OCLUSÃO! ! Posições mandibulares. ! Movimentos mandibulares. ! Equilíbrio de forças atuantes - vestibulolingual

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "OCLUSÃO! ! Posições mandibulares. ! Movimentos mandibulares. ! Equilíbrio de forças atuantes - vestibulolingual"

Transcrição

1 Universidade de Brasília Departamento de Odontologia OCLUSÃO! NOÇÕES DE OCLUSÃO! Estudo das relações estáticas e dinâmicas entre as estruturas do sistema mastigatório!! Movimentos mandibulares Disciplina de Anatomia Dental Prof a Juliana Fiuza! Atuação de forças da musculatura circundante! Discrepâncias no arco superior e inferior relações oclusais comprometidas Fatores que ajudam a estabilizar as arcadas:!! Equilíbrio de forças atuantes - vestibulolingual! Ponto de contato proximal mesiodistal! Contato oclusal cérvico-oclusal Forças opostas em equilíbrio! Língua Lábios/Bochecha Alinhamento dental entre arcadas! Comprimento das arcadas superior e inferior " Distância MD mais estreita dos incisivos inferiores " Angulação dos dentes maxilares A relação entre os eixos dos dentes superiores e inferiores varia de acordo com cada grupo dentário! Radiologia! Dentística/Prótese! Ortodontia! Implantodontia 1

2 Alinhamento dental intra-arcadas! Planos de oclusão! São curvos! Permite a utilização máxima dos contatos dos dentes! Dentes posicionados em graus variados de inclinação Vista lateral Relação axial mesiodistal Arcada inferior:! Dentes anteriores e posteriores inclinam-se mesialmente Arcada superior:! Dentes anteriores inclinam-se mesialmente.! Molares menos inclinados Wheeler, 2012 Vista lateral Vista frontal Curva de Spee! Arco superior: convexa Curva de Wilson! Arco superior: convexa! Arco inferior: côncava! Arco inferior: côncava!! Posição de repouso! Máxima intercuspidação habitual (MIH) Posição de repouso! Musculatura em contração mínima! Dentes não estão em contato! Espaço funcional livre! Relação cêntrica 2

3 Oclusão central - MIH! Posição maxilomandibular máximo de contatos oclusais entre dentes antagonistas! Oclusão ideal Contatos bilaterais e simultâneos oclusal! Cúspides de suporte ou cêntricas! Manutenção da distância maxilomandibular! Mastigação! Dentes inferiores cúspides vestibulares! Dentes superiores cúspides linguais Cada dente oclui com dois dentes oposto " Antagonista principal e antagonista acessório " Exceção: incisivos centrais inferiores e terceiros molares Cúspides-guia ou não-cêntricas! Mantêm o bolo alimentar na mesa oclusal! Minimiza o impacto dos tecidos! Estabilidade oclusal MIH! Guiam os movimentos mandibulares Dentes posteriores 1. Cúspide - Fossa central 2. Cúspide - Crista marginal ou ameias Cúspide fossa central Direciona as forças provenientes da mastigação Cúspide crista marginal Um dente posterior oclui com dois dentes antagonistas Arestas e vertentes triturantes Favorece a impacção alimentar 3

4 Contatos oclusais comuns dos dentes anteriores Dentes anteriores Terço incisal da face vestibular dos inferiores oclui com o terço incisal da face palatina dos superiores Sobremordida trespasse vertical (overbite) Sobressalência trespasse horizontal (overjet) Relação central - RC! Posição postural do côndilo dentre da cavidade articular Movimentos mandibulares! Posição mais ântero-superior em relação ao centro da fossa mandibular! Independe da presença de dentes Protrusivo Lateroprotrusivo Lateral Retrusivo Relação de oclusão central - ROC! RC = MIH Odontopedia Movimento mandibular protrusivo! Mandíbula move-se para frente a partir da MIH! Contatos predominante sobre dentes anteriores! Desoclusão dos dentes posteriores Movimento mandibular laterotrusivo e laterais Mandíbula desloca-se para um dos lados em relação ao plano sagital médio Lado de trabalho e lado de balanceio! Guia canino! Função parcial em grupo! Função total em grupo 4

5 Movimento mandibular laterotrusivo Movimento mandibular laterotrusivo! Guia canino Função parcial em grupo Função total em grupo Movimento mandibular retrusivo Mandíbula move-se posteriormente 5

Princípios de OCLUSÃO

Princípios de OCLUSÃO Aperfeiçoamento em Prótese Convencional e sobre Implantes Bibliografia Recomendada HOBO, S. et al. Osseointegração e Reabilitação Oclusal. 1 ed. São Paulo: Quintessence, 1997. Princípios de OCLUSÃO Princípios

Leia mais

MOVIMENTOS MANDIBULARES

MOVIMENTOS MANDIBULARES MOVIMENTOS MANDIBULARES Alfredo Julio Fernandes Neto, et al. Univ. Fed. Uberlândia - 2006 Para o entendimento da dinâmica dos movimentos mandibulares, além dos quatro determinantes anatômicos do aparelho

Leia mais

ANÁLISE DISCIPLINA DE OCLUSÃO

ANÁLISE DISCIPLINA DE OCLUSÃO ANÁLISE OCLUSAL DISCIPLINA DE OCLUSÃO FACULDADE DE ODONTOLOGIA da UERJ 2000 Equipe da Disciplina: Ricardo Lessa Bastos Walzer Abrahão Poubel Florence M. Sekito Hilda M. R. Souza Paulo Roberto B. Fernandes

Leia mais

PRÉ-MOLARES. Os Pré-Molares superiores decrescem no sentido mésio-distal enquanto os inferiores têm sentido crescente.

PRÉ-MOLARES. Os Pré-Molares superiores decrescem no sentido mésio-distal enquanto os inferiores têm sentido crescente. PRÉ-MOLARES PRÉ-MOLARES Pré-Molares são conhecidos como pequenos molares bicuspidados, em número de quatro para cada arco, dois de cada lado da linha mediana chamados de primeiros e segundos prémolares;

Leia mais

- ADITEME - Atendimento Especial de Pacientes com Disfunção da Articulação Temporomandibular. Conceitos Restauradores de Oclusão: - Relação Cêntrica;

- ADITEME - Atendimento Especial de Pacientes com Disfunção da Articulação Temporomandibular. Conceitos Restauradores de Oclusão: - Relação Cêntrica; Universidade Federal de Pelotas Faculdade de Odontologia Extensão Universitária - ADITEME - Atendimento Especial de Pacientes com Disfunção da Articulação Temporomandibular Conceitos Restauradores de Oclusão:

Leia mais

IGC - Índice do Grau de Complexidade

IGC - Índice do Grau de Complexidade IGC - Índice do Grau de Complexidade Uma medida da complexidade do caso DI -American Board of Orthodontics Autorização American Board of Orthodon1cs- ABO Atualização: 13.05.2013 12. Outros Itens pontuados

Leia mais

INCISIVOS INCISIVO CENTRAL SUPERIOR INCISIVO LATERAL SUPERIOR INCISIVO CENTRAL INFERIOR INCISIVO LATERAL INFERIOR CANINOS

INCISIVOS INCISIVO CENTRAL SUPERIOR INCISIVO LATERAL SUPERIOR INCISIVO CENTRAL INFERIOR INCISIVO LATERAL INFERIOR CANINOS INCISIVOS Os incisivos permanentes são o primeiro e segundo dente a contar da linha média; Juntamente com os caninos constituem os dentes anteriores; Os incisivos superiores são geralmente maiores que

Leia mais

Mordida Profunda Definição. Trespasse vertical

Mordida Profunda Definição. Trespasse vertical Mordida Profunda Definição Trespasse vertical Mordida Profunda Diagnóstico Os fatores que contribuem variam de acordo com a oclusão: u Em boas oclusões é determinda por fatores dentários: t Comprimento

Leia mais

ENCERAMENTO PROGRESSIVO

ENCERAMENTO PROGRESSIVO ENCERAMENTO PROGRESSIVO Alfredo Julio Fernandes Neto & Marlete Ribeiro da Silva - Univ. Fed. Uberlândia - 2006 Os critérios para o sucesso de uma reabilitação oral incluem, além das habili-dades técnicas

Leia mais

Uma vez estando estabelecidos os conceitos de oclusão normal, a etapa. subseqüente do processo de aprendizado passa a ser o estudo das variações

Uma vez estando estabelecidos os conceitos de oclusão normal, a etapa. subseqüente do processo de aprendizado passa a ser o estudo das variações 1 INTRODUÇÃO Uma vez estando estabelecidos os conceitos de oclusão normal, a etapa subseqüente do processo de aprendizado passa a ser o estudo das variações desse padrão. Vale a pena relembrarmos a definição

Leia mais

- ADITEME - Atendimento Especial de Pacientes com Disfunção da Articulação Temporomandibular

- ADITEME - Atendimento Especial de Pacientes com Disfunção da Articulação Temporomandibular Universidade Federal de Pelotas Faculdade de Odontologia Extensão Universitária - ADITEME - Atendimento Especial de Pacientes com Disfunção da Articulação Temporomandibular Conceitos Restauradores de Oclusão:

Leia mais

Exame do Sistema Estomatognático usando Análise Oclusal e Índice Epidemiológico para DCMs. Ana Carla Rios

Exame do Sistema Estomatognático usando Análise Oclusal e Índice Epidemiológico para DCMs. Ana Carla Rios Exame do Sistema Estomatognático usando Análise Oclusal e Índice Epidemiológico para DCMs Ana Carla Rios O Exame do Sistema Estomatognático utilizando a análise oclusal é parte importante do processo diagnóstico

Leia mais

A IMPORTÂNCIA DA OCLUSÃO FUNCIONAL PARA A EXCELÊNCIA DO TRATAMENTO ORTODÔNTICO

A IMPORTÂNCIA DA OCLUSÃO FUNCIONAL PARA A EXCELÊNCIA DO TRATAMENTO ORTODÔNTICO FACULDADE DE PINDAMONHANGABA Suleila Rosa de Oliveira Araújo A IMPORTÂNCIA DA OCLUSÃO FUNCIONAL PARA A EXCELÊNCIA DO TRATAMENTO ORTODÔNTICO Pindamonhangaba-SP 2012 Suleila Rosa de Oliveira Araújo A IMPORTÂNCIA

Leia mais

ESCULTURA DENTAL COM AUXÍLIO DO MÉTODO GEOMÉTRICO (Revisão Anatômica)

ESCULTURA DENTAL COM AUXÍLIO DO MÉTODO GEOMÉTRICO (Revisão Anatômica) ESCULTURA DENTAL COM AUXÍLIO DO MÉTODO GEOMÉTRICO (Revisão Anatômica) 4ª Edição Autores Glauco Fioranelli Vieira Ângela De Caroli José Carlos Garófalo Edmir Matson 1 Título: Escultura Dental com Auxílio

Leia mais

1º MOLAR INFERIOR A - CARACTERÍSTICAS GERAIS. É o 6 º dente do arco inferior;

1º MOLAR INFERIOR A - CARACTERÍSTICAS GERAIS. É o 6 º dente do arco inferior; MOLARES INFERIORES A - CARACTERÍSTICAS GERAIS É o 6 º dente do arco inferior; A superfície oclusal deste dente é a mais complicada de todos, pois apresenta, em 95% dos casos, cinco cúspides, devido ao

Leia mais

POLÍCIA MILITAR DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO Diretoria Geral de Pessoal Centro de Recrutamento e Seleção de Praças

POLÍCIA MILITAR DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO Diretoria Geral de Pessoal Centro de Recrutamento e Seleção de Praças POLÍCIA MILITAR DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO Diretoria Geral de Pessoal Centro de Recrutamento e Seleção de Praças CONCURSO PÚBLICO DE ADMISSÃO AO INGRESSO DE NOVOS OFICIAIS DE SAÚDE DA POLÍCIA MILITAR

Leia mais

Dr Christian Coachman. Dr Guilherme Cabral. Dr Braulio Paolucci

Dr Christian Coachman. Dr Guilherme Cabral. Dr Braulio Paolucci Protócolo Wax-up Dr Christian Coachman Dr Guilherme Cabral Dr Braulio Paolucci Volume 3D / Posicão 3D Centrais 1. Encerar sobre a linha mediana antiga!! 2. Encerar os 2 centrais em um bloco de cera 3.

Leia mais

Harmonia Oclusal para a Promoção de Saúde

Harmonia Oclusal para a Promoção de Saúde 17 Harmonia Oclusal para a Promoção de Saúde ALFREDO JÚLIO FERNANDES NETO FLÁVIO DOMINGUES NEVES Boa parte das ações do homem na sociedade, objetivam fazer a vida melhor para a humanidade, ou despertá-la

Leia mais

PUCPR - O.R.T.O.D.O.N.T.I.A - GRADUAÇÃO E PÓS-GRADUAÇÃO F I C H A C L Í N I C A Nome do/a Paciente: Número: 1.0 IDENTIFICAÇÃO DO PACIENTE 1.1 Nome: 1.2 Data de Nascimento: Sexo: F M Idade: 1.3 Peso: Kg

Leia mais

Viseu, 6 de Novembro de 2008. Dentição Decidua. UBM IV 2ºano. Mestrado Integrado em Medicina Dentária Octávio Ribeiro

Viseu, 6 de Novembro de 2008. Dentição Decidua. UBM IV 2ºano. Mestrado Integrado em Medicina Dentária Octávio Ribeiro Viseu, 6 de Novembro de 2008 Dentição Decidua UBM IV 2ºano Mestrado Integrado em Medicina Dentária Octávio Ribeiro Dentição Decidua Funções Fisiológicas Funções Fisiológicas Mastigação Formação de um plano

Leia mais

Ajuste oclusal na Ortodontia: por que, quando e como?

Ajuste oclusal na Ortodontia: por que, quando e como? T ÓPICO ESPECIAL Ajuste oclusal na Ortodontia: por que, quando e como? Roberto Carlos Bodart Brandão*, Larissa Bustamante Capucho Brandão** Resumo Introdução: o conhecimento sobre oclusão dentária deve

Leia mais

RICHARD W. HUFFMAN, D.D.S. JOHN W. REGENOS, D.D.S, F.I.C.D.

RICHARD W. HUFFMAN, D.D.S. JOHN W. REGENOS, D.D.S, F.I.C.D. RICHARD W. HUFFMAN, D.D.S. JOHN W. REGENOS, D.D.S, F.I.C.D. INTRODUÇÃO À OCLUSÃO por Richard W. Huffman D.D.S. John W. Regenos D.D.S, F.I.C.D. I-A-1 Seção I Parte A INTRODUÇÃO AO ESTUDO DA OCLUSÃO INTRODUÇÃO

Leia mais

REABLITAÇÃO ESTÉTICA E FUNCIONAL DA GUIA ANTERIOR E CANINA UTILIZANDO RESINA COMPOSTA (ESTHET-X) DE UMA PACIENTE COM EROSÃO E BRUXISMO.

REABLITAÇÃO ESTÉTICA E FUNCIONAL DA GUIA ANTERIOR E CANINA UTILIZANDO RESINA COMPOSTA (ESTHET-X) DE UMA PACIENTE COM EROSÃO E BRUXISMO. REABLITAÇÃO ESTÉTICA E FUNCIONAL DA GUIA ANTERIOR E CANINA UTILIZANDO RESINA COMPOSTA (ESTHET-X) DE UMA PACIENTE COM EROSÃO E BRUXISMO. Caso clínico realizado pelo especialista em Dentística Restauradora

Leia mais

2ª. PARTE CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS. 21. Segundo Bonachela, os polígonos importantes a serem avaliados na condição de estabilidade da PPR são:

2ª. PARTE CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS. 21. Segundo Bonachela, os polígonos importantes a serem avaliados na condição de estabilidade da PPR são: 2ª. PARTE CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS PROTESE DENTÁRIA 21. Segundo Bonachela, os polígonos importantes a serem avaliados na condição de estabilidade da PPR são: a) Polígonos de Roy e de Kent. b) Polígono

Leia mais

RECUPERADORES DE ESPAÇO

RECUPERADORES DE ESPAÇO RECUPERADORES DE ESPAÇO Conceito Recuperadores de espaço são usados para recuperar o espaço perdido nas arcadas dentárias. Eles verticalizam os dentes que inclinaram, depois que outros foram perdidos.

Leia mais

- ADITEME - Atendimento Especial de Pacientes com Disfunção da Articulação Temporomandibular

- ADITEME - Atendimento Especial de Pacientes com Disfunção da Articulação Temporomandibular Universidade Federal de Pelotas Faculdade de Odontologia Extensão Universitária - ADITEME - Atendimento Especial de Pacientes com Disfunção da Articulação Temporomandibular Conceitos Restauradores de Oclusão:

Leia mais

Viseu, 20 de Outubro de 2009. Molares Inferiores. UBM IV 2ºano. Mestrado Integrado em Medicina Dentária Octávio Ribeiro

Viseu, 20 de Outubro de 2009. Molares Inferiores. UBM IV 2ºano. Mestrado Integrado em Medicina Dentária Octávio Ribeiro Viseu, 20 de Outubro de 2009 Molares Inferiores UBM IV 2ºano Mestrado Integrado em Medicina Dentária Octávio Ribeiro Molares Permanentes Mandibulares 1º Molar Inferior Calcificação- inicio aos 25 semanas

Leia mais

ARQUITETURA E TOPOGRAFIA ALVÉOLO-DENTAIS

ARQUITETURA E TOPOGRAFIA ALVÉOLO-DENTAIS ARQUITETURA E TOPOGRAFIA ALVÉOLO-DENTAIS Dr. Peter Reher, CD, CD, MSc, PhD PhD Especialista e Mestre em CTBMF - UFPel-RS Doutor (PhD) em CTBMF - University of London Professor Adjunto da UFMG e da PUC-Minas

Leia mais

MONTAGEM DE MODELOS DE ESTUDO EM ATICULADOR CLASSE III SEMI-AJUSTÁVEL - ASA

MONTAGEM DE MODELOS DE ESTUDO EM ATICULADOR CLASSE III SEMI-AJUSTÁVEL - ASA MONTAGEM DE MODELOS DE ESTUDO EM ATICULADOR CLASSE III SEMI-AJUSTÁVEL - ASA Fernandes Neto, A.J., et al. Univ. Fed. Uberlândia - 2005 A montagem de modelos de estudo em articulador classe III, semi-ajustável

Leia mais

Extração Seriada, uma Alternativa

Extração Seriada, uma Alternativa Artigo de Divulgação Extração Seriada, uma Alternativa Serial Extraction, an Alternative Procedure Evandro Bronzi Resumo A extração seriada é um procedimento ortodôntico que visa harmonizar

Leia mais

A individualização de torque para os caninos no aparelho pré-ajustado

A individualização de torque para os caninos no aparelho pré-ajustado Caso Clínico A individualização de torque para os caninos no aparelho pré-ajustado Reginaldo César Zanelato*, Ademir Tadeu Grossi**, Sáverio Mandetta***, Marco Antonio Scanavini**** Resumo A grande maioria

Leia mais

Universidade Estadual de Maringá PRÓ-REITORIA DE RECURSOS HUMANOS E ASSUNTOS COMUNITÁRIOS

Universidade Estadual de Maringá PRÓ-REITORIA DE RECURSOS HUMANOS E ASSUNTOS COMUNITÁRIOS Universidade Estadual de Maringá PRÓ-REITORIA DE RECURSOS HUMANOS E ASSUNTOS COMUNITÁRIOS TESTE SELETIVO TÉCNICO EM PRÓTESE DENTÁRIA Edital n o 096/2009-PRH CADERNO DE PROVA CONHECIMENTO ESPECÍFICO - 38

Leia mais

BOARD BRASILEIRO DE ORTODONTIA E ORTOPEDIA FACIAL. http://www.bbo.org.br [acesso em 15/02/2009, 07h30] Especificação dos Casos quanto às Categorias

BOARD BRASILEIRO DE ORTODONTIA E ORTOPEDIA FACIAL. http://www.bbo.org.br [acesso em 15/02/2009, 07h30] Especificação dos Casos quanto às Categorias BOARD BRASILEIRO DE ORTODONTIA E ORTOPEDIA FACIAL http://www.bbo.org.br [acesso em 15/02/2009, 07h30] Especificação dos Casos quanto às Categorias A escolha dos casos a serem apresentados deverá seguir

Leia mais

Técnicas radiográficas. Técnicas Radiográficas Intraorais em Odontologia. Técnicas Radiográficas Intraorais. Técnicas Radiográficas

Técnicas radiográficas. Técnicas Radiográficas Intraorais em Odontologia. Técnicas Radiográficas Intraorais. Técnicas Radiográficas Técnicas Radiográficas Intraorais em Odontologia Técnicas radiográficas Divididas em dois grandes grupos: Técnicas Intraorais Profª Paula Christensen Técnicas Radiográficas Técnicas Extraorais Técnicas

Leia mais

Anatomia Individual dos Dentes

Anatomia Individual dos Dentes CAPÍTULO 2 Anatomia Individual dos Dentes OBJETIVOS Identificar e descrever os acidentes anatômicos de cada um dos dentes permanentes e decíduos típicos Descrever cada uma das faces da coroa de cada dente

Leia mais

ASPECTO DE IMAGEM DAS ESTRUTURAS DO DENTE

ASPECTO DE IMAGEM DAS ESTRUTURAS DO DENTE ASPECTO DE IMAGEM DAS ESTRUTURAS DO DENTE O órgão dentário, um dos elementos do aparelho mastigatório, é constituído por tecidos especificamente dentais (esmalte, dentina, polpa) e por tecidos periodontais

Leia mais

RELEVO E MORFOLOGIA DENTAL

RELEVO E MORFOLOGIA DENTAL RELEVO E MORFOLOGIA DENTAL DidaAcamente dividimos a coroa dental em terços e senado de visualização. Face vesabular ou lingual -- horizontal: terço mesial, médio e distal -- veracal: terço oclusal ou incisal,

Leia mais

Cirurgia Ortognática e Estética Facial: Qual sua importância na Odontologia Integrada?

Cirurgia Ortognática e Estética Facial: Qual sua importância na Odontologia Integrada? Cirurgia Ortognática e Estética Facial: Qual sua importância na Odontologia Integrada? A avaliação da estética facial, bem como sua relação com a comunicação e expressão da emoção, é parte importante no

Leia mais

27/05/2014. Dentística I. Classe III. Classe I. Classe V. Terapêutica ou protética; Simples, composta ou complexa.

27/05/2014. Dentística I. Classe III. Classe I. Classe V. Terapêutica ou protética; Simples, composta ou complexa. Mauro A Dall Agnol UNOCHAPECÓ mauroccs@gmail.com Classe I Classe II Classe III Classe IV Classe V Classe I Classe II Classe III Classe IV Classe V Dentística I Terapêutica ou protética; Simples, composta

Leia mais

FACULDADE DE ODONTOLOGIA DE PIRACICABA CETASE

FACULDADE DE ODONTOLOGIA DE PIRACICABA CETASE FACULDADE DE ODONTOLOGIA DE PIRACICABA CETASE CENTRO DE ESTUDOS E TRATAMENTO DAS ALTERAÇÕES FUNCIONAIS DO SISTEMA ESTOMATOGNÁTICO Área de Prótese Fixa e Escultura Dental FICHA CLÍNICA 1 - Dados Pessoais

Leia mais

ESTABILIDADE DO TRATAMENTO ORTODÔNTICO

ESTABILIDADE DO TRATAMENTO ORTODÔNTICO 1 INSTITUTO DE CIÊNCIAS DA SAÚDE FUNORTE/SOEBRÁS ANDRESSA CAMPISTA LOPES LOUREIRO ESTABILIDADE DO TRATAMENTO ORTODÔNTICO VILA VELHA-ES 2013 2 ANDRESSA CAMPISTA LOPES LOUREIRO ESTABILIDADE DO TRATAMENTO

Leia mais

PARÂMETROS ESTÉTICOS DENTES ANTERIORES E FUNCIONAIS DOS CAPÍTULO

PARÂMETROS ESTÉTICOS DENTES ANTERIORES E FUNCIONAIS DOS CAPÍTULO PARÂMETROS ESTÉTICOS E FUNCIONAIS DOS DENTES ANTERIORES 12 CAPÍTULO ANATOMIA E ESCULTURA DENTAL COLEÇÃO APDESPBR VOLUME I CONCEITOS 299 ANATOMIA E ESCULTURA DENTAL SENSAÇÕES ALINHAMENTO AXIAL BILATERAL

Leia mais

Estudo dirigido sobre premolares

Estudo dirigido sobre premolares Estudo dirigido sobre premolares 1 Miguel Carlos Madeira e Roelf Cruz Rizzolo http://www.anatomiafacial.com Material para ser impresso, com a autorização dos autores, exclusivamente para os alunos do primeiro

Leia mais

APRESENTAÇÃO DO APARELHO Componentes do aparelho extrabucal 3

APRESENTAÇÃO DO APARELHO Componentes do aparelho extrabucal 3 Série Aparelhos Ortodônticos EXTRABUCAL INTRODUÇÃO A ancoragem extrabucal ainda é um dos recursos mais utilizados e recomendados no tratamento da má oclusão de Classe II, primeira divisão, caracterizada

Leia mais

BOARD BRASILEIRO DE ORTODONTIA E ORTOPEDIA FACIAL

BOARD BRASILEIRO DE ORTODONTIA E ORTOPEDIA FACIAL Montagem das Pastas As pastas devem estar organizadas na seguinte ordem: I- Externo Página Título: colocar na capa frontal da pasta (a capa tem um envelope plástico para esta finalidade). BOARD BRASILEIRO

Leia mais

Bráquetesq. metálicos cerâmicos plásticos. corpo; base (superfície de contato). fio). aletas; fixação.

Bráquetesq. metálicos cerâmicos plásticos. corpo; base (superfície de contato). fio). aletas; fixação. Bráquetesq metálicos cerâmicos plásticos Composição i ã : corpo; encaixe ou slot (abriga o fio). aletas; fixação. base (superfície de contato). Bráquetes á t simples e duplo. Bráquetes á t para colagem

Leia mais

Classificação de Angle e Simon SUMÁRIO 1 INTRODUÇÃO 2 HISTÓRICO 3 OCLUSÃO NORMAL VS MALOCLUSÃO. 3.1 Oclusão normal. 3.2 Maloclusão

Classificação de Angle e Simon SUMÁRIO 1 INTRODUÇÃO 2 HISTÓRICO 3 OCLUSÃO NORMAL VS MALOCLUSÃO. 3.1 Oclusão normal. 3.2 Maloclusão Classificação de Angle e Simon SUMÁRIO 1 INTRODUÇÃO 2 HISTÓRICO 3 OCLUSÃO NORMAL VS MALOCLUSÃO 3.1 Oclusão normal. 3.2 Maloclusão 4 SISTEMAS DE CLASSIFICAÇÃO 4.1 Sistema de Angle 4.2 Sistema de Simon 4.3

Leia mais

Instituto Latino Americano de Pesquisa e Ensino Odontológico. Rafaela Bassani

Instituto Latino Americano de Pesquisa e Ensino Odontológico. Rafaela Bassani Instituto Latino Americano de Pesquisa e Ensino Odontológico Rafaela Bassani Oclusão em pacientes com agenesia de incisivos laterais superiores permanentes tratados com fechamento ortodôntico de espaços

Leia mais

LINK CATÁLOGO DE EXAMES

LINK CATÁLOGO DE EXAMES Porque pedir um exame radiográfico? LINK CATÁLOGO DE EXAMES O exame radiográfico é solicitado para a visualização clinica das estruturas ósseas da cavidade bucal. Para isso, existem as mais diversas técnicas

Leia mais

CURSO de ODONTOLOGIA - Gabarito

CURSO de ODONTOLOGIA - Gabarito UNIVERSIDADE FEDERAL FLUMINENSE TRANSFERÊNCIA 2 o semestre letivo de 2009 e 1 o semestre letivo de 2010 CURSO de ODONTOLOGIA - Gabarito INSTRUÇÕES AO CANDIDATO? Verifique se este caderno contém : PROVA

Leia mais

Aspectos de interesse à endodontia

Aspectos de interesse à endodontia SISTEMA DE CANAIS RADICULARES Anatomia das cavidades pulpares Aspectos de interesse à endodontia CAVIDADE PULPAR CAVIDADE PULPAR CAVIDADE ANATÔMICA CONTIDA NO INTERIOR DO DENTE, CIRCUNDADA POR DENTINA,

Leia mais

DISTÚRBIOS OCLUSAIS. Fig. 01 - Desenho esquematico da distribuição da força oclusal ao longo do dente.

DISTÚRBIOS OCLUSAIS. Fig. 01 - Desenho esquematico da distribuição da força oclusal ao longo do dente. DISTÚRBIOS OCLUSAIS Alfredo Julio Fernandes Neto, et al. Univ. Fed. Uberlândia - 2006 Em uma oclusão fisiológica ou orgânica, no final do fechamento mandibular, a ação dos músculos elevadores promove o

Leia mais

PROVA DE CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS Cód. 37. Em relação à resina composta para restaurações indiretas, é CORRETO afirmar:

PROVA DE CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS Cód. 37. Em relação à resina composta para restaurações indiretas, é CORRETO afirmar: 8 PROVA DE CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS Cód. 37 QUESTÃO 17 Em relação à resina composta para restaurações indiretas, é CORRETO afirmar: a) Sua composição química é bem diferente das resinas compostas de uso

Leia mais

Como determinar a posição correta dos acessórios ortodônticos fixos?

Como determinar a posição correta dos acessórios ortodônticos fixos? Copyright 2012 International Journal of Science Dentistry Available online http://www.ijosd.uff.br Como determinar a posição correta dos acessórios ortodônticos fixos? How to define the exact position

Leia mais

manter um dente recém- período suficientemente prolongado correção ortodôntica que se conceito polêmico.

manter um dente recém- período suficientemente prolongado correção ortodôntica que se conceito polêmico. Introdução CONTENÇÕES EM ORTODONTIA em ortodontia é o procedimento para manter um dente recém- movimentado em posição por um período suficientemente prolongado para assegurar a manutenção da correção ortodôntica

Leia mais

ANATOMIA DENTAL INTERNA

ANATOMIA DENTAL INTERNA ANATOMIA DENTAL INTERNA VERSIANI, 2014 Anatomia Dental Interna Características Gerais Grupo dos incisivos Grupo dos caninos Grupo dos pré-molares Grupo dos molares VERSIANI, 2014 Anatomia Dental Interna

Leia mais

TRATAMENTO DE UMA CLASSE II COM IMPACTAÇÃO DE CANINO E DE PRÉ-MOLAR

TRATAMENTO DE UMA CLASSE II COM IMPACTAÇÃO DE CANINO E DE PRÉ-MOLAR Miguel da Nóbrega Médico Especialista em Estomatologia DUO Faculdade de Cirurgia Dentária Universidade Toulouse miguel.nobrega@ortofunchal.com TRATAMENTO DE UMA CLASSE II COM IMPACTAÇÃO DE CANINO E DE

Leia mais

Figura A - Linha horizontal de referência no plano oclusal, e perpendicular vertical passando no centro da fossa pterigomaxilar

Figura A - Linha horizontal de referência no plano oclusal, e perpendicular vertical passando no centro da fossa pterigomaxilar 1 PUCPR, ORTODONTIA GRADUAÇÃO E PÓS-GRADUAÇÃO MUDANÇAS REGIONAIS DA FACE Camargo ES, Maruo H, Guariza-Filho O, Tanaka O. As mudanças de crescimento podem ser descritas, para melhor compreensão, como regiões

Leia mais

Padrões cefalométricos de Ricketts aplicados a indivíduos brasileiros com oclusão excelente

Padrões cefalométricos de Ricketts aplicados a indivíduos brasileiros com oclusão excelente T ÓPICO ESPECIAL Padrões cefalométricos de Ricketts aplicados a indivíduos brasileiros com oclusão excelente Masato Nobuyasu**, Minol Myahara***, Tieo Takahashi****, Adélqui Attizzani****, Hiroshi Maruo*****,

Leia mais

Tratamento da má oclusão de Classe II divisão 1 a, através de recursos ortodônticos e ortopédicos faciais (funcionais e mecânicos): relato de caso

Tratamento da má oclusão de Classe II divisão 1 a, através de recursos ortodônticos e ortopédicos faciais (funcionais e mecânicos): relato de caso Caso Clínico Tratamento da má oclusão de Classe II divisão 1 a, através de recursos ortodônticos e ortopédicos faciais (funcionais e mecânicos): relato de caso José Euclides Nascimento* Luciano da Silva

Leia mais

PRÓTESE TOTAL MANUAL DE LABORATÓRIO

PRÓTESE TOTAL MANUAL DE LABORATÓRIO Campus de Araçatuba PRÓTESE TOTAL MANUAL DE LABORATÓRIO Professores. HUMBERTO GENNARI FILHO RENATO SALVIATO FAJARDO MARCELO COELHO GOIATO WIRLEY GONÇALVES ASSUNÇÃO DÉBORA DE BARROS BARBOSA KARINA HELGA

Leia mais

Borracha Natural - conservação amônia. vulcanizado. Sintéticos carvão,petróleo e álcoois vegetais TIPOS DE ELÁSTICOS

Borracha Natural - conservação amônia. vulcanizado. Sintéticos carvão,petróleo e álcoois vegetais TIPOS DE ELÁSTICOS Curso de Aperfeiçoamento em Ortodontia Elásticos TIPOS DE ELÁSTICOS Borracha Natural - conservação amônia sensível ao ozônio vulcanizado Sintéticos carvão,petróleo e álcoois vegetais Elasticidade é a propriedade

Leia mais

Aula 4: TÉCNICA RADIOGRÁFICA INTRA-ORAL

Aula 4: TÉCNICA RADIOGRÁFICA INTRA-ORAL Aula 4: TÉCNICA RADIOGRÁFICA INTRA-ORAL Técnicas Radiográficas Periapical Exame do dente e osso alveolar que o rodeia; Interproximal Diagnóstico de cáries proximais, excessos marginais de restaurações;

Leia mais

O setup ortodôntico como método auxiliar de diagnóstico e planejamento

O setup ortodôntico como método auxiliar de diagnóstico e planejamento Dica Clínica O setup ortodôntico como método auxiliar de diagnóstico e planejamento Hallissa Simplício*, Ary dos Santos-Pinto**, Marcus Vinicius Almeida de Araújo***, Sergei Godeiro Fernandes Rabelo Caldas****,

Leia mais

O tipo facial e a morfologia do arco dentário no planejamento ortodôntico

O tipo facial e a morfologia do arco dentário no planejamento ortodôntico Caso Clínico O tipo facial e a morfologia do arco dentário no planejamento ortodôntico Alexandre de Almeida Ribeiro* Resumo A morfologia do arco dentário está relacionada diretamente com as demais partes

Leia mais

UBM IV 2ºano 1º Semestre Mestrado Integrado em Medicina Dentária Octávio Ribeiro 2009/2010

UBM IV 2ºano 1º Semestre Mestrado Integrado em Medicina Dentária Octávio Ribeiro 2009/2010 Incisivos & Caninos UBM IV 2ºano 1º Semestre Mestrado Integrado em Medicina Dentária Octávio Ribeiro 2009/2010 Anatomia Dentária 2º ano. INCISIVOS Incisivos Existem dois por quadrante Função de corte Importância

Leia mais

AVALIAÇÃO DA OCLUSÃO DE PACIENTES TRATADOS ORTODONTICAMENTE COM APARELHO FIXO

AVALIAÇÃO DA OCLUSÃO DE PACIENTES TRATADOS ORTODONTICAMENTE COM APARELHO FIXO UNIVERSIDADE DO VALE DO ITAJAÍ CENTRO DE CIÊNCIAS DA SAÚDE CURSO DE ODONTOLOGIA THIAGO BERNARDES NUNES OBERDAM THIESEN FERREIRA AVALIAÇÃO DA OCLUSÃO DE PACIENTES TRATADOS ORTODONTICAMENTE COM APARELHO

Leia mais

Breve Panorama Histórico

Breve Panorama Histórico Análise Facial Breve Panorama Histórico Norman Kingsley Kingsley (final do séc.xix): s a articulação dos dentes secundária à aparência facial. Breve Panorama Histórico Edward Angle (in (início séc. s XX)

Leia mais

Aparelho Arco E-1886E. Partes do aparelho

Aparelho Arco E-1886E. Partes do aparelho BRÁQUETES Aparelho Arco E-1886E Partes do aparelho Aparelho Arco E -1886 APARELHO PINO E TUBO - 1912 Arco Cinta -1915 Aparelho Edgewise - 1925 Braquete original Os primeiros bráquetes eram.022 de uma liga

Leia mais

Tratamento de Classe II, Divisão 1, com ausência congênita de incisivo lateral superior

Tratamento de Classe II, Divisão 1, com ausência congênita de incisivo lateral superior A RTIGO DE D IVULGA ÇÃO Tratamento de Classe II, Divisão 1, com ausência congênita de incisivo lateral superior Roberto M. A. LIMA FILHO*, Anna Carolina LIMA**, José H. G. de OLIVEIRA***, Antonio C. de

Leia mais

Viseu, 13 de Outubro de 2009. Molares Superiores. UBM IV 2ºano. Mestrado Integrado em Medicina Dentária. Octávio Ribeiro

Viseu, 13 de Outubro de 2009. Molares Superiores. UBM IV 2ºano. Mestrado Integrado em Medicina Dentária. Octávio Ribeiro Viseu, 13 de Outubro de 2009 Molares Superiores UBM IV 2ºano Mestrado Integrado em Medicina Dentária Octávio Ribeiro Molares Permanentes Maxilares 1º Molar Superior Calcificação- inicio aos 48 meses Erupção-

Leia mais

SÃO JOSÉ DO RIO PRETO

SÃO JOSÉ DO RIO PRETO SÃO JOSÉ DO RIO PRETO ANATOMIA DENTAL Florisa Maria Nunes de Abreu Tunes Botelho Nogueira 2012 INTRODUÇÃO AO ESTUDO DA ANATOMIA Prótese Dentária: É a ciência e/ou a arte que proporciona elementos substitutos

Leia mais

Abordagem Segmentada para Intrusão Simultânea ao Fechamento de Espaço: Biomecânica do Arco Base de Três Peças

Abordagem Segmentada para Intrusão Simultânea ao Fechamento de Espaço: Biomecânica do Arco Base de Três Peças rtigo Traduzido bordagem Segmentada para Intrusão Simultânea ao Fechamento de Espaço: iomecânica do rco ase de Três Peças Segmented pproach to Simultaneous Intrusion and Space Closure: iomechanics of the

Leia mais

BOM DIA!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

BOM DIA!!!!!!!!!!!!!!!!!!!! BOM DIA!!!!!!!!!!!!!!!!!!!! CURSO ASB UNIODONTO DRA. NANCI CATANDI PERRONE OSSOS DA FACE MAXILA Forma o maxilar Limite inferior da cavidade orbitária Separa através do processo palatino a cavidade bucal

Leia mais

CONDUTA TERAPÊUTICA RESTAURADORA

CONDUTA TERAPÊUTICA RESTAURADORA CONDUTA TERAPÊUTICA RESTAURADORA Alfredo Julio Fernandes Neto, et al. Univ. Fed. Uberlândia - 2006 A Odontologia Restauradora é a conduta terapêutica por meio da qual é realizado o ajuste oclusal por acréscimo

Leia mais

2 Este Caderno contém uma proposta de Redação e trinta questões de múltipla escolha

2 Este Caderno contém uma proposta de Redação e trinta questões de múltipla escolha CENTRO DE CIÊNCIAS DA SAÚDE Programa de Pós Graduação em Saúde Coletiva MESTRADO EM ODONTOLOGIA INSTRUÇÕES 1 Na parte inferior desta capa, escreva seu nome completo, em letra de forma e assine no local

Leia mais

PRISCILLA MENDES CORREA VICTOR

PRISCILLA MENDES CORREA VICTOR FUNORTE-FACULDADES UNIDAS DO NORTE DE MINAS NÚCLEO NITERÓI-SMILE ODONTOLOGIA CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM ORTODONTIA TRATAMENTO DA SOBREMORDIDA: RELATO DE CASO CLÍNICO PRISCILLA MENDES CORREA VICTOR Monografia

Leia mais

EPIDEMIOLOGIA DAS MÁS OCLUSÕES NA DENTADURA MISTA EM ESCOLARES DE TERESINA PI

EPIDEMIOLOGIA DAS MÁS OCLUSÕES NA DENTADURA MISTA EM ESCOLARES DE TERESINA PI EPIDEMIOLOGIA DAS MÁS OCLUSÕES NA DENTADURA MISTA EM ESCOLARES DE TERESINA PI Marcus Vinicius Neiva Nunes do Rego - NOVAFAPI Olívia de Freitas Mendes - NOVAFAPI Thaís Lima Rocha NOVAFAPI Núbia Queiroz

Leia mais

Diagnóstico e Planejamento. Caracteríticas dos modelos: Anamnese Exame Clínico Exame Radiográfico Cefalometria Análise Facial. Análise de Modelos

Diagnóstico e Planejamento. Caracteríticas dos modelos: Anamnese Exame Clínico Exame Radiográfico Cefalometria Análise Facial. Análise de Modelos Análise de Mdl Modelos Anamnese Exame Clínico Exame Radiográfico Cefalometria Análise Facial Análise dos Modelos Diagnóstico e Planejamento Daniel G. Teixeira Diagnósticog e Planejamento; Avaliação do

Leia mais

Extração atípica de incisivos centrais superiores: relato de caso clínico Atypical extraction of maxillary central incisors: case report

Extração atípica de incisivos centrais superiores: relato de caso clínico Atypical extraction of maxillary central incisors: case report RELATO DE CASO Extração atípica de incisivos centrais superiores: relato de caso clínico Atypical extraction of maxillary central incisors: case report MARCOS VALÉRIO FERRARI 1 JOSÉ RICARDO SCANAVINI 2

Leia mais

ANÁLISE DA DENTIÇÃO MISTA

ANÁLISE DA DENTIÇÃO MISTA 1 ANÁLISE DA DENTIÇÃO MISTA INTRODUÇÃO O período da dentição mista inicia-se por volta dos 6 anos de idade com a erupção dos primeiros molares permanentes, e termina ao redor dos 12 anos de idade, com

Leia mais

ELEMENTOS ESSENCIAIS DIAGNÓSTICO. Prof. Hélio Almeida de Moraes.

ELEMENTOS ESSENCIAIS DIAGNÓSTICO. Prof. Hélio Almeida de Moraes. ELEMENTOS ESSENCIAIS DE DIAGNÓSTICO Prof. Hélio Almeida de Moraes. ÍNDICE INTRODUÇÃO 1 Documentação do Paciente: 2 1- Ficha Clínica:- 2 A- Identificação: 2 B- Anamnese: 3 História da Família 3 História

Leia mais

A. CARACTERÍSTICAS GERAIS

A. CARACTERÍSTICAS GERAIS INCISIVOS A. CARACTERÍSTICAS GERAIS Os dentes incisivos, também chamados de cuneiformes ou espatulados, são as peças situadas na parte mediana dos arcos dentais. A. CARACTERÍSTICAS GERAIS O nome incisivo

Leia mais

Manipulação de Tecido Mole ao Redor de Implantes na Zona Estética

Manipulação de Tecido Mole ao Redor de Implantes na Zona Estética Manipulação de Tecido Mole ao Redor de Implantes na Zona Estética Figura 9 1A Diagrama de secção transversal mostrando um implante no local do incisivo. A forma côncava do rebordo vestibular é evidenciada.

Leia mais

O aparelho de Herbst com Cantilever (CBJ) Passo a Passo

O aparelho de Herbst com Cantilever (CBJ) Passo a Passo O aparelho de Herbst com Cantilever (CBJ) Passo a Passo çã APARELHO DE HERBST COM CANTILEVER (CBJ) MAYES, 1994 Utiliza quatro coroas de açoa o nos primeiros molares e um cantilever,, a partir dos primeiros

Leia mais

Radiografia Panorâmica

Radiografia Panorâmica Unidade Clínica I Radiografia Panorâmica 18.10.2012 1 Introdução A radiografia panorâmica (também chamada de ortopantomografia) produz uma só imagem, tomográfica, das estruturas da face, incluindo as arcadas

Leia mais

Preparos para elementos unitários

Preparos para elementos unitários 11 Preparos para elementos unitários ALFREDO JÚLIO FERNANDES NETO FLÁVIO DOMINGUES DAS NEVES ADÉRITO SOARES DA MOTA REABILITAÇÕES COMPLEXAS INTERAGINDO - PRÓTESE Apesar dos avanços nos níveis iniciais

Leia mais

Aparelhos Ortodônticos Removíveis com Alta Retenção

Aparelhos Ortodônticos Removíveis com Alta Retenção Aparelhos Ortodônticos Removíveis com Alta Retenção Um novo conceito de ver e atuar com os aparelhos ortodônticos removíveis José Roberto Ramos Na maioria dos casos, o emprego dos aparelhos ortodônticos

Leia mais

Técnicas Anestésicas Aplicadas à Cirurgia Oral

Técnicas Anestésicas Aplicadas à Cirurgia Oral Técnicas Anestésicas Aplicadas à Cirurgia Oral Anestesias Locais 1. Periférica, tópica ou de superfície 2. Infiltrativa terminal 3. Troncular, regional ou bloqueio de condução Aula de cirurgia Anestesia

Leia mais

CONHECIMENTOS ESPECIALIZADOS

CONHECIMENTOS ESPECIALIZADOS CONHECIMENTOS ESPECIALIZADOS 31) Sobre a reabsorção localizada severa, é correto afirmar que a) os dentes com dilaceração são fatores de risco. b) o tratamento ortodôntico não é o principal fator etiológico.

Leia mais

! 1. Alterar forma e/ou cor vestibular dos dentes; 2. Realinhar dentes inclinados para lingual. Restaurações estéticas anteriores diretas.

! 1. Alterar forma e/ou cor vestibular dos dentes; 2. Realinhar dentes inclinados para lingual. Restaurações estéticas anteriores diretas. Restaurações estéticas anteriores diretas. O crescente desenvolvimento de materiais resinosos e técnicas adesivas, possibilita o planejamento e execução de restaurações de resina composta na dentição anterior.

Leia mais

Estudo da Recidiva em Pacientes com

Estudo da Recidiva em Pacientes com CASO CLÍNICO Estudo da Recidiva em Pacientes com Maloclusão de Classe II, Tratados pela Técnica do Arco de Canto com Extrações de Pré-Molares Pertencentes às Categorias de Crescimento de Petrovic. Parte

Leia mais

UTILIZAÇÃO DO APARELHO DE PROTRAÇÃO MANDIBULAR COMO ANCORAGEM PARA MESIALIZAÇÃO DE MOLARES INFERIORES: RELATO DE CASO CLÍNICO RESUMO

UTILIZAÇÃO DO APARELHO DE PROTRAÇÃO MANDIBULAR COMO ANCORAGEM PARA MESIALIZAÇÃO DE MOLARES INFERIORES: RELATO DE CASO CLÍNICO RESUMO 474 UTILIZAÇÃO DO APARELHO DE PROTRAÇÃO MANDIBULAR COMO ANCORAGEM PARA MESIALIZAÇÃO DE MOLARES INFERIORES: RELATO DE CASO CLÍNICO Fábio André Werlang 1 Marcos Massaro Takemoto 2 Prof Elton Zeni 3 RESUMO

Leia mais

Título: ALEXANDER DISCIPLINE, NOVO CONCEITO EM ORTODONTIA

Título: ALEXANDER DISCIPLINE, NOVO CONCEITO EM ORTODONTIA Título: ALEXANDER DISCIPLINE, NOVO CONCEITO EM ORTODONTIA Resumo: Sistema elaborado para se obter excelentes resultados de maneira simples e organizada, simplificando a mecânica ortodôntica reduzindo o

Leia mais

Sistema R.O.C.A.: Um Método de Diagnóstico e Terapia Oclusal

Sistema R.O.C.A.: Um Método de Diagnóstico e Terapia Oclusal Artigo de Divulgação Sistema R.O.C.A.: Um Método de Diagnóstico e Terapia Oclusal System R.O.C.A.: a Method of Diagnostic and Occlusal Therapy José Mondelli Resumo A dificuldade no correto registro da

Leia mais

TRATAMENTO DA CLASSE III COMPENSATÓRIA EM ADULTOS

TRATAMENTO DA CLASSE III COMPENSATÓRIA EM ADULTOS INSTITUTO DE CIÊNCIAS DA SAÚDE FUNORTE/SOEBRAS TRATAMENTO DA CLASSE III COMPENSATÓRIA EM ADULTOS CARLOS ROBERTO FUCUTA JÚNIOR Monografia apresentada ao Programa de Especialização em Ortodontia da ICS Funorte/SOEBRAS

Leia mais

FACULDADES UNIDAS DO NORTE DE MINAS - FUNORTE INSTITUTO DE CIÊNCIAS DA SAÚDE FERNANDO BAIER APARELHOS ORTOPÉDICOS DE AVANÇO MANDIBULAR

FACULDADES UNIDAS DO NORTE DE MINAS - FUNORTE INSTITUTO DE CIÊNCIAS DA SAÚDE FERNANDO BAIER APARELHOS ORTOPÉDICOS DE AVANÇO MANDIBULAR FACULDADES UNIDAS DO NORTE DE MINAS - FUNORTE INSTITUTO DE CIÊNCIAS DA SAÚDE FERNANDO BAIER APARELHOS ORTOPÉDICOS DE AVANÇO MANDIBULAR SANTA CRUZ DO SUL-RS 2012 FERNANDO BAIER APARELHOS ORTOPÉDICOS DE

Leia mais

Tratamento cirúrgico da má oclusão de Classe III dentária e esquelética

Tratamento cirúrgico da má oclusão de Classe III dentária e esquelética Caso Clínico BBO Tratamento cirúrgico da má oclusão de Classe III dentária e esquelética Ione Helena Vieira Portella Brunharo 1 O preparo ortodôntico para tratamento cirúrgico do padrão esquelético de

Leia mais

Setup: um Auxílio no Diagnóstico Ortodôntico

Setup: um Auxílio no Diagnóstico Ortodôntico Setup: um Auxílio no Diagnóstico Ortodôntico CASO CLÍNICO Setup: a Diagnosis Assistance in Orthodontics Michelle Santos VIANNA* Armando Yukio SAGA** Fernando Augusto CASAGRANDE*** Elisa Souza CAMARGO****

Leia mais

2 Cabrera CA, Cabrera MC, Cabrera LC

2 Cabrera CA, Cabrera MC, Cabrera LC 2 Cabrera CA, Cabrera MC, Cabrera LC Sumário Análise Digital Orthológica... 3 Introdução... 3 Pense com lógica... 3 Apenas cinco decisões consecutivas... 3 Tratamentos ortodônticos... 4 Tratamentos ortopédicos...

Leia mais