Realização. Patrocínio

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Realização. Patrocínio"

Transcrição

1

2 Realização Patrocínio

3 Coordenação FMUSP / HCFMUSP Departamento de Ortopedia e Traumatologia Departamento de Cirurgia Departamento de Medicina Legal, do Trabalho, Deontologia Médica e Fisiatria Departamento de Medicina Preventiva

4 Equipe executiva Faculdade de Medicina da USP (FMUSP) Professora Júlia Maria D Andréa Greve Dr. Marcelo Rosa Resende Professor Heráclito Barbosa da Silva Dr. Luís Marcelo Inaco Cirino Dr. Celso O Bernini Dr. Jorge Silva Santos Professora Vilma Leyton

5 Participação Hospital das Clinicas FMUSP Hospital Universitário USP Unidade de Emergência Dr. Caetano Virgílio Neto Pronto Socorro Municipal Professor João Catarin Mezomo Companhia de Engenharia de Tráfego Policia Militar do Estado São Paulo o Corpo de Bombeiros o Comando de Policiamento de Trânsito Instituto Médico Legal Estado de São Paulo Seguradora Porto Seguro

6 Painel geral Epidemia acidentes motocicletas Impacto sistemas de saúde 1. FMUSP/ HCFMUSP I Fórum de Segurança e Saúde IOT HCFMUSP 2011 II Fórum de Segurança e Saúde IOT HCFMUSP 2012 Discussão ampla e propostas 2. Pesquisa causas acidentes motocicletas

7 Objetivos Avaliar causas de acidentes com motocicletas com vítimas na Zona Oeste da Cidade de São Paulo Fator Humano Identificação, habilitação, lesão, uso de drogas, atividade profissional, comportamento Fator Viário Piso, sinalização, traçado, perfil Fator Veicular Condições gerais, manutenção Inter-relação fatores

8 Métodos Estudo prospectivo Coleta 19/02/2013 a 12/05/ plantões 24 horas (dias alternados) Via CET Porto Seguro Veículo Porto Seguro Vítima HCFMUSP HU USP UE Dr. Caetano Virgílio Neto PS Prof. João Catarin Mezomo

9 Fluxo Operacional CET Dados do local Acidente Corpo de Bombeiros Coord. HC Dados da Vitima Banco de Dados Central Coord. HC Perito Perícia

10 Resultados 326 vítimas hospitais 169 acidentes - CET 141 acidentes - peritos

11 Dificuldades na coleta Descaracterização do local Diferenças de região entre área da saúde e trânsito Acidentes simultâneos Identificação de fatores relacionados ao motorista (álcool, drogas e uso de celular)

12 Identificação Motociclista Idade média 30 anos 20% Ensino superior 92% homens 58% Ensino médio 62% 1 a 3 salário mínimos

13 Qualificação Motociclista 55% Outros acidentes 77% 18% Outras internações Transporte 23% Trabalho

14 Diagnóstico 17% Fratura MMI Lesões Leves 48% Outra 23% 9% Politrauma 5% TCE 1% Lesão pélvica Fratura MMSS 12%

15 Desfecho dos casos 56% Alta Transferência 10% Internação 2% Óbito 18%

16 RESULTADOS

17 Habilitação 23% NÃO TINHAM HABILITAÇÃO 100% homem 75% Menos de 32 anos

18 Habilitação 33% Menos de 4 anos de habilitação 77% HABILITADOS 31% Tinham curso de direção defensiva

19 Habilitação 67% Aprenderam a pilotar sozinho 45% tinham motocicleta há menos de 2 anos

20 Habilitação 57 67% Vítimas sem habilitação Lesões graves 243 Vítimas com habilitação 43% Lesões graves A FALTA DE HABILITAÇÃO ESTÁ DIRETAMENTE RELACIONADA COM A GRAVIDADE DA LESÃO

21 Equipamentos Segurança 90,2% Usavam capacete 17,8% Usavam capacete, jaqueta e botas 31% motofretistas 14% motociclistas

22 Equipamentos Segurança Politrauma TCE 12% 9% 5% 5% 7% 5% 0% 0% Capacete Capacete e bota capacete e jaqueta capacete, bota e jaqueta Capacete Capacete e bota capacete e jaqueta capacete, bota e jaqueta EQUIPAMENTOS SÃO EFICIENTES CONTRA ESCORIAÇÕES, PORÉM NÃO SÃO SUFICIENTES EM ACIDENTES COM ALTA ENERGIA - VELOCIDADE

23 Equipamentos de segurança Fratura MMI Fratura MMS 19% 20% 16% 17% 14% 20% 12% 12% Capacete Capacete e bota capacete e jaqueta capacete, bota e jaqueta Capacete Capacete e bota capacete e jaqueta capacete, bota e jaqueta BOTAS NÃO PROTEGERAM FRATURAS DE MEMBROS INFERIORES JAQUETAS PROTEGEM MEMBROS SUPERIORES

24 Equipamentos Segurança Lesões leves 48% 47% 57% 59% Capacete Capacete e bota capacete e jaqueta capacete, bota e jaqueta EQUIPAMENTOS CONTRIBUEM PARA DIMINUIR GRAVIDADE DAS LESÕES EM ESPECIAL USO DA JAQUETA

25 Tempo de direção 23% motofretistas Pilotam 8h/dia Pilotam 2h/dia 77% motociclistas APESAR DE MAIS EXPOSTOS, MOTOFRETISTAS SE ACIDENTAM MENOS, POSSIVELMENTE POR SEREM MAIS EXPERIENTES

26 Álcool e drogas Coleta de saliva, urina, sangue e etilômetro Uma em cinco vítimas usou drogas e conduziu motocicleta 21,3% Presença de álcool/drogas Amostra biológica Alcoolemia positiva 3x acima de 0,6g/l 14,2% drogas (cocaína é a mais frequente) 7,1% álcool CONSTATAÇÃO NECESSIDADE DE ANÁLISES TOXICOLÓGICAS NAS SALAS DE EMERGÊNCIA

27 Análise Pericial 133 CASOS ANALISADOS

28 Causador CULPA DIVIDE-SE IGUALMENTE ENTRE MOTORISTAS E MOTOCICLISTAS

29 Culpabilidade agregada O COMPORTAMENTO DO MOTOCICLISTA E DO MOTORISTA FOI O PRINCIPAL FATOR DOS ACIDENTES, MOSTRANDO O DESPREPARO DOS CONDUTORES PARA A DIREÇÃO VEICULAR NO AMBIENTE CONGESTIONADO DAS GRANDES CIDADES

30 Excesso velocidade X Total acidentes 13% dos casos 29% 71% Carro Motocicleta ESSES NÚMEROS ESTÃO RELACIONADOS A CAUSA DIRETA OU INDIRETA DO ACIDENTE

31 Condições do acidente 94% com pista seca 67% ocorreram durante o dia 25% motos com garupa 18% às sextas feiras

32 Tipo de colisão 48% lateral 29% traseira e frontal 23% transversal

33 Locais das ocorrências

34 Fator viário 18% dos acidentes problemas na via Principais ocorrências: Sinalização inadequada em cruzamentos Óleo Areia Buracos Ondulações PISO E SINALIZAÇÃO NÃO SÃO PRINCIPAIS FATORES PRECISAM SER CONSIDERADOS NA POLÍTICA DE CONSERVAÇÃO DAS VIAS.

35 Fator veicular 8% dos acidentes problemas no veículo FALTA DE MANUTENÇÃO PNEUS E FREIOS, CAUSA VEICULAR ACIDENTES.

36 Conclusões Fatores humanos mais relevantes Habilitação ausente ou precária Grande presença de álcool e drogas Imprudência como maior fator de risco entre motociclistas (88%) e motoristas (84%) Uso motocicleta transporte ou trabalho Falta cultura segurança/ direção defensiva/ percepção risco do motociclista Jaqueta (proteção) mais eficiente lesões membros superiores

37 Conclusões Fatores Veiculares Falta de manutenção - destaque freios e pneus Fatores Viários mais relevantes Falta sinalização e irregularidades no piso.

38 Recomendações Criação do banco de dados do Trânsito Integração informações policiais, engenharia de trânsito e atendimento a vítima Sugestão : Registro Nacional de Acidentes de Trânsito RENAAT Melhora condições de mobilidade urbana Transporte público de qualidade Segregação em vias que comportem tal medida Habilitação Melhoria do processo de habilitação (teórico e prático) Compartilhamento / direção defensiva

39 Recomendações Fiscalização Drogas / Habilitação / Velocidade Inspeção veicular obrigatória Viário Manutenção da via - Pensar nos mais frágeis Combate não hipócrita drogas x direção veicular Menos leis Mais segurança jurídica Mais punições Melhorar segurança do motociclista Campanhas para incentivo ao uso de equipamentos de segurança Aumentar a visibilidade da moto e motociclista

40 DIVULGAÇÃO RESULTADOS V Seminário Álcool e Drogas: O grande desafio da segurança no trânsito III Fórum Segurança e Saúde no Trânsito 15/08/2013 Teatro FMUSP

41 IMPRENSA O Estado de S. Paulo Editorial atencao-, ,0.htm O Estado de São Paulo Tv Globo Jornal Nacional Mesa=&TipoClipping=V / Rádio CBN São Paulo - Mesa=&TipoClipping=A Tv Globo SPTV2 - Mesa=&TipoClipping=V (TV)

42 Agradecimentos Coordenadores Daniele Mayumi Sinagawa Stela Murgel Gabriel Andreucetti Toshiko Oya Monise Moreno de Freitas Sonia Yoo Apoio José Bussamra Filho Adriana da Silva Cerqueira Edna Aparecida de Jesus Maria Cristina Emerick

43 Parceiros Agradecimentos Laboratório Toxicologia FMUSP Dra. Vilma Leyton PSC HCFMUSP Dr. Celso O Bernini PSIOT HCFMUSP Dr. Jorge Silva Santos Hospital Universitário USP Dr. Luís Marcelo Inaco Cirino CET São Paulo José Nascimento dos Santos Filho

44 Parceiros Agradecimentos Unidade de Emergência Dr Caetano Virgílio Neto Dr. Jefferson C Murad Pronto Socorro Municipal Professor João Catarin Mezomo Dr. Daniel Kawakami Policia Militar Estado de São Paulo Comando de Policiamento de Trânsito - Coronel Hervando Luiz Velozo Corpo de Bombeiros - Coronel Reginaldo Campos Repulho Instituto Médico Legal São Paulo (IML) Dr. Ricardo Kirche Cristofi

45 Agradecimentos Apoio Eikon Tecnologia Uso e hospedagem dados pelo Programa Eikon Documents Porto Seguro Seguradora João Galvani e equipe de peritos Dr. Osvaldo Negrini Neto Análise Pericial Immunalysis Corporation Análise das amostras de saliva

46 Realização Patrocínio

1. Introdução. 2. Objetivos. Geral. Específicos

1. Introdução. 2. Objetivos. Geral. Específicos 0 1. Introdução O crescimento da morbimortalidade pelos acidentes envolvendo motociclistas nos últimos dez anos é uma realidade, conhecida pelos dados divulgados pelas instituições de trânsito, transporte

Leia mais

Setor de Motocicletas

Setor de Motocicletas Setor de Motocicletas Produção anual: 1,6 milhões de unidades 5º maior produtor mundial Frota Nacional*: 20,7milhões (26% do total) Empregos gerados no segmento de motocicletas Diretos: 20 mil (fabricantes)

Leia mais

Henrique Naoki Shimabukuro henrique@abramet.org.br

Henrique Naoki Shimabukuro henrique@abramet.org.br Henrique Naoki Shimabukuro henrique@abramet.org.br Leitura crítica da realidade social no trânsito A evolução do homem: Cerca de quatro e meio milhões de anos se passaram... www.flickr.com Acesso em 01/08/2009.

Leia mais

ÍNDICE DE ACIDENTES NO PERÍMETRO URBANO DE CÁCERES

ÍNDICE DE ACIDENTES NO PERÍMETRO URBANO DE CÁCERES ÍNDICE DE ACIDENTES NO PERÍMETRO URBANO DE CÁCERES Rodrigo Barretto Vila 1 RESUMO Glaidson de Souza Pezavento Tatiani Nascimento Santos Miriam Nascimento Santos Ashley da Silva Costa 2 Com a finalidade

Leia mais

DIREÇÃO DEFENSIVA OU PREVENTIVA. Trânsito seguro é um direito de todos

DIREÇÃO DEFENSIVA OU PREVENTIVA. Trânsito seguro é um direito de todos DIREÇÃO DEFENSIVA OU PREVENTIVA Trânsito seguro é um direito de todos TRANSITO LEGAL DIREÇÃO DEFENSIVA Sabem o que significa? Conduzir de modo a evitar acidentes, apesar das ações erradas dos outros e

Leia mais

Seminário Senado Federal Brasília - 13/09/12

Seminário Senado Federal Brasília - 13/09/12 Seminário Senado Federal Brasília - 13/09/12 BELO HORIZONTE, 31 DE MARÇO DE 2011 José Eduardo Gonçalves Diretor Executivo da Abraciclo Audiência Pública Senado Federal Maio /2012 Aumento do uso da motocicleta:

Leia mais

Ver e ser visto no trânsito

Ver e ser visto no trânsito matéria de capa Ver e ser visto no trânsito CESVI realizou estudo para apontar as condições em que pedestres, motos e carros são mais bem visualizados à noite Por José Antonio Oka Segurança Viária Ver

Leia mais

2 Quais os tipos de cinto de segurança que temos? Qual o cinto é o mais seguro?

2 Quais os tipos de cinto de segurança que temos? Qual o cinto é o mais seguro? 1 Quais são os 5 elementos da direção defensiva? 2 Quais os tipos de cinto de segurança que temos? Qual o cinto é o mais seguro? 3 O que significa DIREÇÃO DEFENSIVA? 4 Cite um exemplo de condição adversa

Leia mais

Informação sobre trânsito como ferramenta de planejamento para a segurança viária: a experiência do anuário de indicadores do Detran-AL.

Informação sobre trânsito como ferramenta de planejamento para a segurança viária: a experiência do anuário de indicadores do Detran-AL. Informação sobre trânsito como ferramenta de planejamento para a segurança viária: a experiência do anuário de indicadores do Detran-AL. Renan Durval Aparecido da Silva¹ 1 Gerente de estudos de acidentes

Leia mais

SUMÁRIO. Localidades da pesquisa, amostra e entrevistas realizadas por Área de Planejamento AP s 2. Caracterização do entrevistado sem carteira 04

SUMÁRIO. Localidades da pesquisa, amostra e entrevistas realizadas por Área de Planejamento AP s 2. Caracterização do entrevistado sem carteira 04 Pesquisa de Opinião Pública sobre as Campanhas Educativas para o Trânsito & da I m a g e m I n s t i t u c i o n a l da CET- RIO Relatório de Pesquisa 2008 SUMÁRIO APRESENTAÇÃO 03 PRINCIPAIS RESULTADOS

Leia mais

Direção Defensiva 1. Plano de Aula Teórica do Curso de Formação de Condutores

Direção Defensiva 1. Plano de Aula Teórica do Curso de Formação de Condutores Direção Defensiva 1 Compreender as principais causas de acidentes de trânsito. Identificar os principais envolvidos em acidentes de trânsito. Introdução Introdução. Estatísticas. Responsabilidade. sobre

Leia mais

RESOLUÇÃO SMTR Nº 2578 DE 23 DE JUNHO DE 2015. O SECRETÁRIO MUNICIPAL DE TRANSPORTES, no uso das atribuições legais,

RESOLUÇÃO SMTR Nº 2578 DE 23 DE JUNHO DE 2015. O SECRETÁRIO MUNICIPAL DE TRANSPORTES, no uso das atribuições legais, RESOLUÇÃO SMTR Nº 2578 DE 23 DE JUNHO DE 2015. Regulamenta o treinamento dos motoristas do Serviço de Transporte Individual de Passageiros em Veículos de Aluguel a Taxímetro e a homologação de instituições

Leia mais

Evolução do número de mortes no trânsito em São Paulo

Evolução do número de mortes no trânsito em São Paulo Nota Técnica 232 2014 Evolução do número de mortes no trânsito em São Paulo Max Ernani Borges De Paula Banco de dados de vítimas dos acidentes de trânsito fatais A Companhia de Engenharia de Tráfego realiza

Leia mais

PROGRAMA DE PROTEÇÃO AO PEDESTRE

PROGRAMA DE PROTEÇÃO AO PEDESTRE OBJETIVO DO PROGRAMA PROGRAMA DE PROTEÇÃO AO PEDESTRE O objetivo do Programa de Proteção ao Pedestre, da Secretaria Municipal de Transportes SMT é criar a cultura de respeito ao pedestre, resgatando os

Leia mais

Uso de Substâncias Psicoativas

Uso de Substâncias Psicoativas Uso de Substâncias Psicoativas X Direção Veicular ALOISIO ANDRADE Psiquiatra e Homeopata XI Jornada Mineira de Medicina de Tráfego Belo Horizonte - MG 18 e 19/07/2014 I-Dados Estatísticos - O Brasil ocupa

Leia mais

Ituran: compromisso com a qualidade de vida

Ituran: compromisso com a qualidade de vida Ituran: compromisso com a qualidade de vida INTRODUÇÃO: O mercado de rastreadores veiculares começou a crescer verdadeiramente no início dessa década. Curiosamente, é nesse mesmo momento que aumenta definitivamente

Leia mais

PROJETO VIDA NO TRÂNSITO. Maria Audea de Lima e Sousa. Teresina Piaui RESUMO. Palavras chave. Introdução. Diagnóstico. Proposições.

PROJETO VIDA NO TRÂNSITO. Maria Audea de Lima e Sousa. Teresina Piaui RESUMO. Palavras chave. Introdução. Diagnóstico. Proposições. PROJETO VIDA NO TRÂNSITO Maria Audea de Lima e Sousa Teresina Piaui RESUMO Palavras chave Introdução Diagnóstico Proposições Resultados Introdução O projeto Vida no Trânsito está relacionado a instituições

Leia mais

Superintendência de Comunicações

Superintendência de Comunicações CARGO: GESTOR DE TRÂNSITO Responder pelo estabelecimento de diretrizes, formulação e implantação de políticas, programas e procedimentos referentes à administração das atividades voltadas à operação do

Leia mais

BLOCO DO BAFÔMETRO NAS RODOVIAS

BLOCO DO BAFÔMETRO NAS RODOVIAS BLOCO DO BAFÔMETRO NAS RODOVIAS Brasília, 07 de fevereiro - A Polícia Rodoviária Federal vai intensificar ainda mais a fiscalização de embriaguez ao volante durante a operação Carnaval, que começa à zero

Leia mais

Graduada de Ciência Sociais; Rua General Jardim, 522 CEP 01223-010 Vila Buarque São Paulo/SP; (11) 3123-7800 www.fespsp.org.br 4

Graduada de Ciência Sociais; Rua General Jardim, 522 CEP 01223-010 Vila Buarque São Paulo/SP; (11) 3123-7800 www.fespsp.org.br 4 TÍTULO: Ensaio acadêmico de aplicação do método PES - Planejamento Estratégico Situacional, na estratégia de formulação de uma de política de segurança viária AUTORES: Danielle Penha 1 ; Marinalva da Silva

Leia mais

CARTILHA DE TRÂNSITO. Dicas para você viver mais e melhor!

CARTILHA DE TRÂNSITO. Dicas para você viver mais e melhor! CARTILHA DE TRÂNSITO Dicas para você viver mais e melhor! Este material foi concebido pela SBOT Sociedade Brasileira de Ortopedia e Traumatologia com o intuito de ser um agente expressivo na prevenção

Leia mais

SÃO PAULO GANHA PROGRAMA DE PROTEÇÃO AO PEDESTRE PARA REDUZIR ATROPELAMENTOS

SÃO PAULO GANHA PROGRAMA DE PROTEÇÃO AO PEDESTRE PARA REDUZIR ATROPELAMENTOS SÃO PAULO GANHA PROGRAMA DE PROTEÇÃO AO PEDESTRE PARA REDUZIR ATROPELAMENTOS Em 2010, a cidade de São Paulo registrou 7.007 atropelamentos resultando na morte de 630 pedestres. Apesar de representar uma

Leia mais

Dia Mundial em Memória das Vidas Perdidas no Trânsito

Dia Mundial em Memória das Vidas Perdidas no Trânsito 15 de novembro Dia Mundial em Memória das Vidas Perdidas no Trânsito Pare! Pense! Siga com mais segurança! 15 de Novembro - Dia Mundial em Memória das Vidas Perdidas no Trânsito Os acidentes de trânsito

Leia mais

TÍTULO: DIAGNÓSTICO DO PERFIL EPIDEMIOLÓGICO DAS VÍTIMAS DOS ACIDENTES DE TRÂNSITO DO MUNICÍPIO DE MARÍLIA-SP

TÍTULO: DIAGNÓSTICO DO PERFIL EPIDEMIOLÓGICO DAS VÍTIMAS DOS ACIDENTES DE TRÂNSITO DO MUNICÍPIO DE MARÍLIA-SP Anais do Conic-Semesp. Volume 1, 2013 - Faculdade Anhanguera de Campinas - Unidade 3. ISSN 2357-8904 TÍTULO: DIAGNÓSTICO DO PERFIL EPIDEMIOLÓGICO DAS VÍTIMAS DOS ACIDENTES DE TRÂNSITO DO MUNICÍPIO DE MARÍLIA-SP

Leia mais

SEGURANÇA VIÁRIA NO TRABALHO. Uma responsabilidade de todos

SEGURANÇA VIÁRIA NO TRABALHO. Uma responsabilidade de todos SEGURANÇA VIÁRIA NO TRABALHO Uma responsabilidade de todos QUEM SOMOS A FUNDACIÓN MAPFRE, instituição criada em 1975 pela MAPFRE, desenvolve atividades de interesse geral na Espanha e em outros países

Leia mais

Projetos para redução da morbimortalidade por acidentes de trânsito em Belo Horizonte : Vida no Trânsito e TCC BH/BA/Montevideo

Projetos para redução da morbimortalidade por acidentes de trânsito em Belo Horizonte : Vida no Trânsito e TCC BH/BA/Montevideo Projetos para redução da morbimortalidade por acidentes de trânsito em Belo Horizonte : Vida no Trânsito e TCC BH/BA/Montevideo O Município de Belo Horizonte População de Belo Horizonte 2.375.444 hab.

Leia mais

Educação de Trânsito para Motociclistas - Curso Pilotagem Segura.

Educação de Trânsito para Motociclistas - Curso Pilotagem Segura. Educação de Trânsito para Motociclistas - Curso Pilotagem Segura. Autores: Ilana Berezovsky Frigieri; Márcia Valéria Guedes Lupianhe; Ailton Franco de Godoy; Dirceu Morales. CET Companhia de Engenharia

Leia mais

MANUAL NORMATIVO E DE PROCEDIMENTOS PARA AULAS DE PILOTAGEM DE MOTOS NO AUTODROMO DE INTERLAGOS SP

MANUAL NORMATIVO E DE PROCEDIMENTOS PARA AULAS DE PILOTAGEM DE MOTOS NO AUTODROMO DE INTERLAGOS SP MANUAL NORMATIVO E DE PROCEDIMENTOS PARA AULAS DE PILOTAGEM DE MOTOS NO AUTODROMO DE INTERLAGOS SP Adendos : 1. 01/01/2010 : Art 15 Sinalização e Observação de Pista a. Numero de postos de sinalização

Leia mais

Código de Trânsito Brasileiro

Código de Trânsito Brasileiro Código de Trânsito Brasileiro O Código de Trânsito Brasileiro estipula competência a setores federais, estaduais e municipais, para aplicar as penalidades de acordo com as infrações que o cidadão cometeu.

Leia mais

MOBILIDADE POR BICICLETA NO CAMPUS DARCY RIBEIRO

MOBILIDADE POR BICICLETA NO CAMPUS DARCY RIBEIRO MOBILIDADE POR BICICLETA NO CAMPUS DARCY RIBEIRO Aline Amaral Silva; Amanda Barbosa Borges; Amir mahdi Araghi; Gabriel Carvalho; Surik Neytohn Duque Nicols Prof. Pastor W. G. Taco O estudo contemplou o

Leia mais

A VIDA SOBRE DUAS RODAS: REDUZINDO RISCOS E DANOS UMA AÇÃO INTERSETORIAL

A VIDA SOBRE DUAS RODAS: REDUZINDO RISCOS E DANOS UMA AÇÃO INTERSETORIAL A VIDA SOBRE DUAS RODAS: REDUZINDO RISCOS E DANOS UMA AÇÃO INTERSETORIAL Olga Lopes Salomão 1 ; Marineide de Jesus Nunes 1, Rodolfo C. Villa do Miu 1, Brigina Kemp 2, Carlos Eduardo Abrahão 2, William

Leia mais

Celso Alves Mariano Diretor de Educação de Trânsito SETRAN Secretaria Municipal de Trânsito de Curitiba

Celso Alves Mariano Diretor de Educação de Trânsito SETRAN Secretaria Municipal de Trânsito de Curitiba Celso Alves Mariano Diretor de Educação de Trânsito SETRAN Secretaria Municipal de Trânsito de Curitiba Ideias que salvam vidas em Curitiba! 9 Regionais: reúnem, de forma organizada, entidades e movimentos

Leia mais

APOSTILA. Transporte de Produtos Perigosos

APOSTILA. Transporte de Produtos Perigosos 11 APOSTILA Transporte de Produtos Perigosos Caros Colegas, A nova apostila do Programa Olimpíadas da Segurança trata de assuntos do nosso cotidiano. Já falamos de movimentação de cargas, postura, análise

Leia mais

Epidemia de acidentes envolvendo motociclistas no Brasil

Epidemia de acidentes envolvendo motociclistas no Brasil Epidemia de acidentes envolvendo motociclistas no Brasil Oradora: Gisele Flores Vice Presidente do ISM Instituto SobreMotos Especialista em Gestão Pública Formada como Diretora Geral de CFCs (Centros de

Leia mais

PRIMEIRA SEMANA MUNDIAL DAS NAÇÕES UNIDAS DE SEGURANÇA VIÁRIA 23 a 29 de abril de 2007. Mensagens chave

PRIMEIRA SEMANA MUNDIAL DAS NAÇÕES UNIDAS DE SEGURANÇA VIÁRIA 23 a 29 de abril de 2007. Mensagens chave PRIMEIRA SEMANA MUNDIAL DAS NAÇÕES UNIDAS DE SEGURANÇA VIÁRIA 23 a 29 de abril de 2007 (Documento da OMS traduzido e adaptado pela Coordenação de Doenças e Agravos Não Transmissíveis/Departamento de Análise

Leia mais

BuscaLegis.ccj.ufsc.Br

BuscaLegis.ccj.ufsc.Br BuscaLegis.ccj.ufsc.Br Álcool em vítimas fatais de acidentes de trânsito Vilma Leyton INTRODUÇÃO O uso de álcool está estreitamente ligado às mortes por acidentes de trânsito, homicídios e outras mortes

Leia mais

ESTADO DE ALAGOAS SECRETARIA ESTADUAL DE DEFESA SOCIAL DEPARTAMENTO ESTADUAL DE TRÂNSITO DETRAN/AL

ESTADO DE ALAGOAS SECRETARIA ESTADUAL DE DEFESA SOCIAL DEPARTAMENTO ESTADUAL DE TRÂNSITO DETRAN/AL RELATÓRIO COMPARATIVO DE ACIDENTES DE TRÂNSITO DADOS REFERENTES AO DETRAN-AL, POLÍCIA RODOVIÁRIA FEDERAL (PRF), DEPARTAMENTO DE ESTRADAS DE RODAGEM (DER), BATALHÃO DE POLICIAMENTO RODOVIÁRIO (BPRv) E AO

Leia mais

MOTOFRETISTA REGULAMENTADO! MOTOCICLISTA CONSCIENTE!

MOTOFRETISTA REGULAMENTADO! MOTOCICLISTA CONSCIENTE! SENADO FEDERAL COMISSÃO DE ASSUNTOS SOCIAIS Audiência Pública Discutir a Epidemia de Acidentes Envolvendo Motociclistas no Brasil Brasília, 29 de maio de 2012. MOTOFRETISTA REGULAMENTADO! MOTOCICLISTA

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 432, DE 23 DE JANEIRO DE 2013.

RESOLUÇÃO Nº 432, DE 23 DE JANEIRO DE 2013. RESOLUÇÃO Nº 432, DE 23 DE JANEIRO DE 2013. Dispõe sobre os procedimentos a serem adotados pelas autoridades de trânsito e seus agentes na fiscalização do consumo de álcool ou de outra substância psicoativa

Leia mais

ACIDENTES DE TRÂNSITO COM MOTOCICLETAS

ACIDENTES DE TRÂNSITO COM MOTOCICLETAS ACIDENTES DE TRÂNSITO COM MOTOCICLETAS Posicionamento da Moto Distância de Segurança Dois segundos entre você, o veículo da frente e o de trás Comunicar as suas intenções Evitar os pontos cegos/ ângulos

Leia mais

Distribuição dos pacientes vítimas de Acidente de Trânsito, segundo faixa etária na ocasião do acidente 20,0 16,6 19,4 11,3

Distribuição dos pacientes vítimas de Acidente de Trânsito, segundo faixa etária na ocasião do acidente 20,0 16,6 19,4 11,3 Os Acidentes de Trânsito foram responsáveis por um total de 799 internações nos hospitais SARAH-Brasília, SARAH-Salvador, SARAH-Belo Horizonte e SARAH-São Luís no período de 01/01/2009 a 30/06/2009, correspondendo

Leia mais

Uso de equipamentos e procedimentos de segurança: cinto de segurança; capacete; farol aceso e transporte de crianças

Uso de equipamentos e procedimentos de segurança: cinto de segurança; capacete; farol aceso e transporte de crianças SP 06/94 NT 176/94 Uso de equipamentos e procedimentos de segurança: cinto de segurança; capacete; farol aceso e transporte de crianças Socióloga Reiko Kawamura 1. Introdução Considerando-se a importância

Leia mais

XX Seminário Nacional de Distribuição de Energia Elétrica SENDI 2012-22 a 26 de outubro Rio de Janeiro - RJ - Brasil

XX Seminário Nacional de Distribuição de Energia Elétrica SENDI 2012-22 a 26 de outubro Rio de Janeiro - RJ - Brasil XX Seminário Nacional de Distribuição de Energia Elétrica SENDI 2012-22 a 26 de outubro Rio de Janeiro - RJ - Brasil Jaime Junior dos Santos Aes Sul Distribuidora Gaúcha de Energia jaime.santos@aes.com

Leia mais

UMA COMPARAÇÃO ESTATÍSTICA SOBRE O TRÂNSITO: ANTES E DEPOIS DA IMPLANTAÇÃO DAOPERAÇÃO BALADA SEGURA NO RIO GRANDE DO SUL

UMA COMPARAÇÃO ESTATÍSTICA SOBRE O TRÂNSITO: ANTES E DEPOIS DA IMPLANTAÇÃO DAOPERAÇÃO BALADA SEGURA NO RIO GRANDE DO SUL ISSN 2177-9139 UMA COMPARAÇÃO ESTATÍSTICA SOBRE O TRÂNSITO: ANTES E DEPOIS DA IMPLANTAÇÃO DAOPERAÇÃO BALADA SEGURA NO RIO GRANDE DO SUL Daniellen Thaianne de Oliveira Severo - daniii_severo@hotmail.com

Leia mais

CONCLUSÕES E RECOMENDAÇÕES DO PROJETO DE PESQUISA DO USO CICLOVIÁRIO EM JOINVILLE E EDUCAÇÃO E CONSCIENTIZAÇÃO DO USO DA BICILCETA NO TRÂNSITO

CONCLUSÕES E RECOMENDAÇÕES DO PROJETO DE PESQUISA DO USO CICLOVIÁRIO EM JOINVILLE E EDUCAÇÃO E CONSCIENTIZAÇÃO DO USO DA BICILCETA NO TRÂNSITO CONCLUSÕES E RECOMENDAÇÕES DO PROJETO DE PESQUISA DO USO CICLOVIÁRIO EM JOINVILLE E EDUCAÇÃO E CONSCIENTIZAÇÃO DO USO DA BICILCETA NO TRÂNSITO Área Temática: Educação Ana Mirthes Hackenberg 1 (Coordenador

Leia mais

- Física e Segurança no Trânsito -

- Física e Segurança no Trânsito - - Informações gerais: - Física e Segurança no Trânsito - -No mundo todo, mais de 1 milhão de mortes por ano em acidentes de trânsito. - No Brasil, são mais de 40 mil mortes por ano, incluídas aí mais de

Leia mais

FORMAÇÃO DE MULTIPLICADORES

FORMAÇÃO DE MULTIPLICADORES 1 FORMAÇÃO DE MULTIPLICADORES Londrina (PR) 2009 Caro cidadão londrinense: 2 Londrina quer um trânsito mais seguro. E convida você para entrar nesta campanha. Esta cartilha traz informações sobre como

Leia mais

1 - O QUE DIZ A LEI SECA

1 - O QUE DIZ A LEI SECA INFORMATIVO - N - O QUE DIZ A ANO LEI FEDERAL Nº.7/8. - Fixou tolerância zero à combinação álcool e volante. O motorista flagrado com qualquer quantidade de álcool no organismo é punido. - A lei tornou

Leia mais

Aplicação do dispositivo CAIXA DE SEGURANÇA (Safety Box) para Travessias de Pedestres em vias simples e mão dupla

Aplicação do dispositivo CAIXA DE SEGURANÇA (Safety Box) para Travessias de Pedestres em vias simples e mão dupla NT2162011 AplicaçãododispositivoCAIXADESEGURANÇA(SafetyBox)para TravessiasdePedestresemviassimplesemãodupla LuizAlbertoGonçalvesRebelo MarcosCézarZaccaria MarceloGuidolin MariaMargaridaNunesSobral 1 Apresentação

Leia mais

BuscaLegis.ccj.ufsc.br

BuscaLegis.ccj.ufsc.br BuscaLegis.ccj.ufsc.br As hipóteses de suspensão e cassação do direito de dirigir e o Processo Adminitrativo Ravênia Márcia de Oliveira Leite** A atribuição para a suspensão ou cassação do direito de dirigir

Leia mais

SOROCABA - DADOS ESTATÍSTICOS SOBRE ACIDENTES DE TRÂNSITO

SOROCABA - DADOS ESTATÍSTICOS SOBRE ACIDENTES DE TRÂNSITO 1 / 10 APRESENTAÇÃO INTRODUÇÃO Segundo dados apurados através do Censo - IBGE, Sorocaba possuia uma população de 586.311 habitantes no ano de 2010, com uma taxa de crescimento vegetativo de aproximadamente

Leia mais

Clipping Eletrônico Quarta-feira dia 02/09/2015. Semsa anuncia estratégias para diminuir filas nas UBSs, em Manaus

Clipping Eletrônico Quarta-feira dia 02/09/2015. Semsa anuncia estratégias para diminuir filas nas UBSs, em Manaus Clipping Eletrônico Quarta-feira dia 02/09/2015 Portal D24 AM Saúde 03 de Setembro de 2015. Fonte: http://new.d24am.com/noticias/saude/semsa-anuncia-estrategias-paradiminuir-filas-ubss-manaus/139451 Semsa

Leia mais

Avaliação do uso dos dispositivos de retenção infantil em automóveis

Avaliação do uso dos dispositivos de retenção infantil em automóveis Avaliação do uso dos dispositivos de retenção infantil em automóveis Dr. André Luís Fernandes Andújar OBJETIVO Está provado que a utilização de DRI diminui em até 82% a ocorrência de lesões graves e 80%

Leia mais

Ducati Ribeirão. Humilde e com grande conhecimento técnico ele cativa todos ao seu redor e agora divide isso com você!

Ducati Ribeirão. Humilde e com grande conhecimento técnico ele cativa todos ao seu redor e agora divide isso com você! curso de pilotagem Aperfeiçoe sua técnica, aprenda a pilotar com mais segurança e competitividade. O curso oferecido pela Ducati Ribeirão Preto será ministrado pelo piloto Sebastiano Zerbo, que soma 30

Leia mais

RELATÓRIO MAIO AMARELO CAMPINAS 2015

RELATÓRIO MAIO AMARELO CAMPINAS 2015 RELATÓRIO MAIO AMARELO CAMPINAS 2015 24 e 25 de abril - Expo Dom Pedro (Shopping Dom Pedro) Lançamento oficial do Maio Amarelo Campinas no Evento Programa Interdisciplinar Intergastro e Trauma nos dias

Leia mais

Cartilha É COM VOCÊ. Comportamento no Trânsito. Urbanidade / Série: Trânsito Nº 3

Cartilha É COM VOCÊ. Comportamento no Trânsito. Urbanidade / Série: Trânsito Nº 3 Cartilha É COM VOCÊ Comportamento no Trânsito Urbanidade / Série: Trânsito Nº 3 É notório que o comportamento do motorista no trânsito é fator decisivo à segurança dos próprios, bem como das demais pessoas

Leia mais

A gente aprende, Agente ensina

A gente aprende, Agente ensina DIRETORIA DE DESENVOLVIMENTO INSTITUCIONAL GERÊNCIA DE EDUCAÇÃO E CIDADANIA DEPARTAMENTO DE PROGRAMAS DE EDUCAÇÃO RELATÓRIO 01/JANEIRO A 10 DE ABRIL/2013 100 DIAS GOVERNO PROGRAMAS PERMANENTES DE EDUCAÇÃO

Leia mais

PROBLEMAS ATUAIS DA LOGÍSTICA URBANA NA ENTREGA DE MATERIAIS HOSPITALARES UM ESTUDO INVESTIGATIVO

PROBLEMAS ATUAIS DA LOGÍSTICA URBANA NA ENTREGA DE MATERIAIS HOSPITALARES UM ESTUDO INVESTIGATIVO PROBLEMAS ATUAIS DA LOGÍSTICA URBANA NA ENTREGA DE MATERIAIS HOSPITALARES UM ESTUDO INVESTIGATIVO Frederico Souza Gualberto Rogério D'Avila Edyr Laizo Leise Kelli de Oliveira PROBLEMAS ATUAIS DA LOGÍSTICA

Leia mais

POLÍTICA NACIONAL DE TRÂNSITO

POLÍTICA NACIONAL DE TRÂNSITO POLÍTICA NACIONAL DE TRÂNSITO INTRODUÇÃO A Associação Brasileira de Pedestres ABRASPE apresenta aqui sua sugestão para revisão do texto original de Política Nacional de Trânsito apresentado pelo Departamento

Leia mais

TRATORISTA PROVA DE CONHECIMENTO ESPECÍFICO

TRATORISTA PROVA DE CONHECIMENTO ESPECÍFICO TRATORISTA PROVA DE CONHECIMENTO ESPECÍFICO Questão 21 Algumas infrações de trânsito preveem a suspensão do direito de dirigir do condutor ou do proprietário do veículo. Assinale a alternativa que não

Leia mais

Plano de Mobilidade Urbana Sustentável

Plano de Mobilidade Urbana Sustentável Viajeo Plus City Showcase in Latin America Plano de Mobilidade Urbana Sustentável Nívea Oppermann Peixoto, Ms Diretora de Desenvolvimento Urbano EMBARQ Brasil EMBARQ Brasil auxilia governos e empresas

Leia mais

Número 1 Violência no trânsito: o goianiense e a Lei Seca. Rua 1.145, 56 Setor Marista Goiânia GO Fone: 62 3541.6556 www.institutoverus.com.

Número 1 Violência no trânsito: o goianiense e a Lei Seca. Rua 1.145, 56 Setor Marista Goiânia GO Fone: 62 3541.6556 www.institutoverus.com. Número 1 Violência no trânsito: o goianiense e a Lei Seca Rua 1.145, 56 Setor Marista Goiânia GO Fone: 62 3541.6556 www.institutoverus.com.br 0 Estudos de Opinião Número 1 Violência no trânsito: o goianiense

Leia mais

Índice de Percepção da Presença do Estado

Índice de Percepção da Presença do Estado Índice de Percepção da Presença do Estado IBRE e CPDOC Rio de Janeiro, 21 de Junho de 2010. Objetivo O objetivo principal é desenvolver um índice que mensure a percepção da presença do Estado na sociedade

Leia mais

Relatório Detalhado de Acidente

Relatório Detalhado de Acidente Relatório Detalhado de Acidente Todo o acidente que provoque ferimentos graves ou mortais deve ser objecto de um relatório à Direcção da FPAK. Este relatório será elaborado por uma comissão composta por

Leia mais

REGULAMENTOS E MANUAL PROVA DE RESISTÊNCIA CBM PROGRAMA HIPERAÇÃO

REGULAMENTOS E MANUAL PROVA DE RESISTÊNCIA CBM PROGRAMA HIPERAÇÃO REGULAMENTOS E MANUAL PROVA DE RESISTÊNCIA CBM PROGRAMA HIPERAÇÃO INFORMAÇÒES DE PROVAS BOAS PRÁTICAS AO MOTOCICLISMO REGULAMENTOS DE PROVA ETAPAS DE CERTIFICAÇÃO Programa CBM HIPERAÇÃO Nosso propósito

Leia mais

Dicas para segurança. no trânsito. realização. apoio

Dicas para segurança. no trânsito. realização. apoio Dicas para segurança no trânsito realização apoio 1 Dicas de viagem segura. Viajar sozinho ou com toda a família requer certas responsabilidades. Aqui você encontrará várias recomendações para uma viagem

Leia mais

Acidente de moto com morte cresceu 123% no primeiro semestre do ano 20 Julho 2012 Posted in Amazonas

Acidente de moto com morte cresceu 123% no primeiro semestre do ano 20 Julho 2012 Posted in Amazonas www.amazonasnoticias.com.br Coluna: Acidente de moto com morte cresceu 123% no primeiro semestre do ano ( ) Press-release da assessoria de imprensa (X) Iniciativa do próprio veículo de comunicação Acidente

Leia mais

SP 01/07/92 NT 149/92. Gerenciamento de Eventos Não Programados: Sala de Estratégias. Eng.º Edélcio Meggiolaro - GCO. Introdução

SP 01/07/92 NT 149/92. Gerenciamento de Eventos Não Programados: Sala de Estratégias. Eng.º Edélcio Meggiolaro - GCO. Introdução SP 01/07/92 NT 149/92 Gerenciamento de Eventos Não Programados: Sala de Estratégias. Eng.º Edélcio Meggiolaro - GCO Introdução Em 1991, a CET através das Gerências de Engenharia de Tráfego operou 400 Km

Leia mais

DEZ ESTRATÉGIAS PARA MANTER AS CRIANÇAS EM SEGURANÇA NO AMBIENTE RODOVIÁRIO. #SalveVidasdeCrianças

DEZ ESTRATÉGIAS PARA MANTER AS CRIANÇAS EM SEGURANÇA NO AMBIENTE RODOVIÁRIO. #SalveVidasdeCrianças DEZ ESTRATÉGIAS PARA MANTER AS CRIANÇAS EM SEGURANÇA NO AMBIENTE RODOVIÁRIO #SalveVidasdeCrianças OS FACTOS 186 300 crianças com idade < 18 anos morrem no Mundo * anualmente por lesões e traumatismos em

Leia mais

14. Comportamento no trânsito

14. Comportamento no trânsito 14. Comportamento no trânsito Aula Interdisciplinar Indicação: 6º ao 9º Ano do Ensino Fundamental Os usuários não devem somente observar as regras do Código de Trânsito, mas devem também ser solidários.

Leia mais

Editora Gráficos Burti Ltda. Unida Itaquaquecetuba ACIDENTE DO TRABALHO GESTÃO 2012/2013

Editora Gráficos Burti Ltda. Unida Itaquaquecetuba ACIDENTE DO TRABALHO GESTÃO 2012/2013 SIPAT ACIDENTE DO TRABALHO MÓDULO II SEGURANÇA DO TRABALHO DEFINIÇÃO O que é Segurança do Trabalho? Segurança do trabalho é o conjunto de medidas que são adotadas visando minimizar os acidentes de trabalho,

Leia mais

Governo lança campanha de prevenção dos riscos do consumo de bebidas alcoólicas Resultados das pesquisas:

Governo lança campanha de prevenção dos riscos do consumo de bebidas alcoólicas Resultados das pesquisas: Governo lança campanha de prevenção dos riscos do consumo de bebidas alcoólicas O Ministério da Saúde lançou, nesta sexta-feira (10) no Rio de Janeiro (RJ), uma campanha publicitária alertando sobre os

Leia mais

ANEXO III LAUDO DE PREVENÇÃO E COMBATE DE INCÊNDIO

ANEXO III LAUDO DE PREVENÇÃO E COMBATE DE INCÊNDIO ANEXO III LAUDO DE PREVENÇÃO E COMBATE DE INCÊNDIO 108 LAUDO TÉCNICO PREVISTO NO DECRETO Nº 6.795 DE 16 DE MARÇO DE 2009 LAUDO DE PREVENÇÃO E COMBATE DE INCÊNDIO 1. IDENTIFICAÇÃO DO ESTÁDIO 1.1. Nome do

Leia mais

CLIPPING Comunicação e Marketing Ltda. IMPRESSO Veículo: www.acritica.uol.com.br

CLIPPING Comunicação e Marketing Ltda. IMPRESSO Veículo: www.acritica.uol.com.br Comunicação e Marketing Ltda www.acritica.uol.com.br Editoria: Notícias -- Acidente de trânsito na Zona Norte de Manaus resulta na morte de bebê Acidente de trânsito na Zona Norte de Manaus resulta na

Leia mais

Tabela das Multas. Infração Gravíssima Valor/Multa Tipos de Penalidades R$ 191,54 R$ 574,61

Tabela das Multas. Infração Gravíssima Valor/Multa Tipos de Penalidades R$ 191,54 R$ 574,61 Tabela das Multas 7 pontos na CNH Infração Gravíssima Valor/Multa Tipos de Penalidades Dirigir com a carteira já vencida há mais de 30 dias Recolhimento da carteira e retenção do veículo Não reduzir a

Leia mais

Ranking nacional mostra PI em 6º com mais pessoas flagradas dirigindo sem CNH

Ranking nacional mostra PI em 6º com mais pessoas flagradas dirigindo sem CNH Levantamento divulgado pela Polícia Rodoviária Federal aponta um novo dado preocupante relacionado ao tráfego de veículos em BRs. De acordo com o Departamento Nacional da PRF, somente nos feriados prolongados

Leia mais

SECRETARIA DE ESTADO DOS NEGÓCIOS DA SEGURANÇA PÚBLICA POLÍCIA MILITAR DO ESTADO DE SÃO PAULO. Corpo de Bombeiros INSTRUÇÃO TÉCNICA Nº.

SECRETARIA DE ESTADO DOS NEGÓCIOS DA SEGURANÇA PÚBLICA POLÍCIA MILITAR DO ESTADO DE SÃO PAULO. Corpo de Bombeiros INSTRUÇÃO TÉCNICA Nº. SECRETARIA DE ESTADO DOS NEGÓCIOS DA SEGURANÇA PÚBLICA POLÍCIA MILITAR DO ESTADO DE SÃO PAULO Corpo de Bombeiros INSTRUÇÃO TÉCNICA Nº. 35/2011 Túnel rodoviário SUMÁRIO 1 Objetivo 2 Aplicação 3 Referências

Leia mais

Você no Parlamento. Consulta Pública. Cooperação Técnica entre a CâmaraMunicipal de São Paulo e a Rede Nossa São Paulo

Você no Parlamento. Consulta Pública. Cooperação Técnica entre a CâmaraMunicipal de São Paulo e a Rede Nossa São Paulo Consulta Pública Você no Parlamento Cooperação Técnica entre a CâmaraMunicipal de São Paulo e a Rede Nossa São Paulo Termo de 18/04/2011 e Aditamento de 06/06/2011 Consulta pública com a população de São

Leia mais

Treinamento Básico de segurança para Operadores de Empilhadeira.

Treinamento Básico de segurança para Operadores de Empilhadeira. Treinamento Básico de segurança para Operadores de Empilhadeira. 1 OBJETIVO: Definir requisitos mínimos para: Operação; Inspeção; Qualificação do operador. 2 INTRODUÇÃO GENERALIDADES Existem basicamente

Leia mais

O PREFEITO MUNICIPAL DE PARELHAS, ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE, usando das atribuições que lhe são conferidas pela Lei Orgânica do Município.

O PREFEITO MUNICIPAL DE PARELHAS, ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE, usando das atribuições que lhe são conferidas pela Lei Orgânica do Município. DECRETO Nº 011/2014, DE 09 DE ABRIL DE 2014. Altera o Anexo I do Decreto n 007/2014, que dispõe sobre as atribuições, escolaridade e salários dos cargos destinados ao Concurso Público do Município de Parelhas/RN.

Leia mais

POR FAVOR, SEMPRE DESLIGUEM CELULARES e computadores!!! 2 o semestre de 2015

POR FAVOR, SEMPRE DESLIGUEM CELULARES e computadores!!! 2 o semestre de 2015 2º semestre de 2015 POR FAVOR, SEMPRE DESLIGUEM CELULARES e computadores!!! Universidade Presbiteriana Mackenzie Escola de Engenharia Depto. de Engenharia Civil 2 0 semestre de 2015 Aula 1 A Engenharia

Leia mais

Regras de Trânsito do Japão

Regras de Trânsito do Japão Regras de Trânsito do Japão (Versão para pedestres e bicicletas) ~ Para não sofrer acidentes de trânsito ~ Supervisão: Polícia da Província de Gifu Edição / Publicação: Província de Gifu Regras básicas

Leia mais

5 km/h a mais, uma vida a menos

5 km/h a mais, uma vida a menos 5 a mais, uma vida a menos Respeite os limites de velocidade www.fundacionmapfre.com.br O excesso de velocidade não acontece por acidente, é uma escolha. Na correria do dia-a-dia, vivemos apressados e,

Leia mais

PROCEDIMENTOS E DOCUMENTAÇÃO EM CASO DE SINISTRO. b) Providenciar especificação detalhada de todos os prejuízos sofridos, além da comprovação

PROCEDIMENTOS E DOCUMENTAÇÃO EM CASO DE SINISTRO. b) Providenciar especificação detalhada de todos os prejuízos sofridos, além da comprovação PROCEDIMENTOS E DOCUMENTAÇÃO EM CASO DE SINISTRO 1. PROCEDIMENTO DO SEGURADO 1.1. SINISTRO DE INCÊNDIO E EXPLOSÃO Em caso de Incêndio e/ou Explosão, o Segurado deve atentar para as seguintes orientações:

Leia mais

CEDATT ACIDENTES COM MOTOS. Gilberto Monteiro Lehfeld. São Paulo, 21 de março de 2012. Gilberto Monteiro Lehfeld

CEDATT ACIDENTES COM MOTOS. Gilberto Monteiro Lehfeld. São Paulo, 21 de março de 2012. Gilberto Monteiro Lehfeld CEDATT ACIDENTES COM MOTOS São Paulo, 21 de março de 2012 MORTOS NO TRÂNSITO ~ 1.300.000 FERIDOS NO TRÂNSITO ~ 10-15.000.000 MORTES NO TRÂNSITO 1990 9a. causa 2030 5a. causa ONU 2011-2020 DÉCADA DE AÇÕES

Leia mais

6. Duas rodas: a regulamentação

6. Duas rodas: a regulamentação 6. Duas rodas: a regulamentação Aula: Interdisciplinar Indicação: 6º ao 9º Ano do Ensino Fundamental Foto Alex Pimentel 1 Que perigo vemos nesta cena 2! Essa é uma cena bem comum na nossa cidade e não

Leia mais

TRANSITO CUIDADO. Eliana Cristofolo MOTORISTA TENHA MUITA ATENÇÃO, AO DIRIGIR O SEU CARRÃO. PARE SEMPRE NA ESQUINA PARA VER SE VEM CARRO NÃO.

TRANSITO CUIDADO. Eliana Cristofolo MOTORISTA TENHA MUITA ATENÇÃO, AO DIRIGIR O SEU CARRÃO. PARE SEMPRE NA ESQUINA PARA VER SE VEM CARRO NÃO. CUIDADO NO TRANSITO MOTORISTA TENHA MUITA ATENÇÃO, AO DIRIGIR O SEU CARRÃO. PARE SEMPRE NA ESQUINA PARA VER SE VEM CARRO NÃO. AS CRIANÇAS DEVEM RESPEITAR PARA OS LADOS DEVEM OLHAR. SE NÃO VIER NENHUM AUTOMÓVEL

Leia mais

Objetivo da Campanha. Atendimentos

Objetivo da Campanha. Atendimentos 12ª EDIÇÃO DA CAMPANHA VIVA MOTOCICLISTA Objetivo da Campanha O presente projeto foi elaborado objetivando prover a conscientização dos usuários de nossas rodovias, bem como a sociedade em geral através

Leia mais

O que é o Direção Positiva?

O que é o Direção Positiva? Abril - 2014 1 2 O que é o Direção Positiva? O novo projeto da Sirtec busca conscientizar os colaboradores sobre a importância das medidas preventivas no trânsito. Objetivos: Contribuir com a redução dos

Leia mais

Í N D I C E PRÓLOGO 5

Í N D I C E PRÓLOGO 5 Í N D I C E PRÓLOGO 5 CAPÍTULO I - EDUCAÇÃO E SEGURANÇA NO TRÂNSITO Trânsito e transporte II) EDUCAÇÃO E SEGURANÇA NO TRÂNSITO Objetivos da educação e segurança para o trânsito A educação para o trânsito

Leia mais

Um seguro de responsabilidade civil contra danos pessoais obrigatório, criado há 37 anos por Lei Federal (Lei n o 6.194/74).

Um seguro de responsabilidade civil contra danos pessoais obrigatório, criado há 37 anos por Lei Federal (Lei n o 6.194/74). Setembro 2012 O que é Um seguro de responsabilidade civil contra danos pessoais obrigatório, criado há 37 anos por Lei Federal (Lei n o 6.194/74). Objetivo Cobrir Danos Pessoais causados por Veículos Automotores

Leia mais

A FÍSICA FORENSE EM SALA DE AULA: INVESTIGAÇÃO DE ACIDENTES DE TRÂNSITO NO MUNICÍPIO DE PATOS PB

A FÍSICA FORENSE EM SALA DE AULA: INVESTIGAÇÃO DE ACIDENTES DE TRÂNSITO NO MUNICÍPIO DE PATOS PB 0 A FÍSICA FORENSE EM SALA DE AULA: INVESTIGAÇÃO DE DE TRÂNSITO NO MUNICÍPIO DE PATOS PB Andrielle Ramos Lira de Lucena; Orientador: Jorge Miguel Lima Oliveira. Universidade Estadual da Paraíba CAMPUS

Leia mais

NÍVEL: Documento: Normas e procedimentos para condutores de veículos/2013.1

NÍVEL: Documento: Normas e procedimentos para condutores de veículos/2013.1 ELABORAÇÃO: Paula dos Santos Costa ANÁLISE CRÍTICA: Virginia de Paula Mesquita APROVAÇÃO: Antônio Reinaldo Santos Linhares DISTRIBUIÇÃO: (ÁREA): Frota - Este documento é válido em todo o comando de frota

Leia mais

PROGRAMA DE PREVENÇÃO NA EMPRESA: DA IMPLANTAÇÃO À TESTAGEM TOXICOLÓGICA

PROGRAMA DE PREVENÇÃO NA EMPRESA: DA IMPLANTAÇÃO À TESTAGEM TOXICOLÓGICA UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO Faculdade de Ciências Farmacêuticas Departamento de Análises Clínicas e Toxicológicas Laboratório de Análises Toxicológicas PROGRAMA DE PREVENÇÃO NA EMPRESA: DA IMPLANTAÇÃO À

Leia mais

A Década da Ação para Segurânça no Trânsito. Dr. Diego González Machín OPAS/Brasil

A Década da Ação para Segurânça no Trânsito. Dr. Diego González Machín OPAS/Brasil A Década da Ação para Segurânça no Trânsito Dr. Diego González Machín OPAS/Brasil Por que uma Década da Ação? O problema está crescendo. Diagnóstico da Situação: Informe Mundial sobre a situação de Segurança

Leia mais

Projeto Vida no Trânsito de Belo Horizonte.

Projeto Vida no Trânsito de Belo Horizonte. Projeto Vida no Trânsito de Belo Horizonte. Jussara Bellavinha Empresa de Transportes e Trânsito de Belo Horizonte S/A BHTRANS Diretoria de Sistema Viário Av. Engenheiro Carlos Goulart, 900 Buritis Belo

Leia mais

Vamos começar pelas recomendações mais gerais e obrigatórias.

Vamos começar pelas recomendações mais gerais e obrigatórias. Normas gerais de circulação ABETRAN Detalhadas pelo Código de Trânsito Brasileiro (CTB) em mais de 40 artigos, as Normas Gerais de Circulação e Conduta merecem atenção especial de todos os usuários da

Leia mais

Celso Alves Mariano Diretor de Educação de Trânsito SETRAN Secretaria Municipal de Trânsito de Curitiba

Celso Alves Mariano Diretor de Educação de Trânsito SETRAN Secretaria Municipal de Trânsito de Curitiba Celso Alves Mariano Diretor de Educação de Trânsito SETRAN Secretaria Municipal de Trânsito de Curitiba Estratrégia líderes comunitários: reuniões nas 9 Regionais: Ø seduzir e convencer os líderes comunitários

Leia mais

VENAS CORRETORA DE SEGUROS LTDA Segunda Avenida Qda. 1-B Lt. 39 3º Andar Cidade Empresarial CEP 74934-605 Aparecida de Goiânia Goiás Fone: (62)

VENAS CORRETORA DE SEGUROS LTDA Segunda Avenida Qda. 1-B Lt. 39 3º Andar Cidade Empresarial CEP 74934-605 Aparecida de Goiânia Goiás Fone: (62) INTRODUÇÃO Educando com valores O trânsito é feito pelas pessoas. E, como nas outras atividades humanas, quatro princípios são importantes para o relacionamento e a convivência social no trânsito. 1. O

Leia mais

Empresa de Tecnologia da Informação e Comunicação do Município de São Paulo

Empresa de Tecnologia da Informação e Comunicação do Município de São Paulo Estatísticas Cidade de São Paulo: Altamente complexa, com 11,04 milhões de habitantes, (cerca de 6 % da população do Brasil) Ocupa uma área de 1.523 km² Produz cerca de 13% do PIB nacional. Gestão administrativa

Leia mais