Data emissão: Quotista: N :

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Data emissão: Quotista: N :"

Transcrição

1 CEDIT SUISSE HEDGING-GIFFO MAP CSHG MAPFE JUO EAL Fundo de Investimento em Cotas de Fundo de Investimento Multimercado Data emissão: Quotista: N : CAPÍTULO I: DO FUNDO 1.O CSHG MAPFE JUO EAL FUNDO DE INVESTIMENTO EM COTAS DE FUNDO DE INVESTIMENTO MULTIMECADO, doravante denominado FUNDO, constituído sob forma de condomínio aberto, com prazo indeterminado de duração, é regido pelo presente egulamento e pelas disposições legais que lhe forem aplicáveis. CAPÍTULO II: DA ADMINISTAÇÃO 2. O FUNDO será administrado pela CEDIT SUISSE HEDGING-GIFFO COETOA DE VALOES S.A.,instituição com sede na Cidade de São Paulo, Estado de São Paulo, na Avenida Juscelino Kubitschek, nº 1.830, Torre IV, 7º andar, inscrita no CNPJ/MF sob o nº / , designada ADMINISTADOA, e seu exercício social encerrar-se-á em 30 de junho de cada ano A gestão da carteira do FUNDO será exercida por CEDIT SUISSE HEDGING-GIFFO ASSET MANAGEMENT S.A., sociedade devidamente autorizada pela Comissão de Valores Mobiliários a exercer a atividade de administradora de recursos de terceiros, com sede na Cidade de São Paulo, Estado de São Paulo, na Avenida Juscelino Kubitschek, nº 1.830, Torre III, 7º andar inscrita no CNPJ/MF sob o nº / O Banco Itaú S.A., instituição com sede na Cidade de São Paulo, Estado de São Paulo, na Praça Alfredo E.S. Aranha, nº Torre Itausa, inscrita no CNPJ/MF sob o nº / , prestará os serviços de custódia dos ativos integrantes da carteira do FUNDO e de liquidação financeira de suas operações. CAPÍTULO III: DO OBJETIVO E DA POLÍTICA DE INVESTIMENTO Objetivo: O FUNDO DE INVESTIMENTO EM COTAS DE FUNDO DE INVESTIMENTO MULTIMECADO que tem por objetivo a aplicação dos recursos do seu participante (o Cotista ), com a finalidade de proporcionar-lhe rendimentos resultantes da administração de sua carteira de investimentos, de acordo com a política de investimento abaixo descrita Público Alvo: O FUNDO é destinado, exclusivamente, a acolher recursos referentes às reservas técnicas dos Planos Geradores de Benefício Livre PGBL, do tipo Composto, da Mapfre Vera Cruz Vida e Previdência S/A, e dos Vidas Geradores de Benefício Livre VGBL, do tipo Composto, da Mapfre Vera Cruz Vida e Previdência S/A, investidor qualificado nos termos do artigo 109 da Instrução CVM nº 409/04, inscrita no CNPJ nº / (a INSTITUIDOA ) Política de Investimento: v 03/11 O Fundo aloca 100% (cem por cento) de seus recursos em cotas do CSHG MASTE JUO E A L F U N D O D E I N V E S T I M E N T O MULTIMECADO ( MASTE JUO EAL ), fundo administrado pela Credit Suisse Hedging- Griffo Corretora de Valores S.A. e gerido pela Credit Suisse Hedging-Griffo Asset Management S.A., que tem a política de investimento abaixo descrita: 2.3. A PricewaterhouseCoopers (PwC) será a empresa responsável pela auditoria das demonstrações financeiras do Fundo A distribuição de cotas do FUNDO será efetuada pela CEDIT SUISSE HEDGING- GIFFO COETOA DE VALOES S.A As aplicações do MASTE JUO EAL deverão estar representadas, isolada ou cumulativamente, pelos seguintes ativos e modalidades operacionais, sem prejuízo dos limites e restrições previstos na regulamentação editada pela Comissão de Valores Mobiliários: Atendimento a Clientes: DDG Ouvidoria CSHG: DDG ou pelo site

2 Ativos de enda Fixa I - até 100% (cem por cento) em: a) títulos de emissão do Tesouro Nacional; b) títulos de emissão do Banco Central do Brasil; c) créditos securitizados pelo Tesouro Nacional; d) títulos de emissão de estados e municípios objeto de contratos firmados ao amparo da Lei 9.496, de 11 de setembro de 1997, ou da Medida Provisória , de 24 de agosto de 2001; e) cotas de fundos de investimento, constituídos sob a forma de condomínio aberto, cujas carteiras estejam representadas exclusivamente pelos títulos referidos nas alíneas "a" a "c" deste artigo, dos quais as sociedades seguradoras, as sociedades de capitalização e as entidades abertas de previdência complementar sejam as únicas cotistas, e ressalvadas as disponibilidades de caixa permitidas pela regulamentação em vigor; II - até 80% (oitenta por cento) em: a) certificados e recibos de depósito bancário; b) letras de câmbio de aceite de instituições financeiras; c) letras hipotecárias; d) letras e cédulas de crédito imobiliário; e) cédulas de crédito bancário consideradas, pela sociedade seguradora, pela sociedade de capitalização ou pela entidade aberta de previdência complementar, com base em classificação efetuada por agência classificadora de risco em funcionamento no País, como de baixo risco de crédito; f) certificados de cédulas de crédito bancário considerados, pela sociedade seguradora, pela sociedade de capitalização ou pela entidade aberta de previdência complementar, com base em classificação efetuada por agência classificadora de risco em funcionamento no País, como de baixo risco de crédito; g) debêntures de distribuição pública; h) cédulas de debêntures; i) notas promissórias emitidas por sociedades por ações, destinadas a oferta pública; j) certificados de recebíveis imobiliários; l) contratos mercantis de compra e venda de produtos, mercadorias e/ou serviços para entrega ou prestação futura, bem como em títulos ou certificados representativos desses contratos; m) cotas de fundos de investimento constituídos sob a forma de condomínio aberto; n) cotas de fundos de investimento em cotas de fundos de investimento constituídos sob a forma de condomínio aberto; o) depósitos de poupança; III - até 10% (dez por cento) em: a) cotas de fundos de investimento classificados como fundos de dívida externa, constituídos sob a forma de condomínio aberto; b) cotas de fundos de investimento em cotas de de dívida externa, constituídos sob a forma de condomínio aberto; c) cotas de fundos de investimento em direitos creditórios; d) cotas de fundos de investimento em cotas de fundos de investimento em direitos creditórios; e) cotas de fundos de investimento classificados como fundos cambiais, constituídos sob a forma de condomínio aberto; f) cotas de fundos de investimento em cotas de cambiais, constituídos sob a forma de condomínio aberto; IV - até 5% (cinco por cento) em:

3 a) cédulas de produto rural com liquidação financeira; b) letras de crédito do agronegócio; c) certificados de direitos creditórios do agronegócio; d) certificados de recebíveis do agronegócio Adicionalmente aos limites estabelecidos nos incisos acima, as aplicações em letras de câmbio, em letras e cédulas de crédito imobiliário, em cédulas de crédito bancário, em certificados de cédulas de crédito bancário, em debêntures, em cédulas de debêntures, em notas promissórias e em certificados de recebíveis imobiliários de uma única companhia não podem exceder 5% (cinco por cento) do valor total dos recursos Ativos de enda Variável I - até 49% (quarenta e nove por cento) em: a) ações, bônus de subscrição de ações, recibos de subscrição de ações e certificados de depósitos de ações de emissão de companhias abertas negociadas em bolsa de valores; b) cotas de fundos de investimento classificados como fundos de ações, constituídos sob a forma de condomínio aberto, cujas carteiras estejam representadas por valores mobiliários referidos na alínea "a" deste inciso; c) cotas de fundos de investimento em cotas de de ações, constituídos sob a forma de condomínio aberto, cujas carteiras estejam representadas por cotas dos fundos de investimento referidos na alínea "b" deste inciso; d) cotas de fundos de investimento classificados como fundos referenciados em índices do mercado de ações, constituídos sob a forma de condomínio aberto; e) cotas de fundos de investimento em cotas de referenciados em índices do mercado de ações, constituídos sob a forma de condomínio aberto; II - até 15% (quinze por cento) em: a) cotas de fundos de investimento classificados como fundos multimercado, constituídos sob a forma de condomínio aberto; b) cotas de fundos de investimento em cotas de multimercado, constituídos sob a forma de condomínio aberto; III - até 5% (cinco por cento) em ações, em bônus de subscrição de ações, em recibos de subscrição de ações e em certificados de depósitos de ações de companhia aberta admitidos à negociação em mercado de balcão organizado por entidade credenciada na CVM; IV - até 3% (três por cento) nos seguintes ativos, observadas as condições definidas no 2º da esolução BACEN Nº de 31 de março de 2006: a) ações e debêntures de emissão de sociedades de propósito específico constituídas com a finalidade de viabilizar financiamento de projetos; b) cotas de fundos de investimento em empresas emergentes; c) cotas de fundos de investimento em participações; d) cotas de fundos de investimento classificados como fundos de ações, constituídos sob a forma de condomínio fechado; e) cotas de fundos de investimento em cotas de de ações, constituídos sob a forma de condomínio fechado; f) cotas de fundos de investimento classificados como fundos referenciados em índices do mercado de ações, constituídos sob a forma de condomínio fechado;

4 g) cotas de fundos de investimento em cotas de referenciados em índices do mercado de ações, constituídos sob a forma de condomínio fechado; V - até 3% (três por cento) em: a) certificados de depósito de valores mobiliários com lastro em ações de emissão de companhia aberta, ou de companhia que tenha características semelhantes às companhias abertas brasileiras, com sede no exterior (Brazilian Depositary eceipts - BDs), classificados nos Níveis II e III definidos na regulamentação baixada pela CVM, cujos programas tenham sido registrados naquela autarquia; b) ações de emissão de companhias sediadas em países signatários do Mercosul - Mercado Comum do Sul ou em certificados de depósito dessas ações admitidos à negociação em bolsa de valores no País, observado o disposto na esolução 1.968, de 30 de setembro de 1992; c) debêntures com participação nos lucros cuja distribuição tenha sido registrada na CVM As aplicações em ações de uma mesma companhia não podem exceder: I - 20% (vinte por cento) do capital votante dessa; II - 20% (vinte por cento) do capital total dessa; III - 5% (cinco por cento) do valor total dos recursos, podendo esse limite ser majorado para até 10% (dez por cento) no caso de ações: a) de emissão de companhias que, em função de adesão aos padrões de governança societária definidos - conforme Anexos I e II ao egulamento anexo à esolução 3.121, de 2003, e alterações posteriores - por bolsa de valores ou entidade mantenedora de mercado de balcão organizado credenciada na CVM, sejam classificadas nos moldes do Novo Mercado ou do Nível 2 da Bovespa; b) representativas de percentual igual ou superior a 3% (três por cento) do Ibovespa, do IBX ou do IBX Para fins de verificação da observância dos limites de que trata o item , deve ser adicionado, ao total de ações, o total de bônus de subscrição e de debêntures conversíveis em ações de uma mesma companhia As aplicações dos recursos em cotas de quaisquer dos fundos de investimento a seguir especificados não podem exceder 25% (vinte e cinco por cento) do patrimônio líquido desses: I - fundo de investimento em direitos creditórios, constituído sob a forma de condomínio fechado; II - fundo de investimento em cotas de fundos de investimento em direitos creditórios, constituído sob a forma de condomínio fechado; III - fundo de investimento imobiliário; IV - fundo de investimento em participações; V - fundo de investimento em empresas emergentes O total das aplicações em valores mobiliários de uma mesma série, exceto ações, bônus de subscrição de ações, recibos de subscrição de ações de uma companhia e certificados de recebíveis imobiliários, não pode exceder 25% (vinte e cinco por cento) da série O MASTE JUO EAL poderá tomar ações ou outros títulos e valores mobiliários em empréstimo, sendo vedado ao fundo emprestar ações ou outros valores mobiliários, excetuados os casos expressamente previstos na lei e na regulamentação pertinente O MASTE JUO EAL poderá atuar nos mercados de derivativos, desde que as correspondentes operações sejam limitadas a até 50% (cinqüenta por cento) do patrimônio líquido, vedado seu uso para alavancagem É vedado à ADMINISTADOA ou GESTOA aplicar recursos do MASTE JUO EAL em cotas de fundos de investimento cuja atuação nos mercados de derivativos gere exposição superior a uma vez o respectivo

5 patrimônio líquido. 3.7.É vedado à ADMINISTADOA ou GESTOA aplicar recursos do MASTE JUO EAL em cotas de fundos de investimento que prevejam cobrança de taxa de performance ou de desempenho Para a seleção de ações utiliza-se o Valuation, metodologia de análise fundamentalista (amplamente utilizada no mercado financeiro), bem como comparativos de índices financeiros e operacionais, e de preços entre empresas que atuam em atividades similares Para selecionar os fundos em que o MASTE JUO EAL investe utilizam-se critérios quantitativos (análise de variância e covariância) e qualitativos (qualidade e consistência da gestão) O MASTE JUO EAL não poderá deter em seu patrimônio líquido, títulos ou valores mobiliários de emissão da ADMINISTADOA, da GESTOA ou de empresas a eles ligadas, vedada a aquisição de ações de emissão da ADMINISTADOA O MASTE JUO EAL poderá aplicar até 100% de seu patrimônio em cotas de fundos de i n v e s t i m e n t o a d m i n i s t r a d o s p e l a ADMINISTADOA, pela GESTOA ou empresa a eles ligada O total de títulos de emissão de uma mesma companhia aberta, de seu controlador, de sociedades por ela direta ou indiretamente controladas e de coligadas ou outras sociedades sob controle comum não pode exceder 10% (dez por cento) do patrimônio líquido do FUNDO O total de emissão ou co-obrigação de uma mesma instituição financeira, de seu controlador, de sociedades por ele(a) direta ou indiretamente controladas e de suas coligadas sob controle comum pode exceder o percentual referido no item supra, observado o máximo de 20% (vinte por cento) do patrimônio líquido do MASTE JUO EAL Excluem-se do limite disposto neste item as aplicações em títulos públicos federais e a realização de operações compromissadas lastreadas nos referidos títulos O limite referido neste item deve ser cumprido diariamente, com base no patrimônio líquido do MASTE JUO EAL do dia útil imediatamente anterior É vedado à ADMINISTADOA, à INSTITUIDOA e à GESTOA, bem como às empresas a elas ligadas, atuar como contraparte, mesmo que indiretamente, em operações com a carteira do MASTE JUO EAL. Excetuam-se da vedação deste item as operações compromissadas destinadas à aplicação por um dia, de recursos aplicados pela INSTITUIDOA no MASTE JUO EAL e que não puderam ser alocados em outros ativos no dia, na forma da regulamentação É vedado à ADMINISTADOA e à GESTOA contratar operações por conta do MASTE JUO EAL tendo como contraparte qualquer dos fundos de investimento ou carteiras sob sua administração Não obstante a diligência do ADMINISTADO e da GESTOA em colocar em prática a política de investimento delineada neste artigo, os investimentos do MASTE JUO EAL, por sua própria natureza, estarão sempre sujeitos às flutuações de mercado e a riscos de crédito. Eventos extraordinários de qualquer natureza, inclusive, mas não limitados, àqueles de caráter político, econômico ou financeiro que impliquem em condições adversas de liquidez ou de negociação atípica nos mercados de atuação do MASTE JUO EAL, poderão apresentar perdas representativas de seu patrimônio, inclusive perda total, Este fundo utiliza estratégias com derivativos como parte integrante de sua política de investimento. Tais estratégias, da forma como são adotadas, podem resultar em significativas perdas patrimoniais para seus cotistas Nos termos da regulamentação em vigor, o FUNDO não apresenta prospecto.

6 3.15. O FUNDO efetuará suas aplicações respeitando os critérios de diversificação aplicáveis às eservas Técnicas de Planos de Previdência Complementar e Seguros de Pessoas com Cobertura de Sobrevivência, conforme legislação vigente. CAPÍTULO IV: DA TAXA DE ADMINISTAÇÃO 4. O FUNDO pagará, mensalmente, a título de taxa de administração 1,1% (um inteiro e um décimo por cento) ao ano sobre o valor do patrimônio líquido do FUNDO, calculada e deduzida diariamente do patrimônio líquido do Fundo, e paga mensalmente até o quinto dia útil do mês subsequente ao que se refere O MASTE JUO EAL não pagará taxa de administração ou performance A ADMINISTADOA e demais prestadores de serviço perceberão, respectivamente, nos termos da regulamentação em vigor, pela prestação de seus serviços, os percentuais do total devido pelo FUNDO a título de taxa de administração definidos nos contratos celebrados Os impostos eventualmente incidentes sobre cada uma das parcelas da remuneração total, devida à ADMINISTADOA ou a outros prestadores de serviços, deverão ser suportados exclusivamente por cada prestador, incidentes sobre a parcela que lhe caiba na remuneração total. CAPÍTULO V: DOS DEMAIS ENCAGOS DO FUNDO 5. Constituem encargos do FUNDO as seguintes despesas, que lhe podem ser debitadas diretamente: I- taxas, impostos ou contribuições federais, estaduais, municipais ou autárquicas, que recaiam ou venham a recair sobre os bens, direitos e obrigações do fundo; II- despesas com o registro de documentos em cartório, impressão, expedição e publicação de relatórios previstos na Instrução CVM nº 409/04; III- despesas com correspondência de interesse do fundo, inclusive comunicações aos cotistas; IV- honorários e despesas do auditor independente; V- emolumentos e comissões pagas por operações do fundo; VI- honorários de advogado, custas e despesas processuais correlatas, incorridas em razão de defesa dos interesses do fundo, em juízo ou fora dele, inclusive o valor da condenação imputada ao fundo, se for o caso; VII- parcela de prejuízos não coberta por apólices de seguro e não decorrente diretamente de culpa ou dolo dos prestadores dos serviços de administração no exercício de suas respectivas funções; VIII- despesas relacionadas, direta ou indiretamente, ao exercício de direito de voto do fundo pelo administrador ou por seus representantes legalmente constituídos, em assembléias gerais das companhias nas quais o fundo detenha participação; IX- despesas com custódia e liquidação de operações com títulos e valores mobiliários e demais ativos financeiros; X- despesas com fechamento de câmbio, vinculadas às suas operações ou com certificados ou recibos de depósito de valores mobiliários; XI- as taxas de administração e de performance, conforme previsto no item 4. supra; 5.1. Quaisquer despesas não previstas como encargos do FUNDO, correm por conta da ADMINISTADOA, devendo ser por ele contratados. CAPÍTULO VI: DA EMISSÃO E COLOCAÇÃO DE COTAS 6. As cotas do FUNDO correspondem a frações ideais de seu patrimônio, sendo nominativas, escriturais e conferem iguais direitos e obrigações

7 a todos os Cotistas As cotas do FUNDO não podem ser objeto de cessão ou transferência, salvo por decisão judicial ou sucessão universal ou nos casos expressamente previstos em lei As cotas do FUNDO são, na forma da lei, os ativos garantidores das provisões, reservas e fundos do respectivo(s) plano(s), devendo estar permanentemente, vinculadas ao órgão executivo do Sistema Nacional de Seguros Privados, não podendo ser gravadas sob qualquer forma ou oferecidas como garantia para quaisquer outros fins Na emissão de cotas do FUNDO deve ser utilizado o valor da cota em vigor na abertura dos mercados no dia da efetiva disponibilidade dos recursos pelos investidores à ADMINISTADOA Para os fins do disposto no item acima, o horário de movimentação será aquele estipulado pela ADMINISTADOA Os eventuais ajustes decorrentes das movimentações ocorridas durante o dia deverão ser lançados contra o patrimônio do fundo O cotista por ocasião do ingresso no FUNDO, deverá atestar, mediante Termo próprio que: I recebeu o presente egulamento do FUNDO; II tomou ciência dos riscos envolvidos e da política de investimento É facultado à ADMINISTADOA em conjunto com a GESTOA, suspender, a qualquer momento, novas aplicações no FUNDO, desde que tal suspensão se aplique indistintamente a novos investidores e cotistas atuais Em feriados de âmbito federal, estadual ou municipal na praça em que está sediada a ADMINISTADOA, bem como sábados e domingos, não poderão ser efetivadas aplicações no FUNDO, as quais serão processadas no primeiro dia útil subsequente. CAPÍTULO VII: DO ESGATE DE COTAS 7.1. O valor da cota utilizado para o resgate deve ser aquele apurado na abertura do dia do recebimento do pedido de resgate na sede ou nas dependências da ADMINISTADOA, devendo o pagamento ser efetivado no primeiro dia útil subseqüente ao dia da conversão da cota de resgate Para os fins do disposto no item acima, o horário de movimentação será aquele estipulado pela ADMINISTADOA Os eventuais ajustes decorrentes das movimentações ocorridas durante o dia deverão ser lançados contra o patrimônio do fundo A aplicação e o resgate de cotas do FUNDO podem ser efetuados por débito e crédito em conta corrente de investimento, documento de ordem de crédito (DOC), transferência eletrônica disponível (TED) ou, ainda, pelo Sistema de Cotas de Fundos da CETIP, sendo que as movimentações serão sempre realizadas em nome dos Cotistas Não há valores mínimos ou máximos de aplicação inicial, movimentação adicional ou saldo de permanência no FUNDO O FUNDO não possui prazo de carência para fins de resgate de cotas, podendo o mesmo ser solicitado a qualquer tempo O resgate de cotas será efetivado mediante solicitação do Cotista à ADMINISTADOA, observado o disposto no Artigo Em feriados de âmbito federal, estadual ou municipal na praça em que está sediada a ADMINISTADOA bem como sábados e domingos, não poderão ser efetivados pedidos de resgates de cotas, os quais serão processados no primeiro dia útil subseqüente Em condições especiais e mediante aprovação da CVM, o resgate poderá ser efetuado em ativos integrantes da carteira do FUNDO.

8 CAPÍTULO VIII: DA POLÍTICA DE DIVULGAÇÃO DE ESULTADOS 8. A ADMINISTADOA colocará à disposição dos cotistas do FUNDO, em sua sede e nas instituições que coloquem cotas do FUNDO, informações sobre o número de cotas de propriedade de cada um e respectivo valor, além da rentabilidade do FUNDO, com base nos dados relativos ao último dia do mês a que se referirem As demonstrações financeiras do fundo e demais informações estarão disponíveis no site da ADMINISTADOA ( observados os seguintes prazos máximos: I mensalmente, até 10 (dez) dias após o encerramento do mês a que se referirem: a) balancete; b) demonstrativo da composição e diversificação de carteira; e II anualmente, no prazo de 90 (noventa) dias, contados a partir do encerramento do exercício a que se referirem, as demonstrações contábeis acompanhadas do parecer do auditor independente. III - mensalmente será enviado extrato aos Cotistas contendo o saldo, a movimentação, o valor das cotas no início e final do período e a rentabilidade auferida pelo FUNDO entre o último dia do mês anterior e o último dia de referência do extrato. O Cotista poderá, no entanto, dispensar o envio do e x t r a t o m e d i a n t e s o l i c i t a ç ã o à ADMINISTADOA A ADMINISTADOA enviará à INSTITUIDOA, sempre que solicitado, os seguintes documentos: I - dados institucionais e de desempenho do FUNDO; e II - exemplar do egulamento atualizado do FUNDO devidamente registrado em cartório de títulos e documentos A ADMINISTADOA é obrigada a divulgar imediatamente, por correspondência a todos os Cotistas e a CVM qualquer ato ou fato relevante, ocorrido ou relacionado ao funcionamento do fundo ou aos ativos integrantes de sua carteira Diariamente a ADMINISTADOA divulgará o valor da cota e do patrimônio líquido do FUNDO Caso o fundo possua operações em curso que possam a vir a ser prejudicadas pela sua divulgação, o demonstrativo de composição de carteira poderá omitir a identificação e quantidade das mesmas, registrando somente o valor e sua percentagem sobre o total da carteira A ADMINISTADOA não divulgará a terceiros informações sobre a composição da carteira, ressalvadas (i) a divulgação a prestadores de serviço do FUNDO, (ii) a divulgação aos órgãos reguladores, auto-reguladores e entidades de classe, quando aos seus associados, no atendimento a solicitações legais, regulamentares e estatutárias, - (iii) as informações públicas, disponíveis no site da Comissão de Valores Mobiliários e (iv) nos casos formalizados entre a GESTOA e a Mapfre Vera Cruz Vida e Previdência S/A A ADMINISTADOA fornecerá à INSTITUIDOA todas as informações necessárias ao pleno e perfeito atendimento à SUSEP. CAPÍTULO IX: DISPOSIÇÕES FINAIS 9. Todos os resultados do FUNDO serão incorporados ao patrimônio líquido do FUNDO. 10. As cotas terão seu valor calculado e divulgado diariamente. 11. A GESTOA adota para o FUNDO sua Política de Voto em assembléias, disponível para consulta no site que disciplina os princípios gerais, o processo decisório e quais são as matérias relevantes obrigatórias para o exercício do direito de voto. Tal política orienta as decisões da GESTOA em assembléias de detentores de títulos e valores mobiliários que confiram aos seus

9 titulares o direito de voto A deliberação sobre as contas e demonstrações financeiras do Fundo poderá ser adotada por meio de consulta formal, sem necessidade de reunião de cotistas, sendo que os procedimentos deverão constar expressamente da convocação. 12. Tributação Aplicável: 12.1 DO FUNDO: I - I: não há incidência; II - IOF/Títulos: está sujeita à alíquota zero DOS COTISTAS: Os cotistas do FUNDO estarão sujeitos à seguinte tributação: I I: Este fundo perseguirá o tratamento tributário dos fundos de longo prazo. O fundo será tributado na fonte à alíquota de 15%, nos últimos dias úteis dos meses de maio e novembro de cada ano, e deverão ser tratados como antecipação do imposto devido.* Caso haja resgate das cotas em data anterior a apuração do imposto semestral, poderá haver incidência de alíquota complementar dependendo do prazo da aplicação: - 22,5%, em aplicações com prazo de até 180 dias; - 20%, em aplicações com prazo de 181 até 360 dias; - 17,5%, em aplicações com prazo de até 720 dias; ou - 15%, em aplicações com prazo superior a 720 dias. Caso a carteira do fundo não seja considerada de longo prazo, nos termos da regulamentação em vigor, a alíquota na fonte será de 20% e não de 15%, como referido acima. Além disso, a alíquota complementar aplicada no momento do resgate, a qual depende do prazo da aplicação, poderá ser de: - 22,5%, em aplicações com prazo de até 180 dias; ou - 20%, em aplicações com prazo superior a 180 dias. - Não há garantia de que este fundo terá o tratamento tributário para fundos de longo prazo. II - IOF/Títulos: incide de forma decrescente em resgates efetuados até o 29º dia da aplicação. III - Eventuais ganhos decorrentes da valorização das cotas poderão ser compensados com eventuais perdas obtidas, nos termos da legislação em vigor. IV O disposto nos incisos acima não se aplica aos Cotistas sujeitos à regras de tributação específicas, na forma da legislação em vigor. 13. Política de Administração dos iscos O FUNDO está sujeito aos seguintes fatores de risco: I - isco de Mercado: - Na tentativa de atingir seus objetivos de investimento, o FUNDO pode incorrer em riscos de mercado, aqui entendidos como variações adversas dos preços dos ativos (geralmente na direção contrária da posição assumida pelo FUNDO naquele ativo/mercado) e que, eventualmente, podem produzir perdas para o FUNDO. - Descontinuidades de preços ( price jump ): os preços dos ativos financeiros do FUNDO podem sofrer alterações substanciais e imprevistas em função de eventos isolados, podendo afetar negativamente o FUNDO. Essas variações adversas podem vir por motivos macroeconômicos (p.ex. mudança de cenário político, crises internacionais) ou motivos

10 microeconômicos (p.ex. informações incorretas divulgadas por empresas). II - isco de Crédito: Os ativos nos quais o FUNDO investe oferecem risco de crédito, definido como a probabilidade da ocorrência do não cumprimento do pagamento do principal e/ou do rendimento do ativo. Este risco pode estar associado tanto ao emissor do ativo (capacidade do emissor de honrar seu compromisso financeiro) bem como a contraparte - instituição financeira, governo, mercado organizado de Bolsa ou balcão, etc - de fazer cumprir a operação previamente realizada). III - isco de Liquidez: Em função de alguma adversidade ou evento extraordinário dos mercados organizados de Bolsa e/ou balcão, existe o risco de que não seja possível realizar qualquer tipo de operação (seja compra e/ou venda) de determinado ativo durante um determinado período de tempo. A ausência e/ou diminuição da liquidez pode produzir perdas para o FUNDO e/ou a incapacidade, pelo FUNDO, de liquidar e/ou precificar adequadamente determinados ativos. IV - isco de Derivativos: O FUNDO pode utilizar derivativos na tentativa de atingir os objetivos traçados. Tais instrumentos podem ser usados para hedgear o capital investido. No entanto, estas estratégias podem ter um desempenho adverso, resultando em significativas perdas patrimoniais para os cotistas. O investimento no FUNDO apresenta riscos para o investidor. Ainda que o GESTO da carteira mantenha sistema de gerenciamento de riscos, não há garantia de completa eliminação da possibilidade de perdas para o FUNDO e para o investidor. Baseado em modelos matemáticos e estatísticos aplicados diariamente à carteira, com o objetivo de garantir que o FUNDO esteja exposto apenas aos riscos inerentes à sua política de investimento e de acordo com os critérios de risco estabelecidos no regulamento. Os principais modelos utilizados pela ADMINISTADOA são: - (Value at isk): modelo que estima, a partir de séries temporais e variáveis estatísticas, a perda financeira máxima para um dia relativa ao posicionamento e à exposição atual da carteira do FUNDO. - Stress Testing: é um modelo de simulação da perda financeira num cenário econômicofinanceiro crítico, através da utilização de expressivas variações dos preços dos ativos e derivativos que atualmente compõem a carteira do FUNDO. - Back Test: é uma ferramenta aplicada para a verificação da consistência entre o resultado obtido pelo modelo do Va e o resultado efetivo do FUNDO. - Controle de Enquadramento de limites e aderência à Política de Investimentos: É realizado diariamente. 14. Fica eleito o foro da Comarca da Capital do Estado de São Paulo, com expressa renúncia a qualquer outro, por mais privilegiado que possa ser, para quaisquer ações ou processos judiciais relativos ao FUNDO ou a questões decorrentes deste regulamento.

Fundo multimercado que tem como objetivo buscar rentabilidade acima do Certificado de Depósito Interbancário - CDI.

Fundo multimercado que tem como objetivo buscar rentabilidade acima do Certificado de Depósito Interbancário - CDI. LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS 1. Público-alvo dezembro/2013 Esta lâmina contém um resumo das informações essenciais sobre o CSHG VERDE FUNDO DE INVESTIMENTO EM COTAS DE FUNDO DE INVESTIMENTO MULTIMERCADO.

Leia mais

CAPÍTULO I DO FUNDO CAPÍTULO II DA ADMINISTRAÇÃO

CAPÍTULO I DO FUNDO CAPÍTULO II DA ADMINISTRAÇÃO CAPÍTULO I DO FUNDO 1. O CSHG JUSPREV FUNDO DE INVESTIMENTO REFERENCIADO DI constituído sob forma de condomínio aberto, com prazo indeterminado de duração, é regido pelo presente Regulamento e pelas disposições

Leia mais

a) mercados de derivativos, tais como, exemplificativamente, índices de ações, índices de preços, câmbio (moedas), juros;

a) mercados de derivativos, tais como, exemplificativamente, índices de ações, índices de preços, câmbio (moedas), juros; CREDIT SUISSE HEDGINGGRIFFO 1. Públicoalvo LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS dezembro/2013 Esta lâmina contém um resumo das informações essenciais sobre o CSHG EQUITY HEDGE LEVANTE FUNDO DE INVESTIMENTO

Leia mais

REGULAMENTO DO FUNDO: ALFAPREV RF PRIVATE - FUNDO DE INVESTIMENTO EM COTAS DE FUNDO DE INVESTIMENTO RENDA FIXA PREVIDENCIÁRIO

REGULAMENTO DO FUNDO: ALFAPREV RF PRIVATE - FUNDO DE INVESTIMENTO EM COTAS DE FUNDO DE INVESTIMENTO RENDA FIXA PREVIDENCIÁRIO REGULAMENTO DO FUNDO: ALFAPREV RF PRIVATE - FUNDO DE INVESTIMENTO EM COTAS DE FUNDO DE INVESTIMENTO RENDA FIXA PREVIDENCIÁRIO CAPÍTULO I - DO FUNDO Artigo 1º - O ALFAPREV RF PRIVATE - Fundo de Investimento

Leia mais

RESOLUÇÃO NORMATIVA - RN n.º xx, de xx de xxxx de 2003.

RESOLUÇÃO NORMATIVA - RN n.º xx, de xx de xxxx de 2003. Página 1 de 9 RESOLUÇÃO NORMATIVA - RN n.º xx, de xx de xxxx de 2003. Dispõe sobre a diversificação dos ativos das Operadoras de Planos de Assistência à Saúde para aceitação como garantidores e altera

Leia mais

MINISTÉRIO DA SAÚDE. AGÊNCIA NACIONAL DE SAÚDE SUPLEMENTAR Diretoria Colegiada

MINISTÉRIO DA SAÚDE. AGÊNCIA NACIONAL DE SAÚDE SUPLEMENTAR Diretoria Colegiada MINISTÉRIO DA SAÚDE 1 AGÊNCIA NACIONAL DE SAÚDE SUPLEMENTAR Diretoria Colegiada RESOLUÇÃO NORMATIVA-RN Nº 67, DE 4 DE FEVEREIRO DE 2004 (*) Dispõe sobre a diversificação dos ativos das Operadoras de Planos

Leia mais

Art. 2º Fica alterado o art. 1º da Resolução 3.042, de 28 de novembro de 2002, que passa a vigorar com a seguinte redação:

Art. 2º Fica alterado o art. 1º da Resolução 3.042, de 28 de novembro de 2002, que passa a vigorar com a seguinte redação: RESOLUCAO 3.308 --------------- Altera as normas que disciplinam a aplicação dos recursos das reservas, das provisões e dos fundos das sociedades seguradoras, das sociedades de capitalização e das entidades

Leia mais

SUL AMÉRICA FUNDO MÚTUO DE PRIVATIZAÇÃO - FGTS CARTEIRA LIVRE

SUL AMÉRICA FUNDO MÚTUO DE PRIVATIZAÇÃO - FGTS CARTEIRA LIVRE SUL AMÉRICA FUNDO MÚTUO DE PRIVATIZAÇÃO - FGTS CARTEIRA LIVRE REGULAMENTO CAPÍTULO I - DO FUNDO Artigo 1º - O SUL AMÉRICA FUNDO MÚTUO DE PRIVATIZAÇÃO -- FGTS CARTEIRA LIVRE, doravante designado abreviadamente

Leia mais

CSHG ALLOCATION CLARITAS LONG SHORT Fundo de Investimento em Cotas de Fundo de Investimento Multimercado

CSHG ALLOCATION CLARITAS LONG SHORT Fundo de Investimento em Cotas de Fundo de Investimento Multimercado CREDIT SUISSE HEDGING-GRIFFO CSHG ALLOCATION CLARITAS LONG SHORT Fundo de Investimento em Cotas de Fundo de Investimento Multimercado Data emissão: Quotista: N : CAPÍTULO I: DO FUNDO 1. O CSHG ALLOCATION

Leia mais

Resolução nº 3.305/2005 2/8/2005 RESOLUÇÃO BACEN Nº 3.305, DE 29 DE JULHO DE 2005 DOU 02.08.2005

Resolução nº 3.305/2005 2/8/2005 RESOLUÇÃO BACEN Nº 3.305, DE 29 DE JULHO DE 2005 DOU 02.08.2005 Resolução nº 3.305/2005 2/8/2005 RESOLUÇÃO BACEN Nº 3.305, DE 29 DE JULHO DE 2005 DOU 02.08.2005 Altera a Resolução 3.121, de 2003, que estabelece as diretrizes pertinentes à aplicação dos recursos dos

Leia mais

BANRISUL AUTOMÁTICO FUNDO DE INVESTIMENTO CURTO PRAZO CNPJ/MF nº 01.353.260/0001-03

BANRISUL AUTOMÁTICO FUNDO DE INVESTIMENTO CURTO PRAZO CNPJ/MF nº 01.353.260/0001-03 BANRISUL AUTOMÁTICO FUNDO DE INVESTIMENTO CURTO PRAZO CNPJ/MF nº 01.353.260/0001-03 PROSPECTO AVISOS IMPORTANTES I. A CONCESSÃO DE REGISTRO PARA A VENDA DAS COTAS DESTE FUNDO NÃO IMPLICA, POR PARTE DA

Leia mais

BANRISUL PATRIMONIAL FUNDO DE INVESTIMENTO RENDA FIXA DE LONGO PRAZO CNPJ/MF nº 04.828.795/0001-81

BANRISUL PATRIMONIAL FUNDO DE INVESTIMENTO RENDA FIXA DE LONGO PRAZO CNPJ/MF nº 04.828.795/0001-81 BANRISUL PATRIMONIAL FUNDO DE INVESTIMENTO RENDA FIXA DE LONGO PRAZO CNPJ/MF nº 04.828.795/0001-81 PROSPECTO AVISOS IMPORTANTES I. A CONCESSÃO DE REGISTRO PARA A VENDA DAS COTAS DESTE FUNDO NÃO IMPLICA,

Leia mais

3.3.2.2. O objetivo do FRONT é proporcionar ganhos de capital de longo prazo aos seus cotistas, através de um portfolio diversificado de aplicações.

3.3.2.2. O objetivo do FRONT é proporcionar ganhos de capital de longo prazo aos seus cotistas, através de um portfolio diversificado de aplicações. 1. Públicoalvo LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS dezembro/2013 Esta lâmina contém um resumo das informações essenciais sobre o CSHG GLOBAL CURRENCIES HEDGE FUNDO DE INVESTIMENTO EM COTAS DE FUNDOS DE INVESTIMENTO

Leia mais

BANRISUL ÍNDICE FUNDO DE INVESTIMENTO EM AÇÕES CNPJ/MF nº 02.131.725/0001-44

BANRISUL ÍNDICE FUNDO DE INVESTIMENTO EM AÇÕES CNPJ/MF nº 02.131.725/0001-44 BANRISUL ÍNDICE FUNDO DE INVESTIMENTO EM AÇÕES CNPJ/MF nº 02.131.725/0001-44 PROSPECTO AVISOS IMPORTANTES I. A CONCESSÃO DE REGISTRO PARA A VENDA DAS COTAS DESTE FUNDO NÃO IMPLICA, POR PARTE DA COMISSÃO

Leia mais

Artigo 5º - A relação completa dos prestadores de serviços pode ser consultada no Formulário de Informações Complementares do FUNDO.

Artigo 5º - A relação completa dos prestadores de serviços pode ser consultada no Formulário de Informações Complementares do FUNDO. FUNDO Artigo 1º - O Fundo de Investimento em Ações CAIXA Brasil Ibovespa, doravante designado, abreviadamente, FUNDO, é um Fundo de Investimento constituído sob a forma de condomínio aberto, com prazo

Leia mais

Regulamento do Bradesco - Fundo de Aplicação em Quotas de Fundos de Investimento - Golden Profit - Conservador Capítulo I - Do Fundo

Regulamento do Bradesco - Fundo de Aplicação em Quotas de Fundos de Investimento - Golden Profit - Conservador Capítulo I - Do Fundo Regulamento do Bradesco - Fundo de Aplicação em Quotas de Fundos de Investimento - Golden Profit - Conservador Capítulo I - Do Fundo Artigo 1º) O Bradesco - Fundo de Aplicação em Quotas de Fundos de Investimento

Leia mais

Artigo 2º - O FUNDO destina-se a acolher investimentos de pessoas físicas e pessoas jurídicas privadas e públicas, doravante designados, Cotista.

Artigo 2º - O FUNDO destina-se a acolher investimentos de pessoas físicas e pessoas jurídicas privadas e públicas, doravante designados, Cotista. FUNDO Artigo 1º - O Fundo de Investimento em Cotas de Fundos de Investimento CAIXA Premium Renda Fixa Referenciado DI Longo Prazo, doravante designado, abreviadamente, FUNDO, é um Fundo de Investimento

Leia mais

Artigo 5º - A relação completa dos prestadores de serviços pode ser consultada no Formulário de Informações Complementares do FUNDO.

Artigo 5º - A relação completa dos prestadores de serviços pode ser consultada no Formulário de Informações Complementares do FUNDO. FUNDO Artigo 1º - O Fundo de Investimento em Cotas de Fundos de Investimento CAIXA Cambial Dólar, doravante designado, abreviadamente, FUNDO, é um Fundo de Investimento em Cotas de Fundos de Investimento

Leia mais

FUNDO DE INVESTIMENTO MULTIMERCADO ALOCAÇÃO LONGO PRAZO CNPJ 09.499.358/0001-85

FUNDO DE INVESTIMENTO MULTIMERCADO ALOCAÇÃO LONGO PRAZO CNPJ 09.499.358/0001-85 FUNDO DE INVESTIMENTO MULTIMERCADO ALOCAÇÃO LONGO PRAZO CNPJ 09.499.358/0001-85 ESTE PROSPECTO FOI PREPARADO COM AS INFORMAÇÕES NECESSÁRIAS AO ATENDIMENTO DAS DISPOSIÇÕES DO CÓDIGO DE AUTO-REGULAÇÃO DA

Leia mais

ALFAPREV MIX 25 - FUNDO DE INVESTIMENTO EM COTAS DE FUNDOS DE INVESTIMENTO MULTIMERCADO PREVIDENCIÁRIO CNPJ/MF 03.469.407/0001-50 REGULAMENTO

ALFAPREV MIX 25 - FUNDO DE INVESTIMENTO EM COTAS DE FUNDOS DE INVESTIMENTO MULTIMERCADO PREVIDENCIÁRIO CNPJ/MF 03.469.407/0001-50 REGULAMENTO ALFAPREV MIX 25 - FUNDO DE INVESTIMENTO EM COTAS DE FUNDOS DE INVESTIMENTO MULTIMERCADO CNPJ/MF 03.469.407/0001-50 REGULAMENTO CAPÍTULO I DO FUNDO 1.1 O ALFAPREV MIX 25 - FUNDO DE INVESTIMENTO EM COTAS

Leia mais

LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O VIDA FELIZ FUNDO DE INVESTIMENTO EM AÇÕES CNPJ 07.660.310/0001-81 OUTUBRO/2015

LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O VIDA FELIZ FUNDO DE INVESTIMENTO EM AÇÕES CNPJ 07.660.310/0001-81 OUTUBRO/2015 Esta lâmina contém um resumo das informações essenciais sobre o Vida Feliz Fundo de Investimento em Ações. As informações completas sobre esse fundo podem ser obtidas no Prospecto e no Regulamento do fundo,

Leia mais

BANRISUL ABSOLUTO FUNDO DE INVESTIMENTO RENDA FIXA CNPJ/MF nº 21.743.480/0001-50 PROSPECTO

BANRISUL ABSOLUTO FUNDO DE INVESTIMENTO RENDA FIXA CNPJ/MF nº 21.743.480/0001-50 PROSPECTO BANRISUL ABSOLUTO FUNDO DE INVESTIMENTO RENDA FIXA CNPJ/MF nº 21.743.480/0001-50 PROSPECTO AS INFORMAÇÕES CONTIDAS NESSE PROSPECTO ESTÃO EM CONSONÂNCIA COM O REGULAMENTO DO FUNDO, PORÉM NÃO O SUBSTITUI.

Leia mais

Parágrafo único As aplicações realizadas no FUNDO não contam com a garantia da ADMINISTRADORA ou do Fundo Garantidor de Créditos FGC.

Parágrafo único As aplicações realizadas no FUNDO não contam com a garantia da ADMINISTRADORA ou do Fundo Garantidor de Créditos FGC. CAPÍTULO - DO FUNDO Artigo 1º O CAXA FUNDO MÚTUO DE PRVATZAÇÃO FGTS CARTERA LVRE PETROBRAS RENDA FXA 49 CAXA FMP FGTS CL, doravante designado, abreviadamente, FUNDO, é uma comunhão de recursos, constituído

Leia mais

REGULAMENTO DO DAYCOVAL MULTIFUNDS FUNDO DE INVESTIMENTO EM QUOTAS DE FUNDOS DE INVESTIMENTO MULTIMERCADO CAPÍTULO I - DO FUNDO

REGULAMENTO DO DAYCOVAL MULTIFUNDS FUNDO DE INVESTIMENTO EM QUOTAS DE FUNDOS DE INVESTIMENTO MULTIMERCADO CAPÍTULO I - DO FUNDO Este Regulamento integra a ata da Assembleia Geral Extraordinária do DAYCOVAL MULTIFUNDS FUNDO DE INVESTIMENTO EM QUOTAS DE FUNDOS DE INVESTIMENTO MULTIMERCADO de 16 de janeiro de 2015. REGULAMENTO DO

Leia mais

LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O SPINELLI FUNDO DE INVESTIMENTO EM AÇÕES CNPJ 55.075.238/0001-78 SETEMBRO/2015

LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O SPINELLI FUNDO DE INVESTIMENTO EM AÇÕES CNPJ 55.075.238/0001-78 SETEMBRO/2015 Esta lâmina contém um resumo das informações essenciais sobre o Spinelli Fundo de Investimento em Ações. As informações completas sobre esse fundo podem ser obtidas no Prospecto e no Regulamento do fundo,

Leia mais

Regulamento do Bradesco BJ Fundo de Investimento em Cotas de Fundos de Investimento em Ações 157 CNPJ n o 42.468.330/0001-56 - AGC - 31.1.

Regulamento do Bradesco BJ Fundo de Investimento em Cotas de Fundos de Investimento em Ações 157 CNPJ n o 42.468.330/0001-56 - AGC - 31.1. Capítulo I Do Fundo Artigo 1º - O BRADESCO BJ FUNDO DE INVESTIMENTO EM COTAS DE FUNDOS DE INVESTIMENTO EM AÇÕES 157, doravante denominado FUNDO, constituído sob a forma de condomínio aberto, com prazo

Leia mais

Notas explicativas da Administração às demonstrações financeiras Em 31 de dezembro de 2014 e 2013 (Valores em R$, exceto o valor unitário das cotas)

Notas explicativas da Administração às demonstrações financeiras Em 31 de dezembro de 2014 e 2013 (Valores em R$, exceto o valor unitário das cotas) 1. Contexto operacional O CLUBE DE INVESTIMENTO COPACABANA ( Clube ) constituído por número limitado de cotistas que tem por objetivo a aplicação de recursos financeiros próprios para a constituição, em

Leia mais

LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O VITÓRIA RÉGIA FUNDO DE INVESTIMENTO EM AÇÕES CNPJ: 05.384.841/0001-63. Informações referentes à MAIO de 2014

LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O VITÓRIA RÉGIA FUNDO DE INVESTIMENTO EM AÇÕES CNPJ: 05.384.841/0001-63. Informações referentes à MAIO de 2014 LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O Informações referentes à MAIO de 2014 Esta lâmina contém um resumo das informações essenciais sobre o VITÓRIA RÉGIA FUNDO DE INVESTIMENTO EM AÇÕES. As informações

Leia mais

BANRISUL PATRIMONIAL FUNDO DE INVESTIMENTO RENDA FIXA DE LONGO PRAZO CNPJ/MF 04.828.

BANRISUL PATRIMONIAL FUNDO DE INVESTIMENTO RENDA FIXA DE LONGO PRAZO CNPJ/MF 04.828. BANRISUL PATRIMONIAL FUNDO DE INVESTIMENTO RENDA FIXA DE LONGO PRAZO CNPJ/MF nº 04.828.795/0001-81 PROSPECTO AS INFORMAÇÕES CONTIDAS NESSE PROSPECTO ESTÃO EM CONSONÂNCIA COM O REGULAMENTO DO FUNDO, PORÉM

Leia mais

BRESSER AÇÕES FUNDO DE INVESTIMENTO EM AÇÕES

BRESSER AÇÕES FUNDO DE INVESTIMENTO EM AÇÕES BRESSER AÇÕES FUNDO DE INVESTIMENTO EM AÇÕES REGULAMENTO DO FUNDO O BRESSER AÇÕES FUNDO DE INVESTIMENTO EM AÇÕES, regido pelas disposições do presente Regulamento, e regulado pelas Instruções CVM nº 302

Leia mais

BI INVEST PREVIDÊNCIA IBOVESPA FUNDO DE INVESTIMENTO EM AÇÕES BI INVEST PREVIDÊNCIA IBOVESPA - FIA CNPJ: 07.913.438/0001-00

BI INVEST PREVIDÊNCIA IBOVESPA FUNDO DE INVESTIMENTO EM AÇÕES BI INVEST PREVIDÊNCIA IBOVESPA - FIA CNPJ: 07.913.438/0001-00 BI INVEST PREVIDÊNCIA IBOVESPA FUNDO DE INVESTIMENTO EM AÇÕES BI INVEST PREVIDÊNCIA IBOVESPA - FIA CNPJ: 07.913.438/0001-00 Características Público Alvo O FUNDO destina-se ao público em geral, inclusive

Leia mais

Notas explicativas da Administração às demonstrações financeiras Em 31 de dezembro de 2014 e 2013 (Valores em R$, exceto o valor unitário das cotas)

Notas explicativas da Administração às demonstrações financeiras Em 31 de dezembro de 2014 e 2013 (Valores em R$, exceto o valor unitário das cotas) 1. Contexto operacional O CLUBE DE INVESTIMENTO CAPITAL SEGURO ( Clube ) constituído por número limitado de cotistas que tem por objetivo a aplicação de recursos financeiros próprios para a constituição,

Leia mais

BANRISUL PREMIUM FUNDO DE INVESTIMENTO RENDA FIXA DE LONGO PRAZO CNPJ/MF nº 08.960.971/0001-95 PROSPECTO

BANRISUL PREMIUM FUNDO DE INVESTIMENTO RENDA FIXA DE LONGO PRAZO CNPJ/MF nº 08.960.971/0001-95 PROSPECTO BANRISUL PREMIUM FUNDO DE INVESTIMENTO RENDA FIXA DE LONGO PRAZO CNPJ/MF nº 08.960.971/0001-95 PROSPECTO AVISOS IMPORTANTES I. A CONCESSÃO DE REGISTRO PARA A VENDA DAS COTAS DESTE FUNDO NÃO IMPLICA, POR

Leia mais

SICREDI FUNDO DE INVESTIMENTO EM AÇÕES I. CNPJ n 06.051.151/0001-55 REGULAMENTO

SICREDI FUNDO DE INVESTIMENTO EM AÇÕES I. CNPJ n 06.051.151/0001-55 REGULAMENTO SICREDI FUNDO DE INVESTIMENTO EM AÇÕES I CNPJ n 06.051.151/0001-55 REGULAMENTO CAPÍTULO I - DO FUNDO 1. O SICREDI FUNDO DE INVESTIMENTO EM AÇÕES I, doravante designado FUNDO, constituído sob a forma de

Leia mais

PROSPECTO. Administrado por: Taquari Administradora de Carteira de Valores Mobiliários Ltda.

PROSPECTO. Administrado por: Taquari Administradora de Carteira de Valores Mobiliários Ltda. PROSPECTO CSN INVEST FUNDO DE INVESTIMENTO EM AÇÕES CNPJ Nº. 68.670.512/0001-07 Prospecto elaborado em 26 de agosto de 2013. Em vigor a partir de 02 de setembro de 2013. Administrado por: Taquari Administradora

Leia mais

RESOLUÇÃO 3.922 -------------------------

RESOLUÇÃO 3.922 ------------------------- RESOLUÇÃO 3.922 ------------------------- Dispõe sobre as aplicações dos recursos dos regimes próprios de previdência social instituídos pela União, Estados, Distrito Federal e Municípios. O Banco Central

Leia mais

SICREDI - FUNDO DE INVESTIMENTO EM AÇÕES VALE CNPJ 11.087.074/0001-23 REGULAMENTO

SICREDI - FUNDO DE INVESTIMENTO EM AÇÕES VALE CNPJ 11.087.074/0001-23 REGULAMENTO SICREDI - FUNDO DE INVESTIMENTO EM AÇÕES VALE CNPJ 11.087.074/0001-23 REGULAMENTO CAPÍTULO I - DO FUNDO 1. O SICREDI - FUNDO DE INVESTIMENTO EM AÇÕES VALE, doravante designado FUNDO, constituído sob a

Leia mais

ALFA TOTAL H PERFORMANCE FUNDO DE INVESTIMENTO EM COTAS DE FUNDOS DE INVESTIMENTO RENDA FIXA CRÉDITO PRIVADO LONGO PRAZO INVESTIDOR QUALIFICADO

ALFA TOTAL H PERFORMANCE FUNDO DE INVESTIMENTO EM COTAS DE FUNDOS DE INVESTIMENTO RENDA FIXA CRÉDITO PRIVADO LONGO PRAZO INVESTIDOR QUALIFICADO ALFA TOTAL H PERFORMANCE FUNDO DE INVESTIMENTO EM COTAS DE FUNDOS DE INVESTIMENTO RENDA FIXA CRÉDITO PRIVADO LONGO PRAZO INVESTIDOR QUALIFICADO CNPJ Nº 12.993.389/0001-00 REGULAMENTO CAPÍTULO I DO FUNDO

Leia mais

ALFA SEGURADORA - FUNDO DE INVESTIMENTO RENDA FIXA - INVESTIDOR QUALIFICADO CNPJ/MF 02.145.108/0001-06 REGULAMENTO CAPÍTULO I DO FUNDO

ALFA SEGURADORA - FUNDO DE INVESTIMENTO RENDA FIXA - INVESTIDOR QUALIFICADO CNPJ/MF 02.145.108/0001-06 REGULAMENTO CAPÍTULO I DO FUNDO ALFA SEGURADORA - FUNDO DE INVESTIMENTO RENDA FIXA - INVESTIDOR QUALIFICADO CNPJ/MF 02.145.108/0001-06 REGULAMENTO CAPÍTULO I DO FUNDO 1.1 O ALFA SEGURADORA - FUNDO DE INVESTIMENTO RENDA FIXA - INVESTIDOR

Leia mais

REGULAMENTO ICATU SEG APOSENTADORIA US INDEX FUNDO DE INVESTIMENTO MULTIMERCADO CNPJ/MF Nº 20.155.991/0001-99

REGULAMENTO ICATU SEG APOSENTADORIA US INDEX FUNDO DE INVESTIMENTO MULTIMERCADO CNPJ/MF Nº 20.155.991/0001-99 REGULAMENTO ICATU SEG APOSENTADORIA US INDEX FUNDO DE INVESTIMENTO MULTIMERCADO CNPJ/MF Nº 20.155.991/0001-99 CAPÍTULO I - FUNDO Artigo 1º O ICATU SEG APOSENTADORIA US INDEX FUNDO DE INVESTIMENTO MULTIMERCADO

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 3.308. Art. 2º Fica alterado o art. 1º da Resolução 3.042, de 28 de novembro de 2002, que passa a vigorar com a seguinte redação:

RESOLUÇÃO Nº 3.308. Art. 2º Fica alterado o art. 1º da Resolução 3.042, de 28 de novembro de 2002, que passa a vigorar com a seguinte redação: RESOLUÇÃO Nº 3.308 Altera as normas que disciplinam a aplicação dos recursos das reservas, das provisões e dos fundos das sociedades seguradoras, das sociedades de capitalização e das entidades abertas

Leia mais

Verde AM Equity Hedge Master Fundo de Investimento Multimercado CNPJ: 11.195.209/0001-74

Verde AM Equity Hedge Master Fundo de Investimento Multimercado CNPJ: 11.195.209/0001-74 ATUALIZADO EM 02/01/2015 Verde AM Equity Hedge Master CNPJ: 11.195.209/0001-74 ESTE FUNDO UTILIZA ESTRATÉGIAS COM DERIVATIVOS COMO PARTE INTEGRANTE DE SUA POLÍTICA DE INVESTIMENTO. TAIS ESTRATÉGIAS, DA

Leia mais

REGULAMENTO DO DAYCOVAL RENDA FIXA FUNDO DE INVESTIMENTO CAPÍTULO I - DO FUNDO

REGULAMENTO DO DAYCOVAL RENDA FIXA FUNDO DE INVESTIMENTO CAPÍTULO I - DO FUNDO REGULAMENTO DO DAYCOVAL RENDA FIXA FUNDO DE INVESTIMENTO CAPÍTULO I - DO FUNDO Artigo 1º - O DAYCOVAL RENDA FIXA FUNDO DE INVESTIMENTO, doravante designado, abreviadamente, FUNDO, constituído sob a forma

Leia mais

BANRISUL COMMODITIES FUNDO DE INVESTIMENTO EM AÇÕES

BANRISUL COMMODITIES FUNDO DE INVESTIMENTO EM AÇÕES CNPJ/MF nº 10.199.946/0001-82 PROSPECTO I. A CONCESSÃO DE REGISTRO PARA A VENDA DAS COTAS DESTE FUNDO NÃO IMPLICA, POR PARTE DA COMISSÃO DE VALORES MOBILIÁRIOS (CVM), GARANTIA DE VERACIDADE DAS INFORMAÇÕES

Leia mais

SICREDI FAPI - FUNDO DE APOSENTADORIA PROGRAMADA INDIVIDUAL CNPJ 03.564.825/0001-27

SICREDI FAPI - FUNDO DE APOSENTADORIA PROGRAMADA INDIVIDUAL CNPJ 03.564.825/0001-27 SICREDI FAPI - FUNDO DE APOSENTADORIA PROGRAMADA INDIVIDUAL CNPJ 03.564.825/0001-27 ESTE PROSPECTO FOI PREPARADO COM AS INFORMAÇÕES NECESSÁRIAS AO ATENDIMENTO DAS DISPOSIÇÕES DO CÓDIGO DE AUTO-REGULAÇÃO

Leia mais

LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O CTM ESTRATÉGIA FUNDO DE INVESTIMENTO EM AÇÕES CNPJ: 18.558.694/0001-42

LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O CTM ESTRATÉGIA FUNDO DE INVESTIMENTO EM AÇÕES CNPJ: 18.558.694/0001-42 LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O Informações referentes à setembro de 2015 Esta lâmina contém um resumo das informações essenciais sobre o CTM Estratégia FIA. As informações completas sobre esse

Leia mais

R e s o l u ç ã o. B a n c o C e n t r a l d o B r a s i l

R e s o l u ç ã o. B a n c o C e n t r a l d o B r a s i l R e s o l u ç ã o 3 7 9 0 B a n c o C e n t r a l d o B r a s i l S u m á r i o SEÇÃO I: DA ALOCAÇÃO DOS RECURSOS E DA POLÍTICA DE INVESTIMENTOS... 1 Subseção I: Da Alocação dos Recursos... 1 Subseção

Leia mais

ALFA PRIVATE DI FUNDO DE INVESTIMENTO EM COTAS DE FUNDOS DE INVESTIMENTO REFERENCIADO LONGO PRAZO. CNPJ nº 03.236.519/0001-61 REGULAMENTO

ALFA PRIVATE DI FUNDO DE INVESTIMENTO EM COTAS DE FUNDOS DE INVESTIMENTO REFERENCIADO LONGO PRAZO. CNPJ nº 03.236.519/0001-61 REGULAMENTO ALFA PRIVATE DI FUNDO DE INVESTIMENTO EM COTAS DE FUNDOS DE INVESTIMENTO REFERENCIADO LONGO PRAZO CNPJ nº 03.236.519/0001-61 REGULAMENTO CAPÍTULO I DO FUNDO 1.1 O ALFA PRIVATE DI FUNDO DE INVESTIMENTO

Leia mais

ALFA ORBIS DI FUNDO DE INVESTIMENTO REFERENCIADO LONGO PRAZO. CNPJ nº 02.733.802/0001-36 REGULAMENTO CAPÍTULO I DO FUNDO

ALFA ORBIS DI FUNDO DE INVESTIMENTO REFERENCIADO LONGO PRAZO. CNPJ nº 02.733.802/0001-36 REGULAMENTO CAPÍTULO I DO FUNDO CNPJ nº 02.733.802/0001-36 REGULAMENTO CAPÍTULO I DO FUNDO 1.1 O ALFA ORBIS DI FUNDO DE INVESTIMENTO REFERENCIADO LONGO PRAZO ( FUNDO ), é um fundo de investimento constituído sob a forma de condomínio

Leia mais

PROSPECTO - JULHO DE 2015 FUNDO DE INVESTIMENTO

PROSPECTO - JULHO DE 2015 FUNDO DE INVESTIMENTO PROSPECTO Julho de 2015 DAYCOVAL RENDA FIXA FI CNPJ nº 00807777/0001-62 ADMINISTRADORA Daycoval Asset Management Adm de Recursos Ltda CNPJ: 72027832/0001-02 Registro CVM Ato Declaratório nº 8056, de 02122004

Leia mais

MULTIMERCADOS PROSPECTO - JULHO DE 2015 FUNDO DE INVESTIMENTO

MULTIMERCADOS PROSPECTO - JULHO DE 2015 FUNDO DE INVESTIMENTO PROSPECTO Julho de 2015 PARNAMIRIM MULTIMERCADO CNPJ n o 09.274.058/0001-06 ADMINISTRADORA Daycoval Asset Management Adm de Recursos Ltda CNPJ: 72.027.832/0001-02 Registro CVM Ato Declaratório nº 8056,

Leia mais

REGULAMENTO DO SANTANDER FUNDO DE INVESTIMENTO EM COTAS DE FUNDOS DE INVESTIMENTO INTELIGENTE RENDA FIXA CURTO PRAZO CNPJ/MF n.º 02.908.

REGULAMENTO DO SANTANDER FUNDO DE INVESTIMENTO EM COTAS DE FUNDOS DE INVESTIMENTO INTELIGENTE RENDA FIXA CURTO PRAZO CNPJ/MF n.º 02.908. O presente Regulamento é parte integrante da Ata de Assembleia Geral de Cotistas do Santander Fundo de Investimento em Cotas de Fundos de Investimento Inteligente Curto Prazo, realizada em 29 de abril

Leia mais

PROSPECTO DO PARANÁ FUNDO DE INVESTIMENTO EM COTAS DE FUNDOS DE INVESTIMENTO MULTIMERCADO SENTER CNPJ/MF N.º 03.148.543/0001-49 AGOSTO 2010

PROSPECTO DO PARANÁ FUNDO DE INVESTIMENTO EM COTAS DE FUNDOS DE INVESTIMENTO MULTIMERCADO SENTER CNPJ/MF N.º 03.148.543/0001-49 AGOSTO 2010 PROSPECTO DO PARANÁ FUNDO DE INVESTIMENTO EM COTAS DE FUNDOS DE INVESTIMENTO MULTIMERCADO SENTER CNPJ/MF N.º 03.148.543/0001-49 AGOSTO 2010 Classificação do FUNDO junto à Comissão de Valores Mobiliários

Leia mais

LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O GRADIUS HEDGE FUNDO DE INVESTIMENTO MULTIMERCADO CNPJ: Nº 10.446.951/0001-42

LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O GRADIUS HEDGE FUNDO DE INVESTIMENTO MULTIMERCADO CNPJ: Nº 10.446.951/0001-42 LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O GRADIUS HEDGE FUNDO DE INVESTIMENTO MULTIMERCADO CNPJ: Nº Informações referentes à Abril de 2013 Esta lâmina contém um resumo das informações essenciais sobre o

Leia mais

ALFA TOTAL JGP HEDGE - FUNDO DE INVESTIMENTO EM COTAS DE FUNDOS DE INVESTIMENTO MULTIMERCADO INVESTIDOR QUALIFICADO CNPJ/MF 11.039.

ALFA TOTAL JGP HEDGE - FUNDO DE INVESTIMENTO EM COTAS DE FUNDOS DE INVESTIMENTO MULTIMERCADO INVESTIDOR QUALIFICADO CNPJ/MF 11.039. ALFA TOTAL JGP HEDGE - FUNDO DE INVESTIMENTO EM COTAS DE FUNDOS DE INVESTIMENTO MULTIMERCADO CNPJ/MF 11.039.121/0001-63 REGULAMENTO CAPÍTULO I DO FUNDO 1.1 O ALFA TOTAL JGP HEDGE - FUNDO DE INVESTIMENTO

Leia mais

Demonstração da Composição e Diversificação das Aplicações em 31 de maio de 2007.

Demonstração da Composição e Diversificação das Aplicações em 31 de maio de 2007. ITAUVEST PERSONNALITÉ CURTO PRAZO FUNDO DE INVESTIMENTO EM Demonstração da Composição e Diversificação das Aplicações em 31 de maio de 2007. Mercado / % sobre Aplicações/Especificação Quantidade Realização

Leia mais

CSHG ALLOCATION VERDE 14 Fundo de Investimento em Cotas de Fundo de Investimento Multimercado CNPJ: 04.147.027/0001-62

CSHG ALLOCATION VERDE 14 Fundo de Investimento em Cotas de Fundo de Investimento Multimercado CNPJ: 04.147.027/0001-62 ATUALIZADO EM 01/07/2015 Este fundo está fechado para novas aplicações CNPJ: 04.147.027/0001-62 ESTE FUNDO DE COTAS INVESTE EM FUNDO DE INVESTIMENTO QUE UTILIZA ESTRATÉGIAS COM DERIVATIVOS COMO PARTE INTEGRANTE

Leia mais

PROSPECTO DO J.MALUCELLI FUNDO DE INVESTIMENTO EM COTAS DE FUNDOS DE INVESTIMENTO MULTIMERCADO CNPJ/MF N.º 06.228.245/0001-57 DEZEMBRO 2008

PROSPECTO DO J.MALUCELLI FUNDO DE INVESTIMENTO EM COTAS DE FUNDOS DE INVESTIMENTO MULTIMERCADO CNPJ/MF N.º 06.228.245/0001-57 DEZEMBRO 2008 PROSPECTO DO J.MALUCELLI FUNDO DE INVESTIMENTO EM COTAS DE FUNDOS DE INVESTIMENTO MULTIMERCADO CNPJ/MF N.º 06.228.245/0001-57 DEZEMBRO 2008 Classificação do FUNDO junto à Comissão de Valores Mobiliários

Leia mais

IC CLUBE DE INVESTIMENTO CNPJ n. 07.847.689/0001-33 ESTATUTO SOCIAL

IC CLUBE DE INVESTIMENTO CNPJ n. 07.847.689/0001-33 ESTATUTO SOCIAL IC CLUBE DE INVESTIMENTO CNPJ n. 07.847.689/0001-33 ESTATUTO SOCIAL I - DENOMINAÇÃO E OBJETIVO Artigo 1 - O IC Clube de Investimento é constituído por número limitado de membros que têm por objetivo a

Leia mais

ALFAPREV ÍNDICES DE PREÇOS - FUNDO DE INVESTIMENTO EM COTAS DE FUNDO DE INVESTIMENTO RENDA FIXA PREVIDENCIÁRIO. CNPJ/MF 15.342.499/0001-92 REGULAMENTO

ALFAPREV ÍNDICES DE PREÇOS - FUNDO DE INVESTIMENTO EM COTAS DE FUNDO DE INVESTIMENTO RENDA FIXA PREVIDENCIÁRIO. CNPJ/MF 15.342.499/0001-92 REGULAMENTO ALFAPREV ÍNDICES DE PREÇOS - FUNDO DE INVESTIMENTO EM COTAS DE FUNDO DE INVESTIMENTO RENDA FIXA PREVIDENCIÁRIO. CNPJ/MF 15.342.499/0001-92 REGULAMENTO CAPÍTULO I DO FUNDO 1.1 ALFAPREV ÍNDICES DE PREÇOS

Leia mais

Artigo 2º - O FUNDO destina-se a acolher investimentos de pessoas físicas e jurídicas, doravante designados, Cotista.

Artigo 2º - O FUNDO destina-se a acolher investimentos de pessoas físicas e jurídicas, doravante designados, Cotista. FUNDO Artigo 1º - O Fundo de Investimento em Cotas de Fundos de Investimento CAIXA Clássico Renda Fixa Longo Prazo, doravante designado, abreviadamente, FUNDO, é um Fundo de Investimento em Cotas de Fundos

Leia mais

FUNDO DE INVESTIMENTO EM AÇÕES SICREDI SINGULAR

FUNDO DE INVESTIMENTO EM AÇÕES SICREDI SINGULAR FUNDO DE INVESTIMENTO EM AÇÕES SICREDI SINGULAR Porto Alegre, 16 de setembro de 2013 ESTE PROSPECTO FOI PREPARADO COM AS INFORMAÇÕES NECESSÁRIAS AO ATENDIMENTO DAS DISPOSIÇÕES DO CÓDIGO ANBIMA DE REGULAÇÃO

Leia mais

POLÍTICA DE INVESTIMENTO - 2015

POLÍTICA DE INVESTIMENTO - 2015 POLÍTICA DE INVESTIMENTO - 2015 A presente Política de Investimento tem como objetivo principal estabelecer condições para que os recursos dos Planos de Benefícios desta Entidade sejam geridos visando

Leia mais

ESTE FUNDO PODE ESTAR EXPOSTO A SIGNIFICATIVA CONCENTRAÇÃO EM ATIVOS DE RENDA VARIÁVEL DE POUCOS EMISSORES, APRESENTANDO OS RISCOS DAÍ DECORRENTES.

ESTE FUNDO PODE ESTAR EXPOSTO A SIGNIFICATIVA CONCENTRAÇÃO EM ATIVOS DE RENDA VARIÁVEL DE POUCOS EMISSORES, APRESENTANDO OS RISCOS DAÍ DECORRENTES. ESTE PROSPECTO FOI PREPARADO COM AS INFORMAÇÕES NECESSÁRIAS AO ATENDIMENTO DAS DISPOSIÇÕES DO CÓDIGO ANBIMA DE REGULAÇÃO E MELHORES PRÁTICAS PARA OS FUNDOS DE INVESTIMENTO, BEM COMO ÀS NORMAS EMANADAS

Leia mais

FUNDO DE INVESTIMENTO EM COTAS DE FUNDO DE INVESTIMENTO LIQUIDEZ II CURTO PRAZO

FUNDO DE INVESTIMENTO EM COTAS DE FUNDO DE INVESTIMENTO LIQUIDEZ II CURTO PRAZO Porto Alegre, 22 de julho de 2014. FUNDO DE INVESTIMENTO EM COTAS DE FUNDO DE INVESTIMENTO LIQUIDEZ II CURTO PRAZO ESTE PROSPECTO FOI PREPARADO COM AS INFORMAÇÕES NECESSÁRIAS AO ATENDIMENTO DAS DISPOSIÇÕES

Leia mais

Período de 01 de janeiro a 06 de outubro de 2011 (data de extinção do Fundo) com Relatório dos Auditores Independentes

Período de 01 de janeiro a 06 de outubro de 2011 (data de extinção do Fundo) com Relatório dos Auditores Independentes Demonstração da Evolução do Patrimônio Líquido CSHG Realty BC Fundo de Investimento em Participações (Administrado pela Credit Suisse Hedging-Griffo Corretora de Valores S/A) Período de 01 de janeiro a

Leia mais

ALFA - FUNDO DE INVESTIMENTO EM COTAS DE FUNDOS DE INVESTIMENTO EM AÇÕES. CNPJ nº 47.177.431/0001-91 REGULAMENTO CAPÍTULO I DO FUNDO

ALFA - FUNDO DE INVESTIMENTO EM COTAS DE FUNDOS DE INVESTIMENTO EM AÇÕES. CNPJ nº 47.177.431/0001-91 REGULAMENTO CAPÍTULO I DO FUNDO ALFA - FUNDO DE INVESTIMENTO EM COTAS DE FUNDOS DE INVESTIMENTO EM AÇÕES CNPJ nº 47.177.431/0001-91 REGULAMENTO CAPÍTULO I DO FUNDO 1.1 O ALFA - FUNDO DE INVESTIMENTO EM COTAS DE FUNDOS DE INVESTIMENTO

Leia mais

ALFAPREV RF MODERADO - FUNDO DE INVESTIMENTO EM COTAS DE FUNDO DE INVESTIMENTO RENDA FIXA PREVIDENCIÁRIO CNPJ/MF 03.469.379/0001-71 REGULAMENTO

ALFAPREV RF MODERADO - FUNDO DE INVESTIMENTO EM COTAS DE FUNDO DE INVESTIMENTO RENDA FIXA PREVIDENCIÁRIO CNPJ/MF 03.469.379/0001-71 REGULAMENTO ALFAPREV RF MODERADO - FUNDO DE INVESTIMENTO EM COTAS DE FUNDO DE INVESTIMENTO RENDA FIXA CNPJ/MF 03.469.379/0001-71 REGULAMENTO CAPÍTULO I DO FUNDO 1.1 O ALFAPREV RF MODERADO - FUNDO DE INVESTIMENTO EM

Leia mais

PROSPECTO CAIXA FI SEBRAE RF LONGO PRAZO

PROSPECTO CAIXA FI SEBRAE RF LONGO PRAZO PROSPECTO CAIXA FI SEBRAE RF LONGO PRAZO CLASSIFICAÇÃO DO FUNDO ANBIMA RENDA FIXA ESTE PROSPECTO FOI PREPARADO COM AS INFORMAÇÕES NECESSÁRIAS AO ATENDIMENTO DAS DISPOSIÇÕES DO CÓDIGO ANBIMA DE REGULAÇÃO

Leia mais

PROSPECTO SAFRA INDICIAL Fundo de Investimento em Ações CNPJ: 01.718.950/0001-19

PROSPECTO SAFRA INDICIAL Fundo de Investimento em Ações CNPJ: 01.718.950/0001-19 PROSPECTO SAFRA INDICIAL Fundo de Investimento em Ações CNPJ: 01.718.950/0001-19 Este Prospecto foi preparado com as informações necessárias ao atendimento das disposições do código de auto-regulação da

Leia mais

ALFA II AÇÕES - FUNDO DE INVESTIMENTO EM AÇÕES DA PETROBRAS. CNPJ nº 03.919.927/0001-18 REGULAMENTO CAPÍTULO I DO FUNDO

ALFA II AÇÕES - FUNDO DE INVESTIMENTO EM AÇÕES DA PETROBRAS. CNPJ nº 03.919.927/0001-18 REGULAMENTO CAPÍTULO I DO FUNDO ALFA II AÇÕES - FUNDO DE INVESTIMENTO EM AÇÕES DA PETROBRAS CNPJ nº 03.919.927/0001-18 REGULAMENTO CAPÍTULO I DO FUNDO 1.1 O ALFA II AÇÕES - FUNDO DE INVESTIMENTO EM AÇÕES DA PETROBRAS ( FUNDO ), é um

Leia mais

SICREDI - FUNDO DE INVESTIMENTO EM COTAS DE FUNDOS DE INVESTIMENTO RENDA FIXA PERFORMANCE LONGO PRAZO. CNPJ n.º 07.277.931/0001-80 REGULAMENTO

SICREDI - FUNDO DE INVESTIMENTO EM COTAS DE FUNDOS DE INVESTIMENTO RENDA FIXA PERFORMANCE LONGO PRAZO. CNPJ n.º 07.277.931/0001-80 REGULAMENTO SICREDI - FUNDO DE INVESTIMENTO EM COTAS DE FUNDOS DE INVESTIMENTO RENDA FIXA PERFORMANCE LONGO PRAZO CNPJ n.º 07.277.931/0001-80 REGULAMENTO CAPÍTULO I - DO FUNDO 1. O SICREDI - FUNDO DE INVESTIMENTO

Leia mais

ALFA MIX - FUNDO DE INVESTIMENTO RENDA FIXA LONGO PRAZO CNPJ Nº 02.733.791/0001-94 REGULAMENTO CAPÍTULO I DO FUNDO

ALFA MIX - FUNDO DE INVESTIMENTO RENDA FIXA LONGO PRAZO CNPJ Nº 02.733.791/0001-94 REGULAMENTO CAPÍTULO I DO FUNDO ALFA MIX - FUNDO DE INVESTIMENTO RENDA FIXA LONGO PRAZO CNPJ Nº 02.733.791/0001-94 REGULAMENTO CAPÍTULO I DO FUNDO 1.1 O ALFA MIX - FUNDO DE INVESTIMENTO RENDA FIXA LONGO PRAZO ( FUNDO ), é um fundo de

Leia mais

SICREDI FUNDO DE INVESTIMENTO INVEST PLUS CURTO PRAZO CNPJ 01.627.516/0001-23

SICREDI FUNDO DE INVESTIMENTO INVEST PLUS CURTO PRAZO CNPJ 01.627.516/0001-23 Porto Alegre, 27 de julho de 2009 SICREDI FUNDO DE INVESTIMENTO INVEST PLUS CURTO PRAZO CNPJ 01.627.516/0001-23 ESTE PROSPECTO FOI PREPARADO COM AS INFORMAÇÕES NECESSÁRIAS AO ATENDIMENTO DAS DISPOSIÇÕES

Leia mais

acompanhe a variação do dólar americano. Capítulo I Do Fundo

acompanhe a variação do dólar americano. Capítulo I Do Fundo Capítulo I Do Fundo Artigo 1º - O BRADESCO EMPRESAS FUNDO DE INVESTIMENTO EM COTAS DE FUNDOS DE INVESTIMENTO CAMBIAL DÓLAR, doravante denominado FUNDO, constituído sob a forma de condomínio aberto, com

Leia mais

LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O ZENITH FUNDO DE INVESTIMENTO EM COTAS DE FUNDOS DE INVESTIMENTO EM AÇÕES CNPJ: 04.787.

LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O ZENITH FUNDO DE INVESTIMENTO EM COTAS DE FUNDOS DE INVESTIMENTO EM AÇÕES CNPJ: 04.787. LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O ZENITH FUNDO DE INVESTIMENTO EM COTAS DE FUNDOS DE INVESTIMENTO EM AÇÕES Informações referentes à Julho de 2013 Esta lâmina contém um resumo das informações essenciais

Leia mais

complementar e seguros de vida com cobertura de sobrevivência por ela instituídos. Capítulo I Do Fundo

complementar e seguros de vida com cobertura de sobrevivência por ela instituídos. Capítulo I Do Fundo Capítulo I Do Fundo Artigo 1º - O BRADESCO FUNDO DE INVESTIMENTO EM COTAS DE FUNDOS DE INVESTIMENTO MULTIMERCADO PGBL - V15/30, doravante denominado FUNDO, constituído sob a forma de condomínio aberto,

Leia mais

FUNDO DE INVESTIMENTO DE RENDA FIXA CRÉDITO PRIVADO UNICRED CENTRAL RJ. CNPJ n.º 07.038.766/0001-04 REGULAMENTO

FUNDO DE INVESTIMENTO DE RENDA FIXA CRÉDITO PRIVADO UNICRED CENTRAL RJ. CNPJ n.º 07.038.766/0001-04 REGULAMENTO FUNDO DE INVESTIMENTO DE RENDA FIXA CRÉDITO PRIVADO UNICRED CENTRAL RJ CNPJ n.º 07.038.766/0001-04 REGULAMENTO CAPÍTULO I - DO FUNDO 1. O FUNDO DE INVESTIMENTO DE RENDA FIXA CRÉDITO PRIVADO UNICRED CENTRAL

Leia mais

PROSPECTO OUTUBRO/2008 INFINITY UNIQUE FUNDO DE INVESTIMENTO MULTIMERCADO CNPJ: 07.878.282/0001-73

PROSPECTO OUTUBRO/2008 INFINITY UNIQUE FUNDO DE INVESTIMENTO MULTIMERCADO CNPJ: 07.878.282/0001-73 PROSPECTO OUTUBRO/2008 INFINITY UNIQUE FUNDO DE INVESTIMENTO MULTIMERCADO CNPJ: 07.878.282/0001-73 Classificação CVM: Multimercado Classificação ANBID: Multimercado com Renda Variável com Alavancagem (cód.:

Leia mais

FUNDO DE INVESTIMENTO MULTIMERCADO ALOCAÇÃO LONGO PRAZO

FUNDO DE INVESTIMENTO MULTIMERCADO ALOCAÇÃO LONGO PRAZO Porto Alegre, 22 de julho de 2014 FUNDO DE INVESTIMENTO MULTIMERCADO ALOCAÇÃO LONGO PRAZO ESTE PROSPECTO FOI PREPARADO COM AS INFORMAÇÕES NECESSÁRIAS AO ATENDIMENTO DAS DISPOSIÇÕES DO CÓDIGO ANBIMA DE

Leia mais

SICREDI FUNDO DE INVESTIMENTO INSTITUCIONAL RENDA FIXA IRF-M LONGO PRAZO

SICREDI FUNDO DE INVESTIMENTO INSTITUCIONAL RENDA FIXA IRF-M LONGO PRAZO Porto Alegre, 21 de maio de 2013 SICREDI FUNDO DE INVESTIMENTO INSTITUCIONAL RENDA FIXA IRF-M LONGO PRAZO ESTE PROSPECTO FOI PREPARADO COM AS INFORMAÇÕES NECESSÁRIAS AO ATENDIMENTO DAS DISPOSIÇÕES DO CÓDIGO

Leia mais

FUNDO DE INVESTIMENTO RENDA FIXA CRÉDITO PRIVADO EXECUTIVE LONGO PRAZO. CNPJ n.º: 21.170.347/0001-52 REGULAMENTO

FUNDO DE INVESTIMENTO RENDA FIXA CRÉDITO PRIVADO EXECUTIVE LONGO PRAZO. CNPJ n.º: 21.170.347/0001-52 REGULAMENTO FUNDO DE INVESTIMENTO RENDA FIXA CRÉDITO PRIVADO EXECUTIVE LONGO PRAZO CNPJ n.º: 21.170.347/0001-52 REGULAMENTO CAPÍTULO I - DO FUNDO 1. O FUNDO DE INVESTIMENTO RENDA FIXA CRÉDITO PRIVADO EXECUTIVE LONGO

Leia mais

REGULAMENTO DO TNAD FUNDO DE INVESTIMENTO EM AÇÕES

REGULAMENTO DO TNAD FUNDO DE INVESTIMENTO EM AÇÕES REGULAMENTO DO TNAD FUNDO DE INVESTIMENTO EM AÇÕES Cláusula 1ª DA CONSTITUIÇÃO E DAS CARACTERÍSTICAS DO FUNDO 1.1 - O TNAD FUNDO DE INVESTIMENTO EM AÇÕES, doravante denominado FUNDO, constituído sob a

Leia mais

FUNDO PAULISTA DE INVESTIMENTO RENDA FIXA CNPJ nº 00.828.371/0001-66 REGULAMENTO CAPÍTULO I DA CONSTITUIÇÃO, CARACTERÍSTICAS, OBJETIVOS E PÚBLICO-ALVO

FUNDO PAULISTA DE INVESTIMENTO RENDA FIXA CNPJ nº 00.828.371/0001-66 REGULAMENTO CAPÍTULO I DA CONSTITUIÇÃO, CARACTERÍSTICAS, OBJETIVOS E PÚBLICO-ALVO FUNDO PAULISTA DE INVESTIMENTO RENDA FIXA CNPJ nº 00.828.371/0001-66 REGULAMENTO CAPÍTULO I DA CONSTITUIÇÃO, CARACTERÍSTICAS, OBJETIVOS E PÚBLICO-ALVO ARTIGO 1º - O FUNDO PAULISTA DE INVESTIMENTO RENDA

Leia mais

Safra SAFRA BOLSA AMERICANA FUNDO DE INVESTIMENTO EM COTAS DE FUNDOS DE INVESTIMENTO MULTIMERCADO PREVIDENCIÁRIO CNPJ Nº 18.766.

Safra SAFRA BOLSA AMERICANA FUNDO DE INVESTIMENTO EM COTAS DE FUNDOS DE INVESTIMENTO MULTIMERCADO PREVIDENCIÁRIO CNPJ Nº 18.766. SAFRA BOLSA AMERICANA FUNDO DE INVESTIMENTO EM COTAS DE FUNDOS DE INVESTIMENTO MULTIMERCADO PREVIDENCIÁRIO CNPJ Nº 18.766.488/0001-28 REGULAMENTO CAPÍTULO I - DO FUNDO 1.1 O SAFRA BOLSA AMERICANA FUNDO

Leia mais

REGULAMENTO DO BANRISUL PREMIUM FUNDO DE INVESTIMENTO RENDA FIXA DE LONGO PRAZO

REGULAMENTO DO BANRISUL PREMIUM FUNDO DE INVESTIMENTO RENDA FIXA DE LONGO PRAZO REGULAMENTO DO BANRISUL PREMIUM FUNDO DE INVESTIMENTO RENDA FIXA DE LONGO PRAZO Administrado pelo Banco do Estado do Rio Grande do Sul S.A. CNPJ/MF 92.702.067/0001-96 CAPÍTULO I - DO FUNDO Art. 1. O BANRISUL

Leia mais

ALFA TOTAL CS PORTFOLIO PLUS FUNDO DE INVESTIMENTO EM COTAS DE FUNDOS DE INVESTIMENTO MULTIMERCADO INVESTIDOR QUALIFICADO CNPJ/MF 08.900.

ALFA TOTAL CS PORTFOLIO PLUS FUNDO DE INVESTIMENTO EM COTAS DE FUNDOS DE INVESTIMENTO MULTIMERCADO INVESTIDOR QUALIFICADO CNPJ/MF 08.900. ALFA TOTAL CS PORTFOLIO PLUS FUNDO DE INVESTIMENTO EM COTAS DE FUNDOS DE INVESTIMENTO MULTIMERCADO CNPJ/MF 08.900.423/0001-70 REGULAMENTO CAPÍTULO I DO FUNDO 1.1 O ALFA TOTAL CS PORTFOLIO PLUS FUNDO DE

Leia mais

Safra PROSPECTO SAFRA SIMPLES FUNDO DE INVESTIMENTO EM COTAS DE FUNDOS DE INVESTIMENTO DE CURTO PRAZO. CNPJ/MF n.º 09.531.

Safra PROSPECTO SAFRA SIMPLES FUNDO DE INVESTIMENTO EM COTAS DE FUNDOS DE INVESTIMENTO DE CURTO PRAZO. CNPJ/MF n.º 09.531. PROSPECTO SAFRA SIMPLES FUNDO DE INVESTIMENTO EM COTAS DE FUNDOS DE INVESTIMENTO DE CURTO PRAZO CNPJ/MF n.º 09.531.731/0001-38 ESTE PROSPECTO FOI PREPARADO COM AS INFORMAÇÕES NECESSÁRIAS AO ATENDIMENTO

Leia mais

FORMULÁRIO DE INFORMAÇÕES COMPLEMENTARES FUNDO DE INVESTIMENTO EM COTAS DE FUNDOS DE INVESTIMENTO CAIXA MULTIMERCADO MULTIGESTOR

FORMULÁRIO DE INFORMAÇÕES COMPLEMENTARES FUNDO DE INVESTIMENTO EM COTAS DE FUNDOS DE INVESTIMENTO CAIXA MULTIMERCADO MULTIGESTOR FORMULÁRIO DE INFORMAÇÕES COMPLEMENTARES FUNDO DE INVESTIMENTO EM COTAS DE FUNDOS DE INVESTIMENTO CAIXA MULTIMERCADO MULTIGESTOR Data de Competência: 13/11/2015 1. CNPJ 18.007.710/0001-09 2. PERIODICIDADE

Leia mais

Lâmina de informações essenciais sobre o Fundo SUMITOMO MITSUI FIC DE FIM BTG PACTUAL HIGH YIELD CNPJ: 07.442.466/0001-96

Lâmina de informações essenciais sobre o Fundo SUMITOMO MITSUI FIC DE FIM BTG PACTUAL HIGH YIELD CNPJ: 07.442.466/0001-96 Lâmina de informações essenciais sobre o Fundo SUMITOMO MITSUI FIC DE FIM BTG PACTUAL HIGH YIELD Informações referentes a setembro de 2015 Esta lâmina contém um resumo das informações essenciais sobre

Leia mais

Demonstração da Composição e Diversificação das Aplicações em 31 de maio de 2008.

Demonstração da Composição e Diversificação das Aplicações em 31 de maio de 2008. Demonstração da Composição e Diversificação das Aplicações em 31 de maio de 2008. Mercado / % sobre Aplicações/Especificação Quantidade Realização Patrimônio R$ Mil Líquido 1.DISPONIBILIDADES 8 0,03 Depósitos

Leia mais

TÍTULO FUNDO DE INVESTIMENTO MULTIMERCADO - LONGO PRAZO

TÍTULO FUNDO DE INVESTIMENTO MULTIMERCADO - LONGO PRAZO ADVERTÊNCIAS O investimento do FUNDO de que trata este prospecto apresenta riscos para o investidor. Ainda que a Gestora da carteira mantenha sistema de gerenciamento de riscos, não há garantia de completa

Leia mais

INVEST CLUBE RIO PRETO CNPJ/MF 07.959.303/0001-85 EDITAL DE CONVOCAÇÃO ASSEMBLEIA GERAL EXTRAORDINÁRIA

INVEST CLUBE RIO PRETO CNPJ/MF 07.959.303/0001-85 EDITAL DE CONVOCAÇÃO ASSEMBLEIA GERAL EXTRAORDINÁRIA INVEST CLUBE RIO PRETO CNPJ/MF 07.959.303/0001-85 EDITAL DE CONVOCAÇÃO ASSEMBLEIA GERAL EXTRAORDINÁRIA O Banco Cooperativo Sicredi S.A. ( Administrador ), inscrito no CNPJ sob o nº 01.181.521/0001-55,

Leia mais

Regulamento do Bradesco Empresas Fundo de Investimento em Cotas de Fundos de Investimento Curto Prazo CNPJ n o 05.084.425/0001-40 - 4 a AGC 26.9.

Regulamento do Bradesco Empresas Fundo de Investimento em Cotas de Fundos de Investimento Curto Prazo CNPJ n o 05.084.425/0001-40 - 4 a AGC 26.9. Capítulo I Do Fundo Artigo 1º - O BRADESCO EMPRESAS FUNDO DE INVESTIMENTO EM COTAS DE FUNDOS DE INVESTIMENTO CURTO PRAZO, doravante denominado FUNDO, constituído sob a forma de condomínio aberto, com prazo

Leia mais

ITAÚ FAPI RENDA FIXA - Fundo de Aposentadoria Programada Individual CNPJ - 02.177.812/0001-32 REGULAMENTO

ITAÚ FAPI RENDA FIXA - Fundo de Aposentadoria Programada Individual CNPJ - 02.177.812/0001-32 REGULAMENTO CAPÍTULO I - DO FUNDO 1 - O ITAÚ FAPI RENDA FIXA - FUNDO DE APOSENTADORIA PROGRAMADA INDIVIDUAL, designado FUNDO, constituído sob a forma de condomínio aberto, com prazo indeterminado de duração, é regido

Leia mais

BRADESCO PRIVATE FUNDO DE INVESTIMENTO EM COTAS DE FUNDOS DE INVESTIMENTO MULTIMERCADO HEDGING GRIFFO MULTI DINÂMICO PROSPECTO

BRADESCO PRIVATE FUNDO DE INVESTIMENTO EM COTAS DE FUNDOS DE INVESTIMENTO MULTIMERCADO HEDGING GRIFFO MULTI DINÂMICO PROSPECTO BRADESCO PRIVATE FUNDO DE INVESTIMENTO EM COTAS DE FUNDOS DE INVESTIMENTO MULTIMERCADO HEDGING GRIFFO MULTI DINÂMICO PROSPECTO CNPJ nº. 08.893.097/0001-10 Cidade de Deus, Prédio Novíssimo, 4º andar, Vila

Leia mais

ALFA DIVIDENDOS - FUNDO DE INVESTIMENTO EM AÇÕES INVESTIDOR QUALIFICADO CNPJ/MF Nº 10.758.216/0001-74 REGULAMENTO

ALFA DIVIDENDOS - FUNDO DE INVESTIMENTO EM AÇÕES INVESTIDOR QUALIFICADO CNPJ/MF Nº 10.758.216/0001-74 REGULAMENTO ALFA DIVIDENDOS - FUNDO DE INVESTIMENTO EM AÇÕES INVESTIDOR QUALIFICADO CNPJ/MF Nº 10.758.216/0001-74 REGULAMENTO CAPÍTULO I DO FUNDO 1.1 O ALFA DIVIDENDOS - FUNDO DE INVESTIMENTO EM AÇÕES INVESTIDOR QUALIFICADO

Leia mais

ZENITH FUNDO DE INVESTIMENTO EM COTAS DE FUNDOS DE INVESTIMENTO EM AÇÕES CNPJ N 04.787.992/0001-08

ZENITH FUNDO DE INVESTIMENTO EM COTAS DE FUNDOS DE INVESTIMENTO EM AÇÕES CNPJ N 04.787.992/0001-08 ESTE PROSPECTO FOI PREPARADO COM AS INFORMAÇÕES NECESSÁRIAS AO ATENDIMENTO DAS DISPOSIÇÕES DO CÓDIGO ANBIMA DE REGULAÇÃO E MELHORES PRÁTICAS PARA OS FUNDOS DE INVESTIMENTO, BEM COMO ÀS NORMAS EMANADAS

Leia mais

PROSPECTO CAIXA FI AÇÕES PETROBRAS PRÉ-SAL

PROSPECTO CAIXA FI AÇÕES PETROBRAS PRÉ-SAL PROSPECTO CAIXA FI AÇÕES PETROBRAS PRÉ-SAL CLASSIFICAÇÃO DO FUNDO ANBIMA: AÇÕES SETORIAIS FOCO DE ATUAÇÃO: PETROBRAS ESTE PROSPECTO FOI PREPARADO COM AS INFORMAÇÕES NECESSÁRIAS AO ATENDIMENTO DAS DISPOSIÇÕES

Leia mais

PROSPECTO OUTUBRO/2014

PROSPECTO OUTUBRO/2014 PROSPECTO OUTUBRO/2014 INFINITY SELECTION IBOVESPA FUNDO DE INVESTIMENTO EM AÇÕES CNPJ: 09.282.540/0001-80 ( FUNDO ) Classificação CVM: FI AÇÕES Classificação ANBIMA: Ações IBOVESPA Ativo (cód.: 208.541)

Leia mais