Universidade Federal de Minas Gerais Colégio Técnico. Plano de Ensino. Ano: 2015

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Universidade Federal de Minas Gerais Colégio Técnico. Plano de Ensino. Ano: 2015"

Transcrição

1 Plano de Ensino Disciplina: Carga horária total: Eletrônica Industrial 133,3h Ano: 2015 Curso: Eletrônica Regime: Anual Série: 3 a Observação: Carga Horária Semanal Total Teórica: (horas aula por semana) 2 Carga Horária Semanal Total Prática: (horas aula por semana) 2 Número de Semanas da Disciplina 40 Em caso da disciplina ter menos de 40 semanas, justifique brevemente o motivo: - Disponibiliza Material no Moodle? (SIM/NAO) NÃO Usa algum site na Web? (indicar site ou dizer não) Uso Grupo em redes sociais para envio de tarefas, orientações aos alunos, envio de material, etc. Professor em 2015 Eduardo Fernandes Barbosa Tel. Pessoal e ramal Sala do professor 235 Horário de atendimento dos alunos marcar no SAE Professor em Tel. Pessoal e ramal - Sala do professor - - Horário de atendimento dos alunos - -

2 Ementa: Universidade Federal de Minas Gerais Esta disciplina tem por finalidade propiciar aos alunos o conhecimento básico sobre dispositivos, circuitos, sistemas e aplicações de Eletrônica, com ênfase em circuitos retificadores, reguladores de tensão lineares e não lineares, processamento de sinais analógicos, aplicações básicas de dispositivos semicondutores operando como elementos lineares e não lineares, conversão da energia e técnicas de projeto e análise de circuitos eletrônicos. Unidades de ensino: 1. Dispositivos Eletrônicos básicos derivados da junção PN características e aplicações: diodo retificador; zener; LED, Fotodiodo; retificadores; filtros; reguladores de tensão com zener; circuitos limitadores e modificadores de forma de onda; 2. Transistor bipolar e aplicações em Eletrônica Industrial: transistor de junção e seus parâmetros; funcionamento na região linear e não linear. Aplicações em fontes reguladas lineares; Projeto de fontes reguladas lineares; 3. Análise de circuitos com transistores: modelo equivalente de CC e CA; modos de operação; projeto de amplificadores de pequenos sinais; análise de amplificadores. Amplificadores de potência; classe de amplificadores A, AB, C e D. 4. Dispositivos semicondutores de controle de potência: conversores de energia; transistor de potência; SCR e TRIAC; características, operação e parâmetros; formas de comando e proteção; 5. Retificadores controlados: circuitos, análise de formas de onda; determinação das tensões de saída; técnicas de comando; retificadores polifásicos controlados e não controlados; aplicações. 6. Fontes de alimentação chaveadas: princípio de funcionamento; configurações típicas; componentes para fontes chaveadas; circuitos de controle e proteção. 7. Tópicos especiais: abordagem de novas tecnologias e dispositivos em Eletrônica Industrial; pesquisas em eletrônica industrial; novas aplicações, projetos e análises de sistemas, e tópicos de interesse para os objetivos do curso. (Total de 40 sessões teóricas de 2 aulas = 80 horas-aula) Metodologia: Nesta disciplina 50% das aulas são teóricas e 50% são práticas, com aplicação da seguinte metodologia: 1. Aulas Teóricas: 2 aulas por semana para toda a turma, com sessões expositivas, discussões em grupos, exercícios de revisão, realização e apresentação de trabalhos de pesquisa e desenvolvimento térico-experimentais. 2. Aulas de Laboratório: 2 aulas por semana por subturma, com realização de montagens e atividades práticas relacionadas com tópicos da teoria. 3. Exercícios de revisáo: serão programados ao longo do curso, para serem, realizados durante o horário de aula e extra-classe 4. Projetos: em função das condições e oportunidades, serão desenvolvidos projetos em pequenos grupos, a serem apresentados para toda a turma.

3 5. Avaliação da Aprendizagem Será feita levando-se em conta o desempenho do aluno nos exercícios em aula; participação e atitude nas aulas de laboratório; avaliações individuais; trabalhos e projetos realizados e apresentados; participação nas atividades desenvolvidas dentro e fora de aulas teóricas ou práticas; e da contribuição do aluno para aprendizagem geral da turma. Objetivos: A disciplina tem por objetivos:: Familiarizar os alunos com os parâmetros e principais características de funcionamentos de dispositivos eletrônicos, suas principais aplicações e métodos e técnicas de projeto e análise de circuitos típicos. Capacitar o aluno no conhecimento de aplicações básicas de dispositivos semicondutores, tais como: circuitos retificadores, filtro a capacitor, fontes de alimentação reguladas lineares e não lineares, amplificador de pequenos sinais e de potência, o transistor como elemento de comutação. Habilitar o aluno no uso correto de instrumentação e equipamentos básicos de laboratório, tais como: multímetros analógicos e digitais, geradores de sinal, frequencímetro, capacímetro, osciloscópio, fontes de alimentação, etc. Favorecer que o aluno adquira bons hábitos de trabalho em equipe e no ambiente de laboratório e oficina eletro-eletrônica. Ensinar aos alunos as técnicas básicas de análise e projeto de circuitos e sistemas eletrônicos com dispositivos discretos e integrados. Habilidades e/ou Conceitos Esperados: Formação de habilidades básicas no projeto e análise de circuitos analógicos usando dispositivos semicondutores. Formação de competências no uso de instrumentação de laboratório para análise de circuitos. Habilidade para o trabalho em equipe Habilidade na busca de informações contextualizadas a partir de pesquisa na Internet Pré-requisitos: Conteúdos abordados nesta disciplina dependem principalmente de raciocínio lógico-matemático, dos conceitos básicos da Física (eletricidade), capacidade de abstração. Suas aulas práticas demandam relatórios com estrutura padrão, desenhos, tabelas, planilhas, gráficos, análises estatísticas simples. Conhecimento de língua inglesa Conhecimento de princípios físicos de indução eletromagnética, resistividade, potência e energia Capacidade de síntese e clareza na exposição de um argumento. As disciplinas que servem de base para a Microinformática são: Física, Eletrotécnica e Introdução à Eletrônica

4 Recursos: Para as aulas teóricas serão utilizadas salas de aula convencionais com quadro brando e projetor de multimídia. Serão utilizadas listas de exercícios de revisão para fixação de conceitos e avaliação progressiva da aprendizagem. Para as aulas práticas, é utilizado um Laboratório com instrumentação específica, protoboards, cabos, componentes eletrônicos e acessórios para montagens, testes e ensaios. Como instrumentação básica de bancada, cada grupo de alunos tem à disposição: um osciloscópio, uma fonte de alimentação regulada, um multímetro, um gerador de sinais e ferramentas básicas de laboratório de Eletrônica. Avaliação: As avaliações são feitas ao longo do cuso, por meio de sessões de perguntas e respostas, exercícios de avaliação da aprendizagem, provas, trabalhos de laboratório, projetos, e outros elementos como a participação nas aulas teóricas e práticas. São distribuídos 100 pontos no ano. Nos três trimestres são distribuídos, respectivamente: 30 pontos, 35 pontos e 35 pontos. Os alunos que conseguirem 60 pontos ou mais são considerados aprovados na disciplina. Tópicos do Programa de Aulas Teóricas e carga horária (em min/tópico) I. Dispositivos Eletrônicos básicos derivados da junção PN características e aplicações: diodo retificador; zener; LED, Fotodiodo; retificadores; filtros; reguladores de tensão com zener; circuitos limitadores e modificadores de forma de onda; [500 min] II. Transistor bipolar e aplicações em Eletrônica Industrial: transistor de junção e seus parâmetros; funcionamento na região linear e não linear. Aplicações em fontes reguladas lineares; Projeto de fontes reguladas lineares; [400 min] III. Análise de circuitos com transistores: modelo equivalente de CC e CA; modos de operação; projeto de amplificadores de pequenos sinais; análise de amplificadores. Amplificadores de potência; classe de amplificadores A, AB, C e D. [400 min] IV. Dispositivos semicondutores de controle de potência: conversores de energia; transistor de potência; SCR e TRIAC; características, operação e parâmetros; Comando e proteção; [500 min] V. Retificadores controlados: circuitos, análise de formas de onda; determinação das tensões de saída; técnicas de comando; retificadores polifásicos controlados e não controlados; aplicações. [500 min] VI. Fontes de alimentação chaveadas: princípio de funcionamento; configurações típicas; componentes para fontes chaveadas; circuitos de controle e proteção. [300 min] VII. Tópicos especiais: abordagem de novas tecnologias e dispositivos em Eletrônica Industrial; pesquisas em eletrônica industrial; novas aplicações, projetos e análises de sistemas, e tópicos de interesse para os objetivos do curso. [200 min] VIII. Aulas reservadas para exercícios, trabalhos práticos, projetos e avaliações [1200 min] Total = 4000 minutos = 80 aulas de 50min

5 Tópicos do Programa de aulas práticas de Laboratório: 1. Características dinâmicas dos diodos de junção: curva I x V; tempo de recuperação reversa (1) 2. Projeto e montagem de um conversor de onda triangular em senoidal (2) 3. Circuitos detectores de pico e dobrador de tensão (1) 4. Circuitos de aplicação de diodos de junção: projeto e montagem de um triplicador e quadruplicador de tensão (1) 5. Regulação de tensão com diodo zener: projeto e montagem de um circuito regulador (1) 6. Fontes reguladas lineares: projeto e montagem de uma fonte com transistor regulador série e zener (2) 7. Projeto e montagem de uma fonte com transistor regulador série e transistor como comparador de tensão. (1) 8. Projeto e montagem de uma fonte com transistor e amplificador operacional como comparador de tensão. (1) 9. Regulação de tensão por modulação da largura de pulso (PWM): princípio de funcionamento usando Amp Op (1) 10. Regulação de tensão com regulador chaveado PWM integrado (série 3524) (1) 11. Montagem do circuito de teste geral do PWM integrado (série 3524) (1) 12. Avaliação prática parcial (1) 13. Projeto e montagem de uma fonte com regulador PWM (2) 14. Amplificadores em EC: ganhos de tensão com e sem capacitor de emissor (1) 15. Faixa de passagem em amplificadores de baixa freqüência (1) 16. Projetos sobre tópicos especiais em Eletrônica Industrial e aplicações (3) 17. Amplificadores de potência classe AB, par complementar: rendimento, distorção e faixa de passagem (1) 18. Amplificadores de potência de áudio casse D: análise da configuração e projetos para pequenas potências (2) 19. Avaliação prática parcial (1) 20. Dispositivos semicondutores de potência: circuitos de comando liga/desliga para o SCR (1) 21. Circuito de disparo para o SCR: projeto e montagem de disparadores com amplificador operacional (2) 22. Projeto e montagem de um controle de fase em meia onda com SCR (1) 23. Projeto e montagem de um controle de fase em onda completa com SCR (1) 24. Projeto e montagem de um controle de fase em onda completa com TRIAC (1) 25. Retificadores trifásicos de meia onda com diodos (1) 26. Retificadores trifásicos de onda completa com diodos (1) 27. Retificadores hexafásicos de meia onda com diodos (1) 28. Controle de motores de corrente contínua com semicondutores de potência (1) 29. Controle de motores de corrente alternada com semicondutores de potência (1) 30. Projetos sobre tópicos especiais em Eletrônica de Potência e aplicações (2) 31. Projetos de escolha dos alunos para o Dia da Amizade (3) 32. Avaliação prática final (1) (1) = Aula de laboratório de 100 minutos (2) = 2 aulas de laboratório de 100 minutos cada = 200 minutos (3) = 3 aulas de laboratório de 100 minutos cada = 300 minutos Total = 40 sessões práticas de 2 aulas (100 min) = 4000 minutos = 40 aulas de 50 min

6 Bibliografia básica: Dispositivos Eletrônicos e Teoria de Circuitos; Robert Boylestad Editora: Prentice-Hall Eletrônica de Potência; José Luiz Antunes; Editora Érica. Sites selecionados na Internet (serão fornecidos no decorrer do curso) Textos específicos desenvolvidos durante o curso Roteiros de aulas de Laboratório de Eletrônica Industrial Revistas eletrônicas especializadas

Universidade Federal de Minas Gerais Colégio Técnico Plano de Ensino

Universidade Federal de Minas Gerais Colégio Técnico Plano de Ensino Disciplina: Carga horária total: Plano de Ensino Eletrotécnica Ano: 2015 160 horas/aula Curso: Eletrônica/ Automação Industrial Regime: Anual Série: 3 o Ano Observação: Carga Horária Semanal Total Teórica:

Leia mais

Sumário. Volume II. Capítulo 14 Efeitos de frequência 568. Capítulo 15 Amplificadores diferenciais 624. Capítulo 16 Amplificadores operacionais 666

Sumário. Volume II. Capítulo 14 Efeitos de frequência 568. Capítulo 15 Amplificadores diferenciais 624. Capítulo 16 Amplificadores operacionais 666 Volume II Capítulo 14 Efeitos de frequência 568 14-1 Resposta em frequência de um amplificador 570 14-2 Ganho de potência em decibel 575 14-3 Ganho de tensão em decibel 579 14-4 Casamento de impedância

Leia mais

Sumário. 1-1 Os três tipos de fórmula Aproximações Fontes de tensão Fontes de corrente 10

Sumário. 1-1 Os três tipos de fórmula Aproximações Fontes de tensão Fontes de corrente 10 Volume I Capítulo 1 Introdução 2 1-1 Os três tipos de fórmula 4 1-2 Aproximações 6 1-3 Fontes de tensão 7 1-4 Fontes de corrente 10 1-5 Teorema de Thevenin 13 1-6 Teorema de Norton 16 1-7 Análise de defeito

Leia mais

CENTRO FEDERAL DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA DE SANTA CATARINA GERÊNCIA EDUCACIONAL DE ELETRÔNICA PLANO DE ENSINO

CENTRO FEDERAL DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA DE SANTA CATARINA GERÊNCIA EDUCACIONAL DE ELETRÔNICA PLANO DE ENSINO CENTRO FEDERAL DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA DE SANTA CATARINA GERÊNCIA EDUCACIONAL DE ELETRÔNICA PLANO DE ENSINO Curso: CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM SISTEMAS DIGITAIS Unidade Curricular: RETIFICADORES Código:

Leia mais

Plano de Trabalho Docente Habilitação Profissional: Técnica de Nível Médio de Técnico em Eletrônica. Qualificação: Técnico em Eletrônica

Plano de Trabalho Docente Habilitação Profissional: Técnica de Nível Médio de Técnico em Eletrônica. Qualificação: Técnico em Eletrônica Plano de Trabalho Docente 2014 ETEC Monsenhor Antônio Magliano Ensino Técnico Código: 088 Município: Garça Área Profissional: Controle e Sistemas Industriais. Habilitação Profissional: Técnica de Nível

Leia mais

Plano de Trabalho Docente Ensino Técnico

Plano de Trabalho Docente Ensino Técnico Plano de Trabalho Docente 2016 Ensino Técnico Plano de Curso nº 233 aprovado pela portaria Cetec nº 172 de 13/09/2013 Etec Paulino Botelho Código: 091 Município: São Carlos Eixo Tecnológico: Controle e

Leia mais

Eletrônica Básica / ELE Carlos Antonio Alves DEE Campus III Sala 59 / Fone

Eletrônica Básica / ELE Carlos Antonio Alves DEE Campus III Sala 59 / Fone Carlos Antonio Alves DEE Campus III Sala 59 / Fone 3743-1224 caa@dee.feis.unesp.br 1 OBJETIVOS (Ao término da disciplina o aluno deverá ser capaz de:) Entender o funcionamento dos principais dispositivos

Leia mais

Plano de Trabalho Docente 2017 Ensino Técnico

Plano de Trabalho Docente 2017 Ensino Técnico Plano de Trabalho Docente 2017 Ensino Técnico Plano de Curso nº 239 aprovado pela portaria Cetec nº 172 de 13/09/2013 Etec Sylvio de Mattos Carvalho Código: 103 Município: Matão Eixo Tecnológico: Controle

Leia mais

INTRODUÇÃO À ELETRÔNICA INDUSTRIAL (Unidade 1)

INTRODUÇÃO À ELETRÔNICA INDUSTRIAL (Unidade 1) MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE SANTA CATARINA TÉCNICO EM MECATRÔNICA DISCIPLINA: ELETRÔNICA INDUSTRIAL INTRODUÇÃO

Leia mais

Introdução à Eletrônica de Potência

Introdução à Eletrônica de Potência Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Santa Catarina Departamento Acadêmico de Eletrônica Eletrônica de Potência Introdução à Eletrônica de Potência Prof. Clóvis Antônio Petry. Florianópolis,

Leia mais

Eletrônica Básica / ELE Carlos Antonio Alves DEE Campus III Sala 59 / Fone

Eletrônica Básica / ELE Carlos Antonio Alves DEE Campus III Sala 59 / Fone Carlos Antonio Alves DEE Campus III Sala 59 / Fone 3743-1224 caa@dee.feis.unesp.br 1 OBJETIVOS (Ao término da disciplina o aluno deverá ser capaz de:) Entender o funcionamento dos principais dispositivos

Leia mais

Plano de Trabalho Docente 2017 Ensino Técnico

Plano de Trabalho Docente 2017 Ensino Técnico Plano de Trabalho Docente 2017 Ensino Técnico Plano de Curso nº 239 aprovado pela portaria Cetec nº 172 de 13/09/2013 Etec Sylvio de Mattos Carvalho Código: 103 Município: Matão Eixo Tecnológico: Controle

Leia mais

CURSO SUPERIOR EM ENGENHARIA DE CONTROLE E AUTOMAÇÃO DISCIPLINA: ELETRÔNICA BÁSICA EXPERIMENTAL TURMA: PROFESSOR: TIAGO DEQUIGIOVANI

CURSO SUPERIOR EM ENGENHARIA DE CONTROLE E AUTOMAÇÃO DISCIPLINA: ELETRÔNICA BÁSICA EXPERIMENTAL TURMA: PROFESSOR: TIAGO DEQUIGIOVANI CURSO SUPERIOR EM ENGENHARIA DE CONTROLE E AUTOMAÇÃO DISCIPLINA: ELETRÔNICA BÁSICA EXPERIMENTAL TURMA: 2014-1 PROFESSOR: TIAGO DEQUIGIOVANI Roteiro Experimental Circuitos Retificadores Alunos: Data: /

Leia mais

EPO Eletrônica de Potência Introdução à disciplina

EPO Eletrônica de Potência Introdução à disciplina EPO Eletrônica de Potência Introdução à disciplina novaes@ieee.org RESUMO Ementa Objetivos Metodologia Avaliações Conteúdo programático e introdução aos tópicos Referências bibliográficas EMENTA Componentes

Leia mais

PLANO DE ENSINO. Técnico em Mecatrônica

PLANO DE ENSINO. Técnico em Mecatrônica PLANO DE ENSINO 1. CURSO Técnico em Mecatrônica 2. DISCIPLINA / COMPONENTE CURRÍCULAR NOME: Eletrônica Geral CARGA HORÁRIA: 80h MÓDULO OU FASE: Módulo II ANO / SEMESTRE: 2017 / 2 PROFESSOR: Jhonatan Machado

Leia mais

Tecnologia em Automação Industrial 2016 ELETRÔNICA II

Tecnologia em Automação Industrial 2016 ELETRÔNICA II Tecnologia em Automação Industrial 2016 ELETRÔNICA II Aula 22 Fonte chaveada Prof. Dra. Giovana Tripoloni Tangerino https://giovanatangerino.wordpress.com giovanatangerino@ifsp.edu.br giovanatt@gmail.com

Leia mais

Fontes lineares e Projeto integrador

Fontes lineares e Projeto integrador Centro Federal de Educação Tecnológica de Santa Catarina Departamento de Eletrônica Eletrônica Básica e Projetos Eletrônicos Fontes lineares e Projeto integrador Clóvis Antônio Petry, professor. Florianópolis,

Leia mais

PLANO DE ENSINO. Técnico em Eletromecânica. 1. Diversos componentes eletrônicos (função, construção, aplicações e teste de funcionamento);

PLANO DE ENSINO. Técnico em Eletromecânica. 1. Diversos componentes eletrônicos (função, construção, aplicações e teste de funcionamento); PLANO DE ENSINO 1. CURSO Técnico em Eletromecânica 2. DISCIPLINA / COMPONENTE CURRÍCULAR NOME: Geral CARGA HORÁRIA: 80h MÓDULO OU FASE: Módulo II ANO / SEMESTRE: 2017 / 2 PROFESSOR: Jhonatan Machado Godinho

Leia mais

Lista de Exercícios 2 (L2)

Lista de Exercícios 2 (L2) 1 ELETRÔNICA DE POTÊNICA II Professor: Marcio Luiz Magri Kimpara Lista de Exercícios 2 (L2) 1) Um inversor monofásico de meia-ponte alimenta uma carga resistiva R=10Ω e possui a tensão de entrada Vcc=220V.

Leia mais

Aula 08 Retificadores controlados

Aula 08 Retificadores controlados Aula 08 Retificadores controlados Prof. Heverton Augusto Pereira Universidade Federal de Viçosa - UFV Departamento de Engenharia Elétrica - DEL Gerência de Especialistas em Sistemas Elétricos de Potência

Leia mais

Plano de Trabalho Docente Ensino Técnico

Plano de Trabalho Docente Ensino Técnico Plano de Trabalho Docente - 2017 Ensino Técnico Plano de Curso nº 239 aprovado pela portaria Cetec nº 172 de 13 / 09 / 2013. Etec Sylvio de Mattos Carvalho Código: 103 Município: Matão Eixo Tecnológico:

Leia mais

Ensino Técnico Integrado ao Médio

Ensino Técnico Integrado ao Médio Ensino Técnico Integrado ao Médio FORMAÇÃO PROFISSIONAL Plano de Trabalho Docente 2016 Plano de Curso nº 089 aprovado pela portaria Cetec nº 728 de 10/09/2015 Etec Paulino Botelho Código: 091 Município:

Leia mais

ELETRÔNICA DE POTÊNCIA I Aula 01 - Introdução. à Eletrônica de Potência

ELETRÔNICA DE POTÊNCIA I Aula 01 - Introdução. à Eletrônica de Potência EPO I Aula 01 ELETRÔNICA DE POTÊNCIA UNIVERSIDADE DO ESTADO DE SANTA CATARINA CENTRO DE CIÊNCIAS TECNOLÓGICAS DEPARTAMENTO DE ENGENHARIA ELÉTRICA CURSO DE ENGENHARIA ELÉTRICA ELETRÔNICA DE POTÊNCIA I Aula

Leia mais

UNIVERSIDADE CATÓLICA DE GOIÁS DEPARTAMENTO DE ENGENHARIA LABORATÓRIO DE ELETRÔNICA INDUSTRIAL. EXPERIÊNCIA N o 6

UNIVERSIDADE CATÓLICA DE GOIÁS DEPARTAMENTO DE ENGENHARIA LABORATÓRIO DE ELETRÔNICA INDUSTRIAL. EXPERIÊNCIA N o 6 UNIVERSIDADE CATÓLICA DE GOIÁS DEPARTAMENTO DE ENGENHARIA LABORATÓRIO DE ELETRÔNICA INDUSTRIAL Título: Circuito integrado TCA - 785. EXPERIÊNCIA N o 6 Objetivo: Verificar o princípio de funcionamento do

Leia mais

MII 2.1 MANUTENÇÃO DE CIRCUITOS ELETRÔNICOS ANALÓGICOS RETIFICAÇÃO

MII 2.1 MANUTENÇÃO DE CIRCUITOS ELETRÔNICOS ANALÓGICOS RETIFICAÇÃO MII 2.1 MANUTENÇÃO DE CIRCUITOS ELETRÔNICOS ANALÓGICOS RETIFICAÇÃO Contextualização Retificação Muitos circuitos eletrônicos necessitam de corrente contínua para operar. Porém, as companhias de energia

Leia mais

MII 2.1 MANUTENÇÃO DE CIRCUITOS ELETRÔNICOS ANALÓGICOS DIODOS

MII 2.1 MANUTENÇÃO DE CIRCUITOS ELETRÔNICOS ANALÓGICOS DIODOS MII 2.1 MANUTENÇÃO DE CIRCUITOS ELETRÔNICOS ANALÓGICOS DIODOS Objetivo do estudo dos diodos O diodo é o mais básico dispositivo semicondutor. É componente fundamental e muito importante em circuitos eletrônicos;

Leia mais

Plano de Trabalho Docente Ensino Técnico

Plano de Trabalho Docente Ensino Técnico Plano de Trabalho Docente 2015 Ensino Técnico ETEC Monsenhor Antônio Magliano Código: 088 Município: Garça Eixo Tecnológico: Controle e Processos Industriais Habilitação Profissional: Nível Médio de Técnico

Leia mais

Curso Técnico em Eletroeletrônica Eletrônica Analógica II

Curso Técnico em Eletroeletrônica Eletrônica Analógica II Curso Técnico em Eletroeletrônica Eletrônica Analógica II Aula 01 Revisão: Dispositivos eletrônicos Prof. Dra. Giovana Tripoloni Tangerino 2016 CIRCUITOS ELÉTRICOS E ELETRÔNICOS.. Trimpots.. Potenciômetros..

Leia mais

Retificadores (ENG ) Lista de Exercícios de Dispositivos Eletrônicos

Retificadores (ENG ) Lista de Exercícios de Dispositivos Eletrônicos Retificadores (ENG - 20301) Lista de Exercícios de Dispositivos Eletrônicos 01) Descreva com suas palavras o significado da palavra ideal aplicada a um dispositivo ou sistema. 02) Qual é a principal diferença

Leia mais

Departamento. Matéria. Disciplina. Código. Carga Horária (horas-aula) Objetivos. Ementa. Conteúdo Programático. Eletrônica

Departamento. Matéria. Disciplina. Código. Carga Horária (horas-aula) Objetivos. Ementa. Conteúdo Programático. Eletrônica Departamento Curso Formação Profissional Elétrica Engenharia Elétrica Disciplina Código Dispositivos e Circuitos Eletrônicos II ET2 Docentes Sergio Shimura (Prof. Responsável) Matéria Eletrônica Carga

Leia mais

PLANO DE ENSINO Engenharia Mecânica Fundamentos de Eletrônica Analógica e Digital

PLANO DE ENSINO Engenharia Mecânica Fundamentos de Eletrônica Analógica e Digital Curso: Disciplina: Carga Horária Semanal: 06 Carga Horária Total: 120 PLANO DE ENSINO Engenharia Mecânica Fundamentos de Eletrônica Analógica e Digital EMENTA Teoria dos semicondutores. Aplicações do Diodo

Leia mais

Disciplina de Eletrônica de Potência ET66B

Disciplina de Eletrônica de Potência ET66B UNIVERSIDADE TECNOLÓGICA FEDERAL DO PARANÁ DEPARTAMENTO ACADÊMICO DE ELETROTÉCNICA CURSO DE ENGENHARIA INDUSTRIAL ELÉTRICA Disciplina de Eletrônica de Potência ET66B amauriassef@utfpr.edu.br paginapessoal.utfpr.edu.br/amauriassef

Leia mais

Eletrônica Analógica - XA101 -

Eletrônica Analógica - XA101 - T e c n o l o g i a Eletrônica Analógica - XA101 - Os melhores e mais modernos MÓDULOS DIDÁTICOS para um ensino tecnológico de qualidade. Eletrônica Analógica - XA 101 - INTRODUÇÃO Os conteúdos básicos

Leia mais

Influência de parâmetros semicondutores. estruturais, dos materiais e das 2.1 Introdução: interfaces no comportamento

Influência de parâmetros semicondutores. estruturais, dos materiais e das 2.1 Introdução: interfaces no comportamento Professor: José Américo de Sousa Moura, DSc. Disciplina: Eletrônica Analógica Carga Horária: 60 hs Turma: E6 Pág. 1 de 5 EMENTA: Fontes de alimentação. Transistores de Efeito de Campo MOS. Transistores

Leia mais

CURSO: ENGENHARIA ELÉTRICA EMENTAS PERÍODO

CURSO: ENGENHARIA ELÉTRICA EMENTAS PERÍODO CURSO: ENGENHARIA ELÉTRICA EMENTAS 2016.1 1 PERÍODO DISCIPLINA: INTRODUÇÃO AO CÁLCULO DISCIPLINA: FUNDAMENTOS DE FÍSICA DISCIPLINA: REPRESENTAÇÃO GRÁFICA DISCIPLINA: INTRODUÇÃO A ENGENHARIA DISCIPLINA:

Leia mais

ANEXO: ESTRUTURA CURRICULAR DO CURSO DE ENGENHARIA ELÉTRICA DA UFCG

ANEXO: ESTRUTURA CURRICULAR DO CURSO DE ENGENHARIA ELÉTRICA DA UFCG ANEXO: ESTRUTURA CURRICULAR DO CURSO DE ENGENHARIA ELÉTRICA DA UFCG I. CONTEÚDOS BÁSICOS (Carga horária de 1740 horas) 1.1 - FORMAÇÃO CIENTÍFICA E TECNOLÓGICA (Carga horária: 1425 horas) 1.1.1 - MATEMÁTICA

Leia mais

CENTRO FEDERAL DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA DE SANTA CATARINA DEPARTAMENTO DE ELETRÔNICA Eletrônica Básica e Projetos Eletrônicos

CENTRO FEDERAL DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA DE SANTA CATARINA DEPARTAMENTO DE ELETRÔNICA Eletrônica Básica e Projetos Eletrônicos CENTRO FEDERAL DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA DE SANTA CATARINA DEPARTAMENTO DE ELETRÔNICA Eletrônica Básica e Projetos Eletrônicos AULA LAB 04 DIODOS ZENER, LEDS E TRANSISTORES BIPOLARES 1 INTRODUÇÃO Os componentes

Leia mais

ELETRICIDADE E ELETRÔNICA EMBARCADA

ELETRICIDADE E ELETRÔNICA EMBARCADA MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE ECUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE SANTA CATARINA CAMPUS FLORIANÓPOLIS ELETRICIDADE E ELETRÔNICA EMBARCADA E-mail: vinicius.borba@ifsc.edu.br

Leia mais

Universidade Federal de São João del-rei. Material Teórico de Suporte para as Práticas

Universidade Federal de São João del-rei. Material Teórico de Suporte para as Práticas Universidade Federal de São João del-rei Material Teórico de Suporte para as Práticas 1 Amplificador Operacional Um Amplificador Operacional, ou Amp Op, é um amplificador diferencial de ganho muito alto,

Leia mais

Também com o inversor de tensão é possível estabelecer o controle pelo escorregamento, ajustando a tensão e frequência adequadamente.

Também com o inversor de tensão é possível estabelecer o controle pelo escorregamento, ajustando a tensão e frequência adequadamente. - Acionamento e Controle do MI com Inversor de Tensão Nesta proposta, o MI é alimentado com tensões provenientes de inversor de tensão, proporcionando amplitude e frequência variável. Também com o inversor

Leia mais

Índice. Agradecimentos Prefácios Sobre o livro Sobre os autores

Índice. Agradecimentos Prefácios Sobre o livro Sobre os autores Índice Agradecimentos Prefácios Sobre o livro Sobre os autores Capítulo 1 Semicondutores 1.1 Introdução 1.2 Semicondutores simples e compostos: Estrutura 1.2.1 Semicondutores simples 1.2.2 Semicondutores

Leia mais

Tópicos Especiais em Energia Elétrica (Projeto de Inversores e Conversores CC-CC)

Tópicos Especiais em Energia Elétrica (Projeto de Inversores e Conversores CC-CC) Departamento de Engenharia Elétrica Tópicos Especiais em Energia Elétrica () Aula 4.1 Princípio de Operação dos Inversor Prof. João Américo Vilela Introdução Conversor CC-CA (Inversor) A função de um inversor

Leia mais

Introdução Teórica aula 9: Transistores

Introdução Teórica aula 9: Transistores Introdução Teórica aula 9: Transistores Definição de Transistores de Junção Bipolar Os Transistores de Junção Bipolar (TJB) são dispositivos não- lineares de 3 terminais construídos com base em duas junções

Leia mais

Diodo de Junção - 7 Cap. 3 Sedra/Smith Cap. 2 Boylestad Cap. 4 Malvino

Diodo de Junção - 7 Cap. 3 Sedra/Smith Cap. 2 Boylestad Cap. 4 Malvino Diodo de Junção - 7 Cap. 3 Sedra/Smith Cap. 2 Boylestad Cap. 4 Malvino Limitadores, Grampeadores e Dobradores de Tensão Notas de Aula SEL 313 Circuitos Eletrônicos 1 1o. Sem/2016 Prof. Manoel Circuitos

Leia mais

ESCOLA DE ENGENHARIA DE SÃO CARLOS USP KELEN CRISTIANE TEIXEIRA VIVALDINI AULA 3 PWM MATERIAL COMPLEMENTAR

ESCOLA DE ENGENHARIA DE SÃO CARLOS USP KELEN CRISTIANE TEIXEIRA VIVALDINI AULA 3 PWM MATERIAL COMPLEMENTAR ESCOLA DE ENGENHARIA DE SÃO CARLOS USP KELEN CRISTIANE TEIXEIRA VIVALDINI AULA 3 PWM MATERIAL COMPLEMENTAR SÃO CARLOS 2009 LISTA DE FIGURAS Figura 01: Representação de duas formas de onda tipo PWM...5

Leia mais

Plano de Ensino de Disciplina Engenharia Elétrica

Plano de Ensino de Disciplina Engenharia Elétrica Plano de Ensino de Disciplina - 2017 Engenharia Elétrica Disciplina: DISPOSITIVOS E CIRCUITOS ELETRÔNICOS 3 Código: DCE 3 Período: 7 o semestre Carga Horária Semanal: Teoria: 02 horas Laboratório: 02 horas

Leia mais

Conversores CC-CA Inversores

Conversores CC-CA Inversores Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Santa Catarina Departamento Acadêmico de Eletrônica Eletrônica de Potência Conversores CC-CA Inversores Prof. Clovis Antonio Petry. Florianópolis,

Leia mais

Universidade Federal de Juiz de Fora Laboratório de Eletrônica CEL 037 Página 1 de 5

Universidade Federal de Juiz de Fora Laboratório de Eletrônica CEL 037 Página 1 de 5 Universidade Federal de Juiz de Fora Laboratório de Eletrônica CEL 037 Página 1 de 5 1 Título Prática 4 Circuitos retificadores 2 Objetivos Estudo e montagem de diferentes circuitos retificadores. 3 Fundamentos

Leia mais

Universidade Federal de Minas Gerais Colégio Técnico Plano de Ensino

Universidade Federal de Minas Gerais Colégio Técnico Plano de Ensino Disciplina: Carga horária total: Universidade Federal de Minas Gerais Plano de Ensino Tecnologias de Programação Ano: 2015 Curso: Informática Regime: anual Série: 3o ano Observação: Carga Horária Semanal

Leia mais

Electrónica. Engenharia Electromecânica 2º/2º 2005/2006 ET DEE. Professor Responsável da Disciplina

Electrónica. Engenharia Electromecânica 2º/2º 2005/2006 ET DEE. Professor Responsável da Disciplina Electrónica Curso Ano/Semestre Ano Lectivo Área Científica Engenharia Electromecânica 2º/2º 2005/2006 ET DEE Dpt. Professor Responsável da Disciplina Prof. Páscoa Dias Docente Co-Responsável Corpo Docente

Leia mais

AULA LAB 07 DIODOS ZENER, LEDS E TRANSISTORES BIPOLARES

AULA LAB 07 DIODOS ZENER, LEDS E TRANSISTORES BIPOLARES Aula LA 07 Diodos zener, leds e transistores bipolares INSTITUTO FEDEAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE SANTA CATAINA DEPATAMENTO ACADÊMICO DE ELETÔNICA CUSO TÉCNICO DE ELETÔNICA Eletrônica ásica

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE CAMPINA GRANDE CENTRO DE ENGENHARIA ELÉTRICA E INFORMÁTICA DEPARTAMENTO DE ENGENHARIA ELÉTRICA ELETRÔNICA

UNIVERSIDADE FEDERAL DE CAMPINA GRANDE CENTRO DE ENGENHARIA ELÉTRICA E INFORMÁTICA DEPARTAMENTO DE ENGENHARIA ELÉTRICA ELETRÔNICA UNIVERSIDADE FEDERAL DE CAMPINA GRANDE CENTRO DE ENGENHARIA ELÉTRICA E INFORMÁTICA DEPARTAMENTO DE ENGENHARIA ELÉTRICA ELETRÔNICA III EXERCÍCIO ESCOLAR (1) (A) Como se chama o fenômeno que ocorre quando

Leia mais

PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ENGENHARIA ELÉTRICA. Plano de Ensino

PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ENGENHARIA ELÉTRICA. Plano de Ensino DISCIPLINA: Tópicos Especiais em Modelagem e Controle de Sistemas: Fontes Chaveadas CÓDIGO: MEE 017 Validade: Carga Horária: 45 horas-aula Créditos: 03 Área de Concentração / Módulo: Modelagem e Sistemas

Leia mais

Eric Ericson Fabris

Eric Ericson Fabris ELETRÔNICA III ENG04038 Eric Ericson Fabris Eric.Fabris@ufrgs.br Informações Gerais Professor: Eric Ericson Fabris» Eric.Fabris@ufrgs.br» Gabinete: DELET Sl. 302 II Sl. 227» Ramais: 3308 4272 e 3308 7023

Leia mais

Plano de Ensino de Disciplina Engenharia Elétrica

Plano de Ensino de Disciplina Engenharia Elétrica Plano de Ensino de Disciplina - 2017 Engenharia Elétrica Disciplina: DISPOSITIVOS E CIRCUITOS ELETRÔNICOS 4 DCE4 Código: Período: 8 o semestre Carga Horária Semanal: Teoria: 02 horas Laboratório: 02 horas

Leia mais

Universidade Federal de Minas Gerais Colégio Técnico Plano de Ensino

Universidade Federal de Minas Gerais Colégio Técnico Plano de Ensino Disciplina: Carga horária total: Universidade Federal de Minas Gerais Plano de Ensino Artes Ano: 2015 66,67 horas Curso: Todos Regime: Anual Série: 1º ano Observação: Carga Horária Semanal Total Teórica:

Leia mais

Conceitos Aplicados em Eletrônica Plano de Aula - 24 Aulas (Aulas de 1 Hora).

Conceitos Aplicados em Eletrônica Plano de Aula - 24 Aulas (Aulas de 1 Hora). 6457 - Conceitos Aplicados em Eletrônica Plano de Aula - 24 Aulas (Aulas de 1 Hora). Aula 1 Capítulo 1 - Introdução 1.1. O Que é Eletrônica... 24 1.1.1. Para que Serve o Técnico Eletrônico... 24 1.1.2.

Leia mais

Plano de Trabalho Docente Ensino Técnico

Plano de Trabalho Docente Ensino Técnico Plano de Trabalho Docente 2016 Ensino Técnico Plano de Curso nº 239 aprovado pela portaria Cetec nº 728 de 10/09/2015 Etec Paulino Botelho Código: 091 Município: São Carlos Eixo Tecnológico: Controle e

Leia mais

Universidade Federal de Juiz de Fora - Laboratório de Eletrônica 22

Universidade Federal de Juiz de Fora - Laboratório de Eletrônica 22 Universidade Federal de Juiz de Fora - Laboratório de Eletrônica 22 1 Título Prática 1 - Fonte de Alimentação Regulável 2 Objetivos Desenvolvimento de uma fonte de alimentação regulável. 3 Fundamentos

Leia mais

Análise de Circuitos com Diodos

Análise de Circuitos com Diodos Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Santa Catarina Departamento Acadêmico de Eletrônica Eletrônica I Análise de Circuitos com Diodos Florianópolis, abril de 2013. Prof. Clóvis Antônio

Leia mais

Semicondutores de Potência em Corrente Alternada

Semicondutores de Potência em Corrente Alternada Semicondutores de Potência em Corrente Alternada Vamos no restringir a analisar o Retificador Controlado de Silicio, que é de longe o dispositivo mais utilizado em sistemas de controle de CA e em sistemas

Leia mais

Conversores CC-CA e CA-CA

Conversores CC-CA e CA-CA Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Santa Catarina Departamento Acadêmico de Eletrônica Pós-Graduação em Desen. de Produtos Eletrônicos Conversores Estáticos e Fontes Chaveadas Conversores

Leia mais

CONVERSORES DE FREQUÊNCIA

CONVERSORES DE FREQUÊNCIA CONVERSORES DE FREQUÊNCIA Introdução a inversores Convertem tensão c.c. para c.a. simétrica de amplitude e frequência desejadas A forma de onda dos inversores não é senoidal 1 Algumas aplicações dos inversores

Leia mais

ELETRÔNICA I. Apostila de Laboratório. Prof. Francisco Rubens M. Ribeiro

ELETRÔNICA I. Apostila de Laboratório. Prof. Francisco Rubens M. Ribeiro ELETRÔNICA I Apostila de Laboratório Prof. Francisco Rubens M. Ribeiro L E E UERJ 1996 Prática 01 - Diodo de Silício 1 - Objetivo: Levantamento da característica estática VxI do diodo de Si, com o auxílio

Leia mais

LABORATÓRIO DE DISPOSITIVOS ELETRÔNICOS Guia de Experimentos

LABORATÓRIO DE DISPOSITIVOS ELETRÔNICOS Guia de Experimentos UNIVERSIDADE FEDERAL DE CAMPINA GRANDE CENTRO DE ENGENHARIA ELÉTRICA E INFORMÁTICA DEPARTAMENTO DE ENGENHARIA ELÉTRICA LABORATÓRIO DE DISPOSITIVOS ELETRÔNICOS Experimento 4 Transistor Bipolar Amplificador

Leia mais

PCE Projeto de Conversores Estáticos. Aula 2

PCE Projeto de Conversores Estáticos. Aula 2 UNIVERSIDADE DO ESTADO DE SANTA CATARINA CENTRO DE CIÊNCIAS TECNOLÓGICAS DEPARTAMENTO DE ENGENHARIA ELÉTRICA PCE Projeto de Conversores Estáticos Aula 2 Tópicos Introdução Necessidade de conversores isolados

Leia mais

Universidade Federal de Juiz de Fora Laboratório de Eletrônica CEL 037 Página 1 de 7

Universidade Federal de Juiz de Fora Laboratório de Eletrônica CEL 037 Página 1 de 7 Universidade Federal de Juiz de Fora Laboratório de Eletrônica CEL 037 Página 1 de 7 1 Título Prática 5 egulação de tensão 2 Fundamentos teóricos Como comentado na Prática 4 (circuitos retificadores),

Leia mais

Centro Federal de Educação Tecnológica de Santa Catarina Departamento Acadêmico de Eletrônica Retificadores. Prof. Clóvis Antônio Petry.

Centro Federal de Educação Tecnológica de Santa Catarina Departamento Acadêmico de Eletrônica Retificadores. Prof. Clóvis Antônio Petry. Centro Federal de Educação Tecnológica de Santa Catarina Departamento Acadêmico de Eletrônica Retificadores Aplicações dos diodos Parte 3 e Diodo Zener Prof. Clóvis Antônio Petry. Florianópolis, maio de

Leia mais

médio completo Eletromagnetismo I 35 2 grau ou ensino médio completo Instalações Elétricas 70 2 grau ou ensino médio completo

médio completo Eletromagnetismo I 35 2 grau ou ensino médio completo Instalações Elétricas 70 2 grau ou ensino médio completo Curso Técnico Subsequente em Eletroeletrônica CÂMPUS CHAPECÓ MATRIZ CURRICULAR Carga horária total: 400h Desenho 70 2 grau ou ensino Segurança e Higiene do Trabalho 35 2 grau ou ensino Eletromagnetismo

Leia mais

As Tabelas 4 a 9 apresentam todas as disciplinas que atenderão ao Curso de EE. Tabela 4. Disciplinas obrigatórias C. H. (h.a.)

As Tabelas 4 a 9 apresentam todas as disciplinas que atenderão ao Curso de EE. Tabela 4. Disciplinas obrigatórias C. H. (h.a.) As Tabelas 4 a 9 apresentam todas as disciplinas que atenderão ao Curso de EE. Tabela 4. obrigatórias Semestre Cálculo I 6 Elementos de Gestão Ambiental 2 Física I 6 1 Geometria Analítica 4 Introdução

Leia mais

Introdução aos Conversores CA-CC Semicondutores de Potência (diodos e tiristores)

Introdução aos Conversores CA-CC Semicondutores de Potência (diodos e tiristores) Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Santa Catarina Departamento Acadêmico de Eletrônica Eletrônica de Potência Introdução aos Conversores CA-CC Semicondutores de Potência (diodos e tiristores)

Leia mais

ELETRONICA ANALÓGICA By W. L. Miranda. Fontes de alimentação CA/CC.

ELETRONICA ANALÓGICA By W. L. Miranda. Fontes de alimentação CA/CC. ELETRONICA ANALÓGICA By W. L. Miranda Fontes de alimentação CA/CC. 1 - Considerações de projeto: a) 1º Caso: Isolamento entre rede domiciliar CA e a carga. Neste caso, a fase, o neutro ou o aterramento

Leia mais

Retificadores e Filtros Capacitivos

Retificadores e Filtros Capacitivos Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Santa Catarina Departamento Acadêmico de Eletrônica Pós-Graduação em Desen. de Produtos Eletrônicos Conversores Estáticos e Fontes Chaveadas Retificadores

Leia mais

Módulo/Semestre 1 Carga horária total: 300h

Módulo/Semestre 1 Carga horária total: 300h Curso Técnico Subsequente em Eletrotécnica CÂMPUS Jaraguá do Sul GW MATRIZ CURRICULAR Módulo/Semestre 1 Carga horária total: 300h Unidade Curricular Comunicação Técnica C/H Semestral Pré-Requisito Eletricidade

Leia mais

Prof. Amauri Assef. UTFPR Campus Curitiba 1

Prof. Amauri Assef. UTFPR Campus Curitiba 1 UNIVERSIDADE TECNOLÓGICA FEDERAL DO PARANÁ DEPARTAMENTO ACADÊMICO DE ELETROTÉCNICA CURSO DE ENGENHARIA INDUSTRIAL ELÉTRICA Disciplina de Eletrônica de Potência ET66B Aula 19 Chaves Eletrônicas amauriassef@utfpr.edu.br

Leia mais

Aula de Laboratório: DIODO

Aula de Laboratório: DIODO Aula de Laboratório: DIODO I.1 - Teste do estado de funcionamento de um diodo Utilizando a função apropriada do multímetro, meça a condutividade dos diodos fornecidos em ambos os sentidos de polarização.

Leia mais

Disciplina: Eletrônica de Potência (ENGC48)

Disciplina: Eletrônica de Potência (ENGC48) Universidade Federal da Bahia Escola Politécnica Departamento de Engenharia Elétrica Disciplina: Eletrônica de Potência (ENGC48) Tema: Conversores CA-CC Trifásicos Controlados Prof.: Eduardo Simas eduardo.simas@ufba.br

Leia mais

Introdução teórica Aula 8: Fonte de Tensão Regulada. Regulador LM7805. Fonte de tensão regulada. EEL7011 Eletricidade Básica Aula 8 EEL/CTC/UFSC

Introdução teórica Aula 8: Fonte de Tensão Regulada. Regulador LM7805. Fonte de tensão regulada. EEL7011 Eletricidade Básica Aula 8 EEL/CTC/UFSC Introdução teórica Aula 8: Fonte de Tensão Regulada Regulador LM7805 78xx é o nome de uma popular família de reguladores positivos de tensão. É um componente comum em muitas fontes de alimentação. Eles

Leia mais

Introdução ao Arduino

Introdução ao Arduino Projeto Pedagógico do Curso de Formação Inicial e Continuada (FIC) em Introdução ao Arduino Modalidade: presencial Projeto Pedagógico do Curso de Formação Inicial e Continuada (FIC) em Introdução ao Arduino

Leia mais

PEA2502 LABORATÓRIO DE ELETRÔNICA DE POTÊNCIA

PEA2502 LABORATÓRIO DE ELETRÔNICA DE POTÊNCIA EXPERIÊNCIA 4 PEA2502 LABORATÓRIO DE ELETRÔNICA DE POTÊNCIA RETIFICADOR TRIFÁSICO EM PONTE CONTROLADO W. KAISER 02/2009 1. OBJETIVOS Estudo do funcionamento de uma ponte trifásica a tiristores controlada

Leia mais

ROTEIRO AULA PRÁTICA UNIDADE 1. Medidas e materiais elétricos

ROTEIRO AULA PRÁTICA UNIDADE 1. Medidas e materiais elétricos ROTEIRO AULA PRÁTICA UNIDADE 1 Medidas e materiais elétricos DISPOSITIVOS SEMICONDUTORES Seção 1 Título da Unidade de Ensino: Materiais condutores e semicondutores Carga horária: 60 horas Palavras-chave:,

Leia mais

Disciplina de Eletrónica I

Disciplina de Eletrónica I Disciplina de Eletrónica I Prof. Dr. Baldo Luque Universidade Federal do Acre bluque@gmail.com Julho 2016 Prof. Dr. Baldo Luque (UFAC) 1 semestre de 2016 Julho 2016 1 / 70 Plano de Aula 1 Diodos 2 Transistores

Leia mais

Aula 04 Retificadores com diodos

Aula 04 Retificadores com diodos Aula 04 Retificadores com diodos Prof. Heverton Augusto Pereira Universidade Federal de Viçosa - UFV Departamento de Engenharia Elétrica - DEL Gerência de Especialistas em Sistemas Elétricos de Potência

Leia mais

Disciplina: Eletrônica de Potência (ENGC48) Tema: Técnicas de Modulação

Disciplina: Eletrônica de Potência (ENGC48) Tema: Técnicas de Modulação Universidade Federal da Bahia Escola Politécnica Departamento de Engenharia Elétrica Disciplina: Eletrônica de Potência (ENGC48) Tema: Técnicas de Modulação Prof.: Eduardo Simas eduardo.simas@ufba.br Aula

Leia mais

Semicondutores de Potência

Semicondutores de Potência Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Santa Catarina Departamento Acadêmico de Eletrônica Eletrônica de Potência Semicondutores de Potência Florianópolis, março de 2013. Prof. Clóvis Antônio

Leia mais

DOCUMENTAÇÃO DA DISCIPLINA

DOCUMENTAÇÃO DA DISCIPLINA UNIVERSIDADE TECNOLÓGICA FEDERAL DO PARANÁ DEPARTAMENTO ACADÊMICO DE ELETROTÉCNICA ELETRÔNICA 1 - ET74C Prof.ª Elisabete Nakoneczny Moraes Aula 1- APRESENTAÇÃO DA DISCIPLINA Curitiba, 3 março de 2017.

Leia mais

Transistor Bipolar de Junção - TBJ Cap. 4 Sedra/Smith Cap. 2 Boylestad Cap. 6 Malvino

Transistor Bipolar de Junção - TBJ Cap. 4 Sedra/Smith Cap. 2 Boylestad Cap. 6 Malvino Transistor Bipolar de Junção - TBJ Cap. 4 Sedra/Smith Cap. 2 Boylestad Cap. 6 Malvino Fundamentos do TBJ Notas de Aula SEL 313 Circuitos Eletrônicos 1 Parte 1 1 o Sem/2016 Prof. Manoel Introdução O transistor

Leia mais

Centro Federal de Educação Tecnológica de Santa Catarina Departamento de Eletrônica Retificadores. Prof. Clóvis Antônio Petry.

Centro Federal de Educação Tecnológica de Santa Catarina Departamento de Eletrônica Retificadores. Prof. Clóvis Antônio Petry. Centro Federal de Educação Tecnológica de Santa Catarina Departamento de Eletrônica Retificadores Diodos e dispositivos especiais Parte 1 Prof. Clóvis Antônio Petry. Florianópolis, outubro de 2007. Bibliografia

Leia mais

Circuito de Comando com TCA785

Circuito de Comando com TCA785 Circuito de Comando com TCA785 Nikolas Libert Aula 8 Manutenção de Sistemas Eletrônicos Industriais ET54A Tecnologia em Automação Industrial Circuito de Comando Dente de Serra Circuito de Comando com Tensão

Leia mais

Diodos e dispositivos especiais

Diodos e dispositivos especiais Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Santa Catarina Departamento Acadêmico de Eletrônica Retificadores Diodos e dispositivos especiais Prof. Clóvis Antônio Petry. Florianópolis, maio

Leia mais

Tiristores. Prof. Jonathan Pereira

Tiristores. Prof. Jonathan Pereira Tiristores Prof. Jonathan Pereira Programa da aula Introdução SCR (Retificador Controlado de Silício) DIAC (Diodo de Corrente Alternada) TRIAC (Triodo de Corrente Alternada)

Leia mais

Universidade Federal de Minas Gerais Colégio Técnico Plano de Ensino

Universidade Federal de Minas Gerais Colégio Técnico Plano de Ensino Disciplina: Carga horária total: Universidade Federal de Minas Gerais Plano de Ensino Física (Automação, Eletrônica e Informática) 200 h.a. Ano: 2015 Curso: Automação, Eletrônica e Informática Regime:

Leia mais

Análise de Circuitos II. Sumário

Análise de Circuitos II. Sumário Sumário Laboratório de Eletrônica Transformador... 3 Laboratório de Eletrônica Retificador de meia onda... 6 Laboratório de Eletrônica Retificador de onda completa... 8 Laboratório de Eletrônica Retificador

Leia mais

Aula 09 Controladores de tensão CA

Aula 09 Controladores de tensão CA Aula 09 Controladores de tensão CA Prof. Heverton Augusto Pereira Universidade Federal de Viçosa - UFV Departamento de Engenharia Elétrica - DEL Gerência de Especialistas em Sistemas Elétricos de Potência

Leia mais

Eletrônica de Potência I

Eletrônica de Potência I Universidade Federal do ABC Eng. De Instrumentação, Automação e Robótica Eletrônica de Potência I Prof. José Azcue, Dr. Eng. Introdução Semicondutores de Potência 1 Introdução O que é eletrônica de potência?

Leia mais

Roteiro, Registro e Relatório para Desenvolvimento da Atividade Complementar Delberis Araujo Lima PUC-Rio Dezembro de 2016

Roteiro, Registro e Relatório para Desenvolvimento da Atividade Complementar Delberis Araujo Lima PUC-Rio Dezembro de 2016 Roteiro, Registro e Relatório para Desenvolvimento da Atividade Complementar 2016.2 Delberis Araujo Lima PUC-Rio Dezembro de 2016 Roteiro, Registro e Relatório para Desenvolvimento da Atividade Complementar

Leia mais

INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA SUL-RIO-GRANDENSE DEPARTAMENTO DE SELEÇÃO. Anexo I Edital nº 012/2012

INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA SUL-RIO-GRANDENSE DEPARTAMENTO DE SELEÇÃO. Anexo I Edital nº 012/2012 Anexo I Edital nº 012/2012 CURSO TÉCNICO EM TELECOMUNICAÇÕES / INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO. 1. Interface de Comunicação de Dados RS-232C; 2. Estrutura de Repetição; 3. Modem Digital Técnicas de Codificação;

Leia mais

Roteiro para experiências de laboratório. AULA 4: Retificadores. Alunos: 2-3-

Roteiro para experiências de laboratório. AULA 4: Retificadores. Alunos: 2-3- Campus SERRA COORDENADORIA DE AUTOMAÇÃO INDUSTRIAL Disciplinas: ELETRÔNICA BÁSICA e ELETRICIDADE GERAL Turmas: AM1 e AN1 - Período: 2012-1 Professores: Bene Regis Figueiredo Tatiane Policario Chagas Vinícius

Leia mais

Transistor Bipolar de Junção TBJ Cap. 4 Sedra/Smith

Transistor Bipolar de Junção TBJ Cap. 4 Sedra/Smith Transistor Bipolar de Junção TBJ Cap. 4 Sedra/Smith Fontes de Alimentação eguladas Notas de Aula SEL 313 Circuitos Eletrônicos 1 Parte 10 1 o Sem/2016 Prof. Manoel Características de Fonte de Tensão Do

Leia mais

Experiência : RETIFICADORES MONOFÁSICOS COM FILTRO CAPACITIVO E ESTABILIZAÇÃO

Experiência : RETIFICADORES MONOFÁSICOS COM FILTRO CAPACITIVO E ESTABILIZAÇÃO ( ) Prova ( ) Prova Semestral ( ) Exercícios ( ) Prova Modular ( ) Segunda Chamada ( ) Exame Final ( ) Prática de Laboratório ( ) Aproveitamento Extraordinário de Estudos Nota: Disciplina: Turma: Aluno

Leia mais