Disciplina: OSM. Aula 5. Assunto: MÉTODOS

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Disciplina: OSM. Aula 5. Assunto: MÉTODOS"

Transcrição

1 Disciplina: OSM Aula 5 Assunto: MÉTODOS Prof Ms Keilla Lopes Mestre em Administração pela UFBA Especialista em Gestão Empresarial pela UEFS Graduada em Administração pela UEFS Contatos: MSN: Blog: keillalopes.wordpress.com

2 O que é OS&M???

3 O Método, pode ser considerado a forma de executar os referidos sistemas com o menor dispêndio de energia e maior eficácia do executante.

4 Exemplos de métodos: Técnicas de levantamento de dados: questionário, entrevista, observação,etc Fluxogramas Normas e Manuais Layout Quadros de Distribuição de Trabalho (QTD) Análise estruturada de sistemas Formulários Análise de rotinas Obs: Na disciplina terão noções gerais destas técnicas (ferramentas ou processos)...

5 Qual a importância do estudo dos MÉTODOS? Evitar desperdícios de recursos (tempo, mão de obra, dinheiro,etc)

6 I PARTE Métodos ou Técnicas de levantamento de dados Observação pessoal Questionários Entrevistas Outras técnicas

7 I - Técnica de observação pessoal Conceito (Selltiz,1974): A observação pessoal se torna uma técnica científica à medida que: a) Serve a um objetivo formulado de pesquisa b) È sistematicamente planejada e registrada c) È submetida a verificações e controles de validade e precisão.

8 Vantagens da Técnica de observação pessoal: a)possibilita a comparação e veracidade das informações de entrevistas e questionários. b) Proporciona maior credibilidade ao estudo (tanto pelos superiores quanto pelos observados).

9 QUAIS DESVANTAGENS VOCÊS APONTARIAM PARA A TÉCNICA DE OBSERVAÇÃO PESSOAL??? COPIAR!!!

10 Na aplicação da técnica sugere-se: Evitar o caráter de inspeção Ser informal (dar características amistosas as visitas) Não é recomendável visitas sem aviso antecipado. Além de falta de educação, em todo e qualquer caso é necessário que o observado saiba da necessidade e fundamento da observação e do estudo que será feito. Este direito é garantido juridicamente. Obs: Apenas a observação não define nada, não permite e não dar direito a conclusões. Apenas subsidia o estudo.

11 II - Técnica de questionário Conceito: Instrumento preparado em formulário que permite substancial redução de tempo para levantamento das informações desejadas. Podendo ser distribuído para posteriormente ser recolhido e tabulado. Serve como roteiro de entrevista (estruturado ou semiestruturado). O que é pre-teste do questionário?

12 QUAIS AS VANTAGENS E DESVANTAGENS DO LEVANTAMENTO DE DADOS VIA QUESTIONÁRIO

13 III - Técnica de entrevista Característica básica é o diálogo. Deve ser planejada, organizada, dirigida, controlada e avaliada. Trata-se da técnica mais recomendada para levantamento de informações passíveis de reflexão. Esta é a técnica mais utilizada pelos analistas de OS&M.

14 QUAIS AS VANTAGENS DO MÉTODO DE ENTREVISTA

15 QUAIS AS DESVANTAGENS DO MÉTODO DE ENTREVISTA

16 Outras técnicas auxiliares Brainstorming Conhecida como técnica de tempestade cerebral. Geralmente são feitas em sessões de 15 minutos e com no máximo 15 participantes. Eles se reúnem em torno de uma mesa e lançam palavras que vem a mente quando se emite uma palavra-base. Podendo ser em seqüência (um de cada vez) ou aleatoriamente. Os participantes são estimulados a relatar o que aparece na sua mente sem censura ou críticas. Obs: esta técnica é usada para levantamento de dados e para indicações de soluções criativas. Na função de indicações de soluções criativas: quanto maior o número de idéias maior a probabilidade de boas idéias; quanto menos convencional a idéia, melhor; quanto menor a censura mais criativas e inovadoras serão as idéias. Revisão de literatura (interna e externa).

17 A TODAS AS TÉCNICAS SUGERE-SE: Clareza e concisão Explicações preliminares ao sujeito antes do inicio da técnica. Experimentação prévia Estabelecer um roteiro prévio Não formular promessas de benefícios ao sujeito. Evitar interrupções Ser informal (mas, nem tanto...) Averiguar a linguagem utilizada Cuidar para que o tom da voz não induza a resposta. Evitar o caráter de inspeção

18 II PARTE Processamento da informação Com base nos dados levantados o passo seguinte é transformá-los em informação e quem sabe em conhecimento. A manipulação dos dados è uma etapa complexa e como todo sistema aberto pode sofrer influências de percepções que devem ser minimizadas tanto quanto for possível. As informações (e os dados) podem ser: Quantitativas Qualitativas.

19 Principais aliados para o processamento dos dados: Informática: Trata-se de uma parceira da área de OS&M e todas as outras áreas da empresa. Mas, não são mágicos e precisam de dados corretamente levantados para transformá-los em informação. A tecnologia exerce um papel essencial tanto na tabulação de dados quanto na comunicação, armazenamento e compartilhamento deles, da informações e dos conhecimentos. Quanto maior a as tecnologias, maior a capacidade de inter-relacionamentos e a capacidade de aprender e lucrar com o compartilhamento dos dados, da informação e do conhecimento. O pessoal envolvido (pesquisador e pesquisados): Ambos devem possuir um interesse comum de sucesso do estudo e participarem ativamente da fase inicial de levantamento de dados e do processamento das informações. Um deve estar disposto a descobrir os dados e o outro disposto a oferecê-los com veracidade. Ao longo do processo a responsabilidade vai se transferindo, gradualmente, para o pesquisador (analista de OS&M).

20 REFERÊNCIAS BIBLIOGRAFICAS OLIVEIRA, Djalma de Pinho Rebouças de. Sistemas, organização & métodos: uma abordagem gerencial. 14. ed. São Paulo: Atlas, SELLTIZ, C.;JAHODA,M.;DEUTSCH, M.;COOK,S.W.; Métodos de pesquisa nas relações sociais. São Paulo:EPU:Edusp,1974. ARAUJO,Luis Cesar G. Organização, Sistemas e Métodos e as tecnologias de gestão organizacional: arquitetura organizacional; benchmarking,empowement, gestão pela qualidade total,reengenharia:volume 1. 2 ed. São Paulo.Atlas,2005

Disciplina: OSM. Aula 7. Assunto: MÉTODOS

Disciplina: OSM. Aula 7. Assunto: MÉTODOS Disciplina: OSM Aula 7 Assunto: MÉTODOS Prof Ms Keilla Lopes Mestre em Administração pela UFBA Especialista em Gestão Empresarial pela UEFS Graduada em Administração pela UEFS Contatos: E-mail: keillalopes@ig.com.br

Leia mais

Qual a importância do estudo dos MÉTODOS? Cuidado com o homem que sabe a resposta antes de ouvir a pergunta (Oren Harriz)

Qual a importância do estudo dos MÉTODOS? Cuidado com o homem que sabe a resposta antes de ouvir a pergunta (Oren Harriz) Qual a importância do estudo dos MÉTODOS? Cuidado com o homem que sabe a resposta antes de ouvir a pergunta (Oren Harriz) Considerações Iniciais A ementa da disciplina não envolve desenvolvimento do projeto

Leia mais

AULA 6 MÉTODOS: TÉCNICAS DE REPRESENTAÇÃO GRÁFICA (FLUXOGRAMAS OU FLOW-CHART)

AULA 6 MÉTODOS: TÉCNICAS DE REPRESENTAÇÃO GRÁFICA (FLUXOGRAMAS OU FLOW-CHART) AULA 6 MÉTODOS: TÉCNICAS DE REPRESENTAÇÃO GRÁFICA (FLUXOGRAMAS OU FLOW-CHART) Prof Ms Keilla Lopes Mestre em Administração pela UFBA Especialista em Gestão Empresarial pela UEFS Graduada em Administração

Leia mais

AULA 5 MÉTODOS: TÉCNICAS DE REPRESENTAÇÃO GRÁFICA (FLUXOGRAMAS OU FLOW-CHART)

AULA 5 MÉTODOS: TÉCNICAS DE REPRESENTAÇÃO GRÁFICA (FLUXOGRAMAS OU FLOW-CHART) AULA 5 MÉTODOS: TÉCNICAS DE REPRESENTAÇÃO GRÁFICA (FLUXOGRAMAS OU FLOW-CHART) Prof Ms Keilla Lopes Mestre em Administração pela UFBA Especialista em Gestão Empresarial pela UEFS Graduada em Administração

Leia mais

DISCIPLINA: OS&M AULA 1 ASSUNTO:INTRODUÇÃO AO ESTUDO DE OS&M

DISCIPLINA: OS&M AULA 1 ASSUNTO:INTRODUÇÃO AO ESTUDO DE OS&M DISCIPLINA: OS&M AULA 1 ASSUNTO:INTRODUÇÃO AO ESTUDO DE OS&M Prof Ms Keilla Lopes Mestre em Administração pela UFBA Especialista em Gestão Empresarial pela UEFS Graduada em Administração pela UEFS Contatos:

Leia mais

Disciplina: Comportamento Organizacional. Assunto: Estrutura organizacional

Disciplina: Comportamento Organizacional. Assunto: Estrutura organizacional AULAS EMENTA: Estrutura organizacional e o processo de organização. Níveis hierárquicos e amplitude de controle e estilo gerencial. Departamentalização. I assunto: Estrutura organizacional e o processo

Leia mais

SE VC FOSSE O GERENTE DE UM SETOR E ENCONTRASSE SEUS SUBORDINADOS RECLAMANDO POR ESTAREM SOBRECARREGADOS DE TRABALHOS DIVERSOS, COMO FARIA PARA

SE VC FOSSE O GERENTE DE UM SETOR E ENCONTRASSE SEUS SUBORDINADOS RECLAMANDO POR ESTAREM SOBRECARREGADOS DE TRABALHOS DIVERSOS, COMO FARIA PARA SE VC FOSSE O GERENTE DE UM SETOR E ENCONTRASSE SEUS SUBORDINADOS RECLAMANDO POR ESTAREM SOBRECARREGADOS DE TRABALHOS DIVERSOS, COMO FARIA PARA RESOLVER ESTE PROBLEMA???? Disciplina: OS&M AULA 9 Assunto:

Leia mais

Disciplina: OSM. Aula 6. Assunto: SISTEMAS

Disciplina: OSM. Aula 6. Assunto: SISTEMAS Disciplina: OSM Aula 6 Assunto: SISTEMAS Prof Ms Keilla Lopes Mestre em Administração pela UFBA Especialista em Gestão Empresarial pela UEFS Graduada em Administração pela UEFS Contatos: E-mail: keillalopes@ig.com.br

Leia mais

Disciplina: OS&M AULA 2

Disciplina: OS&M AULA 2 Disciplina: OS&M AULA 2 Assunto: Funções de OS&M Prof Ms Keilla Lopes Mestre em Administração pela UFBA Especialista em Gestão Empresarial pela UEFS Graduada em Administração pela UEFS Contatos: E-mail:

Leia mais

Disciplina: Comportamento Organizacional. Assunto: Departamentalização

Disciplina: Comportamento Organizacional. Assunto: Departamentalização Disciplina: Comportamento Organizacional Assunto: Departamentalização Prof Ms Keilla Lopes Mestre em Administração pela UFBA Especialista em Gestão Empresarial pela UEFS Graduada em Administração pela

Leia mais

Disciplina: SIG. Assunto: SIG

Disciplina: SIG. Assunto: SIG Disciplina: SIG Aula 1 Assunto: SIG Prof Ms Keilla Lopes Mestre em Administração pela UFBA Especialista em Gestão Empresarial pela UEFS Graduada em Administração pela UEFS Contatos: E-mail: keillalopes@ig.com.br

Leia mais

DISCIPLINA: OS&M AULA 1 ASSUNTO: INTRODUÇÃO AO ESTUDO DE OS&M. Prof.Daciane de O. Silva. Blog: daciane.wordpress.com

DISCIPLINA: OS&M AULA 1 ASSUNTO: INTRODUÇÃO AO ESTUDO DE OS&M. Prof.Daciane de O. Silva. Blog: daciane.wordpress.com DISCIPLINA: OS&M AULA 1 ASSUNTO: INTRODUÇÃO AO ESTUDO DE OS&M Prof.Daciane de O. Silva Blog: daciane.wordpress.com O que é OS&M??? OS&M È uma função ou campo de estudo dentro da Administração, assim como

Leia mais

Disciplina:OS&M Prof Ms Keilla Lopes Assunto: ORGANIZAÇÃO ( Estrutura Organizacional) AULA 4 II parte

Disciplina:OS&M Prof Ms Keilla Lopes Assunto: ORGANIZAÇÃO ( Estrutura Organizacional) AULA 4 II parte Disciplina:OS&M Prof Ms Keilla Lopes Assunto: ORGANIZAÇÃO ( Estrutura Organizacional) AULA 4 II parte MONTAGEM DE UMA ESTRUTURA ORGANIZACIONAL ESTRUTURA ORGANIZACIONAL 1. COMPONENTES 2. CONDICIONANTES

Leia mais

Conceituação e Entendimento Análise Organizacional Parte 2

Conceituação e Entendimento Análise Organizacional Parte 2 Conceituação e Entendimento Análise Organizacional Parte 2 Agenda: CONCEITUAÇÃO E ENTENDIMENTO Instrumentos de levantamento de Informações Entrevista Questionário Observação Pessoal Pesquisa de Documentação

Leia mais

Faculdades Integradas Teresa D Ávila

Faculdades Integradas Teresa D Ávila Faculdades Integradas Teresa D Ávila CURSO DE ADMINISTRAÇÃO Reconhecido pela Portaria Ministerial nº. 4.571 de 28/12/05 e publicado no DOU em 29/12/05. Componente Curricular: Gestão por Processos Carga-horária:

Leia mais

Disciplina: Introdução a Administração AULA 1

Disciplina: Introdução a Administração AULA 1 EMENTA A importância do estudo de Administração em outras ciências Contribuição cumulativa dos precursores da Administração e principais escolas do pensamento administrativo (Conceitos, objeto de estudo

Leia mais

DISCIPLINA: Assunto: Contatos:

DISCIPLINA: Assunto: Contatos: DISCIPLINA: Assunto: Por que investir? Prof Ms Keilla Lopes Mestre em Administração pela UFBA Especialista em Gestão Empresarial pela UEFS Graduada em Administração pela UEFS Contatos: E-mail: keillalopes@ig.com.br

Leia mais

Disciplina: OS&M AULA 7

Disciplina: OS&M AULA 7 Disciplina: OS&M AULA 7 Assunto: Métodos de trabalho: III - Formulários Prof Ms Keilla Lopes Mestre em Administração pela UFBA Especialista em Gestão Empresarial pela UEFS Graduada em Administração pela

Leia mais

Disciplina: OS&M AULA 6

Disciplina: OS&M AULA 6 Disciplina: OS&M AULA 6 Assunto: Métodos de trabalho (Formulários) Prof Ms Keilla Lopes Mestre em Administração pela UFBA Especialista em Gestão Empresarial pela UEFS Graduada em Administração pela UEFS

Leia mais

AULA 3 INTRODUÇÃO AO MERCADO DE CAPITAIS

AULA 3 INTRODUÇÃO AO MERCADO DE CAPITAIS AULA 3 INTRODUÇÃO AO MERCADO DE CAPITAIS Prof Ms Keilla Lopes Mestre em Administração pela UFBA Especialista em Gestão Empresarial pela UEFS Graduada em Administração pela UEFS Contatos: E-mail: keillalopes@ig.com.br

Leia mais

Prof Ms Keilla Lopes Mestre em Administração pela UFBA Especialista em Gestão Empresarial pela UEFS Graduada em Administração pela UEFS

Prof Ms Keilla Lopes Mestre em Administração pela UFBA Especialista em Gestão Empresarial pela UEFS Graduada em Administração pela UEFS Prof Ms Keilla Lopes Mestre em Administração pela UFBA Especialista em Gestão Empresarial pela UEFS Graduada em Administração pela UEFS Contatos: E-mail: keillalopes@ig.com.br MSN: keilla.lopes2@hotmail.com

Leia mais

Aula 5. Abordagem Humanística da Administração (Teoria das Relações Humanas)

Aula 5. Abordagem Humanística da Administração (Teoria das Relações Humanas) Aula 5 Abordagem Humanística da Administração (Teoria das Relações Humanas) Prof Ms Keilla Lopes Mestre em Administração pela UFBA Especialista em Gestão Empresarial pela UEFS Graduada em Administração

Leia mais

Disciplina: OS&M AULA 2

Disciplina: OS&M AULA 2 Disciplina: OS&M AULA 2 Assunto: Funções da área ou setor de OS&M Prof Ms Keilla Lopes Mestre em Administração pela UFBA Especialista em Gestão Empresarial pela UEFS Graduada em Administração pela UEFS

Leia mais

Disciplina: Projetos AULA 6. Assunto: O MODERNO GERENCIAMENTO DE PROJETOS

Disciplina: Projetos AULA 6. Assunto: O MODERNO GERENCIAMENTO DE PROJETOS Disciplina: Projetos AULA 6 Assunto: O MODERNO GERENCIAMENTO DE PROJETOS Prof Ms Keilla Lopes Mestre em Administração pela UFBA Especialista em Gestão Empresarial pela UEFS Graduada em Administração pela

Leia mais

Disciplina:OS&M Prof Ms Keilla Lopes Assunto: ORGANIZAÇÃO ( Estrutura Organizacional) AULA 4

Disciplina:OS&M Prof Ms Keilla Lopes Assunto: ORGANIZAÇÃO ( Estrutura Organizacional) AULA 4 Disciplina:OS&M Prof Ms Keilla Lopes Assunto: ORGANIZAÇÃO ( Estrutura Organizacional) AULA 4 CONCEITO DE ESTRUTURA ORGANIZACIONAL O agrupamento ordenado de recursos e atividades visando alcançar os objetivos

Leia mais

DISCIPLINA: CONSTITUIÇÃO DE

DISCIPLINA: CONSTITUIÇÃO DE DISCIPLINA: CONSTITUIÇÃO DE NOVOS EMPREENDIMENTOS AULA 6 ASSUNTO: PLANO DE NEGÓCIOS ( ANÁLISE DE MERCADO) Prof Ms Keilla Lopes Mestre em Administração pela UFBA Especialista em Gestão Empresarial pela

Leia mais

Disciplina: OS&M AULA 8

Disciplina: OS&M AULA 8 Disciplina: OS&M AULA 8 Assunto: Métodos de trabalho: IV - Layout Prof Ms Keilla Lopes Mestre em Administração pela UFBA Especialista em Gestão Empresarial pela UEFS Graduada em Administração pela UEFS

Leia mais

Elaboração e Análise de Projetos

Elaboração e Análise de Projetos Elaboração e Análise de Projetos Análise de Mercado Professor: Roberto César CRITÉRIOS QUANLITATIVOS Os critérios qualitativos é muito útil quando existem poucos dados disponíveis e/ou quando faltam dados

Leia mais

ASSUNTOS DA DISCIPLINA COMPORTAMENTO ORGANIZACIONAL

ASSUNTOS DA DISCIPLINA COMPORTAMENTO ORGANIZACIONAL ASSUNTOS DA DISCIPLINA COMPORTAMENTO ORGANIZACIONAL Comportamento Micro organizacional (INDIVIDUOS) Personalidade; percepção; atitude; poder e política organizacional Administrando diversidades e diferenças

Leia mais

Metodologia: Abordagem de pesquisa e Instrumentos de coleta de dados. Caroline Antero Machado Mesquita

Metodologia: Abordagem de pesquisa e Instrumentos de coleta de dados. Caroline Antero Machado Mesquita : Abordagem de pesquisa e Instrumentos de coleta de dados Caroline Antero Machado Mesquita Descrição formal dos métodos e técnicas a serem utilizados; Responde às questões como? Com quê? Onde? Quanto?;

Leia mais

Disciplina: Constituição de Novos Empreendimentos

Disciplina: Constituição de Novos Empreendimentos Disciplina: Constituição de Novos Empreendimentos AULA 8 - Parte 4 -Assunto: Plano Operacional Prof Ms Keilla Lopes Mestre em Administração pela UFBA Especialista em Gestão Empresarial pela UEFS Graduada

Leia mais

Disciplina: Projetos. AULA 10 Assunto: Método Analítico de Análise de Projetos

Disciplina: Projetos. AULA 10 Assunto: Método Analítico de Análise de Projetos Disciplina: Projetos AULA 10 Assunto: Método Analítico de Análise de Projetos Professora Mestre Keilla Lopes Mestre em Administração pela UFBA Especialista em Gestão Empresarial pela UEFS Graduada em Administração

Leia mais

Metodologia da Pesquisa

Metodologia da Pesquisa Metodologia da Pesquisa Apresentação Nome Área de atuação Tema de interesse para pesquisa O SABER CIENTÍFICO O SER HUMANO TEM UMA NECESSIDADE DE CONSTRUIR SABER POR SI SÓ. O PRINCIPAL OBJETIVO DA PESQUISA

Leia mais

Disciplina: SIG. Aula 5. Assunto: Técnicas de Análise de Decisão

Disciplina: SIG. Aula 5. Assunto: Técnicas de Análise de Decisão Disciplina: SIG Aula 5 Assunto: Técnicas de Análise de Decisão Prof Ms Keilla Lopes Mestre em Administração pela UFBA Especialista em Gestão Empresarial pela UEFS Graduada em Administração pela UEFS Contatos:

Leia mais

Ferramentas gerenciais da Qualidade aplicadas à Manutenção

Ferramentas gerenciais da Qualidade aplicadas à Manutenção Ferramentas gerenciais da Qualidade aplicadas à Manutenção Agenda Definição de Meta. Definição de Método. Método PDCA. Ferramentas da Qualidade. Brainstorming. Atividade. 2 1 Definição de Meta Um objetivo

Leia mais

Métodos de coleta de dados em Pesquisa Qualitativa

Métodos de coleta de dados em Pesquisa Qualitativa Focus group Entrevista realizada de forma não-estruturada com grupo de 8 a 12 participantes Moderador conduz a discussão para obter expontaneadade Obter visão de um grupo de interesse para o problema de

Leia mais

Disciplina: Teoria das Organizações AULA 4

Disciplina: Teoria das Organizações AULA 4 Disciplina: Teoria das Organizações AULA 4 Assunto: Prof Ms Keilla Lopes Mestre em Administração pela UFBA Especialista em Gestão Empresarial pela UEFS Graduada em Administração pela UEFS Contatos: E-mail:

Leia mais

Pesquisa Científica. Atividade da Aula Passada... Pesquisa Científica. Pesquisa Científica...

Pesquisa Científica. Atividade da Aula Passada... Pesquisa Científica. Pesquisa Científica... Atividade da Aula Passada... Qual a relação entre Conhecimento, Ciência e Metodologia? Qual a relação do Conhecimento Empírico com a Ciência? Com base na sua experiência de vida, seu empirismo, existe

Leia mais

Pesquisa de Mercado. 08 de junho de Profa. Daniela Callegaro, Dr. Martiele Cortes Borges

Pesquisa de Mercado. 08 de junho de Profa. Daniela Callegaro, Dr. Martiele Cortes Borges Pesquisa de Mercado 08 de junho de 2017 Profa. Daniela Callegaro, Dr. Martiele Cortes Borges Relembrando... Estrutura da Pesquisa 1. Definição do problema 2. Elaboração de uma abordagem do problema 3.

Leia mais

Campus Capivari Análise e Desenvolvimento de Sistemas (ADS) Prof. André Luís Belini /

Campus Capivari Análise e Desenvolvimento de Sistemas (ADS) Prof. André Luís Belini   / Campus Capivari Análise e Desenvolvimento de Sistemas (ADS) Prof. André Luís Belini E-mail: prof.andre.luis.belini@gmail.com / andre.belini@ifsp.edu.br MATÉRIA: INTERFACE HOMEM COMPUTADOR (IHC) Aula N

Leia mais

Clima Organizacional

Clima Organizacional slide 1 Clima Organizacional Maria Cristina Bohnenberger cristin@feevale.br Conceitos de Clima organizacional É a qualidade ou propriedade do ambiente organizacional que é percebida ou experimentada pelos

Leia mais

PESQUISA DE MERCADO. Profa. MSc Marilda Sena P. Zuza

PESQUISA DE MERCADO. Profa. MSc Marilda Sena P. Zuza PESQUISA DE MERCADO Profa. MSc Marilda Sena P. Zuza Pesquisa de Mercado no Contexto de Marketing É uma ferramenta para tornar as decisões a respeito do Mix de Marketing mais seguras. Algumas dúvidas envolvidas

Leia mais

Pesquisa Científica. Pesquisa Científica. Classificação das Pesquisas... Pesquisa Científica... Interpretar resultados. Realizar a pesquisa

Pesquisa Científica. Pesquisa Científica. Classificação das Pesquisas... Pesquisa Científica... Interpretar resultados. Realizar a pesquisa Pesquisa Científica Pesquisa Científica! Procedimento reflexivo sistemático, controlado e crítico, que permite descobrir novos fatos ou dados, relações ou leis, em qualquer campo do conhecimento.! É um

Leia mais

Plano de Seminários TC I Prof. Marcos Procópio

Plano de Seminários TC I Prof. Marcos Procópio Plano de Seminários TC I 2015.2 Prof. Marcos Procópio Os 4 tipos de conhecimento. 1. Quais são? 2. Quais são seus respectivos papeis? 3. Dê exemplos. O que é e o que faz a ciência. 1. O que é ciência?

Leia mais

Assunto: Estruturação Organizacional

Assunto: Estruturação Organizacional Assunto: Estruturação Organizacional Prof Ms Keilla Lopes Mestre em Administração pela UFBA Especialista em Gestão Empresarial pela UEFS Graduada em Administração pela UEFS Contatos: E-mail: keillalopes@ig.com.br

Leia mais

Disciplina: Comportamento Organizacional. Assunto: Clima Organizacional

Disciplina: Comportamento Organizacional. Assunto: Clima Organizacional Disciplina: Comportamento Organizacional Assunto: Clima Organizacional Prof Ms Keilla Lopes Doutoranda pela UNICAMP Mestre em Administração pela UFBA Especialista em Gestão Empresarial pela UEFS Graduada

Leia mais

Plano de Seminários TC I Prof. Marcos Procópio

Plano de Seminários TC I Prof. Marcos Procópio Plano de Seminários TC I 2016.1 Prof. Marcos Procópio Os 4 tipos de conhecimento. 1. Quais são? 2. Quais são suas respectivas importâncias para a vida social? 3. Dê exemplos. O que é e o que faz a ciência.

Leia mais

Metodologia da Pesquisa em Sistemas de Informação. Aula 3. Projeto de Pesquisa. Revisão Sistemática. Profa. Fátima L. S. Nunes

Metodologia da Pesquisa em Sistemas de Informação. Aula 3. Projeto de Pesquisa. Revisão Sistemática. Profa. Fátima L. S. Nunes Metodologia da Pesquisa em Sistemas de Informação Aula 3 Projeto de Pesquisa Revisão Sistemática Profa. Fátima L. S. Nunes Metodologia Pesquisa SI- 1 Como elaborar um projeto? Roteiro 1) Escolha do tema

Leia mais

Capítulo 5 Gerenciamento do Escopo do projeto. Introdução. Antes de iniciarmos vamos pensar um pouco.

Capítulo 5 Gerenciamento do Escopo do projeto. Introdução. Antes de iniciarmos vamos pensar um pouco. Capítulo 5 Gerenciamento do Escopo do projeto 1 Introdução Antes de iniciarmos vamos pensar um pouco. 2 Introdução 3 Introdução 4 Introdução 5 Introdução O projeto se inicia com a definição de quais objetivos

Leia mais

Disciplina: SIG. Aula 5. (II parte) Assunto: Processo Decisório

Disciplina: SIG. Aula 5. (II parte) Assunto: Processo Decisório Disciplina: SIG Aula 5 (II parte) Assunto: Processo Decisório Prof Ms Keilla Lopes Mestre em Administração pela UFBA Especialista em Gestão Empresarial pela UEFS Graduada em Administração pela UEFS Contatos:

Leia mais

ANÁLISE E DESENVOLVIMENTO DE SISTEMAS TURMA º PERÍODO - 7º MÓDULO AVALIAÇÃO A1 DATA 10/09/2009 ENGENHARIA DE USABILIDADE

ANÁLISE E DESENVOLVIMENTO DE SISTEMAS TURMA º PERÍODO - 7º MÓDULO AVALIAÇÃO A1 DATA 10/09/2009 ENGENHARIA DE USABILIDADE ANÁLISE E DESENVOLVIMENTO DE SISTEMAS TURMA 2008 4º PERÍODO - 7º MÓDULO AVALIAÇÃO A1 DATA 10/09/2009 ENGENHARIA DE USABILIDADE 2009/2 GABARITO COMENTADO QUESTÃO 1: 1. Considere as afirmações a seguir:

Leia mais

AULA Nº 7 METODOLOGIA CIENTÍFICA ALGUNS TIPOS DE PESQUISAS E SUAS PRINCIPAIS CARACTERÍSTICAS. Prof. MSc. Fernando Soares da Rocha Júnior

AULA Nº 7 METODOLOGIA CIENTÍFICA ALGUNS TIPOS DE PESQUISAS E SUAS PRINCIPAIS CARACTERÍSTICAS. Prof. MSc. Fernando Soares da Rocha Júnior AULA Nº 7 METODOLOGIA CIENTÍFICA ALGUNS TIPOS DE PESQUISAS E SUAS PRINCIPAIS CARACTERÍSTICAS Prof. MSc. Fernando Soares da Rocha Júnior 1 AGENDA DA AULA O que é uma pesquisa?; Pesquisa quanto à abordagem;

Leia mais

V.4, N.1 (2013) ISSN

V.4, N.1 (2013) ISSN AUDITORIA TRABALHISTA NA EMPRESA EURO TELHAS IND E COM LTDA. Rosane Madalena Astrizzi 1 Pablo de Macedo Dutra 2 INTRODUÇÃO O presente trabalho tem como tema central a auditoria interna e suas contribuições

Leia mais

Metodologia da Pesquisa. (Etapas do procedimento de pesquisa)

Metodologia da Pesquisa. (Etapas do procedimento de pesquisa) Metodologia da Pesquisa (Etapas do procedimento de pesquisa) AS ETAPAS DO PROCEDIMENTO DE PESQUISA A pergunta de partida Leitura A exploração do tema Entrevistas exploratórias A problemática Modelo de

Leia mais

Método de prototipação em papel Comparativo dos métodos de avaliação

Método de prototipação em papel Comparativo dos métodos de avaliação Interface Homem/Máquina Aula 25 Professor Leandro Augusto Frata Fernandes laffernandes@ic.uff.br Material disponível em http://www.ic.uff.br/~laffernandes/teaching/2011.1/tcc-00.184 Roteiro da Aula de

Leia mais

Prof. Domingos Sávio Giordani

Prof. Domingos Sávio Giordani Prof. Domingos Sávio Giordani dsgiordani@usp.br Como estruturar a pesquisa 1. Formular um problema O problema deve ser Claro e Preciso (usualmente na forma de pergunta) Deve ser empírico Ser suscetível

Leia mais

PROJETOS DE PESQUISA E CLASSIFICAÇÃO DOS TIPOS DE PESQUISAS

PROJETOS DE PESQUISA E CLASSIFICAÇÃO DOS TIPOS DE PESQUISAS METODOLOGIA CIENTÍFICA PROJETOS DE PESQUISA E CLASSIFICAÇÃO DOS TIPOS DE PESQUISAS 1 PROJETO DE PESQUISA CONCEITO PRODUTO MATERIAL DA ETAPA QUE ANTECEDE A PESQUISA PROPRIAMENTE DITA. ESTABELECE OS TERMOS

Leia mais

INE 6006 MÉTODOS ESTATÍSTICOS

INE 6006 MÉTODOS ESTATÍSTICOS INE 6006 MÉTODOS ESTATÍSTICOS Professor Marcelo Menezes Reis http://www.inf.ufsc.br/~marcelo/ Disciplinas em 2016.1 (Métodos Estatísticos) marcelo.menezes.reis@ufsc.br menreis1968@gmail.com Sala INE 510-37217556

Leia mais

AULA 4 OS DESENHOS DE PESQUISA

AULA 4 OS DESENHOS DE PESQUISA AULA 4 OS DESENHOS DE PESQUISA Roteiro da aula 1. Por que planejar a pesquisa? 2. Principais tipos de desenhos de pesquisa - Quantitativos ou qualitativos - Transversais ou longitudinais - Exploratórios,

Leia mais

Metodologia da Pesquisa em Ciências Agrárias. Prof. Massena.

Metodologia da Pesquisa em Ciências Agrárias. Prof. Massena. Metodologia da Pesquisa em Ciências Agrárias Prof. Massena www.professormassena.wordpress.com TIPOS DE PESQUISA As pesquisas podem ser classificadas segundo diversos critérios, como por exemplo, quanto:

Leia mais

O MÉTODO CIENTÍFICO. Dto. Luiz Antonio de OLIVEIRA

O MÉTODO CIENTÍFICO. Dto. Luiz Antonio de OLIVEIRA O MÉTODO CIENTÍFICO Dto. Luiz Antonio de OLIVEIRA Para que serve isso de Metodologia? Ciência e Conhecimento. A produção de Conhecimento: Pesquisa O Processo de Pesquisa A importância do Método Scientia...palavra

Leia mais

Introdução à IHC 3WC - Primeiro Trabalho T

Introdução à IHC 3WC - Primeiro Trabalho T Introdução à IHC 3WC - Primeiro Trabalho T1 2011.1 O objetivo geral deste trabalho é avaliar um sistema de pesquisa e comparação de preços de produtos em diferentes lojas virtuais. Cada grupo deverá trabalhar

Leia mais

- Prototipação Iterativa - Observação Direta

- Prototipação Iterativa - Observação Direta - Prototipação Iterativa - Observação Direta Júnia Coutinho Anacleto Silva Maio/2004 Prototipação Iterativa A interface com o usuário é a porta de entrada da aplicação, e desempenha um papel fundamental

Leia mais

09 a 12 de novembro de 2016

09 a 12 de novembro de 2016 COMO ELABORAR PESQUISA DE MERCADO 08 a 11 de outubro de 2014 09 a 12 de novembro de 2016 Missão do Sebrae Competitividade Perenidade Sobrevivência Evolução Orientar na implantação e no desenvolvimento

Leia mais

Planejamento do Trabalho Pedagógico: elaboração de plano de curso e plano de aula. Profa. Dra. Hilda Mara Lopes Araujo DMTE/CCE

Planejamento do Trabalho Pedagógico: elaboração de plano de curso e plano de aula. Profa. Dra. Hilda Mara Lopes Araujo DMTE/CCE Planejamento do Trabalho Pedagógico: elaboração de plano de curso e plano de aula Profa. Dra. Hilda Mara Lopes Araujo DMTE/CCE Definição: Planejamento é um processo que exige organização, sistematização,

Leia mais

CLASSIFICAÇÃO DA PESQUISA CIENTÍFICA. Prof. Renato Fernandes Universidade Regional do Cariri URCA Curso de Tecnologia da Construção Civil

CLASSIFICAÇÃO DA PESQUISA CIENTÍFICA. Prof. Renato Fernandes Universidade Regional do Cariri URCA Curso de Tecnologia da Construção Civil CLASSIFICAÇÃO DA PESQUISA CIENTÍFICA Prof. Renato Fernandes Universidade Regional do Cariri URCA Curso de Tecnologia da Construção Civil Classificação com base em seus objetivos Pesquisas exploratórias

Leia mais

MÉTODO DE SOLUÇÃO DE PROBLEMAS PROF DR ANTONIO R ALBUQUERQUE

MÉTODO DE SOLUÇÃO DE PROBLEMAS PROF DR ANTONIO R ALBUQUERQUE MÉTODO DE SOLUÇÃO DE PROBLEMAS PROF DR ANTONIO R ALBUQUERQUE O que é um problema? Um problema é algo que nos incomoda. O difícil caminho fácil Atacar o efeito sem descobrir a causa. Encontrar soluções

Leia mais

Empresa como sistema e o processo decisório Aula 03 FTC FACULDADE DE TECNOLOGIA E CIÊNCIAS ADMINISTRAÇÃO IV SEMESTRE

Empresa como sistema e o processo decisório Aula 03 FTC FACULDADE DE TECNOLOGIA E CIÊNCIAS ADMINISTRAÇÃO IV SEMESTRE Empresa como sistema e o processo decisório Aula 03 FTC FACULDADE DE TECNOLOGIA E CIÊNCIAS ADMINISTRAÇÃO IV SEMESTRE Agenda Teoria geral dos sistemas Características do sistema Empresa como sistema Subsistema

Leia mais

A PESQUISA SOCIOLÓGICA. "Para pesquisar a verdade é preciso duvidar, quanto seja possível, de todas as coisas, uma vez na vida." (René Descartes)"

A PESQUISA SOCIOLÓGICA. Para pesquisar a verdade é preciso duvidar, quanto seja possível, de todas as coisas, uma vez na vida. (René Descartes) A PESQUISA SOCIOLÓGICA "Para pesquisar a verdade é preciso duvidar, quanto seja possível, de todas as coisas, uma vez na vida." (René Descartes)" PESQUISA SOCIAL Uma pesquisa é um processo sistemático

Leia mais

AULA 02 PLANEJAMENTO ESTATÍSTICO

AULA 02 PLANEJAMENTO ESTATÍSTICO AULA 02 PLANEJAMENTO ESTATÍSTICO DOCENTE : Cátia Cândida de Almeida DISCIPLINA: Estatística aplicada à Educação CURSO DE PEDAGOGIA UNESP MARÍLIA 2017 1 Índice 1) Introdução: Pesquisa científica 2) Planejamento

Leia mais

AS ETAPAS DA PESQUISA AS ETAPAS DA PESQUISA

AS ETAPAS DA PESQUISA AS ETAPAS DA PESQUISA AS ETAPAS DA PESQUISA Prof. MSc: Anael Krelling 1 O planejamento e a execução de uma pesquisa fazem parte de um processo sistematizado que compreende etapas que podem ser detalhadas da seguinte forma:

Leia mais

Aula 5. Ciclo de Vida Espiral; Requisitos Funcionais e não Funcionais; Técnica de Requisitos.

Aula 5. Ciclo de Vida Espiral; Requisitos Funcionais e não Funcionais; Técnica de Requisitos. Aula 5 Ciclo de Vida Espiral; Requisitos Funcionais e não Funcionais; Técnica de Requisitos. Modelo Espiral Ele usa uma abordagem evolucionária à engenharia de software, capacitando o desenvolvedor e o

Leia mais

1 Introdução. 1.1 Contextualização

1 Introdução. 1.1 Contextualização 1 Introdução 1.1 Contextualização Sabe-se que não é de hoje a grande exigência do mercado por produtos de qualidade e, com base nessa contínua exigência as empresas, cada vez mais, buscam meios de assegurar

Leia mais

Etapas de uma Pesquisa

Etapas de uma Pesquisa Etapas de uma Pesquisa Planejamento Execução Divulgação Objetivos Justificativa Revisão Bibliográfica Metodologia Cronograma Projeto Coleta de dados Tabulação Analise Conclusão Relatório Relatório Apresentação

Leia mais

TIPOS DE PESQUISA. 1 Quanto à abordagem 1.1 Pesquisa qualitativa 1..2 Pesquisa quantitativa

TIPOS DE PESQUISA. 1 Quanto à abordagem 1.1 Pesquisa qualitativa 1..2 Pesquisa quantitativa Estrutura do artigo 1 Título do projeto 2 Introdução 3 Revisão bibliográfica (subdivisão) 4 Procedimentos metodológicos. 4.1 Escolher o tipo de pesquisa 4.2 Estabelecer população e amostra 4.3 Determinar

Leia mais

MÉTODOS DE PESQUISA. Pesquisa Científica: estrutura. Prof. Dr. Evandro Prestes Guerreiro. Santos-SP, 2016

MÉTODOS DE PESQUISA. Pesquisa Científica: estrutura. Prof. Dr. Evandro Prestes Guerreiro. Santos-SP, 2016 MÉTODOS DE PESQUISA Pesquisa Científica: estrutura Prof. Dr. Evandro Prestes Guerreiro Santos-SP, 2016 1. A Pesquisa Instrumentos e técnicas Observação: é um instrumento de coleta de dados que faz uso

Leia mais

PLANEJAMENTO CICLO PDCA PLANO DO PROJETO 29/03/17 GERENCIAMENTO DE PROJETOS. PROFª MSc. HELOISA F. CAMPOS GESTÃO DE ESCOPO ACT SETOR DE TECNOLOGIA

PLANEJAMENTO CICLO PDCA PLANO DO PROJETO 29/03/17 GERENCIAMENTO DE PROJETOS. PROFª MSc. HELOISA F. CAMPOS GESTÃO DE ESCOPO ACT SETOR DE TECNOLOGIA UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ SETOR DE TECNOLOGIA UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ PLANEJAMENTO 2 SUBMETIDA E APROVADA A PROPOSTA DO PROJETO GESTÃO DE PROCESSO DE PLANEJAMENTO Prof.ª: MSc.: Heloisa Fuganti

Leia mais

Aula 01 Planejamento de uma pesquisa

Aula 01 Planejamento de uma pesquisa Aula 01 Planejamento de uma pesquisa Stela Adami Vayego - DEST/UFPR 1 Etapas usuais de uma pesquisa científica Tema, definição do problema, objetivos,... Planejamento da pesquisa Metolo- -logia estatística

Leia mais

MPE FORMULÁRIO PARA REDAÇÃO DOS COMENTÁRIOS DA VISITA

MPE FORMULÁRIO PARA REDAÇÃO DOS COMENTÁRIOS DA VISITA PARTE IV QUESTIONÁRIO DESTAQUE DE INOVAÇÃO EMPRESA: CNPJ: CATEGORIA: 1. A empresa realiza esforços para Inovar? a. Não são realizados esforços para Inovar. b. Existem alguns esforços para inovar, mas são

Leia mais

MANUALIZAÇÃO Elaboração e Uso de Manuais

MANUALIZAÇÃO Elaboração e Uso de Manuais MANUALIZAÇÃO Elaboração e Uso de Manuais Prof. Daciane de O.Silva OSM- Luiz Carlos D Ascenção -Disponível na pasta da xerox 1 Conceito Manual é o conjunto, ou a coleção sistemática de normas, diretrizes,

Leia mais

Conceitos relativos a Banco de Dados & Modelos de Informação de Banco de Dados. Introdução

Conceitos relativos a Banco de Dados & Modelos de Informação de Banco de Dados. Introdução Conceitos relativos a Banco de Dados & Modelos de Informação de Banco de Dados Prof. Anderson Henriques Introdução A quantidade de informação relevante para a tomada de decisões nas organizações é muito

Leia mais

Análise Administrativa

Análise Administrativa Análise Administrativa Metodologia de Levantamento, Análise, Desenvolvimento e Implementação de Métodos Administrativos Prof./Fac Fac.: Catarina F. Silveira Análise Administrativa Conceito Processo de

Leia mais

Capítulo 1 Conceitos de Marketing e Marketing Research

Capítulo 1 Conceitos de Marketing e Marketing Research Índice Prefácio 21 Introdução 25 PARTE I Capítulo 1 Conceitos de Marketing e Marketing Research 1. Evolução do Marketing 33 2. Evolução do conceito de Marketing 35 3. Modelo do sistema de Marketing 38

Leia mais

Apresentação... XI Introdução Dado, Informação e Conhecimento: A Base de Tudo Dado Informação Conhecimento...

Apresentação... XI Introdução Dado, Informação e Conhecimento: A Base de Tudo Dado Informação Conhecimento... Sumário Apresentação... XI Introdução... 1 1 Dado, Informação e Conhecimento: A Base de Tudo... 3 1.1 Dado... 3 1.2 Informação... 4 1.3 Conhecimento... 6 2 Dados X Informações X Conhecimento... 7 3 Gestão

Leia mais

PROGRAMA DE DISCIPLINA

PROGRAMA DE DISCIPLINA Faculdade Anísio Teixeira de Feira de Santana Autorizada pela Portaria Ministerial nº 552 de 22 de março de 2001 e publicada no Diário Oficial da União de 26 de março de 2001. Endereço: Rua Juracy Magalhães,

Leia mais

jlcarneiro.com Formulários por José Luís Carneiro

jlcarneiro.com Formulários por José Luís Carneiro Formulários por José Luís Carneiro Conceito (1) Documento que possui campos delineados para coleta e registro de dados e informações necessários a sistemas administrativos. (OLIVEIRA, Djalma P. R. Sistemas,

Leia mais

Técnicas de Observação de Grupos

Técnicas de Observação de Grupos Técnicas de Observação de Grupos A Observação em pesquisas qualitativas SOBRE A OBSERVAÇÃO O que é Observação? Técnica de coleta de dados, que não consiste em apenas ver ou ouvir, mas em examinar fatos

Leia mais

Metodologias de PETI. Prof. Marlon Marcon

Metodologias de PETI. Prof. Marlon Marcon Metodologias de PETI Prof. Marlon Marcon PETI O PETI é composto de: Planejamento Estratégico da organização, que combina os objetivos e recursos da organização com seus mercados em processo de transformação

Leia mais

ASPECTOS ATUAIS E POLÊMICOS DAS ALTERAÇÕES NOS CONTRATOS ADMINISTRATIVOS

ASPECTOS ATUAIS E POLÊMICOS DAS ALTERAÇÕES NOS CONTRATOS ADMINISTRATIVOS CURSO EAD ASPECTOS ATUAIS E POLÊMICOS DAS ALTERAÇÕES NOS CONTRATOS ADMINISTRATIVOS Alterações de prazo, objeto e valor. Com Módulo Especial de Boas Práticas de Gestão e Checklist para Fiscalização de Contratos.

Leia mais

Curso Especializado de UX

Curso Especializado de UX Curso Especializado de UX PROGRAMA O Curso Especializado de User Experience introduz técnicas e métodos de análise e desenho com o objectivo de auxiliar o desenvolvimento de sites e aplicações que apresentem

Leia mais

Por José Luís Carneiro

Por José Luís Carneiro Organização, Sistemas e Métodos Introdução Por José Luís Carneiro - www.jlcarneiro.com - Algumas definições Organização Associação ou instituição com objetivos definidos. Sistema Disposição das partes

Leia mais

Pesquisa. Apresentação sobre:

Pesquisa. Apresentação sobre: Pesquisa Apresentação sobre: Introdução Conhecimento O ser humano tem evoluído práticas e técnicas que possibilitaram o desenvolvimento da sociedade. Este desenvolvimento fundamenta-se na acumulação de

Leia mais

RELATÓRIO DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO

RELATÓRIO DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO RELATÓRIO DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO Introdução Na atual situação do mercado, onde a busca por profissionais cada vez mais qualificados tem se tornado frequente, a necessidade do ensino superior se faz

Leia mais

GIL, Antonio Carlos. Como elaborar projetos de pesquisa. São Paulo, Editora Atlas, 2002....

GIL, Antonio Carlos. Como elaborar projetos de pesquisa. São Paulo, Editora Atlas, 2002.... GIL, Antonio Carlos. Como elaborar projetos de pesquisa. São Paulo, Editora Atlas, 2002.... 1 Como encaminhar uma Pesquisa? A pesquisa é um projeto racional e sistemático com objetivo de proporcionar respostas

Leia mais

Noções Gerais Sobre Pesquisa

Noções Gerais Sobre Pesquisa 23 Noções Gerais Sobre Pesquisa Nossas possibilidades de conhecimento são muito, e até tragicamente, pequenas. Sabemos pouquíssimo, e aquilo que sabemos, sabemo-lo muitas vezes superficialmente, sem grande

Leia mais

Delegação, centralização e descentralização

Delegação, centralização e descentralização Delegação, centralização e descentralização Amplitude de controle PROF. DACIANE DE O. SILVA DISCIPLINA- OSM Referência: REBOUÇAS, Djalma de Oliveira DELEGAÇÃO Definição : A Delegação pode ser definida

Leia mais

DELINEAMENTOS DE PESQUISAS PARA O CAP. II DE TG. Quanto aos objetivos: Exploratórias / Descritivas / Explicativas

DELINEAMENTOS DE PESQUISAS PARA O CAP. II DE TG. Quanto aos objetivos: Exploratórias / Descritivas / Explicativas 1 MÉTODOS DA PRODUÇÃO DO CONHECIMENTO E METODOLOGIA DA PESQUISA CIENTÍFICO- TECNOLÓGICA DELINEAMENTOS DE PESQUISAS PARA O CAP. II DE TG Quanto aos objetivos: Exploratórias / Descritivas / Explicativas

Leia mais

7.1 Contribuições para a teoria de administração de empresas

7.1 Contribuições para a teoria de administração de empresas 7 Conclusões Esta tese teve por objetivo propor e testar um modelo analítico que identificasse como os mecanismos de controle e as dimensões da confiança em relacionamentos interorganizacionais influenciam

Leia mais

Curso Superior de Tecnologia em Gestão de Recursos Humanos Recrutamento, Seleção, Treinamento e Desenvolvimento GRH119 CH TEÓRICA

Curso Superior de Tecnologia em Gestão de Recursos Humanos Recrutamento, Seleção, Treinamento e Desenvolvimento GRH119 CH TEÓRICA ESCOLA DE NEGÓCIOS, DIREITO E HOSPITALIDADE PLANO DE ENSINO CURSO DISCIPLINA CÓDIGO Curso Superior de Tecnologia em Gestão de Recursos Humanos Recrutamento, Seleção, Treinamento e Desenvolvimento GRH119

Leia mais