PROGRAMA DE UNIDADE CURRICULAR

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "PROGRAMA DE UNIDADE CURRICULAR"

Transcrição

1 PROGRAMA DE UNIDADE CURRICULAR Curso: Licenciatura em língua Gestual portuguesa Ciclo: 1º Ciclo Ramo: Ano: 1º Ano Designação: DESPORTO E RECREAÇÃO Créditos: 5 Departamento: Ciências da Comunicação e da Linguagem Tipo: T / P Área científica: Ciências da Comunicação Opção/Obrig Obrigatório Ano lectivo Docentes: Responsável da UC: 2013 / 2014 Paulo Nunes Paulo Nunes Total de Horas 135 Total de Horas de contacto: 50 Nº de horas de contacto: T ensino teórico 20 TP teóricoprático 20 TC trabalho de campo S seminário OT orientação tutória 5 O outra PL prático e laboratorial E estágio 5 Nº de Horas de trabalho autónomo Estágio Projeto 15 Trabalho no terreno. Estudo 60 Avaliação Introdução O Desporto é atualmente uma atividade social e económica de primordial importância. Com o acelerado desenvolvimento na sua vertente recreativa, e das práticas que lhe estão relacionadas, contribuem de uma forma imprescindível para o aproveitamento ativo e enriquecedor dos tempos livres do cidadão. Pretende-se com esta UC contribuir para que os alunos, a partir de uma análise das várias áreas do desporto, na relação com a saúde, e da sua prática, se apropriem de um conjunto de competências e de conhecimentos, que permitam o sucesso profissional, no âmbito das tarefas de monitorização, organização e gestão de atividades físicas e desportiva de cariz informal. O programa da disciplina Desporto e Recreação é semestral, e terá uma carga horária teórico-prática de 3h30m por semana. A abordagem dos seus conteúdos fundamenta-se num conjunto de bases teóricas e de aplicação prática, baseadas nos pressupostos da análise da tarefa, tendo por base as técnicas e estratégias de ensino mais aplicadas na condução do processo de ensinoaprendizagem da atividade física e desporto. 1/5

2 2. Objetivos de aprendizagem (conhecimentos, aptidões e competências a desenvolver pelos estudantes) 2.1. Identificar e conhecer os principais fundamentos do Desporto e Recreação; 2.2. Conhecer os métodos e técnicas de programação, organização e intervenção, em diferentes contextos de prática física e desportiva; 2.3. Dominar as metodologias relativas à concepção das ações práticas em diferentes domínios do Desporto na sua vertente recreativa. 3. Conteúdos programáticos 3.1. Componente teórico-prática História e enquadramento do Desporto e Recreação - Resenha histórica - Alterações sociais e culturais do Sec. XX: As exigências/necessidades da sociedade relativamente à ocupação dos tempos livres e o papel do jogo na evolução do lazer. - Definições, classificações e teorias do jogo Caracterização do Desporto e Recreação - Os benefícios da prática da atividade física - Aspetos gerais dos Jogos e Desportos Análise funcional dos Desportos: identificação e análise dos princípios operacionais - Princípios orientadores do jogo na defesa e no ataque: fases de jogo e sua caracterização - Os Princípios, os Fatores e as Formas de Jogo - Sistemas de jogo: ofensivo e defensivo - Progressos pedagógicas/ Estudo de Caso, a modalidade de Basquetebol Fundamentos para a organização e condução das atividades - Os fatores que as condicionam - Preparação, condução e segurança das atividades - As características dos grupos - Os fatores de organização e a adaptação aos diferentes contextos de Intervenção 3.2. Aplicação Prática do Desporto e Recreação/ Trabalho de Campo - Contextualização/ Capacidades condicionais e coordenativas - Atividades de manutenção e melhoria da Condição Física: jogos de força, de velocidade, de resistência, de destreza e exercícios de flexibilidade. - Atividades de iniciação e aperfeiçoamento Desportivo: jogos pré-desportivos e Jogos desportivos colectivos. - Atividades de Aventura e Contacto com a Natureza. Os jogos de orientação e desportos de deslize. - Atividades Expressivas. Os jogos de dramatização e danças 4. Articulação dos conteúdos programáticos com os objetivos da unidade curricular Os conteúdos programáticos estão em coerência total com os objetivos da unidade curricular, iniciando-se com a abordagem de conceitos gerais sobre o desporto e recreação, descrevendo o modelo teórico, seguindo-se a abordagem de todos os conceitos relacionados com o tema. O domínio de métodos e instrumentos de análise do 2/5

3 desporto e recreação, impõe um carácter eminentemente prático e exigente de um conjunto de aspetos básicos como descritos nos conteúdos do programa da unidade curricular. 5. Metodologias de ensino A organização relativa à abordagem dos conteúdos programáticos assenta em três vertentes: uma vertente destinada aos estudos teóricos, uma outra parte destinada ao aprofundamento da teoria que se consubstancia nos chamados estudos teórico-práticos e uma terceira vertente relacionada com a aplicação dos conhecimentos por via do trabalho de projeto Estratégias de gestão do programa Aulas expositivas teórico-práticas; Leituras conduzidas e análise / discussão de textos; Pesquisa e produção de sínteses escritas Acompanhamento tutorial Fornece feedback em relação aos trabalhos a realizar, orientando e acompanhando o percurso curricular dos alunos. Espera-se que cada aluno esteja presente em 80% das aulas e participe na discussão das questões em análise, bem como nos trabalhos propostos e na execução das tarefas programáticas. Exeção feita oas alunos com o estatuto de trabalhador-estudante que deverá assistir no mínimo 50% da carga horária. 6. Articulação das metodologias de ensino com os objetivos de aprendizagem da unidade curricular Privilegiar-se-á metodologias interativas, o ensino pela descoberta, envolvendo os alunos no processo de ensino-aprendizagem, centrado na pesquisa, na análise qualitativa e quantitativa de artigos científicos, numa perspectiva de garantir a consecução dos objetivos da UC. O envolvimento dos discentes em projetos (trabalho de projeto) coordenados pelo docente permitirá a ponte entre os conteúdos teóricos e uma prática vivenciada, resultante do processo de investigação, que se pretende construtivo, significativo e de grande significado na formação pessoal e profissional. 7. Avaliação e classificação A avaliação dos alunos na disciplina Desporto e Recreação assenta nos pressupostos da avaliação contínua e está baseada em momentos de processo e de produto relativos aos conteúdos desenvolvidos no programa. A assiduidade às aulas constitui, por este motivo, um requisito que determina o tipo de avaliação a que se submete o aluno. A ocorrência da assistência de uma percentagem inferior a 80% de aulas dadas compromete os pressupostos da avaliação contínua, remetendo o aluno para um tipo de avaliação baseada em exame final. A avaliação contínua assenta em momentos de avaliação do processo, de carácter formativo, e em momentos de avaliação de produto de carácter sumativo. A avaliação do processo resulta do desempenho do aluno, consubstanciado numa atitude participativa objetiva, manifestada através do empenhamento nos trabalhos e nas atividades e tarefas desenvolvidas nas aulas, na capacidade de assimilação da matéria e na capacidade de análise e de reflexão crítica relacionada com os conteúdos veiculados pelo docente, tendo por base o programa da disciplina. 3/5

4 Para a atribuição da avaliação do processo o docente tem em conta o questionamento individual, a assiduidade e a participação objetiva. Para a atribuição da avaliação do produto, o docente dispõe da avaliação dos trabalhos (individuais, ou em grupo) realizados no decorrer das diversas tarefas exigidas ao longo do período da formação, assim como poderá ser pedido a classificação obtida na realização de uma prova teórica de conhecimentos, traduzida na apresentação e defesa do trabalho individual. Os critérios para atribuição da classificação final surgem numa escala de 0 a 20 valores e obedecem às seguintes ponderações: 7.1. A componente de processo contribui com 30% (6 valores) para a nota final e será aferida da seguinte forma: Desempenho do aluno, consubstanciado numa atitude participativa objetiva, manifestada através do rigor, empenhamento nos trabalhos e nas atividades e tarefas desenvolvidas em aulas, na capacidade de assimilação da matéria e na capacidade de análise e de reflexão crítica (15% - 3 valores); Exercícios de aplicação e consolidação de conhecimentos realizados em aula, tendo por base a discussão de temas pertinentes, surgindo na sequência do processo de ensinoaprendizagem (15% - 3 valores) A componente de produto contribui com 70% (14 valores) para a nota final e será aferida da seguinte forma: Um trabalho de projeto, individual e/ ou em grupo, consistindo na elaboração de uma pesquisa fundamentada, no âmbito do desporto e recreação, saúde e áreas complementares (35% - 7 valores); No ensino recíproco, apresentação e defesa do trabalho individual (35% - 7 valores). Para o efeito de atribuição da classificação final da disciplina, poderá o docente estipular, se achar necessário para uma melhor clarificação do processo de formação e respetiva avaliação, a discussão oral de qualquer uma das produções realizadas pelos alunos. 8. Observações Os alunos/as com estatuto especial, que não possam estar presentes nas sessões previstas, deverão dar conhecimento por escrito desse estatuto ao docente nos primeiros quinze dias de aulas. Será definido pelo docente e pelo discente um plano de trabalho a desenvolver em função das possibilidades e condições particulares de frequência de cada aluno, de forma a permitir o acompanhamento da UC no regime de avaliação contínua. Admite-se que a ordem de lecionação dos conteúdos programáticos seja alterada em função dos conhecimentos revelados pelos discentes, resultantes da avaliação inicial. Admite-se ainda, a abordagem de outros temas que possam enriquecer a formação dos alunos e que estejam relacionados com a disciplina. 4/5

5 9. Bibliografia 9.1. Essencial Bento, J.O.; Garcia, R.; Graça, A. (1999). Contextos da Pedagogia do Desporto. Lisboa: Livros Horizonte. Mosstol, M. & Ashworth, S. (2002). Teachingphysical edualtion (Sib ed.). San Francisco: Benjamin Cummings. Piéron, M. (1999). Para una Enseñanza Eficaz de las Actividades Físico-Deportivas. Barcelona: INDE Publicaciones. Siedentop, D. (2008). Aprender a Ensenar La Educacion Física. INDE. Sarmento, P. (2004). Pedagogia do Desporto e Observação. Lisboa: Edições FMH Complementar Bayer, C. (1994). O ensino dos desportos colectivos. Paris: Edições Vigot; Bento JO (1995).O outro lado do desporto. Porto: Campo das Letras. Bain L (1990). Physical education teacher education. In: Houston R, Haberman M, Sikula J (eds) Handbook of research on teacher education. New York: MacMillan, Carreiro da Costa F (1995). Condições e factores de ensino-aprendizagem e condutas motoras significativas: uma análise a partir da investigação realizada em Portugal. VI Congresso galego de educación física.corunha Coelho, O. (1985 ). Opção Desporto. O desporto na Escola. Coleção Desporto e Tempos Livres, Lisboa: Editorial Caminho; Queiroz, C. (1983). Análise sistemática do Jogo. Revista de Futebol F.P.F. Agosto. Lança, R. (2003). Animação Desportiva e Tempos Livres: Perspectivas de Organização. Colecção Desporto e Tempos Livres. Lisboa: Editorial Caminho. Morales, P. (1999). Animación y Dinámica de Grupos Deportivos: Manual para la enseñanza y animación. Wanceulen. Espanha: Editorial Deportiva, SL.; Moreno, G. (2003). Recreação 1000 Rio de Janeiro (4ª. edição). Rio de Janeiro: Sprint; 5/5

PROGRAMA DE UNIDADE CURRICULAR

PROGRAMA DE UNIDADE CURRICULAR PROGRAMA DE UNIDADE CURRICULAR Curso: Desporto Ciclo: 1º Ramo: Licenciatura em Desporto Ano: 3º Designação: ECONOMIA E MARKETING DO DESPORTO Créditos: 6 Departamento: Ciências e Tecnologias Tipo: Área

Leia mais

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular PEDAGOGIA DO DESPORTO Ano Lectivo 2014/2015

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular PEDAGOGIA DO DESPORTO Ano Lectivo 2014/2015 Programa da Unidade Curricular PEDAGOGIA DO DESPORTO Ano Lectivo 2014/2015 1. Unidade Orgânica Ciências Humanas e Sociais (1º Ciclo) 2. Curso Motricidade Humana 3. Ciclo de Estudos 1º 4. Unidade Curricular

Leia mais

PROGRAMA DE UNIDADE CURRICULAR

PROGRAMA DE UNIDADE CURRICULAR PROGRAMA DE UNIDADE CURRICULAR Curso: Pós Graduação em Ensino de Música Ciclo: 2º Ramo: Ano: 1º Designação: Psicologia da Aprendizagem Créditos: 6 Departamento: Ciências Sociais e Pedagogia Tipo: S Área

Leia mais

GUIA DE FUNCIONAMENTO DA UNIDADE CURRICULAR

GUIA DE FUNCIONAMENTO DA UNIDADE CURRICULAR Curso Desporto Ano letivo 2015/2016 Unidade Curricular Prática dos Desportos III - Andebol ECTS 3 Regime Obrigatório Ano 2º Semestre 1º Semestre Horas de trabalho globais Docente (s) Teresa Fonseca Total

Leia mais

PROGRAMA DE UNIDADE CURRICULAR

PROGRAMA DE UNIDADE CURRICULAR PROGRAMA DE UNIDADE CURRICULAR Curso: Educação Básica Ciclo: 1º Ramo: Ano: 2º Designação: Técnicas e Processos em Expressão Gráfica e Motora Créditos: 5 Departamento: CIÊNCIAS E TECNOLOGIAS/ARTES Tipo:

Leia mais

PROGRAMA DE UNIDADE CURRICULAR

PROGRAMA DE UNIDADE CURRICULAR PROGRAMA DE UNIDADE CURRICULAR Curso: Mestrado em Educação Pré-escolar Ciclo: 2º Ramo: Educação Ano: 1º Designação: Seminários de Investigação e de Projecto Créditos: 5 Departamento: Ciências Sociais e

Leia mais

PROGRAMA DE UNIDADE CURRICULAR

PROGRAMA DE UNIDADE CURRICULAR PROGRAMA DE UNIDADE CURRICULAR Curso: AIS Ciclo: 1º Ramo: Ano: 2º Designação: Pedagogia e Educação ao longo da Vida Créditos: 5 Departamento: Ciências Sociais e Pedagogia Tipo: Área científica: Pedagogia

Leia mais

ES C O L A S U PERI O R A G RÁ RI A

ES C O L A S U PERI O R A G RÁ RI A Licenciatura em Ecoturismo Ref.ª : 1821002 Ano lectivo: 2012-13 DESCRITOR DA UNIDADE CURRICULAR CIÊNCIAS SOCIAIS SOCIAL SCIENCES 1. Unidade Curricular: 1.1 Área científica: 31 - Ciências Sociais e do Comportamento

Leia mais

FICHA DE UNIDADE CURRICULAR (UC)

FICHA DE UNIDADE CURRICULAR (UC) FICHA DE UNIDADE CURRICULAR (UC) Ano letivo 2014/2015 Ano/Semestre curricular 3º ano 1ª semestre Curso Unidade Curricular [designação e tipo/se é do tipo obrigatório ou optativo] Língua de ensino ECTS

Leia mais

Ficha de Unidade Curricular

Ficha de Unidade Curricular Ficha de Unidade Curricular Unidade Curricular Designação Forma e Design (prática laboratorial) Área Científica: Design de Produto Ciclo de Estudos: Licenciatura Carácter: Obrigatória Semestre: 1º ECTS:

Leia mais

GUIA DE FUNCIONAMENTO DA UNIDADE CURRICULAR

GUIA DE FUNCIONAMENTO DA UNIDADE CURRICULAR Curso Desporto Ano letivo 2015/2016 Unidade Curricular Desporto II Atletismo II ECTS 2,0 Regime Obrigatório Ano 1 Semestre 2 Horas de trabalho globais Docente Faber Sergio Bastos Martins Total 54 Contacto

Leia mais

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular EXPRESSÃO CORPORAL E ARTÍSTICA Ano Lectivo 2014/2015

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular EXPRESSÃO CORPORAL E ARTÍSTICA Ano Lectivo 2014/2015 Programa da Unidade Curricular EXPRESSÃO CORPORAL E ARTÍSTICA Ano Lectivo 2014/2015 1. Unidade Orgânica Ciências Humanas e Sociais (1º Ciclo) 2. Curso Motricidade Humana 3. Ciclo de Estudos 1º 4. Unidade

Leia mais

DEPARTAMENTO CURRICULAR: MATEMÁTICA E CIÊNCIAS EXPERIMENTAIS

DEPARTAMENTO CURRICULAR: MATEMÁTICA E CIÊNCIAS EXPERIMENTAIS DEPARTAMENTO CURRICULAR: MATEMÁTICA E CIÊNCIAS EXPERIMENTAIS A avaliação constitui um processo regulador do ensino, orientador do percurso escolar e certificador dos conhecimentos adquiridos e capacidades

Leia mais

FICHA DE UNIDADE CURRICULAR (UC)

FICHA DE UNIDADE CURRICULAR (UC) FICHA DE UNIDADE CURRICULAR (UC) Ano letivo 2016-2017 Ano/Semestre curricular 1º/1º Curso Unidade Curricular [designação e tipo/se é do tipo obrigatório ou optativo] (máx100 caracteres) Licenciatura em

Leia mais

GUIA DE FUNCIONAMENTO DA UNIDADE CURRICULAR

GUIA DE FUNCIONAMENTO DA UNIDADE CURRICULAR Curso Unidade Curricular Regime Mestrado Educação Pré-Escolar e Ensino do 1º ciclo do ensino básico Expressões (plástica, musical, dramática físico-motora) Obrigatório Ano letivo 2015/2016 ECTS 75 Ano

Leia mais

FICHA DE UNIDADE CURRICULAR (UC) 1º Ano / 1º semestre Mestrado em Educação Pré-escolar Contextos e processos em educação de infância.

FICHA DE UNIDADE CURRICULAR (UC) 1º Ano / 1º semestre Mestrado em Educação Pré-escolar Contextos e processos em educação de infância. Ano/Semestre curricular FICHA DE UNIDADE CURRICULAR (UC) Ano letivo 2014/2015 Curso Unidade Curricular [designação e tipo/se é do tipo obrigatório ou optativo] Língua de ensino 1º Ano / 1º semestre Mestrado

Leia mais

GUIA DE FUNCIONAMENTO DA UNIDADE CURRICULAR

GUIA DE FUNCIONAMENTO DA UNIDADE CURRICULAR Curso DESPORTO Ano letivo 2015-16 Unidade Curricular PRÁTICA DE DESPORTOS I - FUTEBOL ECTS 3 Regime Obrigatório Ano 1 Semestre 1º Horas de trabalho globais Docente (s) Carlos Nuno Pires Lourenço Sacadura

Leia mais

NCE/14/00876 Relatório preliminar da CAE - Novo ciclo de estudos

NCE/14/00876 Relatório preliminar da CAE - Novo ciclo de estudos NCE/14/00876 Relatório preliminar da CAE - Novo ciclo de estudos Caracterização do pedido Perguntas A.1 a A.10 A.1. Instituição de Ensino Superior / Entidade Instituidora: Universidade Do Minho A.1.a.

Leia mais

EESTÁGIO PROFISSIONAL

EESTÁGIO PROFISSIONAL CAPÍTULO I Artigo 1.º Regime aplicável 1. O presente regulamento refere-se aos procedimentos de regulação do Estágio do 1.º ano do ramo de Design, da licenciatura do Curso de Arte e Design da Escola Superior

Leia mais

FICHA DE UNIDADE CURRICULAR (UC)

FICHA DE UNIDADE CURRICULAR (UC) FICHA DE UNIDADE CURRICULAR (UC) Ano letivo 2016/2017 Ano/Semestre curricular 1.º ano/2.ºsemestre Unidade Curricular [designação e tipo/se é do tipo obrigatório ou optativo] (máx100 caracteres) Língua

Leia mais

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular DIREITO CONSTITUCIONAL Ano Lectivo 2014/2015

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular DIREITO CONSTITUCIONAL Ano Lectivo 2014/2015 Programa da Unidade Curricular DIREITO CONSTITUCIONAL Ano Lectivo 2014/2015 1. Unidade Orgânica Direito (1º Ciclo) 2. Curso Direito 3. Ciclo de Estudos 1º 4. Unidade Curricular DIREITO CONSTITUCIONAL (02308)

Leia mais

Agrupamento de Escolas Francisco de Holanda. Ensino Secundário CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO DA DISCIPLINA DE EDUCAÇÃO FÍSICA 2016/2017

Agrupamento de Escolas Francisco de Holanda. Ensino Secundário CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO DA DISCIPLINA DE EDUCAÇÃO FÍSICA 2016/2017 16/17 Ensino Secundário 1. DOMÍNIO SÓCIO-AFETIVO (Formação pessoal Atitudes e valores) Assiduidade Pontualidade Atitudes (espírito desportivo, participação, interesse, responsabilidade, relações inter-pessoais)..

Leia mais

CONSELHO CIENTÍFICO PEDAGÓGICO DA FORMAÇÃO CONTÍNUA APRESENTAÇÃO DE ACÇÃO DE FORMAÇÃO NAS MODALIDADES DE CURSO, MÓDULO E SEMINÁRIO

CONSELHO CIENTÍFICO PEDAGÓGICO DA FORMAÇÃO CONTÍNUA APRESENTAÇÃO DE ACÇÃO DE FORMAÇÃO NAS MODALIDADES DE CURSO, MÓDULO E SEMINÁRIO CONSELHO CIENTÍFICO PEDAGÓGICO DA FORMAÇÃO CONTÍNUA APRESENTAÇÃO DE ACÇÃO DE FORMAÇÃO NAS MODALIDADES DE CURSO, MÓDULO E SEMINÁRIO Formulário de preenchimento obrigatório, a anexar à ficha modelo ACC 2

Leia mais

FICHA DE UNIDADE CURRICULAR (UC)

FICHA DE UNIDADE CURRICULAR (UC) Ano letivo 2014/2015 Ano/Semestre curricular 1ºAno/2ºSemestre Unidade Curricular [designação e tipo/se é do tipo obrigatório ou optativo] FICHA DE UNIDADE CURRICULAR (UC) Curso Equinicultura Ano letivo

Leia mais

Formação Pedagógica Inicial de Formadores Objetivos Gerais Este Curso, homologado pelo IEFP, visa dotar os participantes das técnicas, conhecimentos e competências necessárias á apresentação com sucesso

Leia mais

PLANO ANUAL EDUCAÇÃO FÍSICA 3º CICLO

PLANO ANUAL EDUCAÇÃO FÍSICA 3º CICLO PLANO ANUAL EDUCAÇÃO 3º CICLO Ano Letivo 2012/2013 Rua Marquês de Olhão Bairro da Madre de Deus Telefone 21 8610100 Fax 218683995 1900-330 Lisboa E-Mail: eb23.lantonioverney@escolas.min-edu.pt 1 Competências

Leia mais

PROGRAMA DE UNIDADE CURRICULAR. Animação e Intervenção Sociocultural Promoção Artística e Património. Ciclo: 1º Ramo: Ano: 2º/3º

PROGRAMA DE UNIDADE CURRICULAR. Animação e Intervenção Sociocultural Promoção Artística e Património. Ciclo: 1º Ramo: Ano: 2º/3º PROGRAMA DE UNIDADE CURRICULAR Curso: Animação e Intervenção Sociocultural Promoção Artística e Património Ciclo: 1º Ramo: Ano: 2º/3º Designação: Animação, Promoção e Património Cultural Créditos: 5 Departamento:

Leia mais

Psicologia Cognitiva I

Psicologia Cognitiva I 1 Psicologia Cognitiva I 1. Resumo descritivo 1.1. Elementos básicos Curso Unidade Curricular Área Científica Ano / Semestre ECTS Horas de Contacto Professores responsáveis Docentes 1.2. Síntese descritiva

Leia mais

Ficha de Unidade Curricular 2009/2010

Ficha de Unidade Curricular 2009/2010 Ficha de Unidade Curricular 2009/2010 Unidade Curricular Designação: Oficina Craft II Área Científica: Tecnologias de Produção Ciclo de Estudos: Licenciatura Carácter: Obrigatória Semestre: 3º ECTS: 9

Leia mais

Ser capaz de planificar e desenvolver um projecto de Expressão Dramática.

Ser capaz de planificar e desenvolver um projecto de Expressão Dramática. Curso Animação Sociocultural Ano letivo 2015/2016 Unidade Curricular Ateliê de Expressão Dramática ECTS 6 Regime Obrigatório Ano 3.º Semestre 2.º semestre Horas de trabalho globais Docente (s) Marisa Filipa

Leia mais

Serra do Saber. Formação Pedagógica Inicial de Formadores

Serra do Saber. Formação Pedagógica Inicial de Formadores Formação Pedagógica Inicial de Formadores Fundamentação Este curso apresenta de uma forma clara e recorrendo a uma metodologia teórico-prática, os conhecimentos necessários para a formação de formadores

Leia mais

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular BIOMECÂNICA I Ano Lectivo 2016/2017

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular BIOMECÂNICA I Ano Lectivo 2016/2017 Programa da Unidade Curricular BIOMECÂNICA I Ano Lectivo 2016/2017 1. Unidade Orgânica Ciências Humanas e Sociais (1º Ciclo) 2. Curso Motricidade Humana 3. Ciclo de Estudos 1º 4. Unidade Curricular BIOMECÂNICA

Leia mais

EDUCAÇÃO FÍSICA. Departamento de EXPRESSÕES CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO CURSOS PROFISSIONAIS AGRUPAMENTO DE ESCOLAS VILA REAL DE SANTO ANTÓNIO

EDUCAÇÃO FÍSICA. Departamento de EXPRESSÕES CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO CURSOS PROFISSIONAIS AGRUPAMENTO DE ESCOLAS VILA REAL DE SANTO ANTÓNIO AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE VILA REAL DE SANTO ANTÓNIO Ano letivo de 2016/2017 Departamento de EXPRESSÕES CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO DE CURSOS PROFISSIONAIS O Departamento de Educação Física, após consulta dos

Leia mais

EDUCAÇÃO FÍSICA CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO 2.º CICLO 3.º CICLO AGRUPAMENTO DE ESCOLAS PEDRO JACQUES DE MAGALHÃES

EDUCAÇÃO FÍSICA CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO 2.º CICLO 3.º CICLO AGRUPAMENTO DE ESCOLAS PEDRO JACQUES DE MAGALHÃES 20/2016 CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO 2.º CICLO 3.º CICLO EDUCAÇÃO FÍSICA AGRUPAMENTO DE ESCOLAS PEDRO JACQUES DE MAGALHÃES DEPARTAMENTO DE DEPARTAMENTO DE EXPRESSÕES 3. ÁREA Conhecimentos CAPACIDADES e CONHECIMENTOS

Leia mais

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular BIOMECÂNICA DO MOVIMENTO HUMANO II Ano Lectivo 2013/2014

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular BIOMECÂNICA DO MOVIMENTO HUMANO II Ano Lectivo 2013/2014 Programa da Unidade Curricular BIOMECÂNICA DO MOVIMENTO HUMANO II Ano Lectivo 2013/2014 1. Unidade Orgânica Ciências Humanas e Sociais (1º Ciclo) 2. Curso Motricidade Humana 3. Ciclo de Estudos 1º 4. Unidade

Leia mais

ANEXO II RELATÓRIO DE AUTO AVALIAÇÃO DO DESEMPENHO DOS DOCENTES DO IPS

ANEXO II RELATÓRIO DE AUTO AVALIAÇÃO DO DESEMPENHO DOS DOCENTES DO IPS ANEXO II RELATÓRIO DE AUTO AVALIAÇÃO DO DESEMPENHO DOS DOCENTES DO IPS Identificação do avaliado Nome Categoria profissional actual Anos de serviço no ensino superior Anos de serviço na Unidade Orgânica

Leia mais

Planos de Comunicação. Ano 4º ano Carga horária semanal Natureza Semestral Teórica Teórico-Prática Prática 1 2 -

Planos de Comunicação. Ano 4º ano Carga horária semanal Natureza Semestral Teórica Teórico-Prática Prática 1 2 - Instituto Politécnico de Tomar Escola Superior de Tecnologia de Abrantes Curso Comunicação Empresarial Ano Lectivo 2006/2007 Ficha da Disciplina Unidade Curricular Créditos ECTS - Planos de Comunicação

Leia mais

GUIA DE FUNCIONAMENTO DA UNIDADE CURRICULAR

GUIA DE FUNCIONAMENTO DA UNIDADE CURRICULAR Curso DESPORTO Ano lectivo 2015/2016 Unidade Curricular Atividades de Academia de Grupo ECTS 5 Regime Obrigatório Ano 2º Semestre 2º Sem Horas de trabalho globais Docente(s) Bernardete Jorge Total 135

Leia mais

Ficha de Unidade Curricular

Ficha de Unidade Curricular Ficha de Unidade Curricular Unidade Curricular Designação: Projecto de Design Industrial I Área Científica: Design de Produto (DP) Ciclo de Estudos: Licenciatura Carácter: Obrigatória Semestre: 2º ECTS:

Leia mais

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular Empreendedorismo Social e Empregabilidade Ano Lectivo 2011/2012

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular Empreendedorismo Social e Empregabilidade Ano Lectivo 2011/2012 Programa da Unidade Curricular Empreendedorismo Social e Empregabilidade Ano Lectivo 2011/2012 1. Unidade Orgânica Serviço Social (1º Ciclo) 2. Curso Serviço Social 3. Ciclo de Estudos 1º 4. Unidade Curricular

Leia mais

English version at the end of this document

English version at the end of this document English version at the end of this document Ano Letivo 2016-17 Unidade Curricular ANÁLISE GRAMATICAL Cursos LÍNGUAS E COMUNICAÇÃO (1.º ciclo) LÍNGUAS, LITERATURAS E CULTURAS (1.º ciclo) - RAMO DE ESTUDOS

Leia mais

Plano de Ensino IDENTIFICAÇÃO. SEMESTRE ou ANO DA TURMA: 5º semestre

Plano de Ensino IDENTIFICAÇÃO. SEMESTRE ou ANO DA TURMA: 5º semestre EIXO TECNOLÓGICO: Ensino Superior Plano de Ensino IDENTIFICAÇÃO CURSO: Licenciatura em Matemática FORMA/GRAU:( )integrado( )subsequente( ) concomitante ( ) bacharelado( x )licenciatura( ) tecnólogo MODALIDADE:

Leia mais

English version at the end of this document

English version at the end of this document English version at the end of this document Ano Letivo 2016-17 Unidade Curricular GESTÃO E EMPREENDEDORISMO Cursos SISTEMAS E TECNOLOGIAS DE INFORMAÇÃO Unidade Orgânica Instituto Superior de Engenharia

Leia mais

Realizada em cada período, no 2º e 3º ciclo, é expressa numa escala qualitativa: Insuficiente, Suficiente, Bom e Muito Bom

Realizada em cada período, no 2º e 3º ciclo, é expressa numa escala qualitativa: Insuficiente, Suficiente, Bom e Muito Bom Avaliação na disciplina de Educação Física Avaliação inicial Realizada no início do ano lectivo, de acordo com o protocolo definido, no 2º e 3º ciclo, e tem por objectivo a identificação: dos alunos que

Leia mais

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular DIREITO CONSTITUCIONAL Ano Lectivo 2015/2016

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular DIREITO CONSTITUCIONAL Ano Lectivo 2015/2016 Programa da Unidade Curricular DIREITO CONSTITUCIONAL Ano Lectivo 2015/2016 1. Unidade Orgânica Direito (1º Ciclo) 2. Curso Direito 3. Ciclo de Estudos 1º 4. Unidade Curricular DIREITO CONSTITUCIONAL (02308)

Leia mais

PROGRAMA DE UNIDADE CURRICULAR. Licenciatura em Comunicação Social/Licenciatura em Língua Gestual Ciclo: 1º

PROGRAMA DE UNIDADE CURRICULAR. Licenciatura em Comunicação Social/Licenciatura em Língua Gestual Ciclo: 1º PROGRAMA DE UNIDADE CURRICULAR Curso: Licenciatura em Comunicação Social/Licenciatura em Língua Gestual Ciclo: 1º Portuguesa Ramo: Ano: 2/3 Designação: Evolução das Ideias em Ciência Créditos: 5 Departamento:

Leia mais

Objeto de avaliação. Características e estrutura INFORMAÇÃO - PROVA DE EQUIVALÊNCIA Á FREQUENCIA EDUCAÇÃO FÍSICA PROVA 26 / 2015

Objeto de avaliação. Características e estrutura INFORMAÇÃO - PROVA DE EQUIVALÊNCIA Á FREQUENCIA EDUCAÇÃO FÍSICA PROVA 26 / 2015 INFORMAÇÃO - PROVA DE EQUIVALÊNCIA Á FREQUENCIA EDUCAÇÃO FÍSICA PROVA 26 / 2015 3º CICLO DO ENSINO BÁSICO Objeto de avaliação As Orientações Curriculares para o 3º ciclo do ensino básico da disciplina

Leia mais

INSTITUTO POLITÉCNICO DE SANTARÉM ANEXO II AVALIAÇÃO DO DESEMPENHO DO PESSOAL DOCENTE RELATÓRIO DE AUTO AVALIAÇÃO. Identificação do avaliado

INSTITUTO POLITÉCNICO DE SANTARÉM ANEXO II AVALIAÇÃO DO DESEMPENHO DO PESSOAL DOCENTE RELATÓRIO DE AUTO AVALIAÇÃO. Identificação do avaliado ANEXO II AVALIAÇÃO DO DESEMPENHO DO PESSOAL DOCENTE RELATÓRIO DE AUTO AVALIAÇÃO Identificação do avaliado Nome Categoria profissional actual Anos de serviço no ensino superior Anos de serviço na Unidade

Leia mais

PROGRAMA DE UNIDADE CURRICULAR

PROGRAMA DE UNIDADE CURRICULAR PROGRAMA DE UNIDADE CURRICULAR Curso: Licenciatura em Desporto Ciclo: 1º Ramo: Ano: 1º Designação: Desportos IV Créditos: 6 Departamento: Ciências e Tecnologias Tipo: Obrig Área científica: Ciências do

Leia mais

CURSO DE LICENCIATURA EM ENFERMAGEM. Regulamento das Unidades Curriculares de Ensino Clínico e Estágio 1

CURSO DE LICENCIATURA EM ENFERMAGEM. Regulamento das Unidades Curriculares de Ensino Clínico e Estágio 1 INSTITUTO POLITÉCNICO DE BEJA ESCOLA SUPERIOR DE SAÚDE Homologo 23/10/2017 Vice-Presidente do IPBeja (Por delegação de competências, Despacho n.º 5161/2014, publicado no DR, 2.ª série, n.º 71 de 10 de

Leia mais

Informação - Prova de Equivalência à Frequência

Informação - Prova de Equivalência à Frequência Informação - Prova de Equivalência à Frequência Ensino Secundário Prova de Equivalência à Frequência de Educação Física Ano letivo 2014/2015 I. INTRODUÇÃO O presente documento visa divulgar as características

Leia mais

Transição para a vida pós-escolar: Portaria n.º 201-C/2015

Transição para a vida pós-escolar: Portaria n.º 201-C/2015 João Adelino Matias Lopes dos Santos Transição para a vida pós-escolar: Portaria n.º 201-C/2015 Ciclos de Sábados Porto, 16 de abril de 2016 Índice Enquadramento normativo Fases do processo de transição

Leia mais

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular NEUROPSICOLOGIA Ano Lectivo 2014/2015

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular NEUROPSICOLOGIA Ano Lectivo 2014/2015 Programa da Unidade Curricular NEUROPSICOLOGIA Ano Lectivo 2014/2015 1. Unidade Orgânica Ciências Humanas e Sociais (1º Ciclo) 2. Curso Psicologia 3. Ciclo de Estudos 1º 4. Unidade Curricular NEUROPSICOLOGIA

Leia mais

1.7. Número de unidades curriculares em que participou no segundo semestre de 2006/2007:

1.7. Número de unidades curriculares em que participou no segundo semestre de 2006/2007: INQUÉRITO AOS DOCENTES SOBRE CONDIÇÕES E ACTIVIDADES DE ENSINO/APRENDIZAGEM ANO LECTIVO 2006/2007-2º SEMESTRE 1.1. Categoria e Vínculo Doutorado Convidado Tempo Integral Doutorado Convidado Tempo Parcial

Leia mais

GUIA DE FUNCIONAMENTO DA UNIDADE CURRICULAR

GUIA DE FUNCIONAMENTO DA UNIDADE CURRICULAR Curso Mestrado em Educação Pré-Escolar e Ano letivo 2015/2016 Ensino do 1.º ciclo do Ensino Básico Unidade Curricular Didática das Expressões ECTS 7 Regime Obrigatório Ano 1.º Semestre 2º semestre Horas

Leia mais

Planos curriculares simplificados

Planos curriculares simplificados AGRUPAMENTO DE ESCOLAS ROMEU CORREIA Ano Letivo: 2013-2014 Planos curriculares simplificados TGD1 Curso Profissional Técnico de Apoio e Gestão Desportiva 1 Diretor de turma: Graça Lourenço 10º Ano / Curso

Leia mais

FICHA DE UNIDADE CURRICULAR (UC)

FICHA DE UNIDADE CURRICULAR (UC) FICHA DE UNIDADE CURRICULAR (UC) Ano/Semestre curricular Ano letivo 2016 / 2017 Curso Unidade Curricular [designação e tipo/se é do tipo obrigatório ou optativo] (máx100 caracteres) Língua de ensino ECTS

Leia mais

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular ÉTICA Ano Lectivo 2016/2017

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular ÉTICA Ano Lectivo 2016/2017 Programa da Unidade Curricular ÉTICA Ano Lectivo 2016/2017 1. Unidade Orgânica Ciências da Economia e da Empresa (1º Ciclo) 2. Curso Engenharia Informática 3. Ciclo de Estudos 1º 4. Unidade Curricular

Leia mais

Escola Superior de Saúde de Santa Maria Curso de Licenciatura em Fisioterapia (a aguardar publicação em Diário da República)

Escola Superior de Saúde de Santa Maria Curso de Licenciatura em Fisioterapia (a aguardar publicação em Diário da República) Caracterização, Estrutura Curricular e Plano de Estudos: Escola Superior de Saúde de Santa Maria Curso de Licenciatura em Fisioterapia (a aguardar publicação em Diário da República) 1 - Estabelecimento

Leia mais

Critérios de Avaliação do Ensino Básico - 2º Ciclo. Língua Portuguesa

Critérios de Avaliação do Ensino Básico - 2º Ciclo. Língua Portuguesa Critérios de Avaliação do Ensino Básico - º Ciclo Língua Portuguesa DOMÍNIOS COMPETÊNCIAS PONDERAÇÃO NA CLASSIFICAÇÃO TIPOLOGIA DOS INSTRUMENTOS DE FINAL AVALIAÇÃO POR PERÍODO Teste(s) de compreensão oral

Leia mais

CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO CURSOS PROFISSIONAIS

CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO CURSOS PROFISSIONAIS AGRUPAMENTO DE ESCOLAS CIDADE DO ENTRONCAMENTO 170586 CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO CURSOS PROFISSIONAIS 2016-2019 Índice 1. CURSOS PROFISSIONAIS MATRIZES CURRICULARES... 5 1.1. Matriz Curricular dos Cursos Profissionais

Leia mais

CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO DO 1º CICLO

CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO DO 1º CICLO ANO LETIVO 2017-2018 CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO DO 1º CICLO Agrupamento de Escolas José Maria dos Santos Departamento do 1º ciclo CRITÉRIOS de AVALIAÇÃO 1º CICLO Enquadramento A avaliação interna das aprendizagens

Leia mais

Plano de Ensino IDENTIFICAÇÃO

Plano de Ensino IDENTIFICAÇÃO EIXO TECNOLÓGICO: Plano de Ensino IDENTIFICAÇÃO CURSO: TÉCNICO EM SECRETARIADO FORMA/GRAU:( )integrado ( x )subsequente ( ) concomitante ( ) bacharelado ( ) licenciatura ( ) tecnólogo MODALIDADE: ( x )

Leia mais

GUIA DE FUNCIONAMENTO DA UNIDADE CURRICULAR

GUIA DE FUNCIONAMENTO DA UNIDADE CURRICULAR GUIA DE FUNCIONAMENTO DA UNIDADE CURRICULAR Matemática Todos os cursos Ano lectivo: 2011/2012 Docentes Responsável Júri Vogal Vogal Responsável pela pauta Docentes que leccionam a UC Ana Maria Lebre Ana

Leia mais

E S C O L A S U P E R I O R A G R Á R I A

E S C O L A S U P E R I O R A G R Á R I A Licenciatura em Engenharia Agro-pecuária Ref.ª : 1532002 Ano lectivo: 2010-11 DESCRITOR DA UNIDADE CURRICULAR ENQUADRAMENTO DA PRODUÇÃO AGRÍCOLA AGRICULTURAL PRODUCTION FRAMEWORK 1. Unidade Curricular:

Leia mais

AVALIAÇÃO CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO AVALIAÇÃO INTERNA SEGUNDO CICLO DO ENSINO BÁSICO 6.º ANO. Ano letivo 2013/2014

AVALIAÇÃO CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO AVALIAÇÃO INTERNA SEGUNDO CICLO DO ENSINO BÁSICO 6.º ANO. Ano letivo 2013/2014 AVALIAÇÃO CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO SEGUNDO CICLO DO ENSINO BÁSICO 6.º ANO Ano letivo 2013/2014 AVALIAÇÃO INTERNA A avaliação é um elemento integrante e regulador da prática educativa que permite a recolha

Leia mais

FORMAÇÃO PEDAGÓGICA INICIAL DE FORMADORES Outubro / Dezembro 2009

FORMAÇÃO PEDAGÓGICA INICIAL DE FORMADORES Outubro / Dezembro 2009 FORMAÇÃO PEDAGÓGICA INICIAL DE FORMADORES Outubro / Dezembro 2009 OBJECTIVOS GERAIS Visa-se com este programa a melhoria da qualidade da formação profissional, através da aquisição e do desenvolvimento

Leia mais

Resultados-Chave Relatório de Bolonha do ISCTE-IUL (2010/2011)

Resultados-Chave Relatório de Bolonha do ISCTE-IUL (2010/2011) Resultados-Chave Relatório de Bolonha do ISCTE-IUL (2010/2011) 1. O relatório sobre o grau de concretização do processo de Bolonha no Instituto Universitário de Lisboa (ISCTE-IUL) relativo ao ano lectivo

Leia mais

Manual de Avaliação para o Módulo de Escolha do Estudante

Manual de Avaliação para o Módulo de Escolha do Estudante Manual de Avaliação para o Módulo de Escolha do Estudante Investigação Laboratorial e Investigação Clínica Módulo de Escolha do Estudante Nome do Estudante: Tema do MEE: Nome do Tutor: Investigação Laboratorial

Leia mais

Critérios de Avaliação dos CEF Curso de Operador Informático 2012/2013

Critérios de Avaliação dos CEF Curso de Operador Informático 2012/2013 Critérios de Avaliação dos CEF Curso de Operador Informático Língua Portuguesa 2012/2013 ATITUDES Formação para a cidadania. Apresentação dos materiais necessários, cumprimento de tarefas propostas, assiduidade,

Leia mais

FICHA DE UNIDADE CURRICULAR (UC)

FICHA DE UNIDADE CURRICULAR (UC) FICHA DE UNIDADE CURRICULAR (UC) Ano/Semestre curricular Ano letivo 2016 / 2017 Curso Unidade Curricular [designação e tipo/se é do tipo obrigatório ou optativo] (máx100 caracteres) Língua de ensino ECTS

Leia mais

Programa do Curso de Auriculoterapia IMP041/00 PÁGINA 1 DE 9

Programa do Curso de Auriculoterapia IMP041/00 PÁGINA 1 DE 9 Programa do Curso de Auriculoterapia IMP04/00 PÁGINA DE 9 Designação do Curso: Curso de Auriculoterapia N.º do Curso: 729/003 Data de Concepção: 20 Data da Rev.: 02/04/20 N.º da Rev.: 0 IMP04/00 PÁGINA

Leia mais

Formulário de preenchimento obrigatório, a anexar à ficha modelo ACC 2. Actividades Rítmicas Expressivas: Danças Sociais (latino-americanas)

Formulário de preenchimento obrigatório, a anexar à ficha modelo ACC 2. Actividades Rítmicas Expressivas: Danças Sociais (latino-americanas) CONSELHO CIENTÍFICO-PEDAGÓGICO DE FORMAÇÃO CONTÍNUA APRESENTAÇÃO DE ACÇÃO DE FORMAÇÃO NAS MODALIDADES DE CURSO, MÓDULO E SEMINÁRIO Formulário de preenchimento obrigatório, a anexar à ficha modelo ACC 2

Leia mais

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular POLÍTICA SOCIAL E SEGURANÇA SOCIAL NA CONTEMPORANEIDADE Ano Lectivo 2016/2017

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular POLÍTICA SOCIAL E SEGURANÇA SOCIAL NA CONTEMPORANEIDADE Ano Lectivo 2016/2017 Programa da Unidade Curricular POLÍTICA SOCIAL E SEGURANÇA SOCIAL NA CONTEMPORANEIDADE Ano Lectivo 2016/2017 1. Unidade Orgânica Serviço Social (1º Ciclo) 2. Curso Serviço Social 3. Ciclo de Estudos 1º

Leia mais

CURSOS EFA Educação e Formação de Adultos. Regulamento. I Legislação de referência

CURSOS EFA Educação e Formação de Adultos. Regulamento. I Legislação de referência CURSOS EFA Educação e Formação de Adultos Regulamento I Legislação de referência Os Cursos de Educação e Formação de Adultos, na Região Autónoma da Madeira, regem-se segundo o seguinte Enquadramento Legal:

Leia mais

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular INTRODUÇÃO AO ESTUDO DO DIREITO Ano Lectivo 2014/2015

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular INTRODUÇÃO AO ESTUDO DO DIREITO Ano Lectivo 2014/2015 Programa da Unidade Curricular INTRODUÇÃO AO ESTUDO DO DIREITO Ano Lectivo 2014/2015 1. Unidade Orgânica Ciências Humanas e Sociais (1º Ciclo) 2. Curso Relações Internacionais 3. Ciclo de Estudos 1º 4.

Leia mais

INSTITUTO POLITÉCNICO DE VISEU ESCOLA SUPERIOR DE TECNOLOGIA E GESTÃO DE VISEU REGULAMENTO DOS CURSOS DE LICENCIATURA

INSTITUTO POLITÉCNICO DE VISEU ESCOLA SUPERIOR DE TECNOLOGIA E GESTÃO DE VISEU REGULAMENTO DOS CURSOS DE LICENCIATURA INSTITUTO POLITÉCNICO DE VISEU ESCOLA SUPERIOR DE TECNOLOGIA E GESTÃO DE VISEU REGULAMENTO DOS CURSOS DE LICENCIATURA O artigo 14.º do Decreto-Lei n.º 74/2006, de 24 de março, alterado pelo Decreto-Lei

Leia mais

FICHA DE UNIDADE CURRICULAR (UC)

FICHA DE UNIDADE CURRICULAR (UC) Ano letivo 2014-2015 Ano/Semestre curricular 1ºano/ 1º semestre Unidade Curricular [designação e tipo/se é do tipo obrigatório ou optativo] Língua de ensino ECTS - tempo de trabalho (horas) FICHA DE UNIDADE

Leia mais

AVALIAÇÃO CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO AVALIAÇÃO INTERNA TERCEIRO CICLO DO ENSINO BÁSICO 7.º ANO. Ano letivo 2013/2014

AVALIAÇÃO CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO AVALIAÇÃO INTERNA TERCEIRO CICLO DO ENSINO BÁSICO 7.º ANO. Ano letivo 2013/2014 AVALIAÇÃO CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO TERCEIRO CICLO DO ENSINO BÁSICO 7.º ANO Ano letivo 2013/2014 AVALIAÇÃO INTERNA A avaliação é um elemento integrante e regulador da prática educativa que permite a recolha

Leia mais

Disciplina - Desporto

Disciplina - Desporto AGRUPAMENTO DE ESCOLAS AMADORA OESTE Ano Letivo 2014/2015 Planificação Anual Disciplina - Desporto Cursos Vocacionais de 2º Ciclo A- Planificação da Área Curricular de Desporto Tendo em conta as Competências

Leia mais

Disciplina - 1º e 2º ano

Disciplina - 1º e 2º ano AGRUPAMENTO DE ESCOLAS AMADORA OESTE Ano Letivo 2014/2015 Planificação Bianual Disciplina - 1º e 2º ano Cursos Vocacionais de 3º Ciclo A- Planificação da Área Curricular de Desporto Tendo em conta as Competências

Leia mais

Licenciatura em Educação Básica Mestrado em Ensino de Educação Musical no Ensino Básico

Licenciatura em Educação Básica Mestrado em Ensino de Educação Musical no Ensino Básico Curso: Licenciatura em Educação Básica Mestrado em Ensino de Educação Musical no Ensino Básico Ciclo: 1º Ramo: ------- Ano: 3º Designação: Teoria e Gestão do Currículo Créditos: 4 Departamento: Ciências

Leia mais

PROGRAMA INTEGRADO DE FORMAÇÃO AVANÇADA EM TURISMO (2º E 3º CICLOS)

PROGRAMA INTEGRADO DE FORMAÇÃO AVANÇADA EM TURISMO (2º E 3º CICLOS) PROGRAMA INTEGRADO DE FORMAÇÃO AVANÇADA EM TURISMO (2º E 3º CICLOS) MESTRADO EM GESTÃO DAS ORGANIZAÇÕES TURÍSTICAS (2º CICLO) MESTRADO EM DESENVOLVIMENTO E GESTÃO DOS DESTINOS TURÍSTICOS (2º CICLO) DOUTORAMENTO

Leia mais

GUIA DE FUNCIONAMENTO DA UNIDADE CURRICULAR

GUIA DE FUNCIONAMENTO DA UNIDADE CURRICULAR Curso Comunicação Multimédia Ano letivo 2015-2016 Unidade Curricular Aplicações Informáticas e Telemática ECTS 4 Regime Obrigatório Ano 1.º Semestre 1.º Horas de trabalho globais Docente (s) Celestino

Leia mais

Critérios de Avaliação. 1º Ciclo. Ano Letivo 2016/2017. A Presidente do Conselho Pedagógico Felicidade Alves

Critérios de Avaliação. 1º Ciclo. Ano Letivo 2016/2017. A Presidente do Conselho Pedagógico Felicidade Alves Critérios de Avaliação 1º Ciclo Ano Letivo 2016/2017 A Presidente do Conselho Pedagógico Felicidade Alves Princípios Orientadores - Processo regulador das aprendizagens, orientador do percurso escolar

Leia mais

P S I C O L O G I A B 1 2 º A N O

P S I C O L O G I A B 1 2 º A N O DEPARTAMENTO DE CIÊNCIAS SOCIAIS E HUMANAS GRUPO 10º B FILOSOFIA P S I C O L O G I A B 1 2 º A N O D I S POSITIVO DE AV AL I AÇ Ã O (Versão de 2010-2011) Psicologia B Avaliação / Pág. 1 de 8 1. MATRIZES

Leia mais

UNIVERSIDADE DE TRÁS-OS-MONTES E ALTO DOURO

UNIVERSIDADE DE TRÁS-OS-MONTES E ALTO DOURO UNIVERSIDADE DE TRÁS-OS-MONTES E ALTO DOURO GABINETE DE RECREAÇÃO E LAZER DEPARTAMENTO DE DESPORTO LICENCIATURA EM EDUCAÇÃO FÍSICA E DESPORTO ANIMAÇÃO DESPORTIVA RECREAÇÃO E LAZER 3º ANO CONTEÚDOS PROGRAMÁTICOS,

Leia mais

Ficha de Unidade Curricular 2009/2010

Ficha de Unidade Curricular 2009/2010 Ficha de Unidade Curricular 2009/2010 Unidade Curricular Designação Análise do Texto Dramático 2 Área Científica Estudos Performativos Ciclo de Estudos Licenciatura Carácter: Obrigatória Semestre 2º ECTS

Leia mais

EXTERNATO S. JOÃO BOSCO VIANA DO CASTELO CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO 1º CICLO ANO LETIVO 2016/2017

EXTERNATO S. JOÃO BOSCO VIANA DO CASTELO CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO 1º CICLO ANO LETIVO 2016/2017 EXTERNATO S. JOÃO BOSCO VIANA DO CASTELO CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO 1º CICLO ANO LETIVO 2016/2017 Aprovado em Conselho de Docentes em julho de 2016 Diretora Pedagógica Rosa Cândida Gomes Princípios Orientadores

Leia mais

CRITÉRIOS GERAIS DE AVALIAÇÃO - ENSINO BÁSICO 1º CICLO

CRITÉRIOS GERAIS DE AVALIAÇÃO - ENSINO BÁSICO 1º CICLO CRITÉRIOS GERAIS DE AVALIAÇÃO - ENSINO BÁSICO 1º CICLO Nos termos das disposições constantes da legislação em vigor, o Conselho Pedagógico do Agrupamento de Escolas Garcia de Orta aprovou, em sessão ordinária

Leia mais

English version at the end of this document

English version at the end of this document English version at the end of this document Ano Letivo 2016-17 Unidade Curricular PROJETO DE SIMULAÇÃO EMPRESARIAL Cursos CONTABILIDADE Unidade Orgânica Escola Superior de Gestão, Hotelaria e Turismo Código

Leia mais

Normas Regulamentares da Licenciatura em Educação Social

Normas Regulamentares da Licenciatura em Educação Social Normas Regulamentares da Licenciatura em Educação Social Artigo 1.º Condições específicas de ingresso 1. O Conselho Técnico-científico pronuncia-se sobre o regime de ingresso no curso, ouvido o Conselho

Leia mais

Disciplina: EDUCAÇÃO FÍSICA 5º, 6 º ANOS. Critérios de Avaliação / Indicadores / Operacionalização dos Indicadores

Disciplina: EDUCAÇÃO FÍSICA 5º, 6 º ANOS. Critérios de Avaliação / Indicadores / Operacionalização dos Indicadores Agrupamento de Escolas de Oliveira de Frades Escola Básica e Secundária de Oliveira de Frades Disciplina: EDUCAÇÃO FÍSICA 5º, 6 º ANOS Critérios Específicos de Avaliação da Disciplina de Educação Física

Leia mais

REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES. Da Conceituação. Do Exercício

REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES. Da Conceituação. Do Exercício REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES Da Conceituação Art. 1º São Atividades Extraclasses, de caráter científico, cultural, acadêmico e pré-profissional, que se articulam com o processo formativo do

Leia mais

CURRICULUM VITAE (resumido)

CURRICULUM VITAE (resumido) CURRICULUM VITAE (resumido) Identificação e Contactos Nome: Patrícia do Nascimento Casanova Santos Ferreira Morada institucional: Escola Superior de Educação do Instituto Politécnico de Lisboa, Campus

Leia mais

Plano de Formação 2018/2021

Plano de Formação 2018/2021 Plano de Formação 2018/2021 Curso n.º 43_proforma_18/21 Excel - A folha de cálculo como ferramenta de apoio ao trabalho do professor (DREAçores/AAFCM/000/2017) Cronograma /Caracterização N.º de horas:

Leia mais

PLANO DE ENSINO DADOS DO COMPONENTE CURRICULAR

PLANO DE ENSINO DADOS DO COMPONENTE CURRICULAR PLANO DE ENSINO DADOS DO COMPONENTE CURRICULAR Nome: Educação Física Curso: Técnico em Meio Ambiente Integrado ao Ensino Médio Série: 1º, 2º, 3º Ano Carga Horária: 80h/a (67/H) Docente Responsável: EMENTA

Leia mais

P L A N I F I C A Ç Ã O A N U A L - 2º C I C L O

P L A N I F I C A Ç Ã O A N U A L - 2º C I C L O DISCIPLINA: EDUCAÇÃO FISICA ANO: 5º, 6º TURMAS: A, B, C ANO LECTIVO: 2011/2012 P L A N I F I C A Ç Ã O A N U A L - 2º C I C L O DE AÇÃO No 5º e 6º ano o aluno deverá adquirir competências de nível "introdução"

Leia mais

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS ELIAS GARCIA CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO EDUCAÇÃO PRÉ-ESCOLAR

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS ELIAS GARCIA CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO EDUCAÇÃO PRÉ-ESCOLAR AGRUPAMENTO DE ESCOLAS ELIAS GARCIA CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO EDUCAÇÃO PRÉ-ESCOLAR 2016/2017 A AVALIAÇÃO EM EDUCAÇÃO PRÉ-ESCOLAR 1 INTRODUÇÃO Enquadramento Normativo Avaliar o processo e os efeitos, implica

Leia mais

Prof. Doutor Luis Miguel da Mata Artur Dias Pacheco (Regente)

Prof. Doutor Luis Miguel da Mata Artur Dias Pacheco (Regente) Ficha da Unidade Curricular 2013/2014 IDENTIFICAÇÃO DA UNIDADE CURRICULAR Designação: Economia Monetária e Financeira Última alteração: 2013-09-01 15:24:00 ECTS: 5 Língua de lecionação: Português Licenciatura

Leia mais