Como me dar bem com o meu professor?

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Como me dar bem com o meu professor?"

Transcrição

1 Educação Outubro 2010 Ano XVI - Nº 150 Periodicidade Mensal Distribuição gratuita Dr. Christoph Eymann Vorsteher des Erziehungsdepartements Basel-Stadt Bem-vindos à Exposição de Profissões e En de Basiléia Prezados pais de alunos que em breve irão concluir a escola obrigatória! A economia suíça esta bem. Mundialmente as nossas empresas estão bem Para isto, elas necessitam de funcionários bem formados. A origem destes fu não é importante. Se portuguesa, ou suíça, se turca ou croata: quem tiver uma sólida e souber aplicá-la, colaborará para o sucesso industrial e econômico su também tirará próprio proveito. (Pag.15) Como me dar bem com o meu professor? Agora, você se pergunta, como é possível que alunos e alunas com sobre-n rangeiros têm mais dificuldades para achar um curso profissionalizante, do que suíços? E, por que um terço dois jovens estrangeiros não continuam a estudar a terminado a escola obrigatória? Não conhecemos todas as respostas, mas mudar esta situação! Um curso profissionalizante concluido, é o único caminho adequado para o mu sional dos jovens. Quem possue um emprego e uma colocação satisfatória, se e acolhido na sociadade. Quanto melhor a formação, menor é o perigo de não trabalho, e de ter que viver mais tarde da assistência social. Se tiver filhos, que em breve irão concluir a escola obrigatória e estiverem n escolher uma profissão, não percam a oportunidade de visitar a 3a. Exposição sões e Ensino de Basiléia! De 14 a 16 de outubro de 2010, mostraremos no Centro de Exposições de Bas sezentrum Basel», como o sistema suíço de ensino funciona. Informaremos diversas possibilidades de formação profissional, e isto em 11 idiomas. Leve filhos/filhas para esta exposição, mostraremos mais de 250 modalidades profissional. Os profissisonais presentes, responderão as perguntas como: «O encontrar um curso profissionalizante?», «O que devo fazer após terminar «Como posso me aprimorar após o curso?», «Qual escola profissionalizante quentar?» ou «Quanto será a minha remuneração?». Sejam bem-vindos, com satisfação esperamos a sua presença! Pete Direk verba Dr. Christoph Eymann Peter Malama Lei Alguns aspectos legais relativos a contratos de crédito e de leasing (Pág. 06) Saúde Asma Brônquica ou Bronquite Crónica (Pág. 07) Formação Exposição de Profissões e Ensino de Basileia (Pág. 10) LUSITANO

2 PUBLICIDADE *+$&%!!!!!!!!!!!!!!!!!Y*+$&%!1)!+$*,(#-+%!)!+%7)&)-5)-5$*!),!;$5#3:3A*!)!)*;%/9$&!!!!!!Z)*)[%!;5$C-**-$/%&-<%5E*)\\!Z)*)[%!*)5!-/1);)/1)/#)\\!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!"#$!%&#'(%)#*+,,%!!!!!!!!!!!!!!!! "!#$#%&&$$'!(!%!)*+$&%!,%-*!%.%/0%1%!1%!23-0%!/%!45)%!1)!)*#(#-+%6! +%7)&)-5)-5$!)!,%83-&9%:),!;)5,%/)/#)!)!)*#%!&$+%&-<%1%!),!=>5-+9?! C$5,%1%*!/%!23-0%!)!+$,!1-;&$,%!*3;)5-$5?! D%!#$#%&&&$'!.%-!%;5)/1)5!%*!,%-*!/$.%*!#(+/-+%*!)6!)*#(#-+%!)!#$5/%5E*)! 3,!;5$C-**-$/%&!83%&-C-+%1$6!;$1)/1$!!%75-5!$!*)3!;5F;5-$!/):F+-$?! G)/9%!.-*-#%5E/$*?!! H/*+5-0I)*!%7)5#%*!;%5%!$!+35*$!1)!+$*,(#-+%!)!+%7)&)-5)-5$?!!!!! J$/#%#$*!K!!!!L&:%!M%5#-/)<!!!!!!!!!B)&)C?K!NOP!QRP!SS!TU!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!L7)5:%**)!RQ!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!),%-&K!$&:%V#$#%&&$$'E'$*,)#-'?+9!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!W$,);%:)K!!XXX?#$#%&&$$'E'$*,)#-'?+9! AGÊNCIA DE SERVIÇOS MARQUES O consultório para melhor servir o imigrante na Suiça, independentemente da nacionalidade Colaboradora de diversos bancos, companhias de seguros, advogados e diversas organizações.se preetender poderá tornar-se nosso associado pagando uma cota anual.estamos ao seu dispor, consulte-nos LUSITANO AGÊNCIA DE SERVIÇOS MARQUES Maria do Carmo Marques Wangenstrasse 31 Postfach Dübendorf 2 Tel. 044/ , Fax: 044/ Natel 079/

3 EDITORIAL Elisabete Lourenço Outubro mês de mudança! Outubro é um mês de mudança, em que os sinais do Outono se instalam à nossa volta e deixamos para trás os dias longos e quentes de Verão. Outubro é por isso o início de um novo ciclo, em que tudo morre para voltar a nascer. Talvez seja por isso que de Outubro também tem muito significado em termos de alterações políticas. Ao nível internacional, podemos pensar na independência da Bélgica em 1830 ou na proclamação da República Popular da China em No entanto, Outubro é o mês de dois grandes acontecimentos em Portugal: - 5 de Outubro de 1143: Dá-se a assinatura do tratado de Zamora, com o qual D. Afonso Henriques consegue a independência de Portugal de Outubro de 1910: A República é proclamada no nosso país. Ambos os acontecimentos foram fundamentais para que a nossa realidade seja tal como a conhecemos hoje. Temos o nosso país, a nossa independência e algo fundamental: a liberdade de expressão! Não deixemos por isso a nossa responsabilidade de parte. Devemos ser cidadãos activos, manifestar as nossas opiniões e exercer direito de voto. Se não, porquê criticar se, na hora H, toda a gente cala a boquinha e fica em casa a ver TV? FICHA TÉCNICA Propriedade Centro Lusitano de Zurique Birmensdorferstrasse Zürich Tel.: Fax: Administração Centro Lusitano de Zurique Directora Elisabete Lourenço Sub-director Armindo Alves Editor Manuel Araújo Jornalista 4365 Redacção e Colaboração Armindo Alves - Pedro Silva Maria José - Manuel Beja Marta Pérez - Zuila Messmer Mendes Serafim - Domingos Pereira Alexandre Araújo - Joana Araújo Daniel Bohren - Maura Hächler Sandra Teixeira - Mónica ferreira Sónia Jordi - Emília Farinha Orlando Dias Agudo Carmindo P. de Carvalho Publicidade Miguel Campos Tel.: Composição, Paginação e Edição Braga Portugal Tel.: (+351) Impressão DM Braga Tiragem 2000 exemplares Periodicidade - Mensal Distribuição Gratuita Nota: Os textos publicados são da exclusiva responsabilidade dos seus autores PUBLICIDADE LUSITANO

4 PUBLICIDADE Somos o seu parceiro competente em questões Nilton de Gois terá todo o gosto em aconselhá-lo. Em português, alemão, inglês, francês ou italiano Nilton De Gois Telefone Conselheiro em créditos cashgate.ch cashgate AG, Hohlstrasse 283, Postfach 222, 8040 Zürich A concessão de crédito é proibida caso conduza ao sobreendividamento (artigo 3.º Lei da Concorrência Desleal, UWG). Montante de crédito CHF Taxa anual efectiva de 11,9% resulta num custo total de CHF 1 836,80 a 36 meses. LUSITANO

5 FORMAÇÃO Dr. Christoph Eymann Vorsteher des Erziehungsdepartements Basel-Stadt Peter Malama Direktor des Gewerbeverbandes Basel-Stadt Bem-vindos à Exposição de Profissões e Ensino de Basiléia Prezados pais de alunos que em breve irão concluir a escola obrigatória! A economia suíça esta bem. Mundialmente as nossas empresas estão bem sucedidas. Para isto, elas necessitam de funcionários bem formados. A origem destes funcionários não é importante. Se portuguesa, ou suíça, se turca ou croata: quem tiver uma formação sólida e souber aplicá-la, colaborará para o sucesso industrial e econômico suíço, como também tirará próprio proveito. Agora, você se pergunta, como é possível que alunos e alunas com sobre-nomes estrangeiros têm mais dificuldades para achar um curso profissionalizante, do que os jovens suíços? E, por que um terço dois jovens estrangeiros não continuam a estudar após terem terminado a escola obrigatória? Não conhecemos todas as respostas, mas queremos mudar esta situação! Um curso profissionalizante concluido, é o único caminho adequado para o mundo profissional dos jovens. Quem possue um emprego e uma colocação satisfatória, se sente bem e acolhido na sociadade. Quanto melhor a formação, menor é o perigo de não encontrar trabalho, e de ter que viver mais tarde da assistência social. Se tiver filhos, que em breve irão concluir a escola obrigatória e estiverem na idade de escolher uma profissão, não percam a oportunidade de visitar a 3a. Exposição de Profissões e Ensino de Basiléia! De 14 a 16 de outubro de 2010, mostraremos no Centro de Exposições de Basiléia «Messezentrum Basel», como o sistema suíço de ensino funciona. Informaremos sobre as diversas possibilidades de formação profissional, e isto em 11 idiomas. Levem os seus filhos/filhas para esta exposição, mostraremos mais de 250 modalidades do mundo profissional. Os profissisonais presentes, responderão as perguntas como: «Onde posso encontrar um curso profissionalizante?», «O que devo fazer após terminar o curso?», «Como posso me aprimorar após o curso?», «Qual escola profissionalizante eu vou frequentar?» ou «Quanto será a minha remuneração?». Sejam bem-vindos, com satisfação esperamos a sua presença! Dr. Christoph Eymann Peter Malama LUSITANO

6 LEI Alguns aspectos legais relativos a contratos de crédito e de leasing Daniel Bohren [Advogado] 1. Generalidades Por meio de um contrato de crédito obtém um montante de dinheiro para dispor dele livremente ou para a compra de uma coisa concreta. O reembolso é feito com prestações. Mas também obtém um crédito, quando compra algo e o vendedor lhe concede um adiamento do pagamento, por exemplo, no âmbito de pagamentos com cartões de cliente ou de negócios que envolvem contratos de venda a crédito. No contrato de leasing chega por sua vez a acordo com uma empresa, em que esta compra uma determinada coisa e deixa, contra pagamentos mensais, essa coisa para uso, à sua disposição. Em todos os casos tais contratos têm por objectivo a obtenção imediata de uma coisa ou de um serviço (por exemplo férias) contra a concessão de um adiamento do pagamento. A diferença essencial entre um contrato de crédito e um contrato de leasing é a seguinte: no contrato de leasing não se torna proprietário da coisa. A lei do consumo a crédito (KKG Konsumkreditgesetz) contém diversas cláusulas de salvaguarda a favor dos consumidores. 2. Aplicação da KKG (lei do consumo a crédito) A KKG é aplicável nos seguintes contratos: 1. O contrato de crédito ao consumo não se encontra relacionado com uma actividade profissional ou comercial do consumidor. 2. O crédito é superior a CHF 500,- e inferior a CHF ,-. 3. Para o adiamento do pagamento é exigido o pagamento de juros e/ou taxas. 4. O adiamento tem uma duração superior a 3 meses ou o adiamento tem uma duração superior a 3 meses, mas inferior a 12 meses, não tendo sido no entanto acordados mais de 4 pagamentos de prestações. A KKG só é aplicável a contratos de leasing, quando o contrato prevê, que as prestações de leasing já pagas são aumentadas retroactivamente, para o caso do contrato leasing ser rescindido. 3. Cláusulas de salvaguarda 1. Para menores é sempre necessário o acordo escrito do representante legal. 2. O consumidor tem direito de revogação, a saber, durante os 7 dias que se seguem à recepção de uma cópia do contrato. 3. Os juros anuais relativamente a todos os custos não podem ultrapassar os 15%. 4. Contratos de crédito também podem ser reembolsados antecipadamente; os juros e os custos da duração do crédito não utilizada têm de ser creditados. 5. O contrato de leasing com um prazo de rescisão de 30 dias, pode ser rescindido no final de uma duração de 3 meses. A empresa de leasing pode no entanto calcular de novo as prestações de leasing e exigir um pagamento complementar. A razão para tal é que, veículos novos perdem no início rapidamente valor. Com uma duração pequena do leasing a perda de valor é superior aos juros do leasing pagos. 6. Contratos de crédito e de leasing têm de ser estabelecidos por escrito e conter determinadas cláusulas, por exemplo, o direito de revogação, juros, inclusivamente custos, direito a redução dos juros, quando se verifica um reembolso antecipado, etc... O contrato de leasing tem para além disso de conter uma tabela, da qual se possa depreender, o que tem de ser pago complementarmente no caso de rescisão. Se estas indicações faltarem o contrato é nulo. 7. Prestadores de crédito e de leasing têm de controlar a solvência. Tem de verificar, se o montante de crédito pode ser reembolsado dentro de no máximo 36 meses com a parte não penhorável do salário. Penhorável é a parte do salário que ultrapassa o mínimo vital. Os elementos do controlo do crédito têm de constar no contrato ou num documento separado assinado por ambas as partes. Se o prestador de crédito não efectuou tal controlo, pode perder o seu direito a reembolso do crédito. 4. Links KKG: Directrizes para cálculo do mínimo vital legal para a concessão de créditos: => Erlasse und Merkblätter LUSITANO

7 Asma Brônquica ou Bronquite Crónica SAÚDE Entre as inúmeras doenças pulmonares que comprometem o sistema respiratório, a Asma Brônquica é uma das que mais afecta a população mundial. É a principal causa de tosse crónica (persistente) nas crianças e uma das principais entre os adultos. A asma é uma doença inflamatória crónica das vias aéreas Zuila Messmer que provoca uma redução ou obstrução do fluxo de ar causando a dificuldade respiratória. O aparelho respiratório é composto pelas fossas nasais, faringe, laringe, traqueia, os brônquios e os pulmões. Este tem a finalidade de efectuar as trocas gasosas entre o organismo e o meio ambiente, ou seja, receber oxigénio (O2), abastecer o sangue e os órgãos e eliminar dióxido de carbono (CO2) - uma substância tóxica proveniente do metabolismo orgânico. A vida depende da realização contínua e eficiente desse movimento de Inspiração e Expiração, mesmo em condições alteradas por doenças ou por ambiente desfavorável. Causas da asma: Pode ser de origem viral, bacteriana, genética e/ou ambiental tal como: poeira doméstica, mofo, pólen, insectos, pêlos de animais, alterações climáticas, ar condicionado, mudanças de temperatura, o frio, a poluição, fumo em geral, e principalmente dos cigarros, gripes ou resfriados, alergias, determinados alimentos e medicamentos, produtos químicos, cheiros fortes, tintas, perfumes, aerossóis, insecticidas, stress, emoções fortes e movimentos físicos. Diferença entre crise asmática e asma brônquica A Asma brônquica é a persistência da inflamação brônquica mesmo quando a pessoa não está em crise asmática, por esta razão representa o maior problema. A crise asmática é o agravamento súbito da inflamação dos brônquios, associado a uma resposta dos músculos que compõem o sistema respiratório. Eles se contraem por influência de um dos factores desencadeantes, ocasionando o broncoespasmo (fechamento dos brônquios), levando a dispneia (dificuldade em respirar), dor ou ardência no peito, tosse e sibilos (chiado) caracterizando a crise asmática. A tosse acontece principalmente à noite e na maioria das vezes não há expectoração (catarro). Quando este existe, é do tipo clara de ovo. Os ataques podem durar minutos e até dias e com possibilidades de tornar-se perigosos, caso o fluxo de ar seja gravemente reduzido, daí a pessoa possa começar a apresentar lábios e face com cor azulada, ansiedade intensa, pulso rápido e suor intenso nesses casos recomenda-se providências imediatas, o socorro hospitalar! Diagnóstico: Baseia-se nos sintomas, na avaliação clínica, nos exames de radiografia do tórax, sangue e de pele (para constatar se o paciente é alérgico) e da espirometria, que avalia a função pulmonar (identifica e quantifica a obstrução ao fluxo de ar). Tratamento: É global, envolve as crises de broncoespasmos, a melhoria das condições ambientais onde o asmático vive e trabalha e o controle do processo inflamatório crónico. É imprescindível uma avaliação individual de cada paciente pois existem os casos intermitentes, em que a ocorrência das crises de asma não são tão frequentes, portanto não tão graves, e assim desnecessário o tratamento crónico de manutenção, o qual consiste no uso de medicamentos associados ou não a imunoterapia (vacinas para alergia). Os medicamentos são na base de broncodilatadores (que dilatam os brônquios), de antiinflamatórios (encontrados em forma de Spray, inaladores, bombinhas, xarope ou comprimidos) e corticóides para os casos graves. Recomenda-se a fisioterapia, no emprego de técnicas de exercícios respiratórios que relaxam a musculatura melhorando a ventilação. O tratamento da bronquite asmática pode ser iniciado em qualquer etapa da vida, é mais comum na infância e pode ou não durar toda a vida. Não há como prevenir a existência da doença, mas sim de como evitar as causas desencadeantes e os sintomas diários, daí a importância de que os pais das crianças ou o asmático saibam: - Identificar precocemente os sintomas de crise - Quais os medicamentos indicados para a crise e para a manutenção - Usá-los e administrá-los correctamente - a maioria é de uso inalatório, com aplicação directa nas vias aéreas, para que actue rápido e sem efeitos colaterais para o resto do organismo. SEGUROS Doença (Krankenkasse) Chf (adultos) 49.- Chf (menores) VIDA VIAGEM AUTOMÓVEL PERDA DE SALÁRIO, etc... CRÉDITOS DESDE 8,9% permissos L, B, C LUSITANO

8 PUBLICIDADE LUSITANO

9 SINDICALISMO Comité Português da Secção de Zurique Assembleia Informativa O Comité português da Secção de Zurique em parceria com a direcção desta instituição, convida todos os associados e frequentadores a participar numa assembleia informativa com os seguintes Temas:! Seguro de mau Tempo! Caixa fundo de desemprego! Contrato Colectivo da Limpeza, salário mínimo, etc. Data: 8 de Outubro de 2010 Data: 15 de Outubro de 2010 Horas: Horas: Local: Associação Portuguesa de Zurique Local: Os Raspa Alcatrão Birchstrasse 80 Wiesackerstrass Zürich 8155 Regensdorf Data: 22 de Outubro de 2010 Data: 29 de Outubro de 2010 Horas: Horas: Local: Casa do Benfica de Zurique Local: Centro Lusitano de Zurique Wagistrasse 7 Birmensdorferstrasse Schlieren 8004 Zürich Comparece e expõem as tuas dúvidas! Em colaboração com A Casa do Benfica de Zurique Unia Zurique, Daniela Gomes, Stauffachersterasse 60, 8004 Zürich Tel.: LUSITANO

10 PUBLICIDADE Aprender alemão Para mais informações ligue: Somos uma escola de línguas e informática especializada no Alemão, Inglês, Português, bem como cursos de formação Microsoft. Oferecemos formação para pessoas e empresas. Venha aprender connosco! Mais oportunidades de New Visions Na Secretaria informámo-lo sobre os cursos e exames de língua alemã e inglesa realizados em Zurique. Secretaria Zurique: Tel.: Testes de língua: Alemão Inglês Português LUSITANO

11 OPINIÃO Cavalos sem manada 2: Pacto, contracto e o contacto O divórcio é um contrato, o casamento um pacto. Neste pacto não deveriam fazer parte as mentiras, lamentos, desculpas, que evitem o parceiro. Porque o sexo, é a chama que dá vida ao matrimónio. No casamento, ama-se entendendo todos os sentimentos e desejos? Cumprimos todas as promessas feitas no dia do pacto com nossa cara-metade? Vivemos segundo essas promessas, ou segundo as nossas vontades? Sou da opinião, que vivemos cumprindo unindo-nos e reproduzindo-nos, e, falhamos em sermos fiéis, juntos na felicidade e tristeza, unidos até que a morte nos separe. É este, o conceito actual da nossa sociedade! Para obtermos esta confirmação, basta olharmos para o nosso círculo de amigos, e verificamos que o divórcio faz-se em um estalar de dedos, como se fosse uma fórmula mágica, para que se soltem as amarras da responsabilidade dos deveres matrimoniais e familiares. O divórcio é só um contrato, o casamento um pacto. Um pacto entre duas pessoas que se amam, que se querem, que se conhecem, que se respeitam, que se compreendem na carícia e no sexo. Porque o sexo, é a chama do matrimónio. Quem escreveu e profere as palavras Unam-se e multiplique-se certamente entende amaivos sexualmente e desfrutai a vida em conjunto com os seus frutos. O divórcio é para muitos o içar da âncora que o mantinha preso a alguém! Mas a verdade é outra, essa pessoa foi, até há pouco tempo atrás, o seu instrumento de orientação! O divórcio é um contrato que não passa de um simples negócio que divide pessoas como objectos. Um fica com isto, outro com aquilo e aqueles que foram paridos ficam com quem os pariu?! O sexo, é a razão pela subsistência do matrimónio mas também pelo seu fim, quando não sabemos gerir, separar, avaliar, as nossas emoções. O sexo é uma parte do corpo humano que se alimenta de empurrões, de uma luta entre corpos, de vens e vais, de abrir e meter em formas e tamanhos numa labuta de loucos minutos que pode levar a grandes dores de cabeça de uns e desgraças sociais para outros, dos que nada negoceiam, mas que muitas vezes são a mercadoria a negociar - os filhos. O que levará o ser humano a virar as costas a quem era a razão do passado, alegria do momento e a certeza do futuro. A frase do povo se desejas o alheio é porque tens falta em casa, é a frase que melhor nos justifica este fenómeno. Porque as razões que se vêem, não são desejos de paz matrimonial, mas sim, o desejo de ser levado/a aos céus por aqueles/as que lhe dizem anda, entra, abre, mete, faz, agora eu, depois tu, agora aqui, depois ali, vamos e vimos, agora e sempre entre roncos e relinchos fazendo-se passar pelo grande garanhão ou fêmea ninfomaníaca consolada!... Segundo uma sexóloga que escreve em uma revista feminina portuguesa, o sexo é o principal motivo de divórcios existentes. ( ) Usar desculpas, para que se evitem o contacto sexual, leva há suspeita que há falta de sentimentos, suspeita de traição e reflecte que não há desejo, e, se não há desejo, não há amor! E, se não se tem? Procura-se Domingos Pereira LUSITANO

12 PUBLICIDADE LUSITANO

13 PUBLICIDADE LUSITANO

14 CIDADANIA Para todos os pais de língua portuguesa residentes na cidade de Zurique e com filhos na escola primária Schulhausstrasse 22, 8022 Zurique Eléctrico nº. 7, paragem Museum Rietberg, após a estação ferroviária de Enge Programa Apresentação do Projecto InCentro: dois caminhos, um objectivo Palestra da Senhora D. Teresa Ruesch, especialista na área da migração: Conhecer o sistema escolar suíço passo a passo (letra a letra??) Questões do público Beberete Certos da importância deste evento, contamos com a sua presença! Tlf: LUSITANO

15 EDUCAÇÃO Como me dar bem com o meu professor? Sandra Teixeira Ao receberem notas fraquinhas, os alunos, em geral, ficam aborrecidos, quantas vezes revoltados, por julgarem ter feito um teste, um T.P.C. ou trabalho de grupo, de grande qualidade. Ficam ressabiados, pleonasticamente falando, ressentidos, amachucados, segundo a expressão utilizada por nossos irmãos do outro lado do Atlântico, quando a disciplina lhes parece excessiva, interpretada como rigidez de carácter do mestre, que quase sempre mais não é do que uma necessidade imperiosa de por freio à indisciplina que campeia na sala de aulas. São capaz de ficarem indignados e levam a revolta ao conhecimento dos pais, quando o professor dá especial atenção (não tratamento preferencial) aos alunos considerados pelos colegas indisciplinados e preguiçosos e invejosos de serem os "queridinhos" do professor. O professor tem de enfrentar um naipe considerável de pressões e chantagens e acusações, quase sempre infundadas, que só uma câmara na sala de aula poderia esclarecer e desmontar cabalas feitas. O livro Being Adolescent (Ser Adolescente) descreve a vivência quotidiana do professor que se move num círculo restrito e apertado, cuja missão nobre é tentar reter a atenção de um grupo de jovens " cuja mente, em geral está noutro lugar..." temperamentais, fáceis de distrair-se, quantas vezes não os surpreendemos a contarem as moscas, ou prisioneiros de um cantinho abstracto do tecto, os mais hiper-activos, fazendo bilhetinhos, acompanhados de bandas desenhadas, após 15 minutos do início da aula, tempo recorde para os mais resistentes e concentrados... Envoltos nesta realidade, será de admirar que o professor mostre mais preferência pelos alunos trabalhadores, atenciosos, educados que tratam o professor com respeito? Sucede também, virem certas acusações de alunos motivados e interessados queixando-se de terem "maus professores". Mas o que é exactamente um "bom professor"? É assim classificado por divertir? Porque é um exímio contador de piadas e anedotas? Por deixar fazer tudo o que os alunos querem na sala de aula? Porque dá notas fáceis onde não existe nem o mérito nem o esforço? O bom professor terá que ser aquele que à semelhança do descrito na bíblia, terá de ter a coragem de dar a César o que é de César e a Deus o que é de Deus. Recompensar o trabalhador e punir o indolente, o ocioso, aquele cujos atributos tem tudo menos ser responsável e levar com aprumo as tarefas que lhe são distribuídas para desenvolver na sala ou em casa. Se não houver este tipo último de aluno numa sala de aula, poderemos estar todos cientes que só existirão bons alunos e bons professores e bons encarregados de educação. O barco onde navegam tem no pai e no professor os timoneiros e nos alunos ou discentes os remadores num mar apaziguado, longe de redemoinhos, turbulências e tempestades e falsos alaridos e sem chuva copiosa e suja a cair em falso capote. A comunidade escolar no sentido transversal ou horizontal só conta com bons amigos cujo lema é o trabalho, a responsabilidade e o respeito mútuos. LUSITANO

16 CANTINHO BRASILEIRO Pérolas Pérolas Cultivadas de Água Doce: As pérolas de água doce são acessíveis e oriundas de lagos e rios da China. Possuem formato assimétrico, brilho médio a alto, e medem entre 3,5 mm a 7,0 mm. Essas pérolas são na maioria brancas, mas podem ter um sombreado rosa ou vermelho claro. Pérolas do Taiti: As pérolas do Taiti têm uma coloração única, negra a verde-acinzentada. As maiores, de 11 mm a 13 mm, são obtidas nos atóis vulcânicos e recifes do Taiti. São redondas na maioria das vezes e possuem bastante brilho. São mais caras devido à escassez e ao visual distinto. Pérolas Akoya: As pérolas Akoya são pérolas de água salgada da China e do Japão. Possuem formato arredondado e simétrico com poucas manchas e medem entre 6 mm a 8,5 mm. As pérolas Akoya possuem mais brilho que as de água doce, preços médios e uma cor clara que varia de creme a branca/rosa. Pérolas dos Mares do Sul: As enormes pérolas dos Mares do Sul (de até 13 mm), obtidas na Austrália, na Indonésia, e nas Filipinas, variam em cor de branco até o preto. Podem ser perfeitamente redondas ou ligeiramente assimétricas e brilho médio a alto. Os preços variam com o brilho. Julgue a Qualidade das Pérolas 1. Brilho: O lustre descreve o brilho da pérola. Quanto maior, mais cara. 2. Espessura do Nacre: A profundidade desta camada externa mede a qualidade da pérola. De modo geral, as pérolas maiores possuem mais nacre e mais lustre. O nacre fino pode quebrar ou descascar. 3. Textura: As pérolas naturais possuem uma ampla variedade de abrasões. Falhas mínimas não afetam o valor da pérola. Entretanto, imperfeiçõimperfeições mais óbvias reduzem o valor da pérola. Fazer furos para colares de pérolas pode ajudar a esconder os defeitos. 4. Cor: A "cor do corpo" não é um fator tão importante para decidir o valor, e a pérola pode ser cinza, azul, dourada, rosa, branca, negra, e vários tons de creme. As pérolas também podem ser tingidas, apesar dos vendedores alertarem os compradores sobre tais tratamentos. Algumas pérolas possuem segundas cores ou sobretons. Por exemplo, uma pérola branca pode ter traços de azul ou rosa vista de mais perto. 5. Formato: O formato pode variar muito. As pérolas redondas são as mais caras. As pérolas em gota e pérolas em pêra são boas para brincos. Muitos joalheiros usam pérolas barrocas irregulares para acentuar jóias. 6. Tamanho: Assim como os diamantes, as pérolas maiores são as mais caras. As pérolas redondas são medidas pelo diâmetro em milímetros: as barrocas por comprimento e largura. Preserve Suas Pérolas As pérolas não são tão resistentes quanto às pedras preciosas. Coloque-as somente após aplicar gel de cabelo, maquiagem, perfume ou outros artigos que possam danificar a pérola. Para evitar riscos, as pérolas devem ser guardadas em um pano, longe de outras jóias.. Leia na próxima edição:tudo sobre Vestidos de Noivas Marta Pérez, BrasilOnline LUSITANO

17 OPINIÃO Amor, Amar Mendes Serafim Antes de me explicar a respeito deste tema, quero dizer, exclamar que o amor é a melhor riqueza que qualquer pessoa possa ter nesta vida. Mas mais humano é dar esse amor a outras pessoas. Amar é dar-se, sem amor não há vida. Eu acredito no amor, nele sinto confiança, estou certo que quando ele é verdadeiro, não acaba, dura para toda a vida. Este é o resultado da minha forma de ver e viver o amor. Por outro lado, sei que a felicidade dele, depende de como se trabalha com esse mesmo amor. Atravessámos uma época de muitos amores, fala-se em amor, como se ele fizesse parte do consumismo exagerado, que está ao alcance de todos nós. Afinal o amor fica-se só pelo dizer? Ou vivencia-se no mais fundo do nosso ser? Para se ter resposta certa, basta notar quais os frutos que ele nos dá nestes tempos correntes. Mesmo que não queiramos saber, ignorar ou aceitar, são muitas as pessoas com vidas destruídas à causa de amores mal vividos. Para estas pessoas, o seu amor era ao! princípio, muito falado, belo e maravilhoso. É triste, faz doer, por a quantidade de divórcios, separações, pessoas com relações em conjunto, em péssimo estado. Muitas pessoas estão convencidas que viver o amor, partilhá-lo, sobre a agitação do dia a dia é complicado. Do meu ponto de vista, da minha experiência, como homem casado (duas vezes), posso afirmar que é fácil. Estou certo que é sobre a rotina diária que ele cresce, se põe à prova. Mas estou igualmente de acordo, de que não basta dizer amor, amo-te é preciso demonstrá-lo. Essa demonstração passa por gestos diários, no dialogar, na comunicação, no partilhar sonhos, alegrias e tristezas. Está completamente enganado quem pensa que amar, viver o amor, é algo que não seja olharem juntos na mesma direcção. Viver o amor, partilhar esse amor, seja ele em namorados, amantes, ou entre marido e mulher, tem de ser trabalhado, dia após dia, sempre com carinho, harmonia, tolerância, compreensão, sem orgulho e com o perdão na frente das crises, nos maus entendidos. Jamais, alguém se iluda a pensar que para amar uma pessoa basta dizerlhe: Amo-te!!!, não posso viver sem ti, ou ainda acreditar que o amor se prova com valores materiais. Que ninguém tenha dúvidas; a arte de saber viver, vai ao encontro de saber amar. Porque só o amor sacraliza a vida. A vida como se sabe é uma caminhada. Ao longo desta caminhada sucedemse quedas, perde-se o ânimo, vai-se abaixo. Nessas alturas precisamos de alguém que nos dê apoio, paz interior, bem estar e serenidade que nos aqueça o coração, nos ajude a seguir em frente. Se esse alguém for o nosso amor, será muito mais aceite e maravilhoso. Para terminar quero acrescentar que o amor è maravilhoso! Não dá para explicar, mas só amando de verdade é que ele se sente e abre infinitas possibilidades de realização, de crescimento pessoal. Pode ser difícil o relacionamento com o amor para muitas pessoas, mas sem ele a vida, torna-se pesada, as contrariedades não são vencidas no momento certo, levam mais tempo. Ele produz um encanto especial na personalidade da pessoa humana. Ele dá um novo sentido a vida. Por assim ser, desejo a todos, homens e mulheres deste planeta que amem e sejam felizes com o amor!o meu conselho para este mês: Pratica o bem sem cessar e sem desanimar, foi para isso que viestes ao mundo, segundo os planos de Deus. Publicidade LUSITANO

18 LAZER Lazer para todos Em Zurique existem dezoito Centros Comunitários espalhados pela cidade que possuem uma diversificada área de lazer e uma ampla oferta de actividades para todos os gostos e idades. - O que são estes Centros Comunitários?! Em alemão são chamados de Gemeinschaftszentren, mas popularmente conhecidos por GZ, são instalações sócio-culturais para os moradores da Cidade de Zurique. Visam promover a participação social, a igualdade de oportunidades e integração de todos os grupos da população. Existem, dezoito espalhados pela cidade, com certeza um perto de si. - O que oferecem? Oferecem cursos, actividades de lazer, pontos de encontro e muito mais. Num Centro Comunitário você tanto pode participar apenas como visitante de alguma actividade, simplesmente usufruir da cafetaria ou do playground, como também pode participar activamente organizando algum evento.. Você também pode alugar as instalações para alguma festa privada.. - São oferecidos apenas cursos? Não. Existem actividades para crianças, jovens, mulheres, pessoas da terceira idade, ou seja, para todos. Um ponto forte de muitos Centros Comunitários são as oficinas. No GZ Riesbach no Seefeld existe um atelier de cerâmica, no GZ Hirzenbach em Schwammengind um atelier de argila, no GZ Wipikingen uma oficina de marcenaria. Alguns locais possuem animais como o GZ Bachwiesen (Albisrieden) onde crianças podem ajudar a cuidar dos animais e assim fazerem experiências que faltam hoje às crianças da cidade e não tem mais contacto algum com animais e fazendas. - Como posso alugar uma sala? Tem que entrar em contacto directamente com o Centro Comunitário do seu interesse. O preço das salas depende do tamanho e da infra-estrutura Não são apenas salas de festas, ou salões com palcos, também é possível alugar, por algumas horas, um laboratório fotográfico no GZ Seebach, uma sala com bowling no GZ Affoltern ou até um atelier de pintura no GZ Schindlergut na Kronenstrasse.! - Como fico a saber das ofertas? Cada um deles publica um jornalzinho trimestral no qual constam todas as ofertas de cursos, eventos e actividades de férias. Porém, o mais fácil é aceder ao site procurar o que está mais perto de si, e ver o que ele oferece. Uma outra possibilidade é procurar por temas, como por exemplo: cursos, eventos, salas para alugar e aparecerá a oferta de todos eles. Assim você pode verificar o que mais lhe interessa adaptando sua preferência pela hora e local da actividade oferecida.! atelier de pintura no GZ Schindlergut - Quais tipos de actividades são oferecidas? A oferta em cada um dos 18 locais varia bastante. Um factor importante para esta diversificação é o tamanho das instalações. Algumas são grandes, com várias salas, com palco, e com uma boa área externa de lazer, outras são menores chegando até a ser bem pequenas, como é o caso do GZ Altstadthaus, no centro antigo.. - Que tipo de cursos eu posso frequentar? Todo tipo de cursos. Além dos tradicionais: yoga, ginástica e alemão passando por capoeira, salsa, meditação tibetana são mais de 250 cursos oferecidos nos dezoito locais. Vale a pena conferir, com certeza, você vai encontrar algo que lhe agrade! bowling no GZ Affoltern Os centros comunitários são acessíveis a todos, independente do poder aquisitivo. Anualmente, mais de um milhão de pessoas visitam e usufruem a infra-estrutura de um GZ. Interesse-se você também pelo mais perto da sua casa. Você vai achar algo que lhe interesse e aos seus filhos e com isso, certamente, se sentirá mais integrado e participante do seu local de moradia. Sónia Jordi LUSITANO

19 CIDADANIA A quem serve o novo horário de atendimento consular Por determinação da Secretaria de Estado das Comunidades Portuguesas, os serviços consulares de Zurique, têm um novo período de funcionamento para atendimento ao público: de manhã, das 09h00 às 12h30; de tarde, das 13h30 às 16h00. Manuel Beja Conselheiro das Comunidades Portuguesas na Suíça Houve um tempo já remoto em que este consulado atendia o público com estes mesmos horários. Nessa época o número de portugueses residentes nos 18 cantões suíços, abrangidos pela jurisdição consular, não chegava a um quarto do número de residentes na actualidade. Como os antigos emigrantes se recordam não foram poucos os conflitos gerados pelo problemático horário de atendimento. Por serem acontecimentos situados num passado, mais ou menos distante, ainda paira na memória os infindáveis folhetins sobre o alegado mau funcionamento do consulado, em parte atribuídos a um horário desajustado. Foi uma época algo conturbada e ultrapassada pelo esforço das últimas chefias e dos funcionários, no sentido de melhorar a qualidade de serviço e o relacionamento com os utentes. Na verdade, creio poder afirmar que o consulado recuperou muito da sua credibilidade, embora se lamente, numa ou noutra ocasião, a existência de alguns conflitos pontuais, contudo, sem semelhança com os ridículos atritos do passado. Agora, sem que se percebam bem os motivos, a antiga escala de horários de atendimento foi reposta patrioticamente há cerca de dois meses, como se fosse qualquer coisa que possa consolar, quem tem desconsolado anda. O que mais desperta a atenção é a simplicidade de como tudo é feito e a falta de respeito para com os utentes. A reposição do falhado horário não deixa de ser é uma coisa estranha e com algo por explicar. No posto consular de Zurique a actual abertura pela manhã (às 9 horas) é tardia e, há hora do almoço, se as pessoas não forem atendidas, recebem uma senha, aguardando fora das instalações, faça chuva, sol, ou neve, pela reabertura da porta. Os consulados também existem para servirem os cidadãos. Infelizmente, o SEC não pensa assim! Manuel Beja 044 LUSITANO

20 DESPORTO Campeonato de Futebol Como foi anunciado no número passado o campeonato de futebol para os diversos escalões já começou nos fins de Agosto. Foi um começo nada favorável às cores do Centro Lusitano, pois os seniores, nos 4 jogos já disputados não conseguiram alcançar nenhum ponto. Quase todos os anos isto acontece, pois quando o campeonato começa é a altura em que a maioria dos jogadores partem para as suas férias e alguns acabaram de regressar. Pensamos sinceramente que este momento menos bom que a equipa atravessa depressa vai desaparecer, porque sabemos qual o valor dos nossos atletas e de quem os orienta. A nível de Júniores não se poderia exigir mais aos nossos jogadores de palmo e meio, as vitórias também irão aparecer. De realçar a alegria e convívio que sempre reina no seu seio. Calendário da 3ª Liga 10/10 às 10h15m-F C Oetwil-Geroldswil-Centro Lusitano 17/10 às 15h15m-Centro Lusitano-F C Red-Star ZH 24/10 às 10h15m-F C Schlieren-Centro Lusitano 31/10 às 14h45m-Centro Lustano-Sporting Clube Zurique 7/11 às 10h00-F C Servia-Centro Lusitano Calendário dos Júniores 9/10 às 11h00-Centro Lusitano-Benfica Clube Zurique 23/10 às 13h30m-F C Wollerau-Centro Lusitano 30/10 às 11h00-F C Servia-Centro Lusitano 6/11 às 12h30m-Centro Lusitano-U S Avelino Pedro Silva CRÉDITOS JFA Provavelmente o mais rápido da suíça Apenas falando português não se resolvem as coisas (86Rp./min) Badenerstrasse Zürich É necessário perceber e a JFA percebe O contacto directo é muito importante Kornhausstrasse St. Gallen Dornacherstrasse Basel LUSITANO

MELHORES MOMENTOS. Expressão de Louvor Paulo Cezar

MELHORES MOMENTOS. Expressão de Louvor Paulo Cezar MELHORES MOMENTOS Expressão de Louvor Acordar bem cedo e ver o dia a nascer e o mato, molhado, anunciando o cuidado. Sob o brilho intenso como espelho a reluzir. Desvendando o mais profundo abismo, minha

Leia mais

1. Porque eu te amo nunca será suficiente 2. Porque a cada dia você me conquista mais e de um jeito novo 3. Porque a ciência não tem como explicar

1. Porque eu te amo nunca será suficiente 2. Porque a cada dia você me conquista mais e de um jeito novo 3. Porque a ciência não tem como explicar 1. Porque eu te amo nunca será suficiente 2. Porque a cada dia você me conquista mais e de um jeito novo 3. Porque a ciência não tem como explicar nosso amor 4. Porque a gente discute nossos problemas

Leia mais

Segmentos da Entrevista do Protocolo 5: Alunos do Pré-Escolar

Segmentos da Entrevista do Protocolo 5: Alunos do Pré-Escolar Segmentos da Entrevista do Protocolo 5: Alunos do Pré-Escolar CATEGORIAS OBJECTIVOS ESPECÍFICOS S. C. Sim, porque vou para a beira de um amigo, o Y. P5/E1/UR1 Vou jogar à bola, vou aprender coisas. E,

Leia mais

Catequese nº 13 (4º Catecismo) Jesus presente no irmão. Jorge Esteves

Catequese nº 13 (4º Catecismo) Jesus presente no irmão. Jorge Esteves Catequese nº 13 (4º Catecismo) Jesus presente no irmão Jorge Esteves Objectivos 1. Reconhecer que Jesus se identifica com os irmãos, sobretudo com os mais necessitados (interpretação e embora menos no

Leia mais

Ensino Português no Estrangeiro Nível A2 Prova B (13A2BA) 70 minutos

Ensino Português no Estrangeiro Nível A2 Prova B (13A2BA) 70 minutos Ensino Português no Estrangeiro Nível A2 Prova B (13A2BA) 70 minutos Prova de certificação de nível de proficiência linguística no âmbito do Quadro de Referência para o Ensino Português no Estrangeiro,

Leia mais

Enquanto há vida, há sexualidade! Perspectivas dos profissionais de saúde quanto à comunicação sobre sexualidade em cuidados paliativos

Enquanto há vida, há sexualidade! Perspectivas dos profissionais de saúde quanto à comunicação sobre sexualidade em cuidados paliativos Enquanto há vida, há sexualidade! Perspectivas dos profissionais de saúde quanto à comunicação sobre sexualidade em cuidados paliativos Entrevista de Estudo E06 Sexo Masculino Profissão - Médico Data 6

Leia mais

Quando for grande... QUERO SER PAI!

Quando for grande... QUERO SER PAI! Quando for grande... QUERO SER PAI! Ficha Técnica Autora Susana Teles Margarido Título Quando for grande...quero SER PAI! Ilustrações Joana Dias Paginação/Design Ana do Rego Oliveira Revisão Brites Araújo

Leia mais

PADRE MARCELO ROSSI ÁGAPE

PADRE MARCELO ROSSI ÁGAPE PADRE MARCELO ROSSI ÁGAPE Oo Índice Prefácio, por Gabriel Chalita...11 Introdução...19 1 O Verbo divino...27 2 As bodas de Caná...35 3 A samaritana...41 4 Multiplicação dos pães...49 5 A mulher adúltera...55

Leia mais

Doenças Respiratórias O QUE SÃO E COMO AS PREVENIR?

Doenças Respiratórias O QUE SÃO E COMO AS PREVENIR? Doenças Respiratórias O QUE SÃO E COMO AS PREVENIR? O NÚMERO DE PESSOAS AFETADAS POR DOENÇAS RESPIRATÓRIAS EVITÁVEIS NÃO PÁRA DE AUMENTAR. AS CRIANÇAS E OS MAIS VELHOS SÃO OS MAIS ATINGIDOS. SÃO DOENÇAS

Leia mais

CEGO, SURDO E MUDO (porque nao?) LETRA: Ricardo Oliveira e Mário F.

CEGO, SURDO E MUDO (porque nao?) LETRA: Ricardo Oliveira e Mário F. FRUTO PROIBIDO FRUTO PROIBIDO 1 Cego, surdo e mudo (porque não?) 2 Mundo inteiro 3 Acordo a tempo 4 Contradição 5 A água não mata a fome 6 Quem és é quanto basta 7 Nascer de novo (és capaz de me encontrar)

Leia mais

By Dr. Silvia Hartmann

By Dr. Silvia Hartmann The Emo trance Primer Portuguese By Dr. Silvia Hartmann Dra. Silvia Hartmann escreve: À medida em que nós estamos realizando novas e excitantes pesquisas; estudando aplicações especializadas e partindo

Leia mais

Era uma vez um menino muito pobre chamado João, que vivia com o papai e a

Era uma vez um menino muito pobre chamado João, que vivia com o papai e a João do Medo Era uma vez um menino muito pobre chamado João, que vivia com o papai e a mamãe dele. Um dia, esse menino teve um sonho ruim com um monstro bem feio e, quando ele acordou, não encontrou mais

Leia mais

18 - A surpresa... 175 19 A fuga... 185 20 O atraso... 193 21 Vida sem máscaras... 197 22 - A viagem... 209 23 - A revelação...

18 - A surpresa... 175 19 A fuga... 185 20 O atraso... 193 21 Vida sem máscaras... 197 22 - A viagem... 209 23 - A revelação... Sumário Agradecimentos... 7 Introdução... 9 1 - Um menino fora do seu tempo... 13 2 - O bom atraso e o vestido rosa... 23 3 - O pequeno grande amigo... 35 4 - A vingança... 47 5 - O fim da dor... 55 6

Leia mais

Catequese e adoração das crianças ao Santíssimo Sacramento

Catequese e adoração das crianças ao Santíssimo Sacramento Catequese e adoração das crianças ao Santíssimo Sacramento Paróquia de Calheiros, 1 e 2 de Março de 2008 Orientadas por: Luís Baeta CÂNTICOS E ORAÇÕES CÂNTICOS CRISTO VIVE EM MIM Cristo vive em mim, que

Leia mais

Manual de Ajuda para o Adulto. asma. Programa Nacional de Controlo

Manual de Ajuda para o Adulto. asma. Programa Nacional de Controlo Manual de Ajuda para o Adulto asma Programa Nacional de Controlo Direcção-Geral da Saúde COMISSÃO DE COORDENAÇÃO DO PROGRAMA DA ASMA 2001 EDIÇÃO Direcção-Geral da Saúde Al. D. Afonso Henriques, 45 1049-005

Leia mais

REPRESENTAÇÕES SOCIAIS DA GRAVIDEZ: A EXPERIÊNCIA DA MATERNIDADE EM INSTITUIÇÃO DADOS SÓCIO-DEMOGRÁFICOS. Idade na admissão.

REPRESENTAÇÕES SOCIAIS DA GRAVIDEZ: A EXPERIÊNCIA DA MATERNIDADE EM INSTITUIÇÃO DADOS SÓCIO-DEMOGRÁFICOS. Idade na admissão. REPRESENTAÇÕES SOCIAIS DA GRAVIDEZ: A EXPERIÊNCIA DA MATERNIDADE EM INSTITUIÇÃO Código Entrevista: 2 Data: 18/10/2010 Hora: 16h00 Duração: 23:43 Local: Casa de Santa Isabel DADOS SÓCIO-DEMOGRÁFICOS Idade

Leia mais

noite e dia marconne sousa

noite e dia marconne sousa noite e dia marconne sousa Mais uma noite na terra a terra é um lugar tão solitário cheio de pessoas, nada mais onde se esconderam os sentimentos? um dedo que aponta um dedo que desaponta um dedo que entra

Leia mais

Lição. Versículo Bíblico "Seja forte e corajoso". Josué 1:7 (NVI)

Lição. Versículo Bíblico Seja forte e corajoso. Josué 1:7 (NVI) FRUTOS-1 Descoberta Lição 12 4-6 Anos C rescimento e Mutualidade são os "Frutos" enfatizados para as crianças de 4 a 6 anos nesse currículo. Nós começamos aprendendo que a Bíblia é o melhor livro da Terra

Leia mais

I. Complete o texto seguinte com as formas correctas dos verbos ser ou estar. (5 pontos)

I. Complete o texto seguinte com as formas correctas dos verbos ser ou estar. (5 pontos) I. Complete o texto seguinte com as formas correctas dos verbos ser ou estar. Hoje. domingo e o tempo. bom. Por isso nós. todos fora de casa.. a passear à beira-mar.. agradável passar um pouco de tempo

Leia mais

Concurso Literário. O amor

Concurso Literário. O amor Concurso Literário O Amor foi o tema do Concurso Literário da Escola Nova do segundo semestre. Durante o período do Concurso, o tema foi discutido em sala e trabalhado principalmente nas aulas de Língua

Leia mais

A pneumonia é uma doença inflamatória do pulmão que afecta os alvéolos pulmonares (sacos de ar) que são preenchidos por líquido resultante da

A pneumonia é uma doença inflamatória do pulmão que afecta os alvéolos pulmonares (sacos de ar) que são preenchidos por líquido resultante da 2 A pneumonia é uma doença inflamatória do pulmão que afecta os alvéolos pulmonares (sacos de ar) que são preenchidos por líquido resultante da inflamação, o que dificulta a realização das trocas gasosas.

Leia mais

2015 O ANO DE COLHER MAIO - 1 COMO SERÁ A CIDADE?

2015 O ANO DE COLHER MAIO - 1 COMO SERÁ A CIDADE? MAIO - 1 COMO SERÁ A CIDADE? Texto: Apocalipse 21:1-2 Então vi um novo céu e uma nova terra, pois o primeiro céu e a primeira terra tinham passado; e o mar já não existia. Vi a cidade santa, a nova Jerusalém,

Leia mais

Ana Cristina Pinheiro Mário Quintaneiro. A Escolha é Somente Tua

Ana Cristina Pinheiro Mário Quintaneiro. A Escolha é Somente Tua Ana Cristina Pinheiro Mário Quintaneiro A Escolha é Somente Tua 1 Tabagismo significa abuso de tabaco. É o vício de fumar regularmente um número considerável de cigarros, cigarrilhas, charutos ou tabaco

Leia mais

Em algum lugar de mim

Em algum lugar de mim Em algum lugar de mim (Drama em ato único) Autor: Mailson Soares A - Eu vi um homem... C - Homem? Que homem? A - Um viajante... C - Ele te viu? A - Não, ia muito longe! B - Do que vocês estão falando?

Leia mais

Onde você vai encontrar as suas futuras iniciadas?????

Onde você vai encontrar as suas futuras iniciadas????? Há 16 anos quando entrou na MK, a consagrada Diretora Nacional, Gloria Mayfield, não sabia como chegar ao topo, hoje ela dá o seguinte conselho. As lições que eu aprendi na Mary Kay para me tornar uma

Leia mais

Programa RespirAr. Asma e bronquite sem crise. RespirAr

Programa RespirAr. Asma e bronquite sem crise. RespirAr Programa RespirAr. Asma e bronquite sem crise. RespirAr Prevenir é o melhor remédio para uma boa saúde, evitando-se as doenças e suas complicações. Problemas respiratórios, por exemplo, podem se tornar

Leia mais

Entendendo o que é Gênero

Entendendo o que é Gênero Entendendo o que é Gênero Sandra Unbehaum 1 Vila de Nossa Senhora da Piedade, 03 de outubro de 2002 2. Cara Professora, Hoje acordei decidida a escrever-lhe esta carta, para pedir-lhe ajuda e trocar umas

Leia mais

coleção Conversas #10 - junho 2014 - Respostas que podem estar sendo feitas para algumas perguntas Garoto de Programa por um.

coleção Conversas #10 - junho 2014 - Respostas que podem estar sendo feitas para algumas perguntas Garoto de Programa por um. coleção Conversas #10 - junho 2014 - Eu sou Estou garoto num de programa. caminho errado? Respostas para algumas perguntas que podem estar sendo feitas Garoto de Programa por um. A Coleção CONVERSAS da

Leia mais

O PERCURSO ACADÉMICO NA FBAUL E AS PERSPECTIVAS FUTURAS

O PERCURSO ACADÉMICO NA FBAUL E AS PERSPECTIVAS FUTURAS O PERCURSO ACADÉMICO NA FBAUL E AS PERSPECTIVAS FUTURAS QUE OPORTUNIDADES PÓS-LICENCIATURA ESPERAM? EXPECTATIVAS QUE INQUIETAÇÕES TÊM OS ALUNOS DE DC? MADALENA : M QUAL É A TUA PERSPECTIVA DO MERCADO

Leia mais

Prova Escrita de Português Língua Não Materna

Prova Escrita de Português Língua Não Materna EXAME NACIONAL DO ENSINO BÁSICO E DO ENSINO SECUNDÁRIO Prova 28 2.ª Chamada / 739 2.ª Fase / 2010 Decreto-Lei n.º 6/2001, de 18 de Janeiro, e Decreto-Lei n.º 74/2004, de 26 de Março A PREENCHER PELO ESTUDANTE

Leia mais

Plano de Actividades de Animação e Educação Alimentar

Plano de Actividades de Animação e Educação Alimentar Plano de Actividades de Animação e Educação Alimentar ANO 2013/2014 referenciar datas comemorativas que possam suportar referências de valores à aprendizagem das crianças promover dinâmicas que visem a

Leia mais

coleção Conversas #26 Respostas para algumas perguntas que podem estar passando pela sua cabeça.

coleção Conversas #26 Respostas para algumas perguntas que podem estar passando pela sua cabeça. Saí da prisão volto coleção Conversas #26 - setembro 2015 - e estou ou não desempregado, para o crime? Respostas para algumas perguntas que podem estar passando pela sua cabeça. A Coleção CONVERSAS, da

Leia mais

UMA VIDA DE PAZ, PACIÊNCIA E AMABILIDADE EM UM MUNDO HOSTIL.

UMA VIDA DE PAZ, PACIÊNCIA E AMABILIDADE EM UM MUNDO HOSTIL. UMA VIDA DE PAZ, PACIÊNCIA E AMABILIDADE EM UM MUNDO HOSTIL. Como sabemos o crescimento espiritual não acontece automaticamente, depende das escolhas certas e na cooperação com Deus no desenvolvimento

Leia mais

Acólitos. São João da Madeira. Cancioneiro

Acólitos. São João da Madeira. Cancioneiro Acólitos São João da Madeira Cancioneiro Índice Guiado pela mão...5 Vede Senhor...5 Se crês em Deus...5 Maria a boa mãe...5 Quanto esperei por este momento...6 Pois eu queria saber porquê?!...6 Dá-nos

Leia mais

Você sabia que... Alguns fatos sobre o meu país

Você sabia que... Alguns fatos sobre o meu país Brasil Você sabia que... A pobreza e a desigualdade causam a fome e a malnutrição. Os alimentos e outros bens e serviços básicos que afetam a segurança dos alimentos, a saúde e a nutrição água potável,

Leia mais

Vinho Novo Viver de Verdade

Vinho Novo Viver de Verdade Vinho Novo Viver de Verdade 1 - FILHOS DE DEUS - BR-LR5-11-00023 LUIZ CARLOS CARDOSO QUERO SUBIR AO MONTE DO SENHOR QUERO PERMANECER NO SANTO LUGAR QUERO LEVAR A ARCA DA ADORAÇÃO QUERO HABITAR NA CASA

Leia mais

A Bíblia seja colocada em lugar de destaque, ao lado de uma vela acesa.

A Bíblia seja colocada em lugar de destaque, ao lado de uma vela acesa. Encontro com a Palavra Agosto/2011 Mês de setembro, mês da Bíblia 1 encontro Nosso Deus se revela Leitura Bíblica: Gn. 12, 1-4 A Bíblia seja colocada em lugar de destaque, ao lado de uma vela acesa. Boas

Leia mais

Deborah Zaniolli DEBORAH ZANIOLLI DOCE VIDA DURA. 1ª Edição

Deborah Zaniolli DEBORAH ZANIOLLI DOCE VIDA DURA. 1ª Edição Deborah Zaniolli DEBORAH ZANIOLLI DOCE VIDA DURA 1ª Edição Piedade/SP Edição da Autora 2012 1 Doce vida dura Título da obra: DOCE VIDA DURA Gênero literário da obra: Não Ficção Copyright 2016 por Deborah

Leia mais

A CRUCIFICAÇÃO DE JESUS Lição 46

A CRUCIFICAÇÃO DE JESUS Lição 46 A CRUCIFICAÇÃO DE JESUS Lição 46 1 1. Objetivos: Mostrar que o Senhor Jesus morreu na cruz e foi sepultado. Ensinar que o Senhor Jesus era perfeito; não havia nada que o condenasse. Ensinar que depois

Leia mais

HISTÓRIA DE SÃO PAULO. Alunos: Tatiana Santos Ferreira, Joyce Cruvello Barroso, Jennifer Cristine Silva Torres dos Santos, Sabrina Cruz. 8ª série.

HISTÓRIA DE SÃO PAULO. Alunos: Tatiana Santos Ferreira, Joyce Cruvello Barroso, Jennifer Cristine Silva Torres dos Santos, Sabrina Cruz. 8ª série. EE Bento Pereira da Rocha HISTÓRIA DE SÃO PAULO Alunos: Tatiana Santos Ferreira, Joyce Cruvello Barroso, Jennifer Cristine Silva Torres dos Santos, Sabrina Cruz. 8ª série. História 1 CENA1 Mônica chega

Leia mais

Fraternidade Feminina Cruzeiro do Sul do GOB-RJ

Fraternidade Feminina Cruzeiro do Sul do GOB-RJ Fraternidade Feminina Cruzeiro do Sul do GOB-RJ E d i ç ã o : 0 9 A n o : A G O S T O / 2 0 1 4 Fraternidade Feminina Cruzeiro do Sul do GOB-RJ Aniversariantes do mês de Julho Editorial Dia 11: Harilda

Leia mais

PASCOM. A PASCOM agradece a todos que colaboraram com esta edição do INFORMATIVO DA PENHA nos mandando fotos,

PASCOM. A PASCOM agradece a todos que colaboraram com esta edição do INFORMATIVO DA PENHA nos mandando fotos, PASCOM A PASCOM agradece a todos que colaboraram com esta edição do INFORMATIVO DA PENHA nos mandando fotos, t e x t o s e i d é i a s p a r a a s matérias! Nossa Senhora da Penha, que sabe o nome de cada

Leia mais

FESTA DO Pai-Nosso. 1º ano. Igreja de S. José de S. Lázaro. 7 de Maio de 2005

FESTA DO Pai-Nosso. 1º ano. Igreja de S. José de S. Lázaro. 7 de Maio de 2005 FESTA DO Pai-Nosso Igreja de S. José de S. Lázaro 1º ano 1 7 de Maio de 2005 I PARTE O acolhimento será feito na Igreja. Cada criança ficará com os seus pais nos bancos destinados ao seu catequista. Durante

Leia mais

14-5-2010 MARIA JOÃO BASTOS AUTOBIOGRAFIA. [Escrever o subtítulo do documento] Bruna

14-5-2010 MARIA JOÃO BASTOS AUTOBIOGRAFIA. [Escrever o subtítulo do documento] Bruna 14-5-2010 MARIA JOÃO BASTOS AUTOBIOGRAFIA [Escrever o subtítulo do documento] Bruna Autobiografia O meu nome é Maria João, tenho 38 anos e sou natural da Nazaré, onde vivi até há sete anos atrás, sensivelmente.

Leia mais

1915-2015 SUBSÍDIOS E HORA SANTA. Por ocasião dos 100 anos do MEJ MEJ BRASIL. 1º ROTEIRO PAZ Dom e compromisso para viver melhor!

1915-2015 SUBSÍDIOS E HORA SANTA. Por ocasião dos 100 anos do MEJ MEJ BRASIL. 1º ROTEIRO PAZ Dom e compromisso para viver melhor! 1º ROTEIRO PAZ Dom e compromisso para viver melhor! 2º ROTEIRO EUCARISTIA Mistério Pascal celebrado na comunidade de fé! 3º ENCONTRO EVANGELHO Amor para anunciar e transformar o mundo! 1915-2015 SUBSÍDIOS

Leia mais

Álbum: O caminho é o Céu

Álbum: O caminho é o Céu Álbum: O caminho é o Céu ETERNA ADORAÇÃO Não há outro Deus que seja digno como tu. Não há, nem haverá outro Deus como tu. Pra te adorar, te exaltar foi que eu nasci, Senhor! Pra te adorar, te exaltar foi

Leia mais

HINÁRIO Transformação

HINÁRIO Transformação HINÁRIO Transformação Tema 2012: Flora Brasileira Pau-de-rosas (Physocalymma scaberrimum) www.hinarios.org Apolo 2 1 ORAÇÃO DA TRANSFORMAÇÃO Oh! Meu pai, livrai-me da autocomiseração e da preguiça. Dême

Leia mais

001 Você Pode Estar Correndo Sérios Riscos!

001 Você Pode Estar Correndo Sérios Riscos! 001 Você Pode Estar Correndo Sérios Riscos! Página 1 de 6 Pr. Israel Liberato Lucas 6:46-49 NVI 002 46 "Por que vocês me chamam Senhor, Senhor e não fazem o que eu digo? 47 Eu lhes mostrarei a que se compara

Leia mais

QUAL É A SUA MAIOR DÚVIDA?

QUAL É A SUA MAIOR DÚVIDA? QUAL É A SUA MAIOR DÚVIDA? Sonhos, Execução e Responsabilidade. ROBERTO FERMINO (ROCO) Q uer saber... Esta semana você é minha prioridade! Fiquei tão movido pelas dúvidas e mensagens de apoio que o mínimo

Leia mais

Caso da Maria. História Clínica Cognitivo-Comportamental. Joana Gonçalves. 7 de Março de 2008

Caso da Maria. História Clínica Cognitivo-Comportamental. Joana Gonçalves. 7 de Março de 2008 Estágio no Departamento de Psiquiatria e Saúde Mental do centro Hospitalar Cova da Beira História Clínica Cognitivo-Comportamental Caso da Maria 7 de Março de 2008 Joana Gonçalves Dados Biográficos: Nome:

Leia mais

Este testemunho é muito importante para os Jovens.

Este testemunho é muito importante para os Jovens. Este testemunho é muito importante para os Jovens. Eu sempre digo que me converti na 1ª viagem missionária que fiz, porque eu tinha 14 anos e fui com os meus pais. E nós não tínhamos opção, como é o pai

Leia mais

Rotary International Distrito 4570 Programa de Intercâmbio Internacional de Jovens

Rotary International Distrito 4570 Programa de Intercâmbio Internacional de Jovens Rotary International Distrito 4570 Programa de Intercâmbio Internacional de Jovens Depoimentos de Intercambistas Brasileiros 2 Carolina Castro foi aos Estados Unidos em 2011 Programa Longa Duração O ano

Leia mais

NO ABRIR DA MINHA BOCA (EFÉSIOS 6:19) modelo da mensagem

NO ABRIR DA MINHA BOCA (EFÉSIOS 6:19) modelo da mensagem NO ABRIR DA MINHA BOCA (EFÉSIOS 6:19) modelo da mensagem Tudo bem. Eu vou para casa! Foi o que uma moça disse a seu namorado, na República Central-Africana. Tudo começou porque ele ia fazer uma viagem

Leia mais

a seguir? 1 Gosto de sair de Portu- no final dos projectos, mas sempre com \gal os telemóveis ligados, porque se surgir uma proposta volto

a seguir? 1 Gosto de sair de Portu- no final dos projectos, mas sempre com \gal os telemóveis ligados, porque se surgir uma proposta volto a 'Gracinha' na novela 'Anjo Meu' (TVI). Sendo uma personagem cómica, sente que tem conquistado o público? Pela primeira vez sinto que há Interpreta mesmo um grande carinho do público, porque a 'Gracinha'

Leia mais

6 Estimular a Criatividade

6 Estimular a Criatividade OZARFAXINARS N.2 DEZEMBRO 2005 121 6 Estimular a Criatividade Como aspecto menos valorizado pela Escola, a criatividade pode estimular novas formas de o jovem se relacionar com o mundo, desenvolvendo atitudes

Leia mais

A PREENCHER PELO ALUNO

A PREENCHER PELO ALUNO Prova Final do 1.º e do 2.º Ciclos do Ensino Básico PLNM (A2) Prova 43 63/2.ª Fase/2015 Decreto-Lei n.º 139/2012, de 5 de julho A PREENCHER PELO ALUNO Nome completo Documento de identificação Assinatura

Leia mais

Faz um exercício de relaxamento coloca-te na presença de Deus. Reza um salmo (aquele que o teu coração pedir no momento).

Faz um exercício de relaxamento coloca-te na presença de Deus. Reza um salmo (aquele que o teu coração pedir no momento). O Caminho de Emaús Faz um exercício de relaxamento coloca-te na presença de Deus. Reza um salmo (aquele que o teu coração pedir no momento). Leitura: Lc 24, 13-35 Todos nós percorremos frequentemente o

Leia mais

Vida nova Jovens contam como superaram doenças graves. Depois de um câncer de mama aos 23 anos, Dolores Cardoso teve um filho, escreveu um livro e

Vida nova Jovens contam como superaram doenças graves. Depois de um câncer de mama aos 23 anos, Dolores Cardoso teve um filho, escreveu um livro e Sexta Vida nova Jovens contam como superaram doenças graves. Depois de um câncer de mama aos 23 anos, Dolores Cardoso teve um filho, escreveu um livro e mudou o rumo da vida profissional FOLHA DA SEXTA

Leia mais

sobre pressão alta Dr. Decio Mion

sobre pressão alta Dr. Decio Mion sobre pressão alta Dr. Decio Mion 1 2 Saiba tudo sobre pressão alta Dr. Decio Mion Chefe da Unidade de Hipertensão do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (HC-FMUSP)

Leia mais

Catequese da Adolescência 7º Catecismo Documentos de Apoio CATEQUESE 1 - SOMOS UM GRUPO COM JESUS. Documento I

Catequese da Adolescência 7º Catecismo Documentos de Apoio CATEQUESE 1 - SOMOS UM GRUPO COM JESUS. Documento I CATEQUESE 1 - SOMOS UM GRUPO COM JESUS Documento I CATEQUESE 1 - SOMOS UM GRUPO COM JESUS Documento 2 CATEQUESE 1 - SOMOS UM GRUPO COM JESUS Documento 3 CATEQUESE 2 - QUEM SOU EU? Documento 1 CATEQUESE

Leia mais

Formadora: Dr.ª Maria João Marques Formandas: Anabela Magno; Andreia Sampaio; Paula Sá; Sónia Santos

Formadora: Dr.ª Maria João Marques Formandas: Anabela Magno; Andreia Sampaio; Paula Sá; Sónia Santos Formadora: Dr.ª Maria João Marques Formandas: Anabela Magno; Andreia Sampaio; Paula Sá; Sónia Santos 1 O que é? A bronquiolite é uma doença que se carateriza por uma inflamação nos bronquíolos e que, geralmente,

Leia mais

Belo reparo. capítulo um. No Japão, eles têm o kintsugi a arte de remendar porcelanas. Hoje Nova York Apartamento de Cassandra Taylor

Belo reparo. capítulo um. No Japão, eles têm o kintsugi a arte de remendar porcelanas. Hoje Nova York Apartamento de Cassandra Taylor capítulo um Belo reparo Hoje Nova York Apartamento de Cassandra Taylor No Japão, eles têm o kintsugi a arte de remendar porcelanas preciosas com ouro. O resultado é uma peça que nitidamente foi quebrada,

Leia mais

All You Zombies. Baseado no conto original de Robert A. Heinlein, All You Zombies, 1959. Versão Portuguesa, Brasil. Wendel Coelho Mendes

All You Zombies. Baseado no conto original de Robert A. Heinlein, All You Zombies, 1959. Versão Portuguesa, Brasil. Wendel Coelho Mendes All You Zombies Wendel Coelho Mendes Versão Portuguesa, Brasil Baseado no conto original de Robert A. Heinlein, All You Zombies, 1959 Esse conto é minha versão sobre a verdadeira história de All You Zombies,

Leia mais

O andebol oferece-me coisas que a faculdade não tem é a demonstração de carácter

O andebol oferece-me coisas que a faculdade não tem é a demonstração de carácter O andebol oferece-me coisas que a faculdade não tem é a demonstração de carácter Aos 24 anos Ricardo Pesqueira tem já um longo percurso andebolístico. Cresceu para o desporto no Águas Santas, mas no currículo

Leia mais

magazine A inaugurar a época de bom tempo e de boas sardinhas

magazine A inaugurar a época de bom tempo e de boas sardinhas magazine DESTAQUES Junho 2012 Santos populares Amera 3.0 Planos ambiciosos de animação edição 34 90 exemplares www.amera.com.pt 21 444 75 30 SANTOS POPULARES A inaugurar a época de bom tempo e de boas

Leia mais

CD: Ao Sentir. Alencastro e Patrícia. 1- Ao Sentir Jairinho. Ao sentir o mundo ao meu redor. Nada vi que pudesse ser real

CD: Ao Sentir. Alencastro e Patrícia. 1- Ao Sentir Jairinho. Ao sentir o mundo ao meu redor. Nada vi que pudesse ser real Alencastro e Patrícia CD: Ao Sentir 1- Ao Sentir Jairinho Ao sentir o mundo ao meu redor Nada vi que pudesse ser real Percebi que todos buscam paz porém em vão Pois naquilo que procuram, não há solução,

Leia mais

PROFESSOR: EQUIPE DE PORTUGUÊS

PROFESSOR: EQUIPE DE PORTUGUÊS PROFESSOR: EQUIPE DE PORTUGUÊS BANCO DE QUESTÕES - PORTUGUÊS - 8º ANO - ENSINO FUNDAMENTAL ============================================================================================== BRINCADEIRA Começou

Leia mais

2010 PRÊMIO CORUJA DO SERTÃO 2ª FASE - REDAÇÃO

2010 PRÊMIO CORUJA DO SERTÃO 2ª FASE - REDAÇÃO 2010 PRÊMIO CORUJA DO SERTÃO 2ª FASE - REDAÇÃO NOME: Jaguarari, outubro de 2010. CADERNO DO 6º E 7º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL 2010 Numa carta de Papai Noel destinada às crianças, ele comunica que não será

Leia mais

Mas o mais importante é que saiba que irei sempre te amar

Mas o mais importante é que saiba que irei sempre te amar Eterna gratidão Pai, há tantas coisas que queria te falar Mas o mais importante é que saiba que irei sempre te amar É meu protetor, companheiro e amigo Aquele que sempre esteve comigo. Desde o primeiro

Leia mais

Na sala de aula com as crianças

Na sala de aula com as crianças O CD Rubem Alves Novas Estórias, volume 3, abre novas janelas de oportunidade para quem gosta da literatura. Através do audiolivro podemos apreciar encantadoras histórias e deixar fluir a imaginação. Rubem

Leia mais

Lucas Zanella. Collin Carter. & A Civilização Sem Memórias

Lucas Zanella. Collin Carter. & A Civilização Sem Memórias Lucas Zanella Collin Carter & A Civilização Sem Memórias Sumário O primeiro aviso...5 Se você pensa que esse livro é uma obra de ficção como outra qualquer, você está enganado, isso não é uma ficção. Não

Leia mais

NOVENA DE NATAL 2015. O Natal e a nossa realidade. A jovem concebeu e dará à luz um filho, e o chamará pelo nome de Emanuel.

NOVENA DE NATAL 2015. O Natal e a nossa realidade. A jovem concebeu e dará à luz um filho, e o chamará pelo nome de Emanuel. NOVENA DE NATAL 2015 O Natal e a nossa realidade A jovem concebeu e dará à luz um filho, e o chamará pelo nome de Emanuel. (Is 7,14) APRESENTAÇÃO O Natal se aproxima. Enquanto renovamos a esperança de

Leia mais

coleção Conversas #20 - MARÇO 2015 - t t o y ç r n s s Respostas perguntas para algumas que podem estar passando pela sua cabeça.

coleção Conversas #20 - MARÇO 2015 - t t o y ç r n s s Respostas perguntas para algumas que podem estar passando pela sua cabeça. Vocês acham possam a coleção Conversas #20 - MARÇO 2015 - cer d o t t o a r que ga cr ia n y ç a s s? Respostas perguntas para algumas que podem estar passando pela sua cabeça. A Coleção CONVERSAS da Editora

Leia mais

O QUE SE SABE SOBRE A MIOPATIA?

O QUE SE SABE SOBRE A MIOPATIA? 1 TODO O MUNDO É DIFERENTE, NINGUÉM É PERFEITO Toda a gente é diferente; ninguém é perfeito. Se olhares á tua volta, verás crianças que têm problemas nos olhos e que usam óculos; outras, que ouvem mal;

Leia mais

O PROTOCOLO BÁSICO PARA OCASIÕES FORMAIS

O PROTOCOLO BÁSICO PARA OCASIÕES FORMAIS O PROTOCOLO BÁSICO PARA OCASIÕES FORMAIS Janeiro de 2001 O PROTOCOLO BÁSICO PARA OCASIÕES FORMAIS 1) Saber que o pão se corta sempre com as mãos, que um homem não se deve sentar até que todas as mulheres

Leia mais

Gratuidade com os outros

Gratuidade com os outros 2ª feira, dia 21 de setembro de 2015 Gratuidade com os outros Bom dia! Com certeza, todos nós já experimentamos como é bom brincar com amigos, como nos faz felizes trocar jogos e brinquedos, como sabe

Leia mais

L0NGE, atrás em monte, sol cair e céu ficar em fogo. Fraco, Eu

L0NGE, atrás em monte, sol cair e céu ficar em fogo. Fraco, Eu 5 L0NGE, atrás em monte, sol cair e céu ficar em fogo. Fraco, Eu subir monte, pés d Eu molhados em erva fria. Não haver erva em cima em monte. Só haver terra, em volta, monte como cabeça de homem sem cabelo.

Leia mais

Instituto de Ciências Sociais da Universidade de Lisboa

Instituto de Ciências Sociais da Universidade de Lisboa Instituto de Ciências Sociais da Universidade de Lisboa A Universidade de Lisboa está a fazer um estudo que procura saber como é que as crianças e os jovens portugueses utilizam a internet e o que pensam

Leia mais

AJUDA DE MÃE. APOIO DO FUNDO SOCIAL EUROPEU: Através do Programa Operacional da Região de Lisboa e Vale do Tejo (PORLVT)

AJUDA DE MÃE. APOIO DO FUNDO SOCIAL EUROPEU: Através do Programa Operacional da Região de Lisboa e Vale do Tejo (PORLVT) AJUDA DE MÃE APOIO DO FUNDO SOCIAL EUROPEU: Através do Programa Operacional da Região de Lisboa e Vale do Tejo (PORLVT) Objectivos: Informar, apoiar, encaminhar e acolher a mulher grávida. Ajudar cada

Leia mais

CANTOS - Novena de Natal

CANTOS - Novena de Natal 1 1 - Refrão Meditativo (Ritmo: Toada) D A7 D % G Em A7 % Onde reina o amor, frater---no amor. D A7 D % G A7 D Onde reina o amor, Deus aí está! 2 - Deus Trino (Ritmo: Balada) G % % C Em nome do Pai / Em

Leia mais

Marcos Tolentino revela como se tornou o presidente da Rede Brasil de Televisão - RBTV

Marcos Tolentino revela como se tornou o presidente da Rede Brasil de Televisão - RBTV DINO - Divulgador de Notícias Marcos Tolentino revela como se tornou o presidente da Rede Brasil de Televisão - RBTV Marcos Tolentino conta sua trajetória e revela como o filho de um vendedor de carros

Leia mais

PERTO DE TI AUTOR: SILAS SOUZA MAGALHÃES. Tu és meu salvador. Minha rocha eterna. Tu és minha justiça, ó Deus. Tu és Jesus, amado da Minh alma.

PERTO DE TI AUTOR: SILAS SOUZA MAGALHÃES. Tu és meu salvador. Minha rocha eterna. Tu és minha justiça, ó Deus. Tu és Jesus, amado da Minh alma. PERTO DE TI Tu és meu salvador. Minha rocha eterna. Tu és minha justiça, ó Deus. Tu és Jesus, amado da Minh alma. Jesus! Perto de ti, sou mais e mais. Obedeço a tua voz. Pois eu sei que tu és Senhor, o

Leia mais

CELEBRAÇÃO DA FESTA DA PALAVRA

CELEBRAÇÃO DA FESTA DA PALAVRA PARÓQUIA DE SANTA MARIA DE BORBA CELEBRAÇÃO DA FESTA DA PALAVRA Feliz o homem que ama a Palavra do Senhor e Nela medita dia e noite (Sl 1, 1-2) 4º ANO da CATEQUESE 17 de Janeiro de 09 ENTRADA PROCESSIONAL

Leia mais

NOVENA COM AS CRIANÇAS NOSSA SENHORA APARECIDA 2015

NOVENA COM AS CRIANÇAS NOSSA SENHORA APARECIDA 2015 1 2 COM MARIA, EM JESUS, CHEGAMOS À GLÓRIA! 5º Dia (Dia 07/10 Quarta-feira) CRIANÇA: BELEZA DA TERNURA DIVINA! Na festa de Maria, unidos neste Santuário, damos graças a Deus, por meio de Maria, pela vida

Leia mais

ASSOCIAÇÃO ESPÍRITA LUZ E AMOR AELA

ASSOCIAÇÃO ESPÍRITA LUZ E AMOR AELA PSÍCÓGRAFA A Paz! Estou aqui presente para ajudar em teu trabalho! Minha irmã, estou sempre presente, mas nem sempre me é possível fazer comunicação contigo, pois existem outros irmãos que estão contigo

Leia mais

Boletim Informativo. Centro Geriátrico Comunitário Quintinha da Conceição. Maio de 2012. Como viver em comunidade num Lar Geriátrico

Boletim Informativo. Centro Geriátrico Comunitário Quintinha da Conceição. Maio de 2012. Como viver em comunidade num Lar Geriátrico Boletim Informativo Centro Geriátrico Comunitário Quintinha da Conceição Maio de 2012 Como viver em comunidade num Lar Geriátrico Temas importantes: -Como Viver em comunidade num Centro Geriátrico; -Novas

Leia mais

Bloco Mauricio Diogo. Agora não há como voltar atrás.

Bloco Mauricio Diogo. Agora não há como voltar atrás. Bloco Mauricio Diogo Vejo um bloco de mármore branco. A rocha dura. A rocha é dura. O mármore tem textura. É duro. Resistente. Sincero. Tem caráter. Há mármore rosa, bege, azul, branco. O escultor doma

Leia mais

MISSA DE ABERTURA DA CATEQUESE

MISSA DE ABERTURA DA CATEQUESE MISSA DE ABERTURA DA CATEQUESE XXV domingo do tempo comum 23/09/2012 Igreja de Cedofeita ENTRADA Eu vi meu Deus e Senhor, aleluia, aleluia. Cantai ao amor, cantai, aleluia, aleluia. ADMONIÇÃO DE ENTRADA

Leia mais

coleção Conversas #25 u s Respostas perguntas para algumas que podem estar passando pela sua cabeça.

coleção Conversas #25 u s Respostas perguntas para algumas que podem estar passando pela sua cabeça. coleção Conversas #25 Nã Po o s s o c s on c o ig lo o c á cuidar dos m - l os e m u m a e u cl s ín p ic ais a?. Respostas perguntas para algumas que podem estar passando pela sua cabeça. A Coleção CONVERSAS

Leia mais

Dicas. do professor. Eliseu Gabriel. Como estudar? Incentivar a leitura e o estudo é um ato de amor e respeito ao ser humano

Dicas. do professor. Eliseu Gabriel. Como estudar? Incentivar a leitura e o estudo é um ato de amor e respeito ao ser humano Incentivar a leitura e o estudo é um ato de amor e respeito ao ser humano Eliseu Gabriel O vereador e professor Eliseu Gabriel conseguiu aprovar uma Lei para ajudar a despertar o gosto pelo estudo e a

Leia mais

Tenho um filho. Já tive um marido. Tenho agora um filho

Tenho um filho. Já tive um marido. Tenho agora um filho o príncipe lá de casa Tenho um filho. Já tive um marido. Tenho agora um filho e talvez queira outra vez um marido. Mas quando se tem um filho e já se teve um marido, um homem não nos serve exatamente para

Leia mais

BOM DIA DIÁRIO. Guia: Em nome do Pai

BOM DIA DIÁRIO. Guia: Em nome do Pai BOM DIA DIÁRIO Segunda-feira (04.05.2015) Maria, mãe de Jesus e nossa mãe Guia: 2.º Ciclo: Padre Luís Almeida 3.º Ciclo: Padre Aníbal Afonso Mi+ Si+ Uma entre todas foi a escolhida, Do#- Sol#+ Foste tu,

Leia mais

Desportistas. Recomendações para Ondas de Calor. Saúde e Desenolvimento Humano

Desportistas. Recomendações para Ondas de Calor. Saúde e Desenolvimento Humano A prática regular e moderada da actividade física pode trazer benefícios substanciais para a saúde da população, como seja reduzir para metade o risco de doenças coronárias, baixar o risco de desenvolver

Leia mais

Apoio: Patrocínio: Realização:

Apoio: Patrocínio: Realização: 1 Apoio: Patrocínio: Realização: 2 O MENINO MAU Hans Christian Andersen 3 Contos de Hans Christian Andersen Hans Christian Andersen nasceu em Odensae, em 2 de abril de 1805, e faleceu em Conpenhague em

Leia mais

Projeto Providência. Criança Esperança apoia projeto que é exemplo de esforço e dedicação em benefício de crianças e adolescentes carentes

Projeto Providência. Criança Esperança apoia projeto que é exemplo de esforço e dedicação em benefício de crianças e adolescentes carentes ações de cidadania Criança Esperança apoia projeto que é exemplo de esforço e dedicação em benefício de crianças e adolescentes carentes Com o apoio da UNESCO, por meio do Programa Criança Esperança, a

Leia mais

ESCOLA ESTADUAL AUGUSTO AIRES DA MATA MACHADO. MATÉRIA: LÍNGUA PORTUGUESA. PROF.: MARCÉLIA ALVES RANULFO ASSUNTO: PRODUÇÃO DE TEXTO.

ESCOLA ESTADUAL AUGUSTO AIRES DA MATA MACHADO. MATÉRIA: LÍNGUA PORTUGUESA. PROF.: MARCÉLIA ALVES RANULFO ASSUNTO: PRODUÇÃO DE TEXTO. PROF.: MARCÉLIA ALVES RANULFO ALUNO: Victor Maykon Oliveira Silva TURMA: 6º ANO A ÁGUA A água é muito importante para nossa vida. Não devemos desperdiçar. Se você soubesse como ela é boa! Mata a sede de

Leia mais

Mosteiro dos Jerónimos

Mosteiro dos Jerónimos Mosteiro dos Jerónimos Guia de visita dos 6 aos 12 anos Serviço Educativo do Mosteiro dos Jerónimos/ Torre de Belém Bem-vindo ao Mosteiro dos Jerónimos A tua visita de estudo começa logo no Exterior do

Leia mais

NA BATALHA DE ATOLEIROS

NA BATALHA DE ATOLEIROS NA BATALHA DE ATOLEIROS Passaram 627 anos, desde que os Portugueses e os Espanhóis, se defrontaram na batalha de Atoleiros. Mais uma vez se comemorará na Vila de Fronteira, a vitoria dos Portugueses, que

Leia mais

R E L A T Ó R I O D E E S T Á G I O

R E L A T Ó R I O D E E S T Á G I O INSTITUTO POLITÉCNICO DA GUARDA ESCOLA SUPERIOR DE EDUCAÇÃO COMUNICAÇÃO E DESPORTO R E L A T Ó R I O D E E S T Á G I O RICARDO JORGE MARCELO ALMEIDA RELATÓRIO PARA A OBTENÇÃO DO DIPLOMA DE ESPECIALIZAÇÃO

Leia mais