INSTITUTO MILITAR DE ENGENHARIA - RIO DE JANEIRO

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "INSTITUTO MILITAR DE ENGENHARIA - RIO DE JANEIRO"

Transcrição

1 INSTITUTO MILITAR DE ENGENHARIA - RIO DE JANEIRO

2

3 Apresentação O Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes (ENADE) constitui-se em um componente do Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior (SINAES) e visa contribuir para a permanente melhoria da qualidade do ensino oferecido. O Relatório da Instituição, ora disponibilizado pelo Instituto de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira, contém os resultados da aplicação do Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes 2008 e do Questionário Socioeconômico respondido por ingressantes e concluintes de cada um dos cursos participantes do referido exame. As informações que consubstanciam este relatório possibilitarão aos dirigentes das IES uma visão ampla dos resultados do ENADE, gerados a partir da participação do conjunto dos cursos de sua instituição. As informações possibilitam comparações, entre outras, de IES que compartilham a mesma organização acadêmica, a mesma categoria administrativa, a mesma região e a mesma Unidade da Federação, traduzindo-se em subsídios fundamentais para a análise e avaliação das políticas institucionais de ensino, pesquisa e extensão. O INEP reafirma o caráter de complementaridade dos Relatórios de IES e de Cursos, o que impõe a necessidade de analisá-los à luz da identidade e da natureza de cada uma das áreas do conhecimento, de modo a assegurar valor e sentido aos resultados apresentados e, por conseqüência, gerar o comprometimento da comunidade acadêmica com vistas à consolidação de uma cultura de avaliação na graduação. Brasília, dezembro de INSTITUTO NACIONAL DE ESTUDOS E PESQUISAS EDUCACIONAIS ANÍSIO TEIXEIRA 3

4 Introdução O INEP apresenta o relatório com os resultados do(a) INSTITUTO MILITAR DE ENGENHARIA - RIO DE JANEIRO no ENADE de O ENADE, como parte do SINAES (Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior), tem por objetivo aferir o desempenho dos estudantes em relação aos conteúdos programáticos previstos nas diretrizes curriculares dos respectivos cursos de graduação, às suas habilidades para ajustamento, às exigências decorrentes da evolução do conhecimento e às suas competências para compreender temas exteriores ao âmbito específico de sua profissão, ligados às realidades brasileira e mundial e a outras áreas do conhecimento. A avaliação do ENADE incluiu grupos de estudantes selecionados por amostragem, os quais se encontravam em momentos distintos de sua graduação: um grupo considerado ingressante que se encontrava no final do primeiro ano e outro grupo considerado concluinte que estava cursando o último ano. Os dois grupos de estudantes foram submetidos à mesma prova. O ENADE foi operacionalizado por meio de dois instrumentos: um questionário e uma prova. A finalidade da aplicação do Questionário de Avaliação Discente da Educação Superior foi a de compor o perfil dos estudantes, integrando informações do seu contexto às suas percepções sobre a IES. A prova apresentou um componente de avaliação da formação geral comum aos cursos de todas as áreas e um componente específico de cada área. Todos os resultados foram obtidos com base nas análises que consideraram o peso amostral de cada estudante convocado e presente no exame, podendo, portanto, serem estendidos para o total de estudantes ingressantes e concluintes da instituição. Embora cientes das limitações do instrumento enquanto mecanismo de avaliação de curso, estamos convencidos de que os dados gerados, tanto no que tange aos resultados da prova quanto à opinião dos estudantes, podem ser bastante úteis para orientar as ações pedagógicas e administrativas da instituição, uma vez que contribuem significativamente para uma reflexão interna com vistas à melhoria da qualidade do ensino de graduação. Por esse motivo, solicitamos o empenho de Vossa Senhoria no sentido de promover, no âmbito de sua instituição, as discussões que julgar necessárias. 4

5 Esclarecemos que o relatório completo do ENADE/2008 está à disposição da comunidade na Internet No quadro abaixo, apresenta-se o número de participantes desta instituição por curso avaliado no ENADE/2008. Quadro 1 Número de participantes da IES por curso ENADE/2008 Grupo Total Ingressantes Concluintes IES População Tamanho da amostra Presentes Engenharia (Grupo V) População Tamanho da amostra Presentes Engenharia (Grupo IV) População Tamanho da amostra Presentes Engenharia Química e Engenharia Industrial Química Engenharia (Grupo III) População Tamanho da amostra Presentes Engenharia (Grupo II) População Tamanho da amostra Presentes Eletrônica Presentes Eletrotécnica Presentes Telecomunicações Engenharia (Grupo I) População Tamanho da amostra Presentes Engenharia Cartográfica Presentes Engenharia Civil Computação e Informática População

6 Tamanho da amostra Presentes Engenharia da Computação Fonte: MEC/INEP/DEAES - ENADE/2008 6

7 Síntese dos resultados da prova Os indicadores que são obtidos a partir das notas dos estudantes na prova do ENADE são: Conceito ENADE e IDD Conceito (Indicador de Diferença entre os Desempenhos Observado e Esperado). Apresenta-se a seguir uma breve explicação sobre o cálculo dos conceitos 1. Conceito ENADE O Conceito ENADE tem como base um conceito bastante estabelecido da estatística chamado afastamento padronizado. A nota final do curso depende de duas variáveis, a saber: o desempenho dos estudantes concluintes na Formação Geral e o desempenho dos estudantes concluintes no Componente Específico. A nota final da IES em um determinado curso é a média ponderada da nota padronizada dos concluintes no Componente Específico e da nota padronizada dos concluintes na Formação Geral. A parte referente ao Componente Específico contribui com 75% da nota final, enquanto a referente à Formação Geral contribui com 25%, em consonância com o número de questões na prova, 30 e 10, respectivamente. A seguir, são indicados os diferentes intervalos de notas possíveis e a distribuição dos cursos por conceito, correspondente a esses intervalos. Os conceitos utilizados no ENADE variaram de 1 a 5 e, à medida que esse valor aumenta, melhor é o desempenho no Exame. Conceito ENADE Valor Contínuo 1 0,0 a 0,9 2 1,0 a 1,9 3 2,0 a 2,9 4 3,0 a 3,9 5 4,0 a 5,0 Sem Conceito 1 Para informações detalhadas sobre o cálculo do Conceito ENADE e do IDD Conceito, veja Nota Técnica no endereço eletrônico: 7

8 Indicador de Diferença entre os Desempenhos Observado e Esperado IDD O Indicador de Diferença entre os Desempenhos Observado e Esperado (IDD) tem o propósito de trazer às instituições informações comparativas dos desempenhos de seus estudantes concluintes em relação aos resultados obtidos, em média, pelas demais instituições cujos perfis dos ingressantes são semelhantes. Entende-se que essas informações são boas aproximações do que seria considerado o efeito do curso. O IDD é a diferença entre o desempenho médio do concluinte de um curso e o desempenho médio esperado para os concluintes desse mesmo curso. Representa, portanto, quanto cada curso se destaca da média, podendo ficar acima ou abaixo do que seria esperado para ele, considerando o perfil de seus ingressantes. A nota utilizada no cálculo foi a média geral do curso, composta pela média ponderada das notas de Formação Geral e de Conteúdo Específico, com pesos de 0,25 e 0,75, respectivamente. Após o cálculo, o IDD foi padronizado, subtraindo-se a média dos cursos e dividindo pelo desviopadrão das médias dos cursos por área e passou a variar, de modo geral, entre -3 e +3. Posteriormente, esse valor do IDD foi transformado em um valor contínuo de 0 a 5 e em um conceito distribuído em faixas utilizando-se os mesmos procedimentos que dão origem ao Conceito Enade, conforme mostrado na tabela abaixo. IDD Conceito Valor Contínuo 1 0,0 a 0,9 2 1,0 a 1,9 3 2,0 a 2,9 4 3,0 a 3,9 5 4,0 a 5,0 Sem Conceito Para a interpretação do IDD Conceito é preciso ter cautela. Valores baixos não significam necessariamente que o desempenho médio dos concluintes é menor que o dos ingressantes. Significam, por exemplo, que o curso não contribuiu tanto para o desenvolvimento de habilidades acadêmicas, competências profissionais e conhecimento do estudante quanto os mesmos cursos de outras IES que apresentaram IDD de maior valor. 8

9 O Quadro 2 apresenta a distribuição dos conceitos por curso da IES. Quadro 2 Distribuição dos conceitos por curso ENADE/2008 Área Conceito ENADE Conceito IDD Eletrônica 5 SC Eletrotécnica 5 SC Engenharia (Grupo III) 5 SC Engenharia (Grupo V) 5 SC Engenharia Cartográfica 5 SC Engenharia Civil 5 SC Engenharia da Computação 5 SC Engenharia Química e Engenharia Industrial Química 5 SC Telecomunicações 5 SC 9

10 Comparação das médias dos cursos da IES com as médias do Brasil A seguir é comparado o desempenho dos cursos dessa instituição com o desempenho dos estudantes de cada área no Brasil. Nos Gráficos 1 e 2 considera-se a média geral na prova (para ingressantes e concluintes, respectivamente), nos Gráficos 3 e 4, as médias obtidas em Formação Geral e nos Gráfico 5 e 6 consideram-se as médias em Componente Específico. Gráfico 1 Comparação entre as médias dos cursos da IES e a média do Brasil ingressantes ENADE/

11 Gráfico 2 Comparação entre as médias dos cursos da IES e a média do Brasil concluintes ENADE/2008 Para a comparação das notas em Formação Geral acrescentaram-se duas colunas com o total de estudantes da instituição e o total de estudantes no Brasil, visto que todos fizeram a mesma prova. Gráfico 3 Comparação entre as médias dos cursos da IES e a média do Brasil, em Formação Geral ingressantes ENADE/

12 Gráfico 4 Comparação entre as médias dos cursos da IES e a média do Brasil, em Formação Geral concluintes ENADE/

13 Gráfico 5 Comparação entre as médias dos cursos da IES e a média do Brasil, em Componente Específico ingressantes ENADE/2008 Gráfico 6 Comparação entre as médias dos cursos da IES e a média do Brasil, em Componente Específico concluintes ENADE/

14 14

15 Resultados do Questionário Socioeconômico O Questionário Socioeconômico fornece informações sobre o perfil socioeconômico e cultural dos estudantes e a percepção dos estudantes sobre o ambiente de ensino-aprendizagem e a organização do curso, do currículo e da atividade docente. Para este relatório foram selecionadas algumas questões relativas ao perfil dos estudantes e outras referentes à sua percepção sobre a instituição. Dessas questões, são apresentadas as alternativas que obtiveram maior número de escolhas por parte dos estudantes. Perfil dos estudantes da instituição Tabela 1 Percentual de estudantes que se considera de cor branca Eletrônica 58,33 75,00 72,19 70,04 80,18 72,40 Eletrotécnica 80,00 69,10 68,12 67,51 63,79 69,02 Engenharia (Grupo III) 53,33 73,52 69,68 68,70 77,07 74,67 Engenharia (Grupo V) 66,67 71,45 66,90 70,73 87,81 75,16 Engenharia Cartográfica 62,50 71,74 61,34 75,22 62,50 74,12 Engenharia Civil 57,89 72,36 67,46 66,51 64,20 69,71 Engenharia da Computação 63,64 69,16 81,97 63,86 54,22 65,32 Engenharia Química e Engenharia Industrial Química 83,33 74,99 76,42 65,18 72,78 72,73 Telecomunicações 57,14 73,62 71,15 72,07 55,32 69,65 Total de estudantes 64,04 67,59 63,09 56,42 55,79 61,05 15

16 Tabela 2 Percentual de estudantes com faixa de renda mensal da família de mais de 3 até 10 salários mínimos (R$ 1.246,00 até R$ 4.150,00) Eletrônica 41,67 54,88 43,78 42,37 46,33 54,85 Eletrotécnica 40,00 57,15 55,65 47,76 61,67 55,11 Engenharia (Grupo III) 51,11 50,89 49,34 41,38 56,90 49,59 Engenharia (Grupo V) 33,33 51,25 46,29 43,24 57,24 49,97 Engenharia Cartográfica 62,50 54,16 53,15 54,34 62,50 54,00 Engenharia Civil 57,89 47,93 44,50 43,25 52,56 46,50 Engenharia da Computação 13,64 43,12 26,99 44,14 42,02 46,53 Engenharia Química e Engenharia Industrial Química 41,67 48,48 42,61 44,71 56,01 48,76 Telecomunicações 71,43 49,63 46,46 43,89 49,90 48,29 Total de estudantes 42,69 45,52 41,61 41,35 35,52 40,48 Tabela 3 Percentual de estudantes que trabalha / trabalhou mais de 20 horas e menos de 40 horas semanais Eletrônica 25,00 10,15 12,14 10,22 13,58 10,09 Eletrotécnica 40,00 9,32 13,99 13,20 7,90 10,39 Engenharia (Grupo III) 31,11 8,48 11,33 11,69 7,83 9,53 Engenharia (Grupo V) Engenharia Cartográfica 37,50 12,33 23,51 20,96 37,50 16,72 Engenharia Civil 36,84 11,62 12,92 14,26 13,04 13,35 Engenharia da Computação 40,91 14,62 24,79 15,52 16,36 14,65 Engenharia Química e Engenharia Industrial Química 16,67 9,86 9,68 11,22 10,95 10,53 Telecomunicações 28,57 15,28 16,46 10,71 10,29 13,89 Total de estudantes 30,41 17,39 18,81 16,20 16,76 16,89 16

17 Tabela 4 Percentual de estudantes cujos pais têm escolaridade até o ensino superior Eletrônica 91,67 30,01 48,20 58,24 45,26 31,26 Eletrotécnica 30,00 26,82 36,89 44,19 17,04 30,04 Engenharia (Grupo III) 82,22 32,12 39,37 46,84 20,39 32,92 Engenharia (Grupo V) 66,67 36,49 34,63 45,07 16,67 34,91 Engenharia Cartográfica 62,50 32,21 28,22 22,97 62,50 25,70 Engenharia Civil 42,11 32,44 37,82 45,57 23,44 34,96 Engenharia da Computação 63,64 36,95 58,15 49,90 42,23 40,07 Engenharia Química e Engenharia Industrial Química 41,67 37,65 52,63 43,87 18,54 36,73 Telecomunicações 57,14 32,24 39,30 53,41 26,92 34,13 Total de estudantes 59,94 17,38 18,23 25,80 9,32 15,75 Tabela 5 Percentual de estudantes cujas mães têm escolaridade até o ensino superior Eletrônica 50,00 29,32 49,92 60,63 43,42 31,72 Eletrotécnica 80,00 27,10 34,94 46,61 18,08 31,18 Engenharia (Grupo III) 80,00 31,97 37,82 50,02 22,30 33,66 Engenharia (Grupo V) 55,56 33,24 38,32 42,34 15,33 34,51 Engenharia Cartográfica 37,50 42,39 37,07 26,49 37,50 32,99 Engenharia Civil 21,05 31,26 36,81 46,12 24,27 35,54 Engenharia da Computação 54,55 39,19 49,94 55,30 39,92 44,01 Engenharia Química e Engenharia Industrial Química 50,00 39,63 51,20 47,05 24,53 39,61 Telecomunicações 57,14 29,53 32,42 50,62 31,90 32,86 Total de estudantes 52,63 18,28 19,08 29,00 12,08 18,13 17

18 Tabela 6 Percentual de estudantes que cursou todo o ensino médio em escola pública Eletrônica 41,67 49,19 32,83 27,68 22,19 48,48 Eletrotécnica 20,00 52,82 41,02 32,99 58,88 47,88 Engenharia (Grupo III) 33,33 45,13 31,09 28,06 55,11 43,11 Engenharia (Grupo V) 44,44 39,13 35,63 23,21 50,00 37,28 Engenharia Cartográfica 87,50 46,17 44,30 44,12 87,50 43,64 Engenharia Civil 47,37 47,95 37,23 31,23 54,93 41,50 Engenharia da Computação 40,91 42,40 24,00 29,38 28,46 33,50 Engenharia Química e Engenharia Industrial Química 66,67 37,64 26,04 28,08 59,26 36,54 Telecomunicações 28,57 42,38 33,61 21,13 44,10 40,98 Total de estudantes 44,74 63,92 52,86 50,32 72,52 64,01 Tabela 7 Percentual de estudantes que dedicam mais de oito horas semanais aos estudos, além das aulas Eletrônica 41,67 11,94 22,40 29,21 19,26 12,91 Eletrotécnica 40,00 13,58 12,93 27,20 10,76 16,29 Engenharia (Grupo III) 20,00 13,94 17,86 25,18 10,36 14,61 Engenharia (Grupo V) 11,11 19,77 33,15 21,91 6,10 17,18 Engenharia Cartográfica 37,50 21,66 18,13 10,70 37,50 14,57 Engenharia Civil 21,05 11,19 12,63 21,28 8,02 12,95 Engenharia da Computação 27,27 9,78 12,55 19,35 9,80 12,31 Engenharia Química e Engenharia Industrial Química 50,00 16,98 22,57 27,97 14,25 19,32 Telecomunicações 57,14 7,62 10,05 22,85 6,88 8,92 Total de estudantes 31,58 9,99 10,34 18,25 8,20 10,70 Percepção dos estudantes sobre a instituição 18

19 Tabela 8 Percentual de estudantes que considera as instalações físicas do curso (salas de aula, laboratórios, ambientes de trabalho / estudo) amplas, arejadas, bem iluminadas e com mobiliário adequado Eletrônica 100,00 67,39 58,49 50,45 74,65 63,06 Eletrotécnica 100,00 56,36 56,76 45,88 63,10 55,08 Engenharia (Grupo III) 88,89 59,73 60,86 45,66 66,10 58,52 Engenharia (Grupo V) 88,89 55,58 60,18 44,20 83,24 56,68 Engenharia Cartográfica 100,00 47,85 36,58 56,72 100,00 51,54 Engenharia Civil 100,00 56,67 57,76 48,79 64,39 57,33 Engenharia da Computação 95,45 58,03 72,13 56,17 82,26 60,66 Engenharia Química e Engenharia Industrial Química 100,00 63,96 66,01 44,86 76,21 59,77 Telecomunicações 85,71 66,25 57,75 44,62 74,08 68,40 Total de estudantes 95,91 59,94 58,93 43,01 63,39 57,48 Tabela 9 Percentual de estudantes que considera que a instituição viabiliza plenamente o acesso dos estudantes de graduação aos microcomputadores para atender às necessidades do curso Eletrônica 100,00 64,14 49,94 43,05 68,92 60,89 Eletrotécnica 90,00 63,05 61,82 48,96 66,29 58,47 Engenharia (Grupo III) 75,56 65,86 61,51 43,88 63,67 61,44 Engenharia (Grupo V) 88,89 59,07 39,95 44,07 60,95 51,76 Engenharia Cartográfica 75,00 58,91 48,61 32,89 75,00 42,76 Engenharia Civil 84,21 59,33 52,78 45,02 56,41 56,40 Engenharia da Computação 90,91 67,23 68,20 78,94 75,52 70,52 Engenharia Química e Engenharia Industrial Química 100,00 63,86 59,28 45,22 76,15 61,06 Telecomunicações 85,71 67,56 57,68 53,39 67,98 66,91 Total de estudantes 88,01 54,78 51,62 39,25 52,72 49,52 19

20 Tabela 10 Percentual de estudantes que considera que, quanto aos livros mais usados no curso, o número de exemplares disponíveis na biblioteca atende plenamente ao alunado Eletrônica 25,00 31,53 15,37 9,21 39,40 27,99 Eletrotécnica 30,00 24,64 24,31 6,50 34,50 20,22 Engenharia (Grupo III) 35,56 27,84 24,02 8,42 35,74 23,50 Engenharia (Grupo V) 55,56 22,32 12,55 7,78 44,00 17,34 Engenharia Cartográfica 37,50 24,78 9,94 9,13 37,50 14,97 Engenharia Civil 42,11 29,00 26,80 7,90 33,75 24,12 Engenharia da Computação 40,91 19,70 27,88 13,06 38,73 22,10 Engenharia Química e Engenharia Industrial Química 41,67 22,62 14,88 4,99 34,76 16,61 Telecomunicações 28,57 25,36 20,02 6,87 33,55 26,11 Total de estudantes 38,01 24,48 23,70 7,02 24,21 21,24 Tabela 11 Percentual de estudantes que considera que o horário de funcionamento da biblioteca é plenamente adequado às suas necessidades Eletrônica 83,33 56,18 37,21 43,48 58,88 55,45 Eletrotécnica 90,00 55,66 48,06 45,50 57,05 53,94 Engenharia (Grupo III) 86,67 58,47 50,92 45,21 61,26 57,11 Engenharia (Grupo V) 77,78 54,07 42,60 50,93 67,81 56,49 Engenharia Cartográfica 62,50 44,10 29,81 31,51 62,50 35,95 Engenharia Civil 78,95 56,11 49,50 46,37 54,47 55,86 Engenharia da Computação 63,64 54,18 70,71 53,70 58,46 57,46 Engenharia Química e Engenharia Industrial Química 83,33 56,13 42,37 41,94 65,55 56,23 Telecomunicações 57,14 55,07 47,29 47,93 61,63 57,93 Total de estudantes 76,32 48,07 41,29 37,93 43,41 44,35 20

21 Tabela 12 Percentual de estudantes que considera o currículo do seu curso bem integrado e com clara vinculação entre as disciplinas Eletrônica 83,33 57,77 44,36 47,63 70,56 54,71 Eletrotécnica 60,00 54,77 54,88 45,34 57,07 51,44 Engenharia (Grupo III) 82,22 58,83 56,18 45,73 60,54 55,53 Engenharia (Grupo V) 55,56 63,83 66,69 59,09 74,76 59,70 Engenharia Cartográfica 75,00 54,97 41,03 38,00 75,00 44,14 Engenharia Civil 100,00 54,45 51,93 40,47 57,39 51,12 Engenharia da Computação 86,36 53,90 57,46 52,70 68,05 53,19 Engenharia Química e Engenharia Industrial Química 83,33 63,54 51,87 46,06 74,21 58,98 Telecomunicações 71,43 52,42 43,96 42,15 62,13 54,91 Total de estudantes 80,99 56,79 54,07 40,59 60,89 54,01 Tabela 13 Percentual de estudantes que considera que todos os docentes discutem o plano de ensino com os estudantes ao iniciarem os trabalhos em cada disciplina Eletrônica 33,33 44,58 28,21 30,91 58,17 42,15 Eletrotécnica 10,00 42,26 31,97 28,10 52,92 39,97 Engenharia (Grupo III) 66,67 43,04 34,46 27,73 57,24 42,94 Engenharia (Grupo V) 44,44 41,52 32,04 36,32 73,43 43,12 Engenharia Cartográfica 25,00 29,80 10,09 25,50 25,00 27,36 Engenharia Civil 52,63 39,26 32,70 26,30 47,42 38,77 Engenharia da Computação 22,73 43,81 31,39 39,06 52,82 45,80 Engenharia Química e Engenharia Industrial Química 83,33 45,39 30,78 27,38 62,07 44,23 Telecomunicações 42,86 41,56 24,70 21,79 50,86 44,88 Total de estudantes 42,98 44,82 37,79 31,82 51,37 45,12 21

22 Tabela 14 Percentual de estudantes que considera que todos os planos de ensino contêm todos os seguintes aspectos: objetivos, procedimentos de ensino e de avaliação, conteúdos e bibliografia da disciplina Eletrônica 66,67 56,03 41,11 44,21 68,49 53,02 Eletrotécnica 50,00 49,02 41,29 38,89 53,93 48,37 Engenharia (Grupo III) 66,67 52,79 43,92 38,28 60,93 52,45 Engenharia (Grupo V) 77,78 52,60 42,07 46,20 89,05 53,61 Engenharia Cartográfica 100,00 56,01 35,97 33,29 100,00 40,97 Engenharia Civil 78,95 47,86 46,43 38,26 53,14 48,26 Engenharia da Computação 59,09 53,74 50,36 56,13 70,77 56,43 Engenharia Química e Engenharia Industrial Química 83,33 57,75 40,29 41,06 70,70 56,11 Telecomunicações 85,71 48,65 36,99 38,79 59,23 53,58 Total de estudantes 71,93 54,49 48,74 44,27 61,60 56,41 Tabela 15 Percentual de estudantes que considera que todos os professores do curso têm disponibilidade para orientação extraclasse Eletrônica 41,67 24,41 15,74 24,83 46,09 23,12 Eletrotécnica 60,00 20,50 17,72 17,93 19,33 19,40 Engenharia (Grupo III) 75,56 22,45 18,73 19,57 25,68 21,94 Engenharia (Grupo V) 66,67 22,57 18,77 24,76 45,43 23,76 Engenharia Cartográfica 37,50 18,37 9,94 15,39 37,50 15,98 Engenharia Civil 78,95 21,38 19,00 14,89 21,56 18,69 Engenharia da Computação 22,73 14,98 29,17 19,89 21,46 18,18 Engenharia Química e Engenharia Industrial Química 75,00 24,18 25,67 18,60 25,91 21,36 Telecomunicações 28,57 15,80 13,07 18,23 21,64 17,37 Total de estudantes 54,68 22,78 20,35 16,91 27,01 22,95 22

23 Tabela 16 Percentual de estudantes que considera a aquisição de formação profissional a principal contribuição do curso Eletrônica 50,00 61,06 52,50 54,38 67,36 60,77 Eletrotécnica 60,00 61,59 59,51 58,26 61,27 60,99 Engenharia (Grupo III) 75,56 64,04 61,14 61,30 62,03 64,12 Engenharia (Grupo V) 44,44 63,67 66,62 65,84 70,67 65,70 Engenharia Cartográfica 50,00 68,05 67,84 61,29 50,00 64,56 Engenharia Civil 78,95 66,76 65,65 64,82 67,92 66,77 Engenharia da Computação 68,18 60,91 60,27 65,22 64,23 62,39 Engenharia Química e Engenharia Industrial Química 83,33 69,27 67,90 63,69 68,70 68,22 Telecomunicações 57,14 61,98 55,71 51,84 61,35 62,68 Total de estudantes 66,08 59,06 55,42 52,74 62,44 59,42 23

24 Considerações Finais Além do desenvolvimento de competências técnico-profissionais, a educação superior tem como uma das suas funções mais importantes a promoção de igualdade de oportunidades e de justiça social. Com essa visão, as informações fornecidas pelos processos de avaliação do ENADE aqui apresentados pretendem auxiliar a IES a conhecer o perfil dos seus estudantes e analisá-lo em relação às outras instituições, para que, ao integrá-lo aos resultados das avaliações internas realizadas pela Comissão Própria de Avaliação (CPA), possa refletir sobre seus compromissos político-pedagógicos e suas práticas, agindo de forma orientada para a construção de uma educação superior de qualidade, justa e democrática. Especificamente neste relatório, são apresentadas informações sobre desempenho, perfil socioeconômico e percepção dos estudantes sobre a IES, em que se pode observar a configuração dos resultados institucionais em relação aos resultados dos demais estudantes avaliados no ENADE/2008, no Brasil, na mesma Região, Unidade da Federação, Categoria Administrativa e Organização Acadêmica da IES sob análise. Essas análises devem ser feitas pelas IES fundamentadas na idéia de solidariedade e cooperação, intra e interinstitucional. Assim, espera-se contribuir de forma efetiva para o desenvolvimento de uma avaliação e de uma gestão institucional preocupadas com a formação de profissionais competentes tecnicamente e ao mesmo tempo éticos, críticos, responsáveis socialmente e participantes das mudanças necessárias à sociedade. 24

CENTRO FEDERAL DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA DE PETROLINA - PETROLINA

CENTRO FEDERAL DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA DE PETROLINA - PETROLINA CENTRO FEDERAL DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA DE PETROLINA - PETROLINA Apresentação O Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes (ENADE) constitui-se em um componente do Sistema Nacional de Avaliação da Educação

Leia mais

UNIVERSIDADE ESTADUAL DO CENTRO OESTE - CHOPINZINHO

UNIVERSIDADE ESTADUAL DO CENTRO OESTE - CHOPINZINHO UNIVERSIDADE ESTADUAL DO CENTRO OESTE - CHOPINZINHO Apresentação O Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes (ENADE) constitui-se em um componente do Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior

Leia mais

ESCOLA SUPERIOR DE CIÊNCIAS DA SAÚDE - BRASILIA

ESCOLA SUPERIOR DE CIÊNCIAS DA SAÚDE - BRASILIA ESCOLA SUPERIOR DE CIÊNCIAS DA SAÚDE - BRASILIA Apresentação O Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes (ENADE) constitui-se em um componente do Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior (SINAES)

Leia mais

UNIVERSIDADE ESTADUAL DO CENTRO OESTE - IRATI

UNIVERSIDADE ESTADUAL DO CENTRO OESTE - IRATI UNIVERSIDADE ESTADUAL DO CENTRO OESTE - IRATI Apresentação O Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes (ENADE) constitui-se em um componente do Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior (SINAES)

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA - FLORIANÓPOLIS

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA - FLORIANÓPOLIS UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA - FLORIANÓPOLIS Apresentação O Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes (ENADE) constitui-se em um componente do Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior

Leia mais

ENADE 2010 ENADE. Relatório da IES EXAME NACIONAL DE DESEMPENHO DE ESTUDANTES

ENADE 2010 ENADE. Relatório da IES EXAME NACIONAL DE DESEMPENHO DE ESTUDANTES ENADE EXAME NACIONAL DE DESEMPENHO DE ESTUDANTES ENADE 2010 Relatório da IES INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO RIO GRANDE DO NORTE NATAL G Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE OURO PRETO - OURO PRETO

UNIVERSIDADE FEDERAL DE OURO PRETO - OURO PRETO UNIVERSIDADE FEDERAL DE OURO PRETO - OURO PRETO Apresentação O Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes (ENADE) constitui-se em um componente do Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior (SINAES)

Leia mais

Relatório da IES ENADE 2012 EXAME NACIONAL DE DESEMEPNHO DOS ESTUDANTES FLORIANÓPOLIS UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA

Relatório da IES ENADE 2012 EXAME NACIONAL DE DESEMEPNHO DOS ESTUDANTES FLORIANÓPOLIS UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA Relatório da IES ENADE 2012 EXAME NACIONAL DE DESEMEPNHO DOS ESTUDANTES FLORIANÓPOLIS UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais G O V E R N O F E D E

Leia mais

Sinaes Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior. Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes. Relatório da IES

Sinaes Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior. Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes. Relatório da IES Sinaes Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior ENADE 2009 Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes Relatório da IES Universidade Federal do Rio Grande do Sul no município: PORTO ALEGRE SUMÁRIO

Leia mais

ENADE Relatório da IES INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO RIO GRANDE DO NORTE MOSSORÓ

ENADE Relatório da IES INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO RIO GRANDE DO NORTE MOSSORÓ ENADE 2011 Relatório da IES G Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO RIO GRANDE DO NORTE MOSSORÓ O V E R N O F E D E R A L PAÍS RICO

Leia mais

Sinaes Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior. Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes. Relatório da IES

Sinaes Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior. Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes. Relatório da IES Sinaes Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior ENADE 2009 Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes Relatório da IES Universidade Federal da Bahia no município: SALVADOR SUMÁRIO Apresentação...

Leia mais

Sinaes Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior. Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes. Relatório da IES

Sinaes Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior. Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes. Relatório da IES Sinaes Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior ENADE 2009 Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes Relatório da IES Universidade Federal de Santa Catarina no município: FLORIANOPOLIS SUMÁRIO

Leia mais

Fundação Universidade Federal da Grande Dourados - Dourados

Fundação Universidade Federal da Grande Dourados - Dourados Fundação Universidade Federal da Grande Dourados - Dourados Apresentação Este Relatório da Instituição faz parte do esforço da Diretoria de Estatísticas e Avaliação da Educação Superior (DEAES), do Instituto

Leia mais

Faculdade de Ciências Humanas de Pernambuco - Recife

Faculdade de Ciências Humanas de Pernambuco - Recife Faculdade de Ciências Humanas de Pernambuco - Recife Apresentação Este Relatório da Instituição faz parte do esforço da Diretoria de Estatísticas e Avaliação da Educação Superior (DEAES), do Instituto

Leia mais

ENGENHARIA CIVIL. Universidade Federal de Juiz de Fora. Município: Juiz de Fora

ENGENHARIA CIVIL. Universidade Federal de Juiz de Fora. Município: Juiz de Fora ENGENHARIA CIVIL Universidade Federal de Juiz de Fora Município: Juiz de Fora Apresentação O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (INEP) apresenta o Relatório do Curso

Leia mais

Universidade Estadual de Ponta Grossa Município: Ponta Grossa

Universidade Estadual de Ponta Grossa Município: Ponta Grossa LETRAS Universidade Estadual de Ponta Grossa Município: Ponta Grossa Apresentação O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (INEP) apresenta o Relatório do Curso com os resultados

Leia mais

QUÍMICA. Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul. Município: Porto Alegre

QUÍMICA. Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul. Município: Porto Alegre QUÍMICA Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul Município: Porto Alegre Apresentação O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (INEP) apresenta o Relatório

Leia mais

LETRAS. Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul. Município: Porto Alegre

LETRAS. Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul. Município: Porto Alegre LETRAS Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul Município: Porto Alegre Apresentação O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (INEP) apresenta o Relatório do

Leia mais

Universidade Federal de Santa Catarina Município: Florianópolis

Universidade Federal de Santa Catarina Município: Florianópolis LETRAS Universidade Federal de Santa Catarina Município: Florianópolis Apresentação O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (INEP) apresenta o Relatório do Curso com os

Leia mais

Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul. Município: Uruguaiana ZOOTECNIA

Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul. Município: Uruguaiana ZOOTECNIA Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul Município: Uruguaiana ZOOTECNIA Apresentação O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (INEP) apresenta o Relatório

Leia mais

Universidade Estadual do Centro Oeste. Município: Guarapuava FARMÁCIA

Universidade Estadual do Centro Oeste. Município: Guarapuava FARMÁCIA Universidade Estadual do Centro Oeste Município: Guarapuava FARMÁCIA Apresentação O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (INEP) apresenta o Relatório do Curso com os resultados

Leia mais

Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul. Município: Porto Alegre NUTRIÇÃO

Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul. Município: Porto Alegre NUTRIÇÃO Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul Município: Porto Alegre NUTRIÇÃO Apresentação O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (INEP) apresenta o Relatório

Leia mais

Universidade Católica de Goiás. Município: Goiania ZOOTECNIA

Universidade Católica de Goiás. Município: Goiania ZOOTECNIA Universidade Católica de Goiás Município: Goiania ZOOTECNIA Apresentação O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (INEP) apresenta o Relatório do Curso com os resultados

Leia mais

Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul. Município: Uruguaiana MEDICINA VETERINÁRIA

Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul. Município: Uruguaiana MEDICINA VETERINÁRIA Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul Município: Uruguaiana MEDICINA VETERINÁRIA Apresentação O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (INEP) apresenta o

Leia mais

AGRONOMIA UNIVERSIDADE FEDERAL DE GOIÁS. Município: GOIÂNIA

AGRONOMIA UNIVERSIDADE FEDERAL DE GOIÁS. Município: GOIÂNIA AGRONOMIA UNIVERSIDADE FEDERAL DE GOIÁS Município: GOIÂNIA O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (INEP) apresenta o Relatório do Curso com os resultados do Exame Nacional

Leia mais

ENFERMAGEM UNIVERSIDADE FEDERAL DE GOIÁS. Município: GOIÂNIA

ENFERMAGEM UNIVERSIDADE FEDERAL DE GOIÁS. Município: GOIÂNIA ENFERMAGEM UNIVERSIDADE FEDERAL DE GOIÁS Município: GOIÂNIA O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (INEP) apresenta o Relatório do Curso com os resultados do Exame Nacional

Leia mais

Relatório da IES ENADE 2013 EXAME NACIONAL DE DESEMPENHO DOS ESTUDANTES UNIVERSIDADE FEDERAL DA BAHIA - SALVADOR

Relatório da IES ENADE 2013 EXAME NACIONAL DE DESEMPENHO DOS ESTUDANTES UNIVERSIDADE FEDERAL DA BAHIA - SALVADOR Relatório da IES ENADE 2013 EXAME NACIONAL DE DESEMPENHO DOS ESTUDANTES UNIVERSIDADE FEDERAL DA BAHIA - SALVADOR Presidência do Inep José Francisco Soares INFORMAÇÕES TÉCNICAS EQUIPE INEP Diretoria de

Leia mais

Relatório de Curso ENADE 2012 EXAME NACIONAL DE DESEMEPNHO DOS ESTUDANTES DIREITO UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA SANTA MARIA

Relatório de Curso ENADE 2012 EXAME NACIONAL DE DESEMEPNHO DOS ESTUDANTES DIREITO UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA SANTA MARIA Relatório de Curso ENADE 2012 EXAME NACIONAL DE DESEMEPNHO DOS ESTUDANTES DIREITO UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA SANTA MARIA Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais G O V E R N O F

Leia mais

Relatório de Curso ENADE 2012 EXAME NACIONAL DE DESEMEPNHO DOS ESTUDANTES DIREITO UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA FLORIANÓPOLIS

Relatório de Curso ENADE 2012 EXAME NACIONAL DE DESEMEPNHO DOS ESTUDANTES DIREITO UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA FLORIANÓPOLIS Relatório de Curso ENADE 2012 EXAME NACIONAL DE DESEMEPNHO DOS ESTUDANTES DIREITO UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA FLORIANÓPOLIS Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais G O V E R N

Leia mais

Relatório de Curso ENADE 2012 EXAME NACIONAL DE DESEMEPNHO DOS ESTUDANTES PSICOLOGIA UNIVERSIDADE ESTADUAL DO CENTRO OESTE IRATI

Relatório de Curso ENADE 2012 EXAME NACIONAL DE DESEMEPNHO DOS ESTUDANTES PSICOLOGIA UNIVERSIDADE ESTADUAL DO CENTRO OESTE IRATI Relatório de Curso ENADE 2012 EXAME NACIONAL DE DESEMEPNHO DOS ESTUDANTES PSICOLOGIA UNIVERSIDADE ESTADUAL DO CENTRO OESTE IRATI Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais G O V E R N O F E

Leia mais

Relatório de Curso ENADE 2012 EXAME NACIONAL DE DESEMEPNHO DOS ESTUDANTES PSICOLOGIA UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA FLORIANÓPOLIS

Relatório de Curso ENADE 2012 EXAME NACIONAL DE DESEMEPNHO DOS ESTUDANTES PSICOLOGIA UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA FLORIANÓPOLIS Relatório de Curso ENADE 2012 EXAME NACIONAL DE DESEMEPNHO DOS ESTUDANTES PSICOLOGIA UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA FLORIANÓPOLIS Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais G O V E

Leia mais

ENADE Relatório de Curso ENG. (GRUPO VI) - ENG. DE PRODUÇÃO CIVIL UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA FLORIANÓPOLIS

ENADE Relatório de Curso ENG. (GRUPO VI) - ENG. DE PRODUÇÃO CIVIL UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA FLORIANÓPOLIS ENADE 2011 Relatório de Curso ENG. (GRUPO VI) - ENG. DE PRODUÇÃO CIVIL UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA FLORIANÓPOLIS G O V E R N O F E D E R A L Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais

Leia mais

ENADE Relatório de Curso ENG. (GRUPO I) - ENG. CIVIL PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DO RIO GRANDE DO SUL PORTO ALEGRE

ENADE Relatório de Curso ENG. (GRUPO I) - ENG. CIVIL PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DO RIO GRANDE DO SUL PORTO ALEGRE ENADE 2011 Relatório de Curso ENG. (GRUPO I) - ENG. CIVIL PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DO RIO GRANDE DO SUL PORTO ALEGRE G O V E R N O F E D E R A L Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais

Leia mais

INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA CATARINENSE SOMBRIO

INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA CATARINENSE SOMBRIO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA CATARINENSE SOMBRIO Presidência do INEP José Francisco Soares INFORMAÇÕES TÉCNICAS DA EQUIPE INEP Diretoria de Avaliação da Educação Superior Claudia

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL PORTO ALEGRE

UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL PORTO ALEGRE UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL PORTO ALEGRE Presidência do INEP José Francisco Soares INFORMAÇÕES TÉCNICAS DA EQUIPE INEP Diretoria de Avaliação da Educação Superior Claudia Maffini Griboski

Leia mais

ENADE Relatório de Curso ENADE EXAME NACIONAL DE DESEMPENHO DE ESTUDANTES ODONTOLOGIA UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA FLORIANÓPOLIS

ENADE Relatório de Curso ENADE EXAME NACIONAL DE DESEMPENHO DE ESTUDANTES ODONTOLOGIA UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA FLORIANÓPOLIS ENADE EXAME NACIONAL DE DESEMPENHO DE ESTUDANTES ENADE 2010 Relatório de Curso ODONTOLOGIA UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA FLORIANÓPOLIS G O V E R N O F E D E R A L Instituto Nacional de Estudos

Leia mais

Engenharia (Grupo I) - Civil. Instituto Tecnológico de Aeronáutica. Município: São José dos Campos

Engenharia (Grupo I) - Civil. Instituto Tecnológico de Aeronáutica. Município: São José dos Campos Engenharia (Grupo I) - Civil Instituto Tecnológico de Aeronáutica Município: São José dos Campos O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (INEP) apresenta o Relatório do

Leia mais

Relatório da IES ENADE 2012 EXAME NACIONAL DE DESEMEPNHO DOS ESTUDANTES GOIÁS UNIVERSIDADE FEDERAL DE GOIÁS

Relatório da IES ENADE 2012 EXAME NACIONAL DE DESEMEPNHO DOS ESTUDANTES GOIÁS UNIVERSIDADE FEDERAL DE GOIÁS Relatório da IES ENADE 2012 EXAME NACIONAL DE DESEMEPNHO DOS ESTUDANTES GOIÁS UNIVERSIDADE FEDERAL DE GOIÁS Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais G O V E R N O F E D E R A L P A Í S R

Leia mais

ENADE Relatório de Curso ENADE EXAME NACIONAL DE DESEMPENHO DE ESTUDANTES FISIOTERAPIA UNIVERSIDADE FEDERAL DA BAHIA SALVADOR

ENADE Relatório de Curso ENADE EXAME NACIONAL DE DESEMPENHO DE ESTUDANTES FISIOTERAPIA UNIVERSIDADE FEDERAL DA BAHIA SALVADOR ENADE EXAME NACIONAL DE DESEMPENHO DE ESTUDANTES ENADE 2010 Relatório de Curso FISIOTERAPIA UNIVERSIDADE FEDERAL DA BAHIA SALVADOR G O V E R N O F E D E R A L Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas

Leia mais

Comunicação Social - Jornalismo

Comunicação Social - Jornalismo Comunicação Social - Jornalismo Universidade Estadual de Ponta Grossa Município: Ponta Grossa O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (INEP) apresenta o Relatório do Curso

Leia mais

Brasília, 12 de março de 2009

Brasília, 12 de março de 2009 Avaliação dos Cursos de Ciências Contábeis pelo ENADE 2009 Prof. Dr. Valcemiro Nossa Brasília, 12 de março de 2009 ENADE Exame Nacional de Desempenho de Estudantes integra o Sistema Nacional de Avaliação

Leia mais

Geografia. Universidade Federal Fluminense. Município: Niteroi

Geografia. Universidade Federal Fluminense. Município: Niteroi Geografia Universidade Federal Fluminense Município: Niteroi O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (INEP) apresenta o Relatório do Curso com os resultados do Exame Nacional

Leia mais

Administração. Faculdade de Ciências Gerenciais Alves Fortes. Município: Alem Paraiba

Administração. Faculdade de Ciências Gerenciais Alves Fortes. Município: Alem Paraiba Administração Faculdade de Ciências Gerenciais Alves Fortes Município: Alem Paraiba O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (INEP) apresenta o Relatório do Curso com os

Leia mais

O QUE É O ENADE? Profa. Me. Karen Fernanda Bortoloti

O QUE É O ENADE? Profa. Me. Karen Fernanda Bortoloti O QUE É O ENADE? Profa. Me. Karen Fernanda Bortoloti 1 http://www.bahianoticias.com.br O QUE É O ENADE? 2 ENADE Exame Nacional de Desempenho de Estudantes. Integra o Sinaes - Sistema Nacional de Avaliação

Leia mais

RELATÓRIO DE AVALIAÇÃO DO CURSO DE BACHARELADO EM DIREITO SINAES ENADE 2012

RELATÓRIO DE AVALIAÇÃO DO CURSO DE BACHARELADO EM DIREITO SINAES ENADE 2012 RELATÓRIO DE AVALIAÇÃO DO CURSO DE BACHARELADO EM DIREITO SINAES ENADE 2012 Ponta Grossa 2014 REITORIA Reitor Carlos Luciano Sant Ana Vargas PRÓ-REITORIA DE PLANEJAMENTO Altair Justino COMISSÃO PRÓPRIA

Leia mais

INSTITUTO NACIONAL DE ESTUDOS E PESQUISAS EDUCACIONAIS ANÍSIO TEIXEIRA DIRETORIA DE AVALIAÇÃO DA EDUCAÇÃO SUPERIOR

INSTITUTO NACIONAL DE ESTUDOS E PESQUISAS EDUCACIONAIS ANÍSIO TEIXEIRA DIRETORIA DE AVALIAÇÃO DA EDUCAÇÃO SUPERIOR INSTITUTO NACIONAL DE ESTUDOS E PESQUISAS EDUCACIONAIS ANÍSIO TEIXEIRA DIRETORIA DE AVALIAÇÃO DA EDUCAÇÃO SUPERIOR Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes ENADE LEGISLAÇÃO Constituição da República

Leia mais

RELATÓRIO DE AVALIAÇÃO DO CURSO DE LICENCIATURA EM ARTES VISUAIS DA UEPG SINAES ENADE 2011

RELATÓRIO DE AVALIAÇÃO DO CURSO DE LICENCIATURA EM ARTES VISUAIS DA UEPG SINAES ENADE 2011 RELATÓRIO DE AVALIAÇÃO DO CURSO DE LICENCIATURA EM ARTES VISUAIS DA UEPG SINAES ENADE 2011 Ponta Grossa 2013 REITORIA Reitor João Carlos Gomes Vice-Reitor Carlos Luciano Sant Ana Vargas PRÓ-REITORIA DE

Leia mais

Sinaes Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior. Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes. Relatório da IES

Sinaes Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior. Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes. Relatório da IES Sinaes Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior ENADE 2009 Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes Relatório da IES Universidade Federal de Ouro Preto no município: OURO PRETO SUMÁRIO Apresentação...

Leia mais

Tema 2 - Avaliação do estudante no ENADE

Tema 2 - Avaliação do estudante no ENADE Eixo 3 - Processos de avaliação na formação de qualidade em Enfermagem Tema 2 - Avaliação do estudante no ENADE Prof. Dr. Marcos Antonio Ferreira Júnior Universidade Federal do Rio Grande do Norte Comissão

Leia mais

Faculdade Dom Alberto - Santa Cruz do Sul

Faculdade Dom Alberto - Santa Cruz do Sul Faculdade Dom Alberto - Santa Cruz do Sul Apresentação Este Relatório da Instituição faz parte do esforço da Diretoria de Estatísticas e Avaliação da Educação Superior (DEAES), do Instituto Nacional de

Leia mais

ENADE 2013 BACHARELADO EM FISIOTERAPIA E EDUCAÇÃO FÍSICA

ENADE 2013 BACHARELADO EM FISIOTERAPIA E EDUCAÇÃO FÍSICA ENADE 2013 BACHARELADO EM FISIOTERAPIA E EDUCAÇÃO FÍSICA O que é o Enade O Exame Nacional de Desempenho de Estudantes (Enade), que integra o Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior (Sinaes),

Leia mais

Indicadores do Ensino Superior

Indicadores do Ensino Superior INSTITUTO NACIONAL DE ESTUDOS E PESQUISAS EDUCACIONAIS ANÍSIO TEIXEIRA DIRETORIA DE ESTUDOS EDUCACIONAIS COORDENAÇÃO ÃO-GERAL DE INSTRUMENTOS E MEDIDAS EDUCACIONAIS Indicadores do Ensino Superior SEMINÁRIO

Leia mais

Comissão Própria de Avaliação

Comissão Própria de Avaliação Comissão Própria de Avaliação Anexo 3 - UERJ / SINAES / ENADE Uma análise preliminar Rio de Janeiro Agosto de 2006 UERJ SINAES ENADE Uma análise preliminar Material elaborado por MARCIA TABORDA SR 1 Com

Leia mais

RELATÓRIO DE AVALIAÇÃO DO CURSO DE BACHARELADO EM FARMÁCIA DA UEPG SINAES ENADE 2010

RELATÓRIO DE AVALIAÇÃO DO CURSO DE BACHARELADO EM FARMÁCIA DA UEPG SINAES ENADE 2010 RELATÓRIO DE AVALIAÇÃO DO CURSO DE BACHARELADO EM FARMÁCIA DA UEPG SINAES ENADE 2010 Ponta Grossa 2012 REITORIA Reitor João Carlos Gomes Vice-reitor Carlos Luciano Sant Ana Vargas PRÓ-REITORIA DE PLANEJAMENTO

Leia mais

ENADE 2015 PERGUNTAS E RESPOSTAS

ENADE 2015 PERGUNTAS E RESPOSTAS ENADE 2015 PERGUNTAS E RESPOSTAS 1) O QUE É O ENADE? O Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes (ENADE) é uma avaliação que objetiva aferir o desempenho dos estudantes em relação aos conteúdos programáticos

Leia mais

O Sistema de Avaliação da Educação Superior no Brasil

O Sistema de Avaliação da Educação Superior no Brasil O Sistema de Avaliação da Educação Superior no Brasil Jacqueline Moreno Theodoro Silva Outubro/2016 Avaliação Educacional Avaliar é o ato de atribuir valor ou mérito a alguma coisa. Avaliação educacional:

Leia mais

PRÓ-REITORIA DE ENSINO. Ofício Circular PROEN Nº 84/2011. Florianópolis, 21 de novembro de Prezados (as) Senhores (as):

PRÓ-REITORIA DE ENSINO. Ofício Circular PROEN Nº 84/2011. Florianópolis, 21 de novembro de Prezados (as) Senhores (as): PRÓ-REITORIA DE ENSINO Ofício Circular PROEN Nº 84/2011 Florianópolis, 21 de novembro de 2011. Prezados (as) Senhores (as): Informamos que o INEP divulgou nesta quinta-feira, 17, os indicadores de qualidade

Leia mais

RELATÓRIO DE AVALIAÇÃO DO CURSO DE LICENCIATURA EM EDUCAÇÃO FÍSICA DA UEPG TELÊMACO BORBA SINAES ENADE 2011

RELATÓRIO DE AVALIAÇÃO DO CURSO DE LICENCIATURA EM EDUCAÇÃO FÍSICA DA UEPG TELÊMACO BORBA SINAES ENADE 2011 RELATÓRIO DE AVALIAÇÃO DO CURSO DE LICENCIATURA EM EDUCAÇÃO FÍSICA DA UEPG TELÊMACO BORBA SINAES ENADE 2011 Ponta Grossa 2013 REITORIA Reitor João Carlos Gomes Vice-Reitor Carlos Luciano Sant Ana Vargas

Leia mais

ENADE 2012 INFORMAÇOES IMPORTANTES PROACAD - UFPE DIRETORIA DE GESTÃO ACADÊMICA JUNHO 2012

ENADE 2012 INFORMAÇOES IMPORTANTES PROACAD - UFPE DIRETORIA DE GESTÃO ACADÊMICA JUNHO 2012 ENADE 2012 INFORMAÇOES IMPORTANTES PROACAD - UFPE DIRETORIA DE GESTÃO ACADÊMICA JUNHO 2012 1 Documentos 2 Estudantes ingressantes e concluintes para o ENADE 2012 3 Regularização dos estudantes em situação

Leia mais

SEMINÁRIO LOCAL ENADE - UNIFESSPA 2017

SEMINÁRIO LOCAL ENADE - UNIFESSPA 2017 Temas : SEMINÁRIO LOCAL ENADE - UNIFESSPA 2017 Sinaes avaliação e regulação Enade ciclos avaliativos e indicadores de qualidade Enade regularização e matricula de estudantes Enade sistema enadies SINAES

Leia mais

INSTITUTO NACIONAL DE ESTUDOS E PESQUISAS EDUCACIONAIS ANÍSIO TEIXEIRA. Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes ENADE

INSTITUTO NACIONAL DE ESTUDOS E PESQUISAS EDUCACIONAIS ANÍSIO TEIXEIRA. Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes ENADE INSTITUTO NACIONAL DE ESTUDOS E PESQUISAS EDUCACIONAIS ANÍSIO TEIXEIRA DIRETORIA DE AVALIAÇÃO DA EDUCAÇÃO SUPERIOR Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes ENADE SINAES AVALIAÇÃO DE IES AVALIAÇÃO DE

Leia mais

INDICADORES DE QUALIDADE DA EDUCAÇÃO SUPERIOR NO BRASIL

INDICADORES DE QUALIDADE DA EDUCAÇÃO SUPERIOR NO BRASIL INDICADORES DE QUALIDADE DA EDUCAÇÃO SUPERIOR NO BRASIL Jacqueline Moreno Theodoro Silva Outubro/2016 Indicadores de Qualidade da Educação Superior Portaria Normativa 40 de 2007 republicada em 2010 Capítulo

Leia mais

Enade O Enade é obrigatório? Qual o objetivo do Enade? Quais os instrumentos básicos do Enade?

Enade O Enade é obrigatório? Qual o objetivo do Enade? Quais os instrumentos básicos do Enade? Enade O Enade é obrigatório? Conforme disposição do art. 5º, 5º, da Lei nº. 10.861/2004, o Enade constitui-se componente curricular obrigatório, sendo inscrita no histórico escolar do estudante somente

Leia mais

Realidade e perspectivas do ENADE

Realidade e perspectivas do ENADE Avaliação de cursos de Graduação em Ciência Contábeis: Realidade e perspectivas do ENADE Profa. Dra. Marion Creutzberg Coordenadora da Comissão Própria de Avaliação (CPA/PUCRS) Tópicos Coordenador x avaliação

Leia mais

Química. Universidade Estadual do Norte Fluminense Darcy Ribeiro. Município: Campos dos Goytacazes

Química. Universidade Estadual do Norte Fluminense Darcy Ribeiro. Município: Campos dos Goytacazes Química Universidade Estadual do Norte Fluminense Darcy Ribeiro Município: Campos dos Goytacazes O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (INEP) apresenta o Relatório do

Leia mais

Sinaes Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior. Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes. Relatório de Curso. Faculdade São José

Sinaes Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior. Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes. Relatório de Curso. Faculdade São José Sinaes Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior ENADE 2009 Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes Relatório de Curso Faculdade São José no município: RIO DE JANEIRO Curso: Direito SUMÁRIO

Leia mais

Sinaes Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior. Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes. Relatório de Curso

Sinaes Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior. Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes. Relatório de Curso Sinaes Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior ENADE 2009 Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes Relatório de Curso Universidade Tecnológica Federal do Paraná no município: APUCARANA Curso:

Leia mais

BOLETIM DA COMISSÃO PRÓPRIA DE AVALIAÇÃO CPA NÚMERO 3 OUTUBRO 2011 CPA O QUE É ISSO?

BOLETIM DA COMISSÃO PRÓPRIA DE AVALIAÇÃO CPA NÚMERO 3 OUTUBRO 2011 CPA O QUE É ISSO? BOLETIM DA COMISSÃO PRÓPRIA DE AVALIAÇÃO CPA NÚMERO 3 OUTUBRO 2011 CPA O QUE É ISSO? A Comissão própria de Avaliação (CPA) tem por objetivo coordenar e articular o processo interno de avaliação da Instituição,

Leia mais

Indicadores de Qualidade da Educação Superior. Brasília-DF Agosto 2015

Indicadores de Qualidade da Educação Superior. Brasília-DF Agosto 2015 Indicadores de Qualidade da Educação Superior Brasília-DF Agosto 2015 Sobre o Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior - SINAES MARCOS LEGAIS da AVALIAÇÃO da EDUCAÇÃO SUPERIOR Constituição Federal

Leia mais

RESULTADOS E RELATÓRIOS DO ENADE O que podemos aprender com eles?

RESULTADOS E RELATÓRIOS DO ENADE O que podemos aprender com eles? RESULTADOS E RELATÓRIOS DO ENADE 2014 O que podemos aprender com eles? Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior - SINAES Lei nº 10.861 de 2004 Objetivos: 1. Identificar mérito e valor das instituições,

Leia mais

Fases de avalição/inep Perfil dos cursos de Nutrição. Suzana Schwerz Funghetto

Fases de avalição/inep Perfil dos cursos de Nutrição. Suzana Schwerz Funghetto Fases de avalição/inep Perfil dos cursos de Nutrição Suzana Schwerz Funghetto SINAES As finalidades da avaliação no contexto do SINAES são, segundo a Lei: Art.1 1 [...] a melhoria da qualidade da educação

Leia mais

EXAME NACIONAL DE CURSOS Relatório-Síntese Anexo. Engenharia Civil

EXAME NACIONAL DE CURSOS Relatório-Síntese Anexo. Engenharia Civil EXAME NACIONAL DE CURSOS Relatório-Síntese 2000 Anexo Engenharia Civil Tiragem: 190 exemplares MEC Esplanada dos Ministérios, Bloco L, Anexo I, 4 o andar, sala 431 CEP 70047-900 Brasília-DF Fone: (61)

Leia mais

Gestão dos Indicadores de Avaliação CPC e IGC com ênfase no preenchimento do Censo da Educação Superior e no ENADE

Gestão dos Indicadores de Avaliação CPC e IGC com ênfase no preenchimento do Censo da Educação Superior e no ENADE Gestão dos Indicadores de Avaliação CPC e IGC com ênfase no preenchimento do Censo da Educação Superior e no ENADE Associação Baiana de Mantenedoras do Ensino Superior - ABAMES Rodrigo Capelato 2013 AGENDA

Leia mais

Sinaes Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior. Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes. Relatório de Curso

Sinaes Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior. Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes. Relatório de Curso Sinaes Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior ENADE 2009 Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes Relatório de Curso Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul no município: PORTO

Leia mais

- Quem deve fazer o Enade?

- Quem deve fazer o Enade? - O que é o Enade? O Exame Nacional de Desempenho de Estudantes (Enade), que integra o Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior (Sinaes), tem o objetivo de aferir o rendimento dos alunos dos

Leia mais

Sinaes Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior. Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes. Relatório de Curso

Sinaes Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior. Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes. Relatório de Curso Sinaes Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior ENADE 2009 Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes Relatório de Curso Universidade Federal de Santa Catarina no município: FLORIANOPOLIS Curso:

Leia mais

Sinaes Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior. Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes. Relatório de Curso

Sinaes Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior. Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes. Relatório de Curso Sinaes Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior ENADE 2009 Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes Relatório de Curso Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul no município: PORTO

Leia mais

Sinaes Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior. Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes. Relatório de Curso

Sinaes Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior. Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes. Relatório de Curso Sinaes Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior ENADE 2009 Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes Relatório de Curso Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul no município: PORTO

Leia mais

Indicadores do Ensino Superior

Indicadores do Ensino Superior Indicadores do Ensino Superior Indicadores do Ensino Superior Curso Conceito Preliminar de Curso (CPC) IES Índice Geral de Cursos (IGC) Conceito Preliminar de Curso (CPC) Definição Conceito Preliminar

Leia mais

Perspectivas para o ENADE 2011 e demais instrumentos de avaliação JULHO, 2011

Perspectivas para o ENADE 2011 e demais instrumentos de avaliação JULHO, 2011 Seminário sobre Avaliação da Educação Superior Perspectivas para o ENADE 2011 e demais instrumentos de avaliação JULHO, 2011 EDUCAÇÃO SUPERIOR BRASILEIRA ALGUNS INDICADORES¹ 2.314 IES 245 públicas (10,6%)

Leia mais

ENADE / 2011 Garanta o seu diploma

ENADE / 2011 Garanta o seu diploma UNIVERSIDADE NILTON LINS ENADE / 2011 Garanta o seu diploma Pró-Reitoria de Planejamento e Avaliação Dra. Cleuciliz Santana Setembro/2011 EXAME NACIONAL DE DESEMPENHO DE ESTUDANTES (ENADE 2011) PERGUNTAS

Leia mais

Sinaes Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior. Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes. Relatório de Curso

Sinaes Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior. Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes. Relatório de Curso Sinaes Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior ENADE 2009 Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes Relatório de Curso Universidade Estadual do Centro Oeste no município: GUARAPUAVA Curso:

Leia mais

Sinaes Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior. Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes. Relatório de Curso

Sinaes Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior. Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes. Relatório de Curso Sinaes Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior ENADE 2009 Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes Relatório de Curso Universidade Federal da Bahia no município: SALVADOR Curso: Secretariado

Leia mais

Informações Relevantes aos Estudantes

Informações Relevantes aos Estudantes Informações Relevantes aos Estudantes Qual a legislação pertinente ao Enade? Lei nº 10.861, de 14 de abril de 2004: Criação do Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior (Sinaes); Portaria nº 2.051,

Leia mais

RESULTADOS E RELATÓRIOS DO ENADE O que podemos aprender com eles?

RESULTADOS E RELATÓRIOS DO ENADE O que podemos aprender com eles? RESULTADOS E RELATÓRIOS DO ENADE 2014 O que podemos aprender com eles? Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior - SINAES Lei nº 10.861 de 2004 Objetivos: 1. Melhorar a qualidade da educação superior,

Leia mais

POR DENTRO DO ENADE. Procuradoria Educacional Institucional Pró-Reitoria de Ensino IFG

POR DENTRO DO ENADE. Procuradoria Educacional Institucional Pró-Reitoria de Ensino IFG POR DENTRO DO ENADE Procuradoria Educacional Institucional Pró-Reitoria de Ensino IFG O QUE É O ENADE? O Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes (ENADE) é um dos instrumentos de avaliação institucional

Leia mais

O ENADE 2011 e demais instrumentos de avaliação do Sinaes

O ENADE 2011 e demais instrumentos de avaliação do Sinaes O ENADE 2011 e demais instrumentos de avaliação do Sinaes OUTUBRO, 2011 S I Avaliação da Cursos N A E Avaliação Instituciona l Enade S AVALIAÇÃO A avaliação das instituições visa identificar o perfil e

Leia mais

ENADE Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes

ENADE Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes ENADE Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes Maria Carmozi de Souza Gomes PROGRAD / 2005 1 ENADE Características da prova 40 QUESTÕES 10 de formação geral: 8 objetivas 2 discursivas 30 do Componente

Leia mais

AEMS-ASSOCIAÇÃO DE ENSINO E CULTURA DE MS FACULDADES INTEGRADAS DE TRÊS LAGOAS RELATÓRIO GERAL RESPOSTA DE ALUNOS DA I.E.S. 2º SEMESTRE DE 2015

AEMS-ASSOCIAÇÃO DE ENSINO E CULTURA DE MS FACULDADES INTEGRADAS DE TRÊS LAGOAS RELATÓRIO GERAL RESPOSTA DE ALUNOS DA I.E.S. 2º SEMESTRE DE 2015 AEMS-ASSOCIAÇÃO DE ENSINO E CULTURA DE MS FACULDADES INTEGRADAS DE TRÊS LAGOAS RELATÓRIO GERAL RESPOSTA DE ALUNOS DA I.E.S. 2º SEMESTRE DE 2015 1.1 Organização Institucional Q1 Cumprimento da missão das

Leia mais

PERGUNTAS E RESPOSTAS SOBRE O ENADE

PERGUNTAS E RESPOSTAS SOBRE O ENADE PERGUNTAS E RESPOSTAS SOBRE O ENADE 1. SOBRE O ENADE 1.1. Qual a legislação pertinente ao Enade? Lei nº 10.861, de 14 de abril de 2004: Criação do Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior (Sinaes)

Leia mais

ENADE 2016 Visita aos Cursos participantes do Enade 2016 COPLAI/PROPLAN PROGRAD

ENADE 2016 Visita aos Cursos participantes do Enade 2016 COPLAI/PROPLAN PROGRAD ENADE 2016 Visita aos Cursos participantes do Enade 2016 COPLAI/PROPLAN PROGRAD Julho/2016 O que é o ENADE O Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes Enade é componente curricular obrigatório dos cursos

Leia mais

Universidade Federal do Piauí

Universidade Federal do Piauí Universidade Federal do Piauí Programa de Avaliação Institucional Diretoria de Informação e Avaliação Institucional (DIAI - PROPLAN) Profª Drª. Maria do Carmo de S. Batista Profª MSc. Teresa Christina

Leia mais

ENADE Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes

ENADE Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes ENADE 2015 Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes Qual o objetivo do ENADE? O objetivo do ENADE é avaliar o desempenho dos estudantes com relação aos conteúdos programáticos previstos nas diretrizes

Leia mais

Avaliação da Educação Superior SINAES e Indicadores de Qualidade. Brasília-DF 25 de abril de 2016

Avaliação da Educação Superior SINAES e Indicadores de Qualidade. Brasília-DF 25 de abril de 2016 Avaliação da Educação Superior SINAES e Indicadores de Qualidade Brasília-DF 25 de abril de 2016 Indicador de Desempenho no Enade (IDE) 1 - O Conceito Enade, atualmente, é calculado pela metodologia de

Leia mais

ENADE 2013 EXAME NACIONAL DE DESEMPENHO DOS ESTUDANTES SERVIÇO SOCIAL UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA - FLORIANÓPOLIS

ENADE 2013 EXAME NACIONAL DE DESEMPENHO DOS ESTUDANTES SERVIÇO SOCIAL UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA - FLORIANÓPOLIS Relatório de Curso ENADE 2013 EXAME NACIONAL DE DESEMPENHO DOS ESTUDANTES SERVIÇO SOCIAL UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA - FLORIANÓPOLIS Presidência do Inep José Francisco Soares INFORMAÇÕES TÉCNICAS

Leia mais

ENADE 2013 EXAME NACIONAL DE DESEMPENHO DOS ESTUDANTES FISIOTERAPIA UNIVERSIDADE FEDERAL DE JUIZ DE FORA - JUIZ DE FORA

ENADE 2013 EXAME NACIONAL DE DESEMPENHO DOS ESTUDANTES FISIOTERAPIA UNIVERSIDADE FEDERAL DE JUIZ DE FORA - JUIZ DE FORA Relatório de Curso ENADE 2013 EXAME NACIONAL DE DESEMPENHO DOS ESTUDANTES FISIOTERAPIA UNIVERSIDADE FEDERAL DE JUIZ DE FORA - JUIZ DE FORA Presidência do Inep José Francisco Soares INFORMAÇÕES TÉCNICAS

Leia mais

Relatório de ENADE 2013 EXAME NACIONAL DE DESEMPENHO DOS ESTUDANTES EDUCAÇÃO FÍSICA (BACHARELADO)

Relatório de ENADE 2013 EXAME NACIONAL DE DESEMPENHO DOS ESTUDANTES EDUCAÇÃO FÍSICA (BACHARELADO) Relatório de Curso ENADE 2013 EXAME NACIONAL DE DESEMPENHO DOS ESTUDANTES EDUCAÇÃO FÍSICA (BACHARELADO) UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA - FLORIANÓPOLIS Presidência do Inep José Francisco Soares

Leia mais

ENADE 2013 EXAME NACIONAL DE DESEMPENHO DOS ESTUDANTES ENFERMAGEM PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DO RIO GRANDE DO SUL - PORTO ALEGRE

ENADE 2013 EXAME NACIONAL DE DESEMPENHO DOS ESTUDANTES ENFERMAGEM PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DO RIO GRANDE DO SUL - PORTO ALEGRE Relatório de Curso ENADE 2013 EXAME NACIONAL DE DESEMPENHO DOS ESTUDANTES ENFERMAGEM PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DO RIO GRANDE DO SUL - PORTO ALEGRE Presidência do Inep José Francisco Soares INFORMAÇÕES

Leia mais

ENADE 2013 EXAME NACIONAL DE DESEMPENHO DOS ESTUDANTES AGRONOMIA UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA - FREDERICO WESTPHALEN

ENADE 2013 EXAME NACIONAL DE DESEMPENHO DOS ESTUDANTES AGRONOMIA UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA - FREDERICO WESTPHALEN Relatório de Curso ENADE 2013 EXAME NACIONAL DE DESEMPENHO DOS ESTUDANTES AGRONOMIA UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA - FREDERICO WESTPHALEN Presidência do Inep José Francisco Soares INFORMAÇÕES TÉCNICAS

Leia mais

ENADE 2013 EXAME NACIONAL DE DESEMPENHO DOS ESTUDANTES MEDICINA VETERINÁRIA UNIVERSIDADE FEDERAL DA BAHIA - SALVADOR

ENADE 2013 EXAME NACIONAL DE DESEMPENHO DOS ESTUDANTES MEDICINA VETERINÁRIA UNIVERSIDADE FEDERAL DA BAHIA - SALVADOR Relatório de Curso ENADE 2013 EXAME NACIONAL DE DESEMPENHO DOS ESTUDANTES MEDICINA VETERINÁRIA UNIVERSIDADE FEDERAL DA BAHIA - SALVADOR Presidência do Inep José Francisco Soares INFORMAÇÕES TÉCNICAS EQUIPE

Leia mais