Ruben, o menino Hiperactivo. Autor: E. Manuel Garcia Pérez (Psicólogo)

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Ruben, o menino Hiperactivo. Autor: E. Manuel Garcia Pérez (Psicólogo)"

Transcrição

1 Ruben, o menino Hiperactivo Autor: E. Manuel Garcia Pérez (Psicólogo)

2 NOTA AOS PAIS 2 A Hiperactividade é uma Perturbação de Comportamento cujas causas ainda não são totalmente conhecidas. As explicações que se dão neste livro devem ser consideradas como uma forma simples de apresentar a perturbação às crianças. Para conhecer mais detalhes sobre este tema deve consultar um psicólogo. Traduzido e adaptado por: Carla Pinhal (Psicóloga) Julho de 2010

3 3 Ruben é um menino de 6 anos que vivia numa grande cidade com os seus pais e dois irmãos mais velhos. Embora tenha iniciado a pré-escola aos 3 anos, este percurso era um problema para ele.

4 Diariamente a sua professora ralhava com ele diversas vezes e já tinha chamado os seus pais para se queixar do seu comportamento no colégio. 4

5 5 De acordo com a sua professora, Ruben era um menino muito inquieto. Perturbava frequentemente os seus colegas: empurrava-os quando entrava e saiam da sala de aulas, tirava-lhes os materiais e não os deixava fazer os trabalhos da escola. Além disso, levantava-se e andava de um lado para o outro sem haver necessidade de o fazer.

6 6 O que deixava a professora mais triste era o facto de o Ruben não prestar atenção a nada do que ela dizia. Quando explicava algo aos meninos, o Ruben olhava para outro sítio ou distraia-se com os seus lápis de cor.

7 7 Quando a professora lhe pedia para fazer alguma tarefa, Ruben iniciava-a com muito interesse, mas, passado pouco tempo, levantava-se do seu sítio e deixava o que estava a fazer sem o ter terminado. Várias vezes, o que fazia era diferente do que a professora lhe tinha pedido para fazer.

8 Quando os seus pais foram falar com a professora explicaram-lhe que, em casa, o Ruben também era um menino difícil. Quando estava a comer mexia-se constantemente na cadeira, levantava-se por qualquer motivo, brincava com o guardanapo e com a comida, interrompia os pais enquanto estes falavam e, quase todos os dias, entornava a comida ou o copo de água. 8

9 Os seus irmãos também se chateavam com ele. O Ruben interrompe os seus jogos e fazia barulho quando eles tentavam fazer as tarefas escolares/trabalhos de casa. Na sua casa nada estava tranquilo até que o Ruben fosse para a cama e adormecesse. 9

10 Frequentemente, o Ruben dizia mentiras e partia objectos. Quando os seus pais falavam com ele, o Ruben prometia que iria portar-se bem, que não iria chatear os colegas da escola e que tomaria atenção a tudo o que a professora dissesse. 10

11 Sem excepção, todos os dias se repetia a mesma história. Ou se pegava com alguns dos seus colegas na escola ou então com os irmãos em casa. Na realidade, Ruben era um menino que não tinha amigos. Ninguém queria estar com ele: não cumpria as regras dos jogos e muitas vezes chateava-se e gritava. 11

12 Quando a professora escutou todas as queixas dos seus pais, pensou que talvez este comportamento não fosse culpa do Ruben. Ele poderia ter algo que o impedia de portar-se como os outros meninos e precisava de ajuda. Assim, aconselhou os pais do Ruben a consultar o Pediatra e um Psicólogo. 12

13 A primeira coisa que os pais do Ruben fizeram foi visitar o Pediatra, que os remeteu para um Psiquiatra. Quando o Psiquiatra ouviu os pais do Ruben pensou que era necessário fazer um estudo mais profundo do caso. 13

14 Durante as semanas seguintes, Ruben falou com o Psiquiatra, contou-lhe tudo o que se passava e que ele não queria portar-se mal, mas que havia alguma coisa que o obrigava a portar-se assim. Por exemplo, ele queria estar quieto na sua cadeira, mas passado pouco tempo sentia necessidade de se levantar. 14

15 O Psiquiatra também falou com os pais do Ruben, perguntou-lhes várias coisas sobre ele: como decorreu a gravidez e o parto desta criança, se teve doenças graves na infância, se sempre havia sido um menino inquieto, entre outras coisas. 15

16 Finalmente, o Psiquiatra decidiu que já sabia o que se passava: Ruben era um menino Hiperactivo. Hiperactividade explicou aos pais quer dizer que o cérebro do menino trabalha muito mais depressa do que o normal. Por isso, o Ruben mexe-se muito, não pára de falar, está inquieto e sem parar nem por um momento. 16

17 Ao princípio, os pais do Ruben assustaram-se ao escutar isto, mas rapidamente o Psiquiatra os tranquilizou. Indicou-lhes que a Hiperactividade é uma perturbação de comportamento mas não é grave. Requer compreensão por parte de todos. Com o tempo, o Ruben irá comportar-se como todos os outros meninos, mas tanto os pais como o Ruben necessitavam de uma ajuda extra. 17

18 O Psiquiatra explicou ao Ruben que o cérebro é como o motor de um carro: quando se acelera vai muito depressa. Cada pessoa tem um cérebro diferente. Algumas crianças têm um cérebro que funciona de forma mais lenta que o normal e outros que têm um cérebro que funciona de forma mais rápida. Aos meninos cujo cérebro funciona de forma mais rápida chamamos Hiperactivos. 18

19 Os meninos hiperactivos têm que estar sempre ocupados, não podem estar quietos muito tempo. Também acontece que quando estão muito tempo a fazer a mesma coisa, o seu cérebro exige mudar de tarefa e, por isso, deixam a tarefa antes de a terem terminado. 19

20 Sendo assim, se não ensinarmos o cérebro a funcionar mais devagar, as consequências para o menino hiperactivo são muito desagradáveis: não consegue aprender coisas importantes na escola e os professores ficam tristes com eles. Se não trata com respeito os seus colegas, nunca terá amigos e ficará sempre sozinho. 20

21 O Psiquiatra explicou aos pais do Ruben que existiam uns comprimidos que o menino poderia tomar durante vários meses e que poderiam ajudá-lo a melhorar, a prestar mais atenção ao que o rodeia e a mexer-se menos. 21

22 Assim, a melhor solução para os seus problemas seria consultar um Psicólogo. Os Psicólogos explicam aos pais, professores e outros familiares das crianças hiperactivas, métodos eficazes para tratar os seus problemas de comportamento em casa e na escola. 22

23 Além disso, o Psicólogo poderá ensinar ao Ruben, técnicas para melhorar a sua capacidade de atenção e para resolver os seus conflitos com os colegas da escola. Deste modo, o Ruben irá, pouco a pouco, controlando a sua hiperactividade e dando-se melhor com todos à sua volta. 23

24 Seguindo os conselhos do Psiquiatra, os pais do Ruben deram-lhe todos os dias um comprimido antihiperactividade, antes de ir para a escola. Também procuraram um Psicólogo que, dois dias por semana, ensinava ao Ruben técnicas para controlar a sua impulsividade e a prestar mais atenção ao que o rodeia. 24

25 Agora o Ruben está mais tranquilo, os seus colegas já gostam de brincar com ele. A professora nomeou-o Ajudante da Sala e, de vez em quando, manda-o fazer recados para que o Ruben possa mover-se um pouco pela sala ou pela escola. 25

26 Em casa, aprendeu a respeitar os seus pais e irmãos; pede permissão para mudar o canal da televisão, não se irrita se algum dos seus irmãos não pode brincar com ele Devido à melhoria do seu comportamento, os seus pais prometeram-lhe que no Verão o levariam a um grande parque de diversões. 26

27 Antigamente o Ruben era um menino agressivo e mal-humorado que ninguém queria ter por perto. Agora, todos se dão bem com ele. Fez muitos amigos e já não diz mentiras nem se irrita por nada. 27

28 28 Todos compreendem que o Ruben é um menino diferente e que devido à velocidade com que trabalha o seu cérebro, às vezes tem que mexer-se um pouco e mudar de actividade. Agora o Ruben é muito mais feliz.

João Pedro Pinto Moreira 4º Ano EB1 Azenha Nova. A Pequena Diferença

João Pedro Pinto Moreira 4º Ano EB1 Azenha Nova. A Pequena Diferença João Pedro Pinto Moreira 4º Ano EB1 Azenha Nova A Pequena Diferença Era uma vez um menino chamado Afonso que nasceu no primeiro dia do ano de 2000. Era uma criança muito desejada por toda a família, era

Leia mais

Juro lealdade à bandeira dos Estados Unidos da... autch! No terceiro ano, as pessoas adoram dar beliscões. Era o Zezinho-Nelinho-Betinho.

Juro lealdade à bandeira dos Estados Unidos da... autch! No terceiro ano, as pessoas adoram dar beliscões. Era o Zezinho-Nelinho-Betinho. ÍTULO 1 Juro lealdade à bandeira dos Estados Unidos da... autch! No terceiro ano, as pessoas adoram dar beliscões. Era o Zezinho-Nelinho-Betinho. Julinho sussurrou. Vou pensar no teu caso respondi -lhe,

Leia mais

Os vinhateiros. Referência Bíblica: Mateus

Os vinhateiros. Referência Bíblica: Mateus Os vinhateiros Referência Bíblica: Mateus 20. 1-16 Introdução: O que é de fato o Reino de Deus começa Jesus a explicar, circundado por muita gente que o escuta atentamente... Um senhor era dono de uma

Leia mais

Agrupamento de Escolas de Alhandra, Sobralinho e São João dos Montes. BECRE Soeiro Pereira Gomes

Agrupamento de Escolas de Alhandra, Sobralinho e São João dos Montes. BECRE Soeiro Pereira Gomes Após teres lido a obra de António Mota, Pedro Alecrim, assinala com uma cruz X, de acordo com a referida obra, a opção correta em cada uma das seguintes afirmações. 1 Pedro e alguns colegas fazem parte

Leia mais

BALANÇO DA OCUPAÇÃO DO TEMPO DURANTE A SEMANA DE PREENCHIMENTO DA GRELHA - 1º ANO

BALANÇO DA OCUPAÇÃO DO TEMPO DURANTE A SEMANA DE PREENCHIMENTO DA GRELHA - 1º ANO BALANÇO DA OCUPAÇÃO DO TEMPO DURANTE A SEMANA DE PREENCHIMENTO DA GRELHA - 1º ANO PROFESSORA Bom dia meninos, estão bons? TODOS Sim. PROFESSORA Então a primeira pergunta que eu vou fazer é se vocês gostam

Leia mais

Um ato de amor sonhador ao mundo

Um ato de amor sonhador ao mundo Um ato de amor sonhador ao mundo Este livro esta aberto para qualquer idade, pois relata uma historia de amor com a nossa sociedade, uma garotinha de 09 anos de idade busca fazer a diferença sempre dando

Leia mais

7 DICAS PARA CRIAR UM FILHO RESPONSÁVEL

7 DICAS PARA CRIAR UM FILHO RESPONSÁVEL 7 DICAS PARA CRIAR UM FILHO RESPONSÁVEL É preciso ensinar o filho a ter responsabilidade desde cedo: O quarto do seu filho é uma bagunça sem fim? Ele vive perdendo os materiais escolares ou quebrando seus

Leia mais

O EMPREGADO QUE NÀO QUIS PERDOAR Lição Objetivos: Ensinar que precisamos perdoar aos outros que pecam contra nós.

O EMPREGADO QUE NÀO QUIS PERDOAR Lição Objetivos: Ensinar que precisamos perdoar aos outros que pecam contra nós. O EMPREGADO QUE NÀO QUIS PERDOAR Lição 32 1 1. Objetivos: Ensinar que precisamos perdoar aos outros que pecam contra nós. 2. Lição Bíblica: Mateus 18.21-35 (Leitura bíblica para o professor e base bíblica

Leia mais

O Tigre à Beira do Rio

O Tigre à Beira do Rio O Tigre à Beira do Rio --Baixe-se Moba! Muito bem Didi, o menino birmanês subiu no elefante e fez carinho em sua cabeça. Didi treinara Moba desde bebê. Como era um elefante asiático, Moba não era tão grande

Leia mais

Suelen e Sua História

Suelen e Sua História Suelen e Sua História Nasci em Mogi da Cruzes, no maternidade Santa Casa de Misericórdia no dia 23 de outubro de 1992 às 18 horas. Quando eu tinha 3 anos de idade fui adotada pela tia da minha irmã, foi

Leia mais

PRÁTICA DE ENSINO: JOGOS INTERATIVOS

PRÁTICA DE ENSINO: JOGOS INTERATIVOS PRÁTICA DE ENSINO: JOGOS INTERATIVOS Livro digital recontando a história A Bonequinha preta da autora Alaíde Lisboa de Oliveira, livro escrito no ano de 1930, porém só foi publicado no ano de 2004 BELO

Leia mais

Às vezes me parece que gosto dele, mas isso não é sempre. Algumas coisas em meu irmão me irritam muito. Quando ele sai, por exemplo, faz questão de

Às vezes me parece que gosto dele, mas isso não é sempre. Algumas coisas em meu irmão me irritam muito. Quando ele sai, por exemplo, faz questão de Às vezes me parece que gosto dele, mas isso não é sempre. Algumas coisas em meu irmão me irritam muito. Quando ele sai, por exemplo, faz questão de sair sozinho. E me chama de pirralho, o que me dá raiva.

Leia mais

Sara Borges. Ilustrado por: João Horta

Sara Borges. Ilustrado por: João Horta Sara Borges Ilustrado por: João Horta Título: Dislexia Autor: Sara Borges Ilustração: João Horta 1º Edição: Novembro 2012 ISNB: 978-3-16-148410-0 Porto Editora Rua da Restauração, 365 4099-023 Porto Eu

Leia mais

Lilico, Coelho. Atrapalhado. Matias Miranda

Lilico, Coelho. Atrapalhado. Matias Miranda Matias Miranda Lilico, Um Coelho Atrapalhado Matias Miranda Dedico este livro a você que esta lendo. Jesus te ama e eu também! Lilico era um coelho muito atrapalhado que vivia com sua mãe, seu pai e seus

Leia mais

Dimensões. Institucionalização. Entrevistado

Dimensões. Institucionalização. Entrevistado Dimensões Institucionalização Entrevistado F 2 Imagem sobre a velhice Entristece-me muito chegar aqui e olhar para determinados idosos que estão aqui, venho cá três vezes por semana no mínimo e nunca vejo

Leia mais

O LENHADOR E OS CAJUEIROS

O LENHADOR E OS CAJUEIROS O LENHADOR E OS CAJUEIROS Eduardo B. Córdula e Rafael T. Guerra Uma família de retirantes vinda de uma região castigada pela seca no alto sertão paraibano, onde nada nascia e a água era pouca e ruim, procurava

Leia mais

sabe o que é a DPOC?

sabe o que é a DPOC? sabe o que é a DPOC? Doença quer dizer mal estar Pulmonar quer dizer que se localiza nos pulmões Obstrutiva quer dizer brônquios parcialmente danificados Crónica quer dizer que é para sempre DPOC o que

Leia mais

ONDE ESTÁ O MEDO? Ficha de Avaliação de Língua Portuguesa 5.º ano. Nome N.º Turma: Data: / / Lê o texto com atenção.

ONDE ESTÁ O MEDO? Ficha de Avaliação de Língua Portuguesa 5.º ano. Nome N.º Turma: Data: / / Lê o texto com atenção. Ficha de Avaliação de Língua Portuguesa 5.º ano Nome N.º Turma: Data: / / Auto-avaliação do aluno: Achei o teste fácil difícil muito difícil Porque: me preparei não estudei não estive atento nas aulas

Leia mais

Essa história aconteceu há

Essa história aconteceu há O HOMEM DO SACO Essa história aconteceu há mais de vinte anos, num dia nublado. Perfeito para Josué, Mateus, Antonia e Frederico começarem o dia colocando o plano combinado em ação. Estavam de férias,

Leia mais

APAE DE PARÁ DE MINAS PESQUISA DE SATISFAÇÃO RESUMO TÉCNICO

APAE DE PARÁ DE MINAS PESQUISA DE SATISFAÇÃO RESUMO TÉCNICO APAE DE PARÁ DE MINAS PESQUISA DE SATISFAÇÃO RESUMO TÉCNICO Novembro / 2015 1 1. APRESENTAÇÃO: A Pesquisa de Satisfação entre usuários e familiares é uma ação de monitoramento realizada pela atual Diretoria

Leia mais

Depressão: Os Caminhos da Alma... (LÚCIA MARIA)

Depressão: Os Caminhos da Alma... (LÚCIA MARIA) (LÚCIA MARIA) 1 Dedicatória: A todos os que sofrem de depressão, uma doença cruel e invisível, mas que pode ser vencida. 2 Sinopse: Muito embora, o título comece com uma expressão diferente, a intenção

Leia mais

No banco do motorista Você já dirigiu um carro?

No banco do motorista Você já dirigiu um carro? CAPÍTULO UM No banco do motorista Você já dirigiu um carro? Se sua resposta for sim, espero que tenha sido um carro de brinquedo em um parque de diversões ou, então, um carro movido por controle remoto,

Leia mais

Um belo dia de sol, Jessi caminhava feliz para sua escola.

Um belo dia de sol, Jessi caminhava feliz para sua escola. Jessy Um belo dia de sol, Jessi caminhava feliz para sua escola. Jessi era uma garota linda, tinha a pele escura como o chocolate, seus olhos eram pretos e brilhantes que pareciam duas lindas amoras, seu

Leia mais

Centro de Ensino Médio 02 do Gama Professor: Cirenio Soares

Centro de Ensino Médio 02 do Gama Professor: Cirenio Soares Centro de Ensino Médio 02 do Gama Professor: Cirenio Soares TIPOS DE DISCURSO DISCURSO DIRETO = REPRODUÇÃO O próprio personagem fala. Paulo disse a ele: _ Venha cá. DISCURSO INDIRETO = TRADUÇÃO O autor

Leia mais

Evangelização Espírita Ismênia de Jesus Plano de Aula Jardim (3 a 5 anos) Título: Sentimento de Fraternidade

Evangelização Espírita Ismênia de Jesus Plano de Aula Jardim (3 a 5 anos) Título: Sentimento de Fraternidade Plano de Aula 17 Centro Espírita Ismênia de Jesus Evangelização Espírita Ismênia de Jesus Plano de Aula Jardim (3 a 5 anos) Educadoras: Edma e Priscila Dia: 13/06/2016 Título: Sentimento de Fraternidade

Leia mais

O COMEÇO TRAAZERGAMES

O COMEÇO TRAAZERGAMES O COMEÇO TRAAZERGAMES Tudo começou no dia 02/02/2015 o dia que o Rafa pensou em criar um canal no youtube após ver muitos videos pensou assim: -Ah, Seria legal ter um canal no youtube. E ele criou esse

Leia mais

Aprender a comer bem

Aprender a comer bem Aprender a comer bem 3 Todos os dias os Cufitas vão para escola aprender coisas novas. Aprender a ler, a escrever e no recreio brincam com os amigos. Um dia no recreio, encontraram o João a chorar e perguntaram-lhe:

Leia mais

Transcrição da Entrevista

Transcrição da Entrevista Transcrição da Entrevista Entrevistadora: Valéria de Assumpção Silva Entrevistada: Praticante Fabrício Local: Núcleo de Arte do Neblon Data: 26.11.2013 Horário: 14h30 Duração da entrevista: 20min COR PRETA

Leia mais

Uma pequena mágica Não seria ótimo se você pudesse ir para a cama,

Uma pequena mágica Não seria ótimo se você pudesse ir para a cama, CAPÍTULO UM Uma pequena mágica Não seria ótimo se você pudesse ir para a cama, aconchegar-se debaixo das suas cobertas, fechar os olhos e adormecer sem nenhuma agitação ou medo? Sem ouvir barulhos ou pensar

Leia mais

Era uma tarde quente de verão e todos obedeciam à rotina diária. O labrador Mozart, chefe da matilha e cão mais velho, descansa suas pernas

Era uma tarde quente de verão e todos obedeciam à rotina diária. O labrador Mozart, chefe da matilha e cão mais velho, descansa suas pernas Era uma tarde quente de verão e todos obedeciam à rotina diária. O labrador Mozart, chefe da matilha e cão mais velho, descansa suas pernas doloridas, mas permanece atento a tudo o que acontece: ele é

Leia mais

AULA 04:O CHAMADO DE ABRÃO ATÉ O NASCIMENTO DE ISMAEL

AULA 04:O CHAMADO DE ABRÃO ATÉ O NASCIMENTO DE ISMAEL Momento com Deus Crianças de 7 a 9 anos NOME: DATA: 28/04/2013 AULA 04:O CHAMADO DE ABRÃO ATÉ O NASCIMENTO DE ISMAEL Versículos para Decorar 1 Portanto, cada um de vocês deve abandonar a mentira e falar

Leia mais

Quando temos pessoas especiais temos também momentos especiais. E essas pessoas especiais foram ótimas para mim nesse ano de 2011.

Quando temos pessoas especiais temos também momentos especiais. E essas pessoas especiais foram ótimas para mim nesse ano de 2011. Quando temos pessoas especiais temos também momentos especiais. E essas pessoas especiais foram ótimas para mim nesse ano de 2011. Pessoas que marcaram minha vida de modo SIMPLES ou de modo ESPETACULAR.

Leia mais

Ensino Português no Estrangeiro Nível A1 Prova A (13A1AE) 60 minutos

Ensino Português no Estrangeiro Nível A1 Prova A (13A1AE) 60 minutos Ensino Português no Estrangeiro Nível A1 Prova A (13A1AE) 60 minutos Prova de certificação de nível de proficiência linguística no âmbito do Quadro de Referência para o Ensino Português no Estrangeiro,

Leia mais

Hábitos de Estudo. 1. Onde estudar?

Hábitos de Estudo. 1. Onde estudar? Hábitos de Estudo Queridos alunos, Você sabe estudar? Estudar deve ser um hábito como escovar os dentes, comer e dormir? Qual o lugar apropriado para estudar? É adequado estudar da mesma forma para as

Leia mais

Anjo da Guarda e a Luz Noturna

Anjo da Guarda e a Luz Noturna O Anjo da Guarda e a Luz Noturna Papai, tenho mesmo que ir dormir agora? perguntou Telmo. Acho que já teve histórias suficientes por uma noite disse o pai. Por favor, papai. Só mais uma história suplicou

Leia mais

01- Qual era o nome completo de Monteiro Lobato? R.: 02- Onde e quando ele nasceu? R.:

01- Qual era o nome completo de Monteiro Lobato? R.: 02- Onde e quando ele nasceu? R.: PROFESSOR: EQUIPE DE PORTUGUÊS BANCO DE QUESTÕES - LÍNGUA PORTUGUESA - 2 ANO - ENSINO FUNDAMENTAL ==================================================================== TEXTO 1 UM ESCRITOR E AS CRIANÇAS

Leia mais

RESUMÃO VOLUME 1 - MOTIVAÇÃO E PROSPECÇÃO

RESUMÃO VOLUME 1 - MOTIVAÇÃO E PROSPECÇÃO RESUMÃO VOLUME 1 - MOTIVAÇÃO E PROSPECÇÃO O que você vai encontrar neste ebook Passo 1 - Motivação Passo 2 - Prospecção INTRODUÇÃO Este E-book foi escrito com a intenção de facilitar as vendas e negociações

Leia mais

Porém este respondeu: Não quero; mais tarde, tocado de arrependimento, foi e fez o que o pai pediu pra ele. BOCA DE FORNO. Regras:

Porém este respondeu: Não quero; mais tarde, tocado de arrependimento, foi e fez o que o pai pediu pra ele. BOCA DE FORNO. Regras: BOCA DE FORNO A1 Regras: O professor comanda a brincadeira, e antes de cada tarefa o refrão: Professor: Boca de forno. Todos: Forno Professor : Tudo que eu pedir para fazer, faz? 2 Sugestões de tarefas

Leia mais

Êta bicho curioso! Sempre tentamos entender como funcionam as coisas?

Êta bicho curioso! Sempre tentamos entender como funcionam as coisas? Êta bicho curioso! Oi! Tem uma coisa engraçada acontecendo comigo: estou super curioso sobre tudo. Minha mãe que anda louca comigo pois não paro de perguntar o porquê de tudo...mas olha só quanta coisa

Leia mais

Autora: Sophia de Mello Breyner Andresen. Ilustrador: Júlio Resende. Nome: Data:

Autora: Sophia de Mello Breyner Andresen. Ilustrador: Júlio Resende. Nome: Data: Autora: Sophia de Mello Breyner Andresen Ilustrador: Júlio Resende Nome: Data: 1-Completa as frases para saberes como era a casa de que fala a história. Era uma vez uma pintada de com um à volta. 2 No

Leia mais

Anexo 2.2- Entrevista G1.2

Anexo 2.2- Entrevista G1.2 Entrevistado: E1.2 Idade: Sexo: País de origem: Tempo de permanência 53 anos Masculino Cabo-Verde 40 anos em Portugal: Escolaridade: 4ª classe Imigrações prévias : -- Língua materna: Outras línguas: Agregado

Leia mais

SUMÁRIO INTRODUÇÃO HISTÓRICO DO LEO QUEIXAS DOS PROFESSORES EM FIM UM OLHAR CONCLUSÃO... 13

SUMÁRIO INTRODUÇÃO HISTÓRICO DO LEO QUEIXAS DOS PROFESSORES EM FIM UM OLHAR CONCLUSÃO... 13 SUMÁRIO INTRODUÇÃO... 02 HISTÓRICO DO LEO... 04 QUEIXAS DOS PROFESSORES... 05 EM FIM UM OLHAR... 06 CONCLUSÃO... 13 INTRODUÇÃO O livro conta a história baseada na vida real de um aluno com dificuldades

Leia mais

A vida não é só curtidas

A vida não é só curtidas A vida não é só curtidas Colégio Marista João Paulo II EU E AS REDES SOCIAIS #embuscadealgumascurtidas "É possível fazer um grande uso das redes sociais digitais na busca da melhoria do mundo em que vivemos."

Leia mais

Associação dos Profissionais Tradutores / Intérpretes de Língua Brasileira de Sinais de Mato Grosso do Sul - APILMS

Associação dos Profissionais Tradutores / Intérpretes de Língua Brasileira de Sinais de Mato Grosso do Sul - APILMS Curso Básico de LIBRAS Comunicando com as Mãos de Judy Esminger Associação dos Profissionais Tradutores / Intérpretes de Língua Brasileira de Sinais de Mato Grosso do Sul - Curso Básico de LIBRAS Ilustração:

Leia mais

Bíblia para crianças. apresenta O FILHO PRÓDIGO

Bíblia para crianças. apresenta O FILHO PRÓDIGO Bíblia para crianças apresenta O FILHO PRÓDIGO Escrito por: Edward Hughes Ilustradopor:Lazarus Adaptado por: Ruth Klassen; Sarah S. Traduzido por: Berenyce Brandão Produzido por: Bible for Children www.m1914.org

Leia mais

Não Fale com Estranhos

Não Fale com Estranhos Não Fale com Estranhos Texto por: Aline Santos Sanches PERSONAGENS Cachorro, Gato, Lobo, Professora, Coelho SINOPSE Cachorro e Gato são colegas de classe, mas Gato é arisco e resolve falar com um estranho.

Leia mais

Olhando o Aluno Deficiente na EJA

Olhando o Aluno Deficiente na EJA Olhando o Aluno Deficiente na EJA ConhecendoJoice e Paula Lúcia Maria Santos Tinós ltinos@ffclrp.usp.br Apresentando Joice e Paula Prazer... Eu sou a Joice Eu sou a (...), tenho 18 anos, gosto bastante

Leia mais

Habilidades de Pensamento do Ruca

Habilidades de Pensamento do Ruca Habilidades de Pensamento do Ruca Ajude a sua criança a desenvolver as suas habilidades de pensamento! Aprender a esquerda e direita com o Ruca, usando as instruções abaixo! Faz um círculo à volta da joaninha

Leia mais

Martha Medeiros. Noite em claro. L&PM POCKET

Martha Medeiros. Noite em claro.  L&PM POCKET Martha Medeiros Noite em claro www.lpm.com.br L&PM POCKET 1 I Estava tudo silencioso e de repente o céu desabou. Na televisão disseram que esta chuva vai durar uma eternidade. Eu pensei em ler um livro,

Leia mais

Samuel jogou suas coisas em seu quarto e saiu correndo em direção. eram noticias ruins em relação a Sara, a voz da doutora dizia isso.

Samuel jogou suas coisas em seu quarto e saiu correndo em direção. eram noticias ruins em relação a Sara, a voz da doutora dizia isso. Bruno D. Vieira 8 Samuel jogou suas coisas em seu quarto e saiu correndo em direção ao consultório da psicóloga, a única coisa que passava em sua mente eram noticias ruins em relação a Sara, a voz da doutora

Leia mais

01. Responda às questões propostas. a) A família de Nilza Cunha é parecida com as famílias de hoje ou de antigamente? Por quê? 2

01. Responda às questões propostas. a) A família de Nilza Cunha é parecida com as famílias de hoje ou de antigamente? Por quê? 2 SOCIEDADE MINEIRA DE CULTURA Mantenedora da PUC Minas e do COLÉGIO SANTA MARIA DATA: 05 / 12 / 2012 UNIDADE: III ETAPA AVALIAÇÃO ESPECIAL DE HISTÓRIA 2.º ANO/EF ALUNO(A): N.º: TURMA: PROFESSOR(A): VALOR:

Leia mais

Português. Tempos e Modos Verbais Verbos. Professor Carlos Zambeli.

Português. Tempos e Modos Verbais Verbos. Professor Carlos Zambeli. Português Tempos e Modos Verbais Verbos Professor Carlos Zambeli www.acasadoconcurseiro.com.br Português TEMPOS E MODOS VERBAIS VERBOS Tempos verbais do Indicativo 1. Presente é empregado para expressar

Leia mais

Tempos e modos verbais

Tempos e modos verbais Tempos e modos verbais Modo verbal é a forma como a ação é expressa: Indicativo: é o modo que dá uma indicação sobre o momento em que se desenvolve a ação. Ele permite situar o processo no tempo. Subjuntivo:

Leia mais

Agrupamento Vertical de Escolas João da Rosa

Agrupamento Vertical de Escolas João da Rosa Agrupamento Vertical de Escolas João da Rosa PLANO DE AULA (aula assistida) Professor: Cristina dos Ramos Simão Godinho Grupo de recrutamento: 500 Disciplina: Matemática Turma: A Ano: 9º Data: 03/02/2012

Leia mais

Guião de Entrevista Semi-Estruturada A crianças/jovens sobredotados

Guião de Entrevista Semi-Estruturada A crianças/jovens sobredotados Guião de Entrevista Semi-Estruturada A crianças/jovens sobredotados Entrevista nº Data: / / Código: 1. Nome: 2. Idade: 1ª PARTE Questionário Caracterização do Percurso Individual Os dados recolhidos contribuirão

Leia mais

Meninos e Meninas Brincando

Meninos e Meninas Brincando Meninos e Meninas Brincando J. C. Ryle "As praças da cidade se encherão de meninos e meninas, que nelas brincarão." (Zc.8:5) Queridas crianças, o texto acima fala de coisas que acontecerão. Deus está nos

Leia mais

O Estranho Homem. S. Esteves

O Estranho Homem. S. Esteves O Estranho Homem S. Esteves [ 2 ] O conteúdo desta obra literária inclusive as imagens, está protegido pela legislação autoral vigente no Brasil, e pelas regras internacionais estabelecidas na Convenção

Leia mais

A MULHER QUE ESTAVA PERTO DO

A MULHER QUE ESTAVA PERTO DO Bíblia para crianças apresenta A MULHER QUE ESTAVA PERTO DO POÇO Escrito por: Edward Hughes Ilustradopor:Lazarus Adaptado por: Ruth Klassen O texto bíblico desta história é extraído ou adaptado da Bíblia

Leia mais

MARIANINHA A MENINA QUE BOTOU A BOCA NO TROMBONE. DIAGRAMAÇÃO Michelle Nascimento Mariana Barros de Lima

MARIANINHA A MENINA QUE BOTOU A BOCA NO TROMBONE. DIAGRAMAÇÃO Michelle Nascimento Mariana Barros de Lima MARIANINHA A MENINA QUE BOTOU A BOCA NO TROMBONE DIAGRAMAÇÃO Michelle Nascimento Mariana Barros de Lima Email:nascimento.michelle@gmail.com Prefácio Marianinha: A menina que botou a boca no trombone é

Leia mais

Período composto por coordenação

Período composto por coordenação Período composto por coordenação É o período composto por duas ou mais orações independentes. Estas orações podem ser assindéticas ou sindéticas. Orações coordenadas assindéticas Não apresentam conectivos

Leia mais

1.1 Ser mãe, ser pai: O papel dos pais no desenvolvimento e educação dos filhos

1.1 Ser mãe, ser pai: O papel dos pais no desenvolvimento e educação dos filhos Páginas para pais O papel dos adultos na relação com a criança e com o adolescente 1.1 Ser mãe, ser pai: O papel dos pais no desenvolvimento e educação dos filhos Introdução Uma criança sem família não

Leia mais

Pensamento Positivo. Pr. Rodrigo Moraes

Pensamento Positivo. Pr. Rodrigo Moraes Pensamento Positivo Pr. Rodrigo Moraes Pensamento Positivo Pastor Rodrigo Moraes Igreja Nova Aliança Ministério Atraindo Vidas Para Deus - AVD 2015 Prefácio Esta é uma obra com o intuito de mostrar com

Leia mais

LÍNGUA PORTUGUESA 6 ANO ENSINO FUNDAMENTAL PROF.ª DINANCI SILVA PROF. MARIO PAIXÃO

LÍNGUA PORTUGUESA 6 ANO ENSINO FUNDAMENTAL PROF.ª DINANCI SILVA PROF. MARIO PAIXÃO LÍNGUA PORTUGUESA 6 ANO ENSINO FUNDAMENTAL PROF.ª DINANCI SILVA PROF. MARIO PAIXÃO CONTEÚDOS E HABILIDADES Unidade II Cultura: a pluralidade na expressão humana. 2 CONTEÚDOS E HABILIDADES Aula 11.1 Conteúdos

Leia mais

A Cidade Enlameada Árvores Geradoras Mínimas

A Cidade Enlameada Árvores Geradoras Mínimas Atividade 9 A Cidade Enlameada Árvores Geradoras Mínimas Sumário Nossa sociedade é conectada por muitas redes: redes telefônicas, redes de abastecimento, redes de computadores e redes rodoviárias. Para

Leia mais

DATA: 02 / 12 / 2013 III ETAPA AVALIAÇÃO ESPECIAL DE LÍNGUA PORTUGUESA 3.º ANO/EF ALUNO(A): N.º: TURMA:

DATA: 02 / 12 / 2013 III ETAPA AVALIAÇÃO ESPECIAL DE LÍNGUA PORTUGUESA 3.º ANO/EF ALUNO(A): N.º: TURMA: SOCIEDADE MINEIRA DE CULTURA Mantenedora da PUC Minas e do COLÉGIO SANTA MARIA DATA: 0 / / 03 UNIDADE: III ETAPA AVALIAÇÃO ESPECIAL DE LÍNGUA PORTUGUESA 3.º ANO/EF ALUNO(A): N.º: TURMA: PROFESSOR(A): VALOR:

Leia mais

COLÉGIO KENNEDY REDE PITÁGORAS Colégio Kennedy, 51 anos, educando e inovando sempre.

COLÉGIO KENNEDY REDE PITÁGORAS Colégio Kennedy, 51 anos, educando e inovando sempre. COLÉGIO KENNEDY REDE PITÁGORAS Colégio Kennedy, 51 anos, educando e inovando sempre. PLANO DE ESTUDO DE PORTUGUÊS 3ª ETAPA 4º ANO EFI PROFESSORA : FLÁVIA LETÍCIA ALUNO(A): 1) Leias as frases a seguir.

Leia mais

O SONHO QUE VIROU REALIDADE

O SONHO QUE VIROU REALIDADE O SONHO QUE VIROU REALIDADE O SONHO QUE VIROU REALIDADE O SONHO QUE VIROU REALIDADE Andréa Mara Danielle Fernanda Pâmela Machado Rosemery Melo Graduandas do 6º Período do Curso de Pedagogia da Pontifícia

Leia mais

MOISÉS FOGE PARA MIDIÃ Lição 29

MOISÉS FOGE PARA MIDIÃ Lição 29 MOISÉS FOGE PARA MIDIÃ Lição 29 1 1. Objetivos: Ensinar que Moisés defendeu seu povo mesmo com risco de sua própria vida. Ensinar que nós devemos sempre defender o que é certo qualquer que seja o sacrifício.

Leia mais

Dicas para melhor desempenho escolar do aluno e do ambiente familiar. CENTRO EDUCACIONAL STELLA MARIS CONGREGAÇÃO CLARETIANA

Dicas para melhor desempenho escolar do aluno e do ambiente familiar. CENTRO EDUCACIONAL STELLA MARIS CONGREGAÇÃO CLARETIANA CENTRO EDUCACIONAL STELLA MARIS CONGREGAÇÃO CLARETIANA Dicas para melhor desempenho escolar do aluno e do ambiente familiar. Conversar com os seus filhos é um bom começo. Ouvir o problema é meio caminho

Leia mais

Lucyana Mutarelli. O Livro 3 em 1

Lucyana Mutarelli. O Livro 3 em 1 O Livro 3 em 1 Lucyana Mutarelli O Livro 3 em 1 1 Edição Abril de 2013 Introdução Este livro chama-se 3 em 1, pois é a junção das três primeiras obras já publicadas da autora Lucyana Mutarelli. Ele contém

Leia mais

Uma vez num lugar muito longe, existíam dois animais vadios. Um cachorro cocker cor marrom que vagueava por as ruas e em outro lugar um gatinho que

Uma vez num lugar muito longe, existíam dois animais vadios. Um cachorro cocker cor marrom que vagueava por as ruas e em outro lugar um gatinho que Amigos Uma vez num lugar muito longe, existíam dois animais vadios. Um cachorro cocker cor marrom que vagueava por as ruas e em outro lugar um gatinho que também perambulava por os tetos das casas. Estos

Leia mais

TESTE DIAGNÓSTICO DE PORTUGUÊS 4.º ano

TESTE DIAGNÓSTICO DE PORTUGUÊS 4.º ano Nome: Turma: Nº Data: / / Apreciação Professor CED TESTE DIAGNÓSTICO DE PORTUGUÊS 4.º ano Lê silenciosamente o texto a seguir. O CAVALO DE ALEXANDRE Passou-se esta história há muitos anos, muitos, numa

Leia mais

SCL-90-R (Derrogatis, 1993) Tradução e adaptação de Pocinho Pereira. Em que medida sofreu das seguintes queixas

SCL-90-R (Derrogatis, 1993) Tradução e adaptação de Pocinho Pereira. Em que medida sofreu das seguintes queixas Nome: Idade: Sexo: Estado Civil: Habilitações: Profissão: Data: / / Instruções: a seguir encontra-se uma lista de problemas e quexas médicas que algumas pessoas costumam ter. leia cuidadosamente cada questão

Leia mais

exploratórias pela cidade. No dia dos pais, depois do almoço,

exploratórias pela cidade. No dia dos pais, depois do almoço, 36 A turma do Neco resolveu organizar algumas expedições exploratórias pela cidade. No dia dos pais, depois do almoço, ~ contrar os lugares das histórias contadas por Annetle, uma bela mulher que visitara

Leia mais

RESULTADO DA AVALIAÇÃO REALIZADA PELOS ALUNOS DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS

RESULTADO DA AVALIAÇÃO REALIZADA PELOS ALUNOS DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS RESULTADO DA AVALIAÇÃO REALIZADA PELOS ALUNOS DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS Palestra: ÁGUA E GESTÃO: REFLETINDO SOBRE O NOVO CENÁRIO Palestrantes: Gladys Nunes; Micheline Savignon; Rodrigo Ismael Lacerda Data:

Leia mais

Puxa Conversa. Guia do Marido Bom de Papo. Programa AMOR DE MARIDO

Puxa Conversa. Guia do Marido Bom de Papo. Programa AMOR DE MARIDO Puxa Conversa Guia do Marido Bom de Papo Programa AMOR DE MARIDO Olá amigo, é comum ouvir de nossas mulheres que nós, maridos, não gostamos muito de termos conversas íntimas com elas, de saber como foi

Leia mais

COMO VOCÊ VIROU OUTRO. Marcelo Ferrari. 1 f i c i n a. 1ª edição - 22 de novembro de w w w. 1 f i c i n a. c o m. b r

COMO VOCÊ VIROU OUTRO. Marcelo Ferrari. 1 f i c i n a. 1ª edição - 22 de novembro de w w w. 1 f i c i n a. c o m. b r COMO VOCÊ VIROU OUTRO Marcelo Ferrari 1 f i c i n a 1ª edição - 22 de novembro de 2016 w w w. 1 f i c i n a. c o m. b r COMO VOCÊ VIROU OUTRO O natural é você viver sendo você. Isso deveria ser sempre.

Leia mais

Associação de Basquetebol de Aveiro CAD Aveiro ARBITRAGEM PAG. 2 PAG. 3 PAG. 4

Associação de Basquetebol de Aveiro CAD Aveiro ARBITRAGEM PAG. 2 PAG. 3 PAG. 4 Associação de Basquetebol de Aveiro CAD Aveiro ARBITRAGEM Árbitro ou Oficial de Mesa. Uma forma diferente de jogar Basquetebol FEV 2016 Nº 04 Índice: PAG. 2 TERMINOLOGIA DA ARBITRAGEM PAG. 3 MITOS NAS

Leia mais

manhã a minha irmã Inês vai ter o seu primeiro dia de escola. Há mais de uma semana que anda muito irrequieta e não para de me fazer perguntas,

manhã a minha irmã Inês vai ter o seu primeiro dia de escola. Há mais de uma semana que anda muito irrequieta e não para de me fazer perguntas, 5 6 manhã a minha irmã Inês vai ter o seu primeiro dia de escola. Há mais de uma semana que anda muito irrequieta e não para de me fazer perguntas, sempre a incomodar-me. Por vezes, eu divirto-me a responder.

Leia mais

O conteúdo desta obra, inclusive revisão ortográfica, é de responsabilidade exclusiva do autor.

O conteúdo desta obra, inclusive revisão ortográfica, é de responsabilidade exclusiva do autor. 9 O conteúdo desta obra, inclusive revisão ortográfica, é de responsabilidade exclusiva do autor. Dedico esta obra à minha Família, em especial aos meus sobrinhos Gabriel, Lidiane, Flaviane, Viviane, Caroline,

Leia mais

A Cuca. Brincando de folclore. Cuca. COLÉGIO NOSSA SENHORA DE SION

A Cuca. Brincando de folclore. Cuca. COLÉGIO NOSSA SENHORA DE SION COLÉGIO NOSSA SENHORA DE SION Troca do livro LIÇÕES DE PORTUGUÊS E HISTÓRIA - 3 ano 3º ano A, B e C Sexta-feira Semana de 25 a 29 de agostode 2014. Leia o texto para fazer as lições de Língua Portuguesa

Leia mais

Prefácio. Educar é provocar a inteligência, é a arte do desafio. (Cury, 2004: 126).

Prefácio. Educar é provocar a inteligência, é a arte do desafio. (Cury, 2004: 126). 1 Prefácio O livro presente é um conjunto de textos, ilustrações e fotografias que surgiram da necessidade de se trabalhar cooperativamente, de modo a aprofundar-se melhor o tema do nosso Projecto Educativo

Leia mais

O que mais me lembro da minha infância era o grande espelho que havia na sala da casa da minha avó paterna. Estava sempre coberto por um grande

O que mais me lembro da minha infância era o grande espelho que havia na sala da casa da minha avó paterna. Estava sempre coberto por um grande historia de terror O que mais me lembro da minha infância era o grande espelho que havia na sala da casa da minha avó paterna. Estava sempre coberto por um grande lençol negro, o que despertava a minha

Leia mais

Análise da Mobilidade das Famílias Portuguesas ESTUDO QUANTITATIVO. Análise da Mobilidade das Famílias Portuguesas. APEME MAIO de 2008.

Análise da Mobilidade das Famílias Portuguesas ESTUDO QUANTITATIVO. Análise da Mobilidade das Famílias Portuguesas. APEME MAIO de 2008. ESTUDO QUANTITATIVO Análise da Mobilidade das Famílias Portuguesas Análise da Mobilidade das Famílias Portuguesas APEME MAIO de 2008 OBJECTIVOS OBJECTIVOS Com o presente estudo pretendeu-se identificar

Leia mais

Olá Pessoal Eu Sou a Vitoria e Vou Contar Para Vocês Uma História Que Eu Mesma Criei,Espero Que Vocês Gostem Vamos-Lá.

Olá Pessoal Eu Sou a Vitoria e Vou Contar Para Vocês Uma História Que Eu Mesma Criei,Espero Que Vocês Gostem Vamos-Lá. Sozinha Em Casa. Olá Pessoal Eu Sou a Vitoria e Vou Contar Para Vocês Uma História Que Eu Mesma Criei,Espero Que Vocês Gostem Vamos-Lá. 1.SOZINHA EM CASA: Em Uma Pequena Villa Avia Garota Chamada Eduarda

Leia mais

Deus nos dá amigos. Um lugar especial. 5anos. Edição do aluno. Estudos bíblicos Pré-escolar. Ano CIV Nº 389

Deus nos dá amigos. Um lugar especial. 5anos. Edição do aluno. Estudos bíblicos Pré-escolar. Ano CIV Nº 389 Deus nos dá amigos Estudos bíblicos Pré-escolar 5anos e6 Ano CIV Nº 389 5107 Um lugar especial Edição do aluno Estamos de volta para mais um trimestre de alegria, aprendizado e muitas descobertas. Você

Leia mais

LELO AMARELO BELO. (Filosofia para crianças) ROSÂNGELA TRAJANO. Volume III 05 anos de idade

LELO AMARELO BELO. (Filosofia para crianças) ROSÂNGELA TRAJANO. Volume III 05 anos de idade LELO AMARELO BELO (Filosofia para crianças) Volume III 05 anos de idade ROSÂNGELA TRAJANO LELO AMARELO BELO Rosângela Trajano LELO AMARELO BELO VOLUME III (05 ANOS) DE IDADE 1ª EDIÇÃO LUCGRAF NATAL 2012

Leia mais

DATA: / / 2012 III ETAPA AVALIAÇÃO ESPECIAL DE EDUCAÇÃO RELIGIOSA 7.º ANO/EF

DATA: / / 2012 III ETAPA AVALIAÇÃO ESPECIAL DE EDUCAÇÃO RELIGIOSA 7.º ANO/EF SOCIEDADE MINEIRA DE CULTURA Mantenedora da PUC Minas e do COLÉGIO SANTA MARIA DATA: / / 0 UNIDADE: III ETAPA AVALIAÇÃO ESPECIAL DE EDUCAÇÃO RELIGIOSA 7.º ANO/EF PROFESSOR(A): VALOR: 0,0 MÉDIA: 6,0 RESULTADO:

Leia mais

Neste inicio de ano letivo, pedimos que leia este documento com a devida atenção! Muito obrigado desde já, e bem vindos ao novo ano letivo.

Neste inicio de ano letivo, pedimos que leia este documento com a devida atenção! Muito obrigado desde já, e bem vindos ao novo ano letivo. Neste inicio de ano letivo, pedimos que leia este documento com a devida atenção! Muito obrigado desde já, e bem vindos ao novo ano letivo. Adaptação dos pais Para melhor informar o seu filho, ajudá-lo

Leia mais

O NASCIMENTO E INFÂNCIA DE SAMUEL

O NASCIMENTO E INFÂNCIA DE SAMUEL Momento com Deus Crianças de 07 a 08 anos NOME:_DATA: 01/06//2014 O NASCIMENTO E INFÂNCIA DE SAMUEL Versículos para Decorar: 1- Pensem nisto, pois: Quem sabe que deve fazer o bem e não o faz, comete pecado.

Leia mais

Uma Aflição Imperial.

Uma Aflição Imperial. Uma Aflição Imperial. Amanda Silva C. Prefácio Uma aflição Imperial conta a história de uma garota chamada Anna que é diagnosticada com tipo raro de câncer leucemia sua mãe é paisagista e tem apenas um

Leia mais

Questionário da Investigação

Questionário da Investigação ANEXO 3 Tema: Percepções dos Pais e Professores face à problemática da criança com Perturbação Espectro Autista a criação de uma Unidade Ensino Estruturado Questionário da Investigação 161 Apresentação

Leia mais

Entrevista de Início. Diretora Sênior de Vendas Independente Mary Kay Débora Azevedo

Entrevista de Início. Diretora Sênior de Vendas Independente Mary Kay Débora Azevedo Entrevista de Início Diretora Sênior de Vendas Independente Mary Kay Débora Azevedo Agendei uma entrevista e agora???????? Prepare seu material de maneira organizada, eficaz, objetiva e simples; Esteja

Leia mais

Avaliação Português 4º ano Unidade 5

Avaliação Português 4º ano Unidade 5 Parte A: Texto: A Princesa e a Ervilha Adaptado do conto de Hans Christian Andersen Era uma vez um príncipe que queria se casar com uma princesa, mas uma princesa de verdade, de sangue real meeeeesmo.

Leia mais

Bíblia para crianças. apresenta ISAÍAS VÊ O FUTURO

Bíblia para crianças. apresenta ISAÍAS VÊ O FUTURO Bíblia para crianças apresenta ISAÍAS VÊ O FUTURO Escrito por: Edward Hughes Ilustradopor:Jonathan Hay Adaptado por: Mary-Anne S. Traduzido por: Berenyce Brandão Produzido por: Bible for Children www.m1914.org

Leia mais

CURSO DE SUPERVISORES

CURSO DE SUPERVISORES 2016 CURSO DE SUPERVISORES [Com Ferramentas de Coaching] AULA 7 Bruno Monteiro AAULA 7 APRENDENDO A DESAFIAR A EQUIPE A CRESCERR Os bons líderes precisam viver o que eu chamo de melhoria contínua. Ou seja,

Leia mais

Vila Praia de Âncora Monopólio privado do 3º ciclo com escola pública disponível do outro lado da Rua.

Vila Praia de Âncora Monopólio privado do 3º ciclo com escola pública disponível do outro lado da Rua. Vila Praia de Âncora Monopólio privado do 3º ciclo com escola pública disponível do outro lado da Rua. N a verdade, na escola básica do Vale do Âncora, em Vila Praia de Âncora, podemos usar, e com mais

Leia mais

Aula demonstrativa Apresentação... 2 Negação de Proposições e Leis de De Morgan... 3 Relação das questões comentadas... 9 Gabaritos...

Aula demonstrativa Apresentação... 2 Negação de Proposições e Leis de De Morgan... 3 Relação das questões comentadas... 9 Gabaritos... Aula demonstrativa Apresentação... 2 Negação de Proposições e Leis de De Morgan... 3 Relação das questões comentadas... 9 Gabaritos... 11 1 Apresentação Olá, pessoal! Tudo bem com vocês? Vamos sair na

Leia mais

Conceitos Básicos. Professor: Juliano Lucas Gonçalves.

Conceitos Básicos. Professor: Juliano Lucas Gonçalves. Conceitos Básicos Professor: Juliano Lucas Gonçalves juliano.goncalves@ifsc.edu.br Agenda Lógica Lógica de Programação Algoritmo narrativo Exercícios O que é Lógica? Trata da Correção do Pensamento; Porque

Leia mais