GOIÂNIA, / / PROFESSOR: Daniel. Antes de iniciar a lista de exercícios leia atentamente as seguintes orientações:

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "GOIÂNIA, / / PROFESSOR: Daniel. Antes de iniciar a lista de exercícios leia atentamente as seguintes orientações:"

Transcrição

1 GOIÂNIA, / / 2016 PROFESSOR: Daniel DISCIPLINA: Literatura SÉRIE: 1 ano ALUNO(a): No Anhanguera você é + Enem Antes de iniciar a lista de exercícios leia atentamente as seguintes orientações: - É fundamental a apresentação de uma lista legível, limpa e organizada. Rasuras podem invalidar a lista. - Questões discursivas deverão ser respondidas na própria lista. - Não há necessidade de folhas em anexo, todas as respostas serão exclusivamente na lista. - O não atendimento a algum desses itens faculta ao professor o direito de desconsiderar a lista. - A lista deve ser feita a caneta. P1-3 BIMESTRE Leia com muita atenção os textos a seguir: Texto 1 Todas as cartas de amor são Não seriam de amor se não fossem Também escrevi em meu tempo cartas de Amor, Como as outras, As cartas de amor, se há amor, Têm de ser Mas, afinal,

2 Só as criaturas que nunca escreveram Cartas de amor É que são Quem me dera no tempo em que escrevia Sem dar por isso Cartas de amor A verdade é que hoje As minhas memórias Dessas cartas de amor É que são (Todas as palavras esdrúxulas, Como os sentimentos esdrúxulos, São naturalmente ) Álvaro de Campos, heterônimo de Fernando Pessoa Texto 2 Amar! Eu quero amar, amar perdidamente! Amar só por amar: Aqui... além... Mais este e Aquele, o Outro e toda a gente... Amar! Amar! E não amar ninguém!

3 Recordar? Esquecer? Indiferente!... Prender ou desprender? É mal? É bem? Quem disser que se pode amar alguém Durante a vida inteira é porque mente! Há uma primavera em cada vida: É preciso cantá-la assim florida, Pois se Deus nos deu voz, foi pra cantar! E se um dia hei-de ser pó, cinza e nada Que seja a minha noite uma alvorada, Que me saiba perder... pra me encontrar... Florbela Espanca 01. Que diferenças estruturais e de linguagem você percebeu entre os dois poemas? 02. O que eles têm de semelhante? 03. Comente como o recurso da repetição é utilizado no poema de Fernando Pessoa. 04. Analise o esquema de rimas do poema de Florbela Espanca.

4 05. Observe o interessante trabalho que a poeta portuguesa realiza com os pronomes nos dois últimos versos da primeira estrofe. Os pronomes este e aquele são classificados como demonstrativos quando analisados fora de contexto; no contexto da poesia, como você os classificaria? 06. Explique a ideia contida no seguinte verso: Amar! Amar! E não amar ninguém! 07. Você concorda com a afirmação contida nos versos Quem disser que se pode amar alguém / Durante a vida inteira é porque mente!? Justifique sua resposta. 08. Qual é a visão sobre o amor que cada eu-lírico demonstra? Comente. 09. De que modo você interpreta o sentido da palavra ridículas em cada momento em que ela aparece no texto de Fernando Pessoa? Texto 3 Pássaro em vertical Cantava o pássaro e voava voava para cá cantava para lá

5 voava o pássaro e cantava de repente um tiro seco penas fofas leves plumas mole espuma e um risco surdo n o O poema é narrativo, pois conta a história de um pássaro: 10. Quantas estrofes tem o poema? 11. De que trata cada uma das estrofes? r t e - s u l 12. Observe a disposição gráfica e a inversão de palavras nos quatro primeiros versos do poema. O que sugere, quanto aos movimentos do pássaro:

6 a) a disposição visual das expressões "para lá" e "para cá"? b) a repetição do 1º verso - "Cantava o pássaro e voava" - no 4º verso, mas com as palavras em outra ordem? 13.Observe a disposição gráfica das palavras da frase "de repente um tiro seco". a) O que aconteceu com o pássaro? b) O que sugere a disposição visual desses versos quanto ao movimento do pássaro? 14. O que sugere a disposição gráfica da expressão "norte-sul"? 15. Que relação essa disposição tem com o título do poema? 16. O poema narra, em síntese, a trajetória de um pássaro que é morto por um caçador. Os recursos empregados pelo poeta - as imagens, a métrica, a repetição de sons, o ritmo e distribuição das palavras no espaço do papel - criam efeitos de sentidos diferentes para essa história. Que papel desempenham esses recursos na construção do sentido do poema? 17. (UFES-ES) Quem sabe se nesta terra não plantarei minha sina? Não tenho medo da terra

7 (cavei pedra toda a vida) e para quem lutou a braço contra a piçarra da Caatinga fácil será amansar esta aqui, tão feminina João Cabral de Melo Neto - Morte e vida severina Quanto ao gênero literário, é correto afirmar sobre o fragmento acima: a) Não há lirismo, pois é feito para ser representado b) É narrativo, pelo aspecto regionalista e social c) É dramático, com uma linguagem fortemente poética d) É uma peça teatral, sem qualquer lirismo, pela rudeza da linguagem e) É mais épico que lírico ou dramático 18. (UFRS) O soneto é uma das formas poéticas mais tradicionais e difundidas na literatura e expressa, quase sempre, conteúdo: a) dramático b) satírico c) épico d) lírico e) humorístico 19. Assinale a alternativa incorreta: a) O soneto é uma das formas poéticas mais consagradas na literatura ocidental. b) O gênero lírico, única base da poesia, é o mais importante dos gêneros literários. c) Os temas líricos giram em torno da expressão de sentimentos do eu-poético. d) O lirismo recebe tratamento que varia conforme a proposta artística de cada época. e) O texto lírico pode também contar uma história. 20. (UFMT) Sobre literatura, gênero e estilo literários, classifique os itens abaixo em verdadeiro ou falso: a) tanto no verso quanto na prosa pode haver poesia.

8 b) todo momento histórico apresenta um conjunto de normas que caracteriza suas manifestações culturais, constituindo o estilo da época. c) o texto literário é aquele em que predominam a repetição da realidade, a linguagem linear, a unicidade de sentido. d) no gênero lírico os elementos do mundo exterior predominam sobre os do mundo interior do eu poético.

Sugestão de avaliação

Sugestão de avaliação Sugestão de avaliação 8 PORTUGUÊS Professor, esta sugestão de avaliação corresponde ao primeiro bimestre escolar ou às Unidades 1 e 2 do Livro do Aluno. Avaliação - Língua Portuguesa NOME: TURMA: escola:

Leia mais

Ano: 9 Turma: 9.1 e 9.2

Ano: 9 Turma: 9.1 e 9.2 COLÉGIO NOSSA SENHORA DA PIEDADE Programa de Recuperação Final 2ª Etapa 2014 Disciplina: Língua Portuguesa Professor (a): Cris Souto Ano: 9 Turma: 9.1 e 9.2 Caro aluno, você está recebendo o conteúdo de

Leia mais

Prova Escrita de Português

Prova Escrita de Português EXAME NACIONAL DO ENSINO SECUNDÁRIO Decreto-Lei n.º 139/2012, de 5 de julho Prova Escrita de Português 12.º Ano de Escolaridade Prova 639/Época Especial 8 Páginas Duração da Prova: 120 minutos. Tolerância:

Leia mais

TIPO DE AVALIAÇÃO: Lista de Exercícios - Recuperação

TIPO DE AVALIAÇÃO: Lista de Exercícios - Recuperação TIPO DE AVALIAÇÃO: Lista de Exercícios - Recuperação Nome: Nº 8º ano / Ensino Fundamental Turma: Disciplina(s): Português Data: Professor(a): Érica Beatriz Nota: Leia o texto de Clarice Lispector e veja

Leia mais

Pós-Modernismo (Poesia)

Pós-Modernismo (Poesia) Pós-Modernismo (Poesia) Texto I (Décio Pignatari) Texto II (Haroldo de Campos) Texto III Para mim, a poesia é uma construção, como uma casa. Isso eu aprendi com Le Corbusier. A poesia é uma composição.

Leia mais

CURSO Pedagogia. Só abra este caderno quando o fiscal autorizar. Leia atentamente as instruções abaixo.

CURSO Pedagogia. Só abra este caderno quando o fiscal autorizar. Leia atentamente as instruções abaixo. PROCESSO SELETIVO 2003/1 LÍNGUA PORTUGUESA E LITERATURA BRASILEIRA CURSO Pedagogia Só abra este caderno quando o fiscal autorizar. Leia atentamente as instruções abaixo. 1. 2. Esta prova contém dez questões,

Leia mais

PROGRAMA DE INTERVENÇÃO PEDAGÓGICA ANOS FINAIS / SRE - CURVELO

PROGRAMA DE INTERVENÇÃO PEDAGÓGICA ANOS FINAIS / SRE - CURVELO 61 Poema O que é: Segundo o poeta Carlos Drummond de Andrade, entre coisas e palavras principalmente entre palavras circulamos. As palavras, entretanto, não circulam entre nós como folhas soltas no ar.

Leia mais

Equipe de Língua Portuguesa. Língua Portuguesa SÍNTESE DA GRAMÁTICA

Equipe de Língua Portuguesa. Língua Portuguesa SÍNTESE DA GRAMÁTICA Aluno (a): Série: 3ª TUTORIAL 3B Ensino Médio Data: Turma: Equipe de Língua Portuguesa Língua Portuguesa SÍNTESE DA GRAMÁTICA TERMOS INTEGRANTES = completam o sentido de determinados verbos e nomes. São

Leia mais

Pós-Modernismo. Literatura Professor: Diogo Mendes 19/09/2014. Material de apoio para Aula ao Vivo. Texto I. Poema Brasileiro

Pós-Modernismo. Literatura Professor: Diogo Mendes 19/09/2014. Material de apoio para Aula ao Vivo. Texto I. Poema Brasileiro Pós-Modernismo Texto I Poema Brasileiro No Piauí de cada 100 crianças que nascem 78 morrem antes de completar 8 anos de idade No Piauí de cada 100 crianças que nascem 78 morrem antes de completar 8 anos

Leia mais

Nome: N.º: endereço: data: Telefone: E-mail: PARA QUEM CURSA O 5 Ọ ANO EM 2014. Disciplina: PoRTUGUÊs UMA IDEIA TODA AZUL

Nome: N.º: endereço: data: Telefone: E-mail: PARA QUEM CURSA O 5 Ọ ANO EM 2014. Disciplina: PoRTUGUÊs UMA IDEIA TODA AZUL Nome: N.º: endereço: data: Telefone: E-mail: Colégio PARA QUEM CURSA O 5 Ọ ANO EM 2014 Disciplina: PoRTUGUÊs Prova: desafio nota: UMA IDEIA TODA AZUL Um dia o Rei teve uma ideia. Era a primeira da vida

Leia mais

Revisão geral sobre Modernismo

Revisão geral sobre Modernismo GOIÂNIA, / / 2015 PROFESSOR: Daniel DISCIPLINA: Literatura SÉRIE: 3 ano ALUNO(a): No Anhanguera você é + Enem Antes de iniciar a lista de exercícios leia atentamente as seguintes orientações: - É fundamental

Leia mais

Formação de PROFESSOR

Formação de PROFESSOR Formação de PROFESSOR 1 Especial Formação de Professor Por Beatriz Tavares de Souza* Apresentação O livro narra a história e as lendas do futebol em cordel, mostrando como e por que ele surgiu. Entre transformações,

Leia mais

introdução à Óptica Geométrica

introdução à Óptica Geométrica PARTE II Unidade E capítulo 10 introdução à Óptica Geométrica seções: 101 Conceitos fundamentais 102 Princípios da Óptica Geométrica antes de estudar o capítulo Veja nesta tabela os temas principais do

Leia mais

a) Destaque, das definições fornecidas pelo dicionário, qual(is) a(s) que justifica(m) o título da obra de Arnaldo Jabor. Justifique sua resposta.

a) Destaque, das definições fornecidas pelo dicionário, qual(is) a(s) que justifica(m) o título da obra de Arnaldo Jabor. Justifique sua resposta. Prova 2 Língua Portuguesa e Literaturas em Língua Portuguesa QUESTÕES DISCURSIVAS N ọ DE ORDEM: N ọ DE INSCRIÇÃO: NOME: INSTRUÇÕES PARA A REALIZAÇÃO DA PROVA 1. Verifique se este caderno contém 6 questões

Leia mais

3 o ano Ensino Fundamental Data: / / Atividades de Língua Portuguesa Revisão Nome:

3 o ano Ensino Fundamental Data: / / Atividades de Língua Portuguesa Revisão Nome: 3 o ano Ensino Fundamental Data: / / Atividades de Língua Portuguesa Revisão Nome: Vamos entender um pouco mais sobre ética. Leia este texto atentamente. ÉTICA Ética é um conjunto de valores morais, costumes

Leia mais

b) Descreva esse deslizamento quadro a quadro, mostrando a relação das imagens como que é dito.

b) Descreva esse deslizamento quadro a quadro, mostrando a relação das imagens como que é dito. LÍNGUA PORTUGUESA NOTA PAULO CAMILO - THALES ALUNO(A): 04 03 2011 MARQUE COM LETRA DE FORMA A SUA TURMA 2º ANO INSTRUÇÕES: Usar somente caneta esferográfica (azul ou preta) Não usar calculadora Não fazer

Leia mais

Introdução ao Realismo

Introdução ao Realismo Lista de Exercícios Pré Universitário Uni-Anhanguera Aluno(a): Nº. Professor: Daniel Série: 2 Disciplina: Literatura Data da prova: 15/02/2014. Introdução ao Realismo P1-1 BIMESTRE Os textos seguintes

Leia mais

Cabra macho e cidadão do mundo

Cabra macho e cidadão do mundo Cabra macho e cidadão do mundo Uma poesia antilírica, dirigida ao intelecto, mais presa à realidade objetiva do poema enquanto criação; Cronologicamente pertence à geração de 45, mas dela se afasta pela

Leia mais

( x ) I Unidade ( ) II Unidade ( ) III Unidade

( x ) I Unidade ( ) II Unidade ( ) III Unidade 1 RESOLUÇÕES E COMENTÁRIOS DAS QUESTÕES ( x ) I Unidade ( ) II Unidade ( ) III Unidade LÍNGUA PORTUGUESA / LITERATURA BRASILEIRA / LÍNGUA INGLESA Curso: Ensino Médio Série: 1.ª Turma: ABCDEFG Data: / /

Leia mais

Entrevistada por Maria Augusta Silva [EM 1999, NA OCASIÃO DO LANÇAMENTO DO LIVRO ROSAS DA CHINA ]

Entrevistada por Maria Augusta Silva [EM 1999, NA OCASIÃO DO LANÇAMENTO DO LIVRO ROSAS DA CHINA ] ANA MAFALDA LEITE Entrevistada por Maria Augusta Silva [EM 1999, NA OCASIÃO DO LANÇAMENTO DO LIVRO ROSAS DA CHINA ] Um dizer poético pleno. Professora e poeta luso-moçambicana encantada por Florbela Espanca,

Leia mais

COMENTÁRIO DA PROVA QUESTÕES DE PORTUGUÊS

COMENTÁRIO DA PROVA QUESTÕES DE PORTUGUÊS COMENTÁRIO DA PROVA QUESTÕES DE PORTUGUÊS Em meio à grande expectativa que cercava esta primeira edição do novo Enem e, mesmo, à crítica de variados setores sociais, a banca de professores encarregada

Leia mais

Formação de PROFESSOR EU ME DECLARO CRIANÇA

Formação de PROFESSOR EU ME DECLARO CRIANÇA Formação de PROFESSOR EU ME DECLARO CRIANÇA 1 Especial Formação de Professor Por Beatriz Tavares de Souza* Apresentação O livro apresenta os princípios da Declaração Universal dos Direitos da Criança.

Leia mais

QUESTÃO 1 Leia os cartazes apresentados a seguir.

QUESTÃO 1 Leia os cartazes apresentados a seguir. Nome: N.º: endereço: data: Telefone: E-mail: Colégio PARA QUEM CURSARÁ O 6º ANO EM 2012 Disciplina: Prova: PoRTUGUÊs desafio nota: Nosso planeta é habitado por milhares de espécies animais e vegetais,

Leia mais

Síntese da Planificação da Disciplina de Português - 5 º Ano

Síntese da Planificação da Disciplina de Português - 5 º Ano Síntese da Planificação da Disciplina de Português - 5 º Ano Dias de aulas previstos Período 2.ª 3.ª 4.ª 5.ª 6.ª 1.º período 13 13 13 12 13 2.º período 9 9 9 11 11 3.º período 9 11 10 10 11 (As Aulas previstas

Leia mais

Atividade Extraclasse Língua Portuguesa

Atividade Extraclasse Língua Portuguesa ADVÉRBIO Instituto Presbiteriano de Educação Goiânia, de abril de 2013. Nome: Professor(a): Elaine Costa O amor é paciente. (I Coríntios 13:4) 7º Ano Atividade Extraclasse Língua Portuguesa É a classe

Leia mais

Nome: N.º: endereço: data: Telefone: E-mail: PARA QUEM CURSA O 8 Ọ ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL EM 2015 Disciplina: PoRTUGUÊs

Nome: N.º: endereço: data: Telefone: E-mail: PARA QUEM CURSA O 8 Ọ ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL EM 2015 Disciplina: PoRTUGUÊs Nome: N.º: endereço: data: Telefone: E-mail: Colégio PARA QUEM CURSA O 8 Ọ ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL EM 2015 Disciplina: PoRTUGUÊs Prova: desafio nota: Texto para a questão 1. TÔ COM FOME. POSSO FAZER

Leia mais

Educador(a): Deise Lúcide

Educador(a): Deise Lúcide Educando(a): Número: Turma: 3º EM Data: / / Educador(a): Deise Lúcide Fazer no caderno estas atividades, marcando as dúvidas, se houver, para que eu possa explicar e corrigir quando retornarmos às aulas.

Leia mais

PROCESSO SELETIVO/2005 2 O DIA GABARITO 1 11 LITERATURA. 21. Leia as passagens abaixo, extraídas de São Bernardo, de Graciliano Ramos:

PROCESSO SELETIVO/2005 2 O DIA GABARITO 1 11 LITERATURA. 21. Leia as passagens abaixo, extraídas de São Bernardo, de Graciliano Ramos: PROCESSO SELETIVO/2005 2 O DIA GABARITO 1 11 LITERATURA 21. Leia as passagens abaixo, extraídas de São Bernardo, de Graciliano Ramos: I. Resolvi estabelecer-me aqui na minha terra, município de Viçosa,

Leia mais

Março Gramática 2ª Série

Março Gramática 2ª Série Março Gramática 2ª Série Querido (a) aluno (a), Esta é a nossa primeira dica mensal. Nela você encontrará informações complementares sobre o conteúdo e, também, atividades de aplicação do conhecimento.

Leia mais

1. (FUVEST-SP) Em Queria que me ajudasses, o trecho destacado pode ser substituído por:

1. (FUVEST-SP) Em Queria que me ajudasses, o trecho destacado pode ser substituído por: COLÉGIO DE APLICAÇÃO DOM HÉLDER CÂMARA AVALIAÇÃO: EXERCÍCIOS COMPLEMENTARES I DISCIPLINA: LÍNGUA PORTUGUESA PROFESSOR(A): ANA PAULA DA VEIGA CALDAS ALUNO(A) DATA: / / TURMA: M SÉRIE: 9º ANO DATA PARA ENTREGA:

Leia mais

EXAME DE SELEÇÃO - 2015

EXAME DE SELEÇÃO - 2015 CURSO DIURNO EXAME DE SELEÇÃO - 2015 DATA: 06/12/2014 DISCIPLINA: LÍNGUA PORTUGUESA CADERNO DE QUESTÕES Nome do candidato: Nº de inscrição: Observações: 1. Duração da prova: 120 minutos. 2. Colocar nome

Leia mais

Boa Prova! Nº DE INSCRIÇÃO. Prezado Candidato, leia atentamente as instruções a seguir:

Boa Prova! Nº DE INSCRIÇÃO. Prezado Candidato, leia atentamente as instruções a seguir: Nº DE INSCRIÇÃO Prezado Candidato, leia atentamente as instruções a seguir: 1. Coloque o seu número de inscrição na capa da prova; 2. Assine o cartão resposta no verso; 3. A prova terá 3 (três) horas de

Leia mais

OSEP Processo Seletivo Simplificado 01/2012 CARGO: ENFERMEIRO INSCRIÇÃO Nº: ASSINATURA DO CANDIDATO:

OSEP Processo Seletivo Simplificado 01/2012 CARGO: ENFERMEIRO INSCRIÇÃO Nº: ASSINATURA DO CANDIDATO: OSEP Processo Seletivo Simplificado 01/2012 CARGO: ENFERMEIRO INSCRIÇÃO Nº: ASSINATURA DO CANDIDATO: INSTITUTO SOLER DE ENSINO LTDA - www.institutosoler.com.br Cargo: Enfermeiro Língua Portuguesa 01.

Leia mais

Concurso Literário do Ensino Fundamental II

Concurso Literário do Ensino Fundamental II Concurso Literário do Ensino Fundamental II Apresentação Inúmeros poetas escreveram e escrevem sobre o amor. Trata-se de um tema inesgotável que foi eternizado em poemas felizes, tristes, esperançosos

Leia mais

Leia a letra da música "Fico Assim Sem Você", de Claudinho e Buchecha:

Leia a letra da música Fico Assim Sem Você, de Claudinho e Buchecha: Leia a letra da música "Fico Assim Sem Você", de Claudinho e Buchecha: Avião sem asa, Fogueira sem brasa, Sou eu assim, sem você Futebol sem bola, Piu-piu sem Frajola, Sou eu assim, sem você... Porque

Leia mais

CRONOGRAMA DE AVALIAÇÕES PARCIAIS 2º BIMESTRE (7,0) 1º ANO

CRONOGRAMA DE AVALIAÇÕES PARCIAIS 2º BIMESTRE (7,0) 1º ANO 2º BIMESTRE (7,0) 1º ANO 2ª feira (21/05) Inglês - Livro didático p. 14 a 19 e conteúdos do caderno 2º referentes ao 2º bimestre. 4ª feira (23/05) História e Geografia (O dia do livro / O índio / O dia

Leia mais

Palavras. chave: texto; poesia; recorte; enunciação; Manuel Bandeira.

Palavras. chave: texto; poesia; recorte; enunciação; Manuel Bandeira. 197 Eduardo Guimarães 1 Resumo esumo: Este texto tem como objetivo analisar o poema Andorinha, de Manuel Bandeira, a partir de um dispositivo de análise semântica do texto. Para isso, apresenta uma posição

Leia mais

2013/2014 CONTEÚDOS TEMÁTICOS CONTEÚDOS GRAMATICAIS CALENDARIZAÇÃO UNIDADE

2013/2014 CONTEÚDOS TEMÁTICOS CONTEÚDOS GRAMATICAIS CALENDARIZAÇÃO UNIDADE Escolas João de Araújo Correia EB 2.3PESO DA RÉGUA Disciplina de Português 6º Ano Ano Letivo 2013/2014 CONTEÚDOS TEMÁTICOS CONTEÚDOS GRAMATICAIS CALENDARIZAÇÃO UNIDADE 0 Ponto de partida Reportagem televisiva

Leia mais

Lıter tur. O Pré-Modernismo no Brasil... 15. As vanguardas artísticas europeias e o Modernismo no Brasil... 37

Lıter tur. O Pré-Modernismo no Brasil... 15. As vanguardas artísticas europeias e o Modernismo no Brasil... 37 s u m r ı o Lıter tur 1 O Pré-Modernismo no Brasil... 15 Primeira leitura: Como imagino o Municipal amanhã João do Rio... 15 Um pouco de História... 19 Principais características do Pré-Modernismo no Brasil...

Leia mais

08/11/2012. Palestrante: Jéssica Pereira Costa Mais frequente na população universitária

08/11/2012. Palestrante: Jéssica Pereira Costa Mais frequente na população universitária A arte da apresentação oral de trabalhos científicos Como se comportar durante a apresentação de um pôster em um evento científico? Fobia Social ou Timidez??? (Medo excessivo contato ou exposição social)

Leia mais

2015/2016 PLANIFICAÇÃO ANUAL 7.º ANO

2015/2016 PLANIFICAÇÃO ANUAL 7.º ANO AGRUPAMENTO DE ESCOLAS JOSÉ BELCHIOR VIEGAS ESCOLA BÁSICA 2.3 POETA BERNARDO DE PASSOS PORTUGUÊS 2015/2016 PLANIFICAÇÃO ANUAL 7.º ANO (cerca de 165 aulas) 1 DOMÍNIO: ORALIDADE OBJETIVOS DESCRITORES DE

Leia mais

Aluno (a): n o. Professora: Turma: Sala: Colégio Cenecista Dr. José Ferreira

Aluno (a): n o. Professora: Turma: Sala: Colégio Cenecista Dr. José Ferreira Aluno (a): n o Professora: Turma: Sala: 2 o ano do Ensino Fundamental Colégio Cenecista Dr. José Ferreira 2015 1 Para você, o que é o poema? VERSOS E ESTROFES Poema é um texto organizado em versos e estrofes.

Leia mais

Fichas de Trabalho Sophia de Mello Breyner

Fichas de Trabalho Sophia de Mello Breyner Escola Básica 2,3/S de Vale de Cambra Português 10ºano Poetas do séc. XX Prof.ª Dina Baptista Fichas de Trabalho Sophia de Mello Breyner Sophia de Mello Breyner Andresen: "As pessoas sensíveis" Leia o

Leia mais

Lista de Exercícios de Recuperação do 1 Bimestre

Lista de Exercícios de Recuperação do 1 Bimestre Lista de Exercícios de Recuperação do 1 Bimestre Instruções gerais: Resolver os exercícios à caneta e em folha de papel almaço ou monobloco (folha de fichário). Copiar os enunciados das questões. Entregar

Leia mais

Facilitando a criação e distribuição de conteúdos, a SaferNet Brasil licencia seus materiais de forma aberta através do Creative Commons.

Facilitando a criação e distribuição de conteúdos, a SaferNet Brasil licencia seus materiais de forma aberta através do Creative Commons. Olá, você esta acessando um dos materiais vencedores no concurso InternÉtica 2011, realizado pela SaferNet Brasil e o Instituto Childhood Brasil. Facilitando a criação e distribuição de conteúdos, a SaferNet

Leia mais

TÍTULO: REFLEXÕES SOBRE A POESIA E A FUGA AO DIDATISMO CATEGORIA: EM ANDAMENTO ÁREA: CIÊNCIAS HUMANAS E SOCIAIS SUBÁREA: PEDAGOGIA

TÍTULO: REFLEXÕES SOBRE A POESIA E A FUGA AO DIDATISMO CATEGORIA: EM ANDAMENTO ÁREA: CIÊNCIAS HUMANAS E SOCIAIS SUBÁREA: PEDAGOGIA TÍTULO: REFLEXÕES SOBRE A POESIA E A FUGA AO DIDATISMO CATEGORIA: EM ANDAMENTO ÁREA: CIÊNCIAS HUMANAS E SOCIAIS SUBÁREA: PEDAGOGIA INSTITUIÇÃO: UNIÃO DAS FACULDADES DOS GRANDES LAGOS AUTOR(ES): STELA FERNANDES

Leia mais

Planificação periódica 7ºano

Planificação periódica 7ºano EB 2/3 João Afonso de Aveiro Planificação periódica 7ºano Língua Portuguesa Ano lectivo 2010/2011 AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE AVEIRO Escola EB 2/3 João Afonso de Aveiro Planificação 1ºPeríodo 7ºAno 2010/2011

Leia mais

Teoria da Comunicação Funções da Linguagem

Teoria da Comunicação Funções da Linguagem Teoria da Comunicação Funções da Linguagem Professor Rafael Cardoso Ferreira O que é linguagem? A linguagem é o instrumento graças ao qual o homem modela seu pensamento, seus sentimentos, suas emoções,

Leia mais

PROVA DE SELEÇÃO LÍNGUA PORTUGUESA SÉRIE: 8 ANO. Candidato (a):

PROVA DE SELEÇÃO LÍNGUA PORTUGUESA SÉRIE: 8 ANO. Candidato (a): PROVA DE SELEÇÃO LÍNGUA PORTUGUESA SÉRIE: 8 ANO Data: 12/01/2015 Candidato (a): Valor: 10 Obtido: Analise o cartaz da propaganda. QUESTÃO 1 (1 PONTO) - Observe o texto principal da propaganda. Que estratégia

Leia mais

a) Dê o domínio da função f(x) = 2 + 3x Resolva a inequação: 1 x Resolução a) O domínio da função f definida por x 1 é o conjunto de todos os

a) Dê o domínio da função f(x) = 2 + 3x Resolva a inequação: 1 x Resolução a) O domínio da função f definida por x 1 é o conjunto de todos os MATEMÁTICA 1 a) Dê o domínio da função f(x) = x 1. x 7x + 1 b) + 3x Resolva a inequação: 1 x 4. a) O domínio da função f definida por f(x) = x 1 é o conjunto de todos os x 7x + 1 x 1 números reais tais

Leia mais

TEXTO 1. LÍNGUA PORTUGUESA Sugestão de revisão (Semana de 10 a 14 de agosto de 2009) 4º ANO - ENSINO FUNDAMENTAL 1 3º PERÍODO

TEXTO 1. LÍNGUA PORTUGUESA Sugestão de revisão (Semana de 10 a 14 de agosto de 2009) 4º ANO - ENSINO FUNDAMENTAL 1 3º PERÍODO 4º ANO - ENSINO FUNDAMENTAL 1 3º PERÍODO NOME: TURMA: Nº: DATA: / / LÍNGUA PORTUGUESA Sugestão de revisão (Semana de 10 a 14 de agosto de 2009) As lendas do folclore brasileiro fazem parte da nossa cultura

Leia mais

PROJETO DE LEITURA PRÉ-LEITURA

PROJETO DE LEITURA PRÉ-LEITURA PROJETO DE LEITURA PRÉ-LEITURA ATIVIDADES ANTERIORES À LEITURA INTENÇÃO: LEVANTAR HIPÓTESES SOBRE A AUTORA, SOBRE O LIVRO, INSTIGAR A CURIOSIDADE E AMPLIAR O REPERTÓRIO DO ALUNO Para o professor Ou isto

Leia mais

ROTEIRO- RECUPERAÇÃO PARALELA 1º Trimestre - 9º ano - Domus e Montessori LITERATURA

ROTEIRO- RECUPERAÇÃO PARALELA 1º Trimestre - 9º ano - Domus e Montessori LITERATURA ROTEIRO- RECUPERAÇÃO PARALELA 1º Trimestre - 9º ano - Domus e Montessori LITERATURA ORIENTAÇÕES: Reveja os conceitos dados no livro texto, destacando as ideias principais; Faça um quadro-esquemático das

Leia mais

Programa e Metas Curriculares de Português do Ensino Secundário Educação Literária

Programa e Metas Curriculares de Português do Ensino Secundário Educação Literária Programa e Metas Curriculares de Português do Ensino Secundário Educação Literária Helena C. Buescu, Luís C. Maia, Maria Graciete Silva, Maria Regina Rocha Nota prévia Esta apresentação tem como objetivos:

Leia mais

CURRÍCULO DE PORTUGUÊS PARA O ENSINO FUNDAMENTAL COM BASE NOS PARÂMETROS CURRICULARES DO ESTADO DE PERNAMBUCO

CURRÍCULO DE PORTUGUÊS PARA O ENSINO FUNDAMENTAL COM BASE NOS PARÂMETROS CURRICULARES DO ESTADO DE PERNAMBUCO CURRÍCULO DE PORTUGUÊS PARA O ENSINO FUNDAMENTAL COM BASE NOS PARÂMETROS CURRICULARES DO ESTADO DE PERNAMBUCO GOVERNADOR DE PERNAMBUCO Eduardo Campos VICE-GOVERNADOR João Lyra Neto SECRETÁRIO DE EDUCAÇÃO

Leia mais

ANIVERSÁRIOS: COMEMORANDO RECORDAÇÕES. PALAVRAS-CHAVE: Memória; Aniversário; Poesia; Ruy Espinheira Filho.

ANIVERSÁRIOS: COMEMORANDO RECORDAÇÕES. PALAVRAS-CHAVE: Memória; Aniversário; Poesia; Ruy Espinheira Filho. 1 ANIVERSÁRIOS: COMEMORANDO RECORDAÇÕES Mayara Michele Santos de NOVAIS 1 (Universidade Estadual de Feira de Santana- UEFS) E-mail: flormichele@yahoo.com.br RESUMO: O objetivo desse trabalho é analisar

Leia mais

LEVEZA QUE FERE: A POESIA DE WASSILY CHUCK 1

LEVEZA QUE FERE: A POESIA DE WASSILY CHUCK 1 LEVEZA QUE FERE: A POESIA DE WASSILY CHUCK 1 O outro lado do vento 2010, 136p. 1 Professora Associada da Faculdade de Letras/UFG.

Leia mais

Nome: N.º: Telefone: E-mail: PARA QUEM CURSA O 6 Ọ ANO EM 2014. Disciplina: PoRTUGUÊs

Nome: N.º: Telefone: E-mail: PARA QUEM CURSA O 6 Ọ ANO EM 2014. Disciplina: PoRTUGUÊs Nome: N.º: endereço: data: Telefone: E-mail: Colégio PARA QUEM CURSA O 6 Ọ ANO EM 2014 Disciplina: PoRTUGUÊs Prova: desafio nota: Texto para as questões 1 e 2. PLANETA sustentável QUANTO SE GASTA DE ÁGUA

Leia mais

ROTEIRO DE ESTUDO I ETAPA LETIVA GEOGRAFIA 2.º ANO/EF - 2015

ROTEIRO DE ESTUDO I ETAPA LETIVA GEOGRAFIA 2.º ANO/EF - 2015 SOCIEDADE MINEIRA DE CULTURA MANTENEDORA DA PUC Minas E DO COLÉGIO SANTA MARIA ROTEIRO DE ESTUDO I ETAPA LETIVA GEOGRAFIA 2.º ANO/EF - 2015 Caro(a) aluno(a), É tempo de conferir os conteúdos estudados

Leia mais

PROGRAMA DE METODOLOGIA DO ENSINO DE LÍNGUA PORTUGUESA 11ª Classe

PROGRAMA DE METODOLOGIA DO ENSINO DE LÍNGUA PORTUGUESA 11ª Classe PROGRAMA DE METODOLOGIA DO ENSINO DE LÍNGUA PORTUGUESA 11ª Classe Formação de Professores para o Pré-Escolar e para o Ensino Primário Opção: Ensino Primário Ficha Técnica Título Programa de Metodologia

Leia mais

LER a partir dos 6 anos GUIA DE LEITURA MARIAALZIRACABRAL. Histórias a rimar. para ler e brincar ALEXANDRE PARAFITA. Ilustrações de Elsa Navarro

LER a partir dos 6 anos GUIA DE LEITURA MARIAALZIRACABRAL. Histórias a rimar. para ler e brincar ALEXANDRE PARAFITA. Ilustrações de Elsa Navarro LER a partir dos 6 anos GUIA DE LEITURA MARIAALZIRACABRAL Histórias a rimar para ler e brincar ALEXANDRE PARAFITA Ilustrações de Elsa Navarro Apresentação da obra Trata-se de um conjunto de poemas curtos,

Leia mais

SENTIDOS DA PALAVRA AMOR EM UM SONETO DE CAMÕES 1

SENTIDOS DA PALAVRA AMOR EM UM SONETO DE CAMÕES 1 SENTIDOS DA PALAVRA AMOR EM UM SONETO DE CAMÕES 1 ADILSON VENTURA DA SILVA Departamento de Estudos Linguísticos e Literários Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia Estrada do Bem Querer, km 4 Centro

Leia mais

PROJETO PEDAGÓGICO 1

PROJETO PEDAGÓGICO 1 PROJETO PEDAGÓGICO 1 Projeto Pedagógico Por Beatriz Tavares de Souza* Título: Gorrinho, uma loucura crônica Autor: João Pedro Roriz Ilustrações: Marcelo Perrone Formato: 13,5 cm x 21 cm Número de páginas:

Leia mais

Solução Comentada Prova de Língua Portuguesa

Solução Comentada Prova de Língua Portuguesa Leia as questões da prova e, em seguida, responda-as preenchendo os parênteses com V (verdadeiro) ou F (falso). Texto 1 Januária 08 Toda gente homenageia Januária na janela Até o mar faz maré cheia Pra

Leia mais

Estudo do Hino Nacional. Salve! Salve!

Estudo do Hino Nacional. Salve! Salve! Estudo do Hino Nacional Ouviram do Ipiranga as margens plácidas De um povo heróico o brado retumbante E o sol da liberdade em raios fúlgidos, Brilhou no céu da Pátria nesse instante. Se o penhor dessa

Leia mais

AS TRÊS EXPERIÊNCIAS

AS TRÊS EXPERIÊNCIAS Nome: N.º: endereço: data: Telefone: E-mail: Colégio PARA QUEM CURSA O 8 Ọ ANO EM 2014 Disciplina: PoRTUGUÊs Prova: desafio nota: Texto para as questões de 1 a 7. AS TRÊS EXPERIÊNCIAS Há três coisas para

Leia mais

AS QUESTÕES OBRIGATORIAMENTE DEVEM SER ENTREGUES EM UMA FOLHA À PARTE COM ESTA EM ANEXO.

AS QUESTÕES OBRIGATORIAMENTE DEVEM SER ENTREGUES EM UMA FOLHA À PARTE COM ESTA EM ANEXO. ENSINO MÉDIO Conteúdos da 1ª Série 3º/4º Bimestre 2015 Trabalho de Dependência Nome: N. o : Turma: Professor(a): Márcio Data: / /2015 Unidade: Cascadura Mananciais Méier Taquara Língua Portuguesa Resultado

Leia mais

PROVA COMENTADA PELOS PROFESSORES DO CURSO POSITIVO

PROVA COMENTADA PELOS PROFESSORES DO CURSO POSITIVO PROVA COMENTADA PELOS 1 Lya Luft apresenta, no 1º parágrafo do texto, sua tese acerca do que venha a ser o posicionamento ideal da família:...família deveria ser careta., i.e., humana, aberta, atenta,

Leia mais

Profa. Ma. Adriana Rosa

Profa. Ma. Adriana Rosa Unidade III ALFABETIZAÇÃO E LETRAMENTO Profa. Ma. Adriana Rosa Aula anterior O fim das cartilhas em sala de aula; Comunicação e linguagem; Sondagem da escrita infantil; Ao desenhar, a criança escreve;

Leia mais

Avaliação Português 6º ano Unidade 7

Avaliação Português 6º ano Unidade 7 I. Leia este trecho de um poema de Manuel Bandeira, poeta pernambucano. Em seguida, responda ao que se pede. Trem de ferro Café com pão Café com pão Café com pão Virge Maria que foi isso maquinista? Agora

Leia mais

CURUPIRA AVALIAÇÃO DE CONTEÚDO DO GRUPO VIII 3 O BIMESTRE RESOLUÇÃO COMENTADA

CURUPIRA AVALIAÇÃO DE CONTEÚDO DO GRUPO VIII 3 O BIMESTRE RESOLUÇÃO COMENTADA Aluno(a) Data: 14 / 09 / 11 3 o ano 2 a Série Turma: Ensino Fundamental I Turno: Matutino Professoras: Disciplinas: Língua Portuguesa, Matemática, Ciências Naturais e História/Geografia Eixo Temático Herança

Leia mais

AVALIAÇÃO DA UNIDADE I PONTUAÇÃO: 7,5 PONTOS

AVALIAÇÃO DA UNIDADE I PONTUAÇÃO: 7,5 PONTOS DA UNIDADE I PONTUAÇÃO: 7,5 PONTOS QUESTÃO 01: Avalie as afirmativas seguintes em relação ao Romantismo. (1,0) I. As primeiras manifestações literárias do Romantismo ocorreram nos países europeus mais

Leia mais

ENEM 2014 - Caderno Cinza. Resolução da Prova de Linguagens

ENEM 2014 - Caderno Cinza. Resolução da Prova de Linguagens ENEM 2014 - Caderno Cinza Resolução da Prova de Linguagens 96. Alternativa (B) O texto I afirma que houve aumento de doadores, o que levou as localidades nele citadas a eliminarem a lista de espera no

Leia mais

Plano de Aula LÍNGUA PORTUGUESA. Cordel

Plano de Aula LÍNGUA PORTUGUESA. Cordel Plano de Aula LÍNGUA PORTUGUESA Cordel Cordel. 09 p.; il. (Série Plano de Aula; Língua Portuguesa) ISBN: 1. Ensino Fundamental - Português 2. Gênero Textual 3. Educação Presencial I. Título II. Série CDU:

Leia mais

- Questão. Nos itens deverá: Item A. Quanto à distribuição de. pontos: 2 (dois) pontos. Item B. Caso responda só dois itens, obterá 10

- Questão. Nos itens deverá: Item A. Quanto à distribuição de. pontos: 2 (dois) pontos. Item B. Caso responda só dois itens, obterá 10 1 Nos itens A e B, além de relacionar os dois textos o jornalístico e a narrativa Ensaio sobre a cegueira -, o candidato deverá: Item A A1- Identificar o fenômeno ecológico como sendo a causa para o surgimento

Leia mais

Indivíduo e biografia na história oral * Verena Alberti **

Indivíduo e biografia na história oral * Verena Alberti ** ALBERTI, Verena. Indivíduo e biografia na história oral. Rio de Janeiro: CPDOC, 2000. [5]f. Indivíduo e biografia na história oral * Verena Alberti ** 1. O que é história oral? A história oral é uma metodologia

Leia mais

PROVA 358. (Dec.- Lei n.º 139/2012, de 5 de julho) 2014/2015 1.ª e 2.ª Fases

PROVA 358. (Dec.- Lei n.º 139/2012, de 5 de julho) 2014/2015 1.ª e 2.ª Fases PROVA 358 INFORMAÇÃO - PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA INGLÊS Formação Específica Anual 12.º Ano (Dec.- Lei n.º 139/2012, de 5 de julho) 2014/2015 1.ª e 2.ª Fases Provas Escrita e Oral Cursos Científico-

Leia mais

Lista de Exercícios de Recuperação do 3 Bimestre

Lista de Exercícios de Recuperação do 3 Bimestre Instruções gerais: Lista de Exercícios de Recuperação do 3 Bimestre Resolver os exercícios à caneta e em folha de papel almaço ou monobloco (folha de fichário). Copiar os enunciados das questões. Entregar

Leia mais

PORTUGUÊS COMENTÁRIO DA PROVA

PORTUGUÊS COMENTÁRIO DA PROVA COMENTÁRIO DA PROVA Excetuando-se as questões de Literatura, a diversidade racial foi a temática desta prova. Novamente, uma prova parecida com a dos anos anteriores, com uma grande diferença para melhor:

Leia mais

CANTOS - Novena de Natal

CANTOS - Novena de Natal 1 1 - Refrão Meditativo (Ritmo: Toada) D A7 D % G Em A7 % Onde reina o amor, frater---no amor. D A7 D % G A7 D Onde reina o amor, Deus aí está! 2 - Deus Trino (Ritmo: Balada) G % % C Em nome do Pai / Em

Leia mais

1-PORTO SEGURO-BAHIA-BRASIL

1-PORTO SEGURO-BAHIA-BRASIL 1-PORTO SEGURO-BAHIA-BRASIL LUGAR: EUNÁPOLIS(BA) DATA: 05/11/2008 ESTILO: VANEIRÃO TOM: G+ (SOL MAIOR) GRAVADO:16/10/10 PORTO SEGURO BAHIA-BRASIL VOCÊ É O BERÇO DO NOSSO PAIS. PORTO SEGURO BAHIA-BRASIL

Leia mais

Content Area: Língua Portuguesa Grade 2 Quarter1 Serie Serie Unidade

Content Area: Língua Portuguesa Grade 2 Quarter1 Serie Serie Unidade Content Area: Língua Portuguesa Grade 2 Quarter1 Serie Serie Unidade Standards/Content Padrões / Conteúdo Learning Objectives Objetivos de Aprendizado Vocabulary Vocabulário Assessments Avaliações Resources

Leia mais

Colocando os pronomes em seus lugares

Colocando os pronomes em seus lugares W N S E Colocando os pronomes em seus lugares Nós na Sala de Aula - Língua Portuguesa 6º ao 9º ano - unidade 10 Há pressupostos que ajudam, sobremaneira, a aprendizagem das regras de colocação pronominal

Leia mais

TIPO DE AVALIAÇÃO: Lista de Exercícios. Recuperação. Nome: Nº 6º ano / Ensino Fundamental Turma: Disciplina(s): Português

TIPO DE AVALIAÇÃO: Lista de Exercícios. Recuperação. Nome: Nº 6º ano / Ensino Fundamental Turma: Disciplina(s): Português TIPO DE AVALIAÇÃO: Lista de Exercícios Recuperação Nome: Nº 6º ano / Ensino Fundamental Turma: Disciplina(s): Português Data: Professor(a): Érica Beatriz Nota: O que é melhor: ser filho único ou ter irmãos?

Leia mais

PRÉ-LEITURA ATIVIDADES ANTERIORES À LEITURA INTENÇÃO: LEVANTAR HIPÓTESES SOBRE O LIVRO, INSTIGAR A CURIOSIDADE E AMPLIAR O REPERTÓRIO DO ALUNO

PRÉ-LEITURA ATIVIDADES ANTERIORES À LEITURA INTENÇÃO: LEVANTAR HIPÓTESES SOBRE O LIVRO, INSTIGAR A CURIOSIDADE E AMPLIAR O REPERTÓRIO DO ALUNO PROJETO DE LEITURA PRÉ-LEITURA ATIVIDADES ANTERIORES À LEITURA INTENÇÃO: LEVANTAR HIPÓTESES SOBRE O LIVRO, INSTIGAR A CURIOSIDADE E AMPLIAR O REPERTÓRIO DO ALUNO. Atividade 1 Antes de você iniciar a leitura

Leia mais

PORTUGUÊS IRIA 5ª E.F.

PORTUGUÊS IRIA 5ª E.F. PORTUGUÊS IRIA 5ª E.F. 1º (1,5) 01. Rasura, borrões, corretivos, serão considerados ERROS; 02. Respostas claras e com letra legível; 03. Respostas somente com caneta, PRETA ou AZUL. 04. Esta prova contém

Leia mais

Língua Portuguesa Instrumental com Redação

Língua Portuguesa Instrumental com Redação 04/12/2011 Língua Portuguesa Instrumental com Redação Caderno de prova Este caderno, com oito páginas numeradas sequencialmente, contém cinco questões de Língua Portuguesa Instrumental e a proposta de

Leia mais

SIMULADO DE PORTUGUÊS

SIMULADO DE PORTUGUÊS SIMULADO DE PORTUGUÊS Professora: Fabyana Muniz Texto I O desafio da qualidade É uma conquista civilizatória para o Brasil ter a imensa maioria das crianças em idade escolar com acesso às salas de aula,

Leia mais

Metas Curriculares de Português

Metas Curriculares de Português Metas Curriculares de Português Ensino Básico 3.º Ciclo O domínio da ESCRITA Helena C. Buescu, Maria Regina Rocha, Violante F. Magalhães Objetivos e Descritores de Desempenho Escrita 7.º Ano Objetivos

Leia mais

Língua Portuguesa Instrumental com Redação

Língua Portuguesa Instrumental com Redação 02/12/2012 Língua Portuguesa Instrumental com Redação Caderno de prova Este caderno, com oito páginas numeradas sequencialmente, contém cinco questões de Língua Portuguesa Instrumental e a proposta de

Leia mais

POESIAS. Orientação: Professora Keila Cachioni Duarte Machado

POESIAS. Orientação: Professora Keila Cachioni Duarte Machado POESIAS Orientação: Professora Keila Cachioni Duarte Machado A flor amiga O ser mais belo e culto Emoções e corações Sentimentos envolvidos Melhor amiga e amada O seu sorriso brilha como o sol Os seus

Leia mais

Edital do Concurso Palavra Vida 2013 22ª Edição

Edital do Concurso Palavra Vida 2013 22ª Edição Edital do Concurso Palavra Vida 2013 22ª Edição 1.0. PROCEDIMENTOS GERAIS 1.1. Podem participar do Concurso Literário Palavra Vida alunos/as do Colégio ISBA matriculados/as em todas as séries a partir

Leia mais

CURSOS E VAGAS. A UFSC oferece 6511 vagas em 91* opções de cursos/turnos nas cidades de Florianópolis, Araranguá, Blumenau, Curitibanos e Joinville

CURSOS E VAGAS. A UFSC oferece 6511 vagas em 91* opções de cursos/turnos nas cidades de Florianópolis, Araranguá, Blumenau, Curitibanos e Joinville CURSOS E VAGAS A UFSC oferece 6511 vagas em 91* opções de cursos/turnos nas cidades de Florianópolis, Araranguá, Blumenau, Curitibanos e Joinville 65 % - Classificação Geral 35% - Programa de Ações Afirmativas

Leia mais

A PASSIONALIDADE AMOROSA EM FRAGMENTO DO LIVRO CÂNTICO DOS CÂNTICOS E DO SONETO SILÊNCIO!..., DE FLORBELA ESPANCA

A PASSIONALIDADE AMOROSA EM FRAGMENTO DO LIVRO CÂNTICO DOS CÂNTICOS E DO SONETO SILÊNCIO!..., DE FLORBELA ESPANCA A PASSIONALIDADE AMOROSA EM FRAGMENTO DO LIVRO CÂNTICO DOS CÂNTICOS E DO SONETO SILÊNCIO!..., DE FLORBELA ESPANCA CÍCERO ÉMERSON DO NASCIMENTO CARDOSO 1 INTRODUÇÃO: Em O Banquete 2, Platão apresenta-nos

Leia mais

endereço: data: Telefone: E-mail: PARA QUEM CURSA O 7.O ANO EM 2015 Disciplina: Prova: PoRTUGUÊs

endereço: data: Telefone: E-mail: PARA QUEM CURSA O 7.O ANO EM 2015 Disciplina: Prova: PoRTUGUÊs Nome: N.º: endereço: data: Telefone: E-mail: Colégio PARA QUEM CURSA O 7.O ANO EM 2015 Disciplina: Prova: PoRTUGUÊs desafio nota: Texto para as questões 1 e 2. (Disponível em: .

Leia mais

Conteúdo para avaliação bimestral 6º ano 4º Bimestre

Conteúdo para avaliação bimestral 6º ano 4º Bimestre Conteúdo para avaliação bimestral 6º ano 4º Bimestre GRAMÁTICA: Pronomes, interjeição, concordância Nominal. Números decimais; Grandezas e medidas. Como são os ecossistemas. Biomas brasileiro. Pág.297

Leia mais

Crítica e recepção nos bastidores do arquivo literário

Crítica e recepção nos bastidores do arquivo literário Crítica e recepção nos bastidores do arquivo literário Kelen Benfenatti Paiva 1 Resumo: A partir dos arquivos da escritora Henriqueta Lisboa (1901-1985) que se encontram no Acervo de Escritores Mineiros,

Leia mais

"Palavra poética tem de chegar ao grau de brinquedo para ser séria."

Palavra poética tem de chegar ao grau de brinquedo para ser séria. "Palavra poética tem de chegar ao grau de brinquedo para ser séria." Manoel de Barros Cara Professora, Caro Professor, Primeiramente, queremos expressar nossa alegria por você ter sugerido ou estar pensando

Leia mais

ALBERTO CAEIRO E A POÉTICA DA NEGAÇÃO RINALDO GAMA. Resumo

ALBERTO CAEIRO E A POÉTICA DA NEGAÇÃO RINALDO GAMA. Resumo ALBERTO CAEIRO E A POÉTICA DA NEGAÇÃO RINALDO GAMA Resumo Ao explicitar, em O Guardador de Rebanhos, a impossibilidade de se atingir o real por meio dos signos, ao mesmo tempo em que se vê na contingência

Leia mais

CARTAS: REGISTRANDO A VIDA

CARTAS: REGISTRANDO A VIDA CARTAS: REGISTRANDO A VIDA A carta abaixo foi escrita na época da ditadura militar. Ela traduz a alegria de um pai por acreditar estar próxima sua liberdade e, assim, a possibilidade do reencontro com

Leia mais