Sumário. 3. Ergonomia. 2. Engenharia da Qualidade 16/03/2011 PROJETO PEDAGÓGICO DO CURSO DE GRADUAÇÃO EM ENGENHARIA DE PRODUÇÃO UFPEL

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Sumário. 3. Ergonomia. 2. Engenharia da Qualidade 16/03/2011 PROJETO PEDAGÓGICO DO CURSO DE GRADUAÇÃO EM ENGENHARIA DE PRODUÇÃO UFPEL"

Transcrição

1 Sumário PROJETO PEDAGÓGICO DO CURSO DE GRADUAÇÃO EM ENGENHARIA DE PRODUÇÃO UFPEL Prof. Amauri Cruz Espírito Santo Prof. Rafael Lipinski Paes Prof. Alejandro Martins Prof. Wolmer Brod Peres Campos de atuação da Engenharia de Produção Identificação do curso Arquitetura curricular Campos de atuação da Engenharia de Produção 1. Engenharia dos Processos Físicos de Produção; 2. Engenharia da Qualidade; 3. Ergonomia; 4. Pesquisa Operacional; 5. Engenharia Organizacional; 6. Engenharia Econômica. 1. Engenharia dos Processos Físicos de Produção Métodos e Processos de Produção; Planejamento e Controle de Produção; Logística da Cadeia de Suprimentos; Projeto de instalações Industriais; Planejamento e Controle do Produto e Sistemas de Gestão dos Recursos Naturais. 2. Engenharia da Qualidade 1. Controle Estatístico; 2. Organização Metrológica; 3. Normalização e Certificação de Qualidade e 4. Confiabilidade de Processos e Produtos 3. Ergonomia Ergonomia e Biomecânica; Projeto e Organização do Trabalho e Gestão de Riscos e acidentes. 1

2 4. Pesquisa Operacional 1. Modelagem; 2. Simulação e otimização e 3. Modelos estocásticos de decisão e análise. 5. Engenharia Organizacional 1. Projeto do Produto e da Inovação Tecnológica; 2. Gestão da Informação; 3. Gestão Estratégica e Organizacional; 4. Redes de Empresas e 5. Gestão de Projetos. 6. Engenharia Econômica 1. Gestão Econômica e de Investimentos ; 2. Gestão de Riscos e 3. Gestão de Custos. Identificação do curso Denominação: Engenharia de Produção Modalidade: Bacharel Titulação Conferida: Engenheiro de Produção Duração: 5 anos Carga Horária Total:4.178 horas Turno: Noite Vagas Oferecidas: 50 (cinqüenta) Regime Acadêmico: Semestral Arquitetura curricular Plano de Integralização da Carga Horária Disciplinas hs Disciplinas básicas hs(32,6%) Disciplinas profissionalizantes 596 hs(15,6%) Disciplinas específicas hs(51,8%)» Atividades na modalidade semi-presencial 527 hs Atividades complementares hs Trabalhos de conclusão de curso 136 hs Estágio curricular obrigatório 170 hs Carga horária Total = hs 1º 2º 3º 4º Álgebra Linear e Geometria Analítica CB sem pré-requisito Cálculo 1 CB sem pré-requisito Introdução a Engenharia de Produção CPE sem pré-requisito Representação Gráfica 1 CB sem pré-requisito Sistemas Produtivos 1 CPE sem pré-requisito Metodologia da Pesquisa Ciêntífica e Produção de Textos CB sem pré-requisito Cálculo 2 CB Cálculo 1 Economia Industrial CB sem pré-requisito Engenharia Organizacional 1 CPE sem pré-requisito Física Básica 1 CB Cálculo 1 Representação Gráfica 2 CB Representação Gráfica 1 Sistemas Produtivos 2 CPE Sistemas Produtivos 1 Cálculo3 CB Cálculo 2; Álgebra Linear e Geometria Analítica Física Básica Experimental 1 CB Física Básica 1 Física Básica2 CB Física Básica 1, Cálculo 2 Representação Gráfica 3 CB Representação Gráfica 2 Estatística Básica CB Cálculo II Engenharia da Qualidade 1 CPE Probabilidade e Estatística Equações Diferenciais CB Cálculo III Mecânica Aplicada I CP Física Básica 1; Álgebra Linear e Geometria Analítica Física Básica III CB Física Básica II, Cálculo II Química Geral CB sem pré-requisito

3 Produto 1 CPE Representação Gráfica 3; Engenharia Engenharia do Econômica 5º Programação de Computadores CP sem pré-requisito Mecânica Aplicada II CP Física Básica 1,Cálculo 2 Física Básica Experimental II CB Física Básica 3 e Física Básica Experimental 1 Engenharia da Qualidade 2 CPE Estatística Básica Engenharia Econômica 1 CPE sem pré-requisito Engenharia do Produto 2 CPE Engenharia do Produto 1 Engenharia Econômica 2 CPE Engenharia Econômica 1; Estatística Básica Metrologia e Ensaios CPE Mecânica Aplicada I; Mecânica Aplicada II; 6º Planejamento e Controle da Produção 1 CPE Pesquisa Operacional 1; Estatística Projeto integrador 1 com ênfase em Engenharia da CPE Engenharia da Qualidade 2; Qualidade Ergonomia 1 CPE Estatística Básica Pesquisa Operacional 1 CPE Geometria Analítica, Sistemas Produtivos 2 Ciências dos Materiais CP Química Geral Resistência dos Materiais Básica CP Mecânica Aplicada I Projeto Integrador 2 com ênfase em Ergonomia CPE Ergonomia 1 7º 8º Tecnologia Mecânica CP Metrologia e Ensaios Mecânica dos Fluídos CP Equações Diferenciais; Mecânica Aplicada II Engenharia da Informação 1 CPE sem pré-requisito Planejamento e Controle da Produção 2 CPE Planejamento e Controle da Produção 1 Cálculo Numérico CB Cálculo3; Programação de Computadores Custos da Produção CPE Planejamento e Controle da Produção 1 Projeto Integrador 3 com ênfase em Engenharia do CPE Engenharia do Produto 02 Produto Gestão da Manutenção 1 CPE Resistência dos Materiais Básica Automação Industrial CPE ter cursado no mínimo 150 créditos Pesquisa Operacional 2 CPE Pesquisa Operacional 1 de Suprimentos CPE Planejamento e Controle da Produção Logística da Cadeia 2, Engenharia Ambiental 1 CPE ter cursado no mínimo 100 créditos Pesquisa Operacional 3 CPE Pesquisa Operacional 2 9º Engenharia da Informação 2 CP ter cursado no mínimo 140 créditos Processos de Natureza Química CP Mecânica dos Fluídos Projeto Integrador 4 com ênfase em Projeto de Fábrica e CPE ter cursado no mínimo 170 créditos Métodos e Processos de Produção Trabalho de Conclusão de Curso 1 CPE ter cursado no mínimo 170 créditos Engenharia Ambiental 2 CPE Engenharia Ambiental 2 Engenharia Organizacional 2 CPE Engenharia Organizacional 2 10º Gestão de Projetos e Serviços CPE Engenharia do Produto 1 Segurança Industrial CPE Ergonomia 2 Legislação e Ética Profissional CB sem pré-requisito Ciência, tecnologia e Sociedade CB sem pré-requisito Estágio Supervisionado CPE ter cursado no mínimo 140 créditos Trabalho de Conclusão de Curso 2 CPE Trabalho de Conclusão de Curso TOTAL atividades semipresenciais O curso de Engenharia de Produção prevê em sua matriz curricular a existência de atividades na modalidade semi-presencial. A modalidade semi-presencial está devidamente regulamentada pelo Ministério da Educação por meio da portaria de número 4.059, de 10 de Dezembro de 2004 que autoriza aos cursos de graduação a oferecerem até 20% de sua carga horária total nesse modelo. Projetos Integradores atividades semi-presenciais Projeto integrador 1 com ênfase em Engenharia da Qualidade (6º Sem.) Projeto Integrador 2 com ênfase em Ergonomia (7º Sem.); Projeto Integrador 3 com ênfase em Engenharia do Produto(8º Sem.) e Projeto Integrador 4 com ênfase em Projeto de Fábrica e Métodos e Processos de Produção (9º Sem.). Atividades complementares Em relação às Atividades Complementares, a resolução CNE/CES11, de 11 de Março de 2002, em seu artigo 5º, parágrafo 2º, apresenta a seguinte orientação: Deverão também ser estimuladas atividades complementares, tais como trabalhos de iniciação científica, projetos multidisciplinares, visitas teóricas, trabalhos em equipe, desenvolvimento de protótipos, monitorias, participação em empresas juniores entre outras atividades. Atividades complementares A carga horária prevista para as atividades complementares é de 200 horas e deverá ser desenvolvidas ao longo do curso pelos alunos em diferentes turnos de trabalho. Nesse sentido ressalta-se que embora o curso seja noturno,as atividades complementares devem ser desenvolvidas pelos alunos em turnos e horários não conflitantes com aqueles destinados para integralização da carga horária presencial do curso ( Turno Noturno). 3

4 Atividades complementares (200 horas) Grupo 1 -Atividades de Ensino Grupo 2 -Atividades de Pesquisa Grupo 3 -Atividades de Extensão Grupo 4 Atividades Culturais Será considerado um máximo de 80 horas no mesmo grupo de atividades (ensino, pesquisa, extensão, cultura); Grupo 1 -Atividades de Ensino 1. Disciplinas cursadas na UFPELou em outras IES, desde que aprovadas pelo Colegiado do Curso e não previstas na grade curricular do Curso de Engenharia de Produção; 2. Cursos nas áreas de informática e/ou língua estrangeira, realizados durante o Curso de Engenharia de Produção ou, se anteriormente, desde que não ultrapassado o período de 02 (dois) anos; 3. Monitorias de disciplinas pertencentes ao Curso de Engenharia de Produção; 4. Participação em Projetos de Ensino da UFPEL; 5. Participação em Cursos de Aperfeiçoamento. 6. Participação em visitas técnicas 7. Desenvolvimentos de projetos com reconhecimento de mérito pelo colegiado do curso. Grupo 2 -Atividades de Pesquisa 1. Participação em projetos de pesquisa da UFPEL, ou de outras instituições de ensino superior, ou de centros de pesquisa de nível equivalente ou superior; 2. Publicação de resumo em anais de congressos; 3. Publicação de resumo expandido em anais de congressos; 4. Publicação de artigo científico em revistas, jornais e/ou anais de congressos; 5. Publicação de livro e/ou capítulo de livro. Grupo 3 -Atividades de Extensão 1. Participação em projetos de extensão da UFPEL, ou de outras instituições de ensino superior relacionados com EP, 2. Estágios extra-curriculares; 3. Organização e ministraçãode cursos e/ou mini-cursos; 4. Trabalho voluntário em organizações da sociedade civil; 5. Participação, como ouvinte, em eventos (seminários, simpósios, congressos, semanas acadêmicas, palestras, entre outros) das áreas de Engenharia de Produção, Engenharias e Administração; Grupo 4 -Atividades Culturais 1. Organização e/ou participação em sessões de vídeos relacionados às áreas de Engenharia de Produção, Engenharias e/ou Administração; 2. Participação na organização de campanhas e outras atividades de caráter social; 3. Premiação referente a trabalho acadêmico, de pesquisa, de extensão ou de cultura. Trabalho de conclusão de curso Trabalho de Conclusão de Curso I, previsto para o nono semestre, Trabalho de Conclusão de Curso II, previsto para o décimo semestre. A carga horária é de 136 horas. 4

5 Estágio curricular obrigatório O Estágio Curricular Supervisionado Obrigatório está previsto para ser realizado no décimo primeiro semestre com 170 horas. (PODERÁ SER REALIZADO EM OUTRO PERÍODO) MAIORES DÚVIDAS ENTRAR EM CONTATO DIRETAMENTE COM OS PROFESSORES DO CURSO OBRIGADO! 5

Fundação Presidente Antônio Carlos FUPAC Unidade de Barão de Cocais MATRIZ CURRICULAR ENGENHARIA DE PRODUÇÃO

Fundação Presidente Antônio Carlos FUPAC Unidade de Barão de Cocais MATRIZ CURRICULAR ENGENHARIA DE PRODUÇÃO MATRIZ CURRICULAR ENGENHARIA DE PRODUÇÃO 2012 1º PERÍODO Pré Geometria Analítica e Cálculo Vetorial 4 Introdução ao Cálculo 4 Introdução à Engenharia de Produção Introdução à Programação para Engenharia

Leia mais

CURSO DE ENGENHARIA ELETRÔNICA

CURSO DE ENGENHARIA ELETRÔNICA CURSO DE ENGENHARIA ELETRÔNICA Currículo Novo 200901 Reconhecido pela Portaria Ministerial Nº 1.193, de 08/04/2005 Duração: 3.720 h - 248 créditos, acrescidas de 120 horas de atividades complementares

Leia mais

MATRIZ CURRICULAR DO CURSO DE ENGENHARIA PRODUÇÃO

MATRIZ CURRICULAR DO CURSO DE ENGENHARIA PRODUÇÃO MATRIZ CURRICULAR DO CURSO DE ENGENHARIA PRODUÇÃO 1º TERMO Aulas Teóricas Práticas Total Comunicação e Expressão 36-36 Direito 36-36 Cálculo Diferencial e Integral I 72-72 Fundamentos da Administração

Leia mais

Teórica Prática Teóricos Práticos Metodologia Científica Introdução à Engenharia de Produção

Teórica Prática Teóricos Práticos Metodologia Científica Introdução à Engenharia de Produção 1º SEMESTRE CARGA Metodologia Científica - 60-3 - Introdução à Engenharia de Produção - 80-4 - Português Instrumental - 60-3 - Informática Aplicada - 20 40 1 2 Fundamentos de Matemática - 60-3 - Relações

Leia mais

Matriz Curricular. Faculdade: Engenharia, Arquitetura e Urbanismo Curso: Engenharia de Produção Turno: NOTURNO Campus: Santa Bárbara d Oeste

Matriz Curricular. Faculdade: Engenharia, Arquitetura e Urbanismo Curso: Engenharia de Produção Turno: NOTURNO Campus: Santa Bárbara d Oeste Matriz Curricular Faculdade: Engenharia, Arquitetura e Urbanismo Curso: Engenharia de Produção Turno: NOTURNO Campus: Santa Bárbara d Oeste Modalidade: Presencial Título oferecido: Engenheiro de Produção

Leia mais

CURSO DE ENGENHARIA ELETRÔNICA

CURSO DE ENGENHARIA ELETRÔNICA CURSO DE ENGENHARIA ELETRÔNICA Currículo Novo 2009/01 Reconhecido pela Portaria Ministerial Nº 1.193, de 08/04/2005. Duração: 3.720 h - 248 créditos, acrescidas de 120 horas de atividades complementares

Leia mais

MATRIZ CURRICULAR DO CURSO DE ENGENHARIA DE PRODUÇÃO

MATRIZ CURRICULAR DO CURSO DE ENGENHARIA DE PRODUÇÃO MATRIZ CURRICULAR DO CURSO DE DE PRODUÇÃO DE PRODUÇÃO - GRADUAÇÃO - 215 1º PERÍODO Carga Horária CLASSIFICAÇÃO CARGA HORÁRIA MODALIDADE NÚCLEO LÍNGUA PORTUGUESA PLANEJAMENTO DE CARREIRA E SUCESSO PROFISSIONAL

Leia mais

MATRIZ CURRICULAR CURSO DE GRADUAÇÃO EM ENGENHARIA DE PRODUÇÃO BACHARELADO

MATRIZ CURRICULAR CURSO DE GRADUAÇÃO EM ENGENHARIA DE PRODUÇÃO BACHARELADO FAHESA - Faculdade de Ciências Humanas, Econômicas e da Saúde de Araguaína ITPAC - INSTITUTO TOCANTINENSE PRESIDENTE ANTÔNIO CARLOS LTDA. Av. Filadélfia, 568 Setor Oeste Araguaína TO CEP 77.816-540 / Fone:

Leia mais

FACULDADE DE ENGENHARIA DE PRODUÇÃO PRIMEIRO PERÍODO SEGUNDO PERÍODO TERCEIRO PERÍODO

FACULDADE DE ENGENHARIA DE PRODUÇÃO PRIMEIRO PERÍODO SEGUNDO PERÍODO TERCEIRO PERÍODO FACULDADE DE ENGENHARIA DE PRODUÇÃO MATRIZ CURRICULAR DO CURSO DE ENGENHARIA DE PRODUÇÃO (Adequada conforme as exigências da Resolução CNE/CES n. 11, de 11 de março de 2002) PRIMEIRO PERÍODO EPD101 Introdução

Leia mais

Resolução nº 037, de 22 de junho de 2011.

Resolução nº 037, de 22 de junho de 2011. SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL Ministério da Educação Secretaria de Educação Profissional e Tecnológica Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul Conselho Superior Resolução nº

Leia mais

Currículo do Curso de Engenharia de Produção

Currículo do Curso de Engenharia de Produção Currículo do Curso de Engenharia de Produção Engenheiro de Produção ATUAÇÃO O Curso de Engenharia de Produção da UFV visa preparar profissionais que, integrando equipes interdisciplinares e articulando

Leia mais

ESTRUTURA CURRICULAR DE 2014

ESTRUTURA CURRICULAR DE 2014 PRÓ-REITORIA GRADUAÇÃO ESCOLA POLITÉCNICA ANEXO F ESTRUTURA CURRICULAR 2014 1º semestre S OBRIGATÓRIAS D E AULA TRAB. TOTAL MAC2166 - Introdução à Computação 4 0 60 1 MAT2453 - Cálculo Diferencial e Integral

Leia mais

RESOLUÇÃO CONSEPE/UFERSA Nº 006/2011, de 17 de junho de 2011.

RESOLUÇÃO CONSEPE/UFERSA Nº 006/2011, de 17 de junho de 2011. RESOLUÇÃO CONSEPE/UFERSA Nº 006/2011, de 17 de junho de 2011. Altera a matriz curricular do curso de graduação em Engenharia de Produção da UFERSA. O Presidente em exercício do CONSELHO DE ENSINO, PESQUISA

Leia mais

CURSO DE CIÊNCIA DA COMPUTAÇÃO MATRIZ CURRICULAR CURRÍCULO PLENO SEMESTRALIZADO 10 SEMESTRES

CURSO DE CIÊNCIA DA COMPUTAÇÃO MATRIZ CURRICULAR CURRÍCULO PLENO SEMESTRALIZADO 10 SEMESTRES CURSO DE CIÊNCIA DA COMPUTAÇÃO MATRIZ CURRICULAR CURRÍCULO PLENO SEMESTRALIZADO 10 SEMESTRES Situação Legal: Reconhecido Integralização: Mínimo 5 anos / Máximo 8 anos Carga Horária: 2.820h (188 créditos)

Leia mais

MATRIZ CURRICULAR ENGENHARIA MECÂNICA. Primeiro Semestre (manhã)

MATRIZ CURRICULAR ENGENHARIA MECÂNICA. Primeiro Semestre (manhã) MATRIZ CURRICULAR ENGENHARIA MECÂNICA Primeiro Semestre (manhã) Introdução a Mecânica 36 h - Cálculo I 90 h Básico - Desenho Técnico I 72 h Básico - Química Geral 72 h Básico - Introdução à Programação

Leia mais

Currículo do Curso de Engenharia de Produção

Currículo do Curso de Engenharia de Produção Currículo do Curso de Engenharia de Engenheiro de ATUAÇÃO O Curso de Engenharia de da UFV visa preparar profissionais que, integrando equipes interdisciplinares e articulando fatores de diferentes naturezas

Leia mais

1º PERÍODO. Carga Horária e Creditação. Total (50') Física I 80 66, Laboratório de Física I 40 33,

1º PERÍODO. Carga Horária e Creditação. Total (50') Física I 80 66, Laboratório de Física I 40 33, 1º PERÍODO Física I 80 66,67 4 4 0 Laboratório de Física I 40 33,33 2 1 1 Laboratório de Computação 40 33,33 2 0 2 Introdução a Engenharia de Produção 60 50 3 3 0 Geometria Analítica 60 50 3 3 0 Química

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO RESOLUÇÃO N DE 22 DE JUNHO DE 2009

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO RESOLUÇÃO N DE 22 DE JUNHO DE 2009 SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO RESOLUÇÃO N. 3.866 DE 22 DE JUNHO DE 2009 Aprova o Projeto Político Pedagógico do Curso de Engenharia

Leia mais

UNIVERSIDADE SÃO JUDAS TADEU

UNIVERSIDADE SÃO JUDAS TADEU CURSO DE ENGENHARIA MECÂNICA CURRÍCULO PLENO BACHARELADO 1 CICLO/MÓDULO A Ciências Exatas I Cálculo Diferencial 06 0 06 120 Desenho Técnico 0 02 02 40 Física I Mecânica da Partícula 04 02 06 120 Projeto

Leia mais

CURRICULUM SIMPLIFICADO

CURRICULUM SIMPLIFICADO Série: 1-1º SEMESTRE 1CO100 CÁLCULO I 6.0 108 0 108 1CO105 EXPRESSÃO GRÁFICA I 2.0 0 1CO101 FÍSICA I 6.0 72 108 1CO103 GEOMETRIA ANALÍTICA E ÁLGEBRA LINEAR 4.0 72 0 72 1CO106 INTRODUÇÃO À ENGENHARIA 2.0

Leia mais

MATRIZ CURRICULAR DO CURSO DE BACHARELADO EM ENGENHARIA DE PRODUÇÃO

MATRIZ CURRICULAR DO CURSO DE BACHARELADO EM ENGENHARIA DE PRODUÇÃO Universidade Federal de Goiás (UFG) Regional Goiânia Campus Aparecida de Goiânia (CAP) Faculdade de Ciências e Tecnologia () MATRIZ CURRICULAR DO CURSO DE BACHARELADO EM ENGENHARIA DE PRODUÇÃO 2016 1 Disciplinas

Leia mais

UNIVERSIDADE SÃO JUDAS TADEU

UNIVERSIDADE SÃO JUDAS TADEU CURSO DE ENGENHARIA CIVIL CURRÍCULO PLENO BACHARELADO 1 CICLO/MÓDULO A Ciências Exatas I Cálculo Diferencial 06 0 06 120 Desenho Técnico 0 02 02 40 Física I Mecânica da Partícula 04 02 06 120 Projeto Interdisciplinar

Leia mais

UFV Catálogo de Graduação ENGENHARIA DE PRODUÇÃO. COORDENADOR Luciano José Minette

UFV Catálogo de Graduação ENGENHARIA DE PRODUÇÃO. COORDENADOR Luciano José Minette UFV Catálogo de Graduação 2011 229 ENGENHARIA DE PRODUÇÃO COORDENADOR Luciano José Minette minetti@ufv.br 230 Currículos dos Cursos do CCE UFV Engenheiro de Produção ATUAÇÃO O Curso de Engenharia de Produção

Leia mais

CURRÍCULO DO CURSO. 1º Fase

CURRÍCULO DO CURSO. 1º Fase Objetivo: Titulação: Diplomado em: Engenheiro de Controle e Automação Engenharia, áreas Elétrica e Mecânica, habilitação Controle e Automação Período de Conclusão do Curso: Carga Horária Obrigatória: Mínimo:

Leia mais

CURSO DE DESIGN - BACHARELADO

CURSO DE DESIGN - BACHARELADO CURSO DE - BACHARELADO Currículo Novo - 2009/01 Duração: 2 800 horas - 174 créditos - 8 semestres ICET INSTITUTO DE CIÊNCIAS EXATAS E TECNOLÓGICAS 04334 FILOSOFIA HISTÓRIA DA ARTE E DA TECNOLOGIA I 25094

Leia mais

Matriz Curricular do Curso de Engenharia de Controle e Automação

Matriz Curricular do Curso de Engenharia de Controle e Automação Matriz Curricular do Curso de Engenharia de Controle e Automação ECA 01 Introdução à Engenharia de Controle e Automação PRIMEIRO SEMESTRE 15-15 1 - LET 01 Metodologia Científica 30-30 2 - FSC 01 Física

Leia mais

SEGUNDO PERÍODO HORAS AULAS TERCEIRO PERÍODO

SEGUNDO PERÍODO HORAS AULAS TERCEIRO PERÍODO FACULDADE DE ENGENHARIA CIVIL MATRIZ CURRICULAR DO CURSO DE ENGENHARIA CIVIL (Adequada conforme as exigências da Resolução CNE/CES n. 11, de 11 de março de 2002) PRIMEIRO PERÍODO CÓDIGO DISCIPLINA CRÉDITO

Leia mais

UNIVERSIDADE SÃO JUDAS TADEU

UNIVERSIDADE SÃO JUDAS TADEU CURSO DE ENGENHARIA MECÂNICA CURRÍCULO PLENO BACHARELADO 1 CICLO/MÓDULO A Ciências Exatas I Álgebra Linear 02 0 02 40 Cálculo Diferencial e Integral I 04 0 04 80 Cálculo Vetorial e Geometria Analítica

Leia mais

DELIBERAÇÃO CONSEP Nº 097/2016

DELIBERAÇÃO CONSEP Nº 097/2016 DELIBERAÇÃO CONSEP Nº 097/2016 Altera o Currículo do Curso de Engenharia de Produção Mecânica, regime seriado semestral. O CONSELHO DE ENSINO E PESQUISA, na conformidade do Processo nº MEC- 479/2012, aprovou

Leia mais

ENGENHARIA DE PRODUÇÃO. COORDENADORA Raiane Ribeiro Machado

ENGENHARIA DE PRODUÇÃO. COORDENADORA Raiane Ribeiro Machado ENGENHARIA DE PRODUÇÃO COORDENADORA Raiane Ribeiro Machado raianemachado@ufv.br UFV Catálogo de Graduação 2010 73 Engenheiro de Produção ATUAÇÃO O Curso de Engenharia de Produção da UFV visa preparar profissionais

Leia mais

10% da carga horária do componente curricular. 5 horas para cada 20 horas de curso (máximo de 15 horas por curso)

10% da carga horária do componente curricular. 5 horas para cada 20 horas de curso (máximo de 15 horas por curso) Quadro de atividades complementares de graduação deferidas pelo curso Número Modalidade Máximo de horas Instrumentos para avaliação 1. ATIVIDADES DE ENSINO 1.1 Componentes curriculares cursados em IES

Leia mais

04/07/2016. Atividades Complementares. Atividades Complementares (ACs) do Curso de Engenharia de Produção. Atividades Complementares

04/07/2016. Atividades Complementares. Atividades Complementares (ACs) do Curso de Engenharia de Produção. Atividades Complementares (ACs) do Curso de Engenharia de Produção Profª. Dra. Stella Jacyszyn Bachega Coordenadora de Nesta apresentação há parte das Normas de (ATO NORMATIVO PROD 03/2015). As normas completas estão disponíveis

Leia mais

UNIVERSIDADE SÃO JUDAS TADEU

UNIVERSIDADE SÃO JUDAS TADEU CURSO DE ENGENHARIA ELÉTRICA CURRÍCULO PLENO BACHARELADO 1 CICLO/MÓDULO A Ciências Exatas I Cálculo Diferencial 06 0 06 120 Desenho Técnico 0 02 02 40 Física I Mecânica da Partícula 04 02 06 120 Projeto

Leia mais

08/06/2017. Atividades Complementares. Atividades Complementares (ACs) do Curso de Engenharia de Produção. Atividades Complementares

08/06/2017. Atividades Complementares. Atividades Complementares (ACs) do Curso de Engenharia de Produção. Atividades Complementares (ACs) do Curso de Engenharia de Produção Profª. Dra. Stella Jacyszyn Bachega Coordenadora de Nesta apresentação há parte das Normas de (ATO NORMATIVO PROD 03/2015). As normas completas estão disponíveis

Leia mais

ANEXO: ESTRUTURA CURRICULAR DO CURSO DE ENGENHARIA ELÉTRICA DA UFCG

ANEXO: ESTRUTURA CURRICULAR DO CURSO DE ENGENHARIA ELÉTRICA DA UFCG ANEXO: ESTRUTURA CURRICULAR DO CURSO DE ENGENHARIA ELÉTRICA DA UFCG I. CONTEÚDOS BÁSICOS (Carga horária de 1740 horas) 1.1 - FORMAÇÃO CIENTÍFICA E TECNOLÓGICA (Carga horária: 1425 horas) 1.1.1 - MATEMÁTICA

Leia mais

UNIVERSIDADE SÃO JUDAS TADEU

UNIVERSIDADE SÃO JUDAS TADEU CURSO DE ENGENHARIA ELÉTRICA CURRÍCULO PLENO BACHARELADO 1 CICLO/MÓDULO A Ciências Exatas I Álgebra Linear 02 0 02 40 Cálculo Diferencial e Integral I 04 0 04 80 Cálculo Vetorial e Geometria Analítica

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESPÍRITO SANTO Data: 05/07/2017 Currículo de Cursos Hora: 17:30:22

UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESPÍRITO SANTO Data: 05/07/2017 Currículo de Cursos Hora: 17:30:22 UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESPÍRITO SANTO Data: 05/07/2017 Currículo de Cursos Hora: 17:30:22 Curso: Nível: Grau Conferido: Turno: Tipo: Modalidade: Funcionamento: Documento de Autorização: Engenharia da

Leia mais

Pré-requisito Coreq Disciplina EMC101 - Expressão Gráfica - Ativa desde: 01/01/2008. Natureza - OBRIGATÓRIA PRÁTICA 36 TEÓRICA 18

Pré-requisito Coreq Disciplina EMC101 - Expressão Gráfica - Ativa desde: 01/01/2008. Natureza - OBRIGATÓRIA PRÁTICA 36 TEÓRICA 18 1 de 5 Nível:BACHARELADO Início: 20081 01 - - EMC101 - Expressão Gráfica - Ativa desde: 01/01/2008 EMC102 - Filosofia - Ativa desde: Natureza - OBRIGATÓRIA EMC103 - Física: Cinemática e Dinâmica - Ativa

Leia mais

Curso de Engenharia de Produção

Curso de Engenharia de Produção Curso de Engenharia de Produção Apresentação 2015 Prof. Dr. Carlos Fernando Jung carlosfernandojung@gmail.com Nosso Negócio Produtividade Rentabilidade Melhoria Contínua Otimização de Produtos e Processos

Leia mais

MATRIZ CURRICULAR NCET - NÚCLEO DE CIÊNCIAS EXATAS ENGENHARIA MECÂNICA (209 ) Ano: 2016 Turno: MANHÃ Curriculo: 16 CH Total do curso: 4360

MATRIZ CURRICULAR NCET - NÚCLEO DE CIÊNCIAS EXATAS ENGENHARIA MECÂNICA (209 ) Ano: 2016 Turno: MANHÃ Curriculo: 16 CH Total do curso: 4360 Página de. ENGENHARIA MECÂNICA (09 ) Ano: 0 Turno: MANHÃ Curriculo: CH Total do curso: 0 Disciplinas Obrigatórias ª SÉRIE - ENGENHARIA MECÂNICA CÁLCULO DIFERENCIAL E INTEGRAL I ENG.000_00 00 DESENHO TÉCNICO

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO RESOLUÇÃO Nº 20/99 Altera a estrutura curricular do Curso de Graduação em Engenharia Elétrica, do

Leia mais

CONDIÇÕES DE OFERTA PARA CADASTRO DO CURSO PARA ACOMPANHAMENTO E CONTROLE ACADÊMICO Nome do curso Ciência da Computação Condições de Oferta do Curso

CONDIÇÕES DE OFERTA PARA CADASTRO DO CURSO PARA ACOMPANHAMENTO E CONTROLE ACADÊMICO Nome do curso Ciência da Computação Condições de Oferta do Curso CONEP UFSJ Parecer N o 066/2009 Aprovado em 02/12/2009 ANEXO A: ORIENTAÇÕES PARA OFERTA E CADASTRO DO CURSO CONDIÇÕES DE OFERTA PARA CADASTRO DO CURSO PARA ACOMPANHAMENTO E CONTROLE ACADÊMICO Nome do curso

Leia mais

FACULDADE ASSIS GURGACZ SAGRES ACADÊMICO GRADE CURRICULAR. Emissão: 05/03/ :54 Página: 1 de 5. Colegiado: COLEGIADO DE ENGENHARIA CIVIL Curso:

FACULDADE ASSIS GURGACZ SAGRES ACADÊMICO GRADE CURRICULAR. Emissão: 05/03/ :54 Página: 1 de 5. Colegiado: COLEGIADO DE ENGENHARIA CIVIL Curso: 1 de 5 01 ENL101 - Introdução ao Cálculo - Ativa desde: Natureza - OBRIGATÓRIA ENL102 - Expressão Gráfica - Ativa desde: ENL103 - Desenho Técnico - Ativa desde: ENL104 - Geometria Analítica e Algebra Linear

Leia mais

Ministério da Educação Universidade Federal de São Paulo Pró-Reitoria de Graduação Curso de Engenharia Química Campus Diadema

Ministério da Educação Universidade Federal de São Paulo Pró-Reitoria de Graduação Curso de Engenharia Química Campus Diadema Curso de Matriz Curricular do Curso de - Período Integral 1 o Termo 2 o Termo 3 o Termo 4 o Termo 5 o Termo 6 o Termo 7 o Termo 8 o Termo 9 o Termo 10 o Termo Álgebra Linear e Geometria Analítica Geral

Leia mais

CURSO DE GRADUAÇÃO EM CIÊNCIA DA COMPUTAÇÃO MATRIZ CURRICULAR MATUTINO Fase N.

CURSO DE GRADUAÇÃO EM CIÊNCIA DA COMPUTAÇÃO MATRIZ CURRICULAR MATUTINO Fase N. CURSO DE GRADUAÇÃO EM CIÊNCIA DA COMPUTAÇÃO MATRIZ CURRICULAR MATUTINO Fase N. Ordem Código COMPONENTE CURRICULAR Créditos Horas Prérequisitos 01 Introdução à informática 04 60 02 Matemática instrumental

Leia mais

UNIVERSIDADE SÃO JUDAS TADEU

UNIVERSIDADE SÃO JUDAS TADEU CURSO DE ENGENHARIA DE CONTROLE E AUTOMAÇÃO CURRÍCULO PLENO BACHARELADO 1 CICLO/MÓDULO A Ciências Exatas I Álgebra Linear 02 0 02 40 Cálculo Diferencial e Integral I 04 0 04 80 Cálculo Vetorial e Geometria

Leia mais

Universidade Federal do Espírito Santo

Universidade Federal do Espírito Santo Nível: Grau Conferido: Turno: Tipo: Modalidade: Funcionamento: Ensino Superior Engenheiro Industrial Madeireiro Integral Curso Bacharelado Em atividade Doc. de Autorização:Resolução n.º 44/2005 - CUn de

Leia mais

MATRIZ CURRICULAR ENGENHARIA DE PRODUÇÃO 1º SEMESTRE. Carga Horária Teórica Prática

MATRIZ CURRICULAR ENGENHARIA DE PRODUÇÃO 1º SEMESTRE. Carga Horária Teórica Prática Carga Horária Teórica Prática 1º SEMESTRE Total PRÉ- REQUISITO DOCENTES 1. Álgebra e Geometria Analítica 60-60 04 - Me. Luzitelma Maria Barbosa de Castro 2. Desenho aplicado a engenharia 30 30 60 04 -

Leia mais

MATRIZ CURRICULAR CURSO DE GRADUAÇÃO EM SISTEMAS DE INFORMAÇÃO. 1º Período

MATRIZ CURRICULAR CURSO DE GRADUAÇÃO EM SISTEMAS DE INFORMAÇÃO. 1º Período FAHESA - Faculdade de Ciências Humanas, Econômicas e da Saúde de Araguaína ITPAC - INSTITUTO TOCANTINENSE PRESIDENTE ANTÔNIO CARLOS LTDA. Av. Filadélfia, 568 Setor Oeste Araguaína TO CEP 77.816-540 / Fone:

Leia mais

MATRIZ CURRICULAR CURSO DE GRADUAÇÃO EM ENGENHARIA CIVIL BACHARELADO

MATRIZ CURRICULAR CURSO DE GRADUAÇÃO EM ENGENHARIA CIVIL BACHARELADO FAHESA - Faculdade de Ciências Humanas, Econômicas e da Saúde de Araguaína ITPAC - INSTITUTO TOCANTINENSE PRESIDENTE ANTÔNIO CARLOS LTDA. Av. Filadélfia, 568 Setor Oeste Araguaína TO CEP 77.816-540 / Fone:

Leia mais

Universidade Federal do Espírito Santo

Universidade Federal do Espírito Santo Curso: Nível: Grau Conferido: Turno: Tipo: Modalidade: Funcionamento: Engenharia de Petroleo - Sao Mateus Ensino Superior Engenheiro de Petróleo Diurno Curso Bacharelado Em atividade Documento de Autorização:

Leia mais

MATRIZ CURRICULAR CURSO DE GRADUAÇÃO EM ENGENHARIA CIVIL BACHARELADO INSTITUC IONAIS CH TEÓRICA

MATRIZ CURRICULAR CURSO DE GRADUAÇÃO EM ENGENHARIA CIVIL BACHARELADO INSTITUC IONAIS CH TEÓRICA FAHESA - Faculdade de Ciências Humanas, Econômicas e da Saúde de Araguaína ITPAC - INSTITUTO TOCANTINENSE PRESIDENTE ANTÔNIO CARLOS LTDA. Av. Filadélfia, 568 Setor Oeste Araguaína TO CEP 77.816-540 / Fone:

Leia mais

NORMAS DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO DO COLEGIADO DE ENGENHARIA DE PRODUÇÃO

NORMAS DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO DO COLEGIADO DE ENGENHARIA DE PRODUÇÃO FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO VALE DO SÃO FRANCISCO Colegiado de Engenharia de Produção NORMAS DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO DO COLEGIADO DE ENGENHARIA DE PRODUÇÃO CAPÍTULO I Das Disposições Preliminares

Leia mais

MATRIZ CURRICULAR DO CURSO DE ENGENHARIA ELÉTRICA

MATRIZ CURRICULAR DO CURSO DE ENGENHARIA ELÉTRICA 1- BACHARELADO EM ENGENHARIA ELÉTRICA MATRIZ CURRICULAR DO CURSO DE ENGENHARIA ELÉTRICA 1º TERMO Aulas Teóricas Práticas Total Comunicação e Expressão 36-36 Cálculo Diferencial e Integral I 72-72 Informática

Leia mais

1º PERÍODO Carga horária Teórica Prática Total

1º PERÍODO Carga horária Teórica Prática Total MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DOS VALES DO JEQUITINHONHA E MUCURI FACULDADE DE CIÊNCIAS EXATAS E SOCIAIS APLICADAS CURSO DE GRADUAÇÃO EM SISTEMAS DE INFORMAÇÃO ESTRUTURA CURRICULAR 2008/1

Leia mais

SÍNTESE PROJETO PEDAGÓGICO. Missão

SÍNTESE PROJETO PEDAGÓGICO. Missão SÍNTESE PROJETO PEDAGÓGICO Curso: ENGENHARIA DE PETRÓLEO Campus: NITERÓI Missão O Curso de Engenharia de Petróleo da Universidade Estácio de Sá tem por missão formar profissionais com sólida formação técnica

Leia mais

DIURNO I SEMESTRE 480 HORAS CÓDIGO ATIVIDADES/COMPONENTES CURRICULARES C.H.

DIURNO I SEMESTRE 480 HORAS CÓDIGO ATIVIDADES/COMPONENTES CURRICULARES C.H. Universidade Estadual da Paraíba UEPB Campus VII - Patos Curso de Graduação em Ciências Exatas - Licenciatura Plena Resolução de Aprovação do Projeto Pedagógico UEPB/CONSEPE/019/2008 Carga horária alterada

Leia mais

SÍNTESE PROJETO PEDAGÓGICO

SÍNTESE PROJETO PEDAGÓGICO Curso: Engenharia Elétrica Campus: Campos dos Goytacazes SÍNTESE PROJETO PEDAGÓGICO Missão O Curso de Engenharia Elétrica da Universidade Estácio de Sá tem por missão formar engenheiros capazes de atender

Leia mais

SÍNTESE PROJETO PEDAGÓGICO. Missão

SÍNTESE PROJETO PEDAGÓGICO. Missão SÍNTESE PROJETO PEDAGÓGICO Curso: ENGENHARIA DE PRODUÇÃO CAMPUS: NITERÓI Missão A missão do curso de Engenharia de Produção da UNESA é formar Engenheiros de Produção de alto nível técnico e metodológico

Leia mais

Fundamentos de Fundamentos de Sistemas de Geometria Analítica. Comunicação e Expressão I

Fundamentos de Fundamentos de Sistemas de Geometria Analítica. Comunicação e Expressão I 4.7.2 Representação Gráfica do Perfil de Formação Quadro I dos núcleos de formação do Curso de Sistemas de Informação para ingressantes a partir do 2º semestre de 2014 Período 1º 2º 3º Algoritmos e Programação

Leia mais

DELIBERAÇÃO CONSEP Nº 099/2016

DELIBERAÇÃO CONSEP Nº 099/2016 DELIBERAÇÃO CONSEP Nº 099/2016 Altera o Currículo do Curso de Engenharia de Controle e Automação, regime seriado semestral. O CONSELHO DE ENSINO E PESQUISA, na conformidade do Processo nº MEC- 481/2012,

Leia mais

CURSO DE CIÊNCIAS EXATAS HABILITAÇÃO: BACHARELADO EM CIÊNCIAS EXATAS INGRESSANTES 2009

CURSO DE CIÊNCIAS EXATAS HABILITAÇÃO: BACHARELADO EM CIÊNCIAS EXATAS INGRESSANTES 2009 CURSO DE CIÊNCIAS EXATAS HABILITAÇÃO: BACHARELADO EM CIÊNCIAS EXATAS INGRESSANTES 2009 Período Atividade Acadêmica Caráter Cr CH Pré-requisito Código Denominação 1º MAT154 Cálculo I Disciplina de Formação

Leia mais

10. MATRIZ CURRICULAR

10. MATRIZ CURRICULAR 0. MATRIZ CURRICULAR º SEMESTRE (07.006-8) Química Tecnológica Geral Não há (2-) 90 (08.-6) Geometria Analítica Não há (08.90-9) Cálculo Não há (-0) 60 (58.007-0) Iniciação à Engenharia Não há (2-) 90

Leia mais

DELIBERAÇÃO CONSEP Nº 151/2012

DELIBERAÇÃO CONSEP Nº 151/2012 DELIBERAÇÃO CONSEP Nº 151/2012 Altera o Currículo do Curso de Engenharia de Computação para regime seriado semestral. O CONSELHO DE ENSINO E PESQUISA, na conformidade do Processo nº INF- 105/2012, aprovou

Leia mais

DELIBERAÇÃO CONSEP Nº 096/2016

DELIBERAÇÃO CONSEP Nº 096/2016 DELIBERAÇÃO CONSEP Nº 096/2016 Altera o Currículo do Curso de Engenharia Mecânica, regime seriado semestral. O CONSELHO DE ENSINO E PESQUISA, na conformidade do Processo nº MEC- 478/2012, aprovou e eu

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO PAULO Campus Diadema

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO PAULO Campus Diadema SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO PAULO Campus Diadema 4.9.1 Quadro de Unidades Curriculares As Tabelas 4.9.1 e 4.9.2 mostram a distribuição das Unidades Curriculares s e eletivas, com

Leia mais

UFV Catálogo de Graduação ENGENHARIA MECÂNICA. COORDENADOR Charles Luis da Silva

UFV Catálogo de Graduação ENGENHARIA MECÂNICA. COORDENADOR Charles Luis da Silva UFV Catálogo de Graduação 2013 141 ENGENHARIA MECÂNICA COORDENADOR Charles Luis da Silva charles.silva@ufv.br 142 Currículos dos Cursos UFV Engenheiro Mecânico ATUAÇÃO O curso de Engenharia Mecânica da

Leia mais

CENTRO DE CIÊNCIAS EXATAS, AMBIENTAIS E DE TECNOLOGIAS FACULDADE DE ENGENHARIA DE PRODUÇÃO CURSO DE ENGENHARIA DE PRODUÇÃO Currículo Atual

CENTRO DE CIÊNCIAS EXATAS, AMBIENTAIS E DE TECNOLOGIAS FACULDADE DE ENGENHARIA DE PRODUÇÃO CURSO DE ENGENHARIA DE PRODUÇÃO Currículo Atual FACULDADE DE CURSO DE Série: 1ª Período: 2º (05421) CÁLCULO DIFERENCIAL E INTEGRAL B - (05421) CÁLCULO DIFERENCIAL E INTEGRAL B - (28398) ANTROPOLOGIA TEOLOGICA B - (28398) ANTROPOLOGIA TEOLOGICA B - (07527P)

Leia mais

MATRIZ CURRICULAR DIURNO - BCT. Período Disciplinas Obrigatórias CH CR Pré-Requisitos. Análise e Expressão Textual Cálculo I

MATRIZ CURRICULAR DIURNO - BCT. Período Disciplinas Obrigatórias CH CR Pré-Requisitos. Análise e Expressão Textual Cálculo I MATRIZ CURRICULAR DIURNO - BCT Análise e Expressão Textual Cálculo I Ambiente Energia e Sociedade 60 04 BCT1 Geometria Analítica Informática Aplicada Seminário de Introdução ao Curso - Subtotal 330 22

Leia mais

CURSO DE QUIROPRAXIA - BACHARELADO

CURSO DE QUIROPRAXIA - BACHARELADO CURSO DE QUIROPRAXIA - BACHARELADO Currículo Novo - 2010/02 - Diurno (Seriado). 10 semestres RECONHECIDO PELA PORTARIA Nº 902, DE 10/04/2006 D.O.U. DE 12/04/2006 AMPARADO PELA PORTARIA NORMATIVA Nº 40,

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DE CAMPINA GRANDE CONSELHO UNIVERSITÁRIO CÂMARA SUPERIOR DE ENSINO

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DE CAMPINA GRANDE CONSELHO UNIVERSITÁRIO CÂMARA SUPERIOR DE ENSINO SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DE CAMPINA GRANDE CONSELHO UNIVERSITÁRIO CÂMARA SUPERIOR DE ENSINO RESOLUÇÃO Nº 17/2012 Aprova a estrutura curricular contida no Projeto Pedagógico do Curso

Leia mais

Grade Curricular do Curso de Graduação em Engenharia de Computação

Grade Curricular do Curso de Graduação em Engenharia de Computação Grade Curricular do Curso de Graduação em Engenharia de Computação Currículo 6 Aprovado pelo CDI em 30/05/16 - Carga Horária - Carga Horária Núcleo Básico 1.280h Carga Horária Núcleo Profissionalizante

Leia mais

Grade do curso de Engenharia Química - UNIPAMPA (a partir de abril de 2015) Período Disciplina Código CH C CT CP CSP PR

Grade do curso de Engenharia Química - UNIPAMPA (a partir de abril de 2015) Período Disciplina Código CH C CT CP CSP PR Grade do curso de Engenharia Química - UNIPAMPA (a partir de abril de 2015) Período Disciplina Código CH C CT CP CSP PR Cálculo I BA011004 60 4 4 0 0 - Física I BA010901 60 4 4 0 0 - Geometria Analítica

Leia mais

MATRIZ DE ADMINISTRAÇÃO Disciplinas CH Pré-Requisitos

MATRIZ DE ADMINISTRAÇÃO Disciplinas CH Pré-Requisitos MATRIZ DE ADMINISTRAÇÃO Disciplinas C Pré-Requisitos 1 Análise Microeconômica I 80 2 Análise Macroeconômica I 40 3 Cálculo I 80 4 Estatística I 80 5 Fundamentos da Administração I 80 6 Laboratório de Negócios

Leia mais

SÍNTESE PROJETO PEDAGÓGICO. Missão

SÍNTESE PROJETO PEDAGÓGICO. Missão SÍNTESE PROJETO PEDAGÓGICO Curso: Engenharia de Petróleo Missão O Curso de Engenharia de Petróleo da Universidade Estácio de Sá tem por missão formar profissionais com sólida formação técnica nas áreas

Leia mais

MATRIZ CURRICULAR DO CURSO DE ENGENHARIA CIVIL

MATRIZ CURRICULAR DO CURSO DE ENGENHARIA CIVIL MATRIZ CURRICULAR DO CURSO DE ENGENHARIA CIVIL 1º TERMO Aulas Teóricas Práticas Total Comunicação e Expressão 40-40 Cálculo Diferencial e Integral I 80-80 Fundamentos da Administração 40-40 Introdução

Leia mais

LICENCIATURA EM FÍSICA (INTEGRAL)

LICENCIATURA EM FÍSICA (INTEGRAL) 1 LICENCIATURA EM FÍSICA (INTEGRAL) CURRÍCULO 2008/1 PRIMEIRO PERÍODO 08.111-6 Geometria Analítica Não tem 04 08.221-0 Cálculo Diferencial e Integral 1 Não tem 09.110-3 Física Experimental A Não tem 04

Leia mais

Resolução nº 069, de 15 de agosto de 2017.

Resolução nº 069, de 15 de agosto de 2017. Resolução nº 069, de 15 de agosto de 2017. O Presidente em exercício do do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul - IFRS, considerando o que foi deliberado na reunião

Leia mais

SEMESTRE 360 HORAS CÓDIGO ATIVIDADES/COMPONENTES CURRICULARES C.H

SEMESTRE 360 HORAS CÓDIGO ATIVIDADES/COMPONENTES CURRICULARES C.H Universidade Estadual da Paraíba UEPB - Campus I Campina Grande Curso de Graduação em Química Industrial Resolução de Aprovação do Projeto Pedagógico UEPB/CONSEPE/006/2008 -TURNO DIURNO COMPOSIÇÃO CURRICULAR

Leia mais

Curso de Engenharia Formação Geral 1º e 2º anos

Curso de Engenharia Formação Geral 1º e 2º anos Curso de Engenharia Formação Geral 1º e 2º anos DISCIPLINA 1º Bimestre Introdução à Engenharia 40 Informática 40 Matemática 80 Produção de Textos 40 2º Bimestre Cálculo I 80 Física I 80 Inglês 20 Metodologia

Leia mais

REGULAMENTO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO (TCC) CURSO DE ENGENHARIA DE PRODUÇÃO

REGULAMENTO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO (TCC) CURSO DE ENGENHARIA DE PRODUÇÃO REGULAMENTO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO (TCC) CURSO DE ENGENHARIA DE PRODUÇÃO Dispõe sobre o Regulamento do Trabalho de Conclusão de Curso de Engenharia de Produção da Faculdade Capivari. CAPÍTULO

Leia mais

FACULDADE DE CIÊNCIA DE ENGENHARIA DE SOFTWARE MATRIZ CURRICULAR DO CURSO DE ENGENHARIA DE SOFTWARE PRIMEIRO PERÍODO SEGUNDO PERÍODO

FACULDADE DE CIÊNCIA DE ENGENHARIA DE SOFTWARE MATRIZ CURRICULAR DO CURSO DE ENGENHARIA DE SOFTWARE PRIMEIRO PERÍODO SEGUNDO PERÍODO FACULDADE DE CIÊNCIA DE ENGENHARIA DE SOFTWARE MATRIZ CURRICULAR DO CURSO DE ENGENHARIA DE SOFTWARE PRIMEIRO PERÍODO ESW200 Introdução à Engenharia de Software 2 36 30 - ESW201 Prática de Programação I

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PAMPA Currículo Cursos

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PAMPA Currículo Cursos CH Total: 4050 Cred. Total: ideal: 10 mín.: 10 máx.: Situação da Versão.: CORRENTE Ano do Curriculo.: 2010 1 BA010901 - FISICA I 1 BA010902 - LABORATORIO DE FISICA I Obrigatória ATIVA 2 Total: 1 BA011004

Leia mais

SÍNTESE PROJETO PEDAGÓGICO

SÍNTESE PROJETO PEDAGÓGICO Curso: Engenharia Civil Cabo Frio SÍNTESE PROJETO PEDAGÓGICO Missão O Curso de Engenharia Civil da Universidade Estácio de Sá tem por missão formar profissionais com sólidos conhecimentos tecnológicos

Leia mais

Horário 2017/1 Ensino de Graduação CEPLAN / UDESC

Horário 2017/1 Ensino de Graduação CEPLAN / UDESC HORÁRIO CEPLAN / UDESC - 1º SEMESTRE / 2017 ENGENHARIA DE PRODUÇÃO HABILITAÇÃO MECÂNICA 1ª ENG Segunda Terça Quarta Quinta Sexta Sábado 1EDF103 1EDF103 1BAE103 G1 1BAE103 G2 1BAE103 1IEP003 1BAE103 1IEP003

Leia mais

UNIVERSIDADE DE SÂO PAULO CURSO DE OBSTETRÍCIA REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES

UNIVERSIDADE DE SÂO PAULO CURSO DE OBSTETRÍCIA REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES UNIVERSIDADE DE SÂO PAULO CURSO DE OBSTETRÍCIA REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES CAPÍTULO I DISPOSIÇÕES PRELIMINARES Art 1º. - O presente conjunto de normas tem por finalidade normalizar o registro

Leia mais

ATIVIDADES COMPLEMENTARES

ATIVIDADES COMPLEMENTARES ATIVIDADES COMPLEMENTARES O que são as atividades complementares? - as atividades complementares são um componente curricular obrigatório segundo as Diretrizes Curriculares Nacionais dos Cursos de Graduação

Leia mais

Estratégia da grade de horário padrão do curso de graduação em engenharia de produção mecânica da EESC-USP

Estratégia da grade de horário padrão do curso de graduação em engenharia de produção mecânica da EESC-USP Estratégia da grade de horário padrão do curso de graduação em engenharia de produção mecânica da EESC-USP Fernando César Almada Santos (EESC-USP) almada@prod.eesc.usp.br João Batista Betoni (EESC-USP)

Leia mais

ATIVIDADES COMPLEMENTARES Regulamento e Formulário de Certificação

ATIVIDADES COMPLEMENTARES Regulamento e Formulário de Certificação ATIVIDADES COMPLEMENTARES Regulamento e Formulário de Certificação Aprovados em ata da décima segunda reunião ordinária do Departamento de Letras, realizada no dia 10 de junho de 2016. O ambiente intelectual

Leia mais

UFV Catálogo de Graduação ENGENHARIA MECÂNICA. COORDENADOR Charles Luís da Silva

UFV Catálogo de Graduação ENGENHARIA MECÂNICA. COORDENADOR Charles Luís da Silva UFV Catálogo de Graduação 2014 271 ENGENHARIA MECÂNICA COORDENADOR Charles Luís da Silva charles.silva@ufv.br 272 Currículos dos Cursos do CCE UFV Engenheiro Mecânico ATUAÇÃO O curso de Engenharia Mecânica

Leia mais

Natureza - OBRIGTEÓRICA

Natureza - OBRIGTEÓRICA 1 de 5 01 CON101 - Algorítmos e Programação - Ativa desde: CON102 - Cálculo I - Ativa desde: 16/11/2007 CON103 - Comunicação e Produção Técnico-Científica - Ativa desde: 16/11/2007 CON104 - Expressão Gráfica

Leia mais

FACULDADE DA AMAZÔNIA ROD. BR 316, KM 07 N 590 FONE: ::

FACULDADE DA AMAZÔNIA ROD. BR 316, KM 07 N 590 FONE: :: MATRIZ CURRICULAR DE ADMINISTRAÇÃO APROVADA PELA PORTARIA DE RECONHECIMENTO DO CURSO PORTARIA NO. 408, DE 11 DE OUTUBRO DE 2011. 1º Economia I 40 Filosofia e Ética 40 Teoria da Administração I 80 Matemática

Leia mais

DELIBERAÇÃO CONSEP Nº 183/2012

DELIBERAÇÃO CONSEP Nº 183/2012 DELIBERAÇÃO CONSEP Nº 183/2012 Altera o Currículo Pleno do Curso de Engenharia Elétrica e Eletrônica para regime seriado semestral. O CONSELHO DE ENSINO E PESQUISA, na conformidade do Processo Nº ELE-244/2012,

Leia mais

A Câmara Superior de Ensino da Universidade Federal de Campina Grande, no uso de suas atribuições;

A Câmara Superior de Ensino da Universidade Federal de Campina Grande, no uso de suas atribuições; SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DE CAMPINA GRANDE COLEGIADO PLENO DO CONSELHO UNIVERSITÁRIO CÂMARA SUPERIOR DE ENSINO RESOLUÇÃO Nº 09/2009 Aprova a estrutura curricular do Curso de Engenharia

Leia mais

UNIVERSIDADE DE SÂO PAULO CURSO DE OBSTETRÍCIA REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES

UNIVERSIDADE DE SÂO PAULO CURSO DE OBSTETRÍCIA REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES UNIVERSIDADE DE SÂO PAULO CURSO DE OBSTETRÍCIA REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES CAPÍTULO I DISPOSIÇÕES PRELIMINARES Art 1º. O presente conjunto de normas tem por finalidade normalizar o registro

Leia mais

Curso: ENGENHARIA DE PRODUÇÃO Curriculo: /13 DISCIPLINAS EM OFERTA 1ºº Semestre de NOTURNO

Curso: ENGENHARIA DE PRODUÇÃO Curriculo: /13 DISCIPLINAS EM OFERTA 1ºº Semestre de NOTURNO GR02447 GR01158 GR01163 GR02445 GR01185 GR02516 1º PERÍODO Carga Horária Docentes Álgebra Linear 72.00 Thiago André Guimarães Cálculo Básico 72.00 André Luiz Emidio de Abreu Dinâmica Das Ideias Sociais

Leia mais

A Câmara Superior de Ensino do Conselho Universitário da Universidade Federal de Campina Grande, no uso de suas atribuições;

A Câmara Superior de Ensino do Conselho Universitário da Universidade Federal de Campina Grande, no uso de suas atribuições; SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DE CAMPINA GRANDE CONSELHO UNIVERSITÁRIO CÂMARA SUPERIOR DE ENSINO RESOLUÇÃO Nº 10/2009 Aprova a Estrutura Curricular do Curso de Engenharia Ambiental, da Unidade

Leia mais

6. Matriz curricular Núcleo de conhecimentos básicos

6. Matriz curricular Núcleo de conhecimentos básicos 6. Matriz curricular A matriz curricular foi desenvolvida buscando atender às metas de reformulação do Projeto Pedagógico e ao perfil desejado do egresso em Engenharia de Produção do campus de Sorocaba,

Leia mais

Currículos dos Cursos UFV ENGENHARIA ELÉTRICA. COORDENADOR Leonardo Bonato Felix

Currículos dos Cursos UFV ENGENHARIA ELÉTRICA. COORDENADOR Leonardo Bonato Felix 134 ENGENHARIA ELÉTRICA COORDENADOR Leonardo Bonato Felix leobonato@ufv.br UFV Catálogo de Graduação 2013 135 Engenheiro Eletricista ATUAÇÃO O curso de Engenharia Elétrica da UFV oferece a seus estudantes

Leia mais