Manual do Colaborador. FAEL - Sociedade Técnica Educacional da Lapa S/A. Manual do Colaborador

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Manual do Colaborador. FAEL - Sociedade Técnica Educacional da Lapa S/A. Manual do Colaborador"

Transcrição

1 Manual do Colaborador FAEL - Sociedade Técnica Educacional da Lapa S/A Manual do Colaborador

2 Bem-vindo à Fael! Neste manual, pretendemos elucidar para você todas as informações necessárias para lhe ajudar a estabelecer e incrementar sua trajetória profissional. Cuide de si, de seus colegas e da empresa! Você está convidado a fazer parte dessa história. Contamos com você! FAEL - Sociedade Técnica Educacional da Lapa S/A Sede Acadêmica: Rod. Olívio Beliche, s/nº - Km 33 Boqueirão CEP Lapa-PR (41) Sede Administrativa: Av. Silva Jardim, 167-2º andar Rebouças CEP Curitiba-PR (41) Polo da FAEL em Curitiba: Av. Marechal Floriano Peixoto, 39-2 andar - Centro CEP Curitiba - PR (41) Estúdio: Rua Castro Alves, Água Verde CEP Curitiba-PR Site: 1

3 Políticas de Utilização e Procedimentos Tecnologia da Informação...3 Utilização de Equipamentos...3 Responsabilidade do Colaborador...3 Responsabilidade da Empresa...4 Regras e Termo de Compromisso da Utilização de Rede Particular Virtual - VPN...4 Dados do Termo de Compromisso...4 Telefones e Contatos Úteis...5 Comprovante de Conhecimento...6 2

4 Políticas de Utilização e Procedimentos Tecnologia da Informação Utilização de Equipamentos Este manual visa orientar e instruir todos os colaboradores da FAEL, sobre as políticas e procedimentos que devem ser adotados quanto à utilização de máquinas/equipamentos, cedidos de forma gratuita e temporária, e que são de propriedade da empresa. Responsabilidade do Colaborador: Utilizar o equipamento exclusivamente a serviço da empresa, tendo em vista a atividade a ser exercida. Utilizar o equipamento exclusivamente no período normal de expediente, conforme o contrato de trabalho, sendo vetada a utilização fora deste horário, sem autorização prévia e formal da empresa. É terminantemente proibido o empréstimo, aluguel ou cessão deste a terceiros. Zelar pelo uso e apresentação do equipamento. Responsabilizar-se por danos decorrentes de mau uso, acidentes, extravio e furto do equipamento, podendo haver desconto salarial, conforme previsão do contrato de trabalho. Comunicar qualquer problema de origem técnica à empresa e providenciar o encaminhamento do equipamento à assistência técnica ou centros autorizados, informados pela empresa. Notificar a empresa da utilização do aparelho e equipamento para a realização de eventuais serviços ou tarefas particulares. Manter o equipamento em perfeitas condições de uso quanto à disponibilidade (equipamento com bateria devidamente carregada), durante o período normal de expediente. Notificar a empresa em caso de perda, extravio, deterioração, furto ou roubo do equipamento, sob pena de ficar responsável por todo uso e ao número de acessos correspondentes até a notificação supracitada. Providenciar para que sejam elaborados Boletins de Ocorrência (B. O. Polícia Militar), informando a ocorrência dos fatos descritos no item anterior. Assumir integralmente os custos referentes ao equipamento nos casos de perda, extravio, deterioração, furto ou roubo, no prazo máximo de 48 (quarenta e oito) horas após o fato. Ao término da prestação de serviço ou do contrato individual de trabalho, o usuário compromete-se a devolver o equipamento em perfeito estado no mesmo dia em que for comunicado ou comunique seu desligamento, considerando o desgaste natural pelo uso normal do equipamento. O presente termo revoga o(s) termo(s) assinado(s) anteriormente. 3

5 Responsabilidade de Empresa: A FAEL se responsabiliza pela manutenção dos aparelhos, desde que seja adequadamente utilizado de acordo com as necessidades de utilização do mesmo, a serviço da empresa e a seu exclusivo critério. Regras e Termo de Compromisso da Utilização de Rede Particular Virtual - VPN Regras O serviço de Rede Particular Virtual da FAEL VPN é liberado apenas aos colaboradores que necessitam fazer acesso remoto (externo) a alguns dos sistemas que estão vinculados diretamente aos servidores da FAEL. O acesso se dará após a formalização dos procedimentos e autorização prévia da gerência imediata, diretorias devidas e avaliação da Infraestrutura; O pedido de acesso a VPN está vinculado à análise do setor, juntamente com a avaliação da equipe de Infraestrutura, para garantir a confidencialidade dos dados da empresa; A liberação está condicionada a constatação da real necessidade do acesso para cumprimento das atividades do colaborador solicitante; Ao ter acesso a uma VPN o colaborador está ciente de que concorda com os termos contidos no documento Termo de compromisso VPN, que deve ser assinado no ato do pedido de liberação de acesso. Dados do Termo de Compromisso: Todo colaborador que tiver acesso ao serviço de Rede Particular Virtual da FAEL - VPN deve utilizá-lo, apenas e exclusivamente, para fins relacionados ao negócio da FAEL, estando obrigado a tratar como confidenciais todas as informações, documentos e sistemas, obtidos ou cujo acesso seja possível por intermédio da referida solução VPN, e que tratem, entre outros, a respeito de dados técnicos, oportunidades de negócios, pesquisas, produtos, softwares, engenharia, assim como qualquer outro caso considerado de caráter privativo e de propriedade exclusiva da FAEL, evitando todas as formas possíveis sua divulgação à pessoas não obrigadas a manter a sua confidencialidade, como também para que não caiam em domínio público. Declaro, ainda, ciência a respeito da proibição de reprodução, utilização e/ou divulgação sem prévio consentimento escrito da FAEL, de qualquer informação, documento, equipamento, programa ou sistema de propriedade da Faculdade, nos termos da Lei 9.279/96 (Lei de Propriedade Intelectual), ficando sujeito, na hipótese de inobservância, às sanções previstas em lei, em especial, no artigo 482 da Consolidação das Leis do Trabalho. 4

6 Telefones e Contatos Úteis Geral Curitiba (41) (para discagem direta no ramal: alterar numeração final). Administrativo - Criciane Muller Viagens - Ketrlyn Ferraz Compras - Janderlei Tavares Logística - Raquel Lorens Recursos Humanos Departamento Pessoal - Cleidy Santos Diego Pucci Processos RH Dieme Santos Recrumanto e Seleção Herta Plasse Financeiro - Sinara Monn TI-Infraestrutura - Helvio Júnior Comercial/MKT/Gestão de Rede - Gisele Lima Biblioteca - Cassiana Souza Geral Lapa (41) * (para discagem direta no ramal: alterar numeração final)* Administrativo - Luana Ramos Gestão de Atendimento/Assistentes Acadêmicos - Juliana Margaretha Estúdio Curitiba - Marco Nowacki - (41) Este manual estará disponível em arquivo eletrônico para acesso do colaborador a qualquer momento pelo link: 5

7 Comprovante de Conhecimento Prezado Colaborador, Os regulamentos e as normas contidas neste documento têm o objetivo de preservar a segurança e a integridade dos colaboradores desta empresa, assim como de orientar a todos, inclusive terceiros, consultores e prestadores de serviço, sobre quais são os comportamentos mínimos exigidos nas dependências e/ou na representação da FAEL. Contamos com a sua colaboração! Declaro ter conhecimento dos direitos, deveres, regras e demais informações contidas neste Manual do Colaborador, bem como suas recomendações e sanções. Nome: Função: Setor: Assinatura: Data: / /. 6

Manual do Colaborador. FAEL - Sociedade Técnica Educacional da Lapa S/A. Manual do Colaborador

Manual do Colaborador. FAEL - Sociedade Técnica Educacional da Lapa S/A. Manual do Colaborador Manual do Colaborador FAEL - Sociedade Técnica Educacional da Lapa S/A Manual do Colaborador Bem-vindo à Fael! Neste manual, pretendemos elucidar para você todas as informações necessárias para lhe ajudar

Leia mais

Termos e Condições de Uso My Benefits

Termos e Condições de Uso My Benefits Termos e Condições de Uso My Benefits Este Termo de Uso apresenta as Condições Gerais aplicáveis ao uso do website e plataforma de descontos oferecida por PORTAL SUPER PUBLICO LTDA., inscrita no CNPJ sob

Leia mais

CONDIÇÕES GERAIS DO CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇO DE ACESSO INTERNET

CONDIÇÕES GERAIS DO CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇO DE ACESSO INTERNET NOVAREDENET LTDA ME CONDIÇÕES GERAIS DO CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇO DE ACESSO INTERNET Contrato que entre si celebram a Novaredenet LTDA ME inscrito no CNPJ sob o nº 12.127.736/0001-04, Inscrição

Leia mais

Divisão de Telefonia

Divisão de Telefonia Departamento de Tecnologia da Informação Divisão de Telefonia (FIXA E MÓVEL) Horário de atendimento 8h30min às 18:30min Local 1º andar do prédio anexo Contatos dti.atendimento@al.rs.gov.br Ramais: 1080

Leia mais

DIÁRIO OFICIAL Nº. 31389 de 31/03/2009

DIÁRIO OFICIAL Nº. 31389 de 31/03/2009 DIÁRIO OFICIAL Nº. 31389 de 31/03/2009 GABINETE DA GOVERNADORA DEFENSORIA PÚBLICA DO ESTADO INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 04 /2009. Dispõe sobre a utilização, o registro e o controle dos telefones móveis pertencentes

Leia mais

Manual do colaborador

Manual do colaborador Bem-vindo à Fael, A seguir você conhecerá um pouco mais da empresa que irá te receber. 1 Neste manual, você terá todas as informações necessárias para construir uma bela trajetória profissional. Cuide

Leia mais

CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇO TRANS-MUX (EXPLORAÇÃO INDUSTRIAL DE LINHA DEDICADA EILD) ANEXO 3 TERMO DE COMPROMISSO DE CONFIDENCIALIDADE

CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇO TRANS-MUX (EXPLORAÇÃO INDUSTRIAL DE LINHA DEDICADA EILD) ANEXO 3 TERMO DE COMPROMISSO DE CONFIDENCIALIDADE CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇO TRANS-MUX (EXPLORAÇÃO INDUSTRIAL DE LINHA DEDICADA EILD) ANEXO 3 TERMO DE COMPROMISSO DE CONFIDENCIALIDADE 1. OBJETIVO Este Anexo ao Contrato de Prestação de Serviço TRANS-MUX

Leia mais

CONTRATO DE COMODATO DE BEM MÓVEL E OUTRAS AVENÇAS

CONTRATO DE COMODATO DE BEM MÓVEL E OUTRAS AVENÇAS 1/6 CONTRATO DE COMODATO DE BEM MÓVEL E OUTRAS AVENÇAS Pelo presente instrumento particular de contrato, que tem de um lado FUNDAÇÃO FACULDADE DE MEDICINA, pessoa jurídica de direito privado, de fins não

Leia mais

Considerando que: a) A UNAFISCO NACIONAL firmou com a TIM Celular contrato de Prestação do Serviço Móvel Pessoal (SMP);

Considerando que: a) A UNAFISCO NACIONAL firmou com a TIM Celular contrato de Prestação do Serviço Móvel Pessoal (SMP); Nº Do contrato: Fone: ( ) IMEI: * *A ser preenchido pela associação. INSTRUMENTO PARTICULAR DE CONTRATO DE COMODATO DE APARELHO CELULAR E DE CONCESSÃO DE USO DE LINHA DE TELEFONIA MÓVEL E CONTRATAÇÃO DE

Leia mais

CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS

CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS O presente contrato estabelece condições para os relacionamentos comerciais derivados da contratação do uso da Loja virtual sistema denominado LOJA EFICAZ, constituída

Leia mais

JUAREZ COSTA, PREFEITO MUNICIPAL DE SINOP, ESTADO DE MATO GROSSO, no uso de suas atribuições legais; D E C R E T A:

JUAREZ COSTA, PREFEITO MUNICIPAL DE SINOP, ESTADO DE MATO GROSSO, no uso de suas atribuições legais; D E C R E T A: DECRETO Nº. 245/2014 DATA: 24 de novembro de 2014 SÚMULA: Disciplina a utilização das linhas telefônicas móveis, os chamados Celulares Corporativos, e dá outras providências. JUAREZ COSTA, PREFEITO MUNICIPAL

Leia mais

ANEXO I NÍVEIS MÍNIMOS DE SERVIÇO EXIGIDOS (NMSE) PARA CONTRATO DE APOIO

ANEXO I NÍVEIS MÍNIMOS DE SERVIÇO EXIGIDOS (NMSE) PARA CONTRATO DE APOIO ANEXO I NÍVEIS MÍNIMOS DE SERVIÇO EXIGIDOS (NMSE) PARA CONTRATO DE APOIO 1. Introdução 1.1. Descrição do serviço Este documento disciplina a cessão de uso permanente da solução de software para Gestão

Leia mais

TERMOS DE USO. a A duração do(s) curso(s) da CONTRATADA terão tempo de duração determinado.

TERMOS DE USO. a A duração do(s) curso(s) da CONTRATADA terão tempo de duração determinado. TERMOS DE USO 1. O acesso ao(s) curso(s) contratado(s) só será efetivado com o correto preenchimento do cadastro de inscrição e após a confirmação do pagamento, conforme especificações no item 4 5, abaixo.

Leia mais

CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE TELEFONIA FIXA COMUTADA

CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE TELEFONIA FIXA COMUTADA CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE TELEFONIA FIXA COMUTADA Pelo presente instrumento particular de contrato de prestação de serviços, de um lado, OTS OPTION TELECOM SERVIÇOS DE TELECOMUNICAÇÕES LTDA.,

Leia mais

POLÍTICA DE SEGURANÇA DA INFORMAÇÃO (modelo )

POLÍTICA DE SEGURANÇA DA INFORMAÇÃO (modelo ) POLÍTICA DE SEGURANÇA DA INFORMAÇÃO (modelo ) A Política de segurança da informação, na A EMPRESA, aplica-se a todos os funcionários, prestadores de serviços, sistemas e serviços, incluindo trabalhos executados

Leia mais

NORMA DE TELEFONIA FIXA, MÓVEL E RÁDIO COMUNICAÇÃO NOR 203

NORMA DE TELEFONIA FIXA, MÓVEL E RÁDIO COMUNICAÇÃO NOR 203 MANUAL DE ADMINISTRAÇÃO COD. 200 ASSUNTO: UTILIZAÇÃO DE SERVIÇOS DE TELEFONIA FIXA, MÓVEL E RÁDIO COMUNICAÇÃO COD: NOR 203 APROVAÇÃO: REDIR nº 14/2009, de 16/11/2009 NORMA DE TELEFONIA FIXA, MÓVEL E RÁDIO

Leia mais

TERMO DE ADESÃO A ANTECIPAÇÃO DE PREMIAÇÃO PARA INVESTIMENTO EM MÍDIA

TERMO DE ADESÃO A ANTECIPAÇÃO DE PREMIAÇÃO PARA INVESTIMENTO EM MÍDIA TERMO DE ADESÃO A ANTECIPAÇÃO DE PREMIAÇÃO PARA INVESTIMENTO EM MÍDIA A FAEL E O POLO (NOME FANTASIA) CELEBRAM O PRESENTE TERMO VISANDO A ANTECIPAÇÃO DE VALORES, PARA UTILIZAÇÃO EXCLUSIVA EM MÍDIA, COMO

Leia mais

Superior Tribunal de Justiça

Superior Tribunal de Justiça Revogado pela Portaria STJ n. 417 de 24 de outubro de 2012 PORTARIA N. 329 DE 19 DE OUTUBRO DE 2011. Dispõe sobre o controle de acesso, circulação e permanência de pessoas no Superior Tribunal de Justiça.

Leia mais

ANUCIANTE declara que aquiesceu com todas as condições apresentadas no presente Termo de Uso.

ANUCIANTE declara que aquiesceu com todas as condições apresentadas no presente Termo de Uso. O website e domínio www.busquecursos.co, bem como seus subdomínios, funcionalidades, conteúdo e demais aplicações e serviços (incluindo aplicações mobile) estão sujeitos aos termos e condições deste termo

Leia mais

CONTRATO DE LOCAÇÃO DE APARELHO DE TELEFONE E OUTRAS AVENÇAS

CONTRATO DE LOCAÇÃO DE APARELHO DE TELEFONE E OUTRAS AVENÇAS CONTRATO DE LOCAÇÃO DE APARELHO DE TELEFONE E OUTRAS AVENÇAS Pelo presente instrumento particular, e na melhor forma de direito, de um lado, (I) BIOTECMEATZ IMP. E EXP. DE PRODUTOS MÉDICOS, SERVIÇOS EM

Leia mais

Capítulo I. Da Finalidade

Capítulo I. Da Finalidade Dispõe sobre o Regulamento do Serviço de Circulação do Sistema de Bibliotecas (SiBi), da Universidade Federal do Paraná (UFPR) aprovado em Reunião de Chefias em 26 de fevereiro de 2015. Capítulo I Da Finalidade

Leia mais

CONTRATO DE COMODATO, DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS E OUTRAS AVENÇAS

CONTRATO DE COMODATO, DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS E OUTRAS AVENÇAS CONTRATO DE COMODATO, DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS E OUTRAS AVENÇAS Pelo presente instrumento particular, de um lado V-SEG SENP TECNOLOGIA LTDA - EPP, pessoa jurídica de direito privado inscrita no CNPJ/MF

Leia mais

CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SCM

CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SCM CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SCM Contrato que entre si celebram Edmilson de Lima Araújo - ME, inscrito no CNPJ sob o nº 00552496/0001-06, Inscrição Estadual 24837800-7, situado a Av. Dr. Jayme Carneiro Lopes

Leia mais

Superior Tribunal de Justiça

Superior Tribunal de Justiça Vide Instrução Normativa STJ/GDG n. 26 de 18 de dezembro de 2015 (Alteração = art. 12) RESOLUÇÃO STJ N. 2 DE 4 DE FEVEREIRO DE 2015. Dispõe sobre os serviços de telecomunicações do Superior Tribunal de

Leia mais

TERMOS E CONDIÇÕES GERAIS DE USO DO APLICATIVO CONTROLY E DO CARTÃO CONTROLY

TERMOS E CONDIÇÕES GERAIS DE USO DO APLICATIVO CONTROLY E DO CARTÃO CONTROLY TERMOS E CONDIÇÕES GERAIS DE USO DO APLICATIVO CONTROLY E DO CARTÃO CONTROLY Os presentes termos e condições gerais de uso (os Termos de Uso ) definem os direitos e obrigações aplicáveis aos usuários do

Leia mais

NORMA DE PROCEDIMENTOS Utilização de meios de transporte

NORMA DE PROCEDIMENTOS Utilização de meios de transporte pág.: 1/6 1 Objetivo Estabelecer critérios e procedimentos a serem adotados para a utilização dos meios de transporte na COPASA MG. 2 Referências Para aplicação desta norma, poderá ser necessário consultar:

Leia mais

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL ASSEMBLÉIA LEGISLATIVA Gabinete de Consultoria Legislativa

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL ASSEMBLÉIA LEGISLATIVA Gabinete de Consultoria Legislativa ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL ASSEMBLÉIA LEGISLATIVA Gabinete de Consultoria Legislativa RESOLUÇÃO DE MESA N.º783/2007. (publicada no DOE nº 194, de 11 de outubro de 2007) Define as políticas para o uso

Leia mais

CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE TELEFONIA FIXA COMUTADA

CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE TELEFONIA FIXA COMUTADA CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE TELEFONIA FIXA COMUTADA Pelo presente instrumento particular de contrato de prestação de serviços, de um lado, OTS OPTION TELECOM SERVIÇOS DE TELECOMUNICAÇÕES LTDA.,

Leia mais

TERMO DE ADESÃO/REGULAMENTO LISTA DE PRESENTES

TERMO DE ADESÃO/REGULAMENTO LISTA DE PRESENTES TERMO DE ADESÃO/REGULAMENTO LISTA DE PRESENTES I. INFORMAÇÕES GERAIS 1.1 A Lista de Presentes DONNA RITA é o serviço pelo qual o cliente poderá selecionar previamente os produtos que almeje receber como

Leia mais

INSTRUÇÕES DE PESQUISA INSTRUÇÕES BIBLIOTECA

INSTRUÇÕES DE PESQUISA INSTRUÇÕES BIBLIOTECA INSTRUÇÕES DE PESQUISA O objetivo desse documento é proporcionar aos usuários condições de desenvolver estudos e pesquisas no acervo da biblioteca JK. Nele estão contidos os dados que reúne, organiza e

Leia mais

CONTRATO DE FRANQUIA COMERCIAL POR MEIO ELETRÔNICO

CONTRATO DE FRANQUIA COMERCIAL POR MEIO ELETRÔNICO CONTRATO DE FRANQUIA COMERCIAL POR MEIO ELETRÔNICO Pelo presente instrumento particular de Contrato de Franquia Comercial, que fazem entre si,de um lado FRANQUEADO, e de outro lado PRONTOTEL -sob o CNPJ

Leia mais

Normas para reserva de equipamentos para eventos de interesse da UNILAB

Normas para reserva de equipamentos para eventos de interesse da UNILAB MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO Universidade da Integração Internacional da Lusofonia Afro-Brasileira UNILAB Coordenação de Logística Normas para reserva de equipamentos para eventos de interesse da UNILAB Divisão

Leia mais

CONTRATO DE CESSÃO DE DIREITO DE USO (LICENÇA) DO BOMBIRÔ PLATAFORMA ONLINE E PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE MANUTENÇÃO RELACIONADOS

CONTRATO DE CESSÃO DE DIREITO DE USO (LICENÇA) DO BOMBIRÔ PLATAFORMA ONLINE E PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE MANUTENÇÃO RELACIONADOS CONTRATO DE CESSÃO DE DIREITO DE USO (LICENÇA) DO BOMBIRÔ PLATAFORMA ONLINE E PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE MANUTENÇÃO RELACIONADOS ATENÇÃO: Ao selecionar a opção Eu aceito os termos de licença e uso do BomBirô

Leia mais

INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 27, DE 20 DE AGOSTO DE 2009.

INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 27, DE 20 DE AGOSTO DE 2009. INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 27, DE 20 DE AGOSTO DE 2009. Estabelece as normas de utilização dos meios de comunicação telefônica fixa e móvel, no âmbito da Agência Nacional de Aviação Civil ANAC. A DIRETORA-PRESIDENTE

Leia mais

O objetivo deste Termo é regular as condições de uso, cadastro e validação do Usuário da 99motos

O objetivo deste Termo é regular as condições de uso, cadastro e validação do Usuário da 99motos INTRODUÇÃO Bem-vindo ao aplicativo mobile 99motos e website da 99motos, certifique-se de ter lido e entendido os Termos de Uso e Política de Privacidade, denominados termos, que consistem em contrato firmado

Leia mais

ACORDO DE COOPERAÇÃO TÉCNICA

ACORDO DE COOPERAÇÃO TÉCNICA TRIBUNAL REGIONAL FEDERAL DA 4ª REGIÃO Rua O távio Francis co Carus o da Rocha, 300 - Bairro Praia de Belas - CEP 90010-395 - Porto Alegre - RS - www.trf4.jus.br ACORDO DE COOPERAÇÃO TÉCNICA ACORDO DE

Leia mais

Se estiver no Mercosul, também poderá contar com os serviços de emergência, bastando ligar para 55 11 4133 6537.

Se estiver no Mercosul, também poderá contar com os serviços de emergência, bastando ligar para 55 11 4133 6537. Assist24h_AutoPasseio_jul 6/13/07 4:32 PM Page 1 CARO SEGURADO Para você que adquiriu o Real Automóvel e contratou os serviços de Assistência 24 horas, este é o seu guia de serviços da Real Assistência.

Leia mais

LEGISLAÇÃO CORRELATADA

LEGISLAÇÃO CORRELATADA LEGISLAÇÃO CORRELATADA DECRETO 3.984 de 11 de março de 2008 Define Políticas de Gestão para utilização do serviço telefônico fixo comutado (STFC) e do serviço móvel pessoal (SMP) pelos Órgãos da Administração

Leia mais

FAEL - Sociedade Técnica Educacional da Lapa S/A. Manual do colaborador

FAEL - Sociedade Técnica Educacional da Lapa S/A. Manual do colaborador Manual do colaborador Manual do colaborador Bem-vindo à Fael! N este manual, pretendemos elucidar para você todas as informações necessárias para lhe ajudar a estabelecer e incrementar sua trajetória profissional.

Leia mais

Contrato para Prestação de Serviços Educacionais - Pós-Graduação

Contrato para Prestação de Serviços Educacionais - Pós-Graduação Contrato para Prestação de Serviços Educacionais - Pós-Graduação Nome do Aluno: Código RG nº: CPF nº: Data Nasc.: Nome do Representante Legal: RG nº: CPF nº: Data Nasc.: Endereço : Bairro: CEP: Cidade:

Leia mais

PORTARIA Nº 047, DE 25 DE JULHO DE 2014. ALTERADA PELA NORMA: Portaria nº 71, de 19 de agosto de 2014.

PORTARIA Nº 047, DE 25 DE JULHO DE 2014. ALTERADA PELA NORMA: Portaria nº 71, de 19 de agosto de 2014. PORTARIA Nº 047, DE 25 DE JULHO DE 2014. ALTERADA PELA NORMA: Portaria nº 71, de 19 de agosto de 2014. M A TO G R O S S O. E STA D O D E T R ANS F O R M A Ç Ã O. Dispõe sobre a emissão e obrigatoriedade

Leia mais

CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE COMUNICAÇÃO MULTIMÍDIA NA MODALIDADE DE LINK DEDICADO.

CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE COMUNICAÇÃO MULTIMÍDIA NA MODALIDADE DE LINK DEDICADO. CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE COMUNICAÇÃO MULTIMÍDIA NA MODALIDADE DE LINK DEDICADO. Pelo presente contrato, a PRIMEWS Comercio e Serviços de Telecomunicações e Tecnologia LTDA, com endereço na

Leia mais

REGULAMENTO. Presenteador: É a pessoa física ou jurídica que adquire o VALE-VIAGEM CVC, mediante a compra direta de cargas de valores.

REGULAMENTO. Presenteador: É a pessoa física ou jurídica que adquire o VALE-VIAGEM CVC, mediante a compra direta de cargas de valores. REGULAMENTO A CVC BRASIL OPERADORA E AGÊNCIA DE VIAGENS S.A., o Presenteador e o Presenteado do VALE-VIAGEM CVC, a primeira, na qualidade de prestadora de serviços de turismo, e o segundo, aderindo às

Leia mais

COIFFEUR BRASIL. Termo e Condições de Uso v.1. Publicação dia 03 de Junho de 2015.

COIFFEUR BRASIL. Termo e Condições de Uso v.1. Publicação dia 03 de Junho de 2015. COIFFEUR BRASIL Termo e Condições de Uso v.1 Publicação dia 03 de Junho de 2015. Qualquer pessoa que se utilize dos serviços denominados Coiffeur Brasil (registrada sob CNPJ 20.402.266/0001 78 e localizada

Leia mais

Perguntas e Respostas sobre Gestão Patrimonial

Perguntas e Respostas sobre Gestão Patrimonial Perguntas e Respostas sobre Gestão Patrimonial 1) Como fazer uma doação de um Bem para o Instituto Federal do Paraná Câmpus Curitiba, adquirido com recursos de Projetos de Pesquisa? Deverá comunicar o

Leia mais

MANUAL DO EXPOSITOR. Cronograma de Montagem e Desmontagem

MANUAL DO EXPOSITOR. Cronograma de Montagem e Desmontagem MANUAL DO EXPOSITOR Evento: Simpósio AMIB de Odontologia em UTI Data: 06 a 07 de junho de 2014 Local: Hotel Pestana Rua Tutóia, 77 - Jardins Horário: 8h00 às 18h00 Organizadora: Associação de Medicina

Leia mais

Termos de Uso Sistema Diário de Obras Online

Termos de Uso Sistema Diário de Obras Online Termos de Uso Sistema Diário de Obras Online Estes são os termos que determinarão o nosso relacionamento Este contrato refere-se ao sistema Diário de Obras Online, abrangendo qualquer uma de suas versões

Leia mais

MINISTÉRIO PÚBLICO FEDERAL PROCURADORIA-GERAL DA REPÚBLICA

MINISTÉRIO PÚBLICO FEDERAL PROCURADORIA-GERAL DA REPÚBLICA MINISTÉRIO PÚBLICO FEDERAL PROCURADORIA-GERAL DA REPÚBLICA PORTARIA Nº 969, DE 17 DE NOVEMBRO DE 2015. Regulamenta a utilização, manutenção e controle do sistema de telefonia fixa, móvel e de Voz sobre

Leia mais

POLÍTICA DE SEGURANÇA DA INFORMAÇÃO

POLÍTICA DE SEGURANÇA DA INFORMAÇÃO POLÍTICA DE SEGURANÇA DA INFORMAÇÃO BASEADO NA NORMA ABNT 21:204.01-010 A Política de segurança da informação, na FK EQUIPAMENTOS, aplica-se a todos os funcionários, prestadores de serviços, sistemas e

Leia mais

Um Plano de Serviço é um conjunto de especificações que definem as condições sob as quais

Um Plano de Serviço é um conjunto de especificações que definem as condições sob as quais I - O Cliente e a Vésper Da Qualificação do Cliente - Para facilitar o entendimento deste texto, a palavra Cliente será usada para designar a pessoa física ou jurídica que contrata junto à Vésper a prestação

Leia mais

CONTRATAÇÃO DE SERVIÇOS DE LOCAÇÃO DE VEÍCULOS

CONTRATAÇÃO DE SERVIÇOS DE LOCAÇÃO DE VEÍCULOS CONTRATAÇÃO DE SERVIÇOS DE LOCAÇÃO DE VEÍCULOS CONTRATO DE GESTÃO IGAM/ABHA N 002/2009 = TERMO DE REFERÊNCIA = PROCESSO SELETIVO 010/2012 ARAGUARI - MG SETEMBRO / 2012 1. OBJETIVO 1.1. Este Termo de Referência

Leia mais

COOPERATIVA DE TRABALHO DOS PROFISSIONAIS DE AGRONOMIA LTDA.

COOPERATIVA DE TRABALHO DOS PROFISSIONAIS DE AGRONOMIA LTDA. Manual de Uso de Veículo Respeito a Vida! TERMO DE RECEBIMENTO R ecebi da Cooperativa de Trabalho dos P r o f i s s i o n a i s d e A g r o n o m i a L t d a. UNICAMPO, o MANUAL DE USO DO VEÍCULO e após

Leia mais

CONSELHO FEDERAL DE ECONOMIA

CONSELHO FEDERAL DE ECONOMIA Resolução nº 1.839, de 26 de novembro de 2010. Disciplina o uso e responsabilidade dos equipamentos de telefonia móvel no âmbito do Conselho Federal de Economia. O CONSELHO FEDERAL DE ECONOMIA, no uso

Leia mais

EXTRATO DO CONTRATO PARA REPRESENTAÇÃO DE SEGUROS

EXTRATO DO CONTRATO PARA REPRESENTAÇÃO DE SEGUROS EXTRATO DO CONTRATO PARA REPRESENTAÇÃO DE SEGUROS TOKIO MARINE SEGURADORA S.A., inscrita no CNPJ sob o número 33.164.021/0001-00 pessoa jurídica de direito privado com sede na Rua Sampaio Viana, 44 - Paraíso,

Leia mais

REGULAMENTO. Capítulo 1º. Definições:

REGULAMENTO. Capítulo 1º. Definições: REGULAMENTO A OPERADORA E AGÊNCIA DE VIAGENS CVC TUR LTDA., o Presenteador e o Presenteado do VALE-VIAGEM CVC, a primeira, na qualidade de prestadora de serviços de turismo, e o segundo, aderindo às condições

Leia mais

TERMOS DE USO DO SITE WWW.DAYCOVALINVESTE.COM.BR

TERMOS DE USO DO SITE WWW.DAYCOVALINVESTE.COM.BR TERMOS DE USO DO SITE WWW.DAYCOVALINVESTE.COM.BR Este site é de propriedade do Banco Daycoval S/A e foi desenvolvido com a finalidade de disponibilizar informações para sua correta utilização e reserva-se

Leia mais

REGULAMENTO OFICIAL 2º SÃO JOAQUIM RUN KIDS 2015

REGULAMENTO OFICIAL 2º SÃO JOAQUIM RUN KIDS 2015 REGULAMENTO OFICIAL 2º SÃO JOAQUIM RUN KIDS 2015 Capítulo I PROVA Artigo 1º. A 2º São Joaquim Run Kids 2015 Franca-SP ( CORRIDA ) será realizada no sábado, dia 25 de abril de 2015. Artigo 2º. A largada

Leia mais

CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇO TELEFÔNICO FIXO COMUTADO

CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇO TELEFÔNICO FIXO COMUTADO CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇO TELEFÔNICO FIXO COMUTADO O presente Contrato de Prestação de Serviços ( Contrato ) é celebrado de um lado por (a) DATORA TELECOMUNICAÇÕES LTDA., com sede na,, Saquarema,

Leia mais

1.2. Presenteador: pessoa física ou jurídica que adquire o FLOT TRAVEL CARD mediante a compra direta de carga de valor.

1.2. Presenteador: pessoa física ou jurídica que adquire o FLOT TRAVEL CARD mediante a compra direta de carga de valor. REGULAMENTO DO FLOT TRAVEL CARD FLOT OPERADORA TURÍSTICA LTDA., o Presenteador e o Presenteado do FLOT TRAVEL CARD, a primeira, na qualidade de prestadora de serviços de turismo, o segundo e o terceiro,

Leia mais

REGULAMENTO PARA USO E FUNCIONAMENTO DO ESTACIONAMENTO DA FACULDADE GUANAMBI (FG)

REGULAMENTO PARA USO E FUNCIONAMENTO DO ESTACIONAMENTO DA FACULDADE GUANAMBI (FG) REGULAMENTO PARA USO E FUNCIONAMENTO DO ESTACIONAMENTO DA FACULDADE GUANAMBI (FG) O DIRETOR GERAL da Faculdade Guanambi (FG), no uso de suas atribuições, e considerando a necessidade de disciplinar o uso

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA. ITEM Código ESPECIFICAÇÃO DO MATERIAL UN QUANT

TERMO DE REFERÊNCIA. ITEM Código ESPECIFICAÇÃO DO MATERIAL UN QUANT GOVERNO DO ESTADO DE GOIÁS SECRETARIA DE ESTADO DA CASA CIVIL SUPERINTENDÊNCIA DE GESTÃO, PLANEJAMENTO E FINANÇAS GERÊNCIA DE APOIO LOGÍSTICO E DE SUPRIMENTOS TERMO DE REFERÊNCIA Contratação de empresa

Leia mais

MANUAL DE CONTROLES INTERNOS POLÍTICAS CORPORATIVAS

MANUAL DE CONTROLES INTERNOS POLÍTICAS CORPORATIVAS 8 - Política de segurança da informação 8.1 Introdução A informação é um ativo que possui grande valor para a COOPERFEMSA, devendo ser adequadamente utilizada e protegida contra ameaças e riscos. A adoção

Leia mais

INSTRUÇÃO NORMATIVA SSG 001/2011. Sistema Serviços Gerais

INSTRUÇÃO NORMATIVA SSG 001/2011. Sistema Serviços Gerais INSTRUÇÃO NORMATIVA SSG 001/2011 Versão: 01 Aprovação em: 10/10/2011 Unidade Responsável: Coordenadoria de Administração - CAD SSG: Sistema Serviços Gerais I FINALIDADE Dispor sobre as normas e procedimentos

Leia mais

CONTRATO DE LICENÇA DE USO DE SOFTWARE

CONTRATO DE LICENÇA DE USO DE SOFTWARE CONTRATO DE LICENÇA DE USO DE SOFTWARE Ao aceitar eletronicamente este contrato, depois de aceito todas as condições do contrato, o cliente estará automaticamente aderindo e concordando com todos os termos

Leia mais

FLEXPAG - Política de Privacidade

FLEXPAG - Política de Privacidade FLEXPAG - Política de Privacidade A infocusweb/flexpag tem um compromisso com o respeito à sua privacidade. Política de Privacidade Nós reconhecemos que ao optar por nos informar alguns de seus dados pessoais,

Leia mais

POLÍTICA DE SEGURANÇA DA INFORMAÇÃO

POLÍTICA DE SEGURANÇA DA INFORMAÇÃO Página: 1 de 5 1. INTRODUÇÃO A informação é um ativo que possui grande importância para PRÓ-MEMÓRIA, sendo resguardada contra ameaças e riscos. Segurança da informação, segundo a NBR ISO/IEC 27002:2005,

Leia mais

MINISTÉRIO DOS TRANSPORTES DEPARTAMENTO NACIONAL DE INFRAESTRUTURA DE TRANSPORTES INSTRUÇÃO DE SERVIÇO/DG N 08, DE 15 DE JUNHO DE 2009

MINISTÉRIO DOS TRANSPORTES DEPARTAMENTO NACIONAL DE INFRAESTRUTURA DE TRANSPORTES INSTRUÇÃO DE SERVIÇO/DG N 08, DE 15 DE JUNHO DE 2009 MINISTÉRIO DOS TRANSPORTES DEPARTAMENTO NACIONAL DE INFRAESTRUTURA DE TRANSPORTES INSTRUÇÃO DE SERVIÇO/DG N 08, DE 15 DE JUNHO DE 2009 O DIRETOR GERAL do Departamento Nacional de Infra-Estrutura de Transportes

Leia mais

CONSELHO NACIONAL DO MINISTÉRIO PÚBLICO PRESIDÊNCIA PORTARIA CNMP-PRESI N.º 88 DE 26 DE OUTUBRO DE 2010.

CONSELHO NACIONAL DO MINISTÉRIO PÚBLICO PRESIDÊNCIA PORTARIA CNMP-PRESI N.º 88 DE 26 DE OUTUBRO DE 2010. PORTARIA CNMP-PRESI N.º 88 DE 26 DE OUTUBRO DE 2010. Regulamenta a utilização, manutenção e controle do Sistema de Telefonia fixa e móvel, no âmbito do Conselho Nacional do Ministério Público. O PRESIDENTE

Leia mais

POLÍTICA DE SEGURANÇA DA INFORMAÇÃO

POLÍTICA DE SEGURANÇA DA INFORMAÇÃO Grupo PETRA S.A. Departamento de Tecnologia da Informação POLÍTICA DE SEGURANÇA DA INFORMAÇÃO Início da Vigência: 01/Maio/2010 Propriedade do Grupo PETRA S.A. 1. INTRODUÇÃO Este documento foi elaborado

Leia mais

PORTARIA Nº 15, DE 08 DE MARÇO DE 2007.

PORTARIA Nº 15, DE 08 DE MARÇO DE 2007. PORTARIA Nº 15, DE 08 DE MARÇO DE 2007. Regulamenta o uso dos veículos da frota oficial e estabelece normas gerais sobre as atividades de transporte de usuários da FHDSS-Unesp. O Diretor da Faculdade de

Leia mais

Nome da Empresa (Máx.27 caracteres) Matrícula da viatura/ Nome do Utilizador (Máx 27 caracteres) Nome da Empresa (Máx.

Nome da Empresa (Máx.27 caracteres) Matrícula da viatura/ Nome do Utilizador (Máx 27 caracteres) Nome da Empresa (Máx. ELEMENTOS A GRAVAR NO CARTÃO 1 Matrícula da viatura/ Nome do Utilizador (Máx 27 caracteres) 2 Matrícula da viatura/ Nome do Utilizador (Máx 27 caracteres) 3 Matrícula da viatura/ Nome do Utilizador (Máx

Leia mais

CAPES COORDENAÇÃO DE APERFEIÇOAMENTO DE PESSOAL DE NÍVEL SUPERIOR Anexo I Portaria nº 028, de 27 de janeiro de 2010. Anexo I

CAPES COORDENAÇÃO DE APERFEIÇOAMENTO DE PESSOAL DE NÍVEL SUPERIOR Anexo I Portaria nº 028, de 27 de janeiro de 2010. Anexo I Anexo I REGULAMENTO DA CONCESSÃO DO AUXÍLIO FINANCEIRO A PROJETO EDUCACIONAL E DE PESQUISA - AUXPE 1. Da Concessão e Aceitação 1.1 A solicitação e concessão de recursos financeiros dar-se-á mediante celebração

Leia mais

Sistema Integrado de Bibliotecas. Sistema Integrado de Bibliotecas

Sistema Integrado de Bibliotecas. Sistema Integrado de Bibliotecas Sistema Integrado de Bibliotecas Sistema Integrado de Bibliotecas Responsável: Cassiana Souza Coordenadora do Sistema Integrado de Bibliotecas FAEL CRB - 9/1501 Projeto Gráfico e Capa: Bruna Maria Cantador

Leia mais

REGULAMENTO DE ASSISTÊNCIA 24H MAPFRE WARRANTY. Não haverá franquia quilométrica para os serviços descritos nos itens abaixo: 1.

REGULAMENTO DE ASSISTÊNCIA 24H MAPFRE WARRANTY. Não haverá franquia quilométrica para os serviços descritos nos itens abaixo: 1. 1. DEFINIÇÕES Acidente: é a ocorrência de qualquer fato danoso e imprevisível produzido no veículo, tais como: colisão, abalroamento ou capotagem que provoque sua imobilização, tendo ou não resultado em

Leia mais

Regulamento dos Laboratórios de Eletrotécnica

Regulamento dos Laboratórios de Eletrotécnica MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA TRIÂNGULO MINEIRO Regulamento dos Laboratórios de Eletrotécnica PATOS DE MINAS,

Leia mais

Fit+ Termo e Condições de Uso v.1. Publicação dia 16 de Setembro de 2015.

Fit+ Termo e Condições de Uso v.1. Publicação dia 16 de Setembro de 2015. Fit+ Termo e Condições de Uso v.1 Publicação dia 16 de Setembro de 2015. Qualquer pessoa que se utilize dos serviços denominados Fit+ (registrada sob CNPJ 23.128.926/0001-62 e localizada à Rua Cassilândia,387,

Leia mais

EXTRATO DO CONTRATO PARA REPRESENTAÇÃO DE SEGUROS

EXTRATO DO CONTRATO PARA REPRESENTAÇÃO DE SEGUROS EXTRATO DO CONTRATO PARA REPRESENTAÇÃO DE SEGUROS CONTRATO PARA REPRESENTAÇÃO DE SEGUROS TOKIO MARINE SEGURADORA S.A., inscrita no CNPJ sob o número 33.164.021/0001-00 pessoa jurídica de direito privado

Leia mais

Tutorial Parceria FAEL com Programa Educa Mais Brasil

Tutorial Parceria FAEL com Programa Educa Mais Brasil Tutorial Parceria FAEL com Programa Educa Mais Brasil Procedimentos de candidatos e parceiros FAEL 1 - Para se inscrever, o candidato deve acessar o site: www.educamaisbrasil.com.br, e selecionar o botão

Leia mais

MANUAL DE CONTROLES INTERNOS PARTE II POLÍTICAS CORPORATIVAS

MANUAL DE CONTROLES INTERNOS PARTE II POLÍTICAS CORPORATIVAS 1 Política de segurança da informação 1.1 Introdução A informação é um ativo que possui grande valor para a COGEM, devendo ser adequadamente utilizada e protegida contra ameaças e riscos. A adoção de políticas

Leia mais

REGULAMENTO DO LABORATÓRIO DE CARTOGRAFIA E GEOPROCESSAMENTO. Seção I DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES

REGULAMENTO DO LABORATÓRIO DE CARTOGRAFIA E GEOPROCESSAMENTO. Seção I DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA CAMPUS IV: LITORAL NORTE RIO TINTO CENTRO DE CIÊNCIAS APLICADAS E EDUCAÇÃO DEPARTAMENTO DE ENGENHARIA E MEIO AMBIENTE REGULAMENTO DO LABORATÓRIO DE CARTOGRAFIA E GEOPROCESSAMENTO

Leia mais

TERMO DE ADESÃO AO CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS EDUCACIONAIS A DISTÂNCIA E TERMOS DE USO DE CURSOS ON-LINE

TERMO DE ADESÃO AO CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS EDUCACIONAIS A DISTÂNCIA E TERMOS DE USO DE CURSOS ON-LINE TERMO DE ADESÃO AO CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS EDUCACIONAIS A DISTÂNCIA E TERMOS DE USO DE CURSOS ON-LINE CONTRATADA: FUNDAÇÃO ESCOLA NACIONAL DE SEGUROS FUNENSEG, pessoa jurídica de direito privado,

Leia mais

Regulamento Interno para Utilização Associação Veper

Regulamento Interno para Utilização Associação Veper Regulamento Interno para Utilização Associação Veper A Associação Veper Os dirigentes do Grupo Veper tinham o sonho de oferecer um benefício a mais aos seus colaboradores, um espaço que oferecesse lazer,

Leia mais

CONTRATO Nº 1/0006-2014-FBE

CONTRATO Nº 1/0006-2014-FBE CONTRATO Nº 1/0006-2014-FBE Súmula: Contrato de serviços de HOSPEDAGEM, em apartamento tipo individual, para os docentes e técnicos que virão à UNIOESTE - Campus de Francisco Beltrão para atividades institucionais,

Leia mais

REGULAMENTO OFICIAL Capítulo I PROVA Artigo 1º. Artigo 2º. Parágrafo único Artigo 3º. Artigo 4º. Artigo 5º. Capítulo II - INSCRIÇÃO Artigo 6º.

REGULAMENTO OFICIAL Capítulo I PROVA Artigo 1º. Artigo 2º. Parágrafo único Artigo 3º. Artigo 4º. Artigo 5º. Capítulo II - INSCRIÇÃO Artigo 6º. REGULAMENTO OFICIAL Capítulo I PROVA Artigo 1º. A 1ª Corrida UNDER RUN KIDS 2015 - Mini Maratoninha será realizada no sábado, dia 25 de Julho de 2015 na cidade de Campo Grande - MS Artigo 2º. A largada

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO TRIÂNGULO MINEIRO Uberaba - Minas Gerais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO TRIÂNGULO MINEIRO Uberaba - Minas Gerais Uberaba - Minas Gerais RESOLUÇÃO Nº 011, DE 02 DE OUTUBRO DE 2012, DO REITOR DA UFTM. Dispõe sobre a utilização do Complexo Esportivo da UFTM O REITOR DA - UFTM, no uso de suas atribuições legais e regimentais

Leia mais

_um espaço de compartilhamento, vivência, experimentação que oferece a infraestrutura para a produção criativa com as mídias digitais.

_um espaço de compartilhamento, vivência, experimentação que oferece a infraestrutura para a produção criativa com as mídias digitais. RED BULL BASEMENT RESIDÊNCIA HACKER - 1ª EDIÇÃO 01 objeto O que é a Residência Hacker do Red Bull Basement? _um programa de residência hacker direcionado a coders, programadores, makers e desenvolvedores

Leia mais

CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS TRACKER COM SEGURO

CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS TRACKER COM SEGURO Página 1 de 7 CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS TRACKER COM SEGURO ET DO BRASIL LTDA., empresa com sede à Rua Federação Paulista de Futebol, 777, Barra Funda, São Paulo/SP, CEP: 01141-040, inscrita no

Leia mais

MANUAL DO EXPOSITOR 1º ENCONTRO TÉCNICO DA BAIXADA SANTISTA. Rua Treze de Maio, 1642, Casa 01 - Bela Vista Cep: 01327-002 - São Paulo/ SP

MANUAL DO EXPOSITOR 1º ENCONTRO TÉCNICO DA BAIXADA SANTISTA. Rua Treze de Maio, 1642, Casa 01 - Bela Vista Cep: 01327-002 - São Paulo/ SP MANUAL DO EXPOSITOR 1º ENCONTRO TÉCNICO DA BAIXADA SANTISTA PROMOÇÃO AESABESP - ASSOCIAÇÃO DOS ENGENHEIROS DA SABESP - POLO BAIXADA SANTISTA Rua Treze de Maio, 1642, Casa 01 - Bela Vista Cep: 01327-002

Leia mais

Política de TI. 1 - Direitos do Colaborador

Política de TI. 1 - Direitos do Colaborador Política de TI A Política de segurança da informação da OPERARIO MATERIAIS DE CONSTRUÇÃO aplica-se a todos os colaboradores e prestadores de serviços, incluindo trabalhos executados externamente ou por

Leia mais

Guia do serviço SMP Corporativo

Guia do serviço SMP Corporativo Guia do serviço SMP Corporativo Versão 02 Introdução Esse guia tem o intuito de apresentar o funcionamento e os procedimentos da gestão do novo contrato do Serviço de Telefonia Móvel corporativo da Unicamp.

Leia mais

CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇO MULTIMIDIA - LINK DE VOZ DISPOSIÇÕES ESPECÍFICAS DO CONTRATO 1. DAS PARTES CONTRATANTE:

CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇO MULTIMIDIA - LINK DE VOZ DISPOSIÇÕES ESPECÍFICAS DO CONTRATO 1. DAS PARTES CONTRATANTE: CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇO MULTIMIDIA - LINK DE VOZ DISPOSIÇÕES ESPECÍFICAS DO CONTRATO 1. DAS PARTES CONTRATANTE: FORTVET COMÉRCIO DE ARTIGOS PARA ANIMAIS LTDA. ME; CNPJ: 10.940.371/0001-07; Inscrição

Leia mais

RESOLUÇÃO NORMATIVA Nº 034/CUn/2008, de 16 de dezembro de 2008

RESOLUÇÃO NORMATIVA Nº 034/CUn/2008, de 16 de dezembro de 2008 RESOLUÇÃO NORMATIVA Nº 034/CUn/2008, de 16 de dezembro de 2008 EMENTA: DISPÕE SOBRE A PRESTAÇÃO DE SERVIÇO VOLUNTÁRIO NO HOSPITAL UNIVERSITÁRIO DA UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA. O PRESIDENTE DO

Leia mais

CONVITE / COMPRA DIRETA FFM 004/15 CP

CONVITE / COMPRA DIRETA FFM 004/15 CP CONVITE / COMPRA DIRETA FFM 004/15 CP A Fundação Faculdade de Medicina, entidade filantrópica, de direito privado, sem fins lucrativos, vem convidar V. Sas a participar do processo de Pedido de Cotação

Leia mais

CONDIÇÕES GERAIS RESERVE CLUBCAR

CONDIÇÕES GERAIS RESERVE CLUBCAR Seja bem-vindo à Blue Service Assistance, a opção mais vantajosa em assistência e clube de vantagens. É uma enorme satisfação ter você como nosso associado. A Blue Service Assistance está cada vez mais

Leia mais

CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE ACESSO À REDE DE

CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE ACESSO À REDE DE INTERNET CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE ACESSO À REDE DE Pelo presente instrumento que entre si celebram - BRISANET SERVIÇOS DE TELECOMUNICAÇÕES LTDA localizada no Sítio Serrote Verde - Zona Rural

Leia mais

CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE INTERNET

CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE INTERNET CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE INTERNET Pelo presente Instrumento Particular o BANCO MÁXIMA S/A, com sede na cidade de Rio de Janeiro, Estado do Rio de Janeiro, na Avenida Atlântica, 1130, 12º andar

Leia mais

Anexo H MINUTA DE CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS - PJ

Anexo H MINUTA DE CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS - PJ Anexo H MINUTA DE CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS - PJ CONTRATO n /2007 Contrato de Prestação de Serviços de Consultoria / Instrutoria, que entre si celebram o SERVIÇO DE APOIO ÀS MICRO E PEQUENAS EMPRESAS

Leia mais

Termo de Uso do CorretagemFácil

Termo de Uso do CorretagemFácil Termo de Uso do CorretagemFácil CORRETAGEM FÁCIL CONSULTORIA E COMÉRCIO DE INFORMÁTICA LTDA, pessoa jurídica de direito privado, inscrita no sob o n 19.431.653/0001-53, com sede na Av. Getúlio Vargas,

Leia mais

CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS

CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS Pelo presente instrumento particular de um lado VALERIA PASCHOAL EDITORA, PRODUTOS E SERVIÇOS LTDA - EPP pessoa jurídica de direito privado, com sede na Rua Pedro Morganti,

Leia mais