6 de maio São DOMINGOS SÁVIO adolescente

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "6 de maio São DOMINGOS SÁVIO adolescente"

Transcrição

1 6 de maio adolescente Festa. Onde se celebra como solenidade (por ser titular de uma igreja ou de um oratório público devidamente dedicados ou consagrados), proclamam-se as três leituras e se diz o Credo. A solenidade, porém, não pode ser transferida para nenhum domingo do Tempo Pascal (cf. Missal Romano, Normas Universais do Ano Litúrgico e do Calendário, nn. 5, 58 e 59). Domingos Sávio nasceu em 1842, em San Giovanni di Riva, perto de Chieri, Província de Turim Itália. No dia da primeira comunhão, aos sete anos, traçou o seu projeto de vida: "Confessar-me-ei freqüentemente e farei a comunhão todas as vezes que meu confessor permitir. Quero santificar os dias de festa. Os meus amigos serão Jesus e Maria. Antes morrer que pecar". Acolhido, aos doze anos, por Dom Bosco no Oratório de Turim, pediu-lhe que o ajudasse a tornar-se santo. Dócil, sempre sereno e alegre, punha grande empenho nos deveres de estudante e no ajudar sempre os companheiros, ensinando-lhes o catecismo, assistindo os doentes, pacificando os briguentos... Um dia disse a um colega recémchegado ao Oratório: "Saiba que nós aqui fazemos consistir a santidade em estarmos muito alegres". Procuramos "somente evitar o pecado, como um grande inimigo que nos rouba a graça de Deus e a paz do coração, impedindo-nos de cumprir nossos deveres com exatidão". Fidelíssimo ao seu programa, sustentado por uma intensa participação nos sacramentos, por uma filial devoção a Maria e generoso no sacrifício, foi por Deus cumulado de dons e carismas. No dia 8 de dezembro de 1854, depois que Pio IX proclamou o dogma da Imaculada Conceição, Domingos consagrou-se a Maria e começou a avançar rapidamente na santidade. Em 1856 fundou com os amigos a Companhia da Imaculada para fazer apostolado em grupo. Morreu em Mondonio, no dia 9 de março de Pio XI definiu-o: "Pequeno Gigante do espírito". Pio XII proclamou-o bem-aventurado em 1950 e santo aos 12 de junho de Ele é o patrono dos Pequenos Cantores. O formulário litúrgico é um hino ao "Deus da vida e da alegria", porque em São Domingos Sávio deu aos adolescentes um admirável exemplo de oração e de pureza" (CO /), um "infatigável apóstolo entre os colegas" (BS); e um "modelo de santidade juvenil" (CO II), caracterizada pela "alegria do coração" e "pela fidelidade aos deveres de cada dia" (PR). Ao celebrar "com alegria o triunfo de São Domingos Sávio" (AE), que resplandece "na festiva assembléia dos Santos", a comunidade dos fiéis participa da mesa da Palavra e da Eucaristia para se tornar cada vez mais "dócil à ação do Espírito" (PR) e, assim, caminhar nas pegadas do modelo, até a "plenitude de Cristo" (CO /). Para alcançar esta meta, os fiéis jovens e educadores invocam o auxílio divino: para "crescerem como filhos, na alegria e no amor" (CO /); para serem transformados pelo Espírito em "anunciadores entusiastas" do amor de Deus" (BS); para "buscar, acima de tudo, a amizade" com Cristo (BS) e "levar os irmãos a viver em amizade" com Deus "no serviço e na alegria";

2 para "vencer o pecado" (DC), que é condição para "percorrer em pouco tempo" o caminho da santidade (PR). ANTÍFONA DE ENTRADA cf. Ap 14,5.4b Celebremos com alegria o triunfo de São Domingos Sávio: ele está entre aqueles que, sem mancha, seguem o Cordeiro aonde quer que vá. Foram resgatados do meio dos homens e são primícias para Deus e o Cordeiro (T. P Aleluia). Diz-se o Glória. ORAÇÃO DO DIA ODeus, fonte e doador de todo bem, que, em São Domingos Sávio, destes aos adolescentes um exemplo admirável de piedade e de pureza, concedei-nos, também a nós, crescer corno filhos, na alegria e no amor até a plenitude de Cristo. Que é Deus convosco, na unidade do Espírito Santo. Ou, para a Comunidade religiosa: Senhor, Deus da vida e da alegria, que destes à Igreja São Domingos Sávio como modelo de santidade juvenil, concedei aos jovens crescer como ele na pureza e no amor; e a nós, educadores, saber conduzi-los a Cristo, para que se comprometam no serviço do vosso Reino. Por nosso Senhor Jesus Cristo, vosso Filho, na unidade do Espírito Santo. SOBRE AS OFERENDAS Osacrifício de salvação que vos oferecemos, ó Pai, comunique-nos o mesmo ardor do vosso Espírito que animava o coração

3 de São Domingos Sávio. Por Cristo, nosso Senhor. PREFÁCIO "Dócil ao Espírito Santo numa santidade cheia de alegria" V. O Senhor esteja convosco. R. Ele está no meio de nós. V. Corações ao alto. R. O nosso coração está em Deus. V. Demos graças ao Senhor, nosso Deus. R. É nosso dever e nossa salvação. Na verdade, é digno e justo, é nosso dever e salvação, louvar-vos e agradecer-vos sempre, Pai santo, Deus eterno e todo-poderoso, por Cristo, Senhor nosso. Na festiva assembléia dos Santos, Vós fazeis resplandecer o adolescente São Domingos Sávio. Dócil à ação do vosso Espírito, ele soube percorrer, em pouco tempo, um caminho simples e seguro de santidade, na alegria do coração e no fiel cumprimento dos deveres de cada dia. Por isso, unimos nossa voz à voz dos anjos e dos santos para proclamar a vossa glória, com um hino de louvor, cantando (dizendo) a uma só voz: ANTÍFONA DA COMUNHÃO Jo 6,51 "Eu sou o pão vivo descido do céu, diz o Senhor. Quem comer deste pão não morrerá eternamente; e o pão que eu darei é minha carne para a vida do mundo" (T. P. Aleluia). DEPOIS DA COMUNHÃO.A participação nesta mesa eucarística, nos ajude, ó Pai, a vencer o pecado; e, a exemplo de São Domingos Sávio, fortaleça em nós o propósito de levar os irmãos.a viver em vossa amizade, no trabalho, na alegria e na paz. Por Cristo, nosso Senhor..

4 BÊNÇÃO SOLENE Deus nosso Pai, que nos reuniu para celebrar a festa de São Domingos Sávio, vos dê a abundância de sua graça e vos faça saborear a plenitude do seu amor. Cristo Jesus, que nos libertou do pecado por sua morte na cruz, vos conceda a coragem de procurar, acima de tudo, a sua amizade.. OEspírito Santo, que tornou São Domingos Sávio um incansável apóstolo entre seus colegas, vos torne alegres anunciadores do seu amor. Abênção de Deus todo-poderoso, Pai e Filho >14 e Espírito Santo, desça sobre vós e permaneça para sempre. 6 de maio PRIMEIRO FORMULÁRIO Iluminados pela Palavra de Deus que nos chama a um particular projeto de santidade enviando-nos aos jovens, invoquemos a Deus nosso Pai, fonte de todo bem: R. Senhor, atendei a nossa prece. 1. Pelos que são chamados a anunciar e alimentar a fé da comunidade cristã: para que, como Domingos Sávio, procurem acima de tudo o bem das almas, rezemos ao Senhor. 2. Pelos pais e educadores: para que, a exemplo de São João Bosco, saibam ajudar os jovens no seu crescimento humano e cristão, rezemos ao Senhor. 3. Pelos adolescentes: para que vivam sua juventude na serenidade e na alegria de espírito e no empenho para com seus próprios irmãos, rezemos ao Senhor. 4. Por nós que participamos nesta Eucaristia: para que, encorajados e animados pelo testemunho de São Domingos Sávio, façamos o propósito de evitar o pecado para crescer no amor de Deus, rezemos ao Senhor. 5. Por todos nós aqui presentes: para que o empenho apostólico desenvolvido com

5 espírito de iniciativa na nossa Igreja local nos encontre sempre disponíveis, concordes na ação e amparados pela esperança cristã, rezemos ao Senhor. 6. Outras intenções. Senhor nosso Deus, que nos vossos Santos e Santas nos mostrais a força e o poder do Evangelho, concedei à vossa Igreja seguir fielmente seus ensinamentos de vida para que, um dia, também nós sejamos admitidos a 'partilhar da mesma coroa de glória. Por Cristo, nosso Senhor. 6 de maio SEGUNDO FORMULÁRIO ADeus Pai, que, na sua grande bondade, nos fez renascer para uma vida nova mediante a ressurreição de Jesus Cristo, dirijamos com fé nossa oração: R. Confirmai nossa fé, ó Pai. 1. Pelos pastores da Igreja: para que, no seu ministério, privilegiem o empenho pela santificação do povo cristão, rezemos ao Senhor. 2. Pelos educadores salesianos: para que se dediquem com sábia criatividade e com paciente firmeza à formação humana e cristã dos jovens, rezemos ao Senhor. 3. Pelos adolescentes: para que, educados no cumprimento dos próprios deveres cotidianos, se preparem para as responsabilidades do dever maior que os espera, rezemos ao Senhor. 4. Pelos jovens: para que, na descoberta dos valores de uma sã amizade, saibam superar toda tentação de fechamento e abrir-se generosamente às necessidades do próximo, rezemos ao Senhor. 5. Por nós aqui reunidos nesta assembléia: para que, a exemplo de São Domingos Sávio, usemos com sabedoria e autodisciplina os dons preciosos que Deus dá a cada um de nós, rezemos ao Senhor. 6. Outras intenções. ODeus, fonte de alegria para os que vos amam, acolhei a humilde prece de vossa Igreja, a fim de que, amparados por Vós, seja cada momento de nossa vida um louvor perene à vossa glória. Por Cristo, nosso Senhor.

Catedral Diocesana de Campina Grande. II Domingo da Páscoa Ano C Domingo da Divina Misericórdia. ANO DA FÉ Rito Inicial

Catedral Diocesana de Campina Grande. II Domingo da Páscoa Ano C Domingo da Divina Misericórdia. ANO DA FÉ Rito Inicial Catedral Diocesana de Campina Grande Paróquia nossa Senhora da Conceição II Domingo da Páscoa Ano C Domingo da Divina Misericórdia Por suas chagas fomos curados, felizes aqueles que crêem sem terem visto.

Leia mais

COMUM DOS SANTOS E DAS SANTAS

COMUM DOS SANTOS E DAS SANTAS 279 I rmãs e irmãos: Ao celebrar a solenidade de São N. (de Santa N.), nosso irmão (nossa irmã) na fé e no Baptismo, oremos a Deus Pai todo-poderoso, dizendo (ou: cantando): R. Deus, fonte de toda a santidade,

Leia mais

PARA A PRIMEIRA PROFISSÃO DE UM RELIGIOSO

PARA A PRIMEIRA PROFISSÃO DE UM RELIGIOSO PRMERA PROFSSÃO DE UM RELGOSO 333 PARA A PRMERA PROFSSÃO DE UM RELGOSO rmãos e irmãs: A nossa família espiritual está hoje em festa por este(s) servo(s) de Deus, que se consagra(consagram) ao serviço de

Leia mais

V. Sabendo Jesus que tinha chegado sua hora de passar deste mundo ao Pai, tendo amado os seus que estavam neste mundo, amou-os até o fim. Aleluia.

V. Sabendo Jesus que tinha chegado sua hora de passar deste mundo ao Pai, tendo amado os seus que estavam neste mundo, amou-os até o fim. Aleluia. Memória Facultativa O culto ao Coração Eucarístico de Jesus não difere substancialmente do culto que a Igreja tributa ao Sagrado Coração de Jesus. Ela venera com respeito, amor e gratidão, o símbolo do

Leia mais

Capela Nª Sª Das Graças

Capela Nª Sª Das Graças Capela Nª Sª Das Graças Santa Missa Dominical 1-Saudação I PR: Em nome do Pai e do Filho e do Espírito Santo. AS: Amém. PR: A vós, irmãos e irmãs, paz e fé da parte de Deus, o Pai, e do Senhor Jesus Cristo.

Leia mais

DOMINGO II DO TEMPO COMUM Ano A

DOMINGO II DO TEMPO COMUM Ano A EIS O CORDEIRO DE DEUS QUE TIRA O PECADO DO MUNDO DOMINGO II DO TEMPO COMUM Ano A EUCARISTIA 19H DINAMIZAÇÃO DO 10º ANO DE CATEQUESE IGREJA MATRIZ DE VILA DO CONDE Cântico Inicial: Filho de Deus 1. Somos

Leia mais

MISSA - A COMUNIDADE SE REÚNE PARA CELEBRAR A VIDA

MISSA - A COMUNIDADE SE REÚNE PARA CELEBRAR A VIDA MISSA - A COMUNIDADE SE REÚNE PARA CELEBRAR A VIDA A Eucaristia é o sacramento que atualiza e faz a memória do sacrifício de Jesus: em cada Eucaristia temos a presença do Cristo que pela sua morte e ressurreição

Leia mais

Festa do Baptismo do Senhor Ano C Missa com a Catequese

Festa do Baptismo do Senhor Ano C Missa com a Catequese Festa do Baptismo do Senhor Ano C 2010 Missa com a Catequese Cântico de Entrada Monição Inicial: Percorremos o nosso caminho, desde o Advento, até chegarmos ao Presépio de Belém, guiados por uma Estrela.

Leia mais

ORAÇÃO UNIVERSAL. Os modelos I VII são retirados do Ritual do Matrimónio da Conferência Episcopal Portuguesa. MODELO I

ORAÇÃO UNIVERSAL. Os modelos I VII são retirados do Ritual do Matrimónio da Conferência Episcopal Portuguesa. MODELO I ORAÇÃO UNIVERSAL Os modelos I VII são retirados do Ritual do Matrimónio da Conferência Episcopal Portuguesa. MODELO I Celebrando o especial dom da graça e da caridade, com que Deus Se dignou consagrar

Leia mais

Catequista: Crianças: Festa do Acolhimento

Catequista: Crianças: Festa do Acolhimento Catequista: Crianças: Festa do Acolhimento 14 1 INTRODUÇÃO CÂNTICO DE COMUNHÃO É o Meu Corpo Possivelmente estamos habituados a procurar Deus nas grandes coisas da vida, boas ou menos boas, e esquecemo-nos

Leia mais

Solenidade de Santa Maria, Mãe de Deus

Solenidade de Santa Maria, Mãe de Deus Paróquia de Barco Solenidade de Santa Maria, Mãe de Deus Missa com crianças Entrada: Linda noite, Linda noite Linda noite de Natal (bis) Introdução A imagem de Maria está aqui ao lado, porque hoje celebramos

Leia mais

1. Disse Jesus: Eu sou o pão da vida. Quem vem a mim não terá mais fome e quem crê em mim jamais terá sede. Jo 6,35

1. Disse Jesus: Eu sou o pão da vida. Quem vem a mim não terá mais fome e quem crê em mim jamais terá sede. Jo 6,35 1. Disse Jesus: Eu sou o pão da vida. Quem vem a mim não terá mais fome e quem crê em mim jamais terá sede. Jo 6,35 Senhor Jesus, Tu tens palavras de vida eterna e Tu revelas-te a nós como Pão da vida

Leia mais

CELEBRAÇÃO DO DIA DE SÃO MARCELINO CHAMPAGNAT E LANÇAMENTO DO 4º CAPÍTULO PROVINCIAL DA PROVÍNCIA MARISTA DO RIO GRANDE DO SUL

CELEBRAÇÃO DO DIA DE SÃO MARCELINO CHAMPAGNAT E LANÇAMENTO DO 4º CAPÍTULO PROVINCIAL DA PROVÍNCIA MARISTA DO RIO GRANDE DO SUL CELEBRAÇÃO DO DIA DE SÃO MARCELINO CHAMPAGNAT E LANÇAMENTO DO 4º CAPÍTULO PROVINCIAL DA PROVÍNCIA MARISTA DO RIO GRANDE DO SUL Acolhida Animador: Irmãos e irmãs, hoje é um dia significativo para nós, Família

Leia mais

Oração Inicial: Leitura: Lucas 22, 7-20.

Oração Inicial: Leitura: Lucas 22, 7-20. Oração Inicial: Leitura: Lucas 22, 7-20. Objetivo do encontro: Despertar amor a Eucaristia e a participação da santa missa, onde o sacramento é oferecido. Texto: Ë o sacramento pelo qual participamos,

Leia mais

LITURGIA DOMINICAL III DOMINGO TEMPO COMUM ANO A

LITURGIA DOMINICAL III DOMINGO TEMPO COMUM ANO A LITURGIA DOMINICAL III DOMINGO TEMPO COMUM ANO A INDICAÇÕES PRÁTICAS: Orações próprias do domingo III do Tempo Comum (Missal Romano, p. 397). Oração Eucarística V/D (Missal Romano, p. 1175). Bênção sobre

Leia mais

Quero afirmar ao Papa Francisco a comunhão filial e a presença orante da Igreja do Porto.

Quero afirmar ao Papa Francisco a comunhão filial e a presença orante da Igreja do Porto. Dia 20 de Setembro Dia de oração pela Paz Foi há precisamente 30 anos que o Papa João Paulo II se reuniu em Assis, Itália, com os Responsáveis das principais religiões do Mundo para rezar pela paz. Trinta

Leia mais

PARA O MATRIMÓNIO. R. Ouvi-nos, Senhor. Ou: Abençoai, Senhor, o vosso povo.

PARA O MATRIMÓNIO. R. Ouvi-nos, Senhor. Ou: Abençoai, Senhor, o vosso povo. MATRMÓNO 321 rmãos e irmãs: Celebrando o especial dom da graça e da caridade, com que Deus Se dignou consagrar o amor dos nossos irmãos N. e N., confiemo-los ao Senhor, dizendo (ou: cantando): Ou: Abençoai,

Leia mais

Cifras do Folheto COMUNHÃO E PARTICIPAÇÃO Arquidiocese de Goiânia

Cifras do Folheto COMUNHÃO E PARTICIPAÇÃO Arquidiocese de Goiânia Cifras do Folheto COMUNHÃO E PARTICIPAÇÃO Arquidiocese de Goiânia 26º DOMINGO DO TEMPO COMUM ANO B *** DEUS AGE ONDE QUER *** 27 de Setembro de 2015 Ano XXXII 1 ABERTURA QUE ALEGRIA QUANDO ME DISSERAM

Leia mais

CATECISMO DA IGREJA CATÓLICA COMPÊNDIO

CATECISMO DA IGREJA CATÓLICA COMPÊNDIO CATECISMO DA IGREJA CATÓLICA COMPÊNDIO CATECISMO DA IGREJA CATÓLICA COMPÊNDIO Copyright 2005 - Libreria Editrice Vaticana «Motu Proprio» Introdução PRIMEIRA PARTE - A PROFISSÃO DA FÉ Primeira Secção: «Eu

Leia mais

LITURGIA DOMINICAL VII DOMINGO TEMPO COMUM ANO A

LITURGIA DOMINICAL VII DOMINGO TEMPO COMUM ANO A LITURGIA DOMINICAL VII DOMINGO TEMPO COMUM ANO A Orações próprias do VII Domingo do Tempo comum (Missal Romano, p. 401); Prefácio dos Domingos do Tempo Comum VIII (Missal Romano, p. 483); Oração Eucarística

Leia mais

1º dia: Ó Consoladora dos Aflitos

1º dia: Ó Consoladora dos Aflitos NOVENA À NOSSA SENHORA DE CARAVAGGIO 1º dia: Ó Consoladora dos Aflitos Vós que consolastes a pobre Joaneta em meio à sua aflição familiar, concedei a graça que tanto necessito, intercedendo junto a Jesus

Leia mais

Solenidade de Cristo Rei

Solenidade de Cristo Rei Solenidade de Cristo Rei A celebração da Solenidade de Nosso Senhor Jesus Cristo, Rei do Universo, fecha o Ano Litúrgico. Neste período, meditamos, sobretudo, no mistério de sua vida, sua pregação e o

Leia mais

CANTOS DA PRIMEIRA EUCARISTIA - SANTA ROSA 2014

CANTOS DA PRIMEIRA EUCARISTIA - SANTA ROSA 2014 CANTOS DA PRIMEIRA EUCARISTIA - SANTA ROSA 2014 CANTO DE ENTRADA: E B7 Dentro de mim existe uma luz/ Que me mostra por onde deverei andar F#m B7 E Dentro de mim também mora Jesus/ que me ensina buscar

Leia mais

Ritos Iniciais: 1- ACOLHIDA:

Ritos Iniciais: 1- ACOLHIDA: Ritos Iniciais: 1- ACOLHIDA: Faz muito tempo, mas parece que foi ontem. Cada criança que nasce é uma mensagem de que Deus acredita nos homens. Deus acreditou em nós e nos deu a alegria e a responsabilidade

Leia mais

LITURGIA DOMINICAL IV DOMINGO TEMPO COMUM ANO A

LITURGIA DOMINICAL IV DOMINGO TEMPO COMUM ANO A LITURGIA DOMINICAL IV DOMINGO TEMPO COMUM ANO A Orações do Domingo IV do Tempo Comum (Missal Romano, p. 398); Prefácio dos Domingos do Tempo Comum IV (Missal Romano, p. 479); Oração Eucarística III (Missal

Leia mais

Neste ano da Vida Religiosa Consagrada fomos motivadas pelo Papa Francisco a recordar o passado com gratidão, viver o presente com paixão e abraçar o

Neste ano da Vida Religiosa Consagrada fomos motivadas pelo Papa Francisco a recordar o passado com gratidão, viver o presente com paixão e abraçar o Neste ano da Vida Religiosa Consagrada fomos motivadas pelo Papa Francisco a recordar o passado com gratidão, viver o presente com paixão e abraçar o futuro com esperança. Como o testemunho de vida da

Leia mais

DOMINGO V 215 DOMINGO V DA PÁSCOA. LEITURA I Actos 6,1-7. «Escolheram sete homens cheios do Espírito Santo...»

DOMINGO V 215 DOMINGO V DA PÁSCOA. LEITURA I Actos 6,1-7. «Escolheram sete homens cheios do Espírito Santo...» DOMINGO V 215 DOMINGO V DA PÁSCOA LEITURA I Actos 6,1-7 «Escolheram sete homens cheios do Espírito Santo...» Leitura dos Actos dos Apóstolos Naqueles dias, aumentando o número dos discípulos, os helenistas

Leia mais

ASCENSÃO DO SENHOR. LEITURA I Actos 1, Leitura dos Actos dos Apóstolos. No meu primeiro livro, ó Teófilo,

ASCENSÃO DO SENHOR. LEITURA I Actos 1, Leitura dos Actos dos Apóstolos. No meu primeiro livro, ó Teófilo, ASCENSÃO DO SENHOR LEITURA I Actos 1, 1-11 Leitura dos Actos dos Apóstolos No meu primeiro livro, ó Teófilo, narrei todas as coisas que Jesus começou a fazer e a ensinar, até ao dia em que foi elevado

Leia mais

Festa do Sinal da Cruz Eucaristia, Sábado 6 de Fevereiro de 2010 Santo António de Nova Oeiras

Festa do Sinal da Cruz Eucaristia, Sábado 6 de Fevereiro de 2010 Santo António de Nova Oeiras 1. Entrada: Deixa Deus entrar re Deixa Deus entrar na tua própria casa /7 re Deixa-te tocar pe Sua graça si7 mi- Dentro, no segredo, reza-lhe sem medo: re 7 Senhor, Senhor! re Que queres que eu faça re

Leia mais

VI Domingo TC Ano A. Foi dito aos antigos Eu, porém, digo-vos. 12 de Fevereiro de 2017 Eucaristia Dinamizada pelo 6º ano da Catequese

VI Domingo TC Ano A. Foi dito aos antigos Eu, porém, digo-vos. 12 de Fevereiro de 2017 Eucaristia Dinamizada pelo 6º ano da Catequese VI Domingo TC Ano A Foi dito aos antigos Eu, porém, digo-vos 12 de Fevereiro de 2017 Eucaristia Dinamizada pelo 6º ano da Catequese Admonição Inicial - Cântico Inicial - Sou Feliz 1- Sopra o vento de mansinho

Leia mais

Celebração tirada do livro Eucaristia com Crianças Tempos Fortes Pedrosa Ferreira Edições Salesianas. ocantinhodasao.com.pt/public_html.

Celebração tirada do livro Eucaristia com Crianças Tempos Fortes Pedrosa Ferreira Edições Salesianas. ocantinhodasao.com.pt/public_html. Celebração tirada do livro Eucaristia com Crianças Tempos Fortes Pedrosa Ferreira Edições Salesianas ocantinhodasao.com.pt/public_html 12 Ano B ocantinhodasao.com.pt/public_html 1 RITOS INICIAIS Hoje,

Leia mais

O Carmelo da Santíssima Trindade e da Imaculada Conceição é um mosteiro de Carmelitas descalças, situado na Arquidiocese de Goiás, no coração do

O Carmelo da Santíssima Trindade e da Imaculada Conceição é um mosteiro de Carmelitas descalças, situado na Arquidiocese de Goiás, no coração do O Carmelo da Santíssima Trindade e da Imaculada Conceição é um mosteiro de Carmelitas descalças, situado na Arquidiocese de Goiás, no coração do Brasil, aqui na cidade de Trindade, capital da fé. Atualmente

Leia mais

Liturgia Eucarística

Liturgia Eucarística Liturgia Eucarística Na última Ceia, Cristo instituiu o sacrifício e banquete pascal, por meio do qual, todas as vezes que o sacerdote, representando a Cristo Senhor, faz o mesmo que o Senhor fez e mandou

Leia mais

MISSA COM A CATEQUESE - XXVIII DOMINGO COMUM C

MISSA COM A CATEQUESE - XXVIII DOMINGO COMUM C MISSA COM A CATEQUESE - XXVIII DOMINGO COMUM C Cântico de Entrada Participação especial da Catequese do 3º ano Saudação e Monição Inicial: P- Reunimo-nos, uma vez mais, em Eucaristia. A palavra «Eucaristia»

Leia mais

O MISSAL ROMANO. Missale Romanum

O MISSAL ROMANO. Missale Romanum O MISSAL ROMANO A reforma da Liturgia latina, decidida pelo Concílio Vaticano II, encontra a sua expressão concreta nos livros litúrgicos ou rituais. Os livros são oficialmente publicados pela Congregação

Leia mais

Encontro para pais de Crianças da Primeira Comunhão

Encontro para pais de Crianças da Primeira Comunhão SECRETARIADO DIOCESANO DE CATEQUESE DA INFÂNCIA E ADOLESCÊNCIA SANTARÉM Encontro para pais de Crianças da Primeira Comunhão Tema: A EUCARISTIA (Também se pode recorrer ao power point sobre a Eucaristia)

Leia mais

Rito do Baptismo. O celebrante interroga, em primeiro lugar, os pais de cada criança:

Rito do Baptismo. O celebrante interroga, em primeiro lugar, os pais de cada criança: Rito do Baptismo DIÁLOGO COM OS PAIS E OS PADRINHOS O celebrante interroga, em primeiro lugar, os pais de cada criança: Que nome dais ao vosso filho? ou: Que nome escolhestes para o vosso filho? Pais:

Leia mais

Roteiro Celebrativo Mês Diocesano do Dízimo 2017

Roteiro Celebrativo Mês Diocesano do Dízimo 2017 02 de julho de 2017 13º Domingo do Tempo Comum Sejam bem-vindos à celebração eucarística. Convocados pelo Pai, incorporados a Cristo e movidos pelo Espírito Santo, tornamo-nos assembleia celebrativa para

Leia mais

S. Sebastião 2013 * Celebração Missionária

S. Sebastião 2013 * Celebração Missionária S. Sebastião 2013 * Celebração Missionária S. SEBASTIÃO, IRMÃO NA FÉ: ACOLHEI-O! 1. CANTO INICIAL: À escolha. 2. SAUDAÇÃO D. Em nome do Pai e do Filho e do Espírito Santo. D. A vós, irmãos e irmãs paz

Leia mais

Dia Mundial das Missões - Coleta Nacional - 21 e 22 de outubro

Dia Mundial das Missões - Coleta Nacional - 21 e 22 de outubro Missionária 26º Domingo do Tempo Comum - 01/10/ Motivação inicial é o tema da Missionária que hoje iniciamos. A Igreja em saída é a comunidade que faz a experiência de Jesus e sai de si para anunciar a

Leia mais

Ano Litúrgico Ano C

Ano Litúrgico Ano C Ano Litúrgico 2009-2010 Ano C TEMPO DO ADVENTO 29/11 1º Domingo do Advento A redenção está próxima. Jeremias 33,14-16; Salmo 25(24); 1 Tessalonicenses 3,12-4,2; Lucas 21,25-28. 34-36 6/12 2º Domingo do

Leia mais

Solenidade da Ascensão do Senhor - Ano B Seg, 29 de Dezembro de :11 - Última atualização Sáb, 16 de Maio de :44

Solenidade da Ascensão do Senhor - Ano B Seg, 29 de Dezembro de :11 - Última atualização Sáb, 16 de Maio de :44 At 1,1-11 Sl 46 Ef 4,1-13 Mc 16,15-20 Hoje, celebramos o mistério da Ascensão do Senhor. É mistério porque brota do coração de Deus, é mistério porque ultrapassa tudo quanto possamos imaginar, é mistério

Leia mais

XXXIV DOMINGO DO TEMPO COMUM NOSSO SENHOR JESUS CRISTO REI DO UNIVERSO

XXXIV DOMINGO DO TEMPO COMUM NOSSO SENHOR JESUS CRISTO REI DO UNIVERSO É COMO DIZES: SOU REI XXXIV DOMINGO DO TEMPO COMUM NOSSO SENHOR JESUS CRISTO REI DO UNIVERSO EUCARISTIA 19H DINAMIZAÇÃO DO 9º ANO DE CATEQUESE IGREJA MATRIZ DE VILA DO CONDE Cântico Inicial Vamos caminhando

Leia mais

Com Maria, ao encontro do sonho de Deus. Novena a Nossa Senhora, pelas vocações em Portugal

Com Maria, ao encontro do sonho de Deus. Novena a Nossa Senhora, pelas vocações em Portugal Com Maria, ao encontro do sonho de Deus. Novena a Nossa Senhora, pelas vocações em Portugal 18 de maio - Maria, pronta a servir com amor Hoje lembramos a simplicidade e generosidade de Maria, que logo

Leia mais

O Espírito Santo, que o Pai nos presenteia, identifica-nos com Jesus- Caminho, abrindo-nos ao seu mistério de salvação para que sejamos filhos seus e

O Espírito Santo, que o Pai nos presenteia, identifica-nos com Jesus- Caminho, abrindo-nos ao seu mistério de salvação para que sejamos filhos seus e O Espírito Santo, que o Pai nos presenteia, identifica-nos com Jesus- Caminho, abrindo-nos ao seu mistério de salvação para que sejamos filhos seus e irmãos uns dos outros; identifica-nos com Jesus-Verdade,

Leia mais

As celebrações serão presididas pelo Emmo. E Revmo. Sr. Cardeal Dom Odilo Pedro Scherer, arcebispo de São Paulo.

As celebrações serão presididas pelo Emmo. E Revmo. Sr. Cardeal Dom Odilo Pedro Scherer, arcebispo de São Paulo. As celebrações serão presididas pelo Emmo. E Revmo. Sr. Cardeal Dom Odilo Pedro Scherer, arcebispo de São Paulo. A Semana Santa comemora e revive todo o Mistério Pascal, isto é, o mistério da redenção

Leia mais

ADMONIÇÃO INICIAL (ROSA)

ADMONIÇÃO INICIAL (ROSA) ADMONIÇÃO INICIAL (ROSA) Hoje encontramo-nos aqui reunidos para celebrar a Festa das Bem-Aventuranças. Bem Aventurado quer dizer FELIZ e buscar a vontade de Deus é ser Bem-Aventurado. Eis que Jesus, ao

Leia mais

Missa no Dia de Páscoa

Missa no Dia de Páscoa Missa no Dia de Páscoa LEITURA I Actos 10, 34a.37-43 «Comemos e bebemos com Ele, depois de ter ressuscitado dos mortos» Leitura dos Actos dos Apóstolos Naqueles dias, Pedro tomou a palavra e disse: «Vós

Leia mais

Felicidade e a certeza

Felicidade e a certeza Felicidade e a certeza INTRODUÇÃO 1ª Razão Conflitos culturais 2 Um crê que pode comer de tudo; já outro, cuja fé é fraca, come apenas alimentos vegetais. 17 Pois o Reino de Deus não é comida nem bebida,

Leia mais

Solenidade de Nosso Pai São Bento 11 de lulho de 2107

Solenidade de Nosso Pai São Bento 11 de lulho de 2107 Solenidade de Nosso Pai São Bento 11 de lulho de 2107 Caríssimos Irmãos e Irmãs: Celebrar a festa de São Bento é para todos nós uma oportunidade a mais para refletir se, de fato, vivemos com seriedade

Leia mais

Paróquia Nossa Senhora do Perpétuo Socorro

Paróquia Nossa Senhora do Perpétuo Socorro Paróquia Nossa Senhora do Perpétuo Socorro I Semana de Liturgia 21 a 25 de setembro de 2015. Sacrosanctum Concilium 50 anos depois. Por uma participação ativa, consciente e plena. Abertura Solo: Abrirei

Leia mais

Por isso, redescobrir a Eucaristia na plenitude é redescobrir o CRISTO. Hoje queremos agradecer este grande dom, que Cristo nos deu.

Por isso, redescobrir a Eucaristia na plenitude é redescobrir o CRISTO. Hoje queremos agradecer este grande dom, que Cristo nos deu. O Pão da Vida Na solenidade de Corpus Christi, queremos recordar que os atos redentores de Cristo, que culminam na sua morte e ressurreição, atualizam-se na Eucaristia, celebrada pelo Povo de Deus e presidida

Leia mais

37. SABER O NOME DE DEUS DEUS É MISTÉRIO NOSSA PRECE QUE SOBE AOS CÉUS NÃO MAIS SENTIR A PRESENÇA DE DEUS

37. SABER O NOME DE DEUS DEUS É MISTÉRIO NOSSA PRECE QUE SOBE AOS CÉUS NÃO MAIS SENTIR A PRESENÇA DE DEUS Índice 1. UM ANJO JUNTO À FONTE... 5 2. DESCENDÊNCIA ABENÇOADA... 6 3. ESCUTA-NOS NA AFLIÇÃO... 7 4. ALERTA-NOS NO PECADO... 8 5. ESCUTA A VOZ DOS PEQUENINOS... 9 6. CHAMA-NOS CONSTANTEMENTE... 10 7. DEUS

Leia mais

O QUE SE ESPERA DE UM MINISTRO DA MÚSICA: Que ajude a assembleia a entrar no mistério de Deus pela música;

O QUE SE ESPERA DE UM MINISTRO DA MÚSICA: Que ajude a assembleia a entrar no mistério de Deus pela música; O QUE SE ESPERA DE UM MINISTRO DA MÚSICA: Que ajude a assembleia a entrar no mistério de Deus pela música; Que esteja a serviço da igreja e da liturgia e não de si mesmo e de seus gostos pessoais; Que

Leia mais

Eucaristia II Domingo do Tempo Comum 10º ano de Catequese Paróquia de S. João Baptista de Vila do Conde

Eucaristia II Domingo do Tempo Comum 10º ano de Catequese Paróquia de S. João Baptista de Vila do Conde Eucaristia II Domingo do Tempo Comum 10º ano de Catequese Paróquia de S. João Baptista de Vila do Conde Admonições Fornecidas pelo pároco, lidas pelo monitor Procissão de Entrada Acordar em sentinela Viver

Leia mais

Santa Maria de Nazaré

Santa Maria de Nazaré Santa Maria de Nazaré Primeira leitura Amai-vos uns aos outros pois o amor e o vínculo da perfeição Leitura da carta de São Paulo aos Colossenses 3,12-17 Irmãos, vós sois amados por Deus, sois os seus

Leia mais

Riconciliados para reconciliar

Riconciliados para reconciliar Riconciliados para reconciliar VIGÍLIA DE ORAÇÃO PARA A FESTA DO SAGRADO CORAÇÃO DE JESUS 2013. INTRODUCÃO Na solenidade do Coração de Jesus, somos convidados a contemplar a Cristo, o homem de coração

Leia mais

NOSSA SENHORA APARECIDA

NOSSA SENHORA APARECIDA NOSSA SENHORA APARECIDA Denilson Aparecido Rossi Nossa Senhora Aparecida 1 REFLETINDO No corrente ano de 2017, estamos celebrando os 300 anos da aparição de Nossa Senhora Aparecida. Lembramos que essa

Leia mais

Acto penitencial: Aclamação:

Acto penitencial: Aclamação: Entrada: O senhor Ressuscitou! Do+ O Senhor ressuscitou, vencendo a morte na cruz Re7 Re7 Nossa esperança está n Ele, Ele é o nosso Salvador. Do+ P ra trás ficou o temor, a dúvida e a pouca fé: Re7 Re7

Leia mais

O PRIVILÉGIO DE SER FILHO DE DEUS

O PRIVILÉGIO DE SER FILHO DE DEUS O PRIVILÉGIO DE SER FILHO DE DEUS Ef. 1: 1-14 Slide 1 O PRIVILÉGIO DE SER FILHO DE DEUS Ef.1 : 1-14 1. Paulo, apóstolo de Cristo Jesus por vontade de Deus, aos santos que vivem em Éfeso e fiéis em Cristo

Leia mais

«Vai, profeta, ao meu povo»

«Vai, profeta, ao meu povo» Perdão, Senhor. «Vai, profeta, ao meu povo» Leitura da Profecia de Amós Amós 7, 12-15 Naqueles dias, Amasias, sacerdote de Betel, disse a Amós: «Vai-te daqui, vidente. Foge para a terra de Judá. Aí ganharás

Leia mais

ANO B XX Domingo do Tempo Comum «A minha carne é verdadeira comida e o meu sangue é verdadeira bebida»

ANO B XX Domingo do Tempo Comum «A minha carne é verdadeira comida e o meu sangue é verdadeira bebida» ANO B XX Domingo do Tempo Comum «A minha carne é verdadeira comida e o meu sangue é verdadeira bebida» No Evangelho deste domingo São João fala-nos de novo do pão. O pão não simboliza somente a Palavra

Leia mais

Celebração do Mês de Maria

Celebração do Mês de Maria Celebração do Mês de Maria Terça-feira, 28 de maio de 2013 Movimentos de Apostolado Ritos Iniciais Pres. Em nome do Pai e do Filho e do Espírito Santo Pres. A graça de nosso Senhor Jesus Cristo Ressuscitado,

Leia mais

VIGÍLIA DE ORAÇÃO POR QUEM NOS MORREU

VIGÍLIA DE ORAÇÃO POR QUEM NOS MORREU VIGÍLIA DE ORAÇÃO POR QUEM NOS MORREU PARÓQUIA DE NOSSA SENHORA DA HORA 2010-2011 P = Presidente: Aquele que preside à oração. Qualquer pessoa o pode fazer, desde que tenha gosto e capacidade para tal.

Leia mais

1.1 Recuperar a comunidade (Base do Antigo Israel); 1.2 A nova experiência de Deus: o Abbá (Oração e escuta comunitária da Palavra);

1.1 Recuperar a comunidade (Base do Antigo Israel); 1.2 A nova experiência de Deus: o Abbá (Oração e escuta comunitária da Palavra); Uma nova paróquia Introdução DA: Conversão Pastoral Escolha de outro caminho; Transformar a estrutura paroquial retorno a raiz evangélica; Jesus: modelo (vida e prática); Metodologia: Nele, com Ele e a

Leia mais

CELEBRAÇÃO DA PALAVRA DE DEUS ANDRÉA ALMEIDA DE GÓES ANDRÉ LUIZ DE GÓES NUNES VITOR NUNES ROSA

CELEBRAÇÃO DA PALAVRA DE DEUS ANDRÉA ALMEIDA DE GÓES ANDRÉ LUIZ DE GÓES NUNES VITOR NUNES ROSA CELEBRAÇÃO DA PALAVRA DE DEUS ANDRÉA ALMEIDA DE GÓES ANDRÉ LUIZ DE GÓES NUNES VITOR NUNES ROSA 1 2 ORIENTAÇÕES PARA A CELEBRAÇÃO DA PALAVRA DE DEUS DOCUMENTO DA CNBB - 52 3 SENTIDO LITÚRGICO DA CELEBRAÇÃO

Leia mais

FESTA DO ESPIRITO 10º ANO DE CATEQUESE. 23 de Maio de 2010

FESTA DO ESPIRITO 10º ANO DE CATEQUESE. 23 de Maio de 2010 FESTA DO ESPIRITO "É este o fruto do Espírito Santo: amor, alegria, paz, paciência, benignidade, bondade, fidelidade, mansidão e auto-domínio." Gl, 5,22 Espírito Santo ajuda-nos a ter estes Teus frutos!

Leia mais

Meditando o. Rosário. Inspirado nos escritos de Santo Antônio Maria Claret EDITORA AVE-MARIA

Meditando o. Rosário. Inspirado nos escritos de Santo Antônio Maria Claret EDITORA AVE-MARIA Meditando o Rosário Inspirado nos escritos de Santo Antônio Maria Claret EDITORA AVE-MARIA Introdução Apresentamos, a seguir, acompanhadas da oração do Rosário, meditações basea das nos escritos de Santo

Leia mais

Aula II A Igreja, como uma entidade espiritual, espelha numa determinada localidade o próprio Deus e seus propósitos.

Aula II A Igreja, como uma entidade espiritual, espelha numa determinada localidade o próprio Deus e seus propósitos. Aula II A Igreja, como uma entidade espiritual, espelha numa determinada localidade o próprio Deus e seus propósitos. Por que a Igreja existe? Qual o seu propósito? Por que Deus a deixou no mundo? E pôs

Leia mais

Síntese do Novo Testamento (Curso de Formação Ministerial, 2014) Prof. Marco Aurélio Correa

Síntese do Novo Testamento (Curso de Formação Ministerial, 2014) Prof. Marco Aurélio Correa 1 Evangelho de João Este evangelho tem 21 capítulos. Evangelho do Filho de Deus / Divino. 1 - Autor: João, o apóstolo, ele foi o último dos apóstolos a morrer. 2 - Data: Alguns escritores acreditam que

Leia mais

DOMINGO V DA QUARESMA

DOMINGO V DA QUARESMA DOMINGO V DA QUARESMA LEITURA I Ez 37, 12-14 «Infundirei em vós o meu espírito e revivereis» Leitura da Profecia de Ezequiel Assim fala o Senhor Deus: «Vou abrir os vossos túmulos e deles vos farei ressuscitar,

Leia mais

Carta aos Filipenses. Carta aos Filipenses:

Carta aos Filipenses. Carta aos Filipenses: : Filipos: cidade na Macedônia que recebeu seu nome de Filipe II, pai de Alexandre o Grande, que a conquistou no 4 século a.c. Tornou-se colônia romana no 2 século a.c. A segunda das chamadas Cartas da

Leia mais

Ó Maria concebida sem pecado, rogai por nós que recorremos a vós. Coração Imaculado de Maria, sede a nossa salvação.

Ó Maria concebida sem pecado, rogai por nós que recorremos a vós. Coração Imaculado de Maria, sede a nossa salvação. Ó Maria concebida sem pecado, rogai por nós que recorremos a vós. Coração Imaculado de Maria, sede a nossa salvação. 5 Introdução A devoção ao Imaculado Coração de Maria é uma das mais belas manifestações

Leia mais

...Festa do Credo 2000 FESTA DO CREDO RITOS INICIAIS

...Festa do Credo 2000 FESTA DO CREDO RITOS INICIAIS FESTA DO CREDO RITOS INICIAIS Entrada: Comentador: Boa tarde a todos e benvindos a esta celebração. De livre vontade e cheios de alegria vamos ao encontro do Senhor imitando as multidões que outrora seguiam

Leia mais

Festa da Vida - V Domingo Páscoa A

Festa da Vida - V Domingo Páscoa A Festa da Vida - V Domingo Páscoa A Admonição inicial Nós, os jovens do 8º ano, estamos hoje em festa. O nosso catecismo tem como titulo SOMOS + e serviu para crescermos na fé (o jovem deve mostrar o catecismo).

Leia mais

Mês. Mariano UM CRISTÃO SEM MARIA ESTÁ ÓRFÃO. TAMBÉM UM CRISTÃO SEM A IGREJA É UM ÓRFÃO. PAPA FRANCISCO

Mês. Mariano UM CRISTÃO SEM MARIA ESTÁ ÓRFÃO. TAMBÉM UM CRISTÃO SEM A IGREJA É UM ÓRFÃO. PAPA FRANCISCO Mariano PARÓQUIA SÃO PEDRO PESCADOR Mês UM CRISTÃO SEM MARIA ESTÁ ÓRFÃO. TAMBÉM UM CRISTÃO SEM A IGREJA É UM ÓRFÃO. UM CRISTÃO PRECISA DESTAS DUAS MULHERES, DUAS MULHERES MÃES, DUAS MULHERES VIRGENS: A

Leia mais

Festa do Pai Nosso Eucaristia, Sábado 17 de Abril de 2010 Santo António de Nova Oeiras

Festa do Pai Nosso Eucaristia, Sábado 17 de Abril de 2010 Santo António de Nova Oeiras Entrada: O senhor Ressuscitou! Sol+ Mi- Do+ O Senhor ressuscitou, vencendo a morte na cruz Re7 Sol+ La- Re7 Nossa esperança está n Ele, Ele é o nosso Salvador. Sol+ Mi- Do+ P ra trás ficou o temor, a dúvida

Leia mais

CELEBRAÇÃO EXEQUIAL 14 DE SETEMBRO 2010

CELEBRAÇÃO EXEQUIAL 14 DE SETEMBRO 2010 1 CELEBRAÇÃO EXEQUIAL 14 DE SETEMBRO 2010 SIGNAÇÃO : P- Em nome do Pai e do Filho e do Espírito Santo: Ass: Àmen. SAUDAÇÃO INICIAL: P- A graça de N.S.J. Cristo, o amor do Pai e a consolação do Espírito

Leia mais

EVANGELHO DO DIA E HOMILIA (LECTIO DIVINA) REFLEXÕES DE FREI CARLOS MESTERS,, O. CARM REFLEXÕES E ILUSTRAÇÕES DE PE. LUCAS DE PAULA ALMEIDA, CM

EVANGELHO DO DIA E HOMILIA (LECTIO DIVINA) REFLEXÕES DE FREI CARLOS MESTERS,, O. CARM REFLEXÕES E ILUSTRAÇÕES DE PE. LUCAS DE PAULA ALMEIDA, CM EVANGELHO DO DIA E HOMILIA (LECTIO DIVINA) REFLEXÕES DE FREI CARLOS MESTERS,, O. CARM REFLEXÕES E ILUSTRAÇÕES DE PE. LUCAS DE PAULA ALMEIDA, CM 1) Oração QUINTA-FEIRA DA 3ª SEMANA DA PÁSCOA Ó Deus eterno

Leia mais

19º Domingo do Tempo Comum. 20º Domingo do Tempo Comum ASSUNÇÃO DE NOSSA SENHORA. 22º Domingo do Tempo Comum

19º Domingo do Tempo Comum. 20º Domingo do Tempo Comum ASSUNÇÃO DE NOSSA SENHORA. 22º Domingo do Tempo Comum CIFRAS DO FOLHETO 1 SANTUÁRIO DIOCESANO DE SÃO SEBASTIÃO 19º Domingo do Tempo Comum 07 DE AGOSTO DE 2016 20º Domingo do Tempo Comum 14 DE AGOSTO DE 2016 ASSUNÇÃO DE NOSSA SENHORA 21 DE AGOSTO DE 2016 22º

Leia mais

Luzes dos Documentos Conciliares Para a Nova Evangelização

Luzes dos Documentos Conciliares Para a Nova Evangelização Luzes dos Documentos Conciliares Para a Nova Evangelização Prof. Denilson A. Rossi O que se entende por Nova Evangelização? Quais são as luzes dos documentos conciliares para a Nova Evangelização? Em que

Leia mais

IMACULADA CONCEIÇÃO DA VIRGEM SANTA MARIA PADROEIRA DE MOÇAMBIQUE E PORTUGAL Solenidade

IMACULADA CONCEIÇÃO DA VIRGEM SANTA MARIA PADROEIRA DE MOÇAMBIQUE E PORTUGAL Solenidade IMACULADA CONCEIÇÃO DA VIRGEM SANTA MARIA PADROEIRA DE MOÇAMBIQUE E PORTUGAL Solenidade LEITURA I Gen 3, 9-15.20 «Estabelecerei inimizade entre a tua descendência e a descendência dela» Leitura do Livro

Leia mais

Itinerários e catequese Itinerário de conversão e de crescimento

Itinerários e catequese Itinerário de conversão e de crescimento Itinerários e catequese Itinerário de conversão e de crescimento Imersão progressiva na onda do Espírito, acompanhada por testemunhas feita de escuta, encontros e experiências no coração do REINO/COMUNIDADE

Leia mais

ASCENSÃO DO SENHOR. «Elevou-Se à vista deles»

ASCENSÃO DO SENHOR. «Elevou-Se à vista deles» ASCENSÃO DO SENHOR LEITURA I Actos 1, 1-11 Leitura dos Actos dos Apóstolos «Elevou-Se à vista deles» No meu primeiro livro, ó Teófilo, narrei todas as coisas que Jesus começou a fazer e a ensinar, desde

Leia mais

Celebração Comunitária do SACRAMENTO DO BAPTISMO

Celebração Comunitária do SACRAMENTO DO BAPTISMO Celebração Comunitária do SACRAMENTO DO BAPTISMO O Baptismo, porta da vida e do reino, é o primeiro sacramento da nova lei, que Cristo propôs a todos para terem a vida eterna, e, em seguida, confiou à

Leia mais

Folheto da Diocese de Divinópolis-MG HOJE É DOMINGO. Planilha de Músicas MARÇO 2016 ANO C

Folheto da Diocese de Divinópolis-MG HOJE É DOMINGO. Planilha de Músicas MARÇO 2016 ANO C Folheto da Diocese de Divinópolis-MG HOJE É DOMINGO Planilha de Músicas MARÇO 2016 ANO C www.diocesedivinopolis.org.br 26 de Março: VIGÍLIA PASCAL Momento Título CD EXULTE Exulte 1 Tríduo Pascal 2 GLÓRIA

Leia mais

HINOS DA HARPA CRISTÃ VIOLINO 1 OSAD

HINOS DA HARPA CRISTÃ VIOLINO 1 OSAD o interessante. Você pode posicionar a caixa tas de Desenho para alterar a formatação HINOS DA HARPA CRISTÃ VIOLINO 1 OSAD NOME louvai-o com instrumentos de cordas... AGRADECIMENTOS Agradecemos ao Deus

Leia mais

«Jesus, lembra-te de mim quando entrares no Teu reino». Ele respondeu-lhe : «Em verdade te digo : Hoje estarás comigo no Paraíso».(Lc.23,42-43).

«Jesus, lembra-te de mim quando entrares no Teu reino». Ele respondeu-lhe : «Em verdade te digo : Hoje estarás comigo no Paraíso».(Lc.23,42-43). «Jesus, lembra-te de mim quando entrares no Teu reino». Ele respondeu-lhe : «Em verdade te digo : Hoje estarás comigo no Paraíso».(Lc.23,42-43). ********************** Como definição simples, a Graça é

Leia mais

PROVÍNCIA MARISTA DO BRASIL NORTE

PROVÍNCIA MARISTA DO BRASIL NORTE PROVÍNCIA MARISTA DO BRASIL NORTE Espiritualidade Apostólica Marista Ir. José Milson de Mélo Souza Ano de Deus Pai LADAINHA DE SÃO MARCELINO CHAMPAGNAT (Ir. José Milson) V. Senhor, tende piedade de nós.

Leia mais

Referindo-se ao Sacramento da Eucaristia, diz o Catecismo da Igreja Católica :

Referindo-se ao Sacramento da Eucaristia, diz o Catecismo da Igreja Católica : Referindo-se ao Sacramento da Eucaristia, diz o Catecismo da Igreja Católica : 1323. - O nosso Salvador Instituiu na Última Ceia, na noite em que foi entregue, o Sacrifício Eucarístico do seu Corpo e Sangue,

Leia mais

15º Domingo do Tempo Comum 16º Domingo do Tempo Comum 17º Domingo do Tempo Comum 18º Domingo do Tempo Comum

15º Domingo do Tempo Comum 16º Domingo do Tempo Comum 17º Domingo do Tempo Comum 18º Domingo do Tempo Comum CIFRAS DO FOLHETO 1 SANTUÁRIO DIOCESANO DE SÃO SEBASTIÃO 15º Domingo do Tempo Comum 16º Domingo do Tempo Comum 17º Domingo do Tempo Comum 18º Domingo do Tempo Comum 10 DE JULHO DE 2016 17 DE JULHO DE 2016

Leia mais

Eu sou o caminho, a verdade e a vida (Jo 14,6)

Eu sou o caminho, a verdade e a vida (Jo 14,6) 5º DOMINGO DA PÁSCOA 14 de maio de 2017 Eu sou o caminho, a verdade e a vida (Jo 14,6) Leituras: Atos 6, 1-7; Salmo 32 (33), 1-2,4-5.18-19 (R/.22); Primeira Carta de Pedro 2, 4-9; e João 14, 1-12. COR

Leia mais

Universidade Estadual do Centro-Oeste Reconhecida pelo Decreto Estadual nº 3.444, de 8 de agosto de 1997

Universidade Estadual do Centro-Oeste Reconhecida pelo Decreto Estadual nº 3.444, de 8 de agosto de 1997 RESOLUÇÃO Nº 049-PROEC/UNICENTRO, DE 27 DE MARÇO DE 2014. Altera o anexo I E II da Resolução nº035- PROEC/UNICENTRO, de 06 de maio de 2013 e aprova o Relatório Final. O PRÓ-REITOR DE EXTENSÃO E CULTURA

Leia mais

DOMINGO II DEPOIS DO NATAL. (entre 2 e 5 de Janeiro) Vésperas I

DOMINGO II DEPOIS DO NATAL. (entre 2 e 5 de Janeiro) Vésperas I DOMINGO II DEPOIS DO NATAL (entre 2 e 5 de Janeiro) Nas regiões onde a Epifania se celebra a 6 de Janeiro. Semana II do Saltério Hi n o. Vésperas I Sa l m o d i a Salmos e cântico do Domingo II. Ant. 1

Leia mais

BREVE CATECISMO DE WESTMINSTER PERGUNTA 35

BREVE CATECISMO DE WESTMINSTER PERGUNTA 35 BREVE CATECISMO DE WESTMINSTER PERGUNTA 35 PERGUNTA 35: Que é regeneração? RESPOSTA: É a obra da livre graça de Deus, pela qual somos conservados pelo Espírito Santo na perseverança da fé em Cristo, adquirindo,

Leia mais

Sede felizes! Felizes sereis. Felizes sereis. Felizes sereis. Felizes sereis.

Sede felizes! Felizes sereis. Felizes sereis. Felizes sereis. Felizes sereis. Sede felizes! Combatei a miséria e reparti do que é vosso com os outros. Sede pacientes, tolerantes, dialogantes, humildes. Tende esperança no meio da escuridão, aguardando a aurora. Conservai essa vossa

Leia mais

Crisma 2010/2011 Encontro 29 Tempo Liturgico e Quaresma 10/02/2011. Crisma 2010/2011. Encontro 29 Tempo Liturgico e Quaresma

Crisma 2010/2011 Encontro 29 Tempo Liturgico e Quaresma 10/02/2011. Crisma 2010/2011. Encontro 29 Tempo Liturgico e Quaresma Crisma 2010/2011 Encontro 29 Tempo Liturgico e Quaresma O Ano litúrgico é o período de doze meses, divididos em tempos litúrgicos, onde se celebram como memorial, os mistérios de Cristo, assim como a memória

Leia mais

ITINERÁRIO JUBILAR VERSÃO SPC

ITINERÁRIO JUBILAR VERSÃO SPC ITINERÁRIO JUBILAR VERSÃO SPC FICHA TÉCNICA VERSÃO SPC Título Itinerário Jubilar Autor Santuário de Fátima Tradução e adaptação para pictogramas (SPC) Autoria Célia Sousa- CRID/ iact/politécnico de Leiria

Leia mais

REFRÃO ORANTE TU ÉS FONTE DE VIDA

REFRÃO ORANTE TU ÉS FONTE DE VIDA REFRÃO ORANTE TU ÉS FONTE DE VIDA CANTO DE ENTRADA SENHOR EIS AQUI O TEU POVO CANTO DE ENTRADA SENHOR EIS AQUI O TEU POVO Em D Em G C B 7 Senhor, eis aqui o teu povo/ Que vem implorar teu perdão/ Am B

Leia mais

IV FÓRMULAS DE BÊNÇÃO PARA LAUDES E VÉSPERAS

IV FÓRMULAS DE BÊNÇÃO PARA LAUDES E VÉSPERAS IV FÓRMULAS DE BÊNÇÃO PARA LAUDES E VÉSPERAS I. Nas celebrações do Tempo Advento Deus omnipotente e misericordioso, que vos dá a graça de comemorar na fé a primeira vinda do seu Filho Unigénito e de esperar

Leia mais