FILOSOFIA - 2 o ANO MÓDULO 08 A REAÇÃO DE ROMA: O CONCÍLIO DE TRENTO

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "FILOSOFIA - 2 o ANO MÓDULO 08 A REAÇÃO DE ROMA: O CONCÍLIO DE TRENTO"

Transcrição

1 FILOSOFIA - 2 o ANO MÓDULO 08 A REAÇÃO DE ROMA: O CONCÍLIO DE TRENTO

2 Como pode cair no enem A Reforma protestante e a Contrarreforma envolveram aspectos ligados à doutrina da religião cristã e à forma como se organizava a Igreja Católica com sede em Roma. No contexto desses movimentos, considere as afirmativas abaixo: I) Os protestantes eram contrários à autoridade do Papa e à intermediação dos padres na leitura da Bíblia. II) Os protestantes eram contrários ao casamento dos padres e ao sacramento da confissão. III) As idéias protestantes tiveram grande aceitação por parte dos monarcas portugueses, espanhóis e ingleses. IV) Os jesuítas foram designados para a ação missionária nas terras da América, Ásia e África, a fim de garantir a expansão da fé católica. V) O Concílio de Trento definiu algumas ações para reagir à expansão do protestantismo, como o fortalecimento dos sacramentos e uma melhor formação do clero para o atendimento dos fiéis. Assinale a alternativa correta. a) Somente as afirmativas II e III são verdadeiras. b) Somente as afirmativas I e II são verdadeiras. c) Somente a afirmativa IV é verdadeira. d) Somente as afirmativas III e V são verdadeiras. e) Somente as afirmativas I, IV e V são verdadeiras.

3 Fixação 1) O que foi a Dieta de Worms?

4 Fixação F 2) Qual a principal causa das mudanças na Igreja Católica no século XVI? 3

5 ixação ) Cite dois objetivos do Concílio de Trento.

6 Proposto 1) Ensina, além disso, o Santo Concílio que para a ordenação dos Bispos, dos sacerdotes e demais ordens, não se requer o consentimento nem da vocação, nem autoridade do povo, nem de nenhum poder secular, nem magistrado, de modo que sem ela, ficam nulas as ordens. Pelo contrário, decreta que todos os destinados e instituídos apenas pelo povo, ou poder secular, ou magistrado, ascendem a exercer estes ministérios e os que lhes sejam atribuídos por sua temeridade, não se devem tomar por ministros da Igreja, mas sim por vagabundos e ladrões que não entraram pela porta. Comente o trecho acima. (Concílio de Trento)

7 Proposto 2) Se alguém disser que não existe no Novo Testamento, sacerdócio visível e externo, ou que não existe poder algum em consagrar e oferecer o verdadeiro Corpo e Sangue do Senhor, nem de perdoar ou não perdoar os pecados, mas apenas o ofício e mero ministério de pregar o Evangelho, ou que os que não pregam não são absolutamente sacerdotes, seja excomungado. (Concílio de Trento) Contra que adversário o texto acima foi escrito?

8 Proposto 3) Como a adolescência é normalmente inclinada a seguir os deleites mundanos caso não seja dirigida corretamente e não perseverando jamais na perfeita observância da disciplina eclesiástica sem um grandíssimo e essencialíssimo auxílio de Deus, a não ser que desde seus mais ternos anos e antes que os hábitos viciosos chequem a dominar toda a pessoa, seja lhes dada criação conforme a piedade e religião. Estabelece o Santo Concílio que todas as catedrais metropolitanas e igrejas maiores que estas tenham a obrigação de manter e educar religiosamente e insistir na disciplina eclesiástica segundo as faculdades e extensão da diocese, certo número de jovens da mesma cidade e diocese, e se não houver nestas, então que sejam da mesma província, em um colégio situado perto das mesmas igrejas ou em outro lugar oportuno conforme ache o Bispo. (Concílio de Trento) Comente o trecho acima.

9 Proposto 4) Para que sejam instruídos com mais comodidade na disciplina eclesiástica, devem receber imediatamente a tonsura, usarão sempre o hábito clerical, aprenderão gramática, canto, cálculo eclesiástico e outras faculdades úteis e honestas, aprenderão a sagrada Escritura, os livros eclesiásticos, homilias dos Santos e as formas de administrar os Sacramentos, em especial o que conduz a ouvir as confissões, e os demais ritos e cerimônias. Cuide o Bispo para que assistam todos os dias a missa, que confessem seus pecados pelo menos uma vez ao mês, que recebam a juízo do confessor o corpo de nosso Senhor Jesus Cristo e sirvam na catedral e outras igrejas do povo nos dias festivos. (Concílio de Trento) Explique a razão por que a Igreja criou o tipo de instituição a que o texto acima faz referência.

REFORMA PROTESTANTE. 1- CONTEXTO HISTÓRICO: 1.1- Início do século XVI no Norte da Europa.

REFORMA PROTESTANTE. 1- CONTEXTO HISTÓRICO: 1.1- Início do século XVI no Norte da Europa. REFORMA PROTESTANTE 1- CONTEXTO HISTÓRICO: 1.1- Início do século XVI no Norte da Europa. 1.2- Processo final de formação das monarquias nacionais absolutistas. 1.3- Grandes navegações: transformações econômicas,

Leia mais

REFORMA E CONTRARREFORMA

REFORMA E CONTRARREFORMA REFORMA E CONTRARREFORMA CONHECER E COMPREENDER A REFORMA PROTESTANTE Porque houve uma Reforma religiosa na Europa? Venda de indulgências Luxo da Igreja Corrupção Falta de vocação de membros do Clero Afastamento

Leia mais

!" #$! %&% '( CAUSAS: ! "# $ % & ' $ (% & ) * + *, -$. / ++.) */ 0.) 0 0 0*

! #$! %&% '( CAUSAS: ! # $ % & ' $ (% & ) * + *, -$. / ++.) */ 0.) 0 0 0* º º !" #$! %&% '( CAUSAS:! "# $ % & ' $ (% & ) * + *, -$. / ++.) */ 0.) 0 0 0* -/ - !"#$%&'(#)*' $%+&,)* $-./0*1+2 23)4 15 $$ '6 & ) * + *, -$. / ++.) */ Séc. XIV e XV John Wyclif (Inglaterra) Jan Hus

Leia mais

O Sacramento da Ordem - V Seg, 29 de Dezembro de :26 - Pe. Henrique Soares da Costa

O Sacramento da Ordem - V Seg, 29 de Dezembro de :26 - Pe. Henrique Soares da Costa Pe. Henrique Soares da Costa No artigo passado vimos em que sentido o sacramento da Ordem confere um modo especial de participar do único sacerdócio de Cristo. Veremos, agora como é celebrado este sacramento,

Leia mais

Fatores religiosos: Corrupção do clero religioso : Venda de relíquias sagradas; venda de indulgencias; lotes celestiais; Ignorância do clero a maior

Fatores religiosos: Corrupção do clero religioso : Venda de relíquias sagradas; venda de indulgencias; lotes celestiais; Ignorância do clero a maior Fatores religiosos: Corrupção do clero religioso : Venda de relíquias sagradas; venda de indulgencias; lotes celestiais; Ignorância do clero a maior parte dos sacerdotes desconhecia a própria doutrina

Leia mais

06. REFORMAS RELIGIOSAS

06. REFORMAS RELIGIOSAS 06. REFORMAS RELIGIOSAS O clero e a Igreja Católica Igreja Católica instituição mais poderosa na Baixa Idade Média (séc. XI ao XV) única autoridade espiritual líder religioso único maior poder do que os

Leia mais

Condições Gerais. Políticas: Crise do Feudalismo Crescimento da Burguesia Rei não aceita interferência da Igreja Supranacionalismo Papal

Condições Gerais. Políticas: Crise do Feudalismo Crescimento da Burguesia Rei não aceita interferência da Igreja Supranacionalismo Papal Condições Gerais Políticas: Crise do Feudalismo Crescimento da Burguesia Rei não aceita interferência da Igreja Supranacionalismo Papal Econômicas: Nobreza interessada nas Terras da Igreja Burguesia contra

Leia mais

HISTÓRIA 1 ANO PROF. AMAURY PIO PROF. EDUARDO GOMES ENSINO MÉDIO

HISTÓRIA 1 ANO PROF. AMAURY PIO PROF. EDUARDO GOMES ENSINO MÉDIO HISTÓRIA 1 ANO PROF. AMAURY PIO PROF. EDUARDO GOMES ENSINO MÉDIO CONTEÚDOS E HABILIDADES Unidade III Conceitos sobre Era Medieval e Feudalismo 2 CONTEÚDOS E HABILIDADES Aula 12.2 Conteúdo As Reformas Religiosas

Leia mais

Queriam uma religião mais simples, mais próxima dos ensinamentos de Jesus.

Queriam uma religião mais simples, mais próxima dos ensinamentos de Jesus. Como estudamos anteriormente, no final de Idade Média e início da Idade Moderna, muitas pessoas estavam insatisfeitas com os abusos da Igreja. Queriam uma religião mais simples, mais próxima dos ensinamentos

Leia mais

REFORMA E CONTRA-REFORMA

REFORMA E CONTRA-REFORMA REFORMA E CONTRA-REFORMA As reformas religiosas no século XVI Crises religiosas anteriores ao século XVI Séculos XII-XIII: Heresia dos Cátaros (França). Século XIV: John Wycliff contesta a autoridade do

Leia mais

Módulo III O que anuncia a Catequese?

Módulo III O que anuncia a Catequese? Módulo III O que anuncia a Catequese? Diocese de Aveiro Objectivos Tomar consciência da realidade complexa do ser humano a quem levamos, hoje, uma Boa Nova. Compreender a importância da Sagrada Escritura

Leia mais

ENSINO RELIGIOSO REVISÃO GERAL III TRIMESTRE 6ºs ANOS

ENSINO RELIGIOSO REVISÃO GERAL III TRIMESTRE 6ºs ANOS COLÉGIO SALESIANO DOM BOSCO. ENSINO RELIGIOSO REVISÃO GERAL III TRIMESTRE 6ºs ANOS TEMA: OS RITOS E OS RITUAIS : OS SETE SACRAMENTOS DA IGREJA. CAPÍTULOS 9 AO 12 DO LIVRO DIDÁTICO (RSE). Professor: Roberto

Leia mais

REFORMAS RELIGIOSAS SÉC XVI.

REFORMAS RELIGIOSAS SÉC XVI. REFORMAS RELIGIOSAS SÉC XVI INTRODUÇÃO CONTEXTO: Transição feudo-capitalista. Crise do poder clerical na Europa Ocidental. Crise do pensamento teocêntrico europeu. DEFINIÇÃO Quebra do monopólio católico

Leia mais

. a d iza r to u a ia p ó C II

. a d iza r to u a ia p ó C II II Sugestões de avaliação História 7 o ano Unidade 4 5 Unidade 4 Nome: Data: 1. Leia o trecho a seguir e faça o que se pede. Renascimento foi um movimento cultural que nasceu entre as elites de ricas cidades

Leia mais

IDADE MODERNA A REFORMA PROTESTANTE

IDADE MODERNA A REFORMA PROTESTANTE REFORMA PROTESTANTE REFORMA PROTESTANTE OTESTANT IDADE MODERNA Definição: movimento religioso que rompeu com a autoridade da Igreja Católica, dando origem a novas religiões cristãs; Quando: a partir do

Leia mais

2º bimestre 1ª série 12 - Era Medieval Formação e consolidação da Igreja Caps. 3.2, 3.3 e 7. Roberson de Oliveira Roberson de Oliveira

2º bimestre 1ª série 12 - Era Medieval Formação e consolidação da Igreja Caps. 3.2, 3.3 e 7. Roberson de Oliveira Roberson de Oliveira 2º bimestre 1ª série 12 - Era Medieval Formação e consolidação da Igreja Caps. 3.2, 3.3 e 7 Roberson de Oliveira Roberson de Oliveira 1 Igreja na Era Medieval Importância: 1. Único poder universal. 2.

Leia mais

A Religião Evangélica Quatro pontos cardeais Manifesto escrito por John Charles Ryle 1º Bispo da Diocese da Igreja da Inglaterra de Liverpool.

A Religião Evangélica Quatro pontos cardeais Manifesto escrito por John Charles Ryle 1º Bispo da Diocese da Igreja da Inglaterra de Liverpool. A Religião Evangélica Quatro pontos cardeais Manifesto escrito por John Charles Ryle 1º Bispo da Diocese da Igreja da Inglaterra de Liverpool. para aprovardes as coisas excelentes (Fp 1:10) I. PRINCÍPIOS

Leia mais

Reforma Religiosa. Século XVI

Reforma Religiosa. Século XVI Reforma Religiosa Século XVI Motivos A Igreja representava e defendia o estamento feudal (alto e baixo clero) Pode-se considerar que, na época, a Igreja era semelhante a uma multinacional com sede em Roma

Leia mais

COLÉGIO SALESIANO DOM BOSCO. ENSINO RELIGIOSO REVISÃO GERAL III TRIMESTRE 7ºs ANOS

COLÉGIO SALESIANO DOM BOSCO. ENSINO RELIGIOSO REVISÃO GERAL III TRIMESTRE 7ºs ANOS COLÉGIO SALESIANO DOM BOSCO. ENSINO RELIGIOSO REVISÃO GERAL III TRIMESTRE 7ºs ANOS Tema: Deus se mostra as pessoas: o simbolismo nas religiões. CAPÍTULOS 9 AO 12 DO LIVRO DIDÁTICO (RSE). Professor: Roberto

Leia mais

Econômicas Religiosas Morais Políticas

Econômicas Religiosas Morais Políticas Prof. Thiago Causas da Reforma Econômicas Interesse da nobreza feudal nas terras da Igreja Descontentamento da Burguesia com tributos eclesiásticos Igreja condenava o lucro e a usura Religiosas Novas interpretações

Leia mais

Sumário detalhado 1. A Reforma: uma introdução O cristianismo no final da Idade Média O humanismo e a Reforma...54

Sumário detalhado 1. A Reforma: uma introdução O cristianismo no final da Idade Média O humanismo e a Reforma...54 Sumário Sumário detalhado...4 Prefácio à quarta edição... 11 Como usar este livro... 14 1. A Reforma: uma introdução... 17 2. O cristianismo no final da Idade Média... 41 3. O humanismo e a Reforma...

Leia mais

REFORMA PROTESTANTE E REFORMA CATÓLICA VISÃO PANORÂMICA

REFORMA PROTESTANTE E REFORMA CATÓLICA VISÃO PANORÂMICA REFORMA PROTESTANTE E REFORMA CATÓLICA VISÃO PANORÂMICA Martinho Lutero ( 1483-1546 ) 1505 Entra para ordem dos Agostinianos 1507 Ordenado Sacerdote 1513 Professor na Universidade de Wittenberg Constante

Leia mais

Caríssimos Padres Giancarlo, Severino, Nerella, Comunidade de Ibiporã (PR), Familiares, Amigos do Anunciando paz da TV 21.

Caríssimos Padres Giancarlo, Severino, Nerella, Comunidade de Ibiporã (PR), Familiares, Amigos do Anunciando paz da TV 21. Caríssimos Padres Giancarlo, Severino, Nerella, Comunidade de Ibiporã (PR), Familiares, Amigos do Anunciando paz da TV 21. Antes de tudo, a minha saudação a todos vocês. Fiquei muito contente pelo jantar

Leia mais

"Com pedras, os homens constróem catedrais; mas com gestos de amor constróem a Humanidade".

Com pedras, os homens constróem catedrais; mas com gestos de amor constróem a Humanidade. "Com pedras, os homens constróem catedrais; mas com gestos de amor constróem a Humanidade". Os Pais, Primeiros Educadores da Fé Existe um ambiente privilegiado em que os casais, sem excluir outros lugares,

Leia mais

REFORMA E CONTRARREFORMA. Professor Sebastião Abiceu 7º ano Colégio Marista de Montes Claros

REFORMA E CONTRARREFORMA. Professor Sebastião Abiceu 7º ano Colégio Marista de Montes Claros REFORMA E CONTRARREFORMA Professor Sebastião Abiceu 7º ano Colégio Marista de Montes Claros INTRODUÇÃO A Reforma Religiosa e o Renascimento ocorreram na mesma época e expressam a grande renovação de ideias

Leia mais

2 - O pecado venial deixa subsistir caridade, embora a ofenda e fira. ( cf. Catecismo da Igreja Católica, 1855 ). INDULGÊNCIAS

2 - O pecado venial deixa subsistir caridade, embora a ofenda e fira. ( cf. Catecismo da Igreja Católica, 1855 ). INDULGÊNCIAS Todo pecado leva uma culpa e uma pena. A culpa é perdoada na confissão. A pena deve ser expiada nessa vida ou na outra. A Igreja tem o poder de perdoar esta pena através das indulgências. A indulgência

Leia mais

Paróquia missionária comunidades de comunidades. Animada pela Palavra de Deus

Paróquia missionária comunidades de comunidades. Animada pela Palavra de Deus Paróquia missionária comunidades de comunidades Animada pela Palavra de Deus Renovação paroquial Toda paróquia é chamada a ser o espaço onde se recebe e se acolhe a Palavra (172). Sua própria renovação

Leia mais

FORMAÇÃO LITÚRGICA: LITURGIA: O QUE É?

FORMAÇÃO LITÚRGICA: LITURGIA: O QUE É? Escola de Maria: Escola da Fé FORMAÇÃO LITÚRGICA: LITURGIA: O QUE É? Formação Litúrgica: Liturgia: conceito O que é Liturgia? Termo de origem grega. ERGON (OBRA, AÇÃO, EMPREENDIMEN TO) (PÚBLICO) LEITON

Leia mais

REFORMA RELIGIOSA (Europa século XVI)

REFORMA RELIGIOSA (Europa século XVI) REFORMA RELIGIOSA (Europa século XVI) Crise da Igreja Os membros da alta hierarquia do clero viviam luxuosamente, totalmente alheios ao povo. Venda de: cargos da Igreja; dispensas (isenções de algumas

Leia mais

O Ano Santo é um tempo de paz, reconciliação e perdão. Ele começa quando o Papa abre a

O Ano Santo é um tempo de paz, reconciliação e perdão. Ele começa quando o Papa abre a Neste mês ocorrerá a abertura do Ano Santo da Misericórdia: O jubileu dedicado à misericórdia de Deus. O rosto da misericórdia é o título da bula pela qual o Santo Padre convoca toda a Igreja para viver

Leia mais

Leitura de 2 Reis e 11. Depois dessa descoberta: - Josias renova a aliança com o Senhor ; - Purificação do templo 23.4.

Leitura de 2 Reis e 11. Depois dessa descoberta: - Josias renova a aliança com o Senhor ; - Purificação do templo 23.4. 1 2 3 Leitura de 2 Reis 22.1-8 e 11 Depois dessa descoberta: - Josias renova a aliança com o Senhor 23.1-3; - Purificação do templo 23.4.14; - Derrubada de altar de deuses estranhos 23.15-20; - Celebração

Leia mais

MISSA - A COMUNIDADE SE REÚNE PARA CELEBRAR A VIDA

MISSA - A COMUNIDADE SE REÚNE PARA CELEBRAR A VIDA MISSA - A COMUNIDADE SE REÚNE PARA CELEBRAR A VIDA A Eucaristia é o sacramento que atualiza e faz a memória do sacrifício de Jesus: em cada Eucaristia temos a presença do Cristo que pela sua morte e ressurreição

Leia mais

ARQUIDIOCESE DE SÃO PAULO CALENDÁRIO ARQUIDIOCESANO DE PASTORAL 2017

ARQUIDIOCESE DE SÃO PAULO CALENDÁRIO ARQUIDIOCESANO DE PASTORAL 2017 ARQUIDIOCESE DE SÃO PAULO CALENDÁRIO ARQUIDIOCESANO DE PASTORAL 2017 Consulte sempre o site da Arquidiocese, pois irão sendo registradas as alterações e complementações que ocorrerem. DIA/SEM 20.01.2017

Leia mais

Quaresma. Tempo de Misericórdia. QUANDO ELE NOS ABRE AS ESCRITURAS Domingo após Domingo - Uma leitura bíblica do lecionário - Ano C

Quaresma. Tempo de Misericórdia. QUANDO ELE NOS ABRE AS ESCRITURAS Domingo após Domingo - Uma leitura bíblica do lecionário - Ano C QUANDO ELE NOS ABRE AS ESCRITURAS Domingo após Domingo - Uma leitura bíblica do lecionário - Ano C Quaresma Este livro apresenta as reflexões de D. António Couto biblista e bispo de Lamego sobre os textos

Leia mais

MINISTÉRIOS DO POVO DE DEUS

MINISTÉRIOS DO POVO DE DEUS MINISTÉRIOS DO POVO DE DEUS Novas condições eclesiais A Igreja é como uma família, a filha da mãe Maria. A Igreja, de fato, não é uma instituição fechada em si mesma ou uma associação privada, uma ONG,

Leia mais

IDADE MODERNA A REFORMA! PROTESTANTE REFORMA PROTESTANTE

IDADE MODERNA A REFORMA! PROTESTANTE REFORMA PROTESTANTE REFORMA PROTESTANTE O Que foi?: movimento religioso que questiona a autoridade da Igreja Católica, dando origem a novas religiões cristãs;! Quando aconteceu?: a partir do século XVI;! Onde aconteceu?:

Leia mais

Conferência Doutrinária, Pastoral e Teológica 20º Concílio Geral. Palavra do Bispo Roberto Alves de Souza Bispo da 4ª Região Eclesiástica

Conferência Doutrinária, Pastoral e Teológica 20º Concílio Geral. Palavra do Bispo Roberto Alves de Souza Bispo da 4ª Região Eclesiástica Conferência Doutrinária, Pastoral e Teológica 20º Concílio Geral Palavra do Bispo Roberto Alves de Souza Bispo da 4ª Região Eclesiástica julho de 2016 Teresópolis RJ Bispo Roberto: Bom dia Bispo Adonias

Leia mais

Palavras ao querido Monsenhor Paulo, representando toda a Comunidade da São João de Brito, em sua posse na Paróquia Sagrada Família.

Palavras ao querido Monsenhor Paulo, representando toda a Comunidade da São João de Brito, em sua posse na Paróquia Sagrada Família. Palavras ao querido Monsenhor Paulo, representando toda a Comunidade da São João de Brito, em sua posse na Paróquia Sagrada Família. 03/01/2016 Começo agradecendo a Deus por todos nós estarmos aqui. Louvado

Leia mais

CREIO NA SANTA IGREJA CATÓLICA

CREIO NA SANTA IGREJA CATÓLICA CREIO NA SANTA IGREJA CATÓLICA 17-03-2012 Catequese com adultos 11-12 Chave de Bronze A Igreja no desígnio de Deus O que significa a palavra Igreja? Designa o povo que Deus convoca e reúne de todos os

Leia mais

Manifesto Evangélico

Manifesto Evangélico Manifesto Evangélico J. C. Ryle Manifesto Evangélico escrito por John Charles Ryle 1º Bispo da Diocese da Igreja da Inglaterra de Liverpool. "Para aprovardes as coisas excelentes" (Filipenses 1:10) I.

Leia mais

O CAMINHO DA VIDA ESPIRITUAL EM CASAL A ESPIRITUALIDADE CONJUGAL

O CAMINHO DA VIDA ESPIRITUAL EM CASAL A ESPIRITUALIDADE CONJUGAL O CAMINHO DA VIDA ESPIRITUAL EM CASAL A ESPIRITUALIDADE CONJUGAL 1 Porquê um Tema de Estudo na pedagogia das ENS 1.1 As três Atitudes Procura Assídua da Vontade de Deus Escritura Doutrina Cultura Razões

Leia mais

EMENTAS DAS DISCIPLINAS

EMENTAS DAS DISCIPLINAS Cultura Religiosa EMENTAS DAS DISCIPLINAS CURSO ENSINO A DISTÂNCIA (EAD) DE TEOLOGIA Visão global do fenômeno religioso, sua importância e implicações na formação do ser humano e da sociedade, através

Leia mais

REFORMA PROTESTANTE E CONTRARREFORMA CATÓLICA. Professor: Eduardo C. Ferreira

REFORMA PROTESTANTE E CONTRARREFORMA CATÓLICA. Professor: Eduardo C. Ferreira REFORMA PROTESTANTE E CONTRARREFORMA CATÓLICA Professor: Eduardo C. Ferreira REFORMA PROTESTANTE MOVIMENTO DE CONTESTAÇÃO AOS DOGMAS DA IGREJA CATÓLICA, APÓS SÉCULOS DE FORTE PODER INFLUÊNCIA NA EUROPA.

Leia mais

LIÇÃO 1 A LEI E A ALIANÇA Êxodo 19

LIÇÃO 1 A LEI E A ALIANÇA Êxodo 19 LIÇÃO 1 A LEI E A ALIANÇA Êxodo 19 1. Antes de entregar a lei, Deus já havia feito uma aliança com o povo. Em Êxodo 19.1-4, Deus lembra o povo do seu pacto, confirmado demonstrado em um fato. Qual é o

Leia mais

DE OLIVEIRA MARIO RUI. O DIREITO A VIVER DO EVANGELHO Estudo jurfdico-teolögico sobre a Sustenta äo do Clero

DE OLIVEIRA MARIO RUI. O DIREITO A VIVER DO EVANGELHO Estudo jurfdico-teolögico sobre a Sustenta äo do Clero DE OLIVEIRA MARIO RUI O DIREITO A VIVER DO EVANGELHO Estudo jurfdico-teolögico sobre a Sustenta äo do Clero EDITRICE PONTIFICIA UNIVERSITÄ GREGORIANA Roma 2006 INDICE GERAL AGRADECIMENTOS 7 INTRODUCÄO

Leia mais

Sé Primacial do Brasil Província Anglicana Sagrado Coração

Sé Primacial do Brasil Província Anglicana Sagrado Coração FICHA DE ADESÃO E INACARDINAÇÃO DE MEMBROS Inscrição para: MEMBRO VISITANTE MEMBRO EFETIVO MEMBRO CLERO Nós somos uma Igreja Católica Independente. Separada da Comunhão com o Vaticano e o Papa. Você está

Leia mais

Fiéis em cristo. Direitos e deveres dos fiéis leigos. Paróquia São Francisco de Assis Ribeirão Preto 05/08/2015

Fiéis em cristo. Direitos e deveres dos fiéis leigos. Paróquia São Francisco de Assis Ribeirão Preto 05/08/2015 Fiéis em cristo Direitos e deveres dos fiéis leigos Paróquia São Francisco de Assis Ribeirão Preto 05/08/2015 A igreja Necessidade de se fazer a distinção quando usamos o termo IGREJA. Quando falamos em

Leia mais

INSTITUTO GEREMARIO DANTAS COMPONENTE CURRICULAR: HISTÓRIA EXERCÍCIOS DE RECUPERAÇÃO PARCIAL

INSTITUTO GEREMARIO DANTAS COMPONENTE CURRICULAR: HISTÓRIA EXERCÍCIOS DE RECUPERAÇÃO PARCIAL INSTITUTO GEREMARIO DANTAS Educação Infantil, Ensino Fundamental e Médio Fone: (21) 21087900 Rio de Janeiro RJ www.igd.com.br Aluno(a): 3º Ano: C31 Nº Professor: Roberto Nascimento COMPONENTE CURRICULAR:

Leia mais

RENASCIMENTO CULTURAL

RENASCIMENTO CULTURAL RENASCIMENTO CULTURAL O termo renascimento, ou renascença, faz referência a um movimento intelectual e artístico ocorrido na Europa, entre os séculos XV e XVI, durante a transição da Idade Média para a

Leia mais

Rede Nacional de Intercessão: persista na oração até alcançar a graça Seg, 04 de Janeiro de :02

Rede Nacional de Intercessão: persista na oração até alcançar a graça Seg, 04 de Janeiro de :02 Jesus nos ensinou a perseverança na oração até que nossa causa seja resolvida, ou até sentirmos a doce paz em nosso coração, como prova de que Ele já nos respondeu, mesmo que ainda não tenhamos visto sua

Leia mais

7º Ano. Resumo para a PO de História 3º Trimestre.

7º Ano. Resumo para a PO de História 3º Trimestre. 7º Ano Resumo para a PO de História 3º Trimestre. Queridos alunos, este resumo é para ajudar vocês nos estudos, não se esqueçam que é de fundamental importância lerem o caderno e o Anglo para estudarem

Leia mais

A IGREJA MEDIEVAL. História 1 Aula 13 Prof. Thiago

A IGREJA MEDIEVAL. História 1 Aula 13 Prof. Thiago A IGREJA MEDIEVAL História 1 Aula 13 Prof. Thiago A IGREJA MEDIEVAL Instituição centralizada, poderosa, hierárquica, supranacional e autoritária Única instituição coesa com o fim do Império Romano Controle

Leia mais

A disposição da igreja. 12 de Abril de 2010 Acólitos São João da Madeira 1

A disposição da igreja. 12 de Abril de 2010 Acólitos São João da Madeira 1 A disposição da igreja 12 de Abril de 2010 Acólitos São João da Madeira 1 A disposição da igreja Este documento foi escrito com base na IGMR Introdução Geral ao Missal Romano. O estudo dos temas abordados

Leia mais

Ministério Pastoral da Igreja

Ministério Pastoral da Igreja Ministério Pastoral da Igreja I. A IELB perguntou às Convenções Nacionais (53ª CN, 1992; 54ª CN, 1994; 55ª CN, 1996) por um posicionamento claro sobre o ministério pastoral da igreja. Dúvidas surgidas

Leia mais

Ano Jubilar e suas graças

Ano Jubilar e suas graças Ano Jubilar e suas graças O Jubileu é uma comemoração religiosa da Igreja Católica, celebrada dentro de um Ano Santo, mas o que difere deste é que a celebração jubilar é feita de 25 em 25 anos. A celebração

Leia mais

Ano Jubilar e suas graças

Ano Jubilar e suas graças Ano Jubilar e suas graças O Jubileu é uma comemoração religiosa da Igreja Católica, celebrada dentro de um Ano Santo, mas o que difere deste é que a celebração jubilar é feita de 25 em 25 anos. A celebração

Leia mais

Calendário Janeiro. Fevereiro. São Paulo da Cruz - Calvário 20/02 qui 14h00 Equipe Regional de Comunicação Região Sé

Calendário Janeiro. Fevereiro. São Paulo da Cruz - Calvário 20/02 qui 14h00 Equipe Regional de Comunicação Região Sé Calendário 2014 Janeiro 01/01 qua Confraternização Universal 01/01 qua Solenidade da Santa Mãe de Deus 22 a 24 --- Triduo para a Festa de São Paulo Catedral da Sé 25/01 sáb 09h00 Celebração da Festa de

Leia mais

São resultado desses encontros as notas que a seguir partilhamos.

São resultado desses encontros as notas que a seguir partilhamos. Nas quintas-feiras do mês de Maio, decorreram na Igreja de Oliveira de Azemeis, encontros de formação litúrgica, organizados pela vigararia sul da Diocese do Porto e orientados pelo P. Frei Bernardino

Leia mais

Unção dos Enfermos. Um dos sacramentos de que nada se fala, De que pouco se sabe, De que se tem medo, Mas que é muito importante. A muito curto prazo

Unção dos Enfermos. Um dos sacramentos de que nada se fala, De que pouco se sabe, De que se tem medo, Mas que é muito importante. A muito curto prazo Unção dos Enfermos Um dos sacramentos de que nada se fala, De que pouco se sabe, De que se tem medo, Mas que é muito importante A muito curto prazo Para a salvação eterna! A Unção dos Enfermos é um dos

Leia mais

«Jesus, lembra-te de mim quando entrares no Teu reino». Ele respondeu-lhe : «Em verdade te digo : Hoje estarás comigo no Paraíso».(Lc.23,42-43).

«Jesus, lembra-te de mim quando entrares no Teu reino». Ele respondeu-lhe : «Em verdade te digo : Hoje estarás comigo no Paraíso».(Lc.23,42-43). «Jesus, lembra-te de mim quando entrares no Teu reino». Ele respondeu-lhe : «Em verdade te digo : Hoje estarás comigo no Paraíso».(Lc.23,42-43). ********************** Como definição simples, a Graça é

Leia mais

Renascimento, Reformas, Grandes Navegações, Mercantilismo e Colonialismo

Renascimento, Reformas, Grandes Navegações, Mercantilismo e Colonialismo Renascimento, Reformas, Grandes Navegações, Mercantilismo e Colonialismo Renascimento e Reformas 1. As imagens abaixo ilustram alguns procedimentos utilizados por um novo modo de conhecer e explicar a

Leia mais

Reformas Religiosas: Reforma e Contra-Reforma

Reformas Religiosas: Reforma e Contra-Reforma Ano Lectivo 2010/2011 HISTÓRIA Agrupamento de Escolas de Fronteira Escola Básica Integrada Frei Manuel Cardoso 8º Ano Apresentação nº 10 Renascimento e Reforma Reformas Religiosas: Reforma e Contra-Reforma

Leia mais

XVIII DOMINGO DO TEMPO COMUM 02 de agosto de 2015

XVIII DOMINGO DO TEMPO COMUM 02 de agosto de 2015 XVIII DOMINGO DO TEMPO COMUM 02 de agosto de 2015 Caríssimos Irmãos e Irmãs: Hoje, muitos cristãos têm a Bíblia em mão e lêem-na com freqüência. Essa realidade acontece, também, entre os católicos, cuja

Leia mais

3.º Encontro 2015/2016

3.º Encontro 2015/2016 Escola da Fé 3.º Encontro 2015/2016 CÂNTICO: Onde há Caridade e Amor Onde há caridade e amor aí habita Deus. Papa Francisco abriu porta santa do Jubileu da Misericórdia na Catedral de Bangui, em África,

Leia mais

PESQUISA 5ª ASSEMBLEIA DO POVO DE DEUS ARQUIDIOCESE DE BELO HORIZONTE. Pré - Relatório

PESQUISA 5ª ASSEMBLEIA DO POVO DE DEUS ARQUIDIOCESE DE BELO HORIZONTE. Pré - Relatório PESQUISA 5ª ASSEMBLEIA DO POVO DE DEUS ARQUIDIOCESE DE BELO HORIZONTE Pré - Relatório Algumas observações 2 Este documento trata de um pré-relatório da Pesquisa 5ª Assembleia do Povo de Deus. Os dados

Leia mais

INTRODUÇÃO AOS SACRAMENTOS E SACRAMENTO DO BATISMO

INTRODUÇÃO AOS SACRAMENTOS E SACRAMENTO DO BATISMO INTRODUÇÃO AOS SACRAMENTOS E SACRAMENTO DO BATISMO (PARÓQUIA DE SANTA SUZANA - ESCOLA SANTO AGOSTINHO) O QUE É SACRAMENTO? 1 IDÉIA BÁSICA DEUS NÃO QUER VIVER LONGE DO HOMEM; AO CONTRÁRIO, QUER FICAR UNIDO

Leia mais

1- ASSUNTO: Curso de liturgia na Paróquia Santo Antônio

1- ASSUNTO: Curso de liturgia na Paróquia Santo Antônio 1- ASSUNTO: Curso de liturgia na Paróquia Santo Antônio 2- TEMA: Liturgia 3- OBJETIVO GERAL Assessorar as 12 comunidades pertencentes à Paróquia Santo Antônio, motivando-as a celebrar com fé o Mistério

Leia mais

Religiões Proféticas

Religiões Proféticas Religiões Proféticas O QUE É RELIGIÃO? Religião é uma fé, uma devoção a tudo que é considerado sagrado. É um culto que aproxima o homem das entidades a quem são atribuídas poderes sobrenaturais. É uma

Leia mais

Luzes dos Documentos Conciliares Para a Nova Evangelização

Luzes dos Documentos Conciliares Para a Nova Evangelização Luzes dos Documentos Conciliares Para a Nova Evangelização Prof. Denilson A. Rossi O que se entende por Nova Evangelização? Quais são as luzes dos documentos conciliares para a Nova Evangelização? Em que

Leia mais

REFORMA RELIGIOSA. Henrique VIII. MoMartinho Lutero. Papa Leão X (Giovanni di Lorenzo de Medici) Calvino. Prof.: Mercedes D. L.

REFORMA RELIGIOSA. Henrique VIII. MoMartinho Lutero. Papa Leão X (Giovanni di Lorenzo de Medici) Calvino. Prof.: Mercedes D. L. REFORMA RELIGIOSA MoMartinho Lutero Henrique VIII Papa Leão X (Giovanni di Lorenzo de Medici) Calvino Prof.: Mercedes D. L. Greco Semelhanças: são cristãs (mesmo Deus e mesmo livro sagrado, a Bíblia).

Leia mais

9.2 O Sacramento da Ordem Autoria de Luiz Tadeu Dias de Medeiros

9.2 O Sacramento da Ordem Autoria de Luiz Tadeu Dias de Medeiros 9.2 O Sacramento da Ordem Autoria de Luiz Tadeu Dias de Medeiros 9.2.1 Origem Etimológica w A palavra ordem vem do Latim. ordo,ordnis e significa fileira, alinhamento, ordem, arranjo, disposição, classe

Leia mais

A igreja perseguida. A igreja perseguida l 5

A igreja perseguida. A igreja perseguida l 5 A igreja perseguida Quero contar para vocês a história do cristianismo. Creio que esta é uma prática do povo de Deus: ao longo dos anos, rememorar os grandes feitos de Deus. Alguém já disse apropriadamente

Leia mais

Referindo-se ao Sacramento da Eucaristia, diz o Catecismo da Igreja Católica :

Referindo-se ao Sacramento da Eucaristia, diz o Catecismo da Igreja Católica : Referindo-se ao Sacramento da Eucaristia, diz o Catecismo da Igreja Católica : 1323. - O nosso Salvador Instituiu na Última Ceia, na noite em que foi entregue, o Sacrifício Eucarístico do seu Corpo e Sangue,

Leia mais

Centro de Estudos SOMA. Teste de História 8º Ano

Centro de Estudos SOMA. Teste de História 8º Ano Teste de História 8º Ano Grupo I 1. Lê o documento e observa a figura. O mau exemplo do clero é reponsável pela morte espiritual dos crentes. Os padres afastaram-se de Deus e a sua vida decorre no meio

Leia mais

ORGANIZAÇÃO DA CATEQUESE

ORGANIZAÇÃO DA CATEQUESE Proposta Comissão Diocesana ORGANIZAÇÃO DA CATEQUESE - MATERIAL DIDÁTICO - INSCRIÇÕES (crianças, adolescentes, adultos) - FORMAÇÃO DOS CATEQUISTAS- ORGANIZAÇÃO DA CATEQUESE OBJETIVO: Que a catequese na

Leia mais

As reformas religiosas do século XVI

As reformas religiosas do século XVI As reformas religiosas do século XVI Crise na Igreja: a contestação e a ruptura Prof. Nilson Urias Crises religiosas na Europa No início do século XVI, a Igreja vivia uma época de profunda crise. Século

Leia mais

Reformas religiosas Reforma protestante

Reformas religiosas Reforma protestante Reformas religiosas Reforma protestante Durante a Idade Média, o poder tanto político quanto econômico estava nas mãos da Igreja Católica. Contrariando alguns ensinamentos do cristianismo tradicional,

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 011/2007-PROEC/UNICENTRO

RESOLUÇÃO Nº 011/2007-PROEC/UNICENTRO RESOLUÇÃO Nº 011/2007-PROEC/UNICENTRO Aprova o projeto de extensão Escola de Teologia para Leigos Nossa Senhora das Graças, na modalidade de curso de extensão, na categoria de projeto de extensão permanente,

Leia mais

Sugestão de Atividades História 7º ano Unidade 4

Sugestão de Atividades História 7º ano Unidade 4 1. Ao mudar o modelo econômico muda-se também a visão de mundo, valores, costumes etc. Estudamos isso no movimento renascentista que nasceu entre as elites de ricas cidades italianas, no século XIV, e

Leia mais

Dom Vilson Dias de Oliveira, DC Bispo Diocesano de Limeira (SP)

Dom Vilson Dias de Oliveira, DC Bispo Diocesano de Limeira (SP) Apresentação Que a paz do Cristo esteja com você e todos os seus. A mim pelo ofício do dever, apresento este Manual do Ministro Leigo, preparado e organizado pelo Revmo. Pe. Pedro Leandro Ricardo, Reitor

Leia mais

Reforma Religiosa. Contra-Reforma. Crise da Igreja no séc. XVI. Crise da Igreja no séc. XVI. O Movimento Reformista - Início 30/01/2015

Reforma Religiosa. Contra-Reforma. Crise da Igreja no séc. XVI. Crise da Igreja no séc. XVI. O Movimento Reformista - Início 30/01/2015 Crise da Igreja no séc. XVI Reforma Religiosa e Contra-Reforma Muitos Humanistas criticaram a Igreja de então devido ao comportamento dos seus membros: Os Papas estavam mais interessados no luxo e no seu

Leia mais

ANIMAÇÃO BÍBLICA DA PASTORA: uma nova mentalidade

ANIMAÇÃO BÍBLICA DA PASTORA: uma nova mentalidade ANIMAÇÃO BÍBLICA DA PASTORA: uma nova mentalidade Tanto o Documento de Aparecida (248) como a Exortação Apostólica Verbum Domini (73) se referem à uma nova linguagem e a um novo passo na questão bíblica:

Leia mais

Um gol contra. Escrito por Elbson do Carmo

Um gol contra. Escrito por Elbson do Carmo O mundo das inutilidades e futilidades foi recentemente sacudido pelo "casamento do ano" entre o craque Ronaldinho e a modelo Daniela Cicarelli. Nada que merecesse nossas páginas, se não fosse por um fato

Leia mais

COLÉGIO XIX DE MARÇO excelência em educação 2012 PROVA FINAL DE HISTÓRIA

COLÉGIO XIX DE MARÇO excelência em educação 2012 PROVA FINAL DE HISTÓRIA COLÉGIO XIX DE MARÇO excelência em educação 2012 PROVA FINAL DE HISTÓRIA Aluno(a): Nº Ano: 1º Turma: Data: Nota: Professor(a): Élida Valor da Prova: 65 pontos Orientações gerais: 1) Número de questões

Leia mais

INTRODUÇÃO AO TRIMESTRE - Trimestre temático O desafio da evangelização obedecendo ao ide do Senhor Jesus de levar as boas novas a toda criatura.

INTRODUÇÃO AO TRIMESTRE - Trimestre temático O desafio da evangelização obedecendo ao ide do Senhor Jesus de levar as boas novas a toda criatura. INTRODUÇÃO AO TRIMESTRE - Trimestre temático O desafio da evangelização obedecendo ao ide do Senhor Jesus de levar as boas novas a toda criatura. - A Igreja foi criada para dar seguimento ao ministério

Leia mais

Trabalho de Regulação 1 bimestre

Trabalho de Regulação 1 bimestre Nome: Ano: 7 ano Disciplina: História Professor: Eder Nº: Trabalho de Regulação 1 bimestre 1 - Complete abaixo a Linha do Tempo da Roma Antiga e responda a seguir com suas palavras o que foi a Crise do

Leia mais

Universidade Estadual do Centro-Oeste Reconhecida pelo Decreto Estadual nº 3.444, de 8 de agosto de 1997

Universidade Estadual do Centro-Oeste Reconhecida pelo Decreto Estadual nº 3.444, de 8 de agosto de 1997 RESOLUÇÃO Nº 049-PROEC/UNICENTRO, DE 27 DE MARÇO DE 2014. Altera o anexo I E II da Resolução nº035- PROEC/UNICENTRO, de 06 de maio de 2013 e aprova o Relatório Final. O PRÓ-REITOR DE EXTENSÃO E CULTURA

Leia mais

O MISSAL ROMANO. Missale Romanum

O MISSAL ROMANO. Missale Romanum O MISSAL ROMANO A reforma da Liturgia latina, decidida pelo Concílio Vaticano II, encontra a sua expressão concreta nos livros litúrgicos ou rituais. Os livros são oficialmente publicados pela Congregação

Leia mais

ÍNDICE GERAL. Apresentação... 5 Ordem cronológica dos documentos... 7 Siglas Tra le sollecitudini Mo t u Pr o p r i o d o Pa pa Pio X

ÍNDICE GERAL. Apresentação... 5 Ordem cronológica dos documentos... 7 Siglas Tra le sollecitudini Mo t u Pr o p r i o d o Pa pa Pio X Apresentação... 5 Ordem cronológica dos documentos... 7 Siglas... 8 Tra le sollecitudini Mo t u Pr o p r i o d o Pa pa Pio X sobre a restauração da música sacra Introdução... 9 I. Princípios gerais...

Leia mais

Sugestões de avaliação. História 7 o ano Unidade 4

Sugestões de avaliação. História 7 o ano Unidade 4 Sugestões de avaliação História 7 o ano Unidade 4 5 Nome: Data: Unidade 4 1. Complete as sentenças. a) O foi um movimento cultural que surgiu entre as elites das ricas cidades, no século XIV, e se estendeu,

Leia mais

A Igreja e seus ministros. Uma teologia do ministério ordenado

A Igreja e seus ministros. Uma teologia do ministério ordenado ISSN 1676-3742 A Igreja e seus ministros. Uma teologia do ministério ordenado Taborda, F., São Paulo, Paulus, 2011 (325 páginas) Mario de França Miranda Esta obra representa sem dúvida um importante subsídio

Leia mais

Pastor Juan Carlos Ortiz em seu livro diz:

Pastor Juan Carlos Ortiz em seu livro diz: Vemos que hoje até mesmo os pastores protestantes já começam a enxergar que o protestantismo não é uma doutrina que realmente está indo nos ensinamentos de Jesus e já existem alguns que defendam o Papa

Leia mais

A Declaração de Jerusalém

A Declaração de Jerusalém A Declaração de Jerusalém Introdução Preocupados em estabelecer fundamentos sobre os quais a igreja deve buscar a expansão do cristianismo, representantes anglicanos de todo o mundo firmaram princípios

Leia mais

Desenhar. Desenhar. Desenhar. Desenhar. Desenhar. Desenhar. Desenhar. Desenhar. Desenhar. Desenhar. Desenhar. Desenhar. Desenhar. Desenhar.

Desenhar. Desenhar. Desenhar. Desenhar. Desenhar. Desenhar. Desenhar. Desenhar. Desenhar. Desenhar. Desenhar. Desenhar. Desenhar. Desenhar. YOUCAT crisma material de trabalho unidade 1 Jogo de Adivinhas r r r r r r r r r r r r r r r r r Reverso da página página 1 YOUCAT crisma material de trabalho unidade 1 Jogo de Adivinhas r Bispo Báculo

Leia mais

Os bispos, como pastores e guias espirituais das comunidades a nós encomendadas, somos chamados a fazer da Igreja uma casa e escola de comunhão.

Os bispos, como pastores e guias espirituais das comunidades a nós encomendadas, somos chamados a fazer da Igreja uma casa e escola de comunhão. Os bispos, como pastores e guias espirituais das comunidades a nós encomendadas, somos chamados a fazer da Igreja uma casa e escola de comunhão. Como animadores da comunhão, temos a missão de acolher,

Leia mais

Linguagem dos sinos São João DelDel-Rei. Este material é parte de um estudo produzido por Aluízio José Viegas, em 1990

Linguagem dos sinos São João DelDel-Rei. Este material é parte de um estudo produzido por Aluízio José Viegas, em 1990 Linguagem dos sinos São João DelDel-Rei Este material é parte de um estudo produzido por Aluízio José Viegas, em 1990 Modalidades de toque Dobre simples O sino gira pelo lado em que está encostado o badalo,

Leia mais

DIOCESE DE BRAGANÇA MIRANDA VISITA PASTORAL DO BISPO ÀS COMUNIDADES DA SUA DIOCESE

DIOCESE DE BRAGANÇA MIRANDA VISITA PASTORAL DO BISPO ÀS COMUNIDADES DA SUA DIOCESE DIOCESE DE BRAGANÇA MIRANDA VISITA PASTORAL DO BISPO ÀS COMUNIDADES DA SUA DIOCESE SUBSÍDIOS PASTORAIS CONFORME DMPB E EXORTAÇÃO APOSTÓLICA PASTORES GREGIS NATUREZA E FINALIDADE Visita pastoral é a que

Leia mais

MISSIOLOGIA. Missão e juventude

MISSIOLOGIA. Missão e juventude MISSIOLOGIA Cesar Leandro Ribeiro O cristianismo é uma religião marcada por uma série de aspectos próprios e indispensáveis para sua existência, sendo um deles justamente a missão, condição que se fez

Leia mais

Dogmas marianos: conheça as verdades de fé sobre Maria

Dogmas marianos: conheça as verdades de fé sobre Maria Dogmas marianos: conheça as verdades de fé sobre Maria A Igreja possui uma série de verdades de fé, conhecidas como dogmas, em que os católicos devem crer. No total, são 44 dogmas subdivididos em 8 categorias

Leia mais