. Palavras chaves: Micropropagação. Isolamento de meristema. Explante. Mudas sadias.

MICROPROPAGAÇÃO E ACLIMATAÇÃO DE PLÂNTULAS DE MORANGUEIRO. Palavras chaves: Micropropagação. Isolamento de meristema. Explante. Mudas sadias. MICROPROPAGAÇÃO E ACLIMATAÇÃO DE PLÂNTULAS DE MORANGUEIRO Tamires Oviedo 1, Fabiana Raquel Mühl 2, Neuri Antonio Feldmann 3, Anderson Rhoden 3 Palavras chaves: Micropropagação. Isolamento de meristema.

Leia mais

AVALIAÇÃO DA APLICAÇÃO TARDIA DE COBALTO, NA ABSCISÃO DE FLORES E COMPONENTES DE PRODUTIVIDADE DO FEIJOEIRO COMUM (Vigna unguiculata).

AVALIAÇÃO DA APLICAÇÃO TARDIA DE COBALTO, NA ABSCISÃO DE FLORES E COMPONENTES DE PRODUTIVIDADE DO FEIJOEIRO COMUM (Vigna unguiculata). AVALIAÇÃO DA APLICAÇÃO TARDIA DE COBALTO, NA ABSCISÃO DE FLORES E COMPONENTES DE PRODUTIVIDADE DO FEIJOEIRO COMUM (Vigna unguiculata). Rezanio Martins Carvalho (bolsista do PIBIC/CNPq), Fabiano André Petter

Leia mais

Cultivo in vitro de Salvia hispanica L.

Cultivo in vitro de Salvia hispanica L. Artigo original DOI: 105902/2236117015566 Revista Eletrônica em Gestão, Educação e Tecnologia Ambiental Santa Maria, v. 19, n.2, mai-ago. 2015, p. 1555-1560 Revista do Centro de Ciências Naturais e Exatas

Leia mais

Germinação in vitro de Sementes de Mandacaruzinho

Germinação in vitro de Sementes de Mandacaruzinho 303 Germinação in vitro de Sementes de Mandacaruzinho Germinação in vitro de Sementes de Mandacaruzinho In vitro germination of seeds of mandacaruzinho Amanda Pricilla Batista Santos 1 ; Luma dos Passos

Leia mais

Camila Soares Rosa Lemes I* José Carlos Sorgato I Jackeline Schultz Soares II Yara Brito Chaim Jardim Rosa I

Camila Soares Rosa Lemes I* José Carlos Sorgato I Jackeline Schultz Soares II Yara Brito Chaim Jardim Rosa I Ciência Rural, Santa Maria, v.46, Meios n.3, de p.499-505, cultivo e sacarose mar, 2016 no crescimento inicial in vitro de Miltonia http://dx.doi.org/10.1590/0103-8478cr20150368 flavescens. 499 ISSN 0103-8478

Leia mais

MICROPROPAGAÇÃO DE VARIEDADES DE CANA-DE-AÇÚCAR. Programa de Pós-Graduação em Genética e Melhoramento de Plantas - PGMP

MICROPROPAGAÇÃO DE VARIEDADES DE CANA-DE-AÇÚCAR. Programa de Pós-Graduação em Genética e Melhoramento de Plantas - PGMP MICROPROPAGAÇÃO DE VARIEDADES DE CANA-DE-AÇÚCAR Paulo Roberto FARIA ; Sérgio Tadeu SIBOV ; Diego José CALDAS 2 ; Victor Fernando Rodrigues da SILVA 2 Programa de Pós-Graduação em Genética e Melhoramento

Leia mais

INDUÇÃO IN VITRO DE RAÍZES ADVENTÍCIAS EM EXPLANTES DE SALIX (Salix humboldtiana Willdenow)

INDUÇÃO IN VITRO DE RAÍZES ADVENTÍCIAS EM EXPLANTES DE SALIX (Salix humboldtiana Willdenow) 82 INDUÇÃO IN VITRO DE RAÍZES ADVENTÍCIAS EM EXPLANTES DE SALIX (Salix humboldtiana Willdenow) IN VITRO INDUCTION OF ADVENTICIOUS ROOTS IN SALIX (Salix humboldtiana Willdenow) EXPLANTS Vespasiano Borges

Leia mais

Causas de GL IVE TMG PGER IVE TMG PGER

Causas de GL IVE TMG PGER IVE TMG PGER Efeito Alelopático do Óleo Essencial de Citronela (Cymbopogon winterianus) Sobre a Germinação de Sementes de Picão-Preto e de Milho em Diferentes Épocas de Aplicação. MARIA LITA PADINHA CORREA 1, ANA PAULA

Leia mais

SELETIVIDADE DOS HERBICIDAS BENTAZON E NICOSULFURON PARA Crotalaria juncea e Crotalaria spectabilis

SELETIVIDADE DOS HERBICIDAS BENTAZON E NICOSULFURON PARA Crotalaria juncea e Crotalaria spectabilis SELETIVIDADE DOS HERBICIDAS BENTAZON E NICOSULFURON PARA Crotalaria juncea e Crotalaria spectabilis NOGUEIRA, C. H. P (FCAV - UNESP, Jaboticabal/SP - nogueirachp@gmail.com), CORREIA, N. M. (Embrapa, Brasília/DF

Leia mais

Micropropagação de abacaxi ornamental (Ananas comosus var. bracteatus) por meio da indução ao estiolamento e regeneração de plântulas

Micropropagação de abacaxi ornamental (Ananas comosus var. bracteatus) por meio da indução ao estiolamento e regeneração de plântulas 121 Artigo Científico Micropropagação de abacaxi ornamental (Ananas comosus var. bracteatus) por meio da indução ao estiolamento e regeneração de plântulas ANA CRISTINA PORTUGAL PINTO DE CARVALHO 1, EMÍLIA

Leia mais

CONVERSÃO IN VITRO DE RAÍZES E FOLHAS DE Miltonia flavescens Lindl. EM PROTOCORMOS E REGENERAÇÃO DE PLANTAS

CONVERSÃO IN VITRO DE RAÍZES E FOLHAS DE Miltonia flavescens Lindl. EM PROTOCORMOS E REGENERAÇÃO DE PLANTAS CONVERSÃO IN VITRO DE RAÍZES E FOLHAS DE Miltonia flavescens Lindl. EM PROTOCORMOS E REGENERAÇÃO DE PLANTAS Conversão in vitro de raízes e folhas de Miltonia flavescens Lindl... 53 In vitro conversion

Leia mais

MEIOS DE CULTURA E REGULADORES DE CRESCIMENTO NA MULTIPLICAÇÃO IN VITRO DE AMOREIRA-PRETA

MEIOS DE CULTURA E REGULADORES DE CRESCIMENTO NA MULTIPLICAÇÃO IN VITRO DE AMOREIRA-PRETA Scientia Agraria ISSN 1519-1125 (printed) and 1983-2443 (on-line) VILLA, F. et al. Meio de cultura e reguladores... MEIOS DE CULTURA E REGULADORES DE CRESCIMENTO NA MULTIPLICAÇÃO IN VITRO DE AMOREIRA-PRETA

Leia mais

Efeitos do BAP e do AIA na indução e no crescimento in vitro de brotos de dez clones de palma forrageira 1

Efeitos do BAP e do AIA na indução e no crescimento in vitro de brotos de dez clones de palma forrageira 1 Efeitos do BAP e do AIA na indução e no crescimento in vitro de brotos de dez clones de palma forrageira 1 Effects of BAP and IAA on in vitro shoot initiation and growth of ten clones of palm grass Hamilton

Leia mais

Citocininas na multiplicação in vitro de hortelã-pimenta (Mentha x Piperita L.)

Citocininas na multiplicação in vitro de hortelã-pimenta (Mentha x Piperita L.) 533 Citocininas na multiplicação in vitro de hortelã-pimenta (Mentha x Piperita L.) ASMAR, S. A.* 1 ; RESENDE, R. F. 1 ; ARARUNA, E. C. 1 ; MORAIS, T. P. 1 ; LUZ, J. M. Q. 1 1 Universidade Federal de Uberlândia

Leia mais

PROPAGAÇÃO IN VITRO DE PORTA-ENXERTO DE MACIEIRA (MALUS PRUNIFOLIA) CV. MARUBAKAIDO: EFEITO DE BENZILAMINOPURINA E ÁCIDO GIBERÉLICO 1

PROPAGAÇÃO IN VITRO DE PORTA-ENXERTO DE MACIEIRA (MALUS PRUNIFOLIA) CV. MARUBAKAIDO: EFEITO DE BENZILAMINOPURINA E ÁCIDO GIBERÉLICO 1 PROPAGAÇÃO IN VITRO DE PORTA-ENXERTO DE MACIEIRA (MALUS PRUNIFOLIA) CV. MARUBAKAIDO: EFEITO DE BENZILAMINOPURINA E ÁCIDO GIBERÉLICO 1 SOUZA, Letiele Bruck de 2 ; COGO, Maurício Ricardo de Melo 2 ; SANTOS,

Leia mais

EFEITO DA TEMPERATURA E DO FOTOPERÍODO NA GERMINAÇÃO in vitro DE CONÍDIOS DE Aspergillus niger, AGENTE ETIOLÓGICO DO MOFO PRETO DA CEBOLA

EFEITO DA TEMPERATURA E DO FOTOPERÍODO NA GERMINAÇÃO in vitro DE CONÍDIOS DE Aspergillus niger, AGENTE ETIOLÓGICO DO MOFO PRETO DA CEBOLA EFEITO DA TEMPERATURA E DO FOTOPERÍODO NA GERMINAÇÃO in vitro DE CONÍDIOS DE Aspergillus niger, AGENTE ETIOLÓGICO DO MOFO PRETO DA CEBOLA Autores: Jéssica Tainara IGNACZUK 1, Leandro Luiz MARCUZZO 2 Identificação

Leia mais

Revista Ceres ISSN: X Universidade Federal de Viçosa Brasil

Revista Ceres ISSN: X Universidade Federal de Viçosa Brasil Revista Ceres ISSN: 0034-737X ceresonline@ufv.br Universidade Federal de Viçosa Brasil Gomes de Araújo, Aparecida; Pasqual, Moacir; Villa, Fabíola; Carvalho Costa, Fernanda ÁGUA DE COCO E POLPA DE BANANA

Leia mais

INFLUÊNCIA DA DESINFESTAÇÃO E MEIO DE CULTURA NA GERMINAÇÃO E DESENVOLVIMENTO IN VITRO DE Prosopis affinis Sprenger 1

INFLUÊNCIA DA DESINFESTAÇÃO E MEIO DE CULTURA NA GERMINAÇÃO E DESENVOLVIMENTO IN VITRO DE Prosopis affinis Sprenger 1 INFLUÊNCIA DA DESINFESTAÇÃO E MEIO DE CULTURA NA GERMINAÇÃO E DESENVOLVIMENTO IN VITRO DE Prosopis affinis Sprenger 1 ROCHA, Bruna Nery 2 ; LÖBLER, Lisiane 2 ; MARTINS, Carlos Roberto 3 1 Trabalho de Pesquisa

Leia mais

Micropropagação de antúrio IAC Eidibel por meio da indução ao estiolamento e regeneração de plantas (1)

Micropropagação de antúrio IAC Eidibel por meio da indução ao estiolamento e regeneração de plantas (1) MARCOS VINÍCIUS MARQUES PINHEIRO et al 133 ARTIGO CIENTÍFICO Micropropagação de antúrio IAC Eidibel por meio da indução ao estiolamento e regeneração de plantas (1) MARCOS VINÍCIUS MARQUES PINHEIRO (2)

Leia mais

INFLUÊNCIA DO CLORETO DE CÁLCIO NO CRESCIMENTO DE EXPLANTES DE Gypsophila paniculata L. (CARYOPHYLLACEAE), CULTIVADOS in vitro.

INFLUÊNCIA DO CLORETO DE CÁLCIO NO CRESCIMENTO DE EXPLANTES DE Gypsophila paniculata L. (CARYOPHYLLACEAE), CULTIVADOS in vitro. INFLUÊNCIA DO CLORETO DE CÁLCIO NO CRESCIMENTO DE EXPLANTES DE Gypsophila paniculata L. (CARYOPHYLLACEAE), CULTIVADOS in vitro. R. JUN TAKANE Faculdade de Agronomia "Dr.Francisco Maeda", Rua Cel. Flauziano

Leia mais

Protocolo de Micropropagação de Cana-de-açúcar

Protocolo de Micropropagação de Cana-de-açúcar ISSN 1516-8832 Protocolo de Micropropagação de Cana-de-açúcar 128 Introdução A cana-de-açúcar (Saccharum officinarum L.) tem grande importância econômica na agricultura no Brasil e, mais recentemente,

Leia mais

Germinação in vitro de embriões zigóticos e sementes de nim indiano (Azadirachta indica A. Juss.)

Germinação in vitro de embriões zigóticos e sementes de nim indiano (Azadirachta indica A. Juss.) Germinação in vitro de embriões zigóticos e sementes de nim indiano (Azadirachta indica A. Juss.) 1 LÉDO, A.S. 1 ; BLANK, A.F. 2 ; BARBOZA, S.B.S.C. 3 ; RANGEL, M.S.A. 4 ; LÉDO, C.A.S. 5 1Embrapa Tabuleiros

Leia mais

Anais do Seminário de Bolsistas de Pós-Graduação da Embrapa Amazônia Ocidental

Anais do Seminário de Bolsistas de Pós-Graduação da Embrapa Amazônia Ocidental Anais do Seminário de Bolsistas de Pós-Graduação da Embrapa Amazônia Ocidental Anais do Seminário de Bolsistas de Pós-Graduação da Embrapa Amazônia Ocidental Propagação Vegetativa de Piper hispidum Sw.

Leia mais

Germinação in vitro de embriões zigóticos e aclimatação de plântulas de mangaba oriundas da cultura de embrião (Hancornia speciosa Gomes)

Germinação in vitro de embriões zigóticos e aclimatação de plântulas de mangaba oriundas da cultura de embrião (Hancornia speciosa Gomes) SCIENTIA PLENA VOL. 7, NUM. 11 2011 www.scientiaplena.org.br Germinação in vitro de embriões zigóticos e aclimatação de plântulas de mangaba oriundas da cultura de embrião (Hancornia speciosa Gomes) K.

Leia mais

BIOCARVÃO COMO COMPLEMENTO NO SUBSTRATO PARA A PRODUÇÃO DE MUDAS DE TOMATE CEREJA

BIOCARVÃO COMO COMPLEMENTO NO SUBSTRATO PARA A PRODUÇÃO DE MUDAS DE TOMATE CEREJA BIOCARVÃO COMO COMPLEMENTO NO SUBSTRATO PARA A PRODUÇÃO DE MUDAS DE TOMATE CEREJA Lucas Gomes de Souza 1, Francisco Lopes Evangelista 2, Gabriel José Lima da Silveira 3, Susana Churka Blum 4 Resumo: O

Leia mais

Evaluation of asepsis, agar concentration and culture medium composition methods for in vitro propagation of Pimpinella anisum (Linn.

Evaluation of asepsis, agar concentration and culture medium composition methods for in vitro propagation of Pimpinella anisum (Linn. Avaliação de métodos de esterilização, concentração de ágar e composição de meio de cultura para propagação in vitro de Pimpinella anisum (Linn.) Apiaceae Evaluation of asepsis, agar concentration and

Leia mais

CULTURA NO CULTIVO IN VITRO DE ABACAXIZEIRO E BANANEIRA

CULTURA NO CULTIVO IN VITRO DE ABACAXIZEIRO E BANANEIRA EFEITO DE AGENTES Efeito de agentes GELEIFICANTES geleificantes alternativos ALTERNATIVOS no meio de cultura... NO MEIO DE CULTURA NO CULTIVO IN VITRO DE ABACAXIZEIRO E BANANEIRA 4 Effect of alternative

Leia mais

Soluções de condicionamento na longevidade de inflorescências de copo-de-leite colhidas em diferentes fases de abertura da espata

Soluções de condicionamento na longevidade de inflorescências de copo-de-leite colhidas em diferentes fases de abertura da espata Soluções de condicionamento na longevidade de inflorescências de copo-de-leite colhidas em diferentes fases de abertura da espata Ingrid Santos da Fonseca (1), Elka Fabiana Aparecida Almeida (2), Simone

Leia mais

AÇÃO DA 6-BENZILAMINOPURINA E DA QUALIDADE DA LUZ NA MULTIPLICAÇÃO IN VITRO DE MACIEIRA (Malus domestica BORKH.) CVS. GALAXY E MASTERGALA

AÇÃO DA 6-BENZILAMINOPURINA E DA QUALIDADE DA LUZ NA MULTIPLICAÇÃO IN VITRO DE MACIEIRA (Malus domestica BORKH.) CVS. GALAXY E MASTERGALA AÇÃO DA 6-BENZILAMINOPURINA E DA QUALIDADE DA LUZ NA MULTIPLICAÇÃO IN VITRO DE MACIEIRA (Malus domestica BORKH.) CVS. GALAXY E MASTERGALA ACTION OF THE 6-BENZYLAMINOPURINE AND OF THE LIGHT QUALITY ON THE

Leia mais

SOBREVIVÊNCIA DE ESTACAS DE ESPÉCIES ARBÓREAS EM SUBSTRATOS COM DIFERENTES DOSES DE AIB PLANTADAS EM TUBETE

SOBREVIVÊNCIA DE ESTACAS DE ESPÉCIES ARBÓREAS EM SUBSTRATOS COM DIFERENTES DOSES DE AIB PLANTADAS EM TUBETE 5ª Jornada Científica e Tecnológica e 2º Simpósio de Pós-Graduação do IFSULDEMINAS 06 a 09 de novembro de 2013, Inconfidentes/MG SOBREVIVÊNCIA DE ESTACAS DE ESPÉCIES ARBÓREAS EM SUBSTRATOS COM DIFERENTES

Leia mais

TOLERÂNCIA DE CULTIVARES DE MAMONEIRA À TOXICIDADE DE ALUMÍNIO EM SOLUÇÃO NUTRITIVA.

TOLERÂNCIA DE CULTIVARES DE MAMONEIRA À TOXICIDADE DE ALUMÍNIO EM SOLUÇÃO NUTRITIVA. TOLERÂNCIA DE CULTIVARES DE MAMONEIRA À TOXICIDADE DE ALUMÍNIO EM SOLUÇÃO NUTRITIVA Adriana Rodrigues Passos 1, Simone Alves Silva 1, Fernando Irajá Félix de Carvalho 2, Irineu Hartwig 2, Maraísa Crestani

Leia mais

POLIPLOIDIA EM AMOREIRA BRANCA NATIVA DO SUL DO BRASIL Rubus imperialis VISA O MELHORAMENTO VEGETAL DA ESPÉCIE

POLIPLOIDIA EM AMOREIRA BRANCA NATIVA DO SUL DO BRASIL Rubus imperialis VISA O MELHORAMENTO VEGETAL DA ESPÉCIE POLIPLOIDIA EM AMOREIRA BRANCA NATIVA DO SUL DO BRASIL Rubus imperialis VISA O MELHORAMENTO VEGETAL DA ESPÉCIE Larissa Costa MELLO 1, Maria do Carmo Bassols RASEIRA 2, Marco Antonio DALBÓ 3, Clenilso Sehnen

Leia mais

TÍTULO: AVALIAÇÃO DE MUDAS DE COFFEA ARABICA PRODUZIDAS EM DIFERENTES RECIPIENTES

TÍTULO: AVALIAÇÃO DE MUDAS DE COFFEA ARABICA PRODUZIDAS EM DIFERENTES RECIPIENTES TÍTULO: AVALIAÇÃO DE MUDAS DE COFFEA ARABICA PRODUZIDAS EM DIFERENTES RECIPIENTES CATEGORIA: CONCLUÍDO ÁREA: CIÊNCIAS EXATAS E DA TERRA SUBÁREA: CIÊNCIAS AGRÁRIAS INSTITUIÇÃO: CENTRO UNIVERSITÁRIO DO PLANALTO

Leia mais

INDUÇÃO DE MULTIBROTAÇÕES IN VITRO, A PARTIR DE GEMAS COTILEDONARES DE ALGODÃO (Gossypium hirsutum L.) DA CULTIVAR CNPA

INDUÇÃO DE MULTIBROTAÇÕES IN VITRO, A PARTIR DE GEMAS COTILEDONARES DE ALGODÃO (Gossypium hirsutum L.) DA CULTIVAR CNPA INDUÇÃO DE MULTIBROTAÇÕES IN VITRO, A PARTIR DE GEMAS COTILEDONARES DE ALGODÃO (Gossypium hirsutum L.) DA CULTIVAR CNPA 98-1034 Adriana Carneiro Tavares (UEPB / adrianaestevam@yahoo.com.br), Morganna Pollynne

Leia mais

Effect of Antioxidants and Decontaminating on Establishment of Explants of Banana Plant

Effect of Antioxidants and Decontaminating on Establishment of Explants of Banana Plant Anicezio, l.c. Efeito de Antioxidantes e Descontaminantes no Estabelecimento de Explantes de Bananeira (Musa spp) in vitro Effect of Antioxidants and Decontaminating on Establishment of Explants of Banana

Leia mais

CRESCIMENTO DE CLONES DE

CRESCIMENTO DE CLONES DE CRESCIMENTO DE CLONES DE Eucalyptus EM FUNÇÃO DA DOSE E FONTE DE BORO UTILIZADA Parceria RR Agroflorestal e VM Claudemir Buona 1 ; Ronaldo Luiz Vaz de A. Silveira 1 ; Hélder Bolognani 2 e Maurício Manoel

Leia mais

UTILIZAÇÃO DE NITRATO DE AMÔNIO E DE URÉIA COMO FONTES DE NITROGÊNIO NA MICROPROPAGAÇÃO DE AMOREIRA-PRETA

UTILIZAÇÃO DE NITRATO DE AMÔNIO E DE URÉIA COMO FONTES DE NITROGÊNIO NA MICROPROPAGAÇÃO DE AMOREIRA-PRETA Scientia Agraria ISSN 1519-1125 (printed) and 1983-2443 (on-line) VILLA, F. et al. Utilização de nitrato de amônio e de uréia como fontes... UTILIZAÇÃO DE NITRATO DE AMÔNIO E DE URÉIA COMO FONTES DE NITROGÊNIO

Leia mais

TÍTULO: EFEITOS DA PROFUNDIDADE DE PLANTIO NA GERMINAÇÃO E PRODUÇÃO DE MASSA DO CAPIM BRAQUIARÃO ADUBADO NO PLANTIO

TÍTULO: EFEITOS DA PROFUNDIDADE DE PLANTIO NA GERMINAÇÃO E PRODUÇÃO DE MASSA DO CAPIM BRAQUIARÃO ADUBADO NO PLANTIO Anais do Conic-Semesp. Volume 1, 2013 - Faculdade Anhanguera de Campinas - Unidade 3. ISSN 2357-8904 TÍTULO: EFEITOS DA PROFUNDIDADE DE PLANTIO NA GERMINAÇÃO E PRODUÇÃO DE MASSA DO CAPIM BRAQUIARÃO ADUBADO

Leia mais

MICROPROPAGAÇÃO DE HIPPEASTRUM HYBRIDUM APPLE BLOSSOM, MEDIANTE ESCAMAS DUPLAS 1

MICROPROPAGAÇÃO DE HIPPEASTRUM HYBRIDUM APPLE BLOSSOM, MEDIANTE ESCAMAS DUPLAS 1 MICROPROPAGAÇÃO ARTIGO DE HIPPEASTRUM CIENTÍFICO HYBRIDUM... 35 MICROPROPAGAÇÃO DE HIPPEASTRUM HYBRIDUM APPLE BLOSSOM, MEDIANTE ESCAMAS DUPLAS 1 ANTONIO FERNANDO CAETANO TOMBOLATO 2, 3 ; ANA MARIA MOLINI

Leia mais

EFEITO DO PROCESSAMENTO E DO TEMPO DE EXTRAÇÃO NO TEOR DE ÓLEO ESSENCIAL EM FOLHAS DE HORTELÃ-DO-CAMPO

EFEITO DO PROCESSAMENTO E DO TEMPO DE EXTRAÇÃO NO TEOR DE ÓLEO ESSENCIAL EM FOLHAS DE HORTELÃ-DO-CAMPO BOTREL PP; PINTO Efeito do JEB; processamento FIGUEIREDO e FC; do ARAÚJO tempo de ACC. extração 2008. no Efeito teor do de processamento óleo essencial e em do tempo folhas de de extração hortelã-do-campo

Leia mais

Caue de Abreu Alvarez (PIBIC/CNPq), Sandremir de Carvalho (Orientador),

Caue de Abreu Alvarez (PIBIC/CNPq), Sandremir de Carvalho (Orientador), OBTENÇÃO DE PLÂNTULAS DO HÍBRIDO DE CATTLEYA LODDIGESII x CATTLEYA FORBESII (ORCHIDACEAE), OBTIDA A PARTIR DE DIFERENTES FONTES E CONCENTRAÇÕES DE CARBONO. Caue de Abreu Alvarez (PIBIC/CNPq), Sandremir

Leia mais

EFEITO DA TEMPERATURA E DO FOTOPERÍODO NO DESENVOLVIMENTO in vitro E in vivo DE Aspergillus niger EM CEBOLA

EFEITO DA TEMPERATURA E DO FOTOPERÍODO NO DESENVOLVIMENTO in vitro E in vivo DE Aspergillus niger EM CEBOLA EFEITO DA TEMPERATURA E DO FOTOPERÍODO NO DESENVOLVIMENTO in vitro E in vivo DE Aspergillus niger EM CEBOLA Cargnim, Jaqueline Marques ; Marcuzzo, Leandro Luiz Instituto Federal Catarinense, Rio do Sul/SC

Leia mais

Óleos essenciais de Alecrim pimenta e Capim citronela na germinação de sementes de beterraba (Early Wonder)

Óleos essenciais de Alecrim pimenta e Capim citronela na germinação de sementes de beterraba (Early Wonder) Óleos essenciais de Alecrim pimenta e Capim citronela na germinação de sementes de beterraba (Early Wonder) Iarajane Bezerra do Nascimento¹; Renato Innecco; Cláudia Araújo Marco; Neyla Diógenes Mendonça

Leia mais

Influência da caseína hidrolisada no cultivo in vitro de Oncidium baueri (Orchidaceae)

Influência da caseína hidrolisada no cultivo in vitro de Oncidium baueri (Orchidaceae) Influência da caseína hidrolisada no cultivo in vitro de Oncidium baueri (Orchidaceae) Influência da caseína hidrolisada no cultivo in vitro de Oncidium baueri (Orchidaceae) Influence of hydrolized casein

Leia mais

MICROPROPAGAÇÃO DE VIOLETA-AFRICANA: ESTABELECIMENTO E INICIAÇÃO DE CULTURAS COM A UTILIZAÇÃO DE BENZILAMINOPURINA E ÁCIDO INDOLACÉTICO

MICROPROPAGAÇÃO DE VIOLETA-AFRICANA: ESTABELECIMENTO E INICIAÇÃO DE CULTURAS COM A UTILIZAÇÃO DE BENZILAMINOPURINA E ÁCIDO INDOLACÉTICO MICROPROPAGAÇÃO DE VIOLETA-AFRICANA: ESTABELECIMENTO E INICIAÇÃO DE CULTURAS COM A UTILIZAÇÃO DE BENZILAMINOPURINA E ÁCIDO INDOLACÉTICO Micropropagation of African-Violet: establishment and initiation

Leia mais

Influência do 2,4-D, nitrato de prata e ácido acetilsalicílico no cultivo in vitro de anteras de cafeeiro (Coffea arabica L.).

Influência do 2,4-D, nitrato de prata e ácido acetilsalicílico no cultivo in vitro de anteras de cafeeiro (Coffea arabica L.). Influência do 2,4-D, nitrato de prata e ácido acetilsalicílico no cultivo in vitro de anteras de cafeeiro (Coffea arabica L.). 2,4-D, Silver nitrate, and acetylsalicylic acid influence on the in vitro

Leia mais

MICROPROPAGAÇÃO DE VIOLETA-AFRICANA LUCAS, M. A. K. et al. (Saintpaulia ionantha Wendl.): EFEITO DA BENZILAMINOPURINA NA MULTIPLICAÇÃO

MICROPROPAGAÇÃO DE VIOLETA-AFRICANA LUCAS, M. A. K. et al. (Saintpaulia ionantha Wendl.): EFEITO DA BENZILAMINOPURINA NA MULTIPLICAÇÃO MICROPROPAGAÇÃO DE VIOLETA-AFRICANA LUCAS, M. A. K. et al. (Saintpaulia ionantha Wendl.): EFEITO DA BENZILAMINOPURINA NA MULTIPLICAÇÃO 1380 Micropropagation of African-Violet (Saintpaulia ionantha Wendl.):

Leia mais

TEMPO DE COZIMENTO DE RAÍZES DE GENÓTIPOS DE MANDIOCA DE MESA (Manihot esculenta Crantz) SOB SISTEMA IRRIGADO E DE SEQUEIRO)

TEMPO DE COZIMENTO DE RAÍZES DE GENÓTIPOS DE MANDIOCA DE MESA (Manihot esculenta Crantz) SOB SISTEMA IRRIGADO E DE SEQUEIRO) TEMPO DE COZIMENTO DE RAÍZES DE GENÓTIPOS DE MANDIOCA DE MESA (Manihot esculenta Crantz) SOB SISTEMA IRRIGADO E DE SEQUEIRO) Rosangela Nascimento da Silva Ribeiro 1 ; Maurício Antônio Coelho Filho 2 ;

Leia mais

GERMINAÇÃO ASSIMBIÓTICA DE Cyrtopodium saintlegerianum RCHB.F (ORCHIDACEAE: CYRTOPODIINAE)

GERMINAÇÃO ASSIMBIÓTICA DE Cyrtopodium saintlegerianum RCHB.F (ORCHIDACEAE: CYRTOPODIINAE) GERMINAÇÃO ASSIMBIÓTICA DE Cyrtopodium saintlegerianum RCHB.F (ORCHIDACEAE: CYRTOPODIINAE) Daniella Mota SILVA 1 ; Sérgio Tadeu SIBOV 1 ; Luciano Lajovic CARNEIRO; Juliana KLUTHCOUSKI 2 1 Programa de Pós-Graduação

Leia mais

EFEITO DO TEMPO DE DESINFESTAÇÃO E ÉPOCAS DO ANO NO ESTABELECIMENTO IN VITRO DE EXPLANTES FOLIARES DE PINHÃO-MANSO

EFEITO DO TEMPO DE DESINFESTAÇÃO E ÉPOCAS DO ANO NO ESTABELECIMENTO IN VITRO DE EXPLANTES FOLIARES DE PINHÃO-MANSO EFEITO DO TEMPO DE DESINFESTAÇÃO E ÉPOCAS DO ANO NO ESTABELECIMENTO IN VITRO DE EXPLANTES FOLIARES DE PINHÃO-MANSO Eduardo Regiani Libert ; Enes Furlani Junior (2) ; Aline Namie Suzuki (3) ; Luiz De Souza

Leia mais

AVALIAÇÃO DOS TEORES DE ÓLEOS ESSENCIAIS PRESENTES EM PLANTAS AROMÁTICAS FRESCAS E DESIDRATADAS

AVALIAÇÃO DOS TEORES DE ÓLEOS ESSENCIAIS PRESENTES EM PLANTAS AROMÁTICAS FRESCAS E DESIDRATADAS AVALIAÇÃO DOS TEORES DE ÓLEOS ESSENCIAIS PRESENTES EM PLANTAS AROMÁTICAS FRESCAS E DESIDRATADAS Valéria Cristina Ramalho 1 Denise Andreo 2 Priscila Milene Angelo 3 Neuza Jorge 4 RESUMO Óleos essenciais

Leia mais

EMBRIOGÊNESE SOMÁTICA DE VARIEDADES SUPERIORES DE CANA-DE- AÇÚCAR (Saccharum spp.)

EMBRIOGÊNESE SOMÁTICA DE VARIEDADES SUPERIORES DE CANA-DE- AÇÚCAR (Saccharum spp.) EMBRIOGÊNESE SOMÁTICA DE VARIEDADES SUPERIORES DE CANA-DE- AÇÚCAR (Saccharum spp.) SOMATIC EMBRYOGENESIS IN THE SUPERIOR VARIETY OF SUGARCANE (Saccharum spp.) Thays Saynara Alves Menezes 1 ; Thatiana Carvalho

Leia mais

Produção hidropônica de coentro em diferentes concentrações de solução nutritiva, em sistema NFT

Produção hidropônica de coentro em diferentes concentrações de solução nutritiva, em sistema NFT Produção hidropônica de coentro em diferentes concentrações de solução nutritiva, em sistema NFT Lívia Vieira de Andrade; José Magno Queiroz Luz; Monalisa Alves Diniz da Silva; Vinícius Borges dos Santos;

Leia mais

Nitrato de amônio e nitrato de potássio no desenvolvimento in vitro de embriões somáticos de pupunheiras - NOTA -

Nitrato de amônio e nitrato de potássio no desenvolvimento in vitro de embriões somáticos de pupunheiras - NOTA - Ciência Rural Nitrato Santa de amônio Maria e v40 nitrato n7 de p1655-1659 potássio no jul desenvolvimento 2010 in vitro de embriões somáticos de pupunheiras ISSN 0103-8478 1655 Nitrato de amônio e nitrato

Leia mais

Concentrações de BAP sobre a proliferação in vitro de brotos de Lippia alba [(Mill.)N.E.Brown]

Concentrações de BAP sobre a proliferação in vitro de brotos de Lippia alba [(Mill.)N.E.Brown] 149 Concentrações de BAP sobre a proliferação in vitro de brotos de Lippia alba [(Mill.)N.E.Brown] ASMAR, S.A.*; RESENDE, R.F.; ARARUNA, E.C.; MORAIS, T.P.; LUZ, J.M.Q. Universidade Federal de Uberlândia

Leia mais

Anais do Congresso de Pesquisa, Ensino e Extensão- CONPEEX (2010)

Anais do Congresso de Pesquisa, Ensino e Extensão- CONPEEX (2010) Anais do Congresso de Pesquisa, Ensino e Extensão- CONPEEX (2010) 5771-5775 AVALIAÇÃO DE GENÓTIPOS DE ARROZ IRRIGADO NO USO DE NITROGÊNIO CARVALHO, Glaucilene Duarte 1 ; DE CAMPOS, Alfredo Borges 2 & FAGERIA,

Leia mais

Avaliação da regeneração in vitro de explantes de caupi e soja 1

Avaliação da regeneração in vitro de explantes de caupi e soja 1 Revista Ciência Agronômica, v.37, n.2, p.153-159, 2006 Centro de Ciências Agrárias - Universidade Federal do Ceará, Fortaleza, CE www.ccarevista.ufc.br ISSN 0045-6888 Avaliação da regeneração in vitro

Leia mais

VARIAÇÕES CLONAIS EM CULTURA DE TECIDOS DE Phyllanthus tenellus ROXB., UMA PLANTA MEDICINAL

VARIAÇÕES CLONAIS EM CULTURA DE TECIDOS DE Phyllanthus tenellus ROXB., UMA PLANTA MEDICINAL ISSN 98-49 - Volume 4 Número VARIAÇÕES CLONAIS EM CULTURA DE TECIDOS DE Phyllanthus tenellus ROXB., UMA PLANTA MEDICINAL Cristiane Pimentel Victório ; Celso Luiz Salgueiro Lage RESUMO - O padrão de desenvolvimento

Leia mais

USO DE FERTILIZANTE ORGANO-MINERAL FLUÍDO NA ACLIMATAÇÃO DE MUDAS DE BANANEIRA MICROPROPAGADAS

USO DE FERTILIZANTE ORGANO-MINERAL FLUÍDO NA ACLIMATAÇÃO DE MUDAS DE BANANEIRA MICROPROPAGADAS REVISTA CIENTÍFICA ELETRÔNICA DE AGRONOMIA - ISSN 1678-3867 PUBLICAÇÃO CI ENTÍFICA DA FACULDADE DE AGRONOMIA E ENGENHARIA FLORESTAL DE GARÇA/FAEF ANO V, NÚMERO, 09, JUNHO DE 2006. PERIODICIDADE: SEMESTRAL

Leia mais

Meios de cultura utilizados na micropropagação de híbridos de orquídeas. Culture media used in the micropropagation of orchids hybrids

Meios de cultura utilizados na micropropagação de híbridos de orquídeas. Culture media used in the micropropagation of orchids hybrids DOI: 10.5433/1679-0359.2014v35n4p1731 Meios de cultura utilizados na micropropagação de híbridos de orquídeas Culture media used in the micropropagation of orchids hybrids Luzia Yuriko Miyata 1 ; Fabíola

Leia mais

Protocolo para micropropagação de marmeleiro BA29 em meio semissólido

Protocolo para micropropagação de marmeleiro BA29 em meio semissólido DOI: 10.5965/223811711532016266 Protocolo para micropropagação de marmeleiro BA29 em meio semissólido Protocol for micropropagation of quince BA29 in semisolid media Fernanda Grimaldi *, Aline Meneguzzi,

Leia mais

CULTIVO IN VITRO DE SEGMENTOS NODAIS DE HORTELÃ

CULTIVO IN VITRO DE SEGMENTOS NODAIS DE HORTELÃ MICROPROPAGAÇÃO CULTIVO IN VITRO DE SEGMENTOS NODAIS DE HORTELÃ As mentas ou hortelãs são plantas perenes, raramente anuais, que se expandem mediante estolões. O fenômeno de hibridização interespecífica,

Leia mais

MICROPROPAGAÇÃO DE PORTA-ENXERTO DE VIDEIRA PAULSEN 1103 IN VITRO, COM DIFERENTES CONCENTRAÇÕES DE CITOCININA.

MICROPROPAGAÇÃO DE PORTA-ENXERTO DE VIDEIRA PAULSEN 1103 IN VITRO, COM DIFERENTES CONCENTRAÇÕES DE CITOCININA. MICROPROPAGAÇÃO DE PORTA-ENXERTO DE VIDEIRA PAULSEN 1103 IN VITRO, COM DIFERENTES CONCENTRAÇÕES DE CITOCININA. MICROPROPAGATION OF STOCK FOR GRAFTING OF GRAPEVINE PAULSEN 1103 "IN VITRO", WITH DIFFERENT

Leia mais

Reguladores de crescimento vegetal no cultivo in vitro de Mentha x Piperita L.

Reguladores de crescimento vegetal no cultivo in vitro de Mentha x Piperita L. 350 Reguladores de crescimento vegetal no cultivo in vitro de Mentha x Piperita L. MORAIS, T.P. 1 ; ASMAR, S.A. 1* ; LUZ, J.M.Q. 1 1Universidade Federal de Uberlândia UFU, Instituto de Ciências Agrárias,

Leia mais

PADRONIZAÇÃO DO CULTIVO DE ALGODÃO (Gossypium hirsutum) IN VITRO

PADRONIZAÇÃO DO CULTIVO DE ALGODÃO (Gossypium hirsutum) IN VITRO UNIVERSIDADE FEDERAL DE UBERLÂNDIA 4ª Semana do Servidor e 5ª Semana Acadêmica 2008 UFU 30 anos PADRONIZAÇÃO DO CULTIVO DE ALGODÃO (Gossypium hirsutum) IN VITRO Rafael Rogério Pereira da Silva (1), Universidade

Leia mais

Uso de LEDs na multiplicação e enraizamento in vitro de framboeseiras 1. LED - New light source for multiplication and rooting in vitro of raspberry

Uso de LEDs na multiplicação e enraizamento in vitro de framboeseiras 1. LED - New light source for multiplication and rooting in vitro of raspberry PAULO SÉRGIO GOMES DA ROCHA, ROBERTO PEDROSO DE OLIVEIRA, WALKYRIA BUENO SCIVITTARO Uso de LEDs na multiplicação e enraizamento in vitro de framboeseiras 1 Paulo Sérgio Gomes da Rocha 2 *, Roberto Pedroso

Leia mais

Concentrações de reguladores vegetais no estiolamento in vitro de ananás do campo

Concentrações de reguladores vegetais no estiolamento in vitro de ananás do campo Concentrações de reguladores vegetais no estiolamento in vitro de ananás do campo Concentrations of plant regulators in the blanching in vitro of pineapple of the field Márcia Maria Dias 1 *; Moacir Pasqual

Leia mais

Revista Ceres ISSN: 0034-737X ceresonline@ufv.br Universidade Federal de Viçosa Brasil

Revista Ceres ISSN: 0034-737X ceresonline@ufv.br Universidade Federal de Viçosa Brasil Revista Ceres ISSN: 0034-737X ceresonline@ufv.br Universidade Federal de Viçosa Brasil Rodrigues Soares, Joyce Dória; Almendagna Rodrigues, Filipe; Gomes de Araujo, Aparecida; Pasqual, Moacir; Aparecida

Leia mais

PROPAGAÇÃO VEGETATIVA DE ABACATEIRO (Persea sp.), POR ESTAQUIA(1)

PROPAGAÇÃO VEGETATIVA DE ABACATEIRO (Persea sp.), POR ESTAQUIA(1) PROPAGAÇÃO VEGETATIVA DE ABACATEIRO (Persea sp.), POR ESTAQUIA(1) Samar Velho da Silveira(2) Paulo Vítor Dutra de Souza(3) Otto Carlos KoIler(4) (1) Estudo financiado pela FINEP. (2) Eng. Agr., aluno do

Leia mais

Atributos químicos do solo sob diferentes tipos de vegetação na Unidade Universitária de Aquidauana, MS

Atributos químicos do solo sob diferentes tipos de vegetação na Unidade Universitária de Aquidauana, MS Atributos químicos do solo sob diferentes tipos de vegetação na Unidade Universitária de Aquidauana, MS JEAN SÉRGIO ROSSET 1, JOLIMAR ANTONIO SCHIAVO 2 Bolsista CNPq 1 Orientador 2 RESUMO O objetivo deste

Leia mais

MICROPROPAGAÇÃO DE DUAS VILLA, ESPÉCIES F. et al. FRUTÍFERAS, EM MEIO DE CULTURA DSD1, MODIFICADO COM FONTES DE BORO E ZINCO

MICROPROPAGAÇÃO DE DUAS VILLA, ESPÉCIES F. et al. FRUTÍFERAS, EM MEIO DE CULTURA DSD1, MODIFICADO COM FONTES DE BORO E ZINCO 468 MICROPROPAGAÇÃO DE DUAS VILLA, ESPÉCIES F. et al. FRUTÍFERAS, EM MEIO DE CULTURA DSD1, MODIFICADO COM FONTES DE BORO E ZINCO Micropropagation of two fruit tree species on dsd1 culture medium modified

Leia mais

Fontes de silício na micropropagação de orquídea do grupo Cattleya

Fontes de silício na micropropagação de orquídea do grupo Cattleya DOI: 10.4025/actasciagron.v33i3.6281 Fontes de silício na micropropagação de orquídea do grupo Cattleya Joyce Doria Rodrigues Soares *, Moacir Pasqual, Filipe Almendagna Rodrigues, Fabíola Villa e Aparecida

Leia mais

INFLUÊNCIA DO ÁCIDO INDOL-3-BUTÍRICO NO CRESCIMENTO INICIAL DE PLANTAS DE CONFREI (Symphytum officinale L.) 1

INFLUÊNCIA DO ÁCIDO INDOL-3-BUTÍRICO NO CRESCIMENTO INICIAL DE PLANTAS DE CONFREI (Symphytum officinale L.) 1 INFLUÊNCIA DO ÁCIDO INDOL-3-BUTÍRICO NO CRESCIMENTO INICIAL DE PLANTAS DE CONFREI (Symphytum officinale L.) 1 RESUMO - Com o objetivo de avaliar a influência do ácido indol-3-butírico (AIB) no crescimento

Leia mais

EFEITO DE ADUBAÇÃO NITROGENADA EM MILHO SAFRINHA CULTIVADO EM ESPAÇAMENTO REDUZIDO, EM DOURADOS, MS

EFEITO DE ADUBAÇÃO NITROGENADA EM MILHO SAFRINHA CULTIVADO EM ESPAÇAMENTO REDUZIDO, EM DOURADOS, MS EFEITO DE ADUBAÇÃO NITROGENADA EM MILHO SAFRINHA CULTIVADO EM ESPAÇAMENTO REDUZIDO, EM DOURADOS, MS Carlos Hissao Kurihara (1), Bruno Patrício Tsujigushi (2) Introdução A adubação da cultura do milho safrinha

Leia mais

EFEITO DAS ESTAÇÕES DO ANO NA CALOGÊNESE E EMBRIOGÊNESE SOMÁTICA EM OITO GENÓTIPOS DE Coffea arabica

EFEITO DAS ESTAÇÕES DO ANO NA CALOGÊNESE E EMBRIOGÊNESE SOMÁTICA EM OITO GENÓTIPOS DE Coffea arabica FITO S STÇÕS O NO N LOGÊNS MRIOGÊNS SOMÁTI M OITO GNÓTIPOS offea arabica Julieta ndréa S. lmeida, Luis arlos S. Ramos mail: lcramos@iac.sp.gov.br, Luiz arlos Fazuoli Instituto gronômico de ampinas, ampinas,

Leia mais