Planejamento Estratégico de Tecnologia da Informação do TRT 11 a Região AM/RR

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Planejamento Estratégico de Tecnologia da Informação do TRT 11 a Região AM/RR"

Transcrição

1 TRT11 a Planejamento Estratégico de Tecnologia da Informação do TRT 11 a Região AM/RR (MINUTA) Atendendo a RESOLUÇÃO Nº 99, DE 24 DE NOVEMBRO DE 2009 Dispõe sobre o Planejamento e a Gestão Estratégica de Tecnologia da Informação no âmbito do Poder Judiciário e dá outras providências. 1

2 PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO TRT 11 a REGIÃO 1. Objetivo O presente documento tem como objetivo apresentar o Planejamento Estratégico de Tecnologia da Informação do Tribunal Regional do Trabalho da 11ª Região para o período , registrando as ações a serem realizadas e os produtos resultantes desde o início do processo de elaboração do referido planejamento. 2. Desenvolvimento dos Trabalhos O Planejamento Estratégico de Tecnologia da Informação foi instituído pela Comissão de Informática designada pela Portaria nº 1254/2009/SGP, composta pelo Desembargador Federal DAVID ALVES DE MELLO JÚNIOR, o juíz AFRÂNIO R. PINTO ALVES SEIXAS; a Diretora Geral, a Diretora da 15ª Vara do Trabalho de Manaus, Diretora da Secretaria do Pleno, Diretor da Secretaria de Informática e um Analista de Sistema da Secretaria de Informática. 3. Preparação Foram desenvolvidas as seguintes atividades que antecederam à realização da formulação do planejamento, com o objetivo de coletar dados e preparar o ambiente, buscando assegurar o resultado pretendido: Definição da equipe de planejamento, composta por representantes dos juízes, dos diretores e dos servidores. Distribuição de expediente solicitando a todos os setores do Tribunal, aos Diretores, aos Juízes Titulares e Substitutos, para que apresentassem sugestões acerca do Planejamento Estratégico de Tecnologia da Informação. Realização de reuniões, na Secretaria de Tecnologia da Informação, para apresentação do método de trabalho, com a coleta de informações dos setores do Tribunal e seus respectivos diretores. 4. Desenvolvimento do Planejamento O desenvolvimento do planejamento foi efetuado basicamente do resultado das reuniões ocorridas na sede do TRT, com a participação dos Juízes, dos Diretores dos diversos Setores do Tribunal e dos servidores. Após as reuniões, a Equipe de Planejamento apresentou os resultados à comissão instituída pela Presidência do TRT, responsável pelas decisões finais. 2

3 O desenvolvimento do planejamento percorreu as seguintes etapas: Definição da Identidade Organizacional Missão Visão Valores Constituída da missão, que é a razão de existir da organização ou o propósito básico para o qual se direcionam todas as suas atividades; visão, que é a situação desejada para o futuro; e valores, que são as crenças da organização e que servem de base para todas as decisões e para comportamento dos servidores. Análise do Ambiente Interno Identificação de pontos fortes e fracos da organização, que podem interferir no seu posicionamento estratégico. Análise do Ambiente Externo Visualização das oportunidades e ameaças que podem afetar a organização, de forma positiva ou negativa, consistindo em intervenientes externos e sob os quais a organização não tem qualquer tipo de controle. Análise Matricial Avaliação da inter-relação existente entre os pontos fortes, os pontos fracos, as oportunidades e ameaças, com o objetivo de permitir uma visão mais clara do relacionamento existente entre o ambiente interno e o ambiente externo da organização. Esta análise permitiu a identificação das potencialidades, capacidade defensiva, debilidades e vulnerabilidades da organização. Análise dos Fatores Influentes Avaliação da inter-relação existente entre os pontos fortes e pontos fracos considerados com maior capacidade de influência, na busca das oportunidades e na minimização ou neutralização dos efeitos das ameaças. Esta análise possibilitou a visualização de possíveis conseqüências da intervenção no ambiente interno da organização, reforçando as condições para a tomada de decisão. Definição das Estratégias Após a análise das conclusões, e buscando a coerência com a visão de futuro para 2014, a missão e os valores, foi definida a estratégia da organização, considerando as dimensões financeiras e orçamentárias, usuários e sociedade, processos internos, pessoas e infraestrutura. Desdobramento dos Objetivos Estratégicos, Indicadores e Metas Tendo como base as diretrizes estratégicas, os pontos fortes, as principais fraquezas a serem eliminadas e o direcionamento à captura das oportunidades e neutralização ou minimização dos efeitos das ameaças, foram identificados 12 objetivos estratégicos. Em conseqüência, foram definidos os indicadores estratégicos e as respectivas metas. 3

4 Priorização de Projetos Estratégicos Consiste na priorização dos projetos constantes no portfólio de projetos estratégicos de acordo com o nível de impacto nos objetivos estratégicos definidos no planejamento. Os projetos priorizados foram sumariamente descritos nas fichas de projetos, que contém informações sobre o escopo, a justificativa, o alinhamento estratégico e os clientes dos projetos. 5. Equipe A elaboração do planejamento estratégico foi liderada pelo Diretor da Secretaria de Tecnologia da Informação, Vicente Fernandes Tino em conjunto coma a equipe da Secretaria além do apoio e a colaboração de todas as unidades administrativas do Regional. 6. Resultados Alcançados A seguir apresentam-se os produtos obtidos no processo de elaboração do Planejamento Estratégico de Tecnologia da Informação do TRT da 11ª Região. 4

5 Sociedade MAPA ESTRATÉGICO DE TIC DO TRT da 11ª REGIÃO Missão: Prover soluções de Tecnologia da Informação e Comunicação (TIC) efetivas que viabilizem o cumprimento da função institucional do TRT da 11ª Região Visão de Futuro: Valores Ser reconhecido, até 2014, como um centro de Ética excelência de serviços e soluções de Inovação Segurança Tecnologia da Informação e Comunicação (TIC) Transparência dentre os Regionais. Responsabilidade social e ambiental 1- Alinhamento e Integração 2- Acesso ao Sistema de Justiça 3- Responsabilidade Social e Ambiental Processos Internos Promover a capilaridade dos Promover a integração das iniciativas sistemas e serviços de TIC para de TIC com as necessidades e facilitar o acesso à Justiça do expectativas do Regional Trabalho 4-Eficiência Operacional Adotar e monitorar a Promover a Promover e implantar aplicação de governança Segurança da soluções efetivas, de TIC Informação inovadoras e flexíveis Promover soluções de TIC que utilizem os recursos de forma sustentável com responsabilidade social e ambiental 5- Atuação Institucional Promover a integração e colaboração com os outros órgãos da Justiça. 6- Gestão de Pessoas 7- Infra-estrutura e Tecnologia 8- Orçamento Recursos Desenvolver competências técnicas e gerenciais com foco na estratégia Garantir a adequação dos quadros de pessoal de TIC para a execução da estratégia Garantir a disponibilidade de sistemas e serviços essenciais às atividades judiciais e administrativas Garantir a adequação da infraestrutura, sistemas e serviços de TIC Buscar a excelência na gestão orçamentária assegurando a execução da Estratégia de TIC 5

6 TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO 11 a REGIÃO Missão: Prover soluções de Tecnologia da Informação e Comunicação (TIC) efetivas que viabilizem o cumprimento da função institucional do TRT da 11ª Região. Visão: Ser reconhecido, até 2014, como um centro de excelência de serviços e soluções de Tecnologia da Informação e Comunicação (TIC) dentre os Regionais. Atributos de Valor para a Sociedade: Ética Inovação Segurança Transparência Responsabilidade social e ambiental 6

7 Tema 1: Alinhamento e Integração Objetivo Estratégico: Promover a integração das iniciativas de TIC com as necessidades e expectativas do Regional Descrição do Objetivo: Garantir que as soluções de TIC atendam de forma efetiva as unidades da Justiça do Trabalho, respeitando as particularidades locais e visando resultados de curto, médio e longo prazo (continuidade). Indicadores Relacionados ao Objetivo: Indicador Meta Linha de base Tabela formatada I1.1 Quantidade de Sistemas desenvolvidos pelos Regionais (Indicador 6 CNJ) I1.2 Índice de atendimento aos padrões nacionais (Indicador 7 CNJ) Desenvolver em parceria com outros tribunais no mínimo 05 projetos até projetos 2 projetos 3 projetos 4 projetos 5 projetos Formatado: Centralizado - 60% 70% 80% 90% 100% I1.3 Índice de implantação de Sistemas Nacionais - 70% 80% 90% 95% 100% Formatado: Centralizado Projetos Relacionados: P1 Utilização do Escritório de Projetos do Regional para padronizar os projetos de TIC e acompanhar os resultados dos indicadores de desempenho dos projetos estratégico. 7

8 Tema 2: Acesso ao Sistema de Justiça Objetivo Estratégico: Promover a capilaridade dos sistemas e serviços de TIC para facilitar o acesso à Justiça do Trabalho Descrição do Objetivo: Assegurar que as soluções de TIC cheguem a toda a área de atuação do Regional de forma a garantir o cumprimento da sua função institucional. Indicadores Relacionados ao Objetivo: Indicador I2.1 Indice de postos de acesso a justiça atualizados com os recursos de TIC Meta Linha de base Aumentar para 100% o índice de disponibilização de recursos de TIC, até % 80% 90% 95% 100% Formatado: Centralizado Projetos Relacionados: P2 Plano Nacional para ampliação dos Links de Comunicação entre as unidades judiciárias. 8

9 Tema 3: Responsabilidade Social e Ambiental Objetivo Estratégico: Promover soluções de TIC que utilizem os recursos de forma sustentável com responsabilidade social e ambiental. Descrição do Objetivo: Promover a responsabilidade social e ambiental garantindo também a economicidade dos recursos por meio da racionalização na aquisição e utilização de materiais, bens e serviços. Indicadores Relacionados ao Objetivo: Indicador I3.1 - Redução do consumo de papel Meta Linha de base Diminuir o gasto com papel em x%, em relação ao ano anterior, até = resmas e 2009= (estimativa) 2% 4% 6% 8% 10% I3.2 - Redução do Diminuir o gasto com energia em 5%, em relação ao ano anterior, considerando a ampliação das instalações e do quadro de pessoal do Regional, até 2014 consumo de energia Kw/h em % 2% 3% 4% 5% Projetos Relacionados: P3 Projeto de conscientização e controle dos insumos de impressão do Regional, bem como a adoção dos meios eletrônicos ( e malote digital) para comunicação interna. P4 Instalação de um sistema de monitoramento do consumo e qualidade dos recursos elétricos com objetivo de promover a eficiêntização energética no Regional 9

10 Tema 4: Eficiência Operacional Objetivo Estratégico: Adotar e monitorar a aplicação de governança de TIC Descrição do Objetivo: Garantir a aplicação das boas práticas de governança de TIC, nos processos de criação de sistemas, atendimento de usuários e manutenção da infraestrutura. Indicadores Relacionados ao Objetivo: Meta Indicador Linha de base I4.1 - Índice de processos de TIC mapeados I4.2 Quantidade de ocorrências de paradas ou erros decorrentes de especificações de mudanças inadequadas ou avaliações de impacto crítico inconsistentes Índice de 100% de mapeamento dos processos de TIC até % 80% 90% 95% 100% Reduzir para 2 ocorrências por ano até I4.3 Índice de retrabalho de Reduzir para 10% até 2014 o indice de mudanças implementadas que infraestrutura ou aplicação necessitam de retrabalho causada por especificações de mudança inadequadas - 50% 40% 30% 20% 10% I4.4 Índice de mudanças que Aumentar para 90% até 2014 seguem o processos ordinário de controle de mudanças - 50% 60% 70% 80% 90% Projetos Relacionados: P5 Certificar Nível F do MPS-Br o processo de desenvolvimento de software da Secretaria de TIC até 2011 P6 Implementar o Gerenciamento de Serviço de TIC com ITIL até P7 Implantar o nível de maturidade 3 do Cobit até

11 Tema 4: Eficiência Operacional Objetivo Estratégico: Promover a Segurança da Informação Descrição do Objetivo: Prover os recursos tecnológicos e a adoção de boas práticas de forma a garantir a segurança da informação no Regional. Indicadores Relacionados ao Objetivo: Indicador Meta Linha de base I4.5 Índice de politicas de Implantar comitê e política de segurança da informação até 2011 Segurança implantadas no Regional - 80% 100% 100% 100% 100% Formatado: Centralizado I4.6 Índice de ataques externos e internos impedidos I4.7 Índice de processos críticos de negócio dependentes da TIC e não contemplados no Plano de Continuídade I4.8 Índice de restauração de dados bem-sucedidos I4.9 Índice de incidentes nos quais dados confidenciais foram recuperados com sucesso após descarte da mídia Impedir 90% dos ataques internos e externos automaticamente através da infraestrutura até % 90% 95% 98% 99% Aumentar para 100% até % 70% 80% 90% 100% Aumentar para 100% até % 70% 80% 90% 100% Aumentar para 100% até % 70% 80% 90% 100% Formatado: Centralizado Projetos Relacionados: P8 Implantar GSI Gestão da Segurança da Informação no Regional atendendo a NBR ISO 17799:2005 P9 - Desenvolvimento e implantação do Plano de Continuidade de TI (PCTI) do TRT11. 11

12 Tema 4: Eficiência Operacional Objetivo Estratégico: Promover e implantar soluções efetivas, inovadoras e flexíveis. Descrição do Objetivo: Desenvolver soluções tecnológicas inovadoras que otimizem os processos administrativos e judiciais, promovendo celeridade e eficiência. Indicadores Relacionados ao Objetivo: Indicador I Quantidade de soluções tecnológicas desenvolvidas no ano, com foco na estratégia. Meta Linha de base Implementar 4 projetos novos por ano, até projetos atuais 2 projetos 2 projetos 3 projetos 4 projetos 4 projetos Projetos Relacionados: P10 Elaborar um Sistema, com os indicadores do Planejamento Estratégico do Regional e de TIC, para acompanhamento da evolução das Ações do Grupo de Líderes de Projeto. P11 Implantação do Processo Administrativo Eletrônico P12 Implantação do Processo Judicial Eletrônico 12

13 Tema 5: Atuação Institucional Objetivo Estratégico: Promover a integração e colaboração com os outros órgãos da Justiça. Descrição do Objetivo: Valorizar e difundir práticas que fomentem e conservem valores éticos e morais (imparcialidade, probidade, transparência) no âmbito da Justiça do Trabalho, nas organizações ligadas à atividade judiciária. Indicadores Relacionados ao Objetivo: Indicador I5.1 Indice de disponibilidade das informações processuais pelo Portal I5.2 Índice de informações orçamentárias e financeiras disponibilizadas na Internet Meta Linha de base Aumentar o índice de publicação na internet para 100%, até % dos processos publicados 85% 90% 95% 100% 100% Aumentar o índice de informações orçamentárias disponibilizadas na internet para 100% até % das informações publicadas 85% 90% 95% 100% 100% Projetos Relacionados: P11 Implantação do Processo Administrativo Eletrônico P12 Implantação do Processo Judicial Eletrônico P13 Adoção de uma solução de Portal para colaboração e disponibilização das informações na Internet 13

14 Tema 6: Gestão de Pessoas Objetivo Estratégico: Desenvolver competências técnicas e gerenciais com foco na estratégia. Descrição do Objetivo: Garantir que os servidores da área de TIC possuam conhecimentos, habilidades e atitudes essenciais para o alcance dos objetivos estratégicos. Indicadores Relacionados ao Objetivo: Indicador I6.1 Índice de atingimento do Plano Nacional de Capacitação Meta Linha de base Aumentar o índice de atingimento do Plano Nacional de Capacitação 100%, até % 70% 80% 90% 100% I6.2 Carga horária mínima de treinamento para os servidores de TIC Manter no mínimo uma média 50 horas de treinamento, por funcionário da Secretaria, por ano até 2014 Média de 100 horas de treinamento por funcionário por ano 50 horas 50 horas 50 horas 50 horas 50 horas Projetos Relacionados: P14 Programa anual e permanente de Treinamento para os servidores da área de TIC 14

15 Tema 6: Gestão de Pessoas Objetivo Estratégico: Garantir a adequação dos quadros de pessoal de TIC para a execução da estratégia. Descrição do Objetivo: Garantir ajuste no quadro de pessoal dentro da área de TIC de forma a atender as necessidades do Regional e a Resolução 90 do CNJ Indicadores Relacionados ao Objetivo: Indicador I6.3 Índice de atingimento da Resolução 90 do CNJ Meta Linha de base Aumentar o índice de atingimento da Resolução 90 do CNJ para 100%, até % 70% 80% 90% 100% Projetos Relacionados: P15 Projeto de reestruturação (infraestrutura e pessoal) da Secretaria de TIC de forma a atender a Resolução 90 do CNJ 15

16 Tema 7: Infraestrutura e Tecnologia Objetivo Estratégico: Garantir a disponibilidade de sistemas e serviços essenciais às atividades judiciais e administrativas do Regional Descrição do Objetivo: Estruturar a tecnologia da informação e o seu gerenciamento de forma a garantir o desenvolvimento, aperfeiçoamento e a disponibilidade dos sistemas essenciais à execução das atividades judiciais e administrativas do Regional. Indicadores Relacionados ao Objetivo: Indicador Meta Linha de base I7.1 - Índice de aderência aos padrões mínimos de TI I7.2 - Índice de aderência às PETI (Planejamento Estratégico de TI) I7.3 - Índice de disponibilidade de infraestrutura de equipamentos de tecnologia I7.4 - Índice de disponibilidade de sistemas on-line Aumentar o índice de aderência aos padrões para 100% até 2014 Atualmente 55% dos itens atendidos 60% 70% 80% 90% 100% Alcançar um índice de aderência às PETI de 99% até 2014 Atualmente 55% das metas alcançadas 60% 70% 80% 90% 100% Aumentar o índice de disponibilidade de equipamentos para 99% até 2014 Atualmente 92% de disponibilidade 95% 96% 97% 98% 99% Aumentar o índice de disponibilidade de sistemas para 99,99% até 2014 Atualmente 92% de disponibilidade 95% 96% 97% 98% 99,99 % I7.5 Quantidade de horas perdidas por usuários por mês devido paradas não planejadas nos sistemas de TIC Reduzir para 1500 horas por mês por usuário até 2014 Atualmente considerando o principal sistema (APT 1ª e 2ª Instância) com um tempo médio de parada mensal em torno de 4 horas e um universo de 600 usuários, temos: 2400 horas mensais 2400 horas 2150 horas 1900 horas 1750 horas 1500 horas Formatado: Fonte: 8 pt, Fonte de script complexo: 8 pt Formatado: Fonte: 9 pt Formatado: Fonte: 9 pt Projetos Relacionados: P15 Projeto de reestruturação (infraestrutura e pessoal) da Secretaria de TIC de forma a atender a Resolução 90 do CNJ P16 Modernização dos equipamentos de Informática no Regional P17 Instalação do Sítio Backup e a Sala Cofre 16

17 Tema 7: Infraestrutura e Tecnologia Objetivo Estratégico: Garantir a adequação da infraestrutura, sistemas e serviços de TIC. Descrição do Objetivo: Prover os recursos tecnológicos (instalações, equipamentos de informática e sistemas) bem como equipe capacitada que permitam o bom desempenho das unidades do Judiciário, garantindo aos magistrados e servidores condições de trabalho com saúde e segurança. Indicadores Relacionados ao Objetivo: Indicador I7.6 - Índice de satisfação com as instalações físicas Meta Linha de base Alcançar um índice de satisfação de 70% até % 40% 50% 60% 70% Formatado: Centralizado I7.7 - Índice de Alcançar um índice de satisfação de 100% até 2014 satisfação com os Sistemas de TIC - 70% 80% 90% 100% 100% Projetos Relacionados: P15 Modernização dos equipamentos de Informática no Regional P16 Instalação do Sítio Backup e a Sala Cofre 17

18 Tema 8: Orçamento Objetivo Estratégico: Buscar a excelência na gestão orçamentária, assegurando a execução da Estratégia de TIC. Descrição do Objetivo: Promover ações orçamentárias visando assegurar recursos que viabilizem as ações e metas necessárias à execução da Estratégia de TIC. Garantir a disponibilização dos recursos orçamentários necessários para a execução dos projetos estratégicos de TIC, de acordo com os cronogramas estabelecidos para cada iniciativa. Indicadores Relacionados ao Objetivo: Indicador Meta Linha de base Índice de Alcançar um índice de orçamento estratégico de % até 2014 orçamento estratégico Sem registro atual 0,3% 0,6% 0,9% 1,2% 1,5% 8.2 Índice de execução do orçamento estratégico 8.3 Índice de execução do orçamento disponibilizado Atingir um índice de execução do orçamento estratégico de 100% até 2014 Sem registro atual 100% 100% 100% 100% 100% Aumentar o índice de execução orçamentária para 100% até 2014 Atualmente 100% do orçamento total executado 100% 100% 100% 100% 100% Projetos Relacionados: P15 Modernização dos equipamentos de Informática no Regional 18

19 ANEXO I - FICHAS DOS PROJETOS 19

20 Plano de Projeto Tema 1: Alinhamento e Integração Objetivo: Promover a integração das iniciativas de TIC com as necessidades e expectativas do Regional Nome do projeto: Utilização do Escritório de Projetos do Regional para padronizar os projetos de TIC e acompanhar os resultados dos indicadores de desempenho dos projetos estratégico (P1) 1. Escopo ou finalidade do projeto 1- Definir em conjunto com o Escritório de Projetos do Regional a metodologia de gerência de projeto de acordo o PMI ( Project Management Institute ) 2- Adotar o modelo definido pelo Escritório de Projetos do Regional. 3- Implantar o modelo do Escritório de Projetos em dois projetos piloto da Secretaria de Informática para validar a metodologia. 4- Adotar EPM (Enterprise Project Management) como ferramenta de consolidação e divulgação do andamento dos Projetos da Secretaria. 5- Apresentar os resultados em um Workshop para o Regional. 2. Alinhamento estratégico O projeto está alinhado com a temática: alinhamento e integração e contribui para o alcance do objetivo: promover a integração das iniciativas de TIC com as necessidades e expectativas do Regional, bem como para o objetivo: buscar a excelência na gestão orçamentária assegurando a execução da estratégia de TIC. 3. Clientes do projeto Patrocinador (a): Vicente Fernandes Tino Diretor da Secretaria de Informática. Gerente do Projeto: Edmilson Marinho Junior Equipe do Projeto: Secretaria de Informática e Núcleo de Planejamento Estratégico do Regional. 4. Justificativa Implementar em conjunto com o Regional o Escritório de Gerenciamento de Projetos, visando criar padrões e procedimentos para um melhor gerenciamento dos projetos da Secretaria de Tecnologia da Informação, conduzindo, planejando, organizando, controlando e finalizando as atividades do projeto, aumentando a chance de sucesso na sua execução. 20

21 Plano de Projeto Tema 2: Acesso ao Sistema de Justiça Objetivo: Promover a capilaridade dos sistemas e serviços de TIC para facilitar o acesso à Justiça do Trabalho. Nome do projeto: Plano Nacional para ampliação dos Links de Comunicação entre as unidades judiciárias. (P2) 1. Escopo ou finalidade do projeto 1- Fomentar o CSJT com as informações sobre a situação dos links de comunicação de dados existentes e em funcionamento no Regional. 2- Fomentar o CSJT com as necessidades de ampliação de links do Regional. 3- Acompanhar a tramitação do processo de ampliação dos links de dados no CSJT 4- Acompanhar a implantação da ampliação dos links da Rede JT 5- Apresentar os resultados em um Workshop para o Regional. 2. Alinhamento estratégico O projeto está alinhado com a temática: acesso ao sistema de justiça que tem como objetivo promover a capilaridade dos sistemas e serviços de TIC para facilitar o acesso à Justiça do Trabalho. 3. Clientes do projeto Patrocinador (a): Vicente Fernandes Tino Diretor da Secretaria de Informática. Gerente do Projeto: Jean Ricardo de Oliveira Rebouças Equipe do Projeto: ASTIC/CSJT e Secretaria de Informática do Regional 4. Justificativa Necessidade de ampliar a velocidade dos links de dados existentes no Regional e garantir o acesso aos sistemas e dados com o objetivo de dar celeridade jurisdicional e ampla divulgação para a sociedade das informações processuais. 21

22 Plano de Projeto Tema 3: Responsabilidade Social e Ambiental Objetivo: Promover soluções de TIC que utilizem os recursos de forma sustentável com responsabilidade social e ambiental. Nome do projeto: Projeto de conscientização e controle dos insumos de impressão do Regional, bem como a adoção dos meios eletrônicos ( e malote digital) para comunicação interna. (P3) 1. Escopo ou finalidade do projeto 1- Pesquisar soluções de software para gerenciamento de impressão, que contabilizem quantidade de páginas impressas, páginas scanneadas e consumo de tonner. 2- Instalar sistema para monitoração e controle das impressões do Regional nas impressoras que permitam a monitoração e controle. 3- Realizar treinamento sobre o uso do Sistema Malote Digital 4- Realizar palestras de conscientização sobre o uso do SPARK e institucional para resolver problemas do dia a dia. 5- Realizar palestras de conscientização sobre a adoção de novos métodos considerando a utilização dos recursos de forma sustentável. 6- Apresentar os resultados em um Workshop para o Regional. 2. Alinhamento estratégico O projeto está alinhado com a temática: responsabilidade social e ambiental que tem como objetivo promover soluções de TIC que utilizem os recursos de forma sustentável com responsabilidade social e ambiental. 3. Clientes do projeto Patrocinador (a): Dr. David Alves de Mello Junior Gerente do Projeto: Vicente Fernandes Tino Diretor da Secretaria de Informática. Equipe do Projeto: Diretoria Geral; Secretaria de Informática 4. Justificativa Necessidade de adotar uma postura sustentável na utilização dos recursos disponíveis, adotando novos métodos na utilização dos impressos do Regional 22

23 Plano de Projeto Tema 3: Responsabilidade Social e Ambiental Objetivo: Promover soluções de TIC que utilizem os recursos de forma sustentável com responsabilidade social e ambiental. Nome do projeto: Instalação de um sistema de monitoramento do consumo e qualidade dos recursos elétricos com objetivo de promover a eficiêntização Energética no Regional. (P4) 1. Escopo ou finalidade do projeto 1- Pesquisar soluções de software e hardware para monitoramento e gerenciamento do consumo e qualidade da energia elétrica. 2- Elaborar projeto básico da solução. 3- Licitar a solução. 4- Instalar a solução de monitoramento e gerenciamento do consumo de energia elétrica. 5- Treinar a equipe de manutenção do Regional na nova solução. 6- Apresentar os dados coletados durante o período do piloto. 7- Elaborar em conjunto com a Manutenção um plano de eficientização energética 8- Acompanhar os resultados. 2. Alinhamento estratégico O projeto está alinhado com a temática: responsabilidade social e ambiental que tem como objetivo promover soluções de TIC que utilizem os recursos de forma sustentável com responsabilidade social e ambiental. 3. Clientes do projeto Patrocinador (a): Dr. David Alves de Mello Junior Gerente do Projeto: Vicente Fernandes Tino Diretor da Secretaria de Informática. Equipe do Projeto: Diretoria Geral; Secretaria de Informática 4. Justificativa Necessidade de adotar uma postura sustentável na utilização dos recursos energéticos disponíveis, adotando novos métodos na utilização dos impressos do Regional 23

24 Plano de Projeto Tema 4: Eficiência Operacional Objetivo: Adotar e monitorar a aplicação da Governança de TIC Nome do Projeto: Implantar Nível F do MPS-Br até 2011 no processo de desenvolvimento e criação de Software da Secretaria de Tecnologia da Informação. (P5) 1. Escopo ou finalidade do projeto 1- Realizar treinamento interno com a equipe nos processos de qualidade de software MPS-Br 2- Realizar treinamento obrigatório para certificação na metodologia MPS-Br 3- Elaborar e ajustar a Metodologia de Desenvolvimento de Sistemas (MDS) segundo os requisitos do MPS-Br Nível G. 4- Contratar/Licitar uma consultoria para implementação do Nível G. 5- Ajustar o processo de dois Sistemas pilotos para a certificação de acordo com o MDS. 6- Contratar a empresa Certificadora 7- Certificar o Nível G 8- Pesquisar os requisitos para o Nível F do MPS-Br 9- Ajustar o MDS segundo o Nível F do MPS-Br 10- Ajustar o processo de desenvolvimento para a certificação 11- Contratar a empresa Certificadora 12- Certificar o Nível F em Alinhamento estratégico O projeto está alinhado com a temática: promover a governança de TI que tem como objetivo implantar os processos gestão de TIC alinhado com as metodologias e normas do COBIT, ITIL, MPS-BR e NBR ISSO 17799/ Clientes do projeto Patrocinador (a): Vicente Fernandes Tino Diretor da Secretaria de Informática Gerente do Projeto: André Fabiano Analista de Sistema Equipe do Projeto: Secretaria de Informática Usuários: Todo o Regional 4. Justificativa Padronizar o desenvolvimento e manutenção de software promovendo a melhoria contínua e reduzindo as paradas e erros associados à implantação e manutenção de sistemas de informática. 24

25 Plano de Projeto Tema 4: Eficiência Operacional Objetivo: Adotar e monitorar a aplicação da Governança de TIC Nome do Projeto: Implantar GSTI Gerenciamento de Serviços de Tecnologia da Informação segundo as boas práticas de ITIL (P6) 1. Escopo ou finalidade do projeto 1- Realizar treinamento com a equipe nos processos do ITIL v3 2- Avaliar os processos existentes da Secretaria de Tecnologia da Informação segundo o ITIL 3- Pesquisar uma ferramenta de Service Desk que atenda os padrões do ITIL V3 4- Licitar a ferramenta de Service Desk 5- Mapear os processos da Secretaria segundo o ITIL V3 6- Implantar o Gerenciamento de Incidente 7- Implantar o Gerenciamento de Problema 8- Implantar o Gerenciamento da Mudança 9- Implantar o Gerenciamento da Configuração 10- Implantar o Gerenciamento da Liberação 11- Implantar o Gerenciamento do Serviço de TIC 2. Alinhamento estratégico O projeto está alinhado com a temática: promover a governança de TI que tem como objetivo implantar os processos gestão de TIC alinhado com as metodologias e normas do COBIT, ITIL, MPS-BR e NBR ISSO 17799/ Clientes do projeto Patrocinador (a): Vicente Fernandes Tino Diretor da Secretaria de Informática Gerente do Projeto: Absalão Xavier Analista de Segurança Equipe do Projeto: Secretaria de Informática Usuários: Todo o Regional 4. Justificativa Padronizar os serviços de TIC identificando os gargalos e promovendo a melhoria contínua dentro da Secretaria de Informática. 25

26 Plano de Projeto Tema 4: Eficiência Operacional Objetivo: Adotar e monitorar a aplicação da Governança de TIC Nome do Projeto: Implantar o nível de maturidade 3 do Cobit até 2014 (P7) 1. Escopo ou finalidade do projeto 12- Realizar treinamento com a equipe nos processos do COBIT Avaliar os processos existentes da Secretaria de Tecnologia da Informação segundo o COBIT Licitar/Contratar uma Consultoria para avaliar o nível de maturidade da Secretaria 15- Mapear os processos da Secretaria segundo os processos do COBIT 4.1 em conjunto com a Consultoria. 16- Planejar o processo de implantação dos processos do COBIT Implantar 18- Acompanhar os Resultados 2. Alinhamento estratégico O projeto está alinhado com a temática: promover a governança de TI que tem como objetivo implantar os processos gestão de TIC alinhado com as metodologias e normas do COBIT, ITIL, MPS-BR e NBR ISSO 17799/ Clientes do projeto Patrocinador (a): Vicente Fernandes Tino Diretor da Secretaria de Informática Gerente do Projeto: André Fabiano Analista de Segurança Equipe do Projeto: Secretaria de Informática Usuários: Todo o Regional 4. Justificativa Padronizar os serviços de TIC identificando os gargalos e promovendo a melhoria contínua dentro da Secretaria de Informática. 26

27 Plano de Projeto Tema : Eficiência Operacional Objetivo: Promover a Segurança da Informação. Nome do Projeto: Implantar GSI Gestão da Segurança da Informação no Regional (P8) 1. Escopo ou finalidade do projeto 1- Alterar o organograma da SETI para criar um setor específico para a Segurança da Informação de acordo com a Resolução 90/2009 do CNJ; 2- Criar o Comitê de Segurança da Informação no Regional 3- Revisar as 11 seções de controle de segurança da informação da NBR ISO/IEC 17799:2005; 4- Planejar a implantação dos níveis de segurança recomendados pela Norma. 5- Realizar campanhas de conscientização e divulgação das ações do Comitê de Segurança da Informação. 6- Acompanhar a implantação das ações de Segurança. 2. Alinhamento estratégico O projeto está alinhado com a temática: promover a segurança da informação que tem como objetivo desenvolver políticas de segurança da informação alinhado com a norma NBR ISO 17799/ Clientes do projeto Patrocinador (a): Vicente Fernandes Tino Diretor da Secretaria de Informática Gerente do Projeto: Absalão Xavier Analista de Segurança Equipe do Projeto: Secretaria de Informática Usuários: Todo o Regional 4. Justificativa Evitar a interrupção das atividades do negócio e proteger os processos críticos contra efeitos de falhas ou desastres significativos, e assegurar a sua retomada em tempo hábil, se for o caso. 27

28 Plano de Projeto Tema : Eficiência Operacional Objetivo: Promover a Segurança da Informação. Nome do Projeto: Desenvolvimento e implantação do Plano de Continuidade de TI (PCTI) do TRT11 (P9) 1. Escopo ou finalidade do projeto 1- Inventariar os ativos de TI mapeando a interdependência entre equipamentos, processos, sistemas e serviços. 2- Realizar a Análise e Avaliação de Riscos (AAR) 3- Realizar a Análise de Impacto no Negócio (AIN), estabelecendo os recursos mais críticos 4- Estabelecer a equipe de trabalho e assegurar os recursos necessários 5- Levantar e estabelecer as estratégias de continuidade e recuperação 6- Desenvolver e implantar um Plano de Administração de Crise (PAC) 7- Desenvolver e implantar um Plano de Controle Operacional (PCO) 8- Desenvolver e implantar um Plano de Recuperação de Desastres (PRD) 9- Estabelecer critérios de manutenção e testes do PCTI 10- Estabelecer critérios de treinamento e distribuição do PCTI 11- Gerar, de forma automatizada, indicadores de acordo com a DS4 / CobiT Alinhamento estratégico O projeto está alinhado com a temática: promover a segurança da informação que tem como objetivo desenvolver políticas de segurança da informação alinhado com a norma NBR ISO 17799/ Clientes do projeto Patrocinador (a): Vicente Fernandes Tino Diretor da Secretaria de Informática Gerente do Projeto: Absalão Xavier Analista de Segurança Equipe do Projeto: Secretaria de Informática Usuários: Todo o Regional 4. Justificativa Evitar a interrupção das atividades do negócio e proteger os processos críticos contra efeitos de falhas ou desastres significativos, e assegurar a sua retomada em tempo hábil, se for o caso. 28

29 Plano de Projeto Tema 4: Eficiência Operacional Objetivo: Promover e implantar soluções efetivas, inovadoras e flexíveis. Nome do projeto: Elaborar um Sistema, com os indicadores do Planejamento Estratégico do Regional e de TIC, para acompanhar a evolução das ações do grupo de líderes de projeto. (P10) 1. Escopo ou finalidade do projeto 1- Análise dos Requisitos e Modelagem 2- Desenvolvimento da Solução 3- Testes e validação 4- Treinamento 5- Implantação 6- Acompanhamento e Ajustes no programa 2. Alinhamento estratégico O projeto está alinhado com a temática da eficiência operacional e contribui para o alcance do objetivo: promover e implantar soluções efetivas, inovadoras e flexíveis, bem como para o objetivo: buscar a excelência na gestão de custos operacionais. 3. Clientes do projeto Patrocinador (a): Dr. David Alves de Mello Junior Gerente do Projeto: Vicente Fernandes Tino Diretor da Secretaria de Tecnologia da Informação. Equipe do Projeto: Diretoria Geral; Secretaria de Informática; Secretaria Administrativa 4. Justificativa Dar maior celeridade, transparência e segurança aos processos administrativos, com tramitação e acompanhamento on-line das informações, bem como da redução de gastos com papel. 29

30 Plano de Projeto Tema 4: Eficiência Operacional Objetivo: Promover e implantar soluções efetivas, inovadoras e flexíveis. Nome do projeto: Desenvolvimento e Implantação do Processo Administrativo Eletrônico (P11) 1. Escopo ou finalidade do projeto 1- Análise dos Requisitos e Modelagem 2- Desenvolvimento da Solução 3- Testes e validação 4- Treinamento 5- Implantação 6- Acompanhamento e Ajustes no programa 2. Alinhamento estratégico O projeto está alinhado com a temática da eficiência operacional e contribui para o alcance do objetivo: promover e implantar soluções efetivas, inovadoras e flexíveis, bem como para o objetivo: buscar a excelência na gestão de custos operacionais. 3. Clientes do projeto Patrocinador (a): Dr. David Alves de Mello Junior Gerente do Projeto: Vicente Fernandes Tino Diretor da Secretaria de Tecnologia da Informação. Equipe do Projeto: Diretoria Geral; Secretaria de Informática; Secretaria Administrativa 4. Justificativa Dar maior celeridade, transparência e segurança aos processos administrativos, com tramitação e acompanhamento on-line das informações, bem como da redução de gastos com papel. 30

31 Plano de Projeto Tema 4: Eficiência Operacional Objetivo: Promover e implantar soluções efetivas, inovadoras e flexíveis. Nome do projeto: Nome do projeto: Desenvolvimento e Implantação do Processo Judicial Eletrônico (P12) 1. Escopo ou finalidade do projeto 1- Análise dos Requisitos e Modelagem 2- Desenvolvimento da Solução 3- Digitalização dos Processos 4- Integração da Solução em Desenvolvimento com os arquivos/processos digitalizados 5- Testes e validação 6- Treinamento 7- Implantação 8- Acompanhamento e Ajustes no programa 2. Alinhamento estratégico O projeto está alinhado com a temática da eficiência operacional e contribui para o alcance do objetivo: promover e implantar soluções efetivas, inovadoras e flexíveis, bem como para o objetivo: buscar a excelência na gestão de custos operacionais. 3. Clientes do projeto Patrocinador (a): Dr. David Alves de Mello Junior Gerente do Projeto: Vicente Fernandes Tino Diretor da Secretaria de Tecnologia da Informação. Equipe do Projeto: Diretoria Geral; Secretaria de Informática; Secretaria Administrativa. 4. Justificativa Dar maior celeridade, transparência e segurança aos processos judiciais, com tramitação e acompanhamento on-line das informações, bem como da redução de gastos com papel. 31

32 Plano de Projeto Tema 5: Atuação Institucional Objetivo: Promover a integração e colaboração com os outros órgãos da Justiça Nome do projeto: Adoção de uma solução de Portal para colaboração e disponibilização das informações na Internet. (P13) 1. Escopo ou finalidade do projeto 1- Análise dos Requisitos e Modelagem 2- Desenvolvimento da Solução 3- Testes e validação 4- Treinamento 5- Implantação 6- Acompanhamento e Ajustes no programa 2. Alinhamento estratégico O projeto está alinhado com a temática: alinhamento e integração e contribui para o alcance do objetivo: promover o alinhamento estratégico em todas as unidades do Regional. 3. Clientes do projeto Patrocinador(a): Dr. David Alves de Mello Junior Gerente do Projeto: Vicente Fernandes Tino Secretaria de Tecnologia da Informação Equipe do Projeto: Secretaria de Informática; Diretoria Geral; Secretaria Administrativa 4. Justificativa Necessidade de adotar uma ferramenta de Portal que permita uma maior interação entre os setores produtores de conteúdo e a Sociedade, garantindo os requisitos de segurança da informação e continuídade do negócio. 32

33 Plano de Projeto Tema 6: Gestão de Pessoas Objetivo: Desenvolver competências técnicas e gerenciais com foco na estratégia Nome do Projeto: Programa anual e permanente de treinamento para os servidores de TIC(P14) 1. Escopo ou finalidade do projeto 1- Avaliar as dificuldades da equipe de TIC em relação as normas e metodologias de governança 2- Avaliar as dificuldades da equipe de TIC em relação a plataforma de tecnologias da Justiça do Trabalho 3- Avaliar as dificuldades da equipe de TIC em relação as novas tecnologias de mercado 4- Elaborar um calendário anual de treinamentos nos cursos definidos 5- Realizar o Treinamento em salas de aula 6- Realizar o Treinamento on the job (no local de trabalho) 7- Acompanhar os Resultados 8- Monitorar e apresentar os resultados em um Workshop para o regional. 2. Alinhamento estratégico O projeto está alinhado com a temática gestão de pessoas e contribui para o alcance do objetivo: Desenvolver competências técnicas e gerenciais com foco na estratégia,, bem como do objetivo: promover a soluções efetivas, inovadoras e flexíveis. 3. Clientes do projeto Patrocinador (a): Vicente Fernandes Tino Diretor da Secretaria de Informática Gerente do Projeto: Edmilson Marinho Junior Equipe do Projeto: Secretaria de Informática e Setor de Treinamento Usuários: Secretaria de Informática 4. Justificativa Necessidade de qualificar os servidores da Secretaria nas novas tecnologias e aumentar a produtividade reduzindo os trabalhos repetitivos e erros ocasionados pelo desconhecimento das ferramentas. 33

34 Plano de Projeto Tema 6: Gestão de Pessoas Objetivo: Garantir a adequação dos quadros de pessoal de TIC para a execução da estratégia. Nome do Projeto: Projeto de reestruturação (infraestrutura e pessoal) da Secretaria de TIC de forma a atender a Resolução 90 do CNJ (P15) 1. Escopo ou finalidade do projeto 1- Comparar os requisitos definido na Resolução 90 do CNJ com a situação atual da Secretaria de Informática 2- Elaborar uma exposição de motivos para ajustar a Secretaria de acordo com a Resolução 90 do CNJ (Infraestrutura e Pessoal) 3- Propor as ações no Pleno do Regional (Infraestrutura e Pessoal) 4- Propor as ações no Congresso (criação de cargos para TI - Pessoal) 5- Propor as ações no Regional (infraestrtutura) 6- Acompanhar o andamento dos projetos 2. Alinhamento estratégico O projeto está alinhado com a temática gestão de pessoas e contribui para o alcance do objetivo: Garantir a adequação dos quadros de pessoal de TIC para a execução da estratégia. 3. Clientes do projeto Patrocinador (a): Dr. David Alves de Mello Junior Gerente do Projeto: Vicente Fernandes Tino Diretor da Secretaria de Informática. Equipe do Projeto: Secretaria de Informática; Diretoria Geral e Secretaria Administrativa. Usuários: Todo o Regional 4. Justificativa Necessidade de ajustar a infraestrutura e quadro de pessoal segundo a Resolução 90 do CNJ e as necessidades cada vez mais dependentes da área de TIC. 34

35 Plano de Projeto Tema 7: Infraestrutura e Tecnologia Objetivo: Garantir à disponibilidade de sistemas e serviços essenciais as atividadades judiciais e administrativas do Regional Nome do projeto: Modernização dos Equipamentos de Informática (P16) 1. Escopo ou finalidade do projeto 1- Avaliar o estado dos equipamentos de informática em todo o Regional 2- Definir os equipamentos prioritários em função do recursos disponíveis 3- Realizar Licitações e Adesões de Registro de Preços dos equipamentos definidos 4- Instalar os equipamentos no Regional 5- Monitorar e apresentar os resultados em um Workshop para o regional. 2. Alinhamento estratégico O projeto está alinhado com a temática: infraestrutura e tecnologia e contribui para o alcance do objetivo: promover a inovação, integração e a permanente atualização dos sistemas de informação, bem como para o objetivo: garantir a infraestrutura física e material necessário. 3. Clientes do projeto Patrocinador (a): Dr. David Alves de Mello Junior Gerente do Projeto: Vicente Fernandes Tino Diretor da Secretaria de Informática. Equipe do Projeto: Secretaria de Informática; Diretoria Geral e Secretaria Administrativa. 4. Justificativa Garantir a evolução tecnológica e manter a contínua renovação do parque de informática de forma a garantir que os servidores utilizem as ferramentas tecnológicas para dar celeridade na prestação jurisdicional 35

36 Plano de Projeto Tema 7: Infraestrutura e Tecnologia Objetivo: Garantir à disponibilidade de sistemas e serviços essenciais as atividadades judiciais e administrativas do Regional Nome do projeto: Instalação do Sítio Backup e Sala Cofre (17) 1. Escopo ou finalidade do projeto 1- Financiamento para o Projeto e Contratação da Sala Cofre; 2- Emissão da ordem de serviço e Mobilização da equipe técnica; 3- Levantamento dos dados finais; 4- Projeto executivo; 5- Processo de aquisição de materiais e serviços; 6- Execução de obras de adequação (identificar os ambientes); 7- Execução de obras de sala cofre ou sala de segurança; 8- Execução de obras da sala de utilitários (UPS); 9- Start-up e testes de funcionamento; 10- Treinamentos; 11- Entrega de documentação e as-built e Aceitação da obra; 2. Alinhamento estratégico O projeto está alinhado com a temática: infraestrutura e tecnologia e contribui para o alcance do objetivo: garantir a disponibilidade de sistemas essenciais de TI, bem como para o objetivo: garantir a infraestrutura física e material necessário. 3. Clientes do projeto Patrocinador (a): Dra. Solange Maria Santiago Morais. Gerente do Projeto: Vicente Tino Diretor da Secretaria de Informática. Equipe do Projeto: Secretaria de Informática; Diretoria Geral; Secretaria Administrativa 4. Justificativa Oferecer um ambiente seguro aos equipamentos do Datacenter, sensíveis ao calor, umidade ou variações ambientais bruscas ou extremas, tais como incêndios, água, fumaça etc, cujas perdas possam ser significativas e onde a possível recuperação seja difícil e demorada, provocando impactos negativos pela inesperada descontinuidade motivada por sinistros de qualquer dimensão ou natureza, garantindo a disponibilidade dos sistemas essenciais de TI. 36

Plano Estratégico de Tecnologia da Informação e Comunicação. Tribunal Regional do Trabalho da 10ª Região

Plano Estratégico de Tecnologia da Informação e Comunicação. Tribunal Regional do Trabalho da 10ª Região Plano Estratégico de Tecnologia da Informação e Comunicação Tribunal Regional do Trabalho da 10ª Região Dezembro/2010 2 TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO Missão: Prover soluções efetivas de tecnologia

Leia mais

ANEXO I A Estratégia de TIC do Poder Judiciário

ANEXO I A Estratégia de TIC do Poder Judiciário RESOLUÇÃO Nº 99, DE 24 DE NOVEMBRO DE 2009 Dispõe sobre o Planejamento Estratégico de TIC no âmbito do Poder Judiciário e dá outras providências. ANEXO I A Estratégia de TIC do Poder Judiciário Planejamento

Leia mais

Planejamento Estratégico de TIC. da Justiça Militar do Estado. do Rio Grande do Sul

Planejamento Estratégico de TIC. da Justiça Militar do Estado. do Rio Grande do Sul Planejamento Estratégico de TIC da Justiça Militar do Estado do Rio Grande do Sul MAPA ESTRATÉGICO DE TIC DA JUSTIÇA MILITAR DO ESTADO (RS) MISSÃO: Gerar, manter e atualizar soluções tecnológicas eficazes,

Leia mais

Planejamento Estratégico de TIC

Planejamento Estratégico de TIC Planejamento Estratégico de TIC Tribunal de Justiça do Estado de Sergipe 2010 a 2014 Versão 1.1 Sumário 2 Mapa Estratégico O mapa estratégico tem como premissa de mostrar a representação visual o Plano

Leia mais

Garantir a economicidade dos recursos e a melhor alocação dos recursos necessários à prestação jurisdicional.

Garantir a economicidade dos recursos e a melhor alocação dos recursos necessários à prestação jurisdicional. Tema 1: Eficiência Operacional Buscar a excelência na gestão de custos operacionais. Garantir a economicidade dos recursos e a melhor alocação dos recursos necessários à prestação jurisdicional. Agilizar

Leia mais

CONSELHO NACIONAL DE JUSTIÇA RESOLUÇÃO Nº 99, DE 24 DE NOVEMBRO DE 2009

CONSELHO NACIONAL DE JUSTIÇA RESOLUÇÃO Nº 99, DE 24 DE NOVEMBRO DE 2009 CONSELHO NACIONAL DE JUSTIÇA RESOLUÇÃO Nº 99, DE 24 DE NOVEMBRO DE 2009 Institui o Planejamento Estratégico de Tecnologia da Informação e Comunicação no âmbito do Poder Judiciário. O PRESIDENTE DO CONSELHO

Leia mais

RESOLUÇÃO CNJ nº 90/09

RESOLUÇÃO CNJ nº 90/09 RESOLUÇÃO CNJ nº 90/09 29 de setembro de 2009 PLANO DE TRABALHO - PDTI O presente Plano de Trabalho objetiva o nivelamento do Tribunal de Justiça do Estado de Roraima aos requisitos de tecnologia da informação

Leia mais

A EXPERIÊNCIA DO TRT DA 10ª REGIÃO NA IMPLANTAÇÃO DA GESTÃO ESTRATÉGICA

A EXPERIÊNCIA DO TRT DA 10ª REGIÃO NA IMPLANTAÇÃO DA GESTÃO ESTRATÉGICA A EXPERIÊNCIA DO TRT DA 10ª REGIÃO NA IMPLANTAÇÃO DA GESTÃO ESTRATÉGICA Fabiana Alves de Souza dos Santos Diretora de Gestão Estratégica do TRT 10 1/29 O TRT da 10ª Região Criado em 1982 32 Varas do Trabalho

Leia mais

Governança AMIGA. Para baixar o modelo de como fazer PDTI: www.microsoft.com/brasil/setorpublico/governanca/pdti

Governança AMIGA. Para baixar o modelo de como fazer PDTI: www.microsoft.com/brasil/setorpublico/governanca/pdti e d a id 4 m IN r fo a n m Co co M a n ua l Governança AMIGA Para baixar o modelo de como fazer PDTI: www.microsoft.com/brasil/setorpublico/governanca/pdti Um dos grandes desafios atuais da administração

Leia mais

12.1 AÇÕES E INDICAÇÕES DE PROJETOS

12.1 AÇÕES E INDICAÇÕES DE PROJETOS 43 Considerando os Objetivos Estratégicos, Indicadores e Metas, foram elaboradas para cada Objetivo, as Ações e indicados Projetos com uma concepção corporativa. O Plano Operacional possui um caráter sistêmico,

Leia mais

Planejamento Estratégico de Tecnologia da Informação PETI 2014-2016

Planejamento Estratégico de Tecnologia da Informação PETI 2014-2016 MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO SUDESTE DE MINAS GERAIS Planejamento Estratégico de Tecnologia da Informação PETI 2014-2016 Versão 1.0 1 APRESENTAÇÃO O Planejamento

Leia mais

Relatório de Consultoria PD.33.10.83A.0080A/RT-05-AA. Levantamento da Gestão de TIC

Relatório de Consultoria PD.33.10.83A.0080A/RT-05-AA. Levantamento da Gestão de TIC Relatório de Consultoria PD.33.10.83A.0080A/RT-05-AA Levantamento da Gestão de TIC Cotação: 23424/09 Cliente: PRODABEL Contato: Carlos Bizzoto E-mail: cbizz@pbh.gov.br Endereço: Avenida Presidente Carlos

Leia mais

TJM-RS NGE-JME-RS. Anexo I - 2.2.3 - Levantamento de dados históricos Projetos TJM/RS de 2009 a 2014

TJM-RS NGE-JME-RS. Anexo I - 2.2.3 - Levantamento de dados históricos Projetos TJM/RS de 2009 a 2014 2013 TJM-RS NGE-JME-RS Anexo I - 2.2.3 - Levantamento de dados históricos Projetos TJM/RS de 2009 a 2014 [PAINEL DE INDICADORES-TJM-RS] Contém os indicadores do do Tribunal de Justiça Militar do Rio Grande

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 3ª REGIÃO

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 3ª REGIÃO Controle de Versões Autor da Solicitação: Subseção de Governança de TIC Email:dtic.governanca@trt3.jus.br Ramal: 7966 Versão Data Notas da Revisão 1 03.02.2015 Versão atualizada de acordo com os novos

Leia mais

Resoluções nº 90 e nº 99 de 2009 CNJ

Resoluções nº 90 e nº 99 de 2009 CNJ Resoluções nº 90 e nº 99 de 2009 CNJ Março COMITÊ GESTOR DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO - CGTIC 2 ÍNDICE PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO... 3 Apresentação...

Leia mais

ANEXO I PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO 2014-2020

ANEXO I PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO 2014-2020 ANEXO I PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO 2014-2020 1 Missão 2 Exercer o controle externo da administração pública municipal, contribuindo para o seu aperfeiçoamento, em benefício da sociedade. Visão Ser reconhecida

Leia mais

1. Escopo ou finalidade da iniciativa

1. Escopo ou finalidade da iniciativa 1. Escopo ou finalidade da iniciativa O Poder Judiciário tem-se conscientizado, cada vez mais, de que se faz necessária uma resposta para a sociedade que exige uma prestação jurisdicional mais célere e

Leia mais

Número do Recibo:83500042

Número do Recibo:83500042 1 de 21 06/06/2012 18:25 Número do Recibo:83500042 Data de Preenchimento do Questionário: 06/06/2012. Comitête Gestor de Informática do Judiciário - Recibo de Preenchimento do Questionário: GOVERNANÇA

Leia mais

Garantir efetividade na tramitação dos processos judiciais e administrativos e assegurar a razoável duração do processo.

Garantir efetividade na tramitação dos processos judiciais e administrativos e assegurar a razoável duração do processo. Eficiência Operacional. Buscar a efetividade nos trâmites judiciais e administrativos. Garantir efetividade na tramitação dos processos judiciais e administrativos e assegurar a razoável duração do processo.

Leia mais

1. Escopo ou finalidade da iniciativa

1. Escopo ou finalidade da iniciativa 1. Escopo ou finalidade da iniciativa Esta iniciativa tem como finalidade reorganizar a área de Tecnologia da Informação TI do TJMG, sob o ponto de vista de gestão e infraestrutura, baseados em sua estrutura

Leia mais

A Estratégia do Conselho da Justiça Federal 2015/2020 CJF-POR-2015/00359, de 26 de agosto de 2015

A Estratégia do Conselho da Justiça Federal 2015/2020 CJF-POR-2015/00359, de 26 de agosto de 2015 A Estratégia do Conselho da Justiça Federal CJF-POR-2015/00359, de 26 de agosto de 2015 SUEST/SEG 2015 A estratégia do CJF 3 APRESENTAÇÃO O Plano Estratégico do Conselho da Justiça Federal - CJF resume

Leia mais

SIMPLIFICAÇÃO DE PROCESSOS

SIMPLIFICAÇÃO DE PROCESSOS SIMPLIFICAÇÃO DE PROCESSOS 1 FINALIDADE DO PROJETO ESTRATÉGICO Simplificar e padronizar os processos internos, incrementando o atendimento ao usuário. Especificamente o projeto tem o objetivo de: Permitir

Leia mais

Gerenciamento de Serviços de TI ITIL v2 Módulo 1 Conceitos básicos

Gerenciamento de Serviços de TI ITIL v2 Módulo 1 Conceitos básicos Gerenciamento de Serviços de TI ITIL v2 Módulo 1 Conceitos básicos Referência: An Introductory Overview of ITIL v2 Livros ITIL v2 Cenário de TI nas organizações Aumento da dependência da TI para alcance

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO. Relatório de Informações Gerenciais

PODER JUDICIÁRIO DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO. Relatório de Informações Gerenciais PODER JUDICIÁRIO DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO Relatório de Informações Gerenciais Setorial do 1º Semestre de 2013 DIRETORIA GERAL DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÂO DGTEC RELATÓRIO DE INFORMAÇÕES GERENCIAIS 1º

Leia mais

TRIBUNAL SUPERIOR DO TRABALHO PRESIDÊNCIA ATO Nº 345/SETIN.SEGP.GP, DE 16 DE JUNHO DE 2015

TRIBUNAL SUPERIOR DO TRABALHO PRESIDÊNCIA ATO Nº 345/SETIN.SEGP.GP, DE 16 DE JUNHO DE 2015 TRIBUNAL SUPERIOR DO TRABALHO PRESIDÊNCIA ATO Nº 345/SETIN.SEGP.GP, DE 16 DE JUNHO DE 2015 Reestrutura as unidades vinculadas à Secretaria de Tecnologia da Informação SETIN do Tribunal Superior do Trabalho.

Leia mais

Incentivar a inovação em processos funcionais. Aprimorar a gestão de pessoas de TIC

Incentivar a inovação em processos funcionais. Aprimorar a gestão de pessoas de TIC Incentivar a inovação em processos funcionais Aprendizagem e conhecimento Adotar práticas de gestão participativa para garantir maior envolvimento e adoção de soluções de TI e processos funcionais. Promover

Leia mais

Fevereiro 2015 DIRETORIA DE RECURSOS HUMANOS DRH ESCOLA JUDICIÁRIA MILITAR EJM

Fevereiro 2015 DIRETORIA DE RECURSOS HUMANOS DRH ESCOLA JUDICIÁRIA MILITAR EJM Fevereiro DIRETORIA DE RECURSOS HUMANOS DRH ESCOLA JUDICIÁRIA MILITAR EJM 2 ÍNDICE PLANO ESTRATÉGICO DE FORMAÇÃO E APERFEIÇOAMENTO... 3 Apresentação... 3 Missão... 4 Visão de Futuro... 4 Valores... 4 PERSPECTIVAS...

Leia mais

*486EBBAA* PROJETO DE LEI N.º, de 2014. (DO TRIBUNAL SUPERIOR DO TRABALHO)

*486EBBAA* PROJETO DE LEI N.º, de 2014. (DO TRIBUNAL SUPERIOR DO TRABALHO) ** PROJETO DE LEI N.º, de 2014. (DO TRIBUNAL SUPERIOR DO TRABALHO) Dispõe sobre a criação de cargos de provimento efetivo e de cargos em comissão no Quadro de Pessoal da Secretaria do Tribunal Regional

Leia mais

A Estratégia de TIC do Poder Judiciário do Estado de Mato Grosso

A Estratégia de TIC do Poder Judiciário do Estado de Mato Grosso RESOLUÇÃO Nº 99, DE 24 DE NOVEMBRO DE 2009 Dispõe sobre o Planejamento Estratégico de TIC no âmbito do Poder Judiciário e dá outras providências. A Estratégia de TIC do Poder Judiciário do Estado de Mato

Leia mais

Indicadores - Perspectiva Sociedade

Indicadores - Perspectiva Sociedade Indicadores - Perspectiva Sociedade Fortalecer a imagem institucional da Justiça do Trabalho IMAGEM ORGANIZACIONAL GRAU DE CONFIANÇA NA JUSTIÇA DO TRABALHO Mede o grau de confiança dos advogados e partes

Leia mais

Administração Judiciária

Administração Judiciária Administração Judiciária Planejamento e Gestão Estratégica Claudio Oliveira Assessor de Planejamento e Gestão Estratégica Conselho Superior da Justiça do Trabalho Gestão Estratégica Comunicação da Estratégia

Leia mais

PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO

PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO PERÍODO 2012 A 2016 MANAUS/AM VERSÃO 1.0 1 Equipe de Elaboração João Luiz Cavalcante Ferreira Representante da Carlos Tiago Garantizado Representante

Leia mais

PÁGINA 4 ITIL V.2 & ITIL V.3

PÁGINA 4 ITIL V.2 & ITIL V.3 PÁGINA 4 ITIL V.2 & ITIL V.3 Gerência de Níveis de Serviço Manter e aprimorar a qualidade dos serviços de TI Revisar continuamente os custos e os resultados dos serviços para garantir a sua adequação Processo

Leia mais

ANEXO I MATRIZ DE INDICADORES E METAS

ANEXO I MATRIZ DE INDICADORES E METAS ANEXO I MATRIZ DE INDICADORES E S 31 MATRIZ DE INDICADORES e S Indicador 1 - Visão Visão: Ser reconhecido como um dos 10 Regionais mais céleres e eficientes na prestação jurisdicional, sendo considerado

Leia mais

Implantação da Governança a de TI na CGU

Implantação da Governança a de TI na CGU Implantação da Governança a de TI na CGU José Geraldo Loureiro Rodrigues Diretor de Sistemas e Informação Controladoria-Geral da União I Workshop de Governança de TI da Embrapa Estratégia utilizada para

Leia mais

15/09/2015. Gestão e Governança de TI. Modelo de Governança em TI. A entrega de valor. A entrega de valor. A entrega de valor. A entrega de valor

15/09/2015. Gestão e Governança de TI. Modelo de Governança em TI. A entrega de valor. A entrega de valor. A entrega de valor. A entrega de valor Gestão e Governança de TI Modelo de Governança em TI Prof. Marcel Santos Silva PMI (2013), a gestão de portfólio é: uma coleção de projetos e/ou programas e outros trabalhos que são agrupados para facilitar

Leia mais

PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO PETIC DO TRT DA 3ª REGIÃO RESUMO EXECUTIVO

PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO PETIC DO TRT DA 3ª REGIÃO RESUMO EXECUTIVO PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO PETIC DO TRT DA 3ª REGIÃO RESUMO EXECUTIVO Planejamento Estratégico de TIC TRT3 Sumário 1. Missão, Visão, Valores... 1 2. MAPA ESTRATÉGICO

Leia mais

Tribunal Regional Eleitoral de Santa Catarina

Tribunal Regional Eleitoral de Santa Catarina Planejamento Estratégico de Tecnologia da Informação e Comunicação (PETI) Secretaria de Tecnologia da Informação Florianópolis, março de 2010. Apresentação A informatização crescente vem impactando diretamente

Leia mais

INDICADORES E METAS DO TRT7 OBJETIVO ESTRATÉGICO TRT 7ª REGIÃO Nº.1.

INDICADORES E METAS DO TRT7 OBJETIVO ESTRATÉGICO TRT 7ª REGIÃO Nº.1. 34 Os indicadores são índices utilizados para aferir resultados. O TRT da 7ª Região adotou indicadores aferidos pelo CNJ e criou outros considerados relevantes para o processo decisório da gestão institucional,

Leia mais

CobiT 4.01 OBJETIVOS DE CONTROLE PARA INFORMAÇÃO E TECNOLOGIAS RELACIONADAS

CobiT 4.01 OBJETIVOS DE CONTROLE PARA INFORMAÇÃO E TECNOLOGIAS RELACIONADAS CobiT 4.01 OBJETIVOS DE CONTROLE PARA INFORMAÇÃO E TECNOLOGIAS RELACIONADAS METODOLOGIA DE AUDITORIA PARA AVALIAÇÃO DE CONTROLES E CUMPRIMENTO DE PROCESSOS DE TI NARDON, NASI AUDITORES E CONSULTORES CobiT

Leia mais

Pode Judiciário Justiça do Trabalho Tribunal Regional do Trabalho da 11ª Região ATRIBUIÇÕES DOS CARGOS DE DIREÇÃO E CHEFIAS DA SETIC

Pode Judiciário Justiça do Trabalho Tribunal Regional do Trabalho da 11ª Região ATRIBUIÇÕES DOS CARGOS DE DIREÇÃO E CHEFIAS DA SETIC Pode Judiciário Justiça do Trabalho Tribunal Regional do Trabalho da 11ª Região ATRIBUIÇÕES DOS CARGOS DE DIREÇÃO E CHEFIAS DA SETIC 1. Diretor da Secretaria de Tecnologia da Informação e Comunicação Coordenar

Leia mais

Diagnóstico da Governança - Práticas de Gestão Recomendadas v02

Diagnóstico da Governança - Práticas de Gestão Recomendadas v02 1 de 30 16/11/2015 15:16 Diagnóstico da Governança - Práticas de Gestão Recomendadas v02 Prezado(a) Como o OBJETIVO de apurar o nível de maturidade em governança da Justiça Federal, foi desenvolvido instrumento

Leia mais

TCU - Ciclo de Palestras 2011. Papel da Alta Administração na Governança de TI

TCU - Ciclo de Palestras 2011. Papel da Alta Administração na Governança de TI TCU - Ciclo de Palestras 2011 Papel da Alta Administração na Governança de TI Missão do CNJ O Conselho Nacional de Justiça tem o propósito de realizar a gestão estratégica e o controle administrativo do

Leia mais

CONCORRÊNCIA AA Nº 05/2009 BNDES ANEXO X PROJETO BÁSICO: DESCRIÇÃO DOS PROCESSOS DE TI

CONCORRÊNCIA AA Nº 05/2009 BNDES ANEXO X PROJETO BÁSICO: DESCRIÇÃO DOS PROCESSOS DE TI CONCORRÊNCIA AA Nº 05/2009 BNDES ANEXO X PROJETO BÁSICO: DESCRIÇÃO DOS PROCESSOS DE TI 1. PI06 TI 1.1. Processos a serem Atendidos pelos APLICATIVOS DESENVOLVIDOS Os seguintes processos do MACROPROCESSO

Leia mais

RESOLUÇÃO - TCU Nº 247, de 7 de dezembro de 2011

RESOLUÇÃO - TCU Nº 247, de 7 de dezembro de 2011 RESOLUÇÃO - TCU Nº 247, de 7 de dezembro de 2011 Dispõe sobre a Política de Governança de Tecnologia da Informação do Tribunal de Contas da União (PGTI/TCU). O TRIBUNAL DE CONTAS DA UNIÃO, no uso de suas

Leia mais

Gestão da Tecnologia da Informação

Gestão da Tecnologia da Informação TLCne-051027-P0 Gestão da Tecnologia da Informação Disciplina: Governança de TI São Paulo, Outubro de 2012 0 Sumário TLCne-051027-P1 Conteúdo desta Aula Abordar o domínio Adquirir e Implementar e todos

Leia mais

Gestão de Projetos. Maurício Augusto Figueiredo. II Simpósio de Gestão Estratégica da Justiça do Trabalho. 15 de setembro de 2010

Gestão de Projetos. Maurício Augusto Figueiredo. II Simpósio de Gestão Estratégica da Justiça do Trabalho. 15 de setembro de 2010 Gestão de Projetos Maurício Augusto Figueiredo II Simpósio de Gestão Estratégica da Justiça do Trabalho 15 de setembro de 2010 Agenda Planejamento Estratégico x Gestão de Projetos Escritório de Projetos

Leia mais

Planejamento Estratégico de TI (2013-2015) - UFPel

Planejamento Estratégico de TI (2013-2015) - UFPel Planejamento Estratégico de TI (2013-2015) - UFPel 1 Missão Prover soluções de TI, com qualidade, à comunidade da UFPel. 2 Visão Ser referência em governança de TI para a comunidade da UFPel até 2015.

Leia mais

PLENÁRIA FINAL JUSTIÇA ELEITORAL

PLENÁRIA FINAL JUSTIÇA ELEITORAL 1ª Reunião da Rede de Priorização do Primeiro Grau de Jurisdição PLENÁRIA FINAL JUSTIÇA ELEITORAL 05 a 07 de maio de 2015 ESMAF Brasília/DF Integrantes da Rede de Priorização do Primeiro Grau no segmento

Leia mais

Apresentação. Resolução CNJ 201, PLS do Judiciário

Apresentação. Resolução CNJ 201, PLS do Judiciário Apresentação Resolução CNJ 201, PLS do Judiciário Art. 10: os PLS-PJ são instrumentos, vinculados ao planejamento estratégico do Poder Judiciário, com objetivos e responsabilidades definidas, ações, metas,

Leia mais

Manifestação do Ministro Gilmar Mendes, no encerramento do II Encontro Nacional do Judiciário Belo Horizonte, 16/02/2009

Manifestação do Ministro Gilmar Mendes, no encerramento do II Encontro Nacional do Judiciário Belo Horizonte, 16/02/2009 Manifestação do Ministro Gilmar Mendes, no encerramento do II Encontro Nacional do Judiciário Belo Horizonte, 16/02/2009 Senhores, No encerramento destes trabalhos, gostaria de agradecer a contribuição

Leia mais

Nome do questionário (ID): Levantamento de Governança de TI 2014 (566727)

Nome do questionário (ID): Levantamento de Governança de TI 2014 (566727) Nome do questionário (ID): Levantamento de Governança de TI 2014 (566727) Pergunta: Sua resposta Data de envio: 13/06/2014 14:08:02 Endereço IP: 177.1.81.29 1. Liderança da alta administração 1.1. Com

Leia mais

MANUAL DE GESTÃO DE PROJETOS: Guia de referência do sistema de gestão de projetos do Tribunal Regional do Trabalho da 8ª Região

MANUAL DE GESTÃO DE PROJETOS: Guia de referência do sistema de gestão de projetos do Tribunal Regional do Trabalho da 8ª Região MANUAL DE GESTÃO DE PROJETOS: Guia de referência do sistema de gestão de projetos do Tribunal Regional do Trabalho da 8ª Região Belém PA 2013 MANUAL DE GESTÃO DE PROJETOS: Guia de referência do sistema

Leia mais

Gerência de Projetos de Software Modelos de gerência. CMM: Capability Maturity Model ITIL: Information Technology Infrastructure Library MPS BR

Gerência de Projetos de Software Modelos de gerência. CMM: Capability Maturity Model ITIL: Information Technology Infrastructure Library MPS BR Modelos de gerência CMM: Capability Maturity Model ITIL: Information Technology Infrastructure Library MPS BR Modelo de maturidade: CMM CMM (Capability Maturity Model) é um modelo subdividido em 5 estágios

Leia mais

PORTARIA Nº 7.596, DE 11 DE DEZEMBRO DE 2014.

PORTARIA Nº 7.596, DE 11 DE DEZEMBRO DE 2014. PORTARIA Nº 7.596, DE 11 DE DEZEMBRO DE 2014. Regulamenta as atribuições e responsabilidades da Secretaria de Tecnologia da Informação e Comunicações do Tribunal Regional do Trabalho da 4ª Região e dá

Leia mais

1. Escopo ou finalidade da iniciativa

1. Escopo ou finalidade da iniciativa 1. Escopo ou finalidade da iniciativa Estruturar e implantar uma unidade administrativa para assessorar a alta administração do Tribunal de Justiça do Estado de Minas Gerais em relação à elaboração e ao

Leia mais

ESCOLA JUDICIAL DO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 16ª REGIÃO PROJETO POLÍTICO PEDAGÓGICO QUALIFICAR

ESCOLA JUDICIAL DO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 16ª REGIÃO PROJETO POLÍTICO PEDAGÓGICO QUALIFICAR PROJETO POLÍTICO PEDAGÓGICO QUALIFICAR CALENDÁRIO DE CURSOS EXERCÍCIO 2011 PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO 2011-2015 PROJETO POLÍTICO PEDAGÓGICO QUALIFICAR Escopo Capacitar magistrados e servidores em gestão

Leia mais

Metodologia para Análise de Maturidade de Governança de TI. Soluções em Gestão e TI que adicionam valor aos negócios

Metodologia para Análise de Maturidade de Governança de TI. Soluções em Gestão e TI que adicionam valor aos negócios Metodologia para Análise de Maturidade de Governança de TI Soluções em Gestão e TI que adicionam valor aos negócios Garanta a eficiência e a competitividade da sua empresa Análise de Maturidade de Governança

Leia mais

ATO Nº 232/2013. A PRESIDENTE DO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 7ª REGIÃO, no uso de suas atribuições legais e regimentais,

ATO Nº 232/2013. A PRESIDENTE DO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 7ª REGIÃO, no uso de suas atribuições legais e regimentais, ATO Nº 232/2013 Aprova a Norma Complementar de Procedimentos para Inventariar Ativos de Tecnologia da Informação. A PRESIDENTE DO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 7ª REGIÃO, no uso de suas atribuições

Leia mais

Implantação da Governança a de TI na CGU

Implantação da Governança a de TI na CGU Implantação da Governança a de TI na CGU José Geraldo Loureiro Rodrigues Diretor de Sistemas e Informação Controladoria-Geral da União Palestra UNICEUB Estratégia utilizada para implantação da Governança

Leia mais

A ESTRATÉGIA DO TRT-3ª REGIÃO

A ESTRATÉGIA DO TRT-3ª REGIÃO A ESTRATÉGIA DO TRT-3ª REGIÃO Plano Plurianual 2010-2014 Considerando o caráter dinâmico do processo de planejamento estratégico, o monitoramento e as revisões periódicas vêm auxiliar a Administração,

Leia mais

Antônio Francisco Morais Rolla Diretor Executivo de Informática TJMG

Antônio Francisco Morais Rolla Diretor Executivo de Informática TJMG Antônio Francisco Morais Rolla Diretor Executivo de Informática TJMG Tipos de Justiça: Federal Estadual (Comum e Militar) Trabalho Eleitoral No TJMG Justiça Comum: 1ª e 2ª Instâncias Juizados Especiais

Leia mais

Governança de TI. Heleno dos Santos Ferreira

Governança de TI. Heleno dos Santos Ferreira Governança de TI Heleno dos Santos Ferreira Agenda Governança de TI Heleno dos Santos Ferreira ITIL Publicação dos Livros revisados 2011 ITIL Correções ortográficas e concordâncias gramaticais; Ajustes

Leia mais

IMPLEMENTAR METODOLOGIA DE GESTÃO DE PROCESSOS DE TRABALHO NO PODER JUDICIÁRIO DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO

IMPLEMENTAR METODOLOGIA DE GESTÃO DE PROCESSOS DE TRABALHO NO PODER JUDICIÁRIO DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO . Escopo ou finalidade do projeto O projeto visa implantar método de gestão de processos de trabalho em 00% das prestadoras de jurisdição de º grau, tendo como base o Sistema Normativo do Poder Judiciário

Leia mais

1. Escopo ou finalidade da iniciativa

1. Escopo ou finalidade da iniciativa 1. Escopo ou finalidade da iniciativa Esta iniciativa busca a modernização e a ampliação das ações e dos instrumentos de Comunicação para atender às necessidades de divulgação e alinhamento de informações

Leia mais

RESULTADOS FINAIS DO ENCONTRO NACIONAL - ÁREA MEIO - ESTRATÉGIA NACIONAL DO MINISTÉRIO PÚBLICO

RESULTADOS FINAIS DO ENCONTRO NACIONAL - ÁREA MEIO - ESTRATÉGIA NACIONAL DO MINISTÉRIO PÚBLICO RESULTADOS FINAIS DO ENCONTRO NACIONAL - ÁREA MEIO - ESTRATÉGIA NACIONAL DO MINISTÉRIO PÚBLICO SISTEMATIZAÇÃO DOS RESULTADOS Atendendo a solicitação do CNMP, o presente documento organiza os resultados

Leia mais

Nome do questionário (ID): Levantamento de Governança de TI 2014 (566727)

Nome do questionário (ID): Levantamento de Governança de TI 2014 (566727) Nome do questionário (ID): Levantamento de Governança de TI 2014 (566727) Pergunta: Sua resposta Data de envio: 12/06/2014 13:58:56 Endereço IP: 200.252.42.196 1. Liderança da alta administração 1.1. Com

Leia mais

ITIL - Por que surgiu? Dependências de TI; A qualidade, quantidade e disponibilidade de infra-estrutura de TI afetam diretamente;

ITIL - Por que surgiu? Dependências de TI; A qualidade, quantidade e disponibilidade de infra-estrutura de TI afetam diretamente; ITIL ITIL - Por que surgiu? Dependências de TI; A qualidade, quantidade e disponibilidade de infra-estrutura de TI afetam diretamente; ITIL Mas o que gerenciar? Gerenciamento de Serviço de TI. Infra-estrutura

Leia mais

C O B I T. Gerenciamento dos Riscos Mitigação. Aceitação. Transferência. Evitar/Eliminar.

C O B I T. Gerenciamento dos Riscos Mitigação. Aceitação. Transferência. Evitar/Eliminar. C O B I T Evolução Estratégica A) Provedor de Tecnologia Gerenciamento de Infra-estrutura de TI (ITIM) B) Provedor de Serviços Gerenciamento de Serviços de TI (ITSM) C) Parceiro Estratégico Governança

Leia mais

Certificação ISO/IEC 27001. SGSI - Sistema de Gestão de Segurança da Informação. A Experiência da DATAPREV

Certificação ISO/IEC 27001. SGSI - Sistema de Gestão de Segurança da Informação. A Experiência da DATAPREV Certificação ISO/IEC 27001 SGSI - Sistema de Gestão de Segurança da Informação A Experiência da DATAPREV DATAPREV Quem somos? Empresa pública vinculada ao Ministério da Previdência Social, com personalidade

Leia mais

Governança da Capacidade de TI

Governança da Capacidade de TI Coordenadoria de Tecnologia da Informação Documentos Formais Governança da Sumário 1 Introdução... 03 2 Políticas do Documento de Governança da... 04 3 Governança da... 05 4 Principais Serviços para Governança

Leia mais

Planejamento Estratégico PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO. Histórico de elaboração Julho 2014

Planejamento Estratégico PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO. Histórico de elaboração Julho 2014 Planejamento Estratégico PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO Histórico de elaboração Julho 2014 Motivações Boa prática de gestão Orientação para objetivos da Direção Executiva Adaptação à mudança de cenários na sociedade

Leia mais

ATO Nº 233/2013. A PRESIDENTE DO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 7ª REGIÃO, no uso de suas atribuições legais e regimentais,

ATO Nº 233/2013. A PRESIDENTE DO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 7ª REGIÃO, no uso de suas atribuições legais e regimentais, ATO Nº 233/2013 Institui a Política de Gerenciamento de Serviços de Tecnologia da Informação (TI) no âmbito do Tribunal Regional do Trabalho da 7ª Região. A PRESIDENTE DO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO

Leia mais

AVALIAÇÃO QUALITATIVA E QUANTITATIVA DO QUADRO DE SERVIDORES DA COTEC

AVALIAÇÃO QUALITATIVA E QUANTITATIVA DO QUADRO DE SERVIDORES DA COTEC MINISTÉRIO DO MEIO AMBIENTE INSTITUTO CHICO MENDES DE CONSERVAÇÃO DA BIODIVERSIDADE DIRETORIA DE PLANEJAMENTO, ADMINISTRAÇÃO E LOGÍSTICA Coordenação-Geral de Administração e Tecnologia da Informação Coordenação

Leia mais

ANEXO X DIAGNÓSTICO GERAL

ANEXO X DIAGNÓSTICO GERAL ANEXO X DIAGNÓSTICO GERAL 1 SUMÁRIO DIAGNÓSTICO GERAL...3 1. PREMISSAS...3 2. CHECKLIST...4 3. ITENS NÃO PREVISTOS NO MODELO DE REFERÊNCIA...11 4. GLOSSÁRIO...13 2 DIAGNÓSTICO GERAL Este diagnóstico é

Leia mais

Diretoria de Informática TCE/RN 2012 PDTI PLANO DIRETOR DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO. Brivaldo Marinho - Consultor. Versão 1.0

Diretoria de Informática TCE/RN 2012 PDTI PLANO DIRETOR DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO. Brivaldo Marinho - Consultor. Versão 1.0 TCE/RN 2012 PDTI PLANO DIRETOR DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO Brivaldo Marinho - Consultor Versão 1.0 CONTROLE DA DOCUMENTAÇÃO Elaboração Consultor Aprovação Diretoria de Informática Referência do Produto

Leia mais

*F69F3DF9* PROJETO DE LEI N.º, de de 2012. (DO TRIBUNAL SUPERIOR DO TRABALHO)

*F69F3DF9* PROJETO DE LEI N.º, de de 2012. (DO TRIBUNAL SUPERIOR DO TRABALHO) ** PROJETO DE LEI N.º, de de 2012. (DO TRIBUNAL SUPERIOR DO TRABALHO) Dispõe sobre a criação de cargos de provimento efetivo no Quadro de Pessoal da Secretaria do Tribunal Regional do Trabalho da 1ª Região.

Leia mais

MATRIZ DE COMPETÊNCIAS DO CHEFE DA SEÇÃO DE SUPORTE E SEGURANÇA DA INFORMAÇÃO

MATRIZ DE COMPETÊNCIAS DO CHEFE DA SEÇÃO DE SUPORTE E SEGURANÇA DA INFORMAÇÃO MATRIZ DE COMPETÊNCIAS DO CHEFE DA SEÇÃO DE SUPORTE E SEGURANÇA DA INFORMAÇÃO CHEFE DA SEÇÃO DE SUPORTE E SEGURANÇA DA INFORMAÇÃO (FC-5) Área: Administrativa Unidade: Secretaria de Tecnologia da Informação

Leia mais

PLANO DE AÇÃO PDTI-PBH

PLANO DE AÇÃO PDTI-PBH 1 PA00 PA00 Preparação para acompanhamento e execução do PDTI Projeto para a criação da instância para acompanhamento e execução do PDTI 2 PA00 Projeto para a criação da metodologia de trabalho 3 PA00

Leia mais

A NOVA POLÍTICA DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO DO ESTADO DO ESPÍRITO SANTO

A NOVA POLÍTICA DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO DO ESTADO DO ESPÍRITO SANTO Centro de Convenções Ulysses Guimarães Brasília/DF 4, 5 e 6 de junho de 2012 A NOVA POLÍTICA DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO DO ESTADO DO ESPÍRITO SANTO Pablo Sandin Amaral Renato Machado Albert

Leia mais

PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO PETIC DO TRT DA 3ª REGIÃO PROJETOS, ALINHAMENTO ESTRATÉGICO E GLOSSÁRIO

PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO PETIC DO TRT DA 3ª REGIÃO PROJETOS, ALINHAMENTO ESTRATÉGICO E GLOSSÁRIO PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO PETIC DO TRT DA 3ª REGIÃO PROJETOS, ALINHAMENTO ESTRATÉGICO E GLOSSÁRIO 1. Anexo 2 Projetos 1. Reestruturação da TI Elaborar e implantar

Leia mais

Avaliação de Riscos Aplicada à Qualidade em Desenvolvimento de Software

Avaliação de Riscos Aplicada à Qualidade em Desenvolvimento de Software Rafael Espinha, Msc rafael.espinha@primeup.com.br +55 21 9470-9289 Maiores informações: http://www.primeup.com.br riskmanager@primeup.com.br +55 21 2512-6005 Avaliação de Riscos Aplicada à Qualidade em

Leia mais

PORTARIA TC Nº 437, 23 DE SETEMBRO DE 2015

PORTARIA TC Nº 437, 23 DE SETEMBRO DE 2015 PORTARIA TC Nº 437, 23 DE SETEMBRO DE 2015 Disciplina os procedimentos para gestão de incidentes de segurança da informação e institui a equipe de tratamento e resposta a incidentes em redes computacionais

Leia mais

PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA CONTROLADORIA-GERAL DA UNIÃO DIRETORIA DE SISTEMAS E INFORMAÇÃO

PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA CONTROLADORIA-GERAL DA UNIÃO DIRETORIA DE SISTEMAS E INFORMAÇÃO PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA CONTROLADORIA-GERAL DA UNIÃO DIRETORIA DE SISTEMAS E INFORMAÇÃO PLANO ESTRATÉGICO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO TRIÊNIO /2015 DSI/CGU-PR Publicação - Internet 1 Sumário 1. RESULTADOS

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO. PORTARIA Nº CJF-POR-2014/00413 de 30 de setembro de 2014

PODER JUDICIÁRIO. PORTARIA Nº CJF-POR-2014/00413 de 30 de setembro de 2014 PODER JUDICIÁRIO JUSTIÇA FEDERAL CONSELHO DA JUSTIÇA FEDERAL PORTARIA Nº CJF-POR-2014/00413 de 30 de setembro de 2014 Dispõe sobre a aprovação do Documento Acessório Diferenciado "Política de Gestão de

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO JUSTIÇA DO TRABALHO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 8ª REGIÃO INTRODUÇÃO

PODER JUDICIÁRIO JUSTIÇA DO TRABALHO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 8ª REGIÃO INTRODUÇÃO Assegurar o acesso à justiça, de forma efetiva, na composição dos conflitos decorrentes das relações de trabalho. Missão Institucional do TRT da 8ª Região. INTRODUÇÃO Prática adotada pelo Tribunal Regional

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA (TR) GAUD 4.6.8 01 VAGA

TERMO DE REFERÊNCIA (TR) GAUD 4.6.8 01 VAGA INSTITUTO INTERAMERICANO DE COOPERAÇÃO PARA A AGRICULTURA TERMO DE REFERÊNCIA (TR) GAUD 4.6.8 01 VAGA 1 IDENTIFICAÇÃO DA CONSULTORIA Contratação de consultoria pessoa física para serviços de preparação

Leia mais

ANEXO À RESOLUÇÃO Nº /2010 REGIMENTO DA DIRETORIA DE TECNOLOGIA DE INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO

ANEXO À RESOLUÇÃO Nº /2010 REGIMENTO DA DIRETORIA DE TECNOLOGIA DE INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO ANEXO À RESOLUÇÃO Nº /2010 REGIMENTO DA DIRETORIA DE TECNOLOGIA DE INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO Art. 1º - A Diretoria de Tecnologia de Informação e Comunicação DTIC da Universidade FEDERAL DO ESTADO DO RIO

Leia mais

TRIBUNAL REGIONAL FEDERAL DA 2ª REGIÃO Secretaria de Tecnologia da Informação

TRIBUNAL REGIONAL FEDERAL DA 2ª REGIÃO Secretaria de Tecnologia da Informação TRIBUNAL REGIONAL FEDERAL DA 2ª REGIÃO Secretaria de Tecnologia da Informação REGIONALIZAÇÃO DE SERVIÇOS DE TI MAPEAMENTO DE PROVIDÊNCIAS INICIAIS Março/2014 V 1.1 REGIONALIZAÇÃO DE SERVIÇOS DE TI MAPEAMENTO

Leia mais

SEÇÃO JUDICIÁRIA DO PARANÁ

SEÇÃO JUDICIÁRIA DO PARANÁ SEÇÃO JUDICIÁRIA DO PARANÁ MISSÃO: Garantir prestação jurisdicional rápida, acessível e efetiva no âmbito da sua competência. DESCRIÇÃO DA MISSÃO: A Justiça Federal no Paraná existe para garantir direitos

Leia mais

PRÁTICA O ESCRITÓRIO DE PROJETOS DA SUPERINTENDÊNCIA CENTRAL DE PLANEJAMENTO COMO INSTRUMENTO DE GESTÃO ESTRATÉGICA DOS PROJETOS PRIORITÁRIOS DO PAI

PRÁTICA O ESCRITÓRIO DE PROJETOS DA SUPERINTENDÊNCIA CENTRAL DE PLANEJAMENTO COMO INSTRUMENTO DE GESTÃO ESTRATÉGICA DOS PROJETOS PRIORITÁRIOS DO PAI PRÁTICA O ESCRITÓRIO DE PROJETOS DA SUPERINTENDÊNCIA CENTRAL DE PLANEJAMENTO COMO INSTRUMENTO DE GESTÃO ESTRATÉGICA DOS PROJETOS PRIORITÁRIOS DO PAI Secretaria/Órgão: Secretaria de Estado de Gestão e Planejamento

Leia mais

Portaria nº 3156, de 5 de dezembro de 2013.

Portaria nº 3156, de 5 de dezembro de 2013. O PRESIDENTE DO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 14ª REGIÃO, no uso de suas atribuições legais, CONSIDERANDO o Planejamento Estratégico Participativo em execução (2009/2014), aprovado pela Resolução Administrativa

Leia mais

SISTEMA DE GESTÃO DE PESSOAS SEBRAE/TO UNIDADE: GESTÃO ESTRATÉGICA PROCESSO: TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO

SISTEMA DE GESTÃO DE PESSOAS SEBRAE/TO UNIDADE: GESTÃO ESTRATÉGICA PROCESSO: TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO SISTEMA DE GESTÃO DE PESSOAS SEBRAE/TO UNIDADE: GESTÃO ESTRATÉGICA PROCESSO: TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO Competências Analista 1. Administração de recursos de infra-estrutura de tecnologia da informação 2.

Leia mais

Nome do questionário (ID): Levantamento de Governança de TI 2014 (566727)

Nome do questionário (ID): Levantamento de Governança de TI 2014 (566727) Nome do questionário (ID): Levantamento de Governança de TI 2014 (566727) Pergunta: Sua resposta Data de envio: 08/08/2014 19:53:40 Endereço IP: 150.164.72.183 1. Liderança da alta administração 1.1. Com

Leia mais

PLANO DE TRABALHO RESOLUÇÃO Nº 90 DE 2009 DO CONSELHO NACIONAL DE JUSTIÇA

PLANO DE TRABALHO RESOLUÇÃO Nº 90 DE 2009 DO CONSELHO NACIONAL DE JUSTIÇA PLANO DE TRABALHO RESOLUÇÃO Nº 90 DE 2009 DO CONSELHO NACIONAL DE JUSTIÇA Estrutura: 1. Método de elaboração deste Plano de Trabalho e do respectivo Cronograma. 2. Cronograma. 3. Detalhamento das atividades

Leia mais

VISÃO Ser reconhecido, junto à Instituição, pela qualidade de seus serviços e soluções de TIC - 1 -

VISÃO Ser reconhecido, junto à Instituição, pela qualidade de seus serviços e soluções de TIC - 1 - RECURSOS E PESSOAS PROCESSOS INTERNOS RESULTADOS / SOCIEDADE ANEXO I ( a que se refere o 1º do art. 1º da Resolução nº 732, de 14 de agosto de 2013) MISSÃO Prover soluções tecnológicas efetivas para que

Leia mais

Secretaria de Gestão Pública de São Paulo. Guia de Avaliação de Maturidade dos Processos de Gestão de TI

Secretaria de Gestão Pública de São Paulo. Guia de Avaliação de Maturidade dos Processos de Gestão de TI Secretaria de Gestão Pública de São Paulo Guia de Avaliação de Maturidade dos Processos de Gestão de TI Objetivos As empresas e seus executivos se esforçam para: Manter informações de qualidade para subsidiar

Leia mais

Termo de Abertura do Projeto TAP PJSETIN2012029 NOC Network Operation Center (Centro de Operação

Termo de Abertura do Projeto TAP PJSETIN2012029 NOC Network Operation Center (Centro de Operação Operação de Rede) Versão 1.0 Estado do Ceará Poder Judiciário Tribunal de Justiça Histórico de Revisões Data Versão Descrição Responsável 31/08/2012 0.1 Criação do documento Alexys Ribeiro Gerente do Projeto

Leia mais

Objetivos. PDI - Plano Diretor de Informática. O que é? Como é feito? Quanto dura sua elaboração? Impactos da não execução do PDI

Objetivos. PDI - Plano Diretor de Informática. O que é? Como é feito? Quanto dura sua elaboração? Impactos da não execução do PDI Objetivos Assegurar que os esforços despendidos na área de informática sejam consistentes com as estratégias, políticas e objetivos da organização como um todo; Proporcionar uma estrutura de serviços na

Leia mais

Construção do Plano Estratégico 2015-2020. Revisão da Identidade Estratégica Comissão de Planejamento Estratégico 10/10/2014

Construção do Plano Estratégico 2015-2020. Revisão da Identidade Estratégica Comissão de Planejamento Estratégico 10/10/2014 Construção do Plano Estratégico 2015-2020 Revisão da Identidade Estratégica Comissão de Planejamento Estratégico 10/10/2014 2 Objetivo da Reunião Apresentar a contribuição institucional, discutir propostas

Leia mais