DOSSIÊ TÉCNICO. Conjunto de Manobras. Indexadores: Conjunto; Manobra; Controle; Comando; Painel; CCM

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "DOSSIÊ TÉCNICO. Conjunto de Manobras. Indexadores: Conjunto; Manobra; Controle; Comando; Painel; CCM"

Transcrição

1 DOSSIÊ TÉCNICO Conjunto de Manobras Indexadores: Conjunto; Manobra; Controle; Comando; Painel; CCM São Paulo, 26 de Janeiro de 2016

2 1. RESULTADO FORNECIDO 1.1. Pesquisa e/ou levantamentos para indicação de Normas ABNT NBR IEC : Dispositivos de manobra e controle de baixa tensão. Parte 6-1: Equipamentos com funções múltiplas Equipamentos de comutação de transferência; Low-voltage switchgear and controlgear Part 6-1: Multiple function equipment Transfer switching equipment Escopo: Esta Parte da ABNT NBR IEC é aplicável aos equipamentos de comutação de transferência (TSE) destinados a serem utilizados em sistemas de alimentação para a transferência de uma alimentação entre uma fonte normal e uma fonte reserva, com interrupção da alimentação da carga durante a transferência, com tensão nominal não superior a V em corrente alternada ou V em corrente contínua. ABNT NBR IEC : Dispositivos de manobra e controle de baixa tensão. Parte 5-1: Dispositivos e elementos de comutação para circuitos de comando - Dispositivos eletromecânicos para circuito de comando; Low-voltage switchgear and controlgear Part 5-1: Control circuit devices and switching elements - Electromechanical control circuit devices Escopo: Esta parte da ABNT NBR IEC aplica-se aos dispositivos para circuitos de comando e elementos de comutação destinados a comandar, sinalizar, intertravar etc. os dispositivos de manobra e comando. ABNT NBR IEC : Dispositivos de manobra e controle de baixa tensão. Parte 5-5: Dispositivos e elementos de comutação para circuitos de comando - Dispositivos de parada de emergência elétrico com travamento mecânico; Low-voltage switchgear and controlgear Part 5-5: Control circuit devices and switching elements - Electrical emergency stop device with mechanical latching function Escopo: Esta parte da ABNT NBR IEC indica as especificações detalhadas referentes à construção elétrica e mecânica dos dispositivos de parada de emergência com travamento mecânico e seus ensaios. Todos os direitos reservados Página 2

3 ABNT NBR IEC : Dispositivos de manobra e controle de baixa tensão. Parte 3: Interruptores, seccionadores, interruptores-seccionadores e unidades combinadas com fusíveis; Low-voltage switchgear and controlgear Part 3: Switches, disconnectors, switch-disconnectors and fuse-combination units Escopo: Esta parte da ABNT NBR IEC aplica-se aos interruptores, seccionadores, interruptores-seccionadores e às unidades combinadas com fusíveis destinadas a serem utilizadas em circuitos de distribuição e circuitos de motores onde a tensão nominal não excede V em corrente alternada ou V em corrente contínua. ABNT NBR IEC : Dispositivos de manobra e controle de baixa tensão. Parte 7-1: Equipamentos auxiliares Blocos de conexão para condutores de cobre; Low-voltage switchgear and controlgear Part 7-1: Ancillary equipment Terminal blocks for copper conductors Escopo: Esta Parte da ABNT NBR IEC especifica os requisitos para os blocos de conexão com unidades de aperto com parafuso ou sem parafuso, destinados principalmente à utilização industrial ou similar e a serem fixados a um suporte com o objetivo de garantir uma conexão elétrica e mecânica entre os condutores em cobre. ABNT NBR IEC : Dispositivos de manobra e controle de baixa tensão. Parte 7-2: Dispositivos auxiliares Blocos de conexão para condutor de proteção para condutores em cobre; Low-voltage switchgear and controlgear Part 7-2: Ancillary equipment Protective conductor terminal blocks for copper conductors Escopo: Esta Parte da ABNT NBR IEC especifica os requisitos para os blocos de conexão para condutores de proteção com função PE até 120 mm2 (250 kcmil) e para os blocos de conexão para condutores de proteção com função PEN de seção igual ou superior a 10 mm2 (8 AWG), com as unidades de aperto com ou sem parafuso, destinados principalmente ao uso industrial. ABNT NBR IEC : Dispositivo de manobra e comando de baixa tensão. Parte 2: Disjuntores; Low-voltage switchgear and controlgear Part 2: Circuit-breakers Todos os direitos reservados Página 3

4 Escopo: Esta Norma se aplica a disjuntores cujos contatos principais são previstos para serem conectados aos circuitos com tensão nominal não superior a V de corrente alternada ou V de corrente contínua; contém, também, requisitos adicionais para disjuntores com fusíveis incorporados. ABNT NBR IEC : Dispositivo de manobra e comando de baixa tensão. Parte 1: Regras gerais; Low-voltage switchgear and controlgear Part 1: General rules Escopo: Esta Norma aplica-se, quando requerida pela norma do produto pertinente, a dispositivos de manobra e comando daqui para frente chamado como equipamento e destinado para ser conectado a circuitos onde a tensão nominal não exceda V corrente alternada ou V corrente contínua. ABNT NBR IEC : Dispositivos de manobra e comando de baixa tensão. Parte 4-2: Contatores e partida de motores - Controladores de partida de motores c.a. a semicondutores; Low-voltage switchgear and controlgear Part 4-2: Contactors and motorstarters - AC semiconductor motor controllers and starters Escopo: Esta Norma é aplicável aos controladores e partidas que podem incluir uma série de dispositivos mecânicos de comutação destinados a serem conectados aos circuitos em que a tensão nominal não excede 1000 V c.a. ABNT NBR IEC : 2008 Versão Corrigida: Dispositivo de manobra e controle de baixa tensão. Parte 4-1: Contatores e partidas de motores - Contatores e partidas de motores eletromecânicos; Low - voltage switchgear and controlgear. Part 4-1: Contactors and motorstarters - Electromechanical contactors and motor-starters Escopo: Esta parte da ABNT NBR IEC se aplica aos tipos de equipamentos listados em 1.1 e 1.2, onde os contatos principais são destinados a serem conectados aos circuitos cuja tensão nominal não excede V c.a. ou V c.c ABNT NBR IEC : Conjuntos de manobra e controle de baixa tensão. Parte 2: Requisitos particulares para linhas elétricas pré-fabricadas (sistemas de barramentos blindados); Todos os direitos reservados Página 4

5 Low-voltage switchgear and controlgear assemblies Part 2: Particular requirements for busbar trunking systems (busways) Escopo: Esta Norma aplica-se aos sistemas de linhas elétricas montadas em fábrica e seus acessórios, destinados a alimentar e distribuir energia elétrica em edificações para uso residencial, comercial, público, agrícola e industrial. Aplica-se também a sistemas de linhas elétricas montadas em fábrica que são projetados para incorporar sistemas de comunicação e/ou de controle ou se destinam a alimentar luminárias através de elementos de derivação, mas não se aplica a sistemas de alimentação por trilhos de acordo com a IEC ABNT NBR IEC : Conjuntos de manobra e controle de baixa tensão. Parte 3: Requisitos particulares para montagem de acessórios de baixa tensão destinados a instalação em locais acessíveis a pessoas não qualificadas durante sua utilização - Quadros de distribuição; Low-voltage switchgear and controlgear assemblies Part 3: Particular requirements for low-voltage switchgear and controlgear assemblies intended to be installed in places where unskilled persons have access for their use - Distribution boards Escopo: Esta Norma fornece requisitos adicionais para quadros de distribuição (QD), seus invólucros, com ensaio de tipo totalmente testados (TTA) fixos, contendo dispositivos de proteção e que são destinados a serem utilizados para uso interno, para uso em aplicações domésticas ou em outros locais onde pessoas não qualificadas têm acesso à sua utilização. Os dispositivos de controle e/ou sinalização também podem ser incluídos. Eles são destinados a serem usados em c.a., com uma tensão nominal faseterra que não exceda 300 V. Os circuitos de saída contêm os dispositivos de proteção contra curto-circuitos, cada um com uma corrente nominal que não exceda 125 A, com uma corrente total de entrada que não exceda 250 A. ABNT NBR IEC : Conjuntos de manobra e controle de baixa tensão. Parte 1: Conjuntos com ensaio de tipo totalmente testados (TTA) e conjuntos com ensaio de tipo parcialmente testado (PTTA) Low-voltage switchgear and controlgear assemblies Part 1: Type-tested and partially type-tested assemblies Escopo: Esta Norma aplica-se aos CONJUNTOS de manobra e controle de baixa tensão (CONJUNTOS com ensaio de tipo totalmente testados (TTA) e CONJUNTOS com ensaio de tipo parcialmente testado (PTTA), em que a Todos os direitos reservados Página 5

6 tensão nominal não exceda VCA, a freqüências que não excedam 1000 Hz, ou VCC. 2. REFERÊNCIA NORMATIVA ABNT NBR IEC Isolação elétrica Avaliação térmica e designação; ABNT NBR IEC 60112: Método para a determinação do índice de resistência ao trilhamento e do índice de trilhamento comparativo dos materiais isolantes sólidos. 3. REFERÊNCIA CATÁLOGO DE NORMAS DA ABNT. Disponível em: <http://www.abntcatalogo.com.br>. Acesso em: 26 jan Todos os direitos reservados Página 6

Instalações elétricas em Sistemas FV

Instalações elétricas em Sistemas FV ARRANJOS FOTOVOLTAICOS STRING BOX QUAL NORMA? Instalações elétricas em Sistemas FV COMO ESPECIFICAR? O que queremos descobrir? String Box Tem norma para isso? Qual? Estamos fazendo conforme norma? Como

Leia mais

Uma viagem pelas instalações elétricas. Conceitos & aplicações

Uma viagem pelas instalações elétricas. Conceitos & aplicações Uma viagem pelas instalações elétricas. Conceitos & aplicações Barramento blindado BWW Painel TTW Eng André Guimarães Building Technology Building Technology Solução completa da entrada de energia ao interruptor

Leia mais

Soluções para proteção elétrica

Soluções para proteção elétrica Catálogo Técnico Soluções para proteção elétrica Mini disjuntores Interruptores diferenciais Blocos diferenciais 200-06/2007-1 Soluções para proteção elétrica ÍNDICE Soluções para proteção elétrica Tabela

Leia mais

ACIONAMENTOS ELÉTRICOS H1

ACIONAMENTOS ELÉTRICOS H1 ACIONAMENTOS ELÉTRICOS H1 - Conhecer os métodos de partidas de motores elétricos; especificar tipo de acionamento. H2 - Conhecer os equipamentos e dispositivos utilizados em acionamento Técnico em Eletromecânica

Leia mais

FICHA TÉCNICA CJX2-P CONTATOR TRIPOLAR. 12A a 32 A (circuito de comando em 24 Vcc) Página 1

FICHA TÉCNICA CJX2-P CONTATOR TRIPOLAR. 12A a 32 A (circuito de comando em 24 Vcc) Página 1 FICHA TÉCNICA CJX2-P CONTATOR TRIPOLAR 12A a 2 A (circuito de comando em 24 Vcc) Página 1 Contatores de Potência Tripolares CJX2-P Generalidade O contator é um dispositivo de manobra. Quando a bobina do

Leia mais

QUADRO DE DISTRIBUIÇÃO ELÉTRICA

QUADRO DE DISTRIBUIÇÃO ELÉTRICA QUADRO DE DISTRIBUIÇÃO ELÉTRICA Componente Curricular: Instalações Elétricas Habilitação Profissional Técnica de Nível Médio de Técnico em Eletrônica QUADRO DE DISTRIBUIÇÃO ELÉTRICA Introdução O quadro

Leia mais

ACIONAMENTOS ELÉTRICOS H1

ACIONAMENTOS ELÉTRICOS H1 ACIONAMENTOS ELÉTRICOS H1 - Conhecer os métodos de partidas de motores elétricos; especificar tipo de acionamento. H2 - Conhecer os equipamentos e dispositivos utilizados em acionamento Técnico em Eletromecânica

Leia mais

Garantindo proteção e seccionamento sob carga com Fupact

Garantindo proteção e seccionamento sob carga com Fupact Garantindo proteção e seccionamento sob carga com Fupact Performance industrial. Seccionamento sob carga. Interruptor-seccionador com bases para fusíveis NH Fupact INFD de 63 a 630A. Fupact reduz os custos

Leia mais

PROJETO DE NORMA NBR PARA INSTALAÇÕES ELÉTRICAS DE SISTEMAS FOTOVOLTAICOS

PROJETO DE NORMA NBR PARA INSTALAÇÕES ELÉTRICAS DE SISTEMAS FOTOVOLTAICOS PROJETO DE NORMA NBR PARA INSTALAÇÕES ELÉTRICAS DE SISTEMAS FOTOVOLTAICOS Marcelo Pinho Almeida Laboratório de Sistemas Fotovoltaicos Instituto de Energia e Ambiente Universidade de São Paulo SISTEMAS

Leia mais

DOSSIÊ TÉCNICO. Armazenamento de líquidos inflamáveis e combustíveis

DOSSIÊ TÉCNICO. Armazenamento de líquidos inflamáveis e combustíveis DOSSIÊ TÉCNICO Armazenamento de líquidos inflamáveis e combustíveis Indexadores: Combustível; Inflamável; Armazenamento; Tanque; Recipiente; Tambores São Paulo, 01 de Julho de 2016. 1. RESULTADO FORNECIDO

Leia mais

Sumá rio Livro Comándos Ele tricos

Sumá rio Livro Comándos Ele tricos Sumá rio Livro Comándos Ele tricos Elaborador por Ensinando Elétrica Capítulo 1 Motores Elétricos 1.1. Introdução 1.2. Motores 1.3. Motor Monofásico com Capacitor de Partida 1.4. Motor de Indução Trifásico

Leia mais

KIT DIDÁTICO DE ELETROTÉCNICA

KIT DIDÁTICO DE ELETROTÉCNICA KIT DIDÁTICO DE ELETROTÉCNICA MODELO: EE0204.EE0003 DESCRIÇÃO O Kit de Eletrotécnica (EE0003) é composto de módulos de placas individuais e removíveis para montagem na Bancada Principal (EE0204), contendo

Leia mais

EVENTO BUS WAY ACE/CELESC

EVENTO BUS WAY ACE/CELESC EVENTO BUS WAY ACE/CELESC DISJUNTORES Definição Disjuntor Disjuntor: dispositivo de seccionamento automático para proteção de circuitos elétricos. Normas Vigentes no Brasil * NBR NM 60898:2004 (em processo

Leia mais

Principais características DADOS TÉCNICOS Características elétricos Características mecânicas

Principais características DADOS TÉCNICOS Características elétricos Características mecânicas Botões de Comando e Sinalização Ø 22mm HB2-E (Plastico) A linha de Botões de comando e Sinalizações HB2-E com seu design moderno, alta confiabilidade e baixo custo, com grandes variedades de configurações,

Leia mais

DOSSIÊ TÉCNICO. Playgrounds. Indexadores: Playground; Equipamento para crianças. São Paulo, 18 de Agosto 2015.

DOSSIÊ TÉCNICO. Playgrounds. Indexadores: Playground; Equipamento para crianças. São Paulo, 18 de Agosto 2015. DOSSIÊ TÉCNICO Playgrounds Indexadores: Playground; Equipamento para crianças São Paulo, 18 de Agosto 2015. 1. RESULTADO FORNECIDO 1.1. Pesquisa e/ou levantamentos para indicação de Normas ABNT NBR 16071-1:2012

Leia mais

CCM. Centro de Controle de Motores Conjunto de manobra e controle de baixa tensão. Painéis metálicos fabricados em aço carbono.

CCM. Centro de Controle de Motores Conjunto de manobra e controle de baixa tensão. Painéis metálicos fabricados em aço carbono. Centro de Controle de Motores Conjunto de manobra e controle de baixa tensão Painéis metálicos fabricados em aço carbono. Definição ( montado): é uma combinação de dispositivos e equipamentos de manobra,

Leia mais

KIT DIDÁTICO DE ELETROTÉCNICA

KIT DIDÁTICO DE ELETROTÉCNICA KIT DIDÁTICO DE ELETROTÉCNICA MODELO: EE0003 APRESENTAÇÃO O Kit de Eletrotécnica (EE0003B) é composto de módulos de placas individuais e removíveis para montagem na Bancada Principal (EE0204), contendo

Leia mais

Princípio de funcionamento Aplicações Características elétricas Características mecânicas Entrada de tensão (medição)

Princípio de funcionamento Aplicações Características elétricas Características mecânicas Entrada de tensão (medição) 1 ANO DE GARANTIA Apresentação Os transdutores analógicos de potência têm por nalidade converter a potência ativa e/ou reativa de um sistema em um sinal contínuo (de tensão ou corrente) e isolado galvanicamente

Leia mais

MATERIAIS PARA REDES APARELHAGEM AT E MT

MATERIAIS PARA REDES APARELHAGEM AT E MT MATERIAIS PARA REDES APARELHAGEM AT E MT Disjuntores AT 72,5 kv Características Elaboração: DNT Homologação: conforme despacho do CA de 2007-02-13 Edição: 2ª. Substitui a edição de DEZ 1995 Emissão: EDP

Leia mais

Materiais Elétricos Lançamentos/2016

Materiais Elétricos Lançamentos/2016 WWW.SOPRANO.COM.BR Materiais Elétricos Lançamentos/2016 Botoeiras e Sinalizadores A linha de botoeiras e sinalizadores foi projetada para o mercado de automação de máquinas, acionamentos e comandos comerciais

Leia mais

Relés Temporizadores RTW

Relés Temporizadores RTW Relés Temporizadores RTW 5 Funções de 6 Faixas de, de 0,s a 0min Circuito Eletrônico com elevada precisão e imunidade a ruídos Compacto, com 22,5 mm de largura, montado sobre trilho ou com parafuso Indicação

Leia mais

Qual a norma vigente para instalações elétricas de piscinas? NBR 5410:2004 Instalações elétricas de baixa tensão

Qual a norma vigente para instalações elétricas de piscinas? NBR 5410:2004 Instalações elétricas de baixa tensão Qual a norma vigente para instalações elétricas de piscinas? NBR 5410:2004 Instalações elétricas de baixa tensão 9.2.1 Campo de aplicação As prescrições complementares desta subseção são aplicáveis aos

Leia mais

Transdutor Digital MKM-01

Transdutor Digital MKM-01 [1] Introdução O Transdutor é um instrumento digital microprocessado, para instalação em fundo de painel, que permite a medição de até 33 parâmetros elétricos em sistema de corrente alternada (CA). Para

Leia mais

Instalações Elétricas e de Instrumentação em Atmosferas Explosivas

Instalações Elétricas e de Instrumentação em Atmosferas Explosivas Especificação Técnica de Caixa de Junção (Junction-Box) com tipo de proteção Ex eb Descrição básica de Caixas de Junção (JB - Junction Box) com tipo de proteção Ex eb (Segurança aumentada): Caixa de junção

Leia mais

ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS SAFETYMAX

ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS SAFETYMAX DOCUMENTAÇÃO (LEGAL) REGULAMENTAR E NORMATIVA APLICÁVEL REGRAS TÉCNICAS DAS INSTALAÇÕES ELÉCTRICAS DE BAIXA TENSÃO - Portaria 949-A/2006 de 11 de Setembro. DIRECTIVA DE BAIXA TENSÃO 2006/95/CE - Decreto

Leia mais

xenergy Painéis TTA até 5000A Novembro, Eaton Corporation. All rights reserved.

xenergy Painéis TTA até 5000A Novembro, Eaton Corporation. All rights reserved. xenergy Painéis TTA até 5000A Novembro, 2011 2011 Eaton Corporation. All rights reserved. Posicionamento Alta Tensão Média Tensão Geração Baixa Tensão 400 690 V Residencial / Comercial Indústria Sistema

Leia mais

Botões luminoso à impulsão alimentação direta com lâmpada neon 220Vca

Botões luminoso à impulsão alimentação direta com lâmpada neon 220Vca Botões de Comando e Sinalização Ø 22mm HB2-B (Metálica cromado) A linha de Botões de comando e Sinalizações HB2-B com seu design moderno, alta confiabilidade e com grandes variedades de configurações,

Leia mais

Fluorpact-6 Painel Compacto

Fluorpact-6 Painel Compacto Painel Compacto 1. Apresentação 2 2. Aplicação 2 3. Normas Aplicadas 2 4. Principais Vantagens 2 5. Segurança 3 6. Características Elétricas Nominais 3 7. Configurações Existentes 4 7.1 Para Conexões à

Leia mais

Documento sujeito a alterações. Moving together

Documento sujeito a alterações. Moving together INEMOTOR MT Documento sujeito a alterações. Moving together 2 1. APRESENTAÇÃO 1. APRESENTAÇÃO Os centros de controle de motores em média tensão, modelo Inemotor MT, são invólucros metálicos, isolados a

Leia mais

DISPOSITIVOS. Seccionadoras de Seccionamento Interruptores Contatores. De Proteção Contra Curto-Circuito

DISPOSITIVOS. Seccionadoras de Seccionamento Interruptores Contatores. De Proteção Contra Curto-Circuito DISPOSITIVOS Seccionadoras de Seccionamento Interruptores Contatores Contra Sobrecarga De Proteção Contra Curto-Circuito Relé Térmico Fusíveis Sobrecarga - corrente elétrica acima da corrente nominal projetada

Leia mais

AULA 4 Dimensionamento Dispositivos Partida Direta. Prof. Marcio Kimpara

AULA 4 Dimensionamento Dispositivos Partida Direta. Prof. Marcio Kimpara 1 COMANDOS NDUSTRAS AULA 4 Dimensionamento Dispositivos Partida Direta Prof. Marcio Kimpara UFMS - Universidade Federal de Mato Grosso do Sul FAENG Faculdade de Engenharias, Arquitetura e Urbanismo e Geografia

Leia mais

Principais características DADOS TÉCNICOS Características elétricos Características mecânicas

Principais características DADOS TÉCNICOS Características elétricos Características mecânicas Botões de Comando e Sinalização Ø 22mm HB2-E (Plastico) A linha de Botões de comando e Sinalizações HB2-E com seu design moderno, alta confiabilidade e baixo custo, com grandes variedades de configurações,

Leia mais

FICHA TÉCNICA JR-28 RELÉS DE PROTEÇÃO TÉRMICA. (compensado e diferencial) Página 1

FICHA TÉCNICA JR-28 RELÉS DE PROTEÇÃO TÉRMICA. (compensado e diferencial) Página 1 FICHA TÉCNICA JR-28 RELÉS DE PROTEÇÃO TÉRMICA (compensado e diferencial) Página 1 JR-28 RELÉS DE PROTEÇÃO CONTRA AS SOBRECARGAS Generalidades O relé térmico tripolar (eletromecânico) com bimetálico modelo

Leia mais

Universidade Federal do Rio Grande do Norte Departamento de Engenharia de Computação e Automação Comandos Elétricos

Universidade Federal do Rio Grande do Norte Departamento de Engenharia de Computação e Automação Comandos Elétricos Universidade Federal do Rio Grande do Norte Departamento de Engenharia de Computação e Automação Comandos Elétricos Heitor Medeiros Florencio Comandos Elétricos na Automação Industrial Conhecimentos de

Leia mais

SOFT STARTER DE BAIXA TENSÃO TRACCON

SOFT STARTER DE BAIXA TENSÃO TRACCON SOFT STARTER DE BAIXA TENSÃO TRACCON 144 Varixx Soluções Inovadoras em Eletrônica varixx.com.br APLICAÇÕES Partida suave de motores elétricos de indução trifásicos BENEFÍCIOS Fácil e rápida instalação

Leia mais

Partida de Motor e Alimentadores elétricos trifásicos

Partida de Motor e Alimentadores elétricos trifásicos Partida de Motor e Alimentadores elétricos trifásicos A prova de tempo e jatos potentes d água Características Construtivas Partida de motor e/ou alimentadores elétricos trifásicos de baixa tensão, montada

Leia mais

Automação Relés Eletrônicos Linha Modular

Automação Relés Eletrônicos Linha Modular Motores Automação Energia Transmissão & Distribuição Tintas Automação Relés Eletrônicos Linha Modular g Temporizadores g Impulso Relés Eletrônicos Linha 17,5 mm Sumário Aplicações 06 Relés Temporizadores

Leia mais

ENGQUADROS PAINEIS E AUTOMAÇÃO

ENGQUADROS PAINEIS E AUTOMAÇÃO ENGQUADROS PAINEIS E AUTOMAÇÃO PAINÉIS ELÉTRICOS DE BAIXA TENSÃO QUADROS DE DISTRIBUIÇÃO (TTA, PTTA) CENTRO DE CONTROLE DE MOTORES (CCM) PAINÉIS PADRÃO LIGHT & AMPLA HOMOLOGADO PROJETOS ELÉTRICOS SOLUÇÃO

Leia mais

NE5120 Engenharia Elétrica II Painel de Comando Elétrico

NE5120 Engenharia Elétrica II Painel de Comando Elétrico NE5120 Engenharia Elétrica II Painel de Comando Elétrico Elaborado: Prof. Luís Caldas Visão de comando elétrico; Normas e procedimentos e segurança; Conceitos componentes elétricos; Aplicações e exemplos.

Leia mais

Partida de Motor Ex d / Ex tb

Partida de Motor Ex d / Ex tb Partida de Motor Ex d / Ex tb A prova de explosão, tempo e jatos potentes d água Características Construtivas Partida de motor e/ou alimentadores elétricos trifásicos de baixa tensão, montada em invólucro

Leia mais

APARELHOS DE ILUMINAÇÃO ELÉTRICA E ACESSÓRIOS

APARELHOS DE ILUMINAÇÃO ELÉTRICA E ACESSÓRIOS APARELHOS DE ILUMINAÇÃO ELÉTRICA E ACESSÓRIOS Balastros eletrónicos com aplicação na iluminação pública para lâmpadas de descarga de sódio de alta pressão e iodetos metálicos Características e ensaios

Leia mais

INSTALAÇÕES ELÉTRICAS DE BAIXA TENSÃO

INSTALAÇÕES ELÉTRICAS DE BAIXA TENSÃO INSTALAÇÕES ELÉTRICAS DE BAIXA TENSÃO A norma brasileira para instalações elétricas de baixa tensão é a NBR 5410 Fixa as condições que as instalações de baixa tensão devem atender; Primeira edição de 1941;

Leia mais

Contator tripolar - Comando em Corrente Alternada Ficha Técnica CJX1B-CJX1F CONTATOR TRIPOLAR. 9A a 400 A. Página 1

Contator tripolar - Comando em Corrente Alternada Ficha Técnica CJX1B-CJX1F CONTATOR TRIPOLAR. 9A a 400 A. Página 1 Ficha Técnica CJX1B-CJX1F CONTATOR TRIPOLAR 9A a 400 A Página 1 Contatores de Potência Tripolares CJX1B ou CJX1F Generalidade O contator é um dispositivo de manobra. Quando a bobina do eletroimã é colocada

Leia mais

Botões de Comando Ø 22mm HB5-A (Plástico)

Botões de Comando Ø 22mm HB5-A (Plástico) Botões de Comando Ø 22mm HB5-A (Plástico) Diâmetro de furação 22mm. Design moderno e ergométrico Com ligação por parafuso. Conformidade IEC EN 60947-5 Certificação CE Botões de Comando e Sinalização Ø

Leia mais

Soluções para proteção elétrica

Soluções para proteção elétrica Soluções para proteção elétrica Soluções para proteção elétrica Tabela geral... 2 Linha Padrão... 5... 5...... 7... 8... 9 Linha Completa... 11... 12... 15...... 18... 19...... 22... 24... 25 Linha Alta

Leia mais

DE DISTRIBUIÇÃO COMPACTO (QDC)

DE DISTRIBUIÇÃO COMPACTO (QDC) Sistema Normativo Corporativo ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA ES.PN.01.24.0004 VERSÃO Nº ATA Nº DATAA DATA DA VIGÊNCIA 01 - /12/2011 /12/2011 APROVADO POR Edson Hideki Takauti SUMÁRIO 1. RESUMO... 3 2. HISTÓRICO

Leia mais

Linhas de produtos para aplicações simples e convencionais

Linhas de produtos para aplicações simples e convencionais www.siemens.com.br/produtosconvencionais Linhas de produtos para aplicações simples e convencionais Para clientes que buscam produtos de manutenção simples e levam em consideração o custo sem abrir mão

Leia mais

MQ5 CHAVE DE TRANSFERÊNCIA AUTOMATIZADA (ABERTURA SEM CARGA) MANUAL DE FUNCIONAMENTO

MQ5 CHAVE DE TRANSFERÊNCIA AUTOMATIZADA (ABERTURA SEM CARGA) MANUAL DE FUNCIONAMENTO MQ5 CHAVE DE TRANSFERÊNCIA AUTOMATIZADA (ABERTURA SEM CARGA) MANUAL DE FUNCIONAMENTO Chave de transferência automatizada - série MQ5 Um Tipo e significado MQ5 o tipo de controle (I; 0; II) o número de

Leia mais

Multimedidor Mult-K [1] Introdução Mult-K Foto ilustrativa [2] Princípio de funcionamento [5] Precisão Mult-K

Multimedidor Mult-K [1] Introdução Mult-K Foto ilustrativa [2] Princípio de funcionamento [5] Precisão Mult-K [1] Introdução O Multimedidor Mult-K é um instrumento digital microprocessado, para instalação em porta de painel, que permite a medição de até 44 parâmetros elétricos em sistema de corrente alternada

Leia mais

ACW Disjuntor em Caixa Moldada ACW. Motores I Automação I Energia I Transmissão & Distribuição I Tintas

ACW Disjuntor em Caixa Moldada ACW. Motores I Automação I Energia I Transmissão & Distribuição I Tintas ACW Disjuntor em Caixa Moldada ACW Motores I Automação I Energia I Transmissão & Distribuição I Tintas Disjuntor em Caixa Moldada ACW Com design moderno, compacto e disponíveis em 4 frames e correntes

Leia mais

1. FINALIDADE. Estabelecer os requisitos a serem atendidos para o fornecimento de medidor eletrônico de energia elétrica. 2. ÂMBITO DE APLICAÇÃO

1. FINALIDADE. Estabelecer os requisitos a serem atendidos para o fornecimento de medidor eletrônico de energia elétrica. 2. ÂMBITO DE APLICAÇÃO MANUAL ESPECIAL SISTEMA DE SERVIÇOS E CONSUMIDORES SUBSISTEMA MEDIÇÃO CÓDIGO TÍTULO FOLHA E-321.0015 MEDIDOR ELETRÔNICO DE ENERGIA ELÉTRICA COM SAÍDA RS485 1/8 1. FINALIDADE Estabelecer os requisitos a

Leia mais

Fonte Full Range Vac/Vdc 24 Vdc/ 3A

Fonte Full Range Vac/Vdc 24 Vdc/ 3A Descrição do Produto A fonte de alimentação é uma solução para aplicações de uso geral no que se refere a alimentação de controladores programáveis, sensores e comando de quadro elétricos. Tem duas saídas

Leia mais

CNPJ: / INSC. EST.: CRITÉTRIOS CONSTRUTIVOS DO PADRÃO DE ENTRADA

CNPJ: / INSC. EST.: CRITÉTRIOS CONSTRUTIVOS DO PADRÃO DE ENTRADA Notas: CRITÉTRIOS CONSTRUTIVOS DO PADRÃO DE ENTRADA A fiação do ramal de saída deve ser a mesma fiação do ramal de entrada; O padrão de entrada na zona rural deverá ficar no mínimo de 10 metros e no máximo

Leia mais

CNPJ: / INSC. EST.: CRITÉTRIOS CONSTRUTIVOS DO PADRÃO DE ENTRADA

CNPJ: / INSC. EST.: CRITÉTRIOS CONSTRUTIVOS DO PADRÃO DE ENTRADA Notas: CRITÉTRIOS CONSTRUTIVOS DO PADRÃO DE ENTRADA A fiação do ramal de saída deve ser a mesma fiação do ramal de entrada; O padrão de entrada na zona rural deverá ficar no mínimo de 10 metros e no máximo

Leia mais

MQ5 CHAVE DE TRANSFERÊNCIA AUTOMATIZADA (ABERTURA SEM CARGA) MANUAL DE FUNCIONAMENTO

MQ5 CHAVE DE TRANSFERÊNCIA AUTOMATIZADA (ABERTURA SEM CARGA) MANUAL DE FUNCIONAMENTO MQ5 CHAVE DE TRANSFERÊNCIA AUTOMATIZADA (ABERTURA SEM CARGA) MANUAL DE FUNCIONAMENTO Chave de transferência automatizada - série MQ5 Um Tipo e significado MQ5 o tipo de controle (I; 0; II) o número de

Leia mais

Fontes de Alimentação

Fontes de Alimentação ProLine Tecnologia de Interface Fontes de Alimentação Fonte de alimentação de 24 Vcc A Tarefa Os transmissores e condicionadores de sinais não alimentados pela malha de medição precisam de alimentação

Leia mais

DATA SHEET Compact Genset Controller, CGC 200

DATA SHEET Compact Genset Controller, CGC 200 DATA SHEET Compact Genset Controller, CGC 200 Partida automática e monitoramento Alarmes e proteções 5 entradas digitais e 5 saídas de relé Configurável para outras aplicações Software livre para PC DEIF

Leia mais

BR11 CHAVE PARA SECCIONAMENTO E ATERRAMENTO TEMPORÁRIO.

BR11 CHAVE PARA SECCIONAMENTO E ATERRAMENTO TEMPORÁRIO. R CHVE PR SECCIONMENTO E TERRMENTO TEMPORÁRIO www.krausnaimer.com.br terramento Temporário chave de seccionamento e aterramento da Kraus & Naimer tem a finalidade de estabelecer o aterramento de um circuito

Leia mais

Fonte Bivolt 24 Vdc / 5 A

Fonte Bivolt 24 Vdc / 5 A Descrição do Produto A fonte de alimentação é uma solução para aplicações de uso geral no que se refere a alimentação de controladores programáveis, sensores e comando de quadro elétricos. Tem uma saída

Leia mais

Para isolação e conversão de tensões e correntes alternadas senoidais em sinais padronizados.

Para isolação e conversão de tensões e correntes alternadas senoidais em sinais padronizados. Transmissores CA/CC Para isolação e conversão de tensões e correntes alternadas senoidais em sinais padronizados. As Vantagens A classe de precisão é de 0,5 não há necessidade de reajustar as faixas comutáveis.

Leia mais

DISJUNTORES. Funções. b Proteção contra curtos-circuitos b Proteção dos cabos contra sobrecargas 1P. Disjuntores. 2P Disjuntores.

DISJUNTORES. Funções. b Proteção contra curtos-circuitos b Proteção dos cabos contra sobrecargas 1P. Disjuntores. 2P Disjuntores. 5 ka 127/230 V - 3 ka 230/400 V NOVIDADE NOVIDADE NOVIDADE DISJUNTORES b Proteção contra curtos-circuitos b Proteção dos cabos contra sobrecargas 2 A - EZ9F33102 4 A - EZ9F33104 6 A EZ9F13106 EZ9F33106

Leia mais

ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS

ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS DOCUMENTAÇÃO (LEGAL) REGULAMENTAR E NORMATIVA APLICÁVEL REGRAS DAS INSTALAÇÕES ELÉCTRICAS DE BAIXA TENSÃO - Portaria 949-A/2006 de 11 de Setembro DIRECTIVA DE BAIXA TENSÃO 2006/95/CE - Decreto-lei 6/2008,

Leia mais

GE Energy Management Industrial Solutions. Dilos/Fulos/Fulos Plus. Chaves Seccionadoras sob Carga Chaves Seccionadoras sob Carga com Base Fusível

GE Energy Management Industrial Solutions. Dilos/Fulos/Fulos Plus. Chaves Seccionadoras sob Carga Chaves Seccionadoras sob Carga com Base Fusível GE Energy Management Industrial Solutions Dilos/Fulos/Fulos Plus Chaves Seccionadoras sob Carga Chaves Seccionadoras sob Carga com Base Fusível 2 Dilos/Fulos Chaves rotativas sob carga Dilos, Fulos e Fulos

Leia mais

XVIII Seminário Nacional de Distribuição de Energia Elétrica. SENDI a 10 de outubro. Olinda - Pernambuco - Brasil

XVIII Seminário Nacional de Distribuição de Energia Elétrica. SENDI a 10 de outubro. Olinda - Pernambuco - Brasil XVIII Seminário Nacional de Distribuição de Energia Elétrica SENDI 2008-06 a 10 de outubro Olinda - Pernambuco - Brasil Aplicação de Seccionadoras em Combinação com Fusíveis em Circuitos Alimentadores

Leia mais

MATERIAIS PARA REDES APARELHAGEM AT E MT

MATERIAIS PARA REDES APARELHAGEM AT E MT MATERIAIS PARA REDES APARELHAGEM AT E MT Disjuntores MT 17,5 kv Características Elaboração: DNT Homologação: conforme despacho do CA de 2007-02-13 Edição: 2ª. Substitui a edição de DEZ 1987 Emissão: EDP

Leia mais

MATERIAIS PARA REDES APARELHAGEM AT E MT

MATERIAIS PARA REDES APARELHAGEM AT E MT MATERIAIS PARA REDES APARELHAGEM AT E MT Disjuntores MT 36 kv Características Elaboração: DNT Homologação: conforme despacho do CA de 2007-02-13 Edição: 2ª. Substitui a edição de DEZ 1987 Emissão: EDP

Leia mais

A melhor opção em quadros de distribuição de energia

A melhor opção em quadros de distribuição de energia A melhor opção em quadros de distribuição de energia Fabricado no Brasil SIMBOX XF Quadros de distribuição de energia www.siemens.com.br/simboxxf SIMBOX XF Por fora, muito design... Primeira linha de quadros

Leia mais

Produtos de Baixa Tensão. Disjuntor em caixa moldada Linha Formula. Disjuntores Fórmula_2011.indd 1

Produtos de Baixa Tensão. Disjuntor em caixa moldada Linha Formula. Disjuntores Fórmula_2011.indd 1 Produtos de Baixa Tensão Disjuntor em caixa moldada Linha Formula Disjuntores Fórmula_2011.indd 1 04/11/11 07:17 Simplicidade e qualidade A linha de disjuntores em caixa moldada FORMULA é o resultado da

Leia mais

Sistema de Distribuição de Energia Elétrica com Barramentos Blindados para Edifícios de Uso Coletivo com Medição Centralizada

Sistema de Distribuição de Energia Elétrica com Barramentos Blindados para Edifícios de Uso Coletivo com Medição Centralizada Sistema de Distribuição de Energia Elétrica com Barramentos Blindados para Edifícios de Uso Coletivo com Medição Centralizada Barramentos Blindados Novemp - Tipos de Barramentos - Vantagens - Sistema Modular

Leia mais

Os 27 símbolos que Você encontrará em Qualquer diagrama Elétrico VERSÃO1.1

Os 27 símbolos que Você encontrará em Qualquer diagrama Elétrico VERSÃO1.1 Guia Os 27 símbolos que Você encontrará em Qualquer diagrama Elétrico VERSÃO1.1 Introdução Estamos vivendo uma fase complicada na economia do país, e consequentemente no mercado de trabalho. Conhecimento

Leia mais

Equipamentos de comutação eletrônicos e comando do motor

Equipamentos de comutação eletrônicos e comando do motor Contatores reversíveis para semicondutor trifásicos Os contatores reversíveis para semicondutor trifásicos com circuito chaveado e ligação de carga integrados destinam-se a aplicações como componentes

Leia mais

Principais características

Principais características Botões de Comando e Sinalização Ø 22mm HB5-A (Plástico) A linha de Botões de comando e Sinalizações HB5-A com seu design moderno, alta confiabilidade e com grandes variedades de configurações, são perfeitamentes

Leia mais

Minicontator CWC ü Manobra em regime AC-3 até 6A ü Acoplamento direto ao relé de sobrecarga RW7D ü Linhas com bobina CA e CC com mesmo dimensional ü Bobina CC de baixo consumo ü Operação em regime AC-4

Leia mais

INSTRUÇÕES 1 - OBJETIVO: 2 - JUSTIFICATIVA:

INSTRUÇÕES 1 - OBJETIVO: 2 - JUSTIFICATIVA: INSTRUÇÕES PREGÃO Nº / 17 DESO 1 - OBJETIVO: Aquisição de 25 (vinte e cinco) chaves de partida e parada suave (soft starter's) para acionamentos de motores elétricos de indução trifásico, para potências

Leia mais

COMPANHIA ESPÍRITO SANTENSE DE SANEAMENTO ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA PARA MONTAGEM DE QUADROS E PAINEIS ELÉTRICOS ODMN-VIT-ET

COMPANHIA ESPÍRITO SANTENSE DE SANEAMENTO ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA PARA MONTAGEM DE QUADROS E PAINEIS ELÉTRICOS ODMN-VIT-ET COMPANHIA ESPÍRITO SANTENSE DE SANEAMENTO DE QUADROS E PAINEIS ELÉTRICOS ODMN-VIT-ET-2015-002 1 1. ESCOPO Esta Prescrição Técnica estabelece os requisitos técnicos gerais para execução da montagem, testes

Leia mais

Multimedidor MKM-G. [1] Introdução. [2] Princípio de funcionamento. [6] Características Elétricas. [3] Aplicações. [4] Grandezas medidas.

Multimedidor MKM-G. [1] Introdução. [2] Princípio de funcionamento. [6] Características Elétricas. [3] Aplicações. [4] Grandezas medidas. [1] Introdução O Multimedidor MKM-G é um instrumento digital microprocessado, para instalação em porta de painel, que permite a monitoração dos parâmetros básicos de um GMG (grupo moto gerador). Pode ser

Leia mais

Regras para um projeto seguro IEC &2

Regras para um projeto seguro IEC &2 Regras para um projeto seguro IEC 61439-1&2 Conjunto de Manobra e Controle de Baixa Tensão Roberto da Silva e Geraldo Biffi Sumário Objetivo da Norma Conceitos TTA e PTTA ( IEC 60 439) IEC "mundo" para

Leia mais

IEC A norma para CONJUNTOS Cablados de baixa tensão

IEC A norma para CONJUNTOS Cablados de baixa tensão Rand IEC 61439 A norma para CONJUNTOS Cablados de baixa tensão O que mudou... Copyright 2010 ABB Todos os direitos reservados Índice Introdução 4 A antiga norma IEC 60439 5 A nova norma IEC 61439 6 Principais

Leia mais

Principais características DADOS TÉCNICOS Características elétricos Características mecânicas

Principais características DADOS TÉCNICOS Características elétricos Características mecânicas Botões de Comando e Sinalização Ø 22mm HB4-B (Metálica cromado) A linha de Botões de comando e Sinalizações HB4-B com seu design moderno, alta confiabilidade e com grandes variedades de configurações,

Leia mais

A Mitsubishi Electric lança novo Low Voltage Motor Control Center Type-D (Centro de controlo de motores de baixa tensão tipo D)

A Mitsubishi Electric lança novo Low Voltage Motor Control Center Type-D (Centro de controlo de motores de baixa tensão tipo D) MITSUBISHI ELECTRIC CORPORATION PUBLIC RELATIONS DIVISION PARA LANÇAMENTO IMEDIATO N.º 3048 Este texto é uma tradução da versão em inglês oficial deste comunicado de imprensa, sendo fornecido apenas para

Leia mais

TALK SHOW SEGURANÇA EM EDIFICAÇÕES

TALK SHOW SEGURANÇA EM EDIFICAÇÕES TALK SHOW SEGURANÇA EM EDIFICAÇÕES José Rubens Alves de Souza ABNT ABINEE TEC 2013 4 abril 2013, Anhembi, São Paulo A revisão da norma ABNT NBR 5410 IEC 60364 Instalações elétricas de baixa tensão Parte

Leia mais

INSTALAÇÕES AT E MT. SUBESTAÇÕES DE DISTRIBUIÇÃO

INSTALAÇÕES AT E MT. SUBESTAÇÕES DE DISTRIBUIÇÃO INSTALAÇÕES AT E MT. SUBESTAÇÕES DE DISTRIBUIÇÃO Tecnologias de electrificação Regras de execução Elaboração: GTRPT Homologação: conforme despacho do CA de 2007-02-13 Edição: 1ª Emissão: EDP Distribuição

Leia mais

Contatores e combinações de contatores

Contatores e combinações de contatores Dispositivo /06/0 :8 Page 86 es e combinações de contatores es para manobra de motores es 3RT Schütze und Schützkombinationen s a S2 Circuito auxiliar Dados nominais dos contatos auxiliares conforme IEC

Leia mais

Proteção SIRIUS Disjuntores e Relés de Sobrecarga

Proteção SIRIUS Disjuntores e Relés de Sobrecarga www.siemens.com.br/sirius Proteção SIRIUS Disjuntores e Relés de Sobrecarga Dispositivos de Proteção 4 Introdução Disjuntores-motor Disjuntores RV até A 6 Dados gerais 7 RV10 Para proteção de motores

Leia mais

holec Chaves Comutadoras a l t a s e g u r a n ç a n a b a i x a t e n s ã o

holec Chaves Comutadoras a l t a s e g u r a n ç a n a b a i x a t e n s ã o s s a l t a s e g u r a n ç a n a b a i x a t e n s ã o 1 BB 32 BB 32-1250/4 Tripolar /3 BB 32-250/3 BB 32-400/3 BB 32-630/3 BB 32-1000/3 BB 32-1250/3 0/3 Tetrapolar /4 BB 32-250/4 BB 32-400/4 BB 32-630/4

Leia mais

Siemens AG 2009 SIRIUS SENTRON SIVACON. Catálogo LV Baixa Tensão Corte, protecção e comando. Answers for industry.

Siemens AG 2009 SIRIUS SENTRON SIVACON. Catálogo LV Baixa Tensão Corte, protecção e comando. Answers for industry. SIRIUS SENTRON SIVACON Catálogo LV 90 2009 Baixa Tensão Corte, protecção e comando Answers for industry. Interruptores de corte em carga, sistemas de barramentos SENTRON 8US Introdução Tipo 3NP 1 3K 3NJ4

Leia mais

Soluções de painéis e quadros de distribuição BT Norma IEC (TTA / PTTA) As Normas vigentes e conceito TTA

Soluções de painéis e quadros de distribuição BT Norma IEC (TTA / PTTA) As Normas vigentes e conceito TTA Soluções de painéis e quadros de distribuição BT Norma IEC 60439 (TTA / PTTA) As Normas vigentes e conceito TTA Rua Japurá, 894 Bairro Amazonas Contagem MG www.conecta-mg.com- e-mail: conecta@conecta-mg.com

Leia mais

DOSSIÊ TÉCNICO. Móveis Infantis. Indexadores: Móveis infantis; Beliche, Cadeira, Berço, Assento.

DOSSIÊ TÉCNICO. Móveis Infantis. Indexadores: Móveis infantis; Beliche, Cadeira, Berço, Assento. DOSSIÊ TÉCNICO Móveis Infantis Indexadores: Móveis infantis; Beliche, Cadeira, Berço, Assento. São Paulo, 11 de Janeiro de 2016 1. RESULTADO FORNECIDO 1.1. Pesquisa e/ou levantamentos para indicação de

Leia mais

Chave de código / How to order. 5-3A2a2b. Características dos contatos / Contacts characteristcs CNU18 CNU32R CNU50 CNU65 CN-100H CNU9 CNU11 CNU16

Chave de código / How to order. 5-3A2a2b. Características dos contatos / Contacts characteristcs CNU18 CNU32R CNU50 CNU65 CN-100H CNU9 CNU11 CNU16 Contatores tripolares / poles contactors Contatores tripolares e tetrapolares desde até 0A De acordo com normas IEC01, IEC01, UL0 e JEM Bobinas para CA e CC Certificado UL e CE and poles magnetic contactors

Leia mais

1. APRESENTAÇÃO 2. CARACTERÍSTICAS ELÉTRICAS 1. APRESENTAÇÃO

1. APRESENTAÇÃO 2. CARACTERÍSTICAS ELÉTRICAS 1. APRESENTAÇÃO smart CCM 1. APRESENTAÇÃO 1. APRESENTAÇÃO Os Centros de Controle de Motores de Baixa Tensão, modelo smart CCM são unidades modulares padronizadas, desenvolvidas em conformidade com a norma IEC 61439, garantindo

Leia mais

Painel de medição e monitoramento

Painel de medição e monitoramento Painel de medição e monitoramento A prova de tempo e jatos potentes d água Características Construtivas Painel de medição e monitoramento, montada em invólucro fabricado em liga de alumínio fundido copper

Leia mais

Com a Siemens, você chega primeiro. Disjuntores 5SX, 5SP e 5SY. Proteção de instalações elétricas de baixa tensão

Com a Siemens, você chega primeiro. Disjuntores 5SX, 5SP e 5SY. Proteção de instalações elétricas de baixa tensão Com a Siemens, você chega primeiro es SX, SP e SY Proteção de instalações elétricas de baixa tensão es SX, SP, SY - Sistema N Os es Siemens são equipamentos de alta tecnologia que protegem fios e cabos

Leia mais

APARELHOS DE ILUMINAÇÃO ELÉTRICA E ACESSÓRIOS

APARELHOS DE ILUMINAÇÃO ELÉTRICA E ACESSÓRIOS APARELHOS DE ILUMINAÇÃO ELÉTRICA E ACESSÓRIOS Balastros indutivos para lâmpadas de descarga Características e ensaios Elaboração: DTI Homologação: conforme despacho do CA de 2011-11-17 Edição: 3ª. Substitui

Leia mais

Usando o adaptador global Avaya PoE (Power Over Ethernet) com porta única

Usando o adaptador global Avaya PoE (Power Over Ethernet) com porta única Usando o adaptador global Avaya PoE (Power Over Ethernet) com porta única Versão 1 Edição 1 Agosto de 2016 2016, Avaya, Inc. Todos os direitos reservados. Apesar dos esforços empenhados para garantir a

Leia mais

Barramentos e Blocos de Distribuição

Barramentos e Blocos de Distribuição Barramentos e Blocos de Distribuição www.siemens.com.br/barramentoseblocos Barramentos 5ST3 7 O sistema de barramento 5ST3 7 com ligação tipo pino pode ser usado com os disjuntores DIN 5SX, 5SY, 5SL6 e

Leia mais

INTERRUPTORES CAM. A informação contida neste catálogo pode ser atualizada sem aviso prévio. Ver. 1 1

INTERRUPTORES CAM. A informação contida neste catálogo pode ser atualizada sem aviso prévio. Ver. 1 1 INTERRUPTORES CAM Dispositivos de comutação operados manualmente que se utilizam principalmente como interruptores de motor, de carga, de desconexão, de passo e como interruptor auxiliar (de controlo)

Leia mais

RESULTADOS MERSEN. $ 1Bi USD 2014 vendas consolidadas Colaboradores em dez/ Países em que somos presentes 1/34

RESULTADOS MERSEN. $ 1Bi USD 2014 vendas consolidadas Colaboradores em dez/ Países em que somos presentes 1/34 Core expertise in technology ESPECIALISTA GLOBAL EM PROTEÇÃO ELÉTRICA E CONFIABILIDADE NA INDÚSTRIA RESULTADOS MERSEN $ 1Bi USD 2014 vendas consolidadas 6.800 Colaboradores em dez/2014 35 Países em que

Leia mais

ANFW Painel Remoto Anunciador de Falhas

ANFW Painel Remoto Anunciador de Falhas Motores Automação Energia Transmissão & Distribuição Tintas ANFW Painel Remoto Anunciador de Falhas Manual de Instruções Manual de Instruções Série: ANFW Idioma: Português Nº do Documento: 10004636736

Leia mais

APW11 Inversor de Frequência Autoportante. Motores Automação Energia Transmissão & Distribuição Tintas

APW11 Inversor de Frequência Autoportante. Motores Automação Energia Transmissão & Distribuição Tintas APW11 Inversor de Frequência Autoportante Motores Automação Energia Transmissão & Distribuição Tintas APW11 - Inversor de frequência autoportante É uma solução tecnológica e inovadora utilizada no acionamento

Leia mais

Medidor TKE-120. [1] Introdução. [2] Princípio de funcionamento. [5] Precisão. [6] Características Elétricas. [3] Aplicações. [4] Grandeza medida

Medidor TKE-120. [1] Introdução. [2] Princípio de funcionamento. [5] Precisão. [6] Características Elétricas. [3] Aplicações. [4] Grandeza medida [1] Introdução O Medidor TKE-120 é um instrumento para instalação em fundo de painel, que permite a medição do consumo de energia ativa (Wh) ou reativa (VArh) em sistemas de corrente alternada (CA). Possui

Leia mais