Desenvolvimento Ágil 1

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Desenvolvimento Ágil 1"

Transcrição

1 Desenvolvimento Ágil 1

2 Just-in-Time Custo = Espaço + Publicidade + Pessoal De que forma poderiamos bater a concorrência se um destes factores fosse zero? 2

3 Just-in-time Inventory is waste. Custo de armazenamento Risco de não venda 3

4 Just-in-time Problemas Como absorver flutuções da procura? Como garantir a qualidade das partes? 4

5 Just-in-time A inexistência de stocks exige uma nova forma de organizar o trabalho Near-zero setup-time Higher work flexibility: Multi-skilled workers Well defined interfaces among components Better quality control 5

6 Just-in-time Benefícios Menor custo Maior qualidade 6

7 Just-in-time e o software Formas de desperdício no desenvolvimento de um produto de software Implementar e testar funcionalidades que o cliente não necessita Fazer documentação que o cliente não vai ler Corrigir bugs que nunca deviam ter existido Solução: Software pull system 7

8 Just-in-time e o software 8

9 Motivation The clients or users are not sure what they want They have difficulty stating all they want and know Many details of what they want will only be revealed during development As they see the product develop, they change their minds External forces (e.g. a competitor s product or service) lead to changes or enhancements in requests Source:Agile and Iterative Development: A Manager s Guide 9

10 The software pool-system Rapid continuous delivery of working software Responder às necessidades mais imediatas dos clientes Ciclos pequenos de desenvolvimento: 1 semana 1 mês (timeboxes) Sem logística invertida Zero Defects Quaisquer alterações são incorporadas na próxima release 10

11 Agile Duas grandes vantagens: 1. Adaptação à mudança 2. Visibilidade 11

12 The Agile Manifesto Individuals and interactions over processes and tools Working software over comprehensive documentation Customer collaboration over contract negotiation Responding to change over following a plan 12

13 The Agile Manifesto Individuals and interactions over processes and tools Working software over comprehensive documentation Customer collaboration over contract negotiation Responding to change over following a plan 13

14 Making Agile Work! Self-organizing teams Shared ownership (o código é de todos) Quality control Pair programming Code inspections Test-Driven development Technical Excelence Planning Involve everyone Daily Monitoring and replaning 14

15 Scrum in 100 words Scrum is an agile process that allows us to focus on delivering the highest business value in the shortest time. It allows us to rapidly and repeatedly inspect actual working software (every two weeks to one month). The business sets the priorities. Teams self-organize to determine the best way to deliver the highest priority features. Every two weeks to a month anyone can see real working software and decide to release it as is or continue to enhance it for another sprint. 15

16 Scrum has been used by: Microsoft Yahoo Google Electronic Arts Lockheed Martin Philips Siemens Nokia BBC 16

17 Scrum has been used for: Commercial software In-house development Contract development Fixed-price projects Financial applications ISO 9001-certified applications Embedded systems 24x7 systems with % uptime requirements the Joint Strike Fighter Video game development FDA-approved, life-critical systems Satellite-control software Websites Handheld software Mobile phones Network switching applications ISV applications Some of the largest applications in use 17

18 Characteristics Self-organizing teams Product progresses in a series of monthlong sprints Requirements are captured as items in a list of product backlog No specific engineering practices prescribed One of the agile processes 18

19 Scrum in 10 mins or less v=q5k7a9yeoui&feature=player_embedded 19

20 Putting it all together 20

21 Referências Extreme Programming: A gentle introduction Manual do SCRUM (página da cadeira) The SCRUM Alliance Web site 21

Desenvolvimento Ágil com XP e Scrum. Guilherme Chapiewski guilherme.chapiewski@gmail.com http://gc.blog.br

Desenvolvimento Ágil com XP e Scrum. Guilherme Chapiewski guilherme.chapiewski@gmail.com http://gc.blog.br Desenvolvimento Ágil com XP e Scrum Guilherme Chapiewski guilherme.chapiewski@gmail.com http://gc.blog.br WTF?!? Porque ágil? Quem usa isso? Google Yahoo! Electronic Arts Lockheed Martin Phillips Siemens

Leia mais

SCRUM. Aula de Luiz Eduardo Guarino de Vasconcelos

SCRUM. Aula de Luiz Eduardo Guarino de Vasconcelos SCRUM Aula de Luiz Eduardo Guarino de Vasconcelos Introdução Quais as desvantagens das metodologias tradicionais? Introdução Manifesto Ágil Indivíduos e interações Software que funciona Colaboração do

Leia mais

Sugestão de Leitura. Artigo "Painless Software Schedules" do Joel Spolski. http://www.joelonsoftware.com/articles/fog0000000245.

Sugestão de Leitura. Artigo Painless Software Schedules do Joel Spolski. http://www.joelonsoftware.com/articles/fog0000000245. Introdução ao SCRUM Street-Java 48 Sugestão de Leitura Artigo "Painless Software Schedules" do Joel Spolski http://www.joelonsoftware.com/articles/fog0000000245.html 48 Sumário A metodologia ágil SCRUM

Leia mais

PGP - Aula T 4 Modelos Ágeis

PGP - Aula T 4 Modelos Ágeis PGP - Aula T 4 Modelos Ágeis 5 - Outubro - 2015 Carlos Duarte, FCUL, Departamento de Informática Revisão dos principais modelos tradicionais Modelo em cascata Communication project initiation requirement

Leia mais

Scrum. Centro de Informática - Universidade Federal de Pernambuco Sistemas de Informação Kiev Gama kiev@cin.ufpe.br

Scrum. Centro de Informática - Universidade Federal de Pernambuco Sistemas de Informação Kiev Gama kiev@cin.ufpe.br Scrum Centro de Informática - Universidade Federal de Pernambuco Sistemas de Informação Kiev Gama kiev@cin.ufpe.br Baseado em slides de Mike Cohn mike@mountaingoatsoftware.com traduzidos e adaptados por

Leia mais

Desmistificando Agile & Scrum Desenvolvimento de Software Sem Stress. Teamware do Brasil 2009

Desmistificando Agile & Scrum Desenvolvimento de Software Sem Stress. Teamware do Brasil 2009 1 Desmistificando Agile & Scrum Desenvolvimento de Software Sem Stress Quem somos? 2 Teamware do Brasil Pioneira no Brasil em melhoria de processos com foco exclusivo em Abordagens Ágeis Fundadora da Agile

Leia mais

CMDB no ITIL v3. Miguel Mira da Silva. mms@ist.utl.pt 919.671.425

CMDB no ITIL v3. Miguel Mira da Silva. mms@ist.utl.pt 919.671.425 CMDB no ITIL v3 Miguel Mira da Silva mms@ist.utl.pt 919.671.425 1 CMDB v2 Configuration Management IT components and the services provided with them are known as CI (Configuration Items) Hardware, software,

Leia mais

while(i==-i && i!=0) { }

while(i==-i && i!=0) { } SCRUM (Parte II) Street-Java Qual a declaração e inicialização de i que torna while(i==-i && i!=0) { } num ciclo inifinito? Characteristics o One of the agile processes No specific engineering practices

Leia mais

Métodos Ágeis de Desenvolvimento de Software

Métodos Ágeis de Desenvolvimento de Software Conteúdo Métodos Ágeis de Desenvolvimento de Software Engenharia de Software Profa. Elisa Yumi Nakagawa 2. Semestre 2005 Material inicialmente elaborado por André Figueiredo e mantido por pesquisadores

Leia mais

PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE GOIÁS Curso Superior de Tecnologia em Análise e Desenvolvimento de Sistemas

PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE GOIÁS Curso Superior de Tecnologia em Análise e Desenvolvimento de Sistemas PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE GOIÁS Curso Superior de Tecnologia em Análise e Desenvolvimento de Sistemas CMP1141 Processo e qualidade de software I Prof. Me. Elias Ferreira Sala: 210 F Quarta-Feira:

Leia mais

Uma introdução ao SCRUM

Uma introdução ao SCRUM Uma introdução ao SCRUM Prof. Silvestre Labiak Jr. UTFPR Gestão da Produção Perdendo no revezamento... O estilo de corrida de revezamento aplicado ao desenvolvimento de produtos pode conflitar com os objetivos

Leia mais

Os Desafios da Segurança no Desenvolvimento com Métodos Ágeis. OWASP Education Project. The OWASP Foundation http://www.owasp.org

Os Desafios da Segurança no Desenvolvimento com Métodos Ágeis. OWASP Education Project. The OWASP Foundation http://www.owasp.org Os Desafios da Segurança no Desenvolvimento com Métodos Ágeis Education Project Rafael Dreher Porto Alegre Chapter - Co-founder Security Consultant @ Dell dreher@owasp.org Copyright 2007 The Foundation

Leia mais

SCRUM Gerência de Projetos Ágil. Prof. Elias Ferreira

SCRUM Gerência de Projetos Ágil. Prof. Elias Ferreira SCRUM Gerência de Projetos Ágil Prof. Elias Ferreira Métodos Ágeis + SCRUM + Introdução ao extreme Programming (XP) Manifesto Ágil Estamos descobrindo maneiras melhores de desenvolver software fazendo-o

Leia mais

Universidade Estadual de Campinas UNICAMP Faculdade de Tecnologia FT. Métodos Ágeis. Paula L.O. Libardi, Vladimir Barbosa

Universidade Estadual de Campinas UNICAMP Faculdade de Tecnologia FT. Métodos Ágeis. Paula L.O. Libardi, Vladimir Barbosa Universidade Estadual de Campinas UNICAMP Faculdade de Tecnologia FT Métodos Ágeis Paula L.O. Libardi, Vladimir Barbosa LIMEIRA - SP JUNHO/2010 Universidade Estadual de Campinas UNICAMP Faculdade de Tecnologia

Leia mais

Desmistificando a Gestão, Desenvolvimento e Melhoria Ágil de Projetos com Scrum Campinas - 27 de Novembro de 2007

Desmistificando a Gestão, Desenvolvimento e Melhoria Ágil de Projetos com Scrum Campinas - 27 de Novembro de 2007 1 Desmistificando a Gestão, Desenvolvimento e Melhoria Ágil de Projetos com Scrum Campinas - 27 de Novembro de 2007 2 Quem somos? Teamware do Brasil Pioneira no Brasil em melhoria de processos com foco

Leia mais

Quais são as características de um projeto?

Quais são as características de um projeto? Metodologias ágeis Flávio Steffens de Castro Projetos? Quais são as características de um projeto? Temporário (início e fim) Objetivo (produto, serviço e resultado) Único Recursos limitados Planejados,

Leia mais

Pivotal Tracker e SCRUM

Pivotal Tracker e SCRUM Projecto Integrador One project at a time Pivotal Tracker e SCRUM Mas o que são estes nomes?... Autores: Isabelina Jorge e Rui Leal O que vamos ver hoje? (ou seja, sumário)! Objectivos... A ferramenta

Leia mais

Eclipse Process Framework: Uma nova visão da engenharia de software

Eclipse Process Framework: Uma nova visão da engenharia de software Eclipse Process Framework: Uma nova visão da engenharia de software Ana Paula Valente Pereira IST Organização e Gestão da Função Informática 22 de Outubro de 2007 1 Tenho alguns anos de experiência em

Leia mais

Pivotal Tracker e SCRUM

Pivotal Tracker e SCRUM Projecto Integrador One project at a time Pivotal Tracker e SCRUM Mas o que são estes nomes?... Autores: Isabelina Jorge e Rui Leal O que vamos ver hoje? (ou seja, sumário) Objectivos... A ferramenta PivotalTracker

Leia mais

Cowboys, Ankle Sprains, and Keepers of Quality: How Is Video Game Development Different from Software Development?

Cowboys, Ankle Sprains, and Keepers of Quality: How Is Video Game Development Different from Software Development? Cowboys, Ankle Sprains, and Keepers of Quality: How Is Video Game Development Different from Software Development? Emerson Murphy-Hill Thomas Zimmermann and Nachiappan Nagappan Guilherme H. Assis Abstract

Leia mais

- Kanban Pragmático -

- Kanban Pragmático - - Kanban Pragmático - Conceitos A palavra KANBAN é de origem japonesa e significa Cartão Visual. Nós confundimos kanban (com k minúsculo) e Kanban (com K maiúsculo). kanban = quadro utilizado no Scrum/sistema

Leia mais

PROJETO CEMEA. Um trabalho educacional

PROJETO CEMEA. Um trabalho educacional PROJETO CEMEA Um trabalho educacional CEMEA: Objetivo geral A partir de um sistema já existente, temos como missão: Melhorar suas funcionalidades; Documentar tanto o código, quanto suas funções; Acrescentar

Leia mais

ScRUM na prática. Scrum no dia-a-dia. V Semana de Tecnologia da Informação

ScRUM na prática. Scrum no dia-a-dia. V Semana de Tecnologia da Informação ScRUM na prática Scrum no dia-a-dia V Semana de Tecnologia da Informação Agenda Manifesto Ágil; O Scrum; Os papéis do Scrum; Quem usa Scrum; O Scrum na Tray; Cerimônias; Artefatos. Qualidade. era uma vez

Leia mais

Implementando CMMi utilizando uma combinação de Métodos Ágeis. Implementing CMMi using a Combination of Agile Method

Implementando CMMi utilizando uma combinação de Métodos Ágeis. Implementing CMMi using a Combination of Agile Method Implementando CMMi utilizando uma combinação de Métodos Ágeis Implementing CMMi using a Combination of Agile Method Rhavy Maia Guedes IN1149 Qualidade, Processo e Gestão de Software Agenda 2 Introdução

Leia mais

Planeamento de Releases (1/2)

Planeamento de Releases (1/2) SCRUM (Parte II) Planeamento de Releases (1/2) o O planeamento de Releases associa histórias a releases o O cliente Define as histórias Decide qual o valor de negócio para cada uma delas Decide que histórias

Leia mais

Uma introdução ao SCRUM

Uma introdução ao SCRUM Uma introdução ao SCRUM Perdendo no revezamento... O estilo de corrida de revezamento aplicado ao desenvolvimento de produtos pode conflitar com os objetivos de velocidade

Leia mais

Kanban em um projeto de desenvolvimento de software numa organização CMMI 3

Kanban em um projeto de desenvolvimento de software numa organização CMMI 3 Instituto de Inovação com TIC Kanban em um projeto de desenvolvimento de software numa organização CMMI 3 Andrea Pinto Felipe Furtado C.E.S.A.R - Centro de Estudos e Sistemas Avançados do Recife Centro

Leia mais

Metodologias Ágeis para Desenvolvimento de Software

Metodologias Ágeis para Desenvolvimento de Software Metodologias Ágeis para Desenvolvimento de Software ADRIANA TAVARES FIGUEIREDO Graduaçao em Licenciatura para Computação UNILASALLE RJ / 2006 Pós Graduada em Design Estratégico e MKT Management ESPM RJ

Leia mais

development Teresa Maciel DEINFO/UFRPE

development Teresa Maciel DEINFO/UFRPE development Teresa Maciel DEINFO/UFRPE Prazos curtos Baixo custo Agregação ao negócio Fidelidade do cliente Competitividade Sobrevivência Cenário 2000 35% dos projetos apresentam sucesso 31% dos projetos

Leia mais

Desafios no Uso do Scrum em Ambientes CMMI

Desafios no Uso do Scrum em Ambientes CMMI Desafios no Uso do Scrum em Ambientes CMMI Teresa Maria de Medeiros Maciel UFRPE/INES/UFPE tmmaciel@gmail.com Base de conhecimento disponível Maior controle ISO9001 MPS BR Padronização processual

Leia mais

Engenharia de Software I. Aula 15: Metodologias Ágeis. Prof. Márcio D. Puntel marcio@puntel.org

Engenharia de Software I. Aula 15: Metodologias Ágeis. Prof. Márcio D. Puntel marcio@puntel.org Engenharia de Software I Aula 15: Metodologias Ágeis Prof. Márcio D. Puntel marcio@puntel.org Março - 2008 Antes... Manifesto Mudança de contratos Foco nas premissas... 2 Algumas metodologias Extreme Programming

Leia mais

METODOLOGIA ÁGIL. Lílian Simão Oliveira

METODOLOGIA ÁGIL. Lílian Simão Oliveira METODOLOGIA ÁGIL Lílian Simão Oliveira Fonte: Pressman, 2004 Aulas Prof. Auxiliadora Freire e Sabrina Schürhaus Alexandre Amorin Por quê???? Principais Causas Uso das Funcionalidades Processos empírico

Leia mais

Software product lines. Paulo Borba Informatics Center Federal University of Pernambuco

Software product lines. Paulo Borba Informatics Center Federal University of Pernambuco Software product lines Paulo Borba Informatics Center Federal University of Pernambuco Software product lines basic concepts Paulo Borba Informatics Center Federal University of Pernambuco Um produto www.usm.maine.edu

Leia mais

Uma introdução ao SCRUM. Evandro João Agnes evandroagnes@yahoo.com.br

Uma introdução ao SCRUM. Evandro João Agnes evandroagnes@yahoo.com.br Uma introdução ao SCRUM Evandro João Agnes evandroagnes@yahoo.com.br Agenda Projetos de Software O que é Scrum Scrum framework Estrutura do Scrum Sprints Ferramentas Projetos de software Chaos Report Standish

Leia mais

Requisitos para Gestão de Requisitos no Desenvolvimento de Software que Utilizam Prática Ágeis

Requisitos para Gestão de Requisitos no Desenvolvimento de Software que Utilizam Prática Ágeis Requisitos para Gestão de Requisitos no Desenvolvimento de Software que Utilizam Prática Ágeis Abstract. Resumo. 1. Introdução Vinicius A. C. de Abreu 1 Departamento de Ciência da Computação - DCC Universidade

Leia mais

@georgeguimaraes. Integração Discreta. melhorando a Integração Contínua e ganhando em colaboração

@georgeguimaraes. Integração Discreta. melhorando a Integração Contínua e ganhando em colaboração @georgeguimaraes Integração Discreta melhorando a Integração Contínua e ganhando em colaboração @georgeguimaraes George Guimarães co-fundador da Plataformatec entrega de projetos Posicionamento único

Leia mais

Software Testing with Visual Studio 2013 (20497)

Software Testing with Visual Studio 2013 (20497) Software Testing with Visual Studio 2013 (20497) Formato do curso: Presencial Preço: 800 Nível: Intermédio Duração: 12 horas Este curso, mostra a Programadores e Testers como utilizar as ferramentas do

Leia mais

Comparativo entre Processos Ágeis. Daniel Ferreira dfs3@cin.ufpe.br

Comparativo entre Processos Ágeis. Daniel Ferreira dfs3@cin.ufpe.br Comparativo entre Processos Ágeis Daniel Ferreira dfs3@cin.ufpe.br O que discutiremos: Histórico Os Princípios Ágeis Comparação Do ponto de vista incremental Do ponto de vista funcional Vantagens e Desvantagens

Leia mais

João Matias. Managing Director Oracle Portugal

João Matias. Managing Director Oracle Portugal João Matias Managing Director Oracle Portugal Pontos de Partida. Para onde Vamos? Evolução. Estratégia. Desafios. A vida começa aos quarenta... Evolução O passado recente dos ambientes de IT Best of Breed

Leia mais

UBIQUITOUS COLLABORATION. http://www.trprocess.com

UBIQUITOUS COLLABORATION. http://www.trprocess.com UBIQUITOUS COLLABORATION http://www.trprocess.com Our Company TR PROCESS SMART PROCESS EXPERTS A expressão Smart Process Application, como utilizamos hoje, foi definida e utilizada em seus relatórios pelos

Leia mais

Cadeira de Tecnologias de Informação. Planeamento Estratégico de Sistemas de Informação e Desenvolvimento de Software

Cadeira de Tecnologias de Informação. Planeamento Estratégico de Sistemas de Informação e Desenvolvimento de Software Cadeira de Tecnologias de Informação Ano lectivo 2009/2010 Planeamento Estratégico de Sistemas de Informação e Desenvolvimento de Software TI20009/2010_DS- 1 Tópicos 1. Plano Estratégico de Sistemas e

Leia mais

User interface evaluation experiences: A brief comparison between usability and communicability testing

User interface evaluation experiences: A brief comparison between usability and communicability testing User interface evaluation experiences: A brief comparison between usability and communicability testing Kern, Bryan; B.S.; The State University of New York at Oswego kern@oswego.edu Tavares, Tatiana; PhD;

Leia mais

Após completar este módulo você deverá ter absorvido o seguinte conhecimento: Uma ampla visão do framework Scrum e suas peculiaridades

Após completar este módulo você deverá ter absorvido o seguinte conhecimento: Uma ampla visão do framework Scrum e suas peculiaridades Objetivos da Aula 1 Após completar este módulo você deverá ter absorvido o seguinte conhecimento: Uma ampla visão do framework Scrum e suas peculiaridades Entendimento sobre os processos essenciais do

Leia mais

Cloud para o Brasil Cloud Services

Cloud para o Brasil Cloud Services Cloud para o Brasil Como as ofertas da Capgemini endereçam os principais pontos levantados pela pesquisa exclusiva We orchestrate your Cloud Services Current Market Situation with Cloud 2 Current Market

Leia mais

Ideal para que tipo de empresa (equipe): pequena, média, grande? Em software onde os requisitos não são conhecidos é recomendado o uso do XP? Por quê?

Ideal para que tipo de empresa (equipe): pequena, média, grande? Em software onde os requisitos não são conhecidos é recomendado o uso do XP? Por quê? Significado de XP? Extreme Programming (Programação Extrema). Ideal para que tipo de empresa (equipe): pequena, média, grande? Pequenas e Médias. Em software onde os requisitos não são conhecidos é recomendado

Leia mais

// gaiato private label

// gaiato private label // gaiato private label // a empresa // the company A Calçado Gaiato é uma empresa prestadora de serviços no setor de calçado, criada em 2000 por Luís Pinto Oliveira e Mário Pinto Oliveira, sócios-fundadores

Leia mais

Como Dinamizar as Atividades de BPM com uma Robusta Infraestrutura SOA

<Insert Picture Here> Como Dinamizar as Atividades de BPM com uma Robusta Infraestrutura SOA Como Dinamizar as Atividades de BPM com uma Robusta Infraestrutura SOA 2 The following is intended to outline our general product direction. It is intended for information purposes

Leia mais

Avaliando Scrum em um ambiente CMMi 5

Avaliando Scrum em um ambiente CMMi 5 Avaliando Scrum em um ambiente CMMi 5 Daniel Vieira Magalhães Agile Coach E-mail/GTalk/MSN: danielvm@ciandt.com João Paulo Coelho Software Quality Engineer E-mail/GTalk: joaopc@ciandt.com Agenda 1. Objetivos

Leia mais

DATA: 06/05/2015 AUDITÓRIO: ESTRATÉGIA E GESTÃO TEMA: INFORMAÇÕES NÃO FALTAM: O QUE FAZER COM ELAS? PALESTRANTE: FERNANDO LEMOS

DATA: 06/05/2015 AUDITÓRIO: ESTRATÉGIA E GESTÃO TEMA: INFORMAÇÕES NÃO FALTAM: O QUE FAZER COM ELAS? PALESTRANTE: FERNANDO LEMOS DATA: 06/05/2015 AUDITÓRIO: ESTRATÉGIA E GESTÃO TEMA: INFORMAÇÕES NÃO FALTAM: O QUE FAZER COM ELAS? PALESTRANTE: FERNANDO LEMOS Copyright 2014 Oracle and/or its affiliates. All rights reserved. Inovando

Leia mais

INTRODUÇÃO AOS MÉTODOS ÁGEIS

INTRODUÇÃO AOS MÉTODOS ÁGEIS WESLLEYMOURA@GMAIL.COM INTRODUÇÃO AOS MÉTODOS ÁGEIS ANÁLISE DE SISTEMAS Introdução aos métodos ágeis Metodologias tradicionais Estes tipos de metodologias dominaram a forma de desenvolvimento de software

Leia mais

SCRUM: UM GUIA PRÁTICO NO GERENCIAMENTO DE PROJETOS

SCRUM: UM GUIA PRÁTICO NO GERENCIAMENTO DE PROJETOS SCRUM: UM GUIA PRÁTICO NO GERENCIAMENTO DE PROJETOS RESUMO Salmo Roberto Da Silva Junior 1 salmo@ciandt.com Daniel Facciolo Pires 2 daniel@facef.br Silvio Carvalho Neto 3 silvio@facef.br Este trabalho

Leia mais

Análise de Negócios com Agilidade Uma Combinação de Sucesso! por Luiz Claudio Parzianello

Análise de Negócios com Agilidade Uma Combinação de Sucesso! por Luiz Claudio Parzianello Análise de Negócios com Agilidade Uma Combinação de Sucesso! por Luiz Claudio Parzianello Sobre o palestrante Engenheiro Eletricista pela PUCRS e Mestre em Sistemas Eletrônicos pela USP. Possui mais de

Leia mais

CURSO DE ANÁLISE DE SISTEMAS. ENGENHARIA DE SOFTWARE Prof. Giuliano Prado de Morais Giglio

CURSO DE ANÁLISE DE SISTEMAS. ENGENHARIA DE SOFTWARE Prof. Giuliano Prado de Morais Giglio UNIVERSIDADE SALGADO DE OLIVEIRA CURSO DE ANÁLISE DE SISTEMAS ENGENHARIA DE SOFTWARE Prof. Giuliano Prado de Morais Giglio UNIDADE 03 MÉTODOS ÁGEIS DE DESENVOLVIMENTO DE SOFTWARE O Desafio do Desenvolvimento

Leia mais

QUALIDADE DE SOFTWARE COM SCRUM

QUALIDADE DE SOFTWARE COM SCRUM 1 QUALIDADE DE SOFTWARE COM SCRUM Rafael de Figueiredo Grzebieluka * RESUMO Este artigo aborda o Scrum alinhado com a Qualidade de Software, são várias as melhorias no processo de qualidade de equipes

Leia mais

A utilização do Scrum em um sistema web: um estudo de caso

A utilização do Scrum em um sistema web: um estudo de caso ISSN 23162872 T.I.S. São Carlos, v. 1, n. 1, p. 7681, jul. 2012 Tecnologias, Infraestrutura e Software A utilização do Scrum em um sistema web: um estudo de caso Flávia dos Santos Zenaro Abstract: This

Leia mais

Ferramenta para Gerenciamento de Requisitos em Metodologias Ágeis

Ferramenta para Gerenciamento de Requisitos em Metodologias Ágeis Ferramenta para Gerenciamento de Requisitos em Metodologias Ágeis Eduardo dos Santos Gonçalves 1, Heitor Boeira dos Reis Filho 1 1 Universidade Luterana do Brasil (ULBRA) Av. Itacolomi, 3.600 Bairro São

Leia mais

GAQM.Braindumps.CSM--001.v2014-09-04.by.LYNDA.320q. Exam Code: CSM-001. Exam Name: Certified Scrum Master (CSM)

GAQM.Braindumps.CSM--001.v2014-09-04.by.LYNDA.320q. Exam Code: CSM-001. Exam Name: Certified Scrum Master (CSM) GAQM.Braindumps.CSM--001.v2014-09-04.by.LYNDA.320q Number: CSM--001 Passing Score: 850 Time Limit: 60 min File Version: 22.5 http://www.gratisexam.com/ Exam Code: CSM-001 Exam Name: Certified Scrum Master

Leia mais

JULIANO AUGUSTO DE SOUZA OLIVEIRA

JULIANO AUGUSTO DE SOUZA OLIVEIRA UNIVERSIDADE DE RIBEIRÃO PRETO CENTRO DE CIÊNCIAS EXATAS, NATURAIS E TECNOLÓGICAS PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU EM BANCO DE DADOS JULIANO AUGUSTO DE SOUZA OLIVEIRA IMPLEMENTAÇÃO DE UM SISTEMA DE CONTROLE DE

Leia mais

Versionamento Ágil com Git

Versionamento Ágil com Git Versionamento Ágil com Git Como paramos de nos preocupar e aprendemos a amar versionamento ágil Brazil Scrum Gathering São Paulo, 13 de Maio de 2009 Quem? Tiago M. Jorge Agile Coach, WebCo Internet Ronaldo

Leia mais

Lean manufacturing, é uma filosofia de gestão focada na redução de desperdícios;

Lean manufacturing, é uma filosofia de gestão focada na redução de desperdícios; AGENDA 1. LEAN MANUFACTURING 2. TOYOTA WAY 3. O QUE É STARTUP? 4. LEAN STARTUP 5. LEAN STARTUP X LEAN MANUFACTURING 6. CONSIDERAÇÕES FINAIS REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS LEAN MANUFACTURING Lean manufacturing,

Leia mais

Company Presentation COMPANY

Company Presentation COMPANY COMPANY ATRIA is a integrator of systems of Automation enclosing the most diverse segments of market. We count on the excellency technique and more than 15 years experience of our team in the Industrial

Leia mais

Gerenciamento Ágil de Projetos com Scrum Desenvolvendo Competências Estratégicas para Agilidade em Inovação. Edivandro Conforto

Gerenciamento Ágil de Projetos com Scrum Desenvolvendo Competências Estratégicas para Agilidade em Inovação. Edivandro Conforto Gerenciamento Ágil de Projetos com Scrum Desenvolvendo Competências Estratégicas para Agilidade em Inovação Edivandro Conforto Pesquisador Consultor Autor Palestra 18.Set.2012 Edivandro Conforto é pesquisador,

Leia mais

Testes Agile em Processos Agile

Testes Agile em Processos Agile Testes Agile em Processos Agile Ana Negrello Fabio Santos 1 #IBMMobile Testes e Métodos Ágeis: a realidade 2 2 #IBMMobile Terminologia: Agile e Lean Agile Entregue VALOR Uma abordagem que foca em entregar

Leia mais

GERENCIAMENTO ÁGIL DE PROJETOS UMA NOVA ABORDAGEM PARA OS DESAFIOS DE SEMPRE

GERENCIAMENTO ÁGIL DE PROJETOS UMA NOVA ABORDAGEM PARA OS DESAFIOS DE SEMPRE GERENCIAMENTO ÁGIL DE PROJETOS UMA NOVA ABORDAGEM PARA OS DESAFIOS DE SEMPRE LEANDRO FARIA PMP, PMI-ACP, CSM, ITIL, FCE, MCPD, MCITP, MCT WWW.LEANDROFARIA.COM.BR WWW.STEFANINI.COM 1 SOBRE LEANDRO FARIA

Leia mais

ESTUDO DE CASO: SCRUM E PMBOK UNIDOS NO GERENCIAMENTO DE PROJETOS. contato@alinebrake.com.br. fs_moreira@yahoo.com.br. contato@marcelobrake.com.

ESTUDO DE CASO: SCRUM E PMBOK UNIDOS NO GERENCIAMENTO DE PROJETOS. contato@alinebrake.com.br. fs_moreira@yahoo.com.br. contato@marcelobrake.com. ESTUDO DE CASO: SCRUM E PMBOK UNIDOS NO GERENCIAMENTO DE PROJETOS (CASE STUDY: SCRUM AND PMBOK - STATES IN PROJECT MANAGEMENT) Aline Maria Sabião Brake 1, Fabrício Moreira 2, Marcelo Divaldo Brake 3, João

Leia mais

The Economics of Software Quality

The Economics of Software Quality IBM Software Group The Economics of Software Quality 2009 IBM Corporation Software é importante Como estamos? As nossas dificuldades Os impactos Possíveis Caminhos 2 Software é importante 3 Produtos inteligentes

Leia mais

Information technology specialist (systems integration) Especialista em tecnologia da informação (integração de sistemas)

Information technology specialist (systems integration) Especialista em tecnologia da informação (integração de sistemas) Information technology specialist (systems integration) Especialista em tecnologia da informação (integração de sistemas) Professional activities/tasks Design and produce complex ICT systems by integrating

Leia mais

Gestão de Projectos. Processos e Aproximações de Desenvolvimento de Projectos. Informáticos. Selecção da Aproximação de Projectos

Gestão de Projectos. Processos e Aproximações de Desenvolvimento de Projectos. Informáticos. Selecção da Aproximação de Projectos Gestão de Projectos Informáticos Processos e Aproximações de Desenvolvimento de Projectos Informáticos Prof. Alberto Silva & Dra. RosárioBernardo Departamento de Engenharia Informática Selecção da Aproximação

Leia mais

ANEXO A - ERP. Gestão de Operações, Utilização do Software Baan A 1

ANEXO A - ERP. Gestão de Operações, Utilização do Software Baan A 1 ANEXO A - ERP ERP Enterprise Resources Planning é um termo genérico que pretende identificar o conjunto de actividades incluídas nos processos de gestão de uma empresa. Incluem-se por exemplo as seguintes

Leia mais

2006 Hewlett-Packard Development Company, L.P.

2006 Hewlett-Packard Development Company, L.P. 2006 Hewlett-Packard Development Company, L.P. A implementação de processos Ágeis em uma organização CMMI 5 Lúcia Mazoni Couto - luciamazoni.couto@hp.com Líder do Escritório de Projetos e Processos HP

Leia mais

O que estamos procurando?

O que estamos procurando? O que estamos procurando? Definição de Sucesso de um Projeto de Software O software resolve o problema (qualidade externa) O software é fácil de manter e evoluir (qualidade interna) Menor custo e prazo

Leia mais

Engenharia de Software

Engenharia de Software Engenharia de Software Metodologias para Desenvolvimento de Software XP e SCRUM Prof. MSc. Edilberto Silva prof.edilberto.silva@gmail.com http://www.edilms.eti.br Agenda Desenvolvimento Ágil de Software

Leia mais

Scrum. Introdução UFRPE-DEINFO BSI-FÁBRICA DE SOFTWARE

Scrum. Introdução UFRPE-DEINFO BSI-FÁBRICA DE SOFTWARE Scrum Introdução UFRPE-DEINFO BSI-FÁBRICA DE SOFTWARE scrum Ken Schwaber - Jeff Sutherland http://www.scrumalliance.org/ Scrum Uma forma ágil de gerenciar projetos. Uma abordagem baseada em equipes autoorganizadas.

Leia mais

IT Governance e ISO/IEC 20000. Susana Velez

IT Governance e ISO/IEC 20000. Susana Velez IT Governance e ISO/IEC 20000 Susana Velez Desafios de TI Manter TI disponível Entregar valor aos clientes Gerir os custos de TI Gerir a complexidade Alinhar TI com o negócio Garantir conformidade com

Leia mais

GESTÃO DE PROJETOS DE APLICAÇÕES WEB: UMA ABORDAGEM PARA MINIMIZAÇÃO DE INCERTEZAS NA DEFINIÇÃO DE ESCOPO

GESTÃO DE PROJETOS DE APLICAÇÕES WEB: UMA ABORDAGEM PARA MINIMIZAÇÃO DE INCERTEZAS NA DEFINIÇÃO DE ESCOPO GESTÃO DE PROJETOS DE APLICAÇÕES WEB: UMA ABORDAGEM PARA MINIMIZAÇÃO DE INCERTEZAS NA DEFINIÇÃO DE ESCOPO Cristina Coelho de Abreu Pinna Mestranda da Escola Politécnica da Universidade de São Paulo Depto.

Leia mais

Ferramenta para gestão ágil

Ferramenta para gestão ágil Ferramenta para gestão ágil de projetos de software Robson Ricardo Giacomozzi Orientador: Everaldo Artur Grahl Agenda Introdução Objetivos Fundamentação teórica Desenvolvimento Resultados e discussões

Leia mais

Enquadramento. Análise e prospeção das vendas em ecommerce (mundial) EUA - E-COMMERCE

Enquadramento. Análise e prospeção das vendas em ecommerce (mundial) EUA - E-COMMERCE E-COMMERCE nos EUA EUA - E-COMMERCE Enquadramento Análise e prospeção das vendas em ecommerce (mundial) http://www.statista.com/statistics/261245/b2c-e-commercesales-worldwide/ EUA - E-COMMERCE Enquadramento

Leia mais

25/05/2015. Um pouco de história. O Modelo CMMI. Capability Maturity Model Integration (CMMI) Capability Maturity Model (CMM)

25/05/2015. Um pouco de história. O Modelo CMMI. Capability Maturity Model Integration (CMMI) Capability Maturity Model (CMM) DCC / ICEx / UFMG Um pouco de história O Modelo CMMI Na década de 80, o Instituto de Engenharia de Software (SEI) foi criado Eduardo Figueiredo http://www.dcc.ufmg.br/~figueiredo Objetivos Fornecer software

Leia mais

Análise de Sistemas de Informação

Análise de Sistemas de Informação Análise de Sistemas de Informação Ano Lectivo 2012/2013 * 1º Semestre Curso de Mestrado em Engenharia Informática (10513) Aula 2 UNIVERSIDADE DA BEIRA INTERIOR Faculdade de Engenharia Departamento de Informática

Leia mais

Programa 04/12/2008 05/12/2008. 1. Relato de experiência Integração de modelos CMMI, MPS.BR e ISO 9000 na 7COMm Sergio Esmério (7COMm)

Programa 04/12/2008 05/12/2008. 1. Relato de experiência Integração de modelos CMMI, MPS.BR e ISO 9000 na 7COMm Sergio Esmério (7COMm) Programa 04/12/2008 05/12/2008 1. Relato de experiência Integração de modelos CMMI, MPS.BR e ISO 9000 na 7COMm Sergio Esmério (7COMm) 2. A importância do fator humano no desenvolvimento de software Daniel

Leia mais

Global Logistics Solutions Soluções Logísticas Globais

Global Logistics Solutions Soluções Logísticas Globais BEM VINDO AO MUNDO RANGEL WELCOME TO RANGEL WORLD Atividade Aduaneira Customs Broker Transporte Marítimo Sea Freight ESPANHA SPAIN Transporte Aéreo Air Freight Expresso Internacional FedEx International

Leia mais

Agradecimento. Adaptação do curso Scrum de Márcio Sete, ChallengeIT. Adaptação do curso The Zen of Scrum de Alexandre Magno, AdaptaWorks

Agradecimento. Adaptação do curso Scrum de Márcio Sete, ChallengeIT. Adaptação do curso The Zen of Scrum de Alexandre Magno, AdaptaWorks S C R U M Apresentação Tiago Domenici Griffo Arquiteto de Software na MCP, MCAD, MCSD, MCTS Web, Windows e TFS, ITIL Foundation Certified, MPS.BR P1 Experiência internacional e de offshoring Agradecimento

Leia mais

Interface Mobile - Casos Práticos

Interface Mobile - Casos Práticos 2010 X CONFERÊNCIA SOBRE TECNOLOGIAS DE INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO Interface Mobile - Casos Práticos André Gil Bliss Applications andregil@blissapplications.com www.blissapplications.com Índice Apresentação

Leia mais

Global Logistics Solutions Soluções Logísticas Globais

Global Logistics Solutions Soluções Logísticas Globais Global Logistics Solutions Soluções Logísticas Globais BEM VINDO AO MUNDO RANGEL WELCOME TO RANGEL WORLD Toda uma organização ao seu serviço! Constituídos em 1980 por Eduardo Rangel, rapidamente marcámos

Leia mais

UMA ABORDAGEM PARA VIABILIZAR A ADERÊNCIA DA METODOLOGIA SCRUM AO MODELO MPS.BR NÍVEL G.

UMA ABORDAGEM PARA VIABILIZAR A ADERÊNCIA DA METODOLOGIA SCRUM AO MODELO MPS.BR NÍVEL G. UMA ABORDAGEM PARA VIABILIZAR A ADERÊNCIA DA METODOLOGIA SCRUM AO MODELO MPS.BR NÍVEL G. Magda A. Silvério Miyashiro 1, Maurício G. V. Ferreira 2, Bruna S. P. Martins 3, Fabio Nascimento 4, Rodrigo Dias

Leia mais

Metodologias Ágeis. Gerenciando e Desenvolvendo Projetos de forma eficiente. Gabriel Verta 0767948 Rafael Reimberg 0767701 Vinicius Quaiato - 0767697

Metodologias Ágeis. Gerenciando e Desenvolvendo Projetos de forma eficiente. Gabriel Verta 0767948 Rafael Reimberg 0767701 Vinicius Quaiato - 0767697 Metodologias Ágeis Gerenciando e Desenvolvendo Projetos de forma eficiente Gabriel Verta 0767948 Rafael Reimberg 0767701 Vinicius Quaiato - 0767697 Introdução Ao longo dos anos a indústria de desenvolvimento

Leia mais

Agilidade -foco no. por Yóris Linhares

Agilidade -foco no. por Yóris Linhares Agilidade -foco no conhecimento por Yóris Linhares Era uma vez em um reino distante onde se desenvolvia software... Todas as necessidades dos clientes eram conhecidas no início do desenvolvimento A equipe

Leia mais

ASSINATURAS LABORATÓRIOS AUGUST 2012

ASSINATURAS LABORATÓRIOS AUGUST 2012 ASSINATURAS LABORATÓRIOS AUGUST 2012 HTTP! Lorem server Ipsum server Dolor server HTTP! TCP/IP! HTTP! TCP/IP! YOUR DBMS TCP/IP! Auth server HTTP! Amet HTTP! Clients FOOTER SOFTWARE ENGINEERING DIAGRAMS

Leia mais

Manifesto Ágil - Princípios

Manifesto Ágil - Princípios USP UNIVERSIDADE DO ESTADO DE SÃO PAULO Métodos Ágeis Alunos: Rogério Guaraci dos Santos - rgsantos@ime.usp.br Giulian Dalton Luz - gdaltonl@ime.usp.br Manifesto Ágil - Princípios Indivíduos e interações

Leia mais

DevOps. Carlos Eduardo Buzeto (@_buzeto) IT Specialist IBM Software, Rational Agosto 2013. Accelerating Product and Service Innovation

DevOps. Carlos Eduardo Buzeto (@_buzeto) IT Specialist IBM Software, Rational Agosto 2013. Accelerating Product and Service Innovation DevOps Carlos Eduardo Buzeto (@_buzeto) IT Specialist IBM Software, Rational Agosto 2013 1 O desenvolvedor O mundo mágico de operações Como o desenvolvedor vê operações Como operações vê uma nova release

Leia mais

Tese / Thesis Work Análise de desempenho de sistemas distribuídos de grande porte na plataforma Java

Tese / Thesis Work Análise de desempenho de sistemas distribuídos de grande porte na plataforma Java Licenciatura em Engenharia Informática Degree in Computer Science Engineering Análise de desempenho de sistemas distribuídos de grande porte na plataforma Java Performance analysis of large distributed

Leia mais

Protective circuitry, protective measures, building mains feed, lighting and intercom systems

Protective circuitry, protective measures, building mains feed, lighting and intercom systems Tecnologia de instalações electrónicas Training systems / trainers for electrical wiring/building management systems: Protective circuitry, protective measures, building mains feed, lighting and intercom

Leia mais

A tangibilidade de um serviço de manutenção de elevadores

A tangibilidade de um serviço de manutenção de elevadores A tangibilidade de um serviço de manutenção de elevadores Tese de Mestrado em Gestão Integrada de Qualidade, Ambiente e Segurança Carlos Fernando Lopes Gomes INSTITUTO SUPERIOR DE EDUCAÇÃO E CIÊNCIAS Fevereiro

Leia mais

SCRUM Discussão e reflexão sobre Agilidade. Fernando Wanderley

SCRUM Discussão e reflexão sobre Agilidade. Fernando Wanderley SCRUM Discussão e reflexão sobre Agilidade Fernando Wanderley Apresentação Líder Técnico em Projetos Java (~ 9 anos) (CESAR, Imagem, CSI, Qualiti Software Process) Consultor de Processos de Desenvolvimento

Leia mais

Scrum e CMMI no C.E.S.A.R Relato de Experiência

Scrum e CMMI no C.E.S.A.R Relato de Experiência Scrum e CMMI no C.E.S.A.R Relato de Experiência Felipe Furtado Engenheiro de Qualidade Izabella Lyra Gerente de Projetos Maio/2008 Agenda Motivação Pesquisas Adaptações do Processo Projeto Piloto Considerações

Leia mais

UAb Session on Institutional Change Students and Teachers. Lina Morgado

UAb Session on Institutional Change Students and Teachers. Lina Morgado UAb Session on Institutional Change Students and Teachers Lina Morgado Lina Morgado l SUMMARY 1 1. Pedagogical Model : Innovation Change 2. The context of teachers training program at UAb.pt 3. The teachers

Leia mais

FATEsC - Uma Ferramenta de apoio ao teste estrutural de componentes

FATEsC - Uma Ferramenta de apoio ao teste estrutural de componentes FATEsC - Uma Ferramenta de apoio ao teste estrutural de componentes Vânia Somaio Teixeira 1,2, Marcio Eduardo Delamaro 1, Auri Marcelo Rizzo Vincenzi 3 1 Programa de Pós-graduação em Ciência da Computação

Leia mais

Agilidade: SCRUM e XP

Agilidade: SCRUM e XP Agilidade: SCRUM e XP Facilitador Fernando Costa formado em Redes de Computadores Sócio da 3LJ Tecnologia www.3lj.com.br Agenda SCRUM: Contexto de projetos Valores ágeis Princípios ágeis Scrum Paradoxo

Leia mais