CENTRO DE ENSINO SUPERIOR DO AMAPÁ

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "CENTRO DE ENSINO SUPERIOR DO AMAPÁ"

Transcrição

1 CENTRO DE ENSINO SUPERIOR DO AMAPÁ TRADIÇÃO, EXPERIÊNCIA E OUSADIA DE QUEM É PIONEIRO Curso: DIREITO Disciplina: DIREITO FINANCEIRO E TRIBUTÁRIO II Professora: ILZA MARIA DA SILVA FACUNDES Turma: 8ºDIV e 8º DIN Alunos (as): Data: 25/09/2010 Resolução de questões UNIDADE III Suspensão da exigibilidade do crédito tributário VISTO: 01- Assinale a alternativa CORRETA. O crédito tributário tem sua exigibilidade suspensa: (a) pela revisão do lançamento; (b) pela impugnação do lançamento; (c) somente quando estiver implementada a sua constituição pela autoridade fiscal; (d) pelo pagamento sob condição resolutória; (e) quando se comprove ação ou omissão do sujeito passivo, que dê lugar à aplicação de multa. 02- Assinale a alternativa CORRETA. A moratória: (a) pode circunscrever-se a determinada região do País; (b) somente pode ser concedida pela União; (c) exclui o pagamento do crédito tributário nas áreas atingidas por calamidade pública; (d) concedida em caráter individual gera direito adquirido; (e) não pode ser concedida pela União relativamente a tributos estaduais 03- Assinale a alternativa CORRETA. Não se trata de uma modalidade de suspensão da exigibilidade do crédito tributário: 1

2 (a) reclamações e recursos administrativos; (b) ação de consignação em pagamento julgada procedente; (c) medida liminar em mandado de segurança (d) medida liminar em qualquer ação (e) antecipação de tutela 04- Assinale a alternativa CORRETA. A União só poderá conceder moratória do ICMS de um Território Federal: (a) por lei complementar federal (b) por lei federal (c) quando simultaneamente conceda aos tributos de competência federal; (d) quando simultaneamente conceda às obrigações de direito privado; (e) quando simultaneamente conceda aos tributos de competência federal e às obrigações de direito privado. 05- Sobre a lei que conceda a moratória em caráter geral ou autorize sua concessão individualmente, não podemos afirmar: (a) deverá estipular o prazo de duração do favor; (b) deverá estipular as condições da concessão do favor em caráter individual; (c) poderá atribuir a fixação do número de prestações e seus vencimentos à autoridade administrativa, sendo uns e outros compreendidos dentro do prazo de duração do favor; (d) poderá não ser uma lei específica, mas editada obrigatoriamente pela Fazenda Pública competente para a instituição do tributo; (e) poderá estipular garantias a serem fornecidas pelo beneficiário da moratória individual. 06- Analise as proposições abaixo, com base no CTN. I. A exigibilidade do crédito tributário é suspensa com a moratória, cuja conseqüência é, também, a dispensa do cumprimento das obrigações acessórias dependentes da obrigação principal cujo crédito seja suspenso ou dela conseqüente. II. O depósito, em juízo, do valor integral do crédito tributário suspende a respectiva exigibilidade, desde que a ação judicial não tenha como ré a Fazenda Pública. III. A concessão da moratória em caráter individual gera direito adquirido, e só poderá ser revogada de ofício após o transcurso do prazo estabelecido pela lei concessiva. (a) todas as proposições estão incorretas; (b) as proposições I e II estão incorretas; (c) as proposições I e III estão corretas; (d) as proposições II e III estão incorretas; 2

3 (e) todas as proposições estão corretas. 07- Relativamente às modalidades de suspensão da exigibilidade do crédito tributário, assinale a CORRETA: (a) Com exceção da moratória, as demais modalidades de suspensão acarretam, também, a suspensão dos deveres instrumentais ou formais. (b) Os casos de suspensão previstos no CTN são situações em que, sempre em decorrência da edição de lei, a Fazenda está impossibilitada de efetuar medida de cobrança por ação de execução, conquanto a dívida continua a existir. (c) Ocorre automaticamente a suspensão toda vez que Fazenda e sujeito passivo litigam na esfera judicial. (d) O parcelamento da dívida tributária, concedida por lei, nada mais é do que medida de política fiscal, que visa a recuperar créditos e a permitir que contribuintes inadimplentes voltem à situação de regularidade. (e) A suspensão da exigibilidade do crédito, no curso de um litígio administrativo fiscal, só se dá em havendo depósito do montante integral garantindo a instância. 08- Modalidade de suspensão da exigibilidade do crédito tributário que ocorre, de acordo com a lei de regência, pelo simples fato de o sujeito passivo se socorrer da via administrativa para discutir sobre o crédito contra ele formalizado: (a) moratória (b) reclamações e recursos administrativos (c) decisão administrativa irreformável (d) depósito do montante integral (e) concessão de medida liminar em mandado de segurança 09- Quando a moratória for revogada de ofício, porque o beneficiado não satisfazia as condições da lei que a concedeu e agiu com dolo, deve-se cobrar o tributo: (a) acrescido de juros de mora, somente; (b) acrescido de juros de mora, apenas; e o tempo decorrido no gozo da moratória significará suspensão do prazo prescricional; (c) acrescidos de juros moratórios e penalidade cabível, mas o tempo da moratória será computado no prazo prescricional; (d) sem nenhum acréscimo, e o tempo da moratória será computado no prazo prescricional; (e) acrescido de juros moratórios e penalidade cabível, e o tempo da moratória significará suspensão do prazo prescricional. 3

4 10- Sobre consignação em pagamento e depósito do montante integral, podemos afirmar: (a) a diferenciação básica é a esfera de Poder em que tais eventos podem acontecer, vale dizer, a consignação em pagamento só se dá na esfera judiciária, enquanto que o depósito só cabe na esfera administrativa; (b) na esfera judiciária podem ser efetuados tanto o depósito do montante integral, quanto a consignação em pagamento, indistintamente, para que sejam produzidos os mesmos efeitos; (c) no curso de um litígio administrativo fiscal, regular e tempestivamente instaurado, a providência de se efetuar o depósito do montante integral só tem o efeito de fazer estancar a correção monetária e os juros moratórios; (d) enquanto o depósito do montante integral é modalidade de suspensão da exigibilidade, a consignação em pagamento é forma de exclusão do crédito tributário; (e) a consignação em pagamento pressupõe uma discussão sobre a existência ou não do crédito tributário O depósito do montante integral, a isenção e a conversão de depósito em renda, acarretam, respectivamente, ao crédito tributário, sua: (a) suspensão, exclusão, extinção (b) extinção, exclusão, extinção (c) exclusão, extinção, exclusão (d) suspensão, extinção, suspensão (e) extinção, exclusão, exclusão 12. Considerando o tema moratória, julgue os itens a seguir marcando (V) para a assertiva VERDADEIRA e (F) para a FALSA, assinalando em seguida a opção correspondente. I - (ESAF/SEFAZ-CE/2007) A moratória pode ser concedida por despacho da autoridade administrativa, desde que em condições específicas. II - (ESAF/SEFAZ-CE/2007) A moratória pode ser concedida por despacho da autoridade administrativa, em quaisquer casos, incondicionalmente. III - (ESAF/SEFAZ-CE/2007) A moratória não pode, em nenhuma hipótese, ser concedida pela União em relação a tributos de competência estadual. IV - (ESAF/SEFAZ-CE/2007) A moratória a lei que a prever não poderá restringi-la a determinada região do território do ente tributante. V - (ESAF/SEFAZ-RN/2005) É vedado conceder, mediante lei, moratória que abranja obrigação tributária cujo lançamento do respectivo crédito não tenha sido iniciado até a data de início de vigência da lei concessiva. (a) As alternativas I, IV, e V são falsas. (b) As alternativas III e V são verdadeira. 4

5 (c) Somente a alternativa I é verdadeira. (d) As alternativas I, II e III são falsas (e) Todas as alternativas são falsas 13. Julgue os itens a seguir marcando V para a assertiva VERDADEIRA e F para a FALSA, assinalando em seguida a opção correspondente. ( ) (ESAF/SEFAZ-MG/2005) A propositura de embargos à execução fiscal, mediante penhora regular, suspende a exigibilidade do tributo. ( ) (ESAF/SEFAZ-MG/2005) Portaria do Secretário de Estado pode declarar suspensa a exigibilidade de determinado tributo regularmente constituído. ( ) (ESAF/TRF/2003) O parcelamento suspende a exigibilidade das obrigações acessórias do crédito tributário e impede lançamentos de tributos e penalidades relacionados com as suas obrigações principais e acessórias. ( ) (ESAF/TRF/2003) As disposições do Código Tributário Nacional, relativas ao parcelamento, aplicam-se, subsidiariamente, à moratória. ( ) (ESAF/AFTE-RN/2005) O depósito em títulos da dívida agrária suspende a exigibilidade do crédito tributário da União. (a) (V) (F) (V) (V) (F) (b) (F) (F) (V) (F) (F) (d) (F) (V) (V) (F) (V) (d) (F) (F) (F) (F) (V) (e) (F) (F) (F) (F) (F) 14. (CESP/Promotor MPRO/2008) Um contribuinte inadimplente de determinado tributo requereu na secretaria da fazenda o pagamento integral do débito, incluindo os juros e multas, em parcelas mensais e iguais, o que foi aceito pelo fisco. Considerando a situação hipotética apresentada, assinale a opção CORRETA. (a) O contribuinte requereu moratória, uma vez que incluiu no pagamento os juros e multas. (b) O instituto tributário a que se refere a questão chama-se moratória, uma vez que a dívida foi parcelada em prestações mensais e iguais. (c) O contribuinte requereu o instituto denominado parcelamento, uma vez que o débito já está vencido. (d) O instituto da moratória é aplicado em débitos vencidos ou não. (e) O parcelamento é causa de extinção do crédito tributário. 5

DIREITO FINANCEIRO E TRIBUTÁRIO II. SUSPENSÃO DO CRÉDITO TRIBUTÁRIO ART. 151 a 155, CTN

DIREITO FINANCEIRO E TRIBUTÁRIO II. SUSPENSÃO DO CRÉDITO TRIBUTÁRIO ART. 151 a 155, CTN DIREITO FINANCEIRO E TRIBUTÁRIO II SUSPENSÃO DO CRÉDITO TRIBUTÁRIO ART. 151 a 155, CTN HIPÓTESES DE SUSPENSÃO, EXTINÇÃO E EXCLUSÃO DO CRÉDITO TRIBUTÁRIO ART. 151 a 182, CTN. notifica do HIPÓTESES DE SUSPENSÃO

Leia mais

DIREITO TRIBUTÁRIO. Crédito Tributário Suspensão da Exigibilidade. Prof.ª Luciana Batista

DIREITO TRIBUTÁRIO. Crédito Tributário Suspensão da Exigibilidade. Prof.ª Luciana Batista DIREITO TRIBUTÁRIO Crédito Tributário Suspensão da Exigibilidade Prof.ª Luciana Batista Suspensão da exigibilidade (art.151 do CTN): o Fisco não poderá exigir o crédito tributário. Rol taxativo (art. 141

Leia mais

SUSPENSÃO DO CRÉDITO TRIBUTÁRIO

SUSPENSÃO DO CRÉDITO TRIBUTÁRIO Instituições de Direito Profª Doutora Ideli Raimundo Di Tizio p 20 SUSPENSÃO DO CRÉDITO TRIBUTÁRIO O crédito tributário lançado ou em processo de lançamento pode ter a sua exigibilidade suspensa regularmente,

Leia mais

Direito Tributário. Aula 18. Os direitos desta obra foram cedidos à Universidade Nove de Julho

Direito Tributário. Aula 18. Os direitos desta obra foram cedidos à Universidade Nove de Julho Direito Tributário Aula 18 Os direitos desta obra foram cedidos à Universidade Nove de Julho Este material é parte integrante da disciplina oferecida pela UNINOVE. O acesso às atividades, conteúdos multimídia

Leia mais

CENTRO DE ENSINO SUPERIOR DO AMAPÁ

CENTRO DE ENSINO SUPERIOR DO AMAPÁ CENTRO DE ENSINO SUPERIOR DO AMAPÁ TRADIÇÃO, EXPERIÊNCIA E OUSADIA DE QUEM É PIONEIRO Curso: DIREITO Disciplina: DIREITO FINANCEIRO E TRIBUTÁRIO II Professora: ILZA MARIA DA SILVA FACUNDES Turma: 8ºDIV

Leia mais

TÓPICO 7 CRÉDITO TRIBUTÁRIO

TÓPICO 7 CRÉDITO TRIBUTÁRIO TÓPICO 7 CRÉDITO TRIBUTÁRIO A definição jurídica de crédito tributário se encontra transcrita nos artigos 140, 141 e 113, CTN, que nos informa que: crédito tributário é o vínculo jurídico, oriundo do lançamento

Leia mais

Relação jurídica tributária

Relação jurídica tributária Relação jurídica tributária Planejamento Tributário Empresarial Crédito tributário: Lançamento tributário (ofício ou direto; declaração ou misto e por homologação); Presunção da dívida ativa; Suspensão

Leia mais

Planejamento Tributário Empresarial

Planejamento Tributário Empresarial Planejamento Tributário Empresarial Aula 11 Os direitos desta obra foram cedidos à Universidade Nove de Julho Este material é parte integrante da disciplina, oferecida pela UNINOVE. O acesso às atividades,

Leia mais

AULA III - as reclamações e os recursos, nos termos das leis reguladoras do processo tributário administrativo;

AULA III - as reclamações e os recursos, nos termos das leis reguladoras do processo tributário administrativo; Turma e Ano: Flex A (2014) Matéria / Aula: Direito Tributário / Aula 23 Professor: Mauro Luís Rocha Lopes Monitora: Mariana Simas de Oliveira AULA 23 1 CONTEÚDO DA AULA: Suspensão da exigibilidade do CT

Leia mais

Questão 01 FGV/Fiscal de Tributos-Niterói/2015

Questão 01 FGV/Fiscal de Tributos-Niterói/2015 Questão 01 FGV/Fiscal de Tributos-Niterói/2015 Um contribuinte do Município, inconformado com a imposição de um auto de infração do ISS, decide discutir em juízo a incidência ou não do tributo, ingressa

Leia mais

Aula 26. As causas suspensivas do crédito tributário estão expressamente previstas no CTN:

Aula 26. As causas suspensivas do crédito tributário estão expressamente previstas no CTN: Turma e Ano: Tributário A (2015) Matéria/Data: Suspensão do Crédito Tributário (27/07/15) Professor: Mauro Lopes Monitora: Márcia Beatriz Aula 26 SUSPENSÃO DA EXIGIBILIDADE DO CRÉDITO TRIBUTÁRIO As causas

Leia mais

01) São funções do lançamento em matéria tributária, independente da modalidade adotada para sua realização, exceto:

01) São funções do lançamento em matéria tributária, independente da modalidade adotada para sua realização, exceto: Irapua Beltrao 01) São funções do lançamento em matéria tributária, independente da modalidade adotada para sua realização, exceto: a) atestar a ocorrência do fato gerador b) individualizar o sujeito passivo

Leia mais

Direito Tributário Extinção do crédito tributário e suas modalidades. (PGE.RN.2001.FCC.47) São causas. Código Tributário rio Nacional:

Direito Tributário Extinção do crédito tributário e suas modalidades. (PGE.RN.2001.FCC.47) São causas. Código Tributário rio Nacional: Direito Tributário Extinção do crédito tributário e suas modalidades. Sergio Karkache http://sergiokarkache.blogspot.com Hipóteses de Extinção 1)Pagamento 2)Compensação 3)Transação 4)Remissão 5)Prescrição

Leia mais

Autuação e Contencioso no Simples Nacional Questões Controversas. Satie Kimura Escritório Regional do SN de São Paulo

Autuação e Contencioso no Simples Nacional Questões Controversas. Satie Kimura Escritório Regional do SN de São Paulo Autuação e Contencioso no Simples Nacional Questões Controversas Satie Kimura Escritório Regional do SN de São Paulo Autuação e Contencioso no SN Questões Controversas SEFISC => NOVOS TEMPOS NO SN CONTROVERSAS

Leia mais

Parcelamento Especial do Simples Nacional. Ministério da Fazenda

Parcelamento Especial do Simples Nacional. Ministério da Fazenda Parcelamento Especial do Simples Nacional LEGISLAÇÃO Lei Complementar nº 55/206 Resolução CGSN nº 32/206 Instrução Normativa RFB nº.677/206 Portaria PGFN nº.0/206 2 ADESÃO Prazo de adesão: de 2/2/206 até

Leia mais

Procuradoria da Dívida Ativa - PG-05

Procuradoria da Dívida Ativa - PG-05 Procuradoria da Dívida Ativa - PG-05 Ano UFIR-RJ* 2006 67.495.595,72 2007 50.486.636,57 2008 65.476.580,85 2009 231.174.347,46 2010 421.467.819,04 2011 144.707.862,62 2012 357.340.649,83 2013 367.528.368,78

Leia mais

BuscaLegis.ccj.ufsc.br

BuscaLegis.ccj.ufsc.br BuscaLegis.ccj.ufsc.br Depósito judicial em ações propostas pelos contribuintes Cacildo Baptista Palhares Júnior* Depósito judicial e depósito em geral O depósito pode resultar de um contrato, de uma determinação

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE PAULO AFONSO ESTADO DA BAHIA

PREFEITURA MUNICIPAL DE PAULO AFONSO ESTADO DA BAHIA Lei n o. 1154 de 22 de maio 2009. Concede Anistia, Remissão e Redução nos pagamentos de Débitos Fiscais nos prazos e condições que menciona. O PREFEITO MUNICIPAL DE PAULO AFONSO aprovou e ou sanciono a

Leia mais

Direito Tributário para o Exame de Ordem

Direito Tributário para o Exame de Ordem Direito Tributário para o Exame de Ordem 3 Conceito de Tributo. 4 Legislação Tributária. 5 Obrigação Tributária. 6 Crédito Tributário. (1a. Parte: Conceito, Constituição) Sergio Karkache http://sergiokarkache.blogspot.com

Leia mais

MANUAL DE DIREITO TRIBUTÁRIO

MANUAL DE DIREITO TRIBUTÁRIO MARCELO ALEXANDRINO Auditor Fiscal da Receita Federal desde 1997, exerce suas atribuições na Divisão de Tributação da Superintendência da Receita Federal, no Rio Grande do Sul. Professor de Direito Tributário

Leia mais

ARTIGO 65 DA LEI Nº , DE 11 DE JUNHO DE Este texto não substitui o publicado no Diário Oficial ARTIGO 65

ARTIGO 65 DA LEI Nº , DE 11 DE JUNHO DE Este texto não substitui o publicado no Diário Oficial ARTIGO 65 ARTIGO 65 LEI Nº 12.249, DE 11 DE JUNHO DE 2010 Art. 65. Poderão ser pagos ou parcelados, em até 180 (cento e oitenta) meses, nas condições desta Lei, os débitos administrados pelas autarquias e fundações

Leia mais

Das Espécies de Lançamento Tributário São três as espécies de lançamento tributário: de ofício, por declaração e por homologação.

Das Espécies de Lançamento Tributário São três as espécies de lançamento tributário: de ofício, por declaração e por homologação. CRÉDITO TRIBUTÁRIO Das Espécies de Lançamento Tributário São três as espécies de lançamento tributário: de ofício, por declaração e por homologação. a) Lançamento de Ofício: Art. 149. O lançamento é efetuado

Leia mais

MÓDULO 01 DIREITO TRIBUTÁRIO OBRIGAÇÃO TRIBUTÁRIA E FATO GERADOR. EVOLUIR CONCURSOS PLANILHA 08

MÓDULO 01 DIREITO TRIBUTÁRIO OBRIGAÇÃO TRIBUTÁRIA E FATO GERADOR. EVOLUIR CONCURSOS PLANILHA 08 Questão 01 FGV/Pref. Recife Auditor do Tesouro Municipal/2014 Assinale a opção que indica um efeito do fato gerador. a) Fixa a hipótese de incidência do tributo. b) Determina o regime jurídico da obrigação

Leia mais

ARRECADAÇÃO E GESTÃO TRIBUTÁRIA MUNICIPAL

ARRECADAÇÃO E GESTÃO TRIBUTÁRIA MUNICIPAL ARRECADAÇÃO E GESTÃO TRIBUTÁRIA MUNICIPAL Armando Moutinho Perin Recife, 9 e 10 de dezembro de 2015 COMPETÊNCIA TRIBUTÁRIA Código Tributário Nacional, CTN, arts. 6º e 7º: - criação de tributos (indelegável);

Leia mais

Apresentação da Disciplina

Apresentação da Disciplina ESTÁGIO SUPERVISIONADO EM DIREITO TRIBUTÁRIO APRESENTAÇÃO DA DISCIPLINA, EMENTA E INFORMAÇÕES CORRELATAS Prof. Thiago Gomes Apresentação da Disciplina 1. IDENTIFICAÇÃO DA DISCIPLINA Estágio Supervisionado

Leia mais

Prefeitura Municipal de Sidrolândia ESTADO DE MATO GROSSO DO SUL

Prefeitura Municipal de Sidrolândia ESTADO DE MATO GROSSO DO SUL LEI COMPLEMENTAR N 32/2007. S Ú M U L A Institui e Autoriza o programa de Reabilitação Fiscal Municipal REFIM de débitos tributários e não tributários e dá outras providências O Prefeito Municipal de Sidrolândia,

Leia mais

LEI COMPLEMENTAR Nº 388, DE 26 DE AGOSTO DE 2011.

LEI COMPLEMENTAR Nº 388, DE 26 DE AGOSTO DE 2011. LEI COMPLEMENTAR Nº 388, DE 26 DE AGOSTO DE 2011. Institui o Programa de Recuperação Fiscal Quatro de Caxias do Sul (REFIS IV Caxias), para pessoas físicas e jurídicas, e dá outras providências. O PREFEITO

Leia mais

CAPÍTULO 1 TRIBUTO. CONCEITO E ESPÉCIES...19 CAPÍTULO 2 COMPETÊNCIA TRIBUTÁRIA...21 CAPÍTULO 3 PRINCÍPIOS DO DIREITO TRIBUTÁRIO...

CAPÍTULO 1 TRIBUTO. CONCEITO E ESPÉCIES...19 CAPÍTULO 2 COMPETÊNCIA TRIBUTÁRIA...21 CAPÍTULO 3 PRINCÍPIOS DO DIREITO TRIBUTÁRIO... SUMÁRIO PARTE 1 TEORIA DIREITO MATERIAL CAPÍTULO 1 TRIBUTO. CONCEITO E ESPÉCIES...19 CAPÍTULO 2 COMPETÊNCIA TRIBUTÁRIA...21 2.1 Repartição das receitas tributárias... 23 2.2 Exercício da competência tributária...

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE TERESINA DECRETA:

PREFEITURA MUNICIPAL DE TERESINA DECRETA: 1 DECRETO Nº 11.333, DE 30 DE JUNHO DE 2011. Dispõe sobre a regulamentação da emissão de certidões e declarações no âmbito da Fazenda Pública Municipal. O PREFEITO MUNICIPAL DE TERESINA, Estado do Piauí,

Leia mais

Planejamento Tributário Empresarial

Planejamento Tributário Empresarial Planejamento Tributário Empresarial Aula 10 Os direitos desta obra foram cedidos à Universidade Nove de Julho Este material é parte integrante da disciplina, oferecida pela UNINOVE. O acesso às atividades,

Leia mais

EXAME NACIONAL DA OAB QUESTÕES TRIBUTÁRIAS. ANTONIO CARLOS ANTUNES JUNIOR

EXAME NACIONAL DA OAB QUESTÕES TRIBUTÁRIAS. ANTONIO CARLOS ANTUNES JUNIOR EXAME NACIONAL DA OAB QUESTÕES TRIBUTÁRIAS ANTONIO CARLOS ANTUNES JUNIOR www.antunes.adv.br antunes@antunes.adv.br Apresentação Palestrante: Antonio Carlos Antunes Junior Pós-graduado em Direito Civil

Leia mais

Assegurar que a parte executada em um processo realize o pagamento do valor discutido, caso venha a ser comprovado que esse é devido.

Assegurar que a parte executada em um processo realize o pagamento do valor discutido, caso venha a ser comprovado que esse é devido. GARANTIAS JUDICIAIS 1 OBJETIVO DA GARANTIA JUDICIAL Assegurar que a parte executada em um processo realize o pagamento do valor discutido, caso venha a ser comprovado que esse é devido. 2 Código de Processo

Leia mais

ANÁLISE DA APLICAÇÃO DAS MULTAS POR FALTA DE PAGAMENTO DE ISS NO MUNICÍPIO DE SÃO PAULO NA VIGÊNCIA DE MEDIDA LIMINAR

ANÁLISE DA APLICAÇÃO DAS MULTAS POR FALTA DE PAGAMENTO DE ISS NO MUNICÍPIO DE SÃO PAULO NA VIGÊNCIA DE MEDIDA LIMINAR ANÁLISE DA APLICAÇÃO DAS MULTAS POR FALTA DE PAGAMENTO DE ISS NO MUNICÍPIO DE SÃO PAULO NA VIGÊNCIA DE MEDIDA LIMINAR MARCUS OLIVEIRA Mestre em Direito Tributário Questão problema Pode haver aplicação

Leia mais

CENTRO DE ENSINO SUPERIOR DO AMAPÁ

CENTRO DE ENSINO SUPERIOR DO AMAPÁ CENTRO DE ENSINO SUPERIOR DO AMAPÁ TRADIÇÃO, EXPERIÊNCIA E OUSADIA DE QUEM É PIONEIRO Data: 23/03/2010 Estudo dirigido Curso: DIREITO Disciplina: DIREITO FINANCEIRO E TRIBUTÁRIO II Professora: ILZA MARIA

Leia mais

ESCLARECIMENTOS LANÇAMENTO IPTU 2017

ESCLARECIMENTOS LANÇAMENTO IPTU 2017 ESCLARECIMENTOS LANÇAMENTO IPTU 2017 PLANEJAMENTO DE LANÇAMENTO É PRECISO EVITAR A POLÊMICA NO LANÇAMENTO DO IPTU. A população precisa ser esclarecida de forma isenta e responsável da base de cálculo do

Leia mais

N o 8.949, DE 26 DE AGOSTO DE D E C R E T A: Seção I Das Disposições Gerais

N o 8.949, DE 26 DE AGOSTO DE D E C R E T A: Seção I Das Disposições Gerais D E C R E T O N o 8.949, DE 26 DE AGOSTO DE 2013 DISCIPLINA O PARCELAMENTO DOS CRÉDITOS TRIBUTÁRIOS E NÃO TRIBUTÁRIOS, INSCRITOS OU NÃO EM DÍVIDA ATIVA, DO MUNICÍPIO DE ANGRA DOS REIS, DE SUAS AUTARQUIAS

Leia mais

V&G News Extra - Nº Refis - RJ. Refis - RJ REFIS RJ LEI DE 28/12/2011 ESTADO DO RIO DE JANEIRO

V&G News Extra - Nº Refis - RJ. Refis - RJ REFIS RJ LEI DE 28/12/2011 ESTADO DO RIO DE JANEIRO Velloza Girotto De: Velloza & Girotto Enviado em: quarta-feira, 4 de janeiro de 2012 11:08 Para: Velloza & Girotto Assunto: V&G News Extra - Nº 150 - Refis - RJ V&G News - Extra nº 150 04 de janeiro de

Leia mais

Sumário Capítulo 1 Direito tributário Capítulo 2 Espécies de tributo Capítulo 3 Empréstimos compulsórios e contribuições especiais

Sumário Capítulo 1 Direito tributário Capítulo 2 Espécies de tributo Capítulo 3 Empréstimos compulsórios e contribuições especiais Sumário Capítulo 1 Direito tributário... 1 1.1. Direito... 1 1.2. Direito público e direito privado... 1 1.3. Direito tributário... 2 1.4. Direito tributário e os demais ramos do Direito... 4 1.5. Estado...

Leia mais

PÓS GRADUAÇÃO DIREITO E PROCESSO TRIBUTÁRIO

PÓS GRADUAÇÃO DIREITO E PROCESSO TRIBUTÁRIO PÓS GRADUAÇÃO DIREITO E PROCESSO TRIBUTÁRIO AÇÃO ANULATÓRIA L C.T. D.A C.D.A E.F Ação Anulatória Art. 38 A discussão judicial da Dívida Ativa da Fazenda Pública só é admissível em execução, na forma desta

Leia mais

CURSO JURÍDICO FMB CONTEÚDO PROGRAMÁTICO DOS MÓDULOS

CURSO JURÍDICO FMB CONTEÚDO PROGRAMÁTICO DOS MÓDULOS CONTEÚDO PROGRAMÁTICO DOS MÓDULOS Sumário DIREITO TRIBUTÁRIO... DIREITO TRIBUTÁRIO PROFS. GUILHERME ADOLFO DOS SANTOS MENDES E DIMAS MONTEIRO DE BARROS MÓDULO I Direito Tributário - Conceito; Tributo -

Leia mais

E S T A D O D O M A T O G R O S S O Prefeitura Municipal de Jaciara

E S T A D O D O M A T O G R O S S O Prefeitura Municipal de Jaciara INSTRUÇÃO NORMATIVA STB SISTEMA DE TRIBUTOS / DIVIDA ATIVA Nº. 002/2010 Versão: 01 Aprovação em: 23/12/2010 Ato de aprovação: Decreto n.º 2895/2010 Unidade Responsável: Secretaria Municipal de Finanças/

Leia mais

SUMÁRIO APRESENTAÇÃO Definição... 21

SUMÁRIO APRESENTAÇÃO Definição... 21 SUMÁRIO APRESENTAÇÃO... 11 Capítulo I Direito Tributário... 13 1. Definição... 13 2. Relação com outros ramos do direito... 13 3. Fontes do direito tributário... 14 4. Legislação tributária... 20 Capítulo

Leia mais

CÂMARA LEGISLATIVA DO DISTRITO FEDERAL

CÂMARA LEGISLATIVA DO DISTRITO FEDERAL 1 LEI Nº 5.211, DE 6 DE NOVEMBRO DE 2013 (Autoria do Projeto: Poder Executivo) Institui a segunda fase do Programa de Recuperação de Créditos Tributários do Distrito Federal RECUPERA-DF e dá outras providências.

Leia mais

1.1. Legitimidade Ativa Execução Fiscal contra a Fazenda Pública Aplicação Subsidiária do Código de Processo Civil...

1.1. Legitimidade Ativa Execução Fiscal contra a Fazenda Pública Aplicação Subsidiária do Código de Processo Civil... sumário Parte i execução Fiscal Art. 1 o... 3 1.1. Legitimidade Ativa... 3 1.2. Execução Fiscal contra a Fazenda Pública... 6 1.3. Aplicação Subsidiária do Código de Processo Civil... 7 Art. 2 o... 8 2.1.

Leia mais

SUMÁRIO Direito Tributário...2 O Direito Tributário e as demais ciências jurídicas...5 O Direito Tributário e os Limites ao Poder de Tributar...

SUMÁRIO Direito Tributário...2 O Direito Tributário e as demais ciências jurídicas...5 O Direito Tributário e os Limites ao Poder de Tributar... SUMÁRIO Direito Tributário...2 Conceito...2 Polos...2 Receitas públicas...2 Natureza...3 Exemplos de receitas derivadas...3 Exemplos de receitas originárias...4 O Direito Tributário e o Direito Público...4

Leia mais

DIREITO TRIBUTÁRIO CLAUDIO CARNEIRO. Blog: claudiocarneiroadv.blogspot.com.br. Site: Facebook: CLAUDIO CARNEIRO II

DIREITO TRIBUTÁRIO CLAUDIO CARNEIRO. Blog: claudiocarneiroadv.blogspot.com.br. Site:  Facebook: CLAUDIO CARNEIRO II 2012 DIREITO TRIBUTÁRIO CLAUDIO CARNEIRO Blog: claudiocarneiroadv.blogspot.com.br Site: www.claudiocarneiro.com.br Facebook: CLAUDIO CARNEIRO II IMPOSTOS: FEDERAIS: II, IE, IR, IPI, IOF, ITR, IGF, Extraordinário

Leia mais

PROGRAMA ESPECIAL DE REGULARIZAÇÃO TRIBUTÁRIA PERT MEDIDA PROVISÓRIA Nº 783/17

PROGRAMA ESPECIAL DE REGULARIZAÇÃO TRIBUTÁRIA PERT MEDIDA PROVISÓRIA Nº 783/17 PROGRAMA ESPECIAL DE REGULARIZAÇÃO TRIBUTÁRIA PERT MEDIDA PROVISÓRIA Nº 783/17 JULHO 2017 PROGRAMA ESPECIAL DE REGULARIZAÇÃO TRIBUTÁRIA - PERT Instituído pela Medida Provisória nº 783/17 Regulamentação:

Leia mais

Parcelamento Especial

Parcelamento Especial Parcelamento Especial Lei nº 11.941/2009 (conversão da MP 449/2008) Portaria Conjunta PGFN/RFB nº 6/ 2009 HISTÓRICO DOS PARCELAMENTOS ESPECIAIS REFIS - Lei 9.964/2000 Débitos de pessoas jurídicas Todos

Leia mais

ORDEM DOS ADVOGADOS DO BRASIL XX EXAME DE ORDEM UNIFICADO

ORDEM DOS ADVOGADOS DO BRASIL XX EXAME DE ORDEM UNIFICADO PADRÃO DE RESPOSTA - PEÇA PROFISSIONAL Em janeiro de 2007, a Fazenda Nacional lavrou auto de infração em face da pessoa jurídica ABC, visando à cobrança de contribuições previdenciárias dos anos de 2005

Leia mais

Disciplina o pagamento de tributos e contribuições federais nas condições estabelecidas nos arts. 13 e 14 da Lei nº , de 2002.

Disciplina o pagamento de tributos e contribuições federais nas condições estabelecidas nos arts. 13 e 14 da Lei nº , de 2002. Portaria Conjunta SRF/PGFN nº 07, de 8 de janeiro de 2003 DOU de 10.1.2003 Disciplina o pagamento de tributos e contribuições federais nas condições estabelecidas nos arts. 13 e 14 da Lei nº 10.637, de

Leia mais

DIÁRIO OFICIAL. Esse município. temautonomia. Índice do diário. Publicações de Atos Oficiais. Câmara Municipal de Miguel Calmon.

DIÁRIO OFICIAL. Esse município. temautonomia. Índice do diário. Publicações de Atos Oficiais. Câmara Municipal de Miguel Calmon. Câmara Municipal de Miguel Calmon Páginas: 06 Segunda-Feira Índice do diário Atos Oficiais Lei - Nº 569/2017 Lei - Nº 570/2017 Esse município temautonomia Diário Oficial Publicações de Atos Oficiais Página

Leia mais

PROJETO DE LEI Nº, DE (Do Sr. Jorge Boeira) O Congresso Nacional decreta:

PROJETO DE LEI Nº, DE (Do Sr. Jorge Boeira) O Congresso Nacional decreta: PROJETO DE LEI Nº, DE 2005 (Do Sr. Jorge Boeira) Dispõe sobre parcelamento para empresas em recuperação judicial de débitos com a Secretaria da Receita Federal, a Procuradoria-Geral da Fazenda Nacional

Leia mais

SumáriO Direito tributário...2 O Direito tributário e as demais Ciências Jurídicas...5 O Direito tributário e os Limites ao poder de tributar...

SumáriO Direito tributário...2 O Direito tributário e as demais Ciências Jurídicas...5 O Direito tributário e os Limites ao poder de tributar... sumário Direito Tributário...2 Conceito...2 Polos...2 Receitas Públicas...2 Natureza...3 Exemplos de receitas derivadas...3 Exemplos de receitas originárias...4 O Direito Tributário e o Direito Público...4

Leia mais

Programa Especial de Regularização Tributária (PERT)

Programa Especial de Regularização Tributária (PERT) Programa Especial de Regularização Tributária (PERT) Medida Provisória nº 783/2017 Principais questões envolvendo o novo programa de parcelamento Almeida Advogados CONFIDENCIAL WWW.ALMEIDALAW.COM.BR INTRODUÇÃO

Leia mais

Sumário CAPÍTULO 3 EMPRÉSTIMOS COMPULSÓRIOS E CONTRIBUIÇÕES ESPECIAIS

Sumário CAPÍTULO 3 EMPRÉSTIMOS COMPULSÓRIOS E CONTRIBUIÇÕES ESPECIAIS Sumário CAPÍTULO 1 DIREITO TRIBUTÁRIO 1. Direito 2. Direito público e direito privado 3. Direito tributário 4. Direito tributário e os demais ramos do Direito 5. Estado 6. Receitas do Estado 7. Definição

Leia mais

PARCELAMENTO REFIS V

PARCELAMENTO REFIS V PARCELAMENTO REFIS V Lei n. 12.996, de 18 de junho de 2014 Medida Provisória n. 651, de 9 de julho de 2014 Portaria Conjunta PGFN/RFB n. 13, de 30 de julho de 2014 1 PRAZO: ATÉ 25 DE AGOSTO DE 2014 ADESÃO

Leia mais

Aula 12 Suspensão da exigbilidade do crédito tributário

Aula 12 Suspensão da exigbilidade do crédito tributário Aula 12 Suspensão da exigbilidade do crédito tributário + 1. Considerações Gerais 1 Suspensão vs. Interrupção Suspensão: não há um término do prazo, mas um congelamento (vácuo temporal) Não se trata de

Leia mais

Direito Tributário. Aula 13. Os direitos desta obra foram cedidos à Universidade Nove de Julho

Direito Tributário. Aula 13. Os direitos desta obra foram cedidos à Universidade Nove de Julho Direito Tributário Aula 13 Os direitos desta obra foram cedidos à Universidade Nove de Julho Este material é parte integrante da disciplina oferecida pela UNINOVE. O acesso às atividades, conteúdos multimídia

Leia mais

INSTRUÇÕES. Considerando o tema VIGÊNCIA, APLICAÇÃO, INTERPRETAÇÃO E INTEGRAÇÃO DA LEGISLAÇÃO TRIBUTÁRIA, analise e julgue as seguintes afirmativas:

INSTRUÇÕES. Considerando o tema VIGÊNCIA, APLICAÇÃO, INTERPRETAÇÃO E INTEGRAÇÃO DA LEGISLAÇÃO TRIBUTÁRIA, analise e julgue as seguintes afirmativas: Curso: DIREITO Disciplina: DIREITO FINANCEIRO E TRIBUTÁRIO Professora: ILZA MARIA DA SILVA FACUNDES Turmas: PEC 7º DIN Alunos (as): 1. 2. CENTRO DE ENSINO SUPERIOR DO AMAPÁ TRADIÇÃO, EXPERIÊNCIA E OUSADIA

Leia mais

Direito Tributário Obrigação tributária principal e acessória. 6. Fato gerador da obrigação tributária. 7. Sujeição ativa e passiva.

Direito Tributário Obrigação tributária principal e acessória. 6. Fato gerador da obrigação tributária. 7. Sujeição ativa e passiva. Direito Tributário Obrigação tributária principal e acessória. 6. Fato gerador da obrigação tributária. 7. Sujeição ativa e passiva. Sergio Karkache http://sergiokarkache.blogspot.com Obrigação Tributária

Leia mais

Faço saber que a Câmara Municipal aprovou e eu, Paulo César Silva, Prefeito Municipal, sanciono e promulgo a seguinte lei:

Faço saber que a Câmara Municipal aprovou e eu, Paulo César Silva, Prefeito Municipal, sanciono e promulgo a seguinte lei: Institui o Programa Temporário de Pagamento Incentivado de Débitos para com a Fazenda Pública do Município de Poços de Caldas- POÇOS EM DIA II e dá outras providências. Faço saber que a Câmara Municipal

Leia mais

DECRETO N.º DE 07 DE MAIO DE 2014

DECRETO N.º DE 07 DE MAIO DE 2014 Decreto Publicado no D.O.E. de 08.05.2014, pág. 02 Este texto não substitui o publicado no D.O.E Índice Remissivo: Letra I - ICMS. DECRETO N.º 44.780 DE 07 DE MAIO DE 2014 Dispõe sobre o parcelamento e

Leia mais

Resolução SEF nº 4.929/2016

Resolução SEF nº 4.929/2016 Estorno do crédito de ICMS vinculado ao estoque de mercadorias alcançadas por crédito presumido, em substituição aos créditos normais. FIEMG 18.11.2016 1. ANTECEDENTES Consultas de Contribuintes nº 016/2011,

Leia mais

Processo Administrativo Fiscal Federal

Processo Administrativo Fiscal Federal Processo Administrativo Fiscal Federal Prof. Dr. Érico Hack ABDCONST novembro/2013 1 Processo Série de atos visando a um fim Atos praticados voltados ao fim pretendido Encadeamento dos atos individuais

Leia mais

PROGRAMA ESPECIAL DE REGULARIZAÇÃO TRIBUTÁRIA - PERT Alternativas perante a RFB 03/08/2017

PROGRAMA ESPECIAL DE REGULARIZAÇÃO TRIBUTÁRIA - PERT Alternativas perante a RFB 03/08/2017 PROGRAMA ESPECIAL DE REGULARIZAÇÃO TRIBUTÁRIA - PERT Alternativas perante a RFB 03/08/2017 MODALIDADES DE PARCELAMENTO NO PERT Modalidade Débitos com a Receita Federal Procedimento Liquidação com Créditos

Leia mais

PARECER 050/ Dos Parcelamentos Previstos na Lei /2013:

PARECER 050/ Dos Parcelamentos Previstos na Lei /2013: PARECER 050/2013 Parecer e análise dos parcelamentos previstos na Lei 12.865/2013. 1 - Dos Parcelamentos Previstos na Lei 12.865/2013: A Lei 12.865/2013 reabriu o prazo para que os contribuintes possam

Leia mais

INTRODUÇÃO OBJETIVO. Facilitar o cumprimento das obrigações fiscais pelo contribuinte do ICMS.

INTRODUÇÃO OBJETIVO. Facilitar o cumprimento das obrigações fiscais pelo contribuinte do ICMS. REGIME ESPECIAL INTRODUÇÃO OBJETIVO Facilitar o cumprimento das obrigações fiscais pelo contribuinte do ICMS. Ex.: emissão de notas fiscais, recolhimento ICMS ST, ICMS Importação; É importante salientar

Leia mais

BÔNUS DE ADIMPLÊNCIA FISCAL

BÔNUS DE ADIMPLÊNCIA FISCAL BÔNUS DE ADIMPLÊNCIA FISCAL Instituído pela Lei nº 10.637, de 2002 1) CONTRIBUIÇÃO SOCIAL SOBRE O LUCRO LÍQUIDO (CSLL) * Silvério das Neves * Adherbal Corrêa Bernardes 1.1) Alíquotas O art. 6º da Medida

Leia mais

Programa de Regularização Tributária (PRT)

Programa de Regularização Tributária (PRT) Programa de Regularização Tributária (PRT) Delegacia da Receita Federal do Brasil em Santarém-PA (DRFB-Santarém) Equipe de Atendimento ao Contribuinte (EAT) LEGISLAÇÃO Medida Provisória 766, de 04 de janeiro

Leia mais

Lei Complementar nº 4.284, de 22 de setembro de 2015.

Lei Complementar nº 4.284, de 22 de setembro de 2015. Lei Complementar nº 4.284, de 22 de setembro de 2015. Institui o Programa de Recuperação Fiscal REFIS do Serviço Autônomo de Água e Esgoto de Taquaritinga SAAET, e dá outras providências. O PREFEITO MUNICIPAL

Leia mais

DECRETO N , DE 31 DE JULHO DE O Prefeito de Ituiutaba, no uso de suas atribuições, e de conformidade com a legislação em vigor,

DECRETO N , DE 31 DE JULHO DE O Prefeito de Ituiutaba, no uso de suas atribuições, e de conformidade com a legislação em vigor, DECRETO N. 7.672, DE 31 DE JULHO DE 2014 Disciplina o sistema de parcelamento de débito fiscal e dá ouras providências. O Prefeito de Ituiutaba, no uso de suas atribuições, e de conformidade com a legislação

Leia mais

PÓS GRADUAÇÃO DIREITO E PROCESSO TRIBUTÁRIO

PÓS GRADUAÇÃO DIREITO E PROCESSO TRIBUTÁRIO PÓS GRADUAÇÃO DIREITO E PROCESSO TRIBUTÁRIO PRESCRIÇÃO E DECADÊNCIA DO CRÉDITO TRIBUTÁRIO Caso... Em 20/05/95, a Receita Federal, em decorrência de fiscalização realizada na sede da empresa ABC, constatou

Leia mais

Especialização em Direito Tributário Aula 2

Especialização em Direito Tributário Aula 2 Curso: Graduação em Contabilidade Disciplina: Legislação Empresarial Prof.: Ana Cláudia Akie Utumi Especialização em Direito Tributário Aula 2 Ana Cláudia Akie Utumi autumi@tozzinifreire.com.br Raquel

Leia mais

TRIBUTÁRIO. Destacamos abaixo as informações consideradas por nós como as mais importantes relativas ao PERT: 1. INFORMAÇÕES GERAIS. 1.

TRIBUTÁRIO. Destacamos abaixo as informações consideradas por nós como as mais importantes relativas ao PERT: 1. INFORMAÇÕES GERAIS. 1. TRIBUTÁRIO 1/6/2017 Programa Especial de Regularização Tributária (PERT) Informamos que ontem, dia 31 de maio de 2017, foi publicada na Edição Extra do Diário Oficial da União, a Medida Provisória nº 783

Leia mais

Programa Especial de Regularização Tributária ( PERT ) Possíveis controvérsias judiciais 03/08/2017

Programa Especial de Regularização Tributária ( PERT ) Possíveis controvérsias judiciais 03/08/2017 Programa Especial de Regularização Tributária ( PERT ) Possíveis controvérsias judiciais 03/08/2017 Regra geral e interpretação oficial Caput do artigo 6º da MP 783/17: os depósitos judiciais vinculados

Leia mais

LEI Nº. 886, DE 22 DE MARÇO DE 2011

LEI Nº. 886, DE 22 DE MARÇO DE 2011 LEI Nº. 886, DE 22 DE MARÇO DE 2011 Dispõe sobre o Parcelamento de Débitos Tributários e Não Tributários inscritos ou não em Dívida Ativa, concede remissão da multa e juros decorrentes de dívida ativa,

Leia mais

TRIBUTÁRIO Nº 651/14 - ASPECTOS RELACIONADOS AO REFIS

TRIBUTÁRIO Nº 651/14 - ASPECTOS RELACIONADOS AO REFIS TRIBUTÁRIO 17/11/2014 LEI 13.043/14 - CONVERSÃO DA MEDIDA PROVISÓRIA Nº 651/14 - ASPECTOS RELACIONADOS AO REFIS No dia 14 de novembro de 2014 foi publicada a Lei nº 13.043/2014, resultado da conversão

Leia mais

Workshop Simples Nacional Regime Jurídico e Gestão do ISSQN. Programa: O que a Fazenda anda fazendo 9 de Dezembro de 2014 Prédio da PBH

Workshop Simples Nacional Regime Jurídico e Gestão do ISSQN. Programa: O que a Fazenda anda fazendo 9 de Dezembro de 2014 Prédio da PBH Workshop Simples Nacional Regime Jurídico e Gestão do ISSQN Programa: O que a Fazenda anda fazendo 9 de Dezembro de 2014 Prédio da PBH Cobrança do ISSQN Inscrição em Dívida Ativa A Inscrição dos débitos

Leia mais

Programa Regularize. Novo prazo para utilização de crédito acumulado

Programa Regularize. Novo prazo para utilização de crédito acumulado Programa Regularize Novo prazo para utilização de crédito acumulado Decreto 47.020/2016 O que é o Programa Regularize? O estado de Minas Gerais publicou o Decreto n.º 46.817/2015, instituindo o Programa

Leia mais

BACHEGA SOCIEDADE DE ADVOGADOS

BACHEGA SOCIEDADE DE ADVOGADOS BACHEGA SOCIEDADE DE ADVOGADOS A) Levantamento e Recuperação de Créditos Tributários Administrativos Federais (Tributos Direitos e Indiretos) DOCUMENTAÇÃO ANÁLISE LEVANTAMENTO DOS CRÉDITOS ATUALIZAÇÃO

Leia mais

LEI COMPLEMENTAR Nº 773, DE 8 DE OUTUBRO DE 2015.

LEI COMPLEMENTAR Nº 773, DE 8 DE OUTUBRO DE 2015. LEI COMPLEMENTAR Nº 773, DE 8 DE OUTUBRO DE 2015. Institui o Programa de Recuperação Fiscal Refispoa 2015 e revoga a Lei nº 11.428, de 30 de abril de 2013. O PREFEITO MUNICIPAL DE PORTO ALEGRE Faço saber

Leia mais

INFORME JURÍDICO OUTUBRO/2016 CONVÊNIOS AUTORIZANDO O PARCELAMENTO INCENTIVADO COM A DISPENSA OU REDUÇÃO DE MULTAS E JUROS DOS ESTADOS.

INFORME JURÍDICO OUTUBRO/2016 CONVÊNIOS AUTORIZANDO O PARCELAMENTO INCENTIVADO COM A DISPENSA OU REDUÇÃO DE MULTAS E JUROS DOS ESTADOS. INFORME JURÍDICO OUTUBRO/2016 CONVÊNIOS AUTORIZANDO O PARCELAMENTO INCENTIVADO COM A DISPENSA OU REDUÇÃO DE MULTAS E JUROS DOS ESTADOS. São Paulo, 05 de outubro de 2016. Prezado Associado, Desde o início

Leia mais

MEDIDA PROVISÓRIA nº 783, de 31/05/2017. Instrução Normativa RFB nº 1711, de 16/06/2017.

MEDIDA PROVISÓRIA nº 783, de 31/05/2017. Instrução Normativa RFB nº 1711, de 16/06/2017. MEDIDA PROVISÓRIA nº 783, de 31/05/2017. Instrução Normativa RFB nº 1711, de 16/06/2017. MAPA ETÉCNICO FISCAL - www.etecnico.com.br - facebook/mapaetecnicofiscal 1 INTRODUÇÃO A MP 783/2017, institui o

Leia mais

Contabilidade e Legislação Tributária Aula 11 Crédito Tributário e Lançamento

Contabilidade e Legislação Tributária Aula 11 Crédito Tributário e Lançamento Contabilidade e Legislação Tributária Aula 11 Crédito Tributário e Lançamento Prof. Gustavo Gonçalves Vettori + 1. Crédito tributário e lançamento 1 OT vs. CT Art. 139, CTN: O crédito tributário decorre

Leia mais

Aulão de direito tributário. Questões comentadas banca FGV

Aulão de direito tributário. Questões comentadas banca FGV Aulão de direito tributário Questões comentadas banca FGV Competência tributária Secretaria de fazenda de Recife 2014 Auditor do Tesouro Municipal 16 Com relação à competência tributária, assinale a afirmativa

Leia mais

Sumário PARTE 1 TEORIA DIREITO MATERIAL CAPÍTULO 1 TRIBUTO. CONCEITO E ESPÉCIES CAPÍTULO 2 COMPETÊNCIA TRIBUTÁRIA... 19

Sumário PARTE 1 TEORIA DIREITO MATERIAL CAPÍTULO 1 TRIBUTO. CONCEITO E ESPÉCIES CAPÍTULO 2 COMPETÊNCIA TRIBUTÁRIA... 19 Sumário PARTE 1 TEORIA DIREITO MATERIAL CAPÍTULO 1 TRIBUTO. CONCEITO E ESPÉCIES... 17 CAPÍTULO 2 COMPETÊNCIA TRIBUTÁRIA... 19 2.1 Repartição das receitas tributárias... 21 2.2 Exercício da competência

Leia mais

GOVERNO DO ESTADO DE GOIÁS Secretaria de Estado da Casa Civil

GOVERNO DO ESTADO DE GOIÁS Secretaria de Estado da Casa Civil 25/10/12 GOVERNO DO ESTADO DE GOIÁS Secretaria de Estado da Casa Civil LEI Nº 17.817, DE 10 DE OUTUBRO DE 2012. Institui o Programa de Recuperação de Créditos da Fazenda Pública Estadual II RECUPERAR II

Leia mais

Assunto: Instruções Normativas da RFB nº 1713 e 1714 que tratam do parcelamento de débitos devidos pelo MEI e por optantes do Simples Nacional

Assunto: Instruções Normativas da RFB nº 1713 e 1714 que tratam do parcelamento de débitos devidos pelo MEI e por optantes do Simples Nacional Rio de Janeiro, 30 de junho de 2017 Of. Circ. Nº 131/17 Assunto: Instruções Normativas da RFB nº 1713 e 1714 que tratam do parcelamento de débitos devidos pelo MEI e por optantes do Simples Nacional Senhor(a)

Leia mais

Perguntas e Respostas sobre o parcelamento do Simples Nacional

Perguntas e Respostas sobre o parcelamento do Simples Nacional Perguntas e Respostas sobre o parcelamento do Simples Nacional 1. Quem pode parcelar? Todos os contribuintes que tenham débitos de ICMS declarados e apurados (DASN) no período de 07/2007 a 12/2011 no Portal

Leia mais

Direito Processual Tributário

Direito Processual Tributário CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU ON-LINE EM Direito Processual Tributário Processo Judicial Tributário I Camila Vergueiro Catunda CICLO DE VIDA DA OBRIGAÇÃO TRIBUTÁRIA Constituição Federal - competências

Leia mais

Referência: Decreto Estadual-RJ nº /14 - ICM e ICMS - Parcelamento - Redução de multas e acréscimos legais Disposições.

Referência: Decreto Estadual-RJ nº /14 - ICM e ICMS - Parcelamento - Redução de multas e acréscimos legais Disposições. Rio de Janeiro, 08 de maio de 2014 Of. Circ. Nº 134/14 Referência: Decreto Estadual-RJ nº 44.780/14 - ICM e ICMS - Parcelamento - Redução de multas e acréscimos legais Disposições. Senhor Presidente, Fazendo

Leia mais

ICMS. Arbitramento. A fiscalização deve apurar o montante devido no lançamento tributário com o abatimento dos

ICMS. Arbitramento. A fiscalização deve apurar o montante devido no lançamento tributário com o abatimento dos ICMS. Arbitramento. A fiscalização deve apurar o montante devido no lançamento tributário com o abatimento dos créditos ainda que não declarados em GIA? Paulo Campilongo Mestre e doutor PUC/SP ALTERNATIVAS

Leia mais

Direito Tributário. Aula 15. Os direitos desta obra foram cedidos à Universidade Nove de Julho

Direito Tributário. Aula 15. Os direitos desta obra foram cedidos à Universidade Nove de Julho Direito Tributário Aula 15 Os direitos desta obra foram cedidos à Universidade Nove de Julho Este material é parte integrante da disciplina oferecida pela UNINOVE. O acesso às atividades, conteúdos multimídia

Leia mais

PROCEDIMENTOS ESPECIAIS

PROCEDIMENTOS ESPECIAIS PROCEDIMENTOS ESPECIAIS AÇÃO MONITÓRIA DA AÇÃO MONITÓRIA Art. 700. A ação monitória pode ser proposta por aquele que afirmar, com base em prova escrita sem eficácia de título executivo, ter direito de

Leia mais

Diário Oficial da União Seção 1 - Nº 125, terça-feira, 2 de julho de 2013 MINISTÉRIO DA PREVIDÊNCIA SOCIAL INSTITUTO NACIONAL DO SEGURO SOCIAL

Diário Oficial da União Seção 1 - Nº 125, terça-feira, 2 de julho de 2013 MINISTÉRIO DA PREVIDÊNCIA SOCIAL INSTITUTO NACIONAL DO SEGURO SOCIAL Diário Oficial da União Seção 1 - Nº 125, terça-feira, 2 de julho de 2013 MINISTÉRIO DA PREVIDÊNCIA SOCIAL INSTITUTO NACIONAL DO SEGURO SOCIAL PORTARIA Nº 1.495, DE 28 DE JUNHO DE 2013 Dispõe sobre procedimentos

Leia mais

MEDIDA PROVISÓRIA Nº 793, DE 31 DE JULHO DE 2017.

MEDIDA PROVISÓRIA Nº 793, DE 31 DE JULHO DE 2017. MEDIDA PROVISÓRIA Nº 793, DE 31 DE JULHO DE 2017. Institui o Programa de Regularização Tributária Rural junto à Secretaria da Receita Federal do Brasil e à Procuradoria- Geral da Fazenda Nacional. O PRESIDENTE

Leia mais

Aula 24. CAUSAS DE EXTINÇÃO DO CRÉDITO TRIBUTÁRIO (cont.)

Aula 24. CAUSAS DE EXTINÇÃO DO CRÉDITO TRIBUTÁRIO (cont.) Turma e Ano: Tributário A (2015) Matéria/Data: Extinção do crédito tributário: prescrição e demais causas (23/07/15) Professor: Mauro Lopes Monitora: Márcia Beatriz Aula 24 CAUSAS DE EXTINÇÃO DO CRÉDITO

Leia mais

ESTÁGIO SUPERVISIONADO EM DIREITO TRIBUTÁRIO

ESTÁGIO SUPERVISIONADO EM DIREITO TRIBUTÁRIO ESTÁGIO SUPERVISIONADO EM DIREITO TRIBUTÁRIO AÇÃO DE REPETIÇÃO DE INDÉBITO Prof. Thiago Gomes 1. CONSIDERAÇÕES INICIAIS A ação empregada para o contribuinte recuperar valor já pago indevidamente ou a maior.

Leia mais

ORDEM DOS ADVOGADOS DO BRASIL XXIII EXAME DE ORDEM UNIFICADO

ORDEM DOS ADVOGADOS DO BRASIL XXIII EXAME DE ORDEM UNIFICADO PADRÃO DE RESPOSTA - PEÇA PROFISSIONAL O partido político XYZ, cuja sede está no Município Alfa (capital do Estado X ), tem quatro imóveis localizados no mesmo município, dos quais um é utilizado para

Leia mais