3 INDICADORES QUANTITATIVOS

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "3 INDICADORES QUANTITATIVOS"

Transcrição

1 3 INDICADORES QUANTITATIVOS Saídas Hospitalares Serviços Contratados Saídas Hospitalares Clínica Médica Clínica Cirúrgica TOTAL DE SAÍDAS Meta Média Meta Jul Ago Set Out Nov Dez % Alcance das Metas - Dezembro/ ,00% ,55% ,00% Fonte: MV : Atendimento Atendimento- Internação Relatório estáticos Hospitalar Sintético/ imprimir apenas Resumo/Quadro de Resumo por Data ( Altas + Óbitos). Na competência de dezembro de 2016, foi alcançado em 227,00% da meta de saídas pactuadas, em decorrência de aumento da demanda e consequente giro de leitos após a abertura da unidade de urgência e emergência, que mudou o perfil de atendimento do hospital para porta aberta.

2 Página 1

3 Página 2

4 Atendimento Ambulatorial Serviços Contratados Consultas Médicas Multidisciplinar - Consultas não Médicas Cirurgias, procedimentos e serviços Meta Média Meta Jul Ago Set Out Nov Dez % Alcance das Metas Dezembro / ,80% ,06% Total ,38% Fonte: MV SOUL: Atendimento - Ambulatório - Relatório - Estatístico - Atendimento por Serviço x Tipo de Atendimento - Ambulatório. Na competência de dezembro de 2016 foram realizados atendimentos ambulatoriais entre consultas médicas, não médicas e procedimentos ambulatoriais (infiltração articular, curativos, entre outros). Dentre os procedimentos pactuados em contrato, a meta foi alcançada em 76,38%. Conforme pactuado, o ambulatório do HEUE é destinado a pacientes cirúrgicos egresso da instituição em sua maioria, deste forma, os pacientes clínicos atendidos foram do perfil pactuado, não são assistidos ambulatoriamente. Nesse mês observamos uma elevada taxa de absenteísmo no agendamento das consultas médicas ambulatoriais muito superior ao usual, sendo registrado 19% de absenteísmo, fator contribuinte para baixo desempenho neste quesito. Destaque para o ambulatório de ortopedia com 23%, Vascular com 24%, neurocirurgião com 27%, cirurgia torácica com 28% e buco maxilo com 18,42% de absenteísmo. Para as consultas gerenciadas pelo Núcleo de Regulação e Acesso, segue tabela abaixo com quantitativo de consultas ofertadas x agendada x realizadas. Especialidade Ofertado Agendado Realizado Absenteísmo Buco-Maxilo-Facial Cirurgia Torácica 32 primeiras consultas / 68 consultas subsequentes 100 primeiras consultas / 200 consultas subsequentes ,42% ,00% Tabela 01. Quantitativo de consultas das especialidade de buco-maxilo-facial e cirurgia torácica regulados via NRA. Ressaltamos, que o quantitativo de consultas pactuados com NRA é de 1/3 do volume de consultas como primeira consulta, agendadas via NRA e 2/3 como consulta subse- Página 3

5 quente, de auto gestão, sendo esse quantitativo ofertado na totalizada conforme agendas encaminhadas para NRA. Apesar de não contratualizado, houve quantitativo significativo de procedimentos ambulatoriais, com destaque para procedimentos como curativos, imobilização entre outros. Página 4

6 Página 5

7 Página 6

8 SADT Externo Serviços Contratados Meta Média Meta Jul Ago Set Out Nov Dez % Alcance das Metas Dezembro/2016 Tomografia ,00% Endoscopia digestiva Colonoscopia ,11% Total: ,10% Fonte: MV SOUL: Diagnóstico por Imagem Relatório Operacionais Exames Realizados Por tipo de Atendimento Setor Executante (Tipo de Atendimento) Externo Na competência de dezembro de 2016, 100% dos exames pactuados foram ofertados, atingido desta forma a meta pactuada em contrato, conforme escalas enviadas para NRA, entretanto apenas 75,10% dos exames ofertados foram realizados, como discriminado em tabela acima. Observamos taxa de absenteísmo elevada, com 25% para agendamento da endoscopia digestiva e tomografia computadorizada. Quinze exames foram cancelados pela instituição devido a condições clinicas dos pacientes principalmente, conforme discriminado na tabela abaixo. SADT DISPONIBILIZADOS, AGENDADOS, EXECUTADOS E CANCELALOS MÊS: DEZEMBRO - ANO: 2016 MOTIVOS CANCELAMENTOS TIPO DE EXAMES QUANTITATIVO DE EXAMES DISPONIBILIZA- DOS POR HEUE QUANTITATIVO DE EXAMES AGENDADOS POR SISREG QUANTITATIVO DE EXAMES EXECUTADOS POR HEUE QUANTITATIVO DE EXAMES NÃO REALI- ZADOS POR NÃO COMPARECIMENTO QUANTITATIVO DE EXAMES CANCELADOS SISREG HEUE SISREG HEUE CONFORME TABELA ABAIXO EDA COLONO TC DATA DO CANCELAMENTO EXAME PACIENTE MOTIVO 2/12/2016 ENDOSCOPIA SIMONE DA COSTA ALVES NECESSÁRIO O LAUDO DO EXAME CARDI- OLOGICO PARA EXAME REMARCADO NÃO 9/12/2016 ENDOSCOPIA PEDRINA PEREIRA MELHORA DO QUADRO CLINICO (ASMA) NÃO 12/12/2016 ENDOSCOPIA RAAB PEREIRA SALAZAR SUSPEITA DE GRAVIDEZ NÃO 20/12/2016 ENDOSCOPIA LUIS CARLOS DE OLIVEIRA FRAGA PACIENTE CANCELOU POR MOTIVOS PESSOAIS 21/12/2016 ENDOSCOPIA JOÃO LUIZ DE SOUZA AUSENCIA DE JEJUM NÃO 26/12/2016 ENDOSCOPIA MARIA CONCEIÇÃO DE ALMEIDA 02/12/2016 COLONOSCOPIA RENILDA KELPM 02/12/2016 COLONOSCOPIA RAIMUNDO BONFIM DE JESUS AUSENCIA DE JEJUM NECESSÁRIO O LAUDO DO EXAME CARDI- OLOGICO PARA EXAME AUSENCIA DE PREPARO CORRETO NÃO NÃO NÃO NÃO Página 7

9 05/12/2016 COLONOSCOPIA ADELSON SILVA FILHO AUSENCIA DE ACOMPANHANTE NÃO 07/12/2016 COLONOSCOPIA MARIA APARECIDA SO- BREIRA AUSENCIA DE RISCO CIRURGICO 07/12/2016 COLONOSCOPIA NELIA PAULA DOS ANJOS AUSENCIA DE PREPARO CORRETO NÃO 07/12/2016 COLONOSCOPIA 19/12/2016 COLONOSCOPIA GENILDA ROSARIO DE SOUZA JALMIR GREGORIO DO NASCIMENTO AUSENCIA DE PREPARO CORRETO ALTERAÇÃO CARDIOLOGICA 27/12/2016 COLONOSCOPIA GILDETE REIS AUSENCIA DE PREPARO CORRETO NÃO 30/12/2016 COLONOSCOPIA LUZIA GASOLI DOS SANTOS AUSENCIA DE RISCO CARDIOLOGICO NÃO Tabela 02. Relação de SADT disponibilizado, agendados, executados e cancelados no mês de novembro//2016. NÃO NÃO NÃO Página 8

10 Página 9

11 Página 10

12 Atendimento à Urgências Serviços Contratados Atendimentos às urgências/ emergência Meta Média Meta Jul Ago Set Out Nov Dez % Alcance das Metas Dezembro/ ,69% Fonte: MV SOUL: Atendimento Urgência e Emergência Relatórios - Estatísticos Atendimento por Origem - Filtrar por Origem: Recepção Pronto Socorro HEUE. Serviços Contratados Demanda Espontânea Demanda Ortopédica HESL Jan Fev Mar Abr Mai Jun Jul Ago Set Out Nov Dez Total A linha de serviço Atendimento de Pronto Socorro ampliou o quantitativo de atendimento com abertura para demanda espontânea, incluído neste os serviços pré-hospitalares de urgência e pacientes encaminhados de outros unidades. Página 11

13 Página 12

14 4 INDICADORES QUALITATIVOS Atenção ao Cliente Apresentação de AIH realizadas no período Implantação do Protocolos Clínicos Gerenciamento De Risco Indicador Sub- Indicador Média Jul Ago Set Out Nov Dez Implantação do SAC SIM 92,00% 88,00% 87,00% 85,00% 86,00% 87,00% 90,00% Tempo de Resposta % de AIH referentes às Saídas Protocolos Implantados 1º Trim./16 Implantação das Auditorias de Processos Críticos Gerenciamento de Risco nas UTI/UADC Sim 3 dias 4 dias 2 dias 2 dias 3 dias 2,72 dias 1,57 dias 100% Faturadas 100% 100% 100% 100% 100,00% 100% 100% 100% 100% Fonte: MV SOUL: Atendimento ao cliente - Relatório de Atividades do S.A.U Fonte: MV SOUL: Apresentação de AIH : Contas Apresentadas X Pacientes Saídos 100% 100% 100% 100% 100% 100% 100,00% 100% 100% 100% 100% 100% 100% 100% Quanto ao indicadores qualitativos, houve cumprimento das metas pactuadas referente a todos os itens avaliados. Foi finalizado o treinamento dos principais profissionais envolvidos no protocolo de sepse, estando a implantação concluída. Página 13

15 Página 14

16 Página 15

17 Página 16

SAÍDAS HOSPITALARES Serviços Contratados Meta Realizado % Alcance das Metas Clínica Médica 136 146 93,38 % Saídas Clínica Cirúrgica 160

SAÍDAS HOSPITALARES Serviços Contratados Meta Realizado % Alcance das Metas Clínica Médica 136 146 93,38 % Saídas Clínica Cirúrgica 160 SAÍDAS HOSPITALARES Serviços Contratados Meta Realizado % Alcance das Metas Clínica Médica 136 146 93,38 % Saídas Clínica Cirúrgica 160 83 63,75% Hospitalares TOTAL DE SAÍDAS 296 229 77,36% Fonte: MV SOUL:

Leia mais

Superintendência de Gestão, Planejamento e Finanças Gerência de Contratos e Convênios ANEXO II METAS DE PRODUÇÃO

Superintendência de Gestão, Planejamento e Finanças Gerência de Contratos e Convênios ANEXO II METAS DE PRODUÇÃO ANEXO II METAS DE PRODUÇÃO 1. ATIVIDADES MÍNIMAS A REALIZAR 1.1. ASSISTÊNCIA HOSPITALAR Produção. 1.1.1. Realizar, no mínimo, 90% da meta estabelecida no Plano de Metas de 1.1.2. O indicador de aferição

Leia mais

DEMONSTRATIVO DE CÁLCULO DE APOSENTADORIA - FORMAÇÃO DE CAPITAL E ESGOTAMENTO DAS CONTRIBUIÇÕES

DEMONSTRATIVO DE CÁLCULO DE APOSENTADORIA - FORMAÇÃO DE CAPITAL E ESGOTAMENTO DAS CONTRIBUIÇÕES Página 1 de 28 Atualização: da poupança jun/81 1 133.540,00 15,78 10,00% 13.354,00 10,00% 13.354,00 26.708,00-0,000% - 26.708,00 26.708,00 26.708,00 jul/81 2 133.540,00 15,78 10,00% 13.354,00 10,00% 13.354,00

Leia mais

Hospital Geral de Itapecerica da Serra - Seconci-SP OSS

Hospital Geral de Itapecerica da Serra - Seconci-SP OSS 1 - PRONTO SOCORRO 1.1 - Atendimento de Urgência e/ou Emergência Segundo Especialidade Especialidade Jan Fev Mar Abr Mai Jun Jul Ago Set Out Nov ez % Clínica Pediátrica 2131 2132 3541 4612 3604 3159 2596

Leia mais

PRESTAÇÃO DE CONTAS JULHO/2014

PRESTAÇÃO DE CONTAS JULHO/2014 PRESTAÇÃO DE CONTAS JULHO/2014 31/07/2014 COMPLEXO ESTADUAL DO CÉREBRO V Relatório de gestão dos serviços assistenciais do Complexo Estadual do Cérebro: Instituto Estadual do Cérebro Paulo Niemeyer e Hospital

Leia mais

PRÓ-TRANSPORTE - MOBILIDADE URBANA - PAC COPA 2014 - CT 318.931-88/10

PRÓ-TRANSPORTE - MOBILIDADE URBANA - PAC COPA 2014 - CT 318.931-88/10 AMPLIAÇÃO DA CENTRAL DE Simpl Acum Simpl Acum jul/10 a jun/11 jul/11 12 13 (%) (%) (%) (%) 1.72.380,00 0,00 0,00 0,00 361.00,00 22,96 22,96 1/11 AMPLIAÇÃO DA CENTRAL DE ago/11 Simpl Acum Simpl Acum Simpl

Leia mais

PRÓ-TRANSPORTE - MOBILIDADE URBANA - PAC COPA 2014 - CT 318.931-88/10

PRÓ-TRANSPORTE - MOBILIDADE URBANA - PAC COPA 2014 - CT 318.931-88/10 AMPLIAÇÃO DA CENTRAL DE Simpl Acum Simpl Acum jul/10 a jun/11 jul/11 12 13 (%) (%) (%) (%) 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 1/11 AMPLIAÇÃO DA CENTRAL DE ago/11 Simpl Acum Simpl Acum Simpl Acum 14 set/11 15

Leia mais

DADOS E INDICADORES HOSPITALAR

DADOS E INDICADORES HOSPITALAR DADOS E INDICADORES HOSPITALAR - 2015 INDICADORES JAN FEV MAR ABR MAI JUN JUL AGO SET OUT NOV DEZ TOTAL DIÁRIA INTERNAÇÕES 2.209 2.005 2.380 2.214 2.095 2.164 2.126 2.240 17.433 2.179 73 ALTAS 2.184 2.002

Leia mais

GOVERNO DO ESTADO DE SANTA CATARINA SECRETARIA DE ESTADO DA SAÚDE CONTRATOS DE GESTÃO RELATÓRIO DE EXECUÇÃO METAS QUALITATIVAS FEVEREIRO/2016

GOVERNO DO ESTADO DE SANTA CATARINA SECRETARIA DE ESTADO DA SAÚDE CONTRATOS DE GESTÃO RELATÓRIO DE EXECUÇÃO METAS QUALITATIVAS FEVEREIRO/2016 SECRETARIA DE ESTADO DA SAÚDE CONTRATOS DE GESTÃO RELATÓRIO DE EXECUÇÃO METAS QUALITATIVAS FEVEREIRO/2016 INSTITUTO SANTÉ HOSPITAL REGIONAL TEREZINHA GAIO BASSO SÃO MIGUEL DO OESTE/FEVEREIRO DE 2016 2

Leia mais

GOVERNO DO ESTADO DE SANTA CATARINA SECRETARIA DE ESTADO DA SAÚDE CONTRATOS DE GESTÃO XXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXX RELATÓRIO DE EXECUÇÃO

GOVERNO DO ESTADO DE SANTA CATARINA SECRETARIA DE ESTADO DA SAÚDE CONTRATOS DE GESTÃO XXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXX RELATÓRIO DE EXECUÇÃO SECRETARIA DE ESTADO DA SAÚDE CONTRATOS DE GESTÃO XXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXX RELATÓRIO DE EXECUÇÃO METAS QUALITATIVAS MARÇO/2016 INSTITUTO SANTÉ HOSPITAL REGIONAL TEREZINHA GAIO BASSO 2 SÃO MIGUEL DO OESTE/MARÇO

Leia mais

GOVERNO DO ESTADO DE SANTA CATARINA SECRETARIA DE ESTADO DA SAÚDE CONTRATOS DE GESTÃO XXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXX RELATÓRIO DE EXECUÇÃO

GOVERNO DO ESTADO DE SANTA CATARINA SECRETARIA DE ESTADO DA SAÚDE CONTRATOS DE GESTÃO XXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXX RELATÓRIO DE EXECUÇÃO SECRETARIA DE ESTADO DA SAÚDE CONTRATOS DE GESTÃO XXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXX RELATÓRIO DE EXECUÇÃO METAS QUALITATIVAS JUNHO/2016 INSTITUTO SANTÉ HOSPITAL REGIONAL TEREZINHA GAIO BASSO 2 SÃO MIGUEL DO OESTE/JUNHO

Leia mais

GOVERNO DO ESTADO DE SANTA CATARINA SECRETARIA DE ESTADO DA SAÚDE CONTRATOS DE GESTÃO XXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXX RELATÓRIO DE EXECUÇÃO

GOVERNO DO ESTADO DE SANTA CATARINA SECRETARIA DE ESTADO DA SAÚDE CONTRATOS DE GESTÃO XXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXX RELATÓRIO DE EXECUÇÃO SECRETARIA DE ESTADO DA SAÚDE CONTRATOS DE GESTÃO XXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXX RELATÓRIO DE EXECUÇÃO METAS QUALITATIVAS MAIO/2016 INSTITUTO SANTÉ HOSPITAL REGIONAL TEREZINHA GAIO BASSO 2 SÃO MIGUEL DO OESTE/MAIO

Leia mais

SECRETARIA DE ESTADO DA SAÚDE DE SÃO PAULO A POLÍTICA ESTADUAL DE REGULAÇÃO E A CROSS

SECRETARIA DE ESTADO DA SAÚDE DE SÃO PAULO A POLÍTICA ESTADUAL DE REGULAÇÃO E A CROSS A POLÍTICA ESTADUAL DE REGULAÇÃO E A CROSS 13/08/2013 Portaria GM/MS 399/2006 diretrizes do pacto pela saúde. Portaria GM/MS 1.559/2008 institui a Política Nacional de Regulação do Sistema Único de Saúde.

Leia mais

DATA DIA DIAS DO FRAÇÃO DATA DATA HORA DA INÍCIO DO ANO JULIANA SIDERAL T.U. SEMANA DO ANO TRÓPICO 2450000+ 2460000+

DATA DIA DIAS DO FRAÇÃO DATA DATA HORA DA INÍCIO DO ANO JULIANA SIDERAL T.U. SEMANA DO ANO TRÓPICO 2450000+ 2460000+ CALENDÁRIO, 2015 7 A JAN. 0 QUARTA -1-0.0018 7022.5 3750.3 1 QUINTA 0 +0.0009 7023.5 3751.3 2 SEXTA 1 +0.0037 7024.5 3752.3 3 SÁBADO 2 +0.0064 7025.5 3753.3 4 DOMINGO 3 +0.0091 7026.5 3754.3 5 SEGUNDA

Leia mais

PRESTAÇÃO DE CONTAS JANEIRO/2014

PRESTAÇÃO DE CONTAS JANEIRO/2014 PRESTAÇÃO DE CONTAS JANEIRO/2014 31/01/2014 HOSPITAL ESTADUAL ALBERTO TORRES V. Relatório referente a execução do Contrato de Gestão 31/2012 sobre as ações executadas sobre o apoio ao gerenciamento e execução

Leia mais

3º Avaliação Trimestral 2º Ano do Contrato de Gestão nº. 02/2010 Dezembro de 2011 à Fevereiro de 2012

3º Avaliação Trimestral 2º Ano do Contrato de Gestão nº. 02/2010 Dezembro de 2011 à Fevereiro de 2012 Governo do Estado de Pernambuco Secretaria Estadual de Saúde Secretaria Executiva de Atenção à Saúde Diretoria Geral de Modernização e Monitoramento de Assistência à Saúde UPA Torrões 3º Avaliação Trimestral

Leia mais

Prestação de Contas. Maio/2017

Prestação de Contas. Maio/2017 Prestação de Contas Maio/2017 Índice Relatório de Atividades Atendimento P.A. Adulto & Pediatria Internações Internações & Cirurgias Partos Realizados Tipos de Partos Atendimentos G.O. Maternidade Teste

Leia mais

Secretaria de Estado da Saúde SP Coordenadoria de Regiões de Saúde - CRS. Painel Santa Casa SUStentável

Secretaria de Estado da Saúde SP Coordenadoria de Regiões de Saúde - CRS. Painel Santa Casa SUStentável Painel Santa Casa SUStentável Em 11 de dezembro de 2013 foi realizado o lançamento do Programa de auxílio às Santas Casas e hospitais filantrópicos do Estado de São Paulo. O projeto, conhecido como Santa

Leia mais

RADIOTERAPIA e ONCOLOGIA

RADIOTERAPIA e ONCOLOGIA RADIOTERAPIA e ONCOLOGIA Radioterapia FILA ÚNICA - A partir de 11.07.2014 todas as solicitações de radioterapia do município reguladas em fila única; PROGRAMAÇÃO NO SISREG oferta das unidades executantes

Leia mais

Data Moeda Valor Vista Descrição Taxa US$ 07-Jul-00 Real 0,5816 Sem frete - PIS/COFINS (3,65%) NPR 1,81 14-Jul-00 Real 0,5938 Sem frete - PIS/COFINS

Data Moeda Valor Vista Descrição Taxa US$ 07-Jul-00 Real 0,5816 Sem frete - PIS/COFINS (3,65%) NPR 1,81 14-Jul-00 Real 0,5938 Sem frete - PIS/COFINS Data Moeda Valor Vista Descrição Taxa US$ 07-Jul-00 Real 0,5816 Sem frete - PIS/COFINS (3,65%) NPR 1,81 14-Jul-00 Real 0,5938 Sem frete - PIS/COFINS (3,65%) NPR 1,8 21-Jul-00 Real 0,6493 Sem frete - PIS/COFINS

Leia mais

Tipologia dos Estabelecimentos de Saúde

Tipologia dos Estabelecimentos de Saúde Tipologia dos Estabelecimentos de Saúde O Cadastro Nacional de Estabelecimentos de Saúde - CNES foi implantado em 29 de dezembro de 2000, através da Portaria SAS n.º 511. O CNES abrange a todos os estabelecimentos

Leia mais

RELATÓRIO DE DESEMPENHO. Hospital Estadual Rocha Faria RJ Novembro/2015 PRÓ-SAÚDE ASSOCIAÇÃO BENEFICENTE DE ASSISTÊNCIA SOCIAL E HOSPITALAR

RELATÓRIO DE DESEMPENHO. Hospital Estadual Rocha Faria RJ Novembro/2015 PRÓ-SAÚDE ASSOCIAÇÃO BENEFICENTE DE ASSISTÊNCIA SOCIAL E HOSPITALAR PRÓ-SAÚDE ASSOCIAÇÃO BENEFICENTE DE ASSISTÊNCIA SOCIAL E HOSPITALAR Serviço Público Estadual Processo: E-08/7782/2012 Data: 26/12/2012 Fls. 1 Rubrica: LFS ID. 500.5891-6 EDITAL DE SELEÇÃO Nº 008/2012 Seleção

Leia mais

PRESTAÇÃO DE CONTAS FEVEREIRO/2015

PRESTAÇÃO DE CONTAS FEVEREIRO/2015 PRESTAÇÃO DE CONTAS FEVEREIRO/2015 11/03/2015 HOSPITAL ESTADUAL ROCHA FARIA CAMPO GRANDE / RJ V. Relatório referente ao Contrato de Gestão 30/2012 sobre os serviços assistenciais da Maternidade, Odontologia

Leia mais

Estratégias da Implantação para a Conquista da Certificação ONA no Hospital Municipal de Mogi das Cruzes

Estratégias da Implantação para a Conquista da Certificação ONA no Hospital Municipal de Mogi das Cruzes Estratégias da Implantação para a Conquista da Certificação ONA no Hospital Municipal de Mogi das Cruzes Nossa história Cenário Cenário Nossa história Setores Previsão segundo o Plano de Trabalho Quando

Leia mais

PRESTAÇÃO DE CONTAS FEVEREIRO/2014

PRESTAÇÃO DE CONTAS FEVEREIRO/2014 PRESTAÇÃO DE CONTAS FEVEREIRO/2014 28/02/2014 V Relatório de gestão dos serviços assistenciais da Unidade Ortopedia/Traumatologia, Anestesiologia e Neurocirurgia do Hospital Estadual Getúlio Vargas no

Leia mais

CENTRO DE PROCEDIMENTO E APOIO

CENTRO DE PROCEDIMENTO E APOIO CENTRO DE PROCEDIMENTO E APOIO Zona Norte Zona Leste Av. Água Fria, 135- Santana Av. Celso Garcia, 4974 -Tatuapé Para atender as necessidades de mercado e se tornar ainda mais competitiva, a Unimed adotou

Leia mais

TABELA PRÁTICA PARA CÁLCULO DOS JUROS DE MORA ICMS ANEXA AO COMUNICADO DA-87/12

TABELA PRÁTICA PARA CÁLCULO DOS JUROS DE MORA ICMS ANEXA AO COMUNICADO DA-87/12 JANEIRO 2,8451 2,7133 2,4903 2,3303 2,1669 1,9859 1,7813 1,6288 1,4527 1,3148 1,1940 1,0684 FEVEREIRO 2,8351 2,6895 2,4758 2,3201 2,1544 1,9676 1,7705 1,6166 1,4412 1,3048 1,1840 1,0584 MARÇO 2,8251 2,6562

Leia mais

Hospital Pirajussara ÍNDICE. I- Indicadores. Indicadores Hospitalares. Taxa de Aceitabilidade. Medicina do Trabalho. Relatórios de Produção

Hospital Pirajussara ÍNDICE. I- Indicadores. Indicadores Hospitalares. Taxa de Aceitabilidade. Medicina do Trabalho. Relatórios de Produção Hospital Pirajussara ÍNDICE I- Indicadores Indicadores Hospitalares Taxa de Aceitabilidade Medicina do Trabalho II- III- IV- Relatórios de Produção Relatórios Financeiros Projetos de Qualidade Acreditação

Leia mais

Atenção Domiciliar no Município do Rio de Janeiro. Germana Périssé Girlana Marano Hortense Marcier Brasília Dezembro/2013

Atenção Domiciliar no Município do Rio de Janeiro. Germana Périssé Girlana Marano Hortense Marcier Brasília Dezembro/2013 Atenção Domiciliar no Município do Rio de Janeiro Germana Périssé Girlana Marano Hortense Marcier Brasília Dezembro/2013 COMPOSIÇÃO DAS EQUIPES Contratadas pelas Organizações Sociais Cada Base: 1 EMAP/2

Leia mais

Experiência da Central de Regulação em Ubatuba

Experiência da Central de Regulação em Ubatuba Experiência da Central de Regulação em Ubatuba Departamento de Regulação Secretaria Municipal de Saúde de Ubatuba regulacaoubatuba@gmail.com Francine França Tel: (12) 3834-2307 Nossa Cidade Localizada

Leia mais

metas do plano de trabalho

metas do plano de trabalho Associação das Pioneiras Sociais Rede SARAH de Hospitais de Reabilitação Acompanhamento das metas do plano de trabalho 2016 Acompanhamento das metas do plano de trabalho 2016 1º semestre 2016 Conforme

Leia mais

GESTÃO DA CLINICA E A INSERÇÃO DAS UPA24H NA REDE DE URGÊNCIA E EMERGÊNCIA

GESTÃO DA CLINICA E A INSERÇÃO DAS UPA24H NA REDE DE URGÊNCIA E EMERGÊNCIA GESTÃO DA CLINICA E A INSERÇÃO DAS UPA24H NA REDE DE URGÊNCIA E EMERGÊNCIA EM SÃO BERNARDO DO CAMPO COSEMS 2014 UBATUBA Secretaria de Saúde de São Bernardo do Campo Departamento de Atenção Hospitalar e

Leia mais

Unimed de Londrina. A Auditoria Analítica e a Gestão Compartilhada

Unimed de Londrina. A Auditoria Analítica e a Gestão Compartilhada Unimed de Londrina A Auditoria Analítica e a Gestão Compartilhada A Auditoria Analítica e a Gestão Compartilhada Unimed de Londrina Jorge Luis Gonçalves (Superintendente de Provimento de Saúde) Dr. Ivan

Leia mais

Safra 2016/2017. Safra 2015/2016

Safra 2016/2017. Safra 2015/2016 Valores de ATR e Preço da Tonelada de Cana-de-açúcar - Consecana do Estado do Paraná Safra 2016/2017 Mar/16 0,6048 0,6048 0,6048 66,04 73,77 Abr 0,6232 0,6232 0,5927 64,72 72,29 Mai 0,5585 0,5878 0,5868

Leia mais

CASA DE SAÚDE SÃO LUCAS RELATÓRIO DAS ATIVIDADES REALIZADAS PELA EQUIPE DO NÚCLEO HOSPITALAR DE VIGILÂNCIA EPIDEMIOLÓGICA JANEIRO A DEZEMBRO DE 2014

CASA DE SAÚDE SÃO LUCAS RELATÓRIO DAS ATIVIDADES REALIZADAS PELA EQUIPE DO NÚCLEO HOSPITALAR DE VIGILÂNCIA EPIDEMIOLÓGICA JANEIRO A DEZEMBRO DE 2014 CASA DE SAÚDE SÃO LUCAS RELATÓRIO DAS ATIVIDADES REALIZADAS PELA EQUIPE DO NÚCLEO HOSPITALAR DE VIGILÂNCIA EPIDEMIOLÓGICA JANEIRO A DEZEMBRO DE 24 NATAL / RN DEZEMBRO / 24 CASA DE SAÚDE SÃO LUCAS Diretores

Leia mais

GOVERNO DO ESTADO DO PARÁ SECRETARIA DE ESTADO DE SAÚDE PÚBLICA SISTEMA ÚNICO DE SAÚDE

GOVERNO DO ESTADO DO PARÁ SECRETARIA DE ESTADO DE SAÚDE PÚBLICA SISTEMA ÚNICO DE SAÚDE 7 TERMO ADITIVO AO CONTRATO Nº. 046/2012 PROCESSO Nº 2015/231452 7 TERMO ADITIVO AO CONTRATO Nº. 046/2012, QUE ENTRE SI CELEBRAM, DE UM LADO A SECRETARIA DE ESTADO DE SAÚDE PÚBLICA E, DE OUTRO, ASSOCIAÇÃO

Leia mais

Soluções que facilitam a gestão da saúde

Soluções que facilitam a gestão da saúde Soluções que facilitam a gestão da saúde A Hospidata Mais eficiência na gestão de saúde Empresa do grupo MV, líder brasileira em soluções de tecnologia para gestão da saúde, a Hospidata oferece um portfólio

Leia mais

Curso Pré-congresso Governança Corporativa Governança em Hospitais

Curso Pré-congresso Governança Corporativa Governança em Hospitais QualiHosp 2017 Congresso Internacional de Qualidade em Serviços e Sistemas de Saúde Curso Pré-congresso Governança Corporativa Governança em Hospitais São Paulo, 20 de março de 2017 Renilson Rehem Governança

Leia mais

CENTRO DE REFERÊNCIA DO IDOSO DA ZONA NORTE CRI ZONA NORTE

CENTRO DE REFERÊNCIA DO IDOSO DA ZONA NORTE CRI ZONA NORTE CENTRO DE REFERÊNCIA DO IDOSO DA ZONA NORTE CRI ZONA NORTE INDICADORES PARA A PARTE VARIÁVEL CONTRATO DE GESTÃO DESCRIÇÃO E METODOLOGIA DE CÁLCULO 2015 1 Sumário Introdução 03 Pré Requisitos 03 Controle

Leia mais

UNIMED PAULISTANA SEDIMENTAÇÃO DA CULTURA DE NOTIFICAÇÃO DE EVENTO SENTINELA HOSPITAL UNIMED SANTA HELENA

UNIMED PAULISTANA SEDIMENTAÇÃO DA CULTURA DE NOTIFICAÇÃO DE EVENTO SENTINELA HOSPITAL UNIMED SANTA HELENA UNIMED PAULISTANA SEDIMENTAÇÃO DA CULTURA DE NOTIFICAÇÃO DE EVENTO SENTINELA HOSPITAL UNIMED SANTA HELENA Lidiana Oliveira Mendes Vanessa Esperidião da Silva Tatiane Silva Vieira UNIMED PAULISTANA 252

Leia mais

CONVÊNIO Nº. 006/2007 SERVIÇO DE OFTALMOLOGIA

CONVÊNIO Nº. 006/2007 SERVIÇO DE OFTALMOLOGIA CONVÊNIO Nº. 006/2007 SERVIÇO DE OFTALMOLOGIA CONVÊNIO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS ESPECIALIZADOS CELEBRADO ENTRE A FUNDAÇÃO HOSPITALAR SANTA TEREZINHA DE ERECHIM E O MUNICÍPIO DE PONTE PRETA PARA PRESTAÇÃO

Leia mais

TERMO TÉCNICO PARA ELABORAÇÃO DE PROPOSTA CONTRATAÇÃO DE PESSOA JURÍDICA ESPECIALIZADA PARA PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS MÉDICOS EM ANESTESIOLOGIA

TERMO TÉCNICO PARA ELABORAÇÃO DE PROPOSTA CONTRATAÇÃO DE PESSOA JURÍDICA ESPECIALIZADA PARA PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS MÉDICOS EM ANESTESIOLOGIA TERMO TÉCNICO PARA ELABORAÇÃO DE PROPOSTA CONTRATAÇÃO DE PESSOA JURÍDICA ESPECIALIZADA PARA PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS MÉDICOS EM ANESTESIOLOGIA PROCEDIMENTO DE CONTRATAÇÃO DE SERVIÇOS TÉCNICOS ESPECIALIZADOS

Leia mais

N. 044/2017. As especificações mínimas para a prestação dos serviços encontram-se abaixo relacionadas:

N. 044/2017. As especificações mínimas para a prestação dos serviços encontram-se abaixo relacionadas: PROCESSO SELETIVO PARA CONTRATAÇÃO DE SERVIÇOS MÉDICOS PERTINENTES À REALIZAÇÃO DE EXAMES AMBULATORIAIS DE ENDOSCOPIA DIGESTIVA ALTA E COLONOSCOPIA COM COLETA DE MATERIAL BIOLÓGICO (BIOPSIA DIAGNÓSTICA)

Leia mais

Código Descrição Código Descrição

Código Descrição Código Descrição VI - TABELA DE DOMÍNIO TABELAS Código Descrição Código Descrição 01 02 03 04 Lista de Procedimentos Médicos AMB 90 Lista de Procedimentos Médicos AMB 92 Lista de Procedimentos Médicos AMB 96 Lista de Procedimentos

Leia mais

PROGRAMA NACIONAL DE GESTÃO DE CUSTOS

PROGRAMA NACIONAL DE GESTÃO DE CUSTOS SECRETARIA DE SAÚDE DO ESTADO DA BAHIA INSTITUTO DE PERINATOLOGIA DA BAHIA - IPERBA PROGRAMA NACIONAL DE GESTÃO DE CUSTOS IPERBA O IPERBA é um Hospital especializado em atenção à saúde da mulher e ao recém-nascido,

Leia mais

PROCEDIMENTO DE CONTRATAÇÃO DE SERVIÇOS TÉCNICOS ESPECIALIZADOS Nº DT 02/2016

PROCEDIMENTO DE CONTRATAÇÃO DE SERVIÇOS TÉCNICOS ESPECIALIZADOS Nº DT 02/2016 TERMO TÉCNICO PARA ELABORAÇÃO DE PROPOSTA CONTRATAÇÃO DE PESSOA JURÍDICA ESPECIALIZADA PARA PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS MÉDICOS EM MEDICINA INTENSIVA PEDIÁTRICA PROCEDIMENTO DE CONTRATAÇÃO DE SERVIÇOS TÉCNICOS

Leia mais

ASSOCIAÇÃO BENEFICENTE HOSPITAL BEATRIZ RAMOS SERVIÇO DE ARQUIVO MÉDICO E ESTATÍSTICA - SAME

ASSOCIAÇÃO BENEFICENTE HOSPITAL BEATRIZ RAMOS SERVIÇO DE ARQUIVO MÉDICO E ESTATÍSTICA - SAME QUADRO COMPARATIVO DE INTERNAÇÕES CONVÊNIO Janeiro Fevereiro Março Abril Maio Junho Julho Agosto Setembro Outubro Novembro Média Total Acidente de Transito Agemed 9 Amil Caixa 1 Cassi Euro-Center Ltda.

Leia mais

Lançamento de Novo Produto. Unimed Hospitalar

Lançamento de Novo Produto. Unimed Hospitalar Lançamento de Novo Produto Unimed Hospitalar Motivações e Oportunidades Nova linha de produtos Possibilidade de realização de consulta particular pelo médico cooperado da Unimed Campinas Abertura para

Leia mais

ASSOCIAÇÃO BENEFICENTE HOSPITAL BEATRIZ RAMOS SERVIÇO DE ARQUIVO MÉDICO E ESTATÍSTICA - SAME

ASSOCIAÇÃO BENEFICENTE HOSPITAL BEATRIZ RAMOS SERVIÇO DE ARQUIVO MÉDICO E ESTATÍSTICA - SAME QUADRO COMPARATIVO DE INTERNAÇÕES CONVÊNIO Janeiro Fevereiro Março Abril Maio Junho Julho Agosto Setembro Outubro Novembro Dezembro Total Acidente de Transito 13 5 5 3 6 1 4 3 3 3 7 1 54 Agemed 7 4 3 4

Leia mais

Hospital Sofia Feldman: compromisso com a VIDA. Florianópolis, novembro de 2013

Hospital Sofia Feldman: compromisso com a VIDA. Florianópolis, novembro de 2013 Hospital Sofia Feldman: compromisso com a VIDA. Florianópolis, novembro de 2013 Criado há 31 anos, é uma instituição filantrópica de direito privado, conveniado com o Sistema Único de Saúde, prestador

Leia mais

SISTEMA NACIONAL DE REGULAÇÃO (SISREG)

SISTEMA NACIONAL DE REGULAÇÃO (SISREG) SISTEMA NACIONAL DE REGULAÇÃO (SISREG) COMISSÃO INTERGESTORES TRIPARTITE (CIT) João Marcelo B. Silva Coordenador-Geral de Regulação e Avaliação (CGRA/DRAC/SAS/MS) Brasília, janeiro de 2017 Sistema Nacional

Leia mais

Organograma UDI Hospital

Organograma UDI Hospital Organograma UDI Hospital ASSEMBLÉIA DOS SÓCIOS CONSELHO CONSULTIVO Centro de Estudos Ensino e Pesquisa CONSELHO FISCAL/ AUDITORIA INDEPENDENTE COMISSÃO DE ÉTICA MÉDICA UDI HOSPITAL SUPERINTENDÊNCIA DIRETOR

Leia mais

XXX CONGRESSO DE SECRETÁRIOS MUNICIPAIS DE SAÚDE DO ESTADO DE SÃO PAULO DESAFIOS DA POLÍTICA NACIONAL DE REGULAÇÃO

XXX CONGRESSO DE SECRETÁRIOS MUNICIPAIS DE SAÚDE DO ESTADO DE SÃO PAULO DESAFIOS DA POLÍTICA NACIONAL DE REGULAÇÃO Ministério da Saúde - MS Secretaria de Atenção à Saúde - SAS Departamento de Regulação, Avaliação e Controle de Sistemas - DRAC Coordenação Geral de Regulação e Avaliação - CGRA XXX CONGRESSO DE SECRETÁRIOS

Leia mais

RELATÓRIO DE GESTÃO DA SAHUDES

RELATÓRIO DE GESTÃO DA SAHUDES RELATÓRIO DE GESTÃO DA SAHUDES A Sociedade de Apoio, Humanização e Desenvolvimento de Serviços de Saúde SAHUDES, devidamente qualificada como Organização Social, titulação deferida através do Decreto Municipal

Leia mais

EMPREGO E SALÁRIO DE SERVIÇOS DE SALVADOR (BA) - AGOSTO

EMPREGO E SALÁRIO DE SERVIÇOS DE SALVADOR (BA) - AGOSTO EMPREGO E SALÁRIO DE SERVIÇOS DE SALVADOR (BA) - AGOSTO 2010 - Elaboração: Francisco Estevam Martins de Oliveira, Estatístico AD HOC Revisão Técnica: José Varela Donato SUMÁRIO 1. RESULTADOS SINTÉTICOS

Leia mais

Paciente Certo no Lugar Certo Gestão de Fluxo no Hospital. Mara Lílian Soares Nasrala

Paciente Certo no Lugar Certo Gestão de Fluxo no Hospital. Mara Lílian Soares Nasrala Paciente Certo no Lugar Certo Gestão de Fluxo no Hospital Mara Lílian Soares Nasrala HOSPITAL SANTA ROSA Indicadores - 2016 Leitos Instalados 180 Leitos UTI 61 Cirurgias 11.722 PA 75.034 Fundado em 1997-19

Leia mais

Regulação em Saúde no SUS e o Pacto Federativo.

Regulação em Saúde no SUS e o Pacto Federativo. Cláudio Tavares - Diretor de Regulação, Avaliação e Controle da Secretaria Municipal de Saúde de Goiânia (DRAC/SMS) Regulação em Saúde no SUS e o Pacto Federativo. Experiência do Município de Goiânia no

Leia mais

REGULAÇÃO AMBULATORIAL. agendamento de consultas especializadas e exames complementares

REGULAÇÃO AMBULATORIAL. agendamento de consultas especializadas e exames complementares REGULAÇÃO LATO IAL REGULAÇÃO AMBULATORIAL agendamento de consultas especializadas e exames complementares Os Centros Municipais de Saúde e Clínicas da Família são as unidades responsá veis pelo seu cuidado.

Leia mais

PRESTAÇÃO DE CONTAS NOVEMBRO/2013

PRESTAÇÃO DE CONTAS NOVEMBRO/2013 PRESTAÇÃO DE CONTAS NOVEMBRO/2013 28/05/2013 HOSPITAL ESTADUAL ADÃO PEREIRA NUNES Relatório de gestão dos serviços assistenciais do V Hospital Estadual Adão Pereira Nunes, no Estado do Rio de Janeiro,

Leia mais

São Paulo, 09 de Abril de Ofício Lote III n.º 004/2010

São Paulo, 09 de Abril de Ofício Lote III n.º 004/2010 Ofício Lote III n.º 004/2010 São Paulo, 09 de Abril de 2010. Prezada Senhora, Através deste, encaminhamos o Relatório dos Indicadores Gerais de Acompanhamento e Avaliação da Gestão, dos Indicadores de

Leia mais

RELATÓRIO DE ACOMPANHAMENTO DA EXECUÇÃO FINANCEIRA

RELATÓRIO DE ACOMPANHAMENTO DA EXECUÇÃO FINANCEIRA CONTRATO 07/2013 EXERCÍCIO 2013 jan/13 fev/13 mar/13 abr/13 mai/13 jun/13 jul/13 ago/13 set/13 out/13 nov/13 dez/13 Número da Nota Fiscal emitida - - - - - - 92 99 110 121/133-157 - - Depósitos realizados

Leia mais

Associação de Caridade Santa Casa do Rio Grande Contrato Secretaria da Saúde do Estado do Rio Grande do Sul

Associação de Caridade Santa Casa do Rio Grande Contrato Secretaria da Saúde do Estado do Rio Grande do Sul Associação de Caridade Santa Casa do Rio Grande Contrato 2014-2015 Secretaria da Saúde do Estado do Rio Grande do Sul METAS - CONTRATO Nº 338 FIRMADO COM O SUS VIGÊNCIA: 14/AGO/2014 A 14/AGO/2015 Área

Leia mais

+ de Clientes Médicos Cooperados 260 Prestadores de Serviços 31 Unidades Estrutura e Serviços

+ de Clientes Médicos Cooperados 260 Prestadores de Serviços 31 Unidades Estrutura e Serviços A UNIMED VITÓRIA + de 338.000 Clientes 2.360 Médicos Cooperados 260 Prestadores de Serviços 31 Unidades Estrutura e Serviços A UNIMED VITÓRIA 01 Hospital Unimed (HU) 01 Hospital-Dia e Maternidade Unimed

Leia mais

ESTATÍSTICA HNSC

ESTATÍSTICA HNSC ESTATÍSTICA HNSC - 2007 DADOS ESTATÍSTICOS - LEITOS geral de leitos de leitos para internação de leitos para observação de leitos projeto Canguru Leitos do nos setores de internação na UTI adulto na UTI

Leia mais

SOBRAL - CEARÁ AVALIAÇÃO DO SERVIÇO DE FISIOTERAPIA DE MÉDIA COMPLEXIDADE AMBULATORIAL DO SUS NO MUNICÍPIO DE SOBRAL CE

SOBRAL - CEARÁ AVALIAÇÃO DO SERVIÇO DE FISIOTERAPIA DE MÉDIA COMPLEXIDADE AMBULATORIAL DO SUS NO MUNICÍPIO DE SOBRAL CE FRANCY WEBSTER DE ANDRADE PEREIRA AVALIAÇÃO DO SERVIÇO DE FISIOTERAPIA DE MÉDIA COMPLEXIDADE AMBULATORIAL DO SUS NO MUNICÍPIO DE SOBRAL CE SOBRAL - CEARÁ Região Centro Norte População 163.835 habitantes

Leia mais

PLANO DE MELHORIA DA QUALIDADE DAS RECLAMAÇÕES POR 1.000 ACESSOS APRESENTADAS PERANTE A ANATEL NET SERVIÇOS DE COMUNICAÇÃO S/A

PLANO DE MELHORIA DA QUALIDADE DAS RECLAMAÇÕES POR 1.000 ACESSOS APRESENTADAS PERANTE A ANATEL NET SERVIÇOS DE COMUNICAÇÃO S/A PLANO DE MELHORIA DA QUALIDADE DAS RECLAMAÇÕES POR 1.000 ACESSOS APRESENTADAS PERANTE A ANATEL NET SERVIÇOS DE COMUNICAÇÃO S/A RESUMO EXECUTIVO ONDE ESTAMOS PLANO DE AÇÃO PROGRAMA DE QUALIDADE NET RESUMO

Leia mais

PRONTO ATENDIMENTO SISTEMA DE EMERGÊNCIA EINSTEIN

PRONTO ATENDIMENTO SISTEMA DE EMERGÊNCIA EINSTEIN SISTEMA DE EMERGÊNCIA EINSTEIN TRIPLE AIM Todo paciente terá o atendimento de urgência e emergência (alta complexidade) realizado por equipe especializada com estrutura apropriada propiciando o diagnóstico

Leia mais

Dados Estatísticos Portabilidades. Setembro/2013

Dados Estatísticos Portabilidades. Setembro/2013 Dados Estatísticos Portabilidades Setembro/2013 Índice Termos Técnicos Utilizados... 3 Dados Quantitativos Evolução Mensal do Número de Portabilidades Cadastradas... 13 Apresentação de Resultados Tabela

Leia mais

Hospital Summit Terceirização de Serviços Médicos

Hospital Summit Terceirização de Serviços Médicos 15/03/2017 Hospital Summit Terceirização de Serviços Médicos Modelo Adotado Grupo São Lucas Ribeirania Ribeirão Preto Dr Pedro Antonio Palocci o Médico Pediatra formado pela XXIIIª Turma da FMRP-USP 1979

Leia mais

Regulação do Acesso às Consultas Especializadas de Porto Alegre IMPLANTAÇÃO DO GERCON

Regulação do Acesso às Consultas Especializadas de Porto Alegre IMPLANTAÇÃO DO GERCON Regulação do Acesso às Consultas Especializadas de Porto Alegre Oferta para Não Residentes IMPLANTAÇÃO DO GERCON SECRETARIA ESTADUAL DE SAÚDE/RS DEPARTAMENTO DE REGULAÇÃO ESTADUAL DRE/RS Histórico do Acesso

Leia mais

I FÓRUM DE CIRURGIA GERAL DO CFM ENSINO E RESIDÊNCIA MÉDICA EM CIRURGIA DIGESTIVA PRÉ-REQUISITOS, CONTEÚDO PROGRAMÁTICO E DURAÇÃO DO PROGRAMA

I FÓRUM DE CIRURGIA GERAL DO CFM ENSINO E RESIDÊNCIA MÉDICA EM CIRURGIA DIGESTIVA PRÉ-REQUISITOS, CONTEÚDO PROGRAMÁTICO E DURAÇÃO DO PROGRAMA I FÓRUM DE CIRURGIA GERAL DO CFM ENSINO E RESIDÊNCIA MÉDICA EM CIRURGIA DIGESTIVA PRÉ-REQUISITOS, CONTEÚDO PROGRAMÁTICO E DURAÇÃO DO PROGRAMA QUAIS AS COMPETÊNCIAS DO CIRURGIÃO GERAL QUAIS AS COMPETÊNCIAS

Leia mais

O PAPEL DA ALTA DIREÇÃO NA GESTÃO DA PRODUTIVIDADE

O PAPEL DA ALTA DIREÇÃO NA GESTÃO DA PRODUTIVIDADE O PAPEL DA ALTA DIREÇÃO NA GESTÃO DA PRODUTIVIDADE Hospital Moinhos de Vento PORTO ALEGRE, 26 DE MAIO DE 2017. MODELO DE GESTÃO MOINHOS Marcos Históricos do Moinhos 2014 Inauguração HRES 1927 Início das

Leia mais

ANEXO I - ACOMPANHAMENTO DAS METAS DO PLANO DE TRABALHO 2016

ANEXO I - ACOMPANHAMENTO DAS METAS DO PLANO DE TRABALHO 2016 ANEXO I - ACOMPANHAMENTO DAS METAS DO PLANO DE TRABALHO 2016 OBJETIVO ESTRATÉGICO 1º: Prestar assistência médica e de reabilitação, de excelência e gratuita, nas áreas neurológica e ortopédica. 1 Serviços

Leia mais

CONGRESSO COSEMSRS/2016. Sistema de Gerenciamento de Consultas

CONGRESSO COSEMSRS/2016. Sistema de Gerenciamento de Consultas CONGRESSO COSEMSRS/2016 Oficina 1 Mudança do Sistema de Regulação do Rio Grande do Sul Sistema de Gerenciamento de Consultas GRUPO DE TRABALHO (Portaria 712 de 18/06/2015 - DOPA ) CR CMCE, GTI, CRAB, CRAE,

Leia mais

RECALL SMITHS LISTA DOS PRODUTOS ENVOLVIDOS, IMPORTADOS AO BRASIL PELA CIRÚRGICA FERNANDES, COM INFORMAÇÕES SOBRE PRODUTOS VENDIDOS E EM ESTOQUE

RECALL SMITHS LISTA DOS PRODUTOS ENVOLVIDOS, IMPORTADOS AO BRASIL PELA CIRÚRGICA FERNANDES, COM INFORMAÇÕES SOBRE PRODUTOS VENDIDOS E EM ESTOQUE DOCUMENTO 2 LISTA DOS PRODUTOS ENVOLVIDOS, IMPORTADOS AO BRASIL PELA CIRÚRGICA FERNANDES, COM INFORMAÇÕES SOBRE PRODUTOS VENDIDOS E EM ESTOQUE 100.105.025 644425 10 10 fev/05 fev/10 9660 10/10/2005 13/10/2005

Leia mais

Vênus Em Aquário 25 Dez 1939. Vênus Em Peixes 18 Jan 1940. Vênus Em Áries 12 Fev 1940. Vênus Em Touro 8 Mar 1940. Vênus Em Gêmeos 4 Abr 1940

Vênus Em Aquário 25 Dez 1939. Vênus Em Peixes 18 Jan 1940. Vênus Em Áries 12 Fev 1940. Vênus Em Touro 8 Mar 1940. Vênus Em Gêmeos 4 Abr 1940 Vênus Em Aquário 25 Dez 1939 Vênus Em Peixes 18 Jan 1940 Vênus Em Áries 12 Fev 1940 Vênus Em Touro 8 Mar 1940 Vênus Em Gêmeos 4 Abr 1940 Vênus Em Câncer 6 Maio 1940 Vênus Em Gêmeos 5 Jul 1940 Vênus Em

Leia mais

LINHAS DE CUIDADO! Impactos sobre a Gestão Sergio Albuquerque Frederes Diretor de Relações Institucionais do HDP Médico

LINHAS DE CUIDADO! Impactos sobre a Gestão Sergio Albuquerque Frederes Diretor de Relações Institucionais do HDP Médico LINHAS DE CUIDADO! Impactos sobre a Gestão Sergio Albuquerque Frederes Diretor de Relações Institucionais do HDP Médico Rede de Saúde Divina Providência Rede de Saúde Divina Providência UMA ORGANIZAÇÃO

Leia mais

Ações que contribuem para a Qualidade de Vida dos colaboradores do Complexo Hospital Estadual de Ribeirão Preto, Prof. Dr. Carlos Eduardo Martinelli.

Ações que contribuem para a Qualidade de Vida dos colaboradores do Complexo Hospital Estadual de Ribeirão Preto, Prof. Dr. Carlos Eduardo Martinelli. Ações que contribuem para a Qualidade de Vida dos colaboradores do Complexo Hospital Estadual de Ribeirão Preto, Prof. Dr. Carlos Eduardo Martinelli. Histórico Em janeiro de 2008, foi celebrado Convênio

Leia mais

PROTOCOLO MANCHESTER. Paciente Recepcionado Identificado. Acolhido Classificado

PROTOCOLO MANCHESTER. Paciente Recepcionado Identificado. Acolhido Classificado Construção coletiva (revisão):, SMS, SAMU, UPA, PAM (12/02/2015) PROTOCOLO MANCHESTER Paciente Recepcionado Identificado Acolhido Classificado Emergência vermelho - IMEDIATO laranja (10 min) amarelo (60

Leia mais

Psicodiagnóstico Institucional e Projeto de Intervenção

Psicodiagnóstico Institucional e Projeto de Intervenção Psicodiagnóstico Institucional e Projeto de Intervenção PSICODIAGNÓSTICO INSTITUCIONAL/HOSPITAL Elemento preliminar ao projeto de Intervenção Mapeamento das áreas que apresentam maior demanda de intervenção

Leia mais

Estado do Rio de Janeiro Prefeitura Municipal de Carapebus Secretaria Municipal de Saúde

Estado do Rio de Janeiro Prefeitura Municipal de Carapebus Secretaria Municipal de Saúde Unidades & Serviços Estado do Rio de Janeiro Prefeitura Municipal de Carapebus Secretaria Municipal de Saúde Atenção Especializada Atenção Especializada Centro de Especialidades Médicas: O Centro de Especialidades

Leia mais

Rotatividade de Pessoal

Rotatividade de Pessoal Rotatividade de Pessoal 4 3 2,2 2,2 2,2 % 2 1 1,28 1,47 1,79 Representa o movimento de entradas e saídas de empregados Regime de contratação CLT Taxa de Absenteísmo Geral 2,5 2 % 1,5 1,21 1,28 1,96,96,96,5

Leia mais

CRF-RJ Conselho Regional de Farmácia do Estado do Rio de Janeiro Serviço de Registro (SR) RELATÓRIO JUNHO 2013 ÍNDICE

CRF-RJ Conselho Regional de Farmácia do Estado do Rio de Janeiro Serviço de Registro (SR) RELATÓRIO JUNHO 2013 ÍNDICE RELATÓRIO JUNHO ÍNDICE PROTOCOLO...2 PETIÇÕES PROTOCOLIZADAS NA SEDE E SECCIONAIS...2 1) SEDE...2 2) SECCIONAIS...2 a 4 TOTAL DE PETIÇÕES PROTOCOLIZADAS NO CRF-RJ...4 ATENDIMENTO PRESENCIAL E TELEFÔNICO

Leia mais

RELATÓRIO DETALHADO DO QUADRIMESTRE ANTERIOR 1º E 2º QUADRIMESTRE

RELATÓRIO DETALHADO DO QUADRIMESTRE ANTERIOR 1º E 2º QUADRIMESTRE RELATÓRIO DETALHADO DO QUADRIMESTRE ANTERIOR 1º E 2º QUADRIMESTRE ANO 2013 Conforme previsto no art. 36 da Lei Complementar N.º 141/2012, o Relatório Detalhado do Quadrimestral Anterior contém informações

Leia mais

Saúde para São Paulo

Saúde para São Paulo istock/getty Images Objetivos Ferramenta Integrada de Gestão e Governança Registro Eletrônico de Saúde RES Sistema para registro, recuperação e manipulação das informações de um Registro Eletrônico em

Leia mais

TERMO TÉCNICO PARA ELABORAÇÃO DE PROPOSTA

TERMO TÉCNICO PARA ELABORAÇÃO DE PROPOSTA TERMO TÉCNICO PARA ELABORAÇÃO DE PROPOSTA CONTRATAÇÃO DE PESSOA JURÍDICA ESPECIALIZADA PARA PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS MÉDICOS EM CLINICA MÉDICA E MEDICINA INTESIVA ADULTO PROCEDIMENTO DE CONTRATAÇÃO DE SERVIÇOS

Leia mais

Por determinação deste Conselho, fomos ao estabelecimento acima identificado verificar suas condições de funcionamento.

Por determinação deste Conselho, fomos ao estabelecimento acima identificado verificar suas condições de funcionamento. RELATÓRIO DE FISCALIZAÇÃO Hospital Getúlio Vargas CNPJ 10.572.048/0005-51 Avenida San Martin, s/n Cordeiro Recife. Telefone: (81) 3184-5600, 3184-5607 Diretor Geral: Dr. Gustavo Sampaio de Souza Leão,

Leia mais

HOSPITAL DAS CLÍNICAS FACULDADE DE MEDICINA DE BOTUCATU UNESP

HOSPITAL DAS CLÍNICAS FACULDADE DE MEDICINA DE BOTUCATU UNESP Seguem abaixo os ramais com suas respectivas classificações. RAM AL LOCAL CLASSIF. 6284 Acesso Legal - Rafael 2 6412 Agendamento - Bloco 2 6425 Agendamento - Núcleo - Administração 4 6427 Agendamento -

Leia mais

REESTRUTURAÇÃO DO PROTOCOLO E O IMPACTO NO RECONHECIMENTO PRECOCE DA SEPSE X MORTALIDADE

REESTRUTURAÇÃO DO PROTOCOLO E O IMPACTO NO RECONHECIMENTO PRECOCE DA SEPSE X MORTALIDADE REESTRUTURAÇÃO DO PROTOCOLO E O IMPACTO NO RECONHECIMENTO PRECOCE DA SEPSE X MORTALIDADE Autores: Enf. Izabela Tortoza Enf. Luciane Torrano Dr. Marcelo Nunes Superintendência de Recursos Próprios O QUE

Leia mais

HOSPITAL DAS CLÍNICAS DA UFMG

HOSPITAL DAS CLÍNICAS DA UFMG HOSPITAL DAS CLÍNICAS DA UFMG Hospital público, geral, universitário, integrado ao Sistema Único de Saúde (SUS), Unidade Especial da UFMG; Atende a todas especialidades e subespecialidades oferecidas ao

Leia mais

ANEXO II PLANO ANUAL 2016

ANEXO II PLANO ANUAL 2016 ANEXO II PLANO ANUAL Atualmente, a Rede SARAH conta com nove Unidades consolidadas no período de 24 anos de Contrato de Gestão: Brasília (2 Unidades), São Luís, Salvador, Belo Horizonte, Fortaleza, Macapá,

Leia mais

Secretaria Executiva de Atenção à Saúde Diretoria Geral de Modernização e Monitoramento da Assistência

Secretaria Executiva de Atenção à Saúde Diretoria Geral de Modernização e Monitoramento da Assistência PACTO PELA SAÚDE AMPLIAR A OFERTA E A QUALIDADE DOS SERVIÇOS PÚBLICOS DE SAÚDE Secretaria Executiva de Atenção à Saúde Diretoria Geral de Modernização e Monitoramento da Assistência Avaliação Trimestral

Leia mais

Propomos o Protocolo Para Internação em Hospitais Estaduais de Referência Terciária para Tuberculose

Propomos o Protocolo Para Internação em Hospitais Estaduais de Referência Terciária para Tuberculose Considerando: O Manual Técnico de Controle da Tuberculose do Ministério da Saúde 2010; As Normas de Biossegurança constantes do Manual Técnico de Controle para Tuberculose MS 2010; O perfil Institucional

Leia mais

Atendimento de Saúde Ocupacional e Acidente do Trabalho no Sistema Unimed

Atendimento de Saúde Ocupacional e Acidente do Trabalho no Sistema Unimed Atendimento de Saúde Ocupacional e Acidente do Trabalho no Sistema Unimed ESTUDO REALIZADO PELA ÁREA DE INFORMAÇÕES ESTRATÉGICAS DA UNIMED DO BRASIL: José Carlos de Barros Gerente Paulo José Especialista

Leia mais

PRÓ-SAÚDE ASSOCIAÇÃO BENEFICENTE DE ASSISTÊNCIA SOCIAL E HOSPITALAR EDITAL DE SELEÇÃO Nº 003/2013

PRÓ-SAÚDE ASSOCIAÇÃO BENEFICENTE DE ASSISTÊNCIA SOCIAL E HOSPITALAR EDITAL DE SELEÇÃO Nº 003/2013 PRÓ-SAÚDE ASSOCIAÇÃO BENEFICENTE DE ASSISTÊNCIA SOCIAL E HOSPITALAR Serviço Público Estadual Processo: E-08/7525/2012 Data: 11/12/2012 Fls. 1 Rubrica: LFS ID. 500.5891-6 EDITAL DE SELEÇÃO Nº 003/2013 Seleção

Leia mais

FORMULÁRIO PARA TRANSPORTE DE REMOÇÃO INTER HOSPITALAR OU ALTA HOSPITALAR _ SEGURO AUTO / / ( ) Masculino ( ) Feminino

FORMULÁRIO PARA TRANSPORTE DE REMOÇÃO INTER HOSPITALAR OU ALTA HOSPITALAR _ SEGURO AUTO / / ( ) Masculino ( ) Feminino QUESTÕES ADMINISTRATIVAS 1. DADOS DO SEGURADO (TITULAR DA APÓLICE) E DO EVENTO Nome Completo do Segurado: CPF do Segurado:.. - Data do Sinistro/Acidente: / / 2. DADOS DO PACIENTE Nome Completo do Paciente:

Leia mais

Calendário Pós-graduação 2014 - MBA em Gestão de Projetos

Calendário Pós-graduação 2014 - MBA em Gestão de Projetos Calendário Pós-graduação 2014 - MBA em Gestão de Projetos Disciplina Data Início Data fim Atividade acadêmica ENTRADA 1 10/03/2014 20/12/2014 17/03/2014 24/03/2014 Análise de Cenários Econômicos (Disciplina

Leia mais

IMED INSTITUTO DE MEDICINA, ESTUDOS E DESENVOLVIMENTO

IMED INSTITUTO DE MEDICINA, ESTUDOS E DESENVOLVIMENTO PROCESSO SELETIVO PARA CONTRATAÇÃO DE SERVIÇOS TÉCNICOS DE RADIOLOGIA MÉDICA PERTINENTES À REALIZAÇÃO DE EXAMES DE TOMOGRAFIA, RESSONÂNCIA MAGNÉTICA, RAIO-X E MAMOGRAFIA N. 045/2017 O IMED INSTITUTO DE

Leia mais

GOVERNO DO ESTADO DO PARÁ SISTEMA ÚNI CO DE SAÚDE 5 TERMO ADITIVO AO CONTRATO Nº 011/SESPA/2014. PROCESSOS Nº: 2015/

GOVERNO DO ESTADO DO PARÁ SISTEMA ÚNI CO DE SAÚDE 5 TERMO ADITIVO AO CONTRATO Nº 011/SESPA/2014. PROCESSOS Nº: 2015/ - SISTEMA ÚNI CO DE SAÚDE 5 TERMO ADITIVO AO CONTRATO Nº 011/SESPA/2014. PROCESSOS Nº: 2015/139839. 5 TERMO ADITIVO AO CONTRATO Nº. 011/SESPA/2014, QUE CELEBRAM A SECRETARIA DE ESTADO DE SAÚDE PÚBLICA

Leia mais