Estatuto remuneratório fixado

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Estatuto remuneratório fixado"

Transcrição

1 Estatuto remuneratório fixado O estatuto remuneratório dos órgãos sociais para o mandato , fixado por deliberação social unânime por escrito de 1 de julho de 2015, estabelece: 1. Mesa Assembleia Geral Presidente senha de presença no valor de 500 euros Secretário senha de presença no valor 350 euros 2. Conselho Administração Presidente não executivo não aufere remuneração Vogal executivo vencimento mensal ilíquido de 3.662,56 euros, pago 14 vezes por ano, acrescido de 40% a título de abono mensal para despesas de representação, no montante de 1.465,02, pago 12 vezes por ano Os membros executivos do Conselho de Administração auferem ainda as seguintes regalias ou benefícios sociais: a) O valor mensal de combustíveis e portagens afeto às viaturas de serviço é de um quarto do valor do abono mensal para despesas de remuneração fixadas nos termos definidos no n.º 3 do artigo 33.º do Estatuto do Gestor Público; b) Abono para despesas com comunicações, onde se inclui o telefone móvel, o telefone domiciliário e a internet, cujo valor máximo global mensal não pode exceder 80,00 euros, nos termos do disposto nos n.ºs 3 e 4 do artigo 32.º do Estatuto do Gestor Público; c) Benefícios sociais de aplicação generalizada a todos os trabalhadores da empresa, com exceção dos respeitantes aos planos complementares de reforma, aposentação, sobrevivência ou invalidez, de acordo com o artigo 34.º do Estatuto do Gestor Público; d) Subsídio de refeição, cujo valor não pode ser superior ao valor fixado na Portaria D/2008, de 31 de dezembro, alterada pela Portaria 1458/2009, de 31 de dezembro, sem prejuízo do disposto no n.º 2 do artigo 43.º da Lei 82-B/2014, de 31 de dezembro. Não é permitida: a) A utilização de cartões de crédito e outros instrumentos de pagamento, tendo por objeto a realização de despesas ao serviço da empresa, nos termos disposto no n.º 1 do artigo 32.º do Estatuto do Gestor Público; b) O reembolso de quaisquer despesas que possam ser consideradas como despesas de representação pessoal, nos termos do n.º 2 do artigo 32.º do Estatuto do Gestor Público.

2 Conforme disposto no artigo 41.º da Lei 82-B/2014, de 31 de dezembro, durante o ano de 2015, não há lugar à retribuição aos gestores públicos de remunerações variáveis de desempenho. 3. Conselho Fiscal Presidente - não aufere remuneração Vogal efetivo (ROC) a remuneração anual líquida do ROC será a constante do contrato de prestação de serviços a celebrar entre o CA da entidade e o referido ROC, com o limite máximo equivalente a 12 meses da remuneração global mensal ilíquida, atribuída nos termos legais, ao Presidente do Conselho de Administração Vogal efetivo remuneração mensal ilíquida de 961,42 euros, pagos 14 vezes ano Deverão ser reembolsados pela entidade aos membros do Conselho Fiscal as despesas de transporte, bem como quaisquer outras imprescindíveis e realizadas no estrito exercício das suas funções. 4. Disposições gerais aplicáveis a todos os membros dos Órgãos Sociais Às remunerações dos órgãos sociais aplicam-se: Aos valores ilíquidos previstos serão aplicadas as remunerações remuneratórias legalmente vigentes, sem prejuízo da aplicação de outras disposições que venham a ser aprovadas; Por via do disposto no artigo 256.º da Lei nº 82-B/2014, de 31 de dezembro, a remuneração a auferir efetivamente pelos membros dos órgãos sociais eleitos não pode exceder o montante atribuído à data de 1 de março de 2012, data de entrada em vigor da Resolução do Conselho de Ministros de 16/2012, de 14 de fevereiro, sem prejuízo da possibilidade de opção pela remuneração do lugar de origem por parte dos membros do Conselho de Administração.

3 Remunerações e outras regalias (valores anuais) REMUNERAÇÕES AUFERIDAS EM Mesa Assembleia Geral Mandato (Início - Fim) Cargo Valor da Senha Fixado ( ) Bruto (1) Remuneração Anual 2014 ( ) Remuneratórias (2) Valor após (3)=(1)-(2) Presidente IAPMEI / Miguel Jorge de Campos Cruz (3) Secretário DGTF / Mário José Alveirinho Carrega (1) Valor da Senha de presença fixada (2) Antes de reduções remuneratórias (3) - O Prof. Miguel Jorge de Campos Cruz foi indicado para o cargo em 11.dez.14, em subsituição do Dr. Luís Filipe Costa 2. Conselho Administração Remunerações Mandato (Início - Fim) Cargo Designação OPRLO Forma (1) Data Entidade Pagadora [O/D] Presidente AG n.a Vice-Presidente Carlos António Monteiro de Castro AG n.a. - (1) Indicar Resolução (R) / AG / DUE / Despacho (D) OPRLO - Opção pela Remuneração do Lugar de Origem; O/D: Origem / Destino Fixado [S/N] EGP Classificação [A/B/C] Valores mensais Bruto Remuneração Base Despesas de Representação N Carlos António Monteiro de Castro N EGP - Estatuto do Gestor Público Variável Fixa (**) Bruto (1) Remuneratórias (2) Valor após (3)=(1)-(2) Carlos António Monteiro de Castro Redução de anos anteriores: refere a remunerações regularizadas no ano em referência pertecentes a anos anteriores (*)Indicar os motivos subjacentes a este procedimento (**)Incluir a remuneração + despesas de representação Benefícios Sociais Beneficíos Sociais ( ) Subsídio de Refeição Regime de Proteção Social Outros Seguro de Seguro de Seguro de Montante pago Acidentes Valor / Dia Identificar Valor Saúde Vida Identificar Valor Ano Pessoais Carlos António Monteiro de Castro 10, Segurança Social

4 Acumulação de Funções Acumulação de Funções Entidade Função Regime Carlos António Monteiro de Castro Gastos com Comunicações Móveis Gastos com Comunicações Móveis ( ) Plafond Mensal Valor Anual Observações Definido O Presidente do CA não aufere quaisquer remunerações, regalias ou compensações suportadas pela Sociedade Carlos António Monteiro de Castro Encargos com Viaturas Viatura atribuída Celebração de contrato Valor de Modalidade referência da (1) viatura Encargos com Viaturas Ano Início Ano Termo Valor da Renda Mensal Gasto Anual com Rendas Nº Prestações Contratuais Remanescentes [S/N] [S/N] [ ] [Identificar] [ ] [ ] Carlos António Monteiro de Castro S N Aquisição (1) Aquisição; ALD; Leasing ou Outra Gastos Anuais Associados com Viaturas Plafond Mensal definido para combustível Combustível Gastos anuais associados a Viatura ( ) Portagens Outras Reparações Seguro Observações Carlos António Monteiro de Castro Gastos Anuais Associados a Deslocações em Serviço Deslocações em Serviço Gastos anuais associados a Deslocações em Serviço Custo com Alojamento Ajudas de Custo Outras Gasto total com viagens [ ] [ ] [ ] [Identificar] Valor [ ] [ ] Carlos António Monteiro de Castro n.a

5 3. Conselho Fiscal Estatuto Remuneratório Designação Mandato Cargo Fixado (mensal) (Início - Fim) Forma (1) Data [ ] Presidente e ROC Isabel Paiva, Miguel Galvão & Associados, SROC AG , Vogal Mário Rui do Carmo Matos AG , Vogal Maria João Dias Pessoa Araújo AG ,00 (1) Indicar AG / DUE / Despacho Bruto (1) Remuneratórias (2) Valor após (3)=(1)-(2) Isabel Paiva, Miguel Galvão & Associados, SROC Mário Rui do Carmo Matos Maria João Dias Pessoa Araújo Auditor Externo Identificação do Auditor Externo (SROC/ROC) Data de contratação Nº de inscrição na OROC Nº Registo na CMVM Data Período Valor da Prestação de Serviços Remuneratórias Contratada Valor após BDO & Associados, SROC ,00 510, ,00

6 REMUNERAÇÕES AUFERIDAS EM Mesa Assembleia Geral Mandato (Início - Fim) Cargo Estatuto Remuneratório Fixado ( ) (1) Bruta (2) (Lei OE) Bruta após Presidente IAPMEI / Luís Filipe dos Santos Costa (3) Secretário DGTF / Mário José Alveirinho Carrega (1) Valor da Senha de presença fixada (2) Antes de reduções remuneratórias (3) - O Presidente da Mesa renunciou à remuneração correspondente ao cargo desempenhado, sendo a mesma liquidada ao IAPMEI 5. Conselho Administração Remunerações Variável Fixa Outra Redução Lei 12-A/2010 Redução (Lei OE) Redução anos Bruta após Carlos António Monteiro de Castro João Carlos de Magalhães Correia de Matos Redução de anos anteriores: refere a remunerações regularizadas no ano em referência pertecentes a anos anteriores Benefícios Sociais Beneficíos Sociais ( ) Subsídio de Regime de Proteção Social Seguro de Outros Refeição Seguro de Seguro de Acidentes Identificar Valor Saúde Vida Pessoais Identificar Valor Carlos António Monteiro de Castro Segurança Social João Carlos de Magalhães Correia de Matos 226 Segurança Social Acumulação de Funções Acumulação de Funções - valores anuais ( ) Entidade Função Regime Bruta Redução (Lei OE) Bruta após [Identificar] [Identificar] [Público/Privado] [ ] [ ] [ ] Carlos António Monteiro de Castro João Carlos de Magalhães Correia de Matos Gastos com Comunicações Móveis Gastos com Comunicações Móveis ( ) Plafond Mensal Definido Valor Anual Observações O Presidente do CA não aufere quaisquer remunerações, regalias ou compensações suportadas pela Sociedade Carlos António Monteiro de Castro João Carlos de Magalhães Correia de Matos Encargos com Viaturas Viatura atribuída Celebração de contrato Encargos com Viaturas Valor de referência Modalidade Ano Início Ano Termo da viatura Nº Prestações Valor da Renda Mensal Valor Anual [S/N] [S/N] [ ] [ ] [ ] Carlos António Monteiro de Castro S N Aquisição João Carlos de Magalhães Correia de Matos S N n.a. Comodato n.a

7 Gastos Anuais Associados com Viaturas Plafond Mensal definido Combustível Gastos anuais associados a Viatura ( ) Portagens Outras Reparações Seguro Observações Carlos António Monteiro de Castro João Carlos de Magalhães Correia de Matos Gastos Anuais Associados a Deslocações em Serviço Deslocações em Serviço Gastos anuais associados a Deslocações em Serviço Custo com Alojamento Ajudas de Custo Outras Gasto total com viagens [ ] [ ] [ ] [Identificar] Valor [ ] [ ] Carlos António Monteiro de Castro n.a João Carlos de Magalhães Correia de Matos n.a Conselho Fiscal Bruta Redução (Lei OE) Bruta após Isabel Paiva, Miguel Galvão & Associados, SROC Mário Rui do Carmo Matos Maria João Dias Pessoa Araújo

8 REMUNERAÇÕES AUFERIDAS EM Mesa Assembleia Geral MESA DA ASSEMBLEIA GERAL unid.: 2012 Presidente Secretário Secretário Secretário IAPMEI / Luis Filipe Costa (1) Mário Carrega Ana Abrantes (2) Júlio André Mandato I / II I / II I I Remuneração anual fixa Redução decorrente da Lei 64-B/ Remuneração anual efectiva (1) - O Presidente da Mesa renunciou à remuneração, sendo a mesma liquidada ao IAPMEI (2) - A Dra. Ana Francisca Gomes Ferreira Abrantes renunciou à remuneração correspondente ao cargo desempenhado 2.Conselho Administração CONSELHO DE ADMINISTRAÇÃO Remunerações e Encargos Vice-Presidente Vogal Vogal Vogal Vogal Vogal João Pereira João Miguel Pelicano da Luís João Correia Carlos de Castro Nune s Caeiro Cunha Lopes de Matos Mandato I / II I I I II II Adaptado ao EGP (Sim/Não) Não Não Não Não Não Não Remuneração Total ( ) OPRLO n.a. n.a. n.a. n.a. n.a. n.a. Entidade de Origem (identificar) Entidade pagadora (origem/destino) Remuneração Anual Despesas de Representação (Anual) Senha de presença (Valor Anual) Redução decorrente da Lei 12-A/ Redução decorrente da Lei 64-B/ Suspensão do pagamento dos subsidios de férias e natal de anos anteriores Remuneração Anual Efetiva Líquida ( ) Remuneração variável Isenção de Horário de Trabalho (IHT) Outras (identificar) Subsídio de deslocação Subsídio de refeição Encargos com benefícios sociais Regime de Proteção Social - Identificar Regime (ADSE/Seg.Social/Outros) Seg.Social Seg.Social Seg.Social Seg.Social Seg.Social Seg.Social - Valor Seguros de saúde (*) Seguros de vida (*) Seguro de Acidentes Pessoais Outros (indicar) Acumulação de Funções de Gestão (S/N) N N N N N N Entidade (identificar) Remuneração Anual O Presidente do Conselho de Administração não aufere quaisquer remunerações, regalias ou compensações suportadas pela Sociedade (*) - Em condições idênticas às praticadas para os colaboradores da Sociedade O Dr. Luís Filipe Carvalho Lopes esteve em exercício de funções desde 10 de fevereiro até 15 de junho O Dr. João Carlos Correia de Matos iniciou funções em 15 de junho

9 CONSELHO DE ADMINISTRAÇÃO Parque Automóvel Vice-Presidente Vogal Vogal Vogal Vogal Vogal João Pereira João Miguel Pelicano da Luís João Correia Carlos de Castro Nune s Caeiro Cunha Lopes de Matos Mandato I / II I I I II II Modalidade de Utilização Aquisição Aquisição Aquisição Aquisição Aquisição Comodato Valor de referência da viatura nova n.a. Ano Inicio (aquisição) n.a. Ano Termo N.º prestações (se aplicável) Valor Residual Valor de renda/prestação anual da viatura de serviço Combustível gasto com a viatura Plafond anual Combustivel atribuído Outros (Portagens / Reparações / Seguro) Limite definido conforme Art.º 33 do EGP (Sim/Não) (*) (*) (*) (*) (*) (*) (*) (*) Aguarda-se fixação dos limites por parte da Comissão de Vencimentos CONSELHO DE ADMINISTRAÇÃO Outras Regalias e Compensações Vice-Presidente Vogal Vogal Vogal Vogal Vogal João Pereira João Miguel Pelicano da Luís João Correia Carlos de Castro Nune s Caeiro Cunha Lopes de Matos Mandato I / II I I I II II Plafond mensal atribuido em comunicações móveis Gastos anuais com comunicações móveis Outras (indicar) Limite definido conforme Art.º 32 do EGP (Sim/Não) (*) (*) Aguarda-se fixação dos limites por parte da Comissão de Vencimentos CONSELHO DE ADMINISTRAÇÃO Gastos com Deslocações (*) (*) (*) (*) (*) (*) Vice-Presidente Vogal Vogal Vogal Vogal Vogal João Pereira João Miguel Pelicano da Luís João Correia Carlos de Castro Nune s Caeiro Cunha Lopes de Matos Mandato I / II I I I II II Custo total anual c/ viagens Custos anuais com alojamento Ajudas de custo n.a. n.a. n.a. n.a. n.a. n.a. Outras (indicar) Conselho Fiscal CONSELHO FISCAL Presidente e ROC Pedro Matos Silva, G.J. e P.C., SROC Presidente e ROC Isabel Paiva, Miguel Galvão, SROC Vogal Vogal Vogal Mário Rui Matos Mª Isabel Ressureição unid.: Mª João Araújo Mandato I II I / II I II Remuneração anual fixa Redução decorrente da Lei 64-B/ Remuneração anual efectiva

Estatuto remuneratório fixado

Estatuto remuneratório fixado Estatuto remuneratório fixado De acordo com o estabelecido pela Comissão de Vencimentos em 14 de abril de 2004, os membros dos Órgãos Sociais podem auferir as seguintes remunerações principais brutas:

Leia mais

ESTATUTO REMUNERATÓRIO. Conselho de Administração remunerações globais mensais ilíquidas:

ESTATUTO REMUNERATÓRIO. Conselho de Administração remunerações globais mensais ilíquidas: ESTATUTO REMUNERATÓRIO Ao abrigo do artigo 8.º dos Estatutos da CP, aprovados pelo Decreto-Lei n.º 137- A/2009, de 12 de junho, conjugado com o n.º 2 do artigo 28.º do EGP, com a aplicação das regras constantes

Leia mais

Cargo Órgãos Sociais Eleição Mandato. Mesa da Assembleia Geral IAPMEI, representado por Prof. Dr. Miguel Jorge de Campos Cruz

Cargo Órgãos Sociais Eleição Mandato. Mesa da Assembleia Geral IAPMEI, representado por Prof. Dr. Miguel Jorge de Campos Cruz Modelo de Governo Mandato I Em exercício de funções Cargo Órgãos Sociais Eleição Mandato Presidente Secretário Presidente Executivo (*) Vogal Vogal (**) Presidente (***) Mesa da Assembleia Geral IAPMEI,

Leia mais

Mesa da Assembleia Geral

Mesa da Assembleia Geral Mesa da Assembleia Geral Remuneração Anual ( ) Cargo (Início Fim) Fixada (1) Bruto Pago 2009-2011 (*) Presidente da Mesa Paulo Marques Fernandes 640 1.280 (2) 2009-2011 (*) Vice-Presidente António Lorena

Leia mais

Cargo Órgãos Sociais Eleição Mandato. Conselho de Administração

Cargo Órgãos Sociais Eleição Mandato. Conselho de Administração Modelo de Governo Mandato 20152017 Cargo Órgãos Sociais Eleição Mandato Conselho de Administração Presidente Vogal Executivo Diretora Clínica Enfermeira Diretora José Rianço Josué João Maria Roxo Vaz Rico

Leia mais

1. Estatuto remuneratório fixado para os Membros do Conselho de Administração

1. Estatuto remuneratório fixado para os Membros do Conselho de Administração Órgãos Sociais 1. Estatuto remuneratório fixado para os Membros do Conselho de Administração A. Competência para a Determinação Compete à Assembleia Geral a aprovação da política de remunerações dos membros

Leia mais

Cargo Órgãos Sociais Eleição Mandato. Conselho de Administração. Fiscal Único

Cargo Órgãos Sociais Eleição Mandato. Conselho de Administração. Fiscal Único Modelo de Governo II 2014-2016 Cargo Órgãos Sociais Eleição Conselho de Administração Presidente Vogal (1) Vogal (2) Francisca Passo Valente Carneiro Fernandes José Manuel Matos da Silva Sandra Bela de

Leia mais

Remunerações e outras regalias

Remunerações e outras regalias Remunerações e outras regalias 1. Mesa Assembleia Geral Não se aplica 2. Conselho de Administração Exercício de 2012 Adaptado ao EGP (Sim/Não) sim sim sim sim sim sim Remuneração Total (1.+2.+3.+4.) 69,863.78

Leia mais

Cargo Órgãos Sociais Nomeação Mandato. Conselho de Administração

Cargo Órgãos Sociais Nomeação Mandato. Conselho de Administração Modelo de Governo Cargo Órgãos Sociais ação Mandato Conselho de Administração Presidente Vogal (1) - Vogal Executivo Vogal (2) - Director Clínico Vogal (3) - Enfermeira Directora Dr. Manuel António L.

Leia mais

Cargo Órgãos Sociais Eleição Mandato. Cargo Órgãos Sociais Eleição Mandato. Cargo Órgãos Sociais Eleição Mandato

Cargo Órgãos Sociais Eleição Mandato. Cargo Órgãos Sociais Eleição Mandato. Cargo Órgãos Sociais Eleição Mandato Modelo de Governo V Cargo Órgãos Sociais Eleição Mandato Conselho de Administração Presidente Vogal (1) Vogal (2) Carlos Manuel Branco Nogueira Fragateiro José Manuel Castanheira Amadeu Carlos Oliveira

Leia mais

Cargo Órgãos Sociais Eleição Mandato. Mesa da Assembleia Geral Prof. Dr. Miguel Jorge de Campos Cruz

Cargo Órgãos Sociais Eleição Mandato. Mesa da Assembleia Geral Prof. Dr. Miguel Jorge de Campos Cruz Modelo de Governo Mandato I Cargo Órgãos Sociais Eleição Mandato Presidente Secretário Presidente não Executivo Vogal Vogal Presidente Vogal Efetivo - ROC Vogal Efetivo Vogal Suplente - ROC Mesa da Assembleia

Leia mais

SUBVENÇÃO MENSAL VITALÍCIA DOS EX-TITULARES DE DIVERSOS CARGOS POLÍTICOS (LEI N.º 4/85, DE 9 DE ABRIL)

SUBVENÇÃO MENSAL VITALÍCIA DOS EX-TITULARES DE DIVERSOS CARGOS POLÍTICOS (LEI N.º 4/85, DE 9 DE ABRIL) SUBVENÇÃO MENSAL VITALÍCIA DOS EX-TITULARES DE DIVERSOS CARGOS POLÍTICOS (LEI N.º 4/85, DE 9 DE ABRIL) Atualizado pela última vez em 10 de outubro de 2005 Lei n.º 4/85, de 9 de abril * A Assembleia da

Leia mais

REGIÃO AUTÓNOMA DOS AÇORES

REGIÃO AUTÓNOMA DOS AÇORES 5368 Diário da República, 1.ª série N.º 204 22 de outubro de 2014 Polo de captação de Faias REGIÃO AUTÓNOMA DOS AÇORES Assembleia Legislativa Resolução da Assembleia Legislativa da Região Autónoma dos

Leia mais

Lei n.º 4/85 de 9 de abril. Estatuto remuneratório dos titulares de cargos políticos. TÍTULO I Remunerações dos titulares de cargos políticos

Lei n.º 4/85 de 9 de abril. Estatuto remuneratório dos titulares de cargos políticos. TÍTULO I Remunerações dos titulares de cargos políticos Lei n.º 4/85 de 9 de abril Estatuto remuneratório dos titulares de cargos políticos TÍTULO I Remunerações dos titulares de cargos políticos CAPÍTULO I Disposições gerais Artigo 1.º Titulares de cargos

Leia mais

OFÍCIO CIRCULAR Nº 3/ GGF / 2011

OFÍCIO CIRCULAR Nº 3/ GGF / 2011 OFÍCIO CIRCULAR Nº 3/ GGF / 2011 Às Escolas Básicas e Secundárias. Agrupamentos de Escolas Escolas Profissionais Públicas. DATA: 2011/01/07 ASSUNTO: Processamento de Remunerações em 2011 Face à Lei nº

Leia mais

SPORTING CLUBE DE PORTUGAL FUTEBOL, S.A.D.

SPORTING CLUBE DE PORTUGAL FUTEBOL, S.A.D. SPORTING CLUBE DE PORTUGAL FUTEBOL, S.A.D. Sociedade Aberta Capital Social: 67.000.000 Capital Próprio aprovado em Assembleia Geral de 30 de Setembro de 2015: 7.043.000 Sede Social: Estádio José de Alvalade

Leia mais

CIRCULAR INFORMATIVA. Saúde, retificado. Saúde. 5. Como devem nos termos. Estatuto de. No n.º 1 do. artigo 12.º 2012; dezembro, seguir se indica:

CIRCULAR INFORMATIVA. Saúde, retificado. Saúde. 5. Como devem nos termos. Estatuto de. No n.º 1 do. artigo 12.º 2012; dezembro, seguir se indica: CIRCULAR INFORMATIVA Para conhecimento de todos os serviços e organismos dependentes do Ministério da Saúde N.º 11/2012 DATA 18/10/ /2012 ASSUNTO: Atualização das FAQ n.º ºs 5 e 7 da Circular Informativa

Leia mais

Nota Informativa nº 1/IGeFE/DGRH/2017

Nota Informativa nº 1/IGeFE/DGRH/2017 Nota Informativa nº 1/IGeFE/DGRH/2017 ASSUNTO: PROCESSAMENTO DE REMUNERAÇÕES 2017 A partir de 1 de janeiro de 2017, por força da entrada em vigor do Orçamento do Estado para o ano de 2017, aprovado pela

Leia mais

NOTA INFORMATIVA. ASSUNTO: Orçamento de Estado 2014 l Processamento de Remunerações

NOTA INFORMATIVA. ASSUNTO: Orçamento de Estado 2014 l Processamento de Remunerações NOTA INFORMATIVA ASSUNTO: Orçamento de Estado 2014 l Processamento de Remunerações Considerando o disposto na Lei n.º 83-C/2013, de 31 de dezembro, diploma que aprova o Orçamento de Estado para 2014, cumpre

Leia mais

RELAÇÃO JURÍDICA CONTRIBUTIVA

RELAÇÃO JURÍDICA CONTRIBUTIVA Delimitação da base de incidência contributiva Despesasresultantes da utilização pessoal pelo Trabalhador, de viatura automóvel que gere encargos para a entidade empregadora, previsto em acordo escrito

Leia mais

Nota de enquadramento à norma de redução remuneratória

Nota de enquadramento à norma de redução remuneratória Nota de enquadramento à norma de redução remuneratória 1. A norma da redução remuneratória assegura uma diminuição global de 5% na despesa com remunerações, conjugando-se com o impedimento de quaisquer

Leia mais

ELEITOS LOCAIS E RECURSOS HUMANOS NAS FREGUESIAS

ELEITOS LOCAIS E RECURSOS HUMANOS NAS FREGUESIAS ELEITOS LOCAIS E RECURSOS HUMANOS NAS FREGUESIAS 2012 Eleitos Locais das Freguesias Mandato; Mandato do Presidente de Junta de Freguesia; Mandato dos vogais de Junta de Freguesia; Mandato dos membros de

Leia mais

SÚMULA DE INFORMAÇÕES CONSTANTES DA ATA DA ASSEMBLEIA GERAL DE 25 DE MARÇO DE 2015

SÚMULA DE INFORMAÇÕES CONSTANTES DA ATA DA ASSEMBLEIA GERAL DE 25 DE MARÇO DE 2015 SÚMULA DE INFORMAÇÕES CONSTANTES DA ATA DA ASSEMBLEIA GERAL DE 25 DE MARÇO DE 2015 Identificação da Sociedade: ( Cimpor ),, com o Número Único de Pessoa Coletiva e de matrícula na Conservatória do Registo

Leia mais

Mandato II Cargo Órgãos Sociais Eleição Mandato

Mandato II Cargo Órgãos Sociais Eleição Mandato Modelo de Governo Mandato III Cargo Órgãos Sociais Eleição Mandato Presidente Vogal (1) Vogal (2) Efetivo Suplente Henrique Manuel Gil Martins Rogério Pereira Rodrigues Artur Manuel Trindade Mimoso Fiscal

Leia mais

Cargo Órgãos Sociais Eleição Mandato. Conselho de Administração

Cargo Órgãos Sociais Eleição Mandato. Conselho de Administração Modelo de Governo Cargo Órgãos Sociais Eleição Mandato Conselho de Administração Presidente Vogal (1) - Vogal Executivo Vogal (2) - Director Clínico Vogal (2) - Director Clínico Vogal (3) - Enfermeira

Leia mais

Cargo Órgãos Sociais Eleição

Cargo Órgãos Sociais Eleição Modelo de Governo Mandato 2012/2014 Cargo Órgãos Sociais Eleição Mesa da Assembleia Geral Presidente José António Ferreira de Barros 06-06-2014 Vice-Presidente Maria Teresa Vasconcelos Abreu Flor Morais

Leia mais

JORNAL OFICIAL. Sumário REGIÃO AUTÓNOMA DA MADEIRA. Quinta-feira, 17 de abril de Série. Número 73

JORNAL OFICIAL. Sumário REGIÃO AUTÓNOMA DA MADEIRA. Quinta-feira, 17 de abril de Série. Número 73 REGIÃO AUTÓNOMA DA MADEIRA JORNAL OFICIAL Quinta-feira, 17 de abril de 2014 Série Sumário PONTA DO OESTE - SOCIEDADE DE PROMOÇÃO E DESENVOLVIMENTO DA ZONA OESTE DA MADEIRA, S.A. Aviso n.º 103/2014 Define

Leia mais

OFÍCIO CIRCULAR Nº 2 / DGPGF / 2014

OFÍCIO CIRCULAR Nº 2 / DGPGF / 2014 OFÍCIO CIRCULAR Nº 2 / DGPGF / 2014 Às Escolas Básicas e Secundárias. Agrupamentos de Escolas Escolas Profissionais Públicas. X X X DATA: 2014/ Janeiro / 28 ASSUNTO: Processamento de Remunerações em 2014

Leia mais

SPORTING CLUBE DE PORTUGAL FUTEBOL, SAD

SPORTING CLUBE DE PORTUGAL FUTEBOL, SAD SPORTING CLUBE DE PORTUGAL FUTEBOL, SAD Sociedade Aberta Capital Social: 39 000 000 euros Capital Próprio: (75.593.000) euros aprovado em Assembleia Geral de 28 de Setembro de 2012 Sede Social: Estádio

Leia mais

Lei n.º 75/2014 de 12 de setembro Estabelece os mecanismos das reduções remuneratórias temporárias e as condições da sua reversão

Lei n.º 75/2014 de 12 de setembro Estabelece os mecanismos das reduções remuneratórias temporárias e as condições da sua reversão Lei n.º 75/2014 de 12 de setembro Estabelece os mecanismos das reduções remuneratórias temporárias e as condições da sua reversão A Assembleia da República decreta, nos termos da alínea c) do artigo 161.º

Leia mais

POLÍTICA DE REMUNERAÇÃO

POLÍTICA DE REMUNERAÇÃO POLÍTICA DE REMUNERAÇÃO Com a publicação da Lei nº 28/2009, de 19 de Junho, as Instituições Financeiras ficaram sujeitas ao dever de aprovar, anualmente, em Assembleia Geral, uma proposta de remuneração

Leia mais

PROPOSTAS A APRESENTAR EM ASSEMBLEIA GERAL A REALIZAR EM 17 DE NOVEMBRO DE Proposta

PROPOSTAS A APRESENTAR EM ASSEMBLEIA GERAL A REALIZAR EM 17 DE NOVEMBRO DE Proposta Capital Próprio: 26.903.240 euros (aprovado em Assembleia Geral de 12 de novembro de 2015) PROPOSTAS A APRESENTAR EM ASSEMBLEIA GERAL A REALIZAR EM 17 DE NOVEMBRO DE 2016 Ponto 1 da Ordem de Trabalhos:

Leia mais

ORGÃOS SOCIAIS E MODELO DE GOVERNO DO TNDM II

ORGÃOS SOCIAIS E MODELO DE GOVERNO DO TNDM II ORGÃOS SOCIAIS E MODELO DE GOVERNO DO TNDM II Identificação dos Órgãos Sociais O Teatro Nacional D. Maria II é, desde 27 de Abril de 2007 (Decreto-Lei nº 158/2007), uma Entidade Pública Empresarial que

Leia mais

ASSEMBLEIA DA REPÚBLICA

ASSEMBLEIA DA REPÚBLICA 2296 Diário da República, 1.ª série N.º 88 7 de maio de 2015 ASSEMBLEIA DA REPÚBLICA Resolução da Assembleia da República n.º 47/2015 Primeiro orçamento suplementar da Assembleia da República para 2015

Leia mais

Lei n.º 29/87, de 30 de Junho. Estatuto dos Eleitos Locais. Artigo 1.º Âmbito

Lei n.º 29/87, de 30 de Junho. Estatuto dos Eleitos Locais. Artigo 1.º Âmbito Lei n.º 29/87, de 30 de Junho Estatuto dos Eleitos Locais Artigo 1.º Âmbito 1 - A presente lei define o Estatuto dos Eleitos Locais. 2 - Consideram-se eleitos locais, para efeitos da presente lei, os membros

Leia mais

SISTEMA DE APOIO A ACÇÕES COLECTIVAS (SIAC)

SISTEMA DE APOIO A ACÇÕES COLECTIVAS (SIAC) ORIENTAÇÃO TÉCNICA N.º 01/SIAC/2009 SISTEMA DE APOIO A ACÇÕES COLECTIVAS (SIAC) METODOLOGIA DE CÁLCULO DAS DESPESAS COM O PESSOAL TÉCNICO DO PROMOTOR E LIMITES À ELEGIBILIDADE DE DESPESAS Nos termos estabelecidos

Leia mais

Cargo Órgãos Sociais Nomeação Mandato. Conselho de Administração

Cargo Órgãos Sociais Nomeação Mandato. Conselho de Administração Modelo de Governo Nos termos do art.º 6º dos Estatutos (anexo II Decreto-Lei n.º 233/2005 de 29/12, alterados e republicados pelo Decreto-Lei n.º 12/2015 de 26/1, na redação dada pelo Decreto-Lei 183/2015

Leia mais

PROMOÇÃO DO ESPÍRITO EMPRESARIAL (BAIXA DENSIDADE) AVISO NORTE SISTEMA DE APOIO ÀS AÇÕES COLETIVAS ANEXO Nº 1 DESPESAS ELEGÍVEIS

PROMOÇÃO DO ESPÍRITO EMPRESARIAL (BAIXA DENSIDADE) AVISO NORTE SISTEMA DE APOIO ÀS AÇÕES COLETIVAS ANEXO Nº 1 DESPESAS ELEGÍVEIS PROMOÇÃO DO ESPÍRITO EMPRESARIAL (BAIXA DENSIDADE) AVISO NORTE 51 2016 06 ANEXO Nº 1 DESPESAS ELEGÍVEIS Para além das condições de elegibilidade definidas em sede de aviso correspondente a cada tipologia

Leia mais

INSTRUÇÃO RELATIVA À APRESENTAÇÃO DE DESPESAS DE COLABORADORES

INSTRUÇÃO RELATIVA À APRESENTAÇÃO DE DESPESAS DE COLABORADORES Nº : Versão : 24 Agosto 2012 INSTRUÇÃO RELATIVA À APRESENTAÇÃO DE DESPESAS DE COLABORADORES 1I ENQUADRAMENTO A presente instrução define as regras de tratamento de despesas, que nos termos dos Regulamentos

Leia mais

Trata-se de uma situação excecional para vigorar apenas no ano em curso.

Trata-se de uma situação excecional para vigorar apenas no ano em curso. PL 157/2013 Exposição de Motivos Na sequência da decisão do Tribunal Constitucional sobre o Orçamento do Estado do ano de 2012, a Lei do Orçamento do Estado para 2013 estabeleceu que um dos subsídios anteriormente

Leia mais

Exmo. Senhor (Nome e morada)

Exmo. Senhor (Nome e morada) Exmo. Senhor (Nome e morada) Na sequência da reclamação apresentada em (data de apresentação da reclamação), do acto de processamento do seu vencimento, relativo ao mês de Janeiro de 2011, e em resposta

Leia mais

ORÇAMENTO DA DESPESA

ORÇAMENTO DA DESPESA 01 03 00 Administração Autárquica DESPESAS CORRENTES 01 Despesas com o pessoal 16.894,00 01 01 Remunerações certas e permanentes 14.169,00 01 01 01 Titulares de órgãos de soberania e membros de 14.169,00

Leia mais

Cargo Órgãos Sociais Eleição Mandato. Mesa da Assembleia Geral. Dra. Maria Fernanda Joanaz Silva Martins. Dra. Luísa Maria do Rosário Roque

Cargo Órgãos Sociais Eleição Mandato. Mesa da Assembleia Geral. Dra. Maria Fernanda Joanaz Silva Martins. Dra. Luísa Maria do Rosário Roque Modelo de Governo Mandato (2014-2016) Quadro III Cargo Órgãos Sociais Eleição Mandato Mesa da Assembleia Geral Presidente Secretário Dra. Maria Fernanda Joanaz Silva Martins Dra. Luísa Maria do Rosário

Leia mais

DATTA ASSSSUNTTO benefícios fiscais. EEMI ITTI IDO PPOR: : Ministério das Finanças Emprego e Segurança Social

DATTA ASSSSUNTTO benefícios fiscais. EEMI ITTI IDO PPOR: : Ministério das Finanças Emprego e Segurança Social DEESSI IGNAÇÇÃO: : CCONTTABBI ILLI IDADEE//FFI INANÇÇASS DIÁRIOS DA REPUBLLI ICA e do Plano Secretaria de Estado do Orçamento Direcção Geral de Contribuições e Impostos ASSSSUNTTO Aprova o novo regulamento

Leia mais

Trabalhadores dependentes

Trabalhadores dependentes Código dos Regimes Contributivos do Sistema Previdencial de Segurança Social - Principais alterações Trabalhadores dependentes Ana Duarte PwC Agenda 1. Base de incidência (novas componentes) 2. Taxas 3.

Leia mais

RIO CORGO MAYA KOSA & SÉRGIO DA COSTA O SOM E A FÚRIA

RIO CORGO MAYA KOSA & SÉRGIO DA COSTA O SOM E A FÚRIA RIO CORGO MAYA KOSA & SÉRGIO DA COSTA O SOM E A FÚRIA BALANÇO SOCIAL 2015 ÍNDICE Página I. NOTA INTRODUTÓRIA 3 II. ORGANIGRAMA 3 III. BALANÇO SOCIAL 3 III.1 Recursos Humanos 4 III.2 Remunerações e Encargos

Leia mais

MUDANÇAS POLÍTICAS SALARIAIS. Quidgest

MUDANÇAS POLÍTICAS SALARIAIS. Quidgest MUDANÇAS POLÍTICAS SALARIAIS Quidgest rh@quidgest.com AGENDA: Q Q Q Q Q Q Q Q Q Q REMISSÃO CÓDIGO DO TRABALHO TRABALHO SUPLEMENTAR FÉRIAS, FALTAS E FERIADOS SUBSÍDIO NATAL E FÉRIAS DECLARAÇÃO MENSAL DE

Leia mais

TABELAS SALARIAIS E IRS (com aplicação das novas tabelas de IRS para 2017)

TABELAS SALARIAIS E IRS (com aplicação das novas tabelas de IRS para 2017) 1.581,91 N/CAS S/FILHOS 17,90% 283,16 0,00 55,37 174,01 94,92 1.164,29 1.026,59 e) 513,30 1.581,91 N/CAS 1/FILHO 15,50% 245,20 0,00 55,37 174,01 94,92 1.202,26 1.063,04 e) 531,52 1º Escalão 1.581,91 N/CAS

Leia mais

NOTA INFORMATIVA Nº 3 / DGPGF / 2012

NOTA INFORMATIVA Nº 3 / DGPGF / 2012 MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO E CIÊNCIA NOTA INFORMATIVA Nº 3 / DGPGF / 2012 ASSUNTO: PROCESSAMENTO DE REMUNERAÇÕES EM 2013 Tendo em atenção a necessidade de obtenção de melhores indicadores de gestão, que permitam

Leia mais

Lei n.º 4/85, de 9 de Abril. Estatuto remuneratório dos titulares de cargos políticos

Lei n.º 4/85, de 9 de Abril. Estatuto remuneratório dos titulares de cargos políticos Lei n.º 4/85, de 9 de Abril Estatuto remuneratório dos titulares de cargos políticos A Assembleia da República decreta, nos termos dos artigos 164.º, alínea d), 167.º, alínea g), e 169.º, n.º 2, da Constituição,

Leia mais

Cargo Órgãos Sociais Eleição Mandato. Mesa da Assembleia Geral Não Aplicável. Conselho de Administração (Mandato 2008 2010)

Cargo Órgãos Sociais Eleição Mandato. Mesa da Assembleia Geral Não Aplicável. Conselho de Administração (Mandato 2008 2010) Modelo de Governo Cargo Órgãos Sociais Eleição Mandato Mesa da Assembleia Geral Não Aplicável Conselho de Administração (Mandato 2008 2010) Presidente Director-Clínico Enf.-Director Artur Aires Rodrigues

Leia mais

CÓDIGO CONTRIBUTIVO Principais Implicações para as Empresas. João Santos

CÓDIGO CONTRIBUTIVO Principais Implicações para as Empresas. João Santos CÓDIGO CONTRIBUTIVO Principais Implicações para as Empresas João Santos Enquadramento Legal Código dos Regimes Contributivos do Sistema Previdencial de Segurança Social (CC) Aprovado pela Lei n.º 110/2009,

Leia mais

Tributação dos advogados , delegação de Viana do Castelo

Tributação dos advogados , delegação de Viana do Castelo Tributação dos advogados 04-03-2015, delegação de Viana do Castelo Introdução Tributação dos advogados: - -advogadode empresa categoriaa - IRS regime simplificado cat. B - IRS Contabilidade organizada

Leia mais

"Troikas no processamento salarial"

Troikas no processamento salarial "Troikas no processamento salarial" Sónia Rebelo Consultora Senior RH Hugo Miguel Ribeiro Coordenador RH Quidgest Portugal R. Castilho n.º 63 6.º 1250-068 Lisboa Portugal tel. (+351) 213 870 563 / 652

Leia mais

REUNIÃO ORDINÁRIA DA DIRECÇÃO DO CENTRO SOCIAL DE TOLOSA

REUNIÃO ORDINÁRIA DA DIRECÇÃO DO CENTRO SOCIAL DE TOLOSA DO 24/Setembro/2015 ACTA N.º08/2015 Aos vinte e quatro dias do mês de Setembro de dois mil e quinze, pelas quinze horas e trinta minutos, na Sede do Centro Social de Tolosa, teve lugar a Reunião Ordinária

Leia mais

FREGUESIA DE PRAINHA MUNICÍPIO DE SÃO ROQUE DO PICO FLUXOS DE CAIXA APROVAÇÃO ANO FINANCEIRO DE Datas das Deliberações / / / /

FREGUESIA DE PRAINHA MUNICÍPIO DE SÃO ROQUE DO PICO FLUXOS DE CAIXA APROVAÇÃO ANO FINANCEIRO DE Datas das Deliberações / / / / FREGUESIA DE PRAINHA MUNICÍPIO DE SÃO ROQUE DO PICO FLUXOS DE CAIXA APROVAÇÃO ANO FINANCEIRO DE 2015 Datas das Deliberações Junta de Freguesia / / Assembleia de Freguesia / / Órgão Executivo Órgão Deliberativo

Leia mais

4042 DIÁRIO DA REPÚBLICA I SÉRIE-A N.o de Julho de 2004 N.o de Julho de 2004 DIÁRIO DA REPÚBLICA I SÉRIE-A 4041

4042 DIÁRIO DA REPÚBLICA I SÉRIE-A N.o de Julho de 2004 N.o de Julho de 2004 DIÁRIO DA REPÚBLICA I SÉRIE-A 4041 4042 DIÁRIO DA REPÚBLICA I SÉRIE-A N.o 154 2 de Julho de 2004 N.o 154 2 de Julho de 2004 DIÁRIO DA REPÚBLICA I SÉRIE-A 4041 Declaração de Rectificação n.o 60/2004 Para os devidos efeitos, se declara que

Leia mais

Circular. ASSUNTO: Regime temporário de pagamento (fraccionado) dos subsídios de Natal e de férias para vigorar durante o ano 2013

Circular. ASSUNTO: Regime temporário de pagamento (fraccionado) dos subsídios de Natal e de férias para vigorar durante o ano 2013 Circular N/REFª: 17/2012 DATA: 28/01/2013 ASSUNTO: Regime temporário de pagamento (fraccionado) dos subsídios de Natal e de férias para vigorar durante o ano 2013 Exmos. Senhores, Junto se remete informação

Leia mais

COLECTÂNEA DE LEGISLAÇÃO BÁSICA INCLUÍDA

COLECTÂNEA DE LEGISLAÇÃO BÁSICA INCLUÍDA ÍNDICE PREFÁCIO 7 NOTA PRÉVIA 9 SIGLAS UTILIZADAS 13 Capo I - Algumas considerações introdutórias. A relação jurídica de emprego público na Administração Pública 15 Capo II - Âmbito de aplicação subjectivo

Leia mais

1.1. Denominação Banco Bilbao Vizcaya Argentaria (Portugal), S.A.

1.1. Denominação Banco Bilbao Vizcaya Argentaria (Portugal), S.A. FICHA DE INFORMAÇÃO NORMALIZADA EM MATÉRIA DE CRÉDITO AOS CONSUMIDORES GERAL INFORMAÇÃO PRÉ-CONTRATUAL A. ELEMENTOS DE IDENTIFICAÇÃO 1. Identificação da instituição de crédito 1.1. Denominação Banco Bilbao

Leia mais

Secretarias de Estado do Orçamento, dos Assuntos Fiscais e da Administração Pública. Despacho de 3 de dezembro de 2013

Secretarias de Estado do Orçamento, dos Assuntos Fiscais e da Administração Pública. Despacho de 3 de dezembro de 2013 Secretarias de Estado do Orçamento, dos Assuntos Fiscais e da Administração Pública Despacho de 3 de dezembro de 2013 ASSUNTO: Procedimentos para a operacionalização do pagamento das compensações no âmbito

Leia mais

ORÇAMENTO RECEITA E DESPESA

ORÇAMENTO RECEITA E DESPESA FREGUESIA DE SANTA BÁRBARA MUNICÍPIO DE ANGRA DO HEROÍSMO ORÇAMENTO RECEITA E DESPESA PARA O ANO FINANCEIRO DE 2014 POCAL Datas das Deliberações Junta de Freguesia Assembleia de Freguesia 20-11-2013 09-12-2013

Leia mais

ORIENTAÇÃO TÉCNICA Nº 1 (DESPESAS ELEGÍVEIS)

ORIENTAÇÃO TÉCNICA Nº 1 (DESPESAS ELEGÍVEIS) ORIENTAÇÃO TÉCNICA Nº 1 (DESPESAS ELEGÍVEIS) SISTEMA DE APOIO À INVESTIGAÇÃO CIENTÍFICA E TECNOLÓGICA - ( PROGRAMAS INTEGRADOS DE IC&DT de acordo com alínea d) do artigo 103º do RECI) Para além das condições

Leia mais

ORÇAMENTO DA RECEITA

ORÇAMENTO DA RECEITA Código ORÇAMENTO DA RECEITA Designação Ano : 24 Montante RECEITAS CORRENTES Impostos directos 28.500,00 02 Outros 28.500,00 02 02 Imposto Municipal sobre imoveis 28.500,00 02 Impostos indirectos 62.500,00

Leia mais

MINISTÉRIO DAS FINANÇAS

MINISTÉRIO DAS FINANÇAS 290 Diário da República, 1.ª série N.º 13 18 de janeiro de 2012 MINISTÉRIO DAS FINANÇAS Decreto-Lei n.º 8/2012 de 18 de janeiro No contexto da vigência do Programa de Assistência Económica e Financeira,

Leia mais

Conselho Geral e de Supervisão REGULAMENTO INTERNO COMISSÃO DE VENCIMENTOS

Conselho Geral e de Supervisão REGULAMENTO INTERNO COMISSÃO DE VENCIMENTOS Conselho Geral e de Supervisão REGULAMENTO INTERNO COMISSÃO DE VENCIMENTOS Aprovado em 18 de Junho de 2015 REGULAMENTO INTERNO DA COMISSÃO DE VENCIMENTOS ÍNDICE Instituição da Comissão de Vencimentos...

Leia mais

REUNIÃO ORDINÁRIA DA DIRECÇÃO DO CENTRO SOCIAL DE TOLOSA

REUNIÃO ORDINÁRIA DA DIRECÇÃO DO CENTRO SOCIAL DE TOLOSA REUNIÃO ORDINÁRIA DA DIRECÇÃO DO 10/Julho/2015 ACTA N.º07/2015 Aos dez dias do mês de Maio de dois mil e quinze, pelas quinze horas, na Sede do Centro Social de Tolosa, teve lugar a Reunião Ordinária da

Leia mais

Lei n.º 3/2009, de 13 de Janeiro. A Assembleia da República decreta, nos termos da alínea c) do artigo 161.º da Constituição, o seguinte:

Lei n.º 3/2009, de 13 de Janeiro. A Assembleia da República decreta, nos termos da alínea c) do artigo 161.º da Constituição, o seguinte: Lei n.º 3/2009, de 13 de Janeiro Regula os efeitos jurídicos dos períodos de prestação de serviço militar de antigos combatentes para efeitos de atribuição dos benefícios previstos nas Leis n. os 9/2002,

Leia mais

:: Legislação. :: Fundos de Pensões

:: Legislação. :: Fundos de Pensões :: Legislação :: Fundos de Pensões Diretiva 2013/14/EU, de 3 de junho Altera a Diretiva 2003/41/CE relativa às atividades e à supervisão das instituições de realização de planos de pensões profissionais,

Leia mais

DECLARAÇÃO MENSAL DE REMUNERAÇÕES (AT)

DECLARAÇÃO MENSAL DE REMUNERAÇÕES (AT) Os dados recolhidos são processados automaticamente, destinando-se à prossecução das atribuições legalmente cometidas à administração fiscal. Os interessados poderão aceder à informação que lhes diga respeito

Leia mais

PARCAIXA, SGPS, SA RELATÓRIO CONTAS

PARCAIXA, SGPS, SA RELATÓRIO CONTAS PARCAIXA, SGPS, SA RELATÓRIO E CONTAS 2013 Matriculada na Conservatória do Registo Comercial de Lisboa sob o NIPC nº 508 659 558 Sede Social: Av. João XXI, n.º 63-1000-300 Lisboa. Capital Social integralmente

Leia mais

VÍNCULOS Lei n.º 12-A/2008, de 27/02 -LVCR

VÍNCULOS Lei n.º 12-A/2008, de 27/02 -LVCR VÍNCULOS Lei n.º 12-A/2008, de 27/02 -LVCR (Com subordinação trabalho dependente) Modalidades art.º 9º Nomeação âmbito (Inexistente nas autarquias locais) Contrato: - Âmbito (art.º 20º) e modalidades (art.º

Leia mais

Cargo Órgãos Sociais Eleição Mandato. Henrique Manuel Gil Martins Rogério Pereira Rodrigues Artur Manuel Trindade Mimoso.

Cargo Órgãos Sociais Eleição Mandato. Henrique Manuel Gil Martins Rogério Pereira Rodrigues Artur Manuel Trindade Mimoso. Modelo de Governo Mandato III Cargo Órgãos Sociais Eleição Mandato Presidente Vogal (1) Vogal (2) Henrique Manuel Gil Martins Rogério Pereira Rodrigues Artur Manuel Trindade Mimoso RCM nº8/2014 de 25.02

Leia mais

Circular das finanças com esclarecimentos relativos à Sobretaxa extraordinária IRS 2011

Circular das finanças com esclarecimentos relativos à Sobretaxa extraordinária IRS 2011 Circular das finanças com esclarecimentos relativos à Sobretaxa extraordinária IRS 2011 As Finanças estão a dar destaque à sua recente circular nº23/2011 de 3 de Outubro relativa à Sobretaxa extraordinária

Leia mais

Regulamento de Deslocações da Universidade da Madeira

Regulamento de Deslocações da Universidade da Madeira Regulamento de Deslocações da Universidade da Madeira A Lei nº 59/2008, de 11 de Setembro, que regula o Regime de Contrato de Trabalho em Funções Públicas, com efeitos a partir de 1 de Janeiro de 2009,

Leia mais

CIRCULAR. Assunto: Regime temporário de pagamento (fraccionado) dos subsídios de Natal e de férias para vigorar durante o ano A Secretária-Geral

CIRCULAR. Assunto: Regime temporário de pagamento (fraccionado) dos subsídios de Natal e de férias para vigorar durante o ano A Secretária-Geral CIRCULAR N/REFª: 02/2014 DATA: 2 de Janeiro de 2014 Assunto: Regime temporário de pagamento (fraccionado) dos subsídios de Natal e de férias para vigorar durante o ano 2014 Exmos. Senhores, A Lei n.º 83-C/2013,

Leia mais

ASSEMBLEIA DA REPÚBLICA

ASSEMBLEIA DA REPÚBLICA Código Saldo da gerência anterior Débitos Parcial Importâncias Total De Dotações orçamentais do Programa 001 -Medida 001 -Fonte Financiamento 311 do Programa 001 -Medida 001 -Fonte Financiamento 311 do

Leia mais

Matriculada na Conservatória do Registo Comercial de Lisboa Banco de Portugal (Rua do Ouro, 27, Lisboa)

Matriculada na Conservatória do Registo Comercial de Lisboa Banco de Portugal (Rua do Ouro, 27, Lisboa) FICHA DE INFORMAÇÃO NORMALIZADA EM MATÉRIA DE CRÉDITO AOS CONSUMIDORES, EM CASO DE CONTRATAÇÃO À DISTÂNCIA GERAL INFORMAÇÃO PRÉ-CONTRATUAL A. ELEMENTOS DE IDENTIFICAÇÃO 1. Identificação da instituição

Leia mais

01 DESPESAS COM O PESSOAL ,00. Titulares de Órgãos de Soberania e Membros de Órgãos Autárquicos ,00

01 DESPESAS COM O PESSOAL ,00. Titulares de Órgãos de Soberania e Membros de Órgãos Autárquicos ,00 01 DESPESAS COM O PESSOAL 9.837.610,00 0101 Remunerações Certas e Permanentes 7.276.640,00 010101 Titulares de Órgãos de Soberania e Membros de Órgãos Autárquicos 168.720,00 010104 Pessoal dos Quadros

Leia mais

MEDIDA ESTÁGIOS EMPREGO

MEDIDA ESTÁGIOS EMPREGO MEDIDA ESTÁGIOS EMPREGO Entidades Promotoras: Entidades privadas, com ou sem fins lucrativos e Autarquias Locais. Destinatários: Jovens à procura de emprego, entre os 18 e os 30 anos, inscritos no IEFP

Leia mais

Decreto-Lei n.º 188/2002 de 21 de Agosto *

Decreto-Lei n.º 188/2002 de 21 de Agosto * Decreto-Lei n.º 188/2002 de 21 de Agosto * Nos termos da Resolução do Conselho de Ministros n.º 103/2002, de 26 de Julho, que aprovou o Programa para a Produtividade e o Crescimento da Economia, foi delineado

Leia mais

PORTARIA N.º 4 /05. de 17 de Janeiro

PORTARIA N.º 4 /05. de 17 de Janeiro MINISTÉRIO DAS FINANÇAS E PLANEAMENTO GABINETE DO MINISTRO PORTARIA N.º 4 /05 de 17 de Janeiro As alterações introduzidas no Orçamento do Estado para 2005 para vigorarem a partir de 1 de Janeiro, nomeadamente,

Leia mais

Identificação dos membros dos órgãos sociais

Identificação dos membros dos órgãos sociais Identificação dos membros dos órgãos sociais Os órgãos sociais do Hospital Distrital da Figueira da Foz, E.P.E. são constituídos por: Conselho de Administração, Fiscal Único e Conselho Consultivo. Conselho

Leia mais

ASSEMBLEIA DA REPÚBLICA

ASSEMBLEIA DA REPÚBLICA Código Saldo da gerência anterior Débitos Parcial Importâncias Total De Dotações orçamentais do Programa 001 -Medida 001 -Fonte Financiamento 510 do Programa 001 -Medida 001 -Fonte Financiamento 510 do

Leia mais

18. OPERAÇÕES DE CRÉDITO (PARTICULARES)

18. OPERAÇÕES DE CRÉDITO (PARTICULARES) 18.1. Crédito à habitação e contratos conexos Empréstimos a taxa variável Taxa anual nominal (TAN) Taxa anual efetiva (TAE) CH Taxa Indexada - Euribor 12M Euribor 12 m + spread 1,75% a 5,8% 2,730% 13 a

Leia mais

Fisco clarifica alterações a várias declarações fiscais

Fisco clarifica alterações a várias declarações fiscais 03-02-12 - Fisco clarifica alterações a várias declarações fiscais Na sequência das alterações introduzidas ao Código do IRS pela Lei do Orçamento do Estado para 2011, e pela Lei que aprovou a sobretaxa

Leia mais

PROSPETO INFORMATIVO EUR NB DUAL BULLISH IBEX II PRODUTO FINANCEIRO COMPLEXO

PROSPETO INFORMATIVO EUR NB DUAL BULLISH IBEX II PRODUTO FINANCEIRO COMPLEXO PROSPETO INFORMATIVO EUR NB DUAL BULLISH IBEX II 2017-2019 PRODUTO FINANCEIRO COMPLEXO Designação EUR NB DUAL BULLISH IBEX II 2017-2019 Classificação Caracterização do produto Garantia de Capital Garantia

Leia mais

JORNAL OFICIAL. Suplemento. Sumário REGIÃO AUTÓNOMA DA MADEIRA. Terça-feira, 8 de setembro de Série. Número 138

JORNAL OFICIAL. Suplemento. Sumário REGIÃO AUTÓNOMA DA MADEIRA. Terça-feira, 8 de setembro de Série. Número 138 REGIÃO AUTÓNOMA DA MADEIRA JORNAL OFICIAL Terça-feira, 8 de setembro de 2015 Série Suplemento Sumário SECRETARIA REGIONAL DA INCLUSÃO E ASSUNTOS SOCIAIS Portaria n.º 161/2015 Estabelece a Medida Incentivo

Leia mais

Propostas na área do Trabalho e Segurança Social

Propostas na área do Trabalho e Segurança Social Propostas na área do Trabalho e Segurança Social Proposta de Alteração PROPOSTA DE LEI N.º 103/XII ORÇAMENTO DO ESTADO PARA 2013 Capítulo I Aprovação do Orçamento Artigo 7.º Transferências orçamentais

Leia mais

Artigo 1º Âmbito. 1 - O presente diploma define o Estatuto dos eleitos Locais.

Artigo 1º Âmbito. 1 - O presente diploma define o Estatuto dos eleitos Locais. Artigo 1º Âmbito 1 - O presente diploma define o Estatuto dos eleitos Locais. 2 - Consideram-se eleitos locais, para efeitos da presente lei, os membros dos órgãos deliberativos e executivos dos municípios

Leia mais

Sessão ordinária da Assembleia Municipal

Sessão ordinária da Assembleia Municipal Sessão ordinária da Assembleia Municipal Data: 30 de junho de 2014 Hora: 14.30 horas Local: Salão Nobre dos Paços do Município DELIBERAÇÕES APROVADAS EM MINUTA I PERÍODO DA ORDEM DO DIA PONTO 1: DISCUSSÃO

Leia mais

FREGUESIA DE CALHETA MUNICÍPIO DE CALHETA FLUXOS DE CAIXA APROVAÇÃO ANO FINANCEIRO DE Datas das Deliberações / / / /

FREGUESIA DE CALHETA MUNICÍPIO DE CALHETA FLUXOS DE CAIXA APROVAÇÃO ANO FINANCEIRO DE Datas das Deliberações / / / / FREGUESIA DE CALHETA MUNICÍPIO DE CALHETA FLUXOS DE CAIXA APROVAÇÃO ANO FINANCEIRO DE 25 Datas das Deliberações Junta de Freguesia / / Assembleia de Freguesia / / Órgão Executivo Órgão Deliberativo Núcleo

Leia mais

ASSEMBLEIA DA REPÚBLICA

ASSEMBLEIA DA REPÚBLICA Código Saldo da gerência anterior Débitos Parcial Importâncias Total De Dotações orçamentais Dotações Orçamentais Receitas do Estado Operações de tesouraria Receitas do Estado Operações de tesouraria Sendo

Leia mais

POLÍTICA DE REMUNERAÇÃO

POLÍTICA DE REMUNERAÇÃO 1/8 POLÍTICA DE REMUNERAÇÃO Tabela de Revisões Versão Data Motivo de Revisão 1 2011 2 Primeira versão aprovada pelo Conselho de Administração a 02/02/2011 e pela Assembleia Geral a 31/03/2011. Revisão

Leia mais

DECRETO N.º 24/XIII. Regime aplicável ao património da Casa do Douro

DECRETO N.º 24/XIII. Regime aplicável ao património da Casa do Douro DECRETO N.º 24/XIII Regime aplicável ao património da Casa do Douro A Assembleia da República decreta, nos termos da alínea c) do artigo 161.º da Constituição, o seguinte: Secção I Disposições gerais Artigo

Leia mais

ORÇAMENTO DA DESPESA

ORÇAMENTO DA DESPESA 01 00 00 ADMINISTRAÇÃO AUTARQUICA 01 Despesas com o pessoal 512.162,38 01 01 Remunerações certas e permanentes 389.053,38 01 01 01 Titulares de órgãos de soberania e membros de órgãos autárquicos 23.000,00

Leia mais

Cargo Órgãos Sociais Eleição Mandato. Mesa da Assembleia-geral. Não Aplicável. Conselho de Administração

Cargo Órgãos Sociais Eleição Mandato. Mesa da Assembleia-geral. Não Aplicável. Conselho de Administração Modelo de Governo Cargo Órgãos Sociais Eleição Mandato Presidente Vice-Presidente Secretário Mesa da Assembleia-geral Não Aplicável Presidente Conselho de Administração Izabel Maria Nunes Rodrigues Daniel

Leia mais

ALTERAÇÕES AO ESTATUTO DA APOSENTAÇÃO: o que foi aprovado pela Assembleia da República

ALTERAÇÕES AO ESTATUTO DA APOSENTAÇÃO: o que foi aprovado pela Assembleia da República As alterações ao Estatuto da Aposentação aprovadas pela Assembleia da República Pág. 1 ALTERAÇÕES AO ESTATUTO DA APOSENTAÇÃO: o que foi aprovado pela Assembleia da República Muitos trabalhadores da Função

Leia mais

POLÍTICA DE REMUNERAÇÃO DOS MEMBROS DOS ÓRGÃOS DE ADMINISTRAÇÃO E DE

POLÍTICA DE REMUNERAÇÃO DOS MEMBROS DOS ÓRGÃOS DE ADMINISTRAÇÃO E DE POLÍTICA DE REMUNERAÇÃO DOS MEMBROS DOS ÓRGÃOS DE ADMINISTRAÇÃO E DE FISCALIZAÇÃO DO BANCO POPULAR PORTUGAL, SA Introdução A presente Política de Remuneração dos membros do órgão de administração e fiscalização

Leia mais

Revogações: Orientação Normativa N.º 1/2001 de 01/02/2001

Revogações: Orientação Normativa N.º 1/2001 de 01/02/2001 Nº. Pauta 202.16 RECURSOS HUMANOS Assunto: ESCALAS DE SERVIÇO Referência: Distribuição: todas as unidades de estrutura Revogações: Orientação Normativa N.º 1/2001 de 01/02/2001 Entrada em vigor: 15/06/2005

Leia mais