Programação de Computadores:

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Programação de Computadores:"

Transcrição

1 Instituto de C Programação de Computadores: Pseudocódigo e Estruturas Básicas de Controle Luis Martí Instituto de Computação Universidade Federal Fluminense -

2 Roteiro da Aula de Hoje Lógica de programação Instrução Algoritmo Diferença entre algoritmo e programa Teste de mesa 2

3 Roteiro das Aulas Fluxograma Pseudocódigo Estruturas de decisão Estruturas de repetição 3

4 Representação de Algoritmos Fluxograma ou diagrama de bloco Forma universal de representação Utiliza formas geométricas bem definidas para ilustrar os passos do algoritmo Pseudocódigo Significa código falso Facilita descrever o algoritmo antes de passá-lo para uma linguagem de programação. Linguagem intermediária entre a natural e a de programação 4

5 Fluxograma ou Diagrama de Bloco Representação gráfica padronizada dos passos de um algoritmo Principais símbolos Terminal início ou fim do algoritmo Exibir mostrar dados, saída de dados Processo ação, operação Decisão desvio condicional ou teste Entrada manual de dados ler, receber Direção do fluxo próximo passo, sentido 5

6 Fluxograma para o Exemplo da Média Recebe N1 Recebe N2 Recebe N3 Recebe N4 Calcula MEDIA (N1 + N2 + N3 + N4) / 4 MEDIA = N1 + N2 + N3 + N4 4 Mostra MEDIA FIM 6

7 Fluxograma para o Exemplo da Média Recebe N1 Recebe N2 N1 N2 Significado implícito nos símbolos Recebe N3 N3 Recebe N4 N4 Calcula MEDIA (N1 + N2 + N3 + N4) / 4 MEDIA (N1 + N2 + N3 + N4) / 4 Mostra MEDIA FIM MEDIA FIM 7

8 Pseudocódigo Descrição do algoritmo menos rigorosa que na linguagem de programação Fácil de entender e fácil de codificar depois Simples e objetivo Deve seguir boas práticas 8

9 Boas Práticas na Escrita de Pseudocódigo Utilize um verbo por frase Faça frases curtas e simples Seja objetivo Use palavras sem duplo sentido Use identação e linhas em branco 9

10 Pseudocódigo para o Exemplo da Média VARIÁVEIS Real: N1, N2, N3, N4, MEDIA Tipo da Variável N1 Fluxograma Identação Ler N1 Ler N2 Operadores Aritméticos Ler N3 Ler N4 MEDIA (N1+N2+N3+N4)/4 Atribuição Escrever A média é MEDIA FIM N2 N3 N4 MEDIA (N1 + N2 + N3 + N4) / 4 A média é MEDIA FIM 10

11 Estruturas de Decisão Comandos de decisão ou desvio são usados na construção de algoritmos que não são totalmente seqüenciais Com instruções de desvio pode-se fazer com que o algoritmo proceda de uma outra maneira, de acordo com as decisões lógicas tomadas em função dos dados ou resultados anteriores 11

12 Estruturas de Decisão As estruturas de decisão que veremos hoje são: SE... ENTÃO... SENÃO... FIM SE SE alguma coisa for verdadeira ENTÃO execute este bloco de comandos SENÃO execute este outro bloco de comandos FIM SE SE... ENTÃO... FIM SE SE alguma coisa for verdadeira ENTÃO execute este bloco de comandos FIM SE 12

13 Exemplo Identação Construa um algoritmo para ler dois valores inteiros e escrever qual é maior VARIÁVEIS Inteiro: VALOR1, VALOR2 Ler VALOR1 Ler VALOR2 Operação Lógica SE VALOR1 > VALOR2 ENTÃO Escrever O primeiro é maior SE NÃO Escrever O segundo é maior FIM SE FIM VALOR1 VALOR2 VALOR1 > VALOR2 Sim Não O primeiro é maior O segundo é maior FIM 13

14 Exemplo Teste o algoritmo para as entradas 15 e 12. Construa um algoritmo para ler dois valores inteiros e escrever qual é maior VARIÁVEIS Inteiro: VALOR1, VALOR2 Ler VALOR1 Ler VALOR2 SE VALOR1 > VALOR2 ENTÃO Escrever O primeiro é maior SE NÃO Escrever O segundo é maior FIM SE FIM VALOR1 VALOR2 VALOR1 > VALOR2 Sim Não O primeiro é maior O segundo é maior FIM 14

15 Exemplo Construa um algoritmo para ler um valor real. Se o valor for maior que zero, escreva-o e termine o programa. Caso contrário, apenas termine o programa VARIÁVEIS Real: VALOR Ler VALOR SE VALOR > 0 ENTÃO Escrever O valor é VALOR FIM SE FIM VALOR VALOR > 0 Não O valor é VALOR FIM Sim 15

16 Estruturas de Repetição Uma ação que se repete várias vezes em um algoritmo pode ser tratada escrevendo-a várias vezes... resumindo-a, anotando uma única vez, e solicitando que ela se repita Exemplo Construa um fluxograma que execute o comando Martele dez vezes 16

17 Fluxogramas de Exemplo Isso funciona, mas não é prático Isso funciona e é fácil de ser adaptado para mais repetições Martele Martele CONTADOR 0 Martele Martele Não Martele Martele CONTADOR < 10 FIM Martele Martele Sim Martele Martele Martele FIM CONTADOR CONTADOR

18 Vantagens das Estruturas de Repetição Podemos pedir que uma ação (ou conjunto de ações) seja executada Um número definido ou indefinido de vezes Enquanto um estado permanecer Até que um estado seja atingido Reduz o tamanho do algoritmo/programa Facilita a manutenção do algoritmo/programa 18

19 Principais Estruturas de Repetição ENQUANTO... REPETIR... ENQUANTO condição for verdadeira REPETIR bloco de comandos FIM ENQUANTO REPETIR... ENQUANTO... REPETIR bloco de comandos ENQUANTO condição for verdadeira PARA... ATÉ... REPETIR... PARA variável início ATÉ fim REPETIR bloco de comandos FIM PARA 19

20 Principais Estruturas de Repetição (1/3) ENQUANTO... REPETIR... ENQUANTO condição for verdadeira REPETIR bloco de comandos FIM ENQUANTO Condição Falso Verdadeiro Instrução 20

21 Exemplo Ler 850 números fornecidos pelo usuário, calcular e exibir a média VARIÁVEIS Real: Soma, Num, Media Inteiro: Cont Soma 0 Cont 0 ENQUANTO Cont < 850 REPETIR Ler Num Soma Soma + Num Cont Cont + 1 FIM ENQUANTO Media Soma / Cont Mostrar Media FIM 21

22 Principais Estruturas de Repetição (2/3) REPETIR... ENQUANTO... REPETIR bloco de comandos ENQUANTO condição for verdadeira Instrução Falso Verdadeiro Condição 22

23 Note a Diferença nos Fluxogramas ENQUANTO... REPETIR... REPETIR... ENQUANTO... Condição Falso Instrução Instrução Verdadeiro Condição Falso Verdadeiro 23

24 Exemplo Ler 850 números fornecidos pelo usuário, calcular e exibir a média VARIÁVEIS Real: Soma, Num, Media Inteiro: Cont Soma 0 Cont 0 REPETIR Ler Num Soma Soma + Num Cont Cont + 1 ENQUANTO Cont < 850 Media Soma / Cont Mostrar Media FIM 24

25 Principais Estruturas de Repetição (3/3) PARA... ATÉ... REPETIR... PARA variável início ATÉ fim REPETIR bloco de comandos FIM PARA 25

26 Características da Estrutura PARA... ATÉ... REPETIR... PARA variável início ATÉ fim REPETIR bloco de comandos FIM PARA Execução Passo 1: A variável recebe o valor inicial Passo 2: Se a variável é menor ou igual ao valor final, o bloco de comandos é executado Passo 3: Soma-se 1 à variável e volta ao Passo 2 Término: Após a o bloco de comandos ser executado para a variável igual ao valor final, ou caso o valor inicial seja maior que o final 26

27 Características da Estrutura PARA... ATÉ... REPETIR... PARA variável início ATÉ fim REPETIR bloco de comandos FIM PARA Gerencia, automaticamente, o contador A estrutura deixa subentendido que A variável receberá primeiro o valor inicial Será incrementada a cada ciclo Os comandos serão executados (fim início + 1) vezes 27

28 O valor de incremento pode ser alterado! PARA variável início ATÉ fim PASSO p REPETIR bloco de comandos FIM PARA Ao incluir o passo p no protótipo da estrutura, o incremento padrão de uma unidade é substituído pelo incremento de p unidades O passo p pode ser tanto um valor positivo quanto um valor negativo 28

29 Exemplo Ler 850 números fornecidos pelo usuário, calcular e exibir a média VARIÁVEIS Real: Soma, Num, Media Inteiro: Cont Soma 0 PARA Cont 1 ATÉ 850 REPETIR Ler Num Soma Soma + Num FIM PARA Media Soma / 850 Mostrar Media FIM 29

30 Exemplo Escrever todos os números pares de 1 a 100 VARIÁVEIS Inteiro: Num PARA Num 2 ATÉ 100 PASSO 2 REPETIR Mostrar Num FIM PARA FIM A saída exibe os números: 2, 4, 6,..., até

31 Material adaptado por Luis Martí a partir dos slides de Leandro Augusto Frata Fernandes.

Programação de Computadores III

Programação de Computadores III Programação de Computadores III Pseudocódigo e Estruturas Básicas de Controle Professor Hugo de Oliveira Barbalho hbarbalho@ic.uff.br Material produzido pelo professor: Leandro Augusto Frata Fernandes

Leia mais

Programação de Computadores III

Programação de Computadores III Programação de Computadores III Pseudocódigo e Estruturas Básicas de Controle Professor Leandro Augusto Frata Fernandes laffernandes@ic.uff.br Material disponível em http://www.ic.uff.br/~laffernandes/teaching/2013.1/tcc-00.157

Leia mais

Fluxograma Pseudocódigo Estruturas de decisão. Professor Leandro Augusto Frata Fernandes

Fluxograma Pseudocódigo Estruturas de decisão. Professor Leandro Augusto Frata Fernandes Programação de Computadores III Aula 4 Professor Leandro Augusto Frata Fernandes laffernandes@ic.uff.br Material disponível em http://www.ic.uff.br/~laffernandes/teaching/2011.1/tcc-03.063 Roteiro da Aula

Leia mais

Microcontroladores. Programação: fluxogramas, pseudocódigos e lógica. Prof. Daniel

Microcontroladores. Programação: fluxogramas, pseudocódigos e lógica. Prof. Daniel Microcontroladores Programação: fluxogramas, pseudocódigos e lógica Prof. Daniel 1 Algoritmo Pseudocódigo Também conhecido como Portugol ou Português Estruturado; As instruções são todas padronizadas;

Leia mais

Noções de algoritmos - Aula 1

Noções de algoritmos - Aula 1 Noções de algoritmos - Aula 1 Departamento de Física UFPel Definição de algoritmo Sequência ordenada e finita de operações para a realização de uma tarefa. Tarefa: Experimento de Física I. Passo 1: Reunir

Leia mais

Introdução à Lógica de Programação. Adaptação de Luis Otavio Alvares

Introdução à Lógica de Programação. Adaptação de Luis Otavio Alvares 1 Introdução à Lógica de Programação Adaptação de Luis Otavio Alvares 2 Elaboração de um programa Problema Análise Programa Algoritmo 3 Processo de geração de um programa Análise do problema: Ler atentamente

Leia mais

Algoritmos e Programação

Algoritmos e Programação Algoritmos e Programação Aula 5 Estruturas de Repetição Profa. Marina Gomes marinagomes@unipampa.edu.br 26/04/2017 Engenharia de Computação - Unipampa 1 Aula de Hoje Estrutura de repetição Comando for

Leia mais

ESTRUTURAS DE CONTROLE ESTRUTURAS DE REPETIÇÃO

ESTRUTURAS DE CONTROLE ESTRUTURAS DE REPETIÇÃO ESTRUTURAS DE CONTROLE ESTRUTURAS DE REPETIÇÃO Baseado nos slides de autoria de Rosely Sanches Estruturas de Controle ESTRUTURA SEQUENCIAL ESTRUTURAS CONDICIONAIS Estrutura Condicional Simples Estrutura

Leia mais

ESTRUTURAS DE CONTROLE ESTRUTURAS DE REPETIÇÃO

ESTRUTURAS DE CONTROLE ESTRUTURAS DE REPETIÇÃO ESTRUTURAS DE CONTROLE ESTRUTURAS DE REPETIÇÃO Baseado nos slides de autoria de Rosely Sanches Estruturas de Controle ESTRUTURA SEQUENCIAL ESTRUTURAS CONDICIONAIS Estrutura Condicional Simples Estrutura

Leia mais

LINGUAGEM C: COMANDOS DE REPETIÇÃO

LINGUAGEM C: COMANDOS DE REPETIÇÃO LINGUAGEM C: COMANDOS DE REPETIÇÃO Prof. André Backes ESTRUTURAS DE REPETIÇÃO Uma estrutura de repetição permite que uma sequência de comandos seja executada repetidamente, enquanto determinadas condições

Leia mais

Introdução a Computação

Introdução a Computação Edirlei Soares de Lima Introdução a Computação Aula 02 Lógica de Programação Lógica de Programação Lógica de Programação é a técnica de criar sequências lógicas de ações para atingir

Leia mais

Noções de algoritmos - Aula 1

Noções de algoritmos - Aula 1 Noções de algoritmos - Aula 1 Departamento de Física UFPel Definição de algoritmo Sequência ordenada e finita de operações para a realização de uma tarefa. Tarefa: Experimento de Física I. Passo 1: Reunir

Leia mais

Universidade Federal de Uberlândia Faculdade de Computação. Estruturas de repetição

Universidade Federal de Uberlândia Faculdade de Computação. Estruturas de repetição Universidade Federal de Uberlândia Faculdade de Computação Estruturas de repetição Prof. Renato Pimentel 1 Estruturas de repetição Utilização: Trecho de um algoritmo precisa ser executado mais de uma vez:

Leia mais

Lista de Exercícios 1 Algoritmos, Pseudocódigo e Fluxograma

Lista de Exercícios 1 Algoritmos, Pseudocódigo e Fluxograma Disciplina: TCC-00.7 Prog. de Computadores III Professor: Leandro Augusto Frata Fernandes Turma: A- Data: / / Lista de Exercícios Algoritmos, Pseudocódigo e Fluxograma. Escreva um algoritmo (pseudocódigo)

Leia mais

Introdução à Lógica de Programação

Introdução à Lógica de Programação Introdução à Lógica de Programação 1 Elaboração de um programa Problema Análise Programa Algoritmo 2 Processo de geração de um programa Análise do problema: Ler atentamente o enunciado do problema até

Leia mais

Aula 4 Estruturas Condicionais

Aula 4 Estruturas Condicionais Departamento de Sistemas de Computação Universidade de São Paulo SSC 600 Introdução a Ciência de Computação I Aula 4 Estruturas Condicionais Seiji Isotani, Rafaela V. Rocha sisotani@icmc.usp.br rafaela.vilela@gmail.com

Leia mais

Estruturas de Seleção Seleção Simples e Composta (parte 1)

Estruturas de Seleção Seleção Simples e Composta (parte 1) Seleção Simples e Composta (parte 1) Material produzido por professores da UFABC Objetivos Reconhecer a necessidade do uso de estruturas de seleção (decisão) Aprender a utilizar operadores relacionais

Leia mais

Algoritmos Estrutura Condicional

Algoritmos Estrutura Condicional Algoritmos Estrutura Condicional Aula 06 Diogo Pinheiro Fernandes Pedrosa http://www2.ufersa.edu.br/portal/professor/diogopedrosa diogopedrosa@ufersa.edu.br Universidade Federal Rural do Semiárido Bacharelado

Leia mais

Estruturas de Repetição. João Medeiros FATERN

Estruturas de Repetição. João Medeiros FATERN Estruturas de Repetição João Medeiros FATERN 2010.2 Quais seriam os passos do algoritmo? 1. colocar café solúvel na xícara 2. colocar água quente 3. Colocar açucar na xícara 4. mexer 5. mexer 6. mexer

Leia mais

Programação de Computadores Profa Jacqueline 1

Programação de Computadores Profa Jacqueline 1 Programação de Computadores Profa Jacqueline 1 REVISÃO Construção de Algoritmos Estruturas de Controle Objetivo: Abordar as técnicas para entrada e saída de dados e as estruturas para controle do fluxo

Leia mais

AULA 07. HABILIDADES TRABALHADAS: Desenvolver algoritmos utilizando laços a partir da leitura de fluxogramas ou algoritmos em portugol.

AULA 07. HABILIDADES TRABALHADAS: Desenvolver algoritmos utilizando laços a partir da leitura de fluxogramas ou algoritmos em portugol. AULA 07 OBJETIVO: Estruturas de repetição: visão geral HABILIDADES TRABALHADAS: Desenvolver algoritmos utilizando laços a partir da leitura de fluxogramas ou algoritmos em portugol. ESTRUTURA DE REPETIÇÃO

Leia mais

Fluxogramas. Vanessa Braganholo

Fluxogramas. Vanessa Braganholo Fluxogramas Vanessa Braganholo vanessa@ic.uff.br Antes de vermos Fluxogramas...... vamos conhecer um pouco sobre a evolução das linguagens de programação 2 Paradigmas de Programação Definem regras básicas

Leia mais

Estruturas de controle: Estrutura de DECISÃO

Estruturas de controle: Estrutura de DECISÃO Universidade Federal do Rio Grande do Norte Departamento de Engenharia de Computação e Automação Estruturas de controle: Estrutura de DECISÃO DCA0800 - Algoritmos e Lógica de Programação Heitor Medeiros

Leia mais

Programação de Computadores:

Programação de Computadores: Instituto de C Programação de Computadores: Introdução ao FORTRAN Luis Martí Instituto de Computação Universidade Federal Fluminense lmarti@ic.uff.br - http://lmarti.com Introdução ao FORTRAN Cinco aspectos

Leia mais

Fluxogramas. Leonardo Gresta Paulino Murta.

Fluxogramas. Leonardo Gresta Paulino Murta. Fluxogramas Leonardo Gresta Paulino Murta leomurta@ic.uff.br Antes de vermos Fluxogramas......vamos conhecer um pouco sobre a evolução das linguagens de programação Leonardo Murta Fluxogramas 2 Paradigmas

Leia mais

Introdução à Lógica de Programação Aula 2. Adaptação de Luis Otavio Alvares

Introdução à Lógica de Programação Aula 2. Adaptação de Luis Otavio Alvares 1 Introdução à Lógica de Programação Aula 2 Adaptação de Luis Otavio Alvares 2 Operadores Usados para incrementar, decrementar, comparar e avaliar dados, que são operações básicas em processamento de dados.

Leia mais

Fluxogramas. Leandro Tonietto ago-09

Fluxogramas. Leandro Tonietto ago-09 Fluxogramas Leandro Tonietto ltonietto@unisinos.br ago-09 Introdução Planejar, modelar e projetar primeiro, depois fazer (programar). Maiores chances de sucesso na programação Facilita a resolução, pois

Leia mais

LÓGICA DE PROGRAMAÇÃO INTRODUÇÃO À PROGRAMAÇÃO DE COMPUTADORES

LÓGICA DE PROGRAMAÇÃO INTRODUÇÃO À PROGRAMAÇÃO DE COMPUTADORES LÓGICA DE PROGRAMAÇÃO INTRODUÇÃO À PROGRAMAÇÃO DE COMPUTADORES 1. Introdução à Lógica de Programação 1.1. Lógica? Lógica de programação é a técnica de encadear pensamentos para atingir determinado objetivo.

Leia mais

Amanda Gondim de Oliveira

Amanda Gondim de Oliveira ESTRUTURAS DE REPETIÇÃO Amanda Gondim de Oliveira ESTRUTURAS DE REPETIÇÃO É comum a repetição de procedimentos para se realizar tarefas. Esse procedimentos não são repetidos eternamente, mas se encerram

Leia mais

FLUXOGRAMA. Nickerson Fonseca Ferreira

FLUXOGRAMA. Nickerson Fonseca Ferreira 1 INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO RIO GRANDE DO NORTE CAMPUS JOÃO CÂMARA FLUXOGRAMA Nickerson Fonseca Ferreira nickerson.ferreira@ifrn.edu.br Introdução 2 Um algoritmo pode ser representado

Leia mais

9. Comando de repetição com variável de controle (para.. de.. até.. faça)

9. Comando de repetição com variável de controle (para.. de.. até.. faça) 9. Comando de repetição com variável de controle (para.. de.. até.. faça) Com o uso das estruturas enquanto e repita é possível elaborar rotinas que efetuam a execução de um looping um determinado número

Leia mais

Algoritmos e Programação I

Algoritmos e Programação I Algoritmos e Programação I Estruturas de Controle e Repetição Prof. Fernando Maia da Mota mota.fernandomaia@gmail.com CPCX/UFMS Fernando Maia da Mota 1 Estruturas de Controle Uma vez que a expressão condicional

Leia mais

Introdução à Algoritmos INF 1005 e INF Programação I

Introdução à Algoritmos INF 1005 e INF Programação I Introdução à Algoritmos INF 1005 e INF1004 - Programação I Pontifícia Universidade Católica Departamento de Informática 1 Algoritmo: Conceito Sequência finita e não ambígua de passos para a solução de

Leia mais

Instituto de Computação Programação de Computadores (TCC00326)

Instituto de Computação Programação de Computadores (TCC00326) Lista de Exercícios Algoritmos, Pseudocódigo e Fluxograma. Escreva um algoritmo (pseudocódigo) que coloque os números de a 00 na tela na ordem inversa (começando em 00 e terminando em ). inteiro: Numero

Leia mais

Introdução à Programação

Introdução à Programação Introdução à Program João Manuel R. S. Tavares Sumário 1. Ciclo de desenvolvimento de um programa; 2. Descrição de algoritmos; 3. Desenvolvimento modular de programas; 4. Estruturas de controlo de um programa.

Leia mais

PSEUDO-CÓDIGO. Nickerson Fonseca Ferreira

PSEUDO-CÓDIGO. Nickerson Fonseca Ferreira 1 INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO RIO GRANDE DO NORTE CAMPUS JOÃO CÂMARA PSEUDO-CÓDIGO Nickerson Fonseca Ferreira nickerson.ferreira@ifrn.edu.br Introdução 2 Um algoritmo pode ser

Leia mais

Aula 02. Algoritmos e Pseudocódigo

Aula 02. Algoritmos e Pseudocódigo Aula 02 Algoritmos e Pseudocódigo Tópicos Principais Definição de Algoritmo Formas de representação Condicionais Repetições Definição de Algoritmo Um algoritmo é uma sequência de ações que resolve um problema.

Leia mais

Apostila de Portugol

Apostila de Portugol Apostila de Portugol TIPOS PRIMITIVOS DE DADOS INTEIRO ADMITE SOMENTE NÚMEROS INTEIROS. GERALMENTE É UTILIZADO PARA REPRESENTAR UMA CONTAGEM (QUANTIDADE). REAL ADMITE NÚMEROS REAIS (COM OU SEM CASAS DECIMAIS).

Leia mais

CONCEITOS DE ALGORITMOS

CONCEITOS DE ALGORITMOS CONCEITOS DE ALGORITMOS Fundamentos da Programação de Computadores - 3ª Ed. 2012 Editora Prentice Hall ISBN 9788564574168 Ana Fernanda Gomes Ascênsio Edilene Aparecida Veneruchi de Campos Algoritmos são

Leia mais

BCC Introdu c ao ` a Programa c ao Portugol Guillermo C amara-ch avez UFOP 1/35

BCC Introdu c ao ` a Programa c ao Portugol Guillermo C amara-ch avez UFOP 1/35 BCC 201 - Introdução à Programação Portugol Guillermo Cámara-Chávez UFOP 1/35 Introdução I Lógica A lógica é usada no dia a dia das pessoas que trabalham com computação para solucionar problemas de forma

Leia mais

Introdução à Programação. 4ª aula. Prof. José Honorato F. Nunes

Introdução à Programação. 4ª aula. Prof. José Honorato F. Nunes Introdução à Programação 4ª aula Prof. José Honorato F. Nunes honoratonunes@gmail.com RESUMO DA AULA Operador Literal Estruturas de Controle Seleção Repetição Prof. José Honorato F. Nunes honoratonunes@gmail.com

Leia mais

01/08/2011. Introdução Lógica Sequencia lógica Instruções Algoritmos Programas. Lógica. Lógica na programação. Instrução.

01/08/2011. Introdução Lógica Sequencia lógica Instruções Algoritmos Programas. Lógica. Lógica na programação. Instrução. Engenharia de Controle e Automação Programação I Prof. Ricardo Sobjak ricardo.sobjak@ifsc.edu.br Introdução Lógica Sequencia lógica Instruções s Programas Lógica Raciocínio estruturado (partindo-se do

Leia mais

Introdução à Lógica de Programação

Introdução à Lógica de Programação Sistemas Operacionais e Introdução à Programação Introdução à Lógica de Programação 1 Resolução de problemas usando computador Computador: ferramenta para processamento automático de dados Processamento

Leia mais

INFORMÁTICA APLICADA AULA 05 ALGORITMOS

INFORMÁTICA APLICADA AULA 05 ALGORITMOS UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DO SEMI-ÁRIDO CURSO: Bacharelado em Ciências e Tecnologia INFORMÁTICA APLICADA AULA 05 ALGORITMOS Profª ª Danielle Casillo ESTRUTURA DE REPETIÇÃO Nos exemplos e exercícios que

Leia mais

Lógica Aula 3. Definição. Estrutura de decisão

Lógica Aula 3. Definição. Estrutura de decisão Lógica Aula 3 Estrutura de decisão Definição Principais estrutura Desvio Condicional Simples Composto Encadeado Exercícios Definição Na vida tomamos decisões a todo o momento baseadas em uma situação existente.

Leia mais

Este conceito é bastante simples e será útil e conveniente nos itens seguintes, na definição das estruturas básicas de controle de execução.

Este conceito é bastante simples e será útil e conveniente nos itens seguintes, na definição das estruturas básicas de controle de execução. Capítulo 7 Controle de Fluxo de Execução Até o momento os algoritmos estudados utilizam apenas instruções primitivas de atribuição, e de entrada e saída de dados. Qualquer conjunto de dados fornecido a

Leia mais

Unidade 2: Algoritmos e programação

Unidade 2: Algoritmos e programação Unidade 2: Algoritmos e programação 2.1. Algoritmos Os computadores estão sendo utilizados para resolver problemas cada vez de maior porte e complexidade. A utilização do computador para resolver problemas

Leia mais

Fluxograma. Conjunto de símbolos utilizados em fluxogramas

Fluxograma. Conjunto de símbolos utilizados em fluxogramas 27 Símbolo Nome Terminador Seta de fluxo Entrada de dados Atribuição Saída de dados Desvio condicional Declaração Fluxograma Descrição Indica o início e o fim do fluxo do algoritmo. Indica o sentido do

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PAMPA CAMPUS BAGÉ ALGORITMOS E PROGRAMAÇÃO. Estruturas de repetição. Prof. Alex Camargo

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PAMPA CAMPUS BAGÉ ALGORITMOS E PROGRAMAÇÃO. Estruturas de repetição. Prof. Alex Camargo UNIVERSIDADE FEDERAL DO PAMPA CAMPUS BAGÉ ALGORITMOS E PROGRAMAÇÃO Estruturas de repetição Prof. Alex Camargo alexcamargoweb@gmail.com Estruturas de repetição As estruturas de repetição provém uma maneira

Leia mais

Introdução à Programação de Computadores Fabricação Mecânica

Introdução à Programação de Computadores Fabricação Mecânica Introdução à Programação de Computadores Fabricação Mecânica Edilson Hipolito da Silva edilson.hipolito@ifsc.edu.br - http://www.hipolito.info Aula 06 - Introdução a algoritmos Roteiro Algoritmos Formas

Leia mais

Aula 4B. Lógica e Algoritmos. Profª. Fabiany

Aula 4B. Lógica e Algoritmos. Profª. Fabiany Fundamentos de Programação 1 Aula 4B Lógica e Algoritmos. Profª. Fabiany Lógica A lógica de programação é a técnica de encadear pensamentos para atingir determinado objetivo. Sequência Lógica São passos

Leia mais

para / for (com teste numérico) enquanto / while (com teste lógico no início) repita até que / do...while (com teste lógico no fim)

para / for (com teste numérico) enquanto / while (com teste lógico no início) repita até que / do...while (com teste lógico no fim) Algoritmos e Programação de Computadores1 Prof. Eduardo 1 1. ESTRUTURAS DE REPETIÇÃO Uma estrutura de repetição é utilizada para fazer com que um pedaço (trecho) do programa seja executado n vezes, ou

Leia mais

Processamento da Informação BC-05045

Processamento da Informação BC-05045 UNIVERSIDADE FEDERAL DO ABC Processamento da Informação BC-05045 Prof Dr. Francisco Isidro UNIVERSIDADE FEDERAL DO ABC Aula 1 - Introdução Aula Teórica UNIVERSIDADE FEDERAL DO ABC Roteiro da Aula Introdução

Leia mais

Exercícios de Fixação Introdução ao FORTRAN

Exercícios de Fixação Introdução ao FORTRAN 1 Disciplina: TCC-00.157 Prog. de Computadores III Professor: Leandro Augusto Frata Fernandes Turma: A-1 Data: / / Exercícios de Fixação Introdução ao FORTRAN 1. Converta os algoritmos dos seguintes exercícios

Leia mais

AULA 02. Lógica de Programação. Centro Educação Profissional Ezequiel Ferreira Lima CEPEF. Curso Técnico em Eletrônica.

AULA 02. Lógica de Programação. Centro Educação Profissional Ezequiel Ferreira Lima CEPEF. Curso Técnico em Eletrônica. Centro Educação Profissional Ezequiel Ferreira Lima CEPEF Curso Técnico em Eletrônica. Prof. Eng. Samuel M. B. Cavalcante Lógica de Programação AULA 02 O que já estudamos? Lógica de programação é a técnica

Leia mais

ALGORITMOS AULA 1. Profª Amanda Gondim

ALGORITMOS AULA 1. Profª Amanda Gondim ALGORITMOS AULA 1 Profª Amanda Gondim O que é lógica? NOÇÕES DE LÓGICA A lógica trata da correção do pensamento Ensina-nos a usar corretamente as leis do pensamento É a arte de pensar corretamente A forma

Leia mais

Processamento Sequencial e Condicional

Processamento Sequencial e Condicional FTC Faculdade de Tecnologia e Ciências Engenharia Civil 1º Semestre Processamento Sequencial e Condicional Rafael Barbosa Neiva rafael@prodados.inf.br Processamento Sequencial Processamento sequencial

Leia mais

Fundamentos de programação

Fundamentos de programação Fundamentos de programação Iteração O Comando While / do while Edson Moreno edson.moreno@pucrs.br http://www.inf.pucrs.br/~emoreno Comandos de repetição Garante a repetição de um trecho de código Evita

Leia mais

Algoritmos e Introdução à Programação. Lógica e Linguagem de Programação

Algoritmos e Introdução à Programação. Lógica e Linguagem de Programação Algoritmos e Introdução à Programação Lógica e Linguagem de Programação Prof. José Honorato Ferreira Nunes honoratonunes@softwarelivre.org http://softwarelivre.org/zenorato/honoratonunes Linguagem C Seleção

Leia mais

Faculdade de Estudos Avançados do Pará Disciplina: Algoritmos Professor: Armando Hage Algoritmos- continuação

Faculdade de Estudos Avançados do Pará Disciplina: Algoritmos Professor: Armando Hage Algoritmos- continuação Faculdade de Estudos Avançados do Pará Disciplina: Algoritmos Professor: Armando Hage Algoritmos- continuação Situação Problema Cálculos Decisão Verdadeiro Falso Diagrama de Bloco O diagrama de bloco é

Leia mais

Algoritmos e Programação. Ederson Luiz da Silva Ciência da Computação

Algoritmos e Programação. Ederson Luiz da Silva Ciência da Computação Algoritmos e Programação Ederson Luiz da Silva Ciência da Computação Conteúdo ALGORITMOS Conceitos e características; Formas de representação; Diretrizes para criação de algoritmos; Fluxogramas; Pseudocódigo

Leia mais

Algoritmos. Prof. Jonatas Bastos Site:

Algoritmos. Prof. Jonatas Bastos   Site: Algoritmos Prof Jonatas Bastos Email: jonatasfbastos@gmailcom Site: http://jonatasfbastoswordpresscom/ 1 Estrutura de Repetição Computadores não reclamam por executar alguma tarefa, nem se cansam em fazer

Leia mais

Introdução aos Algoritmos

Introdução aos Algoritmos Introdução aos Algoritmos Aula 05 Diogo Pinheiro Fernandes Pedrosa http://www2.ufersa.edu.br/portal/professor/diogopedrosa diogopedrosa@ufersa.edu.br Universidade Federal Rural do Semiárido Bacharelado

Leia mais

Capítulo 1 - Lógica e Algoritmos

Capítulo 1 - Lógica e Algoritmos 1. Introdução à Lógica de Programação Capítulo 1 - Lógica e Algoritmos A lógica de programação é necessária para pessoas que desejam trabalhar com desenvolvimento de sistemas e programas, ela permite definir

Leia mais

LP II Estrutura de Dados

LP II Estrutura de Dados LP II Estrutura de Dados Linguagem C Seleção e Repetição Prof. José Honorato F. Nunes honorato.nunes@ifbaiano.bonfim.edu.br Resumo da aula Estruturas de Seleção Simples Composta Aninhada Estruturas de

Leia mais

Computadores = cérebros eletrônicos?

Computadores = cérebros eletrônicos? Prof. André Backes Introdução Computadores = cérebros eletrônicos? Computadores são máquinas e, por si sós, não podem ser inteligentes. Alguém as projetou e deu a ela todas as características que possuem.

Leia mais

Estruturas de Controle de Fluxo

Estruturas de Controle de Fluxo 2. Comando de Seleção Múltipla Em algumas situações ao chegarmos a uma determinada instrução de um algoritmo devemos selecionar um dentre alguns trechos a seguir, tendo como base para esta escolha um conjunto

Leia mais

Programação em C. Victor Amorim dos Santos

Programação em C. Victor Amorim dos Santos Programação em C Victor Amorim dos Santos Proposições Lógicas Expressões Lógicas e o tipo Boolean Importante para a tomada de decisão; Tipo Boolean: tipo de dados para representar a satisfação ou não de

Leia mais

Algoritmos e Fluxogramas

Algoritmos e Fluxogramas Introdução Algoritmos e Fluxogramas Computadores = cérebros eletrônicos? Computadores são máquinas e, por si sós, não podem ser inteligentes. Alguém as projetou e deu a ela todas as características que

Leia mais

Parte I - Expressões lógicas e operadores

Parte I - Expressões lógicas e operadores Lista de Exercícios de Algoritmos e Laboratório de Programação - 01 Parte I - Expressões lógicas e operadores 1. Sendo A=3, B=7 e C=4, informe se as expressões abaixo são verdadeiras ou falsas. a) (A+C)

Leia mais

Algoritmos e Estruturas de Dados I (DCC/003) Estruturas Condicionais e de Repetição

Algoritmos e Estruturas de Dados I (DCC/003) Estruturas Condicionais e de Repetição Algoritmos e Estruturas de Dados I (DCC/003) Estruturas Condicionais e de Repetição 1 Comando while Deseja-se calcular o valor de: 1 + 2 + 3 +... + N. Observação: não sabemos, a priori, quantos termos

Leia mais

Introdução a Computação

Introdução a Computação Introdução a Computação Lógica de Programação Conceitos Algoritmos Conjunto predeterminado e bem definido de regras e processos destinados a solução de um problema, com um número finito de etapas. 2 1

Leia mais

ESTRUTURA CONDICIONAL E SELEÇÃO

ESTRUTURA CONDICIONAL E SELEÇÃO Algoritmos e Estruturas de Dados 1 Prof. Eduardo 1 ESTRUTURA CONDICIONAL E SELEÇÃO 1 - ESTRUTURA CONDICIONAL (ESTRUTURAS DE CONTROLE OU DECISÃO) Até o momento da disciplina vimos algoritmos e programas

Leia mais

ALGORITMOS COM SELEÇÃO 1 - ESTRUTURA CONDICIONAL (ESTRUTURAS DE CONTROLE)

ALGORITMOS COM SELEÇÃO 1 - ESTRUTURA CONDICIONAL (ESTRUTURAS DE CONTROLE) Algoritmos e Estruturas de Dados 1 Prof. Eduardo 1 ALGORITMOS COM SELEÇÃO 1 - ESTRUTURA CONDICIONAL (ESTRUTURAS DE CONTROLE) Até o momento da disciplina vimos comandos de entrada, processamento e saída

Leia mais

Lógica de Programação

Lógica de Programação Resolução de problemas utilizando computador Módulo II Prof. RANILDO LOPES Computador: ferramenta para processamento automático de dados Processamento de dados: atividade que transforme dados de entrada

Leia mais

Linguagem de Programação I. Aula 03 Estruturas de Controle

Linguagem de Programação I. Aula 03 Estruturas de Controle Linguagem de Programação I Aula 03 Estruturas de Controle Da Aula Anterior Algoritmos, definição; Representação de algoritmos; Pseudo-linguagem Portugol: Definições básicas Nesta Aula Portugol: aspectos

Leia mais

Estrutura Condicional

Estrutura Condicional Estrutura Condicional É a estrutura que permite a tomada de decisão, em um algoritmo, mediante a análise lógica de uma condição; Condição: comparação que somente possui dois valores possíveis (verdadeiro

Leia mais

ESTRUTURAS DE CONTROLE

ESTRUTURAS DE CONTROLE ESTRUTURAS DE CONTROLE ESTRUTURA SEQUENCIAL E ESTRUTURAS CONDICIONAIS Introdução à Ciência da Computação Estruturas de Controle ESTRUTURA SEQUENCIAL ESTRUTURAS CONDICIONAIS Estrutura Condicional Simples

Leia mais

Introdução à Programação

Introdução à Programação Introdução à Programação Estruturas de Seleção Prof. José Honorato F. Nunes honoratonunes@gmail.com ESTRUTURAS DE CONTROLE Seleção Prof. José Honorato F. Nunes honoratonunes@gmail.com Estruturas de Controle

Leia mais

Computação I: Representações de Algoritmos

Computação I: Representações de Algoritmos Computação I: Representações de Algoritmos reginaldo.re@utfpr.edu.br * Parte da apresentação foi gentilmente cedida pelo prof. Igor Steinmacher Agenda Objetivos Relembrando... Algoritmos para desenvolver

Leia mais

Estruturas de Repetição Parte I ENQUANTO-FAÇA

Estruturas de Repetição Parte I ENQUANTO-FAÇA Estruturas de Repetição Parte I ENQUANTO-FAÇA Prof. Dr. Edson Pimentel Centro de Matemática, Computação e Cognição Objetivos Reconhecer a necessidade do uso de estruturas de repetição Aprender a sintaxe

Leia mais

Conceitos Básicos ENTRADA PROCESSAMENTO SAÍDA

Conceitos Básicos ENTRADA PROCESSAMENTO SAÍDA Aula 02 - Algoritmos Disciplina: Algoritmos Prof. Allbert Velleniche de Aquino Almeida E-mail: allbert.almeida@fatec.sp.gov.br Site: http://www.allbert.com.br /allbert.almeida Conceitos Básicos Desde o

Leia mais

Objetivo: Desenvolver algoritmos a partir de problemas

Objetivo: Desenvolver algoritmos a partir de problemas Objetivo: Desenvolver algoritmos a partir de problemas Definição de Lógica Definição de Algoritmo Algoritmo x Lógica Diagrama de Blocos e Portugol Portugol: Estrutura da Linguagem Exemplos de Diagramas

Leia mais

Controle de Fluxo Comandos de repetição: while e do-while

Controle de Fluxo Comandos de repetição: while e do-while BCC 201 - Introdução à Programação Controle de Fluxo Comandos de repetição: while e do-while Guillermo Cámara-Chávez UFOP 1/26 Comandos de Repetição (Laços) I São muito comuns as situações em que se deseja

Leia mais

Estruturas de Repetição Parte I ENQUANTO-FAÇA

Estruturas de Repetição Parte I ENQUANTO-FAÇA Estruturas de Repetição Parte I ENQUANTO-FAÇA Prof. João Henrique Kleinschmidt Material elaborado pelos professores de PI Objetivos Reconhecer a necessidade do uso de estruturas de repetição Aprender a

Leia mais

Fluxograma. Símbolo Nome Descrição

Fluxograma. Símbolo Nome Descrição 65 Fluxograma Analisaremos agora o método de representação de algoritmos denominado fluxograma. Conceitualmente um fluxograma é um tipo de diagrama, e pode ser entendido como uma representação esquemática

Leia mais

Estruturas de Repetição na Linguagem C. Slides da Prof. Deise Saccol

Estruturas de Repetição na Linguagem C. Slides da Prof. Deise Saccol Estruturas de Repetição na Linguagem C Slides da Prof. Deise Saccol 1 Comando for Estrutura de repetição for (var=valor inicial; condição; incremento) comando; for (var=valor inicial; condição; incremento)

Leia mais

CURSO BÁSICO DE PROGRAMAÇÃO AULA 6. Revisão Laços de Repetição

CURSO BÁSICO DE PROGRAMAÇÃO AULA 6. Revisão Laços de Repetição CURSO BÁSICO DE PROGRAMAÇÃO AULA 6 Revisão Laços de Repetição TRABALHO 1º Semestre Prazo de entrega: 14/06. Individual ou em Dupla Compactar todos os exercícios em um arquivo. Enviar para o e-mail do PET:

Leia mais

TÉCNICO DE INFORMÁTICA - SISTEMAS

TÉCNICO DE INFORMÁTICA - SISTEMAS 782 - Programação em C/C++ - estrutura básica e conceitos fundamentais Linguagens de programação Linguagem de programação são conjuntos de palavras formais, utilizadas na escrita de programas, para enunciar

Leia mais

Estruturas de Repetição Parte I ENQUANTO

Estruturas de Repetição Parte I ENQUANTO Estruturas de Repetição Parte I ENQUANTO Material produzido por professores da UFABC Objetivos Reconhecer a necessidade do uso de estruturas de repetição Aprender a sintaxe da Estrutura de Repetição ENQUANTO-FAÇA

Leia mais

Lógica para programação II Seção 1 - Histórico e Introdução Primeiros Programas

Lógica para programação II Seção 1 - Histórico e Introdução Primeiros Programas Lógica para programação II Seção 1 - Histórico e Introdução Primeiros Programas Prof. Me. Hélio Esperidião Ferreira Objetivos: (Entender os principais conceitos atuais e históricos sobre o desenvolvimento

Leia mais

INFORMÁTICA APLICADA AULA 02 ALGORITMOS

INFORMÁTICA APLICADA AULA 02 ALGORITMOS UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DO SEMI-ÁRIDO CURSO: Bacharelado em Ciências e Tecnologia INFORMÁTICA APLICADA AULA 02 ALGORITMOS Profª ª Danielle Casillo ALGORITMOS Um algoritmo é uma sequência de instruções

Leia mais

Linguagem C. Programação Estruturada. Estruturas de Controle. Prof. Luis Nícolas de Amorim Trigo

Linguagem C. Programação Estruturada. Estruturas de Controle. Prof. Luis Nícolas de Amorim Trigo Programação Estruturada Linguagem C Estruturas de Controle Prof. Luis Nícolas de Amorim Trigo nicolas.trigo@ifsertao-pe.edu.br Sumário Introdução Tipos de Estruturas de Controle Estruturas de Seleção Simples

Leia mais

Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul Ciência da Computação Algoritmos e Estruturas de Dados I (AED-I)

Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul Ciência da Computação Algoritmos e Estruturas de Dados I (AED-I) Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul Ciência da Computação Algoritmos e Estruturas de Dados I (AED-I) Prof. Nilton nilton@comp.uems.br 1 Sumário Construção de algoritmos usando estruturas de repetição

Leia mais

Algoritmos e Programação de Computadores Disciplina:

Algoritmos e Programação de Computadores Disciplina: Algoritmos e Programação de Computadores Disciplina: 113476 Profa. Carla Denise Castanho Universidade de Brasília UnB Instituto de Ciências Exatas IE Departamento de Ciência da Computação CIC 3. REPRESENTAÇÃO

Leia mais

Plano de Aula - Lógica de Programação - cód Horas/Aula

Plano de Aula - Lógica de Programação - cód Horas/Aula Plano de Aula - Lógica de Programação - cód. 6133-16 Horas/Aula Aula 1 Capítulo 1 - Introdução Aula 2 Continuação do Capítulo 1 - Introdução Capítulo 2 - Diagrama de Bloco Aula 3 Capítulo 3 - Dados Capítulo

Leia mais

Algoritmos e Estruturas de Dados

Algoritmos e Estruturas de Dados Algoritmos e Estruturas de Dados Introdução Prof. Sinaide Nunes Bezerra Vídeoaulas e exercícios em linguagem C, acesse www.mathgraph.com.br 1 de novembro de 2015 Sumário 1 Introdução

Leia mais

CURSO de NIVELAMENTO INTRODUÇÃO À PROGRAMAÇÃO

CURSO de NIVELAMENTO INTRODUÇÃO À PROGRAMAÇÃO CURSO de NIVELAMENTO INTRODUÇÃO À PROGRAMAÇÃO Lógica de Programação Lógica de programação é a técnica de encadear pensamentos (instruções) para atingir determinado objetivo. Instruções Instruções são regras

Leia mais

REVISÕES DA SESSÃO ANTERIOR

REVISÕES DA SESSÃO ANTERIOR REVISÕES DA SESSÃO ANTERIOR Fluxogramas Um fluxograma é uma forma padronizada e eficaz para representar os passos lógicos de um determinado processamento. Com os fluxogramas podemos definir uma sequência

Leia mais

Aplicaremos a técnica do teste de mesa sobre o algoritmo abaixo, o qual visa determinar o número de vértices de uma figura geométrica.

Aplicaremos a técnica do teste de mesa sobre o algoritmo abaixo, o qual visa determinar o número de vértices de uma figura geométrica. Teste de Mesa Ao nos recordarmos dos passos necessários para a construção de um algoritmo veremos que após a elaboração de um algoritmo devemos testá-lo realizando simulações com o propósito de verificarmos

Leia mais