1.(UFB - adaptado) Determine a intensidade da Força Resultante necessária para manter um trem de 5 toneladas com velocidade constante de 5 m/s.

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "1.(UFB - adaptado) Determine a intensidade da Força Resultante necessária para manter um trem de 5 toneladas com velocidade constante de 5 m/s."

Transcrição

1 1.(UFB - adaptado) Determine a intensidade da Força Resultante necessária para manter um trem de 5 toneladas com velocidade constante de 5 m/s. 2. -(PUC-RJ - adaptado) Considere as seguintes afirmações a respeito de um passageiro de um ônibus que segura um balão através de um barbante: I) Quando o ônibus freia, o balão se desloca para trás. II) Quando o ônibus acelera para frente, o balão se desloca para trás. III) Quando o ônibus acelera para frente, o barbante permanece na vertical. IV) Quando o ônibus freia, o barbante permanece na vertical. Assinale a opção que indica a(s) afirmativa(s) correta(s). a) III e IV b) I e II c) I d) II e) II e IV 3-(UNIFESP-SP - adaptado) Às vezes, as pessoas que estão num elevador em movimento sentem uma sensação de desconforto, em geral na região do estômago. Isso se deve à inércia dos nossos órgãos internos localizados nessa região, e pode ocorrer quando: a) o elevador sobe ou desce em movimento uniforme. b) o elevador sobe em movimento uniforme. c) o elevador desce em movimento uniforme. d) o elevador sobe ou desce em movimento variado. e) o elevador sobe em movimento variado. 1

2 4 -(PUC-SP) Três forças são aplicadas a uma partícula de modo que a resultante é nula. Duas delas são perpendiculares entre si e suas intensidades são 90N e 120N, respectivamente. a) Calcule a intensidade da 3 a força. b) O corpo está em equilíbrio? Em caso positivo, qual? 5 -(PUC-BA - adaptado) A figura abaixo representa um gráfico do módulo (F) da força aplicada a um corpo, em função de sua aceleração (a). O que representa o coeficiente angular, ou inclinação da reta do gráfico? a) a massa do corpo b) a velocidade do corpo c) o espaço percorrido pelo corpo d) o deslocamento do corpo e) o peso do corpo 6- (UFMG-MG) O gráfico abaixo representa a velocidade em função do tempo, de uma partícula de massa m=2 kg, que se desloca em linha reta. 2

3 Qual dos gráficos representa melhor o módulo da força resultante que atuou na partícula durante os 5s de seu movimento? a) b) c) d) e) 7- (FUVEST-SP) Um corpo de 5 kg descreve uma trajetória retilínea que obedece à seguinte equação horária S = 3t 2 + 2t + 1, onde S é medido em metros e t em segundos. Determine o módulo da força resultante sobre o corpo. 3

4 8 -(PUC-RJ) Existem bolas de boliche de diversas massas. Suponha que você jogue, com forças iguais, três bolas, uma de cada vez. A primeira tem massa m 1 =m, a segunda m 2 =m/2 e a terceira m 3 =2m. Suas respectivas acelerações são: a) a 2 =2.a 1, a 3 =a 1 /2 b) a 2 =a 1 /2, a 3 =2.a 1 c) a 1 =a 2 =a 3 d) a 2 =a 1 /3, a 3 =2.a 1 /3 e) a 2 =3.a 1, a 3 =3.a 1 /2 9- (UFF-RJ) Uma pessoa mediu, sucessivamente, as acelerações produzidas em dois blocos, 1 e 2, pelas correspondentes forças resultantes que sobre ele atuaram. O gráfico abaixo expressa a relação entre as intensidades dessas forças e de suas respectivas acelerações. Se o valor da massa do bloco 1 é igual a três quartos do valor da massa do bloco 2, podemos afirmar que o valor de F o indicado no gráfico é: a)7,0 N b) 6,0 N c) 5,0 N d) 4,0 N e) 3,0 N 4

5 10- (FUVEST-SP-010) Uma pessoa pendurou um fio de prumo no interior de um vagão de trem e percebeu, quando o trem partiu do repouso, que o fio se inclinou em relação à vertical. Com auxílio de um transferidor, a pessoa determinou que o ângulo máximo de inclinação, na partida do trem, foi 14. Nessas condições: a) Represente as forças que agem na massa presa ao fio. b) Indique o sentido de movimento do trem. c) determine a aceleração máxima do trem. NOTE E ADOTE: tg 14 = 0,25. aceleração da gravidade na Terra, g = 10 m/s (FATEC-SP - adaptado) Julgar as afirmações: I Um atleta arremessa uma bola para frente exercendo nela uma força de 100N; simultaneamente a bola exerce no atleta uma força oposta de igual intensidade. II Necessariamente a reação da bola sobre o atleta acelera este para trás. III Nas interações entre os corpos, as forças de ação e reação se equilibram. 5

6 a) somente I está correta b) somente I e II estão corretas c) as três afirmações estão corretas d) as três afirmações estão erradas e) nenhuma afirmação está correta. 12- (UFC) As forças de ação e reação (terceira lei de Newton) não se anulam mutuamente porque têm módulos diferentes. a) a afirmação é certa e o argumento é errado. b) a afirmação é certa e o argumento é certo c) a afirmação e o argumento são corretos, mas não relacionados d) a afirmação e o argumento são corretos e relacionados. e) a afirmação e o argumento estão errados Raciocínio da resolução 1: Pela Primeira Lei de Newton, se não há variação da velocidade a Força Resultante será igual à zero. Raciocínio da resolução 2: Estando o balão no interior de um ônibus seu movimento se dará com a mesma velocidade constante do ônibus, para um referencial inercial fora do ônibus. Pela Primeira Lei de Newton, se a velocidade do balão é constante, significa que a força resultante atuando sobre ele é igual a zero e, com isso, ele tende a permanecer em seu movimento uniforme. Com a aceleração do ônibus, uma força (diferente de zero) passa agir sobre o mesmo, mas não sobre o balão. Assim, a velocidade do ônibus aumenta e a do balão permanece constante. Este fato será notado quando, de dentro do ônibus, o balão se deslocar para trás. Resposta: D 6

7 Raciocínio da resolução 3: Se o elevador está em movimento uniforme, a força resultante atuando sobre ele e sobre todas as pessoas paradas dentro dele será zero. Assim, os órgãos internos permanecerão com a mesma velocidade constante do elevador e não haverá nenhuma sensação de desconforto. As respostas envolvendo movimento uniforme podem ser descartadas. A sensação de desconforto dos órgãos internos vem do fato de o elevador mudar de velocidade, enquanto que os órgãos permanecem com sua velocidade constante. Ou seja: o módulo velocidade do elevador aumenta quando sobe e diminui quando vai parar em um andar, da mesma forma que, o módulo da velocidade aumenta quando o elevador desce e diminui quando vai parar em um andar. A resposta, então, deve incluir o movimento uniformemente variável, pois há variação da velocidade, e, isso ocorre tanto na descida, quando na subida do elevador. Resposta: D Raciocínio da resolução 4: Para a Força Resultante ser nula a Soma das três forças tem que ser igual à zero. Como as duas forças são perpendiculares entre si, temos: O esquema representa a soma das três forças que atuam sobre a partícula, obtendo a Força Resultante igual à zero. A força que temos que calcular é a vermelha. Podemos aplicar o Teorema de Pitágoras: F 2 = (90) 2 + (120) 2 F 2 = = F = (22500) 1/2 F=150N 7

8 b) Se a Resultante das Forças que atuam sobre a partícula é igual à zero, ela está em equilíbrio, mas não temos informação se a partícula está em repouso equilíbrio estático ou se está com velocidade constante equilíbrio dinâmico. Raciocínio da resolução 5: Como vimos, o coeficiente angular de uma reta é dado pela razão: y/x. No nosso gráfico, o eixo y representa a Força aplicada a um corpo e o eixo x, a aceleração produzida por essa força no corpo. Então: Coeficiente angular = F/a Pela Segunda Lei de Newton, sabemos que: F = m a, onde F é a força exercida sobre um corpo, m é a massa do corpo e a é a aceleração desenvolvida pelo corpo. F = m a Passando a para o outro lado da equação, temos: F/a = m O coeficiente angular da reta é a massa do corpo. Resposta: A Raciocínio da resolução 6: Para representarmos a força que age no corpo durante os 5 s de movimento, temos que, primeiro, calcularmos a aceleração nos intervalos de tempo: 0 s a 2 s, 2 s a 4 s e 4 s a 5 s, pois nesse intervalos, a velocidade possui comportamento diferente. Calculo da aceleração: De 0 s a 2 s: a = v/ t = (10 10)/(2 0) = 0/2 = 0 m/s 2 De 2 s a 4 s: a = v/ t = (0 10)/(4 2) = -10/2 = - 5 m/s 2 De 4 s a 5 s: a = v/ t = (0 0)/(5 4) = 0/1 = 0 m/s 2 Calculando a força: A massa do corpo é de 2 kg. 8

9 De 0 s a 2 s: F = m. a = 2.0 = 0 N De 2 s a 4 s: F = m. a = 2. (- 5) = - 10 N De 4 s a 5 s: F = m. a = 2.0 = 0 N Como o exercício pede o gráfico do módulo da força, temos que, o módulo de F = - 10 N é igual a F = 10 N. Resposta: A Raciocínio da resolução 7: Para calcular a Força resultante sobre o corpo, temos que calcular sua aceleração. Relembrando: A aceleração é a derivada da velocidade e a velocidade é a derivada da posição. Vamos derivar S em reação a t e obter a equação para a velocidade. V = 2.3 t + 2 = 6t + 2 Agora, vamos derivar V em função de t e obter a aceleração. V = 6t + 2 a = 6 m/s 2 Usando a Segunda Lei de Newton, temos: F = m. a = 5. 6 = 30 N Raciocínio da resolução 8: Sabemos que, para as três bolas, a força aplicada sobre elas é a mesma. Assim: F = m 1 a 1 F = m 2 a 2 F = m 3 a 3 Substituindo as massas. 9

10 F = m a 1 F = m/2 a 2 F = 2m a 3 Igualando as Forças: Para a 2 m a 1 = m/2 a 2 a 1 = a 2 /2 ou a 2 = 2a 1 Para a 3 m a 1 = 2m a 3 a 1 = 2a 3 ou a 3 = a 1 /2 Resposta: A Raciocínio da resolução 9: Bloco 1: F 0 = 3/4m. a Bloco 2: F = m a 8 = m 4 m = 8/4 = 2 kg. Substituindo em F 0 F 0 = ¾. 2.4 = 3. 2 = 6 N Resposta: B 1 0

11 Raciocínio da resolução 10: a) As forças que atuam no corpo são o Peso força com que a Terra atrai os corpos e a Tração força de contado entre o corpo e a corda que segura. b) Ao sair do repouso, o corpo se inclina para trás. Segundo o Princípio da Inércia, isso ocorre por que, como não há força resultante atuando nele, o corpo tende a permanecer em repouso. A aceleração do trem é sempre no sentido contrário ao corpo, pois esse pretende manter seu estado. Assim, se o corpo vai para trás é por que a aceleração do trem é para frente. Sentido da aceleração do trem. c) Eixo x a aceleração é no sentido positivo do eixo x: T x = m a x Eixo y como nesse eixo não há movimento, F y = 0: T y P = 0 T y = P = mg Como não temos a massa, usaremos o ângulo para calcular a aceleração. tg 14 0 = cateto adjacente/ cateto oposto tg 14 0 = T x /T y T x = ma e T y = mg tg 14 0 = ma/mg = a/g 1 1

12 Substituindo os valores: 0,25 = a/10 a = 10. 0,25 = 2,5 m/s 2 Raciocínio da resolução 11: A primeira afirmação está correta devido a Terceira Lei de Newton. A segunda afirmação não é verdadeira, pois o que causa a aceleração é a Força Resultante, que é o somatório de todas as forças que agem sobre o corpo. Não é mencionado na questão se existem mais forças atuando sobre o atleta. Portanto, a palavra necessariamente existente na afirmação, torna-a falsa. A terceira afirmação está errada, pois o par ação e reação atuam em corpos distintos e, dessa forma, nunca se equilibram. A bola exerce uma força sobre o atleta e o atleta exerce uma força sobre a bola. As forças possuem o mesmo módulo e a mesma direção. O sentido das forças são contrários. Resposta: A Raciocínio da resolução 12: Afirmação: As forças de ação e reação (terceira lei de Newton) não se anulam mutuamente. Correto. Argumento: porque têm módulos diferentes. Errado: As forças possuem módulos iguais, direção igual e sentidos opostos. Elas não se anulam por que agem em corpos diferentes. Resposta: A 1 2

Professor Victor M Lima. Enem Ciências da natureza e suas tecnologias Física Aula 5

Professor Victor M Lima. Enem Ciências da natureza e suas tecnologias Física Aula 5 Professor Victor M Lima Enem Ciências da natureza e suas tecnologias Física Aula 5 Newton As Leis de Newton 1 Lei ( Princípio da Inércia ) Galileu Kepler Todo corpo que esteja em repouso ou em movimento

Leia mais

Mecânica da Partícula 2ª lista de exercícios

Mecânica da Partícula 2ª lista de exercícios Mecânica da Partícula 2ª lista de exercícios 1. Um satélite em órbita ao redor da Terra é atraído pelo nosso planeta e, como reação, atrai a Terra. A figura que representa corretamente esse par ação-reação

Leia mais

Questão 1. Questão 2. Questão 3

Questão 1. Questão 2. Questão 3 Questões de Física para 1º ano e 2º ano Questão 1 Em um acidente, um carro de 1200 kg e velocidade de 162 Km/h chocou-se com um muro e gastou 0,3 s para parar. Marque a alternativa que indica a comparação

Leia mais

As leis de Newton e suas aplicações

As leis de Newton e suas aplicações INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO CIÊNCIA E TECNOLOGIA PARAÍBA Campus Princesa Isabel As leis de Newton e suas aplicações Disciplina: Física Professor: Carlos Alberto Objetivos de aprendizagem Ao estudar este

Leia mais

Aplicações de Leis de Newton

Aplicações de Leis de Newton Aplicações de Leis de Newton Evandro Bastos dos Santos 22 de Maio de 2017 1 Introdução Na aula anterior vimos o conceito de massa inercial e enunciamos as leis de Newton. Nessa aula, nossa tarefa é aplicar

Leia mais

Calcule a resistência equivalente do circuito a seguir:

Calcule a resistência equivalente do circuito a seguir: Questões para estudo 3º ano Questão 1 Calcule a resistência equivalente do circuito a seguir: Questão 2 Calcule a resistência equivalente do circuito a seguir: Questão 3 (F. E.EDSON DE QUEIROZ - CE) Dispõe-se

Leia mais

LISTA DE EXERCÍCIOS COMPLEMENTARES 1ª SÉRIE ALUNO: TURMA: CARTEIRA: MATRÍCULA: DATA: / /

LISTA DE EXERCÍCIOS COMPLEMENTARES 1ª SÉRIE ALUNO: TURMA: CARTEIRA: MATRÍCULA: DATA: / / LISTA DE EXERCÍCIOS COMPLEMENTARES FÍSICA - B - 2011 1ª SÉRIE ALUNO: TURMA: CARTEIRA: MATRÍCULA: DATA: / / Unidade 02 - Força Unidade 03 1ª. e 3ª. Leis de Newton REFAZER OS EXERCÍCIOS DO LIVRO: 1) Página

Leia mais

Leis de Newton da Mecânica. Prof. Marco Simões

Leis de Newton da Mecânica. Prof. Marco Simões Leis de Newton da Mecânica Prof. Marco Simões Leis de Newton Primeira: se a resultante das forças que agem em um corpo for nula, este corpo permanecerá parado ou com velocidade constante. Segunda: se a

Leia mais

5 Forças em Dinâmica. 1 Princípio da inércia (primeira lei de Newton) 2 Princípio fundamental da Dinâmica (segunda lei de Newton)

5 Forças em Dinâmica. 1 Princípio da inércia (primeira lei de Newton) 2 Princípio fundamental da Dinâmica (segunda lei de Newton) F=m.a 5 Forças em Dinâmica A Dinâmica é a parte da Mecânica que estuda os movimentos e as causas que os produzem ou os modificam. Significa que a força resultante F produz uma aceleração a com mesma direção

Leia mais

Disponível em: [Adaptado] Acesso em: 17 ago

Disponível em: <www.pontedelaguna.com.br> [Adaptado] Acesso em: 17 ago 1. (G1 - ifsc 2015) Um pássaro está em pé sobre uma das mãos de um garoto. É CORRETO afirmar que a reação à força que o pássaro exerce sobre a mão do garoto é a força: a) da Terra sobre a mão do garoto.

Leia mais

MATEMÁTICA 1ª QUESTÃO. O valor do número real que satisfaz a equação =5 é. A) ln5. B) 3 ln5. C) 3+ln5. D) ln5 3. E) ln5 2ª QUESTÃO

MATEMÁTICA 1ª QUESTÃO. O valor do número real que satisfaz a equação =5 é. A) ln5. B) 3 ln5. C) 3+ln5. D) ln5 3. E) ln5 2ª QUESTÃO MATEMÁTICA 1ª QUESTÃO O valor do número real que satisfaz a equação =5 é A) ln5 B) 3 ln5 C) 3+ln5 D) ln5 3 E) ln5 ª QUESTÃO O domínio da função real = 64 é o intervalo A) [,] B) [, C), D), E), 3ª QUESTÃO

Leia mais

PLANTÕES DE JULHO FÍSICA

PLANTÕES DE JULHO FÍSICA Página 1 PLANTÕES DE JULHO FÍSICA Nome: Nº: Série: 1º ANO Prof FÁBIO MAGNO Data: JULHO 2016 1ª Lei de Newton 1) A respeito do conceito da inércia, assinale a frase correta: a) Um ponto material tende a

Leia mais

LISTA DE ESTUDO DE FÍSICA

LISTA DE ESTUDO DE FÍSICA OSASCO, DE DE 2013 NOME: PROF. 9º ANO LISTA DE ESTUDO DE FÍSICA 1. (UFMG) Um corpo de massa m está sujeito à ação de uma força F que o desloca segundo um eixo vertical em sentido contrário ao da gravidade.

Leia mais

Nome: Nº: Turma: Os exercícios a seguir foram retirados do livro Aulas de Física, volume I, da Editora Atual.

Nome: Nº: Turma: Os exercícios a seguir foram retirados do livro Aulas de Física, volume I, da Editora Atual. Física 2ª Lei de Newton I 2 os anos Hugo maio/12 Nome: Nº: Turma: Os exercícios a seguir foram retirados do livro Aulas de Física, volume I, da Editora Atual. 1. Aplica-se uma força F de intensidade 20

Leia mais

Ismael Rodrigues Silva Física-Matemática - UFSC.

Ismael Rodrigues Silva Física-Matemática - UFSC. Ismael Rodrigues Silva Física-Matemática - UFSC www.ismaelfisica.wordpress.com RevisãodeVetores... PrimeiraLeideNewton... EquilíbriodeTranslação... TerceiraLeideNewton... As grandezas vetoriais são caracterizadas

Leia mais

FORÇA E MOVIMENTO Leis de Newton

FORÇA E MOVIMENTO Leis de Newton PROF. OSCAR FORÇA E MOVIMENTO Leis de Newton Qual é o fator responsável pela sensação de perigo para alguém que está no último carro de uma montanha russa? Uma força aceleração. atuando sobre o quilograma

Leia mais

NOME: N CADERNO DE REC. PARALELA DE FÍSICA I - TURMA PROFº FABIANO 2º BIMESTRE

NOME: N CADERNO DE REC. PARALELA DE FÍSICA I - TURMA PROFº FABIANO 2º BIMESTRE 1925 *** COLÉGIO MALLET SOARES *** 2016 91 ANOS DE TRADIÇÃO, RENOVAÇÃO E QUALIDADE DEPARTAMENTO DE ENSINO DATA: / / NOTA: NOME: N CADERNO DE REC. PARALELA DE FÍSICA I - TURMA 212 - PROFº FABIANO 2º BIMESTRE

Leia mais

Leis de Newton. Se eu vi mais longe, foi por estar de pé sobre ombros de gigantes. Sir Isaac Newton

Leis de Newton. Se eu vi mais longe, foi por estar de pé sobre ombros de gigantes. Sir Isaac Newton Leis de Newton Se eu vi mais longe, foi por estar de pé sobre ombros de gigantes. Sir Isaac Newton O QUE É FORÇA? A ideia de empurrar ou puxar um corpo para colocá-lo em movimento está relacionada ao conceito

Leia mais

Leis de Newton. Algumas aplicações das leis de Newton

Leis de Newton. Algumas aplicações das leis de Newton Leis de Newton Algumas aplicações das leis de Newton Equilíbrio Uma ginasta com massa 50,0 kg está começando a subir em uma corda presa no teto de uma ginásio. Qual é o peso da ginasta? Qual a força (módulo

Leia mais

Aluno(a): Nº. Professor: Fabrízio Gentil Série: 1 o ano Disciplina: Física Atrito e Trabalho de uma força

Aluno(a): Nº. Professor: Fabrízio Gentil Série: 1 o ano Disciplina: Física Atrito e Trabalho de uma força Lista de Exercícios Pré Universitário Uni-Anhanguera Aluno(a): Nº. Professor: Fabrízio Gentil Série: 1 o ano Disciplina: Física Atrito e Trabalho de uma força 1- (PUC-RIO) Uma caixa cuja velocidade inicial

Leia mais

FÍSICA - 1 o ANO MÓDULO 03 PRINCÍPIOS DA DINÂMICA

FÍSICA - 1 o ANO MÓDULO 03 PRINCÍPIOS DA DINÂMICA FÍSICA - 1 o ANO MÓDULO 03 PRINCÍPIOS DA DINÂMICA F 1 Caso: 2 Caso: F 1 F 1 F 2 F 2 R = F 1 + F 2 R = F 1 - F 2 3 Caso: 4 Caso: F 1 R F R 2 2 2 = F 1 + F 2 F 1 F 2 θ R 2 = F 1 2 + F 2 2+ 2F 1 F 2 cos θ

Leia mais

Tipos de forças fundamentais na Natureza

Tipos de forças fundamentais na Natureza Tipos de Forças Tipos de forças fundamentais na Natureza Existem quatro tipos de interações/forças fundamentais na Natureza que atuam entre partículas a uma certa distância umas das outras: Gravitacional

Leia mais

FORÇA e INTERAÇÕES. Forças de contacto Quando uma força envolve o contacto direto entre dois corpos

FORÇA e INTERAÇÕES. Forças de contacto Quando uma força envolve o contacto direto entre dois corpos FORÇA e INTERAÇÕES Forças de contacto Quando uma força envolve o contacto direto entre dois corpos Forças de longo alcance Acuam mesmo quando os corpos não estão em contacto, como por exemplo as forças

Leia mais

GABARITO COMENTADO DE PROVAS DE FÍSICA CINEMÁTICA

GABARITO COMENTADO DE PROVAS DE FÍSICA CINEMÁTICA GABARITO COMENTADO DE PROVAS DE FÍSICA CINEMÁTICA 1ª Prova 2007 Questão 1: FÁCIL O valor de H é calculado pela equação de Torricelli: Para isso, deve-se calcular a velocidade inicial e final: (sinal negativo,

Leia mais

Lista de exercícios- Leis de Newton

Lista de exercícios- Leis de Newton Componente Curricular: Física Professora: Cínthia Helena. Série: 1 o ano - Ensino Médio. Lista de exercícios- Leis de Newton 1 - (Vunesp-SP) Assinale a alternativa que apresenta o enunciado da Lei de Inércia,

Leia mais

3ª Ficha de Avaliação de Conhecimentos Turma: 11ºA. Física e Química A - 11ºAno

3ª Ficha de Avaliação de Conhecimentos Turma: 11ºA. Física e Química A - 11ºAno 3ª Ficha de Avaliação de Conhecimentos Turma: 11ºA Física e Química A - 11ºAno Professora Paula Melo Silva Data: 22 de novembro Ano Letivo: 2016/2017 135 min + 15 min 1. Considere o gráfico v(t) correspondente

Leia mais

EXERCÍCIOS PARA PROVA ESPECÍFICA E TESTÃO 1 ANO 4 BIMESTRE

EXERCÍCIOS PARA PROVA ESPECÍFICA E TESTÃO 1 ANO 4 BIMESTRE 1. (Unesp 89) Um cubo de aço e outro de cobre, ambos de massas iguais a 20 g estão sobre um disco de aço horizontal, que pode girar em torno de seu centro. Os coeficientes de atrito estático para aço-aço

Leia mais

FÍSICA - 1 o ANO MÓDULO 08 FORÇAS PARTICULARES, POLIAS, ELEVADORES E PLANO INCLINADO REVISÃO

FÍSICA - 1 o ANO MÓDULO 08 FORÇAS PARTICULARES, POLIAS, ELEVADORES E PLANO INCLINADO REVISÃO FÍSICA - 1 o ANO MÓDULO 08 FORÇAS PARTICULARES, POLIAS, ELEVADORES E PLANO INCLINADO REVISÃO Como pode cair no enem? Um vagão, como o mostrado na figura abaixo, é utilizado para transportar minério de

Leia mais

A interação de um corpo com sua vizinhança é descrita em termos de. Uma força pode causar diferentes efeitos num corpo como, por exemplo:

A interação de um corpo com sua vizinhança é descrita em termos de. Uma força pode causar diferentes efeitos num corpo como, por exemplo: Forças A interação de um corpo com sua vizinhança é descrita em termos de uma FORÇA. Uma força pode causar diferentes efeitos num corpo como, por exemplo: a) imprimir movimento b) cessar um movimento c)

Leia mais

LEIS DE NEWTON. - Força é um agente físico capaz de deformar um corpo ou alterar a sua velocidade vetorial ou as duas coisas simultaneamente.

LEIS DE NEWTON. - Força é um agente físico capaz de deformar um corpo ou alterar a sua velocidade vetorial ou as duas coisas simultaneamente. AULA 05 LEIS DE EWTO 1- ITRODUÇÃO o estudo da Dinâmica nos preocuparemos com as causas e com as leis da natureza que explicam os movimentos dos corpos. Este estudo está apoiado em três leis elaboradas

Leia mais

ESTUDO DIRIGIDO LEIS DE NEWTON E SUAS APLICAÇÕES 2ª ETAPA

ESTUDO DIRIGIDO LEIS DE NEWTON E SUAS APLICAÇÕES 2ª ETAPA Curso: Engenharia Civil Disciplina: Física Geral Experimental I Período: 1 período Data: 04/16/2014 Prof.a: Érica Estanislau Muniz Faustino ESTUDO DIRIGIDO LEIS DE NEWTON E SUAS APLICAÇÕES 2ª ETAPA 1-

Leia mais

FORÇA e INTERAÇÕES. Forças de contacto Quando uma força envolve o contacto direto entre dois corpos

FORÇA e INTERAÇÕES. Forças de contacto Quando uma força envolve o contacto direto entre dois corpos FORÇA e INTERAÇÕES Forças de contacto Quando uma força envolve o contacto direto entre dois corpos Forças de longo alcance Acuam mesmo quando os corpos não estão em contacto, como por exemplo as forças

Leia mais

Curso: Engenharia Civil Disciplina: Física Geral Experimental I Período: 1 período Data: 05/03/2012 Prof.a: Érica Estanislau Muniz Faustino

Curso: Engenharia Civil Disciplina: Física Geral Experimental I Período: 1 período Data: 05/03/2012 Prof.a: Érica Estanislau Muniz Faustino Curso: Engenharia Civil Disciplina: Física Geral Experimental I Período: 1 período Data: 05/03/2012 Prof.a: Érica Estanislau Muniz Faustino Parte I - Questões de Múltipla Escolha ESTUDO DIRIGIDO 1 1- Desde

Leia mais

APÊNDICE B. Interpretação de Gráficos da Cinemática (Teste Final)

APÊNDICE B. Interpretação de Gráficos da Cinemática (Teste Final) APÊNDICE B Interpretação de Gráficos da Cinemática (Teste Final) Este teste é constituído por 25 questões de escolha simples com cinco alternativas. Dentre as alternativas escolha apenas uma, a que melhor

Leia mais

FÍSICA - 3 o ANO MÓDULO 22 TRABALHO E POTÊNCIA

FÍSICA - 3 o ANO MÓDULO 22 TRABALHO E POTÊNCIA FÍSICA - 3 o ANO MÓDULO 22 TRABALHO E POTÊNCIA k x Como pode cair no enem (ENEM) Um motor só poderá realizar trabalho se receber uma quantidade de energia de outro sistema. No caso, a energia

Leia mais

Interpretação de gráficos da Cinemática. Todas as questões deste teste referem-se a movimentos retilíneos.

Interpretação de gráficos da Cinemática. Todas as questões deste teste referem-se a movimentos retilíneos. Interpretação de gráficos da Cinemática Este teste é constituído por 21 questões de escolha múltipla com cinco alternativas. Dentre as alternativas escolha apenas uma, a que melhor responde à questão,

Leia mais

LEIS DE NEWTON DINÂMICA 3ª LEI TIPOS DE FORÇAS

LEIS DE NEWTON DINÂMICA 3ª LEI TIPOS DE FORÇAS DINÂMICA É a parte da Mecânica que estuda as causas e os movimentos. LEIS DE NEWTON 1ª Lei de Newton 2ª Lei de Newton 3ª Lei de Newton 1ª LEI LEI DA INÉRCIA Quando a resultante das forças que agem sobre

Leia mais

INSTITUTO GEREMÁRIO DANTAS COMPONENTE CURRICULAR: FÍSICA CIOS DE RECUPERAÇÃO FINAL

INSTITUTO GEREMÁRIO DANTAS COMPONENTE CURRICULAR: FÍSICA CIOS DE RECUPERAÇÃO FINAL INSTITUTO GEREMÁRIO DANTAS Educação Infantil, Ensino Fundamental e Médio Fone: (21) 21087900 Rio de Janeiro RJ www.igd.com.br Aluno(a): 1º Ano: C11 Nº Professora: Saionara Chagas Data: / /2016 COMPONENTE

Leia mais

Desprezando todo tipo de atrito, se as esferas forem soltas em um mesmo instante, é CORRETO afirmar que:

Desprezando todo tipo de atrito, se as esferas forem soltas em um mesmo instante, é CORRETO afirmar que: 6 GAB. 1 1 o DIA PASES 1 a ETAPA TRIÊNIO 005-007 FÍSICA QUESTÕES DE 11 A 0 11. Três esferas pequenas de massas e raios iguais encontram-se em repouso a uma altura (h) nas extremidades de três trilhos (I,

Leia mais

Escola Secundária de Casquilhos FQA11 - APSA1 - Unidade 1- Correção

Escola Secundária de Casquilhos FQA11 - APSA1 - Unidade 1- Correção Escola Secundária de Casquilhos FQA11 - APSA1 - Unidade 1- Correção / GRUPO I (Exame 2013-2ª Fase) 1. (B) 2. 3. 3.1. Para que a intensidade média da radiação solar seja 1,3 x 10 3 Wm -2 é necessário que

Leia mais

Exemplos de aplicação das leis de Newton e Conservação da Energia

Exemplos de aplicação das leis de Newton e Conservação da Energia Exemplos de aplicação das leis de Newton e Conservação da Energia O Plano inclinado m N Vimos que a força resultante sobre o bloco é dada por. F r = mg sin α i Portanto, a aceleração experimentada pelo

Leia mais

FÍSICA - 3 o ANO MÓDULO 07 DINÂNICA REVISÃO

FÍSICA - 3 o ANO MÓDULO 07 DINÂNICA REVISÃO FÍSICA - 3 o ANO MÓDULO 07 DINÂNICA REVISÃO Como pode cair no enem? (UFF) Professores do Instituto de Física da UFF estudam a dinâmica do movimento de placas geológicas que compõem a crosta terrestre,

Leia mais

Ismael Rodrigues Silva Física-Matemática - UFSC.

Ismael Rodrigues Silva Física-Matemática - UFSC. Ismael Rodrigues Silva Física-Matemática - UFSC www.ismaelfisica.wordpress.com Máquinas Simples(ver arquivo) Revisão... ForçadeAtrito... AlgunsSistemasMecânicos... SistemasMecânicos... Máquinas Simples:

Leia mais

Física - vetores. Página 1 de 9

Física - vetores. Página 1 de 9 1. (Ita) Um barco leva 10 horas para subir e 4 horas para descer um mesmo trecho do rio Amazonas, mantendo constante o módulo de sua velocidade em relação à água. Quanto tempo o barco leva para descer

Leia mais

LISTA UERJ 3 LEIS DE NEWTON

LISTA UERJ 3 LEIS DE NEWTON 1. (Uerj 2008) A figura a seguir representa um sistema composto por uma roldana com eixo fixo e três roldanas móveis, no qual um corpo R é mantido em equilíbrio pela aplicação de uma força F, de uma determinada

Leia mais

1) Um observador vê um pêndulo preso ao teto de um vagão e deslocado da vertical como mostra a figura a seguir.

1) Um observador vê um pêndulo preso ao teto de um vagão e deslocado da vertical como mostra a figura a seguir. 1) Um observador vê um pêndulo preso ao teto de um vagão e deslocado da vertical como mostra a figura a seguir. Sabendo que o vagão se desloca em trajetória retilínea, ele pode estar se movendo de a) A

Leia mais

Trabalho do peso Trabalho do peso

Trabalho do peso Trabalho do peso 1.1.4 Peso ou força gravítica O peso, ou a força gravítica, é a força exercida pela Terra sobre todos os corpos. O peso de um corpo depende: da sua massa, m; da aceleração gravítica, g. Peso ou força gravítica

Leia mais

Lista de Exercícios (Profº Ito) Aplicações das Leis de Newton (Plano Inclinado)

Lista de Exercícios (Profº Ito) Aplicações das Leis de Newton (Plano Inclinado) 1. A figura mostra um bloco que escorrega, a partir do repouso, ao longo de um plano inclinado. Se o atrito fosse eliminado, o bloco escorregaria na metade do tempo. Dê o valor do coeficiente de atrito

Leia mais

Segunda lei de Newton

Segunda lei de Newton Segunda lei de Newton Pela 1ª lei de Newton, não precisamos de força para manter a velocidade de um corpo, mas sim para produzir mudanças (variações) dessa velocidade. Newton apresenta a relação existente

Leia mais

1ª LISTA DE REVISÃO SOBRE ESTÁTICA DO PONTO MATERIAL Professor Alexandre Miranda Ferreira

1ª LISTA DE REVISÃO SOBRE ESTÁTICA DO PONTO MATERIAL Professor Alexandre Miranda Ferreira 1ª LISTA DE REVISÃO SOBRE ESTÁTICA DO PONTO MATERIAL Professor Alexandre Miranda Ferreira www.proamfer.com.br amfer@uol.com.br 1 Um professor de física pendurou uma pequena esfera, pelo seu centro de gravidade,

Leia mais

Plano de Recuperação Semestral 1º Semestre 2016

Plano de Recuperação Semestral 1º Semestre 2016 Disciplina: FÍSICA Série/Ano: 1º ANO Professores: BETO, DIOGO, PH e BILL Objetivo: Proporcionar ao aluno a oportunidade de resgatar os conteúdos trabalhados durante o 1º semestre nos quais apresentou defasagens

Leia mais

Lista de Exercícios de Física Professor Ganso 2º Bimestre

Lista de Exercícios de Física Professor Ganso 2º Bimestre 1) (Uff) Dois corpos, um de massa m e outro de massa 5m, estão conectados entre si por um fio e o conjunto encontra-se originalmente em repouso, suspenso por uma linha presa a uma haste, como mostra a

Leia mais

EXERCÍCIOS FÍSICA 3ª SÉRIE

EXERCÍCIOS FÍSICA 3ª SÉRIE 3ª SÉRIE PROF. HILTON EXERCÍCIOS COMPLEMENTARES ELETROMAGNETISMO INDUÇÃO ELETROMAGNÉTICA QUESTÕES OBJETIVAS Indução eletromagnética. Fluxo de indução magnética 1) (UFMG) A figura mostra um circuito composto

Leia mais

Recuperação de Física - Giovanni

Recuperação de Física - Giovanni Nome: nº Ano: LISTA DE EXERCÍCIOS DE FÍSICA Recuperação de Física - Giovanni 1 - Qual a diferença entre o movimento uniforme (MU) e o movimento uniformemente variado (MUV)? 2 - A equação que representa

Leia mais

Fís. Semana. Leonardo Gomes (Guilherme Brigagão)

Fís. Semana. Leonardo Gomes (Guilherme Brigagão) Semana 9 Leonardo Gomes (Guilherme Brigagão) Este conteúdo pertence ao Descomplica. Está vedada a cópia ou a reprodução não autorizada previamente e por escrito. Todos os direitos reservados. CRONOGRAMA

Leia mais

FORÇA e INTERAÇÕES. Forças de contacto Quando uma força envolve o contacto direto entre dois corpos

FORÇA e INTERAÇÕES. Forças de contacto Quando uma força envolve o contacto direto entre dois corpos FORÇA e INTERAÇÕES Forças de contacto Quando uma força envolve o contacto direto entre dois corpos Forças de longo alcance Acuam mesmo quando os corpos não estão em contacto, como por exemplo as forças

Leia mais

LISTA DE EXERCÍCIOS PLANO INCLINADO PROF. PEDRO RIBEIRO

LISTA DE EXERCÍCIOS PLANO INCLINADO PROF. PEDRO RIBEIRO LISTA DE EXERCÍCIOS PLANO INCLINADO PROF. PEDRO RIBEIRO 1 Um bloco de massa m = 10 kg, inicialmente a uma altura de 2 m do solo, desliza em uma rampa de inclinação 30 o com a horizontal. O bloco é seguro

Leia mais

FÍSICA 9ºano 2º Trimestre / 2016 BATERIA DE EXERCÍCIOS COMPLEMENTARES

FÍSICA 9ºano 2º Trimestre / 2016 BATERIA DE EXERCÍCIOS COMPLEMENTARES FÍSICA 9ºano 2º Trimestre / 2016 BATERIA DE EXERCÍCIOS COMPLEMENTARES 1. Um atleta deseja percorrer 25 km em 2 h. Por dificuldades encontradas no trajeto, percorre 10 km com a velocidade média de 8 km/h.

Leia mais

Parte 2 - PF de Física I NOME: DRE Teste 1

Parte 2 - PF de Física I NOME: DRE Teste 1 Parte 2 - PF de Física I - 2017-1 NOME: DRE Teste 1 Nota Q1 Questão 1 - [2,5 ponto] Um astronauta está ligado a uma nave no espaço através de uma corda de 120 m de comprimento, que está completamente estendida

Leia mais

GOIÂNIA, / / ALUNO(a): LISTA DE EXERCÍCIOS DE FÍSICA 3 BI - L1

GOIÂNIA, / / ALUNO(a): LISTA DE EXERCÍCIOS DE FÍSICA 3 BI - L1 GOIÂNIA, / / 2015 PROFESSOR: Fabrízio Gentil Bueno DISCIPLINA: FÍSICA SÉRIE: 1 o ALUNO(a): NOTA: No Anhanguera você é + Enem LISTA DE EXERCÍCIOS DE FÍSICA 3 BI - L1 1. Um trabalhador empurra um conjunto

Leia mais

Trabalho e Energia. = g sen. 2 Para = 0, temos: a g 0. onde L é o comprimento do pêndulo, logo a afirmativa é CORRETA.

Trabalho e Energia. = g sen. 2 Para = 0, temos: a g 0. onde L é o comprimento do pêndulo, logo a afirmativa é CORRETA. Trabalho e Energia UFPB/98 1. Considere a oscilação de um pêndulo simples no ar e suponha desprezível a resistência do ar. É INCORRETO afirmar que, no ponto m ais baixo da trajetória, a) a energia potencial

Leia mais

COLÉGIO SHALOM Ensino Médio 1 Ano Prof.º: Wesley Disciplina Física Aluno (a):. No.

COLÉGIO SHALOM Ensino Médio 1 Ano Prof.º: Wesley Disciplina Física Aluno (a):. No. COLÉGIO SHALOM Ensino Médio 1 Ano Prof.º: Wesley Disciplina Física Aluno (a):. No. Trabalho de Recuperação Data: 05/08/2015 Valor: Orientações: -Responder manuscrito; -Cópias de colegas, entrega com atraso,

Leia mais

UNIFEI - UNIVERSIDADE FEDERAL DE ITAJUBÁ

UNIFEI - UNIVERSIDADE FEDERAL DE ITAJUBÁ UNIFEI - UNIVERSIDADE FEDERAL DE ITAJUBÁ PROVA DE CÁLCULO 1 e 2 PROVA DE TRANSFERÊNCIA INTERNA, EXTERNA E PARA PORTADOR DE DIPLOMA DE CURSO SUPERIOR - 29/11/2015 CANDIDATO: CURSO PRETENDIDO: OBSERVAÇÕES:

Leia mais

b) a intensidade da força de contato entre A e B.

b) a intensidade da força de contato entre A e B. LISTA DE ATRITO 1. (FGV-SP) O sistema indicado está em repouso devido à força de atrito entre o bloco de massa de 10 kg e o plano horizontal de apoio. Os fios e as polias são ideais e adota-se g = 10 m/s

Leia mais

01MU) Um móvel realiza um movimento uniforme num determinado referencial. Seus espaços variam com o tempo segundo os dados da tabela:

01MU) Um móvel realiza um movimento uniforme num determinado referencial. Seus espaços variam com o tempo segundo os dados da tabela: ALUNO(A): ATIVIDADE INSTRUMENTAL PROFESSOR: PAULO SÉRGIO DATA: 03 / 05 /2017 DISCIPLINA: CIÊNCIAS - FÍSICA 9 º A ( ) B ( ) C ( ) LISTA: MOVIMENTO UNIFORME E DINÂMICA ( LEIS DE NEWTON) FÍSICA PAULO SÉRGIO

Leia mais

Lista de Exercícios para a P1-2014

Lista de Exercícios para a P1-2014 Lista de Exercícios para a P1-2014 OBJETIVAS www.engenhariafacil.weebly.com 1)(Halliday-Adaptad Uma pessoa saltou do topo de um edifício de H m, caindo em cima da caixa de um ventilador metálico, que afundou

Leia mais

Forças I Forças Notáveis

Forças I Forças Notáveis Forças I Forças Notáveis Peso de um corpo 1. a força peso ( P ) é uma força de campo, pois ocorre pela ação a distância entre os corpos. 2. Peso de um corpo é a força de atração gravitacional que a Terra

Leia mais

Forças sobre o plano inclinado e Leis de Newton

Forças sobre o plano inclinado e Leis de Newton Forças sobre o plano inclinado e Leis de Newton à Força normal: sempre perpendicular ao plano (faz com ele um ângulo de 90 o ), é uma força de sustentação do objeto, exercida pela superfície = força de

Leia mais

Mecânica Newtoniana (Física I)

Mecânica Newtoniana (Física I) Tec. Processos Metalúrgicos 2013/1 Funcionamento da ciência O método científico: Funcionamento da ciência O método científico: Funcionamento da ciência A Física clássica: Funcionamento da ciência A Física

Leia mais

Lista 5 Leis de Newton

Lista 5 Leis de Newton Sigla: Disciplina: Curso: FISAG Física Aplicada a Agronomia Agronomia Lista 5 Leis de Newton 01) Um corpo de massa m sofre ação de duas forças F1 e F2, como mostra a figura. Se m = 5,2 kg, F1 = 3,7 N e

Leia mais

Disciplina: Física Ano: 2º Ensino Médio Professora: Daniele Santos Lista de Exercícios 04 Cinemática Vetorial e Composição de Movimentos

Disciplina: Física Ano: 2º Ensino Médio Professora: Daniele Santos Lista de Exercícios 04 Cinemática Vetorial e Composição de Movimentos INSTITUTO GAY-LUSSAC Disciplina: Física Ano: 2º Ensino Médio Professora: Daniele Santos Lista de Exercícios 04 Cinemática Vetorial e Composição de Movimentos Questão 1. Um automóvel percorre 6,0km para

Leia mais

Fís. Semana. Leonardo Gomes (Guilherme Brigagão)

Fís. Semana. Leonardo Gomes (Guilherme Brigagão) Semana 7 Leonardo Gomes (Guilherme Brigagão) Este conteúdo pertence ao Descomplica. Está vedada a cópia ou a reprodução não autorizada previamente e por escrito. Todos os direitos reservados. CRONOGRAMA

Leia mais

Fís. Semana. Leonardo Gomes (Guilherme Brigagão)

Fís. Semana. Leonardo Gomes (Guilherme Brigagão) Semana 7 Leonardo Gomes (Guilherme Brigagão) Este conteúdo pertence ao Descomplica. Está vedada a cópia ou a reprodução não autorizada previamente e por escrito. Todos os direitos reservados. CRONOGRAMA

Leia mais

LISTA 1 DE EXERCÍCIOS

LISTA 1 DE EXERCÍCIOS CURSO: ENGENHARIAS LISTA 1 DE EXERCÍCIOS DISCIPLINA: FÍSICA GERAL E EXPERIMENTAL - MECÂNICA Professora: Paula Beghelli paula-beghelli@anhanguera.com Instruções: Resolver esta lista INDIVIDUAL ou em GRUPO

Leia mais

Fís. Semana. Leonardo Gomes (Guilherme Brigagão)

Fís. Semana. Leonardo Gomes (Guilherme Brigagão) Semana 8 Leonardo Gomes (Guilherme Brigagão) Este conteúdo pertence ao Descomplica. Está vedada a cópia ou a reprodução não autorizada previamente e por escrito. Todos os direitos reservados. CRONOGRAMA

Leia mais

GABARITO DA AFE02 FÍSICA 2ª SÉRIE 2016

GABARITO DA AFE02 FÍSICA 2ª SÉRIE 2016 GABARITO DA AFE0 FÍSICA ª SÉRIE 016 1) A figura abaixo representa um móvel m que descreve um movimento circular uniforme de raio R, no sentido horário, com velocidade de módulo V. Assinale a alternativa

Leia mais

Tarefas 17, 18 e 19 Professor William DINAMICA LEIS DE NEWTON. Exercícios

Tarefas 17, 18 e 19 Professor William DINAMICA LEIS DE NEWTON. Exercícios Tarefas 17, 18 e 19 Professor William DINAMICA LEIS DE NEWTON Exercícios 01. Se duas forças agirem sobre um corpo, a que condições essas forças precisam obedecer para que o corpo fique em equilíbrio? 02.

Leia mais

v (a) v (b) v (c) v (d) v (e) 0 t 0 t 0 t 0 t 0 t

v (a) v (b) v (c) v (d) v (e) 0 t 0 t 0 t 0 t 0 t Lista - Aula 03A UFRJ Equipe UFRJ Olimpíada Brasileira de Física 1) Gráficos de velocidade (v) versus tempo (t) para cinco objetos são mostrados abaixo. Todos os eixos têm a mesma escala. Qual o objeto

Leia mais

Trabalho e Potência. Engenharia - Física Mecânica, Prof. Simões Trabalho e Potência. Nome: Turma: Identifique a melhor alternativa

Trabalho e Potência. Engenharia - Física Mecânica, Prof. Simões Trabalho e Potência. Nome: Turma: Identifique a melhor alternativa Engenharia - Física Mecânica, Prof. Simões Trabalho e Potência Nome: Turma: Trabalho e Potência Identifique a melhor alternativa 1. (U.F. PE) O gráfico da figura mostra a variação da intensidade da força

Leia mais

FORÇAS E LEIS DE NEWTON

FORÇAS E LEIS DE NEWTON FORÇAS E LEIS DE EWTO A Força é uma interação entre dois corpos, perceptível pelos seus efeitos. Uma força pode causar vários efeitos diferentes em um corpo, como por exemplo: imprimir movimento, cessar

Leia mais

MECÂNICA - CINEMÁTICA

MECÂNICA - CINEMÁTICA MECÂNICA - CINEMÁTICA Cinemática CONCEITOS FUNDAMENTAIS 1. REFERENCIAL É um corpo ou um conjunto de corpos que usamos para estabelecer a posição de outros corpos. MOVIMENTO A posição de um corpo varia,

Leia mais

Física. Disciplina: Ciências Naturais Professor: Mário César Castro

Física. Disciplina: Ciências Naturais Professor: Mário César Castro GDF - SECRETARIA DE ESTADO DE EDUCAÇÃO DO DF SUBSECRETARIA DE SUPORTE EDUCACIONAL DO DF GERÊNCIA REGIONAL DE ENSINO DE PLANALTINA CENTRO DE ENSINO FUNDAMENTAL 02 Física Disciplina: Ciências Naturais Professor:

Leia mais

Aplicações das Leis de Newton Fernanda Dalpiaz Curso Técnico em Administração IFRS Rio Grande do Sul, Osório, Brasil

Aplicações das Leis de Newton Fernanda Dalpiaz Curso Técnico em Administração IFRS Rio Grande do Sul, Osório, Brasil Aplicações das Leis de Newton Fernanda Dalpiaz Curso Técnico em Administração IFRS Rio Grande do Sul, Osório, Brasil 1. Introdução Esse trabalho irá apresentar as Leis de Newton e as suas aplicações. As

Leia mais

Ensino Médio Unidade Parque Atheneu Professor (a): Junior Condez Aluno (a): Série: 3ª Data: / / LISTA DE FÍSICA II

Ensino Médio Unidade Parque Atheneu Professor (a): Junior Condez Aluno (a): Série: 3ª Data: / / LISTA DE FÍSICA II Ensino Médio Unidade Parque Atheneu Professor (a): Junior Condez Aluno (a): Série: 3ª Data: / / 2015. LISTA DE FÍSICA II 1) Duas bolas de dimensões desprezíveis se aproximam uma da outra, executando movimentos

Leia mais

Campo Elétrico. a) Q < 0 e q < 0. b) Q > 0 e q < 0. c) Q < 0 e q neutra. d) Q > 0 e q > 0. e) Q < 0 e q > 0.

Campo Elétrico. a) Q < 0 e q < 0. b) Q > 0 e q < 0. c) Q < 0 e q neutra. d) Q > 0 e q > 0. e) Q < 0 e q > 0. QUESTÃO 1 Uma partícula carregada positivamente é abandonada do ponto A da figura, presa a um fio isolante, em uma região de campo elétrico uniforme, como mostra a figura. Desprezando a ação gravitacional,

Leia mais

Forças II Forças de Atrito

Forças II Forças de Atrito Forças II Forças de Atrito Forças de atrito: são forças que surgem durante o contato dos corpos e que se opõem ao movimento ou à tendência de movimento relativo entre os corpos. A força de atrito entre

Leia mais

Dinâmica - Lista 2. Sumário. 1 Leis de Newton - Exercícios. Professor Walescko 22 de setembro de 2005

Dinâmica - Lista 2. Sumário. 1 Leis de Newton - Exercícios. Professor Walescko 22 de setembro de 2005 Dinâmica - Lista 2 Professor Walescko 22 de setembro de 2005 Sumário 1 Leis de Newton - Exercícios 1 2 Aplicações das Leis de Newton 5 3 Gabarito 9 1 Leis de Newton - Exercícios 1. (Venusp-SP) Assinale

Leia mais

FÍSICA - 3 o ANO MÓDULO 06 PLANO INCLINADO

FÍSICA - 3 o ANO MÓDULO 06 PLANO INCLINADO FÍSICA - 3 o ANO MÓDULO 06 PLANO INCLINADO P T P N θ P Como pode cair no enem? Uma máquina utiliza um carrinho para retirar carvão do interior de uma mina, puxando-o, sobre um plano inclinado, por meio

Leia mais

FÍSICA - 3 o ANO MÓDULO 25 IMPULSÃO E QUANTIDADE DE MOVIMENTO REVISÃO

FÍSICA - 3 o ANO MÓDULO 25 IMPULSÃO E QUANTIDADE DE MOVIMENTO REVISÃO FÍSICA - 3 o ANO MÓDULO 25 IMPULSÃO E QUANTIDADE DE MOVIMENTO REVISÃO Como pode cair no enem (UFF) Para construir barracos em uma região on-de predominam matacões (pedras gigantes), os invasores do Jardim

Leia mais

LISTA DE EXERCÍCIOS - TERMOMETRIA

LISTA DE EXERCÍCIOS - TERMOMETRIA GOVERNO DO ESTADO DE PERNAMBUCO Competência, ética e cidadania SECRETARIA DE EDUCAÇÃO LISTA DE EXERCÍCIOS - TERMOMETRIA Aluno(a): nº 2º ano MOVIMENTO UNIFORMEMENTE VARIADO Você já pensou o que acontece

Leia mais

Exercícios de Física Movimento Harmônico Simples - MHS

Exercícios de Física Movimento Harmônico Simples - MHS Exercícios de Física Movimento Harmônico Simples - MHS 1.Um movimento harmônico simples é descrito pela função x = 7 cos(4 t + ), em unidades de Sistema Internacional. Nesse movimento, a amplitude e o

Leia mais

ESCOLA SECUNDÁRIA FERREIRA DIAS, AGUALVA - SINTRA

ESCOLA SECUNDÁRIA FERREIRA DIAS, AGUALVA - SINTRA ESCOLA SECUNDÁRIA FERREIRA DIAS, AGUALVA - SINTRA CURSOS PROFISSIONAIS Disciplina: FÍSICA E QUÍMICA Módulo (*) : F1 Forças e Movimento - *Trabalho e Energia (*) e extensão do módulo, se aplicável. Matriz

Leia mais

1. 2. t = 0 segundos V (m/s) 7,0 6,0 t (s) S = 2 + 4t 2t2

1. 2. t = 0 segundos V (m/s) 7,0 6,0 t (s) S = 2 + 4t 2t2 1. Um caminhão se desloca em movimento retilíneo e horizontal com velocidade constante de 20 m/s. Sobre sua carroceria está um canhão, postado para tiros verticais, conforme indica a figura. Despreze a

Leia mais

Lista Recuperação Paralela I Unidade

Lista Recuperação Paralela I Unidade Aluno(a) Turma N o Série 2 a Ensino Médio Data / / 06 Matéria Física Professores Abud/Bahiense Lista Recuperação Paralela I Unidade 01. (FEI-SP) Em uma mola foram penduradas diferentes massas e verificou-se

Leia mais

Unidade 5: Força e movimento

Unidade 5: Força e movimento Unidade 5: Força e movimento Desde a antiguidade até os dias atuais que nós, seres humanos, estudamos e aprendemos sobre a produção do movimento e como dominá-lo. E essa constante evolução tecnológica

Leia mais

NOME: N O : TURMA: 2M311. PROFESSOR: Glênon Dutra

NOME: N O : TURMA: 2M311. PROFESSOR: Glênon Dutra Apostila de Revisão n 2 DISCIPLINA: Física NOME: N O : TURMA: 2M311 PROFESSOR: Glênon Dutra DATA: Mecânica - 2. FORÇAS E LEIS DE NEWTON É importante que o candidato saiba, em uma situação específica, identificar

Leia mais

Fís. Semana. Leonardo Gomes (Arthur Vieira)

Fís. Semana. Leonardo Gomes (Arthur Vieira) Semana 2 Leonardo Gomes (Arthur Vieira) Este conteúdo pertence ao Descomplica. Está vedada a cópia ou a reprodução não autorizada previamente e por escrito. Todos os direitos reservados. CRONOGRAMA 06/02

Leia mais

FQA Ficha 9 Exercícios variados

FQA Ficha 9 Exercícios variados ESCOLA SECUNDÁRIA DE CASQUILHOS FQA Ficha 9 Exercícios variados 11.º Ano Turma A e B 10 novembro 2014 NOME Nº Turma 1. Um grupo de alunos realizou a atividade de laboratório AL-1.4 - Satélite geostacionário

Leia mais