NOVO TRCT Portaria 2.685/2011;

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "NOVO TRCT Portaria 2.685/2011;"

Transcrição

1 SEÇÃO DE RELAÇÕES DO TRABALHO NOVO TRCT Portaria 2.685/2011; Portaria 1.621/2010; Portaria 1.057/2012

2 Portaria 1.057/2012 (altera e complementa a Portaria 1.621/10, que instituiu os novos modelos do TRCT) Prorrogação da validade do modelo atual do TRCT até 31/10/12 ( a previsão anterior é de que o novo modelo seria obrigatório a partir de 1º/08/12) Obrigatoriedade do novo a partir de 1º/11/12

3 Portaria 1.057/2012 (altera e complementa a Portaria 1.621/10, que instituiu os novos modelos do TRCT) Criação de dois novos formulários: o Termo de Quitação e o Termo de Homologação Termo de Quitação: deverá ser utilizado em conjunto com o TRCT nas rescisões de contratos de trabalho com menos de um ano de serviço Termo de Homologação: deverá ser utilizado para as rescisões de contrato com mais de um ano de serviço

4 ALTERAÇÕES OCORRIDAS NO TRCT Antigo TRCT PORT O TRCT tinha duas páginas (uma com o Termo de Rescisão e junto a esta a formalização da rescisão). Novo TRCT PORT Tem apenas uma página.

5 ALTERAÇÕES OCORRIDAS NO TRCT Antigo TRCT PORT Não havia o termo de quitação da Rescisão (a formalização da rescisão estava junto ao TRCT). Novo TRCT PORT Foi criado o termo de quitação da Rescisão separado do TRCT.

6 ALTERAÇÕES OCORRIDAS NO TRCT Antigo TRCT PORT Havia ainda dois TRCT s presentes: o do Anexo I, para rescisões que não foram geradas pelo Sistema HOMOLOGNET o do Anexo II, para rescisões elaboradas no HOMOLOGNET, com os códigos do TRCT e código de segurança. Novo TRCT PORT Os TRCT s foram unificados, de forma a simplificar as Rescisões contratuais.

7 ALTERAÇÕES OCORRIDAS NO TRCT Antigo TRCT PORT O campo 22 Causa do Afastamento, utilizam-se os Códigos da própria CAIXA. No TRCT do anexo II da mesma Portaria, o próprio Sistema HOMOLOGNET realizará a geração dos códigos, os quais são divergentes da CAIXA. Exemplo: SJ2. Novo TRCT PORT O campo 22 foi unificado de forma a contemplar códigos predeterminados, ou seja, todos os Termos de Rescisão obedecerão aos códigos apresentados descritos nas instruções gerais da Portaria Nº subitem Instruções de Preenchimento.

8 ALTERAÇÕES OCORRIDAS NO TRCT Antigo TRCT PORT Não havia Novo TRCT PORT NOVIDADE: No Termo de Homologação de rescisão de contrato de trabalho da nova Portaria Nº o campo 156 Informações à Caixa deverá ser preenchido com a chave do Fundo de Garantia, e/ou demais informações solicitadas pela caixa. Tal campo não havia no TRCT anterior.

9 ALTERAÇÕES OCORRIDAS NO TRCT Antigo TRCT PORT Não havia Novo TRCT PORT NOVIDADE: Foi incluído também o campo 99 no TRCT Ajuste do Saldo devedor - Valor referente ao saldo devedor da rescisão contratual, a fim de que o valor rescisório não fique negativo e o campo ressalvas (Campo 155), destinado as ressalvas decorrentes da assistência da homologação.

10 AVISO PRÉVIO PROPORCIONAL LEI de 13/11/2011 NOTA TÉCNICA Nº 184/2012/CGRT/SRT/MTE (encaminhada por meio do Memorando Circular SRT/MTE/nº 006/2012, de 07 de maio de 2012); Nota Técnica nº 35/2012/DMSC/GAB/SIT e Nota Técnica Conjunta SIT/SRT nº 01/2012

11 APLICAÇÃO SOMENTE É POSSÍVEL EM PROL DO EMPREGADO, NÃO SENDO APLICÁVEL AO EMPREGADOR. Ou seja, o acréscimo não se aplica ao aviso prévio dado no pedido de demissão, pelo empregado ao empregador

12 FUNDAMENTAÇÃO A nova Lei veio para regulamentar o disposto no Art. 7º, inciso XXI, da Constituição Federal/ 88, que prevê o aviso prévio proporcional ao tempo de serviço como direito dos trabalhadores

13 PROPORCIONALIDADE O AVISO PRÉVIO TERÁ DURAÇÃO VARIANDO DE 30 A 90 DIAS CONFORME O TEMPO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS AO EMPREGADOR.

14 PROPORCIONALIDADE Todos terão no mínimo 30 dias durante o primeiro ano de trabalho, somando a cada ano mais 3 dias, devendo ser considerada a projeção do aviso prévio para todos os efeitos. Assim, o acréscimo somente será computado a partir do momento em que se configure uma relação contratual QUE SUPERE UM ANO NA MESMA EMPRESA.

15 AVISO PRÉVIO - EFEITOS SOMENTE TERÁ VALIDADE PARA O AVISO PRÉVIO DADO APÓS A PUBLICAÇÃO DA LEI , OU SEJA, É APLICÁVEL A PARTIR DE 13/10/11. Obs: os seus efeitos são percebidos a partir de tal data, não havendo a possibilidade de se aplicar o conteúdo da norma para avisos já iniciados Fundamentação: É do recebimento da comunicação do aviso que se estabelece os seus efeitos jurídicos; A lei do tempo do ato jurídico é que deve reger a relação estabelecida; A lei não pode modificar uma situação já consolidada por lei anterior, salvo no caso de autorização expressa, o que não ocorre no caso

16 EFEITOS A PROJEÇÃO DO AVISO PRÉVIO DEVERÁ SER CONSIDERADA PARA TODOS OS FINS LEGAIS, REPERCUTINDO NAS VERBAS RESCISÓRIAS.

17 Impossibilidade de se utilizar o próprio período do aviso prévio para majorá-lo O aviso prévio é uma extensão do contrato de trabalho; Como tal, seu cálculo tem como fato gerador o tempo de serviço prestado pelo empregado até a data do aviso, não sendo válido considerar para tanto o tempo do próprio aviso prévio. Ref.: Nota Técnica Conjunta SIT/SRT nº 01/2012

18 Aviso prévio misto (trabalhado e indenizado) Algumas entidades sindicais têm defendido que o trabalhador está dispensado de prestar serviços no período acrescido aos 30 dias originais do aviso NO ENTANTO NÃO EXISTE norma cogente que imponha ao empregador a adoção de aviso prévio misto (trabalhado e indenizado): como regra, ou o aviso prévio é todo trabalhado, ou é todo indenizado

19 Aviso prévio misto (trabalhado e indenizado) Essa modalidade pode ser adotada se houver previsão expressa, nesse sentido, em convenção ou acordo coletivo de trabalho A outra hipótese é a dispensa de cumprimento do aviso prévio. No caso dessa alteração, não pode haver prejuízo ao trabalhador (exemplo: a data de pagamento das parcelas rescisórias pode ser antecipada, jamais postergada)

20 CONTAGEM O ACRÉSCIMO DE QUE TRATA A LEI /11, conforme já dito, TEM INÍCIO A PARTIR DE UM ANO E UM DIA DE CONTRATO.

21 TABELA DE CÁLCULO TEMPO DE SERVIÇO /ANOS COMPLETOS AVISO PRÉVIO PROPORCIONAL AO TEMPO DE SERVIÇO (nº de dias)

22 COMPLETANDO... NÃO EXISTE PROPORCIONALIDADE PARA A CONCESSÃO DO ACRÉSCIMO DOS DIAS. ( EX. 5 DIAS PARA UM ANO E OITO MESES)

23 ART. 488 CLT O dispositivo acima trata do cumprimento da jornada reduzida ou faculdade de ausência no trabalho, durante o aviso prévio. A nova LEI /11 em nada alterou sua aplicabilidade. CONTINUAM EM VIGÊNCIA REDUÇÃO DE DUAS HORAS DIÁRIAS (DURANTE TODO O AVISO-PRÉVIO) OU A REDUÇÃO DE 7 (SETE) DIAS CORRIDOS, a critério do trabalhador

24 LEI DE 29/10/1984 Art. 9º - O empregado dispensado, sem justa causa, no período de 30 (trinta) dias que antecede a data de sua correção salarial, terá direito à indenização adicional equivalente a um salário mensal, seja ele optante ou não pelo Fundo de Garantia do Tempo de Serviço FGTS.

25 ENTENDIMENTO JURISPRUDENCIAL A JURISPRUDÊNCIA DOS NOSSOS TRIBUNAIS JÁ PACIFICOU O ENTENDIMENTO DE QUE A DISPENSA PREVISTA NO DISPOSTO DO ART. 9º DA LEI 7.238/84, COMPREENDE A DATA DO TÉRMINO DO CONTRATO DE TRABALHO, OU SEJA, TÉRMINO DO AVISO PRÉVIO, QUE RECAIA NOS TRINTA DIAS ANTERIORES À DATA BASE, SEJA O AVISO PRÉVIO INDENIZADO OU NÃO.

26 MULTA CABERÁ A MULTA DO ART. 9º DA LEI 7.238/84, CASO O TÉRMINO DO AVISO PRÉVIO RECAIA NOS TRINTA DIAS ANTERIORES À DATA BASE, MESMO QUE O AVISO TENHA DURAÇÃO SUPERIOR A 30 DIAS.

27 FINALIZANDO ainda sobre o aviso prévio proporcional AS CLÁUSULAS PACTUADAS EM ACORDO OU CONVENÇÃO COLETIVA QUE TRATAM DO AVISO PRÉVIO PROPORCIONAL DEVERÃO SER OBSERVADAS, DESDE QUE RESPEITADA A PROPORCIONALIDADE MÍNIMA PREVISTA NA LEI Nº /11.

28 HOMOLOGNET É um sistema informatizado que virtualiza as informações do contrato de trabalho, gerando o TRCT.

29 QUEM PODE UTILIZAR Atualmente é utilizado no âmbito do Ministério do Trabalho no endereço eletrônico: (WWW.MTE.GOV.BR) Futuramente serão disponibilizados módulos que serão utilizados pelas entidades Sindicais.

30 ENTIDADES SINDICAIS Previsão de entrega do módulos para as Entidades Sindicais: - Novembro de Após o recebimento dos módulos ficará a critério de cada Entidade Sindical o cronograma de utilização.

31 PROCEDIMENTOS As empresas vinculadas à Entidade Sindical deverão produzir o TRCT no endereço eletrônico da referida Entidade: Ex.

32 ATUAL UTILIZAÇÃO No MTE o Sistema HomologNet é utilizado obrigatoriamente em vários Estados como por exemplo: RS, MS, etc...

33 Portaria HomologNet - MG A portaria nº 89 de 20/06/2012, institui o cronograma de utilização obrigatória e facultativamente do Sistema HomologNet em MG nas unidades do MTE.

34 MINAS GERAIS - UTILIZAÇÃO Cronograma: Obrigatório na SRTE/MG A partir de 02/01/2013 Facultativo na Gerências do MTE A partir de 01/10/2012 Previsão de utilização nas Agências do MTE - A partir de Junho de 2013.

35 DOCUMENTAÇÃO A documentação hábil ao procedimento homologatório ainda que realizado pelo sistema não sofre alterações.

36 PARTES Mesmo que o TRCT seja produzido pelo Sistema HomologNet a presença das partes é imprescindível para efetivação do procedimento.

37 INOVAÇÃO Após a emissão para o MTE, o Trabalhador poderá consultar seu TRCT pelo site: HomologNet para o trabalhador Observe:

38

39 VANTAGENS O Sistema HomologNet possui capacidade ilimitada de armazenamento das informações prestadas; - Facilidade e agilidade no resgate das informações;

40 VANTAGENS O Sistema faz todos os cálculos de médias do trabalhador; - Segurança para o trabalhador e para o Empregador uma vez que o sistema possui a certificação do MTE.

Assistência na Rescisão do Contrato de Trabalho

Assistência na Rescisão do Contrato de Trabalho Sistema Homolognet Assistência na Rescisão do Contrato de Trabalho Assistência na rescisão - Quando é devida a) nos contratos de trabalho firmados há mais de 1 ano; b) quando o cômputo do aviso prévio

Leia mais

Sistema HomologNet MINISTÉRIO DO TRABALHO E EMPREGO SECRETARIA DE RELAÇÕES DO TRABALHO. MTE/SRTE/SERET - Novembro

Sistema HomologNet MINISTÉRIO DO TRABALHO E EMPREGO SECRETARIA DE RELAÇÕES DO TRABALHO. MTE/SRTE/SERET - Novembro MINISTÉRIO DO TRABALHO E EMPREGO SECRETARIA DE RELAÇÕES DO TRABALHO Sistema HomologNet SIRT Sistema Integrado de Relações do Trabalho MTE/SRTE/SERET - Novembro 2012 1 RESCISÃO DO CONTRATO TRABALHO: Situação

Leia mais

Circular Sinapro-SP Nº A/C: Depto. Recursos Humanos

Circular Sinapro-SP Nº A/C: Depto. Recursos Humanos Circular Sinapro-SP Nº 18.2012 A/C: Depto. Recursos Humanos São Paulo, 27 de agosto de 2012 CIRCULAR SINAPRO-SP Nº 18.2012 A/C: Depto. Recursos Humanos Ref.: Novo prazo para utilização dos novos modelos

Leia mais

Aprova modelos de Termo de Rescisão de Contrato de Trabalho e implanta o Sistema Homolognet.

Aprova modelos de Termo de Rescisão de Contrato de Trabalho e implanta o Sistema Homolognet. PORTARIA n.º 1.474, de 29 de JUNHO de 2010 Aprova modelos de Termo de Rescisão de Contrato de Trabalho e implanta o Sistema Homolognet. O MINISTRO DE ESTADO DO TRABALHO E EMPREGO, no uso das atribuições

Leia mais

ENTENDA SEUS DIREITOS. O SINDEMED reservou este espaço para esclarecer seus direitos trabalhistas. O que é Banco de horas?

ENTENDA SEUS DIREITOS. O SINDEMED reservou este espaço para esclarecer seus direitos trabalhistas. O que é Banco de horas? ENTENDA SEUS DIREITOS O SINDEMED reservou este espaço para esclarecer seus direitos trabalhistas. O que é Banco de horas? O chamado banco de horas é uma possibilidade admissível de controle e compensação

Leia mais

Sumário. Introdução, 1

Sumário. Introdução, 1 S Sumário Introdução, 1 1 Folha de Pagamento, 7 1 Salário, 8 1.1 Salário-hora para 40 horas semanais: divisor 200 (duzentos), 9 1.2 Depósito de salários em conta bancária, 9 2 Horas extras, 10 2.1 Integração

Leia mais

Portaria MTE nº 1.621, de DOU 1 de

Portaria MTE nº 1.621, de DOU 1 de Portaria MTE nº 1.621, de 14.07.2010 - DOU 1 de 15.07.2010 Aprova modelos de Termos de Rescisão de Contrato de Trabalho e Termos de Homologação. O Ministro de Estado do Trabalho e Emprego, no uso das atribuições

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO JUSTIÇA DO TRABALHO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 15ª REGIÃO 2ª Vara do Trabalho de Sorocaba

PODER JUDICIÁRIO JUSTIÇA DO TRABALHO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 15ª REGIÃO 2ª Vara do Trabalho de Sorocaba PODER JUDICIÁRIO JUSTIÇA DO TRABALHO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 15ª REGIÃO 2ª Vara do Trabalho de Sorocaba PODER JUDICIÁRIO FEDERAL Justiça do Trabalho - 15ª Região 2ª Vara do Trabalho de Sorocaba

Leia mais

Curso Êxito e Prof. Bruno Creado

Curso Êxito e Prof. Bruno Creado Curso Êxito e Prof. Bruno Creado Questões Comentadas (Aula 3) Segue às questões da Vunesp do concurso de procurador municipal, devidamente comentada. Alteração do contrato 1. Complete a frase: A mudança

Leia mais

PORTARIA MTE Nº 1.621, DE 14 DE JULHO DE 2010 (DOU ) Aprova modelos de Termos de Rescisão de Contrato de Trabalho e Termos de Homologação.

PORTARIA MTE Nº 1.621, DE 14 DE JULHO DE 2010 (DOU ) Aprova modelos de Termos de Rescisão de Contrato de Trabalho e Termos de Homologação. PORTARIA MTE Nº 1.621, DE 14 DE JULHO DE 2010 (DOU 15.07.2010) Aprova modelos de Termos de Rescisão de Contrato de Trabalho e Termos de Homologação. O MINISTRO DE ESTADO DO TRABALHO E EMPREGO, no uso das

Leia mais

TERMO ADITIVO AO ACORDO COLETIVO DE TRABALHO /2009 PROCESSO Nº /

TERMO ADITIVO AO ACORDO COLETIVO DE TRABALHO /2009 PROCESSO Nº / TERMO ADITIVO AO ACORDO COLETIVO DE TRABALHO - 2007/2009 PROCESSO Nº 46218.001339/2009-25 EMPRESA BRASILEIRA DE TELECOMUNICACOES S.A - EMBRATEL, CNPJ n. 33.530.486/0001-29, com sede na Av. Presidente Vargas,

Leia mais

ASSISTÊNCIA E HOMOLOGAÇÃO DE RESCISÃO DE CONTRATO DE TRABALHO

ASSISTÊNCIA E HOMOLOGAÇÃO DE RESCISÃO DE CONTRATO DE TRABALHO ASSISTÊNCIA E HOMOLOGAÇÃO DE RESCISÃO DE CONTRATO DE TRABALHO A Advocacia Scalassara & Associados atua sistematicamente na defesa do TRABALHO DIGNO, por se tratar de condição imprescindível para o trabalhador

Leia mais

Portaria MTE nº 1.474, de DOU

Portaria MTE nº 1.474, de DOU Portaria MTE nº 1.474, de 29.06.2010 - DOU 30.06.2010 Aprova modelos de Termo de Rescisão de Contrato de Trabalho e implanta o Sistema Homolognet. O Ministro de Estado do Trabalho e Emprego, no uso das

Leia mais

GRATIFICAÇÕES, ADICIONAIS, AUXÍLIOS E OUTROS PARTICIPAÇÃO NOS LUCROS E/OU RESULTADOS

GRATIFICAÇÕES, ADICIONAIS, AUXÍLIOS E OUTROS PARTICIPAÇÃO NOS LUCROS E/OU RESULTADOS ACORDO COLETIVO DE TRABALHO 2015/2016 NÚMERO DE REGISTRO NO MTE: MT000542/2015 DATA DE REGISTRO NO MTE: 26/08/2015 NÚMERO DA SOLICITAÇÃO: MR047856/2015 NÚMERO DO PROCESSO: 46210.001655/2015 15 DATA DO

Leia mais

ATUALIZAÇÃO TRABALHISTA. Alexandre Corrêa

ATUALIZAÇÃO TRABALHISTA. Alexandre Corrêa ATUALIZAÇÃO TRABALHISTA Alexandre Corrêa ROTINAS TRABALHISTAS AVISO PRÉVIO PROPORCIONAL ADVERTÊNCIA E SUSPENSÃO CONTRATO DE EXPERIÊNCIA EXAMES OCUPACIONAIS AVISO PRÉVIO A Lei nº 12.506/2011 institui a

Leia mais

CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO 2010/2011

CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO 2010/2011 CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO 2010/2011 NÚMERO DE REGISTRO NO MTE: RS001718/2010 DATA DE REGISTRO NO MTE: 26/10/2010 NÚMERO DA SOLICITAÇÃO: MR058992/2010 NÚMERO DO PROCESSO: 46271.000918/2010-40 DATA

Leia mais

AGENDA TRIBUTÁRIA: DE 01 A 07 DE DEZEMBRO DE 2016

AGENDA TRIBUTÁRIA: DE 01 A 07 DE DEZEMBRO DE 2016 AGENDA TRIBUTÁRIA: DE 01 A 07 DE DEZEMBRO DE 2016 Até: Quinta-feira, dia 1 Histórico: Transportador revendedor retalhista (TRR) Entrega das informações relativas às operações interestaduais com combustíveis

Leia mais

TERMO ADITIVO A CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO 2015/2016

TERMO ADITIVO A CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO 2015/2016 TERMO ADITIVO A CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO 2015/2016 NÚMERO DE REGISTRO NO MTE: MT000249/2015 DATA DE REGISTRO NO MTE: 11/05/2015 NÚMERO DA SOLICITAÇÃO: MR022255/2015 NÚMERO DO PROCESSO: 46210.000856/2015-03

Leia mais

Zilmara Alencar Consultoria Jurídica

Zilmara Alencar Consultoria Jurídica INFORME n. 13/2016 Resumo: Portaria n. 521, de 4 de maio de 2016, que substitui os Anexos I e II da Portaria n. 488, de 23 de novembro de 2005, referentes à Guia de Recolhimento da Contribuição Sindical

Leia mais

TERMO ADITIVO A CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO 2015/2015

TERMO ADITIVO A CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO 2015/2015 TERMO ADITIVO A CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO 2015/2015 NÚMERO DE REGISTRO NO MTE: RS000101/2015 DATA DE REGISTRO NO MTE: 28/01/2015 NÚMERO DA SOLICITAÇÃO: MR001516/2015 NÚMERO DO PROCESSO: 46218.000750/2015-21

Leia mais

Edição Número 217 de 13/11/2015 Ministério da Educação Secretaria de Educação Superior EDITAL Nº 33, DE 12 DE NOVEMBRO DE 2015

Edição Número 217 de 13/11/2015 Ministério da Educação Secretaria de Educação Superior EDITAL Nº 33, DE 12 DE NOVEMBRO DE 2015 Edição Número 217 de 13/11/2015 Ministério da Educação Secretaria de Educação Superior EDITAL Nº 33, DE 12 DE NOVEMBRO DE 2015 PROGRAMA UNIVERSIDADE PARA TODOS PROUNI PROCESSO SELETIVO - PRIMEIRO SEMESTRE

Leia mais

PROJETO DE LEI Nº, DE 2011 (Da Sra. ERIKA KOKAY)

PROJETO DE LEI Nº, DE 2011 (Da Sra. ERIKA KOKAY) PROJETO DE LEI Nº, DE 2011 (Da Sra. ERIKA KOKAY) Acrescenta Seção à Consolidação das Leis do Trabalho para dispor sobre os motoristas e os cobradores de ônibus urbanos e interurbanos. O Congresso Nacional

Leia mais

Portaria MTE nº 1.621, de 14 de julho de 2010

Portaria MTE nº 1.621, de 14 de julho de 2010 Portaria MTE nº 1.621, de 14 de julho de 2010 Diário Oficial da União nº 134, de 15 de julho de 2010 (quinta-feira) Seção 1 Pág. 108/109/110/111 Ministério do Trabalho e Emprego GABINETE O MINISTRO PORTARIA

Leia mais

Novo Termo de Rescisão do Contrato de Trabalho Utilização passa a ser obrigatória A PARTIR DE 01 DE NOVEMBRO DE 2012

Novo Termo de Rescisão do Contrato de Trabalho Utilização passa a ser obrigatória A PARTIR DE 01 DE NOVEMBRO DE 2012 Novo Termo de Rescisão do Contrato de Trabalho Utilização passa a ser obrigatória A PARTIR DE 01 DE NOVEMBRO DE 2012 O Ministério do Trabalho e Emprego publicou no Diário Oficial de 09 de julho de 2012

Leia mais

Confira a autenticidade no endereço

Confira a autenticidade no endereço ACORDO COLETIVO DE TRABALHO 2015/2015 NÚMERO DE REGISTRO NO MTE: CE000725/2015 DATA DE REGISTRO NO MTE: 26/05/2015 NÚMERO DA SOLICITAÇÃO: MR022602/2015 NÚMERO DO PROCESSO: 46205.007517/2015-19 DATA DO

Leia mais

ORIENTAÇÕES OPERACIONAIS RN 412/16 CANCELAMENTOS DE PLANOS DE SAÚDE

ORIENTAÇÕES OPERACIONAIS RN 412/16 CANCELAMENTOS DE PLANOS DE SAÚDE ORIENTAÇÕES OPERACIONAIS RN 412/16 CANCELAMENTOS DE PLANOS DE SAÚDE Foi publicada no Diário Oficial da União - DOU de 11/11/16 a RN 412/16 que dispõe sobre a solicitação de cancelamento do contrato do

Leia mais

I - DA FINALIDADE II - DA DEFINIÇÃO III DA JORNADA E DO HORÁRIO DE TRABALHO

I - DA FINALIDADE II - DA DEFINIÇÃO III DA JORNADA E DO HORÁRIO DE TRABALHO I - DA FINALIDADE 1. Este Normativo de Pessoal tem por finalidade regulamentar a jornada de trabalho dos empregados do Conselho Federal de Medicina CFM. II - DA DEFINIÇÃO 2. Entende-se por jornada de trabalho

Leia mais

Rio de Janeiro, 18 de julho de Of. Circ. Nº 235/14

Rio de Janeiro, 18 de julho de Of. Circ. Nº 235/14 Rio de Janeiro, 18 de julho de 2014. Of. Circ. Nº 235/14 Referência: Instrução Normativa Receita Federal do Brasil/Procuradoria Geral da Fazenda Nacional - PGFN nº 1.482/14 - Parcelamento de débitos ou

Leia mais

CONTRATO INDIVIDUAL DE TRABALHO

CONTRATO INDIVIDUAL DE TRABALHO CONTRATO INDIVIDUAL DE TRABALHO Contrato individual de trabalho é o acordo, tácito ou expresso, correspondente à relação de emprego. Relação de emprego entre EMPREGADOR e EMPREGADO. DEFINIÇÃO LEGAL: O

Leia mais

TRIBUNAL REGIONAL ELEITORAL DO PARANA PLANILHA DE CUSTOS

TRIBUNAL REGIONAL ELEITORAL DO PARANA PLANILHA DE CUSTOS EMPRESA: PROCESSO LICITATÓRIO: OBJETO DA LICITAÇÃO: Data apresentacao proposta Regime Tributário da Empresa: (se lucro real, lucro presumido ou beneficiária do tratamento diferenciado às DISCRIMINAÇÃO

Leia mais

JORNADA DE TRABALHO. Tempo in itinere. - 2º 58 CLT; Súmulas 90;320;324;325 TST

JORNADA DE TRABALHO. Tempo in itinere. - 2º 58 CLT; Súmulas 90;320;324;325 TST JORNADA DE TRABALHO Tempo efetivamente Trabalhado; Tempo à disposição do empregador Tempo in itinere. - 2º 58 CLT; Súmulas 90;320;324;325 TST Conceito Jornada é o lapso de tempo durante o qual o empregado

Leia mais

PROCEDIMENTO SOBRE ENTREGA MENSAL DA DOCUMENTAÇÃO TRABALHISTA E PROCESSO DE LIBERAÇÃO DE ACESSO

PROCEDIMENTO SOBRE ENTREGA MENSAL DA DOCUMENTAÇÃO TRABALHISTA E PROCESSO DE LIBERAÇÃO DE ACESSO PROCEDIMENTO SOBRE ENTREGA MENSAL DA DOCUMENTAÇÃO TRABALHISTA E PROCESSO DE LIBERAÇÃO DE ACESSO Aos prestadores de serviço da VOITH PAPER MÁQUINAS E EQUIPAMENTOS LTDA. Este procedimento tem por objetivo

Leia mais

Base Legal (Perguntas e Respostas 02.01)

Base Legal (Perguntas e Respostas 02.01) HOMOLOGNET Base Legal (Perguntas e Respostas 02.01) Portaria Nº 1.620, de 14/07/2010: Institui o sistema Homolognet; Portaria Nº 1.621, de 14/07/2010: Aprova modelos de TRCT e Termos de Homologação; Instrução

Leia mais

CAPÍTULO 10 DÉCIMO TERCEIRO SALÁRIO

CAPÍTULO 10 DÉCIMO TERCEIRO SALÁRIO Capítulo 10 DÉCIMO TERCEIRO SALÁRIO 109 CAPÍTULO 10 DÉCIMO TERCEIRO SALÁRIO 1. DÉCIMO TERCEIRO SALÁRIO O décimo terceiro salário é devido aos empregados urbanos, rurais e domésticos, bem como aos trabalhadores

Leia mais

JORNADA DE TRABALHO DURAÇÃO, DISTRIBUIÇÃO, CONTROLE, FALTAS PRORROGAÇÃO/REDUÇÃO DE JORNADA

JORNADA DE TRABALHO DURAÇÃO, DISTRIBUIÇÃO, CONTROLE, FALTAS PRORROGAÇÃO/REDUÇÃO DE JORNADA ACORDO COLETIVO DE TRABALHO 2014/2015 NÚMERO DE REGISTRO NO MTE: SP006795/2015 DATA DE REGISTRO NO MTE: 29/06/2015 NÚMERO DA SOLICITAÇÃO: MR023544/2015 NÚMERO DO PROCESSO: 47998.004863/2015 29 DATA DO

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO SUPERIOR EDITAL Nº 1, DE 8 JANEIRO DE 2016

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO SUPERIOR EDITAL Nº 1, DE 8 JANEIRO DE 2016 MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO SUPERIOR EDITAL Nº 1, DE 8 JANEIRO DE 2016 PROGRAMA UNIVERSIDADE PARA TODOS PROUNI PROCESSO SELETIVO - PRIMEIRO SEMESTRE DE 2016 O SECRETÁRIO DE EDUCAÇÃO SUPERIOR,

Leia mais

PORTARIA MTE Nº 2.685, DE 26 DE DEZEMBRO DE 2011.

PORTARIA MTE Nº 2.685, DE 26 DE DEZEMBRO DE 2011. PORTARIA MTE Nº 2.685, DE 26 DE DEZEMBRO DE 2011. Diário Oficial da União nº 248, de 27 de Dezembro de 2011 (terça-feira) Seção 1 Págs. 70_75 GABINETE DO MINISTRO PORTARIA Nº 2.685, DE 26 DE DEZEMBRO DE

Leia mais

PLENÁRIA DO BANCO DO BRASIL. Sindicato dos Bancários do ABC Novembro/2016

PLENÁRIA DO BANCO DO BRASIL. Sindicato dos Bancários do ABC Novembro/2016 PLENÁRIA DO BANCO DO BRASIL Sindicato dos Bancários do ABC Novembro/2016 REESTRUTURAÇÃO DO BANCO DO BRASIL Período do PEAI: até 09/12/2016 Meta: 18 mil empregados (16% dos atuais 109 mil empregados diretos)

Leia mais

c Aprovada pela Port. da SRT n o 1, de (DOU de ). c Art. 5 o do CC. c Art. 439 da CLT.

c Aprovada pela Port. da SRT n o 1, de (DOU de ). c Art. 5 o do CC. c Art. 439 da CLT. EMENTAS DA SECRETARIA DE RELAÇÕES DO TRABALHO 1. Homologação. Empregado emancipado. Não é necessária a assistência por responsável legal, na homologação da rescisão contratual, ao empregado adolescente

Leia mais

ORIENTAÇÕES PARA PREENCHIMENTO DA DECLARAÇÃO DA RAIS ANO-BASE 2005

ORIENTAÇÕES PARA PREENCHIMENTO DA DECLARAÇÃO DA RAIS ANO-BASE 2005 ORIENTAÇÕES PARA PREENCHIMENTO DA DECLARAÇÃO DA RAIS ANO-BASE 2005 PREENCHIMENTO DAS CONTRIBUIÇÕES SINDICAIS DAS CONTRIBUIÇÕES PAGAS PELAS EMPRESAS CONTRIBUIÇÃO SINDICAL Entidade Sindical Patronal beneficiada

Leia mais

DISPENSA DE LICITAÇÃO

DISPENSA DE LICITAÇÃO DISPENSA DE LICITAÇÃO Processo: Secretaria: Empresa: CNPJ: Objeto: LISTA DE VERIFICAÇÕES Justificativa - deverá ser elaborada pela Secretaria Requisitante, a qual identificará a necessidade administrativa

Leia mais

Relação trabalhista e previdenciária DOMÉSTICAS. Cartilha esocial

Relação trabalhista e previdenciária DOMÉSTICAS. Cartilha esocial Relação trabalhista e previdenciária DOMÉSTICAS Cartilha esocial 2 O que é o esocial? ESOCIAL DOMÉSTICO / SIMPLES DOMÉSTICO O recolhimento obrigatório a partir da competência OUTUBRO/2015. Por intermédio

Leia mais

GFIP - Guia de Recolhimento do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço e Informações à Previdência Social OUTUBRO/2016

GFIP - Guia de Recolhimento do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço e Informações à Previdência Social OUTUBRO/2016 Previdência Dia: 07 Trabalhista/Previdenciária Mês: 11/2016 GFIP - Guia de Recolhimento do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço e Informações à Previdência Social Envio da Guia de Recolhimento do Fundo

Leia mais

INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 31, DE 14 DE NOVEMBRO DE 2002

INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 31, DE 14 DE NOVEMBRO DE 2002 SECRETARIA DE INSPEÇÃO DO TRABALHO INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 31, DE 14 DE NOVEMBRO DE 2002 Baixa instruções para análise do requerimento de autorização de saque do FGTS de contas vinculadas, em nome de empregadores,

Leia mais

Disciplina: Direito e Processo do Trabalho 3º Semestre Professor Donizete Aparecido Gaeta Resumo de Aula

Disciplina: Direito e Processo do Trabalho 3º Semestre Professor Donizete Aparecido Gaeta Resumo de Aula 1. Fontes materiais e formais. 2. Normas Jurídicas de Direito do Trabalho. Constituição, Leis, Atos do Poder Executivo, Sentença normativa, Convenções e Acordos Coletivos, Regulamentos de empresa, Disposições

Leia mais

O que estudamos aula passada

O que estudamos aula passada O que estudamos aula passada Cessação, suspensão e interrupção dos contratos de trabalho Rescisão Contratual As formas de extinção do Contrato de Trabalho Pedido de demissão Dispensa sem justa causa Dispensa

Leia mais

PAUTA DE REIVINDICAÇÕES CCT SINDCLIN 2014/2015

PAUTA DE REIVINDICAÇÕES CCT SINDCLIN 2014/2015 PAUTA DE REIVINDICAÇÕES CCT SINDCLIN 2014/2015 CLÁUSULAS DE REIVINDICAÇÕES: CLÁUSULA PRIMEIRA REAJUSTE SALARIAL: Reajuste salarial dos trabalhadores em CONSULTÓRIOS MÉDICOS E ODONTOLÓGICOS, CLÍNICAS MÉDICAS

Leia mais

GUIA DE REGISTRO EMISSÃO DE COTAS DE FIDCs

GUIA DE REGISTRO EMISSÃO DE COTAS DE FIDCs GUIA DE REGISTRO EMISSÃO DE COTAS DE FIDCs 01/07/2010 ABRANGÊNCIA De acordo com o Art. 1º do Código ANBID de Regulação e Melhores Práticas para Fundos de Investimento ( Código ), o registro de FIDC, FICFIDC

Leia mais

liberada por se tratar de um documento não aprovado pela PUC Goiás.

liberada por se tratar de um documento não aprovado pela PUC Goiás. PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE GOIÁS Pró-Reitoria de Graduação - PROGRAD Plano de Ensino 2016/2 Atenção! Este Plano de Ensino é um Rascunho. Sua impressão não está liberada por se tratar de um documento

Leia mais

CARTILHA INFORMATIVA Lei das domésticas (Lei Complementar 150 de 1 de junho de 2015)

CARTILHA INFORMATIVA Lei das domésticas (Lei Complementar 150 de 1 de junho de 2015) CARTILHA INFORMATIVA Lei das domésticas (Lei Complementar 150 de 1 de junho de 2015) A Lei Complementar 150/2015, trouxe em seu bojo inúmeras alterações e novos direitos para os empregados domésticos.

Leia mais

PORTARIA Nº 4, DE 16 DE SETEMBRO DE 2014

PORTARIA Nº 4, DE 16 DE SETEMBRO DE 2014 MINISTÉRIO DO TRABALHO E EMPREGO SECRETARIA DE RELAÇÕES DO TRABALHO PORTARIA Nº 4, DE 16 DE SETEMBRO DE 2014 DOU de 19/09/2014 (nº 181, Seção 1, pág. 94) Aprova, revisa e revoga enunciados da Secretaria

Leia mais

ESTADO DO PIAUÍ SECRETARIA DA FAZENDA GABINETE DO SECRETÁRIO DA FAZENDA. *Ver Decreto /2008

ESTADO DO PIAUÍ SECRETARIA DA FAZENDA GABINETE DO SECRETÁRIO DA FAZENDA. *Ver Decreto /2008 ESTADO DO PIAUÍ SECRETARIA DA FAZENDA GABINETE DO SECRETÁRIO DA FAZENDA REVOGADA PELA PORTARIA GASEC Nº 396/2008, de 15/12/2008 *Ver Decreto 13.500/2008 PORTARIA GASEC Nº 072/98 Teresina, 03 de abril de

Leia mais

ACORDO COLETIVO DE TRABALHO 2012/2013. Confira a autenticidade no endereço

ACORDO COLETIVO DE TRABALHO 2012/2013. Confira a autenticidade no endereço Página 1 de 6 ACORDO COLETIVO DE TRABALHO 2012/2013 NÚMERO DE REGISTRO NO MTE: MT000382/2012 DATA DE REGISTRO NO MTE: 09/07/2012 NÚMERO DA SOLICITAÇÃO: MR036243/2012 NÚMERO DO PROCESSO: 46210.001138/2012-01

Leia mais

De acordo com determinações legais em geral, o cancelamento ou alteração estarão sujeitos à cobrança de taxas e multas, conforme condições abaixo.

De acordo com determinações legais em geral, o cancelamento ou alteração estarão sujeitos à cobrança de taxas e multas, conforme condições abaixo. Como fazer reserva: Não é sorteio. O titular deverá efetuar a reserva, entrando em contato com o Departamento Cultural e de Turismo, via telefonema ou por e-mail, solicitar informações e disponibilidade

Leia mais

CLÁUSULA 1ª. - VIGÊNCIA E DATA-BASE

CLÁUSULA 1ª. - VIGÊNCIA E DATA-BASE PAUTA NACIONAL DE REIVINDICAÇÕES DOS TRABALHADORES DAS EMPRESAS DE TELEATENDIMENTO PARA NEGOCIAÇÃO COLETIVA UNIFICADA DOS SINDICATOS FILIADOS À FENATTEL DATA-BASE 1º DE JANEIRO DE 2015. CLÁUSULA 1ª. -

Leia mais

Trabalhista/Previdenciária Mês: 10/2016

Trabalhista/Previdenciária Mês: 10/2016 Trabalhista/Previdenciária Mês: 10/2016 Dia: 07 GFIP - Guia de Recolhimento do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço e Informações à Previdência Social Envio da Guia de Recolhimento do Fundo de Garantia

Leia mais

A nova redação da Súmula 277 do TST e a integração das cláusulas normativas dos acordos coletivos ou convenções coletivas nos contratos de trabalho.

A nova redação da Súmula 277 do TST e a integração das cláusulas normativas dos acordos coletivos ou convenções coletivas nos contratos de trabalho. A nova redação da Súmula 277 do TST e a integração das cláusulas normativas dos acordos coletivos ou convenções coletivas nos contratos de trabalho. Convenção Coletiva de Trabalho É um ato jurídico pactuado

Leia mais

BNDES Automático Prosoft Comercialização MPME Informações básicas sobre o apoio financeiro

BNDES Automático Prosoft Comercialização MPME Informações básicas sobre o apoio financeiro BNDES Automático Prosoft Comercialização MPME Informações básicas sobre o apoio financeiro A seguir as informações sobre as condições financeiras, o objetivo do financiamento, a orientação sobre como solicitar

Leia mais

SUPERVISÃO Supervisão Comportamental

SUPERVISÃO Supervisão Comportamental ANEXO À INSTRUÇÃO N.º 45/2012 - (BO N.º 12, 17.12.2012) Temas SUPERVISÃO Supervisão Comportamental ANEXO II Notas de preenchimento I. Notas gerais para o preenchimento do modelo de ficha de informação

Leia mais

Confira a autenticidade no endereço

Confira a autenticidade no endereço CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO 2015/2016 NÚMERO DE REGISTRO NO MTE: RS000905/2015 DATA DE REGISTRO NO MTE: 03/06/2015 NÚMERO DA SOLICITAÇÃO: MR032104/2015 NÚMERO DO PROCESSO: 46218.009415/2015-99 DATA

Leia mais

TERMO ADITIVO A CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO 2009/2010

TERMO ADITIVO A CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO 2009/2010 TERMO ADITIVO A CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO 2009/2010 NÚMERO DE REGISTRO NO MTE: RS000652/2009 DATA DE REGISTRO NO MTE: 08/07/2009 NÚMERO DA SOLICITAÇÃO: MR028034/2009 NÚMERO DO PROCESSO: 46218.009461/2009-40

Leia mais

PORTARIA DO MINISTÉRIO DO TRABALHO EMPREGO - MTE Nº 2.685 DE 26.12.2011 D.O.U: 27.12.2011

PORTARIA DO MINISTÉRIO DO TRABALHO EMPREGO - MTE Nº 2.685 DE 26.12.2011 D.O.U: 27.12.2011 PORTARIA DO MINISTÉRIO DO TRABALHO EMPREGO - MTE Nº 2.685 DE 26.12.2011 D.O.U: 27.12.2011 Altera a Portaria nº 1.621, de 14 de julho de 2010, que aprovou os modelos de Termos de Rescisão de Contrato de

Leia mais

TERMO ADITIVO A CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO 2013/2015

TERMO ADITIVO A CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO 2013/2015 TERMO ADITIVO A CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO 2013/2015 NÚMERO DE REGISTRO NO MTE: RJ000926/2015 DATA DE REGISTRO NO MTE: 10/06/2015 NÚMERO DA SOLICITAÇÃO: MR070301/2014 NÚMERO DO PROCESSO: 46232.001993/2015-07

Leia mais

TERMINAÇÃO DO CONTRATO DE TRABALHO

TERMINAÇÃO DO CONTRATO DE TRABALHO Aula 3 Terminação do Contrato de Trabalho Professora: Maria Inês Gerardo www.mariainesgerardo.com.br MARIA INÊS GERARDO Conteúdo Programático desta aula Causas de extinção do contrato de trabalho e os

Leia mais

Ensaio sobre a nova Lei dos Empregados Domésticos

Ensaio sobre a nova Lei dos Empregados Domésticos www.fagnersandes.com.br Preparando você para o sucesso! Ensaio sobre a nova Lei dos Empregados Domésticos Regulamentado pela Lei Complementar n. 150/15, empregado doméstico é aquele que presta serviços

Leia mais

3. A operação do sistema Homolognet exige a utilização dos seguintes documentos:

3. A operação do sistema Homolognet exige a utilização dos seguintes documentos: Prezadas Filiadas e Associadas O Sindeprestem Sindicato das Empresas de Prestação de Serviços a Terceiros, Colocação e Administração de Mão de Obra e de Trabalho Temporário no Estado de São Paulo, informa

Leia mais

Programa de Proteção ao Emprego PPE

Programa de Proteção ao Emprego PPE Programa de Proteção ao Emprego PPE Ministério de Trabalho e Emprego MTE Grupo Técnico da Secretaria Executiva do Comitê do PPE Previsão Legal Medida Provisória n 680, de 6 de julho de 2015; Decreto n

Leia mais

NOVO TRCT Estratégia Atuação CAIXA x MTE

NOVO TRCT Estratégia Atuação CAIXA x MTE NOVO TRCT Estratégia Atuação CAIXA x MTE ABRIL 2012 Legislação Específica - MTE Instrução Normativa Nº 15, de 14/07/2010 - estabeleceu procedimentos para assistência e homologação na rescisão de contrato

Leia mais

Rescisão de Contrato de Trabalho - Normas Gerais

Rescisão de Contrato de Trabalho - Normas Gerais Rescisão de Contrato de Trabalho - Normas Gerais Apresentação: Luciana Buganza Fábio Momberg Érica Nakamura Conceitos Resilição e Resolução Resilição - "dissolver o contrato por vontade de uma das partes,

Leia mais

LEI COMPLEMENTAR Nº 773, DE 8 DE OUTUBRO DE 2015.

LEI COMPLEMENTAR Nº 773, DE 8 DE OUTUBRO DE 2015. LEI COMPLEMENTAR Nº 773, DE 8 DE OUTUBRO DE 2015. Institui o Programa de Recuperação Fiscal Refispoa 2015 e revoga a Lei nº 11.428, de 30 de abril de 2013. O PREFEITO MUNICIPAL DE PORTO ALEGRE Faço saber

Leia mais

Confira a autenticidade no endereço

Confira a autenticidade no endereço ACORDO COLETIVO DE TRABALHO 2015/2016 NÚMERO DE REGISTRO NO MTE: RS001091/2015 DATA DE REGISTRO NO MTE: 22/06/2015 NÚMERO DA SOLICITAÇÃO: MR028646/2015 NÚMERO DO PROCESSO: 46218.010561/2015-67 DATA DO

Leia mais

EDIÇÃO 220, SEÇÃO 1, PÁGINA 65 E 66, DE 13 DE NOVEMBRO DE 2014 DIRETORIA COLEGIADA

EDIÇÃO 220, SEÇÃO 1, PÁGINA 65 E 66, DE 13 DE NOVEMBRO DE 2014 DIRETORIA COLEGIADA EDIÇÃO 220, SEÇÃO 1, PÁGINA 65 E 66, DE 13 DE NOVEMBRO DE 2014 DIRETORIA COLEGIADA INSTRUÇÃO Nº 17, DE 12 DE NOVEMBRO DE 2014 Estabelece as condições para o licenciamento automático na autorização para

Leia mais

NR 7 - PROGRAMA DE CONTROLE MÉDICO DE SAÚDE OCUPACIONAL

NR 7 - PROGRAMA DE CONTROLE MÉDICO DE SAÚDE OCUPACIONAL NR 7 - PROGRAMA DE CONTROLE MÉDICO DE SAÚDE OCUPACIONAL Publicação D.O.U. Portaria GM n.º 3.214, de 08 de junho de 1978 06/07/78 Alterações/Atualizações D.O.U. Portaria SSMT n.º 12, de 06 de junho de 1983

Leia mais

Os novos direitos instituídos pela Lei são os seguintes (Art. 2º):

Os novos direitos instituídos pela Lei são os seguintes (Art. 2º): Os novos direitos instituídos pela Lei 12619-2012 são os seguintes (Art. 2º): 1) acesso gratuito a programa de formação e aperfeiçoamento profissional; 2) tratamento preventivo pelo SUS; 3) não responder

Leia mais

CÂMARA MUNICIPAL DE QUITANDINHA

CÂMARA MUNICIPAL DE QUITANDINHA Prestação de Serviços de Publicação, do Processo de Dispensa de Licitação 002/2015. I DAS PARTES: A) CÂMARA MUNICIPAL DE QUITANDINHA, pessoa jurídica de direito público interno, inscrita no CNPJ/MF sob

Leia mais

AUDIÊNCIA PÚBLICA C R A

AUDIÊNCIA PÚBLICA C R A AUDIÊNCIA PÚBLICA C R A Cristiano Barreto Zaranza Chefe da Assessoria Jurídica Fev. 2010 Alteração da Lei 5.889/73 Regulamentou o trabalho rural Principais objetivos: - Dar dinamismo ao setor primário

Leia mais

transmitir a NF-e ou obter resposta à solicitação de Autorização de Uso da NF-e, o

transmitir a NF-e ou obter resposta à solicitação de Autorização de Uso da NF-e, o contribuinte poderá operar em contingência, gerando arquivos com indicação deste tipo de emissão, conforme definições constantes do Manual de Integração-Contribuinte, mediante a adoção de uma das seguintes

Leia mais

Direitos na Rescisão Folha 1:

Direitos na Rescisão Folha 1: Direitos na Rescisão Folha 1: 1º dia útil após o término do 04 EXPERIÊNCIA c) Férias proporcionais aos meses trabalhados contrato d) Salário família (se for o caso) c) Férias proporcionais aos meses trabalhados

Leia mais

PROC-IBR-GER 010/2016 Análise do Reajustamento

PROC-IBR-GER 010/2016 Análise do Reajustamento INSTITUTO BRASILEIRO DE AUDITORIA DE OBRAS PÚBLICAS IBRAOP INSTITUTO RUI BARBOSA IRB / COMITÊ OBRAS PÚBLICAS PROC-IBR-GER 010/2016 Análise do Reajustamento Primeira edição válida a partir de: / / www.ibraop.org.br

Leia mais

Ass.: Programa BNDES de Apoio ao Fortalecimento da Capacidade de Geração de Emprego e Renda BNDES Progeren

Ass.: Programa BNDES de Apoio ao Fortalecimento da Capacidade de Geração de Emprego e Renda BNDES Progeren Grau: Documento Ostensivo Unidade Gestora: AOI CIRCULAR SUP/AOI Nº 21/2016-BNDES Rio de Janeiro, 15 de abril de 2016. Ref.: Produto BNDES Automático Ass.: Programa BNDES de Apoio ao Fortalecimento da Capacidade

Leia mais

PLANILHA+ Planilha+ 1 CÁLCULO DE RESCISÃO DE CONTRATO DE TRABALHO, SEGURO DESEMPREGO E HORAS EXTRAS

PLANILHA+ Planilha+ 1 CÁLCULO DE RESCISÃO DE CONTRATO DE TRABALHO, SEGURO DESEMPREGO E HORAS EXTRAS 1 PLANILHA+ CÁLCULO DE RESCISÃO DE CONTRATO DE TRABALHO, SEGURO DESEMPREGO E HORAS EXTRAS Planilha de fácil utilização. Pode ser utilizada até por pessoas com poucos conhecimentos em direitos trabalhistas.

Leia mais

DECRETO-LEI Nº 5.452, DE 01 DE MAIO DE 1943

DECRETO-LEI Nº 5.452, DE 01 DE MAIO DE 1943 DECRETO-LEI Nº 5.452, DE 01 DE MAIO DE 1943 Aprova a Consolidação das Leis do Trabalho. O Presidente da República, usando da atribuição que lhe confere o art. 180 da Constituição, DECRETA: TÍTULO II DAS

Leia mais

Pergunte à CPA Decreto /2015

Pergunte à CPA Decreto /2015 Pergunte à CPA Decreto 61.084/2015 Alterações no artigo 132-A: Artigo 132-A - Ressalvado o disposto no artigo 132, nas demais hipóteses previstas na legislação, tais como não-obrigatoriedade de uso de

Leia mais

Parágrafo Quarto O aplicativo para registro das batidas não permitirá:

Parágrafo Quarto O aplicativo para registro das batidas não permitirá: CLÁUSULA PRIMEIRA DO SISTEMA DE PONTO ELETRÔNICO - O Banco do Nordeste adotará, para registro e controle de frequência dos seus empregados, um sistema de ponto eletrônico, nos termos da Portaria nº 373/2011,

Leia mais

Módulo de Rescisão. Passaremos a explicar abaixo os campos da tela do cálculo da rescisão:

Módulo de Rescisão. Passaremos a explicar abaixo os campos da tela do cálculo da rescisão: Módulo de Rescisão Para calcular a rescisão, é necessário informar para quem se deseja calcular (Código, Divisão, Tomador), depois informar tipo de dispensa, data de aviso prévio, data de pagamento, dias

Leia mais

EDITAL Nº 11, DE 28 DE DEZEMBRO DE 2016, DE MANUTENÇÃO DE BOLSAS, ADESÃO E RENOVAÇÃO PROGRAMA UNIVERSIDADE PARA TODOS PROUNI RECIFE

EDITAL Nº 11, DE 28 DE DEZEMBRO DE 2016, DE MANUTENÇÃO DE BOLSAS, ADESÃO E RENOVAÇÃO PROGRAMA UNIVERSIDADE PARA TODOS PROUNI RECIFE EDITAL Nº 11, DE 28 DE DEZEMBRO DE 2016, DE MANUTENÇÃO DE BOLSAS, ADESÃO E RENOVAÇÃO PROGRAMA UNIVERSIDADE PARA TODOS PROUNI RECIFE PROCESSO SELETIVO - PRIMEIRO SEMESTRE DE 2017 O Secretario de Juventude

Leia mais

CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO

CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO - 2000 Entre as partes, de um lado: SINDICATO DOS TRABALHADORES NAS INDÚSTRIAS FABRICANTES DE PEÇAS E PRÉ-FABRICADOS EM CONCRETO DO ESTADO DE SÃO PAULO e de outro lado: SINDICATO

Leia mais

GABINETE DO MINISTRO PORTARIA NORMATIVA Nº. 25, DE 22 DE DEZEMBRO DE 2011

GABINETE DO MINISTRO PORTARIA NORMATIVA Nº. 25, DE 22 DE DEZEMBRO DE 2011 GABINETE DO MINISTRO PORTARIA NORMATIVA Nº. 25, DE 22 DE DEZEMBRO DE 2011 (Texto Compilado) Dispõe sobre transferência integral de curso e de instituição de ensino realizada por estudante financiado com

Leia mais

Para análise do processo, favor proceder conforme as instruções a seguir:

Para análise do processo, favor proceder conforme as instruções a seguir: São Paulo, de de 20. Ref.: Solicitação de Documentos Para análise do processo, favor proceder conforme as instruções a seguir: Aviso de Sinistro: envio de 1 (uma) via do formulário devidamente preenchido

Leia mais

PROJETO VII COMO FISCALIZAR E GERENCIAR OS CONTRATOS ADMINISTRATIVOS COMPRAS, SERVIÇOS CONTÍNUOS E OBRAS DE ENGENHARIA

PROJETO VII COMO FISCALIZAR E GERENCIAR OS CONTRATOS ADMINISTRATIVOS COMPRAS, SERVIÇOS CONTÍNUOS E OBRAS DE ENGENHARIA PROJETO VII COMO FISCALIZAR E GERENCIAR OS CONTRATOS ADMINISTRATIVOS COMPRAS, SERVIÇOS CONTÍNUOS E OBRAS DE ENGENHARIA Curso 1: ALTERAÇÕES E ADITIVOS AOS CONTRATOS ADMINISTRATIVOS Curso 2: RESCISÃO DO

Leia mais

RECUPERAÇÃO DE PERDAS DO FUNDO DE GARANTIA (FGTS) Sex, 20 de Setembro de :51 - Última atualização Sex, 20 de Setembro de :44

RECUPERAÇÃO DE PERDAS DO FUNDO DE GARANTIA (FGTS) Sex, 20 de Setembro de :51 - Última atualização Sex, 20 de Setembro de :44 Com relação a AÇÃO COLETIVA para recuperação das perdas do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS) a partir de janeiro de 1999, Administradores e Tecnólogos interessados deverão entrar em contato

Leia mais

Planejamento de aquisição de bens e serviços na Administração Pública. Magno Subtil

Planejamento de aquisição de bens e serviços na Administração Pública. Magno Subtil Planejamento de aquisição de bens e serviços na Administração Pública Magno Subtil Registro de Preços Decreto Estadual 7.437/2011 Sistema de Registro de Preços é o conjunto de procedimentos para registro

Leia mais

TIPO DE DOCUMENTO INSTRUÇÃO NORMATIVA LOCALIZADOR. Controlar a concessão de férias dos servidores e empregados públicos da Administração Direta

TIPO DE DOCUMENTO INSTRUÇÃO NORMATIVA LOCALIZADOR. Controlar a concessão de férias dos servidores e empregados públicos da Administração Direta 2/6 MACRO 4.1.3 Em nenhuma hipótese, sob qualquer pretexto, o servidor poderá deixar de gozar férias anuais, obrigatórias, no exercício a que corresponderem, exceto se o prazo previsto no item 4.1.2 for

Leia mais

SALÁRIOS, REAJUSTES E PAGAMENTO PISO SALARIAL

SALÁRIOS, REAJUSTES E PAGAMENTO PISO SALARIAL Mediador - i',xtrato Acordo Coletivo http://www3.mte.gov.br/sistemas/mediador/resumo/resurnovisualiz... ACORDO COLETIVO DE TRABALHO 2015/2016 NÚMERO DE REGISTRO NO MTE: RJ000118/2016 DATA DE REGISTRO NO

Leia mais

Parecer Consultoria Tributária Segmentos Geração SEFIP código 650

Parecer Consultoria Tributária Segmentos Geração SEFIP código 650 Geração SEFIP código 650 14/02/2014 Sumário Título do documento 1. Questão... 3 2. Normas apresentadas pelo cliente... 3 3. Análise da Legislação... 3 3.1 Competência da GFIP/SEFIP... 5 4. Conclusão...

Leia mais

GFIP - Guia de Recolhimento do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço e Informações à Previdência Social NOVEMBRO/2016

GFIP - Guia de Recolhimento do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço e Informações à Previdência Social NOVEMBRO/2016 Previdência Trabalhista/Previdenciária Mês: 12/2016 Dia: 07 GFIP - Guia de Recolhimento do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço e Informações à Previdência Social Envio da Guia de Recolhimento do Fundo

Leia mais

REGIMES DE COMPENSAÇÃO DE HORÁRIO DE TRABALHO

REGIMES DE COMPENSAÇÃO DE HORÁRIO DE TRABALHO REGIMES DE COMPENSAÇÃO DE HORÁRIO DE TRABALHO 1 1. EMENTA - Parecer sintético sobre COMPENSAÇÃO DE HORÁRIO DE TRABALHO abrangendo aspectos gerais dos regimes de "BANCO DE HORAS", "SEMANA INGLESA" e "SEMANA

Leia mais

SECRETARIA DE EDUCAÇÃO SUPERIOR

SECRETARIA DE EDUCAÇÃO SUPERIOR MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO SUPERIOR EDITAL Nº 6, DE 20 DE JANEIRO DE 2016 PROCESSO SELETIVO - PRIMEIRO SEMESTRE DE 2016 FUNDO DE FINANCIAMENTO ESTUDANTIL - FIES O SECRETÁRIO DE EDUCAÇÃO

Leia mais

RESTRITO. Índice. Anexo I ao Memorando-Circular nº 7 /DIRBEN/INSS, de 24/2/ Do esocial Simples Doméstico 2

RESTRITO. Índice. Anexo I ao Memorando-Circular nº 7 /DIRBEN/INSS, de 24/2/ Do esocial Simples Doméstico 2 Esclarecimentos sobre o esocial e orientações quanto à forma de comprovação do vínculo e das remunerações do Empregado Doméstico com base na Lei Complementar nº 150/2015 Índice 1. Do esocial Simples Doméstico

Leia mais