COMPROMISSO COM A FORMALIDADE Regulamentação da Lei Geral Municipal

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "COMPROMISSO COM A FORMALIDADE Regulamentação da Lei Geral Municipal"

Transcrição

1 COMPROMISSO COM A FORMALIDADE Regulamentação da Lei Geral Municipal Prefeitura Municipal de Aperibé RJ. Secretária Municipal de Planejamento e Fazenda. 2009

2 Município: APERIBÉ- RJ Formação do Grupo de trabalho Nº Nome Completo Secretaria/Instituição Cargo ou Função 01 Elzy Vieira Dias 02 Raquel Araújo de Pinho Silvania Almada Gomes Aguiar Fabiano Tavares Cardoso Rogério Rabello da Rocha Cláudia Velasco Elizabeth Secretaria de Fazenda e Planejamento. Secretaria de Fazenda e Planejamento. Secretaria de Fazenda e Planejamento Representante da sociedade civil Governo Governo Secretária de Fazenda e Planejamento Fiscal de Tributos Assistente de Administração Empresário Diretor Obras Desenhista

3 Coordenador do grupo: Tel./Cel.: Elzy Vieira Dias (22) Definição do projeto a ser elaborado: Compromisso com a Formalidade. Área do Projeto: Secretaria de Fazenda e Planejamento / Indústria e Comércio / Trabalho, Emprego e Habitação e Procuradoria Municipal. Entidade Proponente: Prefeitura Municipal de Aperibé Endereço: Rua Professor Honório Silvestre, 288 Centro Cidade: Aperibé U.F: RJ Site: Nome do Responsável: Flávio Gomes de Sousa Telefone: (22) RGI./Órgão Expedidor: IFP CEP: Telefone? CNPJ: / FAX? C.P.F.: Cargo: Prefeito Função: Prefeit o Matrícula: 01 Endereço: Rua Pedro Martins da Rocha, 209 CEP:

4 OBJETIVO PRINCIPAL DO PROJETO Regulamentação da Lei Geral Municipal de Aperibé. OBJETIVOS ESPECÍFICOS DO PROJETO A criação pelo por Decreto pelo executivo, da equipe para estudar a regulamentação e a implantação da Lei Geral Municipal, com a participação de empresários, de Secretarias Municipais e da Câmara dos Vereadores. Levantamento de dados do município de Aperibé; Elaboração da proposta de Lei a ser encaminhada ao Legislativo; Aprovação da Lei pelo Legislativo; Regulamentação e divulgação da Lei vigente no município.

5 DIAGNÓSTICO: O Município de Aperibé com Km², banhados pelos Rios Bomba e Paraíba do Sul, tendo a Rodovia RJ 116 que interliga os municípios visinhos de Santo Antonio de Pádua e Itaocara com uma população de habitantes, tem em atividades formais apenas 48 Indústrias, 225 Atividades Comerciais, 79 Serviços (autônomos) e 12 Propriedades Rurais devidamente regularizadas, totalizando apenas 35% na formalidade. Considera-se este resultado insatisfatório pelo potencial que o município demonstra. Resultado este, que levou a discurção de um grupo de apoio e demais seguimentos da sociedade a definir como via de acesso a formalidade das industriais, comércios e serviços a regulamentação da Lei Geral Municipal que trará resultado satisfatório a curto e médio prazo e influenciara diretamente no aumento da renda per capita do município. (Fonte SEBRAE e IBGE).

6 JUSTIFICATIVAS: O principal objetivo deste projeto tem como base a regularização da Lei Geral Municipal para tirar da informalidade 65% das atividades desenvolvidas neste município. Este projeto resgata a cidadania de muitos munícipes que desenvolvem suas atividades nas informalidades, tendo acesso a proteção previdenciária, com os benefícios da aposentadoria, salário maternidade e auxílio doença, a família também ficará protegida com a pensão por morte e auxílio reclusão. Com a adesão ao novo sistema o empreendedor tem a possibilidade de crescimento, pois poderá divulgar seu negocio, abrir conta em banco, solicitar empréstimo, participar de licitação governamental. A administração pública municipal através de seus órgãos competentes montara um rede de serviços para o desenvolvimento do processo de efetivação prevista na presente lei, contribuindo com a melhoria das condições de vida da população residente.

7 METAS: 1 - A criação de um grupo de assessoramento 2 - Levantamento de dados do município de Aperibé; 3 - Elaboração da proposta da Lei; 4 - Aprovação da Lei no Legislativo; 5 - Regulamentação da Lei vigente no município. ATIVIDADES: Meta 1: Criação do Grupo de Assessoramento com onze participantes, para estar atuando a partir de agosto de 2009: Meta 2: Levantamento dos dados do Município de Aperibé até novembro de Meta 3: Elaboração da Proposta da Lei até dezembro de Meta 4: Aprovação da Lei até fevereiro de Meta 5: Regulamentação e divulgação da Lei vigente no município até março de 2010.

8 Atividade 1.1: Identificação dos possíveis setores representativos para participação na equipe. Atividade 1.2: Definição dos representantes para composição da equipe, sendo, 01 do Legislativo, 03 dos empresários, e 07 do Executivo (Secretaria Fazenda, Secretaria Trabalho, Emprego e Habitação, Indústria e Comércio e Procuradoria). Atividade 1.3: Definição das atribuições da equipe e o papel de cada um (Presidente e secretário), visando, inclusive, interagir com o Legislativo na etapa de apreciação e aprovação da proposta de Lei. Atividade 1.4: Constituição e divulgação das atribuições do grupo de assessoramento. Elaborar a documentação para constituir o grupo definindo suas ações. Com a parceria do SEBRAE.

9 Atividade 2.1: Levantamento das Atividades Formais, através de pesquisa. Atividade 2.2: Levantamento das Atividades Informais Atividade 2.3: Identificação das motivações para a atuação na informalidade. Reunião dos representantes das atividades informais e formais para que não haja discriminação de benefícios entre os mesmos. Atividade 2.4: Conhecimento das opiniões dos formais sobre o que julgam desejados pela prefeitura. Atividade 2.5: Análise dos dados levantados pelo grupo vis-a-vis a identificação das vocações e potencialidades do município Atividade 2.6: apresentação de propostas e sugestões da equipe constituída para estudar a regulamentação.

10 Atividade 3.1: Consultar minuta da Lei Geral Municipal através do SEBRAE. Atividade 3.2: Adaptar a Lei com a realidade do Município, conforme atividade 2.6. (análises dos dados levantados). Atividade 3.3: Reunião do grupo para análise geral. Atividade 3.4: Ampliar a análise, ouvindo, se possível, especialistas do SEBRAE, que podem ser convocados e solicitados atuando como parceiros. Atividade 3.5: Apresentar preliminarmente o rascunho da proposta para o Prefeito. Atividade 3.6: Apresentar preliminarmente o rascunho da proposta, após aprovação (com as alterações sugeridas pelo Prefeito), a representantes do Executivo, do Legislativo e da Sociedade Civil. Atividade 3.7: Encaminhar a Lei para o Legislativo, com as novas alterações.

11 Atividade 4.1: Disponibilizar o grupo para esclarecimento das dúvidas junto ao Legislativo. Atividade 4.2: Definição do dia da sessão ao qual a Lei será aprovada. Atividade 4.3: Convite aos Micros e Pequenos Empreendedores para participação da sessão na aprovação da Lei Geral Municipal. Atividade 4.4: Acompanhamento do grupo na sessão de aprovação da Lei na Câmara Municipal. Atividade 4.5: Aprovação da Lei Atividade 5.1: Sanciona a Lei Atividade 5.2: Publicação da Lei Atividade 5.3: Divulgação da Lei Atividades 5.4: Prever a realização das diversas adequações no ambiente interno da prefeitura, quer seja físico ou administrativo, envolvendo normas e procedimentos para garantir o cumprimento do que for estabelecido.

12 C R O N O G R A M A METAS ATIVIDADES Agosto 2009 Setembro 2009 Outubro 2009 Novembro 2009 Dezembro 2009 Fevereiro 2009 Março ª 1 X 2 X 3 X 4 X 2ª 1 X 2 X X 3 X 4 X 5 X 6 X 3ª 1 X 2 X 3 X 4 X X 5 X 6 X 7 X

13 METAS ATIVIDADES Agosto 2009 Setembro 2009 Outubro 2009 Novembro 2009 Dezembro 2009 Fevereiro 2010 Março ª 1 X 2 X 3 X 4 X 5ª 1 X 2 X 3 X 4 X RECURSOS HUMANOS : Função Quantidade Por quanto tempo Procurador Municipal 01 Seis meses Representante da Câmara 01 Um mês Representante Comercial 01 Um mês Representante da Indústria 01 Um mês Representante dos Prestadores de Serviços 01 Um mês Secretários Municipais 03 Seis meses Representante do Executivo 03 Seis meses Prefeito 01 Um mês Câmara Municipal 01 Um mês

14 RECURSOS MATERIAIS : 1ª Etapa: Materiais utilizados 15 canetas 15 lápis 15 borrachas 15 envelopes 01 resma de papel ofício 200 Cópias 01 Computadores 01 Impressoras 2ª Etapa: Materiais utilizados 15 canetas 15 pranchetas 15 lápis 15 borrachas 15 envelopes 01 resma de papel ofício 200 Cópias Computadores Impressoras Local Prefeitura Municipal Câmara Municipal Pavilhão de Feiras e Eventos Local Prefeitura Municipal Pavilhão de Feiras e Eventos Pessoas envolvidas Procurador Municipal Representantes Comerciais Representantes da Indústria Representantes dos Prestadores de Serviços Secretários Municipais Representantes do Executivo Prefeito Vereadores Municipais Pessoas envolvidas Representantes Comerciais Representantes da Indústria Representantes dos Prestadores de Serviços Secretários Municipais Representantes do Executivo Representante do Legislativo

15 3ª Etapa: Materiais utilizados 15 canetas 15 lápis 15 borrachas 15 envelopes 01 resma de papel ofício 200 Cópias Computadores Impressoras Local Prefeitura Municipal Pavilhão de Feiras e Eventos Pessoas envolvidas Representantes Comerciais Representantes da Indústria Representantes dos Prestadores de Serviços Secretários Municipais Representantes do Executivo Representante do Legislativo Representante do SEBRAE Prefeito Municipal 4ª Etapa: Materiais utilizados 15 canetas 15 lápis 15 borrachas 01 resma de papel ofício 200 Cópias Computadores Impressoras Propaganda volante Local Prefeitura Municipal Pavilhão de Feiras e Eventos Câmara Municipal Pessoas envolvidas Representantes Comerciais Representantes da Indústria Representantes dos Prestadores de Serviços Secretários Municipais Representantes do Executivo Representante do Legislativo Representante do SEBRAE Prefeito Municipal Vereadores Municipais

16 5ª Etapa: Materiais utilizados 01 canetas 30 folhas de papel ofício Computadores Impressoras Propaganda volante Diário Oficial Jornais da região Local Prefeitura Municipal Pessoas envolvidas Prefeito Municipal GASTOS CORRENTES E DE INVESTIMENTO: 61 canetas - R$ 21,35 15 pranchetas- R$ lápis- R$ 12,20 60 borrachas- R$ 12,20 60 envelopes- R$ 7,20 04 resmas de papel ofício- R$ 51, cópias- R$ 120,00 05 Computadores e impressoras-r$ 400,00 06 Combustível-R$ 300,00 GASTOS COM ESTRUTURA FÍSICA, LOGÍSTICA e ADMINISTRATIVA: Pessoal - 07 pessoas - Funcionários Públicos Procurador Municipal Prefeito Municipal Local - Pavilhão de Feiras e Eventos Municipal Câmara dos Vereadores Publicidade - R$ 73,00 Propaganda Volante - R$ 250,00 TOTAL GASTO: 323,00 TOTAL GASTO: 954,40

17 INSTITUIÇÕES ENVOLVIDAS Prefeitura Municipal de Aperibé Câmara Municipal de Aperibé SEBRAE Sociedade Civil Agradecimento : Agradecemos ao Prefeito Dr. Flávio Gomes de Sousa a nossa Secretaria de Fazenda e Planejamento Elzy Vieira Dias o SEBRAE pelo apoio dado para o nosso crescimento intelectual e cultural no aprimoramento de nossos conhecimentos, visando assim uma melhoria contínua para o desenvolvimento do nosso município. Compromisso com a formalidade

PROJETO: PROMOVER O DESENVOLVIMENTO DO MUNICÌPIO DE BOM JESUS DO ITABAPOANA PROGREDIR BOM JESUS

PROJETO: PROMOVER O DESENVOLVIMENTO DO MUNICÌPIO DE BOM JESUS DO ITABAPOANA PROGREDIR BOM JESUS PROJETO: PROMOVER O DESENVOLVIMENTO DO MUNICÌPIO DE BOM JESUS DO ITABAPOANA PROGREDIR BOM JESUS PROGRAMA DE REVITALIZAÇÃO EMPRESARIAL E DESENVOLVIMENTO INTEGRADO RURAL PROJETO: PROMOVER O DESENVOLVIMENTO

Leia mais

CONSELHO MUNICIPAL DOS DIREITOS DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE Lei Municipal Nº:1935/ Lei Federal Nº: CASA DA CIDADANIA DE MONTES CLAROS/MG

CONSELHO MUNICIPAL DOS DIREITOS DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE Lei Municipal Nº:1935/ Lei Federal Nº: CASA DA CIDADANIA DE MONTES CLAROS/MG Resolução nº 01/2014 DISPÕE SOBRE O PLANO DE AÇÃO 2014 DO CONSELHO MUNICIPAL DOS DIREITOS DA DE MONTES CLAROS/MG O CMDCA no uso de suas atribuições legais que lhe conferem a Lei Municipal nº1.935/1991

Leia mais

MARÇO Boletim Nº COMO ESTÃO O PORTAL DE TRANSPARÊNCIA E O SERVIÇO DE INFORMAÇÃO AO CIDADÃO DA CÂMARA DE VEREADORES?

MARÇO Boletim Nº COMO ESTÃO O PORTAL DE TRANSPARÊNCIA E O SERVIÇO DE INFORMAÇÃO AO CIDADÃO DA CÂMARA DE VEREADORES? Boletim Nº www.observatoriopiracicaba.org.br MARÇO 2017 COMO ESTÃO O PORTAL DE TRANSPARÊNCIA E O SERVIÇO DE INFORMAÇÃO AO CIDADÃO DA CÂMARA DE VEREADORES? A transparência é o acesso aos documentos e às

Leia mais

UNIVERSIDADE ESTADUAL DE GOIÁS PRÓ-REITORIA DE EXTENSÃO, CULTURA E ASSUNTOS ESTUDANTIS

UNIVERSIDADE ESTADUAL DE GOIÁS PRÓ-REITORIA DE EXTENSÃO, CULTURA E ASSUNTOS ESTUDANTIS 1. DADOS CADASTRAIS DO PROPONENTE 1. Unidade Universitária proponente Jussara 1.2 Endereço Rodovia GO 418, KM 1 - B. Alto da Boa Vista. DADOS CADASTRAIS 1.3 Cidade Jussara 1.4 CEP 76270-000 1.5 E-mail

Leia mais

PLANO PLURIANUAL

PLANO PLURIANUAL Maio de 2011 É POR AQUI O Maranhão avança com o processo democrático. Esta oportunidade de mobilização é muito valiosa para o exercício da cidadania, afinal nem sempre conseguimos reunir tantas pessoas

Leia mais

CRONOGRAMA DE REUNIÕES 2011

CRONOGRAMA DE REUNIÕES 2011 CRONOGRAMA DE REUNIÕES 2011 23.02 (4ª) / 09h 23.02 (4ª) / às 16h SOLENIDADE DE ABERTURA OFICIAL DOS TRABALHOS DA COMISSÃO 1- Disposições Preliminares Da Competência do Município 02.03 (4ª) / 16.03 (4ª)

Leia mais

PLANO DE AÇÃO

PLANO DE AÇÃO INSTITUTO FLORENCE DE ENSINO SUPERIOR COMISSÃO PRÓPRIA DE AVALIAÇÃO PLANO DE AÇÃO 2016-207 São Luís 2016 1 INTRODUÇÃO O plano de ações da CPA define os rumos dos trabalhos que serão desenvolvidas pela

Leia mais

SINDICATO DOS SERVIDORES PÚBLICOS MUNICIPAIS DE BARBALHA-CE

SINDICATO DOS SERVIDORES PÚBLICOS MUNICIPAIS DE BARBALHA-CE SINDICATO DOS SERVIDORES PÚBLICOS MUNICIPAIS DE BARBALHA-CE Ofício Nº 0012204/2010 Da: Presidente do Sindicato dos Servidores dos Servidores Públicos Municipais de Barbalha-Ceará Professora Teresa Maria

Leia mais

Diário Oficial Eletrônico de Santa Clara do Sul

Diário Oficial Eletrônico de Santa Clara do Sul Diário Oficial Eletrônico de Santa Clara do Sul Nº 03, Santa Clara do Sul/RS, quinta-feira, dia 7 de setembro de 2017 Sumário Editais Página 1 Portarias Página 4 Leis Página 5 Poder Executivo EDITAIS RESULTADO

Leia mais

FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE DO ESTADO DE SANTA CATARINA PRÓ-REITORIA DE PLANEJAMENTO

FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE DO ESTADO DE SANTA CATARINA PRÓ-REITORIA DE PLANEJAMENTO INSTRUÇÃO NORMATIVA N.º 001, de 10 de fevereiro de 2014. FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE DO ESTADO DE SANTA CATARINA PRÓ-REITORIA DE PLANEJAMENTO Disciplina os procedimentos administrativos relativos à tramitação

Leia mais

CÂMARA MUNICIPAL DE NOVO HORIZONTE

CÂMARA MUNICIPAL DE NOVO HORIZONTE r r CÂMARA MUNICIPAL DE NOVO HORIZONTE E-mail: camara@camaranh.sp.gov.br - Site: www.camaranh.sp.gov.br EXMO. SR. PRESIDENTE DA CÂMARA MUNICIPAL DE NOVO HORIZONTE. PROJETO DE DECRETO LEGISLATIVO N / Aprova

Leia mais

ESTADO DO ESPIRITO SANTO PREFEITURA MUNICIPAL DE ARACRUZ PROJETO DE LEI Nº. XXXX

ESTADO DO ESPIRITO SANTO PREFEITURA MUNICIPAL DE ARACRUZ PROJETO DE LEI Nº. XXXX ESTADO DO ESPIRITO SANTO PREFEITURA MUNICIPAL DE ARACRUZ PROJETO DE LEI Nº. XXXX DISPÕE SOBRE O PLANO MUNICIPAL DE APOIO E INCENTIVO À CIÊNCIA E TECNOLOGIA NO MUNICÍPIO DE ARACRUZ E DÁ OUTRAS PROVIDÊNCIAS.

Leia mais

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL PREFEITURA MUNICIPAL DE CACHOEIRINHA SECRETARIA MUNICIPAL DE GOVERNO

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL PREFEITURA MUNICIPAL DE CACHOEIRINHA SECRETARIA MUNICIPAL DE GOVERNO LEI N o 3.065, DE 09 DE SETEMBRO DE 2009. Redefine o Fundo Municipal de Geração de Trabalho e Renda de Cachoeirinha (FUMGER) e revoga a Lei n o 2.359, de 22 de dezembro de 2004. O PREFEITO MUNICIPAL DE

Leia mais

Estado de Alagoas Prefeitura Municipal de São Miguel dos Campos Gabinete do Prefeito

Estado de Alagoas Prefeitura Municipal de São Miguel dos Campos Gabinete do Prefeito Projeto de Lei nº, de de de 2016. Institui o Fórum Municipal de Educação de São Miguel dos Campos e adota outras providências. O Prefeito do Município de São Miguel dos Campos, Estado de Alagoas, no uso

Leia mais

REDE PETRO - BACIA DE CAMPOS REGIMENTO INTERNO

REDE PETRO - BACIA DE CAMPOS REGIMENTO INTERNO REDE PETRO - BACIA DE CAMPOS REGIMENTO INTERNO CAPITULO I DA ORGANIZAÇÃO ADMINISTRATIVA Art. 1º - A Organização Administrativa corresponde à estrutura da REDE PETRO-BC que tem como finalidade garantir

Leia mais

DEMONSTRATIVO DE INFORMAÇÕES PREVIDENCIÁRIAS E REPASSES - DIPR

DEMONSTRATIVO DE INFORMAÇÕES PREVIDENCIÁRIAS E REPASSES - DIPR Exercício: 2016 Bimestre: / ENTE Nome: Piranga UF: MG Endereço: RUA BENEDITO VALADARES;09 Bairro: CENTRO Telefone: (031) 3746-1251 Fax: CNPJ: 23.515.687/0001-01 Complemento: CEP: 36480-000 E-mail: gabinete@piranga.mgadm.gov.br

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SERGIPE NÚCLEO DE EMPREENDEDORISMO

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SERGIPE NÚCLEO DE EMPREENDEDORISMO EDITAL Nº 01, 10 DE MARÇO DE 2017 SELEÇÃO PARA BOLSISTAS O Núcleo de Empreendedorismo da Universidade Federal de Sergipe EMPREENDER UFS, torna público a chamada para a seleção de alunos que desejam participar

Leia mais

DECRETO Nº , DE 4 DE JANEIRO DE 2017.

DECRETO Nº , DE 4 DE JANEIRO DE 2017. DECRETO Nº 19.651, DE 4 DE JANEIRO DE 2017. Institui o Comitê para Gestão de Despesas de Pessoal (CGDEP). O PREFEITO MUNICIPAL DE PORTO ALEGRE, no uso de suas atribuições legais, na forma do artigo 94,

Leia mais

ESTATUTO DA FRENTE PARLAMENTAR EM DEFESA DO SISTEMA NACIONAL DE AUDITORIA DO SUS- SNA

ESTATUTO DA FRENTE PARLAMENTAR EM DEFESA DO SISTEMA NACIONAL DE AUDITORIA DO SUS- SNA ESTATUTO DA FRENTE PARLAMENTAR EM DEFESA DO SISTEMA NACIONAL DE AUDITORIA DO SUS- SNA Art.1 - A FRENTE PARLAMENTAR EM DEFESA DO SISTEMA NACIONAL DE AUDITORIA DO SUS- SNA, constituída de acordo com o Ato

Leia mais

OFICINA 6: Como elaborar projetos de vendas da agricultura familiar para o PNAE. IV Encontro Catarinense de Alimentação Escolar.

OFICINA 6: Como elaborar projetos de vendas da agricultura familiar para o PNAE. IV Encontro Catarinense de Alimentação Escolar. IV Encontro Catarinense de Alimentação Escolar OFICINA 6: Como elaborar projetos de vendas da agricultura familiar para o Monitores: Daniela (Eng. Agrônoma) Raphael (Nutricionista) PNAE Compras Públicas

Leia mais

MUNICÍPIO DE GUARATUBA - PR

MUNICÍPIO DE GUARATUBA - PR MUNICÍPIO DE GUARATUBA - PR Biomas Brasileiros Mata Atlântica Mata Atlântica no litoral do Paraná Legenda Atlas Remanescente da Mata Atlântica - Fundação SOS Mata Atlântica/INPE (2012) 2 O que tem de Mata

Leia mais

PROGRAMA MINHA CASA, MINHA VIDA Oferta Pública de Recursos para municípios com população de até 50mil habitantes

PROGRAMA MINHA CASA, MINHA VIDA Oferta Pública de Recursos para municípios com população de até 50mil habitantes PROGRAMA MINHA CASA, MINHA VIDA Oferta Pública de Recursos para municípios com população de até 50mil habitantes MINISTÉRIO DAS CIDADES Secretaria Nacional de Habitação Departamento de Produção Habitacional

Leia mais

Pela transparência e qualidade na aplicação dos recursos públicos. Indignar-se é importante. Atitude é fundamental! Um espaço democrático e apartidário para o exercício da cidadania em favor da transparência

Leia mais

SETEMBRO/2013 RELATÓRIO DE ATIVIDADES

SETEMBRO/2013 RELATÓRIO DE ATIVIDADES SETEMBRO/213 RELATÓRIO DE ATIVIDADES ADESITA Agência de Desenvolvimento Econômico e Social de Itabirito NEGÓCIO: Desenvolvimento Econômico, Social e Cultural Sustentável MISSÃO: Promover e fortalecer o

Leia mais

Conselho Municipal de Alimentação Escolar de Guarulhos

Conselho Municipal de Alimentação Escolar de Guarulhos Conselho Municipal de Alimentação Escolar de Guarulhos Na cidade de Guarulhos o Conselho de Alimentação Escolar (CAE), foi criado pela Lei Municipal n n 5.647 de 15 de Fevereiro de 2001 e Regulamentado

Leia mais

PLANOS REGIONAIS DE SANEAMENTO BÁSICO

PLANOS REGIONAIS DE SANEAMENTO BÁSICO PLANOS REGIONAIS DE SANEAMENTO BÁSICO O MCIDADES deve coordenar a elaboração dos Planos de RIDE Lei 11.445/07: Art. 52. A União elaborará, sob a coordenação do Ministério das Cidades: I ( ); II - planos

Leia mais

DEPARTAMENTO LEGISLATIVO DA CÂMARA MUNICIPAL DE fortaleza, em iç" de ckr~uj. de 2011.

DEPARTAMENTO LEGISLATIVO DA CÂMARA MUNICIPAL DE fortaleza, em iç de ckr~uj. de 2011. INDICAÇÃO No02 5/_1_2_~ 11~ "Dispõe sobre a criação do Cargo de Coordenador de Creches no Município de Fortaleza e dá outras providências." o Vereador abaixo signatário, no uso de suas atribuições legais,

Leia mais

ATA DA 42ª REUNIÃO ORDINÁRIA DO CONSELHO DE ADMINISTRAÇÃO DA AUTARQUIA PREVIDENCIÁRIA DO MUNICÍPIO DE GUARUJÁ GUARUJÁ PREVIDÊNCIA MANDATO 2015/2019

ATA DA 42ª REUNIÃO ORDINÁRIA DO CONSELHO DE ADMINISTRAÇÃO DA AUTARQUIA PREVIDENCIÁRIA DO MUNICÍPIO DE GUARUJÁ GUARUJÁ PREVIDÊNCIA MANDATO 2015/2019 ATA DA 42ª REUNIÃO ORDINÁRIA DO CONSELHO DE ADMINISTRAÇÃO DA AUTARQUIA PREVIDENCIÁRIA DO MUNICÍPIO GUARUJÁ PREVIDÊNCIA MANDATO 2015/2019 Aos vinte dias do mês de junho do ano de dois mil e dezesseis, reuniram-se

Leia mais

RELATÓRIO DE MENSAL SIMPLIFICADO RMS RMS N. 14

RELATÓRIO DE MENSAL SIMPLIFICADO RMS RMS N. 14 RELATÓRIO DE MENSAL SIMPLIFICADO RMS RMS N. 14 PERÍODO: 01 de fevereiro de 2016 a 29 de fevereiro de 2016 DATA: 01/03/2016 INTRODUÇÃO Este relatório tem como objetivo atender as demandas estabelecidas

Leia mais

Acordo de Acionistas. da CPFL Energia S.A. de Assessoramento do. Conselho da de Draft Administração. Atual Denominação Social. II Participações S.A.

Acordo de Acionistas. da CPFL Energia S.A. de Assessoramento do. Conselho da de Draft Administração. Atual Denominação Social. II Participações S.A. Acordo de Acionistas Regimento da Interno CPFL dos Energia Comitês S.A. de Assessoramento do Atual Denominação Social Conselho da de Draft Administração II Participações S.A. da CPFL Energia S.A. 1 Sumário

Leia mais

Cidade UF CEP DDD/Telefone DDD/FAX. Município UF DDD/Celular

Cidade UF CEP DDD/Telefone DDD/FAX. Município UF DDD/Celular PLANO DE TRABALHO PROJETO CIDADES DIGITAIS (PAC2) 1 DADOS CADASTRAIS Nome da prefeitura CNPJ Endereço da sede da prefeitura Cidade UF CEP DDD/Telefone DDD/FAX E-mail da prefeitura Nome do prefeito C.I./Órgão

Leia mais

Ficha Técnica Integrantes do município de Itatiaia, RJ. Nome Setor Cargo/Função

Ficha Técnica Integrantes do município de Itatiaia, RJ. Nome Setor Cargo/Função Agosto de 2009 Ficha Técnica Integrantes do município de Itatiaia, RJ Nome Setor Cargo/Função Adriana Fontes Gabinete do Prefeito Assessora Daniela Bastos Associação Comercial e Industrial Diretora Denilson

Leia mais

Nº 25, Santa Clara do Sul/RS, quarta-feira, dia 11 de outubro de DECRETOS Página 1 LICITAÇÃO Página 3 LEIS Página 4 PORTARIA Página 5

Nº 25, Santa Clara do Sul/RS, quarta-feira, dia 11 de outubro de DECRETOS Página 1 LICITAÇÃO Página 3 LEIS Página 4 PORTARIA Página 5 Diário Oficial Eletrônico Diário Oficial Eletrônico do Município de Santa Clara do Sul Nº 25-11/10/2017 de Santa Clara do Sul Nº 25, Santa Clara do Sul/RS, quarta-feira, dia 11 de outubro de 2017 Sumário

Leia mais

1º Relatório Quadrimestral de Prestação de Contas. Janeiro à Abril de 2014

1º Relatório Quadrimestral de Prestação de Contas. Janeiro à Abril de 2014 1º Relatório Quadrimestral de Prestação de Contas Janeiro à Abril de 2014 OBSERVATÓRIO SOCIAL DE ITU QUEM SOMOS? O Observatório Social de Itu (OS Itu) integra a rede do Observatório Social do Brasil de

Leia mais

Contratação de prestação de serviços pessoa física para elaboração de estudos/papers

Contratação de prestação de serviços pessoa física para elaboração de estudos/papers Instituto de Economia Contratação de prestação de serviços pessoa física para elaboração de estudos/papers A Universidade Estadual de Campinas UNICAMP, CNPJ/MF 46.068.425/0001-33, cidade Universitária

Leia mais

FUNDO DE INFRA-ESTRUTURA - CT-INFRA. Instituído pela Lei N.º , de 14/02/2001 Regulamentado pelo Decreto 3.087, de 26/04/2001

FUNDO DE INFRA-ESTRUTURA - CT-INFRA. Instituído pela Lei N.º , de 14/02/2001 Regulamentado pelo Decreto 3.087, de 26/04/2001 FUNDO DE INFRA-ESTRUTURA - CT-INFRA Instituído pela Lei N.º 10.197, de 14/02/2001 Regulamentado pelo Decreto 3.087, de 26/04/2001 Recursos: 20% dos recursos dos Fundos Setoriais, sendo pelo menos 30% destinados

Leia mais

REGULAMENTO DO NÚCLEO DE INOVAÇÃO TECNOLÓGICA E EMPREENDEDORISMO EM SAÚDE NITE SAÚDE CAPÍTULO I DAS FINALIDADES

REGULAMENTO DO NÚCLEO DE INOVAÇÃO TECNOLÓGICA E EMPREENDEDORISMO EM SAÚDE NITE SAÚDE CAPÍTULO I DAS FINALIDADES REGULAMENTO DO NÚCLEO DE INOVAÇÃO TECNOLÓGICA E EMPREENDEDORISMO EM SAÚDE NITE SAÚDE CAPÍTULO I DAS FINALIDADES Art. 1º. O Núcleo de Inovação Tecnológica e Empreendedorismo em Saúde da Universidade Federal

Leia mais

NORMAS DO GRHUTRANS. Artigo 01 - Estreitar o contato entre os profissionais da área de Recursos Humanos das empresas participantes.

NORMAS DO GRHUTRANS. Artigo 01 - Estreitar o contato entre os profissionais da área de Recursos Humanos das empresas participantes. NORMAS DO GRHUTRANS Capítulo I: Dos Objetivos Artigo 01 - Estreitar o contato entre os profissionais da área de Recursos Humanos das empresas participantes. Artigo 02 - Auxiliar na troca de informações

Leia mais

Gerente de Mídias Sociais, com carga horária de 30h semanais.

Gerente de Mídias Sociais, com carga horária de 30h semanais. TERMO DE REFERÊNCIA PARA CONTRATAÇÃO POR SERVIÇO ASSOCIAÇÃO DOS AMIGOS DO CENTRO DE REFERÊNCIA PATRIMONIAL E HISTÓRICO DE DUQUE DE CAXIAS (AA- CRPH) E REDE DE MUSEOLOGIA SOCIAL DO RIO DE JANEIRO (REMUS-

Leia mais

I Encontro Nacional do Programa Nacional de Fortalecimento dos Conselhos Escolares

I Encontro Nacional do Programa Nacional de Fortalecimento dos Conselhos Escolares I Encontro Nacional do Programa Nacional de Fortalecimento dos Conselhos Escolares GRUPO DE TRABALHO Municípios das regiões Centro-Oeste, Sudeste e Sul Criação do Grupo Articulador Definir quem é o grupo

Leia mais

Universidade de São Paulo Processo de Transferência para os cursos de graduação da USP

Universidade de São Paulo Processo de Transferência para os cursos de graduação da USP EXAME DE TRANSFERÊNCIA EXTERNA USP 2017/2018 Informe nº 01/2017 2018 21.03.2017 Universidade de São Paulo Processo de Transferência 2017 2018 para os cursos de graduação da USP Informações gerais O Conselho

Leia mais

REGIMENTO INTERNO DOS COMITÊS DE ASSESSORAMENTO

REGIMENTO INTERNO DOS COMITÊS DE ASSESSORAMENTO REGIMENTO INTERNO DOS COMITÊS DE ASSESSORAMENTO O Conselho de Administração da BM&FBOVESPA (respectivamente o Conselho e a Companhia ) será assessorado por quatro comitês permanentes: Auditoria; Governança

Leia mais

COMUNICADO 01/2017 EDITAL SEBRAE/SC Nº 006/2016 CREDENCIAMENTO DE PESSOAS JURÍDICAS PARA PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE INSTRUTORIA E CONSULTORIA

COMUNICADO 01/2017 EDITAL SEBRAE/SC Nº 006/2016 CREDENCIAMENTO DE PESSOAS JURÍDICAS PARA PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE INSTRUTORIA E CONSULTORIA COMUNICADO 01/2017 EDITAL SEBRAE/SC Nº 006/2016 CREDENCIAMENTO DE PESSOAS JURÍDICAS PARA PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE INSTRUTORIA E CONSULTORIA PUBLICADO EM 30/01/2017 O Serviço de Apoio às Micro e Pequenas

Leia mais

As obras que ilustram este material pertencem ao acervo do BRDE.

As obras que ilustram este material pertencem ao acervo do BRDE. www.brde.com.br As obras que ilustram este material pertencem ao acervo do BRDE. DADOS PESSOAIS Nome Endereço nº complemento CEP Cidade Estado Telefone E-mail DADOS PROFISSIONAIS Empresa Endereço nº complemento

Leia mais

COMO ESTÃO OS PORTAIS DE TRANSPARÊNCIA E OS SERVIÇOS DE INFORMAÇÃO AO CIDADÃO (SIC) DA PREFEITURA E DA CÂMARA?

COMO ESTÃO OS PORTAIS DE TRANSPARÊNCIA E OS SERVIÇOS DE INFORMAÇÃO AO CIDADÃO (SIC) DA PREFEITURA E DA CÂMARA? Boletim Nº www.observatoriopiracicaba.org.br COMO ESTÃO OS PORTAIS DE TRANSPARÊNCIA E OS SERVIÇOS DE INFORMAÇÃO AO CIDADÃO (SIC) DA PREFEITURA E DA CÂMARA? MAIO 2014 A transparência e o acesso aos documentos

Leia mais

DECRETO Nº , DE 4 DE SETEMBRO DE 2013.

DECRETO Nº , DE 4 DE SETEMBRO DE 2013. DECRETO Nº 18.395, DE 4 DE SETEMBRO DE 2013. Cria a Câmara Municipal de Compensação Ambiental, em conformidade com a Lei Complementar nº 679, de 26 de agosto de 2011 que institui o Sistema Municipal de

Leia mais

Edital PIBID n. 002/2016 Alunos de iniciação à docência subprojeto Ciências Biológicas CADASTRO DE RESERVA

Edital PIBID n. 002/2016 Alunos de iniciação à docência subprojeto Ciências Biológicas CADASTRO DE RESERVA MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO SUL DE MINAS GERAIS PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSA DE INICIAÇÃO À DOCÊNCIA

Leia mais

PROGRAMA DE MELHORIA DA COMPETITIVIDADE INDUSTRIAL Organização do layout de produção e melhoria do processo produtivo

PROGRAMA DE MELHORIA DA COMPETITIVIDADE INDUSTRIAL Organização do layout de produção e melhoria do processo produtivo PROGRAMA DE MELHORIA DA COMPETITIVIDADE INDUSTRIAL Organização do layout de produção e melhoria do processo produtivo A FEDERAÇÃO DAS INDÚSTRIAS DO ESTADO DO PARANÁ, por sua Gerência de Relações Sindicais,

Leia mais

Nº 26, Santa Clara do Sul/RS, quinta-feira, dia 12 de outubro de LICITAÇÃO Página 1 EXTRATO DE CONTRATO Página 3 LEIS Página 5 PORTARIA Página 6

Nº 26, Santa Clara do Sul/RS, quinta-feira, dia 12 de outubro de LICITAÇÃO Página 1 EXTRATO DE CONTRATO Página 3 LEIS Página 5 PORTARIA Página 6 Diário Oficial Eletrônico Diário Oficial Eletrônico do Município de Santa Clara do Sul Nº 26-12/10/2017 de Santa Clara do Sul Nº 26, Santa Clara do Sul/RS, quinta-feira, dia 12 de outubro de 2017 Sumário

Leia mais

Abertura dos envelopes: Dia 13/03/12 às 15h00 A proposta vencedora será divulgada no site na data 13/03/12 LICITAÇÃO

Abertura dos envelopes: Dia 13/03/12 às 15h00 A proposta vencedora será divulgada no site  na data 13/03/12 LICITAÇÃO CARTA-CONVITE 002.2012 Publicação: 01/03/2012 Prazo para recebimento das propostas: De 01/03/12 a 09/03/12 as 18h00 Envio de propostas para: Rua Pais de Araújo, 29 Cj. 42/43 Itaim Bibi São Paulo SP 04531-090

Leia mais

OUVIDORIA SENAI MT GETEC Cuiabá MT, Fevereiro 2014

OUVIDORIA SENAI MT GETEC Cuiabá MT, Fevereiro 2014 OUVIDORIA SENAI MT GETEC Cuiabá MT, Fevereiro 2014 FEDERAÇÃO DAS INDÚSTRIAS NO ESTADO DE MATO GROSSO FIEMT Jandir José Milan Presidente CONSELHO REGIONAL DO SENAI/MT Jandir José Milan Presidente SERVIÇO

Leia mais

REMUS: Projeto Redes de Memória e Resistência, proposta /2016.

REMUS: Projeto Redes de Memória e Resistência, proposta /2016. TERMO DE REFERÊNCIA PARA CONTRATAÇÃO POR SERVIÇO ASSOCIAÇÃO DE AMIGOS DO CENTRO DE REFERÊNCIA PATRIMONIAL HISTÓRICA DE DUQUE DE CAXIAS (AA-CRPH) E REDE DE MUSEOLOGIA SOCIAL DO RIO DE JANEIRO (REMUS-RJ)

Leia mais

DECRETO Nº 3.699, De 09 de Novembro de 2016

DECRETO Nº 3.699, De 09 de Novembro de 2016 DECRETO Nº 3.699, De 09 de Novembro de 2016 REGULAMENTA A LEI Nº 3.870/2014 E INSTITUI A NOTA FISCAL AVULSA DE SERVIÇOS, E DÁ OUTRAS PROVIDÊNCIAS. CONSIDERANDO a instituição da Nota Fiscal de Serviço Eletrônica

Leia mais

COMUNICADO 02/2017 EDITAL SEBRAE/SC Nº 006/2016 CREDENCIAMENTO DE PESSOAS JURÍDICAS PARA PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE INSTRUTORIA E CONSULTORIA

COMUNICADO 02/2017 EDITAL SEBRAE/SC Nº 006/2016 CREDENCIAMENTO DE PESSOAS JURÍDICAS PARA PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE INSTRUTORIA E CONSULTORIA COMUNICADO 02/2017 EDITAL SEBRAE/SC Nº 006/2016 CREDENCIAMENTO DE PESSOAS JURÍDICAS PARA PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE INSTRUTORIA E CONSULTORIA PUBLICADO EM 24/05/2017 O Serviço de Apoio às Micro e Pequenas

Leia mais

PROCEDIMENTO CADASTRAL

PROCEDIMENTO CADASTRAL PROCEDIMENTO CADASTRAL SERVIÇOS DE LIMPEZA CONTROLE DE PRAGAS COLETA, TRANSPORTE E DESTINAÇÃO DE RESÍDUOS COLETA, TRANSPORTE E DESTINAÇÃO DE PILHAS E BATERIAS COLETA, TRANSPORTE DESCONTAMINAÇÃO E DESTINAÇÃO

Leia mais

Conceito de Orçamento TRIBUNAL DE CONTAS DOS MUNICÍPIOS GESTÃO MUNICIPAL I 13/05/09 ORÇAMENTO PARTICIPATIVO CASO PRÁTICO O QUE É ORÇAMENTO?

Conceito de Orçamento TRIBUNAL DE CONTAS DOS MUNICÍPIOS GESTÃO MUNICIPAL I 13/05/09 ORÇAMENTO PARTICIPATIVO CASO PRÁTICO O QUE É ORÇAMENTO? TRIBUNAL DE CONTAS DOS MUNICÍPIOS GESTÃO MUNICIPAL I 13/05/09 ORÇAMENTO PARTICIPATIVO CASO PRÁTICO Prof. Marcus Vinícius Veras Machado O QUE É ORÇAMENTO? Orçamento Pessoal Orçamento empresarial (Mão-de-Obra,

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DA BAHIA INSTITUTO MULTIDISCIPLINAR EM SAÚDE - CAMPUS ANÍSIO TEIXEIRA COLEGIADO DE NUTRIÇÃO INSTRUÇÃO NORMATIVA 01/2010

UNIVERSIDADE FEDERAL DA BAHIA INSTITUTO MULTIDISCIPLINAR EM SAÚDE - CAMPUS ANÍSIO TEIXEIRA COLEGIADO DE NUTRIÇÃO INSTRUÇÃO NORMATIVA 01/2010 UNIVERSIDADE FEDERAL DA BAHIA INSTITUTO MULTIDISCIPLINAR EM SAÚDE - CAMPUS ANÍSIO TEIXEIRA COLEGIADO DE NUTRIÇÃO INSTRUÇÃO NORMATIVA 01/2010 Revoga a Instrução Normativa 02/2008 e estabelece as normas

Leia mais

EDITAL PROEX Nº 04/2017 EDITAL DE FLUXO CONTÍNUO PARA AS ATIVIDADES DE EXTENSÃO

EDITAL PROEX Nº 04/2017 EDITAL DE FLUXO CONTÍNUO PARA AS ATIVIDADES DE EXTENSÃO EDITAL PROEX Nº 04/2017 EDITAL DE FLUXO CONTÍNUO PARA AS ATIVIDADES DE EXTENSÃO SUBMISSÃO: JANEIRO A DEZEMBRO DE 2017 Em consonância com a Lei número 11.892, de 29 de dezembro de 2008, no artigo 7 o, inciso

Leia mais

CADASTRAMENTO OU ATUALIZAÇÃO DO

CADASTRAMENTO OU ATUALIZAÇÃO DO CADASTRAMENTO OU ATUALIZAÇÃO DO GESTOR NO FNS Sayonara Moura de Oliveira Cidade Secretária Municipal de Saúde de Cedro Vice Presidente do COSEMS/CE Janeiro/2017 1 CADASTRAMENTO DO PREFEITO: 1- Ofício de

Leia mais

Manual do Prestador de Serviços

Manual do Prestador de Serviços Manual do Prestador de Serviços Página 1 de 6 Manual do Prestador de Serviços M. Dias Branco S.A. Manual do Prestador de Serviços Página 2 de 6 ÍNDICE Objetivo 3 Abrangência 3 Código de Ética 3 Instruções

Leia mais

Art. 1º - Aprovar, no Centro de Ensino Superior Riograndense - CESURG MARAU, o Regulamento da Empreender Júnior, cujo inteiro teor se aplica a seguir:

Art. 1º - Aprovar, no Centro de Ensino Superior Riograndense - CESURG MARAU, o Regulamento da Empreender Júnior, cujo inteiro teor se aplica a seguir: RESOLUÇÃO Nº 002/2016 Regulamenta a Empreender Júnior, Empresa Júnior do Centro de Ensino Superior Riograndense CESURG MARAU 1, e dá outras providências. O Diretor Presidente do Centro de Ensino Superior

Leia mais

I SEMINÁRIO ESTADUAL SOBRE POLÍTICA MUNICIPAL DE HABITAÇÃO. 1º de outubro de 2009

I SEMINÁRIO ESTADUAL SOBRE POLÍTICA MUNICIPAL DE HABITAÇÃO. 1º de outubro de 2009 I SEMINÁRIO ESTADUAL SOBRE POLÍTICA MUNICIPAL DE HABITAÇÃO 1º de outubro de 2009 (112 MUNICÍPIOS) (64 MUNICÍPIOS) (91 MUNICÍPIOS) (16 MUNICÍPIOS) (10 MUNICÍPIOS) (IDH Médio M Nacional = 0,766) Especificação

Leia mais

Universidade Federal do Rio Grande do Norte ESCOLA AGRÍCOLA DE JUNDIAÍ Colegiado do Curso de Agronomia. Resolução No.04 de 30 de julho de 2014

Universidade Federal do Rio Grande do Norte ESCOLA AGRÍCOLA DE JUNDIAÍ Colegiado do Curso de Agronomia. Resolução No.04 de 30 de julho de 2014 Universidade Federal do Rio Grande do Norte ESCOLA AGRÍCOLA DE JUNDIAÍ Colegiado do Curso de Agronomia Resolução No.04 de 30 de julho de 2014 Dispõe sobre os critérios e funcionamento das atividades integradoras

Leia mais

EDITAL Nº 04/2015 MATRÍCULA 2015 CURSOS TÉCNICOS DE NÍVEL MÉDIO EM AGROPECUÁRIA, ZOOTECNIA E ALIMENTOS

EDITAL Nº 04/2015 MATRÍCULA 2015 CURSOS TÉCNICOS DE NÍVEL MÉDIO EM AGROPECUÁRIA, ZOOTECNIA E ALIMENTOS 1 SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA BAIANO DEPARTAMENTO DE DESENVOLVIMENTO EDUCACIONAL

Leia mais

Governo Municipal de Oriximiná ORÇAMENTO PROGRAMA PARA Consolidado

Governo Municipal de Oriximiná ORÇAMENTO PROGRAMA PARA Consolidado 01 Câmara Municipal de Oriximiná Legislação.: Legislativo Municipal Atribuições: Legislar com a sanção do Prefeito municipal, sobre as matérias de competência do Município e tributos Municipais, bem como

Leia mais

COMPOSIÇÃO PLANO DE METAS 2005 OBJETIVOS E DETALHAMENTO DAS AÇÕES

COMPOSIÇÃO PLANO DE METAS 2005 OBJETIVOS E DETALHAMENTO DAS AÇÕES COMPOSIÇÃO PLANO DE METAS 2005 NOME DO CONSELHO DE CONSUMIDORES CONERGE PLANO DE ATIVIDADES E METAS ANO _ 2005 _ OBJETIVOS E DETALHAMENTO DAS AÇÕES Meta Número Meta 01 Manutenção de uma estrutura básica

Leia mais

REGULAMENTO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO LICENCIATURA EM MATEMÁTICA IFSP/CJO

REGULAMENTO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO LICENCIATURA EM MATEMÁTICA IFSP/CJO REGULAMENTO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO LICENCIATURA EM MATEMÁTICA IFSP/CJO Art. 1 o - Visando possibilitar a melhor adequação dos Trabalhos de Conclusão de Curso (TCC), obrigatório e que corresponde

Leia mais

I DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES

I DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES FEFISO Faculdade de Educação Física da ACM de Sorocaba - Comissão Própria de Avaliação CPA REGULAMENTO INTERNO Capítulo I DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES Art. 1º - O presente Regulamento contém as disposições

Leia mais

NÚCLEOS DE ENSINO Convite 2011

NÚCLEOS DE ENSINO Convite 2011 A Reitoria, por intermédio da Pró-Reitoria de Graduação PROGRAD, torna público e CONVIDA os professores da UNESP, interessados em Educação, a apresentarem propostas para obtenção de financiamento de projetos

Leia mais

artesanato Cartilha do Empreendedor Individual

artesanato Cartilha do Empreendedor Individual artesanato Cartilha do Empreendedor Individual 1 1. 5. Bom dia, Luiza! você que é artesã já pensou em ser uma empresária? Ser empresária para quê? E, como artesã, posso me registrar? Claro, existe uma

Leia mais

SELEÇÃO DE PROJETOS DE SENSIBILIZAÇÃO E FORMAÇÃO DE PÚBLICO DO CACHOEIRADOC 2017

SELEÇÃO DE PROJETOS DE SENSIBILIZAÇÃO E FORMAÇÃO DE PÚBLICO DO CACHOEIRADOC 2017 SELEÇÃO DE PROJETOS DE SENSIBILIZAÇÃO E FORMAÇÃO DE PÚBLICO DO CACHOEIRADOC 2017 O Festival de Documentários de Cachoeira CachoeiraDoc abre inscrições para projetos de ações de sensibilização e formação

Leia mais

O Processo Participativo na Elaboração do PLANSAB

O Processo Participativo na Elaboração do PLANSAB 1º. Seminário Franco-Brasileiro Sobre Saúde Ambiental Água, Saúde e Desenvolvimento O Processo Participativo na Elaboração do PLANSAB Ernani Ciríaco de Miranda Gerente de Projetos Especialista em Infraestrutura

Leia mais

AGÊNCIA REGULADORA DOS SERVIÇOS DE SANEAMENTO DAS BACIAS DOS RIOS PIRACICABA, CAPIVARI E JUNDIAÍ (ARES-PCJ)

AGÊNCIA REGULADORA DOS SERVIÇOS DE SANEAMENTO DAS BACIAS DOS RIOS PIRACICABA, CAPIVARI E JUNDIAÍ (ARES-PCJ) AGÊNCIA REGULADORA DOS SERVIÇOS DE SANEAMENTO DAS BACIAS DOS RIOS PIRACICABA, CAPIVARI E JUNDIAÍ (ARES-PCJ) MARCOS LEGAIS CONSÓRCIO PÚBLICO - CONSTITUIÇÃO FEDERAL (Art. 241 - Emenda nº 19/1998) - LEI FEDERAL

Leia mais

UNIVERSIDADE CEUMA PROCESSO SELETIVO MANUAL DO CANDIDATO

UNIVERSIDADE CEUMA PROCESSO SELETIVO MANUAL DO CANDIDATO UNIVERSIDADE CEUMA PROCESSO SELETIVO MANUAL DO CANDIDATO Este manual é para você que busca desenvolver seus potenciais. Venha ser um EMPRESÁRIO JÚNIOR MAS O QUE É UMA EMPRESA JÚNIOR? Uma empresa júnior

Leia mais

PMGIRS Plano Municipal de Gestão Integrada de Resíduos Sólidos em Piracicaba HISTÓRICO E RESULTADOS

PMGIRS Plano Municipal de Gestão Integrada de Resíduos Sólidos em Piracicaba HISTÓRICO E RESULTADOS Prefeitura do Município de Piracicaba Estado de São Paulo Brasil Secretaria Municipal de Defesa do Meio Ambiente PMGIRS Plano Municipal de Gestão Integrada de em Piracicaba HISTÓRICO E RESULTADOS Celise

Leia mais

RELATÓRIO DE AVALIAÇÃO ESTATUTO DO DIREITO DE OPOSIÇÃO

RELATÓRIO DE AVALIAÇÃO ESTATUTO DO DIREITO DE OPOSIÇÃO RELATÓRIO DE AVALIAÇÃO ESTATUTO DO DIREITO DE OPOSIÇÃO 2011 RELATÓRIO DE AVALIAÇÃO DO CUMPRIMENTO DO ESTATUTO DO DIREITO DE OPOSIÇÃO NO ANO DE 2011 1. Introdução O Estatuto do Direito de Oposição, aprovado

Leia mais

II FORTEC NE DINE/UFPE

II FORTEC NE DINE/UFPE II FORTEC NE DINE/UFPE NIT/PROPLAN/UECE Vladimir Spinelli Chagas Pró-Reitor PROPLAN Teresa Mota NIT Recife, 13 de abril, 2007 Recife, 13 de abril, 2007 Sumário Estrutura Objetivo Geral Objetivos Específicos

Leia mais

REGIMENTO INTERNO DO FÓRUM PERMANENTE EM DEFESA DO EMPREENDEDOR

REGIMENTO INTERNO DO FÓRUM PERMANENTE EM DEFESA DO EMPREENDEDOR REGIMENTO INTERNO DO FÓRUM PERMANENTE EM DEFESA DO EMPREENDEDOR 1 CAPÍTULO I Objetivos e Forma de Atuação Art. 1º O Fórum Permanente em Defesa do Empreendedor, constituído por entidades da sociedade civil

Leia mais

Concurso Ciclo Verde edição Porto Feliz, março de 2017

Concurso Ciclo Verde edição Porto Feliz, março de 2017 Concurso Ciclo Verde edição 2017 Porto Feliz, março de 2017 LANXESS uma empresa de especialidades químicas operando globalmente Empresa de especialidades químicas Cisão da Bayer em 2004 Portfólio de produtos

Leia mais

Diário Oficial. Câmara Municipal de VIANA ES es.viana.camara.dio.org.br. Espírito Santo sexta-feira, 12 de abril de 2013 Ano III, Edição nº 88

Diário Oficial. Câmara Municipal de VIANA ES es.viana.camara.dio.org.br. Espírito Santo sexta-feira, 12 de abril de 2013 Ano III, Edição nº 88 Câmara Municipal de VIANA ES es.viana.camara.dio.org.br Publicação Oficial Espírito Santo sexta-feira, Ano III, Edição nº 88 Legislação Municipal Portarias PORTARIA Nº 192, DE 12 DE ABRIL DE 2013. O da

Leia mais

RELATÓRIO DE FISCALIZAÇÃO. Sistema de Abastecimento de Água da Comunidade de São Benedito, pertencente ao Município de Angelândia

RELATÓRIO DE FISCALIZAÇÃO. Sistema de Abastecimento de Água da Comunidade de São Benedito, pertencente ao Município de Angelândia RELATÓRIO DE FISCALIZAÇÃO Sistema de Abastecimento de Água da Comunidade de São Benedito, pertencente ao Município de Angelândia Belo Horizonte Junho de 2015 ÍNDICE 1. IDENTIFICAÇÃO DA AGÊNCIA REGULADORA...

Leia mais

POLÍTICA DE CONTROLE DE REGISTROS E CONTABILIDADE

POLÍTICA DE CONTROLE DE REGISTROS E CONTABILIDADE POLÍTICA DE CONTROLE DE REGISTROS E CONTABILIDADE A presente Política de Controle de Registros e Contabilidade compõe a regulamentação pertinente ao Programa de Integridade da Fundação Instituto de Pesquisa

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE ARAÇOIABA DA SERRA

PREFEITURA MUNICIPAL DE ARAÇOIABA DA SERRA DECRETO Nº. 1491, DE 10 DE JANEIRO DE 2013. Institui a Mesa Permanente de Negociação com os Servidores Municipais - MESA e dá outras providências.. MARA LÚCIA FERREIRA DE MELO, Prefeita Municipal da Cidade

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE PETRÓPOLIS - RJ

PREFEITURA MUNICIPAL DE PETRÓPOLIS - RJ Página: 1 Órgão: 01 - CÂMARA MUNICIPAL DE PETRÓPOLIS 01 LEGISLATIVA 29.592.490,00 100,000 TOTAL ÓRGÃO 29.592.490,00 100,000 Página: 2 Órgão: 10 - GABINETE DO PREFEITO 03 ESSENCIAL A JUSTIÇA 20.000,00 0,125

Leia mais

Nº 15, Santa Clara do Sul/RS, quarta-feira, dia 27 de setembro de DECRETOS Página 1 LICITAÇÕES Página 4 LEIS Página 5 PORTARIAS Página 6

Nº 15, Santa Clara do Sul/RS, quarta-feira, dia 27 de setembro de DECRETOS Página 1 LICITAÇÕES Página 4 LEIS Página 5 PORTARIAS Página 6 Diário Oficial Eletrônico Diário Oficial Eletrônico do Município de Santa Clara do Sul Nº 15-27/09/2017 de Santa Clara do Sul Nº 15, Santa Clara do Sul/RS, quarta-feira, dia 27 de setembro de 2017 Sumário

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE OURO PRETO - UFOP PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO PRÓ-REITORIA DE PLANEJAMENTO E DESENVOLVIMENTO

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE OURO PRETO - UFOP PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO PRÓ-REITORIA DE PLANEJAMENTO E DESENVOLVIMENTO EDITAL PROGRAD/PROPLAD Nº 01, de 05 de maio de 2014. As Pró-reitorias de Graduação (PROGRAD) e de Planejamento e Desenvolvimento (PROPLAD) no uso das atribuições que lhes conferem o Regimento Geral da

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE BRUMADO ESTADO DA BAHIA CNPJ/MF Nº / Praça Cel. Zeca Leite, nº. 415 Centro CEP: Brumado-BA

PREFEITURA MUNICIPAL DE BRUMADO ESTADO DA BAHIA CNPJ/MF Nº / Praça Cel. Zeca Leite, nº. 415 Centro CEP: Brumado-BA PROJETO DE LEI Nº 012/2010. Dispõe sobre a alteração do Sistema Municipal de de Brumado para a implantação do de 9 (nove) anos, a partir de 2010 e dá outras providências. O PREFEITO MUNICIPAL DE BRUMADO,

Leia mais

REGULAMENTO DO CONSELHO DE CLASSE

REGULAMENTO DO CONSELHO DE CLASSE MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DA EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA CENTRO DE CIÊNCIAS HUMANAS, SOCIAIS E AGRÁRIAS COLÉGIO AGRÍCOLA VIDAL DE NEGREIROS REGULAMENTO DO

Leia mais

UNIVERSIDADE ALTO VALE DO RIO DO PEIXE UNIARP CURSO DE ARQUITETURA E URBANISMO

UNIVERSIDADE ALTO VALE DO RIO DO PEIXE UNIARP CURSO DE ARQUITETURA E URBANISMO UNIVERSIDADE ALTO VALE DO RIO DO PEIXE UNIARP CURSO DE ARQUITETURA E URBANISMO REGULAMENTO DE TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO MATRIZ CURRICULAR 2013 Fabieli Spessatto Coordenadora do Curso Caçador, 2016

Leia mais

PROJETO FEDERAÇÃO NACIONAL DAS APAES E APLUB CAP

PROJETO FEDERAÇÃO NACIONAL DAS APAES E APLUB CAP PROJETO FEDERAÇÃO NACIONAL DAS APAES E APLUB CAP 2014 CONTROLADORIA FENAPAES-RS Projeto APLUB e Federação Nacional das APAES- Nome do projeto Projeto de apoio as Federações Estaduais dos recursos provenientes

Leia mais

Prefeitura Municipal de Conceição da Feira-BA

Prefeitura Municipal de Conceição da Feira-BA ANO. 2015 DO MUNICÍPIO DE CONCEIÇÃO DA FEIRA - BAHIA PODER EXECUTIVO 1 A Prefeitura Municipal de Conceição da Feira, Estado Da Bahia Visando a Transparência dos Seus Atos Vem PUBLICAR. LEI Nº. 676/2015,

Leia mais

FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO ABC EDITAL DE CHAMAMENTO PÚBLICO PARA PROGRAMA DE PARCERIAS Nº 01/2017

FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO ABC EDITAL DE CHAMAMENTO PÚBLICO PARA PROGRAMA DE PARCERIAS Nº 01/2017 FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO ABC EDITAL DE CHAMAMENTO PÚBLICO PARA PROGRAMA DE PARCERIAS Nº 01/2017 A Fundação Universidade Federal do ABC torna pública a abertura do Edital de Chamamento Público para

Leia mais

APRESENTAÇÃO DO CEBC COMO SE ASSOCIAR 2014

APRESENTAÇÃO DO CEBC COMO SE ASSOCIAR 2014 APRESENTAÇÃO DO CEBC 201 QUEM SOMOS FUNDADO EM 200, O CONSELHO EMPRESARIAL BRASIL CHINA CEBC É UMA INSTITUIÇÃO BILATERAL SEM FINS LUCRATIVOS FORMADA POR DUAS SEÇÕES INDEPENDENTES, NO BRASIL E NA CHINA,

Leia mais

CONSELHO REGIONAL DE ECONOMIA 7ª REGIÃO/SC CORECON-SC COMISSÃO DE LICITAÇÃO

CONSELHO REGIONAL DE ECONOMIA 7ª REGIÃO/SC CORECON-SC COMISSÃO DE LICITAÇÃO CONSELHO REGIONAL DE ECONOMIA 7ª REGIÃO/SC CORECON-SC COMISSÃO DE LICITAÇÃO EDITAL DE CHAMAMENTO PÚBLICO Nº 01/2017 Credenciamento de Imobiliária para Locação de Sala Comercial do CORECON-SC O CONSELHO

Leia mais

EDITAL DE SELEÇÃO PARA BOLSISTA DE PÓS-DOUTORADO (PNPD 2016/CAPES)

EDITAL DE SELEÇÃO PARA BOLSISTA DE PÓS-DOUTORADO (PNPD 2016/CAPES) UNIVERSIDADE FEDERAL DE VIÇOSA CENTRO DE CIÊNCIAS HUMANAS, LETRAS E ARTES DEPARTAMENTO DE LETRAS PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM LETRAS Campus Universitário - Viçosa, MG - 36570-000 - Telefone: (31) 3899-1583

Leia mais

O QUE É UM OBSERVATÓRIO SOCIAL

O QUE É UM OBSERVATÓRIO SOCIAL eeeee O QUE É UM OBSERVATÓRIO SOCIAL É um espaço democrático e apartidário; Reúne em sua estrutura o maior número possível de entidades representativas da sociedade civil; Tem como objetivo de contribuir

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE TRÊS LAGOAS ESTADO DE MATO GROSSO DO SUL

PREFEITURA MUNICIPAL DE TRÊS LAGOAS ESTADO DE MATO GROSSO DO SUL PREFEITURA MUNICIPAL DE TRÊS LAGOAS ESTADO DE MATO GROSSO DO SUL LEI N. 2.738, DE 16 DE JULHO DE 2013. "DISPÕE SOBRE A INSTITUIÇÃO DO PROGRAMA "IMÓVEL LEGAL" E DÁ OUTRAS PROVIDÊNCIAS." MARCIA MOURA, Prefeita

Leia mais

DECRETO - Nº , DE 07 DE MAIO DE 2014.

DECRETO - Nº , DE 07 DE MAIO DE 2014. DECRETO - Nº. 2.901, DE 07 DE MAIO DE 2014. Institui a Comissão Municipal de Emprego, no âmbito do Sistema Público de Emprego, e dá providências correlatas. PE. OSWALDO ALFREDO PINTO, Prefeito Municipal

Leia mais

Programa IOS de Capacitação Profissional. Tecnologia Social - 1ª edição Maio/2017

Programa IOS de Capacitação Profissional. Tecnologia Social - 1ª edição Maio/2017 Programa IOS de Capacitação Profissional Tecnologia Social - 1ª edição Maio/2017 ANEXO I - Formulário de Inscrição Leia atentamente o regulamento do nosso edital antes de iniciar o preenchimento deste

Leia mais

EDITAL PROCESSO LICITATÓRIO PROCESSO 0003/2016 CARTA CONVITE Nº 001/2016

EDITAL PROCESSO LICITATÓRIO PROCESSO 0003/2016 CARTA CONVITE Nº 001/2016 EDITAL PROCESSO LICITATÓRIO PROCESSO 0003/2016 CARTA CONVITE Nº 001/2016 TIPO DE LICITAÇÃO: MENOR PREÇO GLOBAL MARCELO ALVES DE FREITAS, diretor executivo do INSTITUTO DE PREV DOS SERVIDORES DO MUNICIPIO

Leia mais