RESULTADO PESQUISA 2016

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "RESULTADO PESQUISA 2016"

Transcrição

1 RESULTADO PESQUISA 2016

2 DADOS E CARACTERÍSTICAS Total de Pesquisas Respondidas: 358 Tipo de Plano Idade Não respondeu 1% Plano BD 25% Mais de 60 anos 28% Até 30 anos 18% Plano CD 75% 51 a 60 anos 27% 31 a 40 anos 22% 41 a 50 anos 4% Plano BD - 89 respostas Plano CD respostas Mais de 60 anos - 99 respostas 51 a 60 anos - 96 respostas 41 a 50 anos - 16 respostas 31 a 40 anos - 78 respostas Até 30 anos - 64 respostas Não responderam - 5 Sexo Modalidade Residência Assistindo Participante Não respondeu - 9 Natal Interior do RN Outro Estado - 4 Não respondeu - 18 Masculino respostas Feminino - 96 respostas Não respondeu - 12

3 GOVERNANÇA Como você avalia a administração da Fasern? Como você avalia a atual gestão em relação à transparência de suas ações?

4 PLANO PREVIDENCIÁRIO Plano CD Você tem o hábito de atualizar o seu cadastro sempre que ocorre alterações? Você faria contribuições voluntárias para aumentar sua Reserva? Plano BD Como você avalia seu nível de conhecimento sobre o seu plano previdenciário? Você tem conhecimento que o seu plano é uma complementação do seu benefício recebido pela previdência social?

5 INVESTIMENTO Plano CD Como você avalia as taxas de juros da Carteira de Empréstimos da Fasern quando comparadas com as taxas praticadas por Bancos, Financeiras e Administradoras de Cartões de Crédito? Você sabe qua o seu perfil de investimento? Não respondeu 0%

6 INVESTIMENTO Plano CD Você acompanha a rentabilidade do seu perfil de investimento? Em caso negativo, você tem conhecimento que no site da Fasern, na plataforma de autoatendimento, é disponibilizado, mensalmente, todas as informações financeiras? Você sabe qual o percentual em renda variável é aplicado no seu perfil de investimento? Não respondeu 0%

7 INVESTIMENTO Consideradas apenas respostas válidas Plano CD Em relação ao Perfil de Investimento, na sua opinião que critérios devem ser considerados para migrar de um perfil mais Conservador para um mais Agressivo? Em relação ao Perfil de Investimento, na sua opinião que critérios devem ser considerados para migrar de um perfil mais Agressivo para um mais Conservador?

8 INVESTIMENTO Plano BD Qual seu nível de satisfação com a administração do Patrimônio do seu Plano Previdenciário? Como você avalia as taxas de juros da Carteira de Empréstimos da Fasern quando comparadas com as taxas praticadas por Bancos, Financeiras e Administradoras de Cartões de Crédito?

9 PROGRAMA DE EDUCAÇÃO FINANCEIRA E PREVIDENCIÁRIA Você conhece a plataforma de educação financeira e previdenciária planejeofuturo.fasern.com.br, onde você tem diversas ferramentas: planejamento financeiro, simuladores de financiamentos, qualidade de vida, dentre outros? Em caso afirmativo, como você avalia a plataforma de educação financeira e previdenciária planejeofuturo.fasern.com.br?

10 PROGRAMA DE EDUCAÇÃO FINANCEIRA E PREVIDENCIÁRIA Consideradas apenas respostas válidas Quais das ações desenvolvidas pela Fasern você já participou ou teve acesso? Quais dessas ações você gostaria de conhecer ou participar novamente?

11 PROGRAMA DE EDUCAÇÃO FINANCEIRA E PREVIDENCIÁRIA Consideradas apenas respostas válidas Em 2016 a Fasern durante as apresentações realizadas pelo interior e sede abordou temas relacionados às Finanças Pessoais. Quais dos itens citados abaixo você tem conseguido aplicar no seu dia a dia? Quais temas você gostaria que a Fasern abordasse durante suas apresentações pelo interior e sede no ano de 2017?

12 QUALIDADE DOS SERVIÇOS Consideradas apenas respostas válidas Você considera o atendimento da Fasern: Qual a sua avaliação para a resposta que a Fasern oferece às suas reclamações ou sugestões?

13 PLANO DE SAÚDE UNIMED Você possui plano de Saúde vinculado à Fasern? Caso positivo, como você avalia a rede de atendimento da Unimed?

14 PLANO DE SAÚDE UNIMED Em sua opinião, dentre os planos de saúde com atuação no RN, qual o melhor?

15 COMUNICAÇÃO Como você avalia a comunicação da Fasern? Como você analisa o conteúdo e o projeto visual do Jornal da Fasern?

16 COMUNICAÇÃO Qual a sua avaliação com relação ao aspecto visual e a linguagem do site da Fasern? Qual a sua avaliação com relação ao aspecto visual e as informações/serviços disponibilizados na plataforma para autoatendimento (site do participante)?

17

SABESPREV: PESQUISA DE IMAGEM E SATISFAÇÃO 2013 TOTAL

SABESPREV: PESQUISA DE IMAGEM E SATISFAÇÃO 2013 TOTAL TOTAL Objetivos: avaliar o processo de Comunicação da SABESPREV; avaliar o processo de Atendimento Pessoal e Telefônico aos Beneficiários e Participantes da SABESPREV; avaliar o processo de atendimento

Leia mais

Informe-se, esclareça as suas dúvidas e reflita!

Informe-se, esclareça as suas dúvidas e reflita! Previdência Saúde Vou aderir ao PDVA. E agora? Informe-se, esclareça as suas dúvidas e reflita! O seu futuro e o da sua família dependem da sua decisão. Previdência Proteção a pessoa, geralmente, no desemprego,

Leia mais

Pense no seu futuro! Plano de Contribuição Variável CV - Prevdata II

Pense no seu futuro! Plano de Contribuição Variável CV - Prevdata II Pense no seu futuro! Plano de Contribuição Variável CV - Prevdata II A Prevdata É uma Entidade Fechada de Previdência Complementar, que tem por finalidade a instituição e administração de planos de benefícios

Leia mais

Uso do Crédito (consumidores) Setembro 2012

Uso do Crédito (consumidores) Setembro 2012 Uso do Crédito (consumidores) Setembro 2012 METODOLOGIA Plano amostral Público alvo: Consumidores de todas as Capitais do Brasil. Tamanho amostral da Pesquisa: 623 casos, gerando um erro máximo de 3,9%

Leia mais

PDI. Vou aderir ao PDI.

PDI. Vou aderir ao PDI. Vou aderir ao PDI. E agora? Informe-se, esclareça as suas dúvidas e reflita! O seu futuro e o da sua família dependem da sua decisão. Previdência Proteção a pessoa, geralmente, no desemprego, na doença,

Leia mais

Plano CV Prevdata. Conheça mais sobre o seu Plano de Previdência Complementar

Plano CV Prevdata. Conheça mais sobre o seu Plano de Previdência Complementar Plano CV Prevdata Conheça mais sobre o seu Plano de Previdência Complementar A entidade Nossos números Patrimônio de R$ 1,1 bilhão (dez/2016) 2 planos de benefícios e plano de gestão administrativa 36

Leia mais

Fluxo de Recebimentos de Juros e Vencimentos

Fluxo de Recebimentos de Juros e Vencimentos PERFIL SUPER CONSERVADOR - 31/07/2017 2017 375.828,68 0,00 335.766.543,74 336.142.372,42 2018 901.988,83 0,00 49.752.876,09 50.654.864,92 2019 901.988,83 0,00 8.289.486,51 9.191.475,33 2020 901.988,83

Leia mais

Perfis de Investimento no Projeto de. Educação Previdenciária e Financeira

Perfis de Investimento no Projeto de. Educação Previdenciária e Financeira Perfis de Investimento no Projeto de Educação Previdenciária e Financeira Premissas Filiação ao Plano - Perfil PREVI Ingresso no Programa Perfil de Investimentos (PPI) - Termo de Autorização para Opção

Leia mais

Perfil do consumidor com e sem dívidas no Brasil (consumidores) Outubro 2012

Perfil do consumidor com e sem dívidas no Brasil (consumidores) Outubro 2012 Perfil do consumidor com e sem dívidas no Brasil (consumidores) Outubro 2012 METODOLOGIA Plano amostral Público alvo: Consumidores de todas as Capitais do Brasil. Tamanho amostral da Pesquisa Perfil Adimplente

Leia mais

REGULAMENTO PERFIL DE INVESTIMENTOS CARGILLPREV

REGULAMENTO PERFIL DE INVESTIMENTOS CARGILLPREV REGULAMENTO PERFIL DE INVESTIMENTOS CARGILLPREV 1) Do Objeto Este documento estabelece as normas gerais aplicáveis ao Programa de Perfil de Investimentos (Multiportfólio) da CargillPrev. O programa constitui-se

Leia mais

PREVI Futuro. Conheça o desempenho de Janeiro a Julho/2017. Resultado - =

PREVI Futuro. Conheça o desempenho de Janeiro a Julho/2017. Resultado - = Resultado PREVI Futuro Conheça o desempenho de Janeiro a Julho/ - = Balanço Patrimonial Ativo Onde estão aplicados todos os recursos do PREVI Futuro Passivo Renda Variável Investimentos em ações 29,39%

Leia mais

PREVI futuro - Out / = Resultado

PREVI futuro - Out / = Resultado PREVI futuro - Out / 2017 - = Resultado Balanço Patrimonial Ativo Passivo Onde estão aplicados todos os recursos do Plano PREVI Futuro Estes são distribuídos em uma Carteira de Investimentos Distribuição

Leia mais

Plano Transitório Equacionamento do Déficit

Plano Transitório Equacionamento do Déficit Plano Transitório Equacionamento do Déficit Plano Transitório e o equacionamento do déficit Alguns fatores fizeram com que o Plano Transitório acumulasse resultados inferiores ao que se esperava, criando

Leia mais

PLANO PORTOPREV II MATERIAL EXPLICATIVO

PLANO PORTOPREV II MATERIAL EXPLICATIVO Perfis de Investimento Diversificados PLANO PORTOPREV II MATERIAL EXPLICATIVO quem está seguro, tem futuro. Perfis de Investimento Diversificados www.portoprev.org.br Introdução Este Material Explicativo

Leia mais

CNC - Divisão Econômica Rio de Janeiro. Novembro de 2016

CNC - Divisão Econômica Rio de Janeiro. Novembro de 2016 CNC - Divisão Econômica Rio de Janeiro Novembro de 2016 Peic Síntese dos Resultados Síntese dos Resultados Total de Endividados Dívidas ou Contas em Atraso Não Terão Condições de Pagar nov/15 61,0% 22,7%

Leia mais

Alocação Estratégica em Planos CD Benchmark de Longo Prazo

Alocação Estratégica em Planos CD Benchmark de Longo Prazo Alocação Estratégica em Planos CD Benchmark de Longo Prazo Funpresp Seminário Perfis de Investimentos Novembro, 2016 Arthur Lencastre 2016 Willis Towers Watson. Todos os direitos reservados. Que fatores

Leia mais

CNC - Divisão Econômica Rio de Janeiro. Dezembro de 2016

CNC - Divisão Econômica Rio de Janeiro. Dezembro de 2016 CNC - Divisão Econômica Rio de Janeiro Dezembro de 2016 Peic Síntese dos Resultados Síntese dos Resultados Total de Endividados Dívidas ou Contas em Atraso Não Terão Condições de Pagar dez/15 61,1% 23,2%

Leia mais

REGIUS SOCIEDADE CIVIL DE PREVIDÊNCIA PRIVADA

REGIUS SOCIEDADE CIVIL DE PREVIDÊNCIA PRIVADA 1/5 Plano de Benefícios CD-02 Cuidar do seu futuro é o nosso negócio! 2/5 1 Por que foi criado o Plano CD-02? O Plano CD-02 foi desenhado no modelo de Contribuição Definida, um plano totalmente individual,

Leia mais

SIMULAÇÃO DE RENTABILIDADE POR PERÍODO (%)

SIMULAÇÃO DE RENTABILIDADE POR PERÍODO (%) Carteira: CARTEIRA MODELO - CONSERVADORA Patrimônio: R$300.000,00 Índice de comparação: Extrato Carteira CDI Data Início: 30/08/2013 (melhor data) Data Referência: 29/09/2016 SIMULAÇÃO DE RENTABILIDADE

Leia mais

Usos do Crédito Comparativo das Modalidades de crédito. Maio de 2016

Usos do Crédito Comparativo das Modalidades de crédito. Maio de 2016 Usos do Crédito Comparativo das Modalidades de crédito Maio de 2016 QUAIS MODALIDADES DE CRÉDITO POSSUI ATUALMENTE? Cartão de crédito e de lojas são as modalidades de uso do crédito que os entrevistados

Leia mais

Uso do Crédito (consumidores) Setembro 2012

Uso do Crédito (consumidores) Setembro 2012 Uso do Crédito (consumidores) Setembro 2012 METODOLOGIA Plano amostral Público alvo: Consumidores de todas as Capitais do Brasil. Tamanho amostral da Pesquisa: 623 casos, gerando um erro máximo de 3,9%

Leia mais

Financiamento. Remuneração de Carteira de ações

Financiamento. Remuneração de Carteira de ações Financiamento Remuneração de Carteira de ações Perfil: Moderado Agressivo e Agressivo O Financiamento é uma das estratégias mais tradicionais do mercado de renda variável. Ela consiste na venda coberta

Leia mais

Programa Educação Financeira & Previdenciária Aula Como esticar o Dinheiro

Programa Educação Financeira & Previdenciária Aula Como esticar o Dinheiro Programa Educação Financeira & Previdenciária Aula 3 2017 Como esticar o Dinheiro Entrando e Saindo do vermelho Já estou no vermelho! SERASA A Serasa é uma empresa privada que possui um dos maiores bancos

Leia mais

PESQUISA ABRAPP RAIO-X - 2ª EDIÇÃO

PESQUISA ABRAPP RAIO-X - 2ª EDIÇÃO PESQUISA ABRAPP RAIO-X - 2ª EDIÇÃO LEVANTAMENTO DO PASSIVO DOS FUNDOS DE PENSÃO ANTONIO FERNANDO GAZZONI DIRETOR PRESIDENTE DA GAMA CONSULTORES ASSOCIADOS NÍVEIS DE ADESÃO AOS PLANOS (NOVOS PARTICIPANTES)

Leia mais

SIMULAÇÃO DE RENTABILIDADE POR PERÍODO (%)

SIMULAÇÃO DE RENTABILIDADE POR PERÍODO (%) Carteira: CARTEIRA MODELO - AGRESSIVA Patrimônio: R$300.000,00 Índice de comparação: Extrato Carteira CDI Data Início: 30/08/2013 (melhor data) Data Referência: 28/09/2016 SIMULAÇÃO DE RENTABILIDADE POR

Leia mais

LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O FI RF CP LP TITULOS PRIVADOS / Informações referentes a Abril de 2013

LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O FI RF CP LP TITULOS PRIVADOS / Informações referentes a Abril de 2013 Esta lâmina contém um resumo das informações essenciais sobre o HSBC FUNDO DE INVESTIMENTO RENDA FIXA CREDITO PRIVADO LONGO PRAZO. As informações completas sobre esse fundo podem ser obtidas no Prospecto

Leia mais

SIMULADOR % SALDO DE CONTA:

SIMULADOR % SALDO DE CONTA: SIMULADOR % SALDO DE CONTA: PASSO A PASSO Os assistidos da Fundação Banrisul que optaram por receber seu benefício por Prazo Indeterminado (% Saldo de Conta) podem acessar, no site da Entidade, um simulador

Leia mais

O sistema mais utilizado por RPPS no Brasil para gestão dos investimentos, agora evoluiu, tornando-se a Plataforma

O sistema mais utilizado por RPPS no Brasil para gestão dos investimentos, agora evoluiu, tornando-se a Plataforma Único. Inovador. Completo. O sistema mais utilizado por RPPS no Brasil para gestão dos investimentos, agora evoluiu, tornando-se a Plataforma Veja Mais Introdução Para você que já é usuário do sistema,

Leia mais

ADMINISTRAÇÃO FINANCEIRA. Gestão Financeira 1 Prof.ª Thays Silva Diniz 1º Semestre 2010

ADMINISTRAÇÃO FINANCEIRA. Gestão Financeira 1 Prof.ª Thays Silva Diniz 1º Semestre 2010 ADMINISTRAÇÃO FINANCEIRA Gestão Financeira 1 Prof.ª Thays Silva Diniz 1º Semestre 2010 INTRODUÇÃO À ADMINISTRAÇÃO FINANCEIRA Cap.1 A decisão financeira e a empresa 1. Introdução 2. Objetivo e Funções da

Leia mais

Linha do Tempo Previdenciária Secretaria do Ministério da Fazenda

Linha do Tempo Previdenciária Secretaria do Ministério da Fazenda Contextualizando Linha do Tempo Previdenciária 2016 Secretaria do Ministério da Fazenda Taxa de juros Rentabilidade dos Fundos de Pensão entre 1995 e 2012, em dezoito anos, apenas cinco apresentaram rentabilidades

Leia mais

REGULAMENTO DE EMPRÉSTIMO PESSOAL CAPÍTULO I DOS CONCEITOS. II Patrocinadora: pessoa jurídica que celebra convênio de adesão a plano previdenciário;

REGULAMENTO DE EMPRÉSTIMO PESSOAL CAPÍTULO I DOS CONCEITOS. II Patrocinadora: pessoa jurídica que celebra convênio de adesão a plano previdenciário; REGULAMENTO DE EMPRÉSTIMO PESSOAL A FUNDAÇÃO COPEL DE PREVIDÊNCIA E ASSISTÊNCIA SOCIAL, pessoa jurídica de direito privado, entidade fechada de previdência complementar, sem fins lucrativos, inscrita no

Leia mais

3ª PESQUISA RELACIONAMENTO COM O PARTICIPANTE

3ª PESQUISA RELACIONAMENTO COM O PARTICIPANTE RELACIONAMENTO COM O PARTICIPANTE OBJETIVO: Mapear as práticas e processos do segmento e subsidiar futuras propostas de ação que visem o aperfeiçoamento e melhoria contínua da área. Realizada entre os

Leia mais

Etapa 1. Etapa 2. Etapa 3. Etapa 4

Etapa 1. Etapa 2. Etapa 3. Etapa 4 São Paulo, 02 de janeiro de 2015 PREZADO (A) PARTICIPANTE DO PLANO III, Conforme já divulgado na Edição nº 10 Dezembro/2014 do nosso Jornal e no site, o Plano III da BRF Previdência passará por mudanças

Leia mais

LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS DO FUNDO FRANKLIN CNPJ: / Informações referentes a setembro de 2016.

LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS DO FUNDO FRANKLIN CNPJ: / Informações referentes a setembro de 2016. LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS DO FUNDO FRANKLIN CNPJ: 00.089.915/0001-15 Informações referentes a setembro de 2016. Esta lâmina contém um resumo das informações essenciais sobre o Amaril Franklin Fundo

Leia mais

LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O HSBC FIC REF DI LP EMPRESA 04.044.634/0001-05 Informações referentes a Abril de 2013

LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O HSBC FIC REF DI LP EMPRESA 04.044.634/0001-05 Informações referentes a Abril de 2013 Esta lâmina contém um resumo das informações essenciais sobre o HSBC FUNDO DE INVESTIMENTO EM COTAS DE FUNDOS DE INVESTIMENTO REFERENCIADO DI LONGO PRAZO. As informações completas sobre esse fundo podem

Leia mais

Por favor, mantenham seus celulares desligados ou no modo silencioso.

Por favor, mantenham seus celulares desligados ou no modo silencioso. Por favor, mantenham seus celulares desligados ou no modo silencioso. Nossa equipe Carla Rejane Gomes Benites Marcus Vinicius Soares Itapuã Molina Berchon Claudiomar Gautério de Farias Juarez Emílio Moehlecke

Leia mais

LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O FI MM LP CP NANKING INSTITUC / Informações referentes a Março de 2013

LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O FI MM LP CP NANKING INSTITUC / Informações referentes a Março de 2013 Esta lâmina contém um resumo das informações essenciais sobre o HSBC FUNDO DE INVESTIMENTO MULTIMERCADO LONGO PRAZO CREDITO PRIVADO IONAL. As informações completas sobre esse fundo podem ser obtidas no

Leia mais

DEMONSTRAÇÃO ATUARIAL

DEMONSTRAÇÃO ATUARIAL ENTIDADE: [18.868.955/0001-20] FUNDACAO GEAPPREVIDENCIA PLANO DE BENEFÍCIOS: MOTIVO: DATA DA AVALIAÇÃO: [2005.0006-47] GEAPREV ENCERRAMENTO DE EXERCÍCIO 31/12/2015 Atuário Responsável ADILSON MORAES DA

Leia mais

A área de finanças é recheada de termos que precisam ser conhecidos por aqueles que desejam se aventurar no ramo dos investimentos.

A área de finanças é recheada de termos que precisam ser conhecidos por aqueles que desejam se aventurar no ramo dos investimentos. Zig Zag dos Investimentos 1 A área de finanças é recheada de termos que precisam ser conhecidos por aqueles que desejam se aventurar no ramo dos investimentos. Este artigo tem como objetivo apresentar

Leia mais

SIMULAÇÃO DE RENTABILIDADE POR PERÍODO (%)

SIMULAÇÃO DE RENTABILIDADE POR PERÍODO (%) Carteira: CARTEIRA MODELO - MODERADA Patrimônio: R$300.000,00 Índice de comparação: Extrato Carteira CDI Data Início: 31/10/2013 (melhor data) Data Referência: 11/11/2016 SIMULAÇÃO DE RENTABILIDADE POR

Leia mais

LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O HSBC FI RF LP PRECOS / Informações referentes a Fevereiro de 2013

LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O HSBC FI RF LP PRECOS / Informações referentes a Fevereiro de 2013 Esta lâmina contém um resumo das informações essenciais sobre o HSBC FUNDO DE INVESTIMENTO RENDA FIXA LONGO PRAZO. As informações completas sobre esse fundo podem ser obtidas no Prospecto e no Regulamento

Leia mais

48 responses. 1) Sexo. Feminino % Masculino % 2) Faixa Etária

48 responses. 1) Sexo. Feminino % Masculino % 2) Faixa Etária 48 responses Publish analytics Edit this form 1) Sexo Feminino 22 45.8% Masculino 26 54.2% 54.2 % 45.8 % 2) Faixa Etária 20 a 30 anos 0 0% 31 a 40 anos 5 10.4% 41 a 50 anos 24 50% 51 a 60 anos 17 35.4%

Leia mais

Taxas praticadas no Cartão de Crédito Modalidades: Rotativo e Parcelado. Maio 2015

Taxas praticadas no Cartão de Crédito Modalidades: Rotativo e Parcelado. Maio 2015 Taxas praticadas no Cartão de Crédito Modalidades: Rotativo e Parcelado Maio 2015 1 Observações Levantamento realizado com base nas informações do Banco Central Divulgação destas informações começou em

Leia mais

CNC - Divisão Econômica Rio de Janeiro. Setembro de 2016

CNC - Divisão Econômica Rio de Janeiro. Setembro de 2016 CNC - Divisão Econômica Rio de Janeiro Setembro de 2016 Peic Síntese dos Resultados Síntese dos Resultados Total de Endividados Dívidas ou Contas em Atraso Não Terão Condições de Pagar set/15 63,5% 23,1%

Leia mais

1. INTRODUÇÃO ÁREA RESPONSÁVEL BASE LEGAL ABRANGÊNCIA DEFINIÇÃO DE FIE TIPOS DE FIE...

1. INTRODUÇÃO ÁREA RESPONSÁVEL BASE LEGAL ABRANGÊNCIA DEFINIÇÃO DE FIE TIPOS DE FIE... REQUISITOS RELATIVOS AOS REGULAMENTOS DOS FUNDOS ESPECIALMENTENTE CONSTITUÍDOS - FIEs Orientações da SUSEP ao Mercado Outubro/2016 Sumário 1. INTRODUÇÃO... 1 1.1. ÁREA RESPONSÁVEL... 1 1.2. BASE LEGAL...

Leia mais

Somos únicos. A previdência é um investimento

Somos únicos. A previdência é um investimento Somos únicos Ninguém é igual a ninguém. Por mais que existam algumas semelhanças entre um grupo de pessoas, sempre seremos diferentes uns dos outros, seja pelos anseios, sonhos, habilidades e objetivos

Leia mais

METODOLOGIA Plano amostral

METODOLOGIA Plano amostral METODOLOGIA Plano amostral Público alvo: Consumidores de todas as Capitais do Brasil. Tamanho amostral da Pesquisa: 646 casos, gerando um erro máximo de 3,9% com uma confiança de 95%. Alocação amostral:

Leia mais

Fique tranqüilo e. pague menos. Dicas para você saber como usar sua conta corrente e economizar no dia-a-dia.

Fique tranqüilo e. pague menos. Dicas para você saber como usar sua conta corrente e economizar no dia-a-dia. Fique tranqüilo e pague menos Dicas para você saber como usar sua conta corrente e economizar no dia-a-dia. Controle seu orçamento Evite gastar mais do que você possui na conta corrente, incluindo seu

Leia mais

LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O HSBC FI RF LP PRECOS / Informações referentes a Março de 2013

LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O HSBC FI RF LP PRECOS / Informações referentes a Março de 2013 Esta lâmina contém um resumo das informações essenciais sobre o HSBC FUNDO DE INVESTIMENTO RENDA FIXA LONGO PRAZO. As informações completas sobre esse fundo podem ser obtidas no Prospecto e no Regulamento

Leia mais

https://portalspc.previdencia.gov.br/daiea/emitirprotocolo.do?method=emitirprotocolo

https://portalspc.previdencia.gov.br/daiea/emitirprotocolo.do?method=emitirprotocolo .: Sicadi :. https://portalspc.previdencia.gov.br/daiea/emitirprotocolo.do?method=emitirprotocolo Página 1 de 1 17/07/2015 A Instituição Previdência Social Previdência Complementar Previdência do Servidor

Leia mais

INSTRUÇÃO OPERACIONAL CARTÃO DE CRÉDITO CONVÊNIO FEDERAL. Data de atualização 23/06/2016

INSTRUÇÃO OPERACIONAL CARTÃO DE CRÉDITO CONVÊNIO FEDERAL. Data de atualização 23/06/2016 INSTRUÇÃO OPERACIONAL CARTÃO DE CRÉDITO CONVÊNIO FEDERAL Data de atualização 23/06/2016 PÚBLICO-ALVO ATENDIDOS: Servidores efetivos civis, servidores efetivos militares, cedidos, aposentados e pensionistas

Leia mais

Relatório Estatístico da Pesquisa do Perfil de Investimentos da São Rafael Realizada entre 27/03/2012 à 27/04/2012.

Relatório Estatístico da Pesquisa do Perfil de Investimentos da São Rafael Realizada entre 27/03/2012 à 27/04/2012. Relatório Estatístico da Pesquisa do Perfil de Investimentos da São Rafael Realizada entre 27/03/2012 à 27/04/2012 Prezado (a) participante: A seguir estão discriminados os gráficos estatísticos das Perguntas

Leia mais

ALTERAÇÃO DE PERFIL E % DE CONTRIBUIÇÃO Dezembro/2015

ALTERAÇÃO DE PERFIL E % DE CONTRIBUIÇÃO Dezembro/2015 ALTERAÇÃO DE PERFIL E % DE CONTRIBUIÇÃO Dezembro/2015 PORQUE TER UM PLANO DE APOSENTADORIA PRIVADA? TETO ATUAL DO INSS ATUALIZADO SOMENTE PELO INPC: R$ 4.663,00 INDEPENDENTE DO SEU SALÁRIO NA ATIVA, O

Leia mais

Visão Mais Perto 2015 Perfil Investimentos 2015

Visão Mais Perto 2015 Perfil Investimentos 2015 Visão Mais Perto 2015 Perfil Investimentos 2015 Gestão Visão Prev Bradesco Custódia e Administração VP Finanças Telefonica-Vivo Conselho Deliberativo Comitê Investimentos Conselho Fiscal Diretoria Executiva

Leia mais

Visão da ANS e o Sistema Unimed: perspectivas para o futuro

Visão da ANS e o Sistema Unimed: perspectivas para o futuro V Fórum Nacional de Cooperativismo Médico Visão da ANS e o Sistema Unimed: perspectivas para o futuro Brasília,26 junho de 2012 Agência Nacional de Saúde Suplementar Agência reguladora do Governo Federal,

Leia mais

Ficha Cadastro Pessoa Física

Ficha Cadastro Pessoa Física Grau de sigilo #00 Em se tratando de mais de um titular, preencher uma ficha para cada um. Caso necessário, utilize outra ficha para completar os dados. Dados da Conta na CAIXA Cód. agência Nome da agência

Leia mais

Um retrato do empreendedor do varejo brasileiro

Um retrato do empreendedor do varejo brasileiro Um retrato do empreendedor do varejo brasileiro Julho 2012 METODOLOGIA Plano amostral Público alvo: Comércio Varejista de todas as Capitais do Brasil. Tamanho amostral da Pesquisa: 605 casos, gerando um

Leia mais

PLANO DE BENEFÍCIOS I

PLANO DE BENEFÍCIOS I PLANO DE BENEFÍCIOS I Mensagem da Diretoria Transparência para um relacionamento positivo Quando falamos em administração de um plano de previdência é essencial a construção de um relacionamento duradouro

Leia mais

PESQUISA DE SATISFAÇÃO

PESQUISA DE SATISFAÇÃO PESQUISA DE SATISFAÇÃO 2014 Relatório Estatístico da Pesquisa de Satisfação realizada entre 28/04/2014 a 13/06/2014. Prezado(a) participante, Realizamos no período de 28/04/2014 a 13/06/2014 a Pesquisa

Leia mais

a redução vai afetar o seu plano

a redução vai afetar o seu plano Como a redução da taxa de juros da meta atuarial vai afetar o seu plano Novos tempos O crescimento econômico vivido pelo Brasil nos últimos anos levou o país a reduzir as suas taxas de juros. Essa tendência

Leia mais

CNC - Divisão Econômica Rio de Janeiro

CNC - Divisão Econômica Rio de Janeiro CNC - Divisão Econômica Rio de Janeiro Maio de 2017 Peic Síntese dos Resultados Síntese dos Resultados Total de Endividados Dívidas ou Contas em Atraso Não Terão Condições de Pagar mai/16 58,7% 23,7% 9,0%

Leia mais

Monitoramento de Riscos Atuariais CGMA/PREVIC. São Paulo, 29 de novembro de

Monitoramento de Riscos Atuariais CGMA/PREVIC. São Paulo, 29 de novembro de Monitoramento de Riscos Atuariais CGMA/PREVIC São Paulo, 29 de novembro de 2011 1 Sistema de Previdência Complementar Planos de Previdência Avaliação Atuarial Mapeamento de Risco Atuarial no Mercado Novas

Leia mais

Lâmina de Informações Essenciais Sobre o BTG PACTUAL CAPITAL MARKETS FI RF / Informações referentes a Novembro de 2016

Lâmina de Informações Essenciais Sobre o BTG PACTUAL CAPITAL MARKETS FI RF / Informações referentes a Novembro de 2016 Lâmina de Informações Essenciais Sobre o BTG PACTUAL CAPITAL MARKETS FI RF 04.501.865/0001-92 Informações referentes a Novembro de 2016 Esta lâmina contém um resumo das informações essenciais sobre o BTG

Leia mais

LINHA DO TEMPO. Criação da Precummins pela Cummins Brasil, sua patrocinadora principal.

LINHA DO TEMPO. Criação da Precummins pela Cummins Brasil, sua patrocinadora principal. 1987 Criação da Precummins pela Cummins Brasil, sua patrocinadora principal. 1988 Com a inflação, foi aprovado o reajuste trimestral dos benefícios até uma melhor definição da conjuntura econômica. 1989

Leia mais

APRESENTAÇÃO DEFINIÇÃO. O que é o Plano de Contribuição Definida CD

APRESENTAÇÃO DEFINIÇÃO. O que é o Plano de Contribuição Definida CD APRESENTAÇÃO Esta cartilha tem o objetivo de informá-lo, de forma simples e precisa, sobre os principais pontos do Plano SERGUS de Benefícios na modalidade de Contribuição Definida (CD), baseado no seu

Leia mais

FUNDAÇÃO FECOMERCIO DE PREVIDÊNCIA ASSOCIATIVA

FUNDAÇÃO FECOMERCIO DE PREVIDÊNCIA ASSOCIATIVA FUNDAÇÃO FECOMERCIO DE PREVIDÊNCIA ASSOCIATIVA RELATÓRIO ANUAL 2009 MAIO/2010 Fundação Fecomercio de Previdência Associativa - Relatório Anual 2009. 1 INTRODUÇÃO A Fundação Fecomercio FPA passou o ano

Leia mais

Antes de investir, compare o fundo com outros da mesma classificação.

Antes de investir, compare o fundo com outros da mesma classificação. LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O SANTANDER SELECT ADVANCED RENDA FIXA REFERENCIADO DI FIC FI 26.507.128/0001-30 Informações referentes a Agosto de 2017 Esta lâmina contém um resumo das informações

Leia mais

MobilePrev 1.0 TrustPrev MobilePrev

MobilePrev 1.0 TrustPrev MobilePrev TrustPrev MobilePrev Versão 1.0 1. Apresentação O arquivo descrito neste documento tem como objetivo atualizar a base de dados dos funcionários (participantes e não participantes), assim como realizar

Leia mais

Gestão de Finanças Pessoais. Suzy Sukie Maia Barroso Silva Fábio Augusto Guimarães Teixeira

Gestão de Finanças Pessoais. Suzy Sukie Maia Barroso Silva Fábio Augusto Guimarães Teixeira Gestão de Finanças Pessoais Suzy Sukie Maia Barroso Silva Fábio Augusto Guimarães Teixeira AVISO Apresentação disponibilizada pelo Banco Central do Brasil para ações de educação financeira alinhadas às

Leia mais

Inquérito de Satisfação ao Cliente Tratamento dos dados

Inquérito de Satisfação ao Cliente Tratamento dos dados PERGUNTAS DO QUESTIONÁRIO I. 1. Escalão etário 2. Habilitações Literárias 3. Sexo I.-INFORMAÇÃO PESSOAL II. III. 1. Bebe água da torneira 2. Como classifica a qualidade da Água da rede pública em Santarém

Leia mais

CNC - Divisão Econômica Rio de Janeiro

CNC - Divisão Econômica Rio de Janeiro CNC - Divisão Econômica Rio de Janeiro Abril de 2016 Peic Síntese dos Resultados Síntese dos Resultados Total de Endividados Dívidas ou Contas em Atraso Não Terão Condições de Pagar abr/15 61,6% 19,7%

Leia mais

PROJETO DE EDUCAÇÃO FINANCEIRA E PREVIDENCIÁRIA

PROJETO DE EDUCAÇÃO FINANCEIRA E PREVIDENCIÁRIA PROJETO DE EDUCAÇÃO FINANCEIRA E PREVIDENCIÁRIA APRESENTAÇÃO COM A COLABORAÇÃO DO MINISTÉRIO DA PREVIDÊNCIA SOCIAL E DA ABRAPP. DESENVOLVIDA PARA A 2ª SEMANA DA EDUCAÇÃO FINANCEIRA, REALIZADA ENTRE OS

Leia mais

Relatório. Anual. Resumo 2015

Relatório. Anual. Resumo 2015 Relatório Anual Resumo 2015 2 Mensagem da Diretoria O ano de 2015 foi marcado por um cenário volátil e conturbado com inflação alta, PIB negativo, escândalos políticos, rebaixamento de grau de investimento

Leia mais

Compras a prazo por mulheres

Compras a prazo por mulheres Compras a prazo por mulheres Sophia Mind A Sophia Mind Pesquisa e Inteligência de Mercado é a empresa do grupo de comunicação feminina Bolsa de Mulher voltada para pesquisa e inteligência de mercado. Cem

Leia mais

Submassas nos Planos de Benefícios. Comissão Técnica Nacional de Atuária

Submassas nos Planos de Benefícios. Comissão Técnica Nacional de Atuária Submassas nos Planos de Benefícios Comissão Técnica Nacional de Atuária Submassa Conceito Atualmente não há menção ao termo submassa na legislação em vigor. Proposta de alinhamento técnico PREVIC Um grupo

Leia mais

Lâmina de informações essenciais sobre o Fundo SUMITOMO MITSUI MASTER PLUS FI RENDA FIXA REF DI CREDITO PRIVADO

Lâmina de informações essenciais sobre o Fundo SUMITOMO MITSUI MASTER PLUS FI RENDA FIXA REF DI CREDITO PRIVADO Lâmina de informações essenciais sobre o Fundo SUMITOMO MITSUI MASTER PLUS FI RENDA FIXA REF DI CREDITO PRIVADO Informações referentes a agosto de 2016 Esta lâmina contém um resumo das informações essenciais

Leia mais

Revisão aprovada na 1ª Reunião Extraordinária do Conselho Deliberativo

Revisão aprovada na 1ª Reunião Extraordinária do Conselho Deliberativo Revisão aprovada na 1ª Reunião Extraordinária do Conselho Deliberativo Fevereiro de 2016 Contribuir para a melhor qualidade de vida de seus participantes, oferecendo produtos e serviços previdenciários

Leia mais

Formulário de Credenciamento

Formulário de Credenciamento Formulário de Credenciamento Este formulário tem por objetivo colher informações para o credenciamento de administradores, gestores e o cadastramento dos distribuidores de fundos de investimentos para

Leia mais

LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O SANTANDER FIC FI SELECT RF / Informações referentes a Maio de 2016

LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O SANTANDER FIC FI SELECT RF / Informações referentes a Maio de 2016 LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O SANTANDER FIC FI SELECT RF 23.682.485/0001-46 Informações referentes a Maio de 2016 Esta lâmina contém um resumo das informações essenciais sobre o SANTANDER FUNDO

Leia mais

CNC - Divisão Econômica Rio de Janeiro

CNC - Divisão Econômica Rio de Janeiro CNC - Divisão Econômica Rio de Janeiro Agosto de 2017 Peic Síntese dos Resultados Síntese dos Resultados Total de Endividados Dívidas ou Contas em Atraso Não Terão Condições de Pagar ago/16 58,0% 24,4%

Leia mais

Na hora de investir, conte com o conhecimento e a segurança do maior grupo financeiro de Portugal.

Na hora de investir, conte com o conhecimento e a segurança do maior grupo financeiro de Portugal. Na hora de investir, conte com o conhecimento e a segurança do maior grupo financeiro de Portugal. 1 Grupo Caixa Geral de Depósitos A CGD é o maior grupo financeiro português e detém a maior plataforma

Leia mais

PROGRAMA DE PERFIS DE INVESTIMENTO REGULAMENTO

PROGRAMA DE PERFIS DE INVESTIMENTO REGULAMENTO PROGRAMA DE PERFIS DE INVESTIMENTO REGULAMENTO 1. FINALIDADE 1.1. Este regulamento define as regras gerais do Programa de Perfis de Investimento da Odebrecht Previdência (ENTIDADE), disciplinando as modalidades

Leia mais

CNC - Divisão Econômica Rio de Janeiro

CNC - Divisão Econômica Rio de Janeiro CNC - Divisão Econômica Rio de Janeiro Setembro de 2017 Peic Síntese dos Resultados Síntese dos Resultados Total de Endividados Dívidas ou Contas em Atraso Não Terão Condições de Pagar set/16 58,2% 24,6%

Leia mais

PLANO DE APOSENTADORIA COMPLEMENTAR (PAC)

PLANO DE APOSENTADORIA COMPLEMENTAR (PAC) PLANO DE APOSENTADORIA COMPLEMENTAR (PAC) Mensagem da Diretoria Solidez na administração do seu plano de previdência Cuidamos dos recursos para aposentadoria de mais de 55 mil participantes e assistidos,

Leia mais

PLANO DE BENEFÍCIOS PORTOPREV COMPARATIVO PLANO DE BENEFÍCIOS PORTOPREV II

PLANO DE BENEFÍCIOS PORTOPREV COMPARATIVO PLANO DE BENEFÍCIOS PORTOPREV II PLANO DE BENEFÍCIOS PORTOPREV COMPARATIVO PLANO DE BENEFÍCIOS PORTOPREV II MIGRAR OU NÃO, EIS A QUESTÃO! Conheça as principais diferenças entre o Plano de Benefícios PORTOPREV (Plano I) e o Plano de Benefícios

Leia mais

LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O SANTANDER FI IMA-B 5 TOP RENDA FIXA LONGO PRAZO / Informações referentes a Dezembro de 2016

LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O SANTANDER FI IMA-B 5 TOP RENDA FIXA LONGO PRAZO / Informações referentes a Dezembro de 2016 LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O SANTANDER FI IMA-B 5 TOP RENDA FIXA LONGO PRAZO 18.599.673/0001-75 Informações referentes a Dezembro de 2016 Esta lâmina contém um resumo das informações essenciais

Leia mais

PERFIL DE INVESTIMENTOS PERFIL DE INVESTIMENTO

PERFIL DE INVESTIMENTOS PERFIL DE INVESTIMENTO PERFIL DE INVESTIMENTOS O QUE É? É a opção dada ao participante para que indique os percentuais de seu saldo que devem ser alocados em Renda Fixa e em Renda Variável (ações), de acordo com a sua aptidão

Leia mais

Análise do questionário Utilização de software educativo na sala de aula. 1. Identificação

Análise do questionário Utilização de software educativo na sala de aula. 1. Identificação Análise do questionário Utilização de software educativo na sala de aula. O questionário Utilização de software educativo na sala de aula foi aplicado nos Concelhos de Faro, Albufeira, Silves e Portimão,

Leia mais

PRINCIPAIS PRODUTOS E PERFIL DO INVESTIDOR

PRINCIPAIS PRODUTOS E PERFIL DO INVESTIDOR PRINCIPAIS PRODUTOS E PERFIL DO INVESTIDOR CARACTERÍSTICAS DOS PRODUTOS DE RENDA FIXA OS PRINCIPAIS PRODUTOS DE RENDA FIXA PERFIL DE RISCO DO INVESTIDOR Quais são as diferenças básicas entre Renda Fixa

Leia mais

FINANÇAS PESSOAIS. Dihego Pansini de Souza

FINANÇAS PESSOAIS. Dihego Pansini de Souza FINANÇAS PESSOAIS Dihego Pansini de Souza O primeiro passo para uma vida financeira saudável é o planejamento. Em meio à crescente onda de cheques especiais, cartões de crédito, cheques pré-datados, parcelamentos

Leia mais

PLANO SUPLEMENTAR ITAULAM

PLANO SUPLEMENTAR ITAULAM PLANO SUPLEMENTAR ITAULAM Mensagem da Diretoria Solidez na administração do seu plano de previdência Cuidamos dos recursos para aposentadoria de mais de 55 mil participantes e assistidos, distribuídos

Leia mais

LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O SANTANDER IMA-B INSTITUCIONAL RF LP / Informações referentes a Outubro de 2017

LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O SANTANDER IMA-B INSTITUCIONAL RF LP / Informações referentes a Outubro de 2017 LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O SANTANDER IMA-B INSTITUCIONAL RF LP 14.504.578/0001-90 Informações referentes a Outubro de 2017 Esta lâmina contém um resumo das informações essenciais sobre o

Leia mais

Realização: Secretaria de Políticas de Previdência Complementar e Superintendência Nacional de Previdência Complementar

Realização: Secretaria de Políticas de Previdência Complementar e Superintendência Nacional de Previdência Complementar Realização: Secretaria de Políticas de Previdência Complementar e Superintendência Nacional de Previdência Complementar Educação é a palavra-chave Educação é a palavra-chave A educação financeira tem um

Leia mais

15/05/ a Semana Nacional de EDUCAÇÃO FINANCEIRA

15/05/ a Semana Nacional de EDUCAÇÃO FINANCEIRA 4 a Semana Nacional de EDUCAÇÃO FINANCEIRA 1 UM BRASIL GIGANTE MILHÕES DE BRASILEIROS 2 MILHÕES DE CONSUMIDORES MILHÕES E MILHÕES DE REAIS 3 AFINAL DE CONTAS, QUEM É QUE REGE O SISTEMA FINANCEIRO NACIONAL?

Leia mais

Pensando na Aposentadoria: PGBL, VGBL e Autoprevidência

Pensando na Aposentadoria: PGBL, VGBL e Autoprevidência Pensando na Aposentadoria: PGBL, VGBL e Autoprevidência Carlos Heitor Campani, Ph.D. Thiago Roberto Dias Costa, M.Sc. Mercado de Previdência Complementar Aberta Aumento da popularidade do segmento de previdência

Leia mais

Plano PBS-Telebrás. Junho/15

Plano PBS-Telebrás. Junho/15 Plano PBS-Telebrás Junho/15 Plano PBS-Telebrás Benefícios programados e de risco na modalidade de Benefício Definido (BD); Benefícios programados e de risco são determinados conforme regra de cálculo préestabelecida

Leia mais

Lâmina de informações essenciais sobre o Fundo. Sumitomo Mitsui Platinum Plus FIC de FI Ref. DI Crédito Privado Longo Prazo CNPJ:

Lâmina de informações essenciais sobre o Fundo. Sumitomo Mitsui Platinum Plus FIC de FI Ref. DI Crédito Privado Longo Prazo CNPJ: Lâmina de informações essenciais sobre o Fundo Informações referentes a fevereiro de 2015. Esta lâmina contém um resumo das informações essenciais sobre o SUMITOMO MITSUI PLATINUM PLUS FIC DE FI REF DI

Leia mais

DADOS DOS PLANOS DATAS PLANOS APROVAÇÃO INÍCIO ÚLTIMA ALTERAÇÃO VALOR DE RESGATE NÚMERO DE EMPREGADOS

DADOS DOS PLANOS DATAS PLANOS APROVAÇÃO INÍCIO ÚLTIMA ALTERAÇÃO VALOR DE RESGATE NÚMERO DE EMPREGADOS SIGLA: FUNCEF 1 CÓDIGO: 01523 RAZÃO SOCIAL: FUNCEF-FUNDAÇÃO DOS ECONOMIÁRIOS FEDERAIS NÚMERO DE PLANOS: 2 MINISTÉRIO DA PREVIDÊNCIA E ASSISTÊNCIA SOCIAL FOLHA DE ENCAMINHAMENTO DO DEMONSTRATIVO DOS RESULTADOS

Leia mais

TESOURO DIRETO TÍTULOS PÚBLICOS

TESOURO DIRETO TÍTULOS PÚBLICOS TÍTULOS PÚBLICOS TESOURO DIRETO ESTA INSTITUIÇÃO É ADERENTE AO CÓDIGO ANBIMA DE REGULAÇÃO E MELHORES PRÁTICAS PARA ATIVIDADE DE DISTRIBUIÇÃO DE PRODUTOS DE INVESTIMENTO NO VAREJO. O Tesouro Nacional utiliza

Leia mais