Seminário sobre Monitoramento e Controle de Projetos

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Seminário sobre Monitoramento e Controle de Projetos"

Transcrição

1 Seminário sobre Monitoramento e Controle de Projetos Palestra: Monitoramento e Controle de Projetos Offshore de Óleo e Gás Prof. Rodrigo Mendes Gandra (MSc, PMP, PMI-RMP, IPMA-D) Rio de Janeiro, 05/04/2014. Mensagem Principal Entender que, em Gestão de Projetos, não existe CERTO ou ERRADO, mas sim convenções e aplicação de boas práticas. Gerenciamento de Projetos requer estimativas de eventos futuros, sendo assim, significa que deve-se gerenciar o Nível de Conforto dos tomadores de decisões. PMBOK NÃO ensina como fazer, a metodologia deverá ser desenvolvida e convencionada por cada organização. 1

2 Ciclo de Vida do Projeto e Incertezas Abordagem Apresentar algumas características de projetos na Indústria de Óleo e Gás Apresentar ferramenta de Quality Assurance (FEL) Abordar aspectos gerais e ferramentas de Monitoramento e Controle de: Escopo Mudanças Tempo Riscos Custos (Earned Value Management - EVM) Viabilidade Econômica e Financeira Comunicações (Exemplos de Cockpit e Relatórios de Projetos) 2

3 Conceitos Gerais da Industria de Óleo e Gás Cadeia Produtiva da Indústria de Petróleo Processamento de Gás Gás Transporte de Gás Importação de Gás Exploração Desenvolvimento Produção Óleo Nacional Refinaria Armazenagem Distribuição de Gás Estoque de Óleo Cru Importação de Óleo Cru Transporte Derivados Importação de Derivados Distribuição Derivados 3

4 Fases de um Projeto de Exploração e Produção (E&P) Fases de um Projeto de Exploração e Produção (E&P) E&P Sísmicas Perfuração de Poços Exploratórios Teste de Longa Duração Declaração de Comercialidade junto à ANP BO P 4

5 Fases de um Projeto de Exploração e Produção (E&P) BO P BO P Fases de um Projeto de Exploração e Produção (E&P) Declaração de Comercialidade junto à ANP FIM DA FASE EXPLORATÓRIA 5

6 Fases de um Projeto de Exploração e Produção (E&P) Fase Desenvolvimento das Produção Refinamento dos Estudos Sísmicos Estudos do Reservatório (Previsão de Produção) Selecionar Possíveis Conceitos Técnicos Definição do Conceito para Desenvolvimento do Campo Estudo de Viabilidade Técnico e Econômica (EVTE) Desenvolvimento do Conceito (Execução) Monitoramento e Controle do Projeto de Ativo Contratações de Bens e Serviços Entrega do Projeto à Produção Fases de um Projeto de Exploração e Produção (E&P) B O P B O P B O P 6

7 Fases de um Projeto de Exploração e Produção (E&P) Fase de Produção Gerenciamento do Reservatório Controle da Produção Revamps /Adaptações Necessárias (Projetos Complementares) Paradas Programadas Otimização da Produção e dos Custos Desativação do Campo Fases de um Projeto de Exploração e Produção (E&P) 7

8 Fases de um Projeto de Exploração e Produção (E&P) SPE / WPC: Resource Classification System In March 1997, the Society of Petroleum Engineers (SPE) and the World Petroleum Congresses (WPC) approved a set of petroleum reserves definitions. Any estimation of resource quantities for an accumulation or group of accumulations is subject to both technical and commercial uncertainties, and should, in general, be quoted as a range. In the case of reserves, and where appropriate, this range of uncertainty can be reflected in estimates for Proved Reserves (1P), Proved plus Probable Reserves (2P) and Proved plus Probable plus Possible Reserves (3P) scenarios. For other resource categories, the terms Low Estimate, Best Estimate and High Estimate are recommended. 8

9 Pré-Sal: Origem Pré-Sal: Volume Estimado: 14,3 a 31,5 bilhões de barris 9

10 Quality Assurance: Metodologia Front-End Loading (FEL) As fases geralmente são sequenciais e normalmente são definidas por algum formulário de transferência de informações técnicas ou de entrega de componentes técnicos. Front-End Loading (FEL) => metodologia de mapeamento dos processos de desenvolvimento e implementação dos empreendimentos baseado nas fases de projeto (Stage Gates) divididas por Checkpoints (Peer Reviews Revisões de Qualidade). A cada fase são identificadas as Entregas do projeto. Processos e Ferramentas Monitoramento e Controle de Projetos 10

11 Definição de Sucesso em Projetos / Tripla Restrição Ampla (Triple Constraint) ESCOPO Viabilidade Econômica + Saúde Financeira Qualidade + Satisfação do Cliente Previsibilida de Satisfação do Cliente SMS TEMPO CUSTO Há um trade-off entre os fatores de sucesso Atendimento Legal e Regulatório Respons. Social Estabelecer um Cronograma (Planejamento) Linha de Base de Tempo / Schedule Baseline É determinado pelo caminho crítico do cronograma (caminho de maior duração). Deve conter os Buffers (Processo de Quantificação de Ricos). LINHA DE BASE DE TEMPO = CAMINHO CRITICO DETERMINÍSTICO + RESERVA DE CONTINGÊNCIA. Geralmente exibida como uma curva S. 11

12 Desenvolver Cronograma (Planejamento) Linha de Base de Custos / Cost Baseline Desenvolvida pela totalização das estimativas de custo por período. Deve conter a Reserva de Contingência (Processo de Quantificação de Ricos). LINHA DE BASE DE CUSTOS = ESTIMATIVAS DE CUSTOS + RESERVA DE CONTINGÊNCIA. Geralmente exibida como uma curva S. Orçamento e Cronograma (Planejamento) Linha de Base geralmente representadas em forma de CURVA S FÍSICA E FINACEIRA 12

13 Objetivos do Monitoramento e Controle Avaliar os fatores que criam ou pode criar mudanças no projeto (escopo, qualidade, tempo, custo, viabilidade econômica, SMS, saúde financeira, responsabilidade social, etc.) Avaliar os impactos dessas mudanças Monitorar o desempenho das realizações do projeto (Planejado x Realizado x Valor Agregado) Entender os desvios Monitorar os riscos (probabilidade x impacto) Monitorar os problemas (issues) Avaliar e acompanhar ações corretivas Avaliar e acompanhar ações preventivas Aprovar / rejeitar mudanças Reportar desempenho e estimar novos cenários Avaliar se as mudanças gerarão uma Nova Linha de Base ou serão computadas como desvios de planejamento ou consumo de contingência Para se gerenciar o projeto de forma efetiva, deve-se ter um processo eficiente de Controle Integrado de Mudanças Gerenciamento da Integração do Projeto e Controle Integrado de Mudanças Iniciação Planejamento Execução Monitoramento e Controle Encerramento Ações / Reparos Implementados Termo de Abertura Plano Gerenciamento Projeto Executar Atividades Monitorar Trabalho Encerrar Projeto Contrato SOW Plano Entregas Project Management Information System Info. Desempenho Ações Recomendadas Escopo Preliminar Controle Integrado de Mudanças 13

14 Monitoramento e Controle de Riscos Objetivos Os riscos do projeto devem ser monitorados continuamente, pois eles podem mudar de status (prioridade / grau de risco) Identifica novos riscos Trata os riscos residuais Trata de Riscos Secundários (aqueles que foram gerados por respostas à outros riscos) Monitora as Reservas de Contingência Importante => Reservas de Contingência Reservas Gerenciais Definida através dos métodos de análise de risco listadas acima. Serve para os riscos Conhecidos e Entendidos (Known-Known) & Conhecidos e Não Entendidos (Known- Unknown). Pode ser incorporado à linha de base do projeto Definida através critérios subjetivos. Serve para os riscos Desconhecidos e Não Entendidos (Unknown-Unknown) / Incerteza Eventos que são totalmente desconhecidos e, portanto inesperados. Por conseqüência, seus impactos não podem ser estimados. Não pode ser incorporado à linha de base do projeto Monitoramento e Controle de Riscos Gestão de Mudanças x Gestão de Riscos Integração entre Gerenciamento de Riscos e Gerenciamento de Mudanças para padronização de critérios no processo de tomada de decisão em projetos, bem como cobertura de Riscos Residuais. Idéia de nova Cadastro mudança ou de da proposta tomada de para avaliação decisão SGR Avaliação e gestão de riscos Cadastro da mudança para acompanhamento e controle Identificação de risco para avaliação da mudança na linha de base do projeto SGM Gestão de mudanças 14

15 Earned Value Management (EVM) / Gerenciamento do Valor Agregado Earned Value Management (EVM) EARNED VALUE MANAGEMENT (EVM) => É o custo total das atividades realizadas até determinado período, valoradas pelo custo orçado (ou planejado de acordo com as premissas da linha de base). Objetiva revelar quanto valor o trabalho efetuado agrega ao projeto em determinado momento do tempo (sem levar em conta caminho crítico). 15

16 Earned Value Management (EVM) Apesar de ser tratado, pelo PMBOK, na área de gerenciamento de custos, o gerenciamento do valor agregado integra as medições de desempenho de escopo, custo e cronograma. O foco da técnica se resume a 2 tipos de análises: O quanto foi planejado trabalhar e o quanto foi efetivamente trabalhado. O quanto foi efetivamente trabalhado e o quanto se gastou para isso. EarnedValue Manegement (EVM) Projeto: - construção de 5 máquinas - prazo de 5 meses (PD - project duration) - cada máquina orçada em $10 - orçamento de $50 (BAC - Budget at Completion) $ 1o. Mês $10 planejado realizado 1o. mês: AC = $10 EV = $10 PV = $10 3o. mês: AC = $50 EV = $40 PV = $30 3o. Mês $50 AC EV PV $ $ $ $ % CPI = SPI = EV AC EV PV BAC Tempo SPI = $10/$10 = 1,00 Projeção p/ prazo total (EACt) => PD/SPI = 5/1 = 5 meses CPI = $10/$10 = 1,00 Projeção p/ custo total (EAC) => BAC/CPI = $50/1 = $50 SPI = $40/$30 = 1,33 CPI = $40/$50 = 0,80 EAC: $62,5 EACt: 3,8 Estimate at Completion (EAC) p/ Custo e Tempo Projeção p/ prazo total (EACt) => PD/SPI = 5/1,33 = 3,8 meses Projeção p/ custo total (EAC) => BAC/CPI = $50/0,8 = $62,5 => Supondo que é uma variação típica e não será corrigida. EVA fornece uma idéia de previsibilidade! (Caso Típico) 16

17 Tomada de Decisões em Projetos de Investimento Fluxo de Caixa Descontado e Valor Presente Líquido (VPL) Valor Presente Líquido (VPL), que consiste em apurar o valor presente de um fluxo de resultado projetado (custos e benefícios líquidos), utilizando-se de uma taxa mínima de atratividade para realizar o desconto do fluxo. A taxa mínima de atratividade (TMA = i) é a taxa mínima que a empresa deseja obter na aplicação de um projeto ou negócio. VPL > 0 => Representa uma agregação de valor superior à aplicação do dinheiro à TMA. Ou seja, a rentabilidade do projeto mais que cobre o custo do capital. VPL = 0 => Significa que os fluxos de caixa do projeto são exatamente suficientes para remunerar o capital investido à taxa de retorno requerida pelos donos do capital. VPL < 0 => Os fluxos de caixa do projeto não remuneram o capital investido à taxa de requerida pelos donos do capital. 17

18 Fluxo de Caixa Descontado e VPL: Exemplo Projeto E&P Fluxo de Caixa Descontado e VPL: Exemplo Projeto E&P 18

19 Fluxo de Caixa Descontado e VPL: Exemplo Projeto E&P $ milhões Ex: Projeto Base Tempo (anos) N VPL = K=1 Fim 2025 E(CF ) K (1+TMA) K-j Fluxo de Caixa Descontado e VPL: Exemplo Projeto E&P $ milhões Ex: Aumento de Custos de Investimento Tempo (anos) N VPL = K=1 Fim 2025 E(CF ) K (1+TMA) K-j 19

20 Fluxo de Caixa Descontado e VPL: Exemplo Projeto E&P $ milhões Ex: Antecipação da data de entrada em produção com aumento de investimento Tempo (anos)? VPL = N K=1 Fim 2025 E(CF ) K (1+TMA) K-j Fluxo de Caixa Descontado e VPL: Exemplo Projeto E&P $ milhões Ex: Mudança de Escopo Tempo (anos)? VPL = N K=1 Fim 2025 E(CF ) K (1+TMA) K-j 20

21 Cockpits e Relatórios de Acompanhamento de Projetos Modelo de Cockpit de Construção Naval 21

22 Estude sempre para aprender mais! Obrigado!!! 22

23 Mini Currículo Prof. Rodrigo Mendes Gandra (MSc, PMP, PMI-RMP, IPMA-D) Atua como Especialista em Planejamento, Controle e Valuation da Óleo e Gás Participações (OGpar), 2 anos como Especialista em Planejamento e Controle da OSX Construção Naval, 8 anos de experiência em análise econômica / valuation e gestão de projetos industriais (E&P e Refino da PETROBRAS, Ernst & Young e Repsol Sinopec Brasil), 2 anos de experiência em análise macroeconômica (IPEA, DIEESE, Eletrobras), Mestre em Economia pela UFF, Bacharel em Economia pela UFRJ, Certificado como Project Management Professional (PMP-PMI), Certificado como Risk Management Professional (PMI-RMP), Certificado como Project Management Associate Level D (IPMA-D), 1 Lugar no XI Prêmio Brasil de Economia de 2003, Ex-Diretor de Relacionamento Corporativo do International Project Management Association (IPMA Brasil), Professor de Gerenciamento de Escopo, Riscos, Custos e Análise de Viabilidade de Projetos em diversos cursos de Pós-Graduação em Engenharia de Petróleo e em Gerenciamento de Projetos (UCB, UCP, POLI-UFRJ, Dinsmore), dezenas de artigos publicados e dezenas de palestras ministradas. Linkedin: Currículo Lattes: 23

Aplicando o Primavera Risk Analysis para Gerenciar Riscos de Prazos e Custos de Projetos: Caso de uma Reforma de Apartamento

Aplicando o Primavera Risk Analysis para Gerenciar Riscos de Prazos e Custos de Projetos: Caso de uma Reforma de Apartamento Aplicando o Primavera Risk Analysis para Gerenciar Riscos de Prazos e Custos de Projetos: Caso de uma Reforma de Apartamento Prof. Rodrigo Mendes Gandra MSc, PMP, PMI-RMP, IPMA-D Ponto de Partida Em Gestão

Leia mais

Gerenciamento de Projetos

Gerenciamento de Projetos MBA em EXCELÊNCIA EM GESTÃO DE PROJETOS E PROCESSOS ORGANIZACIONAIS Gerenciamento de Projetos Planejamento e Gestão de Projetos Prof. Msc. Maria C Lage Prof. Newman Serrano, PMP Gerenciamento de Custos

Leia mais

Pós-Graduação em Gestão e Gerenciamento de Projetos

Pós-Graduação em Gestão e Gerenciamento de Projetos Pós-Graduação em Gestão e Gerenciamento de Projetos Disciplina: Gerenciamento do Valor Agregado (Earned Value Management - EVM) Prof. Rodrigo Mendes Gandra (MSc, PMP, PMI-RMP, IPMA-D) Mini Currículo Prof.

Leia mais

Monitoramento e Controle. Frases. Roteiro. 1. Processos de Controle 2. Relatório de Desempenho 3. Earned Value Management 4.

Monitoramento e Controle. Frases. Roteiro. 1. Processos de Controle 2. Relatório de Desempenho 3. Earned Value Management 4. Monitoramento e Controle Frases O que não é mensurável, não é gerenciável. Peter Druker Roteiro 1. Processos de Controle 2. Relatório de Desempenho 3. Earned Value Management 4. Referências 1 Processo

Leia mais

Gerenciamento de integração de projeto

Gerenciamento de integração de projeto Objetivos do Conteúdo Gerenciamento de integração de projeto Sergio Scheer / DCC / UFPR TC045 Gerenciamento de Projetos Prover capacitação para: - Identificar os processos de Gerenciamento de Projetos;

Leia mais

Gerenciamento de integração de projeto. Sergio Scheer / DCC / UFPR TC045 Gerenciamento de Projetos

Gerenciamento de integração de projeto. Sergio Scheer / DCC / UFPR TC045 Gerenciamento de Projetos Gerenciamento de integração de projeto Sergio Scheer / DCC / UFPR TC045 Gerenciamento de Projetos 9 áreas de conhecimento de GP / PMBOK / PMI QUALIDADE RECURSOS HUMANOS ESCOPO AQUISIÇÕES INTEGRAÇÃO COMUNICAÇÕES

Leia mais

WWW.RJN.COM.BR. De acordo com a 5ª Edição (2013) do PMBOK

WWW.RJN.COM.BR. De acordo com a 5ª Edição (2013) do PMBOK De acordo com a 5ª Edição (2013) do PMBOK EMENTA DO TREINAMENTO Apresentar metodologia de estudo dos fundamentos de gerenciamento de projetos, das áreas de conhecimento (integração, escopo, tempo, custo,

Leia mais

Palavras-chave: Gestão de Projetos, Gestão de Prazos, Gestão de Custos, Análise de Riscos, Planejamento.

Palavras-chave: Gestão de Projetos, Gestão de Prazos, Gestão de Custos, Análise de Riscos, Planejamento. Planejando Prazo e Custo para uma Reforma de Apartamento com Primavera Risk Analysis http://pmoacademy.com.br/como-funciona-o-primavera-risk-analysis/ Rodrigo Mendes Gandra, MSc, PMP, PMI-RMP, PMA-D Resumo

Leia mais

PLANO DE GERÊNCIAMENTO DE RISCOS

PLANO DE GERÊNCIAMENTO DE RISCOS 1 PLANO DE GERÊNCIAMENTO DE RISCOS Versão 1.1 Rua Pedro Ribeiro, 85 - Matriz, Vitória de Santo Antão - PE, 55612-275 Pernambuco Brasil (81) 3523-0012 www.qualistec.com.br suporte@qualistec.com.br 2 Histórico

Leia mais

Sistema de Informações do Projeto

Sistema de Informações do Projeto Gerenciamento das Comunicações do Projeto Sistema de Informações do Projeto 10. Gerenciamento das comunicações do projeto O gerenciamento das das comunicações do do projeto é a área área de de conhecimento

Leia mais

13ª Seminário Internacional de Gerenciamento de Projetos. Indicadores de Gerenciamento de Projetos

13ª Seminário Internacional de Gerenciamento de Projetos. Indicadores de Gerenciamento de Projetos 13ª Seminário Internacional de Gerenciamento de Projetos Indicadores de Gerenciamento de Projetos Prof. Dr. Armando Terribili Filho, PMP 09/16/2013 Armando Terribili Filho, PMP terribiliar@yahoo.com.br

Leia mais

Novidades do Guia PMBOK 5ª edição

Novidades do Guia PMBOK 5ª edição Novidades do Guia PMBOK 5ª edição Mauro Sotille, PMP O Guia PMBOK 5 a edição (A Guide to the Project Management Body of Knowledge (PMBOK Guide) Fifth Edition), em Inglês, foi lançado oficialmente pelo

Leia mais

Projetos de Capital. André Augusto Choma, PMP. Analista de Projetos da IPA Independent Project Analysis. Special Day Mundo PM

Projetos de Capital. André Augusto Choma, PMP. Analista de Projetos da IPA Independent Project Analysis. Special Day Mundo PM FEL e as Práticas de Gates para Projetos de Capital André Augusto Choma, PMP Analista de Projetos da IPA Independent Project Analysis Special Day Mundo PM Special Day Mundo PM Projetos de Infraestrutura

Leia mais

Gerenciamento de Projetos de TI

Gerenciamento de Projetos de TI Gerenciamento de Projetos de TI A Abordagem do PMI para a área de TI Objetivo Este curso tem como objetivo consolidar conhecimentos sobre as melhores práticas de Gerenciamento de Projetos de Tecnologia

Leia mais

VII ENAENCO Avaliação de Impactos Sócio- ambientais na Implantação de novos Empreendimentos pela Engenharia da PETROBRAS

VII ENAENCO Avaliação de Impactos Sócio- ambientais na Implantação de novos Empreendimentos pela Engenharia da PETROBRAS VII ENAENCO Avaliação de Impactos Sócio- ambientais na Implantação de novos Empreendimentos pela Engenharia da PETROBRAS FERNANDO ALMEIDA BIATO Gerente Geral de Implementação de Empreendimentos para Abastecimento

Leia mais

Aplicação de Processos Estocásticos para Estimar o Avanço Físico de Projetos 3º ENCONTRO ANUAL DA AACE

Aplicação de Processos Estocásticos para Estimar o Avanço Físico de Projetos 3º ENCONTRO ANUAL DA AACE Aplicação de Processos Estocásticos para Estimar o Avanço Físico de Projetos 3º ENCONTRO ANUAL DA AACE Bio de Rafael Monteiro Graduado em engenharia química e pós graduado em estatística, ambos pela UFMG.

Leia mais

Indicadores de desempenho essenciais para projetos

Indicadores de desempenho essenciais para projetos Indicadores de desempenho essenciais para projetos Sérgio Fernando, SCJA, PMP Gerente de Projetos Memora Processos Inovadores Ltda Distrito Federal, Brasil E-mail: sergio.muniz@memora.com.br RESUMO Como

Leia mais

Questionário de avaliação de Práticas X Resultados de projetos - Carlos Magno Xavier (magno@beware.com.br)

Questionário de avaliação de Práticas X Resultados de projetos - Carlos Magno Xavier (magno@beware.com.br) Obrigado por acessar esta pesquisa. Sei como é escasso o seu tempo, mas tenha a certeza que você estará contribuindo não somente para uma tese de doutorado, mas também para a melhoria das práticas da Comunidade

Leia mais

Monitoramento e Controle. Leonardo Gresta Paulino Murta leomurta@ic.uff.br

Monitoramento e Controle. Leonardo Gresta Paulino Murta leomurta@ic.uff.br Monitoramento e Controle Leonardo Gresta Paulino Murta leomurta@ic.uff.br O que é? O plano pode ser visto como lacunas (contendo tarefas), que estão previstas mas ainda não foram executadas É possível

Leia mais

INDICADOR DA QUALIDADE DO PROCESSO PARADA PROGRAMADA

INDICADOR DA QUALIDADE DO PROCESSO PARADA PROGRAMADA INDICADOR DA QUALIDADE DO PROCESSO PARADA PROGRAMADA Santos, Julio Cezar Jeronimo (1) Melo, Welerson dos Reis Amaral (2) RESUMO Este trabalho fornece informações genéricas sobre o conceito de paradas programadas,

Leia mais

FAQ EVA Análise de valor agregado EVA Análise de Valor Agregado FAQ

FAQ EVA Análise de valor agregado EVA Análise de Valor Agregado FAQ EVA Análise de Valor Agregado FAQ A Análise de Valor Agregado (EVA) é uma das mais importantes técnicas de controle dentro do Gerenciamento de Projetos, que oferece diagnósticos precisos e completos em

Leia mais

Gerenciamento da Integração (PMBoK 5ª ed.)

Gerenciamento da Integração (PMBoK 5ª ed.) Gerenciamento da Integração (PMBoK 5ª ed.) O PMBoK diz que: O gerenciamento da integração do projeto inclui os processos e as atividades necessárias para identificar, definir, combinar, unificar e coordenar

Leia mais

PMBOK 4ª Edição III. O padrão de gerenciamento de projetos de um projeto

PMBOK 4ª Edição III. O padrão de gerenciamento de projetos de um projeto PMBOK 4ª Edição III O padrão de gerenciamento de projetos de um projeto 1 PMBOK 4ª Edição III Processos de gerenciamento de projetos de um projeto 2 Processos de gerenciamento de projetos de um projeto

Leia mais

Proposta para implantação de um Escritório de Projetos. Eduardo Montes, PMP

Proposta para implantação de um Escritório de Projetos. Eduardo Montes, PMP Proposta para implantação de um Escritório de Projetos Eduardo Montes, PMP Agenda O que é o Escritório de Projetos? Missão, Objetivos e Diretrizes Metodologia Reuniões Semanais (Comitê/GP) Formas de atuação

Leia mais

Gerenciamento da Qualidade

Gerenciamento da Qualidade Gerenciamento da Qualidade Técnicas e Ferramentas de Mercado Objetivo Este curso tem como objetivo consolidar conhecimentos sobre as principais técnicas e ferramentas de Gerenciamento da Qualidade utilizadas

Leia mais

3 Gerenciamento de Projetos

3 Gerenciamento de Projetos 34 3 Gerenciamento de Projetos Neste capítulo, será abordado o tema de gerenciamento de projetos, iniciando na seção 3.1 um estudo de bibliografia sobre a definição do tema e a origem deste estudo. Na

Leia mais

ESTRUTURAÇÃO DOS PROCESSOS DE GERENCIAMENTO DE RISCOS CONSULTORIA

ESTRUTURAÇÃO DOS PROCESSOS DE GERENCIAMENTO DE RISCOS CONSULTORIA ESTRUTURAÇÃO DOS PROCESSOS DE GERENCIAMENTO DE RISCOS CONSULTORIA SOBRE A CONSULTORIA Ganhe vantagem competitiva através da gestão adequada das ameaças e oportunidades de seus projetos. A Macrosolutions

Leia mais

UNIVERSIDADE DO ESTADO DE SANTA CATARINA UDESC CENTRO DE EDUCAÇÃO SUPERIOR DO ALTO VALE DO ITAJAÍ CEAVI DIREÇÃO DE ENSINO DEN PLANO DE ENSINO

UNIVERSIDADE DO ESTADO DE SANTA CATARINA UDESC CENTRO DE EDUCAÇÃO SUPERIOR DO ALTO VALE DO ITAJAÍ CEAVI DIREÇÃO DE ENSINO DEN PLANO DE ENSINO Departamento: Disciplina: Pré-Requisitos: - I D E N T I F I C A Ç Ã O Sistemas de Informação Gerência de Projetos (GEP) CH: 72 h/a Curso: Bacharelado em Sistemas de Informação Semestre: 2011/1 Fase: 8ª

Leia mais

MASTER IN PROJECT MANAGEMENT

MASTER IN PROJECT MANAGEMENT MASTER IN PROJECT MANAGEMENT PROJETOS E COMUNICAÇÃO PROF. RICARDO SCHWACH MBA, PMP, COBIT, ITIL Atividade 1 Que modelos em gestão de projetos estão sendo adotados como referência nas organizações? Como

Leia mais

Introdução ao método EVA (Earned Value Analysis)

Introdução ao método EVA (Earned Value Analysis) Introdução ao método EVA (Earned Value Analysis) André Barcaui barcaui@bbbrothers.com.br Histórico 1 O conceito de EVA foi criado por engenheiros industriais há mais de 50 anos atrás para gerenciar custos

Leia mais

Gerenciamento de Projetos. Faculdade Unisaber 2º Sem 2009

Gerenciamento de Projetos. Faculdade Unisaber 2º Sem 2009 Semana de Tecnologia Gerenciamento de Projetos Faculdade Unisaber 2º Sem 2009 ferreiradasilva.celio@gmail.com O que é um Projeto? Projeto é um "esforço temporário empreendido para criar um produto, serviço

Leia mais

Case Promon: uma metodologia de Gerenciamento de Projetos. Setembro de 2012

Case Promon: uma metodologia de Gerenciamento de Projetos. Setembro de 2012 Case Promon: uma metodologia de Gerenciamento de Projetos Setembro de 2012 2011 2010 2009 2008 2007 2006 2004 2000 1997 1990 1979 1965 Hors concours no Top of Mind no Fórum Nacional de Benchmarking em

Leia mais

Introdução. Escritório de projetos

Introdução. Escritório de projetos Introdução O Guia do Conhecimento em Gerenciamento de Projetos (Guia PMBOK ) é uma norma reconhecida para a profissão de gerenciamento de projetos. Um padrão é um documento formal que descreve normas,

Leia mais

ROSALDO DE JESUS NOCÊRA PMP, PMI-SP, PMI-RMP, MCTS

ROSALDO DE JESUS NOCÊRA PMP, PMI-SP, PMI-RMP, MCTS ROSALDO DE JESUS NOCÊRA PMP, PMI-SP, PMI-RMP, MCTS Project Management Professional do PMI - Project Management Institute De acordo com a 5ª edição (2013) do PMBOK Guide GUIA DEFINITIVO 2ª edição Inclui:

Leia mais

WWW.RJN.COM.BR/SIMULADOPMP

WWW.RJN.COM.BR/SIMULADOPMP EMENTA DO TREINAMENTO Apresentar metodologia de estudo dos fundamentos de gerenciamento de projetos, das áreas de conhecimento (integração, escopo, tempo, custo, qualidade, recursos humanos, comunicação,

Leia mais

Monitoramento e Controle. Leonardo Gresta Paulino Murta leomurta@ic.uff.br

Monitoramento e Controle. Leonardo Gresta Paulino Murta leomurta@ic.uff.br Monitoramento e Controle Leonardo Gresta Paulino Murta leomurta@ic.uff.br O que é? O plano pode ser visto como lacunas (contendo tarefas), que estão previstas mas ainda não foram executadas É possível

Leia mais

Gerenciamento de Projetos de Sistemas ERP. Ricardo Viana Vargas, MsC, PMP rvargas@aec.com.br

Gerenciamento de Projetos de Sistemas ERP. Ricardo Viana Vargas, MsC, PMP rvargas@aec.com.br Gerenciamento de Projetos de Sistemas ERP Ricardo Viana Vargas, MsC, PMP rvargas@aec.com.br Ricardo Viana Vargas, MsC, PMP Especialista em planejamento, gestão e controle de projetos, membro do Project

Leia mais

MGP Manual de Gerenciamento de Projetos

MGP Manual de Gerenciamento de Projetos MGP Manual de Gerenciamento de Projetos v. 1.2 Diretorias: DT / DE / DA DTPE Superintendência Planejamento de Empreendimentos 1 Sumário 1. Introdução 2. Ciclo de Vida dos Projetos 3. 4. Ciclo de Vida do

Leia mais

O Índice FEL e o Benchmarking entre Projetos como Ferramentas para Alcançar ar a Excelência em Projetos de Capital

O Índice FEL e o Benchmarking entre Projetos como Ferramentas para Alcançar ar a Excelência em Projetos de Capital INDEPENDENT PROJECT ANALYSIS, INC. O Índice FEL e o Benchmarking entre Projetos como Ferramentas para Alcançar ar a Excelência em Projetos de Capital Presentado por: Carlos Tapia 2 de Dezembro, 2009 USA

Leia mais

Introdução. Gerência de Projetos de Software. Sumário. Sistemas de Informação para Processos Produtivos

Introdução. Gerência de Projetos de Software. Sumário. Sistemas de Informação para Processos Produtivos Sumário Sistemas de Informação para Processos Produtivos 1. Gerência de 2. Agentes principais e seus papéis 3. Ciclo de vida do gerenciamento de projetos M. Sc. Luiz Alberto lasf.bel@gmail.com Módulo 6

Leia mais

Gerenciamento dos Custos

Gerenciamento dos Custos Gerenciamento dos Custos Baseado no PMBOK Guide 2000 Hermano Perrelli hermano@cin.ufpe.br Objetivos desta aula Apresentar os processos, ferramentas e técnicas utilizadas para gerenciar os custos de um

Leia mais

Um passo inicial para aplicação do gerenciamento de projetos em pequenas empresas

Um passo inicial para aplicação do gerenciamento de projetos em pequenas empresas Instituto de Educação Tecnológica Pós-graduação Gestão de Projetos Aperfeiçoamento/GPPP1301 T132 09 de outubro de 2013 Um passo inicial para aplicação do gerenciamento de s em pequenas empresas Heinrich

Leia mais

ANÁLISE DE VALOR AGREGADO EM PROJETOS (EARNED VALUE)

ANÁLISE DE VALOR AGREGADO EM PROJETOS (EARNED VALUE) ANÁLISE DE VALOR AGREGADO EM PROJETOS (EARNED VALUE) TREINAMENTO OBJETIVO Capacitar os alunos em uma das mais poderosas ferramentas de controle de projetos disponível no mercado. A análise de valor agregado

Leia mais

PROJETO NOVAS FRONTEIRAS

PROJETO NOVAS FRONTEIRAS PROJETO NOVAS FRONTEIRAS PLANO DE GERENCIAMENTO DE PRAZOS SCHEDULE MANAGEMENT PLAN Preparado por Tarcísio Viana Tavares Membro do Time Versão 3 Aprovado por Rodrigo Mendes Lemos Gerente do Projeto 15/11/2010

Leia mais

29/05/2012. Gestão de Projetos. Luciano Gonçalves de Carvalho FATEC. Agenda. Gerenciamento de Integração do Projeto Exercícios Referências FATEC

29/05/2012. Gestão de Projetos. Luciano Gonçalves de Carvalho FATEC. Agenda. Gerenciamento de Integração do Projeto Exercícios Referências FATEC Gestão de Projetos 1 Agenda Gerenciamento de Integração do Projeto Exercícios Referências 2 1 GERENCIAMENTO DA INTEGRAÇÃO DO PROJETO 3 Gerenciamento da Integração do Projeto Fonte: EPRoj@JrM 4 2 Gerenciamento

Leia mais

CONSULTORIA NA GESTÃO DE PROJETOS ESPECÍFICOS

CONSULTORIA NA GESTÃO DE PROJETOS ESPECÍFICOS SUPORTE E CONSULTORIA NA GESTÃO DE PROJETOS ESPECÍFICOS CONSULTORIA SOBRE A CONSULTORIA Acelere resultados com o suporte da empresa e dos profissionais que mais entendem de gerenciamento de projetos no

Leia mais

17/06/2013. Introdução à metodologia de gerenciamento de projetos. CV resumido do Palestrante

17/06/2013. Introdução à metodologia de gerenciamento de projetos. CV resumido do Palestrante Introdução à metodologia de gerenciamento de projetos CV resumido do Palestrante Graduado e mestre em Administração de Negócios pela HEC, França Doutorando em Administração na Universidad Nacional de Rosário

Leia mais

MINI-CURSO Gerenciamento de Projetos para Economistas

MINI-CURSO Gerenciamento de Projetos para Economistas MINI-CURSO Gerenciamento de Projetos para Economistas ECONOMISTA - RIVAS ARGOLO 2426/D 62 9905-6112 RIVAS_ARGOLO@YAHOO.COM.BR Objetivo deste mini curso : Mostrar os benefícios do gerenciamento de projetos

Leia mais

Universidade de Brasília Faculdade de Ciência da Informação Curso de Arquivologia Profa. Lillian Alvares

Universidade de Brasília Faculdade de Ciência da Informação Curso de Arquivologia Profa. Lillian Alvares Universidade de Brasília Faculdade de Ciência da Informação Curso de Arquivologia Profa. Lillian Alvares O Project Management Institute é uma entidade sem fins lucrativos voltada ao Gerenciamento de Projetos.

Leia mais

EXTRATO DA POLÍTICA DE GESTÃO DE RISCOS

EXTRATO DA POLÍTICA DE GESTÃO DE RISCOS 1 OBJETIVO Fornecer as diretrizes para a Gestão de Riscos da Fibria, assim como conceituar, detalhar e documentar as atividades a ela relacionadas. 2 ABRANGÊNCIA Abrange todas as áreas da Fibria que, direta

Leia mais

ELABORAÇÃO DO PLANO DE CARREIRAS EM GERENCIAMENTO DE PROJETOS CONSULTORIA

ELABORAÇÃO DO PLANO DE CARREIRAS EM GERENCIAMENTO DE PROJETOS CONSULTORIA ELABORAÇÃO DO PLANO DE CARREIRAS EM GERENCIAMENTO DE PROJETOS CONSULTORIA SOBRE A CONSULTORIA Amplie e diferencie os resultados da sua empresa através de um plano de carreira em gerenciamento de projetos.

Leia mais

A Importância da Gestão de Projetos para a TI

A Importância da Gestão de Projetos para a TI A Importância da Gestão de Projetos para a TI DEZEMBRO DE 2006 Consultor: Carlos Magno Xavier (M.Sc, PMP) magno@beware.com.br AGENDA A IMPORTÂNCIA DOS PROJETOS NAS ORGANIZAÇÕES SITUAÇÃO ATUAL DO GERENCIAMENTO

Leia mais

FINANÇAS EM PROJETOS DE TI

FINANÇAS EM PROJETOS DE TI FINANÇAS EM PROJETOS DE TI 2012 Material 1 Prof. Luiz Carlos Valeretto Jr. 1 E-mail valeretto@yahoo.com.br Objetivo Objetivos desta disciplina são: reconhecer as bases da administração financeira das empresas,

Leia mais

O PMI e o Gerenciamento de Projetos

O PMI e o Gerenciamento de Projetos O PMI e o Gerenciamento de Projetos André Voltolini Ex presidente PMI-RS VP de Relações Institucionais e Marketing - PMI-RS 09/2015 1 Sobre o que falaremos hoje PMI e o PMI-RS Guia PMBOK e Outras Referências

Leia mais

PLANEJAMENTO E CONTROLE DE PROJETOS DE CAPITAL

PLANEJAMENTO E CONTROLE DE PROJETOS DE CAPITAL PLANEJAMENTO E CONTROLE DE PROJETOS DE CAPITAL Com Técnicas do PMI São Paulo, 5 e 6 de setembro de 2013 OBJETIVOS Após a realização do curso, com aproveitamento, o aluno estará apto a: a. Desenvolver as

Leia mais

Gerenciamento de Riscos (Principais Conceitos)

Gerenciamento de Riscos (Principais Conceitos) Gerenciamento de Riscos (Principais Conceitos) Carlos Sérgio Mota Silva, PMP, CBPP Instrutor Certificado PMP pelo PMI e CBPP pela ABPMP MBA Executivo pela COOPEAD-UFRJ Bacharel em Ciências da Computação

Leia mais

Estrutura Hierárquica de Planejamento e Controle da Produção Estratégico Entradas Ações Saídas Fonte

Estrutura Hierárquica de Planejamento e Controle da Produção Estratégico Entradas Ações Saídas Fonte Estratégico Previsão do Negócio Estrutura Hierárquica de Planejamento e Controle da Produção Estratégico Entradas Ações Saídas Fonte Mercados e demandas de longo prazo. Competidores. Fatores econômicos,

Leia mais

Unidade III FUNDAMENTOS DA GESTÃO FINANCEIRA

Unidade III FUNDAMENTOS DA GESTÃO FINANCEIRA Unidade III 8 GESTÃO DE RISCOS Neste módulo, trabalharemos a importância do gerenciamento dos riscos econômicos e financeiros, focando alguns exemplos de fatores de riscos. Estudaremos também o cálculo

Leia mais

Objetivos da aula. Planejamento, Execução e Controle de Projetos de Software. O que é um plano de projeto? O que é um projeto?

Objetivos da aula. Planejamento, Execução e Controle de Projetos de Software. O que é um plano de projeto? O que é um projeto? Planejamento, Execução e Controle de Projetos de Software. Objetivos da aula 1) Dizer o que é gerenciamento de projetos e a sua importância; 2) Identificar os grupos de processos do gerenciamento de projetos

Leia mais

PLANEJAMENTO ACELERADO DE PROJETOS ATRAVÉS DOS GANHOS RÁPIDOS EM PROJETOS CONSULTORIA

PLANEJAMENTO ACELERADO DE PROJETOS ATRAVÉS DOS GANHOS RÁPIDOS EM PROJETOS CONSULTORIA PLANEJAMENTO ACELERADO DE PROJETOS ATRAVÉS DOS GANHOS RÁPIDOS EM PROJETOS CONSULTORIA SOBRE A CONSULTORIA De 0 a 100% em 3 semanas! Entenda porque a nossa metodologia Ganhos Rápidos dará visibilidade aos

Leia mais

Gerenciamento de Integração do Projeto Planejamento e Execução do Projeto

Gerenciamento de Integração do Projeto Planejamento e Execução do Projeto Gerenciamento de Integração do Projeto Planejamento e Execução do Projeto 4. Gerenciamento de integração do projeto PMBOK 2000 PMBOK 2004 4.1 Desenvolver o termo de abertura do projeto 4.2 Desenvolver

Leia mais

Uma abordagem comparativa do gerenciamento da qualidade do projeto

Uma abordagem comparativa do gerenciamento da qualidade do projeto Uma abordagem comparativa do gerenciamento da qualidade do projeto Amaury Bordallo Cruz (PEP/UFRJ) bordalo@ugf.br Elton Fernandes - (Coppe-UFRJ) - elton@pep.ufrj.br Solange Lima (PEP/UFRJ) solangelima@petrobras.com.br

Leia mais

2015, Fractal Researches This article was published on the website: Fractal Researches (http://www.fractalresearches.com.br/)

2015, Fractal Researches This article was published on the website: Fractal Researches (http://www.fractalresearches.com.br/) NOTAS SOBRE A DESIGUALDADE DE RENDA NO BRASIL E O PROGRAMA BOLSA FAMÍLIA Rodrigo Mendes Gandra, MSc, PMP, PMI-RMP, IPMA-D 1 Revision 0 Rio de Janeiro, 23/01/2015 2015, Fractal Researches This article was

Leia mais

Gerência de Projetos e EVTE. Fabiana Costa Guedes

Gerência de Projetos e EVTE. Fabiana Costa Guedes Gerência de Projetos e Fabiana Costa Guedes 1 Agenda O que é um Projeto O que é Gerenciamento de Projetos O Contexto da Gerência de Projetos PMI Project Management Institute Ciclo de Vida do Projeto Áreas

Leia mais

Gestão de Projetos. Pós Graduação Executiva em. Gerenciamento dos Riscos. Fabricio.sales@pmipe.org.br

Gestão de Projetos. Pós Graduação Executiva em. Gerenciamento dos Riscos. Fabricio.sales@pmipe.org.br Pós Graduação Executiva em Gestão de Projetos Gerenciamento dos Riscos PMP é uma marca registrada do Project Management Institute, Inc. Fabricio.sales@pmipe.org.br Quem sou eu? 2 Nome: Fabrício Sales Formação

Leia mais

Gestão dos Prazos e Custos do Projeto

Gestão dos Prazos e Custos do Projeto Gestão dos Prazos e Custos do Projeto Prof. Sérgio Ricardo do Nascimento Aula 6 28 de novembro de 2013 1 Gestão dos Prazos e Custos do Projeto - Prof. Sérgio Ricardo do Nascimento Conteúdo Programático

Leia mais

IMPLANTAÇÃO E ESTRUTURAÇÃO DE ESCRITÓRIO DE PROJETOS (PMO) CONSULTORIA

IMPLANTAÇÃO E ESTRUTURAÇÃO DE ESCRITÓRIO DE PROJETOS (PMO) CONSULTORIA IMPLANTAÇÃO E ESTRUTURAÇÃO DE ESCRITÓRIO DE PROJETOS (PMO) CONSULTORIA SOBRE A CONSULTORIA Utilize os serviços de consultoria da Macrosolutions para obter as competências necessárias e gerenciar os projetos

Leia mais

Gerenciamento de Projetos Tecnológicos

Gerenciamento de Projetos Tecnológicos Gerenciamento de Projetos Tecnológicos Prof. Carlos Henrique Santos da Silva, MSc PMP, PMI-RMP, CSM, ITIL & CobiT Certified Carlos Henrique Santos da Silva, MSc Mestre em Informática em Sistemas de Informação

Leia mais

ANEXO 5 ESCOPO DO ESTUDO DE VIABILIDADE TÉCNICA, ECONÔMICA E JURÍDICA

ANEXO 5 ESCOPO DO ESTUDO DE VIABILIDADE TÉCNICA, ECONÔMICA E JURÍDICA ANEXO 5 ESCOPO DO ESTUDO DE VIABILIDADE TÉCNICA, ECONÔMICA E JURÍDICA O estudo a ser entregue deverá avaliar a viabilidade do projeto de PPP proposto segundo a ótica de todos os fornecedores de capital

Leia mais

10/10/14. Fibria GRC Gestão Riscos. Gestão de riscos como geração de valor e defesa contra crises

10/10/14. Fibria GRC Gestão Riscos. Gestão de riscos como geração de valor e defesa contra crises 10/10/14 Fibria GRC Gestão Riscos Gestão de riscos como geração de valor e defesa contra crises 1 Informações Institucionais 2 Estrutura GRC Fibria Controle Acionário 3 Estrutura GRC Fibria Onde Estamos

Leia mais

Escritório de Projetos e Escritório de Processos: Diferenças e Tendências ELO Group

Escritório de Projetos e Escritório de Processos: Diferenças e Tendências ELO Group Escritório de Projetos e Escritório de Processos: Diferenças e Tendências ELO Group contato@elogroup.com.br tel: 21 2561-5619 Agenda Algumas confusões práticas As funções básicas do(s) escritório(s) de

Leia mais

Processo de Criação de Cronogramas Prazo

Processo de Criação de Cronogramas Prazo Nome do de Criação de Cronogramas Número do Prazo - Informações sobre o Documento Nome do Projeto: Centro de Custo: 05.10..02.XX Gerente do Projeto: Versão do Documento: 0.0 Método de Revisão de Qualidade:

Leia mais

O QUE O FEL NÃO É O QUE ELE É EXEMPLOS DE APLICAÇÃO DO FEL FASES DE ENGENHARIA X FEL OBJETIVOS E PRODUTOS ESPERADOS DAS FASES 1 A 3 VIP S CONCLUSÃO

O QUE O FEL NÃO É O QUE ELE É EXEMPLOS DE APLICAÇÃO DO FEL FASES DE ENGENHARIA X FEL OBJETIVOS E PRODUTOS ESPERADOS DAS FASES 1 A 3 VIP S CONCLUSÃO O QUE O FEL NÃO É O QUE ELE É EXEMPLOS DE APLICAÇÃO DO FEL FASES DE ENGENHARIA X FEL OBJETIVOS E PRODUTOS ESPERADOS DAS FASES 1 A 3 VIP S CONCLUSÃO 1 ENTENDENDO A METOLOGIA FEL Professora: Shirlei Querubina,

Leia mais

4 Referencial teórico

4 Referencial teórico 4 Referencial teórico Um projeto de investimento pode ter diferentes avaliações dependendo dos critérios utilizados na análise. Em geral, somente são considerados fatores tangíveis, aqueles que podem ser

Leia mais

Fluxo do PMBOK Guide 3 rd Edition

Fluxo do PMBOK Guide 3 rd Edition Fluxo do PMBOK Guide 3 rd Edition Ricardo Viana Vargas, MSc, IPMA-B, PMP ricardo.vargas@macrosolutions.com.br Ricardo Viana Vargas, MSc, IPMA-B, PMP Ricardo Vargas é especialista em gerenciamento de projetos,

Leia mais

GERENCIAMENTO DE ESCOPO EM PROJETOS LOGÍSTICOS: Um Estudo de Caso em um Operador Logístico Brasileiro

GERENCIAMENTO DE ESCOPO EM PROJETOS LOGÍSTICOS: Um Estudo de Caso em um Operador Logístico Brasileiro GERENCIAMENTO DE ESCOPO EM PROJETOS LOGÍSTICOS: Um Estudo de Caso em um Operador Logístico Brasileiro Matheus de Aguiar Sillos matheus.sillos@pmlog.com.br AGV Logística Rua Edgar Marchiori, 255, Distrito

Leia mais

Gerenciamento de Projetos Modulo III Grupo de Processos

Gerenciamento de Projetos Modulo III Grupo de Processos Gerenciamento de Projetos Modulo III Grupo de Processos Prof. Walter Cunha falecomigo@waltercunha.com http://waltercunha.com Bibliografia* Project Management Institute. Conjunto de Conhecimentos em Gerenciamento

Leia mais

Parcial 18/01/2013. O que é o PRINCE2? Estrutura dos projetos PRINCE2 PRINCE 1989-2009. PRINCE(1989) : Encomendado PROMPT (II) para projetos de TI

Parcial 18/01/2013. O que é o PRINCE2? Estrutura dos projetos PRINCE2 PRINCE 1989-2009. PRINCE(1989) : Encomendado PROMPT (II) para projetos de TI O que é o PRINCE2? PRINCE2 Parcial PRojects IN Controlled Environment Curso completo em português no formato e- learning em Em português: s em Ambiente Controlado Curso completo em: PRINCE(1989) : Encomendado

Leia mais

IECEx DOCUMENTO OPERACIONAL

IECEx DOCUMENTO OPERACIONAL IECEx OD 314-2 Edição 1.0 2013-07 IECEx DOCUMENTO OPERACIONAL Sistema de Certificação da IEC em relação às normas sobre atmosferas explosivas (Sistema IECEx) IEC System for Certification to Standards relating

Leia mais

Gerenciamento de Projetos

Gerenciamento de Projetos Gerenciamento de Projetos PMI, PMP e PMBOK PMI (Project Management Institute) Estabelecido em 1969 e sediado na Filadélfia, Pensilvânia EUA, o PMI é a principal associação mundial, sem fins lucrativos,

Leia mais

Gerenciamento de Projetos

Gerenciamento de Projetos Gerenciamento de Projetos Grupo de Consultores em Governança de TI do SISP 20/02/2013 1 Agenda 1. PMI e MGP/SISP 2. Conceitos Básicos - Operações e Projetos - Gerenciamento de Projetos - Escritório de

Leia mais

Concurso da Prefeitura São Paulo. Curso Gestão de Processos, Projetos e Tecnologia da Informação. Tema: Gestão de Projetos - Conceitos Básicos

Concurso da Prefeitura São Paulo. Curso Gestão de Processos, Projetos e Tecnologia da Informação. Tema: Gestão de Projetos - Conceitos Básicos Contatos: E-mail: profanadeinformatica@yahoo.com.br Blog: http://profanadeinformatica.blogspot.com.br/ Facebook: https://www.facebook.com/anapinf Concurso da Prefeitura São Paulo Curso Gestão de Processos,

Leia mais

UNIVERSIDADE DO ESTADO DE SANTA CATARINA UDESC CENTRO DE EDUCAÇÃO SUPERIOR DO ALTO VALE DO ITAJAÍ CEAVI DIREÇÃO DE ENSINO DEN PLANO DE ENSINO

UNIVERSIDADE DO ESTADO DE SANTA CATARINA UDESC CENTRO DE EDUCAÇÃO SUPERIOR DO ALTO VALE DO ITAJAÍ CEAVI DIREÇÃO DE ENSINO DEN PLANO DE ENSINO UNIVERSIDADE DO ESTADO DE SANTA CATARINA UDESC CENTRO DE EDUCAÇÃO SUPERIOR DO ALTO VALE DO ITAJAÍ CEAVI DIREÇÃO DE ENSINO DEN DEPARTAMENTO: SISTEMAS DE INFORMAÇÃO PLANO DE ENSINO DISCIPLINA: GERÊNCIA DE

Leia mais

CAPÍTULO 4 - Gerenciamento de integração do projeto

CAPÍTULO 4 - Gerenciamento de integração do projeto CAPÍTULO 4 - Gerenciamento de integração do projeto 4.1 Desenvolver o termo de abertura do projeto INICIAÇÃO.1 Contrato (quando aplicável).2 Declaração do trabalho do projeto.1 Métodos de seleção de.2

Leia mais

PMBok x PRINCE2. Flávia David de Oliveira Gomes. Prof. Msc. Guilherme A. Barucke Marcondes. Víctor Hugo Rodrigues de Barros

PMBok x PRINCE2. Flávia David de Oliveira Gomes. Prof. Msc. Guilherme A. Barucke Marcondes. Víctor Hugo Rodrigues de Barros PMBok x Flávia David de Oliveira Gomes Instituto Nacional de Telecomunicações - Inatel flavia@cp2ejr.com.br Prof. Msc. Guilherme A. Barucke Marcondes Instituto Nacional de Telecomunicações - Inatel guilherme@inatel.br

Leia mais

Título da apresentação Curso Gestão de Projetos II (Verdana, cor branca) Curso de Desenvolvimento de Servidores - CDS

Título da apresentação Curso Gestão de Projetos II (Verdana, cor branca) Curso de Desenvolvimento de Servidores - CDS Título da apresentação Curso Gestão de Projetos II (Verdana, cor branca) Curso de Desenvolvimento de Servidores - CDS Prof. Instrutor Elton Siqueira (a) (Arial Moura preto) CURSO DE GESTÃO DE PROJETOS

Leia mais

EXPERIENCIAL. 6 MÓDULOS DE EDUCAÇÃO EXPERIENCIAL - MEX. 8 TREINAMENTO EXPERIENCIAL AO AR LIVRE TEAL. 9 TOP DIRECTOR FORUM. 11 TRABALHO EM EQUIPE

EXPERIENCIAL. 6 MÓDULOS DE EDUCAÇÃO EXPERIENCIAL - MEX. 8 TREINAMENTO EXPERIENCIAL AO AR LIVRE TEAL. 9 TOP DIRECTOR FORUM. 11 TRABALHO EM EQUIPE 1 SUMÁRIO EXPERIENCIAL... 6 MÓDULOS DE EDUCAÇÃO EXPERIENCIAL - MEX... 8 TREINAMENTO EXPERIENCIAL AO AR LIVRE TEAL... 9 TOP DIRECTOR FORUM... 10 DESENVOLVIMENTO DE LÍDERES... 11 TRABALHO EM EQUIPE... 12

Leia mais

Gestão de Riscos em Projetos de Software

Gestão de Riscos em Projetos de Software Gestão de Riscos em Projetos de Software Júlio Venâncio jvmj@cin.ufpe.br 2 Roteiro Conceitos Iniciais Abordagens de Gestão de Riscos PMBOK CMMI RUP 3 Risco - Definição Evento ou condição incerta que, se

Leia mais

Gerenciamento de Projetos e Práticas de Integração Integração e Plano de Projetos Pós-graduação - Prof. Claudemir Vasconcelos

Gerenciamento de Projetos e Práticas de Integração Integração e Plano de Projetos Pós-graduação - Prof. Claudemir Vasconcelos Gerenciamento de Projetos e Práticas de Integração AULA 7 Nov/2014 Grupos de processos de gerenciamento de projetos Processos de gerenciamento de projetos Processos de monitoramento e controle Quarta edição

Leia mais

PMBoK Comentários das Provas TRE-PR 2009

PMBoK Comentários das Provas TRE-PR 2009 PMBoK Comentários das Provas TRE-PR 2009 Comentário geral: As provas apresentaram grau de dificuldade médio. Não houve uma preocupação da banca em aprofundar os conceitos ou dificultar a interpretação

Leia mais

Gerenciamento dos Riscos de um Projeto

Gerenciamento dos Riscos de um Projeto Gerenciamento dos Riscos de um Projeto Profa. Carolina Andion, Dra Referência: PROJECT MANAGEMENT INSTITUTE (PMI) Um Guia do Conjunto de Conhecimento em Gerenciamento de Projetos (Guia PMBOK Capítulo 6),

Leia mais

Título da apresentação Curso Gestão de Projetos I (Verdana, cor branca) Curso de Desenvolvimento de Servidores - CDS

Título da apresentação Curso Gestão de Projetos I (Verdana, cor branca) Curso de Desenvolvimento de Servidores - CDS Título da apresentação Curso Gestão de Projetos I (Verdana, cor branca) Curso de Desenvolvimento de Servidores - CDS Prof. Instrutor Elton Siqueira (a) (Arial Moura preto) CURSO DE GESTÃO DE PROJETOS I

Leia mais

Módulo 4: Gerenciamento dos Riscos, das Aquisições, das Partes Interessadas e da Integração

Módulo 4: Gerenciamento dos Riscos, das Aquisições, das Partes Interessadas e da Integração Diretoria de Desenvolvimento Gerencial Coordenação Geral de Educação a Distância Gerência de Projetos - Teoria e Prática Conteúdo para impressão Módulo 4: Gerenciamento dos Riscos, das Aquisições, das

Leia mais

CSE-300-4 Métodos e Processos na Área Espacial

CSE-300-4 Métodos e Processos na Área Espacial CSE-300-4 Métodos e Processos na Área Espacial Engenharia e Tecnologia Espaciais ETE Engenharia e Gerenciamento de Sistemas Espaciais L.F.Perondi Engenharia e Tecnologia Espaciais ETE Engenharia e Gerenciamento

Leia mais

PRODUTIVIDADE E VALOR AGREGADO Como monitorar e controlar um projeto por homem-hora. Aldo Dórea Mattos Ricardo Delarue

PRODUTIVIDADE E VALOR AGREGADO Como monitorar e controlar um projeto por homem-hora. Aldo Dórea Mattos Ricardo Delarue PRODUTIVIDADE E VALOR AGREGADO Como monitorar e controlar um projeto por homem-hora Aldo Dórea Mattos Ricardo Delarue Resumo: A mão de obra tem uma inegável representatividade no custo de um projeto e

Leia mais

Questionário de Avaliação de Maturidade Setorial: Modelo PRADO-MMGP

Questionário de Avaliação de Maturidade Setorial: Modelo PRADO-MMGP DARCI PRADO Questionário de Avaliação de Maturidade Setorial: Modelo PRADO-MMGP Versão 1.6.4 Setembro 2009 Extraído do Livro "Maturidade em Gerenciamento de Projetos" 2ª Edição (a publicar) Autor: Darci

Leia mais

Governança Plano de contratação Ranking de fornecedores

Governança Plano de contratação Ranking de fornecedores www.pwc.com.br Governança Plano de contratação Ranking de fornecedores Introdução O mundo mudou!!! No ambiente de projetos atual não basta mais tratarmos apenas de planejamento e controle, precisamos melhorar

Leia mais

Apresentação da Palestra de Gestão de Riscos durante o Fórum Permanente de Auditoria Preventiva

Apresentação da Palestra de Gestão de Riscos durante o Fórum Permanente de Auditoria Preventiva Apresentação da Palestra de Gestão de Riscos durante o Fórum Permanente de Auditoria Preventiva Benefícios e aplicações da Gestão de Riscos Objetivos da GR Fornecer orientações a fim de possibilitar que

Leia mais

Teoria e Prática. Totalmente de acordo com a 4 a Edição/2009. Rosaldo de Jesus Nocêra, PMP, PMI-SP, MCTS. do PMBOK do PMI. Acompanha o livro:

Teoria e Prática. Totalmente de acordo com a 4 a Edição/2009. Rosaldo de Jesus Nocêra, PMP, PMI-SP, MCTS. do PMBOK do PMI. Acompanha o livro: Gerenciamento de Projetos Teoria e Prática Totalmente de acordo com a 4 a Edição/2009 do PMBOK do PMI Acompanha o livro: l CD com mais de 70 formulários exemplos indicados pelo PMI e outros desenvolvidos

Leia mais